Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CENTRO DE ESTUDOS REGIONAIS DO ALTO MINHO PROMOVE CICLO DE ESTUDOS "GASTRONOMIA E CULTURA"

Conferência num restaurante abre ciclo de estudos

No próximo dia24de janeiro, noRestaurante Scalla (Praia Norte, Viana do Castelo), às 17.00 horas, tem lugar a primeira conferência do Ciclo de Estudos “Gastronomia e Cultura”, iniciativa do Centro de Estudos Regionais.

49949098_2087321234623654_8819354719701958656_n.jpg

Pedro Pereira, doutor em Antropologia e docente no Instituto Politécnico de Viana do Castelo, apresenta uma comunicação intitulada “Alimentos, comidas e culturas”. Esta apresentação inaugura o conjunto de conferências do ciclo de estudos, cujo programa foi apresentado no passado dia 17 de janeiro, que prevê a intervenção de diversos investigadores. A iniciativa integra ainda visitas de estudo, percursos urbanos e outras iniciativas paralelas. A participação no evento é livre.     

Revista Estudos Regionais

Chamada de artigos para edição de 2019

O Centro de Estudos Regionais publicará, no segundo semestre de 2019, o décimo terceiro volume, da segunda série, da revista Estudos Regionais. Até ao dia 25 de janeiro, o CERaceita a receção de resumos de artigos ou propostas de recensão para apreciação pelo Conselho Editorial. O resumo dos artigos deve ter no máximo 15 linhas (150 palavras), incluir referência ao objeto de estudo, ao enfoque teórico, às fontes ou à sustentação empírica e três palavras-chave.As normas completas para os colaboradores podem ser consultadas na edição nº 12 (2018), nas páginas 258 e 259, ou no sítio www.cer.pt.

A direção do Centro de Estudos Regionais

MUNICÍPIO VIANENSE RECONHECE RESTAURANTE “CAMELO” COMO INSTITUIÇÃO DE MÉRITO

Viana do Castelo assinalou ontem o 171º aniversário da sua elevação a cidade.

No âmbito das respectivas comemorações, a Câmar Municipal de Viana do Castelo distinguiu várias instituições e cidadãos a título individual com títulos honoríficos, em cerimónia que ontem teve lugar no Teatro Sá de Miranda.

Restaurante Camelo reconhecido como Instituição de Mérito1.jpg

Tratou-se de um gesto de reconhecimento pelos que, ao longo destes anos, ajudaram a construir e a afirmar Viana do Castelo não só a nível local como a nível nacional e internacional.

Entre as entidades que este ano foram distinguidas, destaqu-se o Restaurante Camelo, justamente considerado um dos mais reputados restaurantes de Viana do Castelo e reconhecido como a “catedral da gastronomia minhota”.

Fundado em 1983, o Restaurante Camelo encontra-se em Santa Marta de Portuzelo, servindo também de residência à família Camelo.

Este prestigiado estabelecimento de hotelaria oferece num ambiente familiar uma confeção aprimorada, sendo procurado por muitos visitantes que nele encontram sabores únicos da gastronomia minhota.

É também reconhecido pela sua excelente garrafeira e as aprimoradas sobremesas da doçaria tradicional local.

Associando-se a este público reconhecimento, a Junta de Freguesia de Santa Marta de Portuzelo esteve presente na cerimónia.

Restaurante Camelo reconhecido como Instituição de Mérito2.jpg

Restaurante Camelo reconhecido como Instituição de Mérito3.jpg

“TIRO E QUEDA”: FILME CÓMICO FOI RODADO EM VIANA DO CASTELO

Dois alvos. Uma missão. Um alvo: uma comédia.

Eddie e Manecas são dois grandes amigos dotados de uma estupidez “galáctica”. E juntos revelam-se um verdadeiro desastre.

44208401_349481139158720_4773348102117523456_n.jpg

No bairro conhecido como “Camboja”, onde vivem sob o comando de suas mulheres, Eddie e Manecas tem em comum uma vida dupla, mas ignoram que Rute e Guidinha não são tão estúpidas quanto eles.

Ao receberem a mensagem em código - K4-37, arriscam-se numa missão secreta e viajam até Viana do Castelo onde, depois de instalados num estranho hotel, recebem a visita de uma mulher misteriosa e singular, que os informa sobre a missão que a cumprir: “eliminar dois alvos”.

Para este trabalho clandestino, Eddie e Manecas devem dirigir-se para o Navio Gil Eanes e contornar as medidas de segurança.

As mulheres acabam por lhes seguir o rasto e Eddie e Manecas terão que enfrentar um m vergonhoso. Mas serão eles dois verdadeiros atiradores profissionais? Ou apenas dois tipos que disparam uma hilariante e inteligente sátira à sociedade portuguesa?

VIANA DO CASTELO: TEATRO DO NOROESTE APRESENTA PROGRAMAÇÃO PARA 2019

Teatro do Noroeste (CDV) apresenta a sua programação para 2019

Dentro daquele profissionalismo a que já nos habituou, mas sempre em crescendo, no passado sábado, dia 12, o CDV deu a conhecer publicamente o que vai ser a sua atividade no ano em curso.

Imagem_1ccv.jpg

Com a segurança própria de quem sabe que tem obra realizada e que, com humildade e muito trabalho, prepara com confiança o futuro, o Teatro do Noroeste, pela voz de Ricardo Simões, o Diretor Artístico da Companhia, apresentou um programa de trabalho que, para além de dar continuidade a muitas e marcantes vertentes, como é o caso do Fitei – Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica (17, 18 e 19 de maio), o intercâmbio entre companhias de teatro, ou o Festival de Teatro de Viana do Castelo (10 a 18 de novembro), tem previsto a sua produção própria, composta por quatro peças: “Os Ovos Misteriosos”, a partir de Luísa Ducla Soares (6 de fevereiro a 9 de março); “Rottweiler”, de Guillermo Heras (27 de março a 13 de abril); “O Bojador”, de Sophia de Mello Breyner (9 a 26 de outubro); e, em parceria com A Comuna – Teatro de Pesquisa, o “Almocreve e o Diabo”, de Fialho de Almeida (4 a 14 de dezembro). Mas, a 23, 24 e 25 de Janeiro ainda há a possibilidade de ver, para quem não a viu ou a quiser rever, a peça “Estalajadeira”, de Carlo Goldoni, uma bela produção do CDV, a que aqui já nos referimos.

Imagem_2ccv.jpg

Muito e muito teatro, muito intercâmbio com as grandes companhias teatrais do país e do exterior, trazendo até Viana do Castelo, entre muitas, companhias bem conhecidas, como o Teatro Guirigai – Badajoz, (22 de fevereiro), a Companhia de Teatro de Braga (29 de junho), ou a Comuna – Teatro de pesquisa – Lisboa (20 de julho), deslocando também o CDV a vários pontos do país e de Espanha, demonstrando assim que o teatro só pode singrar nesta prática de cooperação, trocando experiências, apresentando novidade e consolidando públicos, sem esquecer que há novos públicos para trazer ao teatro.

Para além disso, entre tantas outras coisas que constituem um ano de grande dinamismo da companhia, o CDV vai continuar a dar vida às diversas oficinas que tem a laborar no seu seio, o Ativasénior, o Ativajúnior e o Enquanto Navegamos, e vai manter, ou iniciar em parte, o seu serviço educativo, com os seminários, os digestivos – conversas com o público no fim dos espetáculos –, as visitas guiadas, o Ver com as Mãos, para cegos e ambliopes, Workshops, etc.

Um vastíssimo programa, que consta de um bonita publicação, tratada graficamente pelo Rui Carvalho, apresenta-nos um trabalho rico a levar a cabo pelo CDV, ao longo de 2019, que se aconselha seja bem observada. No Teatro Sá de Mirando ainda poderá ser adquirido algum exemplar. Foi apresentado com grande brilho, a que se seguiu um espetáculo de encanto, “Desconcerto” – Clarinetes Ad Libitum. Para mais tarde recordar.

Profissionalismo que baste, gentes do CDV. Desde há muito que estava feita a aposta do teatro em Viana, mas agora está-se, verdadeiramente, na fase da consolidação.

Gonçalo Fagundes Meira

Imagem_3ccv.jpg

CICLISTAS DE SANTA MARTA DE PORTUZELO COMEMORAM 40 ANOS A PEDALAR

40º aniversário do Grupo de Ciclismo de Santa Marta de Portuzelo

O Grupo Desportivo do Centro Paroquial de Santa Marta de Portuzelo, Escola de Ciclismo, promoveu uma festa do 40º aniversário desta coletividade.

40º aniversário do Grupo de Ciclismo.jpg

Sendo a única equipa que está associada a uma comunidade religiosa, as cerimónias começaram na celebração eucarística com uma missa de Ação de Graças, presidida pelo seu Presidente, Padre Christopher Vaz Sousa. Seguiu-se um jantar convívio com a presença de alguns fundadores deste clube e seus familiares, antigos e atuais atletas e seus familiares, bem como representantes das empresas patrocinadoras, TENSAI e Sambiental Lda.

Também esteve presente o Vereador Câmara Municipal de Viana do Castelo do pelouro do desporto, Eng. Vítor Lemos, o Presidente da Junta de Freguesia de Santa Marta de Portuzelo, Paulo Maciel, UVP - Federação Portuguesa de Ciclismo e ACM - Associação de Ciclismo do Minho.

40º aniversário do Grupo de Ciclismo1.jpg

CENTRO DE ESTUDOS REGIONAIS DO ALTO MINHO APRESENTA CICLO DE ESTUDOS SOBRE GASTRONOMIA E CULTURA

Apresentação do Ciclo de Estudos “Gastronomia e Cultura”

No próximo dia 17 de janeiro, noMuseu de Artes Decorativas, no Largo de S. Domingos, em Viana do Castelo, pelas 17.00 horas, tem lugar aapresentação pública do programa do Ciclo de Estudos “Gastronomia e Cultura”, iniciativa do Centro de Estudos Regionais, que decorrerá entre janeiro e junho de 2019

49720049_2078443588844752_1572132302929002496_n.jpg

O Ciclo de Estudos “Gastronomia e Cultura”, integrado no plano de atividades da Academia Sénior do Centro de Estudos Regionais, é umfórum de partilha de conhecimento e de reflexão, aberto a toda a comunidade. Organizado em torno de um conjunto de conferências e de visitas de estudo, sob a coordenação de José Carlos Loureiro e Pedro Pereira, o ciclo de estudos procura evidenciar a importância patrimonial da gastronomia, analisar os modos de produção e de circulação dos hábitos alimentares e evidenciar especificidades sociais e culturais de diferentes formas de alimentação. 

Na sessão pública, José Carlos Loureiroapresentaráos objetivos do projeto e divulgará o programa integral. O ciclo de estudos de 2019 constitui a décima edição consecutiva desta iniciativa, que tem oferecido à cidade a oportunidade de ouvir investigadores e diferentes atores sociais e culturaissobre as mais diversas temáticas, num fórum de descoberta e partilha de saber, em que a participação é livre. 

A direção do Centro de Estudos Regionais

MONÁRQUICOS EVOCAM CENTENÁRIO DA MONARQUIA DO NORTE

A Real Associação do Porto, em parceria com a Causa Real e as Reais Associações de Lisboa, Braga e Viana do Castelo, vai promover a evocação do Centenário da Monarquia do Norte.

49897833_2118767744859545_1142029403119681536_n.jpg

No próximo dia 19 de Janeiro, Sábado, no Ateneu Comercial do Porto, pelas 18h00, haverá uma Conferência subordinada ao tema “Cem anos da monarquia do norte – uma história de resistência”, na qual serão oradores os historiadores Dr. Carlos Bobone e o Prof. Dr. Nuno Resende.

A conferência é de entrada livre, seguindo-se um Jantar sujeito a inscrição prévia até quinta-feira, dia 17 de Janeiro, ambos limitados à lotação do espaço.

O contributo para o jantar, no valor de 25,00 €, deverá ser efectuado por transferência bancária ou multibanco, para o nosso:

NIB: 0033 0000 0011 1128 3420 5

IBAN: PT50 0033 0000 0011 1128 3420 5

Agradecemos o envio do respectivo comprovativo para a nossa sede ou, preferencialmente, por email para realporto@realporto.pt, impreterivelmente até ao referido dia 17 de Janeiro.

Pelo interesse do tema e pela qualidade dos oradores, temos a expectativa de poder contar com a vossa presença!