Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CAMINHA REÚNE EM SESSÃO ORDINÁRIA EM VILA PRAIA DE ÂNCORA

Dia 30 de junho, pelas 18h30 no edifício do Cineteatro do Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

A Assembleia Municipal de Caminha vai reunir em sessão ordinária no próximo dia 30 de junho, pelas 18h30, no edifício do Cineteatro do Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora. A sessão será transmitida em direto, online, nos moldes habituais, no website do Município de Caminha.

Cineteatro.jpg

A Ordem de Trabalhos inclui um período destinado à intervenção do público; período de antes da ordem do dia, com informações da Mesa e outros assuntos de interesse municipal a colocar pelos membros da Assembleia.

No período da ordem do dia, entre outros assuntos, estarão em apreciação e votação as propostas: Aprovação da Estrutura Orgânica do Município de Caminha; Alteração ao Mapa de Pessoal;  Incorporação do Saldo de Gerência de 2021; Alteração aos Estatutos da Associação de Municípios da Serra D’Arga; Alteração do Regulamento Municipal de Urbanização e Edificação;  Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação de Caminha; Alteração à Postura de Trânsito na Frente Ribeirinha de Caminha; Alteração da Postura de Trânsito na Rua 31 de Janeiro na Freguesia de Vila Praia de Âncora e Colocação de Sinalização de Trânsito Proibido junto ao Parque Infantil da Marginal na Freguesia de Seixas.

CAMINHA: QUASE MIL CRIANÇAS VÃO TER UM DIA ESPECIAL DE BRINCADEIRAS NA PRÓXIMA SEMANA

Condições meteorológicas obrigaram a adiar programa previsto para o Dia Mundial da Criança  

Quase mil crianças do concelho de Caminha vão desfrutar, na próxima semana, de um dia de brincadeiras. A atividade, que incluirá insufláveis e surpresas, vai desenvolver-se em Caminha e em Vila Praia de Âncora, nos dias 28 e 29, e é uma forma de “compensar” os mais novos, já que as iniciativas previstas para o Dia Mundial da Criança tiveram de ser adiadas em virtude das condições meteorológicas na altura, que inviabilizavam o programa.

Na impossibilidade de celebrar o Dia Mundial da Criança na data habitual, em virtude das instáveis condições climatéricas que se verificavam no concelho no início deste mês, decidiu-se, em coordenação com o Agrupamento de Escolas de Caminha, adiar as atividades para data coincidente e próxima com o final do ano letivo.

O programa previsto incluía espaços exteriores e a chuva prevista não permitia pô-lo em prática. Proporcionar aos mais novos momentos divertidos e de convívio vai agora ser possível. Independentemente da situação epidemiológica do país, Caminha sempre se comemorou o Dia Mundial da Criança, mesmo recorrendo a soluções menos habituais, como um avião a saudar os mais novos. Reunidas agora condições sanitárias mais favoráveis, este será o primeiro encontro em circunstâncias não restritivas, após três anos com limitações e as crianças poderão conviver e brincar com liberdade.

No dia 28 de junho, o “palco” deste dia das crianças será o Parque 25 de Abril, em Caminha. No dia seguinte, a “festa” vai desenvolver-se no Jardim Piscinas Municipais, em Vila Praia de Âncora. O primeiro dia será dedicado às crianças do Vale do Coura e o segundo às do Vale do Âncora.

Quase mil crianças vão participar nestas atividades, promovidas e desenvolvidas pela Câmara Municipal de Caminha e pela CPCJ de Caminha.

RITA GUERRA ABRE 3ª EDIÇÃO DO VILAS PEOPLE QUE COMEÇA NO DIA 8 DE JULHO EM VILA PRAIA DE ÂNCORA

Evento percorre as duas vilas do concelho de Caminha durante o verão, conta ainda com a participação de Sara Correia, Rui Massena, Noble, Orquestra Filarmónica de Braga e Tiago Garrinhas. O acesso aos concertos do Vilas People é livre e gratuito

Com a entrada no verão, a programação cultural do concelho de Caminha reforça-se após dois anos de pandemia que condicionaram a realização de alguns eventos. O mês de julho marca o regresso do Vilas People, festival de música criado no primeiro ano da pandemia, que se realiza nas duas vilas do concelho (Caminha e Vila Praia de Âncora) e que veio para ficar.

