Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ROTARY CLUBE DE MONÇÃO ORGANIZA EVENTO DE VALORIZAÇÃO DOS MAIS JOVENS

O Rotary de Monção organizou, nos passados dia 5 e 6 de abril, em conjunto com o Rotary de Valença, dois dias onde os jovens de vários concelhos do Minho, se juntaram para aprenderem sobre liderança e o mercado de trabalho.

Concelho - Rotary de Monção organiza evento de valorização dos mais jovens (1).jpg

O RYLA é um programa organizado por diferentes Rotary Clubs onde os participantes desenvolvem as suas habilidades de liderança. O RYLA, ou o Prémio Rotário de Liderança Juvenil, é um programa intensivo de formação nas áreas da liderança e cidadania, destinado a jovens em início de carreira.

Um total de 16 jovens – 3 deles de Monção – participaram nesta iniciativa e tiveram a oportunidade de realizar diferentes atividades que valorizam o seu currículo.

Na cerimónia de abertura, António Barbosa esteve presente e deu as boas-vindas a todos os jovens que visitaram Monção. José Luís Alves, presidente do Rotary Club de Monção lembrou a importância dos mais jovens participarem, de forma ativa e responsável na sociedade, sublinhando a relevância deste tipo de atividades.

Concelho - Rotary de Monção organiza evento de valorização dos mais jovens (2).jpg

Por fim, Vítor Massa, da Comissão Coordenadora Distrital Novas Gerações do Distrito 1970, reforçou a importância destes eventos para tornar os mais jovens cidadãos informados e responsáveis, agradecendo o acolhimento de Monção.

No dia seguinte, após o convívio entre os mais jovens, a Escola Superior de Ciências Empresariais, em Valença, foi o palco de uma formação intensiva onde se valorizou os participantes. Os mesmos ficaram com vontade de repetir a experiência.

Monção terá 2 representantes na European Youth Orchestra Academy 2019

A Comissão Coordenadora Distrital Novas Gerações do Distrito 1970 proporcionou a oportunidade a 20 jovens a candidatarem-se em Portugal, para participarem na European Youth Orchestra Academy 2019.

A Academia é organizada pela Kultur @ Home Metropol Rhein-Neckar e pelo Rotary Club de Mannheim Rhein-Neckar, bem como pelo Distrito 1860, com o apoio adicional da cidade de Mannheim e da Escola de Música.

Os jovens da comunidade portuguesa perceberam a importância qualitativa e o valor desta iniciativa do RYLA, representando na competição 13 localidades portuguesas: Guimarães, Guarda, Vigo, Fafe, Aveiro, Bragança, Viana do Castelo, Nelas, Monção, Coimbra, Porto, Viana do Castelo e Mangualde.

Os jovens vão participar numa competição lançada em novembro de 2018, após uma rigorosa seleção de um júri especializado presidido por Thomas Hanelt, na terceira semana de abril.

A competição será anunciada através do Rotary International em cooperação com o Distrito 1860 em todos os 27 países da União Europeia, e também através dos portais de media social da Associação de Escolas de Música, Jeunesses Musicales, Instituto Goethe da Alemanha, Sociedade Richard Wagner e outras instituições.

O objetivo primordial desta competição é que, por meio da música - em particular da “Mannheimer Schule” -, uma oficina musical e um seminário educacional, dar vida à importância da cultura e do entendimento europeus entre as nações.

Os participantes da Academia da Orquestra Jovem Europeia podem esperar por um programa atraente e ambicioso, com orquestra completa e ensaios, deixando espaço para atividades conjuntas, como visitas a cidades e palestras sobre a União Europeia. O destaque da semana serão os concertos finais no Castelo de Mannheim e no Castelo de Heidelberg.

Concelho - Rotary de Monção organiza evento de valorização dos mais jovens (3).jpg

ROTARY ORGANIZA CONCURSO PARA JOVENS MONÇANENSES

Para mais informações basta consultar a página do Facebook do Rotary Club de Monção e enviar mensagem privada.

Rotary_Cartaz_A4.png

O Rotary Club de Monção está a promover um concurso intitulado “A Inspiração Conta”, que se destina a todos os alunos que, no ano de 2018/2019, frequentam o ensino secundário.

Para todos os jovens que estiverem a frequentar os cursos científico-humanísticos e profissionais, nos estabelecimentos de ensino de Monção – Agrupamento de Escolas de Monção (AEM) e Escola Profissional do Alto Minho Interior (EPRAMI), podem participar neste concurso para colocar a imaginação dos jovens monçanenses a fervilhar.

Este concurso tem como finalidade incentivar os jovens a utilizar a sua criatividade em benefício próprio e da comunidade em que estão inseridos, para isso podem concorrer, até ao fim de janeiro, com uma ideia de responsabilidade social para a comunidade onde se inserem.

Os prémios para os vencedores e demais informações sobre este concurso constam no respetivo regulamento, que pode ser consultado no portal do Agrupamento de Escolas de Monção e no espaço físico da ESM e da EPRAMI.

ENGª ILDA BRÁZ – GOVERNADORA DE ROTARY EM PORTUGAL – VAI PARTICIPAR EM LOURES NO ALMOÇO DE SARRABULHO À MODA DE PONTE DE LIMA

Ponte de Lima leva a Loures a sua mais afamada especialidade gastronómica e conta com a participação da Engª Ilda Braz, natural dos Açores e Governadora de Rotary em Portugal, numa iniciativa do Grupo de Folclore Verde Minho.

