Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VALENÇA MANTÉM A TRADIÇÃO DAS MAIAS

Valença Veste-se de Flores. Mostra de Maias

Valença veste-se de flores campestres, com a Festa das Maias, entre 30 de abril e 6 de maio. 25 coletividades, a par do comércio, dos serviços e moradores vão encher de flores Valença.

valenais.jpg

7 Dias de Cidade Florida

Durante 7 dias Valença vai-se apresentar colorida, de flores campestres, revivendo uma tradição secular.

Nos comércios, edifícios públicos, rotundas, jardins e portas da Fortaleza as maias (coroas de flores) com os mais diversos tamanhos e arranjos artísticos vão dar um colorido especial à cidade.

Flores Campestres

As giestas, os verdes, as flores campestres e alguns materiais recicláveis vão dar uma cor primaveril às principais ruas de Valença. Por todo o concelho muitas outras Maias e raminhos de giesta vão enfeitar as varandas, os portões e as viaturas.

Culto Pré-Cristão da Primavera

Valença revive há já alguns anos, assim, a mais antiga festa de celebração da Primavera e do novo ano agrícola, com as “Maias”. Uma expressão viva da tradição e cultura popular que Valença tem vindo a recuperar nos últimos anos, em que se pede um ano farto nos campos das nossas aldeias.

Uma iniciativa da Câmara Municipal que envolve o comércio local e toda a comunidade.

VALENCIANOS ATRAVESSAM O RIO MINHO COM A CRUZ PASCAL

Páscoa Sem Fronteiras em Valença. Cruz Pascal Atravessa o Rio Minho de Barco

A Cruz Pascal vai atravessar o Rio Minho, num tradicional compasso pascal transfronteiriço, com o emblemático Lanço da Cruz. Segunda-feira de Páscoa, 22 de Abril, às 17h, o rio Minho é o palco para uma tradição popular e religiosa onde milhares de minhotos e galegos mostram a sua fé.

unnamedPASRIOGAL.jpg

Uma Festa em Dois Países

O Santuário da Senhora da Cabeça, na freguesia valenciana de Cristelo Côvo, o Cais de Sobrado - Torron, em Tomiño (Galiza) e o rio Minho são os recintos de uma autentica romaria galaico-minhota que decorre sempre na segunda-feira imediata ao fim de semana da Páscoa.

Lanço da Cruz e Procissão Fluvial

Da romaria destaca-se o emblemático Lanço da Cruz.

Ao entardecer, depois da visita pascal a Cristelo-Côvo, o pároco com a Cruz Pascal, entra num barco de pesca e dirige-se até à margem espanhola onde dá a cruz a beijar. Entretanto os pescadores lançam as redes benzidas ao rio. Todo o peixe que sair no lance é para o pároco. Com o pároco português regressa, no barco, o pároco de Sobrado – Torron, concelho de Tomiño (Galiza), dando a cruz a beijar aos peregrinos que aguardam junto ao rio, na margem portuguesa. Várias embarcações portuguesas e galegas acompanham este compasso pascal, numa castiça e autêntica procissão fluvial, nas águas do Minho.

Romaria Galaico Minhota

Até à noite os sons das gaitas de foles misturam-se com os das concertinas, das castanholas, o rufar dos bombos e tambores numa autêntica romaria galaico-minhota.

Os Merendeiros do Carneiro da Páscoa

Na terça-feira, 23 de Abril, merece especial referência a missa para os peregrinos da Galiza, celebrada em galego, por um padre da Galiza. Neste dia também, por tradição, os peregrinos desfrutam dos seus merendeiros nas sombras do parque comendo, sobretudo, o que sobrou do carneiro ou cabrito da Páscoa.

A tradição do Lanço da Cruz é uma manifestação religiosa e popular muito acarinhada pelas populações da raia minhota que ano após ano atrai um maior número de populares e turistas.

FORTALEZA DE VALENÇA ABRE AO TURISMO

Mais Turistas Vão Pernoitar na Fortaleza de Valença. 10 Novas Unidades de Alojamento

A Fortaleza de Valença tem, em carteira, 10 novos investimentos na área turística, que vão reforçar a capacidade de alojamento no centro histórico.

unnamedvalencca.jpg

Edifícios emblemáticos do centro histórico valenciano estão já em fase final de obra, ou a iniciar o processo de reconversão para acolherem novas unidades de alojamento turístico.

Estas 10 novas unidades, na Fortaleza, juntam-se a um pacote de várias, em processo de licenciamento, por todo o concelho, que vão reforçar a capacidade de oferta de alojamento em Valença que atualmente se situa já nas 51 unidades.

Nova Dinâmica na Fortaleza

A requalificação integral do espaço urbano da Fortaleza, já em fase final,proporciona um centro histórico completamente infra-estruturado e com as ruas, pracetas e áreas verdes renovadas. Condições que tem, também, contribuído para esta nova dinâmica da Fortaleza de Valença e estão a proporcionar novos fatores de atratividade ao investimento privado nas áreas hoteleiras, restauração, comércio e alojamento.

Valença Concelho Fiscalmente Atrativo

A atratividade fiscal de Valença, juntamente com a nova dinâmica proporcionada pelos Alojamentos Locais, são fatores que tem motivado a atenção e o interesse dos investidores no centro histórico e concelho. Valença é, hoje, um dos concelhos mais competitivos em matéria fiscal em Portugal. Um pacote de incentivos que incide, sobretudo, nas intervenções urbanísticas nos empreendimentos turísticos.

Mais de 2 Milhões na Fortaleza

A Fortaleza de Valença é um dos monumentos mais visitados de Portugal, ultrapassando, por ano, a cifra de 2 milhões de turistas. O património edificado e o emblemático comércio tradicional são um chamariz.

81652 Peregrinos para Santiago em 2018

Os Caminhos de Santiago vivem um aumento exponencial, em Valença. O número de peregrinos em 2018 situou-se nos 81652, percorrendo o Caminho Português e a variante do Caminho Português da Costa. Um número que crescerá, ainda mais, nos próximos anos. A estes dois percursos junta-se o Caminho de Fátima, que começa em Valença e é a mais recente aposta de Portugal no turismo religioso.

GOSTA DE PETISCOS? VALENÇA TEM MUITOS E BONS!...

Festival Gastronómico “Sabores da Aldeia”

82 Petiscos e 24 pratos da gastronomia tradicional, vão fazer as delicias dos visitantes à Festa das Tasquinhas de Valença. É já este fim de semana, o Festival Gastronómico “Sabores da Aldeia”.

unnamedVAL.jpg

Festival “Sabores da Aldeia” é uma mostra dos pratos, dos petiscos e da doçaria mais emblemática e tradicional de todas as freguesias do concelho de Valença.

Uma Perdição de Petiscos

Uma oportunidade única para uma experiência gastronómica por 82 petiscos, onde se destacam o bolo do tacho, os fumeiros, as moelas, as pataniscas, o caldo verde, os calhos, as belouras e tanto mais.

Tantos Pratos de Tradição

A rica gastronomia valenciana apresenta-se à mesa, em petisco ou prato convidando a desfrutar de um mundo de sabores e sensações.

Anho no Forno com Arroz Pingado, os rojões à Minhota, tantos pratos de bacalhau, porco no espero, leitão no caixote e tantas pratos mais para se deliciar.

Os melhores vinhos verdes da região acompanharão esta oferta.

Valença Doces Tentações

Nas sobremesas a perdição vai para as sopas secas, o leite creme, o arroz doce, as rabanadas, as rosquilhas, os valenciano e os papudos.

Festa Gastronómica da Raia Minhota

“Sabores da Aldeia” é uma genuína festa gastronómica minhota onde não faltará a animação a cargo dos Sons do Minho e Zézé Fernandes. O programa completa-se com as arruadas de bombos e um festival folclórico no domingo à tarde.