Rita Guerra.jpg

A terceira edição do evento apresenta um cartaz de grandes nomes da música nacional, estando o primeiro concerto a cargo da inconfundível voz de Rita Guerra. Este espetáculo está marcado para o dia 8 de julho, sexta-feira, na Praça da República, em Vila Praia de Âncora, precisamente no dia em que se comemoram os 98 anos de elevação da localidade a vila.

O evento prossegue durante o verão, pululando os concertos entre as duas vilas. No dia 29 de julho, o festival ruma a Caminha com a extraordinária presença de Sara Correia, umas das grandes fadistas da atualidade, regressando a Vila Praia de Âncora a 7 de agosto para um concerto da Orquestra Filarmónica de Braga.

A vez será, depois, de Caminha, a 18 de agosto, primeiro com Tiago Garrinhas - artista com raízes na vila e que contará com a participação de alguns convidados - e, de seguida, a 20 de agosto, com um concerto do maestro e pianista Rui Massena, autor de algumas das composições mais bonitas escritas nos últimos tempos.

O festival das vilas e do povo do concelho de Caminha encerra a 3 de setembro, em Vila Praia de Âncora, com Noble, um dos nomes mais fortes da atual música portuguesa, autor de sucessos como Honey ou Beautiful.

Para Miguel Alves, Presidente da Câmara Municipal de Caminha, “o regresso do Vilas People é o exemplo perfeito de como a programação em pandemia ganhou lastro e merece continuar neste período de alguma normalização. Este evento enriquece a já extensa agenda cultural para o verão e é o sinal de unidade do concelho através da Cultura, pontuando as nossas duas vilas com concertos de inegável qualidade com alguns dos melhores compositores e interpretes portugueses da atualidade”.

Para o autarca, “a expetativa de um verão com muita gente, com uma economia vibrante, responsabiliza ainda mais o Município na valorização da sua oferta cultural e, por isso, para além dos eventos que já tomamos como habituais e que agora regressam após dois anos de paragem, quisemos manter alguns eventos extraordinários que organizamos no período pandémico e que foram um evidente sucesso”.

Para além deste evento, a agenda cultural de Caminha conta com o regresso de eventos emblemáticos como o Artbeerfest (de 14 a 17 de julho), o Caminha Medieval (de 20 a 24 de julho), o “31 de Julho porque depois entra agosto”, o Sonicblast (de 11 a 13 de agosto), o Festival EDP - Vilar de Mouros (de 25 a 27 de agosto) e dezenas de outras atividades.

O acesso aos concertos do Vilas People é livre e gratuito, não sendo necessária a aquisição ou recolha de bilhete. Toda a informação sobre programação cultural pode ser encontrada no site e nas redes sociais do Município bem como na agenda física que vai sendo distribuída nos espaços e equipamentos municipais, nos comércios e no espaço público em geral.

Tiago Garrinhas.jpg

Noble.png

Orquestra Filarmónica de Braga.jpg

Rui-Massena-copy.jpg

Sara-Correia.png

BANDEIRAS AZUIS HASTEADAS EM TODAS AS PRAIAS MARÍTIMAS DO CONCELHO DE CAMINHA

Somam-se quatro bandeiras Qualidade Ouro e o galardão Zero Poluição para a praia do Forte do Cão e mais uma Bandeira Azul para a Praia Fluvial das Azenhas

Foram esta manhã hasteadas as quatro Bandeiras Azuis nas praias marítimas do concelho. Caminha mantém, nesta época balnear, as cinco Bandeiras Azuis. Todas as praias marítimas foram distinguidas com a Bandeira Azul: Praia da Foz do Minho, Praia de Moledo, Praia de Vila Praia de Âncora e Praia do Forte do Cão, assim como a Praia Fluvial das Azenhas, em Vilar de Mouros, cujo início da época balnear está marcado para 1 de julho.

3M1A1458.jpg

O Município de Caminha viu galardoadas ainda quatro praias pela Quercus com a bandeira “Qualidade Ouro”. Entretanto, a ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável, considerou também a Praia do Forte do Cão como praia ZERO poluição. A época balnear arrancou oficialmente no concelho, nas praias marítimas, no dia 10, de junho e nas fluviais será a 1 de julho. Como já referimos, todas as condições foram reunidas para uma temporada de excelência.

Refira-se que a Praia do Forte do Cão, na freguesia de Âncora, continua a ser distinguida com um galardão restrito – é uma das 58 praias portuguesas de Zero Poluição. A distinção da associação ambientalista ZERO traduz uma classificação de excelência, por resultar de análises realizadas em três épocas balneares sucessivas, em que não foi detetada qualquer contaminação microbiológica.

Recorde-se também que o ano de 2021 ficou marcado por uma nova praia fluvial, Pedras Ruivas, em Seixas, que este ano continuará a funcionar com todas as condições. A época balnear acontece um pouco mais tarde nas praias fluviais, começando a 1 de julho, e estende-se até 31 de agosto.

3M1A1490.jpg

3M1A1505.jpg

3M1A1542.jpg

3M1A1552.jpg

3M1A1388.jpg

3M1A1426.jpg

3M1A1442.jpg

CALOR LEVA MINHOTOS E TURISTAS ÀS PRAIAS DO CONCELHO DE CAMINHA

Começou a época balnear e a subida das temperaturas leva muitos minhotos a procurar as magníficas praias do concelho de Caminha, nomeadamente em Moledo do Minho e Vila Praia de Âncora.

Para além de muitos residentes dos concelhos do interior do Minho, entre os banhistas encontram-se muitos turistas em visita à nossa região, emigrantes em férias e pessoas oriundas da Galiza.

285468981_5118937681494053_8371010589620902269_n.jpg

285281837_5118937774827377_8654792879712237439_n.jpg

285205410_5118937788160709_3745353256066266223_n.jpg

287293946_5118937834827371_2176609396608599545_n.jpg

287254069_5118937638160724_3980434366166959801_n.jpg

285748781_5118937664827388_8801948324005453811_n.jpg

285133815_5118937661494055_174927473522566584_n.jpg

285133815_5118937658160722_4320752860601182619_n.jpg

285756357_5118938008160687_2224416459729103998_n.jpg

MUSEU MUNICIPAL DE CAMINHA INAUGUROU INSTALAÇÃO DE ARTE CONTEMPORÂNEA “MORDOMAS”

“Mordomas”, uma instalação de arte contemporânea da autoria da artista portuense Cristina Rodrigues, foi hoje de manhã inaugurada, e fica no Museu Municipal de Caminha até 30 de setembro, numa homenagem aos bailarinos portugueses e espanhóis de várias localidades do Caminho de Santiago.

Apoiada e dinamizada pelo Município de Caminha, “Mordomas” tem curadoria de Mateo Feijóo. O projeto inclui um documentário, onde participam elementos de vários grupos etnográficos do território de Caminha, reúne as histórias de várias gerações de bailarinos, tendo sido gravado no Valadares Teatro Municipal e no Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora.

3M1A8951.jpg

3M1A9002.jpg

3M1A9013.jpg

3M1A9016.jpg

3M1A9026.jpg

3M1A8825.jpg

3M1A8831.jpg

VILA PRAIA DE ÂNCORA: ESTRUTURA DA PASSAGEM SUPERIOR PEDONAL DA SANDIA JÁ FOI INSTALADA E A OBRA APROXIMA-SE DO FINAL

Obra põe fim ao isolamento pedonal de uma centena de habitações situadas a poente da N13

Com a chegada ao local e montagem da estrutura da futura passagem superior pedonal da Sandia, em Vila Praia de Âncora, ao princípio da madrugada de hoje, a obra que retira do isolamento cerca de uma centena de habitações localizadas a poente da Estrada Nacional 13 e estabelece um atravessamento seguro da via aproxima-se do fim. A empreitada de reabilitação urbana da Sandia e Vista Alegre, que teve já a concretização de diversos arruamentos e infraestruturas que beneficiaram grande parte da zona norte de Vila Praia de Âncora, corresponde a um investimento global superior a um milhão de euros.

3M1A8299.jpg

O Presidente da Câmara, Miguel Alves, assistiu no local à chegada e montagem da estrutura, com mais de duas dezenas de metros. “Agora, estamos a concluir o nosso trabalho, acabando com o isolamento pedonal de uma centena de habitações situadas a poente da N13 que não tenham outra maneira de vir à vila a não ser de carro ou motorizada. Hoje, quase uma centena de famílias que, em pleno século XXI, não podia ir à praia ou às compras a pé sem atravessar a salto uma estrada nacional, já o pode fazer. Estamos a cumprir com o nosso dever” - referiu

Miguel Alves não escondeu uma certa emoção que esta concretização também acarreta, pela preparação de todo o projeto e pelas pessoas que nele intervieram: “confesso que há uma nota emotiva na concretização da segunda fase desta empreitada. Foi com o Guilherme Lagido que começámos a desenhar o projeto para reabilitação desta zona esquecida de Vila Praia de Âncora no longínquo ano de 2016. Foi com o Guilherme Lagido que arrancámos para a empreitada que transformou a Sandia no outono de 2018. Hoje, ele não está cá fisicamente, mas sei que se sentiria orgulhoso por estarmos a concluir uma obra pela qual tanto lutou e trabalhou nos últimos oito anos”.

Na verdade, conforme o Presidente da Câmara recordou, esta é mais uma grande intervenção, a que se juntam outras, que mudaram significativamente a vida da população para melhor. “Com a concretização desta passagem pedonal, estamos a testemunhar o princípio do fim de um investimento em requalificação urbana que mudou a face da zona norte de Vila Praia de Âncora. Se fizermos um exercício simples de memória, nos últimos seis anos intervimos em toda a zona da Sandia e Vista Alegre com infraestruturas enterradas, novas pavimentações, passeios mais largos, beneficiação do espaço público. Atraímos novas empresas e espaços comerciais que vieram alterar o panorama daquela entrada norte, melhoramos a rotunda da Cruz Velha e resolvemos os problemas crónicos de inundações de casas e garagens”.

Como referimos antes, a obra de execução da passagem superior pedonal junto à rotunda de acesso à A28, em Vila Praia de Âncora, correspondente à 2ª fase da empreitada de Reabilitação Urbana – Sandia – Rede Viária e Espaço Público, Acessibilidade a Pessoas com Mobilidade Reduzida é uma obra estruturante financiada em 85% pelo FEDER, ao abrigo do Programa Operacional Regional Norte 2020, sendo a restante quantia suportada pelo Município de Caminha.

3M1A8363.jpg

3M1A8424.jpg

3M1A8427.jpg

3M1A8435_1.jpg

3M1A8269.jpg

3M1A8275.jpg

3M1A8286.jpg

REPOSIÇÃO DA FOZ DO RIO ÂNCORA NO LOCAL NATURAL ASSEGURA CONDIÇÕES IDEAIS PARA A ÉPOCA BALNEAR

Trabalhos a decorrer em Vila Praia de Âncora na semana em que se procede à limpeza geral das praias

O inverno e a dinâmica das marés exigem por vezes cuidados adicionais quando se trata de preparar a época balnear. A Câmara Municipal está a proceder a múltiplas operações de limpeza e instalação de estruturas e equipamentos nas diversas praias. Em Vila Praia de Âncora decorrem trabalhos um pouco mais complexos, tendo havido necessidade de se proceder à reposição da foz do rio Âncora no local natural.

3M1A7627.jpg

No âmbito dos procedimentos e trabalhos preparatórios da época balnear na praia de Vila Praia de Âncora, e verificando-se não estarem reunidas as condições de areia necessárias à instalação das concessões atribuídas, por se verificar a alteração da foz do rio Âncora, atualmente a desaguar na zona norte da praia, junto ao porto de pesca, e conforme procedimentos já levados a efeito em épocas balneares anteriores, considerou-se adequado, para salvaguarda das mínimas condições exigidas para a praia, levar a efeito a reposição da foz do rio Âncora para o local natural, através da reabertura do canal necessário.

É isso mesmo que se está a fazer, com o auxílio de máquinas apropriadas e operadores contratados pela Câmara Municipal. Finda a operação, será realizada a limpeza geral do areal, por forma a que a época balnear 2022 possa abrir em condições ideais e com toda a normalidade já no próximo dia 10 de junho, sexta-feira, nesta Praia de Vila Praia de Âncora e nas restantes praias marítimas: Praia da Foz do Minho, Praia de Moledo e Praia do Forte do Cão.

Recorde-se que o Município conquistou mais uma vez cinco Bandeiras Azuis, arrecadando o galardão para todas as praias marítimas e para a Praia Fluvial das Azenhas, em Vilar de Mouros. O Município de Caminha viu ainda premiadas quatro praias pela Quercus com a bandeira “Qualidade Ouro”. Entretanto, a ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável, considerou também a Praia do Forte do Cão como praia ZERO poluição. A época balnear arranca oficialmente no concelho, nas praias marítimas, como referimos, no próximo dia 10, e nas fluviais (Azenhas e Pedras Ruivas, na freguesia de Seixas) a 1 de julho.

3M1A7632.jpg

3M1A7962.jpg

3M1A7965.jpg

VILA PRAIA DE ÂNCORA: OBRA DA PASSAGEM SUPERIOR PEDONAL DA SANDIA OBRIGA AO CORTE DA EN 13 PARA TRANSPORTE DE COMPONENTES DE GRANDES DIMENSÕES

Na quinta-feira, dia 9 de junho, a partir das 00h00 e até às 08h00

A obra de execução da passagem superior pedonal junto à rotunda de acesso à A28, em Vila Praia de Âncora, correspondente à 2ª fase da empreitada de reabilitação urbana da Sandia e Vista Alegre, obriga, nesta fase, ao transporte de componentes de grandes dimensões, em horário noturno, e a condicionalismos de trânsito, incluindo o corte da EN 13, na quinta-feira, dia 9 de junho, a partir das 00h00 e até às 08h00.

3M1A6527.jpg

Os trabalhos para a execução da passagem superior pedonal, que ficará situada a norte da rotunda de acesso da A28, em Vila Praia de Âncora, ligando o Lugar da Póvoa à zona onde está implantada a uma superfície comercial e a toda a zona poente de vila mais populosa do concelho de Caminha, iniciaram-se há cerca de um mês e a progressão da obra permite agora entrar numa fase em que serão incluídos elementos de grandes dimensões. A obra está inserida na empreitada de reabilitação urbana da Sandia e Vista Alegre que teve já a concretização de diversos arruamentos e infraestruturas que beneficiaram grande parte da zona norte de Vila Praia de Âncora e corresponde a um investimento global de 991.962,05 euros + IVA.

Os constrangimentos na circulação da EN13 implicaram a elaboração de um plano, com início, como referimos a 9 de junho de 2022, quinta-feira, a partir das 00h00 e até às 08h00. Estará ativo um plano de sinalização das frentes de obra, de modo a permitir a execução dos trabalhos, mas também por forma a garantir a segurança dos utentes da via. Será necessário proceder ao corte temporário de um troço da EN13, procedendo-se à implementação de itinerário de desvio alternativo. Assim, será cortado ao trânsito o troço da EN13 localizado entre a rotunda de acesso à A28, localizada em Sandia, Vila Praia de Âncora, e a rotunda de Moledo, permitindo-se apenas o acesso a moradores pelo lado norte da zona de corte e de trabalhos.

Para o trânsito de passagem, deverá ser utilizado o itinerário de desvio alternativo, que se desenvolverá através dos seguintes arruamentos:

. Sentido sul-norte: Rotunda EN13 de acesso à A28 em Vila Praia de Âncora - Rua António Pedro - Avenida de Santana - Rotunda EN13 de Moledo;

. Sentido norte-sul: Rotunda EN13 de Moledo - Avenida de Santana - Rua António Pedro - Rotunda EN13 de acesso à A28 em Vila Praia de Âncora.

Para facilitar a circulação e informar como os constrangimentos e alternativas, será colocada sinalização, com painéis de pré-aviso gráficos informativos nos locais mais relevantes e setas com a indicação “desvio”, ao longo do itinerário, nos locais de mudança de direção.

A empreitada de Reabilitação Urbana – Sandia – Rede Viária e Espaço Público, Acessibilidade a Pessoas com Mobilidade Reduzida é uma obra estruturante financiada em 85% pelo FEDER, ao abrigo do Programa Operacional Regional Norte 2020, sendo a restante quantia suportada pelo Município de Caminha. A Câmara Municipal de Caminha estima que esta 2ª fase de obra possa estar concluída até ao final do mês de julho do presente ano.

3M1A6535 (1).jpg

CAMINHA: FESTIVAL POPULAR INATEL TRAZ SEIS ESPETÁCULOS COM ENTRADA LIVRE

A partir de quinta-feira nos palcos do Valadares, Teatro Municipal de Caminha, Biblioteca Municipal de Caminha e Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

É já esta semana que o concelho de Caminha vai receber o Festival POPular Inatel. São seis espetáculos, todos com entrada livre, que vão subir aos palcos do Valadares, Teatro Municipal de Caminha, Biblioteca Municipal de Caminha e Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora. O Festival abre com o espetáculo musical “SAL”, no Valadares, Teatro Municipal de Caminha, na noite da próxima quinta-feira. São quatro espetáculos musicais, a que se juntam mais dois, destinados ao público infantil.

Flyer_Popular_2022_Caminha_V7.jpg

O Município de Caminha é parceiro institucional desta iniciativa, promovida pela Fundação Inatel que pretende divulgar as práticas culturais tradicionais, no cumprimento da sua missão e enquanto entidade consultora da UNESCO para a salvaguarda do património cultural imaterial.

É uma grande oportunidade receber este Festival nos nossos palcos. E basta aparecer, de 26 a 29 nos espaços culturais que constam do programa, para ter acesso a seis momentos de garantida qualidade, uma vez que a entrada é livre.

O Festival POPular Inatel já fez sucesso em palcos de Lisboa e outros, sobretudo a sul. POPular INATEL tem por objetivo a divulgação de práticas culturais tradicionais aliando a tradição popular a novas abordagens artísticas. Há surpresas, novidades e alguns nomes bem conhecidos da Cultura e das Artes que abraçam novíssimos projetos. É o caso, por exemplo, de “Sal”, considerado “um dos mais bem guardados segredos da música portuguesa”. À bateria do João Pinheiro, à voz e à braguesa do Sérgio Pires, ao baixo do João Gil e às guitarras do Daniel Mestre com um passado comum ligado aos extintos Diabo na Cruz, juntam-se os teclados do Vicente Santos. O primeiro disco da banda que será lançado ainda este ano.

“Expresso Transatlântico” é mais uma novidade. 2021 viu nascer um dos projetos mais interessantes do atual panorama musical: o Expresso Transatlântico. Trata-se de uma nova banda lisboeta que junta Gaspar Varela na guitarra portuguesa, Sebastião Varela na guitarra elétrica e Rafael Matos na bateria lançou o seu EP de estreia homónimo no final do ano passado que tem recebido os maiores elogios do público nacional e internacional.

"Omiri" é outro dos grupos que vamos poder ver, descrito como “um dos mais originais projetos de reinvenção da música de raiz portuguesa”. Nos últimos anos, “Omiri” consagrou-se como um projeto internacional, levando toda a portugalidade aos quatro cantos do mundo e atuando nos maiores festivais nacionais e internacionais como a Womex, Reepperbahn, Eurosonic, Rudolstadt, Kaustinen, Viljandi, Dranouter, Live at Heart, Exib Musica, Iminente, WestWay

Os nossos palcos têm também encontro marcado com “Diabo a Sete”, uma banda folk-rock portuguesa que cruza ritmos, melodias e instrumentos associados à matriz tradicional, com letras e sonoridades contemporâneas.

Para os mais novos há boas propostas. A Krisálida vai apresentar “Gota a gota a água esgota”. A sinopse descreve: “E, antes de chegar ao 7º dia, o Criador achou que o planeta deveria ter um Ser Humano. Da sua criação resulta um Clown que acaba por se sentir só. Forçando o Criador a arranjar-lhe companhia, o Clown dá de caras com outro Clown ligeiramente diferente dele. Ambos irão descobrir que este planeta, outrora tão azul e tão verde, tem os seus recursos finitos”. A peça é para maiores de três anos.

Finalmente teremos “Da Seiva à Árvore”, um espetáculo-oficina, criação dos SEIVA para convidar os mais novos a conhecer melhor a música tradicional e a identidade cultural do nosso País. “Da Seiva à Árvore” quer dar a conhecer o passado musical através das canções que faziam parte do quotidiano num passado recente: “as canções ligadas aos ciclos agrícolas, às romarias, às festas. Realidade de um país mais rural que cantava, numa altura em que as grandes máquinas ainda não tinham invadido os campos”.

