Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PÓVOA DE LANHOSO: ESPETÁCULO SENTIR PÓVOA CELEBROU IDENTIDADE POVOENSE

Deverão ter ficado “de coração cheio” os Povoenses que assistiram, na noite de 11 de agosto, ao espetáculo “Sentir Póvoa”, uma novidade da animação de Verão “Póvoa em Festa”, que decorre até final deste mês, na Póvoa de Lanhoso.

Sentir Povoa (13).jpg

Símbolos e referências do passado subiram ao palco do Anfiteatro do Pontido, num momento de celebração coletiva, ao qual os Povoenses acorreram em grande número. A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso esteve representada pela Vice-Presidente, Fátima Moreira, e pelo Vereador do Turismo e Eventos, Ricardo Alves. 

Partilha, memória, tradição, identidade. Estas foram as palavras-chave da noite. Elementos que fazem parte de cada Povoense e que contribuem para a construção do futuro desta comunidade, à qual D. Dinis atribuiu o Foral, no longínquo ano de 1292. Elementos que nos fazem refletir e sentir a Póvoa de Lanhoso.

Sentir a Póvoa de Lanhoso é sentir a poesia, o folclore, a música popular e tradicional, a filigrana, o Castelo de Lanhoso, a Maria da Fonte, o Professor Gonçalo Sampaio…O Património, a História, a Cultura, com os olhos postos no que está para vir.

Com cerca de uma hora e meia de duração, o espetáculo – dinâmico e colorido - foi feito com a “prata da casa” e contou com a colaboração e com a generosidade de diversos grupos e pessoas da Póvoa de Lanhoso.

Porque a história e a identidade da Póvoa de Lanhoso constroem-se com ousadia, mas também se cimentam com a valorização das gentes locais e com o apoio e o colo às suas ambições e anseios. Para que, no futuro, haja cada vez mais razões para Sentir a Póvoa de Lanhoso.

Sentir Povoa (18).jpg

PÓVOA DE LANHOSO RECEBE FINAL DO OPEN DE TÉNIS

Final do Open de Ténis marcada para 15 de agosto em Sobradelo da Goma

Está marcada para o próximo dia 15 de agosto, segunda-feira, a grande final do quinto Open de Ténis da Póvoa de Lanhoso. A partida disputa-se a partir das 19h00, no Parque Desportivo do GD Goma, em Sobradelo da Goma.

Nesta quinta edição, participam 57 atletas. Os jogos têm sido disputados todos os dias, a partir das 18h30, nos campos de ténis municipais.

A quinta edição do Open de Ténis da Póvoa de Lanhoso começou no passado dia 4 de agosto e termina no dia 15 de agosto. Esta competição é organizada pelo Município da Póvoa de Lanhoso e pela Escola de Ténis_Associação ATITUDORDEM.

Este torneio tem como objetivos principais a promoção e divulgação da modalidade, o convívio e confraternização em contexto desportivo e a dinamização dos espaços concebidos em exclusivo para a prática do ténis.

Final do Open de Tenis da Povoa de Lanhoso joga-se em Sobradelo da Goma a 15 de agosto.JPG

PÓVOA DE LANHOSO REALIZA SIMULACRO “PEREGRINO SEGURO” PARA SENSIBILIZAR CONDUTORES E PEÕES PARA OS PERIGOS DA ESTRADA

É muito positivo o balanço do simulacro que o Município da Póvoa de Lanhoso, numa colaboração entre os Serviços Municipais de Proteção Civil, a GNR e os Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso, promoveu, no âmbito da ação de sensibilização “Peregrino Seguro”.

Povoa de Lanhoso promoveu simulacro Peregrino Seguro (4).jpg

No terreno esteve o Vereador da Proteção Civil da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Ricardo Alves, e ainda representantes dos Serviços Municipais de Proteção Civil, da GNR, dos Bombeiros Voluntários, da Irmandade de São Bento da Porta Aberta e dos Escuteiros.

O objetivo foi consciencializar os automobilistas e os peregrinos em romagem ao São Bento da Porta Aberta para os perigos a que estão sujeitos quando circulam na faixa de rodagem e para a necessidade de adotarem comportamentos preventivos e de segurança.

