Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CÂMARA MUNICIPAL DE VIZELA RETOMA CAMPANHA MUNICIPAL DE VACINAÇÃO ANTIRRÁBICA A PARTIR DE 19 DE ABRIL

Ao longo dos últimos meses, e tendo em atenção a situação do surto epidémico, a Câmara Municipal implementou o Programa de Apoio Municipal  VIZELA COVID-19, um conjunto de medidas para assegurar o combate ao surto, o estímulo à recuperação económica e a proteção social, para ajudar quem mais precisa e para retomar, tão rapidamente quanto possível, o fulgor que caracteriza o concelho de Vizela, mas que apenas se tornaram possíveis pela abertura da sociedade civil e a respetiva colaboração em torno desta causa.

cartaz vacinaçao 2021.jpg

Assim, e tendo em atenção a evolução da situação epidemiológica do Covid-19, a Câmara Municipal elaborou em janeiro um novo Plano de Contingência, definindo medidas preventivas, de acompanhamento e monitorização da situação evolutiva, divididas em três áreas de ação - medidas de saúde pública, medidas de mitigação económica e social e medidas de vacinação.

No seguimento deste Plano de Contingência, a Câmara Municipal de Vizela suspendeu a realização da Campanha da Vacinação Antirrábica e de Identificação Eletrónica Municipal, contudo, tendo em atenção a evolução da situação epidemiológica no nosso Concelho, assim como o Plano de Desconfinamento do Governo, a Câmara Municipal de Vizela retoma a Campanha da Vacinação Antirrábica e de Identificação Eletrónica Municipal, a partir do dia 19 de abril, salvaguardando, contudo, as medidas de precaução sanitárias obrigatórias relativas à COVID-19, a saber:

- É obrigatório fazer marcação antecipada, através da linha telefónica da Câmara Municipal de Vizela ou pedindo ajuda nas Juntas de Freguesia;

- É obrigatório o uso de máscara pelo detentor do animal;

- É obrigatória a desinfeção das mãos antes e depois da realização dos atos;

- É obrigatório manter o distanciamento social e a etiqueta respiratória.

- Os detentores dos animais devem fazer-se acompanhar de cartão de cidadão e dos documentos que possuam do animal.

O desrespeito por estas regras será motivo para não poder usufruir do serviço.

De destacar que a Vacinação Antirrábica e Identificação Eletrónica é agora efetuada no veículo de socorro móvel animal, inserido no programa Vizela ProAnimal, um plano integrado para este setor que a Câmara Municipal se encontra a desenvolver no sentido de estruturar, dinamizar e dignificar as políticas municipais relativas aos animais errantes.

O atendimento é efetuado individualmente no interior do novo veículo de socorro móvel animal, com condições físicas semelhantes a um consultório, melhorando substancialmente a qualidade no serviço.

Para enorme benefício dos munícipes, a periodicidade da campanha, que era anteriormente mensal, é agora semanal (1 vez por semana - 48 vezes/ano) no centro urbano (S. Miguel e S. João), e anteriormente anual, é agora mensal (1 vez por mês - 12 vezes/ano) nas restantes freguesias, nos dias e horas indicados no calendário em anexo.

Assim, o novo veículo apoia na Campanha Municipal de Vacinação Antirrábica e Identificação Eletrónica, através da deslocação às freguesias – 1 vez por mês (12 vezes/ano) e ao centro urbano – 1 vez por semana (48 vezes/ano).

O objetivo deste Executivo passa assim por colocar Vizela na primeira linha das autarquias no que toca às políticas municipais relativas aos animais errantes, em contraponto com o que acontecia até agora, em que se verificava uma total ausência de estratégia nesta matéria.

CÂMARA DE VIZELA APRESENTA PROJETO DE REQUALIFICAÇÃO DO LARGO DA IGREJA DE S. PAIO

No seguimento da reabilitação urbana da freguesia de São Paio, a Câmara Municipal de Vizela apresenta o projeto de requalificação do Largo da Igreja de S. Paio, no próximo dia 15 de abril, pelas 16.00h, no Largo da Igreja de S. Paio.

Largo Igreja S. paio5.jpg

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela executou um projeto de requalificação do Largo da Igreja de S. Paio dando-lhe a dignidade que merece, à semelhança da reabilitação dos largos das igrejas que tem vindo a ser efetuada nas restantes freguesias do Concelho, no âmbito do PARU – Plano de Ação de Regeneração Urbana de Vizela.

De realçar que a Largo da Igreja de S. Paio se insere na ARU de São Paio, com uma área de 19,6 hectares, e que se desenvolve a partir da igreja e adro e estendendo-se até à área verde complementar que, embora não integrada na ARU, estabelece com esta uma interligação, podendo servir para criar dinâmicas de utilização do espaço.

De destacar ainda que esta requalificação do Largo da Igreja de S. Paio vem no seguimento da requalificação da Rua do Calvário e Rua João Silva Monteiro, que visou a reabilitação do espaço público com a reconfiguração do perfil da Rua, através da criação de passeios e da colocação de mobiliário urbano (papeleiras e iluminação necessária), uma vez que estas funcionam como os principais acessos ao centro cívico da freguesia – o largo da igreja.

