Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO DE TERRAS DE BOURO RENOVA PUBLICIDADE NOS TÁXIS DO CONCELHO

No seguimento do processo de publicidade institucional assumido pela câmara municipal, alusivo ao concelho de Terras de Bouro e aplicado nos transportes públicos de passageiros do concelho, procedeu-se recentemente a mais um importante investimento na área da divulgação e promoção turística com a renovação integral da publicidade nos táxis de Terras de Bouro.

IMG_3461.JPG

Sendo um meio de divulgação de Terras de Bouro e do Parque Nacional da Peneda Gerês, que também se julga apropriado, devido à sua visibilidade, impacto e mobilidade, o Município de Terras de Bouro regista e agradece a disponibilidade dos profissionais de transporte público de passageiros que continuam a associar-se a esta campanha, concretizando, desta forma, mais uma colaboração institucional fundamental para a publicitação e desenvolvimento económico  de Terras de Bouro.

20210723_092021.jpg

IMG_3440.JPG

IMG_3444.JPG

IMG_3451.JPG

CONCELHO DE CAMINHA PROPORCIONA PASSEIOS A PÉ, A CAVALO OU DE JIPE

Percursos temáticos arrancam com “Experiências e Tradições – Riqueza de Usos, Costumes, Saberes e Sabores” a 27 de julho

Os percursos temáticos voltam a marcar o verão no concelho de Caminha. História e património, passeios de jipe e a cavalo são as possibilidades para os próximos meses. “Experiências e Tradições – Riqueza de Usos, Costumes, Saberes e Sabores” abre esta edição dos percursos, no dia 27 de julho, pelas 11H00. A participação é gratuita, mas a inscrição é obrigatória. As vagas são limitadas.

caminhapercursostematicos (3).jpg

“Percursos temáticos” é um dos projetos que integra o Programa Cultural Verão 2021, um programa arrojado, adaptado às imposições da DGS, que pretende mostrar que o concelho de Caminha é um Destino de Confiança.

Como já referimos, esta edição de percursos temáticos tem início a 27 de julho, com o percurso “Experiências e Tradições – Riqueza de Usos, Costumes, Saberes e Sabores”. Num roteiro pelas freguesias do Concelho, as suas tradições e os costumes são “servidos” aos visitantes. Usos, saberes, artes e rotinas antigas são dadas a sentir ao participante, guardando ainda espaço para a oportunidade de petiscar e saborear, descobrindo os sabores mais característicos e típicos e de conhecer paragens e lugares recônditos. Uma verdadeira experiência de identidade Caminhense! Este percurso realizar-se-á novamente a 31 de agosto. O percurso é de aproximadamente 6 horas e está limitado a 12 participantes. O percurso está agendado para as 11H00 e o ponto de encontro é na Praça Conselheiro Silva Torres.

No dia 3 de agosto, pelas 15H00, terá lugar o percurso “Encantos e Recantos do Concelho – Tesouros Escondidos”. Este percurso pelas freguesias do Concelho, um mosaico pitoresco de lugares especiais, lendas e costumes, curiosidades e estórias, património e saberes dá a conhecer o Concelho de forma especial e diferente do habitual, dando a conhecer Caminha ainda com mais sabor e caráter… O percurso tem a duração de 4 horas e o ponto de encontro é na Praça Conselheiro Silva Torres.

Nos dias 17 agosto e 7 de setembro, pelas 17H00, decorrerá o percurso “As Ruas, as Casas, a História e o Património - Vila de Caminha”. Num passeio de final de tarde pela Vila, a história e as estórias de Caminha são apresentadas aos visitantes e aos integrantes do grupo, percorrendo as suas ruas mais características, com visitas aos pontos de referência e monumentos, não deixando de desvendar algumas curiosidades, lendas e segredos escondidos da Bela Marinheira e do Concelho. O percurso tem aproximadamente 2 horas e o ponto de encontro é na Praça Conselheiro Silva Torres.

É de realçar que, as inscrições para qualquer um dos percursos já estão a decorrer. Os interessados deverão fazer a respetiva inscrição até dois dias antes da data de cada um dos percursos, através do email cultura@cm-caminha.pt.

Os Passeios de Jipe são outras das possibilidades destes percursos temáticos. Os passeios decorrem entre a Serra e a Costa: Passeio da Serra de Caminha e São João d’Arga e Passeio da Costa de Caminha a Vila Praia de Âncora. Mais informações através do telemóvel 925 597 203.

Outra das ofertas destes percursos são os Passeios a Cavalo, de uma hora, com as seguintes escolhas: aldeia e monte de Moledo; passeio da Costa ou Mata Nacional do Camarido e praia de Moledo. Mais informações e inscrições através do telemóvel 912 350 046.

caminhapercursostematicos (1).jpg

caminhapercursostematicos (2).jpg

percursos tematicos 2021.jpg

TERRAS DE BOURO RENOVA IMAGEM DOS POSTOS DE TURISMO

Renovação da imagem dos postos de turismo concelhios e alargamento do horário do posto de turismo da vila do Gerês

Com o início do verão, o Município de Terras de Bouro proporcionou a renovação da imagem dos serviços de apoio ao turismo nos postos da vila do Gerês, da vila de Terras de Bouro e de Rio Caldo. Assim, e dando continuidade à campanha de promoção turística adotada pelo executivo municipal, foram requalificados os espaços, tornando-os mais acolhedores, dinâmicos, convidativos e elucidativos dos recursos e elementos que nos são tão característicos. Esta modernização pretende também despertar, ainda mais, a curiosidade daqueles que escolhem visitar o nosso território, munindo-os de todas as informações essenciais e necessárias para descobrir, em segurança, Terras de Bouro.

Fruto da enorme procura que se verifica nesta época, especificamente na vila do Gerês, o posto de turismo  local, a partir do dia 15 de julho, terá um horário alargado, passando a estar aberto até às 18h.

gerespostoturism (1).jpg

gerespostoturism (2).jpg

gerespostoturism (3).jpg

gerespostoturism (4).jpg

gerespostoturism (5).jpg

gerespostoturism (6).jpg

gerespostoturism (7).jpg

gerespostoturism (8).jpg

gerespostoturism (9).jpg

gerespostoturism (10).jpg

gerespostoturism (11).jpg

CENTRO DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA DE ESPOSENDE ACOLHE EXPOSIÇÃO DE CERÂMICA DE CLAIRE MACA

O Centro de Informação Turística (CIT) de Esposende acolhe, até ao próximo dia 30 de julho, uma Exposição de Cerâmica, intitulada “Floribelgium”, da autoria de Claire Maca.

Exposição Claire Maca (3).jpg

A sessão de abertura teve lugar no passado dia 2 de julho, na presença da Vereadora da Cultura da Câmara Municipal, Angélica Cruz, e da vice-presidente, Alexandra Roeger.

Esta exposição é fruto do trabalho desenvolvido pela artista no Atelier de Cerâmica da Unidade de Investigação e Desenvolvimento dos Materiais (UIDM), do IPVC – Instituto Politécnico de Viana do Castelo, cujo objetivo passa por desenvolver trabalho formativo para a “educação artística”, com o propósito de estimular o potencial criativo na área da cerâmica e de divulgar as obras/projetos desenvolvidos em diversos contextos, conceptuais, tecnológicos e artísticos, de modo a valorizar os processos de criação em Cerâmica.

As esculturas cerâmicas de Claire Maca refletem o seu processo criativo e, sobretudo, o seu o amor à cerâmica, que, segundo Rosa Venâncio, Profª deste Instituto responsável pelo Atelier de Cerâmica da UIDM, que acompanhou a autora na sessão de abertura, despertou apenas em 2018, na Academia Sénior do Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

Desde então, a artista, de nacionalidade belga mas a residir em S. Paio de Antas, nunca mais deixou de trabalhar no atelier, onde aprofunda diariamente os seus conhecimentos no domínio da cerâmica, na busca da combinação perfeita dos quatro elementos - Terra, Água, Ar e Fogo.

Claire Maca é formada em Artes Decorativas e Arquitetura de Interiores pelo Institut N.D. de la Sagesse, em Bruxelas, tendo obtido formação na área da Cerâmica na Academia Sénior do Instituto Politécnico de Viana do Castelo. No Atelier de Cerâmica da UIDM (Unidade de Investigação e Desenvolvimento dos Materiais no IPVC), teve oportunidade de criar as suas obras, tendo participado, desde 2018, em diversas exposições.

Os seus trabalhos podem agora ser apreciados em Esposende, no Centro de Informação Turística, sito na Av. Eng.º Arantes e Oliveira, n.º 62, de segunda-feira a sábado, das 9h00 às 17h00.

Exposição Claire Maca (2).jpg

Exposição Claire Maca (1).jpg

VIEIRA DO MINHO PRECISA DE TURISTAS INTERNACIONAIS PARA COMBATER A SAZONALIDADE

Turismo na agenda do candidato do PS à Câmara Municipal

“A qualificação dos produtos turísticos e a sua internacionalização são as soluções que podem combater a sazonalidade do turismo de Vieira do Minho, transformando o setor numa verdadeira alavanca da economia local.”

Filipe de Oliveira _ candidato Presidência Câmar

Quem o diz é Filipe de Oliveira, candidato do Partido Socialista (PS) à presidência da Câmara Municipal de Vieira do Minho, que nos últimos meses contactou de perto com os agentes turísticos e hoteleiros do concelho e ouviu especialistas do setor a operar na região.

“A Câmara Municipal de Vieira do Minho tem que ser um agente ativo na criação de infraestruturas que tragam valor acrescentado e capacidade de atração turística”, afirma Filipe de Oliveira, acrescentando que “os turistas internacionais são fundamentais para combater a sazonalidade”.

O candidato do PS preconiza para Vieira do Minho “uma aliança estratégica e sustentável entre o turismo, a ecologia, o ambiente e a agricultura biológica que seja benéfica para a qualidade de vida das pessoas que vivem no concelho e de quem escolhe o concelho para os seus tempos de férias e lazer”.

O ambiente articulado com o turismo sustentável e ecológico é um dos quatro eixos estruturantes do programa eleitoral que o PS de Vieira do Minho está a preparar, com base na audição dos agentes que atuam no terreno.

Numa conferência digital intitulada “Turismo e Ambiente em Vieira do Minho – Recursos Naturais, Ecologia e Sustentabilidade”, a candidatura de Filipe de Oliveira juntou como oradores agentes turísticos e ambientais como Cândido Mendes, presidente da Associação de Hotéis Rurais de Portugal, e Miguel Dantas da Gama, membro do Conselho Estratégico do Parque Nacional da Peneda-Gerês, Carine Silva, supervisora de empreendimento turístico, e Aurora Marques, diretora técnica de agência de viagens.

Todos reconheceram que as unidades turísticas e hoteleiras são importantes para a empregabilidade no concelho de Vieira do Minho e como agentes divulgadores e promotores dos produtos locais. Porém, o turismo de Vieira do Minho tem na sazonalidade “um forte obstáculo”.

“A internacionalização de Vieira do Minho é a solução para combater a sazonalidade”, frisa Filipe de Oliveira, preconizando um papel da Câmara Municipal “mais ativo na criação de condições de atratividade turística e na promoção do concelho”.

Foi também referida a necessidade da criação do cluster turístico regional, formado pelos municípios de Vieira do Minho, Póvoa de Lanhoso, Terras de Bouro e Amares. Trata-se de um quadrilátero com cerca de 7 mil camas afetas à atividade turística. “É facilmente imaginável e expectável o valor económico e social que o ‘cluster’ turístico formado por estes municípios representaria e o fluxo internacional que proporcionaria para a região”, adianta Filipe de Oliveira.

A região turística em que se insere Vieira do Minho, que integra o Parque Nacional da Peneda-Gerês e a serra da Cabreira, dispõe de condições naturais privilegiadas: qualidade do meio ambiente, proximidade do aeroporto Francisco Sá Carneiro e proximidade dos centros urbanos do Porto, Guimarães ou Braga.

Filipe de Oliveira _ Candidato PS _ CM Vieira do M

MUNICÍPIO DE TERRAS DE BOURO PUBLICA NOVO MAPA TURÍSTICO DAS CALDAS DO GERÊS

Em 1972 surgiu aquilo que podemos considerar o primeiro mapa turístico das Caldas do Gerês. Pelas suas características iconográficas e pictóricas, para além da representação geográfica do espaço, este mapa constituiu uma forma de construção e de promoção da identidade territorial e tinha como grande objetivo orientar os turistas que se deslocavam ao Gerês.

mapa72.jpg

Este mapa turístico integrava uma interessante coleção, composta por mais de duas centenas e meia de mapas turísticos de âmbito regional, distrital e concelhio, editada pela ROTEP – Roteiro Turístico e Económico de Portugal, com a organização de Camacho Pereira e com a ordem de publicação número 133.

Quase 50 anos depois e tendo como referência o primeiro, o Município de Terras de Bouro concebeu um novo mapa turístico que visa proporcionar aos visitantes da vila do Gerês um melhor conhecimento da história desta povoação, desde a sua origem até aos nossos dias, bem como o registo da passagem de individualidades pela região. Mais ainda, potencia o saber de lendas e tradições deste povo, aliado ao enaltecimento do património histórico edificado e dos produtos turísticos locais.

O mesmo estará disponível nos Postos de Turismo do concelho para entrega gratuita aos muitos turistas que desejem visitar e adquirir informação turística relativa à vila termal do Gerês, com tantos anos de história.

mapa2021_vila.jpg

mapa2021.jpg

MONÇÃO: DOIS FINS DE SEMANA ANIMADOS COM O VINHO ALVARINHO COMO PROTAGONISTA

Iniciativa “Bem-vindo a Monção, o Reino do Alvarinho” inicia-se este fim de semana, 2, 3 e 4 de julho, prolongando-se no fim de semana seguinte, 9, 10 e 11 de julho. As propostas são múltiplas e diversificadas: jantares vínicos, serões à moda antiga, conversas com sabores, visitas e provas vínicas nas quintas e adegas do concelho, piqueniques “Sabores de Monção”, e provas comentadas de Alvarinho.

cartazalva.png

À semelhança do ano passado, a Feira do Alvarinho de Monção, a maior Wine Party de Portugal, foi cancelada. Como alternativa, o Município de Monção lançou, em colaboração com os produtores locais de Alvarinho, a campanha “Bem-vindo a Monção, o Reino do Alvarinho” com a realização de dois fins de semana, 2 a 4 e 9 a 11 de julho, repletos de atividades para todos os públicos.

A iniciativa promocional, onde enaltecemos as potencialidades e atrativos do território monçanense, com particular destaque para o vinho Alvarinho, elegante na forma e delicioso no conteúdo, tem como objetivo reforçar a atividade económica e proporcionar aos munícipes e visitantes vários momentos de animação e descontração.

Um programa que celebra o regresso ao quotidiano, dentro da normalidade possível e com total segurança, convidando todos os amantes deste território, em família ou grupo de amigos, a desfrutar das atividades previstas e de um vinho fantástico que nasceu aqui, neste cantinho simpático, sendo produzido por várias centenas de monçanenses, para deliciar o mundo inteiro.

Nestes dois fins-de-semana, há muito para ver e fazer. Consultando o programa, as propostas são múltiplas e diversificadas: jantares vínicos, serões à moda antiga, conversas com sabores, visitas e provas vínicas nas quintas e adegas do concelho, piqueniques “Sabores de Monção”, e provas comentadas de Alvarinho.

Referência ainda para visitas guiadas pelo perímetro da fortaleza de Monção, Alvarinho palmo e meio, tours em Tuk Tuk, passeios de charrete, e o Projeto Monsons, atividade multidisciplinar constituída por quatro espetáculos que retratam a multiplicidade de temáticas que o vinho oferece.

O desporto está presente com a realização de trilhos pedestres, pedalar Monção, atividades no rio Minho (caiaque, stand up paddle), tiro com arco e kartcross a pedais. A gastronomia também não poderia faltar. 18 restaurantes do concelho têm na ementa “Cordeiro à Moda de Monção”, popularmente conhecido como “Foda à Monção”. 6 bares disponibilizam tapas à base de produtos endógenos de Monção.

Convidamo-lo(a) a visitar “O Reino do Alvarinho”, um destino extraordinário, algo mais grandioso do que podes imaginar, que foi afirmando a sua inconfundível identidade ao longo dos anos, não só graças à arte de “saber fazer” e “bem receber” do seu povo, como também à riqueza do seu divino vinho Alvarinho. Sabe-se que aqui nasceu e cresceu, antes de qualquer registo, motivo pelo qual se confunde a história do reino com a história do vinho.

Esta terra chama-te…

Para paisagens mágicas e sedutoras. Onde se ouve o ritmo da terra. E a imaginação serve-se num copo. Com alma, alegria e a luz da festa. Sentimos esta terra dento de nós. Necessitamos de voltar a ela. De saboreá-la e vivê-la.

Monção espera-te.

passeios de charrete.jpg

projeto monsons.jpg

provas comentadas.jpg

sabores de Monção - piqueniques.jpg

serões a moda antiga.jpg

tapas tour alvarinho.jpg

trilhos pedestres.jpg

visitas e provas vinicas.jpg

visitas guiadas.jpg

conversas com sabores.jpg

cordeiro à moda de Monção.jpg

jantares vinicos.jpg

alvarinho palmo e meio.png

alvarinho tours tuk tuk.jpg

atividades fluviais.jpg

VIANA DO CASTELO: SECRETÁRIA DE ESTADO DO TURISMO NA ABERTURA DO I CONGRESSO INTERNACIONAL DE EQUINOLOGIA E TURISMO EQUESTRE

O I Congresso Internacional de Equinologia e Turismo Equestre iniciou esta quinta-feira com uma sessão de abertura no Auditório Professor Lima de Carvalho do Instituto Politécnico de Viana do Castelo que contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo e que evidenciou a importância de defender o garrano, a Serra d’Arga e os produtos endógenos da região.

congresso_equinologia (1).jpeg

A Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, defendeu que o turismo “é um setor suficientemente generoso para poder abranger sinergias com variados setores de atividade”. “O turismo tem a particularidade de valorizar o que é bom, o que é nosso, e o turismo equestre e o garrano têm essa importância e merecem ser valorizados”, frisou.

A governante realçou que o projeto Vilas e Aldeias Equestres entre Arga e Lima, que une os municípios de Viana do Castelo, Caminha e Ponte de Lima, “mereceu, desde o primeiro momento, o apoio do Turismo de Portugal”, assumindo que “o turismo equestre tem todas as caraterísticas para promover o ‘cross-selling’ (venda cruzada) com outros produtos turísticos, como a gastronomia, o enoturismo, o turismo médico e o turismo desportivo”.

Também o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, destacou o facto de os três municípios estarem a trabalhar em prol da Serra d’Arga, do cavalo garrano e dos produtos endógenos.

“Este é um Congresso que vai contar com a participação de inúmeras entidades, com um programa bastante rico do ponto de vista científico. Pretendemos consolidar a importância que o garrano tem do ponto de vista genético, do ponto de vista patrimonial e cultural para o território”, defendeu o edil, considerando que a proteção do garrano é uma prioridade para a região e para o país.

“Estamos muitos gratos aos produtores e criadores pelo vínculo de confiança e pelo trabalho que têm feito na preservação e defesa do cavalo garrano”, frisou José Maria Costa, considerando que este equídeo é um valioso produto endógeno que pode e deve potenciar o turismo local.

O Presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Carlos Rodrigues, referiu que este Congresso “é um bom exemplo daquilo que pode ser feito para promoção do nosso cavalo garrano e dos produtos endógenos da região”.

O I Congresso Internacional de Equinologia e Turismo Equestre decorre em Viana do Castelo de 1 a 3 julho, presencialmente e através dos meios digitais, reunindo mais de quatro dezenas de investigadores de sete países distintos - Portugal, Espanha, França, Japão, Turquia, Estados Unidos da América e Austrália - que lideram trabalhos pioneiros no estudo, conservação e valorização de equinos e das suas relações ecossistémicas e com o Homem. O evento conta com a participação, por videoconferência, de Jane Goodall e de Tetsuro Matsuzawa, referências mundiais em primatologia e conservação da natureza.

Este Congresso, interdisciplinar, centra-se em cinco eixos temáticos: ecologia e etologia de equídeos (cavalos, burros, zebras, híbridos, cavalo Przewalski); linguagem, inteligência e cognição de equídeos; interações humanas e equinas; equinos, turismo e desenvolvimento; e património equestre material e imaterial.

A primatologia ofereceu as bases teóricas e metodológicas para o estudo dos equinos, através de uma rede de parceria entre a Universidade de Quioto e a Universidade de Sorbonne Nouvelle Paris III, concretizada através do professor Carlos Pereira, presidente fundador do Instituto do Cavalo e da Equitação Portuguesa em Paris e cofundador do Projeto Horse Cognition.

O I Congresso Internacional de Equinologia e Turismo Equestre é promovido pelo Município de Viana do Castelo, ao abrigo do projeto Vilas e Aldeias Equestres entre Arga e Lima, cofinanciado pelo Turismo de Portugal e conta com o apoio dos Municípios de Caminha e Ponte de Lima, parceiros deste projeto, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo e da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte.

congresso_equinologia (2).jpeg

congresso_equinologia (3).jpeg

congresso_equinologia (5).jpeg

congresso_equinologia (6).jpeg

congresso_equinologia (7).jpeg

congresso_equinologia (8).jpeg

congresso_equinologia (9).jpeg

congresso_equinologia (10).jpeg

MUNICÍPIO DE VIANA DO CASTELO PUBLICA OBRA QUE REÚNE COLETÂNEA DE TEXTOS DO ETNÓGRAFO FRANCISCO SAMPAIO

Publicação celebra vida de Francisco Sampaio enquanto “mestre” do turismo e das tradições vianenses

Foi lançada, ontem, pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, a obra que reúne uma Coletânea de Textos de Francisco Sampaio publicados na revista “A Falar de Viana”, para assinalar o 84º aniversário do professor e etnógrafo.

ABELO9383 2.jpg

A homenagem, que aconteceu no Teatro Municipal Sá de Miranda, integrou depoimentos do Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, da Presidente da Assembleia Municipal, do Presidente da Vianafestas, do Presidente da Comissão Executiva da Romaria d’Agonia e ainda do irmão de Francisco Sampaio. Antero Sampaio garantiu que “Viana sempre foi o amor” do irmão que, mesmo na atualidade, este “continua a amar Viana do Castelo”.

O edil vianense, José Maria Costa, considerou que o lançamento desta publicação foi uma forma de o Município “celebrar a vida do Dr. Sampaio”, um reconhecido “amigo de Viana e amiga da Galiza” que “abriu inúmeras portas na Galiza”, considerando que o etnógrafo foi um verdadeiro “mestre”.

Já a Presidente da Assembleia Municipal, Flora Silva, referiu-se a Francisco Sampaio como o “grande guionista das Festas da Agonia”, resumindo o seu percurso de vida enquanto poeta, guionista, professor e etnógrafo.

O Presidente da Vianafestas, Luís Nobre, indicou que o homenageado é uma “figura marcada” que deixou uma marca indelével na organização da Romaria d’Agonia ao longo de quatro décadas de trabalho.

Também o Presidente da Comissão de Festas da Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia, António Cruz, defendeu que Francisco Sampaio “deu um contributo de corpo e alma durante anos à festa”.

De acordo com o coordenador da publicação, Rui Viana, esta coletânea agrega dez textos sobre a Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia, dez textos sobre costumes e tradições e outros dez dedicados ao turismo.

Na sala principal do Teatro Municipal Sá de Miranda estiveram presentes familiares, entidades, representantes do Instituto Politécnico de Viana do Castelo e do curso de Turismo que Francisco Sampaio fundou, bem como os vereadores da Câmara Municipal de Viana do Castelo, presidentes de Juntas e Uniões de Freguesia, elementos da Vianafestas e da Comissão de Festas da Romaria d’Agonia.

Francisco Sampaio exerceu, entre outras funções, a de Técnico Superior do Centro de Saúde Mental de Viana do Castelo, Professor do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), Presidente da Comissão Regional de Turismo do Alto-Minho, desde 1980 até se reformar.

É autor de dezenas de títulos, que versaram sobre temas de caráter histórico, arqueológico, turístico, etnográfico e gastronómico, tendo sido também colaborador de várias publicações do Alto Minho. Redigiu o estudo que serviu de base à Declaração de Interesse para o Turismo da Romaria d’Agonia, que foi aprovada em 2013.

ABELO9229 2.jpg

ABELO9238 2.jpg

ABELO9270 2.jpg

ABELO9291 2.jpg

ABELO9340 2.jpg

ABELO9145 2.jpg

ABELO9186 2.jpg

ABELO9191 2.jpg

ABELO9202 2.jpg

ABELO9220 2.jpg

VIANA DO CASTELO HOMENAGEIA FRANCISCO SAMPAIO

Município presta homenagem a Francisco Sampaio com lançamento de coletânea de textos “A Falar de Viana”

A Câmara Municipal de Viana do Castelo presta hoje homenagem ao professor e etnógrafo Francisco Sampaio com o lançamento de uma Coletânea de Textos publicados na revista “A Falar de Viana”, no dia em que esta figura incontornável do turismo celebra o 84º aniversário.

IMG_0704_francisco_sampaio.jpg

A cerimónia, que acontece no Teatro Municipal Sá de Miranda, visa assim destacar aquele que foi um dos maiores impulsionadores da criação do Museu do Traje e um dos maiores conhecedores das tradições em torno da Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia.

Para o edil vianense, José Maria Costa, sendo Francisco Sampaio um dos grandes conhecedores da rainha das romarias, esta publicação assume-se como um valioso documento sobre a nossa etnografia, história e tradições.

Recorde-se que, já em junho de 2019, o Município atribuiu o nome de Dr. Francisco Sampaio à galeria do piso 0 do Museu do Traje. A homenagem do Município aconteceu porque, de acordo com autarca, “o Museu do Traje tem muito da mão dele”.

Na altura, o Presidente da Câmara considerou mesmo que Francisco Sampaio, juntamente com Amadeu Costa e Francisco Cruz, ambos já falecidos, formava “um trio fabuloso na organização das festas”.

Francisco Sampaio exerceu, entre outras funções, a de Técnico Superior do Centro de Saúde Mental de Viana do Castelo, Professor do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), Presidente da Comissão Regional de Turismo do Alto-Minho, desde 1980 até se reformar.

É autor de dezenas de títulos, que versaram sobre temas de caráter histórico, arqueológico, turístico, etnográfico e gastronómico, tendo sido também colaborador de várias publicações do Alto Minho. Redigiu o estudo que serviu de base à Declaração de Interesse para o Turismo da Romaria d’Agonia, que foi aprovada em 2013.

VIANA DO CASTELO APRESENTA I CONGRESSO INTERNACIONAL DE EQUINOLOGIA E TURISMO EQUESTRE

A Câmara Municipal de Viana do Castelo apresenta, no próximo dia 05 de junho, às 18 horas, no Paço de Lanheses, o I Congresso Internacional de Equinologia e Turismo Equestre e lança, em simultâneo, as Atas dos Seminários do Projeto Percursos do Homem e do Garrano. O evento contará com a presença de Carlos Pereira da Universidade Sobornne Nouvelle, dos autarcas de Viana do Castelo, Caminha e Ponte de Lima e integra um painel moderado pelo jornalista Abel Coentrão sob o tema “Garrano: apostar no cavalo certo”.

Programa5deJunhoA4.jpg

Na sessão, será assim apresentado o I Congresso Internacional de Equinologia e Turismo Equestre, que constitui um marco decisivo na consolidação da Equinologia enquanto verdadeira ciência dos equídeos, promovendo o fortalecimento das redes de investigação e dos espaços de comunicação transdisciplinar. De sublinhar que Viana do Castelo e o Alto Minho se posicionam, assim, como territórios de investigação e conhecimento sobre equinos, potenciando a preservação e valorização dos espaços de montanha onde habitam as manadas do último cavalo selvagem da Europa: o garrano.

O Congresso, a decorrer entre 01 e 03 de Julho, pretende acolher, agregar e incentivar uma rede de investigação científica internacional e, a partir desta, consolidar um destino equestre alicerçado na ciência, no conhecimento e no património é a fórmula inédita do Município de Viana do Castelo, líder nacional da promoção do turismo científico. Promovido pelo Município de Viana do Castelo, ao abrigo do projeto Vilas e Aldeias Equestres entre Arga e Lima, cofinanciado pelo Turismo de Portugal, conta com o apoio dos Municípios de Caminha e Ponte de Lima, parceiros deste projeto, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo e da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte. A sua Comissão Científica integra investigadores filiados em 9 universidades, de quatro países distintos, Portugal, Espanha, França e Japão, nomeadamente a Universidade do Minho, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, a Universidade de Santiago de Compostela, a Universidade A Coruña, a Universidade de Valencia, a Universidade de Sorbonne Nouvelle, a Universidade de Paris VIII e a Universidade de Quioto.

Este evento científico de expressão internacional contará com a intervenção de mais de duas dezenas de investigadores que lideram trabalhos pioneiros no estudo, conservação e valorização de equinos e das suas relações ecossistémicas e culturais. O fortalecimento da dinâmica científica internacional de estudo dos equídeos é fundamental para promover a conservação de espécies equinas ameaçadas, assim como para inspirar e orientar políticas locais, regionais, nacionais e internacionais.  O programa científico alicerça-se em cinco eixos principais: i. Ecologia e etologia de equídeos (cavalos, burros, zebras, híbridos, cavalo Przewalski); ii. Linguagem, inteligência e cognição de equídeos; iii. Interações humanas e equinas; iv. Património equestre material e imaterial; v. Equinos, turismo e desenvolvimento.

Também no dia 5 de junho, serão apresentadas as Atas que consubstanciam os resultados dos dois seminários organizados em 2017 e 2018, ao abrigo do projeto Percursos do Homem e do Garrano. Atendendo ao inegável valor dos contributos apresentados nestes encontros, o Município de Viana do Castelo decidiu torná-los acessíveis a todos quantos se interessam pelo estudo do garrano do ponto de vista genético, ecossistémico e histórico-cultural. 

Esta obra constitui uma referência para a compreensão da expressão ambiental e etnográfica da presença do garrano nos sistemas montanhosos do noroeste ibérico, integrando temáticas tão diversas como o comportamento e as relações ecológicas dos garranos semisselvagens, o que nos desvendam os equídeos inscritos em gravuras rupestres no território do Alto Minho, a importância cultural da equitação de tradição portuguesa e os desafios de conservação e valorização da raça garrana como património ambiental e cultural.

BRAGA PARTICIPA NA MAIOR FEIRA DE TURISMO DO MUNDO

O Município de Braga participa na FITUR, uma das mais importantes feiras de turismo do mundo, que se realiza entre esta Quarta-feira, 19 de Maio, e Domingo, em Madrid.

LVI_4554.jpg

Neste certame, em que são esperados cerca de 100 mil visitantes, o Município divulga o património, a gastronomia e os eventos da região, consolidando desta forma o tão honorífico reconhecimento como Melhor Destino Europeu em 2021.

Para o vereador do Turismo, Altino Bessa, “o aumento de agendamento de reuniões de operadores turísticos no stand de Braga, é um sinal da dinâmica e interesse que Braga vem conquistando, devido ao facto de ter conquistado o Melhor Destino Europeu 2021”.

Com a participação na FITUR, o Município cumpre mais uma etapa na estratégia de internacionalização da marca Braga junto de mercados com elevado potencial, promovendo assim os seus activos turísticos.

Ao longo da feira, os visitantes podem obter informações sobre Braga nas suas mais diversas vertentes: património, gastronomia, comércio, história, cultura, alojamento, eventos, desporto, natureza e turismo religioso e de negócios.

MACAENSES LEVAM O MINHO ATÉ NANJING NA REPÚBLICA POPULAR DA CHINA

O Grupo “Macau no Coração” está prestes a subir ao palco para mais uma brilhante actuação. Trata-se da Semana de Macau’2021 que abre hoje ao público, em Jiangsu, província chinesa que tem Nanjing como capital. A sua participação insere-se na promoção do turismo “Macao Week”.

186486115_10159143486454463_7999432875359849999_n.

Além da actuação do “Macau no Coração”, o comércio português também se encontra representado no Programa do evento.

Os elementos do Grupo “Macau no Coração” chegaram ontem a Nanjing e só deverão regressar a Macau no próximo dia 18 de Maio, tendo previstas duas actuações diárias durante a sua permanência no festival. Entretanto, já efectuou o seu ensaio preparativo das suas actuações.

Fotos: Ana Manhao Sou

186481005_10159143486649463_6463324690293730709_n.

185830034_10159143486619463_413440229671411145_n.j

187128551_10159143486554463_5890896781131632448_n.

185968969_10159143486789463_2253783777141033268_n.

186374663_10159143486699463_3052894976704682973_n.

186994968_10159143486539463_3744205925614026800_n.

186238547_10159143486889463_4960721620500836951_n.

186134194_10159143486854463_4725068733814400463_n.

186115542_10159143486479463_4493631770074405937_n.

186472677_10159143486729463_4395429680430121681_n.

186484348_10159143486814463_7188686741376616220_n.

VILA PRAIA DE ÂNCORA MOSTRA PREOCUPAÇÃO COM OS DANOS QUE OS TRABALHOS DE DESASSOREAMENTO VÃO CAUSAR NA ÉPOCA BALNEAR

A Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora endereçou ao Presidente da Sociedade Polis Litoral Norte um ofício através do qual manifesta preocupação pelos danos que os trabalhos de desassoreamento do Porto de Mar de Vila Praia de Âncora vão causar na época balnear e a falta de informação existente.

185295845_1931464707007777_442708544933517570_n.jp

186472478_1931464737007774_1621423298638601924_n.j

POSTO DE TURISMO DE FAMALICÃO INSTALA-SE NA PRAÇA

Novo posto ocupa agora a torre principal do renovado mercado municipal

É no elemento central da Praça-Mercado Municipal, local de passagem obrigatória para quem visita o centro de Vila Nova de Famalicão, que está agora situado o novo Posto de Turismo do concelho.

DSC_4259.JPG

É aqui que, a partir de agora, quem visita a “Terra de Camilo” e de Bernardino Machado poderá encontrar todas as informações sobre a cultura, o património e a gastronomia que fazem de Vila Nova de Famalicão um destino turístico memorável.

O novo espaço ocupa a torre principal do edifício onde funcionou as antigas instalações da Cooperativa de Rádio Táxis de Famalicão. Com esta abertura fica desativado o antigo posto localizado na Praça D. Maria II, que atualmente funciona como espaço administrativo dos serviços municipais de Turismo, mas também a Loja Interativa de Turismo que será desativada fruto das obras de requalificação do centro urbano e reposicionada para novas funções e cujos dispositivos tecnológicos passarão a estar disponíveis ao público no novo Posto de Turismo.

Para além de reunir toda a informação turística necessária para quem visita Famalicão – onde ficar, onde comer, o que visitar, o que está a acontecer, sugestões de experiências, etc… - é também neste novo Posto de Turismo que poderá ser adquirida uma nova gama de produtos oficiais do território e da Praça desenvolvidos pela autarquia para a promoção do concelho.

Uma coleção de chávenas e de sacos intitulada “Gentes da nossa terra” e alusiva a várias personalidades ligadas a Famalicão, entre elas Camilo Castelo Branco, Bernardino Machado e Arthur Cupertino de Miranda; um conjunto de produtos alusivos à marca “Famalicão. O Seu Lugar”; uma coleção de postais; e ainda merchandising da Praça-Mercado Municipal - avental, saco térmico, lista de compras, trólei e bloco de notas - são alguns dos produtos disponíveis para venda ao público.

O novo Posto de Turismo de Famalicão funcionará de segunda a sexta, entre as 09h00 e as 18h00, e aos sábados, das 09h00 às 13h00.

DSC_4260.JPG

DSC_4378.JPG