Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

EMPRESAS DE FAMALICÃO APOSTAM NA ROBÓTICA

Empresas de Famalicão apresentam novidades da robótica na EMAF

Os mais recentes projetos de automatização e robotização industrial estão a ser apresentados na EMAF por empresas de Vila Nova de Famalicão. A Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços abriu portas esta quarta-feira, 21 de novembro, na Exponor, em Leça da Palmeira, e regista uma representação famalicense de 15 empresas, que ontem receberam a visita de Augusto Lima, vereador da Câmara de Famalicão com o pelouro da Economia, Empreendedorismo e Inovação.

A nova máquina curvadora da AMOB

AWT Metal, AMOB, Xtools, A Eléctrica, Afipre, ESI, Jomarca, Fábrica Metalúrgica da Gandra, Morimac, Cutmaq, Tectoma, Surtec, Metalotrofa, RectiPinheiro e Ventasel são o bom testemunho da importância cada vez mais crescente da indústria metalúrgica e metalomecânica na economia do concelho.

De acordo com o último Anuário Estatístico Regional do INE, referente a 2016, as 283 empresas famalicenses do sector tinham 2450 pessoas ao serviço e registaram um volume de negócios de 246 milhões de euros. As exportações foram de 151 milhões de euros e o Valor Acrescentado Bruto foi de 75 milhões de euros.

No stand da ESI na EMAF estão cinco robôs, que resultam de projetos de investigação e desenvolvimento da empresa, a fazer demonstrações das suas habilidades na automatização de processos industriais. Um desses robôs irá realizar in loco todos os procedimentos para a modelação de uma peça de alumínio, com o apoio de uma quinadora e de um equipamento de gravação a lazer, que resultará num porta-canetas a distribuir ao público.

Este projeto demorou quatro meses a ser desenvolvido e já assegurou um cliente industrial. A empresa vai também apresentar um robô de controlo numérico computorizado que irá criar peças ao vivo.

Gil Sousa, diretor comercial da ESI, sublinha que “estas inovações não visam substituir a mão-de-obra humana, antes libertá-la para funções mais nobres e seguras”. E acrescenta: “A automatização de determinados processos garante uma maior velocidade de produção, maior segurança e maiores níveis de produtividade”.

Também a AMOB está a atrair atenções com a apresentação de uma curvadora de tubos CNC direita/esquerda totalmente elétrica. “Esta máquina possui tecnologia de curvatura de última geração, processando tubos de 10 mm até 42 mm de diâmetro externo, e possui capacidade de multi-stack”, explica Ricardo Rodrigues, responsável pela área de marketing digital da AMOB.

A máquina assume dois conceitos diferentes: eMOB 2Bend Series, que mudam a direção de curvatura por meio de uma cabeça rotativa, e Série eMOB LR, que se posiciona automaticamente e em ciclo numa configuração de curvatura direita e esquerda. “Pode curvar raios fixos e variáveis dentro do mesmo ciclo. Um booster permite ainda curvaturas com raios tão apertados como 1D e, consequentemente, elimina as marcas de aperto”, enfatiza.

A EMAF decorre até sábado com a presença de 450 expositores. A feira tem ganho visibilidade internacional, contando com participantes de Espanha, França, Alemanha e Itália.

Um dos robôs da ESI no certame

GUIMARÃES REALIZA FEIRA DE ROBÓTICA

Feira de Robótica no Curtir Ciência

Os clubes de robótica das escolas Francisco de Holanda, D. Afonso Henriques e Martins Sarmento participam na Feira de Robótica que decorre terça e quarta-feira (20 e 21 de novembro,) no Curtir Ciência – Centro Ciência Viva de Guimarães, em Couros. Esta Feira pretende ser um fórum de promoção de projetos escolares e de troca de experiências. A Feira de Robótica decorre entre as 14:00 e as 17:00 horas e integra o programa da Semana da Ciência e Tecnologia que decorre até 24 de novembro.

image001

FAMALICÃO PROMOVE PROJECTO “MyMACHINE”

Projeto “MyMachine” é promovido pelo município de Vila Nova de Famalicão. Alunos da universidade e ensino profissional constroem máquinas idealizadas pelas crianças

Às crianças do 1.º ciclo coube a tarefa de imaginar uma máquina com determinada utilidade, aos mais velhos que frequentam a Universidade e as escolas profissionais coube a árdua empreitada de concretizar a tal máquina. O projeto “MyMachine” decorreu durante o ano letivo 2017/2018, no concelho de Vila Nova de Famalicão, sendo promovido pela autarquia e envolvendo mais de 120 crianças do 1.º ciclo de seis agrupamentos de escolas do concelho e um grupo de alunos da Universidade Lusíada e das Escolas de Ensino Profissional.

