Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VIZELA RECEBE MÁSCARAS DA CHINA

Chegaram a Vizela 40 mil máscaras vindas da China

Chegaram hoje a Vizela, cerca de 40 mil máscaras cirúrgicas oferecidas pelo empresário vizelense Paulino Moura, proprietário da empresa Atrai que, face as relações profissionais que mantém com China, conseguiu adquirir essas máscaras em tempo recorde para oferecer ao concelho de Vizela.

mascarasviz.JPG

A Câmara Municipal de Vizela agradece de novo ao Sr. Paulino Moura da empresa Atrai, pela oferta destas 40 mil máscaras.

A Câmara Municipal de Vizela aproveita ainda para agradecer à empresa de transportes vizelense Fema e à empresária Paula Mainini, pela oferta do transporte das máscaras de Lisboa para Vizela.

Importa acrescentar que estas máscaras serão distribuídas pelas IPSS's, USF's e Bombeiros do Concelho, tal como serão disponibilizadas algumas ao Hospital de Guimarães e Felgueiras.

Por último, a Câmara Municipal de Vizela agradece ainda ao Estado Português na pessoa da Sra. Secretaria de Estado Adjunta e da Saúde, Dra. Jamila Madeira, assim como ao Sr. Embaixador de Portugal na China - Pequim, Dr. José Duarte, com quem a Câmara manteve contacto permanente ao longo dos últimos 15 dias, de forma a articular este transporte com sucesso.

REGIMENTO DE CAVALARIA DE BRAGA APOIA VIZELA

Regimento de Cavalaria n.º6 de Braga cedeu 30 camas para lar de retaguarda na Escola Básica e Secundária de Infias

A Câmara Municipal de Vizela recebeu esta tarde 30 camas cedidas pelo Regimento de Cavalaria n.º6 de Braga do Exército Português, para o lar de retaguarda que esta a ser instalado na Escola Básica e Secundária de Infias para o combate à pandemia da covid-19.

Regimento cavalaria n.º6-2.JPG

De relembrar que a Câmara Municipal transformou as salas de aulas da Escola Básica e Secundária de Infias em quartos para acolhimento de utentes não infetados das IPSS’, entre outras medidas que estão a ser definidas com as autoridades de saúde oficiais.

Esta medida vem juntar-se a um conjunto de outras medidas complementares que a Câmara Municipal tem vindo a adotar, tendo em consideração a atual situação evolutiva do surto epidémico, e com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal.

MUNICÍPIO DE VIZELA PROSSEGUE À DESPISTAGEM DO COVID-19

Câmara Municipal de Vizela continua testes de despiste do COVID-19 nas IPSS’ do Concelho

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), foi decretado o Estado de Emergência Nacional, através do Decreto Presidencial n.º 14-A/2020, de 18 de março, tendo sido decretadas pelo Governo, através do Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, um conjunto de medidas de ordem preventiva e restritiva, designadamente deveres de confinamento obrigatório e de especial proteção, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

testes AIREV.JPG

De igual modo, tendo em consideração a atual situação evolutiva do surto epidémico, o Município de Vizela implementou o respetivo Plano de Contingência Municipal e tem vindo a adotar conjunto de medidas complementares com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal.

Assim, a Câmara Municipal de Vizela, em colaboração com as USF’s do Centro de Saúde de Vizela, e em parceria com a Unilabs Portugal, iniciou a realização de testes de despiste e diagnóstico do novo coronavírus COVID-19 aos utentes das IPSS’s, para reforçar a segurança e rastrear os mais vulneráveis.

A realização dos testes de despiste e diagnóstico do novo coronavírus COVID-19 iniciou-se pelos utentes do Centro Social e Paroquial de Santa Eulália, estando neste momento a ser testados os funcionários daquela instituição. Entretanto decorreu também o processo de testes a utentes e funcionários da Santa Casa da Misericórdia de Vizela.

Hoje avançaram os testes de despiste e diagnóstico do novo coronavírus COVID-19 aos utentes da AIREV, sendo que no decorrer desta semana deverá ficar concluída a totalidade dos testes.

Assim, e mantendo a estratégia até agora adotada, os utentes das IPSS’S são rastreados nas próprias instituições, com a colaboração de dois enfermeiros das USF’s do Concelho e um enfermeiro/a residente da respetiva instituição, sendo que os funcionários da IPSS’s são rastreados nos centros de rastreio “drive-thru” mais próximos.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela foi a primeira Autarquia do país a avançar para a realização de testes de despiste e diagnóstico do novo coronavírus COVID-19 nas IPSS’ do Concelho, para reforçar a segurança e rastrear os mais vulneráveis.

