Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ALTERAÇÕES CLIMATÉRICAS DEBATIDAS NA CASA DA CULTURA NO ÂMBITO DA CONFERÊNCIA “POR UM ALTO MINHO MAIS VERDE”

Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, procedeu à sessão de encerramento

Foi na Casa da Cultura de Ponte da Barca que decorreu na passada terça-feira a conferência "Por um Alto Minho mais verde", no âmbito do Ciclo de Conferências “Alto Minho 2030: Balanço 2014-2020, Perspetivas & Propostas de Ação”, promovido pela CIM Alto Minho.

52120255_1658000214300955_7988180635556511744_n.jpg

Contando com um riquíssimo painel de especialistas, dos quais faziam parte Inês Costa, Adjunta do Gabinete do Ministro do Ambiente, Inês Andrade, Diretora da ARH Norte - Agência Portuguesa do Ambiente, Ricardo Aguiar, da Direção Geral de Energia e Geologia, Mário Reis, Chefe de Divisão da Conservação da Biodiversidade do Instituto Conservação da Natureza e das Florestas, Orlando Borges, Presidente do Conselho de Administração da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos – ERSAR, Rui Silva, Administrador Delegado da ValorMinho/ Resulima, e Bruno Caldas, da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, e com a presença dos autarcas do Alto Minho e do Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, a iniciativa teve como foco principal de discussão os riscos das alterações climáticas, o que tem motivado debates sobre o tema em todos os 10 concelhos da área de intervenção. Em discussão estiveram ainda, entre outros temas, a transição de energias mais limpas, o Plano de Ação para a Economia Circular e gestão e valorização de resíduos.

52504011_1658000250967618_1655758850940207104_n.jpg

Augusto Marinho, Presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, que procedeu à sessão de abertura, referiu que é de extrema importância colocar os municípios a debater as questões relacionadas com a proteção do ambiente: “deste debate sairão linhas de atuação que importarão tomar em linha de conta na elaboração das políticas públicas, para que haja correspondência entre as necessidades dos territórios e as políticas desenhadas”, disse na ocasião o autarca barquense.

O edil destacou, ainda, algumas ações de defesa do ambiente que estão a decorrer no concelho barquense: “acabamos um projeto de limpeza de margens dos rios, temos a reposição de espaços degradados, como as antigas saibreiras e procuramos aliar a preservação ambiental e a sustentabilidade”.

52141306_1658000507634259_8138745691984887808_n.jpg

Por sua vez, Jorge Mendes, vice-presidente da CIM Alto Minho frisou, que a região está entre os 100 melhores destinos sustentáveis do mundo. No entanto, ainda há algum trabalho a fazer. “Temos de continuar o nosso trabalho para vencer os desafios do futuro. O Alto Minho terá que preparar, adequadamente, a resposta aos desafios associados às alterações climáticas, principalmente as resultantes dos fogos florestais”.

Já o secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, que procedeu ao encerramento do encontro, deu nota que Portugal “fez o trabalho de casa” em matéria de defesa do ambiente, e apontou algumas metas a atingir até 2030. Entre essas metas estão a redução das emissões de dióxido de carbono (CO2), a aposta na utilização das energias renováveis, a implementação de políticas de mobilidade sustentável e a redução da velocidade dos veículos automóveis para 30 quilómetros por hora no interior das localidades.

Em matéria de mobilidade, o governante considerou que os municípios do Alto Minho têm feito uma boa aposta: “a CIM Alto Minho está apostada no transporte flexível. É uma solução muito boa para as zonas de menor densidade populacional”. José Mendes anunciou também que até ao fim do ano serão instalados, em todo o país, mais 400 postos de abastecimento de eletricidade para automóveis.

51754590_1658000057634304_3142651785508814848_n.jpg

CHEFE DE ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS VISITA PONTE DA BARCA

A Câmara Municipal de Ponte da Barca procede à Recepção Oficial do Chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA), Almirante António Silva Ribeiro, no próximo sábado, dia 16 de Fevereiro, às 18:30h, nos Paços do Concelho, a que se seguirá uma comunicação apresentada pelo Sr. Almirante CEMGFA subordinada ao tema, “A missão das Forças Armadas: o caso particular do empenhamento das Forças Nacionais Destacadas”.

