Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

RAINHA DAS VINDIMAS ARCOS DE VALDEVEZ É CAPA DE REVISTA EM BRUXELAS

  • Crónica de Tito Morais

Depois de participar na apresentação do Bacalhau á Eça de Queirós, jantar organizado pela respectiva Academia de Bruxelas, Andreia Alves, teve honras de figurar na edição deste mês da Revista CRIATIVA, ontem lançada na capital europeia.

A jovem, residente na União das Freguesias de Padreiro e Santa Cristina, foi eleita Rainha das Vindimas de Arcos de Valdevez 2023, e é a segunda vez que se desloca à Bélgica, a convite do casal Victor Alves Gomes e Triin Aasma, ele seu conterrâneo, e ela da Estónia, ambos Administradores na Comissão Europeia, Bruxelas.

Em Novembro último, o rosto de promoção do enoturismo do município arcuense, foi a convidada de honra na apresentação dos vinhos VIANNA, produzidos no Solar de Louredo, Geraz do Lima. Agora, foi a vez de promover um produto da sua terra: os néctares da Quinta do Cerqueiral, freguesia de Oliveira, ás portas da sede do concelho.

A publicação, mensal, destinada principalmente à comunidade luso – brasileira da capital da Europa, contém neste seu último número um artigo dedicado ao evento com o prato tradicional português e internacional, que decorreu n “ O Chapeau”, sob a responsabilidade do Chef Domingos Gomes, de Viana do Castelo.

450240661_3674506899503617_5785983214458831659_n.jpg

CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO CASTELO PROMOVE SESSÃO DE FORMAÇÃO SOBRE PLATAFORMA ELETRÓNICA DA TAXA TURÍSTICA MUNICIPAL

DJI_0529.jpg

A Câmara Municipal de Viana do Castelo promove, esta sexta-feira, dia 12 de julho, às 15h00, uma sessão de esclarecimento e formação destinada a empreendimentos turísticos e alojamentos locais sobre a utilização da plataforma eletrónica da Taxa Turística Municipal de Viana do Castelo, que acontece no auditório do Centro de Negócios e Congressos, no Campo d’Agonia.

O Regulamento da Taxa Municipal Turística de Viana do Castelo (n.º 179/2024) encontra-se publicado em Diário da República, 2.ª série, de 6 de fevereiro de 2024, e entrará em vigor a 6 de agosto deste ano.

A taxa turística a ser cobrada será de 1,50 euros na época alta (01 de maio e 31 de outubro) e de 1 euro na época baixa (01 de novembro e 30 de abril).

Excecionalmente, no primeiro ano de vigência do Regulamento, os empreendimentos turísticos e estabelecimentos de alojamento local previstos no artigo 4.º do Regulamento em anexo, que comprovem ter reservas efetuadas entre a data da publicação do Regulamento (6 de fevereiro 2024) e a data de entrada em vigor do mesmo (6 de agosto de 2024), encontram-se isentos de liquidar e cobrar desses hóspedes o pagamento da taxa turística.

A implementação da taxa turística tem por objetivo fortalecer o investimento na área do turismo, de modo a corresponder às necessidades e exigências do mercado, possibilitando o alargamento, desenvolvimento e melhoramento de infraestruturas, assim como a criação e desenvolvimento de serviços e apoios dedicados ao turismo, para garantir uma marca de qualidade do concelho, enquanto destino turístico.

O crescimento do setor turístico impõe uma forte aposta na promoção turística como princípio de consolidação do destino Viana do Castelo e o custo inerente a este esforço será, deste modo, cofinanciado pelos próprios turistas, uma vez que são os grandes beneficiários destes serviços.

Neste sentido, a aplicação da taxa turística permitirá ao Município de Viana do Castelo prosseguir com a estratégia de promoção e afirmação turística do concelho, fortalecendo os agentes económicos da cidade e mantendo o crescimento do Turismo nos próximos anos, garantindo, simultaneamente, a sustentabilidade e a equidade do setor.

BENFICA PROMOVE VISITAS AO MINHO

445746342_997546679045532_5418503253955982665_n (1).jpg

Descobre a Magia do Norte de Portugal!

Prepara-te para uma jornada inesquecível pelo Norte de Portugal, onde cada destino é uma experiência única. De vinhas a cidades históricas, esta região tem algo para todos os gostos!

Braga - Conhece a cidade dos arcebispos, onde a história e a modernidade se encontram. Visita o Santuário do Bom Jesus do Monte, maravilha-te com a Sé de Braga e perde-te nas ruas charmosas do centro histórico. Não te esqueças de provar os famosos doces conventuais!

Guimarães - Explora o berço de Portugal, uma cidade que respira história e tradição. Visita o imponente Castelo de Guimarães, percorre as ruas medievais do centro histórico e descobre o porquê de Guimarães ser considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO. Uma viagem no tempo que não vais esquecer!

447056881_997546759045524_5399496123659745556_n.jpg

TERRAS DE BOURO PROMOVE ANIMAÇÃO DE VERÃO NO GERÊS

Para complementar a oferta turística do concelho de Terras de Bouro, no qual domina o património natural, regressa a programação cultural designada por “Animação de Verão”. Em 2024 contempla vinte e quatro dias com animação cultural no destino turístico Gerês, nomeadamente de 18 de julho a 14 de setembro.

A agenda da “Animação de Verão”, à semelhança de anos anteriores, é composta por uma interessante diversidade de expressões artísticas. Esta é uma caraterística relevante do conjunto de eventos, que por sua vez envolve música ao vivo, stand-up comedy, animação de rua, cinema ao ar-livre e zumba.

Datas e horários dos espetáculos podem ser consultados em www.geres.pt, sendo a programação cultural da responsabilidade da associação empresarial Gerês Viver Turismo, com apoio da Câmara Municipal de Terras de Bouro.

Cartaz 2024.png

CRÉDITO AGRÍCOLA APOIA AS EMPRESAS DO SECTOR DO TURISMO

O Crédito Agrícola (integrado num conjunto de várias instituições de crédito) e o Turismo de Portugal assinaram um protocolo para a disponibilização da Linha de Apoio à Qualificação da Oferta 2024.

A cerimónia de assinatura do protocolo decorreu na passada sexta-feira, dia 28 de Junho, no Museu do Tesouro Real do Palácio da Ajuda, e contou com a presença do Ministro da Economia, Pedro Reis, do Secretário de Estado do Turismo, Pedro Machado, bem como de instituições de crédito parceiras. Em representação do Crédito Agrícola esteve presente a Administradora Isabel Alves.

Com uma dotação de 300 milhões de euros, a linha visa financiar projectos de empresas do sector do turismo que contribuam activamente para a requalificação de empreendimentos, estabelecimentos e actividades, e/ou para a criação de novos empreendimentos em territórios de baixa densidade, que respondam à procura turística e acrescentem valor às regiões.

O turismo é um dos pilares fundamentais da economia portuguesa, desempenhando um papel crucial na criação de emprego, na coesão territorial e no desenvolvimento regional sustentável. Em 2023, o sector do turismo superou os níveis pré-pandemia, reafirmando a sua importância estratégica para a economia nacional. Contudo, as empresas do sector enfrentam desafios significativos devido à competitividade internacional e à crescente sofisticação da procura. Esta linha vem assim proporcionar uma ajuda aos actores do turismo que pretendem investir no mercado nacional.   

Adicionalmente, a linha criada pelo Turismo de Portugal abrange projectos que decorram no âmbito do REVIVE, um programa que tem como finalidade a recuperação de imóveis públicos de elevado valor patrimonial, não usufruídos pelas comunidades. O objectivo é converter estes imóveis em activos económicos lucrativos, com especial enfoque na hotelaria, restauração e actividades culturais.

O protocolo reforça o compromisso do Crédito Agrícola e do Turismo de Portugal em apoiar o crescimento e a qualificação da oferta turística nacional, promovendo a eficiência, produtividade e sustentabilidade do sector. 

Sobre o Crédito Agrícola:

O Grupo Crédito Agrícola é um grupo financeiro de génese cooperativa constituído, na sua base, por Caixas de Crédito Agrícola. O Grupo de âmbito nacional, com capitais exclusivamente nacionais, conta com mais de 430 mil Associados, mais de 1 milhão e 900 mil Clientes e mais de 600 Agências, distribuídas pelo território nacional. Foi fundado em 1911, tendo como foco inicial o apoio ao financiamento de agricultores em Portugal tendo, ao longo dos anos, expandido o âmbito da sua actividade para outros sectores e alargado a sua área de actuação. O Grupo é composto actualmente, para além das Caixas Agrícolas e da Caixa Central, por empresas dedicadas à actividade seguradora e a banca especializada.

Foi o primeiro banco a disponibilizar o contactless em Portugal, a oferecer o primeiro cartão de pagamento com chip e o primeiro cartão vertical, tendo sido pioneiro na disponibilização de pagamentos com Apple Pay os seus clientes.

MUNICÍPIO ARCUENSE PROMOVE ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO PARA O CONCELHO

Arcos de Valdevez.JPG

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez está a desenvolver uma Estratégia de desenvolvimento Turístico para o concelho.

Através desta estratégia pretende-se estruturar os produtos turísticos e estabelecer mecanismos de atratividade segmentada, posicionando o destino com notoriedade, promovendo uma imagem de qualidade nos mercados nacional e internacional.

Pretende-se ainda promover os elementos distintivos do concelho como sendo a porta de entrada do Parque Nacional Peneda-Gerês, a importância do nosso património histórico-cultural e a singularidade do nosso património natural e paisagístico, em termos nacionais e internacionais, contando com o apoio da comunidade local para que esta se envolva e se sinta parte essencial do produto turístico.

No âmbito desta estratégia todos os intervenientes do sistema turístico estão a dar os seus contributos para a definição dos objetivos e das ações estratégicas que irão permitir o desenvolvimento sustentável do turismo em Arcos de Valdevez.