Trata-se de uma medida de reforço às já implementadas pela Autarquia com o objetivo de reduzir o impacto provocado pela pandemia no Concelho, minimizando a propagação do vírus e assegurando as boas condições de funcionamento das instituições.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela tem acompanhado atentamente a evolução do surto epidémico do COVID-19 no concelho e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação.

MUNICÍPIO DE VIZELA ENTREGA VISEIRAS DE PROTEÇÃO EM ACRÍLICO ÀS IPSS's, USF's E BOMBEIROS

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), foi decretado o Estado de Emergência Nacional, através do Decreto Presidencial nº 14-A/2020, de 18 de março, tendo sido decretadas pelo Governo, através do Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, um conjunto de medidas de ordem preventiva e restritiva, designadamente deveres de confinamento obrigatório e de especial proteção, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

entrega BVV.jpeg

Neste seguimento, a Câmara Municipal, com contributo de vários empresários do nosso Concelho e da nossa região, e nos termos já apresentados na reunião do grupo de crise, está a entregar um kit às IPSS do Concelho, de onde cumpre destacar a Santa Casa da Misericórdia de Vizela, o Centro Social e Paroquial de Santa Eulália, o Centro Social e Paroquial de S. Miguel e a AIREV, e ainda às Unidades de Saúde Familiar do Centro de Saúde de Vizela e aos Bombeiros Voluntários de Vizela.

Hoje, para além do gel desinfetante, foram ainda entregues 1500 máscaras doadas pela empresa Pocargil, e ainda viseiras de proteção em acrílico disponibilizadas pela Autarquia.

De destacar que desde o início desta pandemia, a Câmara Municipal já entregou 2500 máscaras, com o apoio das empresas Confeções Cruzeiro e Dr. Phone, 500 litros de álcool gel, e 50 barreiras de proteção em acrílico para balcões de atendimento.

O objetivo da distribuição deste Kits é apoiar a comunidade local na prevenção e combate, ajudando a colmatar a falta destes artigos junto da comunidade.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela tem acompanhado atentamente a evolução do surto epidémico do COVID-19 no concelho e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação.

VIZELA RECEBE EQUIPAMENTO MÉDICO PROVENIENTE DA CHINA

Chegaram a Portugal vindas da China 40 mil máscaras para o Concelho de Vizela

Chegou hoje a Lisboa, perto das 8h da manhã, um avião da TAP fretado pelo Estado português com equipamento médico, proveniente de Pequim.

IMG_1675.jpg

O Airbus A330-941, transportou um total de 20 toneladas e 160 metros cúbicos de carga médica, para o combate contra a epidemia do novo coronavírus.

Entre este equipamento, estão cerca de 40 mil máscaras cirúrgicas oferecidas pelo empresário vizelense Paulino Moura, proprietário da empresa Atrai que, face as relações profissionais que mantém com China, conseguiu adquirir essas máscaras em tempo recorde para oferecer ao concelho de Vizela.

A encomenda ainda se encontra em processo de desalfandegamento, estando amanhã disponível para transporte, que será feito pela empresa de transportes vizelense Fema, que trará as máscaras desde o laboratório militar de Lisboa, local onde ficará após a desalfandegarem, até a Câmara Municipal de Vizela.

Importa acrescentar que estas máscaras serão distribuídos pelas IPSS's, USF's e Bombeiros do Concelho, tal como serão disponibilizadas algumas ao Hospital de Guimarães e Felgueiras.

A Câmara Municipal de Vizela aproveita, ainda, para agradecer de novo ao Sr. Paulino Moura da empresa Atrai, pela oferta destas 40 mil máscaras, tal como a Sra. Paula Mainini, pela oferta do transporte destas de Lisboa para Vizela.

Por último, a Câmara Municipal de Vizela agradece ainda ao Estado Português na pessoa da Sra. Secretaria de Estado Adjunta e da Saúde, Dra. Jamila Madeira,  assim como ao Sr. Embaixador de Portugal na China - Pequim, Dr. José Duarte, com quem a Câmara manteve contacto permanente ao longo dos últimos 15 dias, de forma a articular este transporte com sucesso.

PROGRAMA DE APOIO MUNICIPAL – VIZELA COVID 19

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), foi decretado o Estado de Emergência Nacional, através do Decreto Presidencial n.º 14-A/2020, de 18 de março, e posteriormente renovado pelo Decreto Presidencial n.º 17-A/2020, de 02 de abril, tendo sido decretadas pela Presidência do Conselho de Ministros, através do Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, e do Decreto n.º 2-B/2020, de 02 de abril, um conjunto de medidas de ordem preventiva e restritiva, designadamente deveres de confinamento obrigatório e de especial proteção, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

PAM COVID.jpg

De igual modo, tendo em consideração a atual situação evolutiva do surto epidémico, o Município de Vizela implementou o respetivo Plano de Contingência Municipal e adotou, ainda, conjunto de medidas complementares com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal.