IMG_8521.JPG

Estão quase esgotadas as inscrições para o almoço de arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima e a alheira de galo, numa iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho em parceria com os restaurantes de Ponte de Lima. Resta pouco mais de uma dezena de lugares vagos que deverão ser preenchidos dentro de pouco tempo!

IMG_8522.JPG

A iniciativa vai ter lugar no próximo dia 3 de Fevereiro em Loures, a ter lugar na cantina da Câmara Municipal de Loures.

Sob a experiente batuta do Chefe Paulo Santos, da Casa de S. Sebastião, na freguesia limiana de S. Pedro de Arcos, espera-se uma adesão bem mais superior à verificada no ano passado. Os comensais vão ter a oportunidade de saborear uma das requintadas obras do paladar da gastronomia minhota e portuguesa em geral – o arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima!

IMG_6274

Trata-se, realmente, de uma iniciativa a não perder e cuja inscrição não deve ser relegada para mais tarde… os contactos são os seguintes:

- Teotónio Gonçalves – 964 006 657

- Mário Oliveira – 914 080 246

IMG_6307

CapturarAlmoçoSarrabulho2019

ROTARY DE MONÇÃO E VALENÇA UNEM-SE PARA ORGANIZAREM EVENTO PARA JOVENS

O evento é organizado pelos Clubes de Monção e Valença e conta com a colaboração dos Municípios de Monção e Valença.

Nos próximos dias 16, 17 e 18 de novembro o Rotary Club de Monção e o Rotary Club de Valença organizam um encontro para jovens do Minho.

Serão cerca de 30 jovens que virão até Valença e Monção para participarem no RYLA – Líderes de Futuro. O RYLA é um programa estruturante para jovens, que incide em competências pessoais e profissionais. Em complemento à qualificação das novas gerações como líderes conscientes e ativos num mundo moderno.

Esta colaboração entre Clubs vizinhos tornará o evento ainda mais interessante para todos os que participarem nesta edição do RYLA. Todos os participantes e acompanhantes terão a oportunidade de conhecer Valença, como a Fortaleza e a Ponte Internacional, e Monção, como o Palácio da Brejoeira e o Museu Alvarinho.

O Rotary é uma organização constituída por clubes de serviços cujo objetivo é unir voluntários a fim de prestar serviços humanitárias e promover valores éticos e a paz a nível internacional. Existem mais de 34 mil clubes Rotary no mundo, com cerca de 1,2 milhões de membros, chamados rotários.

ROTARY CLUBE DE MONÇÃO INICIA NOVO ANO ROTÁRIO

Rotary Club de Monção início novo ano rotário sob o lema “Seja a Inspiração”

Foi no dia da reunião semanal do clube, à terça-feira, dia 26 de junho, que teve início, em Monção o novo ano rotário, onde José Luís Alves se tornou o novo presidente do clube.

Rotary Monção

Todos os anos cada clube rotário muda o seu presidente e isso acontece sempre no mês de junho, onde novos membros são eleitos para trabalhar durante um ano. E foi o Hotel das Termas, em Monção, que se tornou testemunho da passagem de Paulo Esteves para José Luís Alves.

A cerimónia de transmissão de tarefas realizou-se com um jantar onde marcaram presença alguns clubes do Distrito 1970, mas também representantes do concelho monçanense e de elementos dos rotários monçanenses.

O novo presidente aproveitou para agradecer a presença de todos e, já sob o novo lema, afirmou que todos devemos ser uma inspiração, para a família, amigos e que devemos pensar nos outros, de forma a validar o lema rotário Dar de Si Antes de Pensar em Si.

O clube de Monção foi fundado pelo Rotary Club de Viana do Castelo. Em novembro de 1977 começaram as reuniões para a fundação do clube de Monção e, depois de cinco meses - abril 1978 – foi admitido em Rotary Internacional. Em junho foi entregue a Carta Constitucional, em cerimónia realizada no Palácio da Brejoeira, dando-se assim início às atividades do Rotary Club de Monção.

ROTARY CLUB DE MONÇÃO COMEMORA 40 ANOS DE ACTIVIDADE

Padre Agostinho Caldas será homenageado pelo seu percurso profissional neste evento rotário.

O Rotary Club de Monção assinala o seu 40º aniversário no próximo dia 7 de abril (sábado), na Encosta do Castro, em Longos Vales, com um almoço comemorativo.

How can I help you press (1)

Em paralelo com este evento, o Rotary Club de Monção promove também a habitual cerimónia de Homenagem ao Profissional. Durante esta Homenagem ao Profissional será feito o reconhecimento pelo trabalho em prol das várias ações sociais.

Neste momento festivo está prevista a presença dos rotários, bem como todos os que queiram participar neste almoço que servirá também para prestar a homenagem ao Padre Agostinho Caldas Afonso. Para se inscrever basta falar com os responsáveis pela iniciativa. O almoço tem um custo de 20 euros.

O Presidente do Rotary Club de Monção, Paulo Esteves, recorda que “apesar de ao longo destes 40 anos, muitos desafios terem sido colocados, o Rotary Club de Monção continua vivo e a transmitir a sua essência, mantendo a mesma vontade e capacidade de ajudar a transformar positivamente o Mundo, inspirados, este ano, pelo lema rotário que nos diz “Faz a Diferença”, queremos continuar a fazer a diferença na nossa comunidade e no Mundo em que vivemos”.

Homenagem ao Profissional: Padre Agostinho Caldas Afonso

O Padre Agostinho Caldas Afonso vive em Monção há mais de meio século. É responsável por várias ações sociais e do interesse dos monçanenses. Desempenhou vários cargos em associações do nosso concelho, sempre com estima de toda a população. Foi importante o seu papel para a criação da Escola Básica 2 e 3 de Pias e do Agrupamento de Escolas do Vale do Gadanha.

How can I help you press (2)

40 Anos Rotary

ROTARY ORGANIZA EVENTO SOLIDÁRIO A FAVOR DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE MONÇÃO

Rotary Clube de Monção nasceu em 1978 e foi o segundo clube do distrito de Viana do Castelo a ser criado.

No próximo dia 10 de fevereiro, no Hotel Termas de Monção, o Rotary Clube de Monção organiza o evento Carnaval Solidário - Loucos Anos 20, onde a receita reverte a favor dos Bombeiros Voluntários de Monção.

Carnaval Solidario 2018

A organização do evento espera que esta iniciativa atraia os monçanenses já que “é uma boa forma de ajudar esta corporação de bombeiros que todos os anos, seja inverno ou verão encontra-se em funcionamento para ajudar cada um de nós”, afirma Teresa Fernandes, uma das responsáveis.

Todos os anos o Rotary Clube de Monção contempla uma associação através de um espetáculo solidário onde todos são convidados a participar. Este ano a iniciativa pretende juntar todos numa atividade onde se pretende comemorar os anos 20 nesta época carnavalesca. “Tendo como tema os Loucos Anos 20, vamos comer, dançar, divertir-nos e ajudar quem nos ajuda todos os dias”, pode ler-se na página oficial do evento, no facebook.

Quem quiser participar tem duas maneiras de o fazer. Poderá optar por participar no jantar e no baile, com um custo de 25€ por pessoa. Ou então optar por participar apenas no baile, onde o preço é de 10€ por pessoa, com direito a uma bebida. O que não pode faltar é uma vestimenta a rigor, conforme manda o tema.

MUNICÍPIO DE VIZELA RECEBE ROTARY

Presidente da Câmara recebeu Rotary Club Vizela

No passado dia 22 de novembro, o Presidente da Câmara Municipal de Vizela, Victor Hugo Salgado, recebeu o Rotary Club Vizela, numa reunião que contou com a presença de elementos do Rotary Club Vizela e do seu Presidente, Domingos Silva, e dos Vereadores da Câmara Municipal.

Esta reunião realizou-se com o objetivo de aprofundar o conhecimento dos projetos que o Rotary Club Vizela tem no Concelho, considerando de extrema relevância o trabalho desenvolvido por esta coletividade ao nível da solidariedade social.

Reunião CMV Rotary Vizela

MONÇÃO REALIZA NATAL SOLIDÁRIO

Promovida pelo Rotary Clube de Monção, iniciativa solidária realiza-se este sábado, pelas 21h30, no Cine Teatro João Verde. O bilhete, que pode ser adquirido na Loja Interativa de Turismo, tem o custo de 6,00 €, revertendo a receita a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

Natal-Solidário.png

 

O Cine Teatro João Verde recebe no próximo sábado, 3 de dezembro, pelas 21h30, o espetáculo “Natal Solidário”. O bilhete, que pode ser adquirido na Loja Interativa de Turismo, tem o custo de 6,00 €, revertendo a receita a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

Nesta iniciativa, promovida pelo Rotary Clube de Monção com o apoio da autarquia local, estão previstas atuações de elementos pertencentes à Banda Musical de Monção, Banda Musical da Casa do Povo de Tangil e Associação Lá-Mi-Ré, bem como dos artistas Bianca Barros, Alberto Índio e Neno, antigo futebolista que defendeu, entre outros, os emblemas do Guimarães e do Benfica.

Apresentando um cartaz de qualidade, esta iniciativa, com acentuado cariz solidário, traduz o papel social desempenhado pelo Rotary Clube de Monção e manifesta o reconhecimento público de toda a população monçanense ao trabalho desenvolvido pela Liga Portuguesa Contra o Cancro.

ROTÁRIOS DO NORTE DE PORTUGAL VISITAM "CURTIR CIÊNCIA" EM GUIMARÃES

Duas dezenas de rotários de vários pontos do Norte de Portugal visitaram, sábado, dia 8 de outubro, o Curtir Ciência – Centro Ciência Viva de Guimarães.

Esta visita permitiu dar a conhecer os diferentes módulos do Centro situado na Zona de Couros e enquadrou-se no almoço anual de presidentes do Rotary em 2006/2007 no Distrito 1970 (Norte de Portugal).

IMG_5590.JPG

IMG_5596.JPG

ROTARY CLUB DE ESPOSENDE CELEBRA O SEU 38º ANIVERSÁRIO E RECEBEU A VISITA DO GOVERNADOR DO DISTRITO 1970

O Rotary Club de Esposende celebrou esta semana o 38º aniversário da sua fundação. Do programa constaram iniciativas que se desenvolveram de 23 a 26 de março. No dia 23, dia da fundação, realizou-se uma missa na igreja matriz de Esposende, em memória dos companheiros rotários esposendenses já falecidos; Agostinho da Rua Reis; Albino Novais da Venda; Alberto do Espírito Santo Bermudes; Albino Ribeiro de Sá; António Alberto Guimarães Teixeira da Silva; António Alves Ribeiro; António Martins de Oliveira; Carlos Oliveira Martins; Ernestino Augusto Velasco Miranda; Geraldo Malgueiro da Silva; João Paulo de Castro Morais Gomes; Manuel Cardoso Silva; Manuel José Dias Ferreira e Maria Dulce Miranda Ferreira – Sócia Honorária.

MF Rotary Club Esposende 2

As comemorações tiveram continuidade no dia 26, com a Visita Oficial do Governador do Distrito 1970, António Vaz e a sua esposa Marlene. A tarde iniciou-se com uma visita à Câmara Municipal de Esposende para a sessão de apresentação de cumprimentos, tendo a comitiva sido recebida pelo senhor vice-presidente, Maranhão Peixoto. Uma visita com um registo muito amistoso, onde pontificou a disponibilidade de ambas as instituições para continuar a trabalhar em parceria e em prol de causas sociais e humanitárias. Seguiu-se uma visita a uma unidade fabril de excelência, situada em Marinhas. Nos Laticínios das Marinhas foram recebidos pela administradora, Berta Castilho, que fez uma visita guiada às instalações, mostrando todo o processo de fabrico. Ficou bem patente a excelência dos produtos aqui fabricados, queijos e manteigas, considerados dos melhores do mundo e este ano já reconhecidos com um prémio nacional, o selo «Sabor 2016». Refira-se que Berta Castilho foi agraciada, há dois, pelos Rotários Esposendenses com o prémio “Profissional do ano”.

Já no Hotel Suave Mar, foi a vez de os Órgãos Diretores reunirem com o Governador, António Vaz. À noite, realizou-se a reunião festiva, ao jantar, com a presença de companheiros de clubes vindos de vários pontos do país, destacando-se Barcelos, Póvoa de Varzim, Ponte da Barca, Coimbra, Ovar e outros. Entre os convidados também se contaram responsáveis de várias instituições esposendenses de relevo, como os Bombeiros Voluntários de Esposende, a Santa Casa da Misericórdia de Esposende, o Fórum Esposendense e vários órgãos de comunicação social. Este jantar, com mais de cem pessoas, ainda teve um excelente momento musical, pelas alunas do 9º ano da Escola Secundária Henrique Medina. Da noite constou a receção ao Governador e aos convidados, a tradicional saudação às bandeiras, o momento do protocolo, a apresentação rotária, o momento da secretaria e do presidente, as atualidades e comunicações e o momento do Governador.

MF Rotary Club Esposende 1

Mariz Neiva, presidente do Rotary club de Esposende, agradeceu efusivamente a presença do Governador e demais convidados e elencou o trabalho feito, com especial destaque para as bolsas de estudo, o profissional do ano e o jantar de Natal com as crianças do Centro de Acolhimento Temporário Emília Figueiredo, bem como o programa a realizar até final da sua presidência, cujo mandato termina no final de junho e que contempla a reunião à lareira, o passeio anual do Club, a noite de fados e a degustação de vinho de casta alvarinho. Um dos momentos altos foi a entrada de um novo companheiro, José Barreto, que assim veio engrandecer o quadro social do Club. Neste mandato, são já quatro as novas entradas, pois há cerca de três meses já tinham entrado três novos companheiros. Cristina Oliveira, José Pereira e Mário Fernandes, ultrapassando assim os vinte profissionais ativos no Club. Mariz Neiva falou de um dia com dois momentos muito importantes. O aniversário e a visita do Governador, duas excelentes oportunidades para a prática do companheirismo e terminou lembrando o lema do ano rotário “Seja um Presente para o Mundo” e agradecendo a visita do Governador, António Vaz e do Governador Assistente, António Leite. E que o Club continue a ser útil à comunidade, disse.

Maranhão Peixoto, vice-presidente da Câmara Municipal, lembrou a sua própria condição de membro Lyon e enalteceu todo o trabalho do Rotary Club de Esposende, que diz conhecer, garantiu o interesse do Município no reforço de parcerias e deixou uma palavra de encorajamento aos companheiros rotários, em prol das causas sociais que a todos move.

António Vaz, na sua intervenção, louvou o trabalho do Rotary Esposendense, referiu-se às principais causas do Rotary, tanto a nível local e nacional, como a nível internacional, lembrando campanhas nobres, como, a da irradicação da “polis”, o fornecimento de água potável, o combate à pobreza, a saúde materno-infantil e várias outras, contanto com muitos milhares de voluntários a nível mundial. Terminou caraterizando o movimento rotário como um movimento de solidariedade, de humanidade e de serviço.

Mário Fernandes

544507_581398828570261_2091075477_n

ROTARY CLUB DE CAMINHA APOIA ALUNOS DO CONCELHO NA COMPRA DE MANUAIS ESCOLARES

O Rotary Club de Caminha e o Agrupamento de Escolas Sidónio Pais estabeleceram um protocolo que proporcionará o apoio na compra de manuais escolares a alunos do Agrupamento com carências económicas.

assprot (3)

O Rotary Club de Caminha, com 23 anos de existência no concelho de Caminha tem canalizado os seus esforços para servir a comunidade tendo tido sempre grande sensibilidade para aqueles que mais precisam, num espírito de servir, cumprindo o ideal Rotário.

Segundo o protocolo, o Rotary Club de Caminha compromete-se a apoiar neste ano letivo a compra de 18 manuais escolares que passarão a pertencer a oito alunos do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais.

assprot (1)

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

Considerando que :

  • O movimento Rotário, com uma história de 110 anos, tem como objetivo estimular ideal de servir, como base de todo o empreendimento digno, promovendo e apoiando o desenvolvimento do companheirismo como elemento capaz de proporcionar oportunidades de servir, o reconhecimento do mérito de toda ocupação útil e a difusão das normas de ética profissional, a melhoria da comunidade pela conduta exemplar de cada um na sua vida pública e privada e a aproximação de profissionais de todo o mundo, visando à consolidação das boas relações, da cooperação e da paz entre as nações;
  • O Rotary Club de Caminha, com 23 anos de atividade, tem canalizado os seus esforços para servir a comunidade tendo tido sempre grande sensibilidade para aqueles que mais precisam, num espírito de servir, dando de si antes de pensar em si;
  • Os tempos de hoje são difíceis, com grandes mudanças sociais, alterações de valores e dificuldades económicas das famílias que muitas vezes se refletem negativamente na Escola;
  • Várias situações foram detetadas pelo Agrupamento de Escolas Sidónio Pais relacionadas com a falta de manuais escolares, colocando em causa o rendimento e o sucesso dos alunos;

Entre o

Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, com sede na Praça Carolina Santiago, 4910-603 VILARELHO, contribuinte nº 600076857, à frente designado por Agrupamento, representado pela sua Diretora, professora Maria Esteves,

e o

Rotary Club de Caminha, com sede na Praça Conselheiro Silva Torres, 59, 2º Dto., Apartado 64, 4910 – 122 CAMINHA, contribuinte 503827118, à frente designado por R.C.de Caminha, representado pelo Conselho Diretor,

É estabelecido o seguinte Protocolo de Colaboração, nos seguintes termos:

Cláusula Primeira

  • O Agrupamento fará um levantamento dos manuais em falta a alunos com manifesta carência económica;
  • Esgotadas as possibilidades de ajudar esses alunos recorrendo ao banco de manuais e aos apoios da Ação Social Escolar, o Agrupamento informará o R.C. de Caminha do número de livros e respetivos custos, assim como as prioridades, no caso de não ser possível o apoio total;
  • O Agrupamento fará a aquisição dos livros mediante o apoio assumido pelo R.C. de Caminha;
  • O Agrupamento aplicará aos alunos apoiados as mesmas regras da Bolsa de Manuais do Agrupamento;
  • No presente ano letivo foram detetadas oito situações problemáticas, num total de dezoito manuais.

Cláusula Segunda

  • O R.C. de Caminha analisará a informação do Agrupamento de Escolas para que possa decidir sobre o apoio monetário a conceder;
  • No ano letivo 2015/2016, após informação recebida pelo Agrupamento, o R.C. de Caminha apoiará o Agrupamento com o valor de 239,17 € (duzentos e trinta e nove euros e dezassete cêntimos), referente à compra de dezoito manuais que serão entregues pelo Agrupamento aos respetivos alunos;
  • Os referidos manuais terão de ser devolvidos pelos alunos ao Agrupamento no final de ano/ciclo, de acordo com o estipulado na legislação da Ação Social Escolar e passarão a fazer parte da Bolsa de Manuais do Agrupamento.

Cláusula Terceira

  • O presente protocolo tem a duração de um ano letivo, podendo ser renovado por iguais períodos, tendo em conta a vontade das duas instituições.

Caminha, 2 de novembro de 2015

A Diretora do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, Caminha

O Conselho Diretor do Rotary Club de Caminha

assprot (2)

PRESIDENTE DA EDILIDADE BRACARENSE RECEBE MOVIMENTO ROTÁRIO

Movimento Rotário recebido no Salão Nobre dos Paços do Concelho

O governador do distrito de 1970 do Rotary Club, António Vaz, foi hoje, dia 24 de Setembro, recebido por Ricardo Rio no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

2

Na ocasião, o autarca sublinhou o mérito do trabalho desta entidade em prol do bem comum, sobretudo nas área social e na promoção dos valores associados à solidariedade. "Trata-se de uma instituição que, fruto das acções que realiza, tem desenvolvido um papel muito relevante de ligação à comunidade", afirmou, reiterando a disponibilidade da Autarquia em colaborar com os rotários, quer ao nível dos clubes locais, quer a outros níveis.

Segundo o Edil, o movimento rotário representa a capacidade de intervir nos problemas da sociedade, assim como a disponibilidade para olhar para o próximo e de fazer mais pelas comunidades com necessidades e carências. "É de elogiar a capacidade desta instituição em transformar para melhor a vida de muitas pessoas", acrescentou.

Por seu turno, António Vaz mostrou-se totalmente disponível para continuar a desenvolver esforços em busca do bem comum. "Onde houver necessidades e carências, o Rotary está presente. Temos uma equipa motivada para, sempre que solicitada, ajudar quem precisa na comunidade Bracarense e no mundo", garantiu.

1

ROTARY CLUBE DE VIZELA VISITA MUNICÍPIO VIZELENSE

A Câmara Municipal de Vizela recebeu ontem a visita do Rotary Clube de Vizela, para a apresentação oficial da nova Presidente do Rotary de Vizela, Maria do Resgate Salta.

Na sua visita, a nova Presidente fez-se acompanhar por elementos do Rotary Clube de Vizela, que foram recebidos pelo Presidente da Câmara Municipal, Dinis Costa.

GUILHERME LAGIDO, VICE-PRESIDENTE DO MUNICÍPIO CAMINHENSE RECEBE O GOVERNADOR DO DISTRITO 1970 DO ROTARY CLUB DE PORTUGAL

A receção decorreu ontem ao final da tarde no Salão Nobre dos Paços do Concelho

Guilherme Lagido recebeu ontem ao final da tarde, Fernando Laranjeira, o Governador do Distrito 1970 do Rotary Club de Portugal. O vice-presidente do Município começou por dar as boas vindas à comitiva e elogiou o trabalho que o Rotary Club de Caminha faz em prol da comunidade caminhense: “é uma grande satisfação receber-vos nesta casa, sobretudo, porque é um reconhecimento da nossa parte do trabalho que desenvolvem, do esforço que fazem junto de todas as comunidades, mas também aqui no Município de Caminha”.

receção rotários (1)

A cerimónia de boas vindas decorreu no Salão Nobre dos Paços. Para além do vice- presidente da Câmara Municipal de Caminha, Guilherme Lagido, a sessão contou com a presença do presidente do Rotary Club de Caminha, António Inglês, do Governador do Distrito 1970 do Rotary Club de Portugal, Fernando Laranjeira e de alguns rotários.

O vice presidente sublinhou a boa relação de colaboração existente com o Rotary Club de Caminha e manifestou a satisfação do Município em poder contar com a ajuda dos rotários: “temos tido experiência de colaboração. É para nós muito gratificante poder contar com a vossa ajuda, pois têm a grande vantagem de estar sempre próximos dos problemas da população”.

António Inglês referiu que o Club Rotary de Caminha “está virado para causas sociais”, salientando que a função sua “é, de alguma forma, olhar um pouco por todos os que precisam de nós”. Também o presidente do Rotary Club de Caminha enalteceu a parceria de salutar que existe com a Câmara Municipal e deseja que se mantenha: “a colaboração com a Câmara Municipal tem sido excelente e esperamos que se mantenha por muitos anos”.

Fernando Laranjeira, Governado do Distrito 1970 do Rotary Club de Portugal, responsável por 90 clubes rotários do norte e centro do país, entre os quais sem encontra o Rotary Club de Caminha.

O Governador do Distrito 1970 agradeceu ao Município a receção e salientou a sua satisfação em ouvir que o Rotary Club de Caminha é um parceiro estratégico da Câmara Municipal no que respeita a causas sociais: “é bom ouvir que o Club Rotary de Caminha é um parceiro estratégico na resolução de problemas que infelizmente assolam a nossa sociedade. Estamos aqui para ajudar a autarquia, a sermos parceiros estratégicos na resolução de problemas das nossas comunidades”.

CLUBES ROTÁRIOS ENTREGAM ALIMENTOS

Os mais de 200 clubes rotários, incluindo as novas gerações, dos dois distritos portugueses, começaram a entregar os alimentos, que se comprometeram a angariar, de acordo com o projeto "Postais por Alimentos".

Os rotários assumiram a compra de um quilo de alimentos, por cada um dos cinco mil postais que enviaram. Esta iniciativa foi partilhada pelos clubes e sócios rotários, que escolheram a associação destinatária dos bens alimentares.

Muitas entidades e associações, que receberam os postais de Rotary, quiseram associar-se a este momento, contribuindo para o aumento dos valores de alimentos previstos. É o caso do Rotary Club de Arouca, que vai fazer chegar os alimentos, na próxima segunda, dia 22 de dezembro, ao Centro Social e Cultural de Fermedo / Escariz e Mato, no lugar do Corouto, em Escariz (Arouca). O clube rotário conseguiu, com parcerias locais, angariar mais de 400 quilos de alimentos, que vai entregar na associação, a partir das 14,00 horas, na presença de entidades públicas locais.

Um momento de partilha, assente no compromisso de Rotary de encontrar soluções, junto das suas comunidades.

A Comissão de Relações Públicas e Imagem D1970

CLUBES ROTARY TROCAM POSTAIS POR ALIMENTOS

Cinco mil postais estão a ser trocados por 5 toneladas de alimentos. Este é o compromisso assumido pelos clubes rotários, dos dois distritos portugueses, nesta época de Natal.

postal

Os três mil rotários em Portugal, dos clubes distribuídos por todo o território nacional, estão a enviar postais de Natal, para associações e entidades, responsabilizando-se pela entrega de um quilo de alimento, por cada postal enviado. Os clubes rotários decidem quem é beneficiário deste compromisso, junto das suas comunidades.

   Esta iniciativa procura dar alento a várias associações, para que fiquem melhor preparadas para os pedidos de alimentos. A intenção dos rotários portugueses visa alertar, mas também mostrar o seu vínculo na busca de soluções.

Os dois Governadores apoiam este projeto, porque ambos acreditam que faz sentido mostrar que Rotary quer estar presente, pois os clubes rotários são constituídos por mulheres e homens profissionais ou de negócios, unidos no Mundo inteiro, que prestam serviço humanitário, fomentam um elevado padrão de ética e ajudam a estabelecer a boa vontade e a paz nas suas comunidades e em todo o Mundo.

Para o Governador do Distrito 1960, António Mendes, este é momento em que Rotary deve mostrar que faz parte de uma busca de soluções, pois são "muitos os desafios que temos pela frente".

Também o Governador do Distrito 1970, Fernando Laranjeira, acredita que o Rotary é permanente na busca de melhores condições de vida. E como "o companheirismo, de sócios e clubes, é o motor do movimento", deve ser partilhado com as comunidades.

Comissão de Relações Públicas e Imagem

FERNANDO LARANJEIRA ASSUME FUNÇÕES COMO GOVERNADOR DO DISTRITO ROTÁRIO 1970

Cerimónia de transmissão de tarefas do empresário de S. João da Madeira (administrador da TECMACAL)

Realiza-se no próximo dia 05 de Julho (sábado), a transmissão de tarefas do Governador Rotário do Distrito 1970 (centro e norte do país), Fernando Laranjeira, para o ano 2014/15. A cerimónia tem lugar a partir das 16h00, na Casa da Criatividade, em S. João da Madeira, e constitui um dos momentos mais importantes do movimento rotário em Portugal.

submission_4520fe6ef9

Na mesma altura, serão transmitidas as tarefas aos jovens que no próximo ano vão liderar os movimentos Interact e Rotaract, Inês Portela e Ricardo Laranjeira, respetivamente.

Estarão presentes o Secretário de Estado do Empreendedorismo, Castro Almeida, o Presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, Ricardo Figueiredo, e o Presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa. A cerimónia será abrilhantada pela artista Iria Perestrelo, seguida de jantar.

Refira-se que o movimento rotário encontra-se empenhado na campanha de erradicação da polio e no acompanhamento dos vários projetos locais de índole social e humanitário e que têm servido para suprimir algumas das carências da nossa sociedade.

ROTARY NO MINHO E NO MUNDO

38340_1238698745994_7353538_n

Por Jorge Fonseca de Almeida

O Rotary é um movimento assente em clubes locais de serviços à comunidade e de desenvolvimento do companheirismo e amizade entre os seus membros.

Os clubes são constituídos por profissionais de ambos os sexos. O lema rotário é “Dar de si antes de pensar em si” e o movimento desenvolve projetos locais e internacionais de apoio às comunidades mais carenciadas, promove a ética profissional, apoia o ensino e a educação, fomentando o ideal de servir.

O Rotary promove também atividades para jovens incluindo um excelente programa de intercâmbio de jovens que permite que milhares de jovens vivam por um período de tempo num país estrangeiro.

Um dos mais conhecidos projetos rotários é o “End Polio Now” um projeto global, iniciado em 1985, visando a erradicação da poliomielite, ou paralisia infantil como é conhecida entre nós, de todo o mundo. Atualmente o objetivo está cumprido a 99% mas apesar de faltar muito pouco é necessário completá-lo para que a doença não recrudesça.

O primeiro clube rotário foi criado em 1905 por Paul Harris na cidade de Chicago e rapidamente se disseminou pelos Estados Unidos.

“A reputação do Clube constituído por Paul Harris e seus amigos e confrades também não tardou a divulgar-se. O segundo clube rotário foi fundado em S. Francisco da Califórnia em 1908. No princípio do ano seguinte, outro surgiu em Oakland. E em 1910 já havia dezasseis Rotary Clubes disseminados' nos Estados Unido, justificando que em Agosto desse ano se reunisse em Chicago a I Convenção Rotária e nela fosse instituída a Associação Nacional de Rotary Clubes” (Carvalho e al, 1979).

Pouco depois o Rotary começa a internacionalizar-se com a expansão para outros países e para outros continentes. Primeiro para o Canadá, onde o primeiro clube foi fundado em Winnipeg, Manitoba em 1910 e para o Reino Unido e depois para o mundo inteiro.

Em Julho de 1925, havia mais de 2.000 Rotary Clubs integrados por mais de 108.000 rotários. O prestígio da organização atraiu para seu quadro associativo presidentes, primeiros-ministros e personalidades ilustres, entre eles o escritor Thomas Mann, o diplomata Carlos P. Rómulo, o humanitário Albert Schweitzer e o compositor Jean Sibelius.

Hoje o Rotary, cuja sede mundial é em Evanston no Estado norte-americano do Illinois, está presente 200 países e regiões, existem 32,000 clubes e 1.200.000 rotários no mundo, incluindo em Portugal.

Rotary em Portugal

O Reino Unido foi o primeiro país europeu a acolher o movimento rotário o que aconteceu em 1911 embora tenha sido em Dublin (hoje Republica da Irlanda) que se tenha criado o primeiro clube europeu. Curiosamente foi em Cuba em 1916 que se fundou o primeiro clube de língua não inglesa. Mais tarde a Espanha (1920), a França (1921), a Noruega e a Dinamarca (1922), Itália, Holanda e Bélgica (1923) também criam clubes rotários. Note-se que a Espanha foi o primeiro país da Europa continental a fundar um clube rotário.

O Rotary abeira-se de Portugal através do exemplo e da ação do movimento rotário já implantado em Espanha. De facto o Rotary Club de Madrid, justamente fundado em 1920, convida, a partir de 1924, alguns portugueses, entre eles Ermete Pires e Curado Ribeiro, a assistir às suas atividades. Estes vão ser a par com alguns outros elementos, com destaque para Boaventura Mendes de Almeida, os grandes entusiastas da fundação de um clube idêntico em Portugal o que conseguem fazer em Dezembro de 1925, fundando o Rotary Club de Lisboa que teve como clube padrinho o Rotary Club de Madrid. O primeiro Presidente do Rotary Club de Lisboa foi João Ulrich.

Estávamos na I Republica e começava a já octogenária história do Rotary em Portugal.

Rotary no Minho

O movimento rotário chegou ao Minho, logo após a II Grande Guerra, com a constituição em 1946 do Rotary Club de Braga logo seguida pela do Rotary Club de Guimarães dois anos depois em 1948. Anos mais tarde, em 1955, foi fundado o Rotary Club de Viana do Castelo.

Curiosa é a tentativa de constituição do Rotary Club de Viana do Castelo nos anos 30 que fracassou devido à “hostilidade do meio religioso local”. Mais tarde em 1945 uma nova tentativa apadrinhada pelo clube do Porto também redundou em insucesso apesar de ser ter formalmente constituído clube mas que pouco depois desapareceu. Finalmente em 1955 foi possível constituir o clube que se mantém até hoje. Decisivo foi o apadrinhamento do Rotary Club do Porto. O Primeiro Presidente do Clube foi o Dr. Gaspara Peres de Castro “secretariado pelo Eng.º João Augusto Dias Coelho e Duarte Pereira dos Santos. O tesoureiro era o Eugénio Pinheiro e o Dr. Élio Vasconcelos Dias pela terceira vez lá estava. Era agora o Director de Protocolo” (Rotary Club de Viana, 2013).

Presente há mais de 65 anos no Minho o Rotary está hoje implantado em 17 dos 24 (70%) concelhos do Minho que aqui consideramos como a totalidade dos concelhos dos distritos de Braga (14) e de Viana do Castelo (10). Existem, no entanto, 18 clubes nesta região uma vez que a cidade de Braga alberga dois clubes: o Rotary Club de Braga e o Rotary Club de Braga Norte.

A implementação concelhia é equilibrada nos dois distritos existindo clubes em 10 dos 14 concelhos de Braga, o que corresponde a uma cobertura de 71% e em 7 dos 10 concelhos de Viana do Castelo correspondendo a uma cobertura de 70%.

Irradiando das capitais distritais para os restantes concelhos, a implementação minhota do Rotary fez-se em três grandes fases.

Uma primeira tímida no final dos anos 60 do século XX e que se estende até ao 25 de Abril e que se confinou à abertura de dois clubes (RC de Barcelos em 1968 e RC de Vila Nova de Famalicão em 1970) no distrito de Braga e que coincide temporalmente com o período da “primavera marcelista”.

Uma segunda que vai de 1976 a 1985 caraterizada por um forte dinamismo em que o ritmo de crescimento é de quase um club por ano, constituindo-se em 9 anos 8 clubes repartidos igualmente pelos distritos de Braga e de Viana com quatro cada um.

O último período estende-se de 1985 até à atualidade com a abertura mais esporádica e espaçada de clubes, cinco clubes em vinte e oito anos. Tratando-se já de atingir concelhos menos populosos.

Aliás a expansão no Distrito de Braga fez-se dos concelhos mais populosos para os menos populosos (ver Quadro 1) enquanto em Viana do Castelo esse fator parece estar ausente (Quadro 2).

Olhando pelo prisma populacional diremos que concelhos com menos de 12.000 residentes são demasiado pequenos para permitir a formação de um clube. Por este critério apenas Amares e Vieira do Minho seriam candidatos a ter um clube rotário nos próximos anos. Mas em Rotary não é o tamanho que conta mas o espirito de solidariedade e de serviço à comunidade.

 Quadro 1

Quadro 2

Também no Minho o Rotary tem vindo a desenvolver projetos comunitários de grande valia para as populações locais de que são exemplos recentes a oferta do Rotary Club de Guimarães de mais um desfibrilador automático externo (DAE) para ser pavilhão gimnodesportivo de Fermentões. Com a entrega deste desfibrilador, o Rotary Club de Guimarães completa um total de quarenta e cinco DAE que já disponibilizou desde 2009 a diversas instituições e coletividades de Guimarães ficando assim próximo da meta dos cinquenta DAE com iniciou este programa pioneiro em Portugal.

No âmbito das iniciativas dirigidas à terceira idade destaque para o Rotary Club da Póvoa do Lanhoso que inaugurou em 2010 em cooperação com a Camara local e com a Associação “Em Diálogo” uma Universidade Sénior. Também em Fafe e em Vizela os clubes locais animam e apoiam Universidades Seniores bastante dinâmicas.

z3

Entrega de mais um desfibrilador automático externo desta feita aos Bombeiros locais

Do Minho vieram também dois Governadores Rotários, Francisco Zamith Passos de Guimarães e Fernando Lima Marques de Braga.

Bibliografia

Carvalho, Fausto Lopo, Antero Ramos Taborda e Sergio Medeiros, (1979), Breve História do Rotary Clube de Lisboa, Lisboa, Rotary Clube de Lisboa

Rotary Distrito 1960, (2013), A História de Rotary, http://www.rotaryd1960.pt/sites/default/files/historia_rotary_0.pdf, acedido a 22 de Outubro de 2013

Rotary Clube de Viana do Castelo, (2013), As três tentativas, http://www.rcviana.com/index.php?option=com_content&view=article&id=6&Itemid=84, acedido a 22 de Outubro de 2013