26 a 29 maio

POPular INATEL

Quinta-feira, 26 de maio

21H30

"SAL"

Local: Valadares, Teatro Municipal de Caminha

Sexta-feira, 27 de maio

21H30

"EXPRESSO TRANSATLÂNTICO"

Local: Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

Sábado, 28 de maio

15H30

"ESPETÁCULO INFANTIL"

Local: Biblioteca Municipal de Caminha

21H30

"OMIRI"

Local: Valadares, Teatro Municipal de Caminha

Domingo, 29 de maio

11H00

"ESPETÁCULO INFANTIL"

Local: Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

15H30

"DIABO A SETE"

Local: Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

Flyer_Popular_2022_Caminha_V72 (1).jpg

A5_Popular_2022_CaMINHA_atividades infantojuvenis_V25.jpg

FESTIVAL POPULAR INATEL TRAZ A CAMINHA QUATRO ESPETÁCULOS MUSICAIS E DUAS SESSÕES DE TEATRO INFANTIL

De 26 a 29 deste mês, nos palcos do Valadares, Teatro Municipal de Caminha e do Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

O concelho vai receber o festival POPular INATEL, de 26 a 29 deste mês, com espetáculos em Caminha e Vila Praia de Âncora. A parceria entre o INATEL e o Município de Caminha traz aos palcos do Valadares, Teatro Municipal de Caminha e do Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora quatro espetáculos musicais e duas sessões de teatro infantil.

LOGO-POPular 2022.jpg

POPular INATEL tem por objetivo a divulgação de práticas culturais tradicionais aliando a tradição popular a novas abordagens artísticas. Há surpresas, novidades e alguns nomes bem conhecidos da Cultura e das Artes que abraçam novíssimos projetos. É o caso, por exemplo, de “Sal”, considerado “um dos mais bem guardados segredos da música portuguesa”. À bateria do João Pinheiro, à voz e à braguesa do Sérgio Pires, ao baixo do João Gil e às guitarras do Daniel Mestre com um passado comum ligado aos extintos Diabo na Cruz, juntam-se os teclados do Vicente Santos. O primeiro disco da banda que será lançado ainda este ano.

“Expresso Transatlântico” é mais uma novidade. 2021 viu nascer um dos projetos mais interessantes do atual panorama musical: o Expresso Transatlântico. Trata-se de uma nova banda lisboeta que junta Gaspar Varela na guitarra portuguesa, Sebastião Varela na guitarra elétrica e Rafael Matos na bateria lançou o seu EP de estreia homónimo no final do ano passado que tem recebido os maiores elogios do público nacional e internacional.

"Omiri" é outro dos grupos que vamos poder ver, descrito como “um dos mais originais projetos de reinvenção da música de raiz portuguesa”. Nos últimos anos, “Omiri” consagrou-se como um projeto internacional, levando toda a portugalidade aos quatro cantos do mundo e atuando nos maiores festivais nacionais e internacionais como a Womex, Reepperbahn, Eurosonic, Rudolstadt, Kaustinen, Viljandi, Dranouter, Live at Heart, Exib Musica, Iminente, WestWay

Os nossos palcos têm também encontro marcado com “Diabo a Sete”, uma banda folk-rock portuguesa que cruza ritmos, melodias e instrumentos associados à matriz tradicional, com letras e sonoridades contemporâneas.

Para os mais novos há teatro. A Krisálida vai apresentar “Gota a gota a água esgota”. A sinopse descreve: “E, antes de chegar ao 7º dia, o Criador achou que o planeta deveria ter um Ser Humano. Da sua criação resulta um Clown que acaba por se sentir só. Forçando o Criador a arranjar-lhe companhia, o Clown dá de caras com outro Clown ligeiramente diferente dele. Ambos irão descobrir que este planeta, outrora tão azul e tão verde, tem os seus recursos finitos”. A peça é para maiores de três anos.

Finalmente teremos “Da Seiva à Árvore”, um espetáculo-oficina, criação dos SEIVA para convidar os mais novos a conhecer melhor a música tradicional e a identidade cultural do nosso País. “Da Seiva à Árvore” quer dar a conhecer o passado musical através das canções que faziam parte do quotidiano num passado recente: “as canções ligadas aos ciclos agrícolas, às romarias, às festas. Realidade de um país mais rural que cantava, numa altura em que as grandes máquinas ainda não tinham invadido os campos”.

26 a 29 maio

POPular INATEL

Qui, 26 de maio

21H30

"SAL"

Local: Valadares, Teatro Municipal de Caminha

Sex, 27 de maio

21H30

"EXPRESSO TRANSATLÂNTICO"

Local: Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

Sáb, 28 de maio

15H30

"TEATRO INFANTIL"

Local: Valadares, Teatro Municipal de Caminha

21H30

"OMIRI"

Local: Valadares, Teatro Municipal de Caminha

Dom, 29 de maio

11H00

"TEATRO INFANTIL"

Local: Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

15H30

"DIABO A SETE"

Local: Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora