Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CASA DO CONCELHO DE TOMAR EM LISBOA PROMOVE SEMINÁRIO SOBRE MIGRAÇÕES INTERNAS

IMG_8365.JPG

Dr Carlos Galinha, Presidente da Casa do Concelho de Tomar

  • Crónica de Ígor Lopes

Em Lisboa, Casa do Concelho de Tomar organiza Seminário sobre Migração Rural e suas implicações

A Casa do Concelho de Tomar (CCT), em Lisboa, vai organizar de maio a julho três encontros sobre a Migração Rural visando “promover um debate profundo e enriquecedor sobre os efeitos do movimento migratório das gentes rurais do século XX e o retorno às origens no século XXI”.

O seminário, intitulado "Efeitos do Movimento Migratório das Gentes Rurais do Século XX e Retorno às Origens no Século XXI", será composto por três sessões distintas, cada uma focando-se num aspeto particular.  

A decorrer na sede da Casa do Concelho de Tomar, na capital portuguesa, nos meses de maio, junho e julho próximos, o evento pretende lançar luz sobre um tema de extrema relevância na realidade nacional, de modo a contribuir para uma compreensão mais profunda das dinâmicas migratórias e suas implicações no desenvolvimento pluridimensional da população daquela região portuguesa e não só.

A primeira sessão, marcada para 18 de maio de 2024, abordará o papel de “Lisboa como porto de abrigo da comunidade Tomarense". Em seguida, a 15 de junho de 2024, o debate centrar-se-á na "Emigração como fator de progresso". Por fim, a última sessão, agendada para 6 de julho de 2024, analisará a "Imigração no Século XXI".

Partindo do pressuposto que as migrações são motivadas por uma multiplicidade de fatores, incluindo razões económicas, sociais, culturais e ambientais, o seminário pretende compreender as causas, consequências e perspetivas desses movimentos populacionais.

Segundo nota da Casa do Concelho de Tomar, este será um momento de “pertinente reflexão” e “importante debate de ideias”, com a participação de especialistas e convidados palestrantes que apresentarão as suas dissertações sobre o tema.

“Será um momento de excelência para os convidados palestrantes poderem apresentar uma dissertação sobre os motivos, causas e impactos que levaram as suas gentes a decidir ir à procura de novos rumos, sendo que a dissertação preparada terá como fio condutor os temas do seminário, ´Efeitos do Movimento Migratório das Gentes Rurais do Séc. XX e Retorno às Origens no Séc. XXI` em geral e de cada sessão em particular”, lê-se nessa mesma nota.

O objetivo é, a partir de uma visão assente em Portugal, “ajudar a perceber o efeito migratório que está a ocorrer no século XXI, a nível global”.

“Pretende-se com este debate de ideias, ajudar a perceber o efeito migratório que está a ocorrer no Sec. XXI, sendo o nosso País escolhido como porto de abrigo para receber uma vasta comunidade de povos que procuram melhores oportunidades de vida para si e para as suas famílias”, esclareceu o presidente da entidade, Carlos Galinha.

Texto e fotos: Ígor Lopes

IMG_8424.JPG

SABIA QUE FOI MESTRE DOM GUALDIM PAIS – UM MINHOTO NATURAL DE AMARES – QUEM FUNDOU A CIDADE DE TOMAR?

Gualdim Pais (Amares, 1118 - Tomar, 1195) foi um cruzado português, Freire Templário e Cavaleiro de D. Afonso Henriques (1128-1185). Foi o fundador da cidade de Tomar.

Filho de Paio Ramires e de Gontrode Soares, foi criado no mosteiro de Santa Cruz de Coimbra e ficou muito cedo ao serviço do futuro Rei, D. Afonso Henriques, combatendo ao lado dos seus irmãos de armas, os cavaleiros Mem Ramires e Martim Moniz, em todas as batalhas contra os mouros para conquistar o reino. Veio a ser ordenado Cavaleiro pelo soberano no campo de Ourique (1139).

Partiu depois para a Palestina, onde militou durante cinco anos como Cavaleiro da Ordem dos Templários, tendo participado do cerco à cidade de Gaza.

Ao retornar, foi ordenado como quarto Grão-Mestre da Ordem em Portugal (1157), então sediada em Soure, onde tinham castelo desde 1128 (Castelo de Soure) por doação de D. Teresa. Fundou, nessa capacidade, o Castelo de Tomar e o Convento de Cristo (1160), que se tornou o Quartel-General dos Templários no país, dando foral à nova vila no ano de 1162.

Também fundou o Castelo de Almourol, o da Idanha, o de Ceras, o de Monsanto e o de Pombal. Deu foral a Pombal em 1174.

Cercado em 1190 em Tomar pelas forças do Califado Almóada sob o comando do califa Abu Yusuf Ya'qub al-Mansur, conseguiu defender o Castelo contra esse efetivo numericamente superior, detendo assim a invasão do norte do Reino por esta parte.

Faleceu em Tomar no ano de 1195, e ali se encontra sepultado, na Igreja de Santa Maria dos Olivais.

Texto e foto: Manuel Beninger

320077704_828166944931238_5346506032714371442_n.jpg

 

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS COMEMORA DIA NACIONAL DO FOLCLORE

Dia Nacional do Folclore Português

A Federação do Folclore Português comemora, no próximo dia 29 de maio, o Dia Nacional do Folclore Português e 45 anos de salvaguarda do rico e diversificado património da nossa cultura tradicional e popular nacional.

Esta trajetória de vida da Federação do Folclore Português foi sinalizada por várias dimensões da esfera cultural que, assumidamente, fizeram a diferença no quadro da representatividade dos grupos etnográficos portugueses. Atualmente, com já mais de 700 associados e uma estrutura de perto de duas centenas de conselheiros técnicos dispersos por todo o território nacional e pela diáspora, a Federação do Folclore Português tem vindo, por um lado, a apostar na formação técnica e, por outro lado, a promover a consciencialização dos agentes culturais para a imperatividade de salvaguardar e dignificar a cultura popular de matriz tradicional o mais responsavelmente possível.

Durante o dia, numa organização do Conselho Técnico Regional do Alto Ribatejo, acontecerá a “Reconstituição de uma Romaria de 1900”, onde vários aspetos desta temática serão fielmente retratados e vivenciados por todos os presentes.

A sessão solene contará com a presença de diversas entidades da esfera cultural e política e irá distinguir com o colar de Mérito Cultural nove folcloristas pelos altos serviços prestados à Cultura Tradicional e Popular Portuguesa, sendo eles:

  • António Messias Almeida da Silva
  • Manuel de Jesus
  • Nelson Correia Borges
  • António José Oliveira Morais
  • Eduardo dos Santos Duarte
  • José António Gomes Pereira Travaços de Mendonça Santos
  • António Lopes Pires
  • Carlos António Ribeiro
  • Bertino Coelho Martins

Do programa consta:

15h00 - Receção aos convidados e entidades oficiais

15h15 - Sessão Solene com entrega de condecorações

16h30 - Encerramento, seguido de Porto de Honra

FFP-dianacional2022-post-instagram.jpg

REGIONALISMO EM MOVIMENTO: CASA DO CONCELHO DE TOMAR ORGANIZA 12º PASSEIO DE CARROS ANTIGOS NO PRÓXIMO DIA 8 DE JUNHO

A Casa do Concelho de Tomar está a organizar um Passeio, no dia 8 de Junho de 2019, destinado a automóveis antigos e clássicos, que incluirá uma concentração/ exposição na Corredoura, na cidade de Tomar.

Cartaz Passeio Carros Antigos CCT 2019 (3).jpg

Partiremos de Tomar em direção às Grutas de Mira de Aire, onde faremos uma “viagem às profundezas da serra”.

Com onze quilómetros de extensão total conhecida, as Grutas de Mira de Aire são as maiores grutas de Portugal.

Após a visita às Grutas, que durará cerca de 1 hora, subiremos ao Restaurante, onde iremos almoçar e posterior distribuição de prémios de presença deste evento. Após o almoço de convívio, seguiremos pela estrada Nacional N243, em direção à Fundação Batalha de Aljubarrota, para visitar o Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota – CIBA.

O regresso será feito pela estrada IC9, até Tomar.

PROGRAMA

08H00 –Concentração no Café Paraíso (Corredoura), para Receção e distribuição da documentação aos participantes, seguido de pequeno almoço.

09H30 – Saída em direção às Grutas de Mira de Aire, pela estrada A13 / A23 / N243;

10H30 – Concentração/ reagrupamento junto às Grutas de Mira de Aire;

10H45 – Entrada para a Visita às Grutas de Mira de Aire;

12H15 – Almoço no restaurante Grutas de Mira de Aire;

14H30 – Saída em direção ao Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota;

15H30 – Concentração/ reagrupamento junto ao Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota;

16H00 – Visita ao Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota;

17H00 – Regresso a casa; PASSEIO DE CARROS ANTIGOS

CASA DO CONCELHO DE TOMAR JUNTA TOMARENSES EM LISBOA

No próximo dia 9 de Maio (Quinta-feira), a Casa do Concelho de Tomar, vai realizar o seu Tradicional Jantar de Mensal de Confraternização entre os Associados, Tomarenses e Amigos, nas sua Sede em Lisboa.

CCT-MAIO-2019 (3).png

Com início às 20H00m, para além deste momento de Confraternização entre a família Tomarense e amigos, iremos ter uma verdadeira Noite Tomarense na nossa Sede em Lisboa, que poderá desfrutar.

Assim vamos contar com

- Lançamento do Livro “Alma em Pontas” da escritora Tomarense Graça Costa;

- Mostra de Pintura e Desenho do pintor Tomarense João Costa Rosa;

- Participação do “Quinteto de Metais da Escola de Música da Sociedade Filarmónica Gualdim Pais”

Tome nota na sua agenda e venha Confraternizar connosco.

De forma a facilitar a Logística deste Evento, agradecemos que efetue a sua reserva antecipadamente acedendo à nossa página Institucionalwww.cctomar.pt.

Cordialmente

Casa do Concelho de Tomar

O Presidente da Direção

Carlos Galinha

e-mail: geral@cctomar.pt

MINHO COMEMORA 900 ANOS DO NASCIMENTO DE GUALDIM PAIS, MESTRE DA ORDEM DOS TEMPLÁRIOS EM PORTUGAL

Apresentação do programa comemorativo do 9.º Centenário do Nascimento de Dom Gualdim Pais

O 9.º Centenário do Nascimento de Dom Gualdim Pais, Mestre da Ordem do Templo de Portugal, será assinalado com um vasto programa ao qual se associam cinco municípios.

485.0.original

As Jornadas Gualdinianas realizar-se-ão em Barcelos (22 de setembro), Braga (29 de setembro), Coimbra (6 de outubro), Tomar (13 de outubro) e Vila Verde (20 de outubro).

A apresentação do programa decorrerá amanhã, 4 de setembro, na Sala de Reuniões da Câmara Municipal de Barcelos, às 11h00, com a presença de Armandina Saleiro, Vereadora da Cultura da Câmara de Barcelos, e de Lídia Dias, Vereadora da Cultura da Câmara de Braga.

Dom-Gualdim-Pais-1118---1195-Crusader-Templar--amp--Knight

QUEM FOI O AMARENSE D. GUALDIM PAIS?

Gualdim Pais (1118-1195)

Gualdim Pais nasceu em Amares, região de Braga. Escudeiro de D. Afonso Henriques, combateu ao seu lado contra os mouros, vindo a ser ordenado cavaleiro pelo soberano no campo da batalha de Ourique, em 1139. Depois tornou-se cruzado e freire templário, partindo a seguir para a Palestina onde pelejou durante cinco anos. No seu regresso, em 1157, foi feito procurador do Templo em Portugal, sendo o seu 4.º Mestre desde que a Ordem se estabeleceu em Soure, em 1128.

Segundo uma lápide existente no Convento de Cristo, colocada junto à primitiva entrada na Rotunda Templária pelo Infante D. Henrique, Mestre Gualdim Pais além do castelo e vila de Tomar, fundou ainda, os castelos de Pombal, Zêzere (hoje desaparecido - no atual concelho de Vila Nova da Barquinha), Almourol, Idanha e Monsanto.

Deu foral à vila de Tomar, em 1162, que se tornou então a sede dos Templários no reino. Cercado este castelo em 1190, pelas forças Almóadas, sob o comando do califa Abu Yusuf Ya'qub al Mansur, os Templários conseguiram defendê-lo graças a uma estratégia eficaz, até que, ao fim de seis dias, o cerco foi levantado e os muçulmanos abandonaram a empresa. 

Gualdim Pais faleceu em Tomar, no ano de 1195 e encontra-se sepultado na igreja de Santa Maria dos Olivais, que foi panteão dos mestres do Templo.

Fonte: http://www.conventocristo.gov.pt/

gualdim-pais-statue-city-of-tomar