Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

AUTARQUIA DE PONTE DA BARCA APOIA SETOR AGROPECUÁRIO LOCAL EM CERCA DE 18 MIL EUROS

A Câmara Municipal de Ponte da Barca vai apoiar financeiramente os produtores do setor agropecuário do concelho ao nível de sanidade animal para fomento da produção pecuária, no valor de cerca de 18 mil euros. A minuta de protocolo a celebrar com a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca foi  aprovada em reunião de câmara e prevê o pagamento a 100% das ações anuais obrigatórias, inscritas no Programa Anual de sanidade Animal, ao nível do rastreio da Brucelose, Leucose Enzoótica e Tuberculose, nos Bovinos; e rastreio da Brucelose dos Pequenos Ruminantes, nos Ovinos e Caprinos.

Esta comparticipação financeira a conceder pelo Município de Ponte da Barca surge da importância do sector agropecuário na economia local, ao nível da criação de emprego e rendimento e do contributo para a fixação e atração de pessoas e investimentos e destina-se a apoiar aos titulares de explorações agropecuárias existentes no concelho, visando o apoio à fixação e rejuvenescimento do tecido produtivo, motor do desenvolvimento rural e da sustentabilidade, atenuando também o efeito negativo do aumento dos custos de exploração no setor, sem o correspondente aumento de receitas dos seus efetivos bovinos, ovinos e caprinos.

“Apoiar este setor é fundamental dadas as características do concelho de Ponte da Barca onde a atividade pecuária tem significativa expressão e assume a maior importância na sustentabilidade da economia rural, na manutenção e preservação da paisagem rural e de algumas raças autóctones para além do papel essencial que representa na gestão do território” refere o Presidente da Câmara, Augusto Marinho,

Tendo o Município de Ponte da Barca uma grande expressão rural, o contributo da autarquia no apoio à manutenção desta atividade garante a qualidade do produto final e a existência de produtores pecuário com condições de trabalho que assegurarão a continuidade de uma atividade económica importantíssima para o concelho, para além da saúde animal que deve representar motivo de atenção para todos os cidadãos ao nível da saúde pública e a segurança alimentar, do controlo de doenças e das questões de bem-estar animal.

PRESIDENTE DA CÂMARA DE PONTE DA BARCA VISITA EMPREITADA EM LINDOSO

O Presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Augusto Marinho, esteve de visita ao lugar de Cidadelhe, em Lindoso, onde está a decorrer o arranjo urbanístico resultante da candidatura “Qualificação das Experiências de Turismo de Aldeia no Minho”, aprovada pelo NORTE2020 com um custo total de 119 910,01€, e financiada a 85%.

326299308_905648967128771_7942121946037306212_n.jpg

A empreitada contempla a pavimentação daquele que se pretende venha a ser um percurso pela aldeia entre o que virá a ser considerado o estacionamento público, contíguo à via de tráfico principal, e a criação de um miradouro com vista para as encostas do Rio Lima. A empreitada visa ainda a colocação de sinalética informativa do património existente como é o caso de um conjunto de “cortelhos”, trazendo novas dinâmicas ao território.

Posteriormente à aprovação da candidatura, e de modo a proceder a uma mais eficiente gestão das obras públicas, realizou-se uma intervenção adicional resultante de um protocolo celebrado entre a Câmara Municipal de Ponte da Barca e a Junta de Freguesia de Lindoso com o objetivo de instalar conduta de drenagem de águas residuais para servir a população residente, no valor de mais de 58 mil euros.

Recorde-se que a aldeia de Lindoso classificada com a marca “Aldeias de Portugal”, possui as condições privilegiadas enquanto projeto âncora no âmbito da qualificação das experiências de turismo de Aldeia no Minho – Lindoso, já que mantém a estrutura urbana primitiva e a maior parte do edificado, constituindo excelente repositório da arquitetura popular com franca necessidade de intervenção e dinamização turística.

324253746_1203131187076101_1420434256271829459_n.jpg

325783761_1152029848822216_7848434293397007568_n.jpg

MUNICÍPIO BARQUENSE ATRIBUI VOTO DE LOUVOR AO BARCA BASKET CLUBE – PROPOSTA DO PRESIDENTE DA CÂMARA

O presidente da Câmara, Augusto Marinho, apresentou na última reunião do executivo municipal, um voto de louvor ao Barca Basket Clube (BBC) pela consagração alcançada de campeã distrital 2022/2023 pela equipa de mini 12 da referida associação barquense.

36829ee8-f37e-4d5b-a9ec-72b167502039.jpg

Para o executivo municipal “O BBC é hoje um clube desportivo de referência do Concelho de Ponte da Barca e conta, pelo terceiro ano consecutivo, com a certificação de Escola de Minibasquete, pela Escola Nacional de Minibasquete da Federação Portuguesa de Basquetebol, desenvolvendo uma dinâmica desportiva que tem superado com distinção tais certificações.”

A excelência desportiva do BBC conta hoje com 97 atletas federados, nos escalões Baby basket, Mini 8, Mini 10, Mini 12, Sub 12, Sub 14 F, Sub 14 M, Sub 16 F, Sub 16 M, Sub 18 F, garantindo assim o seu desenvolvimento desportivo, educativo e social em prol dos jovens atletas barquenses.

Por essa razão, a Câmara Municipal reconheceu este sucesso que em muito orgulha todos os barquenses, pois permite com mérito e dedicação afirmar Ponte da Barca enquanto terra de igualdade, respeito e inclusão, sendo os atletas, associados e equipa técnica, na pessoa dos monitores Carlos Lima, Fernanda Esteves, Luís Miguel Silva, Tozé Lima, merecedores do presente voto de louvor da Câmara Municipal de Ponte da Barca.

ULTRIPLO RECOLHEU CERCA DE 10 TONELADAS DE BENS NO MUNICÍPIO DE PONTE DA BARCA

A Ultriplo recolheu, no ano de 2022, em Ponte da Barca, cerca de 10 toneladas de bens doados pelos barquenses. No balanço final recolhido no município, os números confirmam a recolha de roupas, calçado, brinquedos, livros, entre outros em contentores da Ultriplo que estão espalhados pela vila e que ganham uma segunda vida graças à reutilização e à reciclagem.

326786241_695012865503569_1675776615856515354_n1 (1).jpg

Dos bens recolhidos no concelho de Ponte da Barca, foram reutilizados cerca de 6 toneladas, reciclados 3 toneladas e para aterro aproximadamente meia tonelada. Com esta recolha reduziu-se em 32,7 toneladas de emissão de CO2.

Refira-se, o trabalho da Ultriplo, desenvolve-se em estrita relação com os municípios, como Ponte da Barca, através da instalação de contentores que garantem uma segunda vida a cada peça de roupa ou bem desperdiçado.

A reutilização e a reciclagem têxtil são essenciais ao combate contra a mudança climática uma vez que reduzem o desperdício, preservando o ambiente.

PONTE DA BARCA: MAIS DE 25 MIL TURISTAS PASSARAM PELA LOJA INTERATIVA DE TURISMO, PORTA E CASTELO DE LINDOSO EM 2022

A Loja Interativa de Turismo de Ponte da Barca, juntamente com a Porta e Castelo de Lindoso registaram, em 2022, mais de 25 mil turistas. Neste período, as duas estruturas acolheram turistas de diversos pontos do país e do mundo, sendo os visitantes internacionais que mais se destacaram oriundos da Espanha, França e Países Baixos.

326063528_514758033858586_1786659031852694172_n.jpg

A Loja Interativa de Turismo, onde funciona também o Centro Interpretativo do Património Fernão de Magalhães, é um dos pontos de passagem obrigatória, localizada no centro histórico de Ponte da Barca, junto à zona ribeirinha e à Ponte Medieval, um dos ex-libris de Ponte da Barca. O espaço integra-se numa rede estruturada de informação e serviços, partilhando conteúdos em tempo real e disponibilizando informações sobre o concelho e toda a região.

Também na freguesia de Lindoso, onde se situam os emblemáticos espigueiros, a Porta e o Castelo, mereceu a visitação de muitos turistas. A porta do Parque Nacional da Peneda Gerês – classificado pela UNESCO como Reserva Mundial da Biosfera -, é uma estrutura privilegiada de receção aos visitantes e de promoção de todo um património natural, cultural e paisagístico e de diversas atividades como visitas ao castelo ou da promoção de ação de educação ambiental. Mas Lindoso é atrativa também pelo seu conjunto de espigueiros que se estendem por uma vasta eira junto ao Castelo e pelo seu Castelo que foi palco de algumas das batalhas mais duras que, desde o reinado de Afonso III, afirmaram a independência de Portugal e que, nos dias de hoje, acolhe ainda o Núcleo Museológico.

Além dos espigueiros e do castelo, é possível observar uma pequena ponte medieval, várias calçadas medievais, o castro de Cidadelhe, os moinhos de água de Parada ou as eiras comunitárias. Nas redondezas encontra ainda a deslumbrante paisagem da albufeira do Lindoso, onde se situa, também, a Barragem da Alto Lindoso.

A beleza do património natural e a riqueza do património histórico, acrescidas de uma gastronomia extraordinária, de excelentes unidades hoteleiras, valências desportivas e de lazer e de uma oferta desportivo-cultural de referência têm contribuído para a maior atratividade do Concelho de Ponte da Barca.

326234425_562298182475786_8815711336076538469_n.jpg

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE PONTE DA BARCA RECEBIDO PELO EMBAIXADOR DA UCRÂNIA EM PORTUGAL

O Presidente da Câmara de Ponte da Barca, Augusto Marinho, e o Vice-presidente, José Alfredo Oliveira, foram hoje recebidos pelo Embaixador da Ucrânia em Portugal, Volodymyr Kozlov.

324681538_1243518416234744_990875756003446476_n.jpg

O encontro, que decorreu na Embaixada da Ucrânia em Lisboa, teve como propósito convidar o senhor embaixador a estar presente no lançamento do livro “The Story", da Jovem Ucraniana, Anna Zhukova, que atualmente reside no concelho de Ponte da Barca. A apresentação vai decorrer em fevereiro.

Augusto Marinho aproveitou ainda a ocasião para manifestar a solidariedade de todos os barquenses ao povo ucraniano.

CHEFE DO ESTADO-MAIOR GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS DISTINGUE PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE PONTE DA BARCA COM MEDALHA DA CRUZ DE SÃO JORGE

O presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Augusto Marinho, foi agraciado com a Medalha da Cruz de São Jorge, 1.ª Classe, numa cerimónia que decorreu em Lisboa, sob a presidência do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, Almirante António Silva Ribeiro.

325474206_465115442316011_8933508681233391616_n.jpg

A Medalha da Cruz de São Jorge é uma medalha militar portuguesa que se destina a “galardoar militares e civis, nacionais ou estrangeiros, que, no âmbito técnico-profissional, revelem elevada competência, extraordinário desempenho e relevantes qualidades pessoais, contribuindo significativamente para a eficiência, prestígio e cumprimentos da missão das Forças Armadas Portuguesas”.

A decisão de atribuir a Medalha da Cruz de São Jorge a Augusto Marinho partiu do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, Almirante António Silva Ribeiro, em reconhecimento do empenho do presidente da Câmara de Ponte da Barca em “incentivar e preservar um excelente relacionamento institucional” da autarquia com as Forças Armadas, “promovendo e apoiando, com elevadíssimo sentido de serviço público, atividades que reforçam o prestígio da Instituição Militar, com benefícios mútuos para ambas as partes.

A iniciativa do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas é justificada ainda pela promoção que o Município de Ponte da Barca lidera de Fernão de Magalhães, um dos mais ilustres navegadores portugueses, que é apontado como tendo nascido em Ponte da Barca.

A preservação do património de arquitetura militar existente no concelho barquense é outro dos motivos que levaram a esta condecoração. Augusto Marinho diz-se “muito honrado e orgulhoso com a distinção, não apenas pelo que esta simboliza em termos pessoais, mas também porque representa o reconhecimento ao mais alto nível da atividade desenvolvida pela Câmara Municipal de Ponte da Barca”.

A cerimónia decorreu em Lisboa e contou com a presença do Presidente da Assembleia Municipal, do Vice-Presidente da Câmara Municipal e de praticamente todos os Presidentes de Junta de Freguesias e Uniões de Freguesias do Concelho, nomeadamente Azias, Boivães, Bravães, Cuide de Vila Verde, Lavradas, Nogueira, Sampriz, Vade São Pedro, Vade São Tomé, União de Freguesias de Entre Ambos-os-Rios, Ermida e Germil, União de Freguesias de Crasto, Ruivos e Grovelas, União de Freguesias de Ponte da Barca, Vila Nova de Muía e Paço Vedro de Magalhães, União de Freguesias de Touvedo (São Lourenço e Salvador).

325894007_1910918855938708_7334640980039747118_n.jpg

326050719_1103078907029044_4406614390357573237_n (1).jpg

PRESIDENTE DA CÂMARA DE PONTE DA BARCA VISITA OBRA DE REQUALIFICAÇÃO DA RUA MANUEL CERVEIRA PEREIRA

O Presidente da Câmara, Augusto Marinho esteve de visita à obras de requalificação da Rua Manuel Cerveira Pereira, em pleno centro urbano da sede do concelho de Ponte da Barca. A empreitada está praticamente concluída, estando apenas a serem terminados os trabalhos de marcação da via.

324938242_848834092867469_731724866884754168_n.jpg

A empreitada surgiu da necessidade de requalificar os pavimentos dos arruamentos e das zonas pedonais contiguas, que se apresentam bastante degradados não garantindo a continuidade ao nível das áreas pedonais.