No caso dos automobilistas, perceberem que devem adotar uma condução defensiva, em especial à noite e, em particular, nesta altura do ano; e, no caso dos peões, perceberem que devem adotar medidas de segurança e utilizar o percurso alternativo disponibilizado e sinalizado pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, que os retira das vias com mais movimento automóvel.

Este simulacro retratou, através de um cenário fixo, um acidente rodoviário com atropelamento de um grupo de peregrinos (de que resultaram dois feridos e duas mortes) e realizou-se no dia 5 de agosto, entre as 22h00 e as 23h00, na Estrada Regional 310, perto da Vila da Póvoa de Lanhoso (junto à “Residência Universitária”). Para este exercício, contou-se ainda com duas ambulâncias de socorro e um veículo de desencarceramento dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso e com uma patrulha da GNR.

Para a realização deste simulacro, houve necessidade de proceder ao desvio parcial do trânsito na faixa de rodagem no sentido Caldas das Taipas - Póvoa de Lanhoso, na chegada à Vila sede de concelho.

Até ao dia 15 de agosto, a GNR da Póvoa de Lanhoso, através do Núcleo de Programas Especiais, os Escuteiros locais e a Irmandade de São Bento da Porta Aberta dinamizam um ponto de apoio aos peregrinos nesse mesmo local.

Ao longo do ano, os Serviços Municipais de Proteção Civil da Póvoa de Lanhoso têm estado e irão continuar a promover a realização de simulacros distintos alusivos a variadas temáticas.

Povoa de Lanhoso promoveu simulacro Peregrino Seguro (5).jpg

VICE-PRESIDENTE DA CÂMARA DA PÓVOA DE LANHOSO RECEBEU NOVO COMANDANTE DISTRITAL DA PROTEÇÃO CIVIL

A Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Fátima Moreira, recebeu, nos Paços do Concelho o recém-empossado Comandante Distrital da Proteção Civil, Sérgio Barros.

ProtecaoCivil (4) (1).jpg

“É com muita satisfação que os recebemos hoje”, referiu Fátima Moreira, desejando sucesso a esta equipa que assumiu recentemente o desafio de coordenar a Proteção Civil do Distrito. “A nível da Câmara Municipal, pode contar com aquilo que estiver ao nosso alcance no desempenho das suas funções para bem da Póvoa de Lanhoso e para bem do território”, destacou a representante da Autarquia Povoense, de entre outras observações. “Estamos cá para o que for preciso. Temos sido, ao nível da Proteção Civil, um elemento com intervenção disponível para participar no bem-estar das populações e é assim que nos queremos manter”, assegurou ainda Fátima Moreira, que falava em representação do Presidente da Câmara Municipal, Frederico Castro, ausente do encontro por motivo de férias.

Da parte do Comando Distrital, Sérgio Barros transmitiu uma mensagem de total colaboração e de parceria. “Dentro daquilo que são os limites da nossa jurisdição estamos disponíveis para colaborar convosco. O vosso sucesso é o sucesso do distrito, é o sucesso da região norte e do país. Estamos todos sintonizados”, referiu ainda, de entre outras considerações.

O Vereador da Proteção Civil, Ricardo Alves, e o Coordenador Municipal, Pedro Dias, também participaram neste encontro, na manhã de 9 de agosto, tendo dado conta do trabalho que já se realizou, sobretudo ao longo destes 10 meses de mandato, nomeadamente, ao nível da criação dos pontos de água para abastecimento de meios aéreos; e daquelas que são as necessidades e os caminhos a percorrer.  

Esta reunião de troca formal de cumprimentos contou ainda com as presenças do Chefe de Gabinete da Presidência, Fernando Ribeiro, e de um elemento da equipa de Apoio à Presidência, Luís Novais, bem como do segundo Comandante Distrital, Rui Costa. No final do encontro, os presentes dirigiram-se ao Quartel dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso.

ProtecaoCivil (6).jpg

CÂMARA MUNICIPAL DE PÓVOA DE LANHOSO VISITA INSTALAÇÕES DAS ÁGUAS DO NORTE

O Vereador Ricardo Alves, responsável pela Proteção Civil do Município da Póvoa de Lanhoso e Pedro Dias, Coordenador dos Serviços Municipais da Proteção Civil reuniram com a equipa técnica da Empresa Águas do Norte, responsável pela exploração de água na bacia hidrográfica do Ave, na passada quinta-feira, dia 3 de agosto.

AguasDoNorte12 (1).jpg

Num momento em que, a nível nacional, a seca grassa por todo o território, também a Póvoa de Lanhoso está a braços com este défice de recursos hídricos e esta reunião teve como objetivo fazer o ponto da situação relativamente ao estado em que se encontra atualmente a bacia hidrográfica do Ave, a montante do Concelho, bem como a definição de estratégias e medidas a adotar no sentido de alertar para a situação preocupante que estamos a atravessar.

De seguida foi feita uma visita à jangada de captação da água situada na Barragem das Andorinhas, bem como a Estação de Tratamento de Águas, ambas localizadas na freguesia de Travassos, tendo ainda sido possível conhecer toda a estrutura de fornecimento de água em Alta desde a captação da água até aos diversos reservatórios de água existentes por todo o concelho.

Porque a água é um bem escasso e um bem essencial para todos, o Município da Póvoa de Lanhoso associa-se à Águas do Norte no sentido de sensibilizar a população para que a utilização da mesma seja racional e reduzida ao imprescindível. Assim, apela-se a todos que gastem apenas a água essencial ao seu dia-a-dia.

PÓVOA DE LANHOSO APLAUDE XXV FESTIVAL DE FOLCLORE PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO

A Póvoa de Lanhoso prepara-se para aplaudir, nos próximos dias 14 e 15 de agosto, o XXV Festival de Folclore Professor Gonçalo Sampaio. Participam nove ranchos folclóricos, cinco dos quais Povoenses.

Folclorelanhoso.jpg

A Praça Eng. Armando Rodrigues é o local escolhido para acolher esta verdadeira festa da cultura tradicional e popular, que homenageia o Povoense Professor Gonçalo Sampaio, estudioso da música popular e do folclore, autor do “Cancioneiro Minhoto”, uma recolha de canções tradicionais.

Dividido por dois dias, o XXV Festival de Folclore Professor Gonçalo Sampaio começa, no dia 14 de agosto, com a concentração dos grupos junto aos Paços do Concelho. Para as 15h00, está marcada a saída em desfile pela Av. da República até à Praça Eng. Armando Rodrigues. A receção aos Ranchos Folclóricos, em palco, acontece a partir das 15h30, antecipando o início do Festival. Na tarde de domingo, atuam os seguintes grupos: Rancho Folclórico de Garfe (Póvoa de Lanhoso), Rancho Folclórico Santa Maria de Ferreiros (Braga) e o Rancho Folclórico de Santa Maria de Verim (Póvoa de Lanhoso).

No dia 15 de agosto, segunda-feira, tem continuidade o XXV Festival de Folclore Professor Gonçalo Sampaio. A partir das 14h30, os ranchos participantes saem dos Paços do Concelho em desfile até à Praça Eng. Armando Rodrigues. As atuações começam pelas 15h00, com os seguintes grupos: Rancho Folclórico Maria da Fonte de Fontarcada (Póvoa de Lanhoso), Grupo Folclórico de Danças e Cantares de Sobrosa de Paredes (Porto), Rancho Folclórico de Porto D’Ave – Taíde (Póvoa de Lanhoso), Rancho Folclórico de São Romão do Coronado (Trofa), Rancho Folclórico da Póvoa de Lanhoso e Grupo Folclórico e Cultural de Tardariz (Gondomar).

Nos mesmos dias 14 e 15 de agosto, a Praça Eng. Armando Rodrigues acolhe ainda o Mercado da Terra, iniciativa que oferece a possibilidade de os produtores locais escoarem os seus artigos e produtos.

