Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PONTE DE LIMA INAUGURA OBRAS DE BENEFICIAÇÃO EM ESCOLA DO FREIXO

Inauguração das Obras de Beneficiação da Escola EB 2/3 de Freixo – 23 de novembro – 11 horas

A inauguração oficial das obras de Beneficiação da Escola EB 2/3 de Freixo está marcada para o dia 23 de novembro, às 11 horas.

Capturar1

A remodelação do edifício da escola EB 2/3 de Freixo visou atingir níveis de conforto, segurança, saúde e de eficiência energética. Ao nível geral retificaram-se as fissuras, foram pintadas as paredes interiores e exteriores e os pavimentos das salas de aulas foram substituídos.

O valor do investimento da obra foi de 300.000€, verba financiada em 85% pelo programa Portugal 2020, sendo o restante comparticipado pelo Ministério da Educação e pelo Município de Ponte de Lima, suportando cada uma destas entidades uma comparticipação de 7,5% do valor.

A requalificação deste edifício que já apresentava sinais de deterioração derivados da idade desta construção, integrou um plano estratégico definido pelo Município de Ponte de Lima cujo objetivo assentou na requalificação de outros equipamentos escolares, nomeadamente a Escola EB 2/3 António Feijó, Escola Básica e Secundaria de Arcozelo e a Escola Básica Integrada da Correlhã.  

De referir ainda que a reabilitação desta unidade escolar incluiu ainda a zona dos balneários do pavilhão gimnodesportivo da escola, bem como a ampliação do refeitório, cujo investimento ascendeu a 30.000€ suportados pelo Município de Ponte de Lima.

Assim, convidamos o V/ órgão de comunicação a assistir à inauguração das Obras de Beneficiação da Escola EB 2/3 de Freixo, no dia 23 de novembro, às 11 horas.

PONTE DE LIMA LEVA A LOURES ALHEIRA DE GALO E ARROZ DE SARRABULHO À MODA DE PONTE DE LIMA E O GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MINHO ANIMA A FESTA

Estão quase esgotadas as inscrições para o almoço de arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima e a alheira de galo, numa iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho em parceria com os restaurantes de Ponte de Lima. Mas, praticamente metade das inscrições já estão asseguradas, devendo as mesmas ficarem esgotadas dentro de pouco tempo!

IMG_6274

A iniciativa vai ter lugar no próximo dia 3 de Fevereiro em Loures, a ter lugar na cantina da Câmara Municipal de Loures.

Sob a experiente batuta do Chefe Paulo Santos, da Casa de S. Sebastião, na freguesia limiana de S. Pedro de Arcos, espera-se uma adesão bem mais superior à verificada no ano passado. Os comensais vão ter a oportunidade de saborear uma das requintadas obras do paladar da gastronomia minhota e portuguesa em geral – o arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima!

Trata-se, realmente, de uma iniciativa a não perder e cuja inscrição não deve ser relegada para mais tarde… os contactos são os seguintes:

- Teotónio Gonçalves – 964 006 657

- Mário Oliveira – 914 080 246

IMG_6307

CapturarAlmoçoSarrabulho2019

A PROTECÇÃO DAS DENOMINAÇÕES DE ORIGEM PROTEGIDA E A SEGURANÇA ALIMENTAR

Organizei hoje em Ponte de Lima um almoço-debate sobre a protecção das denominações de origem protegida e a segurança alimentar na União Europeia com a presença de vários produtores minhotos que viram a tipicidade e autenticidade dos seus produtos serem protegidas por esta designação.

46444433_1410870619049725_8477789246394990592_n

Uma protecção eficaz destes nomes de produtos é uma mais-valia para a segurança alimentar, um estímulo para a sua comercialização e pode também criar condições de manutenção e competitividade de actividades agrícolas que, de outra forma, apenas se poderiam manter através de subsídios.

Se os consumidores europeus beneficiam hoje das normas mais rigorosas do mundo em termos de qualidade, higiene e segurança agro-alimentar, é também verdade que o rigor destas normas tem que ser compatibilizado com o respeito pelo património cultural e gastronómico que muitos dos produtos DOP reflectem e que deve ser, por isso, promovido e valorizado!

José Inácio Faria (17 de Novembro)

46454547_1410870635716390_2763585105904533504_n

46460679_1410870869049700_812042964074233856_n

46463346_1410870842383036_9093895750886096896_n

46477108_1410870745716379_857738517000749056_n

46480571_1410870849049702_7246730398204428288_n

46508073_1410870775716376_6359453346704654336_n

46381711_1410870705716383_1650453264954556416_n

CONVERSAS DE ESQUINA | FÉRTIL CULTURAL EM PONTE DE LIMA

17 de Novembro – 21h30 – Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

Sábado, 17 de Novembro, às 21h30, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, A Fértil Cultural apresenta a sua mais recente produção, estreada a 2 de Novembro passado – Conversas de Esquina, com texto e encenação de Rui Alves Leitão e interpretação de Neusa Fangueiro e Tanya Ruivo, com a particularidade de permitir apenas a lotação limitada a 80 espectadores.

conversas_esquina_4x3_

Atente-se que este espectáculo é da responsabilidade da estrutura profissional de teatro que materializa, há três anos, na qualidade de parceira, o Serviço Educativo do Teatro Diogo Bernardes, quer com alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, quer com Amadores de Teatro provenientes de Grupos de Teatro do Concelho, tendo sido apresentados quatro exercícios finais resultantes dos trabalhos de formação ministrados nos anos lectivos de 2016-2017 e de 2017-2018.

As acções do presente ano, que coincidem com o ano lectivo, tiveram início no corrente mês de Novembro e prevê-se a apresentação dos exercícios finais em Abril de 2019, antes da Páscoa, como não podia deixar de ser, no Teatro Diogo Bernardes.

Voltando a Conversas de Esquina, trata-se de uma co-produção da Fértil Cultural, do Teatro Diogo Bernardes e da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, com apoios de, entre outros, do Município de Ponte de Lima e do Município de Vila Nova de Famalicão e financiamentos da Direção Geral das Artes / Ministério da Cultura / República Portuguesa.

Num espaço e num tempo comum duas mulheres encontram-se e conversam. Que conversas são essas? Quantas vezes se encontram? E têm sempre conversa?

No ponto onde duas vias se intersectam, estas duas mulheres intersectam as suas vidas tendo sempre uma conversa pronta na ponta da língua. Diálogos em catadupa sem propósito premeditado, mas com o propósito de se esclarecerem sobre o que as rodeia.

A esquina serve de metáfora ao espaço onde tantas conversas acontecem.

Texto e encenação Rui Alves Leitão

Interpretação Neusa Fangueiro e Tanya Ruivo

Cenografia e figurinos Carlos Neves

Desenho de luz Paulo Neto

Técnico de luz César Cardoso

Produção executiva Cristiana Morais

Fotografia Margarida Ribeiro

Vídeo Rúben Marques

Co-produção Fértil Cultural, Casa das Artes de V. N. de Famalicão e Teatro Diogo Bernardes

Apoio Município de Vila Nova de Famalicão, Município de Ponte de Lima, Enif

Estrutura financiada pela Direção Geral das Artes / Ministério da Cultura / República Portuguesa

Espectáculo para maiores de 12 anos

Bilhetes à venda (4,00€) e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt

JARDIM DE MICROCLIMAS FOI O MAIS VOTADO DA 14ª EDIÇÃO DO FESTIVAL INTERNACIONAL DE JARDINS DE PONTE DE LIMA

O Jardim de Microclimas da Holanda foi o jardim mais votado pelos visitantes durante o 14º Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima, edição que teve como tema “O Clima nos Jardins.”

B (12)

Proveniente de uma organização artística holandesa Laboratory for Microclimates (LfM) que se descolou à nossa Vila e explorou as qualidades existentes da região (questões relacionadas com a água, o vento e o calor) este jardim mereceu a preferência do público, registando 22, 3% dos votos.

“…O Jardim de Microclimas ofereceu uma experiência contínua de diferentes microclimas artificiais concebidos para aumentar a nossa consciência da natureza e do clima na paisagem rural de Portugal. Ao percorrer o caminho do jardim, os visitantes podiam conhecer e desfrutar dos seguintes microclimas: lago, rio, pântano, montanha e deserto, o monte de lenha, um sistema de filtro helófito, uma floresta autóctone, um campo de flores silvestres, uma charneca e um banho de pés na sombra. Nos dias mais quentes do verão podemos desfrutar deste banho natural de pés na sombra. É inspirado por uma tradição japonesa em locais públicos – praças, estações de comboio e parques. No Japão, os banhos de pés são centros sociais onde jovens e idosos se encontram e relaxam.

O projecto artístico Jardim de Microclimas apresentou a beleza das plantas e a biodiversidade à escala do jardim. Quando os visitantes percorriam o caminho, sentiam e desfrutavam dos microclimas apresentados (….) O Laboratório para Microclimas (LfM) teve como objectivo sensibilizar para a agricultura urbana, a partir duma perspectiva climática, com projectos de arte, agricultura urbana e cinema.”

B (13)

Como sendo o mais votado, vai manter-se em exposição na 15ª edição do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima, em 2019.

A segunda preferência do público recaiu sobre o jardim proveniente da Argentina “Estações que Prendem” com 18,5% dos votos, enquanto o jardim Atitudes (In)Concientes da autoria do Corpo Nacional de Escutas – Agrupamento n,º 367 Anais de Ponte de Lima, recolheu 12,6% dos votos.

A seleção das novas propostas para a edição 2019, que tem como tema Jardins do Fim do Mundo, decorrerá no corrente mês. Para mais informações consulte: www.festivaldejardins.cm-pontedelima.pt ou através do email: festivaldejardins@cm-pontedelima.pt.

B (16)

NÁDIA SCHILLING – ABOVE THE TREES EM PONTE DE LIMA

16 de Novembro – 21h30 – Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

A música portuguesa regressa ao palco do Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, na próxima sexta-feira, 16 de Novembro, às 21h30, com uma das mais recentes revelações nacionais – Nádia Schilling que irá apresentar o seu álbum Above the Trees ao vivo.

nadia_4x3_

Above the Trees é o primeiro disco a solo de Nádia Schilling, lançado a 21 de Novembro de 2017.

Gravado ao longo de dois anos, contou com a participação de Filipe Melo (piano), João Hasselberg (baixo), Bruno Pedroso (bateria) e de convidados como a cantora brasileira Marina Vello (Bonde do Rolê, Marina Gasolina, Madrid, Las Courtney Lovers) e os guitarristas João Firmino e Mário Delgado, entre outros.

As músicas deste álbum foram compostas numa velha guitarra acústica, após o período tumultuoso que se seguiu à morte da sua mãe. Above the Trees surge assim como um disco de uma escuridão subtil e invulgar, onde Nádia se expõe como forma de exorcismo de sombras e de catarse, mas também como um disco de memórias e um tributo.

Talvez seja por isso que quem o ouve se sinta em transgressão perante algo tão pessoal e, no entanto, seja confrontado com uma força que se vai revelando a cada música e a cada detalhe. É apenas quando chega ao fim, que percebemos que fomos levados a suster a respiração em vários momentos.

Natural das Caldas da Rainha, Nádia Schilling cresceu com o movimento de rock alternativo que popularizou a cidade na década de 1990. Estudou Arquitectura Paisagista e frequentou o Conservatório de Música onde estudou guitarra e técnica vocal. Em 2012, integrou a banda Loopooloo com a qual lançou “Loopooloo EP” (2013). Paralelamente, fez parte de um quinteto de jazz com quem gravou “Blue EP” (2016). Editou também "Covers EP" (2015) e o single “Bite the Bullet” (2016).

Passando por referências do folk, mas também do rock e do jazz, as suas influências vêm de artistas como Beck, Nico, Elliott Smith, Cat Power, Bill Callahan, Jon Brion, Fiona Apple, Nick Cave, Portishead, Tom Jobim, Chet Baker e Blossom Dearie.

Nádia Schilling (voz e guitarra)

Pedro Branco (guitarra)

João Hasselberg (baixo)

Nuno Oliveira (bateria)

Bilhetes à venda (4,00€) e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt

PONTE DE LIMA LEVA A LOURES ALHEIRA DE GALO E ARROZ DE SARRABULHO À MODA DE PONTE DE LIMA E O GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MINHO ANIMA A FESTA

Estão quase esgotadas as inscrições para o almoço de arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima e a alheira de galo, numa iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho em parceria com os restaurantes de Ponte de Lima. Mas, praticamente metade das inscrições já estão asseguradas, devendo as mesmas ficarem esgotadas dentro de pouco tempo!

IMG_6274

A iniciativa vai ter lugar no próximo dia 3 de Fevereiro em Loures, a ter lugar na cantina da Câmara Municipal de Loures.

Sob a experiente batuta do Chefe Paulo Santos, da Casa de S. Sebastião, na freguesia limiana de S. Pedro de Arcos, espera-se uma adesão bem mais superior à verificada no ano passado. Os comensais vão ter a oportunidade de saborear uma das requintadas obras do paladar da gastronomia minhota e portuguesa em geral – o arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima!

Trata-se, realmente, de uma iniciativa a não perder e cuja inscrição não deve ser relegada para mais tarde… os contactos são os seguintes:

- Teotónio Gonçalves – 964 006 657

- Mário Oliveira – 914 080 246

IMG_6307

CapturarAlmoçoSarrabulho2019

LIMIANOS REGRESSAM À GRANDE GUERRA

Recriação Histórica em Ponte de Lima: 18 de Novembro. Os Limianos na Primeira Grande Guerra

Com a organização do Município de Ponte de Lima e a participação da Companhia de Teatro Viv’Arte, juntamente com diversos grupos de teatro locais, como o Grupo Art’In Facha, Os Gorilas, o Grupo Duplaface e o Grupo Pequenos Actores do Lima, realiza-se no próximo domingo, 18 de novembro a Recriação Histórica Os Limianos na Primeira Grande Guerra. Agora que se cumprem cem anos sobre o término desse tão importante conflito bélico, que está a ser assinalado um pouco por todo o mundo e designadamente na Europa, tenta-se recriar um pouco da atmosfera vivida então, ao mesmo tempo que se presta um sincero tributo a todos os soldados limianos que integraram o Corpo Expedicionário Português (CEP).

Recriacao_Historica2018_FLYER copy

O recrutamento dos moços para o CEP, a guerra nas trincheiras e o regresso dos soldados a Ponte de Lima vão ser alguns dos aspetos a encenar nesta recriação evocativa da Primeira Guerra Mundial. A Recriação Histórica tem início às 15h00, dia 18 de novembro (domingo), nas imediações do Paço do Marquês, onde se encontra instalado o Centro de Interpretação da História Militar de Ponte de Lima.

Recriacao_Historica2018_FLYER copy

PONTE DE LIMA TAMBÉM FALA POR GESTOS

Município de Ponte de Lima promove ação de sensibilização “Mãos que falam”

No Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa (LGP) que se comemora a 15 de novembro, o Município de Ponte de Lima, assinala a efeméride com a ação de sensibilização “Mãos que falam”, através da Equipa Multidisciplinar do Serviço de Educação junto dos quatro Agrupamentos de Escolas do concelho, com o objetivo de promover e sensibilizar na comunidade escolar a Língua Gestual Portuguesa e sujeitar os alunos à reflexão e respeito dos direitos das pessoas surdas.

CARTAZ_DIA_NACIONAL_LINGUA_GESTUAL_PORTUGUESA

A celebração desta efeméride converge para a concretização dos princípios sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, designadamente os princípios da acessibilidade informativa e comunicacional.

A língua gestual é a língua dos surdos, utilizada por estes e por aqueles que comunicam com eles, tem vocabulário e gramática próprios, como sucede com as línguas orais, é a língua materna das pessoas surdas, produz-se a partir de movimentos das mãos, corpo e expressões faciais e a sua receção é visual.

A Língua Gestual Portuguesa (LGP) foi reconhecida enquanto língua da comunidade surda portuguesa pela Constituição da República em 1997, a 15 de novembro, a data em que se assinala o Dia Nacional da Linguagem Gestual Portuguesa. Na Constituição, ficou consagrado o compromisso do Estado Português em "proteger e valorizar a língua gestual portuguesa enquanto expressão cultural e instrumento de acesso à educação e da igualdade de oportunidades."

PONTE DE LIMA LEVA A LOURES ALHEIRA DE GALO E ARROZ DE SARRABULHO À MODA DE PONTE DE LIMA E O GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MINHO ANIMA A FESTA

Estão quase esgotadas as inscrições para o almoço de arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima e a alheira de galo, numa iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho em parceria com os restaurantes de Ponte de Lima. Mas, praticamente metade das inscrições já estão asseguradas, devendo as mesmas ficarem esgotadas dentro de pouco tempo!

IMG_6274

A iniciativa vai ter lugar no próximo dia 3 de Fevereiro em Loures, a ter lugar na cantina da Câmara Municipal de Loures.

Sob a experiente batuta do Chefe Paulo Santos, da Casa de S. Sebastião, na freguesia limiana de S. Pedro de Arcos, espera-se uma adesão bem mais superior à verificada no ano passado. Os comensais vão ter a oportunidade de saborear uma das requintadas obras do paladar da gastronomia minhota e portuguesa em geral – o arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima!

Trata-se, realmente, de uma iniciativa a não perder e cuja inscrição não deve ser relegada para mais tarde… os contactos são os seguintes:

- Teotónio Gonçalves – 964 006 657

- Mário Oliveira – 914 080 246

IMG_6307

CapturarAlmoçoSarrabulho2019

PONTE DE LIMA PROMOVE MALHADA À MODA ANTIGA COM TURMA DA CORRELHÃ

CIT promove malhada à moda antiga com turma da Correlhã

O Centro de Interpretação do Território (CIT) de Ponte de Lima promoveu, no passado dia 6 de novembro, a segunda sessão da Área Projeto dedicada ao Ciclo do Mundo Rural. A atividade foi desenvolvida com uma turma da EB da Correlhã do 2º ano de escolaridade – que acompanhará o projeto até junho de 2019 – e consistiu numa malhada à moda antiga, dinâmica lúdico-didática que proporcionou às crianças a oportunidade de aprender a malhar e a debulhar manualmente o milho.

IMG_1466

Relembramos que este projeto pedagógico pretende dotar o público escolar de novas ferramentas instrutivas através do estímulo à aprendizagem de conhecimentos acerca da lavoura, dos ciclos do pão, do linho e do azeite e dos processos envolvidos no seu fabrico.

A próxima atividade versará o ciclo do azeite, mormente o processo da apanha da azeitona, e terá lugar já no próximo dia 20 de novembro.

A participação nas atividades da Área Projeto é gratuita, mas carece de inscrição obrigatória.

Visite o CIT e conheça mais acerca das nossas valências.

"OS LIMIANOS NA PRIMEIRA GRANDE GUERRA" REGRESSAM A PONTE DE LIMA ATRAVÉS DE RECRIAÇÃO HISTÓRICA

Recriação Histórica em Ponte de Lima: 18 de Novembro. Os Limianos na Primeira Grande Guerra

Com a organização do Município de Ponte de Lima e a participação da Companhia de Teatro Viv’Arte, juntamente com diversos grupos de teatro locais, como o Grupo Art’In Facha, Os Gorilas, o Grupo Duplaface e o Grupo Pequenos Actores do Lima, realizar-se-á, no próximo dia 18 de novembro (domingo) a Recriação Histórica Os Limianos na Primeira Grande Guerra.

Recriacao_Historica2018_FLYER copy

Agora que se cumprem cem anos sobre o término desse tão importante conflito bélico, que está a ser assinalado um pouco por todo o mundo e designadamente na Europa, tenta-se recriar um pouco da atmosfera vivida então, ao mesmo tempo que se presta um sincero tributo a todos os soldados limianos que integraram o Corpo Expedicionário Português (CEP).

O recrutamento dos moços para o CEP, a guerra nas trincheiras e o regresso dos soldados a Ponte de Lima vão ser alguns dos aspetos a encenar nesta recriação evocativa da Primeira Guerra Mundial. A Recriação Histórica tem início às 15h00, dia 18 de novembro (domingo), nas imediações do Paço do Marquês, onde se encontra instalado o Centro de Interpretação da História Militar de Ponte de Lima.

Recriacao_Historica2018_FLYER copy

PONTE DE LIMA VAI À FEIRA DA GOLEGÂ

Cartaz 2019 - Feira do Cavalo de Ponte de Lima - Exposto na Feira Nacional do Cavalo na Golegã

Ponte de Lima está presente em mais uma edição da Feira Nacional do Cavalo da Golegã, lançando a imagem da Feira do Cavalo 2019. O cartaz encontra-se exposto no recinto da Feira da Golegã a decorrer até ao próximo domingo, 11 de novembro.

cartaz FCPL2019 (Large)

Esta presença da Feira do Cavalo de Ponte de Lima na 43ª Feira Nacional do Cavalo da Golegã e na 20ª Feira Internacional do Cavalo Lusitano, integra-se numa parceria estabelecida entre o Município de Ponte de Lima e o Município da Golegã.

Para a edição 2019, a imagem oficial da Feira do Cavalo de Ponte de Lima retrata o poldro - Campeão dos Campeões da XII Feira do Cavalo de Ponte de Lima, “ Nuelo das Lezírias” criação da Companhia das Lezírias, apresentado à mão por José Miguel Barbosa.

Este cartaz remete-nos para o ambiente festivo a que a feira do cavalo nos habituou, tendo como base a utilização das cores de Ponte de Lima: o roxo e o amarelo. A fotografia do cavalo é da autoria do fotógrafo Aurélio Grilo e o design do cartaz de Teresa Aroso Vilaverde.

A Feira do Cavalo de Ponte de Lima aposta numa vertente fortemente desportiva, através da realização de competições internacionais que valorizam e internacionalizam toda a região.

Organizada pelo Município de Ponte de Lima e pela Associação Concelhia das Feiras Novas, a Feira do Cavalo de Ponte de Lima 2019 realiza-se de 4 a 7 de julho.

Feira do Cavalo _ 10cbb

PONTE DE LIMA EXIBE CINEMA INFANTIL

“Asas pelos Ares ” em exibição no Cinema em Família na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima

A próxima edição do Cinema em Família, agendada para 17 de novembro, pelas 15h00, na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima (BMPL), vai apresentar “Asas pelos Ares”, uma divertida comédia de animação que marca a estreia na realização de Christopher Jenkins. A dobragem do filme em português é responsabilidade de Mariana Pacheco, Inês Herédia, Miguel Costa, Ricardo Monteiro, Bruno Ferreira, Mila Belo, José Jorge Duarte e José Nobre. Esta divertida comédia tem o tempo de cerca de 91 minutos!

Venha divertir-se em família, e assista a um filme com alegria, cor e muita aventura.

Reserve já um lugar na próxima sessão do Cinema em Família.

Esperamos por si!

Sobre o filme:

“Com o final do Verão à porta, o ganso Penca prepara-se para a grande viagem migratória com destino ao Sul. Ele é solteiro por opção, autocentrado e muito, mas mesmo muito autoconfiante. O que gosta realmente de fazer são acrobacias e outras habilidades em alta velocidade. Depois de um acidente em que se vê involuntariamente envolvido, acaba por esbarrar com Ping e Pong, dois patinhos separados da sua família. Apesar de muito contrariado, Penca vê-se forçado a cuidar dos dois irmãos e garantir-lhes a sobrevivência durante o voo para Sul. Durante o percurso, o improvável acontece: os três acabam por criar laços profundos, com Penca finalmente a compreender o verdadeiro significado de família…”

asas_pelos_ares

PONTE DE LIMA LEVA A LOURES ALHEIRA DE GALO E ARROZ DE SARRABULHO À MODA DE PONTE DE LIMA E O GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MINHO ANIMA A FESTA

Estão quase esgotadas as inscrições para o almoço de arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima e a alheira de galo, numa iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho em parceria com os restaurantes de Ponte de Lima. Mas, praticamente metade das inscrições já estão asseguradas, devendo as mesmas ficarem esgotadas dentro de pouco tempo!

IMG_6274

A iniciativa vai ter lugar no próximo dia 3 de Fevereiro em Loures, a ter lugar na cantina da Câmara Municipal de Loures.

Sob a experiente batuta do Chefe Paulo Santos, da Casa de S. Sebastião, na freguesia limiana de S. Pedro de Arcos, espera-se uma adesão bem mais superior à verificada no ano passado. Os comensais vão ter a oportunidade de saborear uma das requintadas obras do paladar da gastronomia minhota e portuguesa em geral – o arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima!

Trata-se, realmente, de uma iniciativa a não perder e cuja inscrição não deve ser relegada para mais tarde… os contactos são os seguintes:

- Teotónio Gonçalves – 964 006 657

- Mário Oliveira – 914 080 246

CapturarAlmoçoSarrabulho2019

PONTE DE LIMA INAUGURA REQUALIFICAÇÃO DO CENTRO CÍVICO DE SANDIÃES

Executivo Municipal Inaugurou as obras de Requalificação do Centro Cívico de Sandiães

Meio milhão de euros foi o investimento do Município de Ponte de Lima para efetuar a recuperação do Centro Cívico de Sandiães, inaugurado no passado domingo, na presença do Executivo Municipal de Ponte de Lima.

IMG_1111

A obra de requalificação da zona do escadório em frente à Igreja Paroquial de Sandiães, integra-se na política de Requalificação Urbana a zonas centrais das freguesias que o Municipio de Ponte de Lima está a efetuar por todo o concelho, em espaços de cariz coletivo e social e que se encontrem degradadas e urbanisticamente mal definidas.

Considerando que se trata da porta de entrada da parte sul do concelho e ponto de encontro da população e palco de eventos festivos, o Presidente da Junta de Freguesia da Associação de Freguesias do Vale do Neiva, Michel Magalhães, agradeceu ao Município a concretização da obra que “veio privilegiar a entrada da parte sul do concelho”.

Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, reconheceu a importância desta obra para as freguesias do Vale do Neiva, sendo esta a primeira imagem do concelho, para quem entra pela parte sul “...com esta obra nós procuramos reabilitar o nosso património, tendo ainda como objetivo melhorar as acessibilidades e reforçar a auto estima das populações”. O autarca recordou ainda que “esta obra integra-se na estratégia do Executivo Municipal que procura investir pelas 39 freguesias, estando em 18º lugar a nível nacional, como o Município que mais investe e somos o 30º em 308 municípios que mais verba transfere para as Associações e, fundamentalmente, Juntas de Freguesia, cerca de 6,6 milhões de euros por ano.”

O investimento efetuado “terá com certeza um retorno” frisou o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, enaltecendo o trabalho da Junta de Freguesia, como “um grande exemplo de gestão autárquica que é a Associação de Freguesias do Vale do Neiva”.

A requalificação do espaço público no centro de Sandiães abrangeu ainda a execução de passeios na EN306 – Km 38.450 a Km 39.200, o que permitiu a redefinição do espaço público criando melhores condições de vivência, favorecendo a circulação pedonal e o usufruto do espaço público através da repavimentação total da área de intervenção com materiais nobres, apostando fortemente no granito de Ponte de Lima, distintos entre algumas zonas de aplicação para diferenciar os espaços de circulação pedonal e automóvel, e a renovação da plantação arbórea, bem como a beneficiação da iluminação pública e do mobiliário urbano.

IMG_1122

IMG_1136

IMG_1145