Full_46zhy3rm5pkq.JPG

CARTAZ DE PONTE DA BARCA VOLTA A SER ALVO DE PLÁGIO PELA TERCEIRA VEZ!

Não é a primeira nem a segunda vez que um cartaz produzido pela Câmara Municipal de Ponte da Barca volta a ser alvo de plágio. A falta de imaginação criativa e de noção do acto que praticam leva a que o referido cartaz volta a ser plagiado pela terceira vez… publicamos abaixo o cartaz original e a versão agora plagiada!

19623607_hzJ6u (1) (1).jpeg

Eis a versão plagiada do cartaz produzido pela Câmara Municipal de Ponte da Barca...

52457292_2177671308965314_2596818827245256704_n.jpg

PONTE DA BARCA AVANÇA COM REQUALIFICAÇÃO DA AVENIDA FERNÃO DE MAGALHÃES

Intervenções previstas ao nível da circulação pedonal e ciclável

O Presidente da Câmara, Augusto Marinho, e Artur Ribeiro, representante da firma adjudicatária MARIJOBEL, Ldª, rubricaram hoje o Contrato de Dotação de Circulação Pedonal e Ciclável na Avenida Fernão de Magalhães. A obra, adjudicada pelo valor de 363.097,73€, acrescido de IVA, financiada em 85% pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, tem um prazo de execução de seis meses, e visa dotar esta infraestrutura viária de passeios e ciclovia, incentivando as deslocações através de meios de transporte menos poluentes, que serão complementados com a introdução de elementos arbóreos e mobiliário urbano.

Capturarpbbarc.PNG

A realização deste investimento apresenta-se como um importante contributo para a promoção de uma mobilidade urbana mais sustentável, por incremento de modos suaves de deslocação, a pé e de bicicleta, bem como para a melhoria das condições de segurança para peões e ciclistas, por eliminação de barreiras e perigos.

PAULA BRANCO PEREIRA EXPÕE NA LOJA INTERATIVA DE TURISMO DE PONTE DA BARCA

Depois da participação em diversas exposições internacionais, das quais resultou a premiação de algumas das suas obras, Paula Branco Pereira traz, pela primeira vez, a Ponte da Barca, uma exibição de alguns dos seus trabalhos onde elementos como o  linho e o croché  se alinham em perfeita harmonia com obras contemporâneas.

17991129_156543571542620_5411974834111609169_n.jpg

A exposição contempla, ainda, uma estrutura que suporta um conjunto de caixas com motivos diversos, onde o croché é novamente explorado, permitindo observar no seu interior imagens de mulheres cobertas em parte com peças do traje à vianesa, Cidade de onde a artista é natural.

51538831_1650020475098929_2581120318051450880_n.jpg

As exposições de Paula Pereira surpreende pela riqueza dos trabalhos e criações arrojados que apresenta, onde normalmente o feminino predomina.

A mostra vai estar patente na Loja Interativa de Turismo até ao dia 28 de fevereiro, podendo ser visitada de Terça-feira a Sábado 10h às 12:30h / 14:00h às 18h

51432694_1650020508432259_7860095815912521728_o.jpg

51600630_1650020328432277_8842402665263529984_o.jpg

Capturarpbp.PNG

PONTE DA BARCA: PRESIDENTE AUGUSTO MARINHO VISITA ARCOP DE NANTERRE POR OCASIÃO DO 25.º ANIVERSÁRIO

O Presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Augusto Marinho, visitou a ARCOP de Nanterre nos passados dias 2 e 3 de fevereiro, tendo também marcado presença nas celebrações dos 25 anos de existência do grupo folclórico da ARCOP de Nanterre.

Capturarbbbarc.PNG

Recebido pelo Presidente da Direção da ARCOP Nanterre, Manuel Brito, o edil barquense, acompanhado pelo Vereador José Alfredo Oliveira, visitou a Sede da ARCOP em Nanterre onde pode constatar a forte relação com o concelho de Ponte da Barca e as suas tradições, orgulhosamente expostas em todos os espaços as Associação.

A par da visita à ARCOP, o Presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca Augusto Marinho teve oportunidade para uma entrevista nos estúdios da Rádio Alfa, estação de rádio parisiense e lusófona, dirigida à comunidade portuguesa de França, onde pôde dar nota do plano que está a ser empreendido pelo Município para o desenvolvimento económico de Ponte da Barca, sendo que para tal tem contado desde o inicio com o apoio da diáspora barquense, os melhores embaixadores de Ponte da Barca.

Dois dias de forte envolvimento e forte mobilização humana nos espaços da Câmara Municipal de Nanterre, onde houve ainda oportunidade para um contacto institucional com a Câmara Municipal de Nanterre na pessoa do seu presidente, Patrick Jarry.

As Aldeias do Vez de Rosny-sous-Bois, Estrelas Douradas de Versailles, Danças e Cantares do Minho de Stains, Coração do Minho de Villepreux, Povo da Nobrega de Creteil, ARCOP de Nanterre, e Paço Vedro de Magalhães, Aldeias do Minho de Malakoff, Flor do lima de Villiers le bel, Os lusitanos de Saint Cyr Lécole, Casa dos arcos de Paris, ARCOP de Nanterre foram alguns dos Grupos que participaram nas celebrações, tendo culminado com a atuação do Grupo Folclórico de Paço Vedro de Magalhães.

2nanttt.jpg

IMG_9600.jpg

IMG_9669.jpg

nanterre1.jpg

PONTE DA BARCA AVANÇA COM CRIAÇÃO DO PARQUE EMPRESARIAL DO RODO – FASE II

Estrutura vai acolher 22 novos lotes empresariais e as novas instalações da Adega Cooperativa

O Executivo municipal de Ponte da barca aprovou hoje por unanimidade, em reunião de câmara, o Projeto de Loteamento que visa a ligação da Rua Heróis do Ultramar com a estrada Nacional nº101, através de novos arruamentos e loteamento do espaço que irá definir a nova estrutura urbana do local, com a implantação de 22 novos lotes, num terreno com 74.060 m2 de superfície. A elaboração deste projeto procura dar resposta à crescente necessidade económica do mercado de Ponte da Barca e colmatar o tecido urbano expectante desta zona.

Para o Presidente da Câmara, Augusto Marinho, o novo parque empresarial “vai permitir implementar soluções que há muito o concelho necessitava, dinamizar o tecido empresarial de Ponte da Barca, melhorar a competitividade e o exercício das atividades dos nossos empresários”. O autarca barquense justifica, ainda, que desta forma “estaremos com melhores condições para acolher novas empresas e a conceder aos empresários locais, sendo prova disso a afetação, também nesta reunião de câmara, da relocalização da Adega Cooperativa de Ponte da Barca, um velho anseio dos barquenses que será finalmente concretizado”.

Este espaço permite a instalação e relocalização de empresas locais, de pequena e média dimensão, permitindo melhorar as condições de laboração e seu crescimento", explicou ainda Augusto Marinho.

Para a implementação deste projeto será necessário, então, criar novos arruamentos secundários que se tornam vitais para a interligação com as vias de comunicação principais existentes (Estrada Nacional nº 101, Estrada Municipal 531 e a Rua Heróis do Ultramar) e, sendo que adjacente à área de intervenção (lado Oeste) existem dois equipamentos públicos - Quartel dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca e o Pavilhão Gimnodesportivo de Ponte da Barca - a criação destes novos arruamentos vem oferecer, não só mais eficiência nas acessibilidades aos mesmos como uma maior agilidade para aceder a vias de comunicação primárias permitindo aceder aos sítios e localidades das redondezas com mais rapidez e facilidade.

PONTE DA BARCA LEMBRA QUE O HOLOCAUSTO NÃO É BRINCADEIRA DE CRIANÇAS

Exposição 'Isto não é brincadeira de crianças - Holocausto: criatividade e jogo'

'Isto não é brincadeira de crianças - Holocausto: criatividade e jogo' é o nome da exposição que está desde ontem patente no átrio dos Paços do Concelho de Ponte da Barca.

Capturarpbarrcapa.PNG

Trata-se de uma exibição itinerante concebida pelo Museu YadVashem, de Israel e dinamizada pelo Projeto N.O.M.E.S. A Exposição, composta por cerca de 20 painéis que versam as temáticas dos ‘Campos de Extermínio’, ‘Campos de Concentração’, ‘Guetos’, ‘Esconderijos’, ‘Orfanatos’, entre outras, ilustra o mundo das crianças durante o Holocausto, expondo a sua luta diária para se manterem vivas e o esforço para conservar a sua infância na difícil realidade que as cercava.

De salientar que o título desta exposição se baseia numa citação do pediatra Janusz Korczak, diretor do Orfanato Judaico de Varsóvia, que morreu em 1942, em Treblinka, onde acompanhou duzentas crianças do seu orfanato do Gueto de Varsóvia, Alemanha, até às câmaras de gás.

A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h às 12h30 e das 14h às 17h30.

2pbarrrc (2).jpg

2pbarrrc (3).jpg

CASSETE PIRATA EM CONCERTO NA CASA DA CULTURA DE PONTE DA BARCA A 16 DE FEVEREIRO

Cassete Pirata vão dar o arranque ao ciclo de concertos deste ano na Casa da Cultura de Ponte da Barca. O concerto acontece no dia 16 de fevereiro, às 22h.

Capturarpbpbpbpbp.PNG

Liderada pelo guitarrista João Firmino (mais conhecido como Pir), que também assume o papel de vocalista, conta nas suas fileiras com o monstro da bateria João Pinheiro (Diabo na Cruz, TV Rural), o pulso firme de António Quintino no baixo (Samuel Úria), para além da única dupla de cantoras e teclistas que este país conhece – Margarida Campelo e Joana Espadinha e, ainda, com o produtor musical Luís Nunes (aka Benjamim), a banda estreou-se com o lançamento do EP homónimo em 2017, ano que terminou com a marca de segunda canção, “Pó no Pé”, mais votada no top Antena 3.

Vindos maioritariamente das escolas de jazz de Lisboa e Amesterdão, os Cassete Pirata abalaram as fundações do Popular Alvalade, Casa do Povo de Ovar, Salão Brazil, Café Concerto Pombal com as suas canções rock, vindas directamente da juventude que reprimiram durante o estudo de harmonias de jazz demasiado complicadas.

PONTE DA BARCA: ISAVE E EPATV ASSINAM ACORDOS COM CASA DA CERCA

O presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca manifestou ontem o desejo de ter um Pólo do Instituto Superior de Saúde (ISAVE) naquele concelho, de forma a enriquecer os recursos humanos e a prestação de cuidados às populações idosas.

IMG_7222.jpg

Augusto Marinho falava, durante a sessão de assinatura de protocolos, a importância das futuras relações de cooperação entre a Residência Sénior Casa da Cerca (Lar de idosos e Unidade de Cuidados Continuados) e a Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) e o ISAVE, no dia 28 de janeiro. O autarca respondia às inquietações manifestadas por João Luís Nogueira, presidente do Grupo Amar Terra Verde (ISAVE e EPATV) sobre o futuro da qualificação de recursos humanos numa sessão em que participou, o Provedor da Santa Casa de Misericórdia de Ponte da Barca, Rui Gomes; a presidente do ISAVE, Mafalda Duarte, a Coordenadora do Qualifica da EPATV, Rosa Vieira, colaboradores da Casa da Cerca e outras personalidades do concelho.

O Diretor clínico da Casa da Cerca, Mário Viana, manifestou grande satisfação pela assinatura destes acordos de cooperação que se traduzem na possibilidade de certificação de competências dos seus colaboradores, na recepção de alunos do ISAVE como estagiários e na porta aberta à investigação científica na área da Gerontologia.

Desta forma, garantiu Mário Viana, “a Casa da Cerca persegue a qualidade e excelência no serviço aos seus utentes (34 em Residência e 18 em Unidade de Cuidados Continuados de longa duração), aliado às condições dignas à qualificação dos que aqui prestam serviço aos utentes”.

Mafalda Duarte, presidente do ISAVE, deu a conhecer os cursos - licenciaturas e Cursos Técnico Superiores Profissionais ( CTeSP`s) -  que podem enriquecer a Casa da Cerca nesta permuta que beneficia o ISAVE e os seus estudantes  que (aqui podem) ai poderão realizar estágios e investigação, através do Centro de Interdisciplinar de Ciências da Saúde ( CICS). O protocolo entre essa instituição e o ISAVE, contribuiu para a “formação de qualidade no domínio da saúde, através do estreitar de laços entre as duas entidades, nomeadamente no que diz respeito, à troca de experiências, ações de formação e capacitação, bem como na possibilidade de realização de estágios”.

O Centro Qualifica da Escola Profissional Terra Verde, permitirá à Casa da Cerca usufruir de um processo de reconhecimento, validação e certificação de competências profissionais e/ ou de certificação escolar (9.º e 12.ºano de escolaridade) entre outras ações de formação junto dos seus funcionários.

Desta forma, estas duas instituições de referência nas respetivas áreas de atuação unem os seus esforços em torno de um objetivo comum, num processo que o Grupo Amar Terra Verde pretende brevemente alargar a outras entidades e domínios no município de Ponte da Barca como referiu João Luís Nogueira. O Presidente do Grupo Amar Terra Verde, destacou o trabalho do Centro Qualifica, ao longo de dez anos, para elevar a qualificação dos trabalhadores em processo de reconhecimento e certificação de competências, quer escolares, quer profissionais.

João Luís Nogueira mostrou-se determinado a “combater o insucesso com todos os meios e forças neste trabalho em rede com Municípios e IPSS’s, até porque nós somos do tamanho dos nossos parceiros. É um desafio, honra e grande orgulho para o ISAVE e EPATV colaborar com a Casa da Cerca…” porque “…é nestas parcerias que saímos todos mais ricos.”

AUTARQUIA DE PONTE DA BARCA CEDE ESCOLA PRIMÁRIA DE TOUVEDO S. LOURENÇO À JUNTA DE FREGUESIA

O Presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Augusto Marinho, e o Presidente da Junta de Freguesia da União de Freguesias de Touvedo (São Lourenço e Salvador), Isidoro Brito, assinaram hoje um Contrato de Comodato para a cedência a esta Junta do edifício da antiga Escola Primária de Touvedo S. Lourenço.

Capturartouv.PNG

Uma antiga reivindicação da população de Touvedo São Lourenço e que agora se cumpre, sendo que o imóvel da década de 80 vai agora ser utilizado para o desenvolvimento de atividades de interesse da população da União de Freguesias.

REVITAGRI VAI RECUPERAR A DOP DO MEL DAS TERRAS ALTAS DO MINHO

Os territórios do interior necessitam de potencializar todos os recursos de maneira a garantir o nível de vida necessário a todos aqueles que pretendam optar por cá residir.

ESA-PONTE-LIMA.png

Nas Terras Altas do Minho, produz-se um mel com qualidades únicas  específicas que importa proteger e potencializar a sua produção, garantindo a subsistência das pessoas e aumentando assim os benefícios que o setor traz para o equilíbrio dos ecossistemas, num momento em que a abelha é considerada o animal mais importante do planeta.

Com o objetivo de ajudar a revitalizar e potencializar o setor, o Projeto Revitagri - PNPG realizará dois Workshops na fileira do mel, para os quais convidamos vossas excelências a estarem presentes:

1 de fevereiro - 14h - Auditório da Casa da Cultura de Ponte da Barca

"A DOP do Mel das Terras Altas do Minho"

Esta sessão, conta com: 

Eng. Carlos Batista - Fundador da DOP do Mel das Terras Altas do Minho

Engª. Carla Alves - Presidente da DRAPN

Eng. Alfredo Marques - Presidente da APICAVE

8 de fevereiro - 14h - Auditório da Câmara Municipal de Terras de Bouro

"Certificação e Rotulagem do Mel e seus derivados"

(cartazes em anexo)

Este projeto visa uma clara transferência de conhecimento de uma entidade do sistema científico e tecnológico (IPVC) para os atores locais do PNPG, mais concretamente para as empresas ligadas ao agronegócio, tendo sempre como metas a capacitação dos agentes locais, a valorização dos recursos endógenos do PNPG e o acréscimo de valor a estes recursos.

 Mapear e caracterizar o Agronegócio no PNPG, numa plataforma acessível e atualizada, facilitando o acesso à informação da fileira, permitindo um conhecimento de debilidades e potencialidades técnicas e de mercado é um dos objetivos do RevitAGRI-PNPG. A descrição do projeto, cujo documento se anexa, identifica todas as linhas orientadoras.

A coordenação do projeto está afeta à Escola Superior Agrária do IPVC estando também integrada nesta candidatura a Escola Superior de Ciências Empresariais do Politécnico de Viana.

Capturarmelvia1.PNG

Capturarmelvi2.PNG

Capturarmelvi3.PNG

BARQUENSES MANIFESTAM-SE PELA VENEZUELA

venezuela.png

Comunicado Movimento pela Venezuela

O grupo Movimento pela Venezuela, preocupado com a grave situação política, económica e social que vive o país, decidiu reunir uma série de cidadãos portugueses, venezuelanos e luso-descendentes, para de forma contundente, fazer uma manifestação pacífica em apoio ao povo venezuelano, no próximo sábado, dia 2 de fevereiro, em Ponte da Barca.

Nesse sentido pedimos a este prestigiado órgão de comunicação social a divulgação do evento e o respetivo convite para estarem presentes neste movimento que será feito um pouco por todo o mundo.

O evento será realizado às 14h00, do dia 2 de fevereiro, em Ponte da Barca, em frente aos Paços do Concelho.

Obrigada pela divulgação, apoio e ajuda!

Respeitosos cumprimentos,

Movimento pela Venezuela.

BARQUENSES CANTAM AS JANEIRAS NOS PAÇOS DO CONCELHO

Utentes da APPACDM cantaram as Janeiras nos Paços do Concelho de Ponte da Barca

Os utentes da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Viana do Castelo e da delegação de Ponte da Barca cumpriram esta manhã a tradição de cantar as Janeiras nos Paços do Concelho onde foram recebidos pelo Presidente da Câmara, Augusto Marinho, e restante membros do executivo municipal.

Capturarpbaar.PNG

Na habitual companhia de Augusto Canário, conhecido animador e tocador de concertina, os utentes da instituição social desejaram um Bom Ano a todos os presentes ao som dos ferrinhos, bombos, voz afinada e quadras a condizer, votos de Bom Ano retribuídos pelo autarca barquense.

barcaaaa (1).jpg

barcaaaa (2).jpg

barcaaaa (3).jpg

“SENTE A HISTÓRIA” ESTE SÁBADO NA IGREJA MATRIZ DE PONTE DA BARCA COM CONCERTO DE SCARAMUCCIA

Ponte da Barca acolhe, no sábado, 19 de janeiro, às 22h, na Igreja Matriz, um concerto de Scaramuccia no âmbito do projeto “Sente a História”, organizado pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho. De forma a fomentar o património, decorrerá, também, às 21h30, uma visita guiada.

Capturaredna.PNG

A iniciativa decorre desde maio do ano passado, levando concertos a 30 monumentos e locais históricos com o objetivo de valorizar os principais ativos patrimoniais de cada concelho e a capacitação dos ativos culturais e artísticos associados à música, possibilitando a valorização e o reconhecimento de diferentes gerações de músicos oriundos ou residentes no Alto Minho, através do desenvolvimento de competências e de novas parcerias, criando ainda condições para valorização pública desses talentos.

SOBRE O ENSEMBLE SCARAMUCCIA E OS SEUS MÚSICOS

O Ensemble Scaramuccia foi fundado em 2013 por iniciativa do violinista Javier Lupiáñez com a ambição de redescobrir o repertório barroco menos conhecido. O espírito de Scaramuccia deseja dar vida a todo esse repertório que se ouvia não só nos lugares mais requintados, mas também nas tavernas e ruas do período barroco. Na preparação de cada programa e concerto é feita uma pesquisa e estudo aprofundado a fim de redescobrir aquelas relíquias musicais escondidas e perdidas entre a vasta literatura musical do barroco maioritariamente interpretada.

O Ensemble Scaramuccia iniciou o seu trajeto no Fringe do Festival de Utrecht e no Fringe do Festival de Bruges em 2013 e desde então tem vindo a desenvolver uma intensa carreira nos Países Baixos, Bélgica, Reino Unido e Itália. Entre as várias apresentações em concerto é de salientar a participação no Festival de Artes de Maldon (Reino Unido), no Museu da Música “Vleeshuis” (Bélgica), na temporada de concertos Kasteelconcerten (Países Baixos) Echi Lontani (Itália) ou no Internationaal Kamermusiek Festival Utrecht – Janine Jansen e Amigos (Países Baixos).

O interesse em descobrir novo repertório barroco proporcionou a este ensemble a oportunidade de tocar em estreia mundial duas obras de Vivaldi, numa emissão gravada ao vivo e transmitida em 2014 pela rádio holandesa Concertzender, no programa “De Musyck Kamer”.

Em Novembro de 2015 gravaram o seu primeiro CD com a discográfica Ayros, dedicando­-O à nova música de Vivaldi e a obras recentemente descobertas para violino e baixo contínuo.

Em 2016 foram distinguidos com o prémio do público para melhor ensemble do concurso internacional Göttinger Reihe Historischer Musik 2015/2016 (Alemanha).

ADEGA DE PONTE DA BARCA E ARCOS DE VALDEVEZ ASSINALA 50 ANOS DE ATIVIDADE COM LANÇAMENTO DE UM VINHO ÚNICO - BRINDEMOS A UM DOS MELHORES VINHOS DO NOSSO MINHO!

Adega de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez assinala 50 anos de atividade com lançamento de um vinho único

A Adega de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez assinala 50 Anos de Atividade no próximo sábado, 19 de janeiro, associando à celebração a apresentação da nova Identidade corporativa e o lançamento inédito de um vinho com base na uva Loureiro, que será uma homenagem aos associados daquela empresa.

38802832_2126365274357046_5291955786677747712_n.jpg

Adega de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez cuida há décadas de um património vitícola e cultural ímpar, localizado num território singular, atravessado pelos rios Lima, Vade e Vez, bem no coração da Região dos Vinhos Verdes. Fiel ao princípio “A Origem Conta” preparou, ao longo do último ano, um vinho único e comemorativo dos 50 anos de Atividade, para homenagear os cerca de 1000 associados, pequenos viticultores minhotos.

A cerimónia realiza-se entre as 10h e as 12h do dia 19 de janeiro, na Loja de Turismo de Ponte da Barca, contando com a presença de várias individualidades, entre as quais se destacam autarcas e o Presidente da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, entre outras entidades.

O programa desenvolve-se em vários momentos culturais como a poesia por Jaime Ferreri, um autor local que está associado ao novo rótulo apresentado, e uma exposição da artista plástica vianense Paula Branco Pereira, bem como uma intervenção musical de piano e violino.

No final da cerimónia cada associado receberá uma garrafa do novo vinho Reserva de Sócios e, para além de uma degustação gastronómica do novo vinho, todos os presentes serão convidados a fazer um donativo para a Fundação AMA – Perturbações do Espetro do Autismo, entidade que desempenha uma importante intervenção local junto de crianças com aquela doença.

O vinho ocupa um lugar muito especial na história da humanidade!

A Adega de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez reinventa e valoriza a história, adaptando, renovando e valorizando cada vinho com o sabor dos tempos!

APRESENTAÇÃO DO MAIOR BOLO DE MEL DE PORTUGAL JUNTOU CENTENAS DE PESSOAS EM PONTE DA BARCA

Um bolo de mel com 66 metros e 90 centímetros foi hoje apresentado em Ponte da Barca! A iniciativa da Câmara Municipal em parceria com quatro pastelarias locais: Cascata, Caracas, Doce Lima e Liz, vai na sua quarta edição e juntou, em frente aos Paços do Concelho, centenas de pessoas num dia de festa que contou ainda com a animação das rusgas da Associação Magalhães em Movimento e do Rancho Folclórico das Lavadeiras do Paço Lima e do grupo musical Offir Show.

A iniciativa teve ainda uma vertente social, na medida em que toda a receita com a venda do bolo reverteu a favor dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca.

Capturarbmel.PNG

1bmel.jpg

2bmel.jpg

6bmel.jpg

PONTE DA BARCA APRESENTA MAIOR BOLO DE MEL DE PORTUGAL

É já no próximo domingo (13 de janeiro), a partir das 14h30, em frente aos Paços do Concelho, que Ponte da Barca apresenta o maior Bolo de Mel de Portugal – Bolo à Terras da Nóbrega, numa iniciativa da autarquia barquense que vai já no quarto ano consecutivo e conta com a colaboração de quatro pastelarias locais: Caracas, Cascata, Doce Lima e Liz.

Capturarbolomelpb.PNG

A confeção deverá demorar cerca de seis horas e vai envolver mais de 100 quilos de farinha, 30 litros de mel, 50 quilos de açúcar, mais de 200 ovos e 20 quilos de nozes.

A iniciativa pretende valorizar os ingredientes mais tradicionais do concelho como o mel e as nozes, assim como  dinamizar o comércio tradicional, dando visibilidade às pastelarias do concelho.