Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

TERRAS DE BOURO REÚNE ASSEMBLEIA MUNICIPAL

Assembleia Municipal de Terras de Bouro aprovou Documentos Previsionais para 2017

A Assembleia Municipal de Terras de Bouro aprovou, em reunião ordinária, realizada nos Paços do Concelho a 25 de novembro, os documentos previsionais que contemplam as Grandes Opções do Plano e o Orçamento para 2017.

bourrro.PNG

Na sexta e última sessão de 2016 e ainda no período inicial da sessão, registaram-se intervenções sobre variados assuntos da vida do concelho, nomeadamente: a demografia, as infraestruturas municipais, o balanço positivo da Feira de S. Martinho 2106, o turismo, as provas desportivas realizadas no concelho e o seu impacto, água e saneamento, obras rodoviárias, entre outros.

Como é hábito e norma, todas as questões apresentadas foram alvo de resposta e consideração por parte do Presidente da Câmara Municipal, Dr. Joaquim Cracel Viana.

De seguida e já na Ordem de Trabalhos, além da apresentação usual da atividade das divisões da autarquia por parte do Presidente da Câmara Municipal, foi aprovada, por unanimidade, a quarta revisão às Grandes Opções do Plano, Orçamento da Receita e da Despesa para o ano de 2016, no valor de nove mil e quinhentos euros e, por maioria, foi aprovado, com os votos contra do deputado municipal do Movimento Partido da Terra e dos deputados municipais da Coligação PSD/CDS “Juntos por Terras de Bouro”, o Contrato Interadminstrativo de Delegação de Competências entre a Câmara Municipal de Terras de Bouro e as Juntas de Freguesia.

Por último, foram apresentados os Documentos Previsionais para 2017, com um valor de cerca de 8,9 M€ de receita e do mesmo valor na despesa, sendo aprovados por maioria, com o voto contra do deputado municipal do Movimento Partido da Terra e a abstenção dos deputados municipais da Coligação PSD/CDS “Juntos por Terras de Bouro”.