Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

TURMA 11 DA EB1 DE PONTE DE LIMA APRESENTA O ESPECTÁCULO “CONFEITOS PARA TODOS – A FESTA DA AMIZADE” INSERIDO NO SERVIÇO EDUCATIVO DO TEATRO DIOGO BERNARDES

21 de Junho – 17h00 – Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

No próximo dia 21 de Junho, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, será apresentado o exercício espectáculo Confeitos Para Todos – A Festa da Amizade, inserido no Curso de Teatro de Longa Duração para o 1.º Ciclo, pela Turma 11 da EB1 de Ponte de Lima, resultante do Serviço Educativo do Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, da responsabilidade do Município de Ponte de Lima em parceria com a Fértil Cultural, com direcção de Neusa Fangueiro e apoio de Rui Alves Leitão e Albertina Rêgo, com entradas gratuitas e para maiores de 3 anos.

servico_educativo_tdb_2_a3

“Numa cidade, disfarçada de floresta, onde árvores se misturam e se fazem parecer casas, um grupo de amigos preocupado com o mundo procura algo valioso que possa salvar este de todo o mal que o está a assombrar. Num brincar ao faz de conta onde a imaginação é primordial, estes meninos na sua busca encontram um monstro… imaginário composto pelos corpos de outras crianças.”

Recorde-se que no passado dia 26 de Maio, no Largo da Alegria (Além da Ponte), foi apresentado o exercício final da formação/curso de longa duração do Serviço Educativo do Teatro Diogo Bernardes 2017-2018, dirigido aos actores dos grupos de teatro do concelho, com o título Turistas.

O espectáculo resultou da formação para actores dos grupos Duplaface Companhia das Artes, Gorilas e Pequenos Actores do Lima, de Ponte de Lima, no âmbito do Serviço Educativo do Teatro Diogo Bernardes, também sob a direcção da Fértil Cultural, estrutura profissional de teatro.

No decurso da formação, foram abordadas várias técnicas de interpretação, explorando a voz, o corpo e as emoções, bem como temas como a dramaturgia, a encenação e a música em cena, para que os participantes desenvolvessem novas formas de expressão dramática e criação teatral.

Para a temporada de 2018-2019, coincidente com o próximo ano lectivo, o Serviço Educativo do Teatro Diogo Bernardes irá manter o Curso de Teatro de Longa Duração dirigido ao 1.º Ciclo e a formação de teatro para adultos, com destaque para os actores amadores do concelho.

Serão ainda, ao nível escolar, acrescentadas mais duas ofertas educativas.

Visitas Encenadas ao Teatro – É usual os teatros de agora abrirem as suas portas aos públicos escolares de forma a mostrar como funcionam tecnicamente; no entanto, se esta apresentação for meramente técnica pode cair numa linguagem desadequada e cansativa para o público a que se está a dirigir. Uma forma de contornar este problema é transformar a visita técnica numa criação artística ambulante pelo teatro. São vários os teatros que adoptaram este modelo com resultados positivos.

Papim Papa Palavras – Espectáculos de Teatro Para os Jardins de Infância

Papim, um monstro papão fora do vulgar, em vez de assustar meninos vem para lhes mostrar a magia das palavras existentes nas histórias. Um monstro imaginário criado pela mãe do Afonso

através do seu brinquedo preferido, um móbil cheio de palavras ilustradas. Durante o espectáculo vamos brincar com muitas palavras e a sua sonoridade. A porta bate e o Papim, que é um papão, papa tudo o que lhe aparece à mão.

“Papim Papa Palavras” é uma criação dedicada à primeira infância, com Criação e Interpretação de Neusa Fangueiro e Rui Alves Leitão e Criação Plástica Theresa Campos.

O interesse na participação nas distintas actividades e/ou na recepção do espectáculo “Papim Papa Palavras” deve ser comunicado pelos estabelecimentos de ensino do concelho de Ponte de Lima, através de correio electrónico, até 30 de Junho de 2018.

Os Serviços do Teatro Diogo Bernardes comunicarão às escolas a decisão final até 15 de Agosto de 2018.

