Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

REQUERIMENTO DE ANTÓNIO DE ARAÚJO E BRITO, ABADE DE SANTA MARINHA DE GONTINHÃES...

REQUERIMENTO DE ANTÓNIO DE ARAÚJO E BRITO, ABADE DE SANTA MARINHA DE GONTINHÃES DO ARCEBISPADO DE BRAGA, COMO PROCURADOR DE D. FRANCISCO DE LIMA, DEÃO DE ÉVORA, SOBRE OS PREJUÍZOS PROVOCADOS POR EMBARGOS A BULAS, FEITOS PELO REITOR DO COLÉGIO DA MADRE DE DEUS DE ÉVORA, FRANCISCO FERREIRA DE PINA

PT-TT-VNC-D-6048_m0001 (1).jpg

PT-TT-VNC-D-6048_m0002.jpg

Fonte: Centro Português de Fotografia

SENIORES VIEIRENSES PARTICIPARAM EM CONVÍVIO NA QUINTA DO CRUZEIRO EM VILA PRAIA DE ÂNCORA

360 utentes dos Centros de Convívio e Lazer, das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS´s) e da Universidade Sénior de Vieira do Minho rumaram esta terça-feira, a Vila Praia de Âncora para participar num convívio sénior.

72478306_1583680028440489_4512958648871288832_n.jpg

A iniciativa foi organizado pela Câmara Municipal de Vieira do Minho com o intuito de assinalar o Dia do Idoso e promover o convívio e a confraternização entre a população do Concelho.

Do programa constou um almoço na Quinta do Cruzeiro, em Vila Praia de Âncora, e animação musical.

A atividade contou também com a presença do presidente da Câmara Municipal, António Cardoso, que fez questão de acompanhar os seniores neste dia.

Neste convívio, o autarca vieirense salientou a importância desta iniciativa lúdica, no sentido de garantir o bem-estar da população sénior, combater o isolamento e proporcionar aos seniores momentos de alegria, partilha e convívio.

Tratou-se de um dia inesquecível de franco convívio, onde os laços de amizade, afeto e camaradagem saíram reforçados.

DESCONTENTAMENTO DOS PESCADORES DE CAMINHA, VILA PRAIA DE ÂNCORA E CASTELO DO NEIVA PODE LEVAR A PROTESTO NO COMÍCIO DO PS EM VIANA DO CASTELO

Pescadores de Caminha, Vila Praia de Âncora e Castelo do Neiva denunciam desigualdade de tratamento e ameaçam com protesto no comício do PS em Viana do Castelo da próxima sexta-feira, dia 27 de Setembro

IMG_1883.jpg

Mestres e tripulantes de 49 embarcações locais estiveram reunidos com Presidente da Câmara Municipal de Caminha

O Presidente da Câmara Municipal de Caminha recebeu ontem cerca de meia centena de pescadores de Caminha, Vila Praia de Âncora e Castelo do Neiva que se mostram indignados com o tratamento desigual dado pelos responsáveis do empreendimento eólico Windfloat Atlantic (WFA) às embarcações que pescam no local agora ocupado pela obras de construção do parque eólico. Recorde-se que a WFA é um projeto de central eólica offshore orçado em 125 milhões de euros, coordenado pela EDP Renováveis e que integra como parceiros a Principle Power, a Repsol, a Portugal Ventures e a metalúrgica A. Silva Matos.

O novo parque eólico cria uma zona de interdição de pesca ao longo do cabo submarino que liga a plataforma à costa (meio quilómetro para cada lado do cabo) numa extensão de várias quilómetros. O facto, impede as embarcações de exercerem a sua atividade e aumenta a procura nas zonas envolventes. É este facto que indigna os pescadores de 49 embarcações locais de Caminha, Vila Praia de Âncora e Castelo do Neiva esquecidos nas negociações que os responsáveis pelo consórcio, sob mediação do Governo, fizeram com algumas outras embarcações sem que se conheça o critério dessa exclusão. De acordo com os pescadores, 16 embarcações costeiras, primeiro, foram privilegiados com 1 milhão de euros e outras 28 embarcações locais, depois, foram beneficiadas com 500 mil euros de novas compensações, tendo sido postas de lado 49 embarcações locais que têm direitos de pesca sobre a mesma zona e vão ver, áreas mais próximas dos seus portos, afetadas pelo aumento do esforço provocado pela interdição.

