Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CASA DO MINHO EM LISBOA CELEBROU A PASCOELA

Escreveu o jornalista e escritor valenciano José Augusto Vieira, na revista “Branco e Negro” (Semanario Illustrado), nº.1 de 5 de Abril de 1896, o seguinte: “Pelos caminhos da aldeia o parocho revestido de sobrepeliz e estola vae acompanhado pelo mordomo da cruz, pelo caldeirinha de agua benta, pelo campainha, pelo creado encarregado de receber os folares. Partem sol nado.”

279095194_4943388949121106_5962967141832632985_n.j

Em Lisboa, a Casa do Minho recriou mais uma vez a tradição da Pascoela que se realiza invariavelmente no Domingo seguinte à Páscoa dos cristãos. A escolha desta celebração prende-se com o facto da maioria dos minhotos radicados na região de Lisboa regressarem temporariamente às suas origens para celebrar a Páscoa nas suas aldeias, conjuntamente com a família, os vizinhos e amigos.

Assim, na localidade de Telheiras, os lisboetas foram surpreendidos com este costume bem minhoto.

Cerca de centena e meia de pessoas participaram na celebração dos senhores padre João Caniço e padre Jorge. À semelhança de anos anteriores, os minhotos percorreram as ruas de proximidade da Casa do Minho e, depois, dentro das suas instalações, cumpriram o ritual sem deixar de observar as devidas regras de proteção sanitária que são aliás recomendadas pela própria Igreja.

No final foi servido o tradicional verde de honra, com a animação das concertinas e até o padre João Caniço cantou a desgarrada.

O vice-presidente da Direção, Rodrigo Aguiar agradeceu a presença de todos, lembrando que “é fundamental vocês estarem aqui para a continuação do Regionalismo”.

279105965_3053465291610917_5163092638426569657_n.j

279324976_1522793654801971_5852010967488321408_n.j

279374104_5149767671749597_402508266206904046_n.jp

279369392_473361414583438_8010672097658681441_n.jp

279098852_524807219127738_8478665774480530823_n.jp

279273303_481763853634534_8509180775458850719_n.jp

279130916_1476668856084766_5646360446873982649_n.j

COMUNIDADE UCRANIANA EM BARCELOS INTEGRA-SE E FESTEJA PÁSCOA ORTODOXA

A comunidade ucraniana a residir em Barcelos, depois do eclodir da guerra no país de origem, foi convocada para proceder hoje ao registo no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e para a Segurança Social, no edifício dos Paços do Concelho.

Este é mais um passo importante para garantir um rápido acolhimento e uma plena integração dos cerca de 90 cidadãos que estão deslocados no nosso concelho, estando, na totalidade, instalados em casas cedidas pelos barcelenses ou em casas de acolhimento.

No dia 24 de abril, domingo, comemora-se a Páscoa ortodoxa e foi preparada a realização de uma missa que será celebrada em ucraniano, na Igreja do Terço, com início às 11h30, para toda a comunidade ucraniana. Durante a tarde, a partir das 14h00, realiza-se um convívio com almoço e atividades lúdicas nas Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria, em Arcozelo.

 

Paços do Concelhobarccell.JPG

УКРАЇНСЬКА ГРОМАДА В БАРСЕЛОНІ ІНТЕГРУЄ ТА СВЯТКУЄ ПРАВОСЛАВНИЙ ВЕЛИКДЕНЬ
Українська громада, яка проживає в Барселоні, після початку війни в країні походження була покликана зареєструватися сьогодні в Інституті зайнятості та професійної підготовки (IEFP) і для соціального забезпечення, в будівлі Ратуші.
Це ще один важливий крок для забезпечення швидкого прийому та повної інтеграції приблизно 90 громадян, які є переміщеними в нашому муніципалітеті, будучи, в цілому, встановленими в будинках, що надаються барцеленсами або в приймальних будинках.
У неділю, 24 квітня, відзначається православний Великдень і готується меса для святкування українською мовою, в храмі Вервиці, починаючи з 11:30.m., для всієї української громади. У другій половині дня, з 14:00, є святкова зустріч з обідом і грайливими заходами в францисканських місіонерських сестер Марії, в Arcozelo.

FÉRIAS DA PÁSCOA EM MONÇÃO PROPORCIONARAM ANIMAÇÃO E NOVAS EXPERIÊNCIAS ÀS CRIANÇAS

Com a denominação “Férias Fora de Portas”, decorreram entre 11 e 14 de abril, com a realização de atividades lúdicas, culturais e desportivas

PASCOAMONÇÃO (9).jpg

As Férias de Páscoa terminaram na passada quinta-feira, permitindo a cerca de 80 crianças da Educação Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico, do Agrupamento de Escolas de Monção, a passagem de quatro dias de muita animação, convívio e novas experiências.

De modo a dar resposta às necessidades das famílias nos períodos de interrupção letiva, estas atividades de caráter lúdico, cultural e desportivo, visaram quebrar a rotina escolar, proporcionando momentos de descontração, sociabilização e diversão.

No primeiro dia da iniciativa, que decorreu na Escola Básica José Pinheiro Gonçalves, a Vereadora da Educação, Daniela Fernandes, esteve presente na receção às crianças e nas dinâmicas “quebra-gelo”, acompanhando, diariamente, as atividades previstas.

As “Férias Fora de Portas” foram preenchidas com a realização de diversas atividades, tendo-se verificado a participação entusiasmante dos mais pequenos que, de forma entretida e segura, deram “asas” à sua imaginação e criatividade.

Fazendo um balanço positivo de todas as atividades, a Câmara Municipal de Monção congratula-se com o envolvimento de todos os participantes, colaboradores e monitores.

Um especial agradecimento à administração do Palácio da Brejoeira, local emblemático do nosso concelho, onde as crianças viveram momentos mágicos, e, ainda, à “A Rosqueira”, por ter proporcionado, com simpatia e profissionalismo, a enriquecedora experiência de confecionarem e saborearem as “Roscas de Monção”.

PASCOAMONÇÃO (8).jpg

PASCOAMONÇÃO (7).jpg

PASCOAMONÇÃO (6).jpg

PASCOAMONÇÃO (5).jpg

PASCOAMONÇÃO (4).jpg

PASCOAMONÇÃO (3).jpg

PASCOAMONÇÃO (2).jpg

PASCOAMONÇÃO (19).jpg

PASCOAMONÇÃO (20).jpg

PASCOAMONÇÃO (21).jpg

PASCOAMONÇÃO (14).jpg

PASCOAMONÇÃO (15).jpg

PASCOAMONÇÃO (16).jpg

PASCOAMONÇÃO (17).jpg

PASCOAMONÇÃO (18).jpg

PASCOAMONÇÃO (1).jpg

PASCOAMONÇÃO (10).jpg

PASCOAMONÇÃO (11).jpg

PASCOAMONÇÃO (12).jpg

PASCOAMONÇÃO (13).jpg

UCRANIANOS CELEBRAM PