Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CENTRO QUALIFICA EPATV NO MUNDO DO FUTEBOL

O Centro Qualifica da EPATV, continua a desenvolver o seu trabalho de Certificação de Competências, apoiando todos os interessados em aumentar a sua escolaridade.

1633089987195.jpg

No dia, 18 de outubro Paulo Jorge Gomes, ex-jogador de futebol profissional terminou o seu 12º ano de escolaridade.  Paulo Jorge formou-se no S.C. de Braga, mas jogou internacionalmente, tendo passado pelo Chipre em Clubes como: Apoel, Anorthosis e Doxa.

Após deixar o futebol iniciou a sua carreira como treinador no S.C. de Braga onde continua a desenvolver funções e carreira. Foi nesta atividade profissional, que percebeu a importância de aumentar a sua escolaridade: “Apostar na minha formação enquanto treinador de futebol implica também concluir o 12º ano para poder aceder à atividade em toda a sua plenitude”.

A conclusão do ensino secundário, que não realizou na sua juventude, pela dedicação que a carreira lhe exigiu foi agora possível através do processo de RVCC no Centro Qualifica da EPATV.

ESCOLA AMAR TERRA VERDE PROMOVE PROJETO ERASMUS+

Escola Profissional Terra Verde leva a efeito a sessão do Multiplier Event do projeto Erasmus+ Schools 4.0- Innovation in VET, que se realiza no próximo dia 14 de Outubro, no auditório Carvalho Guerra, da UCP- Universidade Católica do Porto, de acordo com as informações abaixo disponibilizadas.

Apresentacao-Wallpaper.png

O evento tem um carater internacional, em formato blended ( presencial e on line) e terá tradução bilingue ( PT/EN) em simultâneo.

Sobre o Projeto:

Percecionando a necessidade de construir os pilares para reinventar a escola capaz de responder aos novos desafios e oportunidades da Educação e Formação Profissional dos atuais tempos em que vivemos, uma parceria transnacional constituiu-se para desenvolver, desde 2018, o Projeto nº 2018-I-PT OI-KA 202-O47463, no âmbito do Programa Erasmus +, chave KA2, intitulado "School 4.0 -Innovation in VET".

A parceria é constituída por quatro escolas profissionais portuguesas, da "Rede Escolas 4.0", os parceiros europeus da Dinamarca e Grécia, e EfVET da Bélgica (associação europeia das escolas profissionais), tendo como consultoria científica e pedagógica dois investigadores do Centro de Investigação em Desenvolvimento Humano (CEDH) e consultores do Serviço de Apoio à Melhoria da Educação (SAME), da Universidade Católica Portuguesa, Porto, Portugal, mais concretamente o  Prof. Doutor Joaquim Azevedo e a  Prof. Doutora Luisa Orvalho.

O objetivo desta parceria transnacional é coconstruir e publicar um Intelectual Output (IO), em língua portuguesa e inglesa, em suporte de papel e digital (e-book), com links em língua materna de cada parceiro, que se constitua como um referencial teórico-prático inovador para ajudar os diferentes stakeholders a repensar e identificar as mudanças a introduzir nas práticas pedagógicas, organizativas e avaliativas, para se passar de uma escola tradicional, só com aulas presenciais, para uma escola do século XXI, " SCHOOL 4.0", orientada para a mudança positiva, com aprendizagem também à distância e fazer de Aprendizagem ao Longo da Vida da base da sociedade do Conhecimento, através de uma abordagem centrada no ser humano, sustentabilidade e resiliência.

Neste Intelectual Output (IO), que tem prevista a sua divulgação internacional, na Universidade Católica Portuguesa - Porto, no dia 14 de Outubro de 2021, para além de divulgar as boas práticas desenhadas, implementadas pelos parceiros em contextos de sala de aula e formação de trabalho, pretendemos também partilhar histórias de vida (Life´s Stories) de "reference persons", onde se pretende que o testemunho seja inspirador na valorização da relação escola empresa.

FORMAÇÃO FINANCIADA NA EPATV

Desde o passado mês de setembro, a Escola Profissional Amar Terra Verde ganhou nova vida no horário pós-laboral, com oferta de formação modular certificada para ativos empregados e desempregados.

1633089987195.jpg

A EPATV tem em execução um projeto de formação totalmente gratuita para todas as pessoas que pretendam melhorar ou aumentar os seus conhecimentos e competências.

A formação em oferta tem-se centrado na área da Cozinha e Pastelaria, estando, no momento, a decorrer uma ação de Cozinha Criativa e para o mês de novembro haverá duas novas ações nesta área: Preparação e confeção em cozinha (50h) e Pastelaria especial natal (25h).

Na área dos Cuidados de Beleza, está a decorrer uma formação de Técnicas de Maquilhagem e, em novembro, arrancarão duas ações: Técnicas de embelezamento de unhas - novas tecnologias (50h) e Design de sobrancelhas (25 h).

Intervenção pedagógica com crianças e jovens com necessidades educativas específicas (50h) e Ambiente, Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho (25h) estão também previstas para iniciar no próximo mês.

As inscrições para todas as ações encontram-se já disponíveis e podem ser realizadas presencialmente ou através do site da EPATV (www.epatv.pt).

VILA VERDE REALIZA FESTA DAS COLHEITAS

PROGRAMA COMPLETO: bit.ly/FestadasColheitas2021

𝟕 𝐚 𝟏𝟎 𝐝𝐞 𝐨𝐮𝐭𝐮𝐛𝐫𝐨. 𝐎 𝐠𝐞𝐧𝐮í𝐧𝐨 𝐩𝐮𝐥𝐬𝐚𝐫 𝐝𝐨 𝐦𝐮𝐧𝐝𝐨 𝐫𝐮𝐫𝐚𝐥 𝐫𝐞𝐠𝐫𝐞𝐬𝐬𝐚 𝐚 𝐕𝐢𝐥𝐚 𝐕𝐞𝐫𝐝𝐞 𝐜𝐨𝐦 𝐚 𝐅𝐞𝐬𝐭𝐚 𝐝𝐚𝐬 𝐂𝐨𝐥𝐡𝐞𝐢𝐭𝐚𝐬

Os produtos do campo colhidos da terra pelas mãos dos agricultores locais. Os animais da pecuária tradicional e sustentável. A alegria e animação da música popular. A criatividade do artesanato. Máquinas agrícolas, concursos, palestras…

243586522_4490445214403730_8141929872188514838_n.j

Os saberes e sabores tradicionais estão de regresso ao coração do Minho, de 7 a 10 de outubro, com a Festa das Colheitas – XXIX Feira Mostra de Produtos Regionais de Vila Verde, organizada pelo Município de Vila Verde.

Depois de uma longa espera, chega o tão ansiado reencontro com as tradições. As origens. A alma de um povo acolhedor e hospitaleiro. Este ano, conta com um programa reduzido para mitigar a propagação da pandemia, seguindo todas as recomendações da Direção-Geral da Saúde.

7 e 8 de outubro

O pontapé de saída está marcado para as 17h00 da próxima quinta-feira, 7 de outubro. Uma hora mais tarde dá-se a abertura da ‘6ª Festa do Cogumelo’ e o serão fica marcado pelas atuações musicais de Rogério Braga e Sérgio Mirra Trio.

Nos dias seguintes, a Feira Mostra de Produtos Regionais de Vila Verde abre pelas 10h00, com uma enorme variedade de produtos agrícolas de grande qualidade. Na sexta-feira, destaque para a conferência da ATAHCA, os concursos do mel e da marmelada e a animação musical com concertos dos Tukanos e dos Verde Canto.

9 de outubro

A pecuária tradicional marca a manhã de sábado, com o concurso regional e concelhio, seguido do desfile dos animais. Durante a manhã, haverá tempo ainda para o Concurso de Raças Avícolas Nacionais. Em simultâneo, no recinto decorrerá uma verdadeira mostra de talento e criatividade no Concurso de Artesanato.

O início do período vespertino leva-nos numa viagem pelo tempo. A uma agricultura de subsistência, com animais, frutos e legumes frescos do campo. Os trajes de outrora, os pregões e os materiais tradicionais adensam a atmosfera da XVII Feira Tradicional ‘Reviver o Passado’.

O início da tarde fica completo com o Concurso da Broa e a Abertura Oficial do Centro Etnográfico e Interpretativo de Vila Verde. Depois, a música toma conta do recinto com o Concerto da Banda Musical de Vila Verde (17h00), o Concerto da Academia de Música de Vila Verde (18h00) e a alegria contagiante dos Cantares ao Desafio (21h00), com NATY, Anjinho, Malheiro, Aguiar, Né, Silva, Mickael Akordeon, Liliana Oliveira e Simão.

10 de outubro

O último dia da edição deste ano começa bem cedo entre a imensa beleza das paisagens naturais com o Trilho do Fojo do Lobo. Segue-se a Concentração e Desfile de Carros Clássicos (10h00) e Missa das Colheitas (11h00). Durante a tarde, a rainha do Minho é quem mais ordena no Encontro de Tocadores de Concertina. A Festa das Colheitas – XXIX Feira Mostra de Produtos Regionais de Vila Verde encerra às 20h00.

CENTRO QUALIFICA EPATV CONTINUA A REALIZAR SONHOS

O Centro Qualifica da EPATV continua a desenvolver o seu trabalho em prol da qualificação de todos os adultos que procuram aumentar a sua escolaridade.

foto da epatv.jpg

O seu trabalho centra-se em apoiar pessoas maiores de 18 anos que já não estejam integradas no sistema de ensino e que não tenham a sua escolaridade concluída. Através de processos adaptados ao perfil de cada pessoa, respeitando os ritmos de trabalho e permitindo a conciliação entre a vida pessoal e profissional, é possível concluir o 4º, 6º, 9º ou 12º anos.

Exemplos deste trabalho, terminaram ontem, dia 30 de setembro, o 9º ano de escolaridade Cristina Mota e João Paulo Ferreira. Cristina terminou de forma emocionada esta etapa da sua vida, o que até então não tinha conseguido. Trabalha como Auxiliar de Ação Educativa e reconhece que a conclusão do 9º ano lhe vai permitir mais confiança no exercício das suas funções, assim como na manutenção do seu posto de trabalho. João Paulo resolveu concluir o 9º ano, porque perdeu o seu emprego por não ter este nível de escolaridade, já que desempenhava funções num organismo público e o concurso para colocação definitiva nessas funções tinha como requisito este nível escolaridade, tendo sido excluído. Acredita que pode recuperar o seu emprego com esta conquista.

Todos os interessados em aumentar a sua escolaridade podem encontrar no Centro Qualifica da Escola Profissional Amar Terra Verde um apoio para o fazer. Brevemente, com a realização deste processo, os candidatos serão financiados com 548€, através do incentivo criado recentemente pelo Governo – Acelerador Qualifica.

IMG_4729.JPG

EPATV RECEBE ENCONTRO ERASMUS+

Nos dias 27, 28 e 29 de setembro, a Escola Profissional Amar Terra Verde promoveu um encontro entre gestores de empresas, formadores na área de recursos humanos e colaboradores promotores de boas práticas no âmbito do conceito do «work-life balance».

IMG_7512 (Large).jpg

Este evento insere-se no projeto Erasmus+ “Innovative work-life balance tools to promote equality of men and women”, coordenado pela República Checa e no qual a EPATV é parceira.

Os participantes, oriundos dos países parceiros - Eslováquia, Grécia, República Checa e, claro, Portugal – discutiram e partilharam os benefícios associados à implementação de boas práticas que promovam o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal para a melhoria dos índices de satisfação dos colaboradores assim como para o aumento dos índices de produtividade das empresas.

Este projeto teve o seu início em 2019 e, nesta parceria europeia, serão produzidos, até 2022, alguns guias de apoio às empresas para que estas, de forma autónoma, possam implementar este conceito na sua cultura organizacional.

A EPATV congratula-se com a forma como o seu Gabinete Erasmus tem promovido a troca de experiências e de boas práticas com as suas congéneres europeias.

VILA VERDE PROTEGE AS CRIANÇAS COM EPATV COMO PARCEIRA

O Concelho de Vila Verde assume a dianteira na proteção dos direitos das crianças e jovens, com a apresentação pública do VAI - Vamos Apostar na Infância: Plano Local de Promoção e Proteção dos Direitos das Crianças e Jovens de Vila Verde, no salão nobre do Município. Este projeto desenhado pela CPCJ - Vila Verde, surge no âmbito do Projeto Adélia- Apoio à parentalidade. A Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) que tem a sua Diretora Pedagógica, Drª Sandra Monteiro, como membro cooptado da comissão alargada da CPCJ- Vila verde, assumiu-se como parceira desde a primeira hora e hasteou, hoje, dia 30 de setembro, a Bandeira do Selo Protetor dos Direitos das Crianças, mais uma vez.

Apresentação cmvv (Large).jpg

O Diretor da Escola, Dr. João Luís Nogueira marcou presença rápida no hastear da bandeira que contou com a participação da presidente da CPCJ de Vila Verde, Beatriz Santos, da presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, Rosário Farmhouse, coordenadora do projeto Adélia- CNPDPCJ, Elizabeth Di Paolo e da nova Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Júlia Fernandes, entre outras personalidades e instituições.

A promoção, proteção e defesa dos direitos humanos das crianças constitui um dos pilares fundamentais para o desenvolvimento e progresso das comunidades e Selo Protetor representa uma oportunidade de autodiagnóstico e capacitação dirigida às Entidades com Competência em Matéria de Infância e Juventude.

IMG_7515 (Large).jpg

IMG_7522 (Large).jpg

EPATV RESISTE À QUEDA DA POPULAÇÃO JOVEM MANTENDO NÚMERO DE ALUNOS E DE TURMAS

A preparação do novo ano letivo foi o tema central de uma reunião de professores e outros técnicos da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) que decorreu no dia 9 de setembro no auditório da instituição, em Vila Verde.

012epatvv.JPG

Ponto forte do encontro, e motivo de orgulho para todos os que estão ligados à escola – direção, colaboradores, alunos e suas famílias… - foi o facto, destacado na intervenção do seu responsável máximo, João Luís Nogueira, de a EPATV manter, no ano letivo que agora começa, e contrariando uma tendência generalizada, o número de alunos e de turmas do ano anterior.

De acordo com aquele responsável, apesar da forte queda populacional jovem que os concelhos da sua área de influência (Vila Verde, Amares, Terras de Bouro, Póvoa de Lanhoso, Ponte da Barca e Barcelos) registaram, a EPATV atinge este desiderato só possível devido ao “elevado nível de confiança dos pais e jovens do interior do Baixo Minho”.

De facto, se observarmos a quebra demográfica verificada em Amares (1.6%), Vila Verde (3%), Terras de Bouro (12,3%), Ponte da Barca (8,3%) ou Barcelos (3%), expressa nos últimos Censos, a manutenção de alunos e turmas permite à EPATV iniciar um novo ano letivo com renovada esperança, após um período muito difícil por causa da Covid 19.

Não obstante estes números, João Nogueira insistiu na necessidade de conter os níveis de abandono escolar, apelando à intervenção de todos os colaboradores, particularmente os diretores de turma, tornando ainda mais efetivo o acompanhamento e o diálogo com os alunos e as respetivas famílias, bem como a um registo de formação que prepare os futuros profissionais para a realidade que irão encontrar no mercado de trabalho.

Invocando o exemplo dos cursos da área da hotelaria e restauração, salientou que “em conjunto com as empresas, urge que encontremos estratégias para que os alunos não encarem como um óbice o facto de terem de trabalhar durante o fim-de-semana e o período de estágio pode desempenhar neste âmbito um importante papel”.

Destacando a importância da inovação no processo de ensino/aprendizagem, relevou a necessidade de uma constante valorização para melhor enfrentar, como referiu, “o medo do desconhecido que fragiliza as pessoas e as instituições”.

Para o ano letivo que terá início no dia 14 deste mês, a EPATV prepara investimentos ao nível dos equipamentos e das infraestruturas de molde a criar um ambiente escolar propício ao bem-estar da comunidade educativa, potenciando uma formação de qualidade. Por outro lado, a estratégia digital – um iPAD para cada aluno – estará concluída no final do próximo ano.

NÚMEROS POSITIVOS

Quanto ao ano letivo anterior, se é verdade que dez por cento dos cerca de 600 alunos abandonaram os estudos, quase sempre no primeiro ano do curso e, num número significativo de casos, por terem atingido a maioridade, merece saliência o facto de a taxa de conclusão ser de 76,1% e de 98% a de assiduidade às aulas.

Outro valor interessante é o da avaliação que os alunos fazem dos professores, que subiu de 4,71 para 4,74 (escala de 1 a 5), sendo os alunos finalistas — já feitos homens — que melhor classificação atribuem aos docentes.

A EPATV – que celebra 28 anos no próximo dia 27 – promove, no dia 13 deste mês, a cerimónia de receção a 179 novos alunos, dando início, no dia seguinte, a um ano letivo em que manterá 28 turmas em funcionamento numa prova de vitalidade que dá testemunho da pertinência do seu projeto educativo.

FRANCISCO DE CAMPOS DE AZEVEDO SOARES – VILAVERDENSE QUE FOI CONDE DE CARCAVELOS – FALECEU HÁ 120 ANOS

Francisco de Campos de Azevedo Soares (Vila Verde, Coucieiro, Casa de Carcavelos, 22 de Abril de 1818 - Vila Verde, Coucieiro, Casa de Carcavelos, 14 de Outubro de 1901), 1.º Visconde de Carcavelos e 1º Conde de Carcavelos, foi um político e juiz português. Senhor da casa de Carcavelos, e das quintas de Varges, Mascate, e Toural.

240764922_4837105789652458_541647567913356804_n.jp

Filho do Dr. João Manuel de Azevedo Soares, Senhor do vínculo de Carcavelos, Capitão de Auxiliares na Guerra Peninsular e Magistrado em Ponte da Barca, e de sua mulher Antónia Luísa da Silva e Campos.

Matriculou-se na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, onde se formou em Direito, abrindo depois banca de Advogado no Pico de Regalados até 1854, tendo sido, durante este período, Administrador do Concelho, Presidente da Câmara Municipal do Pico de Regalados (1845- 1854) e 1.º Juiz Substituto de Vila Verde. Em 1854 fixou-se em Braga, onde foi Membro da Junta Geral do Distrito em 1850, Presidente da Câmara Municipal de 1856 a 1857, Presidente da Junta Geral do Distrito em 1859, Administrador do Concelho em 1861, Governador Civil do Distrito em 1862 e 1.º Substituto do Juiz de Direito. Militou sempre no Partido Progressista, sendo em Braga seu chefe de 1865 até 1889. Era Fidalgo de Cota de Armas de Mercê Nova, Conselheiro de Sua Majestade Fidelíssima e Comendador da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa.

O título de 1.º Visconde de Carcavelos foi-lhe concedido, em duas vidas, por Decreto de D.Luís I de Portugal de 2 de Outubro de 1879, e foi elevado à Grandeza, como 1.º Conde de Carcavelos, também em duas vidas, por Decreto de D. Luís I de Portugal de 16 de Fevereiro de 1889. O Brasão de Armas concedido por D. Carlos I de Portugal por Alvará de 29 de Julho e Carta de 24 de Agosto de 1895: escudo partido, a 1.ª pala esquartelada, tendo no 1.º quartel em campo de ouro uma águia estendida de negro e armada de vermelho, no 2.º quartel em campo vermelho, cinco estrelas de cinco pontas de ouro postas em sautor e orla azul carregada de oito cruzetas de prata e assim os contrários (de Azevedo dos Senhores de São João de Rei diferenciado), a 2.ª pala cortada em faixa, na 1.ª em campo vermelho um castelo com torre de ouro e em cada um dos ângulos uma flor de lis de prata (Soares diferenciado), na 2.ª em campo azul, três cabeças de leão de prata postas em roquete (de Campos diferenciado); timbre: uma águia do escudo; Coroa de Conde; suportes: dois grifos de ouro.

Casou a 9 de Outubro de 1854 com Eusébia Luísa Leite de Castro (25 de Abril de 1826 - 15 de Junho de 1896), Senhora de diversas Quintas em sucessão a seu tio e primeiro marido Francisco António Leite de Castro, filha de João Álvares da Costa e de sua mulher Maria Rosa Leite de Castro, com geração, tendo sido pais de Francisco de Campos de Castro de Azevedo Soares, 2.º Visconde e 2.º Conde de Carcavelos.

Fonte: Wikipédia

Brasão_Conde_de_Carcavelos.png

VILA VERDE: GOVERNO ORDENOU EM 1929 A DEVOLUÇÃO DOS BENS ECLESIÁSTICOS À PARÓQUIA DE ARCOZELO

O Ministério da Justiça e dos Cultos - Direcção Geral da Justiça e dos Cultos - 2.ª Repartição (Cultos), através da Portaria nº. 6142, publicada em Diário do Govêrno n.º Diário do Govêrno n.º 107/1929, Série I de 1929-05-14, determinou a entrega de vários bens à corporação encarregada do culto católico na freguesia de Arcozelo, concelho de Vila Verde.

Capturarvvarcoz (2).JPG

Capturarvvarcoz (3).JPG

DECORRE PROGRAMA DE VOLUNTARIADO VIZELA + VERDE

Iniciou, no passado dia 1 de julho, o Programa “Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas” – Vizela + Verde, que vai decorrer até 15 de setembro, envolvendo cerca de 40 jovens voluntários.

voluntariado 2021.JPG

De destacar que o Município de Vizela, através do Gabinete Técnico Florestal, viu aprovado o seu projeto ao Programa “Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas” – Vizela + Verde, promovido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, um programa direcionado para jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos, que vai decorrer entre o dia 1 de julho e 15 de setembro de 2021.

O projeto Vizela + Verde visa a preservação dos recursos florestais e seus ecossistemas através da prevenção e deteção de incêndios florestais, incentivando o voluntariado ambiental de jovens, preferencialmente residentes no concelho de Vizela, com vista à sensibilização, promoção e vigilância, nomeadamente na valorização da floresta e na diminuição dos riscos de fogos florestais.

Pretende-se assim, efetuar a vigilância fixa em dois pontos estratégicos do concelho de Vizela, no Monte do São Bento e Alto de Penabesteira, para deteção dos incêndios florestais e sensibilização das populações, ficando vigiada a totalidade da área do Concelho de Vizela.

Este projeto traduz-se em mais uma medida de planeamento municipal, com o objetivo de acautelar uma intervenção mais rápida nos incêndios na sua fase inicial, para assim se limitar o seu desenvolvimento.

Assim, a Câmara Municipal, em parceria com várias entidades, como os Bombeiros Voluntários de Vizela, a Brigada de Sapadores Florestais, e a empresa contratada para o trabalho de gestão de combustíveis/limpeza florestal, estão no terreno, tendo em vista a preparação do período critico de incêndios rurais/florestais.

De destacar que este Executivo Municipal definiu a área de proteção civil como uma prioridade tendo implementado uma nova política, não apenas ao nível da reorganização do serviço municipal de Proteção Civil, nomeadamente na aquisição de equipamentos para reforçar a sua operacionalidade no terreno junto das populações, mas também no trabalho que tem sido feito em parceria com os Bombeiros Voluntários e a GNR de Vizela.

"TRAGA PILHAS" DA EPATV PREMIADO PELAS ECO-ESCOLAS

PARABÉNS à Escola Profissional Amar Terra Verde pelo prémio no projeto GERAÇÃO DEPOSITRÃO no escalão escolas com ensino secundário, profissional e superior.

EPATV - Traga pilhas_4.jpg

A Escola Profissional Amar Terra Verde associou-se mais uma vez à Geração Depositrão, no projeto “Constrói o teu Traga Pilhas”. Esta atividade consistiu na construção de um equipamento de recolha de pilhas, usando a reutilização de materiais com criatividade e originalidade.

Num enquadramento de uma aprendizagem baseada em projetos, os alunos RECOLHERAM e REUTILIZARAM componentes eletrónicos de anos anteriores, e criaram um sistema eletrónico que permite a interação do TRAGA PILHAS com as pessoas que dele se aproximem e/ou coloquem pilhas para a reciclagem, por exemplo, a contabilização das pilhas permitirá efetuar uma estimativa da quantidade de produtos perigosos que se irão RECILAR.

Com a construção do TRAGA PILHAS os alunos adquiriram conhecimentos acerca da importância da reciclagem de pilhas e da reutilização de equipamentos – A ECONOMIA CIRCULAR.

A participação nos desafios lançados pela ECO-ESCOLAS promove nos alunos da EPATV a “consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável” (Perfil do Aluno – domínio do Bem-Estar, Saúde e Ambiente). 

A RECICLAGEM é fundamental e as escolas representam um papel muito importante na informação, formação e educação dos adultos de AMANHÃ!

EPATV - Traga pilhas_2.jpg

EPATV: METALOMECÂNICA EMPREGA 20 JOVENS INOVADORES

Empregabilidade total e inovação  — a merecer patentes — são a marca de água das Provas de Aptidão Profissional (PAP) dos vinte finalistas do Curso Técnico Profissional de Produção Metalomecânica da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) realizadas ontem.

IMG_5566.jpg

“Deixais saudades” — garantiu várias vezes, a prof. Sandra Monteiro, presidente do Júri, após as sete PAP's que foram apresentadas ao longo da manhã, perante um júri que integrava os Prof. Ermelinda Leão (Diretora de Curso), Marco Alves (Diretor de Turma) e João Vale, além de Tiago Araújo (representante da empresa Bysteel) e Paulo Amorim (do SITE — Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Norte —Norte).

A Diretora Pedagógica lembrou a importância deste Curso para a economia do interior minhoto: “na Comunidade Intermunicipal do Cávado (Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde), apenas a EPATV e a Secundária Carlos Amarante possuem este curso, mas na Eletrotecnia só existe um Curso Técnico Profissional na EPATV). Os nossos empresários merecem estas apostas nossas que exigem os melhores e seguros equipamentos e máquinas e professores competentes”.

Esta é a prova, para os mais distraídos, “da importância da EPATV num território, com 1245,8 Km2 de área, onde vive uma população superior a 410 mil pessoas” — destacou a Prof. Sandra Monteiro.

IMG_5568.jpg

IMG_5597.jpg

IMG_5605.jpg

ISAVE EM BÊNÇÃO DE FARDAS: "O ENFERMEIRO PODE SER A FAÍSCA DO AMOR AO OUTRO"

“O enfermeiro pode ser a faísca deste amor nos lares, nos centros de saúde e nos hospitais” — afirmou esta manhã, dia 17 julho, na Cripta do Sameiro, o Coordenador Arquidiocesano da Pastoral Universitária de Braga.

IMG_5460 edit.JPG

O padre Eduardo Duque falava na celebração Eucarística que incluiu a bênção das fardas das duas dezenas de finalistas da licenciatura de Enfermagem do Instituto Superior de Saúde (ISAVE), com sede em Amares.

Este dia foi o culminar de um trajeto de vários anos de dedicação, estudo, sacrifício e empenho na frequência de uma Licenciatura de Enfermagem que credibiliza o ISAVE além fronteiras.

O Padre Eduardo Duque saudou a presidente do ISAVE e vários professores presentes, os pais, os avós e os novos enfermeiros, a quem propôs “ir para fora de si próprios para perceber que a vida é mais sublime quando é dada”.

O Coordenador da Pastoral Universitária sublinhou que “os enfermeiros, vós, tendes essa prerrogativa. O enfermeiro tem tudo para poder ser especial para as pessoas. Sois a presença de Deus para o utente. Deus fala através das vossas vidas, das vossas mãos, do vosso tempo e do vosso sorriso”.

Na presença de Jorge Freitas, representante da Região Norte da Ordem dos Enfermeiros, e Mafalda Duarte, presidente do ISAVE, a Diretora da Licenciatura, Lígia Monterroso, saudou os seus novos colegas de profissão, após o primeiro de muitos cânticos entoados pelo Grupo Coral da Ysatuna.

“Vós despertastes para a beleza do amor ao escolher esta profissão, que vos permite dar-se aos que sofrem em momentos dolorosos”.

IMG_5463 edit.JPG

IMG_5495 edit.JPG

IMG_5551 edit.JPG