Os pescadores uniram-se e vieram pedir apoio ao autarca de Caminha, Miguel Alves, no sentido de fazerem ouvir a sua voz junto do consórcio e do Governo. A indignação pelo esquecimento das suas embarcações e das suas famílias é maior por não se conhecerem os critérios da preferência de umas embarcações pelas outras, de não serem ouvidos pelas entidades públicas e privadas, de terem um duplo prejuízo pela diminuição da área de pesca e de estarem centenas de postos de trabalho em risco. O sentimento de injustiça é ainda maior pela percepção que há que aqueles que sempre estiveram de boa fé no processo não têm direito a nada e aqueles que, sem razão, ameaçaram boicotar festas e a prossecução da obra saíram beneficiados com 1.5 milhões de euros. Neste momento, sem soluções, os pescadores admitem várias formas de protesto e uma delas passa por marcar presença no comício do PS em Viana do Castelo, do dia 27 de setembro, sexta-feira, que se realizará no Largo da Estação às 21H e contará com a presença de António Costa. A colocação de uma providência cautelar e o boicote às próximas eleições legislativas são outras das ações em ponderação pela classe piscatória.

O Presidente da Câmara Municipal de Caminha, que tem vindo a acompanhar a situação, com muita preocupação, ao longo das últimas semanas, ouviu as reivindicações dos pescadores ao lado do Comandante da Capitania de Caminha e prometeu colocar a questão ao Governo de modo a que se possa encontrar uma solução justa, rápida e eficaz para esta situação e evitar qualquer ação mais intempestiva por parte dos pescadores indignados.

IMG_1887.jpg

VILA PRAIA DE ÂNCORA APRESENTA O MELHOR DOS SEUS PRODUTOS AGRÍCOLAS E ARTIGOS ARTESANAIS

A Feira já começou em Vila Praia de Âncora e decorre até amanhã, promovendo o que de melhor a região produz em termos agrícolas e de artesanato. O certame decorre no parque Dr. Ramos Pereira ao qual tem acorrido elevado número de visitantes.

Com esta e outras inicitivas, Vila Praia de Âncora está a adquirir uma dinâmica ao longo de todo o ano que a torna um importante local de visitação de interesse turístico, para além da excelente estância balnear que lhe é reconhecida durante o Verão.

70980123_2411432322244616_5120991555443752960_n.jpg

71136912_2411432405577941_1909639311314124800_n.jpg

71298610_2411432998911215_1382857685514321920_n.jpg

71242056_2411434468911068_5514081024096600064_n.jpg

70294697_2411429298911585_6920053897180479488_n.jpg

71044433_2411433065577875_869037725553000448_n.jpg

70453667_2411429188911596_2387648989307600896_n.jpg

70587825_2411432392244609_2938456335743713280_n.jpg

70503799_2411433382244510_9113310450467995648_n.jpg

71598091_2411433295577852_3678191700028686336_n (1).jpg

70721497_2411429712244877_6665576990403198976_n.jpg

71071224_2411433188911196_3459166690263171072_n.jpg

70764840_2411429662244882_8692315187723632640_n.jpg

70783014_2411430438911471_3667989911455137792_n.jpg

71108245_2411429915578190_4412247506935611392_n.jpg

70607751_2411430112244837_2669079173804326912_n.jpg

71224377_2411433568911158_4065887325412917248_n.jpg

FEIRA AGRÍCOLA E DOS PRODUTOS TRADICIONAIS ANIMA VILA PRAIA DE ÂNCORA DE 20 A 22 DE SETEMBRO

Daniel Cristo sobe ao palco sábado, pelas 21H30

De 20 a 22 de setembro, a Feira Agrícola e dos Produtos Tradicionais está de regresso a Vila Praia de Âncora. Workshops infantis, expositores com produtos tradicionais e artesanato, música tradicional e exposição de antiguidades e colecionismo dão o mote a esta edição. A abertura do certame está agendada para sexta-feira, pelas 15H00.

67815504_2337048973016285_2217914372850712576_n (14).jpg

A organização está a ultimar os preparativos para que esta edição ultrapasse as expectativas. De facto, a azafama já se faz sentir no Parque Dr. Ramos Pereira para que sexta feira, às 15H00, esteja tudo a postos para mais uma grande abertura. O ponto alto deste evento vai acontecer sábado, dia 21, pelas 21H30, com a atuação de Daniel Pereira Cristo.

