Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO ARCUENSE INCENTIVA VOLUNTARIADO

Rede Europeia URBACT - “Volunteering City”: Município arcuense na Polónia

Depois dos parceiros do projeto europeu URBACT - “Volunteering City”, candidatura, liderada pelo Município de Athienou e cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, que visa a criação de uma rede de transferências de boas práticas para o voluntariado, terem estado em Arcos de Valdevez, foi a vez de uma comitiva arcuense se deslocar à Polónia para mais um encontro de trabalho.

66093726_911084405897094_6742723317528002560_n.jpg

Este encontro visou trocar experiências, partilhar dúvidas e fazer um ponto de situação dos projetos de cada uma das cidades parceiras pertencentes aos seguintes países: Chipre, Polónia, Irlanda, Espanha, Alemanha, Croácia e Itália.

A Rede de Voluntariado tem como objetivo fortalecer o sentimento identitário e as preocupações com as questões sociais entre os Municípios participantes, intensificando as relações, em torno das práticas, conhecimentos e experiências de cada Município, a fim de os compartilhar, transmitir e capitalizar com a realização de ações e projetos conjuntos.

Este é um projeto de interesse para o concelho e para o País, pela dinâmica criada em torno da inclusão e da coesão social entre gerações, culturas, práticas e saberes. Este projeto permite a criação de uma rede internacional de voluntariado e de uma bolsa de medidas e apoios sociais, entre os Municípios participantes, essencial ao desenvolvimento de uma estratégia de combate à pobreza e às desigualdades sociais, bem como de incentivo ao voluntariado e à responsabilidade social das pessoas e empresas.

No âmbito deste projeto irá ser criado um Comité Municipal de Voluntariado, estando atualmente o grupo de trabalho deste projeto a elaborar um documento com as normas de funcionamento do respetivo comité, o qual, irá ser responsável pela gestão, articulação e promoção do voluntariado no concelho de Arcos de Valdevez a que se associa a criação de um banco local de voluntariado.

66126890_352563812057152_9172231667987775488_n.jpg

66288808_463345900891108_5743020029562060800_n.jpg

EPATV CONCILIA DIFERENÇAS CULTURAIS EM PROJETO ERASMUS+ NA POLÓNIA

A EPATV participou numa reunião do projeto "Our Cultural Differences are Wealth of Hummanity"(2018-1-RO01-KA229-049600), decorrida entre 8 e 12 de abril, na Polónia e que integrou, além de Portugal, Turquia, Polónia e Roménia.

1554980046875.jpg

A mobilidade acercou os alunos das diversas escolas participantes em diversas atividades de conhecimento e de partilha cultural, designadamente icebreaking, um workshop intercultural e uma atividade de resolução de problemas Nestas, formaram grupos de trabalho que integraram um elemento de cada nacionalidade, promovendo, em consequência, a interculturalidade e a cooperação. Posteriormente os alunos participaram num Workshop de Arte e, ainda numa visita interpretada à cidade de Zamosc.

O programa incluiu, também, visitas a:

- Visita ao Museu do Arsenal da cidade de Zamosc - neste museu houve oportunidade de assistir a apresentações Multimédia que percorreram a história da ocupação e invasão da cidade e da região;

- Visita ao Museu Nacional do Campo de Concentração de Majdanek - esta visita revelou-se de particular importância, uma vez que este projeto pretende acentuar a tónica da tolerância e aceitação entre povos e nações e, neste sentido, nada como uma visita guiada a um campo de concentração consegue ilustrar como num passado recente, que quase destruiu a Europa, a discriminação e o extermínio tiveram lugar e ceifaram milhões de vidas, mostrando o caminho a seguir no futuro que cimentou o projeto europeu.

- Uma reunião com a Vereadora da Culrura e Educação do Município de Zamosc, em que se discutiram diversos aspetos relativos à riqueza cultural local e das experiências enriquecedoras que projetos internacionais trazem aos seus participantes.

A reunião terminou os trabalhos perspetivando a preparação da próxima mobilidade, a decorrer na Roménia em Setembro de 2019.

IMG_20190409_114312.jpg

JOVENS DE CELORICO DE BASTO TORCERAM POR PORTUGAL NO JOGO COM A POLÓNIA

Jovens de Celorico de Basto convidados a integrar “Portugal numa Bancada”. Jogo Portugal x Polónia com adeptos fervorosos desde o primeiro ao último minuto

O Município de Celorico de Basto foi convidado pela Federação Portuguesa de Futebol e pela Altice a participar na terceira edição do “Portugal na Bancada”. 36 Jovens de formação em futebol de Celorico de Basto assistiram ao jogo Portugal x Polónia, no Estádio D. Afonso Henriques, e vibraram do primeiro ao último minuto.

46498216_1897828710314512_5616021514521411584_n

O Município de Celorico de Basto não perdeu a oportunidade de proporcionar uma experiência diferente aos atletas de formação em futebol do Clube Desportivo Celoricense (Juniores, Juvenis e Iniciados), e tratou de todos os trâmites exigidos para que a Seleção Nacional tivesse os “melhores” adeptos na bancada a torcer pelo sucesso da equipa.

“Fomos convidados a participar nesta iniciativa “Portugal numa bancada” e não podíamos deixar a oportunidade passar em branco. Como em Celorico, neste momento, apenas o Celoricense apresenta equipas de formação em futebol, achamos que faria todo o sentido proporcionar a estes jovens, com aspirações futebolísticas, uma experiência nova, diferente, e inspiradora” disse Fernando Peixoto, Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Celorico de Basto.

De acordo com o técnico do Município que acompanhou os atletas, David Pinto, a experiência não podia ter sido mais gratificante para os participantes. “Foi incrível a forma como estes jovens vibraram pela Seleção Nacional, como estavam felizes, motivados, cheios de vida”.

Os jovens, fãs Portugal+, seguiriam até ao estádio D. Afonso Henriques num autocarro do Município de Celorico de Basto e assistiram ao jogo de forma gratuita, a convite da Federação Portuguesa de Futebol e da Altice.

46498422_747429925615698_2295070058709254144_n

46518625_788456568181966_3729810549727297536_n

BRAGA APOSTA NA PROMOÇÃO TURÍSTICA JUNTO DO MERCADO POLACO

Feira de Turismo de Varsóvia decorreu de 19 a 21 Outubro

Pela primeira vez o Município de Braga apostou na divulgação da Cidade na World Travel Show de Varsóvia. Seguindo a estratégia traçada, esta incursão pelo mercado polaco é justificada pelo facto de ser um país que representa um enorme crescimento e um excelente mercado emissor em termos de procura de visitantes à Cidade de Braga.

1

Esta é a terceira edição da World Travel Show, considerada uma das mais importantes Feiras de Turismo e Negócios da Polónia, decorreu de 19 a 21 de Outubro, no maior centro de feiras e congressos da Europa - Ptak Warsaw Expo - Nadarzyn, Varsóvia.

Este evento oferece os mais interessantes destinos turísticos, momentos de animação, atracções culinárias e degustações gastronómicas.

Braga participou neste certame em Stand próprio, juntando colaboradores do Município com os parceiros dos Hotéis do Bom Jesus e do Meliã Braga, promovendo também Braga na bolsa de contratação junto dos buyers internacionais.

2

A World Travel Show é uma óptima oportunidade para estabelecer relações comerciais e conquistar mercados emergentes.

A Polónia é um mercado com 38 milhões de habitantes. O crescimento real do PIB foi de 4,6% em 2017. O consumo de bens e serviços aumentou graças ao programa familiar 500+, aumento nos salários e boa situação no mercado de trabalho. Os polacos realizam mais de 11,3 milhões de viagens ao estrangeiro.

Para Portugal, este é o décimo mercado emissor, com 276.017 hóspedes e 959.017 dormidas. Tem boas ligações aéreas e perspectivas de aumento de número de turistas para território nacional.

5

JOGADOR DE VOLEIBOL LEVA BANDEIRA DE AMARES À POLÓNIA

Jogador de voleibol amarense representa bandeira do concelho na Polónia

O amarense Filipe Ferreira, ex atleta da equipa AAAESA - Amares Volei, encontra-se a representar as cores da bandeira de Amares pelo ks metro Varsóvia league2, do campeonato de voleibol da Polónia. Uma conquista pessoal do desportista que é vista como “motivo de orgulho” para o Município de Amares.

43766910_1941809285885488_5262115285913042944_n

“O executivo municipal de Amares congratula-se com o facto de ver mais um amarense levar a bandeira de Amares para fora de portas. É com imenso orgulho que assistimos ao progresso de um produto de formação da terra, a dar cartas e a vingar no estrangeiro, conhecendo outras realidades desportivas e abrindo portas para novas oportunidades e projetos”, referiu o vereador do Desporto do Município de Amares, João Esteves.

Filipe Ferreira integrou, durante vários anos, o projeto AAAESA - Amares Volei, fazendo parte dos escalões juvenis e posteriormente da equipa. O Município de Amares espera, agora, que o jogador de voleibol tenha uma carreira bem sucedida e plena de vitórias.

CAMINHO DE BRAGA A SANTIAGO DE COMPOSTELA RECEBE PEREGRINOS DO LESTE DA EUROPA

Primeiras peregrinas de Leste fazem caminho Braga-Santiago

O novo caminho jacobeu que liga Braga a Santiago de Compostela, na distância de 240 quilómetros, está a ser percorrido a pé, pela primeira vez, por duas peregrinas oriundas de países do Leste da Europa.

Lana Mars, de 29 anos, que vive em Kiev com namorado e dono do hotel de braga

Uma das peregrinas é Lana Mars, de 29 anos, que vive em Kiev, na Ucrânia, e começou o Caminho da Geira Romana e dos Arrieiros (ou Minhoto Ribeiro) em Braga na segunda-feira, 17, e pretende chegar à capital da Galiza em 10 dias.

A outra peregrina, que deseja reservar a sua identidade, é de Cracóvia, na Polónia, e iniciou o trajeto em Campo do Gerês no dia 11 deste mês. Como tem necessidades especiais, faz etapas pequenas, com o auxílio de um carrinho adaptado para transportar a mochila.

Um dos objetivos de Lana Mars, especialista em marketing digital e empreendedora, é continuar a escrever o livro que começou aquando dos seu primeiro caminho, no inverno do ano passado, altura em que percorreu, em 50 dias, a distância de 860 quilómetros entre Lisboa e Finisterra.

Lana Mars, de 29 anos, que vive em Kiev (2)

“Quero concentrar-me no meu livro. Quero escrever diariamente para guardar todos os aspetos do caminho. O meu sonho é publicar o livro também em português”, refere a peregrina da Ucrânia, que decidiu fazer o traçado da Geira Romana e dos Arrieiros depois do “proprietário da pousada” onde dormiu, em Braga, lho ter descrito como “surpreendente e misterioso”. Esta terça-feira, 18, chegou à freguesia de Caldelas.

Por seu lado, a peregrina polaca, historiadora de arte e arquiteta, que se dedica ao património, chegou esta terça-feira, 18, a Feas, na região de Ourense. Já fez quatro itinerários de Santiago desde 2007 e sentiu-se atraída pelo Caminho da Geira Romana e dos Arrieiros porque não “tem o ambiente de competição” de outros percursos jacobeus e “é muito rico em beleza natural e patrimonial”.

Lana Mars, de 29 anos, que vive em Kiev (01)

“Como sou historiadora, encanta-me o património rural, interessam-me os problemas das povoações (às vezes despovoadas) e os monumentos em geral. O património vivo interessa-me muito, bem como, por exemplo, as tradições orais e lendas”, afirma a peregrina, destacando que, “claro”, também lhe “interessa a reanimação” deste caminho entre Braga e Santiago de Compostela.

Estas peregrinas estão a palmilhar o traçado apresentado em abril de 2017, em Braga, pela Associação Jacobeia do Caminho Minhoto Ribeiro (AJCMR), percorrido em 2017 por cem pessoas, estimando-se que o número cresça no corrente ano.

O projeto que pretende reabilitar este itinerário histórico ganhou também a adesão da Associação Codeseda Viva que, como a AJCMR, pretende o reconhecimento do Caminho da Geira Romana e dos Arrieiros (ou Minhoto Ribeiro) e a sua consequente homologação até ao Ano Santo Jacobeu de 2021.

Caminho da Geira Romana e Arrieiros (2)

Caminho da Geira Romana e Arrieiros

MAR DE GENTE ENCHE PRAÇA DA REPÚBLICA EM VILA PRAIA DE ÂNCORA PARA ASSISTIR À INAUGURAÇÃO DO ÂNCORA FOLK’17

A Praça da República em Vila Praia de Âncora foi ontem à noite pequena para acolher o mar de gente que ali afluiu para assistir ao espectáculo de abertura do “ÂNCORA Folk’17”, um grandioso festival de folclore que teve como cenário a fachada da capela da Nossa Senhora da Bonança, padroeira dos pescadores desta típica vila minhota do concelho de Caminha.

DSCF5073.JPG

O espectáculo decorreu até à 1 hora da madrugada e o público não arredou pé nem regateou o aplauso aos grupos participantes.

CapturarPolonia.PNG

Este festival é organizado pelo Grupo Etnográfico de Vila Praia de Âncora e contou este ano com representações da Polónia, Espanha e Ossétia do Norte-Alânia (Rússia), respectivamente os grupos “The Slowianki Ensemble”, “Grupo Municipal Virgen del Mar” de Almeria e “Youth Dance Ensemble ARFAN”.

O “ÂNCORA Folk’17” prossegue com a realização de espectáculos hoje na Praça Conselheiro Silva Torres em Caminha, amanhã junto à Igreja de Âncora e, no dia 13, no Cine-Teatro dos Bombeiros Voluntários em Vila Praia de Âncora.

CapturarOssetia.PNG

DSCF5039.JPG

DSCF5040.JPG

DSCF5044.JPG

DSCF5048.JPG

DSCF5065.JPG

 

DSCF5079.JPG

DSCF5092.JPG

DSCF5093.JPG

DSCF5100.JPG

 

DSCF5104 (1).JPG

DSCF5118.JPG

DSCF5138.JPG

DSCF5140.JPG

DSCF5142.JPG

DSCF5149.JPG

DSCF5165.JPG

DSCF5178.JPG

DSCF5205.JPG

DSCF5215.JPG

DSCF5219.JPG

DSCF5233.JPG

 

ACIAB ACOLHE ESTAGIÁRIOS POLACOS

A ACIAB recebe durante o mês de abril, estagiários polacos no âmbito de um projeto de parceria entre a ACIAB, a Escola Zespol Szkol Ekonomiczno-Uslugowych, situada na cidade de Rybnik (Polónia) e várias entidades do concelho de Arcos de Valdevez, no âmbito do Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida. Trata-se de um programa europeu que se destina a promover os intercâmbios, a cooperação e a mobilidade entre os sistemas de ensino e formação, a fim de que estes passem a constituir uma referência mundial de qualidade.

Estagiários

Os estudantes polacos, durante o seu estágio na ACIAB, conhecerão mais profundamente a realidade empresarial do concelho e o foco de trabalho da Associação, assim como a natureza das suas empresas e as áreas de intervenção, como projetos, iniciativas, formação, seminários e workshops. Simultaneamente, os estagiários à medida que tomam conhecimento do trabalho realizado pela ACIAB, e da sua importância no contexto da região, adquirem conhecimentos, ferramentas de trabalho e formas de atuação no mundo laboral, passando por uma experiência de trabalho extremamente útil para o futuro.

A ACIAB receberá, durante este ano, mais estudantes no âmbito de projetos desta natureza uma vez que é indispensável continuar a apostar nesta troca de experiências, entre pessoas de diferentes países e realidades, que beneficiam ambas as partes e contribuem para o crescimento e adoção de novas estratégias.  

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO ARCUENSE DÁ AS BOAS-VINDAS A ALUNOS POLACOS

O Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, fez esta segunda-feira, dia 13 de abril, nos Paços do Concelho, uma sessão de acolhimento e boas-vindas a um grupo de 24 alunos e 4 professores oriundos da Polónia que estarão em Arcos de Valdevez até ao próximo dia 11 de maio, enquadrados num projeto de parceria entre a Epralima e a Escola Zespol Szkol Ekonomiczno-Uslugowych localizada em Rybnik, consignado no âmbito do Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida.

rececao_alunos_polacos_epralima2

O autarca desejou-lhes uma ótima estadia em Arcos de Valdevez e aproveitou a ocasião para fazer um breve enquadramento do concelho ao nível socioeconómico, destacando também o que de melhor se poderá encontrar na região, tanto ao nível de beleza natural, como ao nível da cultura, costumes e gastronomia.

De realçar que estes alunos irão fazer estágios em diversos locais, nomeadamente na Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, na EPRALIMA, na Câmara Municipal de Ponte da Barca, na Associação Comercial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, na Segurvez/Physioderme, na Associação Social Recreativa Juventude de Vilafonche, na ADERE-PG, no + Económico e na Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca

O objetivo desta iniciativa é fomentar uma amostra sobre as principais características que retratam o tecido socioeducativo e económico da região do Vale do Lima, nas áreas de conhecimento dos participantes: Curso Técnico de Economia.

rececao_alunos_polacos_epralima3

ARCOS DE VALDEVEZ RECEBE ESTUDANTES POLACOS E SUECOS

Projetos Europeus de Acolhimento – Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez dá as boas-vindas a alunos polacos e suecos. A receção teve lugar nos Paços do Concelho

A exemplo do que tem acontecido em projetos anteriores, o Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, Francisco de Araújo, deu hoje as boas-vindas ao concelho a dois grupos compostos por 18 alunos polacos e 3 suecos, enquadrados em projetos de parceria entre a Epralima e as escolas Zespol Szkol EkonomicznoUslugowych (Rybnik – Polónia) e Tranellska Gymnasiet (Västeräs – Suécia), consignados no âmbito do Programa de aprendizagem ao Longo da Vida.

rececao_alunos_polacos_suecos5

Esta iniciativa tem como principal objetivo fomentar uma amostra sobre as principais características que retratam o tecido socioeducativo e económico da região do Vale do Lima nas áreas de conhecimento dos participantes, nomeadamente, Cozinha, Empreendedorismo, Contabilidade e Comércio.

Estes alunos vão estar em Arcos de Valdevez de 2 de Abril a 1 de Maio e, neste período, vão estagiar em várias instituições e comércios da localidade, designadamente, na Epralima, na ACIAB - Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca e na Sta. Casa da Misericórdia de Arcos de Valdevez; nos estabelecimentos comerciais Mercadinho, Mila Perfumaria, Snoopy, Fisioderme, Publivez e + Económico; nos restaurantes Romanza e Casa Real, bem como na unidade fabril Polipropigal.

rececao_alunos_polacos_suecos9