Assim sendo, atentos os efeitos económicos provocados pela atual situação evolutiva do surto epidémico, torna-se igualmente necessário aplicar um conjunto de outras medidas de mitigação socioeconómica complementares, com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal, designadamente:

–      Reforço dos apoios financeiros a famílias carenciadas, através do reforço de 50% da verba a atribuir, nos termos da aplicação dos critérios decorrentes do Regulamento de Apoio aos Estratos Sociais Desfavorecidos, de modo a assegurar a capacidade de resposta das famílias carenciadas num momento de grande dificuldade resultante da propagação do surto epidémico do novo coronavírus SARS-COV-2.

–      Reforço dos apoios financeiros às IPSS’s do Concelho, através da duplicação das verbas a atribuir, nos termos do Regulamento de Atribuição de Apoios ao Associativismo, de modo a garantir a respetiva capacidade de resposta num momento de grande dificuldade resultante da propagação do surto epidémico do novo coronavírus SARS-COV-2.

–      Reforço do apoio financeiro aos Bombeiros Voluntários de Vizela, mediante a atribuição de apoio no montante de € 10.000,00, de modo a assegurar a capacidade de resposta dos Bombeiros Voluntários de Vizela num momento de grande dificuldade resultante da propagação do surto epidémico do novo coronavírus SARS-COV-2.

–      Suspensão, durante o período do estado de emergência, do pagamento das taxas de ocupação de espaço público por parte dos estabelecimentos encerrados por força das medidas restritivas de prevenção do surto epidémico, de modo a minimizar as respetivas perdas.

–      Suspensão, durante o período do estado de emergência, do pagamento das taxas da feira semanal de Vizela, de modo a minimizar os prejuízos dos feirantes decorrentes da suspensão da realização das referidas feiras.

–      Apoio especial ao comércio, mediante a atribuição de apoio financeiro à Associação Comercial e Industrial de Vizela para que esta pague as despesas de eletricidade e água dos estabelecimentos comerciais que, por força das medidas restritivas de prevenção do surto epidémico, se encontrem encerrados (e com atividade suspensa) e dos estabelecimentos que se encontrem em regime de take away (encerrados ao público, mas com atividade), correspondendo a 100% ou a 50% das referidas despesas, respetivamente.

De realçar que a aplicação destas medidas do Programa de Apoio Municipal – VIZELA COVID-19, em conjunto com outras complementares que já se encontravam em execução, visa assegurar o combate ao surto, o estímulo à recuperação económica e a proteção social, sem prejuízo de, em face da sua avaliação e da evolução do surto epidémico, as mesmas poderem ser revistas, intensificadas ou revogadas, consoante se revelem necessárias para ajudar quem mais precisa e para retomar, tão rapidamente quanto possível, o fulgor que caracteriza o concelho de Vizela.

VIZELA DESINFETA RUAS E CONTENTORES

Câmara Municipal continua desinfeção diária das ruas e contentores de lixo

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), e no seguimento das medidas decretadas pela Direção-Geral de Saúde, a Câmara Municipal de Vizela tem adotado medidas de ordem preventiva, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

desinfeção ruas.jpg

Neste seguimento, a Câmara Municipal continua a proceder à higienização e desinfeção diária do centro urbano da cidade, entre as 6.00h e as 08.00h, assim como a desinfeção diária dos contentores de lixo, com produtos e dosagens recomendadas pela Direção Geral da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde.

Mais se informa que a Câmara Municipal está a efetuar este trabalho dotados de todos os equipamentos de segurança necessários para a execução destas desinfeções, nomeadamente máscaras, fatos e óculos de proteção.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela tem acompanhado atentamente a evolução do surto epidémico do COVID-19 no concelho e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação.

VIZELA TEM LAR DE RETAGUARDA

Câmara de Vizela instala lar de retaguarda na Escola Básica e Secundária de Infias

A Câmara Municipal de Vizela está a adaptar as salas de aula da Escola Básica e Secundária de Infias para poder ser utilizado como lar de retaguarda no combate à pandemia da covid-19.

lar retaguarda.JPG

Assim, a Câmara Municipal transformou as salas de aulas da Escola Básica e Secundária de Infias em quartos para acolhimento de utentes não infetados das IPSS’ e que tenham que ser retirados dos lares em caso de se verificar algum caso positivo nesse lar.

O funcionamento deste lar de retaguarda será coordenado pelas IPSS’s e contará com a colaboração dos funcionários das escolas e voluntários, no âmbito do Voluntariado Vizela COVID-19, de onde cumpre destacar a Fraternidade de Nuno Álvares de Braga.

Estes quartos estão equipados com 56 camas, sendo 6 articuladas e respetiva roupa de cama e de banho, mesas de cabeceira e armários.

Trata-se de uma medida preventiva com o objetivo de dotar o concelho de capacidade de resposta em caso de alguma eventualidade, sendo que esta medida contou a colaboração de várias entidades e empresas do Concelho, como o Rotary Clube de Vizela, que emprestou 31 camas (6 das quais articuladas) e mesas de cabeceira, o Lions Clube de Vizela, que ofereceu 25 camas e mesas de cabeceira, e as empresas Polopique, Comércio e Industria de Confeções S.A., que doou 200 jogos de cama, a Lasa, Armando da Silva Antunes, SA., que deu 120 jogos de banho e 60 resguardos de colchão, a Indústria Têxtil Sra. da Tocha, Lda, que ofereceu 60 colchas, e a Landintex, Felpos, Lda. que deu 60 cobertores.

Esta medida vem juntar-se a um conjunto de outras medidas complementares que a Câmara Municipal tem vindo a adotar, tendo em consideração a atual situação evolutiva do surto epidémico, e com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal.

Importa acrescentar que, passada esta pandemia, parte significativa deste equipamento será utilizado para o apoio de mais uma resposta social no Concelho, isto é, de um centro de acolhimento aos sem abrigo.

CÂMARA MUNICIPAL DE VIZELA APELA À COLOCAÇÃO DO LIXO NOS CONTENTORES

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), e no seguimento das medidas decretadas pela Direção-Geral de Saúde, a Câmara Municipal de Vizela tem adotado medidas de ordem preventiva, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

contentores enterrados 2.jpg

Neste seguimento, a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia estão a proceder à higienização e desinfeção do centro urbano da cidade e das freguesias, assim como a desinfeção diária dos contentores de lixo, com produtos e dosagens recomendadas pela Direção Geral da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde.

Contudo, e apesar da Câmara Municipal ter apelado à deposição do lixo doméstico nos respetivos contentores, continua a verificar-se a colocação de sacos do lixo fora dos equipamentos de deposição de resíduos.

Assim, e tendo em consideração esta situação, a Câmara optou por manter abertos os contentores enterrados, não sendo, contudo, possível a realização deste procedimento nos contentores semienterrados, pelo que cada munícipe deve proceder à colocação dos seus sacos do lixo dentro do contentor mais próximo.

A Câmara Municipal de Vizela alerta ainda para a forma de tratar os resíduos urbanos em casos de contaminação ou suspeita por coronavírus/Covid-19, sendo que todos os resíduos produzidos pelo(s) doente(s) e por quem lhe(s) prestar assistência devem ser colocados em sacos de lixo resistentes e descartáveis, com enchimento até 2/3 (dois terços) da sua capacidade, devidamente fechados e colocados dentro de um segundo saco, devidamente fechado, e ser depositado no contentor de resíduos indiferenciados. As luvas, máscaras e lenços (mesmo sem estarem contaminados) devem ser colocados no lixo comum – nunca, no ecoponto ou na sanita.

Assim, e mais uma vez, a Câmara Municipal de Vizela apela à responsabilidade e ao civismo de todos os munícipes, para que de forma consciente cumpram as regras e efetuem a deposição do lixo doméstico nos respetivos contentores, em especial nesta altura de adoção de medidas de ordem preventiva, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE VIZELA VISITA OBRAS DA PRAÇA

No seguimento do PARU – Plano de Ação de Regeneração Urbana de Vizela e do RUS - Plano de Ação - Regeneração Urbana Sustentável, o Presidente da Câmara Municipal, Victor Hugo Salgado, acompanhado pelo Vereador das Obras Municipais, Joaquim Meireles, e pelos respetivos presidentes da junta das freguesias, visitou hoje a obras de requalificação e revitalização da Praça da República e Jardim Manuel Faria, a requalificação da Rua Ferreira Caldas, a Requalificação do Largo da Igreja de Tagilde, a requalificação do espaço público junto ao Cruzeiro da Rua de São Gonçalo e da área envolvente à Igreja de Santo Adrião, a requalificação da área adjacente à Igreja de Santa Eulália e o Canil Municipal.

visita Praça.JPG

De destacar que o governo apelou á execução dos projetos candidatos a fundos europeus, através da decisão de acelerar os pagamentos dos subsídios a todas as entidades beneficiárias do Portugal 2020, incluindo assim os municípios, habilitando-os a receber no prazo de um mês o subsídio correspondente às despesas apresentadas e assim efetuar o pagamento ás empresas executantes das obras, tendo em vista a introdução de liquidez na economia.

