Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ESPOSENDE DEBATE "LITERACIA EM SAÚDE"

No âmbito do Programa Municipal de Promoção da Saúde e ao abrigo do protocolo recentemente celebrado com o ISAVE - Instituto Superior de Saúde, o Município de Esposende realizou, hoje, o Seminário "Literacia em Saúde".

_DSC5723

A iniciativa decorreu no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, em Esposende, reunindo um alargado leque de reputados oradores, que, através de diferentes abordagens, possibilitaram a reflexão acerca desta matéria.

Na sessão de abertura, a Vice-presidente da Câmara Municipal e responsável pelo Pelouro da Saúde Pública, Alexandra Roeger, referiu que este evento se enquadra nas atividades do Mês da Saúde, que o Município está a desenvolver ao longo deste mês, para assinalar o Dia Mundial da Saúde, justamente sob a temática “Literacia em Saúde”. Alexandra Roeger notou que esta é uma matéria ainda em evolução, não obstante o muito trabalho que vem sendo desenvolvido neste plano. Defendeu, por isso, a pertinência e a importância de apostar numa maior informação e formação dos vários públicos, nomeadamente através de ações concertadas e de parcerias entre os vários agentes associados à área da saúde, considerando que “com o contributo de todos chegaremos a bom porto neste domínio da capacitação dos cidadãos que permitam a adequada tomada de decisões em saúde e, assim, a sua qualidade de vida e bem-estar”.

_DSC5749

A Vice-presidente deu nota do vasto e profícuo trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Município no âmbito do Programa Municipal de Promoção da Saúde e que abrange as várias franjas da população, com particular incidência na infância, juventude e terceira idade.

Apontou, a título de exemplo, os projetos na área da qualidade e segurança alimentar, não apenas na preparação de ementas nutricionalmente ajustadas e em observância relativamente às mais modernas orientações, mas também na formação das colaboradoras das cozinhas e cantinas escolares. Referiu também os bons resultados do projeto Hortifuti, que está a ser desenvolvido junto da comunidade escolar e que pretende incentivar o consumo de legumes, bem como o impacto das iniciativas do evento “Março com Sabores do Mar”, evento que contou também com a colaboração do ISAVE, e que envolveram não só a comunidade escolar, bem como a população em geral, numa ótica de promoção de uma alimentação saudável, incentivando ao consumo de peixe.

Ainda no plano da promoção da saúde, Alexandra Roeger revelou que estão em perspetivas novos projetos, nomeadamente direcionados para franjas específicas da sociedade, e adiantou que, brevemente, será apresentado à comunidade o conjunto de eixos estratégicos, medidas e ações que constituem o Programa Municipal de Promoção da Saúde, como forma de potenciar o envolvimento direto e a participação de toda a comunidade.

Referindo-se ao Seminário “Literacia em Saúde”, a Vice-presidente do Município realçou a mais-valia das parcerias e as vantagens do trabalho em rede e manifestou a disponibilidade do Município para abraçar novos projetos.

Na sessão de abertura, interveio a Presidente do ISAVE, Mafalda Duarte, que saudou o Município pela iniciativa e pela pertinência do debate, realçando, ainda, o painel de excelência de oradores. Na mesma linha, o Presidente do Conselho de Direção do ISAVE, João Luís Nogueira, vincou que a literacia em saúde é da maior relevância, na medida em que contribuir para ajudar a população a viver com saúde.

A Diretora Executiva do ACES Cávado III – Barcelos/Esposende, Sofia Leal, afirmou que a literacia em saúde é uma preocupação nacional e um desafio que deverá envolver privilegiar o trabalho em rede, envolvendo diversas entidades e apontou já os exemplos do trabalho que o ACES se encontra a executar nestes domínios.

Este Seminário visou contribuir para que os cidadãos tenham acesso, compreendam e usem a informação de forma a que promovam e mantenham a sua saúde e bem-estar, tendo também a capacidade para tomar decisões em saúde fundamentadas, no decurso da vida do dia a dia – em casa, na comunidade, no local de trabalho, no mercado, na utilização do sistema de saúde.

Assim, no primeiro painel da manhã, dedicado à promoção da literacia em saúde, Ana Rito Pedro, da Escola Nacional de Saúde Pública, da Universidade Nova de Lisboa, abordou o tema “Literacia em saúde, dos dados à ação” e Débora Miranda, da mesma Instituição, falou sobre a “Estratégia de literacia em saúde adotada no âmbito do programa SNS+Proximidade”. Neste painel foi ainda abordado o tema referente à “Biblioteca de Literacia em Saúde”, com a presença de Sofia Leal, Diretora Executiva do ACES Cávado III – Barcelos/Esposende.

Num segundo painel foram apresentadas boas práticas em literacia em saúde, nomeadamente o trabalho realizado pelo “Laboratório de Criação para a Literacia em Saúde” e o “Programa de Literacia: Grau de literacia em Saúde numa amostra de Pessoas Idosas”, por Carla Serrão da Escola Superior de Educação Porto – Instituto Politécnico do Porto.

Já no período da tarde foi abordado o tema “Desafios e Constrangimentos em Literacia em Saúde”, com a presença de Rita Espanha, do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, que apresentou o “Inquérito à literacia em Saúde em Portugal: o papel das fontes de informação”, de Luís Saboga Nunes, da Escola Nacional de Saúde Pública, da Universidade Nova de Lisboa, que abordou a temática “Promoção da literacia em contextos de saúde” e de Luisa Lima, do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, que se debruçou sobre “Caminhos a definir no âmbito da literacia em saúde”.

_DSC5760

“UM DIA PELA VIDA” EM MONÇÃO

Previstas várias atividades até ao final de abril. Uma delas é um torneio de futsal em que o campeão disputa uma finalíssima com o Clero de Viana do Castelo, equipa constituída por vários párocos em exercício na Diocese de Viana do Castelo.

Vida Eurocidade

Promovido pela Liga Portuguesa Contra o Cancro em várias localidades do país, o projeto solidário “Um Dia pela Vida”, a realizar até 9 de junho no território nacional, foi apresentado publicamente em Monção, no passado dia 16 de março, na Escola Profissional de Monção.

Constituída a comissão local, passou-se à fase de criação de equipas para a realização/calendarização de atividades de sensibilização e angariação de fundos. Um processo que avança agora com a concretização de iniciativas no terreno, cuja participação está aberta a toda a população monçanense.

Até ao final deste mês, estão previstas quatro atividades. Este fim-de-semana, a equipa “Rose Fenix” promove um jogo solidário feminino. Realiza-se este sábado, 21 de abril, pelas 14h00, no Pavilhão Desportivo de Monção. A entrada tem o custo de 1 €. No dia seguinte, a mesma equipa, organiza uma venda de merchandising, durante todo o dia, na Praça Deu-la-Deu.

No dia 25 de abril, feriado nacional, a equipa “Eurocidade” promove um torneio de futsal com seis equipas: Agrupamento de Escolas de Monção, Bombeiros Voluntários de Monção, Guarda Nacional Republicana (posto de Monção), Associação de Estudantes, Grupo Musical “Roconorte” e equipa de advogados de Monção.

O torneio, com entrada a 2 €, decorre no Pavilhão Desportivo de Monção, tendo a particularidade da última partida ser disputada entre o campeão da competição e o Clero de Viana do Castelo, equipa constituída por vários párocos em exercício na Diocese de Viana do Castelo.

No dia 29, domingo, a Praça Deu-la-Deu vai encher-se de alegria e movimento. No Dia Internacional da Dança, a equipa “Coração Convida” organiza uma “Zumba práVida”. Tem início às 17h00, prometendo um final de tarde marcado pela prática desportiva e a consciencialização cívica.

Com a sessão de encerramento marcada para o dia 9 de junho, sábado, o projeto “Um Dia pela Vida” em Monção têm várias iniciativas marcadas e outras em construção para o mês de maio e princípio de junho. Além das equipas mencionadas, entram em campo outras formações com iniciativas distintas.

Vamos homenagear os que venceram, recordar os que partiram, apoiar os que lutam contra o cancro

VICTOR DE CASTRO APRESENTA EM PONTE DA BARCA O SEU LIVRO "CANCRO - O MELHOR DA MINHA VIDA" COM CASA CHEIA

Casa cheia na Apresentação de livro “Cancro – O Melhor da minha vida” do escritor barquense Victor de Castro

Foi com o auditório da Casa da Cultura cheio que se procedeu ontem, Dia Mundial da Voz, à apresentação do Livro “Cancro – O Melhor da minha vida”, do barquense Victor de Castro, obra que retrata precisamente a importância da voz e a luta vivida pelo autor depois de lhe ser diagnosticado cancro e de ter sido submetido a uma Laringectomia que quase lhe roubou a voz.

5

Na presença de inúmeros amigos e familiares, e por entre alguns momentos culturais de música e dança, Victor de Castro não disfarçava a emoção enquanto ouvia a leitura de excertos do livro por algumas alunas do Agrupamento de Escolas, bem como pela apresentação da sua obra feita pela professora e sua amiga de longa data, Rosa Maria Arezes, que integrava um painel de convidados do qual faziam ainda parte os médicos, Mário Viana e Lima Rodrigues, e a terapeuta da fala do IPO Porto, Rita Viana, que segundo o autor “foram determinantes, quer ao nível pessoal quer profissional, no processo da doença oncológica”, e o Presidente da Câmara, Augusto Marinho.

Numa sessão emotiva onde foi relatada esta história que nos ensina como se fazem das provações um incentivo à vida, Victor de Castro, um sobrevivente de cancro que após ter descoberto a doença decidiu não lhe dar tréguas e lutar para vencer com aquilo que considera ser o mais importante - a família, especialmente o seu filho e a sua esposa, a quem teceu as mais sentidas palavras “por todo o apoio e luta” que com ele travou, sem nunca esquecer “os amigos, os médicos e profissionais de saúde que me acompanharam”.

“Cancro – O Melhor da minha vida” é um livro inspirador, escrito na primeira pessoa, com uma mensagem de alerta mas, essencialmente, de esperança a outros doentes oncológicos e dirigido, também, aos sobreviventes, aos cuidadores, médicos e a todos os profissionais de saúde. É um livro com uma mensagem que não deixa ninguém indiferente.

2

3

4

ASSOCIAÇÃO NACIONAL AVC COMEMORA 25 ANOS DE EXISTÊNCIA COM A CELEBRAÇÃO DE UM PROTOCOLO COM O MUNICÍPIO BARCELENSE

Presidente da Câmara presente no 25.º aniversário da Associação AVC. Cerimónia ficou marcada pela assinatura de protocolo entre o Município e a instituição

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, participou, sábado, 14 de abril, no 25,º aniversário da Associação Nacional AVC. O jantar de comemoração, que contou com cerca de 500 pessoas, ficou marcado pela assinatura de um protocolo de colaboração entre a Associação Nacional AVC e o Município de Barcelos.

Assinatura Protocolo

O protocolo prevê a atribuição à Associação de um subsídio mensal de 2.000 euros “destinado a apoiar a execução dos encargos do seu plano de atividades e orçamento”, designadamente “fazer face aos encargos com o arrendamento das instalações, reforço de recursos humanos, aumento das despesas com ajudas técnicas”.

O Município atribuirá, ainda, “uma comparticipação financeira, no valor de 23.900 euros” para, entre outros, “a reestruturação, modernização e inovação institucional no âmbito das infraestuturas de T.I. e Gestão Organizacional: hardware, software, tecnologia de gestão de dados, tecnologia de rede e serviços de tecnologia”, bem como uma verba de 350 euros correspondente à atividade “Agendas Inclusivas”, desenvolvida no âmbito do Grupo Operativo da Deficiência da Rede Social de Barcelos.

O Presidente da Câmara Municipal referiu que a assinatura deste protocolo “é mais um ato simbólico que reconhece o papel e a importância que a Associação Nacional AVC desenvolve”.

“Temos um carinho e respeito enormes para com aqueles que olham para a comunidade de uma forma partilhada, abdicando do seu tempo em benefício dos que necessitam. Por isso, a Associação AVC contará com toda a colaboração, empenho e respeito do Município, porque reconhecemos esse esforço e, acima de tudo, essa necessidade para a população”, acrescentou Miguel Costa Gomes.

A Presidente da Direção da Associação AVC, Ana Maria Silva, agradeceu o apoio do executivo municipal que, “desde início, acarinhou os projetos da instituição”. “Sem a ajuda do Município, cumprir a nossa missão seria francamente mais difícil”, concluiu.

Além dos 25 anos da instituição, o jantar assinalou também o Dia Nacional do Doente com AVC e teve como objetivo a angariação de fundos para a aquisição de uma viatura.

ESTUDANTES DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO PORTO CUIDAM DA SAÚDE DOS CERVEIRENSES

Três dias de rastreios gratuitos a diabetes, hipertensão arterial e obesidade

O centro histórico de Vila Nova de Cerveira volta a acolher a iniciativa Medicina na Periferia”. Entre esta sexta-feira e domingo, estudantes de Medicina da Universidade do Porto promovem rastreios gratuitos a um conjunto de fatores de risco cardiovascular, destinados à população em geral.

IMG_1891

Todos os anos, as doenças cardiovasculares são responsáveis por milhares de mortes em Portugal. Apesar da sua fatalidade, existem vários fatores de risco para estas patologias que são preveníveis e modificáveis, estando nas mãos da população o poder de conseguir melhorar a sua saúde.

Perante esta realidade, a Associação de Estudantes do Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar da Universidade do Porto (AEICBAS-UP) está a promover a XIV edição da iniciativa “Medicina na Periferia”. Durante três dias, com o apoio do Município de Vila Nova de Cerveira, alguns estudantes de Medicina desta faculdade vão proceder ao rastreio de fatores de risco cardiovascular, tal como a Diabetes, Hipertensão Arterial e Obesidade, através da medição de Índice de Massa Corporal e Perímetro Abdominal, com o objetivo de educar a população para que possam fazer escolhas de estilo de vida mais saudável.

Não obstante, esta ação é, igualmente, muito enriquecedora para os jovens voluntários, podendo aplicar conhecimentos, interagir com colegas, contactar com vários públicos e promover uma educação para a saúde.

O rastreio em Vila Nova de Cerveira está agendado para esta sexta-feira a domingo, com o seguinte horário de funcionamento: sexta-feira das 14h00 às 17h30, no sábado das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, e no domingo das 10h00 às 13h00.

CERVEIRENSES CAMINHAM CONTRA O CANCRO

Cerveira caminha pela Liga Portuguesa Contra o Cancro

É já no próximo domingo, dia 22, que Vila Nova de Cerveira volta a vestir a t-shirt da Liga Portuguesa contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte (LPPC-NRN), protagonizando uma caminhada solidária pela Ecopista do Rio Minho. Inscrição é de 3 euros, e ponto de encontro marcado para as 9h00 no Parque de Lazer do Castelinho.

IMG_3222

Quando é lançado um apelo à causa solidária, Vila Nova de Cerveira responde como habitual: com muita adesão. E assim se perspetiva para o próximo domingo, em mais uma edição da Caminhada Solidária a favor do doente oncológico.

O Município de Vila Nova de Cerveira, em parceria com o Citius Fit e a LPCC-NRN, propõe um percurso pela Ecopista do rio Minho, entre o Castelinho e Gondarém, e vice-versa.

Com partida às 9h00, do Parque de Lazer do Castelinho, os interessados devem efetuar inscrição no próprio local, com um custo simbólico de 3 euros, e cuja receita reverte na totalidade para aquela instituição.

Seja solidário, participe!

VICTOR DE CASTRO APRESENTA EM PONTE DA BARCA O LIVRO "CANCRO O MELHOR DA MINHA VIDA"

Apresentação do Livro "Cancro o melhor da minha vida" de Victor de Castro

A Câmara Municipal de Ponte da Barca promove a apresentação do livro "Cancro o melhor da minha vida" do barquense Victor de Castro, a ter lugar no hoje, dia 16 de abril, às 21h30, na Casa da Cultura, dia em que se assinala, também, o Dia Mundial da Voz.

Print

ESPOSENDE ADIA FEIRA DA SAÚDE

Feira da Saúde adiada para 28 e 29 de abril

Devido à previsão de chuva, será adiada para os dias 28 e 29 de abril a Feira da Saúde, que estava previsto realizar-se este fim-de-semana em Esposende, no parque em frente às Piscinas Foz do Cávado.

O evento é organizado pelo Município de Esposende no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Saúde e enquadra-se no Plano Municipal de Saúde Pública, constituindo uma oportunidade para as empresas e demais instituições do concelho ligadas à área da saúde e bem-estar darem a conhecer os seus serviços e promoverem algumas atividades, como rastreios ou outras, que incentivem a população a cuidar da sua saúde e a adotar hábitos de vida saudáveis.

A realização deste tipo de atividades surge com o intuito de fomentar hábitos de vida saudáveis, assumindo-se também como um mecanismo de informação, na medida em que os visitantes podem obter informações sobre assuntos relacionados com a saúde e, sobretudo, da melhor forma de a garantir, tendo, na oportunidade, a possibilidade de desfrutar de diversos rastreios a vários tipos de doenças, para além de terem, ainda, acesso à informação e conhecimento dos serviços prestados no concelho.

BRAGA INAUGURA ESPAÇO DO CIDADÃO DE FIGUEIREDO

Inauguração do Espaço do Cidadão de Figueiredo

Segunda-feira, 16 de Abril, às 17h00, na sede da Junta de Freguesia de Figueiredo

O Município de Braga promove a inauguração do Espaço do Cidadão de Figueiredo, que terá lugar na Segunda-feira, dia 16 de Abril, às 17h00, na sede da Junta de Figueiredo, em Braga.

FeiradoLivro

A iniciativa contará com a presença do presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio.

O Espaço do Cidadão disponibilizará à população variadíssimos serviços da administração central entre os quais se encontram a renovação da carta de condução, a marcação de consultas médicas, o pedido de certidões ou o tratamento de assuntos relacionados com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), com a ADSE, com a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) ou com a Caixa Geral de Aposentações (CGA).

Para além dos serviços da administração central, este espaço está igualmente preparado para receber solicitações relativas às competências da Câmara Municipal de Braga, evitando deslocações ao Balcão Único.

PONTE DA BARCA ASSINALA DIA MUNDIAL DA VOZ

No âmbito do Dia Mundial da Voz, Ponte da Barca promove apresentação de Livro “Cancro – O Melhor da minha vida” de Victor de Castro

Vai ter lugar, no próximo dia 16 de abril, às 21h30, na Casa da Cultura de Ponte da Barca, a apresentação do Livro “Cancro – O Melhor da minha vida” do barquense Victor de Castro, dia em que se comemora o Dia Mundial da Voz.

O Livro editado retrata precisamente a importância da voz e a luta vivida pelo autor depois de lhe ser diagnosticado cancro e de ter sido submetido a uma Laringectomia que quase lhe roubou a voz.

Esta história ensina como se fazem das provações um incentivo à vida.

Print

VIZELA PÕE BALNEÁRIO TERMAL A FUNCIONAR EM PLENO

Câmara Municipal dá um importante passo para a concretização do pleno funcionamento do balneário termal de Vizela

A Câmara Municipal de Vizela e o Grupo Tesal assinaram esta tarde os acordos de alteração contratual e de projeto aprovados na reunião de câmara da passada terça-feira, 3 de abril.

ass. CMV e TESAL

Com este acordo estão definitivamente criadas as condições para que o balneário termal esteja em pleno funcionamento até ao final do próximo mês de julho.

Para além do acordo de regularização dos montantes em dívida relativos à concessão do hotel e do balneário termal, relativamente aos quais ficou acordado o pagamento de juros de mora por parte do Grupo Tesal, foi também acordada a alteração ao projeto do edifício do balneário termal que vai permitir que a autarquia possa dispor do antigo “Cine-Parque”.

Estas são boas notícias para o nosso Concelho que vê cada vez mais próxima a revitalização turística que a abertura em pleno do balneário termal irá proporcionar.

ESPOSENDE PROMOVE A SAÚDE

Município de Esposende sensibiliza para a promoção da saúde

À semelhança de anos anteriores, o Município de Esposende, no âmbito do Plano Municipal de Saúde Pública, vai assinalar o Dia Mundial da Saúde, que se comemora a 7 de abril, através da realização de um conjunto de iniciativas, entre as quais a já habitual Feira da Saúde.

DSC_0498

O Município aproveita, assim, a efeméride para alertar a comunidade para temas-chave na área da saúde e para desenvolver atividades com vista à promoção do seu bem-estar e de hábitos de vida saudáveis, sendo que, este ano, as comemorações têm como tema "Literacia em Saúde".

Durante o mês de abril, a Unidade de Cuidados na Comunidade Convidasaude vai promover nas escolas do concelho sessões de literacia em saúde, recorrendo à biblioteca de Literacia em Saúde do Sistema Nacional de Saúde, nomeadamente o manual "Comer, beber e viver".

A Feira da Saúde, que contará com a participação de empresas e instituições ligadas à área da saúde, decorrerá nos dias 14 e 15 de abril, na zona ribeirinha de Esposende.

O programa inclui, ainda, no dia 18 de abril, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, o Seminário "Literacia em Saúde". Organizado e em colaboração com o ISAVE - Instituto Superior de Saúde este evento vai reunir um alargado leque de reputados oradores, que, através de diferentes abordagens, possibilitarão a reflexão acerca do tema "Literacia em saúde" no ciclo de vida. A participação neste evento é gratuita, mas sujeita a inscrição, que deverá ser efetuada online em www.municipio.esposende.pt/pages/1245.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define literacia em saúde como o conjunto de “competências cognitivas e sociais e a capacidade dos indivíduos para ganharem acesso a compreenderem e a usarem informação de formas que promovam e mantenham boa saúde (WHO, 1998): é a capacidade para tomar decisões em saúde fundamentadas, no decurso da vida do dia-a-dia – em casa, na comunidade, no local de trabalho, no mercado, na utilização do sistema de saúde e no contexto político; possibilita o aumento do controlo das pessoas sobre a sua saúde, a sua capacidade para procurar informação e para assumir responsabilidades.

DSC_0381

DSC_0403

FAMALICÃO COMEMORA DIA MUNDIAL DA SAÚDE

Dia Mundial da Saúde com rastreios e workshops gratuitos

O município de Vila Nova de Famalicão vai assinalar na próxima sexta-feira, dia 6 de abril, o Dia Mundial da Saúde, com a realização de workshops e rastreios, ao longo de todo o dia, na Praça D. Maria II.

A iniciativa, promovida pela autarquia através do pelouro da Saúde Pública, é de participação gratuita e vai decorrer entre as 09h00 e as 17h00.

Refira-se que o Dia Mundial da Saúde é assinalado anualmente no dia 7 de abril. Esta data é celebrada desde 1950 e coincide com o aniversário da fundação da OMS, em 1948.

ESPOSENDE QUER GARANTIR MEDICAMENTOS A CARENCIADOS

Município de Esposende e Associação Dignitude estabelecem protocolo para garantir medicamentos a carenciados

O Município de Esposende procedeu, hoje, à assinatura do protocolo de colaboração com a Associação Dignitude, que visa garantir a disponibilização de medicamentos a pessoas do concelho em situação de carência económica.

_DSC4964-001

A Associação Dignitude, Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, é responsável pelo desenvolvimento, operacionalização e gestão do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, que tem por objetivo garantir o acesso a medicamentos comparticipados prescritos por receita médica, por parte de qualquer cidadão que se encontre numa situação de carência económica. Podem, assim, beneficiar deste apoio os indivíduos beneficiários de prestações sociais de solidariedade, como também todos os que se deparem com uma situação inesperada de carência económica decorrente de desemprego involuntário ou de doença incapacitante, entre outras situações.

Através desta parceria, o Município compromete-se a assegurar uma comparticipação financeira anual de 5 mil euros, correspondente a 100 euros por pessoa, sendo que, caso este valor não cubra o valor total da medicação, a Associação Dignitude assegura o restante montante, através do fundo do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento.

Em representação da Câmara Municipal, a Vice-Presidente, Alexandra Roeger, referiu que este protocolo constitui mais um passo no âmbito das políticas sociais do Município, refletindo um trabalho em rede em prol do bem-estar e da qualidade de vida dos cidadãos, e que envolve não só um conjunto diverso de entidades como a própria sociedade civil.

Alexandra Roeger sublinhou que, por via deste protocolo, estarão salvaguardadas as situações de carência ao nível da aquisição de medicamentos, realçando o trabalho sério, rigoroso e sustentado que tem vindo a ser desenvolvido no âmbito do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento. Esta parceria vem complementar o apoio que é assegurado às pessoas idosas do concelho, através de um protocolo estabelecido, em 2014, entre o Conselho Local de Ação Social de Esposende e o Lions Clube de Esposende, no âmbito da intervenção da Loja Social.

A Vice-Presidente da Câmara Municipal, que detém os pelouros da Coesão Social e Saúde Pública, aproveitou para, em traços gerais, aludir à intervenção desenvolvida nestas áreas, através de múltiplas ações e projetos, orientados para as diferentes franjas da população. Destacou a importância da inovação na intervenção, apontando, a propósito, o projeto “Som da memória – paisagens sonoras”, que visa proporcionar a cognitiva e sensorial através da música a pessoas com problemas de memória ou demência. Notou, por outro lado, que no âmbito da colaboração com as Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho, o Município irá promover, através de parcerias, a sua capacitação em matéria de segurança, condições trabalho, ambiente e ao nível da gestão da economia social. Tudo em nome da melhoria da qualidade de vida da população, assinalou.

Conclui, vincando que o Município está empenhado em garantir um concelho cada vez inclusivo, e agradeceu a colaboração dos vários parceiros que irão possibilitar a materialização, no território de Esposende, do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento.

Francisco Faria, o Presidente da Delegação Norte da Associação Nacional de Farmácias, uma das entidades fundadoras da Associação Dignitude, expressou o reconhecimento à Câmara Municipal pela parceria, possibilitando alargar esta rede de apoio na aquisição de medicamentos também ao concelho de Esposende. Este responsável deu nota de que, desde a sua fundação, em novembro de 2015, a Associação Dignitude já disponibilizou mais de 75 mil embalagens de medicamentos, beneficiando mais de 1600 famílias, e que conta atualmente com a adesão de aproximadamente 400 farmácias e cerca de 60 entidades parceiras.

Lembrando que um em cada cinco portugueses não tem acesso aos medicamentos que necessita e que destes 1/4 são crianças, Francisco Faria salientou a mais valia do Programa abem, ajudando quem efetivamente precisa de apoio na aquisição da medicação. Expressou orgulho por fazer parte deste projeto, cujos princípios básicos assentam na transparência e na confidencialidade, sublinhou, reconhecendo que o Programa abem “tem impacto e altera a vida das pessoas de forma positiva”.

A integração neste programa obedece a um conjunto de critérios, entre os quais a avaliação socioeconómica dos candidatos. A apresentação de candidaturas poderá ser efetuada já a partir do próximo dia 16 de abril, no Serviço de Ação Social do Município, sito na Rua dos Bombeiros, n.º 51, em Esposende, ou através do e-mail accaosocial@cm-esposende.pt

_DSC4998-001

PRIMEIRAS JORNADAS DOBRE EXERCÍCIO CLÍNICO REALIZAM-SE EM VIANA DO CASTELO

image003

INSCRIÇÕES (vagas limitadas)

Até 19 Abril

25€ almoço incluído

15€ almoço incluído - Estudantes

20 Abril a 19 Maio

30€ almoço incluído

20€ almoço incluído - Estudantes

INSCRIÇÕES

Na recepção do Axis Wellness Viana do Castelo/Ponte de Lima ou via email para geral@axiswellness.pt anexando o comprovativo de pagamento por Transferência Bancária IBAN - PT50 0018 0003 17416330020 42

INFORMAÇÕES

258 847 555/258 938 554 ou email geral@axiswellness.pt

AGENDA

08:15 - Credenciação

09:15 - Abertura das Jornadas (Drª Célia Ventura e Drª Ana Nascimento)

09:30 - Exercício Clínico Utopia ou Necessidade (Professor Doutor José Soares)

10:15 - Controlo Neuromuscular e Patologia do Membro Inferior (Drª Marta Massada)

11:00 - Coffee Break

11:30 - Benefícios do Exercício Físico a Nível Cardíaco (Professor Doutor Lopes Gomes)

13:00 - Almoço Buffet Axis Viana

15:00 - Efeitos Nefastos de Sedentarismo na Regeneração Muscular Pós-Traumática: o Exercício como Regulador da Resposta Imune (Professor Doutor Eduardo Teixeira)

12:15 - Controlo do Peso: Será mesmo 80% dieta e 20% Exercício? (Professor Doutor C​ésar Chaves de Oliveira)

15:45 - Exercício Físico nas Doenças Degenerativas: Translação do Conhecimento Científico para a Prática Profissional (Professora Doutora Susana Carrapatoso e Mestre Flávia Machado )

16:30 - Lesionei-me: tenho que parar de treinar? (Drº Rui Escaleira)

17:15 - Benefícios do Exercício na Diabetes (Drª Ana Nascimento)

18:00 - Encerramento

PRELECTORES

Professor Doutor José Soares

Professor Catedrático de Fisiologia da UP. Mais de 70 artigos "pear-review" em revistas internacionais, mais de 200 conferências internacionais como "Invited speaker" e 6 livros publicados.

Drª. Marta Massada

Médica com especialidade em Ortopedia no Hospital Santa Maria do Porto.

Licenciada em 2004 em Medicina pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto. Pós-Graduada em Medicina Desportiva. Pós-Graduada em Artroscopia do Punho pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. Curso “Advances in Knee and Shoulder Arthroscopy Surgical Skills” no Orthopaedic Learning Centre (Chicago, EUA). Doutoranda em Ciências do Desporto na Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. Estágios Clínicos: Hospital for Special Surgery (Nova Iorque, EUA); Hôpital de la Croix Rousse (Lyon, França); Academic Medical Centre (Amesterdão, Holanda).

Professor Doutor Lopes Gomes

Licenciado em Medicina e Cirurgia pela Universidade de Lisboa, Doutorado em Medicina pela Universidade do Porto, especialista em Cardiologia pelas carreiras médicas e Ordem dos Médicos com a cédula profissional nº 12586. É Membro da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, Sociedade Europeia de Cardiologia, Associação Portuguesa de Arritmologia, Pacing e Electrofisiologia de que é Presidente Honorário e actualmente Presidente da Direcção da Delegação Norte Fundação Portuguesa de Cardiologia. Foi Professor Catedrático Convidado da Licenciatura e Mestrado Integrado de Medicina ICBAS/HGSA. Trabalhou durante 39 anos no Hospital de Santo António, no Porto, no Serviço de Cardiologia, de que foi Director, onde terminou a carreira  quando exercia funções de Director do Departamento de Medicina.

Professor Doutor César Chaves de Oliveira

Doutorado em Actividade Física e Saúde (FADEUP), Docente na Escola Superior de Desporto e Lazer (IPVC), Coordenador do Mestrado em Actividades de Fitness (IPVC), Formador Manz Produções, nas áreas da Fisiologia, Nutrição e Populações Especiais. Autor de artigos, livros e capítulos de livros relacionados com o exercício nas populações especiais.

Professor Doutor Eduardo Teixeira

Mestre e Doutorado em Actividade Física e Saúde pela Faculdade da Universidade do Porto (FADEUP). Professor de Anatomia e Fisiologia no Instituto Universitário da Maia. Investigador em Ciências do Desporto, no Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano (CIDESD). Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD).

Professora Doutora Susana Carrapatoso

Doutora em Exercício Físico e Saúde pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, Professora de Educação Física e investigadora na área do exercício físico nas diferentes idades. É mestre em Atividade Física para a Terceira Idade. Conta com 10 anos de experiência na área do exercício físico para seniores, tendo trabalhado em centros sociais, projetos comunitários e projetos internacionais na área do exercício para a terceira idade.

Mestre Flávia Machado

Mestre em Atividade Física para a Terceira Idade pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP) e licenciada em Gerontologia pela Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro. Atualmente, encontra-se na FADEUP a frequentar o doutoramento em Atividade Física e Saúde com o principal interesse em estudar o efeito biopsicossocial do exercício físico enquanto terapia não farmacológica para a demência.

Drº Rui Escaleira

Licenciado em Medicina pela Universidade do Porto. Especialista em Cirurgia Geral. Assistente Hospitalar no Serviço de Cirurgia Geral da ULSAM, Médico pós-graduado em Medicina Desportiva, Director Clínico do Departamento Médico para o Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Natação, Médico da Equipa de Saúde do Comité Olímpico Português, Director Clínico da Escola Desportiva de Viana.

Drª Ana Nascimento

Licenciada em Medicina pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto.

Mestranda em Fisiopatologia Cardiovascular na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Assistente Hospitalar de Medicina Interna, onde é responsável pela consulta de Medicina Interna - Insuficiência Cardíaca, Pós-graduada em Medicina Desportiva e Fisiologia do Exercício, Consulta de Exercício Clinico no Axis Welness Fitness and Spa, Professora Assistente convidada da Escola Superior de Saúde - IPP, Auditora externa de avaliação de Normas de Orientação Clínica, pela Direção Geral de Saúde, Médica responsável pela entidade formadora de SBV, SBV-DAE e TAT dos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos, Elemento da Direção da Corporação de Bombeiros Voluntários de Barcelinhos, Elemento da Equipa de Emergência do Dragão - First Intervention (FIA)

ESPOSENDE DEBATE "LITERACIA EM SAÚDE"

18 de abril – Fórum Municipal Rodrigues Sampaio

O Município de Esposende, em parceria com o ISAVE - Instituto Superior de Saúde, vai realizar o Seminário "Literacia em Saúde", no próximo dia 18 de abril, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, em Esposende.

FLYER_3

Este evento decorre do protocolo recentemente estabelecido com o ISAVE e enquadra-se nas atividades do Mês da Saúde, que o Município, sob a temática “Literacia em Saúde”, leva a efeito para assinalar o Dia Mundial da Saúde, que se comemora a 7 de abril.

Pretende-se, assim, contribuir para que os cidadãos tenham acesso, compreendam e usem a informação de forma a que promovam e mantenham sua saúde e bem-estar, tendo também a capacidade para tomar decisões em saúde fundamentadas, no decurso da vida do dia a dia – em casa, na comunidade, no local de trabalho, no mercado, na utilização do sistema de saúde.

Este seminário reunirá um alargado leque de reputados oradores, que, através de diferentes abordagens, possibilitarão a reflexão acerca desta matéria.

Assim, no primeiro painel da manhã, dedicado à promoção da literacia em saúde, Débora Miranda, da Escola Nacional de Saúde Pública, da Universidade Nova de Lisboa, abordará o tema “Estratégia de literacia em saúde adotada no âmbito do programa SNS” e Ana Rito Pedro, da mesma Instituição, falará sobre “Literacia em saúde, dos dados à ação: tradução, validação e aplicação do European Health Literacy Survey em Portugal”. Neste painel será ainda abordado o tema referente à “Promoção da saúde e desenvolvimento local em Portugal”.

Num segundo painel serão apresentadas boas práticas em literacia em saúde, nomeadamente o trabalho realizado pelo Sistema Nacional de Saúde no âmbito da “Biblioteca de Literacia em Saúde”, contando com a presença de Sofia Leal do ACES Cávado III – Barcelos/Esposende. Será também apresentado o trabalho realizado pelo “Laboratório de Criação para a Literacia em Saúde” e o “Programa de Literacia: Grau de literacia em Saúde numa amostra de Pessoas Idosas”, por Carla Serrão da Escola Superior de Educação Porto – Instituto Politécnico do Porto.

Da parte de tarde será abordado o tema “Desafios e Constrangimentos em Literacia em Saúde”, com a presença de Rita Espanha, do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, que apresentará o “Inquérito à literacia em Saúde em Portugal: o papel das fontes de informação”, de Luís Saboga Nunes, da Escola Nacional de Saúde Pública, da Universidade Nova de Lisboa, que abordará a temática “Promoção da literacia em contextos de saúde” e de Luisa Lima, do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, que se debruçará sobre “Caminhos a definir no âmbito da literacia em saúde”.

A participação neste evento é gratuita, mas sujeita a inscrição, que deverá ser efetuada online em www.municipio.esposende.pt/pages/1245.

MISERICÓRDIA DE ARCOS DE VALDEVEZ TEM UNIDADE DE CONVALESCENÇA

Câmara Municipal congratula-se com nova Unidade

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo deu ontem o arranque para o funcionamento da Unidade de Convalescença integrada na Santa Casa da Misericórdia de Arcos de Valdevez, a qual se vem juntar às já existentes unidade de Longa Duração e Manutenção (28 camas) e outra de Média Duração e Reabilitação (com 31 camas).

Inauguracao_unidade_cuidados_convalescença

Esta unidade, que segundo o Provedor, Francisco Araújo é “uma mais-valia para todo o Alto Minho”, dispõe de 28 camas destinadas a internamentos.

Francisco Araújo agradeceu o apoio dado a esta nova unidade e solicitou apoios para o alargamento da convenção no âmbito da Imagiologia, para que seja possível servir melhor a população.

Inauguracao_unidade_cuidados_convalescença (2)

João Manuel Esteves, presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, também esteve presente neste ato e relevou o trabalho meritório desempenhado pela Santa Casa em prol dos seus utentes.

O autarca realçou que “a existência de serviços de saúde próximos são essenciais para prestar um serviço de saúde de qualidade”, e aproveitou ainda o momento para solicitar ao Governo apoio para a criação de uma unidade de apoio à demência, fazendo referência que já há projeto e local para o efeito, nomeadamente o antigo Seminário. “Este serviço é uma necessidade e de fulcral importância para as pessoas e as instituições de solidariedade social do concelho”, atestou.

Por último, o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, afirmou estar disponível para colaborar com a Autarquia e a Santa Casa da Misericórdia, referindo ser necessário continuar a investir na expansão da rede dos cuidados continuados, integrando-a com outros serviços de apoio.

Inauguracao_unidade_cuidados_convalescença (1)

Inauguracao_unidade_cuidados_convalescença (3)

Inauguracao_unidade_cuidados_convalescença (4)