Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

QUEM FOI O ABADE DE PRISCOS QUE DÁ O NOME AO TÃO AFAMADO QUANTO DELICIOSO PUDIM BRACARENSE?

ABADE DE PRISCOS – Gastrónomo

Manuel Joaquim Machado Rebelo nasceu em Turiz em 1834 e faleceu em Vila Verde em 1930. Estudou no Seminário Arquidiocesano de Braga e ordenou-se sacerdote em 1861. Foi então nomeado pároco de Cunha (Arentim), de Bastuço (Barcelos), de Ruilhe (Braga) e, finalmente, de Priscos, desde 1883, até à sua morte.

À parte a sua ação pastoral, manifestou excecionais dotes como alfaiate e bordador, mas foi como gastrónomo que ficou na história. Concebeu inúmeras receitas culinárias, donde ressalta o já célebre pudim, conhecido e apreciado em todo o país. Consta que haveria um caderno com as suas criações gastronómicas, porém, nunca foi encontrado.

Na visita ao Norte do país do Rei D. Luís I, em 1887, foi o Abade de Priscos que se encarregou dos faustosos banquetes realizados em sua honra. Sabe-se também que o Arcebispo de Braga, de 1899 a 1913, D. Manuel Batista da Cunha, quando pretendia receber visitas ilustres, convidava o Padre Rebelo para dirigir os trabalhos de cozinha.

Texto: Manuel Campos

151238075_3835214856524252_3383438616857939056_o.j

Foto: Wikipédia

ESCOLAS DE VILA VERDE PARTICIPAM NO 1º FÓRUM NACIONAL DO CENTRO DE EXPOSIÇÕES DOS CLUBES DE CIÊNCIA VIVA NA ESCOLA

Escolas do Concelho de Vila Verde marcam presença online no 1º Fórum Nacional do Centro de Exposições dos Clubes de Ciência Viva na Escola

Vereadora da Educação, Cultura e Ação Social, Dra. Júlia Fernandes, dá testemunho sobre esta participação a nível nacional.

CC Centro de Exposi__es do F_rum Nacional Clubes d

Se não teve oportunidade de assistir em direto à apresentação do 1º Fórum Nacional de Clubes Ciência Viva na Escola, tem agora a oportunidade de fazê-lo a qualquer momento, numa visita virtual que estará disponível pelo período de um ano.

Nestas visitas poderá inteirar-se do trabalho desenvolvido pelo Clube nº 17, "Ciência(s) Bora Lá(b)! do Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva e pelo Clube nº 24, “No Pico da Ciência”, do Agrupamento de Escolas de Vila Verde.

Ao visitar estes dois Clubes pode perceber o trabalho neles desenvolvido, assim como os parceiros que com eles colaboraram.

São inúmeras as iniciativas disponíveis neste Fórum!

Comece pelo átrio e escolha a direção que quer tomar! Nos diferentes espaços encontrará uma diversificada oferta.

Se tomar a direção “Centros de Exposições” encontrará os Clubes de Ciência Viva na Escola e seguindo a orientação “norte”, encontrará o Clube nº 17, "Ciência(s) Bora Lá(b)! do Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva, em https://clubescienciaviva.virtualarena.pt/space/atrio/centro-de-exposicoes/clubes/norte/ciencias-bora-lab/

e o Clube nº 24, “No Pico da Ciência”, do Agrupamento de Escolas de Vila Verde em https://clubescienciaviva.virtualarena.pt/space/atrio/centro-de-exposicoes/clubes/norte/no-pico-da-ciencia/ , ambos parceiros da Casa do Conhecimento de Vila Verde, nomeadamente para a concretização das duas edições da Feira de Ciência & Tecnologia.

Destacamos o testemunho da Sra Vereadora da Educação, Cultura e Ação Social do Município de Vila Verde, Dra. Júlia Fernandes na mais valia da parceria entre a Casa do Conhecimento de Vila Verde e os os Clubes de Ciência Viva destes dois Agrupamentos de Escolas do concelho.

No seu testemunho, a autarca referiu «A Casa do Conhecimento de Vila Verde tem uma parceria muito ativa com os Clubes Ciência Viva do Agrupamento de Escola de Moure e da Ribeira e do Agrupamento de Escola do Vila Verde. Estas parcerias tem levado à realização de múltiplas atividades sendo que as mais expressivas é a realização das Feiras de Ciência e Tecnologia, sendo que este ano, devido à situação pandémica, transformamos esta ediçãonum formato online e teve um público aderente de cerca de 2500 pessoas, que participaram de norte a sul do país. Foi de facto interessantíssimo ver como as nossas escolas e os nossos agrupamentos se envolveram neste projeto. Parabéns às nossas escolas, parabéns aos nossos alunos e parabéns aos Clubes Ciência Viva, vamos continuar com estas parcerias, pois assim chegamos sempre mais longe.»

CC Centro de Exposi__es do F_rum Nacional Clubes d

CC Centro de Exposi__es do F_rum Nacional Clubes d

VILA VERDE ADIA "FEVEREIRO, MÊS DO ROMANCE" POR CAUSA DA PANDEMIA

‘Fevereiro, Mês do Romance’. Programação adiada devido ao agravamento da pandemia de COVID-19

A edição de 2021da programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’, que todos os anos pinta Vila Verde com as cores do amor, incluindo o Desfile de Moda Namorar Portugal, foi adiada por tempo indeterminado face ao preocupante agravamento da pandemia de COVID-19 em Portugal.

MR2021.png

Apesar de prevista uma programação de carácter minimalista, onde estavam excluídas atividades que envolvessem público ou promovessem qualquer tipo de ajuntamento, assim como um desfile de moda online, o Município de Vila Verde decidiu, perante o contexto atual, proceder ao seu adiamento.

Uma eventual nova data será definida e anunciada, assim que a Direção-Geral da Saúde determinar que estão reunidas todas as condições de segurança para o efeito.

Nesta altura, é imperativo focar todas as energias no combate à pandemia. Assim que for possível, voltaremos a desenvolver a programação que valoriza e promove a cultura tradicional enquanto dinamiza a economia, com mais de 70 parceiros (empresas, artistas, artesãos…) que criam produtos inspirados nos motivos dos Lenços de Namorados.

Durante o próximo mês vamos aproveitar para recordar alguns dos momentos mais marcantes da edição de 2020 e reforçar a presença online da marca, sobretudo através das redes sociais.

VILA DE PRADO REALIZA FEIRA DOS VINTE NAS REDES SOCIAIS

Com séculos de história, a Feira dos Vinte remonta ao longínquo século XIV, em que o Rei D. Dinis era o soberano da nação e, desde então, realiza-se sempre do dia 20 de janeiro de cada ano.

Este ano devido à Pandemia a Feira dos Vinte foi cancelada, mas para assinalar esta secular tradição a Junta de Freguesia da Vila de Prado, está a recordar a feira nas suas redes sociais (página de Facebook) até dia 24 de janeiro.

Pode (re)viver um certame com séculos história através de uma programação digital especial!

140408917_3523165631142923_5774605995797258804_o.j

140453017_3523165301142956_493071322281093419_o.jp

VILA VERDE: BÊNÇÃO DO GADO

Fotografia realizada no dia da a benção do gado, tradição milenar, em Mixões da Serra, freguesia de Valdreu, na zona mais montanhosa do concelho de Vila Verde. Nesta celebração, que se realiza no domingo que antecede o dia de Santo António (13 de Junho), os animais concentram-se no largo em frente ao santuário - Igreja de Santo António de Mixões da Serra - para que Santo António os livre de todos os males.

CNF1387.jpg

CNF1386.jpg

CNF1385.jpg

CNF1256.jpg

CNF1257.jpg

CNF1258.jpg

Fotos: Alfredo Cunha / Centro Português de Fotografia

VILA DE PRADO REALIZA FEIRA DOS VINTE EM VERSÃO DIGITAL

Feira dos Vinte Digital. Já pode (re)viver o certame nas redes sociais da Junta de Freguesia da Vila de Prado

A Feira dos Vinte Digital já arrancou nas redes sociais (página de Facebook) da Junta de Freguesia da Vila de Prado. Durante esta semana, até dia 24 de janeiro, pode (re)viver um certame com séculos história através de uma programação especial.

20horizontal.jpg

Há quiz a decorrer, curiosidades e fotografias dos momentos mais marcantes do certame, ao longo de cada dia e nos horários em que habitualmente ocorrem.

A iniciativa surgiu na impossibilidade de o evento se realizar presencialmente, como já acontece desde o longínquo século XIV, devido ao agravamento da situação epidemiológica provocada pela COVID-19.

Ainda assim, e porque não há pandemia que apague a chama da tradição pradense, o momento está a ser assinalado com a ajuda das novas tecnologias, que levam as memórias a casa das pessoas.

A Feira dos Vinte realiza-se no dia 20 de janeiro de cada ano e é de uma importância histórica incontornável, remontando ao reinado de D. Dinis. Era aqui que, em tempos idos, era definido o preço do gado para o resto do ano.

VILA VERDE CONCLUI VACINAÇÃO NOS LARES E IPPS

Presidente da Câmara elogia empenho do ACES Gerês/Cabreira e dos Bombeiros Voluntários

Entre os dias 12 e 14 do corrente mês de janeiro, o Agrupamento (ACES) Gerês/Cabreira concretizou, na íntegra, o programa de vacinação dos utentes e profissionais das IPSS e lares concelhios contra a Covid-19.

As equipas do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira, responsáveis pela administração da vacina, contaram com a preciosa colaboração das equipas de emergência pré-hospitalar dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde nesta acção da maior relevância para a protecção de um significativo número de utentes numa situação de maior vulnerabilidade e de profissionais mais expostos a um vírus pandémico que tem vindo a afetar o bem-estar e a tirar a vida a inúmeras pessoas no nosso país e em todo o mundo.

Atendendo que a saúde é um bem inestimável e na medida em que está em causa um grave problema de saúde pública, a Câmara Municipal de Vila Verde não pode deixar de realçar a inteira disponibilidade e a forma extremamente eficiente como estas equipas planearam este programa de vacinação e a forma eficaz como colocaram no terreno os meios necessários para que a mesma se tenha revestido do maior sucesso.

Esta é, sem dúvida, uma notícia muito boa para Vila Verde e constitui mais um exemplo paradigmático de que, quando as vontades e as sinergias convergem em torno de uma causa humanitária e de elevadíssimo interesse público, é possível superar as dificuldades e levar os projetos e as acções a bom porto, em tempo útil.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, sublinha “a prontidão e a eficiência assinaláveis com que o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira programou e executou este processo de administração da primeira dose da vacina contra a Covid-19 aos utentes e colaboradores dos lares e IPSS concelhios, numa clara demonstração da proatividade e do forte sentido de missão dos responsáveis e de todos os profissionais de saúde deste Agrupamento.”

O mesmo Edil considera que, “neste tempo de grande incerteza e excecionalmente preocupante no que se refere à saúde de todos nós e à difícil situação socioeconómica decorrente da pandemia, é fundamental que sejamos capazes de reunir vontades e unir esforços para que esta pandemia possa ser erradicada.”

O Dr. António Vilela apela, assim, a que, “daqui em diante, todos e cada um de nós, sejamos ainda mais disciplinados e persistentes no cumprimento de todas as regras emanadas das autoridades de saúde, pois só desta forma será possível levar de vencida esta terrível pandemia”.

VILA VERDE: SANEAMENTO CHEGA À MAIOR PARTE DAS HABITAÇÕES

Obras de alargamento da rede em Mós e Gondiães

A rede de tratamento de águas residuais continua em fase de nítida expansão no concelho de Vila Verde, decorrendo, neste momento, nas freguesias de Mós e Gondiães, importantes obras de alargamento da mesma e de ligação da rede existente ao intercetor principal.

IMG_20210114_151705.jpg

Com esta intervenção, uma boa parte das habitações destas duas freguesias vai ficar com acesso à rede de saneamento básico.

A aposta na extensão da rede deste serviço de nuclear relevância para a qualidade de vida das pessoas e para o equilíbrio ambiental é um dos importantes pilares da estratégia de desenvolvimento sustentável do território concelhio e a sua concretização está a ter lugar em conformidade com o criterioso planeamento efetuado para o feito.

A forma proativa como o Município de Vila Verde sempre encarou a atempada preparação de projetos e de candidaturas a fundos comunitários, neste como em outros setores nevrálgicos para o progresso local, está a dar bons frutos, permitindo a realização de obras estruturantes e potenciadoras do bem-estar das famílias Vilaverdenses.

Numa visita aos locais onde a instalação das infraestruturas está a ter lugar, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, e o Presidente da União de Freguesias de Pico de Regalados, Gondiães e Mós, Arq. César Cerqueira, inteiraram-se da forma célere como as ligações estão a ser feitas, proporcionando o acesso de várias residências ao serviço de saneamento básico.

O permanente trabalho de parceria entre o Município e as Juntas de Freguesia é também um fator decisivo para o avanço de empreitadas que acrescentam um grande valor ao território concelhio.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, refere que, “fazer chegar o saneamento básico, nas melhores condições, ao maior número possível de habitações, é de primordial importância para que o bem-estar das pessoas e a qualidade ambiental sejam efetivamente promovidos, sendo esta a principal razão de ser de um projeto de desenvolvimento local que coloca sempre as pessoas em primeiro lugar.”

O mesmo Edil releva que, “ pesem embora os constrangimentos colocados pela grave situação de pandemia que enfrentamos e que merece a nossa maior atenção, os esforços em ordem ao reforço do pilar da coesão territorial não pararam e estão a avançar, um pouco por todo o concelho, obras estratégicas para que o território se modernize e dê novos e firmes passos no sentido de uma ainda maior competitividade.”

VILA DE PRADO REALIZA FEIRA DOS VINTE NAS REDES SOCIAIS

Feira dos Vinte. Tradição secular mantém-se viva através das redes sociais!

Este ano, a secular Feira dos Vinte não se vai realizar. A hipótese avançada no final de 2020 pelo presidente da Junta de Freguesia da Vila de Prado, Albano Bastos, é agora um dado adquirido.

1. Feira dos Vinte.JPG

O agravamento da situação epidemiológica, com o aumento galopante do número de contágios, impõe o cancelamento do certame, mas não há pandemia que apague a chama da tradição pradense.

 Assim, vamos aproveitar as novas tecnologias para (re)viver a Feira dos Vinte. Durante a semana de 18 a 24 de janeiro, a página de Facebook da Junta de Freguesia da Vila de Prado vai ser inundada por um mar de publicações relacionadas com o certame.

A feira ganhou o nome por se realizar no dia 20 de janeiro de cada ano e a sua importância histórica é incontornável, já que remonta ao reinado de D. Dinis, no longínquo século XIV. Além da antiguidade, de ressalvar que em tempos idos era em Prado que se definia o preço do gado para o resto do ano, conforme as trocas e vendas da Feira dos Vinte.

A pecuária (sobretudo gado bovino e cavalar) mantém-se na génese de uma feira que se foi adaptando para atravessar os séculos e sobreviver à erosão do tempo. Este ano, vamos (re)viver a genuína tradição pradense através das redes sociais.

Esperamos que no próximo ano possamos voltar a encher o Largo de S. Sebastião para momentos de grande simbolismo, convívio, animação, música e boa gastronomia. Até lá, proteja-se. Juntos vamos ultrapassar esta crise!

AAHCA E PROMOTORES DE CANDIDATURAS + CO3SO EMPREGO AGUARDAM APROVAÇÃO DAS APRESENTADAS EM SETEMBRO

A ATAHCA e os promotores de candidaturas ao +CO3SO Emprego aguardam a aprovação das candidaturas submetidas em setembro passado ao +CO3SO comparticipado pelo Programa Operacional NORTE2020. O número de candidaturas em números absolutos ultrapassou as expectativas da ATAHCA, tendo sido apresentado um valor em mais de 15 vezes. Após a análise técnica obtiveram mérito para aprovação candidaturas nas 3 medidas de montante superior a 8 milhões de euros, para uma dotação de cerca de 1.450.000€.

Situação do + CO3SO Emprego para o território do Cávado (Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde), que teve como instituição responsável pelo concurso a ADL, ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem Cávado e Ave.

A procura excedeu muito as previsões devido ao trabalho efetuado no território através de sessões de informação e esclarecimento realizadas em cada um dos concelhos.

Se forem aprovadas todas as candidaturas com mérito (pontuação igual ou superior a 3), será necessário um reforço de 6.927.115,50€, permitindo a criação de 173 novos postos de trabalho, o que contribuirá para a dinamização do tecido económico dos territórios da NUT III Cávado, onde parte significativa é território rural, de baixa densidade e com taxas elevadas de despovoamento.

Aviso

Dotação FSE+overbooking

Dotação aprovada

Dotação em falta

Empreendedorismo Social

500 588.24€

603 314.15€

102 725.91€

Urbano

423 529.42€

3 921 354.68€

3 497 825.26€

Interior

525 953.17€

3 852 517.50€

3 326 564.33€

Global

1 450 070.83€

8 377 186.33€

6 927 115.50€

 O período máximo de duração do apoio financeiro ao +CO3SO será de 36 meses, com data de fim a 31 de dezembro de 2023, mas como ainda não foram contratualizadas nenhumas operações com beneficiários, porque não existem aprovações definitivas e as respetivas comunicações, quem não contratualizou, porque aguarda a aprovação, já não beneficiará da totalidade do período previsto nos avisos de concurso.

Na opinião da ATAHCA há necessidade de:

1 – Reforçar a dotação financeira do +CO3SO Emprego;

2 – Rápida aprovação das operações com mérito e comunicação aos beneficiários para contratualizarem os recursos humanos objetos das candidaturas;

3 - Reforçar os apoios financeiros para os territórios do interior, rural e os de baixa densidade, de modo a reduzir o despovoamento e estancar a saída de recursos humanos para os meios urbanos e para o estrangeiro.

Se quisermos territórios rurais e do interior dinâmicos têm de existir uma descriminação positiva e um olhar diferente de modo a garantir vida nestes territórios, manter uma paisagem humanizada, manter dinâmica económica e social e preservar os valores culturais. Para se conseguir dinamizar os territórios rurais e do interior é necessário reforçar o +CO3SO com as verbas necessárias para aprovar todas as candidaturas com mérito e reforçar os diversos programas de apoio, no próximo Quadro Comunitário de Apoio, destinadas ao mundo rural.

O mapa do território rural deve ser corrigido, bem como o mapa dos territórios de baixa densidade de modo a evitar prejudicar a população ou os investidores que pretendem instalar-se nestes territórios.

A ATAHCA irá desenvolver todos os esforços, com os parceiros locais, de modo a criarem-se condições que vão de encontro às esperanças que são depositadas no próximo quadro comunitário de apoio 2030.

Vila Verde, 8 de janeiro de 2021

O Presidente da ATAHCA

José da Mota Alves

VILA VERDE VAI TER CENTRO DE PROMOÇÃO DA GASTRONOMIA

EPATV: Alunos de Restauração no lançamento da primeira pedra no Centro de Promoção da Gastronomia e Ciências Gastronómicas

Irina Silva e Francisco Lopes, alunos dos Cursos Técnico de Restaurante/Bar e Técnico de Cozinha/Pastelaria, respetivamente, estiveram hoje, dia 8 de janeiro, presentes no Lançamento da Primeira Pedra do Centro de Promoção da Gastronomia e Ciências Gastronómicas de Vila Verde.

IMG_3637.jpg

Esta ação faz parte do plano de Requalificação do Edifício da Antiga Escola Primária de Vila Verde e contou com a ilustre presença da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, bem como do Presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela, do arquiteto deste projeto municipal, Luís Peixoto, e ainda vários membros da autarquia e da GNR de Vila Verde.

A abertura da sessão foi dinamizada pela Academia de Música de Vila Verde e os alunos da EPATV colocaram na Primeira Pedra o Auto assinado pela Ministra e o Presidente do Município.

António Vilela agradeceu a participação dos alunos da EPATV, relembrando o nível e boa reputação que os cursos de restauração mantêm ao longo dos anos, enquanto Ana Abrunhosa enalteceu a presença da Escola Profissional Amar Terra Verde e deixou o desejo de que, no futuro, esta instituição possa desenvolver várias investigações gastronómicas neste Centro.

IMG_3652.jpg

ISAVE RENOVA ACREDITAÇÃO ERASMUS ATÉ 2027

O ISAVE – Instituto Superior de Saúde - acaba de receber a aprovação da candidatura efetuada à Comissão Europeia para continuar a ser uma entidade acreditada para o programa Erasmus+.

IMG_2296 erasmus.jpg

Ser uma instituição acreditada significa fazer parte de um projeto maior, de uma ideia que visa o desenvolvimento e a melhoria do sistema de educação e formação na Europa de forma permanente e contínua.

As instituições acreditadas são reconhecidas pelos seus parceiros pela qualidade das suas atividades, pela mais valia que trazem, criando deste modo as bases para o estabelecimento de parcerias mais longas e duradouras.

O ISAVE obtém a renovação da sua acreditação com a classificação máxima de 100 pontos atribuída pela Comissão Europeia, o que proporciona a oportunidade de olhar para o futuro a longo prazo com a elaboração de um plano estratégico de desenvolvimento da instituição, ou seja, um Plano Erasmus, deixando de lado a perspetiva de curto prazo assente nos detalhes da gestão das atividades.

A longo prazo, a Comissão Europeia (CE) espera que os períodos de mobilidade apoiados através do processo de acreditação contribuam de forma decisiva para a criação de um Espaço Europeu de Educação. Neste cenário, o Programa Erasmus ganha destaque e posiciona-se no centro de toda esta mudança, estando o ISAVE devidamente preparado para fazer face a este desafio.

VILA VERDE: INSCRIÇÕES NA RETA FINAL. XVIII CONCURSO INTERNACIONAL DE CRIADORES DE MODA

Terminam a 4 de janeiro as inscrições para o XVIII Concurso Internacional de Criadores de Moda, inspirado no tema ‘Lenços de Namorados: Escritas de Amor’.

XVIII Concurso Internacional de Criadores de Moda.

Em tempo de pandemia, a oportunidade é de ouro para jovens talentos demonstrarem todo o seu potencial e, quem sabe, darem o primeiro passo para uma carreira de sucesso como designers ou estilistas. Para além do privilégio de verem as suas peças desfilar num evento de alcance internacional, os melhores coordenados vão receber prémios monetários, que ultrapassam os 2000€ no total.

Os candidatos devem criar peças contemporâneas, que demonstrem que a tradição dos Lenços e a modernidade podem desfilar de mãos dadas na passerelle, valorizando um símbolo tão característico da nossa região.

A iniciativa é do Município de Vila Verde, promovida pela Cooperativa Aliança Artesanal, e decorre no âmbito da programação de ‘Fevereiro, Mês do Romance 2021’. Em função da pandemia de COVID-19, não haverá o habitual Jantar de Gala nem público a assistir ao desfile, privilegiando o formato online e cumprindo todas as orientações da Direção-Geral da Saúde. Assim, o desfile das peças a concurso será transmitido online, no dia 14 de fevereiro de 2021, através de meios próprios.

A entrega dos projetos e da ficha de inscrição decorre até dia 4 de janeiro de 2021, devendo ser submetidos, preferencialmente, através do separador ‘Concursos’ do site www.namorarportugal.pt ou do e-mail aliancaartesanal@gmail.com. É possível, também, enviar via CTT para a Cooperativa Aliança Artesanal, situada na Avenida Dr. Bernardo Brito Ferreira 4730-716, Vila Verde.

Para mais informações, pode consultar o regulamento com todas as condições de participação, disponível no separador 'Concursos', em www.namorarportugal.pt.

DSC02087.JPG

INSCRIÇÕES NA RETA FINAL. XVIII CONCURSO INTERNACIONAL DE CRIADORES DE MODA

Terminam a 4 de janeiro as inscrições para o XVIII Concurso Internacional de Criadores de Moda, inspirado no tema ‘Lenços de Namorados: Escritas de Amor’.

DSC02087.JPG

Em tempo de pandemia, a oportunidade é de ouro para jovens talentos demonstrarem todo o seu potencial e, quem sabe, darem o primeiro passo para uma carreira de sucesso como designers ou estilistas. Para além do privilégio de verem as suas peças desfilar num evento de alcance internacional, os melhores coordenados vão receber prémios monetários, que ultrapassam os 2000€ no total.

Os candidatos devem criar peças contemporâneas, que demonstrem que a tradição dos Lenços e a modernidade podem desfilar de mãos dadas na passerelle, valorizando um símbolo tão característico da nossa região.

A iniciativa é do Município de Vila Verde, promovida pela Cooperativa Aliança Artesanal, e decorre no âmbito da programação de ‘Fevereiro, Mês do Romance 2021’. Em função da pandemia de COVID-19, não haverá o habitual Jantar de Gala nem público a assistir ao desfile, privilegiando o formato online e cumprindo todas as orientações da Direção-Geral da Saúde. Assim, o desfile das peças a concurso será transmitido online, no dia 14 de fevereiro de 2021, através de meios próprios.

A entrega dos projetos e da ficha de inscrição decorre até dia 4 de janeiro de 2021, devendo ser submetidos, preferencialmente, através do separador ‘Concursos’ do site www.namorarportugal.pt ou do e-mail aliancaartesanal@gmail.com. É possível, também, enviar via CTT para a Cooperativa Aliança Artesanal, situada na Avenida Dr. Bernardo Brito Ferreira 4730-716, Vila Verde.

Para mais informações, pode consultar o regulamento com todas as condições de participação, disponível no separador 'Concursos', em www.namorarportugal.pt.

XVIII Concurso Internacional de Criadores de Moda.

VILA VERDE: EPATV DISTRIBUI UMA TONELADA DE ALIMENTOS EM CABAZES DE NATAL

A Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) iniciou hoje, dia 22 de dezembro, a distribuição de 56 cabazes de Natal que resultam da recolha de uma tonelada de alimentos oferecidos por alunos, professores e colaboradores desta escola de Vila Verde.

amarterrverd.jpg

Esta recolha de alimentos deixou o Diretor João Luís Nogueira com uma sensação mista de constrangimento - devido às limitações da Covid - e de felicidade - gerada pela fortíssima solidariedade que a EPATV revelou porque “é este espírito de união que mais nos reconforta” nesta “manifestação de amizade e de alegria”. “Esta faceta solidária e voluntária permite que as nossas famílias possam ter um Natal mais feliz e esta recolha constitui um grande momento da EPATV como Escola Inclusiva”.

“Ser escola inclusiva é o nosso maior e melhor trunfo. Ser solidário é tão importante como saber apertar um parafuso e é uma grade marca que não podemos ignorar”… sustentou João Luís Nogueira.

Dos 56 cabazes de alimentos recolhidos, quatro foram angariados pelo Centro Qualifica da EPATV que não quis ficar á margem desta campanha - esclareceu o prof. José Dantas que teve a colaboração dos professores Pedro Arantes e Paula Costa. O bacalhau que integra estes cabazes foi oferecido pela EPATV.

No dia 2 de novembro, arrancou esta campanha de angariação de alimentos, brinquedos e roupas que se prolonga até à primeira semana de junho do próximo ano.

Esta recolha de alimentos e outros bens para serem distribuídos pelas famílias carenciadas é desenvolvida pelo Grupo de Voluntariado EPATV e decorre dentro da comunidade escolar, sob coordenação do professor José Dantas.

NATAL NA EPATV

A Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) encerrou as atividades do primeiro trimestre com atividades culturais e solidárias que se traduziram na recolha de uma tonelada de alimentos oferecidos pelos cerca de 700 alunos, professores e colaboradores para ajudar 52 famílias carenciadas.

IMG_3567.jpg

Esta recolha de alimentos deixou o Diretor João Luís Nogueira com uma sensação mista de constrangimento  — devida às limitações da Covid — e de felicidade — gerada pela fortíssima solidariedade que a EPATV revelou porque “é este espírito de união que mais nos reconforta” nesta “manifestação de amizade e de alegria”. “Esta faceta solidária e voluntária permite que as nossas famílias possam ter um Natal mais feliz e esta recolha constitui um grande momento da EPATV como Escola Inclusiva”.

SER ESCOLA SOLIDÁRIA É O NOSSO MAIOR TRUNFO

“Ser escola inclusiva é o nosso maior e melhor trunfo. Ser solidário é tão importante como saber apertar um parafuso e é uma grade marca que não podemos ignorar” … sustentou João Luís Nogueira.

O Diretor da Escola agradeceu “o excelente trabalho feito com os nossos alunos de que são prova os prémios conquistados em concursos externos”, dando o exemplo da Andreia Costa (Minho Young Chef Awards — MYCA) conquistado em Braga, no dia 17 de dezembro, na classe de Chefe de Sala e Bar, bem como o Prémio Território MYCA conquistado pelo André Sobral, na categoria de Cozinha, depois de terem vencido a prova na CIM Cávado.

Estes prémios externos— assegura João Luís Nogueira — “reconhecem a credibilidade e competência da Escola porque a nossa missão é realizar os sonhos dos nossos alunos e estes prémios trazem-nos a vontade de fazer mais e melhor”.

João Luís Nogueira concluiu com um apelo duplo: por um lado, “à celebração do animo e da coragem”, e, por outro, “à participação de todos na melhor forma de decisões para o futuro porque este está nas vossas mãos e não nas mãos do chefe”.

O programa abriu de forma estrondosa, com todos os alunos — nas suas salas de aula — a entoarem, ao mesmo tempo, a canção “A todos um bom Natal”, servindo de aperitivo para um espetáculo por um Sexteto de Sopros da Hymnus — empresa de produções artísticas com experiência de eventos corporativos e concertos — no hall de entrada da Escola.

A jornada não se resumiu a músicas, prémios e discursos, sendo marcada pela campanha de cabazes de Natal, organizada pelo Grupo de Voluntariado da EPATV, que são distribuídos na próxima semana às famílias carenciadas de alunos da EPATV— revelou o prof. José Dantas que, com a prof. Paula Costa, coordenou esta iniciativa que se consolida a cada ano que passa.

Após intervalo para almoço, seguiu-se a atuação do Sexteto de Sopros na abertura da cerimónia de troca de prendas, no Auditório da EPATV, seguindo-se a apresentação da música de natal do Centro Qualifica da EPATV.

A sessão incluiu a entrega de prémios do concurso de Quadras de Natal, cuja vencedora foi Paula Conceição Azevedo, formanda do curso EFA Cozinha.  Aconteceu ainda a atuação do Centro Qualifica e a inauguração da exposição “Covid com Arte”, criada pelo prof. Rui Silva. A jornada encerrou com a atuação do Sexteto de Sopros.

IMG_3490.jpg

IMG_3537.jpg

IMG_3543.jpg

EPATV EM PARCERIA INTERNACIONAL ERASMUS PARA CONSTRUÇÃO DA ESCOLA DO FUTURO 4.0

Realizou-se através da plataforma SKYPE, mais uma reunião dos parceiros do projeto ERASMUS + -Innovation in Schools 4.0, do qual a EPATV é coordenadora.

Imagem1epatv.png

Na reunião estiveram presentes todos os parceiros deste projeto, Escola Profissional Raul Dória, Escola Profissional de Rio Maior, Grupo ISIGNARE e Escola Profissional Amar Terra Verde, EfVET (Bruxelas), Koge Business College (Dinamarca) e DIAVIMA (Grécia). Esta parceria transnacional conta ainda com o apoio e supervisão do Centro de Estudos em Desenvolvimento Humano (CEDH) da Universidade Católica de Portuguesa- Porto, na elaboração do Intelectual OutPut, através de dois investigadores de renome na área do ensino e formação profissional.

Como é sabido, este projeto teve início em 2018, no entanto, devido às restrições impostas pela pandemia, sofreu uma reprogramação de calendarização só terminando em novembro de 2021, com a apresentação pública através do Muliplicador Event, que se espera que seja já em regime presencial, em Outubro de 2021 na Universidade Católica do Porto.

O objetivo deste projeto resulta na construção um EBOOK- (IO), um referencial cientificamente testado para identificar as mudanças a serem introduzidas nas escolas e sugerir elementos de inovação para construir uma “escola do futuro”, a uma escala europeia. Foi uma sessão muito produtiva onde se fez uma revisitação dos objetivos do projeto e discutidas questões do relacionadas com a produção do EBOOK, que devido ao forte compromisso e envolvimento dos parceiros se encontra numa fase muito avançada de desenvolvimento.