Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CAMINHA REÚNE SEXTA-FEIRA EM VILA PRAIA DE ÂNCORA

Sessão tem lugar pelas 18H30, no edifício Cineteatro do Bombeiros

A Assembleia Municipal vai reunir esta sexta-feira, 26 de fevereiro, em sessão ordinária, pelas 18H30, no edifício Cineteatro do Bombeiros de Vila Praia de Âncora com diversos pontos em agenda. Esta sessão pode ser acompanhada em direto, online, através do sítio do município e nas redes sociais a ele associadas.

VilaPraiaAncora 016

Da ordem de trabalhos faz parte a apreciação da informação escrita do Senhor Presidente da Câmara Municipal sobre a atividade do Município e situação financeira do mesmo.

A Assembleia vai apreciar e votar a contratação de um empréstimo para o exercício económico de 2021.

Por último, a Assembleia vai votar o regulamento municipal para a autorização de exploração das modalidades afins de jogos de fortuna ou azar e outras formas de jogo.

NO DIA DOS NAMORADOS O CONCELHO DE CAMINHA TEVE A FORMA DE UM GRANDE CORAÇÃO

“Amor ao domicílio” e “Mimo doce” celebraram os afetos

A Câmara de Caminha levou ontem o “amor ao domicílio”, sob a forma de serenata. Cerca de uma dezena de músicos percorreram as várias freguesias para surpreender casais, filhos, pais, avós e até vizinhos. Em Dia dos Namorados, a ideia foi celebrar os afetos em sentido lato e alegrar uma data vivida em tempos diferentes, com a segurança que a pandemia exige. Como referiu o Presidente Miguel Alves, o concelho teve a forma de um grande coração, que abraçou todos os que quiseram inscrever-se, pedir uma música e surpreender aquela pessoa especial. Também os quatro lares do concelho receberam a visita dos artistas.

dia dos namorados (5).jpg

Nas mais de duas dezenas de pedidos houve um pouco de tudo, mas houve sobretudo muita alegria, carinho e afeto. As serenatas à moda antiga começaram logo pela manhã, tendo sido possível respeitar os horários sugeridos pelas pessoas. Foi uma manhã de sol como há muitos dias não se via, em que as estruturas residenciais para pessoas idosas também receberam a música e os nossos artistas. Foi assim no Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora, Lar de Santa Rita, Casa de Repouso da Confraria do Bom Jesus dos Mareantes de Caminha e Centro Bem Estar Social de Seixas.

A serenata oferecida pelo Município foi ao mesmo tempo uma forma de apoiar a Cultura e os artistas e músicos locais, mas para celebrar o Dia dos Namorados, a Câmara Municipal também lançou um desafio à economia local, tendo tido como parceiros restaurantes, pastelarias e floristas, que disponibilizaram serviços de take away e entregas, num “Mimo Doce”.

dia dos namorados (6).jpg

dia dos namorados.jpg

dia dos namorados (1).jpg

dia dos namorados (2).jpg

dia dos namorados (3).jpg

dia dos namorados (4).jpg

PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS DAS ESCOLAS DE ACOLHIMENTO DO CONCELHO DE CAMINHA TESTAM NEGATIVO À COVID 19

Foram testados esta manhã, contra a COVID 19, os professores e funcionários do Município, que prestam serviço nas duas escolas de acolhimento do concelho de Caminha. O rastreio foi uma iniciativa do Ministério da Educação e decorreu na EBS do Vale do Âncora. Os 34 testes realizados foram negativos.

3M1A5216.jpg

As escolas de acolhimento para filhos de trabalhadores que prestam serviços essenciais e não podem recolher ao domicílio, estão a funcionar nos edifícios da Escola Básica de Caminha – para alunos com área de residência no Vale do Coura e Minho – e da Escola Básica e Secundária do Vale do Âncora – para alunos residentes a sul do concelho.

Recorda-se que, tal como aconteceu na primeira vaga da pandemia, a Câmara Municipal de Caminha tem em funcionamento, desde a entrada em vigor das medidas mais duras do atual estado de emergência, um serviço de confeção e entrega de almoços nas casas dos alunos de famílias carenciadas, bem como nos quartéis dos bombeiros de Caminha e Vila Praia de Âncora.

