Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PATRONATO NOSSA SENHORA DA BONANÇA PROMOVE HIGIENE ORAL DAS CRIANÇAS

Workshop "Hábitos Orais e sua influência no Desenvolvimento da Criança" que será dinamizado pela Terapeuta da Fala Joana Terleira, no dia 12 de abril (sexta-feira), pelas 18h30m no Patronato Nossa Senhora da Bonança.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas nos serviços administrativos da instituição, através do e-mail patronato.bonanca@gmail.com ou através do formulário online, em https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSenROPQygJvyLq5Ig-Xw-CxseHQpoqyzWyyjJxUBQQ_QAaSDQ/viewform?fbclid=IwAR0nyTKQkczXmDLHr-NPFEKdO8rf0-XiPIdFsmiXzfMeEYnC4kY_uI5t_xA 

workshop_terapia.jpg

CÂMARA DE CAMINHA E CAMIPÃO ASSINALAM DIA INTERNACIONAL DA MULHER E DIA MUNDIAL DA POESIA

‘Retrato de uma princesa desconhecida’, de Sophia de Mello Breyner Andresen; ‘Sem Ti’, de Maria Teresa Horta e ‘Auto-retrato’, de Natália Correia, são os poemas que vão chegar a casa da população através dos sacos de papel da Camipão, como forma de assinalar o Dia Internacional de Mulher, que se comemora hoje, e o Dia Mundial da Poesia. Esta iniciativa é uma parceria da Câmara Municipal de Caminha e da Camipão.Sobre a iniciativa em si, Miguel Alves refere: “ao assinalarmos desta forma este Dia Internacional da Mulher queremos também chamar a atenção para os problemas - violência do género, desigualdade salarial, conciliação profissional - que ainda subsistem e que fazem com que seja ainda necessário comemorar este dia”.

foto (1)diaCAMIN.jpg

Arrancou hoje, no nosso concelho, uma campanha de sensibilização que visa chamar à atenção para oDia Internacional de Mulher e o Dia Mundial da Poesia. Assim, até dia 21 de março, quem fizer compras numa das lojas Camipão vai transportar um saco, com um poema de uma poetiza portuguesa. Segundo Miguel Alves: “a ideia foi poder transportar para estes sacos de pão que fazem parte do nosso quotidiano três poemas, de três poetizas do nosso país: Sophia de Mello Breyner Andresen, Natália Correia e Maria Teresa Horta”.

Esta campanha visa chamar a atenção para vários problemas que ainda subsistem na sociedade. Sobre esta matéria, o presidente da Câmara de Caminha sublinha “a questão da violência do género, seja dentro do casamento, seja no namoro, é uma questão marcante e é um flagelo no contexto do nosso país. E os últimos casos tem-no demonstrado. A questão da desigualdade salarial, somos num país onde em média as mulheres ainda ganham menos 30% do que os homens. Quanto à questão da conciliação da vida pessoal, familiar, profissional é uma matéria muito importante e temos de encontrar soluções”.

Miguel Alves salientou a política ativa que o Município de Caminha desenvolve no que respeita à conciliação familiar e profissional. “Desse ponto de vista a Câmara Municipal de Caminha para além das ações de sensibilização, ainda tem uma política ativa que permite essa conciliação familiar no seio de cada uma das famílias. Chamo à atenção para a medida mais emblemática: no conjunto da Câmara os seus funcionários, que têm filhos com menos de três anos de idade, têm a possibilidade de ter um horário reduzido de modo a poderem sair às três horas da tarde, para poderem estar com os seus filhos. Esta é uma política que dirigimos a homens e a mulheres, permitimos que a família se organize para estar com as suas crianças, para pode-los acompanhar nos primeiros anos de ensino”.

José Presa, administrador da Camipão, enfatizou o interesse e a importância da campanha: “esta é uma iniciativa que nos foi proposta pela Câmara Municipal e que nós desde o primeiro segundo decidimos apoiar. As mulheres da nossa vida toda, as nossas mulheres são algo que nos diz muito, quer pessoalmente, quer profissionalmente”, acrescentando ainda “estamos a falar de um tema que hoje está na ordem do dia: a igualdade de género, a violência doméstica, são assuntos que temos de trazer cada vez mais para o debate na sociedade”.

Sobre a poesia, José Presa refere: “a poesia é uma forma de, através da cultura, trazermos a paz de espirito a todas as pessoas. Portanto, foi uma iniciativa que nós apoiamos e que pretendemos levar através das nossas lojas, dos nossos produtos à casa de todas as pessoas”.

Sobre a parceria com a Camipão, o presidente da Câmara sublinha ‘é uma empresa que tem 10 lojas e sete delas instaladas no nosso concelho, o que nos permite ter a certeza que são muitos, milhares que terão estas letras e estas poesias dentro de sua casa e junto ao seu pão”.

foto (2)diaCAMIN.jpg

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMINHA CONFIRMA INVESTIMENTO DE 1.7 MILHÕES DE EUROS PARA NOVA ESCOLA BÁSICA DE VILA PRAIA DE ÂNCORAE PARA A SEDE DA ACADEMIA DE MÚSICA FERNANDES FÃO

É mais uma boa notícia para a Educação no concelho de Caminha: no âmbito da reprogramação do Programa Operacional Regional do Norte, o Município de Caminha garantiu junto do Ministério da Educação o financiamento de 1.5 milhões de euros que permitirá avançar com uma nova Escola Básica para acolher os alunos do 1º ciclo e a sede da Academia de Música Fernandes Fão.

Estes dois equipamentos, absolutamente necessários na freguesia mais populosa do concelho de Caminha, são um compromisso eleitoral de Miguel Alves que começam agora a ser concretizados. Para o Presidente da Câmara Municipal de Caminha, “este financiamento constitui uma dupla vitória de Vila Praia de Âncora. Por um lado, permitirá avançar com uma nova escola Básica que vai receber os alunos do 1º ao 4º anos em condições de excelência, por outro lado permitirá fazer a tão sonhada sede da Academia de Música Fernandes Fão.

No Alto e Baixo Minho não há, nesta fase, um investimento tão avultado e queremos corresponder à confiança do Ministério da Educação com uma obra que orgulhe e sirva as pessoas do Vale do Âncora e do concelho de Caminha. Fizemos esta promessa há ano e meio e já estamos a começar a cumpri-la”.

A Câmara Municipal de Caminha pretende fazer o novo equipamento ao lado da atual EBS do Vale do Âncora e do Jardim de Infância, completando o Centro Escolar existente e potenciando o espaço que será libertado. O edifício a construir terá duas funções, servindo para o ensino do 1º ciclo, mas também como sede e centro de aprendizagem da Academia de Música Fernandes Fão. Miguel Alves diz que o trabalho de elaboração de projeto já começou – “temos vindo a reunir com a direção do Agrupamento e da Academia, o projeto está a ser elaborado internamente por um arquiteto da Câmara e, agora, temos a garantia do financiamento de 1.5 milhões que se juntará à comparticipação municipal para alavancar um investimento global de 1.764.705,88 euros”.

Depois da notícia da existência de 3 empresas concorrentes para a construção da Escola Secundária de Caminha, a confirmação do financiamento da nova Escola Básica e da sede da Academia de Música em Vila Praia garante, em apenas uma semana, um investimento global em Educação.

VILA PRAIA DE ÂNCORA: PATRONATO DE NOSSA SENHORA DA BONANÇA APELA À SUA GENEROSIDADE

O seu IRS pode ser solidário: consigne 0, 5% ao Patronato Nossa Senhora da Bonança

"Consigne 0,5% do seu IRS ao Patronato Nossa Senhora da Bonança, apoiando a missão do Patronato na Infância e na Solidariedade!

Consignação do IRS: o que é?

Consiste em doar 0,5% do IRS liquidado (imposto destinado ao estado) a uma instituição. Não implica qualquer encargo para si, é um gesto totalmente gratuito. Não vai pagar mais IRS, nem vai receber menos reembolso (consoante seja o seu caso). É o Estado que prescinde dessa parcela do imposto, entregando-a à instituição indicada por si.

Como efetuar a consignação?

Este ano pode fazê-lo antecipadamente, até ao dia 31 de março:

Para isso, deve aceder ao Portal das Finanças e indicar a instituição à qual pretende consignar o IRS e/ou IVA. Deve fazê-lo antes do inicio da entrega da declaração de rendimentos modelo 3 e do IRS automático. Quando chegar a época do IRS, apenas tem de confirmar a sua opção.

Assim, para fazer antecipadamente a consignação do IRS, deve aceder ao portal das finanças, escolher “comunicação do agregado familiar/entidade a consignar”, clicar em “Entidade a consignar”“Entregar comunicação” e clicar na lupa para inserir o NIF da instituição“501223185”, clicar em “Entidade escolhida” e submeter. Depois poderá “obter o comprovativo”.

Aquando da entrega do IRS (de 1 de abril a 30 de junho, independentemente da categoria de rendimentos):

- Na declaração anual de rendimentos tradicional (modelo 3), a consignação faz-se no quadro 11 do anexo “Rosto”.

- Se estiver abrangido pelo IRS automático, a consignação efetua-se na área “Pré-Liquidação”.

Em qualquer dos casos, para consignar o seu IRS, deve indicar as seguintes informações:

- Tipo de entidade que pretende apoiar: Instituição Particular de Solidariedade Social;

- NIF da Instituição: 501223185;

- O que deseja consignar: IRS (pode também consignar 15% do IVA suportado).

Ao apoiar a Missão do Patronato, está apoiar 85 crianças dos 3 meses aos 6 anos de idade... está  a “Cuidar o futuro…”!

consignação_irs.jpg

Modelo 3 (1).png

PARABÉNS, SENHOR JOAQUIM BARREIROS!

VILA PRAIA DE ÂNCORA FESTEJA 100 ANOS DE VIDA DE JOAQUIM BARREIROS, PAI DO ARTISTA QUIM BARREIROS

Festa de arromba em Vila Praia de Âncora para celebrar 100 anos de Joaquim Barreiros

Joaquim Barreiros, Pai do famoso artista popular, Quim Barreiros, completa na próxima sexta-feira, dia 15 de fevereiro, 100 anos de vida. Para celebrar o aniversario, a família vai realizar uma festa, “de arromba”, para homenagear o patriarca da família.

Quim-Barreiros.jpg

“O almoço será privado, em família”, adiantou Quim Barreiros à rádio GEICE. Depois, a partir das 15h00, “na Praça da República, em Vila Praia de Âncora serão lançados foguetes, haverá um porco assado para os amigos, fanfarra e concertinas. Vai ser uma festa entre amigos”, disse Quim Barreiros.

Pelas 18h00 terá lugar uma missa na Capela da Senhora da Bonança em Vila Praia de Âncora, celebrada pelo bispo da Diocese de Viana do Castelo, D. Anacleto Oliveira e, a partir das 20H00 um jantar de aniversário na Quinta do Cruzeiro.

Quim Barreiros confidenciou o orgulho que sente no “melhor pai do mundo”.

Fonte: http://www.radiogeice.com/

VILA PRAIA DE ÂNCORA REALIZA TERTÚLIA SOBRE A LAMPREIA DO RIO MINHO

Tertúlia Gastronómica ‘Sua Excelência Lampreia do rio Minho – Património e Sustentabilidade’

A Câmara Municipal de Caminha, o Hotel Meira e a ETAP – Escola Profissional levam a efeito a Tertúlia Gastronómica ‘Sua Excelência Lampreia do rio Minho – Património e Sustentabilidade’, integrada na ‘X edição da Lampreia do rio Minho – Um Prato de Excelência’, que terá lugar no dia 8 de fevereiro, pelas 17H00, no Hotel Meira, em Vila Praia de Âncora.

HI342880934.jpg

A Tertúlia Gastronómica ‘Sua Excelência Lampreia do rio Minho – Património e Sustentabilidade’ conta como oradores convidados: José Silva (Gastrónomo); Álvaro Costa (Chefe de Cozinha); Jorge Loureiro (empresário); Carlos Antunes (Biólogo e Diretor do Aquamuseu do Rio Minho); Ilídio Pita (representante da Associação de Pescadores de Caminha); Álvaro Campelo (Professor e Diretor do Centro de Investigação da Universidade Fernando Pessoa); e Pedro Miguel Cervaens Costa (Capitão da Capitania do Porto de Caminha).

VILA PRAIA DE ÂNCORA: PATRONATO NOSSA SENHORA DA BONANÇA RECOLHE TÊXTEIS USADOS

"O Patronato Nossa Senhora da Bonança e a empresa H. Sarah Trading, Lda. (empresa responsável pela recolha seletiva de têxteis) desde o ano de 2017 mantêm uma parceria, no âmbito da recolha de têxteis usados e/ou em fim de vida.

Esta parceria tem sido de extrema importância, uma vez que permite o encaminhamento correcto dos têxteis, promovendo assim a sustentabilidade ambiental.

Além disso, por cada tonelada recolhida a instituição recebe o valor de 50€ para apoio da sua missão na infância e na solidariedade.

Partilhamos o relatório do ano 2018, para conhecimento de todos: Num ano, só a nível institucional, recolhemos aproximadamente 3,5 toneladas!

JÁ SABE: Se tem roupas/têxteis que já não usa e que não sabe o que há-de fazer com eles.. faça-nos chegar, conseguimos dar-lhe o destino correcto! As suas roupas ganham uma nova vida... nós agradecemos e o meio ambiente também!"

Capturarpatro2.PNG

PROJETO QUE PARTIU DO CONCELHO DE CAMINHA É UM DOS VENCEDORES DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM DE PORTUGAL

“(Re)Florescer o Minho” foi apresentado em sessão na praia de Vila Praia de Âncora

(Re)Florescer o Minho, um projeto apresentado em Caminha, é um dos projetos vencedores do. Da autoria de Mário João Cerqueira Fernandes e Fabrícia Silva, esta proposta de sustentabilidade ambiental está interligada ao Festival Foundation Fest e abrange os distritos de Viana do Castelo e Braga.

OPPjovem.jpg

Esta é uma excelente notícia para o concelho, conforme sublinha o presidente da Câmara, Miguel Alves: “foi com muita satisfação que recebi a notícia de que tinham partido de Caminha, de jovens do nosso concelho, uma das propostas vencedores do Orçamento Participativo Jovem. Por duas razões: em primeiro lugar, porque temos mais um projeto que se afirma na nossa terra; em segundo lugar, porque o concelho é hoje uma referência na participação e na cidadania”.

É de salientar que (Re)Florescer o Minho foi um dos três projetos apresentados num encontro de participação que decorreu no verão passado em Vila Praia de Âncora, no âmbito do Orçamento Participativo Jovem de Portugal.

Este projeto consiste em ‘reflorestar as áreas atingidas pelos incêndios no Minho (distrito de Viana do Castelo e Braga), em parceria com todos os municípios. Além da reflorestação, serão realizadas ações de consciencialização e informação acerca da importância da limpeza das florestas, conservação do meio ambiente e uso racional dos percursos naturais. A colaboração dos municípios é essencial para o desenvolvimento deste projeto, contudo, e uma vez que se pretende envolver a comunidade, a iniciativa será promovida através da realização do Festival Foundation Fest, sendo este o ponto de encontro para a realização de atividades ligadas à consciencialização ecológica e angariação de verbas criando assim sinergias entre todos.

Este ano, Vilar de Mouros volta a acolher o Festival Foundation Fest no dia 6 de julho.

VILA PRAIA DE ÂNCORA MANTÉM A TRADIÇÃO DOS TRADICIONAIS CANTARES DAS JANEIRAS

Vila Praia de Âncora mantém a tradição. Teve anteontem lugar no Cineteatro dos Bombeiros Voluntários daquela localidade o II Encontro de Grupos de Janeiras. E os “janeireiros” responderam à chamada, recriando em palco o costume de cantar de porta em porta pedindo alvíssaras…

50309894_2313554705579081_8309167228331229184_n.jpg

A sala ficou repleta de público e o evento contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Caminha, Dr Miguel Alves, entre outras entidades.

Vila Praia de Âncora – e o concelho de Caminha em geral! – multiplica-se em iniciativas que vão conferindo maior animação local para além da época balnear.

A avaliar pelo sucesso, o Encontro de Grupos de Janeiras veio para ficar… e, quem sabe se o mesmo não passará a ser antecedido dos tradicionais cantares ao Menino Jesus, na graciosa capela de Nossa Senhora da Bonança?

Fotos: Município de Caminha

50259897_2313552405579311_6993617104888922112_n.jpg

50276755_2313553432245875_7484877908041793536_n.jpg

50289636_2313554648912420_8303752777809526784_n.jpg

50324154_2313554318912453_34109496393465856_n.jpg

50338202_2313552332245985_4253653765061607424_n.jpg

50397904_2313553002245918_274024170524770304_n.jpg

50398057_2313554065579145_5400084916954202112_n.jpg

50402540_2313553865579165_1328567048330018816_n.jpg

50414355_2313552948912590_7775910076044279808_n.jpg

50414405_2313553598912525_4337096926559207424_n.jpg

50420038_2313552608912624_6789384580966121472_n.jpg

50422648_2313553832245835_4053027102407000064_n.jpg

50426222_2313552342245984_6510199100997107712_n.jpg

50437942_2313553225579229_5827937657627344896_n.jpg

50661322_2313553975579154_2107298705617977344_n.jpg

50745365_2313552462245972_3240867220733034496_n.jpg

50790798_2313553395579212_9140200983010213888_n.jpg

GAL COSTEIRO DO LITORAL NORTE LANÇA CONCURSO PARA APOIAR PROJETOS EMPRESARIAIS DE DIVERSIFICAÇÃO DAS ECONOMIAS DAS ZONAS PESQUEIRAS E COSTEIRAS

Prazo de candidaturas termina a 15 de março

Está a decorrer o concurso no âmbito do instrumento Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) do Programa Operacional MAR 2020 (que operacionaliza o FEAMP - fundo para a política marítima e das pescas da UE para o período de 2014 a 2020) - Aviso 3/2018/GAL Costeiro Litoral Norte, destinado a apoiar projetos empresariais, de pequena dimensão, que exercem regularmente uma atividade económica relacionada com o sector da pesca ou o turismo aquático. O prazo das candidaturas termina a 15 de março e abrange as freguesias de Lanhelas, Seixas, União de freguesias de Caminha e Vilarelho, União de freguesias de Moledo e Cristelo, Vila Praia de Âncora e Âncora.

Foto.jpg

Este concurso lançado pelo Grupo de Ação Local Costeiro do Litoral Norte (GAL Costeiro Litoral Norte), órgão cuja gestão é assegurada pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho), visa “promover o desenvolvimento local e a diversificação das economias das zonas pesqueiras e costeiras através do empreendedorismo, da promoção do emprego sustentável e com qualidade, da promoção da inovação social e da criação de respostas a problemas de pobreza e de exclusão social”.

A DLBC Costeira do Litoral Norte abrange 25 freguesias costeiras e estuarinas de Esposende, Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira e Valença, ao longo dos 51,5 km de costa litoral e dos 30 km de curso de rio de Valença a Caminha, com um total de 98.960 habitantes, que representam 61% da população residente nos cinco concelhos.

São suscetíveis de apoio os projetos que se enquadrem nas seguintes linhas de ação:Qualificação de operadores marítimo-turísticos (Linha Ação A),Valorização dos produtos da pesca (Linha de Ação B) eMelhoria da distribuição e comercialização de produtos da pesca e aquicultura (Linha de Ação C), com uma taxa de financiamento de 50%. A dotação financeira definida para este aviso é de 200 mil euros para a Linha de Ação A, 190 mil euros para a Linha de Ação B e 200 mil euros para a Linha de Ação C. O aviso de concurso e outras peças e informações relevantes estão disponíveis no Portal 2020, em “Candidaturas Abertas”, ou no site do Mar 2020 em http://www.mar2020.pt/avisos/.