A intervenção, para além da repavimentação e ajustes da plataforma da faixa de rodagem existente, incluiu também a reconstrução de passeios garantindo o acesso a pessoas com mobilidade reduzida, permitindo estabelecer um acesso mais seguro e confortável a toda a área envolvente. A obra contemplou, ainda, melhoramentos e adaptações à rede de drenagem de águas pluviais existente.

Esta foi também uma oportunidade para o Presidente da Câmara conversar com alguns moradores e perceber o impacto positivo que esta intervenção teve na qualidade de vida de todos. “Apesar dos constrangimentos inerentes às obras, é consensual que o resultado não poderia ser mais satisfatório com a recolha de águas pluviais mais eficiente e uma maior qualidade das vias”, disse na ocasião o autarca, Augusto Marinho.

325489487_534776711950092_2882139072690336786_n.jpg

325762360_1971900859675541_5135512756007821626_n.jpg

325930717_849349189484116_7672043564943355472_n.jpg

PONTE DA BARCA: CONCURSO “AMOR À MODA ANTIGA – CARTAS DE AMOR” ESTÁ DE VOLTA

No âmbito da iniciativa “Embarca no Amor”, que vai decorrer de 11 a 17 de fevereiro, o Município de Ponte da Barca lança, pelo segundo ano, o concurso “Amor à moda antiga – Cartas de Amor”, um desafio que se destina a todos os barquenses que queiram participar, desde a comunidade escolar à comunidade em geral, incentivando-os a dar largas à sua criatividade e a expressar as suas emoções, mediante a redação de uma carta subordinada ao tema.

273974180_4249550728479211_3002828719509630454_n (1).jpg

Os concorrentes deverão remeter as cartas ao Município de Ponte da Barca ou entregar presencialmente na receção da Câmara Municipal com a indicação “Concurso Amor à moda antiga”, até ao dia 7 de fevereiro.

No dia 13 de fevereiro, aquando da abertura da exposição “Cartas de um Amor à moda antiga”, serão anunciados os três vencedores, que serão assim contemplados:

  • º prémio: um voucher para um jantar para duas pessoas num dos restaurantes da vila de Ponte da Barca;
  • º prémio: uma experiência terapêutica (massagem);
  • º prémio: um bolo e uma garrafa de vinho (edição limitada).

Independentemente do vencedor, todas as cartas submetidas a concurso ficarão expostas nos Paços do Concelho, a partir de 14 de Fevereiro.

Todas as informações para participar estão disponíveis no Regulamento que pode ser consultado em www.cmpb.pt

PONTE DA BARCA: TRABALHO DE MANUEL PIZARRO NO SNS FAZ ACREDITAR NA FORÇA DO PARTIDO SOCIALISTA

Ceia de Reis dos socialistas de Ponte da Barca deu sinal da vitalidade do PS

Manuel Pizarro e Pedro Lobo, respetivamente Ministro da Saúde e líder da concelhia socialista de Ponte da Barca, foram apontados como exemplo de amor pelo próximo, pelas pessoas, na Ceia de Reis promovida pela estrutura rosa barquense, onde o presidente da Federação Distrital de Viana do Castelo não contornou os tempos difíceis e delicados do partido.

reis dois.jpg

“A culpa é também nossa. A política é uma atividade exigente, difícil e nem toda a gente está preparada para dar muito de si em proveito dos outros. E quando acontece o contrário é o desastre. Quem não ama a política e quem não põe a política ao serviço das pessoas. É um autêntico desastre. A política existe para mudar e transformar a vida das pessoas. Para resolver os problemas das pessoas e para construir uma sociedade mais justa”, enumerou Vitor Paulo Pereira, acrescentando que “a ideologia é o farol. O princípio orientador daquilo que fazemos em prol do bem comum. Mas meus queridos amigos, a ideologia não dá para colocar em cima da mesa e alimentar uma família, a ideologia não paga a prestação da nossa casa”.

Juntar forças para lutar pelas pessoas e ajudá-las

Partindo deste princípio, o presidente da Federação Distrital de Viana do Castelo e autarca de Paredes de Coura defende que o PS “tem de ser um partido, como foi sempre, um partido que faz coisas pelas pessoas. Um partido com obra e que ajude a consolidar o nosso estado social”, sugerindo que “é tempo de juntar forças não para sobrevivermos como partido, mas juntar forças para lutar pelas pessoas e ajudá-las a ultrapassar estes tempos tão difíceis. E acreditem que o PS vai ser capaz de fazer isso”.

Respondendo à demagogia dos partidos de direita, que amplificam a insatisfação das pessoas gritando decadência para enfraquecer a democracia e tomarem o poder, Vitor Paulo Pereira contrapõe que “ninguém se pode queixar que não há transparência ou liberdade de imprensa. A justiça faz o seu caminho e competirá à política fazer o nosso caminho. Acredito no Partido Socialista e esta legislatura não está perdida. Temos no nosso partido gente muito capaz e que ama verdadeiramente a política como nobre atividade ao serviço dos outros”.

Manuel Pizarro vai reforçar a solidez do SNS

E apontou o exemplo de Manuel Pizarro, presente entre os quase 400 socialistas que acorreram a esta Ceia de Reis promovida pela Concelhia de Ponte da Barca, como pessoa extraordinária, que ama a política, sem discutir cargos ou grau de importância, formado em Medicina, que dentro do partido tem peso político, estava confortável na UE e a ganhar 5 vezes mais e mesmo assim aceitou a missão mais difícil do governo. Recuperar a solidez do SNS: “o Manel nunca se queixa do vento, prefere rodar as velas. O mundo pertence aqueles que todos os dias fazem coisas que assustam. Pertence aqueles que arriscam sem medo de falhar. Não pertence aos que se sentam e se lamentam”, enfatizou, deixando a garantia que todos anseiam

“Acreditem que vai deixar uma grata memória na história do PS como o homem que conseguiu reforçar a solidez do SNS na altura mais critica da sua existência. Ficará na galeria ao lado de António Arnaut”, sugeriu Vitor Paulo Pereira, que também espera de Pedro Lobo um novo futuro para Ponte da Barca.

“O Pedro, o Lobo, é um poeta, um idealista. Estava confortável na sua vida profissional, com estabilidade e a ganhar bem e sem o prever atira-se de cabeça a uma candidatura, numa altura difícil da vida. Há meio ano, ficou a 154 votos da felicidade. Não da felicidade dele, mas da felicidade de Ponte da Barca”, recordou o presidente da Federação Distrital, deixando claro que esta terra “precisa de energia, precisa de força, precisa de um novo futuro. Ponte da Barca não pode ficar para trás. É a hora de deixarmos a pasmaceira para trás. É hora de olharmos para o futuro de Ponte da Barca com esperança. Não podemos abrir as portas do futuro com as chaves do passado. É por isso que precisamos de um homem como o Pedro Lobo”, concluiu.

reis um.jpg

CÂMARA MUNICIPAL DE PONTE DA BARCA RECONSTRÓI MURO DE SUPORTE EM LAVRADAS QUE DESABOU DEVIDO AO MAU TEMPO

O Presidente da Câmara, Augusto Marinho, deslocou-se hoje ao Lugar do Ginzo, freguesia de Lavradas, para acompanhar os trabalhos de construção de um muro de suporte que derrocou devido ao mau tempo que se fez sentir nos últimos dias.

322252113_1215438419397618_4252261913230265154_n.jpg

Para além do muro de suporte, estão a ser levados a cabo trabalhos de pavimentação que também ficaram danificados. Esta intervenção, que como salientou o Presidente, Augusto Marinho “resulta de prejuízos e estragos causados pela força da natureza, que ninguém consegue controlar”, estará concluída nos próximos dias. Entregue à empresa barquense Sebastião da Rocha Barbosa, Lda, a obra visa repor as condições de segurança à circulação de veículos e pessoas, isto porque esta derrocada impediu o trânsito automóvel e o acesso por parte de munícipes a algumas habitações.

O autarca de Ponte da Barca foi acompanhado pelo Presidente da Junta de Freguesia, Hélder Soares, e teve ainda oportunidade de contactar com alguns munícipes e inteirar-se de alguns anseios e necessidades da freguesia de Lavradas.

323114854_542244284504306_7668938672854518070_n.jpg

323381241_893815274983337_4776298328534536006_n.jpg

324594236_708969780807317_8788423644859073830_n.jpg

CÂMARA MUNICIPAL DE PONTE DA BARCA JÁ SE ENCONTRA A APROVAR CANDIDATURAS DE APOIOS À HABITAÇÃO POR JOVENS

A Câmara Municipal de Ponte da Barca já aprovou as primeiras candidaturas no âmbito do Regulamento Municipal de Incentivo Fiscal à Aquisição de Habitação por Jovens residentes no Concelho de Ponte da Barca.

161509622_1036545186756374_6655972879775779100_n.jpg

Com estes apoios, os jovens que venham a residir no concelho de Ponte da Barca ficam isentos do pagamento de Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) pelas aquisições que efetuarem de prédio ou fração autónoma de prédio urbano situado na área do município se este for destinado exclusivamente a habitação própria e permanente.

Ficam ainda isentos do pagamento do IMI (Imposto Municipal Sobre Imóveis) por três anos, renovável por mais dois anos, relativamente a prédio ou fração autónoma de prédio urbano situado na área do município, destinada exclusivamente a habitação própria e permanente dos mesmos.

Por proposta do executivo municipal, os jovens residentes em Ponte da Barca não pagarão ainda taxas municipais relativamente a operações urbanísticas destinadas exclusivamente a habitação própria e permanente e ficam isentos do pagamento das ligações de ramais de água e saneamento para habitação própria e permanente dos jovens.

Podem beneficiar deste apoio os jovens com idade entre 18 e 35 anos (inclusive), sendo que o agregado do tipo “jovem casal” pode ser casado ou viver em união de facto.

Já os incentivos à reabilitação de habitação incluem a isenção do pagamento de Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) e as aquisições efetuadas para reabilitação de prédio ou fração autónoma de prédio urbano situado na área do município, destinado exclusivamente a habitação própria e permanente.

Ficam também isentos do pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis os prédios urbanos situados em áreas de reabilitação urbana, assim como todos os prédios urbanos concluídos há mais de 30 anos.

A isenção do IMI é concedida por um período de três anos, renovável por mais dois anos, não sendo cumulativa com benefícios de idêntica natureza, nomeadamente, os previstos no estatuto dos benefícios fiscais.

Os requerentes destes incentivos terão uma redução de 50% no pagamento das taxas municipais relativamente às operações urbanísticas de reabilitação destinadas exclusivamente a habitação própria e permanente dos mesmos.

Esta medida vem reforçar a estratégia preconizada pelo município no que diz respeito às políticas da Juventude, de promoção de fixação da população no concelho, retenção de mais rendimento nas famílias, dinamização do mercado imobiliário e reabilitar os imóveis já existentes, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos jovens.

Recorde-se que além deste apoio, a autarquia tem vindo a implementar diversas medidas de incentivo e apoio à juventude, de que são exemplo, as bolsas de estudo aos jovens estudantes do ensino superior, a implementação do cartão jovem municipal, documento que concede benefícios na utilização de bens e serviços públicos e privados existentes no concelho e, mais recentemente, o Orçamento Participativo Jovem.

CINCO EMPRESAS DO CONCELHO DE PONTE DA BARCA DISTINGUIDAS COM ESTATUTO PME LÍDER 2021

O tecido empresarial do concelho de Ponte da Barca viu reconhecidas cinco empresas como PME Líder, referente ao ano de 2021, uma distinção que surge como reconhecimento pelo desempenho económico-financeiro e pelo contributo dado à economia portuguesa.

pme-lider.png

A Adega Cooperativa de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez; Alexandre Araújo Neiva, Lda.; Américo Esteves & Filhos Lda.; Avelino Araújo e Filhos, Lda.; e Monteiro & Gonçalves da Silva – Produtos Alimentares foram as empresas distinguidas e cuja sede se encontra no concelho de Ponte da Barca.

É com gosto que o Presidente da Câmara Municipal enaltece o reconhecimento dado por entidades externas ao desempenho das empresas do concelho denotando a capacidade de gestão que os nossos empresários realizam todos os dias.

O estatuto PME Líder é um selo de reputação criado pela Agência para a Competitividade e Inovação (IAPMEI) para distinguir o mérito das pequenas e médias empresas nacionais com desempenhos superiores.

As PME Líder têm acesso a um conjunto de benefícios, como condições especiais a produtos financeiros e a uma rede de serviços, a facilitação da relação com a banca e o prestígio associado à marca PME Líder na relação com os seus stakeholders.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Ponte da Barca tem trabalhado em uníssono com todos os empresários, na procura de melhores soluções que permitam o desenvolvimento económico de Ponte da Barca. Prova disso está a ampliação do Parque Empresarial do Rodo, em Vila Nova de Muía, num investimento orçado em mais de 2,6 milhões de euros, para a execução da primeira fase que prevê em mais de trinta e cinco mil metros quadrados 12 lotes e novos arruamentos. A autarquia encontra-se também em fase de aquisição de terrenos para a construção do Parque Empresarial de Lestriz, em Lavradas.

“PARADELA MAIS VERDE” VENCE PRIMEIRA EDIÇÃO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM DE PONTE DA BARCA

Com o “Ambiente” como temática escolhida para o ano de 2022 pelo Conselho Municipal de Juventude, a proposta “Paradela mais verde”, apresentada pelo jovem barquense Bruno Lobo, venceu a primeira edição do Orçamento Participativo Jovem de Ponte da Barca, tendo sido entregue pelo Presidente da Câmara Municipal no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

“O projeto vencedor é muito interessante. Aborda várias áreas na questão ambiental, desde a reflorestação, à limpeza de terrenos, ao combate a espécies invasoras, e ao arranjo do espaço do baloiço de Paradela, local este que tem um património ambiental riquíssimo”, destacou o presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca.

Augusto Marinho lembrou que “o objetivo deste programa foi conseguido. Foi o de promover o debate, a construção de ideias, de propostas realistas, exequíveis e com impacto na nossa sociedade”.

e2858948-a0ae-45d6-ac40-5520c9226632.jpg

Bruno Lobo, autor do projeto vencedor, destacou que o projeto visa a realização de várias ações ambientais no Lugar de Paradela, freguesia de Vila-Chã S. João.

“O projeto é de toda a juventude de Paradela e vai consistir na reflorestação e limpeza do monte. Em tempos houve lá árvores como o pinheiro manso e o carvalho, que queremos voltar a plantar. Vamos, também, aproveitar um ribeiro que tem moinhos antigos. Queremos que esses moinhos estejam acessíveis”, referiu Bruno Lobo.

A criação de um trilho junto ao rio Germil é outro dos objetivos do projeto Paradela Mais Verde.

“Queremos mostrar o que muitas pessoas desconhecem. Queremos honrar o que os nossos antepassados criaram, dando a conhecer o nosso património tal como ele é sem que se queira comparar com locais de outras zonas do mundo. Paradela é Paradela e merece ser visitada!”, disse Bruno Lobo, frisando que Paradela e Ponte da Barca integram a Reserva Mundial da Biosfera e se destaca pelos seculares socalcos existentes.

O Orçamento Participativo Jovem de Ponte da Barca tem o seu tema definido anualmente em sede do Conselho Municipal da Juventude e é uma ferramenta de apoio para a participação dos jovens nas políticas e projetos desenvolvidos no concelho, promovendo o diálogo, o envolvimento dos jovens na causa pública e a participação ativa na definição das políticas públicas em matéria de Juventude, imprescindíveis para o futuro e para o próprio desenvolvimento do concelho.

O edil de Ponte da Barca aproveitou a sessão de entrega do cheque para dar conta das várias ações desenvolvidas pelo município na área da Juventude, destacando para a atividade do Conselho Municipal da Juventude, a atribuição de Bolsas de Estudo a estudantes do ensino superior, para o intercâmbio internacional com a Galiza no projeto transfronteiriço “XJuventude” e para o programa ‘Barca Jovem’ que envolve cultura, desportos radicais e seminários.

Também o Vereador da Juventude, José Alfredo Oliveira, reforçou que o Orçamento Participativo Jovem permite o envolvimento direto dos jovens na gestão pública, promovendo-se uma maior cidadania e participação ativa, valorizando a transparência na tomada de decisão e potenciando a qualidade da própria democracia.

A edição do Orçamento Participativo Jovem 2023 contará com igual dotação orçamental, e o tema será definido na reunião do Conselho Municipal de Juventude prevista para o mês de janeiro.

5b2e84c5-032e-438c-93f2-1fd32720246b.jpg

34bafcd6-0311-433b-8f80-b8b27dc59db3.jpg

053c4bd0-5b19-4290-8549-474ec4408104.jpg

941132c7-3f29-4da7-bb5b-6ff38406ecbd.jpg

dca0f34b-5d71-40e1-b17c-d75adec1a90c.jpg

PRIMEIRO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM DE PONTE DA BARCA ATRIBUI 5 MIL EUROS

O Município de Ponte da Barca promoveu, ao longo do ano de 2022, a primeira edição do Orçamento Participativo Jovem (OPJ), cujo cheque no valor de 5 mil euros vai ser entregue ao vencedor em cerimónia a realizar amanhã, dia 4 de janeiro, pelas 17h, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Com o “Ambiente” como temática escolhida, a proposta distinguida foi “Paradela mais verde”, que visa a reflorestação com espécies autóctones, remoção de infestantes e limpeza de moinhos de água, criação de percurso pedestre nas Margens do Rio Germil e a dinamização do espaço envolvente ao Baloiço de Paradela.

Recorde-se que o OPJ de Ponte da Barca, desenvolvido em parceria com o Conselho Municipal da Juventude, é uma ferramenta de apoio para a participação dos jovens nas políticas e projetos desenvolvidos no concelho, promovendo o diálogo, o envolvimento dos jovens na causa pública e a participação ativa na definição das políticas públicas em matéria de Juventude, imprescindíveis para o seu futuro e para o próprio desenvolvimento do concelho.

A segunda edição do Orçamento Participativo Jovem, também com a dotação de 5.000€, vai arrancar em breve.

PRIMEIRO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM DE PONTE DA BARCA ATRIBUI 5 MIL EUROS

O Município de Ponte da Barca promoveu, ao longo deste ano, a primeira edição do Orçamento Participativo Jovem. Desenvolvido em parceria com o Conselho Municipal da Juventude, tornou-se uma ferramenta de apoio para a participação dos jovens nas políticas e projetos desenvolvidos no concelho.

O Orçamento Participativo Jovem é um instrumento que visa a promoção do diálogo, o  envolvimento dos jovens na causa pública e a participação ativa na definição das políticas públicas em matéria de Juventude, imprescindíveis para o seu futuro e para o próprio desenvolvimento do concelho. 

Deste modo, todos os cidadãos com idades compreendidas entre os 15 e os 35 anos, que sejam trabalhadores, estudantes ou residentes no concelho de Ponte da Barca, tiveram oportunidade  de apresentar as suas propostas, até ao valor de 5 mil euros  na temática escolhida este ano que foi o Ambiente.

A proposta distinguida este ano foi “Paradela mais verde”, que visa a reflorestação com espécies autóctones, remoção de infestantes e limpeza de moinhos de água, criação de percurso pedestre nas Margens do Rio Germil e a dinamização do espaço envolvente ao Baloiço de Paradela.

Já no início do próximo ano, o Município de Ponte da Barca irá iniciar mais uma edição do Orçamento Participativo Jovem, também este com a dotação de 5.000€.

“EMBARCA NO NATAL”: PONTE DA BARCA ABRIU MERCADO DE NATAL

Abertura do Mercado de Natal dá o arranque à iniciativa da autarquia barquense que se prolonga até ao dia 22 de dezembro

Ponte da Barca deu as boas-vindas ao Natal com a abertura oficial, na manhã desta quinta-feira, do Mercado de Natal, integrado na iniciativa “EmBarca no Natal” que vai decorrer na Praça da República, até ao dia 22 de dezembro. Foi também durante todo o dia de hoje que se procedeu às Festas de Natal do pré escolar, e 1º e 2º ciclo do Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca, aos quais a autarquia presenteou com uma pequena lembrança de Natal.

319983076_820437709051403_6270669804502584255_n (1).jpg

Na ocasião o Presidente da Câmara, Augusto Marinho, salientou que a realização de atividades várias alusivas ao Natal assume-se como uma iniciativa de manifesta importância, “no contexto da dinamização desta quadra festiva, bem como enquanto fator de promoção do comércio tradicional de Ponte da Barca.”

Neste que foi o “pontapé de saída” das atividades natalícias de Ponte da Barca, barquenses e visitantes podem, até ao dia 22 de dezembro, assistir a diversas performances e iniciativas extensivas e dedicadas a toda a família, com concertos de música, cinema, dança, ballet, teatro, exposições, leituras animadas, animação de rua, showcookings, venda de produtos regionais, etc.

Aproveite para nos visitar, passear pelas nossas ruas e desfrutar deste espírito natalício através do som de rua e da iluminação que enchem de cor e alegria as principais artérias da vila, comprar no comercio local, e desfrutar da programação natalícia que a autarquia preparou para moradores e visitantes.

319548082_1984415771899625_9162182215323192138_n.jpg

320060274_559319052677492_6445544612162545451_n.jpg

320175984_534420975397362_200092795129077340_n.jpg

319183601_1694783617590409_1242013462274201584_n (1).jpg

320154072_689188492830554_110594600427554112_n (1).jpg

MUNICÍPIO DE PONTE DA BARCA VOLTA A PROMOVER A INICIATIVA NESTE NATAL, COMPRE NO COMÉRCIO LOCAL

A Câmara Municipal de Ponte da Barca, renova a iniciativa “Neste Natal, Compre no Comércio Local”, contribuindo para a dinamização do comércio local.

Para além da entrega de vales de compras a famílias referenciadas pelo Serviço de Ação Social, incentivando-as a comprar no comércio local de Ponte da Barca, a autarquia  promove ainda um sorteio para a população em geral

Assim, serão atribuídos cupões às lojas aderentes que serão distribuídos pelos clientes (no valor mínimo de 10€ por compra), sendo que o número máximo de cupões a atribuir por cada compra será de 10.

A campanha decorre de 16 de dezembro de 2022 a 31 de janeiro de 2023, nos estabelecimentos aderentes, devidamente identificados e abrange todos os compradores que façam compras, a partir de 10€, no comércio de Ponte da Barca.

A iniciativa prevê a realização de um sorteio de 10 prémios:

Primeiro prémio de 1.500,00€;

Segundo prémio de 1.000,00€;

Terceiro prémio de 750,00€;

E sete prémios de 250,00€, valores que terão obrigatoriedade de ser investidos no comércio aderente à escolha dos vencedores.

Mais informações no site da autarquia em www.cmpb.pt

Capturarcomebarca (1).JPG