Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VIANA DO CASTELO RECEBEU PROFISSIONAIS DE ENDOSCOPIA DIGESTIVA DE TODO O PAÍS PARA CURSO COM CIRURGIA AO VIVO

O Centro de Congressos Francisco Sampaio - Castelo Santiago da Barra acolheu esta sexta-feira e sábado a 3ª edição do curso de endoscopia com transmissão em direto Live SPED, promovido pela Sociedade Portuguesa de Endoscopia Digestiva e pela Unidade Local de Saúde do Alto Minho. Ao longo de dois dias, profissionais de todo o país estiveram em Viana do Castelo para uma jornada de formação intensa com transmissão de endoscopia ao vivo a partir do serviço de gastrenterologia da ULSAM.

ABELO5994-2.JPG

Na sessão de abertura do curso, o Vereador da Promoção da Saúde da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Ricardo Rego, considerou que este “é um curso inovador que mostra aquilo que de bom se está a fazer a nível do país e concretamente a nível do concelho de Viana do Castelo”.

O vereador realçou ainda que “as parcerias entre instituições são fundamentais, não faz sentido as instituições estarem viradas para si mesmas”, destacando a parceria entre a ULSAM e os municípios da região “para melhoria dos espaços de saúde e para o desenvolvimento de projetos”.

Ricardo Rego indicou que “garantimos já meio milhão de euros de investimento em equipamentos de saúde de proximidade”, assegurando que, neste momento, a autarquia está a financiar a construção da Unidade de Saúde Familiar da Meadela, empreitada adjudicada por 2,2 milhões de euros.

O Presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), Franklim Ramos, indicou que “as sociedades científicas, e neste caso a Sociedade Portuguesa de Endoscopia Digestiva, são sociedades vivas que trabalham a constante atualização nas competências médicas”, considerando que “a telemedicina, a inteligência artificial e o ‘machine learning’ vão revolucionar todas as áreas, nomeadamente a gastrenterologia”.

Já a Diretora Clínica da ULSAM, Cristina Roque, explicou que esta terceira edição do curso de endoscopia com transmissão em direto, com sessões teóricas e práticas, é uma oportunidade ímpar já que “existem cerca de 400 gastrenterologistas a praticarem endoscopia digestiva em Portugal e esta possibilidade de partilha de saber e conhecimento constitui-se como um momento privilegiado que estimula a prática e incentiva o treino”.

ABELO5284.JPG

ABELO5383.JPG

ABELO5637.JPG

ABELO5664.JPG

ABELO5687.JPG

ABELO5817.JPG

ABELO5962.JPG