Esta intervenção integrou a ligação entre o cemitério, a escola, a Junta de Freguesia e o pavilhão e o objetivo é agora fazer o prolongamento desta intervenção até ao Largo da Igreja, promovendo a qualidade estética e atratividade desta zona urbana.

CÂMARA DE VIZELA VAI EDITAR LIVRO SOBRE A HISTÓRA DO BOLINHOL

Depois da eleição do Bolinhol de Vizela como uma das 7 Maravilhas Doces de Portugal, a Câmara Municipal desenvolveu, ao longo do último ano, uma estratégia de dinamização do Bolinhol, que passou por um conjunto de ações no sentido da promoção e divulgação do Bolinhol.

Reunião Bolinhol.JPG

No seguimento desta estratégia, a Câmara Municipal avançou no final do ano transato com o processo de certificação do Bolinhol, de forma a valorizar e preservar a sua autenticidade, sendo que na semana passada se realizou mais uma sessão, no âmbito deste processo de certificação que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal e de todos os produtores de Bolinhol do Concelho.

Nesta sessão, o Presidente da Câmara municipal avançou com informação de que a Câmara Municipal irá editar um livro sobre a história do Bolinhol, da autoria do vizelense António Cunha, com uma investigação histórica à origem do doce, apostando na preservação deste doce tradicional do nosso Concelho.

De destacar que o processo de certificação do Bolinhol abrange também a certificação das quatro casas produtoras e resulta de uma candidatura apresentada pela Autarquia, com uma comparticipação de 85%, sendo os restantes 15% suportados pela Câmara Municipal.

A aposta na certificação deste doce tradicional irá permitir aferir as características que fazem com que Bolinhol seja uma marca de Vizela, identificando as suas características, preservando sempre a sua confidencialidade, mas também protegendo o produto como sendo nosso.

De realçar que, decorrente da estratégia de dinamização do Bolinhol como uma das 7 Maravilhas Doces de Portugal, o Presidente da Câmara Municipal entregou a cada um dos produtores de Bolinhol, o diploma oficial das 7 Maravilhas Doces de Portugal, o selo para colocar nas caixas do Bolinhol e ainda uma placa para colocar na fachada exterior das lojas de cada um dos produtores.

A Câmara Municipal tem também implementado uma nova dinâmica na divulgação do Bolinhol, que tem passado pela associação deste produto endógeno aos eventos promovidos pela Câmara, com a presença dos produtores do Bolinhol, com stands próprios para a promoção do nosso doce típico, com destaque para a Feira do Bolinhol, uma das estratégias para manter o Bolinhol vivo como uma referência de Vizela.

De destacar também que a Autarquia tem criado condições para associar a imagem das 7 Maravilhas Doces de Portugal ao Concelho, sendo disso exemplo a alteração dos totems das entradas da cidade e das novas paragens de autocarros, onde foi colocada uma alusão ao Bolinhol como uma das 7 Maravilhas dos Doces de Portugal. É também intenção da Autarquia criar um monumento ao Bolinhol como forma de dar a conhecer a todos os que nos visitam que somos detentores de uma das 7 Maravilhas dos Doces de Portugal.

A Câmara Municipal de Vizela considera que a eleição do Bolinhol como uma das 7 Maravilhas Doces de Portugal deve ser devidamente promovida e divulgada pois, para além de reafirmar a identidade de um povo que, cada vez mais, sente que valeu a pena lutar pelo Concelho de Vizela, também homenageia todos aqueles que lutaram pela nossa autonomia, permite a promoção de Vizela, consolidando, desta forma, uma estratégia de dinamização do Concelho, assim como do comércio tradicional, em particular, dos que orgulhosamente vendem o nosso bolinhol, mas, também, de todos os comerciantes do ramo da restauração, que passam a ter mais um “trunfo” nas suas mesas.

VIZELA INSTALA NOVOS CANDEEIROS NA PRAÇA DA REPÚBLICA

No seguimento das obras de requalificação obras de requalificação e revitalização da Praça da República e Jardim Manuel Faria, integrada no PARU – Plano de Ação de Regeneração Urbana de Vizela e no Plano de Ação - Regeneração Urbana Sustentável – RUS, foram já colocados os novos candeeiros na Praça da República.

De destacar que os novos candeeiros dispõem de luminárias LED, na sequência do processo de remodelação da rede de iluminação pública no Concelho que, além de mais eficientes, vão também permitir ao município uma poupança na fatura da eletricidade. Estes candeeiros vão também dispor de pontos wifi para acesso à Internet.

O objetivo da Câmara Municipal é proceder à substituição das luminárias existentes através da instalação de luminárias LED em todo o Concelho, efetuando uma poupança dos consumos energéticos, assim como a redução efetiva da percentagem de emissão de dióxido de carbono para a atmosfera.

