Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

TERRAS DE BOURO INAUGURA TELA PROMOCIONAL DA PENEDA-GERÊS NO AEROPORTO SÁ CARNEIRO

Inauguração da tela promocional do Parque Nacional da Peneda-Gerês no  Aeroporto Sá Carneiro

No dia 12 de julho, autarcas, empresários turísticos de Terras de Bouro e a Associação Gerês Viver Turismo, deslocaram-se ao aeroporto Sá Carneiro, no Porto, para assistir e participar no evento de inauguração da tela promocional do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

20190712_102548-01.jpeg

Sublinhe-se a importância desta promoção do único parque nacional do nosso país, naquela que é o “maior porta de entrada” de fluxo de turistas na zona norte de Portugal e que estará em destaque neste local  até meados de setembro.

O ato ficou marcado pela intervenções do Presidente do Porto e Norte e dos Presidentes dos Municípios do PNPG, além do Diretor do Aeroporto.

O Município de Terras de Bouro, para além de material turístico promocional do concelho, apresentou também  o doce  “Beneditinos de S. Bento,” que  está na final distrital de Braga das 7 Maravilhas dos Doces de Portugal e os Pastéis de Sta. Eufémia.

20190712_103404-01.jpeg

20190712_103408-01.jpeg

20190712_103511-01.jpeg

20190712_104607.jpg

20190712_105236.jpg

20190712_105408.jpg

20190712_105546.jpg

20190712_113614.jpg

20190712_113638(0).jpg

VIEIRA DO MINHO: VENHA CONHECER A ALBUFEIRA DA CANIÇADA NO GERÊS A BORDO DE "O BRANCELHE"

Explore a Albufeira da Caniçada a bordo de O Brancelhe

Tal como em anos transatos, o barco turístico O Brancelhe já se encontra a navegar nas águas da Albufeira de Caniçada para mais uma época balnear.

barco.jpg

Refira-se, que o barco de recreio realiza passeios fixos às quartas-feiras pelas 11h e domingos pelas 17h de julho a setembro. Dispõe ainda de horário flexível para grupos mediante marcação prévia todo ano.

Os Vieirenses e todos quantos visitam Vieira do Minho podem desfrutar desta excelente oportunidade para conhecer uma das mais belas albufeiras do norte de Portugal.

O local de embarque fica na freguesia da Ventosa, a 300 metros da ponte de Rio Caldo (GPS: 41º40’15.8”N , 8º10’42.4”W).

Para mais informações e reservas, os interessados devem contactar o Posto de Turismo de Vieira do Minho através do número 925973100 ou através do endereço barcoturistico@cm-vminho.pt

barco3.jpg

barco4.jpg

TURISTAS CRESCEM 18% EM CAMINHA NO 1º SEMESTRE DO ANO

Postos de Turismo de Caminha e Vila Praia de Âncora atenderam mais de 12 mil turistas nos primeiros seis meses de 2019

Dando continuidade ao que se vem passando nos últimos seis anos, os Postos de Turismo do concelho de Caminha (Caminha e Vila Praia de Âncora) atenderem mais 18% de turistas do que em igual período do ano passado. Os técnicos municipais receberam 12.278 turistas, com destaque para Vila Praia de Âncora que atendeu mais de 6.600 turistas num crescimento de 30% relativamente a 2018.

 Os portugueses são aqueles que mais visitam os Postos de Turismo do concelho de Caminha, seguidos dos espanhóis, alemães, franceses e britânicos. Para Miguel Alves, Presidente da Câmara Municipal de Caminha, “o crescimento do número de turistas só surpreende quem anda desatento. A indústria do Turismo é a mais importante do concelho, o investimento público e privado tem crescido nesta área e não é á toa que, nestes seis últimos anos, temos crescido sempre em número de turistas e de proveitos na hotelaria e restauração”. Para o autarca, “a conquista de cinco bandeiras azúis para as nossas praias, a construção de novas ecovias, a valorização da biodiversidade na Serra d’Arga, a melhoria do espaço público e a recuperação e criação de eventos como o Festival EDP Vilar de Mouros, a Festa do Espadarte, o Artbeerfest e tantos outros, têm contribuído, ao lado do excelente trabalho dos privados (restaurantes, hotéis, comércio) para elevar, cada vez mais alto, o nome do concelho de Caminha como uma referência de bem receber”.

De acordo com os últimos números do Instituto Nacional de Estatística, desde 2013 o número de hóspedes no concelho de Caminha cresceu 87,7% e os proveitos da hotelaria subiram 112%.

MELGAÇO CONVIDA A CONHECER A REGIÃO ATRAVÉS DE UMA EXPERIÊNCIA 3D E 360º

O projeto foi financiado pelo Norte 2020, num investimento de cerca de 298.000 EUR.

Em Melgaço é possível conhecer a região através de uma experiência interativa. Numa abordagem de utilização das novas tecnologias, mais apelativas ao público jovem, alvo do plano educativo ambiental da Porta de Lamas de Mouro, bem como aos turistas que procuram a Porta como local de informação para a visitação do PNPG, foram desenhadas e implementadas várias soluções interativas que possibilitam aos visitantes uma experiência de visitação diferenciadora e inovadora. Exemplo disso são os óculos 3D, que possibilitam aos visitantes visualizar um vídeo 360º sobre a ocupação do território e da transumância (Brandas e Inverneiras*).

PEGADA ZERO MELGACO (15).jpg

Os óculos estão disponíveis na Oficina temática da Porta do PNPG de Lamas de Mouro, na Loja Interativa de Turismo e no Núcleo Museológico de Castro Laboreiro. «Quem experimenta tem a oportunidade de ter uma noção daquilo que é a ocupação do território de montanha», considera o autarca melgacense, Manoel Batista.

PEGADA ZERO MELGACO (27).jpg

Quem visitar a Porta, tem ainda à sua disposição o Jogo dos Habitas, que pretende promover uma cidadania mais ativa e participativa das crianças e jovens ao nível do ambiente e da sustentabilidade, enquanto que salvaguarda e valoriza o património paisagístico da Peneda-Gerês e de Melgaço. Melgaço Tem ainda na Porta diversas aplicações interativas com uma forte componente visual e sonora, como o “Vídeo de Boas Práticas”, inserido numa mesa interativa de 55", com informação sobre a oferta turística (alojamento, restauração, animação turística, Rede Melgaço Museus e outros pontos de interesse), a Rede Municipal de Percursos Pedestres e Cicláveis, a Rede de Portas do PNPG, o PNPG e a Reserva Mundial da Biosfera.

PEGADA ZERO MELGACO (30).jpg

Para continuarem a Discover Melgaço, os turistas são convidados para uma viagem interativa pelo território: através de um videowall, no qual são guiados pela mascote virtual da Porta (baseada na figura do cão de Castro Laboreiro), é possível conhecer o que Melgaço Tem no que respeita a atividades de animação turística ligadas ao turismo de natureza ativo, como Rafting, Btt, Canyoning, Passeios a Cavalo, Pedestrianismo e Salto Pendular.

PEGADA ZERO MELGACO (32).jpg

Ainda no âmbito da aposta de promoção do património natural, Melgaço Tem agora implementada a plataforma CMS (Content Management System): uma base de dados dinâmica sobre a oferta turística (com especial enfoque no património natural, mas também em outros atrativos e eventos) que disponibiliza informação para vários canais digitais (portal do Município, APP´s móveis, recursos da loja interativa, Porta PNPG de Lamas de Mouro, entre outros), de modo a otimizar e automatizar a gestão da informação nas demais  plataformas.

PEGADA ZERO MELGACO (37) (1).jpg

Os projetos – integrados numa operação mais alargada de definição de uma estratégia de marketing para o turismo de natureza de Melgaço – foram financiados pelo Norte 2020. No total, o investimento da operação ascende a cerca de 298.000 EUR, com comparticipação FEDER de aproximadamente 254.000 EUR. Recorde-se de que estes investimentos são parte de uma estratégia mais alargada em que o Município de Melgaço se posiciona como «o destino de natureza mais radical de Portugal, onde é possível praticar os desportos de rio e montanha mais exigentes, todo o ano, ao sabor de um alvarinho único e do fumeiro de Melgaço». No âmbito desta estratégia, Melgaço valoriza os recursos naturais do concelho: o PNPG e o SIC (Sítio de Importância Comunitária) Rio Minho, que constituem dois dos principais ativos (Património natural) do território em termos de turismo de natureza. Além de ser o único Parque Nacional de Portugal, é território classificado como Reserva Mundial da Biosfera, por parte da UNESCO.

PEGADA ZERO_FAM TRIP 1º DIA (159).jpg

Com estes investimentos, Melgaço anseia, até 2020, um aumento do número de visitantes a sítios de património natural e cultural na ordem dos 5.000 turistas (sendo 2.500 no território do PNPG).

MELGAÇO TEM ativas redes wi-fi em vários pontos do concelho

No âmbito do projeto Smart Cities Melgaço, cofinanciado pelo programa Valorizar, do Turismo de Portugal, num investimento total próximo dos 55.500 EUR (sendo o incentivo do Turismo de Portugal no valor de 50.000 EUR), Melgaço disponibiliza internet gratuita aos turistas e visitantes, intervindo em três pontos nevrálgicos da oferta turística do concelho, garantindo desta forma uma grande abrangência territorial do projeto: Centro Histórico, Porta do PNPG de Lamas de Mouro e Vila de Castro Laboreiro.

Ainda no âmbito desta candidatura, os turistas têm ao seu dispor dois Muppies Interactivos (na Rua Hermenegildo Solheiro e em Castro Laboreiro), que informam sobre os pontos de interesse de Melgaço.

PEGADA ZERO_FAM TRIP 1º DIA (190).jpg

Ao proporcionar cobertura wi-fi, o Município está a contribuir para o aumento da qualidade da experiência por parte dos visitantes. «Pretendemos que Melgaço se adeque aos estilos de consumo do turista do século XXI. Não podemos olvidar que o recurso às novas tecnologias permite fazer uso de ferramentas muito poderosas em termos de despertar emoções no turista/visitante e apelar ao consumo mais fácil do território. Queremos que o turista, onde quer que esteja, possa aceder a informação que melhore a sua experiência de visita.», atenta Manoel Batista.

*Confinadas a uma área bem delimitada do território de Melgaço, as Brandas e as Inverneiras constituem espaços mutuamente complementares, ocupados alternadamente e de acordo com o calendário de mudanças estacionais, pelo mesmo contingente populacional que procura o conforto durante aquele período.

Castelo de Castro Laboreiro.JPG

maratona btt melgaco (302).jpg

Melgaço (3).JPG

Melgaço (8).JPG

Melgaco PORTA PNPG 1.JPG

VIANAFESTAS LEVA À FEIRA INTERNACIONAL DO ARTESANATO AS ROMARIAS DE VIANA DO CASTELO

As portas de mais uma edição da Feira Internacional do Artesanato abriram-se e, eis que a receber à entrada o numeroso público, dois manequins de grandes dimensões a representar um casal minhoto com os seus trajes domingueiros de lavrador e lavradeira, à moda vianense, davam as boas-vindas aos visitantes: Somos todos Romaria!

DSCF4710.JPG

O pavilhão da VianaFestas situa-se quase à entrada do pavilhão 1, do lado direito, e é um dos mais deslumbrantes e completos de todo o certame – uma excelente representação da nossa região naquela que é considerada uma das mais importantes feiras de artesanato que se realizam na Europa.

DSCF4743.JPG

A simpatia e graciosidade de duas moças vianenses trajadas a rigor cativam os visitantes. E, quanto ao artesanato propriamente dito, desde a tecelagem e o traje aos bordados, é uma panóplia de peças que só atestam a qualidade artística e o lavor requintado da mulher vianense.

Tal como um dia o escritor Ramalho Ortigão descreveu na sua obra “As Farpas”, “O marido minhoto, por mais boçal e mais grosseiro que seja, tem pela mulher assim produtiva um respeito de subalterno para superior, e não a explora tão rudemente aqui como em outras regiões onde a fêmea do campónio se embrutece de espírito e proporcionalmente se desforma de corpo acompanhando o homem na lavra, na sacha e na escava, acarretando o estrume, rachando a lenha, matando o porco, pegando à soga dos bois ou à rabiça do arado, e fazendo zoar o mangual nas eiras, sob o sol a pino, à malha ciclópica da espiga zaburra.”

DSCF4740.JPG

DSCF4746.JPG

DSCF4756.JPG

DSCF4805.JPG

DSCF4806.JPG

DSCF4818.JPG

VIZELA PROMOVEU TURISMO TUREXPO NA GALIZA

Vizela promoveu turismo Turexpo, Galiza

No seguimento da estratégia de consolidação da imagem e identidade do Concelho de Vizela enquanto destino turístico, a Câmara Municipal participou na feira Turexpo – 9º Salão Turístico da Galiza, nos dias 8 e 9 de junho, a convite da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal.

Turexpo Vizela.jpg

A feira decorreu em Silleda, na Galiza, e de acordo com a organização do evento estiveram presentes 128.000 visitantes, 710 expositores, realizaram-se mais de 200 atividades num espaço com cerca de 17.000 metros quadrados.

Portanto, números significativos que sustentam a importância da feira e a relevância da participação do Município de Vizela para promoção e divulgação da oferta turística vizelense na Galiza, um mercado de proximidade.

Assim, depois da participação na feira INTUR (Valladolid, Espanha), na Xantar, destinada à divulgação da gastronomia e onde Vizela participou com o Bolinhol, os vinhos verdes e o bacalhau à Zé do Pipo, na FIT Guarda e na Expocidades em Braga, concretizou-se agora a participação na Turexpo. Em setembro, a Câmara Municipal de Vizela vai participar na Termatalia, em Ourense, feira destinada ao termalismo na qual será dado o devido destaque às Termas de Vizela.

Deste modo, e dando cumprimento ao previsto no Plano Municipal de Turismo, que considera de enorme importância a promoção de Vizela através da participação em feiras de âmbito turístico para potenciar a captação de público, a Câmara Municipal de Vizela mantém a aposta na consolidação da imagem e identidade de Vizela.

VIZELA PROMOVE TURISMO NA GALIZA

Vizela na Turexpo - 9º Salão Turístico da Galiza

No seguimento da nova estratégia de consolidação da imagem e identidade do Concelho de Vizela como destino turístico privilegiado, a Câmara Municipal vai participar na feira Turexpo - 9º Salão Turístico da Galiza, em Silleda, Espanha.

turexpo2.jpg

Vizela vai participar a convite da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal, em espaço cedido por aquela entidade, nos dias 8 e 9 de Junho.

Em 2018, a Turexpo registou uma participação de mais de 100.000 visitantes.

É objetivo desta participação a promoção do Concelho enquanto destino turístico, em especial a promoção e divulgação junto na Galiza, mercado de proximidade.

De destacar que no âmbito da feira decorrerá o 3º Encontro de Bloggers de Turismo, onde Vizela irá aproveitar para dar a conhecer o Concelho como destino turístico privilegiado, experienciando os segredos de um vale recheado de saberes, sabores, prazeres e tradições caraterísticas.

Assim, depois da participação na Xantar, destinada à divulgação da gastronomia e onde Vizela participou com o Bolinhol, os vinhos verdes e o bacalhau à Zé do Pipo, na FIT e na Expocidades, segue-se agora a participação na Turexpo. Em setembro, a Câmara Municipal vai ainda participar na Termatalia, em Ourense, destinada ao termalismo e onde irá ser dado destaque às Termas de Vizela.

Assim, e dando cumprimento ao previsto no Plano Municipal de Turismo, que considera de enorme importância a promoção de Vizela através da participação em feiras de âmbito turístico para potenciar a captação de público, a Câmara Municipal de Vizela mantém a aposta na consolidação da imagem e identidade de Vizela.

BRAGA REALIZA GALA DE TURISMO

Amanhã, Quinta-feira, 6 de Junho, às 21h00, no Espaço Vita (Rua de S. Domingos), em Braga

Realiza-se em Braga a gala do Turismo, que terá lugar amanhã, Quinta-feira, 6 de Junho, pelas 21h00, no Espaço Vita, em Braga.

A iniciativa irá contar com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

A Gala do Turismo é uma iniciativa do Município de Braga e da Associação Comercial de Braga que visa valorizar a actividade turística e o contributo que esta tem dado para afirmar Braga como destino turístico de excelência.

Na Gala serão atribuídos prémios às várias categorias que compõem o sector do turismo, nomeadamente: Alojamento (Hotelaria/ Alojamento Local), Restauração (Gastronomia tradicional/Novos Conceitos), Animação turística, Serviço de apoio ao turista, Intervenção urbanística, Inovação, Promoção e Desenvolvimento do Sector, Carreira e Personalidade do Ano.

TURISMO EM BRAGA É ELEMENTO CENTRAL DE DESENVOLVIMENTO

Fórum Internacional reuniu em Braga especialistas de toda a Europa

Especialistas na área de turismo, oriundos de toda a Europa, estiveram esta Quinta-feira em Braga para participar no I Fórum Europeu de Turismo de Fronteira. Esta iniciativa do Eixo Atlântico, decorreu no Theatro Circo e abordou todos os sectores da euro-região implicados no desenvolvimento do turismo transfronteiriço.

CMB30052019SERGIOFREITAS00000019189.jpg

“Este é um primeiro passo no sentido de impulsionar à escala da União Europeia uma política integrada para a promoção do turismo de fronteira, enquanto elemento central de desenvolvimento dos territórios”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, durante a sessão de abertura, que contou ainda com a presença de Xoán Mao, secretário-geral do Eixo Atlântico, Alfredo García, presidente do Eixo Atlântico e de João Bule, coordenador nacional do POCTEP (Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal).

Neste fórum, foram analisadas as dinâmicas de criação de emprego e de desenvolvimento económico de forma a recolher contributos para serem implementados nas políticas globais da União Europeia. “Mais do que valorizar o trabalho que já está a ser feito em articulação entre as várias entidades, é importante dar escala e dimensão a esse trabalho junto dos representantes de vários pontos da União Europeia que hoje estiveram em Braga”, sublinhou Ricardo Rio, explicando que estas propostas serão apresentadas aos novos responsáveis da Comissão Europeia, “para que sejam incluídas nas políticas da União tendo em vista a valorização do turismo de fronteira”.

Durante o fórum, foram abordados temas como o diagnóstico e o desenvolvimento de um plano estratégico de turismo de fronteira; o efeito da fronteira no desenvolvimento de turismo e a confluência com programas europeus de turismo nos seus diferentes âmbitos (patrimonial, histórico, natural ou cultural).

Também foram analisadas as experiências de outras fronteiras europeias com uma revisão às denominadas “boas práticas” em países como Estónia, Grécia, Hungria, República Checa ou Roménia, através dos sócios do Eixo Atlântico no projecto europeu EPICAH, liderado pela entidade transfronteiriça.

Em paralelo, o Eixo Atlântico lidera o projecto ‘Destino Frontera’, que promove a identificação de fontes para o desenvolvimento económico e o repovoamento da fronteira baseada num turismo sustentável centrado no património natural, cultural e monumental da fronteira luso-espanhola.

Este conceito desenvolve uma estratégia baseada na preservação do património natural e cultural dos territórios de fronteira para o seu aproveitamento económico através de um turismo sustentável. A ideia que promove é a de convidar as pessoas que percorram a fronteira e que não se limitem a atravessá-la, pois são territórios com uma grande riqueza histórica, cultural e natural.

CMB30052019SERGIOFREITAS00000019191.jpg

CMB30052019SERGIOFREITAS00000019192.jpg

CMB30052019SERGIOFREITAS00000019201.jpg

CMB30052019SERGIOFREITAS00000019197.jpg

ESPOSENDE É TURISMO - TURISMO É ESPOSENDE!

Turismo em Esposende aumenta no primeiro trimestre de 2019

Os resultados estatísticos do primeiro trimestre de 2019 revelam um crescimento turístico na procura de Esposende como destino. A percentagem de dormidas cresceu cerca de 30%, relativamente ao mesmo período de 2018, refletindo-se diretamente no volume de negócios do comércio local e abrindo portas para novas oportunidades de investimento.

esposende.letras.jpg

Estes resultados refletem o trabalho de divulgação desenvolvido pelo Município de Esposende, marcando presença nos principais certames nacionais e internacionais de promoção turística, nomeadamente, a Bolsa de Turismo de Lisboa, a Boot Dusseldorf ou a Xantar, na Galiza e a Feira Ibérica do Turismo, na Guarda. Também foram promovidas visitas de jornalistas e bloggers para conhecer as ofertas do território.

Estes eventos assumem grande importância na apresentação, promoção e captação de fluxos turísticos, constituindo a oportunidade para dar a conhecer as atrações locais, além de permitir a divulgação da gastronomia e vinhos da região, aos milhares de visitantes que passaram pelo espaço de Esposende.

marginal esposende.jpg

A crescente procura do destino Esposende, verificada neste primeiro trimestre do ano, realça a tendência para a redução da exposição turística, ao efeito da sazonalidade. Este crescimento da relevância turística de Esposende, fora do período balnear, deve-se, em larga medida, ao aumento da oferta com caraterísticas diferenciadoras, em muito associada à prática de desportos marítimos, à crescente procura do Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela, à organização de eventos desportivos, eventos culturais e eventos de promoção da gastronomia local, nomeadamente, o “Março com Sabores a Mar”. Esses fatores são, também, determinantes na incidência de turistas estrangeiros que colocam Esposende à cabeça do conjunto de municípios que integram a Comunidade Intermunicipal do Cávado.

O crescimento do turismo em Esposende, durante o primeiro trimestre de 2019 reflete a tendência de crescimento dos últimos anos, consubstanciada na criação novas empresas ligadas ao setor. A oferta hoteleira revela-se como uma oportunidade de negócio consistente e cada vez menos suscetível dos ditames da sazonalidade.

O crescimento da atividade turística reflete-se em crescimento económico, emprego e estímulo ao empreendedorismo, potenciando mais oportunidades de negócio. O volume de negócios do setor turístico registou, em Esposende, um crescimento superior a 40% e o Valor Acrescentado Bruto na ordem dos 55%, nos últimos três anos.

Esta postura enquadra-se nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas, nomeadamente Trabalho digno e crescimento económico, Indústria, Inovação e Infraestruturas, Cidades e Comunidades Sustentáveis, Produção e Consumo Sustentáveis e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.

Kitesurf (Ofir).jpg

ARCOS DE VALDEVEZ FOMENTA TURISMO

Arcos de Valdevez fomenta Cooperação com 85 empresas da área do Turismo

O site de viagens Trivago revelou recentemente que todos os dias, quatro milhões de pessoas procuram inspiração para as férias, sendo que dessas, são já muitas aquelas que no motor de busca escrevem “Arcos de Valdevez”, na ânsia de conhecer este espaço de turismo de natureza, que ocupa já o quarto lugar do ranking de destinos desta plataforma.

expositor_turismo3.JPG

Estes são números que desafiam a Autarquia a fazer mais e melhor com os seus parceiros.

A estratégia da comunicação passa por mostrar os aspetos diferenciadores de Arcos de Valdevez quando comparado com outros destinos.

Nesse sentido, o Município de Arcos de Valdevez, procedeu à entrega gratuita de um expositor, através do qual se disponibilizará todo o tipo de informação turística existente no concelho, e outros assuntos de interesse como notícias, agenda cultural, restaurantes, a possível aquisição de produtos de Arcos de Valdevez como a doçaria, os vinhos, o artesanato ou ainda obter informação sobre o turismo de Natureza aqui existente.

Foi também celebrado com 85 empresários do setor do turismo, com grande enfoque nas empresas de animação turística e Alojamento, um Acordo de Cooperação que visa a cooperação entre os parceiros com o objetivo de promover e divulgar as potencialidades turísticas de Arcos de Valdevez.

Esta parceria entre a Câmara Municipal e os agentes de Turismo arcuense é o ponto de partida para vencer os novos desafios de extrema importância para o território como a qualificação e desenvolvimento sustentável do turismo, a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento do turismo como ferramenta de dinamização da economia local.

expositor_turismo.JPG

expositor_turismo2.JPG

expositor_turismo4.JPG

expositor_turismo5.JPG

BRAGA REALIZA I FÓRUM EUROPEU DE TURISMO DE FRONTEIRA

Amanhã, Quinta-feira, dia 30 de Maio, pelas 09h30, no Theatro Circo, Braga

O município bracarense promove o I Fórum Europeu de Turismo de Fronteira que terá lugar amanhã, Quinta-feira, dia 30 de Maio, com início às 09h30, no Theatro Circo, em Braga.

A cerimónia de abertura contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, e de Alfredo García, presidente do Eixo Atlântico.

O I Fórum Europeu de Turismo de Fronteira irá reunir especialistas em turismo de toda a Europa e pretende englobar todos os sectores da euro-região implicados no desenvolvimento do turismo transfronteiriço. Neste evento serão abordados temas como o diagnóstico e o desenvolvimento de um plano estratégico de turismo de fronteira; o efeito da fronteira no desenvolvimento de turismo e a confluência com programas europeus de turismo nos seus diferentes âmbitos (patrimonial, histórico, natural ou cultural).

Capturart1.PNG

Capturart2.PNG

Capturart3.PNG

ASSEMBLEIA GERAL DO TURISMO DO PORTO E NORTE REALIZOU-SE NA VILA DO GERÊS

A assembleia geral da Turismo do Porto e Norte de  Portugal E.R decorreu dia 28 de maio, na vila do Gerês,  em Terras de Bouro.

IMG_20190528_151040.jpg

O auditório Prof. Dr. Emídio Ribeiro, do Centro de  Animação Turística da vila do Gerês, foi o local escolhido para a realização da referida assembleia geral na qual foram discutidas várias propostas e alterações relativas ao normal funcionamento da Entidade Regional de Turismo.

Do encontro destacou-se, igualmente, a forma encontrada pelo Município de Terras de Bouro para assim promover o território com a exibição de vídeos de divulgação do concelho, não esquecendo também a apresentação dos doces “ Beneditinos de S. Bento” que foram, como já é sabido, seleccionados para integrar 3.ª fase do concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal” que se encontra a decorrer.

20190528_151357(0) (1).jpg

20190528_151422.jpg

20190528_151622.jpg

20190528_151645.jpg

20190528_152625.jpg

20190528_153153.jpg

20190528_153157.jpg

20190528_153258.jpg

20190528_153446.jpg

ALTO MINHO APRESENTA NOVO PROJECTO DE TURISMO DE NATUREZA

BlueWays, um novo projecto de turismo de natureza na descoberta do Alto Minho apresentado em Ponte da Barca

Ponte da Barca acolheu, na manhã de ontem, no Jardim dos Poetas, a apresentação do projeto Blueways, projeto da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho que tem como objectivo dar a conhecer a rede de percursos do rio, mar e natureza inseridos em espaços de conservação e com grande importância para o turismo e economia da região.

Capturarbbarrac.PNG

O projeto, que arrancou este mês, vai contar, até outubro, nos concelhos que integram a CIM Alto Minho, com várias atividades em meio aquático como o Bodyboard, Canoagem, Canyoning ,Kitesurf, Passeios de barco, Rafting, Stand Up Paddle (SUP),Surf Windsurf, Pedestrianismo, Hidrospeed e Visitas a lagoas e cascatas que serão complementadas com outras ofertas.

Depois de uma mesa redonda onde foi apresentada a importância do projecto Blueways para a região e que contou com a participação do Augusto Marinho, Presidente da Câmara de Ponte da Barca, Cecília Marques, representante da CIM, Luís Barros da empresa Aktiva Natura e Manuel Costa da empresa Tobogã, com mediação de António Jorge, coordenador de Informação Rádio no Centro de Produção do Norte da RTP, seguiu-se uma conferência de imprensa presidida por José Maria Costa, Presidente da CIM Alto Minho, Augusto Marinho, Presidente da Câmara de Ponte da Barca e Júlio Pereira, secretário da CIM onde explicaram que o mar, o rio e a natureza são os ingredientes que este ambicioso projecto no Alto Minho quer oferecer, transformar e atrair turistas nacionais e internacionais à região.

“A região do Alto Minho concentra uma rica e diversa oferta turística que vai desde recursos naturais e de lazer, uma gastronomia ímpar, monumentos, tradições e costumes singulares pelo que, seguramente, este projeto servirá como alavanca na promoção das potencialidades deste território único”, disse na ocasião o autarca barquense, Augusto Marinho, que estava visivelmente satisfeito pela escolha de Ponte da Barca para a apresentação deste projeto, concretamente no “magnifico cenário do jardim dos poetas, local cujo nome homenageia duas importantes figuras barquenses, os irmãos poetas Frei Agostinho da Cruz e Diogo Bernardes”.

De Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo até Vila Nova de Cerveira, o BlueWays pretende divulgar a rede de percursos azuis inseridos em espaços de conservação da natureza o projeto Blueways, que é Co-financiado pelo PO Norte 2020, visa criar uma melhor oferta, orientada para diferentes públicos-alvo da estratégia de valorização eco-turística da região do Alto Minho.

brrrac (1).jpg

brrrac (2).jpg

brrrac (3).jpg