Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VIZELA PROMOVE TURISMO GASTRONÓMICO

Apresentação da participação de Vizela na XANTAR - Feira Internacional de Turismo Gastronómico

No seguimento da assinatura do protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal e a Expourense, no sentido da intensificar o potencial turístico de Vizela, através da presença em diversas feiras relacionadas com o turismo, a Câmara Municipal apresenta a participação da XANTAR - Feira Internacional de Turismo Gastronómico.

DSC09292espose (1).JPG

A apresentação terá lugar no próximo dia 22 de janeiro, na Loja Interativa de Turismo, pelas 16.00h.

A participação de Vizela na XANTAR enquadra-se numa das medidas do Plano Municipal de Turismo que considera de enorme importância a promoção da riqueza gastronómica de Vizela, que merece ser devidamente valorizada, através da participação em feiras temáticas de âmbito turístico, olhando para fora, para potenciar a captação de público e de turistas.

A XANTAR é a única feira internacional de Turismo Gastronómico incluída no calendário oficial de “Feiras Comerciais Internacionais” espanholas. Com uma trajetória de 19 anos a valorizar os produtos agroalimentares de qualidade e o serviço profissional, converteu-se numa referência para destinos enogastronómicos de Espanha e Portugal, permitindo ainda a criação de redes de cooperação.

Com a participação na XANTAR, a Câmara Municipal pretende potenciar dinâmicas de reforço que permitam a consolidação da nova imagem e identidade do Concelho de Vizela, como destino turístico privilegiado, experienciando os segredos de um vale recheado de saberes, sabores, prazeres e tradições caraterísticas.

VIEIRA DO MINHO PROMOVE TURISMO NA HOLANDA

Vieira do Minho participou na Feira de Turismo Vakantiebeurs na Holanda

O Município de Vieira do Minho participou, este fim de semana na Vakantiebeurs, uma importante feira de turismo e laser que se realizou, na cidade de Utrecht, na Holanda.

VakantieBeurs.jpg

O Município fez-se representar, nesta Feira Internacional de Turismo pelo presidente da Câmara Municipal, António Cardoso. A presença do autarca vieirense nesta emblemática feira de turismo, que reuniu no mesmo espaço países dos cinco continentes, serviu para promover e divulgar  o concelho de Vieira do Minho junto do mercado internacional.

 De referir que Vieira do Minho é detentora de um incalculável património natural, com especial destaque para as suas serras, rios, albufeira e paisagem natural, condições essencial para se poder afirmar como destino turístico a nível internacional.

TERMAS DE VIZELA REPRESENTADAS NA LISTA ÚNICA ÀS ELEIÇÕES DA ENTIDADE REGIONAL DE TURISMO DO PORTO E NORTE DE PORTUGAL

Termas de Vizela representadas na lista única às eleições para a TPNP

A Câmara Municipal de Vizela congratula-se pelo facto das Termas de Vizela estarem representadas na lista única às eleições para a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal.

A Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) vai a eleições no dia 18 de janeiro, sendo que Luís Pedro Martins, diretor executivo da Torre dos Clérigos, no Porto, encabeça a lista única à presidência da TPNP, que tem como candidato a vice-presidente Inácio Ribeiro, ex-presidente da Câmara de Felgueiras, e como vogal à Comissão Executiva, Vítor Paulo Pereira, presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura.

Assim, as Termas de Vizela integram o Conselho de Marketing da lista de Luís Pedro Martins, juntamente com a AETUR, Município de Macedo de Cavaleiros, HT Douro, Invest Braga, Taipas Turitermas e Associação de Comerciantes do Porto.

A Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal é uma entidade vital para a prosperidade económica da região e do País, cujo objetivo fundamental é transformar esta região num dos destinos turísticos mais dinâmicos e atraentes de Portugal, sem comprometer a sustentabilidade dos seus recursos.

De destacar que pela primeira vez uma entidade de Vizela estará representada na TPNP, o que vem no seguimento da estratégia que este Executivo Municipal pretende implementar no sentido de potenciar dinâmicas de reforço que permitam a consolidação da nova imagem e identidade do Concelho de Vizela, como destino turístico privilegiado, experienciando os segredos de um vale recheado de saberes, sabores, prazeres e tradições caraterísticas.

A eleição decorrerá no próximo dia 18 de janeiro, na sede da TPNP, em Viana do Castelo, entre as 14h00 e as 18h00.

NÚMERO DE PEREGRINOS REGISTADOS NOS POSTOS DE TURISMO CRESCEU 21,3% FACE A 2017

Aumento da procura turística do concelho consolidada em todas as vertentes

O número de peregrinos registados nos Postos de Turismo de Caminha e Vila Praia de Âncora durante o ano que findou cresceu 21,3% face a 2017. Estes valores vêm confirmar a tendência que já se verificava no final do primeiro semestre, traduzindo a procura crescente e consolidada do concelho também por este tipo de turismo.Este registo junta-se aos valores do INE, divulgados na semana passada, que apontavam para um recorde absoluto de hóspedes e dormidas no concelho de Caminha no ano de 2017.

Peregrino.jpg

Ainda em relação aos peregrinos, refira-se que o número dos que pernoitaram no Albergue de Caminha (gerido pela Associação dos Amigos do Caminho de Santiago de Viana do Castelo) cresceu 30,5% relativamente a 2017.

Em termos de nacionalidades, a Alemanha é opaís que mais peregrinos coloca no nosso concelho.Nos nossos Postos de Turismo,a procura por parte dos alemães cresceu 44% relativamente ao ano anterior, assumindo a liderança da tabela de nacionalidades, seguidos da Espanha, Portugal, Itália e Reino Unido.

O aumento do movimento de peregrinos representa um fenómeno consolidado e que vem subindo de ano para ano.  Por exemplo, em 2018, no Albergue, dormiram o triplo de peregrinos relativamente a 2015. Mais: nos últimos cinco anos, o número de pessoas que pernoitaram no Albergue cresceu 656%.

Para o presidente da Câmara, “depois dos números do INE divulgados na semana passada, que apontavam para um recorde absoluto de hóspedes e dormidas no concelho de Caminha no ano de 2017, os números dos peregrinos de Santiago vêm confirmar a aposta certeira do Município na indústria do Turismo e na valorização do território”.

Miguel Alves recorda que “o número de turistas em Caminha cresce a um ritmo superior ao país e á região e os Caminhos de Santiago são um forte veículo de atração”. Existe de facto uma estratégia consolidada, para a qual contribui “o investimento que a Câmara fez na melhoria das condições do Caminho, da sinalética e da sua divulgação, a aposta que muitos hotéis e restaurantes têm feito na promoção de produtos dirigidos aos peregrinos e a tomada de consciência global sobre a beleza e segurança do Caminho Português da Costa vem resultando neste forte crescimento. Creio que estamos todos de parabéns: autarcas, empresas, instituições e população”, conclui o autarca.

ALUNOS DA ESCOLA DE HOTELARIA E TURISMO DE VIANA DO CASTELO VÃO SURPREENDER COM HARMONIZAÇÕES IMPROVÁVEIS

Concurso final: 15 de janeiro, 11h00-17h00

Evento, ao estilo “Master Chef”, conta com a participação de 12 equipas e um painel de jurados composto por:

Carlos Fernandes, presidente da Confraria dos Gastrónomos do Alto Minho,

Hélder Fernandes, Chef e antigo aluno da escola e

Lúcia Barbosa, responsável de Produção da Adega da Quinta de Soalheiro.

escola hotelaria viana soalheiro (3).jpg

Na próxima terça-feira, 15 de janeiro, os alunos da Escola de Hotelaria e Turismo de Viana Castelo  vão, em concurso, apresentar o resultado  do desenvolvimento de harmonizações improváveis. Desafiar os paladares de um prato típico da região onde a escola está inserida com diferentes estilos de Soalheiro e consolidar conhecimentos enograstronómicos foi a proposta e as ideias já fervilham na cozinha da escola. Ao longo do primeiro período, os alunos têm vindo a desenvolver os seus projetos e agora chegou a atura de os apresentar a um painel de jurados. O evento, ao estilo “Master Chef”, realiza-se nas instalações da Escola, entre as 11h00 e as 17h30 e conta com a participação de 12 equipas compostas por alunos de cozinha e restaurante. O Júri, externo à escola, é composto por Carlos Fernandes, presidente da Confraria dos Gastrónomos do Alto Minho, Hélder Fernandes, Chef e antigo aluno da escola e Lúcia Barbosa, responsável de Produção da Adega da Quinta de Soalheiro. Trata-se de um desafio que permitirá demonstrar que a gastronomia portuguesa é rica e variada e que pode ser combinada com perfis distintos de Vinho Verde, especificamente dentro da casta Alvarinho.

escola hotelaria viana soalheiro (6).jpg

“O nosso objetivo é contribuir para que estes alunos aprendam a trabalhar com diferentes estilos de vinho,

para que possam adaptar esses conhecimentos a vinhos de qualquer parte do mundo”

afirmam os produtores.

Consciente da importância da formação de base para a criação de profissionais de topo, a Quinta de Soalheiro desafiou a Escola de Hotelaria e Turismo de Viana Castelo para um projeto que permitirá uma educação sustentada dos seus alunos e que contribuirá certamente para criar embaixadores de Portugal e dos vinhos portugueses nos quatro cantos do mundo. O projeto arrancou no dia 20 de novembro. O modelo base do projeto centra-se em visitas formativas ao terroir Monção e Melgaço: a origem do Alvarinho e Master Class sobre as especificidades dos Vinhos Portugueses, com especial incidência no Vinho Verde e na Casta Alvarinho, e os paralelismos destes com os vinhos do mundo. O Soalheiro, pela sua diversidade de gama, disponibiliza ainda um kit de formação composto por vinhos de todas as suas dimensões, um info kit explicativo da origem do terroir, Monção e Melgaço e da história do Alvarinho e Fichas Técnicas dos Vinhos. Este kit formação é utilizado de acordo com as necessidades das escolas e serve de ferramenta de trabalho para professores e alunos nas ações letivas e projetos educativos.

escola hotelaria viana soalheiro (8).jpg

VINHO É CULTURA: PARTIR À DESCOBERTA DE CHEIROS, MEMÓRIAS, LUGARES…

“Não é preciso beber vinho, para ter cultura de vinho” desmistifica o enólogo Luís Cerdeira quando se refere à formação de base em que os alunos começam a frequentar os cursos profissionais com 14/15 anos. Acrescentando, “o vinho faz parte da nossa tradição. Está enraizado na dieta mediterrânea e é fundamental que os jovens aprendam e evoluam. Não é beber por beber. A cultura do vinho tem a ver com a entrega, com a dedicação, com o simbolismo do momento. Podemos dar história, dar dimensão”.

Na primeira fase deste projeto piloto, a arrancar este ano letivo, integram escolas de norte a sul do país e de diferentes níveis de ensino. O projeto abrange, desta forma, alunos com formações diversas: gestão e administração hoteleira, cozinha, catering, restauração e bar, uma vez que, os sentidos devem ser desafiados e trabalhados num todo para que a harmonia final seja perfeita.Durante o primeiro semestre letivo será implementado também nas Escolas de Hotelaria de Fátima, Porto, Coimbra e Faro e na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Instituto Politécnico do Porto.

“Acreditamos que o turismo pede criatividade para dar a conhecer o potencial do nosso país. Não podemos estagnar face ao presente.

É necessário evoluir e desafiar convenções para que façam ver as potencialidades da nossa terra, do nosso património, das nossas tradições.

É preciso saber fazer as escolhas adequadas. O futuro deles prende-se com inovação e diferenciação. Só os melhores se vão destacar” - concluem os produtores.

escola hotelaria viana soalheiro (1).jpg

escola hotelaria viana soalheiro (2).jpg

escola hotelaria viana soalheiro (4).jpg

escola hotelaria viana soalheiro (5).jpg

escola hotelaria viana soalheiro (7).jpg

HOTELARIA DE ESPOSENDE REGISTA ELEVADA PROCURA NA PASSAGEM DE ANO

Hotéis de Esposende com lotação esgotada para a Passagem de Ano

O mercado turístico de Esposende revela uma crescente procura de visitantes. Para a passagem de ano, os hotéis do concelho apresentam, maioritariamente, a lotação esgotada, depois de terem registado uma grande afluência no Natal.

esposende_1

A procura revela-se crescente, com as maiores unidades hoteleiras a apresentarem a ocupação da totalidade da lotação disponível. Das unidades de alojamento existentes no concelho, três têm todas as camas ocupadas e as restantes estão no limiar da lotação.

A programação de Natal e da passagem de ano desenvolvida pelo Município de Esposende muito contribuiu para a atração turística, assim como a divulgação dos percursos pedestres e ecovias que continuam a atrair novos visitantes, vocacionados para o desporto de aventura e modos de vida saudáveis.

A par da animação natalícia, o Município de Esposende tem desenvolvido uma intensa campanha de divulgação do seu território, nomeadamente em feiras nacionais e internacionais, com particular incidência na Galiza.

Esposende_2

Marginal de Esposende (1)

VIZELA DÁ A CONHECER NA GALIZA AS SUAS POTENCIALIDADES TURÍSTICAS

Câmara assinou protocolo com Expourense para intensificar potencial turístico de Vizela

No âmbito da iniciativa dezembro - mês do Turismo, o Presidente da Câmara Municipal, Victor Hugo Salgado, e o Diretor Gerente da Expourense, Alejandro Rubin, assinaram esta manhã um protocolo de colaboração, no edifício-sede do Município.

ass. Expourense

O protocolo assinado estabelece a parceria entre o Município de Vizela e a Expourense, no sentido da intensificar o potencial turístico de Vizela, através da presença em diversas feiras relacionadas com o turismo.

Assim, e porque a Câmara Municipal considera de enorme importância a promoção das atividades e eventos do Concelho na Galiza, Vizela irá estar presente nas feiras XANTAR e TERMATALIA, num casamento perfeito entre gastronomia e Termas, atendendo à história termal e à riqueza gastronómica de Vizela, que merecem ser devidamente valorizadas.

À assinatura do protocolo seguiu-se uma visita às Termas de Vizela, passando depois pela Loja Interativa de Turismo com uma visita à exposição do projeto de requalificação da Praça República e Jardim Manuel Faria, terminando com uma prova de Bolinhol numa pastelaria local.

De destacar que esta iniciativa foi acompanhada por jornalistas espanhóis e portugueses, que tiveram oportunidade de descobrir alguns locais de interesse turístico do nosso Concelho.

Com a assinatura deste protocolo desta iniciativa, a Câmara Municipal pretende potenciar dinâmicas de reforço que permitam a consolidação da nova imagem e identidade do Concelho de Vizela, como destino turístico privilegiado, experienciando os segredos de um vale recheado de saberes, sabores, prazeres e tradições caraterísticas.

De destacar que a assinatura deste protocolo enquadra-se numa das medidas do Plano Municipal de Turismo que visa desenvolver esforços no sentido de criar parcerias com novas entidades, públicas ou privadas, que permitam exponenciar o potencial turístico de Vizela, através da divulgação eficaz, em todo o território nacional e, sempre que possível, internacionalmente, da agenda turística de Vizela.

CAMINHO QUE LIGA BRAGA A SANTIAGO SERÁ “INCONTORNÁVEL EM POUCOS ANOS” – DEFENDE HISTORIADOR JOEL CLETO

O historiador Joel Cleto defende uma candidatura transfronteiriça luso-espanhola a fundos da União Europeia para financiar um projeto de valorização do caminho jacobeu que liga Braga a Santiago de Compostela pela Geira Romana, que vai crescer “exponencialmente” em número de peregrinos.

Caminho Braga a Santiago - um dos traçados

Numa altura em que o debate sobre este itinerário de peregrinação está na ordem do dia, Joel Cleto afirmou na sexta-feira, 14, em Póvoa do Varzim, que “o importante é que haja um discurso coerente e uma articulação entre municípios galegos e portugueses no sentido de haver uma candidatura transfronteiriça, assim mais valorizada, a fundos comunitários”.

Na perspetiva do historiador e arqueólogo, este itinerário “é uma mais-valia como caminho de Santiago, mas também porque a geira é uma das mais importantes e bem preservadas estradas romanas do mundo”, pelo que a sua valorização “é uma grande oportunidade para a história e para os itinerários jacobeus”. Por outro lado, “é uma questão de muito poucos anos termos esta via muito concorrida pelos peregrinos de Santiago. É incontornável que vai 'explodir' como caminho de Santiago”, frisou.

Joel Cleto, que falava durante a conferência “O Caminho de Santiago pelo Gerês – A Geira Romana”, organizada pelo Grupo dos Amigos do Caminho de Santiago da Póvoa de Varzim, considera esta estrada uma “peça patrimonial de imenso valor, que muitos estudiosos da rede viária romana a nível internacional consideram a mais bem preservada da atualidade”, envolta “numa zona muito natural, ainda muito pouco tocada pelo homem desde o tempo dos romanos”.

“É um caminho belíssimo também do ponto de vista natural e, por isso, pressente-se o enorme potencial que pode ter num futuro relativamente próximo, mormente para as pessoas que querem fazer um caminho de Santiago que lhes permita tranquilidade e espiritualidade”.

Quanto ao traçado a propor às entidades que oficializam os caminhos de Santiago, Joel Cleto afirmou que “é um tema quente e muito em debate entre apaixonados pelos caminhos, nomeadamente do lado espanhol”, destacando que não defenderia um traçado durante a conferência.

No entanto, reconheceu que, depois da Portela do Homem e descendo a Serra do Xurês “há caminhos mais rápidos para chegar a Santiago de Compostela do que passar por Ourense”.  “Mas também reconheço que muitos peregrinos não abdicariam de ir a Ourense, porque era um grande centro religioso e urbano”, referiu o historiador, adiantando: “Não me vou imiscuir no debate em curso, sobretudo no lado galego, mas não me fere nada que depois de descer a Serra do Xurês possam existir duas ou três variantes”.

O itinerário mais direto é defendido pelas associações espanholas do Caminho Jacobeu Minhoto-Ribeiro e de Codeseda Viva, bem com por uma associação de autarquias da região. Trata-se do designado Caminho da Geira Romana e dos Arrieiros ou Minhoto Ribeiro. A ideia de um traçado em direção a Ourense deve-se ao facto da tradição referir que foi o percorrido pela Rainha Santa Isabel.

Mas Joel Cleto lança um alerta: “Agora também não vamos criar centenas de caminhos. Temos de ter provas documentais, património, que justifiquem pelo seu valor que um itinerário seja classificado. Mas não me fere nada que possa haver os caminhos mais diretos para Santiago de Compostela e/ou aquele que segue por Ourense. Não vejo inconveniente nenhum”.

O historiador, que falava perante uma plateia de 500 pessoas, no Centro de Congressos do Hotel Axis Vermar, referiu ainda que é importante, desde já, além da discussão à volta dos traçados, “pensar em medidas protetoras do impacto que terá numa área sensível de enorme valia também como património natural, como é o Parque Natural da Peneda-Gerês, que tem de ser salvaguardado. É também um desafio que se vai colocar nos próximos anos”.

Caminho Braga a Santiago - Geira Romana

Caminho Braga a Santiago - Joel Cleto na Geira Romana

Caminho Braga a Santiago - Parque Natural Peneda-Gerês

Caminho Braga a Santiago - Rio Minho

EMPRESAS DE TERRAS DE BOURO DEDICADAS AO TURISMO APOSTAM NO INTERCÂMBIO

Intercâmbio dedicado ao turismo reuniu empresas de Terras de Bouro

Teve lugar a 11 de Dezembro a 4ª edição do intercâmbio empresarial que desde 2015 reúne empresas do sector turístico do concelho de Terras de Bouro, nomeadamente, as que prestam serviços de alojamento, restauração e animação turística.

CAPA

Nesta atividade, que contemplou de manhã um passeio pela Geira  (entre Travassos e S. Sebastião da Geira) e de tarde, já nos Paços do Concelho, uma sessão de partilha de experiências e preocupações, onde o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Tibo, aproveitou para dar a conhecer aos presentes os projetos ligados ao Turismo que se encontram em fase de execução e os que estão em fase de candidatura. Entre os projetos referenciados está a intervenção na Mata de Albergaria, melhoria da estrada de Leonte/Portela do Homem, Estrada da Ermida, Ciclovia do Rio Homem, Passeio Pedonal Rio Caldo – Gerês, requalificação do Parque da Assureira, requalificação da rua Miguel Torga e a 20 de Junho, a praia fluvial do Alqueirão, as zonas balneares do Rio Homem, o Parque da Vila de Terras de Bouro, a açude do Rio Homem, requalificação de vários espaço para apoio à visitação, criação do Centro de BTT e a requalificação do rio Gerês, entre outros.

Na sessão, onde o Presidente da Associação Gerês Viver Turismo, Dr. José Carlos Pires, usou da palavra para se referir à dinâmica das actividades desenvolvidas ao longo do último ano e projectos futuros, participaram também empresas de outras tipologias de negócio, mas igualmente importantes no setor turístico, como sendo o artesanato e o comércio. A organização da oferta, a promoção do estabelecimento de parcerias ou acordos de cooperação e a potenciação do trabalho em rede, foram os objetivos do evento.

Uma acção que resultou de uma organização conjunta entre a associação empresarial Gerês Viver Turismo e a Câmara Municipal de Terras de Bouro.

20181211_093820

20181211_102210

20181211_152527

IMG_3379

IMG_3382

IMG_3393

DESCOBRIR O MINHO ATRAVÉS DO SAGRADO E DO PROFANO

A ATURMINHO (Associação de Turismo do Minho) e AHET MINHO – Associação de Hotelaria e Empreendimentos Turísticos do MINHO, no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte 2020, encontram-se a desenvolver um conjunto ações que têm como objetivo contribuir para o desenvolvimento sustentado de toda a região do Minho, designadamente através da dinamização do produto turístico religioso e cultural tornando o destino Minho numa referência de excelência na oferta do turismo religioso e cultural, até ao mês de outubro de 2019.

Com aposta prioritária nos mercados internacionais, o projeto trará aos 24 concelhos dos distritos de Braga e Viana do Castelo turistas e visitantes internacionais que, por via direta e indireta, aumentarão a competitividade empresarial autóctone, e a melhoria de vida generalizada da população minhota.

Após a criação da marca Discover Minho, o projeto tem já em pleno funcionamento as redes sociais Facebook (https://www.facebook.com/discoverminho/) e Instagram (https://www.instagram.com/discoverminho/). Encontram-se em fase de desenvolvimento um portal sobre o Minho, bem como duas aplicações para mobile, uma para turistas e outra para os profissionais do setor, que em breve estarão disponíveis para download, entre outras ações.

O projeto Discover Minho tem tido a adesão de inúmeras entidades, como por exemplo as autarquias, que entendem a utilidade do mesmo, bem como o seu caráter diferenciador (sagrado e profano) como forma de promover a região minhota.

Responsável do Projeto: Dr. Antero Filgueiras

Organização: ATURMINHO e AHET MINHO

Email: comunicacaodiscoverminho@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/discoverminho/

ARQUITETURA MODERNISTA ATRAI VISITANTES A ESPOSENDE

Arquitetura Modernista de Esposende é espólio invejável

O importante património arquitetónico de Esposende deve funcionar como propulsor do Turismo Cultural, atraindo visitantes que contribuirão para o crescimento económico do concelho, mas captando, também, novas obras de arquitetos de renome.

tertúlia 1

Esta foi uma ideia consensual, na tertúlia promovida no Museu Municipal, tendo como tema “Património e Cultura(s)” e que foi complementada com a apresentação do catálogo da exposição “Arquiteturas do Concelho, Esposende entre o Atlântico e as suas terras”, do arquiteto António Menéres. Com moderação do presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, João Carlos Santos, subdiretor geral da Direção Geral do Património Cultural (DGPC), João Paulo Rapagão, professor da Universidade Lusíada, Paulo Guerreiro, responsável pela Casa das Marinhas e António Menéres, convergiram no reconhecimento da “excelência” do património existente em Esposende, capaz de atrair visitantes e projetar o concelho a nível mundial.

tertúlia

O Roteiro da Arquitetura Modernista, propõe uma viagem por 18 exemplares arquitetónicos do concelho de Esposende, localizados em Marinhas, Esposende e Ofir, construídos entre os anos 40 e 70 do século XX, da autoria de dois engenheiros e doze arquitetos. Este pode ser, no entender dos quatro arquitetos participantes na tertúlia, o mote para “narrativas” sobre o território.

“As políticas de conservação do património, por vezes, servem para congelar. O património só tem importância se tiver utilidade”, defendeu João Paulo Rapagão, numa ideia corroborada por João Carlos Santos que defende um “património vivido”. Essa ideia perpassa a exposição de António Menéres que, numa exposição com 40 fotografias sobre Esposende, captadas no “Inquérito à Arquitetura Regional Portuguesa”, entre 1956 a 1960, retrata a arquitetura de então, mas associa as pessoas, os usos, a religião e as tradições.

Paulo Guerreiro entende que a Casa das Marinhas pode assumir-se como “epicentro do modernismo a Norte”, convergindo para a visibilidade de todo o património de Esposende. De resto, António Meneres inclui a Casa das Marinhas, “entre as dez obras mais significantes da arquitetura portuguesa”.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende questionou os participantes, sobre a futura adaptação do Forte S. João Batista em espaço museológico, acolhendo os vestígios do navio quinhentista descoberto em Belinho. “Há todo o interesse e vontade em colaborar com a Câmara, para que o espólio seja exposto aqui”, avançou João Carlos Santos, diretor da DGPC, visivelmente agradado com o facto de um edifício do Estado que estava abandonado, tenha agora uma finalidade concreta.

tertúlia 2

TERRAS DE BOURO REÚNE EMPRESAS DO SECTOR TURÍSTICO

Empresas de Terras de Bouro em intercâmbio dedicado ao turismo

Terá lugar a 11 de Dezembro a 4ª edição do intercâmbio empresarial que desde 2015 reúne empresas do sector turístico do concelho de Terras de Bouro, nomeadamente, as que prestam serviços de alojamento, restauração e animação turística, podendo também participar empresas de outras tipologias de negócio, mas igualmente importantes na dinâmica turística, como sendo o artesanato e o comércio.

cartaz_intercâmbio_11dez18 - Cópia

A organização da oferta, a promoção do estabelecimento de parcerias ou acordos de cooperação e a potenciação do trabalho em rede, são objectivos do evento.

Uma acção que resulta de uma organização conjunta entre a associação empresarial Gerês Viver Turismo e a Câmara Municipal de Terras de Bouro.

TRAJE À VIANESA: QUEM VESTIU ESTAS MENINAS?

Muscat is ‘World’s Leading New Airport’

 02/12/2018 Oman Observer

Muscat: At the World Travel Awards (WTA) grand final held in Lisbon, Muscat International Airport was voted the ‘World’s Leading New Airport.’

The airport was also named the Middle East’s leading new tourism development project in 2018.

fotonoticia_20181202121941_640

The national airline, Oman Air, was named the Middle East’s leading airline both in Economy Class and Business Class.

Oman Air was also nominated for the Middle East’s leading airline along with Eithad Airways, Gulf Air and Qatar Airways, while Emirates was the winner.

Sheikh Aimen bin Ahmed al Hosni, CEO, of Oman Airports, said, “This award recognizes our efforts in writing a new chapter in our journey of excellence.   Muscat International Airport aims to not only raise the bar on customer experience but operational efficiency as well. This new passenger terminal is the first encounter visitors have with Oman and we have worked to ensure that it is a true representation of our genuine hospitality and beautiful country.”

Commercially opened in March of this year with a gross floor area of approximately 580,000 sqm, the new airport has the capacity to serve 20 million passengers per year.

Hosni added, “We are committed to playing a pivotal role in realizing the government’s ambitious national logistics strategy and becoming one of the top 20 airports in the world by 2020. The new infrastructure is vital to deliver the level of service that our customers expect and to expertly manage and develop the gateways of Oman.”

Since opening its doors, the airport has received worldwide acclaim for its Omani-themed architecture, advanced technology, and exceptional passenger experience. With an expansion potential of up to 80 million passengers per annum, it was designed and constructed to the highest standards of quality and service, meeting the International Air Transport Association’s classification for top airports. As a result, it was voted Best New Middle East Tourism Development Project at the World Travel Awards just four weeks after starting its operations.

On the heels of this global recognition, the Sultanate, represented by Oman Airports will play host to the 2019 World Travel Awards.

“We are both honored and excited. This event will position Oman as a contender to hold such high-profile international aviation events which will ultimately contribute to the country’s economic diversification strategy.”

Oman has seen tremendous growth as a result of the opening of the new Muscat International airport. Between January and October 2018, the total number of flights arriving at Muscat International Airport was 89,368, a 5.2 per cent increase from last year while the number of passengers increased by 10.5 per cent from 2017, reaching 11,705,440. By end of 2018, the total number of passengers flying into the airport is expected to have reached a record 16,000,000.

Established in 1993, World Travel Awards has served to acknowledge, reward and celebrate excellence across all sectors of the global travel and tourism industry. Voted by industry professionals and travelers from around the world, its winners have been setting the benchmark to which others aspire for over two decades.

In: http://www.omanobserver.om/

47489928_2370865412942913_8691448132610818048_n

airport2

airport3

VIZELA DEDICA DEZEMBRO AO TURISMO

Câmara Municipal dedica mês de dezembro ao Turismo

No âmbito da iniciativa Meses temáticos, a Câmara Municipal dedica o mês de dezembro ao Turismo, onde irá dinamizar uma série de atividades relacionadas com a temática.

Vizela Segredos de um Vale

Nesse sentido e tendo em atenção que a realização de eventos é potenciadora de desenvolvimento económico, social, cultural e turístico, em especial com o objetivo de promoção e divulgação de Vizela enquanto destino turístico, durante este mês, a Câmara vai dinamizar a atividade Vizela Cidade Natal - ‘Um Novo Natal no Vale’, que abre as portas já no próximo sábado, dia 1 de dezembro.

Também no âmbito deste mês temático e no seguimento do Plano Municipal de Turismo, a Câmara Municipal promove uma press-trip no Concelho com a presença de vários jornalistas portugueses e espanhóis, durante o próximo fim de semana. Durante dois dias, estes profissionais de comunicação, especializados em viagens e turismo, terão a oportunidade de descobrir o nosso Concelho, através da visita aos locais de interesse turístico.

Ainda no âmbito do mês do Turismo, Vizela recebe no próximo sábado, dia 1 de dezembro, o programa de sábado da RTP1 ‘Aqui Portugal’, no Jardim Manuel Faria. Em direto de Vizela, para todo o mundo português, o programa fará uma viagem pela história, cultura, turismo, património, artesanato, gastronomia de Vizela, sempre numa perspetiva de divulgação do melhor que temos para oferecer.

A Câmara Municipal considera imperante a aposta na realização deste programa em Vizela, pois é um importante veículo de promoção e divulgação do Concelho de Vizela.

No próximo dia 20 de dezembro, Vizela assina um Protocolo com a Expourense, tendo em vista a promoção de Vizela como destino turístico.

De realçar ainda que se encontram a decorrer durante este mês e o próximo mês de dezembro as gravações do projeto Avicella – Mapa Turístico Digital de Vizela, apresentado no passado dia 23 de novembro, cuja característica principal desta tecnologia é a sua interação com a realidade, promovendo-se a divulgação do património histórico, gastronómico, cultural e paisagístico de Vizela, auxiliando o turista, que aqui se desloca, de forma prática e lúdica.

Com a promoção destas iniciativas, a Câmara Municipal pretende potenciar dinâmicas de reforço que permitam a consolidação da nova imagem e identidade do Concelho de Vizela, como destino turístico privilegiado, experienciando os segredos de um vale recheado de saberes, sabores, prazeres e tradições caraterísticas.

VIZELA PROMOVE TURISMO EM ESPANHA

Vizela presente na INTUR - Feira Internacional de Turismo de Interior

Vizela estará presente já este fim-de-semana, nos dias 24 e 25 de novembro, na feira INTUR - Feira Internacional de Turismo de Interior, que se realiza em Valladolid, Espanha, uma das feiras mais significativas dedicadas ao Turismo no país vizinho.

Vizela Segredos de um Vale

O objetivo é dar cumprimento ao estabelecido no Plano Municipal de Turismo, nomeadamente no que respeita promoção nacional e internacional, através da divulgação turística, neste caso concreto junto de um mercado próximo à Região Norte de Portugal e, consequentemente, à área territorial onde Vizela se encontra. 

A participação em feiras de âmbito turístico, olhando para fora e potenciando a captação de público e de turistas, tem enquadramento no Plano Municipal de Turismo, onde assenta a nova estratégia definida para o Turismo pelo atual Executivo da Câmara Municipal. 

Prevista para fevereiro de 2019, está a presença de Vizela na feira Xantar, em Ourense - Espanha, dedicada ao produto estratégico Gastronomia e Vinhos.

BRAGA PROMOVE EM ESPANHA POTENCIALIDADES TURÍSTICAS

Braga promove potencialidades turísticas no mercado Espanhol.

Até ao próximo Domingo, 25 de Novembro, o Município de Braga estará presente em duas feiras internacionais com o objectivo de promover e dar a conhecer o destino Braga nas suas mais diversas facetas do património material e imaterial.

1a

Os eventos ‘Sentir Portugal’, em Oviedo, e o ‘INTUR’, em Valladolid, ambos em Espanha, servem de mote para a promoção da marca Braga além-fronteiras e de captação de novos públicos.

Em Oviedo, nas Astúrias, o Município de Braga marca presença pela primeira vez no ‘Sentir Portugal’ com espaço próprio em parceria com a Associação Comercial de Braga (ACB), Progestur, e com o Município de Oviedo. ‘Sentir Portugal’ é um evento que apresenta uma forte componente cultural e aposta na mostra de marcas e produtos turísticos e culturais portugueses. Tem como principal objectivo reforçar o intercâmbio empresarial, institucional e cultural entre as Astúrias e Portugal, procurando captar e atrair o público espanhol, sensibilizando-o para as várias apostas do mercado português.

Ao longo dos quatro dias do evento que decorrerá em vários espaços da cidade de Oviedo será possível visitar, no Palácio de Congressos de Oviedo, uma mostra/exposição de produtos e empresas portuguesas, animação cultural e musical, visitas e reuniões empresariais e encontros institucionais, tudo pensado para proporcionar uma programação rica e atractiva, reforçando a imagem de Portugal além-fronteiras.

Já em Valladolid, o Município de Braga marca presença pelo segundo ano na Feira Internacional de Turismo de Interior, numa parceria com o Turismo do Porto e Norte de Portugal. Esta é uma relevante Feira que congrega um elevado e diversificado número de expositores que operam no sector, evidenciando, na última edição, os seguintes indicadores de desempenho: 15 000m2 de área de exposição; 340 expositores directos e mais de 1000 empresas representadas; 44 124 profissionais do sector turístico e consumidores finais. Este é também um evento que se direcciona para a vertente de negócios com a ‘INTUR’ Negócios que se afirma como uma importante Bolsa de Contratação com um elevado número de Operadores Turísticos Internacionais onde Braga também marca presença, através dos agentes turísticos do Concelho.

VIZELA MOSTRA À IMPRENSA LOCAIS DE INTERESSE TURÍSTICO

Vizela recebe press trip nos dias 1 e 2 de dezembro

No seguimento do Plano Municipal de Turismo recentemente apresentado e que integra novas medidas estratégicas para a promoção e valorização turística do Concelho de Vizela, a Câmara Municipal de Vizela promove uma press-trip no concelho com a presença de vários jornalistas portugueses e espanhóis.

Durante dois dias, estes profissionais de comunicação, especializados em viagens e turismo, terão a oportunidade de descobrir o nosso Concelho, através da visita aos locais de interesse turístico.

Com a promoção desta iniciativa, a Câmara Municipal pretende potenciar dinâmicas de reforço que permitam a consolidação da nova imagem e identidade do Concelho de Vizela, como destino turístico privilegiado, experienciando os segredos de um vale recheado de saberes, sabores, prazeres e tradições caraterísticas.

Num conjunto de experiências em que a gastronomia e os vinhos, associados à natureza, ao património e à cultura assumem um papel de destaque.

De destacar que o objetivo destas visitas enquadra-se numa das medidas do Plano Municipal de Turismo que visa desenvolver esforços no sentido de criar parcerias com novas entidades, públicas ou privadas, que permitam exponenciar o potencial turístico de Vizela, através da divulgação eficaz, em todo o território nacional e, sempre que possível, internacionalmente, da agenda turística de Vizela.

SOALHEIRO DESAFIA ALUNOS DA ESCOLA DE HOTELARIA E TURISMO DE VIANA DO CASTELO A CRIAR HARMONIZAÇÕES IMPROVÁVEIS

Projeto arrancou este ano letivo e pretende demonstrar que a gastronomia portuguesa é rica e variada e que pode ser combinada com perfis distintos do Soalheiro.

Uma abordagem detalhada do Vinho Verde e do território de

Monção e Melgaço – A Origem do Alvarinho é um dos objetivos fundamentais.

Consciente da importância da formação de base para a criação de profissionais de topo, a Quinta de Soalheiro desafiou a Escola de Hotelaria e Turismo de Viana Castelo para um projeto que permitirá uma educação sustentada dos seus alunos e que contribuirá certamente para criar embaixadores de Portugal e dos vinhos portugueses nos quatro cantos do mundo. O projeto arrancou no dia 20 de novembro e já promete muitas surpresas. O desafio lançado aos alunos tem como base o desenvolvimento de uma harmonização improvável: desafiar os paladares de um prato típico da região onde a escola está inserida com diferentes estilos de Soalheiro. Um desafio que permitirá demonstrar que a gastronomia portuguesa é rica e variada e que pode ser combinada com perfis distintos de Vinho Verde, especificamente dentro da casta Alvarinho. Os resultados serão apresentados no início de 2019, num evento dedicado ao efeito.

Capturar

O modelo base do projeto centra-se em visitas formativas ao terroir Monção e Melgaço: a origem do Alvarinho e Master Class sobre as especificidades dos Vinhos Portugueses, com especial incidência no Vinho Verde e na Casta Alvarinho, e os paralelismos destes com os vinhos do mundo. O Soalheiro, pela sua diversidade de gama, disponibiliza ainda um kit de formação composto por vinhos de todas as suas dimensões, um info kit explicativo da origem do terroir, Monção e Melgaço e da história do Alvarinho e Fichas Técnicas dos Vinhos. Este kit formação é utilizado de acordo com as necessidades das escolas e serve de ferramenta de trabalho para professores e alunos nas ações letivas e projetos educativos.

“O nosso objetivo é contribuir para que estes alunos aprendam a trabalhar com diferentes estilos de vinho,

para que possam adaptar esses conhecimentos a vinhos de qualquer parte do mundo” - afirmam os produtores.

VINHO É CULTURA: PARTIR À DESCOBERTA DE CHEIROS, MEMÓRIAS, LUGARES…

“Não é preciso beber vinho, para ter cultura de vinho” desmistifica o enólogo Luís Cerdeira quando se refere à formação de base em que os alunos começam a frequentar os cursos profissionais com 14/15 anos. Acrescentando, “o vinho faz parte da nossa tradição. Está enraizado na dieta mediterrânea e é fundamental que os jovens aprendam e evoluam. Não é beber por beber. A cultura do vinho tem a ver com a entrega, com a dedicação, com o simbolismo do momento. Podemos dar história, dar dimensão”.

Na primeira fase deste projeto piloto, a arrancar este ano letivo, integram escolas de norte a sul do país e de diferentes níveis de ensino. O projeto abrange, desta forma, alunos com formações diversas: gestão e administração hoteleira, cozinha, catering, restauração e bar, uma vez que, os sentidos devem ser desafiados e trabalhados num todo para que a harmonia final seja perfeita. Durante o primeiro semestre letivo será implementado também nas Escolas de Hotelaria de Fátima, Porto, Coimbra e Faro e na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Instituto Politécnico do Porto.

“Acreditamos que o turismo pede criatividade para dar a conhecer o potencial do nosso país. Não podemos estagnar face ao presente.

É necessário evoluir e desafiar convenções para que façam ver as potencialidades da nossa terra, do nosso património, das nossas tradições.

É preciso saber fazer as escolhas adequadas. O futuro deles prende-se com inovação e diferenciação. Só os melhores se vão destacar”

concluem os produtores.