A obra de requalificação e revitalização da Praça da República e Jardim Manuel Faria tem um valor de 1.843.085,00€ e será comparticipada pelo FEDER a 100%, sendo que à Câmara Municipal caberá apenas o pagamento dos trabalhos a mais ou imprevistos.

O projeto de requalificação e revitalização da Praça da República e Jardim Manuel Faria é de extrema relevância para o Concelho, e vem no seguimento do PARU – Plano de Ação de Regeneração Urbana de Vizela e do RUS - Plano de Ação - Regeneração Urbana Sustentável, e envolve a reestruturação do desenho da Praça, a reorganização da circulação viária dos arruamentos confrontantes, permitindo aumentar a utilização do espaço por parte da população, assim como criar uma zona de estacionamento.

Um dos aspetos fundamentais deste projeto de requalificação é a conjugação entre o passado e o futuro, apostando na valorização do espaço urbano, projetando a Praça da República para o futuro do Concelho.

A Câmara Municipal considera a requalificação e revitalização da Praça da República e Jardim Manuel Faria uma obra de extrema relevância para o Concelho e que vai deixar orgulhoso cada vizelense, pelo que apela à cooperação e compreensão de todos os moradores e comerciantes, pedindo desculpa por todos os constrangimentos, sendo que a Autarquia irá envidar todos os esforços para que as intervenções decorram de modo a minorar o seu impacto no quotidiano dos munícipes.

CÂMARA MUNICIPAL DE VIZELA AVANÇA COM PLANO DE CONTROLO DA POPULAÇÃO DE POMBOS

A Câmara Municipal de Vizela encontra-se a implementar um programa de controlo preventivo de pombos na área urbana, através da colocação de sistemas constituídos por espigões dissuasores para proteger monumentos e imóveis públicos.

sistema pombos.jpg

Os pombos são aves que se adaptam bem nas áreas urbanas e com as quais nos habituámos a conviver no nosso dia-a-dia, mas tornam-se um problema quando se reproduzem de uma forma descontrolada, criando problemas ao nível do bem-estar e saúde das populações humanas, da conservação do património edificado e também da redução da biodiversidade de outras aves.

Nesse sentido, a Câmara Municipal considera fundamental o controlo da população de pombos na nossa cidade, continuando a aposta na revitalização do centro urbano, que há mais de 10 anos não via uma única obra, sendo que este Executivo veio alterar por completo este paradigma, tendo implementado o RUS - Plano de Ação - Regeneração Urbana Sustentável, que integra um conjunto de intervenções integradas nos espaços públicos e que irá tornar irreconhecível o centro urbano de Vizela.

VIZELA: CRUZAMENTOS COM A RUA DR. ABÍLIO TORRES TRANSITÁVEIS A PARTIR DE AMANHÃ

No seguimento da obra de requalificação da Rua Dr. Abílio Torres, integrada no PARU – Plano de Ação de Regeneração Urbana de Vizela e no Plano de Ação - Regeneração Urbana Sustentável – RUS, a Câmara Municipal de Vizela informa as seguintes alterações de trânsito:

  • a partir de 9 de abril - reabertura ao trânsito dos seguintes cruzamentos:

o    Rua Joaquim Pinto – Rua das Termas;

o    Rua Ferreira Caldas – Rua Latino Coelho;

o    Rua Dr. Alfredo Pinto – Rua Dr. Abílio Torres;

  • 9/4/2021 e 31/5/2021 - 3.ª fase da obra - encerramento ao trânsito no troço compreendido entre o cruzamento da Rua Dr. Abílio Torres com a Rua Ferreira Caldas e a Rua Latino Coelho e o cruzamento da Rua Dr. Abílio Torres - Rua Dr. Alfredo Pinto, para iniciar a fresagem e pavimentação desse troço da Rua Dr. Abílio Torres.

Estas alterações de trânsito têm como objetivo minimizar os efeitos dos trabalhos e melhorar as condições de segurança das equipas de trabalho e moradores das zonas afetadas, minimizando ainda os impactes ambientais e do tráfego resultantes desta intervenção.

A Câmara Municipal de Vizela apela à cooperação e compreensão de todos os munícipes, pedindo desculpa por todos os constrangimentos resultantes das obras, reiterando que se trata de uma obra de extrema relevância para o Concelho, sendo que a Autarquia irá envidar todos os esforços para que as intervenções decorram de modo a minorar o seu impacto no quotidiano dos munícipes.​

planta AT.jpg

VIZELA: ESCOLHIDO VOLUNTÁRIO PARA PROJETO DE SERVIÇO DE VOLUNTARIADO EUROPEU EM FRONTIGNAN LA PEYRADE

Ivo Machado é o jovem de Vizela que vai para Frontignan La Peyrade ao abrigo de um projeto de voluntariado Corpo Europeu de Solidariedade.

voluntario 2021.JPG

À semelhança do que tem acontecido nos anos anteriores, após um período aberto para candidaturas, o município de Vizela selecionou um jovem que vai ter um período de mobilidade na cidade de Frontignan de La Peyrade, localidade que tem um protocolo de geminação com Vizela.