CÂMARA DE CAMINHA ATRIBUI 85 MIL EUROS À JUNTA DE VILA PRAIA DE ÂNCORA PARA APOIO NA REQUALIFICAÇÃO DA PARTE ANTIGA DO CEMITÉRIO

Proposta aprovada ontem em reunião do Executivo

A Câmara Municipal de Caminha vai atribuir uma verba de 85 mil euros à Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora para a requalificação da parte antiga do cemitério da Vila. A proposta foi apresentada ontem, em reunião do Executivo, pelo Presidente, Miguel Alves e foi aprovada por unanimidade. 

Na sequência de reuniões de trabalho entre os dois órgãos autárquicos, a Câmara considerou que se justifica proceder à requalificação da parte mais antiga do cemitério de Vila Praia de Âncora, por forma a dar coerência a todo o espaço.

Tratando-se de uma intervenção que beneficiará a população, Miguel Alves propôs um montante global de 85 mil euros, a entregar à Junta de Freguesia sob a forma de subsídio, o qual vai ser pago da seguinte forma: 20 mil euros até final do mês de abril de 2021, 40 mil euros até final do mês de junho de 2021 e os restantes 25 mil euros até final do mês de agosto de 2021.

VILA PRAIA DE ÂNCORA: JANUÁRIO BARBEITOS ESCREVEU A ALEXANDRE VIEIRA A SUA ÚLTIMA CARTA

Em 23 de Julho de 1968, o monçanense Januário Barbeitos escreveu a Alexandre Vieira, a partir de Vila Praia de Âncora como era seu costume, dando-lhe conta do seu estado de saúde, da família e da colónia onde se encontrava. Veio a faleceu pouco mais de um mês após a data desta carta, em 31 de Agosto.

A missiva contém uma nota manuscrita de Alexandre Vieira referindo ser a última carta de Barbeitos.

Fonte: Fundação Mário Soares

barbeitosultimacarta.png

ESCRITOR ALEXANDRE VIEIRA – MINHOTO POR ADOPÇÃO – DECLAROU-SE UM AMANTE DO FOLCLORE DA NOSSA REGIÃO!

Em artigo publicado no jornal monçanense “Terra Minhota” na sua edição de 19 de Julho de 1959, o jornalista e escritor Alexandre Vieira declara-se minhoto – não por nascimento mas por adopção – e tece considerações acerca do folclore e da Casa do Minho, em Lisboa.

Fonte: Fundação Mário Soares

terraminhoalexvieirfms.png

CÂMARA DE CAMINHA REFORÇA MEDIDAS DE APOIO ÀS IPSS ASSUMINDO DESPESAS COM ÁGUA, SANEAMENTO E RECOLHA DE RESÍDUOS

Abrangidas instituições que cuidam e/ou apoiam idosos e crianças

Miguel Alves apresenta segunda-feira, em reunião de Câmara, mais um conjunto de medidas de apoio às IPSS que prestam cuidados a idosos e crianças. Através da proposta do presidente, a Câmara assumirá o pagamento das faturas do serviço de água e saneamento e isentará as instituições do pagamento do serviço de recolha de resíduos urbanos. A medida abrange as IPSS do concelho de Caminha que acolham ou cuidem de idosos em regime residencial ou através de apoio ao domicílio, bem como aquelas que apoiam a infância, através do serviço de creche e/ou jardim-de-infância.

Este é um conjunto de medidas que se juntam a outras já implementadas pelo Município de Caminha. Esta decisão, que será formalizada na reunião do Executivo de segunda-feira, dia 1 de fevereiro, aplica-se a todas as faturas emitidas até junho de 2021 (inclusive), devendo haver posterior avaliação da medida.

A proposta de Miguel Alves surge no contexto da atual situação epidemiológica, que tem levado à renovação sucessiva do estado de emergência. O Presidente considera que há uma pressão enorme que é colocada às instituições que trabalham com idosos e com crianças, quer quanto ao cumprimento de rigorosos sistemas de vigilância e salubridade, quer quanto à dedicação de todos os seus dirigentes e trabalhadores, quer ainda quanto ao esforço financeiro despendido para acompanhar a mais grave situação sanitária que estas casas alguma vez enfrentaram.

Recorde-se que ao longo do período de pandemia foram tomadas diferentes medidas por parte da Câmara Municipal de Caminha, no sentido controlar os efeitos sanitários, económicos e sociais da COVID-19, que tem permitido ajudar as famílias, empresas e instituições sem fins lucrativos e exigem coerência na ação até ao limite dos recursos públicos existentes.

Incluem-se na presente decisão a Casa de Repouso do Bom Jesus dos Mareantes em Caminha, o Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora (valência idosos e infância), a Santa Casa da Misericórdia de Caminha (valência idosos e infância), o Centro de Bem-Estar Social de Seixas, o Centro Social e Paroquial Nossa Senhora da Encarnação em Vilarelho, o Centro Social e Paroquial de Moledo, o Centro Paroquial e Social de Santa Maria de Riba de Âncora, a Casa do Povo de Lanhelas e o Patronato Nossa Senhora da Bonança em Vila Praia de Âncora.

VILA PRAIA DE ÂNCORA: BERNARDINO MACHADO RECEBEU EM 1914 PEDIDO DE "PROTECÇÃO" PARA UM EXAME

Bernardino Machado, então na chefia do governo, recebeu em 22 de Dezembro de 1914, da parte de José Mateus Barbosa, um pedido de protecção para o exame do filho, que se encontrava a estudar para praticante nos caminhos-de-ferro do Minho e Douro, na estação de Âncora.

Fonte: Fundação Mário Soares

fms-vpa.png

fms-vpa1.png

fms-vpa2.png

BARCO DE PESCA DE VILA PRAIA DE ÂNCORA NAUFRAGA EM VIANA DO CASTELO

Estação Salva-vidas de Viana do Castelo auxilia sete tripulantes de uma embarcação de pesca que afundou em Viana do Castelo.

imagevpanaufrag.jpg

Os elementos da Estação Salva-vidas de Viana do Castelo auxiliaram, durante a madrugada de hoje, sete tripulantes que seguiam a bordo de uma embarcação de pesca que se encontrava a afundar, a cerca de 16,6 milhas náuticas (cerca de 30km) de Viana do Castelo.

O alerta foi recebido pelas 02h55 através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), após uma embarcação de pesca que navegava perto do local ter informado que se encontrava uma outra embarcação a afundar com sete tripulantes a bordo ao largo de Viana do Castelo, tendo sido ativada de imediato para o local a embarcação da Estação Salva-vidas de Viana do Castelo.

No local, os elementos da Estação Salva-vidas constataram que os sete tripulantes se encontravam a bordo da embarcação de pesca que deu o alerta, tendo procedido ao transbordo e transporte dos mesmos até Viana do Castelo, onde o mestre da embarcação acidentada acabou por ser encaminhado para uma unidade hospitalar por se queixar de fortes dores num braço. Os restantes tripulantes não necessitaram de assistência médica.

A embarcação de pesca acabou por afundar pelas 04h45, tendo sido efetuado o respetivo aviso à navegação com a localização da mesma.

O Comando-local da Polícia Marítima de Viana do Castelo tomou conta da ocorrência, desconhecendo-se para já as causas que tiveram na origem do acidente.

Texto e foto: Autoridade Marítima Nacional

BLOCO DE ESQUERDA RECLAMA DESASSOREAMENTO DO PORTO DE PESCA DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

Porto de pesca de Vila Praia de Âncora necessita de desassoreamento urgente

No dia 17 de novembro, deputadas do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda visitaram o porto de pesca de Vila Praia de Âncora, em Caminha, e reuniram com a associação de pescadores local, tendo confirmado as más condições de navegabilidade enfrentadas pelos profissionais daquela comunidade piscatória.

DSCF0359

O assoreamento do porto de pesca de Vila Praia de Âncora é um problema que se arrasta há anos, sem que o Governo atue de forma célere para que sejam realizadas as necessárias dragagens de manutenção e repostas as condições para a navegação em segurança.

As más condições de navegabilidade no porto de pesca têm impedido os pescadores de sair para o mar em muitos dias nos quais as condições climatéricas são propícias para a sua atividade. Esta situação resulta na redução dos rendimentos dos pescadores e das suas famílias e impede a chegada de pescado fresco à lota local com maior frequência.

Representantes da Associação de Pescadores Profissionais e Desportivos de Vila Praia de Âncora informaram as deputadas do Bloco de Esquerda que, no passado, o porto de pesca assoreou de novo rapidamente após operações de dragagem. Os pescadores locais entendem que tal se deve à configuração dos molhes que delimitam o porto, exigindo, por isso, a reavaliação do posicionamento daquelas estruturas.

O Bloco de Esquerda entende que o Governo deve atuar de forma célere para resolver os problemas de navegabilidade no porto de pesca de Vila Praia de Âncora para que os profissionais da pesca possam exercer a sua atividade em segurança.

Durante a após as necessárias dragagens de manutenção e a eventual reconfiguração dos molhes, o Governo deve garantir a salvaguarda dos valores ambientais daquela faixa litoral.

O Grupo  Parlamentar do Bloco de Esquerda querem saber para quando está previsto o início das dragagens de manutenção no porto de Vila Praia de Âncora e qual é o tempo de duração, estimado pelo Governo, da manutenção das boas condições de navegabilidade no porto de pesca de Vila Praia de Âncora, após as operações de dragagem. 

Por ultimo, os deputados perguntam se dada a necessidade frequente de desassoreamento de barras e portos nacionais, de investimentos avultados nas concessões das operações de dragagem a empresas privadas e dada a necessidade de se salvaguardar os valores ambientais durante e após as intervenções, considera o Governo criar uma empresa pública de dragagens para dar uma resposta adequada a estas necessidades.

CapturarBEASS1.PNG

CapturarBEASS2.PNG

MINISTRO DA EDUCAÇÃO VISITA CONCELHO DE CAMINHA

Visita do Sr. Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, ao concelho de Caminha

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, visita amanhã, a partir das 10H30, o concelho de Caminha.

Tiago_Brandão_Rodrigues.jpg

O Ministro estará às 10H30, na Escola Básica e Secundária Sidónio Pais, em Caminha, para se inteirar das obras de requalificação do estabelecimento de ensino no valor de 3,5 milhões de euros. O Governante seguirá para Vila Praia de Âncora onde decorrem as obras de “ampliação da Escola Básica e Secundária de Vila Praia de Âncora e Espaços de Integração para o Ensino Articulado”, no valor de 2 milhões de euros.

A vinda de Tiago Brandão Rodrigues ao concelho decorre também na sequência do final do 1º período escolar.

FEIRÃO DE TRADIÇÕES DE NATAL PARA VISITAR NO SÁBADO EM CAMINHA E VILA PRAIA DE ÂNCORA

Caminha e Vila Praia de Âncora vão acolher o Feirão de Tradições de Natal já no sábado, dia 19 de dezembro. A rua 16 de Setembro e Praça da República vão transformar-se em verdadeiros mercados agrícolas, onde é possível adquirir os mais variados produtos locais. Ambos os feirões podem ser visitados até às 13H00.

120550708_3294024497318723_1737595030096916899_o.j

Em Caminha, o Feirão decorre na Rua 16 de Setembro. Em Vila Praia de Âncora, na Praça da República. Nestes feirões de Natal, os produtos em exposição primam pela qualidade que tão bem caraterizam o concelho de Caminha. Abóbora, batata, couve portuguesa, couve tronchuda, couve pensa, couve galega, nozes, gilas, mel, chouriço, broa, entre muitos outros produtos, podem ser adquiridos já no sábado.

Para além dos Feirões de Natal, os visitantes podem aproveitar para provar as especialidades de rabanada disponíveis nos cafés, pastelarias, mercearias, hotéis e restaurantes aderentes do concelho. Há 32 especialidades de rabanada: infantil, de vinho do Porto, de frutos secos, de chila, recheada com maçã, recheada com abóbora, com doces de ovos ou fios de ovos, entre outras.