Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VALENÇA E TUI ORGANIZAM CAVALGADA DE REIS

Cavalgata Internacional de Reis Valença / Tui conta com 200 Figurantes e Mais de 1 Tonelada de Caramelos

A eurocidade Valença Tui promove a Cavalgata Internacional de Reis, segunda-feira, 5 de Janeiro, com saída dos Bombeiros de Valença, às 16h00. Carruagens alegóricas, charangas, bandas de música, grupos de janeiras, 10 carros alegóricos, mais de 200 figurantes e 1200 quilos de caramelos sem gluten darão vida à cavalgata.

Os Reis Magos Melchior, Gaspar e Baltasar percorrerão os 4 Kms que ligam a avenida José Maria Gonçalves, em Valença e o Paseo da Corredoira, em Tui, numa Cavalgata de Reis que, pelo sexto ano consecutivo, tem carácter internacional.

Desde o Quartel dos Bombeiros Voluntários de Valença a Cavalgata vai percorrer a avenida dos Bombeiros, a Rotunda da Trapicheira, a avenida de Espanha, a antiga Ponte Internacional e já em Tui o percurso seguirá pela Avenida de Portugal, rua Martínez Padín e Augusto González Besada e Paseo da Corredoira.

A Cavalgata será escoltada pelas forças policiais portuguesas e espanholas e integrará, ainda, como é de tradição os Bombeiros Voluntários de Valença, uma ambulância e elementos da Protección Civil de Tui.

No final do percurso, no Cantón de Diómedes, na Corredoira, onde está instalado o Portal de Belém, será lida uma mensagem, enquanto Melchior, Gaspar e Baltasar farão a oferta ao Menino Jesus de Ouro, Incenso e Mirra. Após a oferta os mais pequenos poderão subir ao palco real e saudar os Reis Magos.

Para Jorge Salgueiro Mendes “A cavalgata é um referente dos laços que unem Valença e Tui e um convite a visitar a Eurocidade num ambiente onde as tradições do Natal e dos Reis percorrem as ruas dando uma magia especial às duas cidades”.