O jovem é o Ivo Machado, tem 25 anos e é natural da União de Freguesias de S. João e S. Miguel. Este projeto europeu tem a duração de 9 meses, com início a 1 de maio e término a 31 de janeiro de 2022.

O Jovem voluntário de Vizela irá integrar um projeto “Voluntariado na Europa: Ajudar, Crescer, Aprender”, no qual vai promover a mobilidade europeia dos jovens da cidade francesa e terá a oportunidade de colaborar na organização e dinamização de várias atividades culturais e educativas do departamento de cultura da Câmara de Frontignan.

Esta experiência de voluntariado pressupõe o desenvolvimento de uma série de competências, tais como o sentido de iniciativa e empreendedorismo, expressão e consciência cultural, comunicação em língua estrangeira, aptidões digitais, sociais e cívicas, ou seja, competências essenciais para a empregabilidade e cidadania no século XXI.

Assim, este programa, de forte cariz educativo, certifica as competências adquiridas através do Youthpass, uma ferramenta ao dispor dos participantes em projetos financiados pelo programa Corpo Europeu de Solidariedade e que descreve as suas experiências e aquilo que aprenderam. Este certificado é um documento importante para os voluntários anexarem nos seus currículos na busca de futuras oportunidade de trabalho.

Ivo Machado terá agora um período de preparação antes de rumar a esta aventura, através de momentos formativos com os tópicos de aprendizagem intercultural, gestão de conflitos, comunicação e língua francesa.

CÂMARA DE VIZELA INAUGURA REQUALIFICAÇÃO DAS RUAS FERREIRA CALDAS E JOAQUIM PINTO

No seguimento da política de requalificação do centro urbano de Vizela definida no Plano de Ação - Regeneração Urbana Sustentável – RUS, a Câmara Municipal de Vizela inaugura a requalificação da Rua Ferreira Caldas e da Rua Joaquim Pinto, no próximo dia 17 de janeiro, pelas 11.00h horas.

Req. JP2.JPG

De realçar que estas duas obras de requalificação vêm no seguimento da requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria, que este Executivo decidiu alargar às artérias adjacentes, nomeadamente a requalificação da Rua Dr. Abílio Torres e da Rua Dr. Pereira Caldas (Rua da Rainha), sendo que tudo vai nascer do coração da cidade e vai espalhar-se ao longo de todas as artérias circundantes.

As obras de requalificação da Rua Ferreira Caldas e da Rua Joaquim Pinto contemplou a elevação de toda a faixa de rodagem existente e da praceta a edificar para a cota dos passeios; a colocação de canaletes e grelhas de recolha de águas pluviais entre o passeio e a faixa de rodagem; o condicionamento da velocidade, através de colocação de sinalização adequada, de modo a facilitar o atravessamento pedonal; a alteração do material dos passeios para um mais acessível e com melhores condições, criando-se assim uma plataforma de passeio mais agradável à circulação pedonal; a retificação do mobiliário urbano na área do arruamento, assim como a colocação de dissuasores, no seguimento e nos termos da mesma filosofia da intervenção realizada nas ruas do centro urbano.

A requalificação da Rua Joaquim Pinto, para além da requalificação da via e passeios, teve como principal objetivo a criação de um espaço específico para o estacionamento de curta duração para os utentes da escola, sem interferir com o trânsito do arruamento.

A Câmara Municipal de Vizela considera muito importante a revitalização do centro urbano, que há mais de 10 anos que não via uma única obra no centro, sendo que este Executivo veio alterar por completo este paradigma, tendo implementado um conjunto de intervenções integradas nos espaços públicos, num investimento de cerca de 16M€, sendo cerca de 8 M€ de investimento no centro urbano, integrado no RUS - Plano de Ação - Regeneração Urbana Sustentável e que irá tornar irreconhecível o centro urbano de Vizela.

CÂMARA MUNICIPAL DE VIZELA AUTORIZA FEIRAS SEMANAIS NO CONCELHO

Ao longo dos últimos meses, e tendo em atenção a situação do surto epidémico, a Câmara Municipal implementou o Programa de Apoio Municipal  VIZELA COVID-19, um conjunto de medidas para assegurar o combate ao surto, o estímulo à recuperação económica e a proteção social, para ajudar quem mais precisa e para retomar, tão rapidamente quanto possível, o fulgor que caracteriza o concelho de Vizela, mas que apenas se tornaram possíveis pela abertura da sociedade civil e a respetiva colaboração em torno desta causa.

feira Vizeladesconf.JPG

Assim, e tendo em atenção a evolução da situação epidemiológica do Covid-19, a Câmara Municipal elaborou em janeiro um novo Plano de Contingência, definindo medidas preventivas, de acompanhamento e monitorização da situação evolutiva, divididas em três áreas de ação - medidas de saúde pública, medidas de mitigação económica e social e medidas de vacinação.

No seguimento deste Plano de Contingência, a Câmara Municipal de Vizela suspendeu a realização das feiras semanais de quinta-feira e sábado do concelho de Vizela, contudo, tendo em atenção a evolução da situação epidemiológica no nosso Concelho, assim como o Plano de Desconfinamento do Governo, a Câmara Municipal de Vizela decidiu permitir, a partir do dia 8 de abril, a realização das feiras semanais de quinta-feira e sábado do concelho de Vizela.

A Câmara Municipal de Vizela reitera, ainda, que, no âmbito da realização das referidas feiras, deverão ser asseguradas todas as condições de segurança determinadas pela Direção Geral de Saúde, designadamente a gestão de entradas e saídas de modo a permitir um controlo da lotação do recinto e, assim, evitar uma concentração excessiva, a definição de circuitos de circulação, a desinfeção dos recintos, a higienização e o uso obrigatório de máscara.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela tem acompanhado atentamente a evolução do surto epidémico do COVID-19 no Concelho e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação, motivo pelo qual as medidas apresentadas podem ser modificadas a qualquer momento, caso se verifique uma alteração substancial das condicionantes da epidemia.

CÂMARA MUNICIPAL DE VIZELA APRESENTA ORÇAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM 2021

No próximo dia 8 de abril, pelas 17h00, a Câmara Municipal vai apresentar a 5ª edição do Orçamento Participativo Jovem, na ciclovia – junto ao jardim do túnel da cor, dando início ao período de entrega de propostas que decorrerá até 9 de maio.

O Orçamento Participativo Jovem é uma iniciativa que visa promover uma maior participação dos jovens e aumentar o seu contributo para o desenvolvimento do Concelho, tratando-se de uma aposta no seu espírito criativo e no seu potencial empreendedor.

 O OPJ Vizela, promovido em cooperação com o Conselho Municipal de Juventude, é dirigido aos jovens residentes, estudantes e/ou trabalhadores no Concelho de Vizela, com idades compreendidas entre os 12 e os 30 anos e contempla uma verba de 15 mil euros.

As propostas deverão ser entregues pessoalmente no setor da juventude ou em formato digital, através de formulário disponível no site da Câmara Municipal, até ao dia 9 de maio.

As quatro edições realizadas até ao momento confirmam a importância e oportunidade do OPJ de Vizela, justificando, assim, a opção em continuar esta frente de trabalho, mesmo em tempos difíceis e diferentes.

De destacar que no ano passado, apesar dos constrangimentos decorrente da situação pandémica, no qual o trabalho de proximidade com os jovens sofreu alterações e passou a fazer-se à distância, o Orçamento Participativo Jovem recebeu 12 propostas, mais 7 propostas que em 2019.  

A participação dos jovens é muito importante, pois com a apresentação das vossas propostas estarão a contribuir para o desenvolvimento da nossa comunidade e de Vizela.

OPJ21-2.jpg

CÂMARA DE VIZELA ATRIBUI 72.500,00€ EM BOLSAS DE ESTUDO PARA ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR

A atribuição de auxílios económicos a estudantes reveste-se de decisiva importância, enquanto forma de suprimir ou minorar as desigualdades económicas e sociais, muitas vezes obstáculo ao prosseguimento de estudos, pelo que a Câmara Municipal aprovou a atribuição de 72.500,00€ para bolsas de estudo a alunos do ensino superior.

bolsas 2019.jpg

De destacar que as bolsas de estudo a alunos do ensino superior, foram já atribuídas nos dois anos letivos anteriores, de acordo com o novo Regulamento, com a alteração do critério de atribuição, com uma nova fórmula muito mais capaz para dar resposta às necessidades efetivas dos alunos na atribuição das bolsas, sendo que a Câmara concede agora 30% da bolsa atribuída pelo Ministério do Ensino Superior, criando um princípio de igualdade.

Assim, e tendo em conta esta nova fórmula, a Câmara Municipal mais que quadruplicou o valor atribuído pelo anterior executivo municipal, que era de 15.000,00€ e 25 bolsas atribuídas, sendo que este ano letivo de 2020/2021, a Câmara atribuiu 205 bolsas, num valor de mais de 72.500,00€.

O objetivo foi criar um Regulamento mais equilibrado, que crie proporcionalidade e igualdade, pois a Câmara irá apoiar todos aqueles que frequentam o ensino superior, com carências económicas efetivas (comprovadas pelos serviços de ação social escolar das universidades).

CÂMARA MUNICIPAL DE VIZELA APROVOU MAIS 41 CHEQUES-BEBÉ

À semelhança dos dois últimos anos, a Câmara Municipal está a atribuir cheques-bebé, no valor de 1000 euros cada, no âmbito do Regulamento Municipal de Incentivo à Natalidade.

cheque_bebe_foto_arquivo.jpg

Este ano e no ano passado, e tendo em atenção a evolução da pandemia de Covid-19, a Câmara Municipal não efetuou a entrega pública dos cheques, tendo feito os mesmos chegar a cada uma das famílias abrangidas.

Na última reunião de Câmara foi aprovada a  atribuição de mais 42 cheques bebé,  sendo que a  Câmara Municipal de Vizela já entregou, desde a criação deste regulamento, em 2018, mais de 550 cheques-bebé, no valor de 1000 euros cada, uma medida adotada pelo Município de Vizela com o objetivo de desenvolver estratégias de estímulo à natalidade e à fixação da população, de modo a criar condições que favoreçam o bem-estar e a qualidade de vida dos munícipes, assim como uma medida de estímulo ao comércio local.

Este Regulamento está em vigor desde janeiro de 2018 e estabelece a atribuição de um valor de 1000,00€ por criança, onde 50% desse valor tem que ser gasto em despesas com a aquisição de bens ou serviços em empresas sedeadas no Concelho, e os restantes 50% são atribuídos em dinheiro.

Assim, desde a criação do Regulamento Municipal de Incentivo à Natalidade, a Câmara Municipal já investiu mais de meio milhão de euros nesta medida, sendo que metade deste valor foi diretamente investido no comércio local.

A Autarquia acredita que esta medida é suscetível de ter um impacto positivo na melhoria da qualidade de vida das famílias e das crianças, ao mesmo tempo que se criam condições para promoção da economia local.

VIZELA RETOMA PAGAMENTO DE PARCÓMETROS E PARQUES DE ESTACIONAMENTO A PARTIR DE 5 DE ABRIL

Ao longo dos últimos meses, e tendo em atenção a situação do surto epidémico, a Câmara Municipal implementou o Programa de Apoio Municipal  VIZELA COVID-19, um conjunto de medidas para assegurar o combate ao surto, o estímulo à recuperação económica e a proteção social, para ajudar quem mais precisa e para retomar, tão rapidamente quanto possível, o fulgor que caracteriza o concelho de Vizela, mas que apenas se tornaram possíveis pela abertura da sociedade civil e a respetiva colaboração em torno desta causa.

parcómetros.jpg

Assim, e tendo em atenção a evolução da situação epidemiológica do Covid-19, a Câmara Municipal elaborou um novo Plano de Contingência, definindo medidas preventivas, de acompanhamento e monitorização da situação evolutiva, divididas em três áreas de ação - medidas de saúde pública, medidas de mitigação económica e social e medidas de vacinação.

No seguimento deste novo Plano de Contingência, a Câmara Municipal de Vizela suspendeu em janeiro o pagamento de parcómetros e parques de estacionamento, contudo, tendo em atenção a evolução da situação epidemiológica no nosso Concelho assim como o Plano de Desconfinamento do Governo, a partir da próxima segunda feira, dia 5 de abril, será retomado o pagamento dos parcómetros e parques de estacionamento.

A Câmara Municipal apela, assim, à responsabilidade e ao civismo de todos os munícipes, para que de forma consciente cumpram as regras de utilização destes equipamentos e as recomendações das autoridades, em especial o uso obrigatório de máscara e a prática de distanciamento social, para evitar a transmissão da doença na nossa comunidade.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela tem acompanhado atentamente a evolução do surto epidémico do COVID-19 no concelho e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação.

VIZELA INICIA PROCESSO DOS CENSOS 2021

Durante o mês de abril, o Instituto Nacional de Estatística, I.P. (INE) vai realizar o XVI Recenseamento Geral da População e VI Recenseamento Geral da Habitação – Censos 2021.

CENSOS-2021.jpg

Para tal, foi já realizada uma reunião de trabalho para preparação do processo Censos 2021 em Vizela, apos a qual foram ministradas as sessões informativas a recenseadores e coordenadores de freguesia, as quais tiveram lugar na Casa das Coletividades, e cujo objetivo foi o de preparar as equipas de todas as freguesias do município para o trabalho de campo.

Assim, e por razões de segurança, o Município de Vizela, procedeu, previamente, à realização de testes COVID-19 a todos os intervenientes que irão estar em contacto com a população.

Chegados a este ponto, a partir do próximo dia 5 de abril e até ao dia 18, será entregue a todos os alojamentos, pelos recenseadores devidamente identificados e credenciados pelo INE, uma carta contendo um código e uma palavra passe necessários para responder aos Censos 2021, sendo esta depositada nas caixas do correio, colocadas por baixo da porta ou entregues em mão.

Nesse seguimento, a partir do dia 19 de abril e, preferencialmente, até ao dia 3 de maio, toda a população deverá responder via internet, acedendo ao sítio censos2021.ine.pt e, depois de colocar o código e a palavra passe constantes da carta e responder a todas questões, deverá escolher a opção “entregar” quando terminar, sendo este o procedimento mais fácil, simples e seguro.

Não obstante, os recenseadores prestarão apoio, através das mais diversas formas, a todos os respondentes que não possuam condições de responder através da internet.

Importa ainda referir que, ao longo de mais de 150 anos, os Censos têm colocado à disposição da sociedade o maior retrato estatístico de Portugal. Os organismos públicos, as entidades privadas e os cidadãos em geral, reconhecem a utilidade da informação censitária, enquanto fator essencial para a planificação de serviços ou para a definição de políticas em áreas como a educação, a saúde, a habitação e o emprego.