Imagem1

Ao todo foram idealizadas e concretizadas seis máquinas. Uma máquina para arrumar os brinquedos; outra para distinguir os "toques"; para arrumar o material escolar; para medir e informar sobre o ruído; para afiar automaticamente os lápis; e, por fim, uma máquina “Colete” para salvar vidas.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “este projeto tem a virtuosidade de aproximar o contacto entre as escolas do 1º Ciclo, as escolas Profissionais e as Universidades, colocando todos a trabalhar no objetivo de dar corpo ao sonho das crianças.”

O MyMachine permite aos mais pequenos “sonhar alto” e obriga os alunos mais velhos ao esforço de simplificarem os processos criativos e de execução, para conseguirem tornar realidade as ideias das máquinas. Máquinas que são sonhadas para resolver problemas do mundo ou do dia a dia, recorrendo à criatividade das crianças e à sua forma simples de encarar a vida.

O projeto junta a esta simplicidade o conhecimento científico e a capacidade tecnológica de instituições de ensino superior e do ensino profissional.

Refira-se que “MyMachine” é um projeto que nasceu em Kortrijk (Bélgica), através da Universidade de Howest, com o objetivo de permitir às crianças do 1º ciclo ver concretizadas as suas ideias de solucionar problemas através da construção de “máquinas”. Em Portugal, a marca institucional é gerida pelo Parque Tecnológico de Óbidos com quem o Município de Vila Nova de Famalicão estabeleceu ligação de parceria para o estender às escolas da sua rede educativa.

O resultado final poderá ser apreciado, brevemente, com o lançamento da segunda edição do MyMachine em Vila Nova de Famalicão.

Imagem2

Imagem3

Imagem4

ESA ROBOTS VAI REPRESENTAR AMARES NO ROBOCUP 2018 NO CANADÁ

Município de Amares reconhece mérito da equipa e apoia participação no campeonato internacional

Somando já vários títulos nacionais e internacionais, a ESA Robots, do Agrupamento de Escolas de Amares voltou a sagrar-se, recentemente, campeã nacional na área da robótica, no Festival Nacional de Robótica, e vai representar Portugal, no RoboCup Junior Rescue CoSpace 2018, que decorre no Canadá, em Montréal, de 18 a 22 de junho. O presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, acompanhado pelo vice-presidente, Isidro Araújo, e pela vereadora da Educação, Cidália Abreu, prestou, esta manhã, mais uma homenagem à equip, reconhecendo publicamente “o excelente trabalho” desempenhado pelo projeto, ao qual vai atribuir um subsídio no valor de 1500€ para participação no campeonato internacional.

DSC07267

 “Amares tem um ensino que prima pela qualidade e excelência e a ESA Robots é um bom exemplo do que de bom fazem as nossas escolas”, sublinhou Manuel Moreira, depois de entregar uma lembrança do Município de Amares, como forma de felicitar a equipa por mais um título conquistado.

 “Este ano fizemos um esforço suplementar para apoiar esta equipa uma vez que a viagem até ao Canadá é longa e acarreta muitas despesas mas fizemo-lo com toda a convicção de que é um bom investimento nos nossos alunos que, juntamente com o professor Luís e o professor Fernando têm feito um trabalho excelente que ao longo dos anos tem levado o nome de Amares muito longe e com muita determinação”, acrescentou o autarca.

Congratulando-se com a qualidade do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido nas mais variadas áreas pelo Agrupamento de Escolas de Amares do qual é diretora, Flora Monteiro, mostrou-se muito agradada com este gesto de reconhecimento por parte do executivo municipal.

“Foi um prazer para nós sentir que somos reconhecidos pela principal força do concelho. Às vezes, a escola, as várias escolas deste agrupamento, fazem coisas muito bonitas e nem sempre a população vê mas eu acho que se a população estiver atenta nestas últimas semanas nós temos mostrado como estamos tão à frente em tantas coisas”, frisou a diretora do Agrupamento de Escolas de Amares. “Eu estou sempre a dizer a mesma coisa que a maior riqueza que temos no concelho são estes 2300 alunos, portanto, o Município ter este gesto de carinho e apreciação pública de querer mostrar às pessoas que reconheceu o valor destes alunos e destes professores é magnífico”.

Quatro alunos e dois professores vão à conquista de mais um título

É com “imenso orgulho e grande sentido de responsabilidade” que, Bruno Silva, capitão da equipa, que junta quatro alunos e dois professores, perspetiva a participação no RoboCup Junior Rescue CoSpace 2018.

“É uma responsabilidade muito grande porque estou a representar Amares e Portugal e, como capitão de equipa, sinto que devo mostrar sempre um forte espírito de liderança e puxar pelo animo dos meus colegas para conquistarmos lá fora algo maior e darmos continuidade ao projeto mas conto com uma boa equipa e conto com um bom resultado”.

No RoboCup Junior Rescue CoSpace 2018 a equipa de Amares vai encontrar uma prova um pouco diferente daquilo que têm feito até agora, conforme explicou o professor Luís Bernardino que coordena o projeto juntamente com Fernando Costa.

“ Trata-se de uma prova que trabalha apenas com robótica virtual na qual não há robots físicos, ou seja, haverá depois um robot físico mas que não somos nós que vamos levar é organização que nos entrega. A partir daí eles têm que programar o robot virtual e o físico tal e qual como se tivessem com o robot à frente com o intuito de percorrer um série de labirintos, evitar uma série de armadinhas e recolher uma série de objetos tendo como base a busca e salvamento. É uma das provas bases daquilo que nós vemos hoje já no dia a dia a ser utilizado como busca e salvamento”, referiu.

DSC07272

DSC07275

DSC07281

ALUNOS DE BARCELINHOS PARTICIPAM NO MUNDIAL DE ROBÓTICA

Três alunos e um professor de Barcelinhos vão participar no Mundial de Robótica – RoboCup2016, que vai decorrer em Leipzig, na Alemanha, de 29 de junho a 4 de julho.  Amanhã, dia 17, estarão pelas 14h30 no Auditório da Câmara Municipal de Barcelos para apresentar o projeto que estão a preparar.

A equipa da Escola Secundária de Barcelinhos conseguiu o apuramento em maio, após se ter sagrado vice-campeã nacional da Liga de Busca e Salvamento CoSpace, no Festival Nacional de Robótica 2016, no Instituto Politécnico de Bragança. Neste campeonato, os grupos devem programar robôs para desempenho no espaço virtual e real. Neste Mundial de Robótica, que reúne mais de 3500 participantes de todos os níveis de ensino, estarão representados cerca de 45 países.

O Clube de Robótica da ES Barcelinhos envolve cerca de uma dezena de alunos do ensino secundário, apaixonados pelas áreas da Robótica e da Programação. Ao longo do último ano letivo desenvolveu diversas atividades e participou em eventos de caráter educativo e de divulgação da oferta formativa da escola

Além desta vitória, o Clube de Robótica participou num encontro nacional promovido pela  Agência Nacional Ciência Viva, durante a Semana Europeia da Ciência e Tecnologia, e também na Robo Party, que decorreu na Universidade do Minho, em Guimarães, onde arrecadou um brilhante 4º lugar na prova de seguimento de linha,  entre 164 equipas que participavam.

AMARES VENCE FESTIVAL NACIONAL DE ROBÓTICA EM BRAGANÇA

ESA Robots recebida pelo Município de Amares em jeito de homenagem

O presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, recebeu, no Salão Nobre dos Paços do Concelho a ESA Robots, do Agrupamento de Escolas de Amares, reconhecendo “o mérito” da equipa, que recentemente se sagrou campeã nacional na categoria RoboCupJunior - onStage (15-19 years old), no Festival Nacional de Robótica 2016, em Bragança.

ESA Robots

É com "imenso orgulho" que o executivo municipal aplaude mais uma vitória da ESA Robots. Este título, na opinião do presidente da Câmara, "dignifica" o concelho de Amares e representa o resultado do "admirável" trabalho que tem vindo a ser desenvolvido nesta área pela ESA Robots, a quem Manuel Moreira quis “dar os parabéns e agradecer o trabalho excelente que fizeram”, oferecendo uma lembrança do Município.

“Em oito anos, Amares tem cinco vitórias neste campeonato, o que é muito bom. É assim que se mostra que Amares está na linha da frente em termos tecnológicos e de ensino”, sublinhou o edil na simbólica homenagem à equipa composta por Marcelo Azevedo, Luís Costa, Ricardo Monteiro, Leandro Macedo e André Sousa.

ESA Robots (2)

Os professores responsáveis pelo projeto Luís Bernardino e Fernando Costa, e o diretor do Agrupamento de Escolas, Pedro Cerqueira, acompanharam a equipa que se mostrou “muito agradada” pelo reconhecimento atribuído pelo Município de Amares.

Recorde-se que, na competição, a equipa da ESA Robots sagrou-se campeã na categoria “RoboCupJunior – OnStage”, destinada a alunos com idades compreendidas entre os 15 e os 19 anos, apresentando três robots (mão telecomandada, carro telecomandado e cubo 8x8x8).

ESA Robots (1)

DRONES SOBREVOAM BRAGA

iDroneExperience de 22 a 24 de Abril. Braga recebe o maior evento de Drones do País

Braga vai receber o maior evento de drones do País. O iDroneExperience contará com mais de 500 participantes oriundos de vários Países que, de 22 a 24 de Abril, vão trazer toda a emoção e adrenalina ao Parque de Exposições de Braga (PEB).

6

O evento terá diversas competições de robótica autónoma e ao longo de três dias irá reunir em Braga escolas, empresas, profissionais do sector, startups e prestadores de serviços de veículos aéreos não tripulados (Drones).

As competições que se irão realizar durante o iDroneExperience fazem parte do campeonato mundial da modalidade e permitem aos pilotos concorrentes pontuarem para a final Europeia do Campeonato, a Aerial World Cup Europe.

5

Para Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, esta é mais uma forma de colocar a Cidade na vanguarda dos grandes eventos. “Trata-se de um evento inovador e diferenciador que reflecte o espírito Bracarense. É mais uma oportunidade para Braga se tornar um palco privilegiado de um evento de dimensão internacional numa área em claro crescimento”, refere o Autarca, sublinhando que, uma vez que a iniciativa envolve vários agentes, “ajusta-se na perfeição ao ecossistema empreendedor que o Município pretende fomentar para a Região”.

A componente pedagógica está bem patente no iDroneExperience, cujo objectivo é ensinar a construir e programar drones autónomos de uma forma simples e divertida. Durante o evento as equipas terão acompanhamento de elementos da organização com conhecimento para ajudar na construção e programação do seu drone.

Segundo João Carvalho, presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), “este evento pretende divulgar o conhecimento tecnológico avançado desenvolvido no IPCA e estimular o tecido empresarial na produção de produtos e serviços numa área emergente”.

A iDroneCup é outra competição que faz parte deste evento. Trata-se de uma prova de robótica autónoma, que realiza a sua terceira edição em 2016, e é organizada pelos cursos de Licenciatura e Mestrado em Engenharia Electrónica e de Computadores da Escola Superior de Tecnologia do IPCA, tendo como objectivo incentivar a educação da robótica.

Este é um evento que conta com o apoio da AIMinho e para António Marques, presidente da Associação Empresarial, “o maior evento de drones em Portugal tem a capacidade de sinalizar novas oportunidades de negócio para as nossas empresas, contribuindo, ainda, para a criação de novas empresas tecnológicas”.

Durante o evento haverá uma competição de mini drones autónomos controlados remotamente. Aqui, cada equipa terá que construir o seu drone utilizando um kit disponibilizado no evento, podendo depois utilizar o seu drone para participar nas diferentes competições: provas autónomas, corrida e dança. No decorrer do iDroneExperience serão realizados diferentes workshops de apoio, que ajudarão as equipas a dar vida e inteligência aos seus drones: construção, electrónica, controlo e programação.

O preço para o público varia desde os 3€ (bilhete para os três dias) e 1,5€ (bilhete de um dia). Os visitantes até aos 12 anos de idade têm entrada livre e haverá ainda um Pack Família com preço especial. As escolas com visitas programadas ao iDroneExperience terão também entrada livre.

3

BRAGA RECEBE MAIOR EVENTO DE DRONES DO PAÍS

iDroneExperience – Portugal Apresentado em Braga amanhã, Quinta-feira, dia 25 de Fevereiro, pelas 14h30, no Parque de Exposições, Braga

O Município de Braga apresenta o iDroneExperience – Portugal 2016, o maior evento de drones do País, que terá lugar amanhã, Quinta-feira, dia 25 de Fevereiro, pelas 14h30, no Parque de Exposições, em Braga.

A iniciativa contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, de João Carvalho, presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), e de António Marques, presidente da AIMinho – Associação Empresarial.

De 22 a 24 de Abril, Braga recebe o maior evento de drones do País que contará com mais de 500 participantes de vários Países. O iDroneExperience terá diversas competições de robótica autónoma e irá reunir, ao longo de três dias, escolas, empresas, profissionais, startups e prestadores de serviços de veículos aéreos não tripulados (Drones).

ESTUDANTES LIMIANOS DESTACAM-SE NA ROBÓTICA

Clubes de Robótica do Agrupamento de Escolas de Freixo e da Escola Secundária foram premiados pela Direção Geral de Educação

O Município de Ponte de Lima congratula-se com a atribuição de mais um prémio para os Clubes de Robóticas do Agrupamento de Escolas de Freixo e da Escola Secundária de Ponte de Lima.

No âmbito dos Clubes de Programação e Robótica, ambos foram premiados pela Direção Geral de Educação pelo seu plano de atividades, encontrando-se os mesmos mais uma vez de parabéns.

Com este apoio a Direção Geral de Educação visa distinguir e reconhecer publicamente os estabelecimentos de educação e ensino públicos que, através dos seus projetos e das suas práticas, promovem os vários tipos de linguagem de programação e a robótica, desenvolvendo nos seus participantes capacidades como o pensamento analítico, a resolução de problemas, o trabalho colaborativo e a criatividade.

Os critérios de apreciação e seleção baseavam-se na coerência da proposta apresentada, tendo em conta os seguintes preceitos: pertinência dos e exequibilidade das atividades; criatividade na conceção das atividades; nível de envolvimento de parceiros e impacte do projeto na comunidade educativa.

Em conformidade com o regulamento, foram estipulados os apoios a conceder, sendo variáveis os valores atribuídos entre os 1000€ e os 200€, a um conjunto de 62 escolas premiadas.

VIZELA REALIZA WORKSHOP DE INTRODUÇÃO À ROBÓTICA

Encontram-se abertas, até ao dia 28 de junho, as inscrições para o Workshop de Introdução à Robótica que a Câmara Municipal de Vizela, em colaboração com a “Mentes Positivas”, irá desenvolver durante o mês de julho nas instalações do Espaço Jovem de Vizela.

O workshop destina-se a crianças e jovens dos 09 aos 16 anos e é composto por 4 sessões de 3 horas que se realizarão das 09:30 às 12:00 todos os sábados de julho (06, 13, 20 e 27) nas instalações do Espaço Jovem de Vizela.

A atividade tem um custo total de 20€ por participante e as inscrições são limitadas (10 jovens)

As inscrições deverão ser feitas online através do link existente no site www.espacojovem.pt.

Porquê este Workshop?

Porque acreditamos que uma das formas mais eficazes de aprendizagem se baseia nas metodologias de educação não-formal, através da experiência, prática ativa, criativa, estimulante, potenciadora de trabalho em equipa e de grande capacidade de envolvimento.

A nossa ambição é fazer com que os nossos jovens abracem a exploração dos seus limites, alimentem a procura do seu próprio saber. A nossa convicção é a de que, desta forma, estaremos a contribuir para a melhor preparação do futuro, através da estimulação das capacidades e competências pessoais e coletivas de cada um.

A base de trabalho deste workshop apoia-se não só mas fundamentalmente na metodologia desenvolvida pela LEGO Education e suporta-se nas suas próprias ferramentas e propostas de atividades, devidamente adaptadas às particularidades de cada faixa etária.

Desde as simples atividades de construção orientadas  às complexas construções robóticas programáveis que desafiam a criatividade dos mais audazes, o workshop não deixará ninguém indiferente e contribuirá certamente na construção da identidade dos seus participantes. A aplicabilidade das atividades pode ir desde a matemática à engenharia, do planeamento ao desenvolvimento tecnológico, lado a lado com o desenvolvimento das competências de comunicação, colaboração e obviamente, trabalho de equipa.

Mais informações:

www.espacojovemvizela.com

E-mail: mentespositivas@sapo.pt

Telefone: 253 582 300

Telemóvel: 966828916

PÓVOA DE LANHOSO: ESPAÇO JOVEM E EPAVE DIVULGAM ROBÓTICA

O Espaço Jovem da Póvoa de Lanhoso em parceria com a EPAVE - Escola Profissional do Alto Ave, E.M., promoveu um Workshop de Iniciação à Robótica destinado a jovens interessados em dar o primeiro passo no mundo dos robots.

Workshop de Robotica 1

Esta iniciativa, que decorreu no dia 15 de maio, no laboratório de eletrónica daquele estabelecimento de ensino, inseriu-se ainda no âmbito da VI Semana Aberta da EPAVE.

Fomentar o interesse pelas novas tecnologias e, em especial, pela eletrónica, cujos conhecimentos são transmitidos através dos cursos de Eletrónica, Automação e Comando e Eletrónica de Telecomunicações da EPAVE, foi o objetivo.

Esta sessão iniciou com uma explicação teórica sobre o princípio de funcionamento dos robots, tendo sido concluída com ensaios práticos nos modelos existentes naquela escola. As pessoas participantes tiveram a oportunidade de dar vida aos robots, na modalidade de busca e salvamento, atribuindo-lhes diferentes comportamentos, como evitar obstáculos, seguir paredes ou seguir fontes de luz.

Esta iniciativa contou com a colaboração dos formadores da componente  prática Diogo Sousa, Bruno Pereira e Romeu Silva.

Mais uma vez, o Espaço Jovem procurou ir de encontro aos interesses e aos gostos das pessoas mais novas, proporcionando-lhes a possibilidade de participarem neste Workshop, que visou objetivos pedagógicos.

PÓVOA DE LANHOSO PROMOVE INICIAÇÃO À ROBÓTICA

O Espaço Jovem da Póvoa de Lanhoso promove já na próxima quarta-feira, dia 15 de maio, um Workshop de Iniciação à Robótica. Esta iniciativa irá realizar-se na EPAVE, a partir das 14h30.

Espaco Jovem 2013 a

Este Workshop destina-se a jovens que pretendam dar o primeiro passo no mundo dos robots, fomentando assim o interesse pelas novas tecnologias e, em especial, pela eletrónica. As pessoas participantes terão a oportunidade de dar “vida” aos robots, atribuindo-lhes diferentes comportamentos, como evitar obstáculos, seguir paredes, seguir fontes de luz ou outras.

As inscrições para participar nesta iniciativa são gratuitas, mas obrigatórias, no Espaço Jovem ou através de espaco.jovem@mun-planhoso.pt.

Mais uma vez, o Espaço Jovem procura ir de encontro aos interesses e aos gostos das pessoas mais novas, com propostas distintas, que visam objetivos lúdicos, mas também pedagógicos.

COMEÇA AMANHÃ EM GUIMARÃES ROBOPARTY'2012

Começa amanhã em Guimarães e prolonga-se até ao próximo dia 25 de Fevereiro, a 6ª edição da RoboParty’2012, uma iniciativa do Grupo de Automação Controlo e Robótica do Departamento de Electrónica Industrial da Universidade do Minho. Mais de quatro centenas de participantes vão estar presentes no Pavilhão Desportivo da Universidade do Minho, no Campus de Azurém, em Guimarães, para aprenderem a construir robôs móveis e autónomos, de uma forma divertida e assistidos por profissionais com competência.

GUIMARÃES VAI SER CAPITAL DA ROBÓTICA

A cidade de Guimarães vai receber nos próximos dias 23 a 25 de Fevereiro, a 6ª edição da RoboParty’2012, uma iniciativa do Grupo de Automação Controlo e Robótica do Departamento de Electrónica Industrial da Universidade do Minho. Mais de quatro centenas de participantes vão estar presentes no Pavilhão Desportivo da Universidade do Minho, no Campus de Azurém, em Guimarães, para aprenderem a construir robôs móveis e autónomos, de uma forma divertida e assistidos por profissionais com competência.

ROBOPARTY’2012 REALIZA-SE EM GUIMARÃES

A cidade de Guimarães vai receber nos próximos dias 23 a 25 de Fevereiro, a 6ª edição da RoboParty’2012, uma iniciativa do Grupo de Automação Controlo e Robótica do Departamento de Electrónica Industrial da Universidade do Minho. Mais de quatro centenas de participantes vão estar presentes no Pavilhão Desportivo da Universidade do Minho, no Campus de Azurém, em Guimarães, para aprenderem a construir robôs móveis e autónomos, de uma forma divertida e assistidos por profissionais com competência.