A aposta da DLBC Costeira do Litoral Norte assenta em quatro pilares fundamentais: promover e valorizar os recursos diferenciadores do território, a sustentabilidade ambiental, o património e a cultura marítima; apoiar a competitividade, o empreendedorismo e a inovação na economia local e nas fileiras do mar; qualificar o capital humano, promover o emprego e a inclusão; e reforçar o capital social e institucional, promover a visibilidade do território e a qualidade da governação local.

CAMINHA: VILA PRAIA DE ÂNCORA ACOLHE II ENCONTRO DE GRUPOS DE JANEIRAS

Espetáculo decorre sábado, dia 19

Caminha volta a promover a tradição de “As Janeiras”. Sábado, dia 19 de janeiro. O Cine-Teatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora vai juntar vários grupos de Janeiras do concelho para o II Encontro de Grupos de Janeiras. O espetáculo começa pelas 21H30 e a entrada é livre.

As Janeiras.jpg

A tradição de cantar as Janeiras faz parte da cultura da nossa região. Este momento cultural pretende evidenciar, valorizar e promover os grupos de Janeiras existentes no concelho, bem como manter ‘vivas’ as tradições.

Pelo palco do Cine-Teatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora vão passar: o Etnográfico de Vila Praia de Âncora, a Associação Recreativa e Cultural de Riba de Âncora - ARA; o Centro de Instrução e Recreio Vilarmourense; os Amigos da Aventura; os Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora; o Grupo das Janeiras do Orfeão Vila Praia de Âncora; o Rancho Folclórico das Lavradeiras de Orbacém; a Comissão Festas da Senhora da Consolação; a Academia Sénior de Caminha. Este II Encontro vai encerrar com o Grupo Festada Portuguesa.

49669522_1996949863692866_5395237908921712640_n (3).jpg

‘RETROSPETIVA 2018’ INAUGURA SÁBADO EM CAMINHA... E SEGUE PARA VILA PRAIA DE ÂNCORA

Anuário de pintura dá a conhecer o trabalho de 20 artistas na Galeria de Arte Caminhense

A Galeria de Arte Caminhense inicia o ano com o anuário de pintura ‘Retrospetiva 2018’. Esta mostra reúne as obras cedidas ao Município pelos artistas que escolheram a Galeria de Arte Caminhense para expor o seu trabalho durante o ano de 2018. A exposição inaugura sábado, dia 19 de janeiro, e permanecerá aberta ao público até 24 de fevereiro.

Galeria de Arte Caminhense.jpg

A exposição Retrospetiva dá a conhecer, no início de cada ano, a atividade da Galeria de Arte Caminhense, espaço cedido a vários artistas para exporem a sua obra. Para além de divulgar o trabalho de cada um dos artistas, esta exposição pretende ainda aproximar os públicos das artes plásticas.

O anuário de pintura é composto pelo trabalho de 20 artistas que em 2018 expuseramna Galeria de Arte Caminhense. Esta coletiva reúne trabalhos de Nelly Rodriguez Sánchez, Charo Trigo, Mário Rebelo de Sousa, Conception Quadrado, Lucie Esteve, Cachi, Rego Meira, Puskas, Vitor Carneiro, Maria Rosário Pedro, Dacha, David Lopes, Santarelli, Maria Cândida Enes, Maria Mondim Pereira, Célia Rebelo Silva, João Barros, Márcia Babosa, Rosa Calisto e Joana Rita Nogueira Rodrigues.

Depois de Caminha a exposição ruma a Vila Praia de Âncora. Na Galeria Guntilanis, em Vila Praia de Âncora, abre no dia 2 de abril onde ficará até dia 28.

Galeria de Arte Caminhense2.JPG