Censos 2021: Contamos todos. Contamos com todos. Sem si, não estão todos!

CÂMARA DE VIZELA ASSINALA DIA INTERNACIONAL DO LIVRO INFANTIL

No dia 2 de abril comemora-se em todo o mundo o nascimento de Hans Christian Andersen e a partir de 1967, este dia passou a ser designado por Dia Internacional do Livro Infantil, chamando-se a atenção para a importância da leitura e para o papel fundamental dos livros para a infância.

DIA INTERNACIONAL DO LIVRO INFANTIL.jpg

Para assinalar esta data, a Câmara Municipal terá um dia de atividades dedicado a esta comemoração, numa mensagem de incentivo à leitura, que começa desde tenra idade.

Assim, neste dia, a Câmara Municipal, irá promover várias atividades na sua página de facebook, direcionadas ao público mais jovem, entre elas: “Faz-te ao Livro”, sugestão de livros infantis da nossa Biblioteca, um Quiz sobre literatura infantil e uma oficina de expressão dramática dirigida ao público escolar.

O objetivo destas atividades é assinalar a data e, ao mesmo tempo, fazer com que as crianças tenham cada vez mais a noção que o livro é um amigo que abre as asas.

CÂMARA MUNICIPAL DE VIZELA DINAMIZA PROGRAMA DE ATIVIDADES ONLINE PARA A PÁSCOA

A Câmara Municipal, atenta à necessidade de produção de conteúdos de Ocupação de Tempos Livres para os alunos do primeiro ciclo, lançou o desafio aos seus professores de AEC para a realização de atividades para as férias da Páscoa.

AEC ONLINE FÉRIAS PASCOA.jpg

Assim, os professores das aulas de enriquecimento curricular da Câmara Municipal de Vizela estão online durante esta semana com muitas surpresas. Todos os conteúdos estão disponíveis na página de facebook da Câmara Municipal com vídeos de atividades que vão desde o desporto, a música, as ciências e as artes.

A Câmara Municipal agradece a disponibilidade e emprenho de todos os professores AEC por terem colaborado com a Autarquia na produção destes e de todos os vídeos que alimentam o portal online das AEC de Vizela.

Aqui fica o programa:

Segunda-feira

  • 10:00 – Atividade Lúdico Expressiva
  • 15:00 – Desporto

Terça-feira

  • 10:00 – Atividade Lúdico Expressiva
  • 15:00 – Desporto
  • 16:00 – Música

Quarta-feira

  • 10:00 – Ciências Experimentais
  • 15:00 – Desporto

Quinta-feira

  • 10:00 – Ciências Experimentais
  • 15:00 – Desporto

16:00 – Música

CÂMARA DE VIZELA APRESENTA PROJETO EDUCATIVO LOCAL DE VIZELA

Cumprindo a premissa deste Executivo de que a Educação é o Futuro, a Câmara Municipal tem apostado em privilegiar esta vertente, promovendo e operacionalizando medidas de desenvolvimento da educação, tomando este aspeto como determinante na qualificação e competitividade futura das gerações vindouras no Concelho.

Entrega de Tablets.JPG

A Câmara Municipal tem efetuado um trabalho no âmbito da rede educativa concelhia, em matérias diversificadas, das quais se destacam: a gestão do parque escolar edificado; o planeamento da rede educativa; a execução da ação social escolar e das atividades de enriquecimento curricular.

No seguimento deste trabalho que tem vindo a ser desenvolvido, a Câmara Municipal apresenta o Projeto Educativo Local de Vizela, no próximo dia 1 de abril, pelas 16.00h, no auditório da Escola Secundária de Vizela.

O projeto “Vizela: construção de um território educador. Projeto Educativo Local do Município ou uma nova visão da educação e da formação” tem como objetivo principal construir um concelho educador, inovador e criativo através de uma articulação estratégica entre os diferentes atores educacionais, as diferentes comunidades e a sociedade civil do Município, abrangendo as áreas económica, social, cultural, desportiva, entre outras.

CÂMARA DE VIZELA APRESENTA PROJETO ‘BIBLIOTECA SOBRE RODAS’

No âmbito dos objetivos definidos no Plano Municipal de Leitura, que pretende constituir-se como uma estratégia integrada de promoção do livro, da leitura e das literacias, a Câmara Municipal apresenta o projeto ‘Biblioteca sobre Rodas’, no próximo dia 30 de março, pelas 16.30h, no largo da Igreja de Santa Eulália.

logo biblioteca sobre rodas.jpg

De destacar que o Plano Municipal de Leitura abarca um conjunto de iniciativas, cujos objetivos principais passam por promover o hábito da leitura e da escrita como formas de desenvolvimento pessoal, facilitar o acesso ao livro e à leitura, descentralizando as ações de promoção da leitura e preservar a identidade, cultura, memória e o imaginário da população de Vizela.

Assim, e numa numa lógica de reinvenção dos seus serviços, de forma a manter-se próxima dos seus utilizadores, a Câmara Municipal, através da Biblioteca Municipal, lança o projeto ‘Biblioteca sobre Rodas’, numa lógica descentralizadora e com o intuito de incutir o gosto pela leitura, junto da população vizelense, independentemente da sua idade, condição económica ou social.

