Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VALENÇA VIRA CAPITAL DA LAMPREIA

Cinco Melhores Lampreias de 15 a 17 de Março em Valença. Maior Festival da Lampreia Mantém Tradição e Qualidade

A oportunidade para saborear a lampreia, de tantas formas, é já este fim de semana, no Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia”, de 15 a 17 de março, em São Pedro da Torre, Valença.

unnamedvalenlamp.jpg

No prato, com os cinco sabores, ou individual, a Lampreia à Bordalesa, o Arroz de Lampreia, a Assada no Forno, a Recheada e a Seca, Valença vai oferecer tantas formas.

Experiência Gastronómica Única

Este festival é uma oportunidade para quem gosta de comer lampreia, mas, também, para quem procura novos pontos de encontro onde se podem viverexperiências gastronómicas únicas.

Sabores com Tradição

Os modos de confecionar e apresentar a lampreia à mesa, seguem os princípios do saber e da tradição desta comunidade de pescadores.

Festival Gastronómico Genuíno

Este é um festival gastronómico genuíno onde todo o ciclo da lampreia, do rio ao prato, é acompanhada pelas mesmas pessoas, como sempre se fez em São Pedro da Torre. Um garante da qualidade, da tradição, mas também, da apresentação de modos de confeção genuínos.

Cozinheiros Especializados

A arte de preparar a lampreia tem saber, tradição e uma mão cheia de segredos. Cozinheiros especializados, verdadeiros guardiões de saberes, que tem passado de geração para geração, são os artífices destes manjares.

A Melhor do Mundo - Lampreia do Rio Minho

Este festival é uma excelente oportunidade para deliciar-se com uma boa lampreia do rio Minho considerada, pelos especialistas, a melhor do mundo.

Pesca Artesanal

Em Valença a pesca à lampreia é artesanal, desenvolvida sobretudo pelascomunidades de pescadores de São Pedro da Torre e Cristelo Côvo. As redes de tresmalho retiram do rio a lampreia vivaça e com toda a qualidade.