A iniciativa é da Câmara Municipal de Valença em colaboração com as juntas de freguesia e associações do concelho.

VALENÇA REALIZA JORNADAS DE MARKETING

Comité Olímpico de Portugal marca presença nas Jornadas de Marketing de Valença. ª edição fica marcada pela realização de workshops sobre diversas temáticas.

No dia 3 de abril tem lugar mais uma edição das Jornadas de Marketing de Valença, na ESCE-IPVC.

30171026_1325518000925666_7713499666925880584_o.jpg

O Marketing, no Alto Minho, já não é a mesma coisa sem as Jornadas realizadas, há 5 anos por alunos e ex-alunos do curso de marketing. Nesta edição as novidades prendem-se com a realização de workshops temáticos.

Capturarjornnnn.PNG

Ser um empreendedor, trabalhar as redes sociais ou como fazer um currículo são algumas das opções em que os interessados se podem inscrever.

Contudo não será esquecido a troca de conhecimentos. Aqui a Makro e o Comité Olímpico de Portugal marcam presença com os representantes de marketing.

Além deles, Carlos Sá, da Nature Events, vem partilhar as suas histórias e Juan Granã, falará sobre Neuromarketing.

Três estudantes de Marketing e Comunicação Empresarial da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESCE-IPVC) juntaram-se,

em 2015, para organizar a primeira edição das Jornadas de Marketing intitulada “Novas Tendências”.

foto2.jpg

PROGRAMA.png

ESPECIALIDADES CASEIRAS DOMINAM FESTA DAS TASQUINHAS DE VALENÇA

82 Petiscos na Festa das Tasquinhas de Valença. Sabores da Aldeia Cheios de Produtos Caseiros

Se gosta de sabores únicos e experiências gastronómicas marcantes Valença é o seu destino em Abril. 82 petiscos e 24 pratos convidam a a deliciar-se por um mundo de iguarias autenticas no Festival “Sabores da Aldeia”, entre 5 e 7 de abril.

unnamedvalll (1).jpg

Tantos Petiscos e Pratos de Tradição

A rica gastronomia valenciana apresenta-se à mesa, em petisco ou prato convidando a desfrutar de um mundo de sabores e sensações.

Anho no Forno com Arroz Pingado, os rojões à Minhota, tantos pratos de bacalhau, porco no espero, leitão no caixote e tantas pratos mais para se deliciar.

Nos petiscos tantos sabores para se perder como o bolo do tacho, os fumeiros, as moelas, as pataniscas, o caldo verde, os calhos, as belouras e tanto mais.

Nas sobremesas a perdição vai para as sopas secas, o leite creme, o arroz doce, as rabanadas, as rosquilhas e os papudos.

Os melhores vinhos verdes da região acompanharão esta oferta.

Segredos das Cozinhas da Aldeia

“Sabores da Aldeia” é um festival que proporciona viagem pelos sabores da genuína tradição valenciana, preparados como, há séculos, de forma caseira.

Comer bem, percorrendo os segredos mais bem guardados das cozinhas fartas das nossas avós tem um destino Festival Gastronómico Sabores da Aldeia. Este é um autêntico mostruário da gastronomia das aldeias valencianas. Receitas antigas que foram apuradas pela experiência dos tempos de que resultaram pratos e petiscos singulares, tendo por base produtos locais.

Festa Gastronómica da Raia Minhota

“Sabores da Aldeia” é uma genuína festa gastronómica minhota onde não faltará a animação.

A iniciativa é da Câmara Municipal de Valença em colaboração com as juntas de freguesia e associações do concelho.

VALENÇA VIRA CAPITAL DA LAMPREIA

Cinco Melhores Lampreias de 15 a 17 de Março em Valença. Maior Festival da Lampreia Mantém Tradição e Qualidade

A oportunidade para saborear a lampreia, de tantas formas, é já este fim de semana, no Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia”, de 15 a 17 de março, em São Pedro da Torre, Valença.

unnamedvalenlamp.jpg

No prato, com os cinco sabores, ou individual, a Lampreia à Bordalesa, o Arroz de Lampreia, a Assada no Forno, a Recheada e a Seca, Valença vai oferecer tantas formas.