Assim, a Câmara Municipal adquiriu uma carrinha, que foi devidamente adaptada para o efeito e que irá percorrer todas as Juntas de Freguesia do nosso Concelho, para que, desta forma, todas as pessoas possam proceder à requisição dos livros diretamente.

Na sua missão de promoção do livro e da leitura e tendo como objetivo o acesso livre ao livro por todos os munícipes do Concelho, o projeto ‘Biblioteca sobre Rodas’ tem como objetivo aproximar a biblioteca da comunidade, sem que esta tenha de se deslocar ao seu encontro. 

CÂMARA DE VIZELA E RESINORTE ESTÃO A RECUPERAR ECOPONTOS ENTERRADOS DO CONCELHO

No âmbito do programa ‘Vizela Mais Limpa’ e no seguimento do reforço da rede de ecopontos no Município de Vizela, a Câmara Municipal, em parceria com a Resinorte, está a efetuar a recuperação dos ecopontos enterrados existentes no nosso Concelho.

ECOPONTOS EM RECUPERAÇAO VIZELA.jpg

De realçar que a Resinorte tem vindo a reforçar a rede de ecopontos no Concelho, integrado no Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos - PERSU 2020.

Na localização dos novos ecopontos, foram privilegiadas as zonas onde se constata uma maior necessidade destes equipamentos, permitindo assim, que cada vez mais o cidadão tenha de fazer um percurso mais curto para depositar os seus resíduos.

De destacar que este reforço da contentorização seletiva é uma das medidas implementadas pela Autarquia em parceria com a Resinorte, destacando-se ainda o serviço de recolha de resíduos seletivos porta a porta no comércio e serviços, “Comércio a Reciclar”, e a instalação de um autocompactador para a recolha de papel e cartão, no Mercado Municipal/Feira.

Este reforço tem como objetivo melhorar a qualidade do serviço prestado aos municípios, cidadãos e empresas, e ainda contribuir para atingir os objetivos nacionais da estratégia de gestão de resíduos urbanos enquadrados pela política comunitária de resíduos.

De realçar que há dois anos atrás, altura em que este Executivo tomou posse, Vizela encontrava-se muitos anos atrasada no que diz respeito à política de gestão de resíduos, pelo que decidiu alterar por completo a política ambiental em vigor na Autarquia, através da implementação do programa ‘Vizela Mais Limpa’, que tem tendo como objetivo fundamental a melhoria substancial da qualidade de vida de Vizela e dos vizelenses, estimando uma poupança de um milhão de euros em 10 anos, através da: substituição do sistema de recolha de resíduos urbanos porta-a-porta por um sistema progressivo de contentorização; aquisição de varredora mecânica; aquisição de camião de limpeza urbana; colocação de contentores de recolha seletiva; e promoção de ações de sensibilização.

A Câmara Municipal considera que a adoção de comportamentos e hábitos ecológicos e a separação correta dos diferentes resíduos produzidos são pequenos gestos que farão toda a diferença para uma ‘Vizela Mais Limpa’, contribuindo para uma melhoria substancial da qualidade de vida de Vizela e dos vizelenses, hoje, e no futuro, para um desenvolvimento mais sustentado do nosso Concelho.

PARQUE DAS TERMAS DE VIZELA COM NOVOS WC DE APOIO

No seguimento dos trabalhos de intervenção e requalificação do Parque das Termas, a União de Freguesias de Caldas de Vizela S. Miguel e S. João, com a colaboração da Câmara Municipal de Vizela continuam a intervenção naquele espaço.

wc parque.JPG

Assim, e no seguimento do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido em parceria, já foram colocadas novas casas de banho de apoio ao Parque das Termas e também à Marginal Ribeirinha, junto ao campo de ténis, que estarão a funcionar a partir da próxima quarta feira.

De realçar que em 2019 foi efetuada a maior revitalização do Parque das Termas de Vizela das últimas décadas, em especial no Monte do Parque, em conjunto com a Companhia de Banhos de Vizela e a União de Freguesias de Caldas de Vizela S. Miguel e S. João.

No ano passado, e pelo seu enorme valor patrimonial natural e histórico, bem como pelo excelente estado de conservação, a Associação Portuguesa de Jardins Históricos decidiu integrar no seu inventário o Parque das Termas de Vizela, atribuindo-lhe formalmente o estatuto de "Jardim Histórico".

A referida associação criou em todo o território nacional doze rotas com jardins históricos, passando o Parque das Termas a fazer parte da Rota do Baixo Minho.

Assim, e ao longos dos últimos dois anos, a União de Freguesias de Caldas de Vizela S. Miguel e S. João, em parceria com a Câmara Municipal, ao abrigo da delegação de competências da Câmara Municipal, tem apostado na recuperação, requalificação e revitalização do Parque das Termas, no sentido de o devolver a Vizela e aos Vizelenses.