Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA VERDE É CAPITAL DOS PEQUENOS FRUTOS

Vila Verde afirma-se como a ‘capital nacional dos pequenos frutos’

O concelho de Vila Verde afirma-se de forma cada vez mais contundente como a ‘capital nacional dos pequenos frutos’. O forte crescimento do número e da área de explorações levou o Município de Vila Verde a organizar um programa de três dias, dedicado à divulgação e promoção deste setor de atividade. De 13 a 15 de agosto, milhares de pessoas passaram pela Praça de Santo António para visitar a Mirtifrutos – Feira Nacional de Pequenos Frutos, que contou com a participação de mais de três dezenas de expositores.

13891847_1017733785008241_1044952222372398012_n.jpg

Aos deliciosos frutos frescos somou-se uma enorme variedade de produtos transformados, como compotas, geleias, gelados, bebidas, biscoitos, sabonetes e vinagres, entre muitos outros. Ricos em antioxidantes e vitaminas, estes alimentos aliam o sabor irresistível aos múltiplos benefícios que apresentam para a saúde. Os dois showccokings realizados durante a iniciativa também foram um sucesso. Momentos soberbos para aprender, partilhar ideias, trocar experiências e, como não poderia deixar de ser, de provar as deliciosas iguarias confecionadas pelos especialistas na matéria.

Momentos culturais enriqueceram o programa

 O programa foi enriquecido com vários espetáculos culturais, que permitiram divulgar o potencial dos atores locais, aumentar os motivos de interesse da feira e proporcionar ao público bons momentos de entretenimento. Neste âmbito, o grande destaque vai para o XLIII Festival Internacional de Folclore, que decorreu a 13 de agosto. Uma iniciativa com tradição, que há mais de quatro décadas se dedica à promoção e divulgação do folclore nacional e internacional.

B (1) (2).JPG

Além do grupo anfitrião, o Rancho Típico Infantil de Vila Verde, subiram também ao palco o Grupo de Danzas de San Roque de Pontevedra, o Grupo Folclórico Infantil do Centro Social e Paroquial de Mindelo (Vila do Conde), o Rancho Infantil e Juvenil “Os Herdeiros de Travanca” (Santa Maria da Feira) e o Rancho Infantil “Estrelinhas” de Ponte de Areal, Lousã (Coimbra). Os espetáculos de música popular, a feira de artesanato e animação noturna com DJs foram outros dos predicados que contribuíram para o êxito da Mirtifrutos.

Criar riqueza, fomentar a prática agrícola e promover o território

O presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, referiu que a Feira Nacional de Pequenos Frutos se enquadra na visão estratégica de valorização das potencialidades locais para incrementar a criação de riqueza, fomentar a prática agrícola e promover o território. Durante os últimos anos verificou-se um crescimento exponencial da quantidade e da área de explorações de pequenos frutos no concelho, o que fez aumentar consideravelmente o peso do setor na balança comercial vilaverdense e motivou a organização da iniciativa.

B (2).JPG

“Dados do Ministério da Agricultura mostram que, em todo o Norte do país, Vila Verde foi o terceiro concelho na lista do maior número de jovens instalados e a liderar explorações agrícolas. São mais de uma centena de jovens agricultores, com investimentos e projetos aprovados que no total rondam os 10 milhões de euros, em que se destacam os dos pequenos frutos, com cerca de 70 jovens produtores. As explorações de mirtilo, por si só, contabilizam uma área que ronda os 80 hectares”, afirmou o edil, que deu os parabéns aos produtores pelas excelentes dinâmicas e pela criatividade associada ao aparecimento de inúmeros derivados dos pequenos frutos

B (3).JPG

B (4).JPG

B (5).JPG

B (6) (1).JPG