O projeto de requalificação e revitalização da Praça da República e Jardim Manuel Faria é de extrema relevância para o Concelho e envolve a reestruturação do desenho da Praça, a reorganização da circulação viária dos arruamentos confrontantes, permitindo aumentar a utilização do espaço por parte da população, assim como criar uma zona de estacionamento.

Um dos aspetos fundamentais deste projeto de requalificação é a conjugação entre o passado e o futuro, apostando na valorização do espaço urbano, projetando a Praça da República para o futuro do Concelho.

Foi também efetuada a visita à obra de requalificação da Rua Ferreira Caldas, que vem no seguimento da requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria, que este Executivo decidiu alargar às artérias adjacentes, nomeadamente a requalificação da Rua Joaquim Pinto e da Rua Dr. Pereira Caldas (Rua da Rainha) e da Rua Dr. Abílio Torres sendo que tudo vai nascer do coração da cidade e vai espalhar-se ao longo de todas as artérias circundantes. De realçar ainda que esta semana foi aprovada a candidatura da obra de requalificação da Rua Dr. Abílio Torres.

O Presidente da Câmara visitou também as obras nas freguesias de Tagilde, Santa Eulália e Santo Adrião, inseridas nas Áreas de Reabilitação Urbana de cada uma das freguesias e que se traduzem essencialmente no arranjo urbanístico dos centros cívicos das freguesias, através da criação de zona de lazer, para usufruto da população, de modo a promover as funções sociais, de melhoria da mobilidade e acessibilidade no espaço público, em articulação com o caráter da envolvente construída.

A visita incluiu ainda a obra do Canil Municipal, um dos muitos exemplos do investimento que a Câmara Municipal tem efetuado na área animal, através da implementação do programa Vizela ProAnimal, no sentido de estruturar, dinamizar e dignificar as políticas municipais relativas aos animais errantes.

EXECUTIVO VIZELENSE REÚNE POR VÍDEOCONFERÊNCIA

Executivo Municipal retoma reuniões de Câmara por videoconferência

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), foi decretado o Estado de Emergência Nacional, através do Decreto Presidencial n.º 14-A/2020, de 18 de março, tendo sido decretadas pela Presidência do Conselho de Ministros, através do Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, um conjunto de medidas de ordem preventiva e restritiva, designadamente deveres de confinamento obrigatório e de especial proteção, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

rc.JPG

De igual modo, tendo em consideração a situação evolutiva do surto epidémico, o Município de Vizela implementou o respetivo Plano de Contingência Municipal e adotou, ainda, um conjunto de medidas complementares com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal, de entre as quais esteve a suspensão da realização de reuniões de Câmara, conforme despacho do Sr. Presidente da Câmara de 16 de março de 2020.

Contudo, e atendo em atenção a aprovação do decreto presidencial de prolongamento do estado de emergência, assim como as medidas de ordem preventiva e restritiva, a Câmara Municipal irá retomar as reuniões de Câmara, sendo que a próxima reunião terá lugar no dia 14 de abril.

Mais se informa que as próximas reuniões do executivo da Câmara Municipal vão realizar-se por videoconferência, em virtude das medidas adotadas pelo Município, conducentes à prevenção e contenção da propagação epidémica.

VIZELA TEM LINHA DE APOIO

Câmara de Vizela lança linha de apoio municipal Covid-19 - 800 104 100

A Câmara Municipal de Vizela lançou uma linha de apoio ao munícipe para informação sobre as medidas complementares que a Autarquia tem vindo a adotar, tendo em consideração a atual situação evolutiva do surto epidémico, e com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal.

linhaapoio.jpg

Esta linha de apoio está disponível através do 800 104 100, entre as 09.00h e as 17.00h, e destina-se a prestar informações sobre as seguintes medidas da Câmara Municipal:

PASA COVID 19 - Programa de Apoio ao Sistema de Alimentação - COVID 19

Entrega de cabazes, criado com o objetivo de assegurar que pessoas carenciadas que se encontrem numa situação de especial vulnerabilidade, que vivam isolados ou estejam em casa sozinhos, sem apoio de rede familiar ou de assistência social, possam ter acesso a bens essenciais como a alimentação e assim, se mantenham em casa, evitando a propagação do surto epidémico.

Compras em Casa

Medida de recolha e entrega de compras ao domicílio, de bens de primeira necessidade como compras no supermercado, assegurando o acesso a bens essenciais como a alimentação e que as pessoas se mantenham em casa, evitando a propagação do surto epidémico.

Esta medida destina-se apenas aqueles que não tenham qualquer retaguarda familiar ou social, a maiores de 65 anos, portadores de deficiência, famílias monoparentais, e pessoas sob quarentena obrigatória ou profilática, com sinalização COVID-19, decretada por Autoridade de Saúde.