A Feira Agrícola e dos Produtos Tradicionais visa a divulgação e promoção da agricultura, bem como a comercialização dos seus produtos. Pretende ainda servir de incentivo à instalação de Jovens Agricultores com projetos inovadores e permitir o debate de questões ligadas ao setor primário, integrando parceiros e instituições ligados à atividade agrícola. Com um programa aliciante, para todos os tipos de públicos, esta edição promete.

Expositores com produtos tradicionais e artesanato, workshops infantis e exposição de antiguidades e colecionismo são as ofertas permanentes. Mas há mais. No dia de abertura, a partir das 18H00, a animação de rua será constante. Pelas 21H30, a música tradicional com a atuação da Academia de Danças e Cantares de Vilarelho vai encher o Parque Dr. Ramos Pereira.

Sábado, durante o dia vão decorrer vários workshops. Pelas 11H00, terá lugar o workshop “Pequenos almoços saudáveis e aromáticos, com a colaboração das Aromáticas Vivas; pelas 14H30, decorrerá o workshop “Plantas com Sabor”, com a participação de Carlos Venade e Elena Varela e no final da tarde, pelas 18H30, o Workshop “Sabores da Floresta”, com a colaboração do Conselho Diretivo do Baldio de Riba d’Âncora. Quanto á animação, pelas 16H00, atuará o Grupo de Concertinas do Vale do Âncora; pelas 17H00, o Grupo de Danças e Cantares Genuínos da Serra d’Arga e pelas 21H30, terá lugar o ponto alto do certame com o concerto de Daniel Pereira Cristo.

No domingo, o dia começa com a animação de rua com o Grupo de Bombos de Vila Praia de Âncora. Pelas 11H00, terá lugar uma Prova de Mel, com a colaboração da APIMIL. A tarde será dedicada à música tradicional. A partir das 15H30, pelo palco do Parque Ramos Pereira passará o Grupo de Cavaquinhos da Associação Recreativa e Cultural de Riba de Âncora; o grupo “Do Lusco O Fusco” de A Guarda e ainda o Etnográfico de Vila Praia de Âncora

O certame é organizado pelo Município de Caminha.

VILA PRAIA DE ÂNCORA: CONSTRUÇÃO DA PASSAGEM PEDONAL DA TRAVESSA DO TEATRO ARRANCA HOJE

Investimento de 500 mil euros avança no terreno e obriga a limitações na gestão do tráfego automóvel nas imediações

Arrancam hoje as obras de construção da passagem inferior pedonal em Vila Praia de Âncora que permitirá o atravessamento da linha em segurança entre a rua 31 de janeiro e a Avenida Doutor Ramos Pereira, junto à praia.

Capturarpassagem

Os trabalhos iniciam-se com a vedação dos espaços, por questões de segurança e decorrerão durante o período diurno e noturno tendo em conta que a passagem de comboios não é interrompida. A obra, tecnicamente complexa, será efetuada no topo sul do apeadeiro de Âncora Praia e na zona da praia junto à Travessa do Teatro e ao Parque de estacionamento sito em frente ao Posto de Turismo e a alguns estabelecimentos comerciais. A obra tem o valor aproximado de 500 mil euros e está incluída na empreitada de Modernização da Linha do Minho entre Viana do Castelo e Valença que foi consignada a 27 de julho de 2018 e está em curso desde essa data.

A Câmara Municipal de Caminha informa todos os munícipes e visitantes de Vila Praia de Âncora que a prossecução da obra obriga a gerir o tráfego automóvel nas imediações, desde logo através da supressão temporária de uma faixa de rodagem na Avenida Doutor Ramos Pereira numa extensão de 20 metros e a colocação de sinalização temporária. A realização dos trabalhos criará também alguns incómodos de ruído, decorrendo em período diurno e noturno. Prevê-se que a obra possa durar 8 meses.

As obras de Modernização da Linha do Minho são uma empreitada da Infraestruturas de Portugal e decorrem já há alguns meses no concelho de Caminha com a colocação de catenárias ao longo da travessia, a impermeabilização do túnel de Caminha, o rebaixamento de linha em alguns pontos delicados e uma difícil intervenção na ponte sobre o rio Coura.