O início das actividades decorrerá em Outubro de 2018.

Mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt

PONTE DE LIMA HOMENAGEIA POETA ANTÓNIO VIEIRA LISBOA

Apresentação do Livro Versos Estranhos de António Vieira Lisboa

No dia da morte do Poeta António Vieira Lisboa ocorrida em Ponte de Lima, há 50 anos, o Município de Ponte de Lima promoveu uma homenagem ao poeta e jurista, no passado dia 13 de junho.

IMG_3832 (Medium)

O programa inclui um conjunto de ações evocativas com o objetivo de recordar um notável homem que intervalou a escrita com o exercício da magistratura.

António Vieira Lisboa, publicou um considerável número de livros de poesia, sobressaindo o lirismo amoroso associado à sensualidade feminina e o lirismo celebrativo da paisagem limiana, com destaque para o Rio Lima. Ao longo da década de 1940 escreveu várias obras poéticas, designadamente “Versos Estranhos”, “Poemas de Amor e dúvida”, “Mulheres: Versos”, “Chão de Amor”, “Ao longo do Rio Azul”, “Testamento Sentimental”, entre outras, atualmente difíceis de se encontrar no mercado.

Este dia evocativo foi assinalado com o lançamento do livro “Versos Estranhos de António Vieira Lisboa”, de autoria de António Afonso.

A apresentação da obra esteve a cargo do Dr. João Lobo, autor da Nota Introdutória do livro “Versos Estranhos de António Vieira lisboa” que descreveu esta obra como um (..) “livro admirável que resgata da memória um escritor ilustre e a obra que nos legou”,  parabenizando o Município de Ponte de Lima e o autor do livro pela edição lançada, assinalando o quinquagésimo aniversário do falecimento do poeta.

O Autor da publicação “Versos Estranhos de António Vieira Lisboa” António Afonso agradeceu ao Município de Ponte de Lima pela disponibilidade demonstrada para a edição desta obra, e detentor há anos de um manuscrito daquele livro com a mais-valia de referir as datas e os locais onde os poemas tinham sido escritos e que permitiu a realização deste livro, oferecendo ao Município de Ponte de Lima o referido manuscrito.”

O Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, salientou que ao apoiarmos esta publicação (..) “estamos a homenagear um grande limiano”. O autarca considerou ainda que no âmbito da “ nossa política cultural e editorial do Município, faz parte valorizarmos as nossas figuras célebres deste concelho”. O Edil, referiu ainda que esta é uma grande oportunidade de dar a conhecer a obra deste grande poeta, precisamente neste dia, 13 de junho às 18 horas – data dos 50 anos do seu falecimento”.

As comemorações incluíram ainda um tributo ao poeta com poesias encenadas pelo GACEL – Grupo de Ação, Cultura e Estudos Limianos, durante a apresentação do livro. As comemorações terminaram com um tributo ao poeta António Vieira Lisboa, com momentos de poesia encenados pelo grupo GACEL, antecedendo a ‘Poesia à Sexta’, que habitualmente acontece à Sexta-feira.

IMG_3843 (Medium)

PONTE DE LIMA REALIZA MESA DOS QUATRO ABADES

Ponte de Lima - Mesa dos Quatro Abades . 17 de junho – 12 horas

Em Ponte de Lima a tradição mantém-se. A Mesa dos Quatro Abades realiza-se no próximo domingo, 17 de junho, a partir das 12 horas.

03_05b (Medium)

A tradição remonta ao século XVII, à volta de uma mesa em granito que se apoia no marco divisório que une as quatro freguesias do Concelho de Ponte de Lima, sendo elas Calheiros, Cepões, Bárrio e Vilar do Monte.

Esta secular tradição celebra-se no 3º domingo do mês de junho. A mesa é ladeada por quatro bancos também em granito, cada um assente no território de cada freguesia, onde outrora os representantes de cada paróquia sentavam-se para debater e resolver os mais diversos assuntos consultando os fiéis, que se encontravam ao seu redor.

Cabe ao Presidente de cada junta de freguesia apresentar as suas reivindicações ao Presidente da Câmara de Ponte de Lima, que preside a esta cerimónia tradicional. Trata-se de um fórum popular com relevo para as questões ligadas ao desenvolvimento regional. A música tradicional portuguesa complementa este típico costume limiano.

mesa.4.abades_fot.miguel.costa_1_1024_2500

PONTE DE LIMA REALIZA FEIRA DO CAVALO

Feira do Cavalo de Ponte de Lima – 2018. 28 de junho – 2 de julho

Ponte de Lima prepara a 12ª edição da Feira do Cavalo. Evento que pela sua qualidade e visibilidade faz parte do calendário equestre nacional e internacional.

Feira do Cavalo (Medium)

Classificado como Evento do Ano pelos Prémios Alto Minho Business Awards 2017, a Feira do Cavalo de Ponte de Lima mantém a aposta numa estratégia de investimento na componente equestre, dinamizada pela Município de Ponte de Lima.

Mais uma vez, as expectativas deste evento que atrai cavaleiros e criadores, nacionais e internacionais, com destaque para a presença internacional, colocando Ponte de Lima numa das capitais do circuito equestre internacional.

Do programa equestre destaca-se o Concurso Internacional de Dressage, Concurso de Modelo e Andamentos, Critérios de Cavalos Novos, Campeonato de Portugal de Dressage Senior e para-dressage, para além da jornada da taça de Portugal de dressage, equitação de trabalho, horseball e atrelagem.

De referir ainda quer no dia da abertura oficial, a 28 de junho, realiza-se a Gala da Escola Portuguesa de Arte Equestre.

Para mais informações consulte o site da feira: www.feiradocavalo.pt

PONTE DE LIMA EVOCA CENTENÁRIO DA MORTE DE ANTÓNIO FEIJÓ

Palestra encerra programa evocativo dos 100 anos da morte de António Feijó

O Município de Ponte de Lima vai promover a palestra “Correntes filosóficas em António Feijó”, no próximo dia 20 de junho, pelas 18h00, na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima.

António Feijó

Esta comunicação estará a cargo de Agostinho Fernandes que explorará o quadro mental positivista em que Feijó se desenvolveu pessoal e profissionalmente e o seu pendor para as letras e para a poesia.

Uma palestra que encerra o programa evocativo dedicado ao poeta-diplomata ponte-limense, considerado um dos maiores vultos da literatura portuguesa finissecular.

Associe-se à homenagem dedicada a uma das figuras mais proeminentes da cultura local e compareça na cerimónia de encerramento.

PONTE DE LIMA REALIZA FESTA DO VINHO VERDE: AI VERDINHO, MEU VERDINHO!

Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Eng.º Miguel João de Freitas visitou a Festa do Vinho Verde – “Ponte de Lima é uma referência do Vinho Verde”

A Festa do Vinho Verde e dos Produtos Regionais de Ponte de Lima, considerada como um evento de referência, cumpriu a 28ª edição e traduziu-se numa mega campanha de promoção ao afamado Vinho Verde. O evento que decorreu este fim-de-semana no Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima teve um elevado número de visitantes.

P6080136 (Medium)

Reconhecendo “Ponte de Lima como uma referência na produção do Vinho Verde” o Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Eng.º Miguel João de Freitas, revelou que “esta feira apresenta uma enorme diversidade de produtores que fazem com paixão e que se empenham na realização da sua atividade (…) o sector agrícola não é fácil, é necessário muita entrega, e o Vinho Verde é algo que nos distingue.”, disse o Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural.

Nas palavras do mesmo, “estes produtores são especiais, e (…) a vinha é fator de transformação da paisagem, traz-lhe valor, riqueza, (…) e consolida a ideia de dieta mediterrânica”, rematou.

Por sua vez o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, definiu o evento como uma verdadeira alavanca para a promoção e divulgação do melhor que o mundo rural dispõe, apresentando em simultâneo uma mostra da dinâmica do sector vinícola e do turismo enogastronómico.

O autarca salientou que “este produto permitiu o surgimento de novos produtores, gerando maior riqueza e diversidade da marca dos Vinhos Portugueses”. Victor Mendes referiu-se ainda “ao trabalho notável que se tem registado no sector vinícola, e parabenizou todos os parceiros que juntamente com o Município promovem este certame, “esta feira é das mais antigas do concelho e do distrito, e ao longo da sua existência tem sido um fator de promoção e valorização do Vinho Verde” sustentou o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima.

Mantendo aposta neste certame, a organização resulta de uma parceria entre o Município de Ponte de Lima, a Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural e a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima do Instituto Politécnico de Viana Castelo.

Confirmado como um néctar único, o Vinho Verde é o principal ingrediente e a base para a realização de uma série de concursos que se realizaram durante o evento. Showcookings, degustações e provas de vinho com destaque para os tradicionais concursos de Vinho Verde e do Leite-creme.

Destaque ainda para os momentos musicais que fizeram da Feira um verdadeiro sucesso: Zé Amaro e o DJ Pedro Pena asseguraram a animação da "Noite do Vinhão" de sexta-feira. Na "Noite de

Loureiro" a voz de Carolina Deslandes fez as delícias dos fãs. Mas a música continuou noite adentro, ao som do DJ Bruno S.

A Feira encerrou brilhantemente com o XXXVIII Festival de Folclore do Grupo de Danças e Cantares de Ponte de Lima.

PANA4722 (Medium)

Resultados do XVI Concurso de Vinhos de Ponte de Lima

Categoria – Vinho Verde da Casta Loureiro:

- Menção honrosa para o vinho “Pecadinhos do Abade “ de Laureano Barbosa Machado

- 1º Prémio – Categoria ouro para o vinho “Caroça” de Joel Carvalho – Sociedade Agrícola Lda.

- 2º Prémio – Categoria prata para o vinho “Loureiro” da Adega Cooperativa de Ponte de Lima

Categoria – Vinho Verde branco

- Menção honrosa para o vinho “Adega de Ponte da Barca Branco” de Viniverde

- 1º Prémio – Categoria ouro para o vinho “Terras de Conclave” de Terras de Conclave – Agroturismo Lda.

- 2º Prémio – categoria prata para o vinho “Aromas 4U escolha” de Aromas 4U, Lda.

Categoria – Vinho Verde da Casta Vinhão

- Menção honrosa para o vinho “Madrinha” de Margarida Laura Martins de Vasconcelos

- 1º Prémio – Categoria Ouro para o vinho “Aguião” de Simão Pedro de Vasconcelos Bacelar de Aguiã

- 2º Prémio – Categoria prata para o vinho “Adega dos Leões” de Margaria Laura Martins de Vasconcelos

Resultados do X Concurso de Leite-creme

Categoria Restauração

1º - Restaurante “Encanada”

2º - Restaurante “A Carvalheira”

3º - Restaurante “River View”

Categoria Individual

Daniel Lúcio Pinheiro

IMG_0003 (Medium)

IMG_0012-2 (Medium)

IMG_3090 (Medium)

IMG_3248 (Medium)

IMG_3264 (Medium)

IMG_3395 (Medium)

IMG_9541 (Medium)

PONTE DE LIMA HOMENAGEIA POETA ANTÓNIO VIEIRA LISBOA

13 de junho – 18 horas – Auditório Municipal

O Município de Ponte de Lima vai homenagear o poeta António Vieira Lisboa com um programa diversificado de ações evocativas para recordar um notável homem que intervalou a escrita com o exercício da magistratura.

versos_estranhos_2018_cartaz

 O dia 13 de junho – dia do falecimento do distinto autor - será assinalado com o lançamento do livro “Versos Estranhos de António Vieira Lisboa”, de autoria de António Afonso e pelo tributo ao poeta com poesias encenadas por GACEL – Grupo de Ação, Cultura e Estudos Limianos.

A apresentação do livro - uma edição evocativa dos 50 anos de falecimento do poeta – estará a cargo de João Lobo, com intervenções do autor e do Presidente do Município de Ponte de Lima, Victor Mendes, às 18 horas, no auditório municipal.

Às 21h30, no mesmo local, terá lugar o tributo ao poeta António Vieira Lisboa, com momentos de poesia encenados pelo grupo GACEL, antecedendo a ‘Poesia à Sexta’ que estava anteriormente agendada para o dia 15 de junho.

No auditório municipal encontrar-se-á também patente uma exposição intitulada “Recordar Vieira Lisboa: o homem, a obra, o tempo”, organizada pela Biblioteca Municipal de Ponte de Lima, que transitará posteriormente para o espaço da Biblioteca e ficará acessível a todos os interessados até ao final do ano. Associe-se à justa homenagem a uma das notáveis figuras da cultura local e compareça nas sessões de tributo ao poeta do Lima.

Antonio Feijo

PONTE DE LIMA É A CAPITAL DO CIRCUITO NACIONAL DE CANOAGEM

O título de Campeão Nacional de Maratonas decide-se no Rio Lima

16 e 17 de junho Depois do grande êxito da edição de 2017, Ponte de Lima volta este ano a acolher o Campeonato Nacional de Maratona de Canoagem.

CCNM-2018_cartaz_A3

O evento que decorre nos próximos dias 16 e 17 de junho, sucede mais uma vez à assinatura de um protocolo do Município com o Clube Náutico (CNPL), no sentido de apoiar financeiramente a realização do Campeonato que traz ao Rio Lima os melhores especialistas nacionais de maratona.

Na base deste protocolo e subjacente apoio financeiro por parte do Município, está o objetivo de promover nacional e internacionalmente o CNPL, a vila de Ponte de Lima, e respetivos, equipamentos, infraestruturas e recursos hídricos associados à prática da modalidade, que nos últimos anos tem vindo a ser alvo de constantes investimentos.

Assim, durante os dois dias desta que é a maior pro va nacional de maratona, são esperados em competição mais de três centenas de atletas, pertencentes a mais de trinta clubes náuticos.

Durante o dia de sábado, 16 de junho, decorrem as provas de K1 e C1, já o domingo, 17 de junho, reserva-se às embarcações K2 e C2.

Esta competição, onde serão conhecidos os campeões nacionais, está aberta a atletas das categorias sénior, júnior e veterano.

A competição, cujo epicentro é a zona fronteira a Ponte de Lima, no espaço compreendido entre as pontes medieval e N. Sra. Da Guia, é organizada pelo Município de Ponte de Lima e pela Federação Portuguesa de Canoagem, em parceria com Clube Náutico de Ponte de Lima. Clube este, que é o detentor do título nacional coletivo, enquanto muitos dos seus atletas, entre os quais Joana Marinho Sousa e Duarte Lacerda, ostentam o título individual que vão defender perante o público.

Nas palavras de João Carlos Brandão Gonçalves, presidente do CNPL existem “razões mais que suficientes para que muito público possa acompanhar a maior competição nacional de maratona. Desde a zona da portagem, onde os atletas passam em terra carregando as suas embarcações; às duas margens do rio do esquecimento; ou a partir das pontes, onde pode ser acompanhada grande parte do percurso.”

PONTE DE LIMA VAI A OURENSE COMEMORAR DIA DE PORTUGAL

Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas – Município de Ponte de Lima presente nas comemorações em Ourense – Galícia

O Município de Ponte de Lima vai estar presente nas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que o Consulado Português na Galiza vai promover nos dias 9 e 10 de junho.

ima_02292 (13 of 94)

À semelhança do ano passado, o Consulado Português na Galiza promove as comemorações do Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas, em estreita colaboração com os municípios do norte de Portugal. As festividades terão novamente lugar no centro da cidade de Ourense, nomeadamente na Praça Bispo Cesáreo e na Praça Maior de Ourense, sendo que ambas detêm excelentes condições e infraestruturas.

A cultura e a etnografia limiana estará representada através do Rancho Folclórico da Ribeira, estando a atuação marcada para sábado, 9 de junho, às 16 horas.