Descansar em Segurança - alojamento para profissionais de saúde

Oferta de alojamento aos profissionais de saúde de residentes em Vizela, a trabalhar na linha da frente do combate ao Covid-19, proporcionando locais onde possam estar em isolamento, para evitar contactos com as famílias.

Este alojamento terá lugar no Hotel Termas e é destinado a todos os que estão no terreno e que não querem regressar a casa e assim colocar em risco as suas famílias, podendo assim descansar e estar disponíveis para continuar a prestar os cuidados de saúde necessários à população.

Voluntariado Vizela COVID

Criado em parceria com as IPSS’s do Concelho, para dar apoio às Instituições Particulares de Solidariedade Social, em particular para dar cobertura a alguma falha que possa surgir no contexto desta pandemia, nomeadamente substituição de pessoas sob quarentena obrigatória ou profilática ou com sinalização COVID-19.

Tablets e acesso à internet a alunos carenciados

Disponibilização de tablets com teclado e acesso à Internet aos alunos carenciados, para que estes possam acompanhar as atividades letivas em casa durante o período de encerramento das escolas devido ao Covid-19, para garantir o ensino à distância a todos os alunos durante a pandemia.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela tem acompanhado atentamente a evolução do surto epidémico do COVID-19 no concelho e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação.

MUNICÍPIO DE VIZELA CRIA PROGRAMA COMPRAS EM CASA

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), foi decretado o Estado de Emergência Nacional, através do Decreto Presidencial nº 14-A/2020, de 18 de março, tendo sido decretadas pelo Governo, através do Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, um conjunto de medidas de ordem preventiva e restritiva, designadamente deveres de confinamento obrigatório e de especial proteção, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

comprasemcasa.jpg

Assim sendo, de forma a assegurar que o acesso a bens essenciais como a alimentação e que as pessoas se mantenham em casa, evitando a propagação do surto epidémico, o Município de Vizela criou o programa Compras em Casa, uma medida de recolha e entrega de compras ao domicílio, bens de primeira necessidade como compras no supermercado.

Esta medida destina-se a maiores de 65 anos, portadores de deficiência, famílias monoparentais, e pessoas sob quarentena obrigatória ou profilática, com sinalização COVID-19, decretada por Autoridade de Saúde.

Este apoio destina-se apenas aqueles que não tenham qualquer retaguarda familiar ou social e quem pretender aceder a este apoio deve ligar o número 800 104 100, entre as 09.00h e as 17.00h.

Assim, e sendo absolutamente essencial garantir que as pessoas se mantenham em casa, mas com a confiança de que nada lhes faltará, este apoio visa garantir a respetiva entrega de bens essenciais como a alimentação.

Esta medida vem juntar-se a um conjunto de outras medidas complementares que a Câmara Municipal tem vindo a adotar, tendo em consideração a atual situação evolutiva do surto epidémico, e com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal, reduzindo o impacto provocado pela pandemia no Concelho e minimizando a propagação do vírus.

INCÊNDIO DEFLAGRA NA RUA ILHA DOS AMORES EM VIZELA

Incêndio na Rua Ilha dos Amores, em Santo Adrião

Deflagrou esta tarde um incêndio no Rua Ilha dos Amores, em Santo Adrião, uma situação preocupante e que teve a intervenção dos Bombeiros Voluntários de Vizela.

incendio.jpg

No local estiveram a acompanhar a situação o Presidente da Câmara Municipal de Vizela, a Proteção Civil Municipal e os serviços de ação social do Município.

De realçar que este incêndio resultou em dois desalojados, que, entretanto, foram acomodados pela Câmara Municipal numa unidade hoteleira do Concelho.

A Câmara Municipal, através dos serviços de ação social, irá agora acompanhar esta família, no sentido de prestar o apoio necessário perante esta situação.

VIZELA: GNR NOTIFICOU CASA DO PÃO DE LÓ DELÍCIA POR INFRAÇÃO ÀS REGRAS DO ESTADO DE EMERGÊNCIA

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), foi decretado o Estado de Emergência Nacional, através do Decreto Presidencial n.º 14-A/2020, de 18 de março, tendo sido decretadas pelo Governo, através do Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, um conjunto de medidas de ordem preventiva e restritiva, designadamente deveres de confinamento obrigatório e de especial proteção, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

unnamedpaodelodeliviz.jpg

Neste seguimento, a GNR de Vizela, após fiscalização no local, notificou a pastelaria Casa do Pão de Ló Delícia por infração às regras do Estado de Emergência.

