Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VIANA DO CASTELO: GRUPO ETNOGRÁFICO DA AREOSA PROMOVE “OFICINA DE DANÇAS TRADICIONAIS”

Duas centenas de participantes e diversas nacionalidades envolvidas nos Encontros Interculturais

Os Encontros Culturais, promovidos pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, contaram na passada semana com cerca de 200 participantes e reuniram diversas nacionalidades e entidades. A iniciativa visava promover a inclusão e a diversidade cultural e contou com um programa variado, dedicado à população migrante e população em geral.

gea encontros 2.jpg

Assim, foi promovida uma formação online dedicada à Lei Contra a Discriminação Racial, dinamizada pelo Alto Comissariado para as Migrações, que teve como público alvo os técnicos que trabalham com migrantes, tendo contado com 18 participantes de 11 entidades.

Um total de 71 alunos do 6º ano da Escola Frei Bartolomeu dos Mártires participou na “Biblioteca Humana: a religião e a cultura com impacto nas questões de género”, numa iniciativa dinamizada por um migrante da Palestina.

O “Chá Intercultural: Poesia no Mundo” foi dinamizado por professores voluntários das aulas de português para estrangeiros e reuniu, no Café Concerto do Teatro Municipal Sá de Miranda, 36 participantes de 11 nacionalidades diferentes.

Já a “Oficina de danças tradicionais”, promovida com o Grupo Etnográfico de Areosa, foi dirigida à população migrante e contou com 22 participantes de 5 diferentes nacionalidades.

Estes encontros incluíram também uma sessão de informação sobre a Lei da Imigração, dinamizada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), para a população migrante, que integrou 17 participantes de 6 nacionalidades.

Já o Mercado Municipal de Viana do Castelo acolheu a “Oficina de Cozinhas do Mundo: Brunei”, dinamizada por uma migrante do Brunei, que acolheu 28 participantes de 12 diferentes nacionalidades.

gea encontros.jpg