Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PINTOR JOSÉ DE BRITO NASCEU EM SANTA MARTA DE PORTUZELO

José de Brito foi um pintor português que nasceu em Santa Marta de Portuzelo (Viana do Castelo), a 18/2/1855. Em 1873, vai estudar na Academia Portuense de Belas Artes onde tem por professores Tadeu de Almeida Furtado, João Correia e Soares dos Reis.

Capturarjosedebrito1.PNG

Em 1885, obtém uma bolsa régia, concedida por D. Fernando II, que lhe permite partir para Paris, para estudar na Academia Julien, com Boulanger, Lefébre, Laurens e Benjamin Constant.

Em 1896 regressa a Portugal onde inicia a sua atividade docente na Academia Portuense de Belas Artes.

Entre as suas obras destacam-se, "O Batismo de Cristo" para a Igreja da Trindade, "Retrato de Júlio António de Amorim Lima" para o Hospital de São Marcos (Braga) e a pintura do teto do Teatro Nacional S. João.

Fonte: Arquivo Municipal do Porto

Capturarjosedebrito2.PNG

O pintor no seu atelier

Capturarmatançaporcojb.PNG

A matança do porco. Óleo sobre tela

Capturarmartir do fanatismo.PNG

Mártir do fanatismo. Óleo sobre tela

Capturarbaptismo (1).PNG

Painel da Igreja da Trindade: Baptismo de Cristo. Óleo sobre tela

Capturarmulher.PNG

Retrato de mulher

QUEM É SÉRGIO MOREIRA, O FOTÓGRAFO VIANENSE QUE ATRAVÉS DA SUA OBJECTIVA REGISTA A BELEZA E AS TRADIÇÕES DAS GENTES MINHOTAS?

Sérgio Moreira nasceu em 1970 em França, mas reside em Santa Marta de Portuzelo desde a Infância.

17635437_1464141776944024_7533825058163235573_o.jpg

É Funcionário da Câmara Municipal de Viana do Castelo.

Frequentou cursos de formação profissional na área da fotografia e da imagem em diferentes instituições, de entre as quais o Instituto Português de Fotografia no Porto (IPF), ETAP – Viana do Castelo e Academia Olhares - Porto. É membro da Associação Portuguesa dos Profissionais de Imagem.

Participou em exposições nacionais e internacionais: “Sixth Expo ART IAPAJ” Oizumi Bunkamura (Japão, 2014/ Funchal, Portugal 2014); “Granada International At Fair” (Granada, Espanha 2015); “Word Black ¶ White” (Setúbal 2015/ Aveiro 2015); “X Rocnik Veletrhu Fotografie 25 (Praga, 2017); “United Photo Press | 26 Years of UPP Creative Artists” (Munique 2019).

Sérgio Moreira partilha o seu gosto pela fotografia com Sílvia Moreira, sua esposa. Professora e mestre em Estudos da Criança pela Universidade do Minho, Sílvia especializou-se na pós-produção fotográfica, edição e tratamento digital de imagem. Em simbiose, o casal tem abraçado diversos desafios tais como a realização de diversos

cartazes de festas e romarias de entre os quais: Festas de Perre (2013), Romaria de Santa Marta de Portuzelo (2013, 2015, 2016, 2017 e 2018); Festas de S. Pedro e S. Paulo de Serreleis (2016, 2017, 2018 e 2019); Festas da Sra. do Amparo – Cardielos (2019), FolkLoures 2020, bem como da grandiosa Romaria de Nossa Senhora D’Agonia 2015 de Viana do Castelo.

Apreciadores da cultura popular, têm igualmente difundido com as suas imagens a beleza da mulher e do traje e costumes minhotos através da página “Imagens da minha terra” e “Beleza e tradição”.

Apreciam e registam a beleza do mundo e das suas gentes, mas é no retrato que encontram a profundidade e a eloquência dos olhares que os fascinam.

Fotos: Sérgio Moreira & Sílvia Moreira

amalia 2048.jpg

68832321_2622896127735244_7838287367847804928_o (1).jpg

69186092_2626316287393228_4644860998656720896_o.jpg

39453250_2058791140812415_8211105183569018880_o.jpg

39739904_2056105647747631_586339005285531648_o.jpg

61651474_2482509071773951_6833937389124059136_n (1).jpg

67706519_2610919682266222_353533154864136192_o (2).jpg

67907917_2610983305593193_4656121075761938432_o.jpg

_13A8439 Imac crop 2500.jpg

_13A3402 Imac crop 2500.jpg

68889358_2626314430726747_8844252546332622848_o.jpg

5S0B1045 Imac 2500.jpg

5SOB0181 Imac cut 2500.jpg

_13A7003 Imac 2500.jpg

69369127_2621934774498046_4615718898229051392_o (1) bbb.jpg

_SOB5821 Imac 2500.jpg

_13A9871 Imac 2500.jpg

_S0B0254 Imac.jpg

_13A5425 Imac 2500.jpg

_13A5355 Imac 2048.jpg

SANTA MARTA DE PORTUZELO: JUNTA DE FREGUESIA REÚNE À DISTÂNCIA COM ASSOCIAÇÕES LOCAIS

Associações reuniram à distância

A Junta de Freguesia de Santa Marta de Portuzelo promoveu uma reunião com as associações da freguesia, para falar sobre a vida das mesmas durante este período pandemia.

Já era habitual a realização desta reunião, para preparação das atividades que decorriam na Semana Cultural. Contudo as mesmas foram canceladas.

As associações aproveitaram para referir e partilhar as estratégias que têm desenvolvido neste período.

A reunião realizou-se à distância aproveitando as potencialidades das plataformas digitais.

Associações reuniram à distância.png

SANTA MARTA DE PORTUZELO É TERRA DE FOLCLORE E MARAVILHA DA CULTURA POPULAR DO MINHO

Banhada pelo rio Lima, Santa Marta de Portuzelo dista menos de 5 quilómetros da sede de concelho – Viana do Castelo – e é uma das mais afamadas localidades do Minho pelo seu folclore e as tradições populares em geral.

Peter_Paul_Rubens_145.jpg

Maria Madalena e Santa Marta num quadro de Rúbens

 

A sua origem perde-se nos tempos, havendo contudo notícia da sua existência no ano de 1136, portanto anterior à fundação da nacionalidade, na qual o Padre Avelino Jesus da Costa a designa por “per portum de Portuzelu”.

Deve o seu nome a uma personagem bíblica – Marta – irmã de Maria e de Lázaro, da aldeia de Betânia, da Judeia, e que nos é descrita nos evangelhos pelo apóstolo João. Segundo a Bíblia, Marta foi uma das mulheres que acompanharam Jesus no calvário. O seu nome provém do grego e do aramaico e significa “mestra” ou “senhora”.

107100172_3085676778206974_374707147325364791_n.jpg

Na relação das igrejas, elaborada em 1258 por ocasião das Inquirições de D. Afonso III, Santa Marta de Portuzelo aparece entre as pertencentes ao bispado de Tui, sob a designação de "Sancta Marta".

O Censual de D. Frei Baltasar Limpo (1551-1580) identifica-a, denominando-a Santa Marta de Riba de Lima, situada no termo de Viana. Dois terços da igreja eram da apresentação do mosteiro de São Romão de Neiva.

Américo Costa refere que, em 1706, Santa Marta de Portuzelo era uma reitoria da apresentação da Mitra e comenda da Ordem de Cristo, tendo pertencido depois ao padroado real.

107099753_1395317090856438_3483273154983271162_n.jpg

Pedro Homem De Mello e Alain Oulman compuseram para Amália Rodrigues o poema e música “A Minha Terra é Viana” do qual extraímos os seguintes versos:

Virei costas à Galiza

Voltei-me antes para o mar

Santa Marta saias negras

Tem vidrilhos de luar

 

Virei costas à Galiza

Voltei-me então para o sol

Santa Marta saias verdes

Deram-lhe o nome de azul

 

Virei costas à Galiza

Pus-me a remar contra o vento

Santa Marta saias rubras

Da cor do meu pensamento

Fontes: Junta de Freguesia de Santa Marta de Portuzelo / Wikipédia

Fotos: Wikipédia / Sérgio Moreira & Sílvia Moreira

1888844_821541827870692_811195095649346775_o.jpg

Igreja de Santa Marta de Portuzelo

106994187_1696484603843092_6016218355129582413_n.jpg

107005632_330119851316220_46935093638214061_n.jpg

106630315_720279365423555_7065281352711414482_n.jpg

106960560_1579572095547328_4028900812851060154_n.jpg

106990090_3693541010673135_544267500405816927_n.jpg

Momentos de festa

106988147_273027303926670_466696933739338553_n.jpg

103248140_258976585542424_2494560394652362053_n.jpg

106915332_321623545510521_4916453426191196386_n.jpg

106985447_575762046373547_6631791697901427197_n.jpg

106995701_590391775196365_2543359975259424593_n.jpg

106793230_636626260544798_4733543388432459647_n.jpg

106986297_972507516543016_5966488047110064537_n.jpg

Embarcadouro do Pinheiro e Cais de pesca

GRUPO FOLCLÓRICO DE SANTA MARTA DE PORTUZELO REPRESENTOU O MINHO NAS COMEMORAÇÕES DO DIA DE PORTUGAL EM 1998

portuzeloPalcoBojador (7) (1).jpg

O Grupo Folclórico de Santa Marta de Portuzelo participou nas comemorações do Dia de Portugal que se realizaram em Lisboa, em 10 de Junho de 1998, no espaço então da Expo’98 e que é hoje o Parque das Nações. A sua actuação teve lugar no Palco do Bojador.

Foto: António Marques / AML

portuzeloPalcoBojador (1).jpg

portuzeloPalcoBojador (2).jpg

portuzeloPalcoBojador (4) (1).jpg

portuzeloPalcoBojador (5).jpg

portuzeloPalcoBojador (6).jpg

GRUPO FOLCLÓRICO DE SANTA MARTA DE PORTUZELO A DANÇAR HÁ 80 ANOS

O Grupo Folclórico de Santa Marta de Portuzelo assinala este ano o seu 80º aniversário, sendo um dos mais prestigiados ranchos folclóricos do Minho e de todo o país. O BLOGUE DO MINHO endereça-lhe os parabéns e, com a devida vénia, transcreve o seu historial oficial.

74359698_1230847523930963_3740076382008204754_n.jpg

“O Grupo Folclórico de Santa Marta de Portuzelo foi fundado em 28 de Maio de 1940 na freguesia de Portuzelo, no concelho de Viana do Castelo.

Fez a sua primeira actuação em público na cidade de Guimarães, durante o terceiro centenário da Restauração da Independência. Desde então, tem sido solicitado para participar em diversos festivais e romarias, quer em Portugal, quer no estrangeiro.

Este foi o primeiro Grupo Folclórico a estar presente no estrangeiro, a maior parte das vezes em representação oficial. Fez diversas digressões a Espanha, França, Alemanha, Inglaterra, Holanda, Bélgica, Itália, Senegal, Finlândia, Brasil, Suécia, Dinamarca, Canadá, Estados Unidos da América , Coreia do Sul e na Folkloriada 2016 no México

É considerado Instituição de Utilidade Pública e está filiado no INATEL (CCD nº 3275). Foi membro fundador da Federação do Folclore Português e da Associação dos Grupos Folclóricos do Alto Minho. É membro associado do CIOFF.

O Grupo é normalmente constituído por 50 elementos: 30 mulheres e 20 homens. Os membros do grupo demonstram grande preocupação em recolher, preservar, e divulgar os usos e costumes dos seus antepassados.”