De realçar que o proprietário da pastelaria já havia sido alertado para os perigos de saúde pública inerentes ao incumprimento das medidas de prevenção impostas, tendo, nessa altura, sido alertado para comportamentos que não se adequavam às medidas de prevenção e contágio decretadas pelo atual estado de emergência.

A Câmara Municipal de Vizela alerta que apesar das fiscalizações e alertas para os perigos, muitos cafés, padarias e outros estabelecimentos do género que potenciam o contacto social e o contágio, continuam abertos sem respeitarem as regras de segurança e prevenção decretadas, lembrando que a aplicação de medidas penais associadas, poderá ir até 1 ano de prisão ou 120 dias de multa.

Assim, e atendendo à atual situação do país e do concelho, é hora de pensar no bem comum e cumprir as regras determinadas, pelo que a Câmara Municipal apela mais uma vez a todos os Munícipes que sigam rigorosamente todas as recomendações da Direção-Geral de Saúde, assim como as medidas de ordem preventiva e restritiva decretadas pelo Governo.

MUNICÍPIO DE VIZELA OFERECE ALOJAMENTO A PROFISSIONAIS DE SAÚDE

A Câmara Municipal de Vizela vai oferecer alojamento aos profissionais de residentes em Vizela, a trabalhar na linha da frente do combate ao Covid-19, proporcionando locais onde possam estar em isolamento, para evitar contactos com as famílias.

Hotel Termas.JPG

Este alojamento terá lugar no Hotel Termas e é destinado a todos os que estão no terreno e que não querem regressar a casa e assim colocar em risco as suas famílias, podendo assim descansar e estar disponíveis para continuar a prestar os cuidados de saúde necessários à população.

Esta medida vem juntar-se a um conjunto de outras medidas complementares que a Câmara Municipal tem vindo a adotar, tendo em consideração a atual situação evolutiva do surto epidémico, e com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela tem acompanhado atentamente a evolução do surto epidémico do COVID-19 no concelho e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação.

VIZELA DESINFETA CONTENTORES DE LIXO

Câmara Municipal de Vizela e juntas de freguesia efetuam desinfeção diária dos contentores de lixo

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), e no seguimento das medidas decretadas pela Direção-Geral de Saúde, a Câmara Municipal de Vizela tem adotado medidas de ordem preventiva, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

desinfeção contentores 2.JPG

Neste seguimento, a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia estão a proceder à higienização e desinfeção do centro urbano da cidade e das freguesias, com produtos e dosagens recomendadas pela Direção Geral da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde.

Neste seguimento, a Câmara Municipal e as juntas de freguesia estão a efetuar a desinfeção diária dos contentores de lixo, alertando a população para que não coloquem sacos do lixo fora dos equipamentos de deposição de resíduos, como frequentemente tem sido verificado, devendo cada munícipe proceder à colocação dos seus sacos do lixo dentro do contentor mais próximo.

A Câmara Municipal de Vizela alerta ainda para a forma de tratar os resíduos urbanos em casos de contaminação ou suspeita por coronavírus/Covid-19, sendo que todos os resíduos produzidos pelo(s) doente(s) e por quem lhe(s) prestar assistência devem ser colocados em sacos de lixo resistentes e descartáveis, com enchimento até 2/3 (dois terços) da sua capacidade, devidamente fechados e colocados dentro de um segundo saco, devidamente fechado, e ser depositado no contentor de resíduos indiferenciados. As luvas, máscaras e lenços (mesmo sem estarem contaminados) devem ser colocados no lixo comum – nunca, no ecoponto ou na sanita.

Assim, a Câmara Municipal de Vizela apela à responsabilidade e ao civismo de todos os munícipes, para que de forma consciente cumpram as regras e efetuem a deposição do lixo doméstico nos respetivos contentores, em especial nesta altura de adoção de medidas de ordem preventiva, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

CÂMARA DE VIZELA DISTRIBUI TABLETS E ACESSO À INTERNET A ALUNOS CARENCIADOS

A Câmara Municipal de Vizela vai disponibilizar tablets e acesso à Internet aos alunos carenciados, para que estes possam acompanhar as atividades letivas em casa durante o período de encerramento das escolas devido ao Covid-19, para garantir o ensino à distância a todos os alunos durante a pandemia.

tablets.jpg

Assim, e tendo em atenção a probabilidade das escolas se manterem encerradas durante o terceiro período deste ano letivo, sendo que os alunos terão atividades educativas à distância, necessitando por isso de equipamentos informáticas, todos os alunos têm direito a igualdade no acesso à educação, a Câmara Municipal vai assim disponibilizar tablets com teclado e acesso à Internet, apenas aos alunos carenciados.

De igual modo, tendo em consideração a atual situação evolutiva do surto epidémico, o Município de Vizela implementou o respetivo Plano de Contingência Municipal e tem vindo a adotar conjunto de medidas complementares com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal.