Experiência Gastronómica Única

Este festival é uma oportunidade para quem gosta de comer lampreia, mas, também, para quem procura novos pontos de encontro onde se podem viverexperiências gastronómicas únicas.

Sabores com Tradição

Os modos de confecionar e apresentar a lampreia à mesa, seguem os princípios do saber e da tradição desta comunidade de pescadores.

Festival Gastronómico Genuíno

Este é um festival gastronómico genuíno onde todo o ciclo da lampreia, do rio ao prato, é acompanhada pelas mesmas pessoas, como sempre se fez em São Pedro da Torre. Um garante da qualidade, da tradição, mas também, da apresentação de modos de confeção genuínos.

Cozinheiros Especializados

A arte de preparar a lampreia tem saber, tradição e uma mão cheia de segredos. Cozinheiros especializados, verdadeiros guardiões de saberes, que tem passado de geração para geração, são os artífices destes manjares.

A Melhor do Mundo - Lampreia do Rio Minho

Este festival é uma excelente oportunidade para deliciar-se com uma boa lampreia do rio Minho considerada, pelos especialistas, a melhor do mundo.

Pesca Artesanal

Em Valença a pesca à lampreia é artesanal, desenvolvida sobretudo pelascomunidades de pescadores de São Pedro da Torre e Cristelo Côvo. As redes de tresmalho retiram do rio a lampreia vivaça e com toda a qualidade.

VALENÇA GANHA NOVA CICLOVIA URBANA

Cidade Quer Ser Mais Amiga do Ambiente e Saudável

Uma nova rede ciclável vai nascer na cidade de Valença, com 2800 metros e um investimento previsível de 636 mil euros. A obra avançará, ainda, ao longo de 2019 e terá um prazo de execução de um ano.

unnamedvalciclov.jpg

Valença quer mais bicicletas, mais saúde e menos CO2 na cidade.

Aproximar Fortaleza à Área Central

O novo percurso ciclável ligará as Portas do Sol, na Fortaleza de Valença, ao Centro Coordenadorr de Transportes, à Estação dos Caminhos de Ferro / praça de táxis, ao Centro de Interpretação da Ecopista do Rio Minho e à ESCE – Escola Superior de Ciências Empresariais.

A obra decorre no âmbito do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável de Valença e pretende criar um corredor ciclável ligando o centro histórico, com a área central da cidade e os principais pontos de fluxo de mobilidade da cidade.

Avenida dos Combatentes Requalificada

No âmbito desta intervenção a avenida dos Combatentes da Grande Guerra (Av. Cristelo) será completamente requalificada, em toda a sua extensão, desde a avenida de Espanha até à Fortaleza. A nova avenida além do percurso ciclável, terá nova e melhor iluminação, um piso mais confortável e com melhor enquadramento urbanístico e arborização nova.

Ponte Pedonal da Ponte Seca

Na Ponte Seca, será construida uma nova ponte pedonal e ciclável, com estrutura metálica, junto à ponte atual, de modo a permitir a passagem do corredor ciclável. Uma intervenção que resolverá um problema antigo da ligação da cidade à parte norte da Ecopista do Rio Minho.

Cidade Mais Amiga do Ambiente

A obra tem por grande objetivo oferecer uma rede atrativa e segura de mobilidade urbana que incentive o uso de meios de transporte mais saudáveis e amigos do ambiente. Uma aposta clara em tornar a cidade ambientalmente mais sustentável e melhor para viver, visitar e investir.

A obra da Câmara Municipal de Valença será financiada pelo programa Norte 2020.

PROJETO GERMINAR PROMOVE INTEGRAÇÃO SOCIAL NA VINHA

Clube de Produtores Monovarietais do Vinho Verde, Soalheiro, L´Campo e APPCDM – Centro de Valença desenvolvem projeto social

Assinatura do protocolo na próxima 5ª feira, 7 de março, 14h00, Valença

Na próxima 5ª feira, 7 de março, o Clube de Produtores de Monovarietais do Vinho Verde dá o primeiro passo na criação conjunta de um projeto social, em parceria com o Soalheiro, a exploração vitícola L’Campo e a Delegação de Valença da APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental. Com o projeto Germinar, o Soalheiro, primeira marca de Alvarinho de Melgaço, desafiado por um casal produtor de uvas, que integra o Club de Produtores por eles promovido, associa-se à APPACDM – Centro de Valença para juntos fomentarem um Projeto que visa a integração social de jovens e adultos com dificuldade intelectual e de desenvolvimento. A assinatura do protocolo está agendada para as 14h00, no Centro de Valença da APPACDM.

Este projeto passa pela integração dos utentes da APPACDM no trabalho na vinha de forma a promover o seu desenvolvimento pessoal, profissional e emocional sempre em função das competências ajustadas a cada perfil de integração. O motor central do projeto é António Matos, que para além de produtor de uvas é também Técnico Superior de Serviço Social e irá fazer o acompanhamento in loco de todos os elementos.

Depois de um ano de intenso trabalho e criação de sinergias, estão reunidas as condições para avançar de uma forma sustentada. A expetativa é, em breve, desenvolver um produto que possa autossustentar economicamente esta parceria. Pretende-se uma participação colaborante da sociedade, não numa lógica de caridade, mas numa lógica de reconhecimento da qualidade do produto produzido com a participação destas pessoas, que de outra forma não teriam essa possibilidade.

VALENÇA DÁ A PROVAR 5 SABORES DE LAMPREIA

Cinco Sabores da Lampreia em Valença: 15 a 17 de Março Festival Gastronómico

Gosta de Lampreia? Está ai mais uma edição do Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia”, de 15 a 17 de março, na comunidade de pescadores de São Pedro da Torre. Esta é a oportunidade para saborear cinco sabores da lampreia.

unnamedvalencarnav.jpg

Arroz de lampreia, lampreia à bordalesa, lampreia recheada, lampreia assada no forno e lampreia seca quem resiste a tantos manjares?

Cinco Variedades de Lampreia

No prato cinco sabores é possível saborear as cinco formas confecionadas neste festival. Em separado há lampreia para todos os gostos, sempre com a marca da tradição local; arroz de lampreia, lampreia à bordalesa, lampreia recheada, lampreia assada no forno e lampreia seca.

Cozinheiros Especializados

A arte de preparar a lampreia tem saber, tradição e uma mão cheia de segredos. Cozinheiros especializados, verdadeiros guardiões de saberes, que tem passado de geração para geração, são os artífices destes manjares.

A Melhor do Mundo - Lampreia do Rio Minho

Este festival é uma excelente oportunidade para deliciar-se com uma boa lampreia do rio Minho considerada, pelos especialistas, a melhor do mundo.

Pesca Artesanal

Em Valença a pesca à lampreia é artesanal, desenvolvida sobretudo pelascomunidades de pescadores de São Pedro da Torre e Cristelo Côvo. As redes de tresmalho retiram do rio a lampreia vivaça e com toda a qualidade.

A Nossa Lampreia é Batida

Pescada nas últimas semanas a lampreia estagia já nos tanques da Associação Sabores do Rio Minho, em água corrente. A técnica é antiquíssima e conhecida por “bater a lampreia”, um modo que enrije-se a sua carne, o que permitirá, aquando da sua confeção, pratos de excelência.

Novas Receitas

Aliada à tradição e aos emblemáticos cinco pratos, que fazem a história deste festival, os visitantes tem a oportunidade de descobrir as novas tendências de confeção da lampreia. Durante os três dias estão programados um showcooking e degustação de lampreia.

Sabores da Lampreia é uma genuína festa gastronómica valenciana que, ano após ano, se tem afirmado como o maior evento gastronómico da região dedicado à lampreia.