PÓVOA DE LANHOSO COM PERTURBAÇÕES NA RECOLHA DE RESÍDUOS POR PARTE DA BRAVAL

O concelho da Póvoa de Lanhoso tem registado perturbações na recolha seletiva de resíduos, alheias à autarquia. Em causa está a insuficiente cobertura dos serviços de recolha e tratamento de resíduos, aliada à greve dos trabalhadores da Braval, empresa responsável pela valorização e tratamento dos resíduos sólidos. Esta situação leva a que a recolha seletiva de resíduos não esteja a ser cumprida de forma normal e regular, tendo levado à acumulação de lixo junto dos ecopontos.

Póvoa de Lanhoso com perturbações na recolha de resíduos por parte da Braval.jpg

Por forma a minimizar as consequências desta situação e para proceder à rápida remoção de lixo, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso tem estado a substituir a Braval na recolha de parte desses resíduos. A autarquia está igualmente a encetar todos os esforços com vista a minimizar o problema, para que as falhas verificadas na última semana sejam prontamente resolvidas.

O Município da Póvoa de Lanhoso e a administração da Braval têm estado em constante contacto para a resolução do problema, mas ainda não foi possível obter uma resposta de quando se irão resolver estas perturbações. Ainda assim, a Braval admite tentar, a curto prazo, minimizar estes constrangimentos.

Face a esta situação, a autarquia pede desde já a compreensão de todos os habitantes, apelando à colaboração da população para que se evitem os depósitos de resíduos na via pública, até que esta situação seja normalizada.

PÓVOA DE LANHOSO ASSOCIA-SE À CAMPANHA “CONTRA O MELANOMA – À PARTIDA VALE TUDO!”

O Município da Póvoa de Lanhoso, através do Pelouro da Saúde, está a colaborar com a Liga Portuguesa Contra o Cancro – Departamento de Educação para a Saúde do Núcleo Regional do Norte na Campanha de Verão 2022 “Contra o Melanoma – à partida vale tudo!”.

Campanha_Prevencao_Cancro-5.jpg

Neste sentido, no passado dia 28 de julho, realizaram-se duas ações de sensibilização, especificamente direcionadas para funcionários/as da Autarquia Povoense e para a população sénior do concelho.

Para a dinamização da primeira destas ações, contou-se com a colaboração da Divisão de Ambiente e Obras Municipais da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e de funcionários que desempenham as suas funções ao ar livre. Tratou-se de uma sessão presencial de abordagem pedagógica pela Liga Portuguesa Contra o Cancro, que decorreu no auditório do Centro Interpretativo Maria da Fonte.

Para a dinamização da sessão presencial dirigida à população sénior, contou-se com a participação de cerca de 120 pessoas utentes da rede concelhia de Centros de Convívio e de algumas Instituições Particulares de Solidariedade Social. Este momento decorreu nas imediações do centenário Carvalho de Calvos.

Estas duas sessões representam a concretização das Ações 3 e 4. A participação Povoense nesta campanha abrange ainda outras ações: a Ação 1 – (In)Formar para Prevenir, que objetivou a formação dos monitores do Espaço Jovem servindo  como preparação para a dinamização da Ação 2 – “Contra o Melanoma, à partida vale tudo!”, dirigida às crianças e jovens participantes no programa municipal de ocupação de tempos livres Férias Ativas – Verão 2022.

Até ao momento, foram abrangidas cerca de 75 crianças/jovens, distribuídas pelos três  grupos do programa Férias Ativas 2022, sendo que se pretende alcançar a totalidade de participantes no programa que rondará 140 crianças/jovens. No âmbito da dinamização de atividades de Educação para a Saúde “As minhas Aventuras Contra o Sr. Escaldão”, a cada participante foram oferecidas uma lancheira e uma pulseira para medição da radiação ultravioleta. Está ainda prevista a disponibilização de informação direcionada para a comunidade em geral.

O cancro da pele é o cancro mais comum no mundo e o principal fator de risco é a exposição excessiva aos raios UV do sol que penetram e danificam a pele ao longo do tempo. A incidência de todos os cancros da pele está a aumentar, mas o cancro de pele é uma das formas de cancro mais tratáveis, com uma taxa de recuperação muito alta. Especial cuidado deve ser tomado para proteger as crianças, pois a sobreexposição solar durante a infância aumenta o risco de desenvolver cancro da pele ao longo da vida. Assim, informar, sensibilizar e prevenir é fundamental!

Campanha_Prevencao_Cancro-6.jpg

Campanha_Prevencao_Cancro-1.jpg

AUTARQUIA DA PÓVOA DE LANHOSO APOIA FAMÍLIAS E ESTUDANTES COM OFERTA DE CADERNOS DE FICHAS

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso vai oferecer os livros de fichas a todos os alunos e a todas as alunas que frequentam o 1º ciclo do ensino básico no concelho.

(Arquivo - CM Povoa de Lanhoso oferece os livros de fichas).JPG

Assim, as crianças do 1º ao 4º ano de escolaridade terão, de forma gratuita, os livros de atividades das áreas curriculares de Língua Portuguesa, Matemática, Estudo do Meio e Inglês. Estes cadernos serão entregues no início do próximo ano letivo (2022/2023), nas escolas. 

Esta medida representa mais um apoio que a Autarquia disponibiliza às famílias Povoenses com crianças em idade escolar, ao contribuir para libertar os respetivos orçamentos para outras necessidades.

De lembrar que o 1º ciclo do ensino básico já é abrangido pelo regime de gratuitidade dos manuais escolares, os quais são assegurados pelo Ministério da Educação, devendo os/as encarregados/as de educação aceder à plataforma Mega, para resgatar os vouchers respetivos.

O apoio da Autarquia Povoense também se estende à escola inclusiva. Em articulação com os Agrupamentos de Escolas, as crianças abrangidas recebem de forma gratuita os manuais, o material escolar e as tecnologias de apoio tidas por necessárias e adequadas.

No capítulo da Educação, o apoio da Autarquia passa ainda por assegurar, no âmbito das diferentes modalidades da ação social escolar, as refeições escolares (desde o pré-escolar até ao ensino secundário), as Atividades de Animação e Apoio às Famílias e o transporte escolar para todos os alunos e todas as alunas desde o pré-escolar ao ensino secundário. No que se refere aos auxílios económicos, a Câmara Municipal vai comparticipar as visitas de estudo a realizar em contexto escolar para alunos com escalão 1 e 2 do abono de família, de acordo com os valores definidos na legislação.

Em 2022/2023, a Autarquia Povoense vai dar continuidade ao Programa da Fruta Escolar e, decorrente da descentralização de competências, o Município vai disponibilizar o leite escolar. A transferência de competências para os Municípios é também a principal razão para que, a partir do próximo ano letivo, as Atividades de Enriquecimento Curricular passem a ser da responsabilidade da Autarquia, através de um serviço que será prestado pela EPAVE em resultado da assinatura de um contrato-programa.

PÓVOA DE LANHOSO PROMOVE SIMULACRO PARA SENSIBILIZAR AUTOMOBILISTAS PARA PRESENÇA DE PEREGRINOS

O Município da Póvoa de Lanhoso, numa colaboração entre os Serviços Municipais de Proteção Civil, a GNR e os Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso, irá organizar uma ação de sensibilização denominada “Peregrino Seguro”, já nesta sexta-feira.

SIMULACRO.png

O objetivo é consciencializar os automobilistas e os peregrinos em romagem ao São Bento da Porta Aberta para os perigos de circularem na faixa de rodagem. Esta ação de sensibilização consiste na realização de um simulacro de um acidente rodoviário com atropelamento de um grupo de peregrinos e irá realizar-se no dia 5 de agosto, sexta-feira, entre as 22h00 e as 23h00, na Estrada Regional 310, já bem perto da Vila da Póvoa de Lanhoso (junto à antiga “Residência Universitária”).

Esta ação irá envolver os Serviços Municipais de Proteção Civil, a GNR e os Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso bem como a Irmandade de São Bento da Porta Aberta e os Escuteiros locais.

Para que a realização deste simulacro seja possível, irá proceder-se à interrupção parcial do trânsito na faixa de rodagem no sentido Caldas das Taipas - Póvoa de Lanhoso, na chegada à Vila sede de concelho, sendo que o trânsito neste sentido sofrerá um pequeno desvio.

PÓVOA DE LANHOSO ACOLHEU PROVAS DESPORTIVAS DE ÂMBITO NACIONAL

Nos dias 30 e 31 de julho, o Clube de Caçadores da Póvoa de Lanhoso acolheu, nas suas instalações, uma competição de Tiro FAN32 de âmbito nacional. Tratou-se da 5ª contagem do campeonato de Portugal e da Taça Federação.

Povoa de Lanhoso acolheu provas desportivas nacionais (4).jpg

Esta competição tornou-se possível devido a um investimento tripartido entre Câmara Municipal, Clube de Caçadores e Federação Portuguesa de Tiro com Armas de Caça, o qual permitiu dotar o espaço das condições exigidas para as provas nacionais e abre portas ao acolhimento de provas internacionais.

De acordo com o Vereador do Desporto e do Turismo da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Ricardo Alves, que acompanhou as provas, esta foi uma oportunidade para, por um lado, apoiar o desenvolvimento de uma modalidade desportiva e para, por outro lado, contribuir para a promoção do concelho, junto de atletas e suas comitivas.

De destacar as excelentes prestações dos atletas do Clube de Caçadores da Póvoa de Lanhoso. De lembrar que, a tarde de sábado, dia 30 julho, iniciou-se com a disputa da “Taça Magiccups” e encerrou com a “Taça Federação – Taça CC Póvoa de Lanhoso”. No domingo, 31 de julho, no âmbito do “Campeonato de Portugal individual e equipas clube”, disputou-se a “Taça Município da Póvoa de Lanhoso”.

Por fim, é de referir ainda que o Clube de Caçadores da Póvoa de Lanhoso já tem em exposição a Taça de Portugal, que conseguiu trazer para o nosso concelho, muito recentemente.

Povoa de Lanhoso acolheu provas desportivas nacionais (1).jpg

PÓVOA DE LANHOSO COM RESULTADOS POSITIVOS NO COMBATE À VESPA ASIÁTICA COM ARMADILHAS

Os serviços de Proteção Civil e de Veterinária do Município da Póvoa de Lanhoso conseguiram capturar, através de uma rede de armadilhas colocada um pouco por todo o concelho, mais de um milhar (1.056) de vespas asiáticas obreiras.

Povoa de Lanhoso prossegue combate a vespa asiatica (1).jpeg

No total, foram 119 as armadilhas colocadas nas diversas freguesias e uniões de freguesia da Póvoa de Lanhoso, as quais permitiram ainda capturar cerca de 305 vespas fundadoras, que são as responsáveis pela construção dos ninhos primários. Pode, por isso, afirmar-se que este número corresponde a menos 305 ninhos definitivos de vespas asiáticas criados.

Esta campanha de colocação de armadilhas está a apresentar resultados positivos e representa um importante contributo que veio reforçar o combate à vespa asiática.

Estas armadilhas foram colocadas sobretudo no mês de abril, porque é em março/abril que as fundadoras saem da hibernação e procuram alimentos à base de hidratos de carbono, néctar ou elementos açucarados e é também neste período que conquistam novos territórios para construir os ninhos.

Segundo o ciclo biológico da vespa, nesta altura do ano, a vespa asiática já desenvolveu os seus ninhos definitivos, sendo que, até ao momento, os serviços municipais já intervencionaram em 42 destes ninhos.

Povoa de Lanhoso prossegue combate a vespa asiatica (1).JPG

Povoa de Lanhoso prossegue combate a vespa asiatica (2).jpeg

PÓVOA DE LANHOSO EXPÕE ARTES PLÁSTICAS

XXVI Exposição Aberta de Artes Plásticas da Póvoa de Lanhoso abre portas no dia 6 de agosto

Está marcada para o dia 6 de agosto a abertura da XXVI Exposição Aberta de Artes Plásticas da Póvoa de Lanhoso. A mostra conta com 79 trabalhos de 43 artistas, um número que constitui um recorde de participações.

(Arquivo - Galeria do Theatro Club acolhe Exposicao Aberta de Artes Plasticas da Povoa de Lanhoso).jpg

A inauguração está marcada para as 16h00, na Galeria de Exposições do Theatro Club. O certame fica patente até 30 de setembro.

Na edição de 2022, participam 10 artistas da Póvoa de Lanhoso. Participam ainda criadores provenientes de Amares, Arcos de Valdevez, Aveiro, Barcelos, Braga, Caminha, Esposende, Famalicão, Guimarães, Lisboa, Porto, Sesimbra, Setúbal, Terras de Bouro, Viana do Castelo, e de Lugo (Espanha). 

Os trabalhos que serão apresentados ao público inserem-se nas categorias de pintura, desenho, técnica mista e escultura.

A Exposição Aberta de Artes Plásticas da Póvoa de Lanhoso é já uma referência  no roteiro de exposições de âmbito regional e até nacional.

A abertura da XXVI Exposição Aberta de Artes Plásticas da Póvoa de Lanhoso integra a programação da iniciativa “Póvoa em Festa”, que termina no final de agosto.

Galeria de Exposições do Theatro Club

Terça a sexta-feira: 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Em dias de espetáculo: 20h00 às 00h00

PÓVOA DE LANHOSO VAI TER CENTRO DE INTERPRETAÇÃO DO TERRITÓRIO

Póvoa de Lanhoso apresentou projeto para criação de Centro de Interpretação do Território

O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Frederico Castro, reuniu, recentemente, nos Paços do Concelho, com a Secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques, e com o Presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte, Luís Pedro Martins.

Povoa de Lanhoso apresentou projeto de centro de interpretacao do territorio 1.jpg

Em cima da mesa de trabalho esteve o projeto para a criação de um Centro de Interpretação do Território, tendo sido abordados aspetos como a abrangência, as valências deste equipamento assim como possíveis instrumentos de financiamento. O Vereador do Turismo, Ricardo Alves, também esteve presente.

Nesta deslocação à Póvoa de Lanhoso, a governante esteve ainda no terreno para conhecer, de perto, o local definido pelo Executivo de Frederico Castro para a construção, de raiz, do Centro de Interpretação do Território, à margem da Estrada Nacional 103, junto da conhecida como “Rotunda do Ouro”. 

Rita Marques teve ainda oportunidade de visitar a Sala de Interpretação da Filigrana e o núcleo museológico do Castelo de Lanhoso, sendo que, da Póvoa de Lanhoso, levou ainda uma Maria da Fonte, simbolizando o futuro que se pretende dourado para o turismo local.

Povoa de Lanhoso apresentou projeto de centro de interpretacao do territorio 2.jpg

Povoa de Lanhoso apresentou projeto de centro de interpretacao do territorio 3.jpg

PÓVOA DE LANHOSO PROPORCIONA RESPOSTA MÉDICA E DE ENFERMAGEM A UTENTES SEM MÉDICO DE FAMÍLIA

A partir de hoje, 1 de agosto, o Agrupamento de Centros de Saúde Cávado II (ACES) - Gerês/Cabreira II vai disponibilizar uma nova resposta unicamente direcionada para os utentes da Póvoa de Lanhoso sem médico de família.

Centro Saude Povoa de Lanhoso.jpg

Esta resposta será assegurada através de uma equipa constituída por médico, enfermeiro e secretário clínico. Para o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Frederico Castro, esta solução “é muito importante, porque estamos a falar de 400 utentes que estavam sem médico de família”.

Não se trata aqui de médico de família, mas sim de suprir as necessidades dos utentes, que passam a ter cobertura assegurada ao nível dos serviços médicos e de enfermagem. “A partir de 1 de agosto, resultado do trabalho do ACES e da colaboração que a Câmara Municipal tem prestado, todos os habitantes da Póvoa de Lanhoso terão serviço médico garantido”, refere o autarca Povoense, mostrando-se muito satisfeito. “É mais um passo em frente nos serviços de Saúde e na qualidade de vida das pessoas”.

O serviço funcionará duas vezes por semana nas instalações do Centro de Saúde da Póvoa de Lanhoso, sobretudo no período da manhã. Os utentes já estão a ser contactados para aferir se continuam sem médico de família e para, mantendo-se essa situação, verificar se manifestam interesse em marcar consulta.

De entre outros aspetos, a colaboração da Câmara Municipal passou pela criação de condições para estes profissionais poderem desenvolver o seu trabalho. Frederico Castro destaca o “trabalho de equipa” entre a Câmara Municipal e o ACES, “até porque estamos a caminhar no sentido de assinar o auto de transferência na área da Saúde e tudo isto tem sido feito em conjunto com o ACES”.

No processo de delegação de competências, o autarca Povoense tem expectativa de que as condições para os municípios sejam melhoradas. “Ainda não assinamos o auto para a área da Saúde, porque entendemos que os interesses do concelho ainda não estavam salvaguardados. É uma questão de tempo, as condições têm vindo a ser reforçadas e as nossas reivindicações [as reivindicações dos municípios portugueses] têm sido cada vez mais atendidas. Não queremos saldo positivo na delegação de competências, mas também não queremos saldo negativo”.

PÓVOA DE LANHOSO REALIZA OPEN DE TÉNIS

Open de Ténis da Póvoa de Lanhoso disputa-se de 4 a 15 de agosto

De 4 a 15 de agosto realiza-se a 5ª edição do Open de Ténis da Póvoa de Lanhoso. Esta competição é organizada pelo Município da Póvoa de Lanhoso e pela Escola de Ténis_Associação ATITUDORDEM.

(Arquivo - Open de Tenis da Povoa de Lanhoso).jpg

Podem participar neste torneio todos os e as atletas federados/as e não federados/as, residentes e não residentes no concelho da Póvoa de Lanhoso.

Este torneio tem como objetivos principais a promoção e divulgação da modalidade, o convívio e confraternização em contexto desportivo e a dinamização dos espaços concebidos em exclusivo para a prática do ténis.

As partidas irão disputar-se todos os dias, nos Campos de Ténis Municipais.

Mais informações podem ser obtidas através de desporto@mun-planhoso.pt ou de 253 639 707 (Piscina Municipal Coberta).

CASTELO DE LANHOSO “VISITADO” POR 77 PAÍSES

Nova Zelândia, Suriname, Trinidad e Tobago, Etiópia e Nepal. Estes são alguns do países de proveniência dos visitantes do Núcleo Museológico do Castelo de Lanhoso.

CasteloDeLanhoso3.jpg

Estes dados começaram a ser registados em 2017. Dão conta de que, dos 195 países do Mundo, cidadãos de 77 desses países já visitaram o interior de torre de menagem do ex libris da Póvoa de Lanhoso.

Na receção do Núcleo Museológico do Castelo de Lanhoso existem dois mapas, nos quais é assinalada a proveniência das pessoas que visitam este espaço, quer em termos internacionais, quer em termos nacionais. Para dar um exemplo, na semana de 29 de maio a 5 de junho, o Núcleo Museológico recebeu visitantes provenientes de 11 países, para além de Portugal: Brasil, Espanha, Ucrânia, Alemanha, França, Hungria, Itália, Inglaterra, República Checa, Nigéria e Trinidad e Tobago.

Esse registo permite ainda perceber que pessoas provenientes de 38 países da Europa já passaram pelo interior da Torre de Menagem.

Em termos nacionais, visitantes de 211 dos 308 concelhos do país, já estiveram no local, enquanto, em termos distritais, estão representados todos os 18 distritos do país, com Madeira e Açores incluídos.

De salientar ainda que os habitantes do Litoral Norte e do Minho são os que mais procuram o Castelo de Lanhoso, para ficarem a conhecer melhor a história da Póvoa de Lanhoso, sendo que os do Interior e do Sul já não o fazem tanto.

Assim, o espaço pode ser visitado de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00. O encerramento acontece às segundas e terças-feiras.

Desde o dia 18 de maio (Dia Internacional dos Museus), as pessoas residentes no concelho da Póvoa de Lanhoso passaram a beneficiar de entradas gratuitas no Núcleo Museológico do Castelo de Lanhoso, mediante apresentação de comprovativo de morada.