Será definida uma estratégia de posicionamento e desenvolvimento turístico através da identificação dos principais produtos turísticos, mercados e segmentos estratégicos e definido um plano de ação onde são identificadas as ações estratégicas prioritárias e necessárias ao desenvolvimento turístico de Arcos de Valdevez, com as respetivas orientações de marketing centradas nos elementos “produtos” e “mercados”.

Através desta estratégia a autarquia pretende impulsionar a promoção e a dinamização do turismo, contribuindo para a fixação e atração de pessoas e investimentos no concelho, assim como consagrar Arcos de valdevez como destino de excelência.

TAXA TURÍSTICA PERMITIRÁ MELHORAR CONDIÇÕES PARA QUEM VISITA O CONCELHO DE CAMINHA

Regulamento aprovado em reunião do Executivo

A necessidade de criar mais e melhores condições para os turistas que visitam o concelho de Caminha, cada vez em maior número, levou a Câmara a ponderar e a lançar uma Taxa Municipal Turística, cujo Regulamento foi já aprovado pelo Executivo esta quarta-feira, devendo agora ser submetido à apreciação e votação em Assembleia Municipal. Genericamente, a taxa aplica-se a pessoas de idade igual ou superior a 16 anos e até sete noites seguidas, mas estão previstas várias exclusões. Terá um valor diferenciado por épocas: 1,50 € (01 maio a 30 setembro) e 1,00 € (01 outubro a 30 abril). Em fase de auscultação pública foram recebidos e avaliados alguns contributos.

A Câmara quer potenciar a oferta cultural, dinamizando o comércio local, criando novas infraestruturas e apostando em setores fundamentais, como é o caso do ambiente e da limpeza urbana e para tal torna-se necessário aumentar os recursos para alocar à despesa que o Turismo também traz para a autarquia.

A Taxa Municipal Turística foi a opção, à semelhança de outros municípios no país e por todo o mundo. Conforme se sublinha na proposta de Regulamento, o Município de Caminha continua a afirmar-se como um território de atração turística. Para isso contribui “a qualidade das praias, comprovada pelas cinco bandeiras azuis, a excelência das águas dos rios Âncora, Coura e Minho, a atratividade da Serra D'Arga, aliadas à excelente oferta hoteleira, a restaurantes que primam pela qualidade das suas iguarias e à oferta cultural têm sido fatores potenciadores do desenvolvimento do concelho de Caminha através do turismo”.

Mas “a atratividade deste território traz consigo desafios e o aumento da população não residente cria novos constrangimentos que têm de ser ultrapassados e superados”. A proposta, aprovada, recorda as estatísticas oficiais, que revelam um crescimento significativo da taxa de ocupação turística nos últimos anos. De facto, desde 2013 até 2022 o número de dormidas no concelho de Caminha passou de 46.992, para 117.208, isto é, cresceu 249,42%.

Refere ainda a oferta hoteleira, atualmente com 512 quartos, 325 em instalações hoteleiras, 118 em alojamento local e 69 em turismo no espaço rural e de habitação.

Nos termos do Regulamento, a taxa de dormida é devida por hóspede, com idade igual ou superior a 16 anos, e por noite, até a um máximo de sete noites seguidas por pessoa e por estadia.

No entanto, não estão sujeitos à taxa municipal turística: cidadãos com idade inferior a 16 anos; cidadãos portadores de deficiência, com incapacidade igual ou superior a 60%, desde que apresentem comprovativo desta condição; antigos combatentes ou viúva/víúvo de antigo combatente que detenha o cartão de Antigo Combatente elou de viúvo ou viúva de antigo combatente; cidadãos cuja estadia seja motivada por situações de despejo ou situações que impliquem o desalojamento em situações análogas, devidamente comprovadas; cidadãos que são temporariamente instalados pelos organismos sociais públicos do Estado e/ou municipais, em estabelecimentos de alojamento de cariz social ou turísticos; cidadãos que se encontrem alojados, por expressa determinação de entidades públicas, decorrente de declaração de emergência social ou da proteção civil; cidadãos que, por razões de conflito e deslocados dos seus países de origem residem temporariamente em Portugal, desde que devidamente comprovado pelos serviços responsáveis desse pedido de asilo; cidadãos cuja estadia resulta de peregrinação, nomeadamente a Santiago de Compostela ou Fátima, devidamente comprovado por credencial/passaporte/documento de peregrino, na primeira noite.

DEVOLUÇÃO DO CASTELO AOS CERVEIRENSES E AO TURISMO DOMINA REUNIÃO COM PORTO E NORTE DE PORTUGAL

Reuniao PC com TPNP.jpeg

Propondo-se a alavancar a cultura e o turismo, com especial enfoque no património cultural e arquitetónico, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Rui Teixeira, reuniu, esta manhã, nos Paços do Concelho, com o Presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luis Pedro Martins, para debater oportunidades de dinamização turística do concelho. O impasse e potencial do Castelo de Cerveira foi um dos assuntos mais aprofundados neste encontro.

O autarca Rui Teixeira não tem dúvidas de que Vila Nova de Cerveira tem vários e diferenciadores fatores de atratividade que, trabalhados em parceria, contribuirão para potenciar um maior volume de turistas ao longo de todo o ano, e não só na época de verão. “O Castelo de Cerveira, ex-libris do concelho, não pode continuar de portas fechadas. O objetivo do município é devolver o Castelo aos Cerveirenses e a importância desse património para a economia e o turismo de Cerveira e da região”, afirma, lembrando que esse propósito “está a ser analisado e debatido no âmbito de um projeto europeu, o ARCHETHICS, através do qual a autarquia, em parceria com o Grupo de Ação Local, estão a desenvolver uma Estratégia Integrada de Revitalização Económica, Social e Cultural para o Castelo de Cerveira”.

Rui Teixeira abordou ainda o ponto de situação da concessão ao abrigo do Programa REVIVE e que, segundo o contrato assinado em 2019, “os prazos para execução já foram ultrapassados, pelo que deve ser encontrado uma solução urgente que vise a usufruição dos Cerveirenses e dos muitos turistas que sucessivamente questionam os serviços municipais sobre o encerramento de portas de um património inigualável classificado como Monumento Nacional”.

Não obstante, o Caminho de Santiago também foi outro dos assuntos debatido nesta reunião, com enfoque na elaboração de projetos e estratégias que capitalizem este trajeto. Rui Teixeira explicou ao Presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal que “Vila Nova de Cerveira tem um elemento diferenciador ao ser cruzamento de dois caminhos, o Caminho Português da Costa, já certificado, e o Caminho da Nossa Senhora do Norte, com travessia no rio Minho para o concelho vizinho de Tomiño, e cujo primeiro passo para a certificação foi dado em 2023, com a assinatura de uma declaração de apoio por sete concelhos da Galiza e do Norte de Portugal”.

Assumindo-se como um município cada vez mais ‘amigo’ dos peregrinos, a Câmara Municipal tem salvaguardado e promovido várias ações nesse sentido, nomeadamente com o reforço da sinalética de segurança para os peregrinos, bem como a entrada em funcionamento, em 2025, do primeiro albergue de peregrinos de gestão municipal no concelho, com financiamento aprovado.

A relevância histórica do património edificado, as belas paisagens, o vasto acervo documental e artístico, os inigualáveis sabores da gastronomia, aliados à hospitalidade dos Cerveirenses, à singularidade das tradições foram igualmente apresentados como argumentos imensuráveis para a atratividade de Vila Nova de Cerveira, de uma forma global e integrada, com o apoio sempre imprescindível do Porto e Norte de Portugal.

FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLMES DE TURISMO DA ÁFRICA DISTINGUE VÍDEO “SABERES E SABORES DE PONTE DA BARCA”

448698839_460568220055898_6766753318443112647_n.jpg

Este já é o segundo prémio além fronteiras conquistado pelo vídeo do Município Barquense

O vídeo promocional “Saberes e Sabores de Ponte da Barca” do Município Ponte Da Barca foi recentemente distinguido com o Prémio Silver Award na categoria de Turismo Gastronómico, na 6ª Edição do Festival Internacional de Filmes de Turismo da África. A cerimónia de premiação decorreu em Joanesburgo, África do Sul, no passado dia 14 de junho.

O vídeo de Ponte da Barca destacou-se entre 436 inscrições de 61 países, um feito que deve encher de orgulho todos os barquenses. Esta distinção não só atesta a qualidade da nossa gastronomia, mas também valoriza o nosso património, as nossas gente e a nossa cultura.

Este é o segundo prémio internacional para este vídeo, já que em 2023 também foi o vencedor da 16.ª edição do ART&TUR - Festival Internacional de Cinema de Turismo, na categoria Melhor Filme: Turismo Gastronómico.

A conquista de mais este prémio é de extrema importância para Ponte da Barca, uma vez que eleva o prestígio do concelho a nível internacional e reforça a sua posição como um destino turístico de excelência.

Recorde-se que o festival, fundado em 2019 por Caroline Ungersbock e James Byrne, celebra conteúdos de vídeo inovadores e excecionais relacionados com a indústria do turismo e das viagens, produzidos em todos os continentes e utilizados em diversas plataformas.

O vídeo está disponível para visualização em: https://youtu.be/Y6bdrGZtJbs?t=20

448775848_460568226722564_1750905144152454696_n.jpg

“ECOS DO CAMINHO DE SANTIAGO” EM EXPOSIÇÃO NO CENTRO DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA DE ESPOSENDE

“Ecos do Caminho de Santiago” é como se intitula a exposição que vai estar patente no Centro de Informação Turística (CIT) de Esposende, de 15 de junho a 25 de julho.

Da autoria de Vitor Machado, a mostra resulta da fusão entre a arte contemporânea e a tradição milenar do Caminho de Santiago. É composta por obras que personificam a essência da jornada rumo à cidade de Santiago de Compostela e celebra a riqueza cultural e espiritual da tradição milenar desta peregrinação.

O ponto central desta exposição são as esculturas que transmitem os diversos momentos e emoções vividas ao longo do Caminho. O material utilizado são, sobretudo, seixos recolhidos na costa de Esposende, combinados com elementos metálicos, muitas vezes provenientes de objetos reutilizados, numa alusão aos objetos encontrados ao longo da trajetória dos peregrinos.

Cada escultura é uma narrativa visual por si só, contando histórias de determinação, fé e descoberta. Os seixos, fruto da erosão, representam a passagem do tempo e a jornada percorrida pelos peregrinos. Os elementos metálicos, com formas distintas e texturas variadas, simbolizam os desafios superados e os laços criados entre os caminhantes.

Ao percorrer a exposição, os visitantes são convidados a mergulhar na atmosfera única do Caminho de Santiago. Cada obra convoca reflexões sobre a própria jornada pessoal. As esculturas, apesar de estáticas, parecem pulsar com a energia dos peregrinos que as inspiraram.

A mostra poderá ser visitada no horário de normal funcionamento do CIT, ou seja, de segunda-feira a sábado, das 9h00 às 17h00.

Esta ação enquadra-se no Plano de Ação para a Sustentabilidade, Crescimento e Competitividade do Turismo em Esposende – 2023_2027 e insere-se no âmbito das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU.

Capturarar.JPG

20230920_114021.jpg

20240121_111621.jpg

20240318_090033.jpg

20240318_090129.jpg

BRAGA ACOLHE ENCONTRO QUE REÚNE 250 OPERADORES E AGENTES DE VIAGEM

448222687_915169200651356_2492994871527955970_n.jpg

Braga recebe até ao próximo Sábado, 15 de Junho, a Lufhtansa City Center num evento que reúne cerca de 250 operadores e agentes de viagens de todo o mundo. Reuniões de negócio, workshops, conferências dedicadas aos temas da inovação e tecnologia, são algumas das iniciativas a decorrer na Cidade.

Nas boas vindas aos participantes, esta Quarta-feira, 12 de Junho, no Bom Jesus, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio destacou que Braga é uma Cidade onde as pessoas vivem felizes e onde a qualidade de vida tem vindo a aumentar.

“O que atrai visitantes a Braga é a qualidade de vida que os seus Cidadãos podem usufruir no seu dia a dia. Fomos reconhecidos como a 9.ª Cidade da Europa onde as pessoas vivem felizes. Temos um leque de infra-estruturas, serviços públicos, paisagens e espaços naturais que estão ao dispor tanto de residentes como de visitantes”, enfatizou, dando ainda conta da “enormíssima dinâmica cultural que propicia experiências diferenciadoras”.

A par desta distinção, Ricardo Rio destacou o facto de Braga ter sido eleita em 2021 como Best European Destination, prémio que representou uma alavanca poderosa para a economia e turismo não só de Braga como de toda a Região, e já em 2023 como melhor destino turístico emergente nos World Travel Awards.

“Com todos estes resultados, Braga tem também vindo a registar um crescimento muito significativo do número de projectos hoteleiros precisamente para fazer face ao aumento da procura”, revelou naquele que foi o primeiro dia da Lufhtansa City Center que incluiu a realização de uma visita guiada pelo Centro Histórico de Braga e um concerto na Basílica do Bom Jesus.

448217121_915169300651346_4909031010015880228_n.jpg

448218396_915169207318022_1713727725326782697_n.jpg

448225232_915169307318012_6809582214519685220_n.jpg

448245314_915169327318010_6129678704740154126_n.jpg

448246007_915169957317947_6756660431723995891_n.jpg

448339748_915169147318028_6157492059271824133_n.jpg

448339821_915169067318036_1615213301201844750_n.jpg

448340485_915169890651287_3893470507787784286_n.jpg

CAMINHA: MOLEDO ENTRE OS CINCO DESTINOS MAIS DESEJADOS EM PORTUGAL POR QUEM QUER PASSAR FÉRIAS À BEIRA-MAR

Moledo 1.jpg

Plataforma Airbnb divulgou inquérito realizado junto de cerca de 5000 pessoas

Moledo, no concelho de Caminha, integra o “top 5” dos destinos procurados nas pesquisas realizadas através da Airbnb, para este verão. A plataforma divulgou há dias um ranking de preferências e pesquisas, tendo concluído que os destinos à beira-mar e as viagens em família ou em grupo são a tendência para o verão na Airbnb, em Portugal. O lugar mais pesquisado é Conceição de Tavira (Faro), seguindo-se Cascais (Lisboa), Peniche (Leiria), Nazaré (Leiria) e em quinto lugar surge Moledo (Caminha/Viana do Castelo).

A Airbnb é um serviço internacional online, para as pessoas anunciarem, descobrirem e reservarem acomodações e meios de hospedagem. A seguir a Moledo surgem ainda locais emblemáticos, como a Zambujeira do Mar (Beja), Vila Nova de Milfontes (Beja), Olhos de Água (Faro), Porto Santo (Madeira) e Cabanas (Faro).

Para o Presidente da Câmara de Caminha, Rui Lages, “este é mais um indicador que demonstra a consolidação de Moledo e do concelho como destinos turísticos cada vez mais apreciados e com grande visibilidade. Não podemos ficar indiferentes a estas informações, que valorizamos sobretudo pela independência, e que nos dão alento para continuar a trabalhar”. 

Rui Lages recorda que as praias do concelho têm vindo a ser referenciadas pela sua qualidade, enquanto destinos de excelência, em sites, estudos e media – “é inegável, é uma evidência”. Como é público, todas as praias marítimas do concelho de Caminha, assim como a Praia Fluvial das Azenhas, em Vilar de Mouros, vão novamente hastear a Bandeira Azul nesta época balnear. Falamos da Praia de Caminha - Foz do Minho, Praia de Moledo, Praia de Vila Praia de Âncora e a Praia do Forte do Cão, tal como a emblemática Praia Fluvial das Azenhas, em Vilar de Mouros. Mas o concelho de Caminha não fica por aqui: a Praia do Forte do Cão, juntamente com a Praia de Moledo e a Praia Fluvial das Azenhas foram também classificadas com Qualidade de Ouro. Além disso, a Praia do Forte do Cão acrescenta mais um galardão aos dois já conseguidos e foi classificada como Praia ZERO Poluição. A Praia de Vila Praia de Âncora é praia 5 estrelas Regiões.

“A lista é esclarecedora e extraordinária, um motivo de grande orgulho e de grande responsabilidade também, porque sabemos bem que este é um trabalho permanente, de todos os dias. Atingir este patamar foi difícil, mas mantê-lo não será fácil. Mas é o nosso compromisso e acredito que é uma aposta que estamos a ganhar e que vamos continuar a ganhar. A Câmara faz a sua parte, mas contamos com os nossos comerciantes, com a indústria hoteleira, com todos – só com esta parceria, com o empenhamento da nossa gente, é possível atingir estes patamares de qualidade”. 

Segundo a Airbnb, “os portugueses procuram destinos de praia e a tranquilidade do mar” e a plataforma refere ainda que nas suas listas de favoritos (com Moledo nos destinos que lideram) foi possível apurar que os hóspedes têm excelentes avaliações e uma classificação média de mais de 4,9 estrelas. Estes alojamentos também recebem classificações elevadas pela facilidade de check-in, limpeza, exatidão do anúncio, comunicação com o anfitrião, localização e valor.

De referir ainda que, segundo a plataforma, as mulheres lideram a organização de viagens em família. A informação agora divulgada resulta de um estudo realizado com base nas opiniões de cerca de 5000 hóspedes da Airbnb em Portugal, inquiridos entre 1 de janeiro de 2023 e 31 de dezembro de 2023.

Moledo 2.jpeg

Moledo 3.jpg

Moledo (1).jpg

PONTE DE LIMA: O QUE DIZ O SINDICATO NACIONAL DA ACTIVIDADE TURÍSTICA TRADUTORES E INTÉRPRETES (SNATTI) ?

Ponte de Lima é uma cidade portuguesa que fica junto ao rio Lima na região do Alto Minho, parte do Distrito de Viana do Castelo.

Com uma história que parece perder-se no tempo, é considerada uma das cidades mais antigas de Portugal, tendo a sua carta municipal através da condessa Teresa, mãe do primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques em 1125.

O seu centro histórico, pontilhado por vários monumentos, cafeterias e vastas beira-rio e greenways, vale a pena visitar. Mas toda a ação acontece com a visão do seu principal marco e a infraestrutura que batizou o nome da cidade: a ponte sobre o rio Lima (Ponte de Lima). Esta é a melhor ponte medieval do país e dada a sua origem romana, tem sido ao longo do tempo, um ponto de ligação muito importante.

447568847_801660218728808_3546378371302689934_n.jpg

ESPOSENDE PROMOVE-SE NA TUREXPO – SALÃO TURÍSTICO DE GALIZA

DSC_0019 (20).jpg

30 de maio a 2 de junho

O Município de Esposende vai participar na Turexpo Galicia, que se realiza entre dias 30 de maio e 2 de junho, em Silleda, Espanha.

Esta participação enquadra-se na estratégia do Município de aposta no mercado galego e insere-se no Plano de Ação para a Sustentabilidade, Crescimento e Competitividade do Turismo em Esposende: 2023_2027, visando também as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU.

Afigura-se como uma excelente oportunidade de promoção do território concelhio e das suas potencialidades e como um contributo fundamental para cativar turistas e visitantes, ao longo de todo o ano.

A delegação de Esposende vai aproveitar o evento para desenvolver contactos profissionais e para promover a natureza e a náutica de lazer, através da campanha “Explore Esposende”, assim como o Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela e os grandes eventos do Município, com destaque especial para a Galaicofolia.

Ao longo dos quatro dias do evento, serão promovidas ações de animação e degustação de produtos locais do concelho, nomeadamente vinhos, cervejas, queijos e doçaria, enquanto a mascote “Pedrinhas” se encarregará de animar o recinto da feira, através da sua dinâmica participação.

A Turexpo Galicia constitui um dos principais pontos de encontro do setor do turismo a nível ibérico, representando uma insuperável proposta para revitalizar empresas e destinos. Afigura-se como uma grande mostra do setor, vocacionada para criar colaborações e estabelecer contactos, promovendo as marcas dos destinos e reforçando o seu posicionamento, passando confiança e animando os turistas para gerar negócio. A promoção de inúmeros destinos turísticos nacionais e internacionais e a ampla gama de serviços destinados aos turistas é o fio condutor desta feira que já vai na 46.ª edição e que continua em franco crescimento. De facto, este salão não parou de melhorar os seus resultados nos últimos anos. Pós pandemia, tem alcançado recordes em toda as suas edições, alcançando em 2023 mais 13% de expositores, 102.689 visitantes (mais 8%), relativamente ao ano anterior, e mais 3% mais de superfície. Os excelentes resultados da edição de 2023 consolidaram e reforçaram a feira para uma edição que se antevê excelente, sendo esperados mais de 100 mil visitantes.

Para além da área de exposições, a Turexpo Galicia apresenta uma variada oferta ao nível da gastronomia com área de degustações, diversa animação nos stands, formações e encontro de bloggers.

DSC_0034 (19).jpg

DSC_0072 (14).jpg

PONTE DE LIMA CONVIDA A DAR UM PASSEIO NO RIO LIMA NUM BARCO ÁGUA-ARRIBA – 1 DE JUNHO

Água-arriba é uma embarcação tradicional do rio Lima.

Ao longo do século XIX, o Rio Lima foi cenário de um dos mais emblemáticos barcos de trabalho de rio, o água-arriba, também conhecido por riba-acima, ou simplesmente barco.

Durante a II Grande Guerra Mundial foi o mais barato e o maior meio de abastecimento e transporte entre a foz do Lima e as terras do interior minhoto, navegando de Viana do Castelo até Ponte da Barca.

443695703_854342123400410_6298231196233394843_n.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ É O MUNICÍPIO DO MINHO COM O MAIOR CRESCIMENTO DO NÚMERO DE DORMIDAS NO 1º TRIMESTRE DE 2024

Arcos de Valdevez na região do Minho, apresenta a maior taxa de crescimento do trimestre, mais 73% face ao mesmo período homólogo de 2023.

Nos primeiros três meses do ano, de acordo com o INE, o número de dormidas em Arcos de Valdevez foi de 15 922 dormidas, sendo o concelho com o maior número de dormidas depois da capital de distrito do Alto Minho.

Este valor reflete o reforço do posicionamento e competitividade de Arcos de Valdevez como destino turístico de excelência no panorama nacional e internacional.

Este dinamismo tem-se refletido no aumento do número visitas, no aumento do número de alojamentos, maior investimento no setor, bem como na obtenção de importantes reconhecimentos e distinções.

O turismo tem um grande peso na dinâmica económica do concelho, e incidência em todo o território arcuense, pois a oferta turística está espalhada pelo concelho em termos de locais de interesse, alojamento, restauração e atividades.

Estes resultados são fruto do investimento da Câmara Municipal e dos privados, das muitas ações de promoção e valorização das potencialidades do concelho e do território, da agenda diversificada de eventos e iniciativas e de uma rede de parceiros dinâmica.

BARCELOS MOSTRA POTENCIALIDADES TURÍSTICAS NA EXPOVACACIONES DE BILBAU

Imagem 2 (24).jpg

Pelo segundo ano consecutivo, o Município de Barcelos volta a marcar presença na Feira internacional Expovacaciones, que ser realiza na cidade de Bilbau (Espanha), de hoje até ao próximo domingo.

A participação barcelense neste certame internacional está enquadrada no stand da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal e visa promover os produtos turísticos do nosso território, para potenciar a atração de mais turistas a Barcelos.

Recorde-se que a Expovacaciones é um certame especializado em Turismo de Tendências e Experiências que antecede as férias de verão.  O objetivo é aproveitar a vantagem de existirem voos diretos de Bilbau para o Porto, e canalizar parte desse fluxo turístico para Barcelos, pelo que a presença do Município em Bilbau aposta em dar a conhecer as potencialidades da cidade e do concelho, nomeadamente o património arquitetónico, ambiental, cultural e gastronómico.

Outros produtos em destaque são o Artesanato, o Caminho de Santiago e os Vinhos Verdes, pelo que durante o decorrer do certame haverá sessões de degustação, prova de vinhos e pintura de galos.

Imagem 1 (42).jpg

Imagem 3 (10).jpg

CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO CASTELO DIVULGA POTENCIAL TURÍSTICO EM BILBAO DE 10 A 12 DE MAIO

vianadocastelo_02944.jpg

A Câmara Municipal de Viana do Castelo vai participar, de 10 a 12 de maio, na Feira de Turismo EXPOVACACIONES – Tendências & Experiências, na cidade de Bilbao. A 43ª edição deste certame acontece no Bilbao Exhibition Centre e o município vianense participa integrado no stand de promoção turística da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, pretendendo reforçar a divulgação das potencialidades turísticas do concelho, dando a conhecer a oferta e os agentes do setor turístico que operam no território.

A Feira de Turismo – EXPOVACACIONES é uma plataforma promocional privilegiada, sobretudo nas comunidades do País Basco e Cantábria. A feira apresenta-se como uma referência na promoção turística a nível ibérico, direcionada para um público-alvo que pretende planear as suas férias de Verão, constituindo um emissor turístico externo de proximidade muito importante, considerado estratégico a afirmação de Viana do Castelo enquanto destino turístico de proximidade.

Ao longo de 2024, no que se refere ao turismo, a Câmara Municipal de Viana do Castelo tem trabalhado em estreita colaboração com os parceiros e agentes locais do setor, de modo a aumentar os fluxos turísticos e aumentar a estada média, atenuar a sazonalidade, fidelizar e atrair mercados turísticos, melhorando a comunicação e investindo na comunicação digital.

Para tal, a aposta na qualificação dos profissionais tem sido fundamental para garantir um serviço turístico de qualidade, pelo que o Município tem dado continuidade ao investimento na dinamização de ações de formação específicas para o setor, no âmbito da Formação + Próxima.

Nesse sentido, Viana do Castelo continua a registar uma forte recuperação do setor do turismo, tendo contribuído para este resultado o trabalho desenvolvido pela Rede Municipal de Turismo com os agentes locais e que permitiu que Viana do Castelo seja o 7º município da Região Norte com maior procura turística e a terceira cidade mais acolhedora do mundo em 2024, conforme eleição da plataforma Booking.

ARCOS DE VALDEVEZ SUPEROU AS 90 MIL DORMIDAS EM 2023

De acordo com o INE, o número de dormidas em Arcos de Valdevez em 2023 foi o maior de sempre, superando as 90 mil.

Este valor reflete o reforço do posicionamento e competitividade de Arcos de Valdevez como destino turístico e de excelência no panorama nacional e internacional.

Este dinamismo tem-se refletido no aumento do número visitas, no aumento do número de alojamentos, com quase 2500 camas, no investimento no setor, bem como na obtenção de importantes reconhecimentos e distinções.

O turismo tem um grande peso na dinâmica económica do município, e incidência em todo o território arcuense, pois a oferta turística está espalhada pelo concelho em termos de locais de interesse, alojamento e restauração.

Estes resultados são fruto do investimento público e privado realizado e em curso, das muitas ações de promoção e valorização das potencialidades do concelho e do território, da agenda diversificada de eventos e iniciativas e de uma rede de parceiros dinâmica.

VALENÇA PROMOVE FORMAÇÃO PARA PROFISSIONAIS DA HOTELARIA, RESTAURAÇÃO E TURISMO

ValençaFormaçãoTurismo.jpg

Os Caminhos de Santiago à Mesa

O Município de Valença é parceiro do Turismo de Portugal num programa intitulado por “Formação + próxima”. Este programa visa a capacitação de todos os profissionais do setor de hotelaria, restauração e turismo, através de formações certificadas e gratuitas para todos os interessados, sejam proprietários sejam colaboradores.

Nesse sentido, apresentamos uma formação denominada de “Os Caminhos de Santiago à mesa”.

Detalhes sobre a formação:

– Grátis e certificada para proprietários e colaboradores;

– Tem como tema “Os Caminhos de Santiago à Mesa”;

– Pretende a criação de um menu do peregrino ajustado às exigências dos peregrinos, que envolve profissionais da área da nutrição e chefes de cozinha (contratados pela Escola de Hotelaria de Viana do Castelo) onde o fator preço não tem que ser baixo e sim ajustado ao menu em si;

– É compreendida em 4 módulos (descrição abaixo), num total de 12h00:

Módulo 1) O Caminho de Santiago: do Espiritual ao Produto Turístico. Ministrado on-line. Dia 15/04/2024. 15h30 – 18h30;

Módulo 2) Nutrição e Paisagens Alimentares nos Caminhos de Santiago. Presencial (Biblioteca Municipal de Valença). Dia 10/05/2024. 15h30-18h30;

Módulo 3) Adaptação da Paisagem Alimentar às Novas Tendências na Restauração. Presencial (Biblioteca Municipal). Dia 15/05/2024. 15h30 – 18h30;

Módulo 4) Desenho de Menu. Presencial (cozinha ainda por definir). Dia 20/05/2024. 15h30 – 18h30.

Como proceder à inscrição?

Através do seguinte link: https://academiadigital.turismodeportugal.pt/index.php

Para participar basta registar a inscrição online através do link acima (se ainda não é utilizador da Academia Digital Turismo de Portugal, deverá, em primeiro lugar, registar-se* na plataforma https://academiadigital.turismodeportugal.pt

Prazo de inscrição:

23h00 do dia 14/04/2024.

Para mais informações ou em caso de dúvida: turismo@cm-valenca.pt ou 251 809 500 (Técnico responsável: Miguel Esteves).