Esta medida vem juntar-se a um conjunto de outras medidas complementares que a Câmara Municipal tem vindo a adotar, tendo em consideração a atual situação evolutiva do surto epidémico, e com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal.

Destaque para o PASA COVID 19 - Programa de Apoio ao Sistema de Alimentação - COVID 19, com a entrega de cabazes, criado com o objetivo de assegurar que os idosos ou pessoas que se encontrem numa situação de especial vulnerabilidade, que vivam isolados ou estejam em casa sozinhos, sem apoio de rede familiar ou de assistência social, possam ter acesso a bens essenciais como a alimentação e assim, se mantenham em casa, evitando a propagação do surto epidémico.

De realçar também a entrega de kits às IPSS’s, USF’s e Bombeiros, com gel desinfetante, mascaras, fardas e barreiras de proteção em acrílico para balcões de atendimento, com o contributo de vários empresários do Concelho.

A Câmara Municipal criou ainda o Voluntariado Vizela COVID, em parceria com as IPSS’s do Concelho, para dar apoio às Instituições Particulares de Solidariedade Social, em particular para dar cobertura a alguma falha que possa surgir no contexto desta pandemia.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela tem acompanhado atentamente a evolução do surto epidémico do COVID-19 no concelho e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação.

VIZELA GARANTE SALÁRIOS DOS FUNCIONÁRIOS DOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO

Câmara de Vizela reuniu com associações de pais do Concelho, ficando salvaguardados os salários dos funcionários

O Presidente da Câmara Municipal de Vizela reuniu esta tarde por videoconferência com todas as associações de pais do Concelho, no sentido de avaliar as dificuldades que estas se têm deparado neste momento com o encerramento das escolas.

EB Infias.JPG

De destacar que entre as atividades que as associações de pais desenvolvem, estas têm como principal fonte de financiamento as transferências da Câmara Municipal, no âmbito da gestão dos refeitórios escolares, para o fornecimento de lanches escolares dos estabelecimentos de ensino do 1º ciclo do ensino básico e da gestão da componente de animação e apoio à família nos jardins-de-infância.

As transferências efetuadas pela Câmara Municipal de Vizela são suportadas com base no financiamento da administração central, mais precisamente do Ministério da Educação, tendo em atenção a atividade de cada uma das escolas.

Assim, e tendo em atenção o encerramento das escolas e consequentemente a falta de atividade, e atendendo à suspensão das transferências, na reunião ficou decidido por todas as associações de pais a aplicação do lay-off aos seus trabalhadores, ficando assegurado o salário de todos os funcionários das Associações de Pais, sendo que parte será pago pela Segurança Social, e a parte que caberia às Associações De Pais, será assumida pela Câmara Municipal.

De realçar que a Câmara Municipal reconhece o papel das associações de pais na promoção e desenvolvimento da Educação, sendo estas parceiras nas iniciativas que promovem a melhoria da qualidade e da humanização dos espaços escolares, pelo que considera fundamental apoiar estas associações neste momento difícil.

CÂMARA DE VIZELA CONTINUA ENTREGA DE KIT's ÀS IPSS's, USF's E BOMBEIROS

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), foi decretado o Estado de Emergência Nacional, através do Decreto Presidencial nº 14-A/2020, de 18 de março, tendo sido decretadas pelo Governo, através do Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, um conjunto de medidas de ordem preventiva e restritiva, designadamente deveres de confinamento obrigatório e de especial proteção, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

Entrega gel SCMV.jpg

Neste seguimento, a Câmara Municipal, com contributo de vários empresários do nosso Concelho e da nossa região, e nos termos já apresentados na reunião do grupo de crise, está a entregar um kit às IPSS do Concelho, de onde cumpre destacar a Santa Casa da Misericórdia de Vizela, o Centro Social e Paroquial de Santa Eulália, o Centro Social e Paroquial de S. Miguel e a AIREV, e ainda às Unidades de Saúde Familiar do Centro de Saúde de Vizela e aos Bombeiros Voluntários de Vizela.

Hoje foram entregues 500 litros de gel desinfetante para o próximo mês, adquirido pela Autarquia, para a higiene das mãos, uma das regras de ouro para se conseguir interromper as cadeias de contágio do covid-19, assim como as máscaras doadas pelas Confeções Cruzeiro e as barreiras de proteção em acrílico para balcões de atendimento, disponibilizadas pela Autarquia.

O objetivo da distribuição deste Kits é apoiar a comunidade local na prevenção e combate, ajudando a colmatar a falta destes artigos junto da comunidade.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela tem acompanhado atentamente a evolução do surto epidémico do COVID-19 no concelho e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação.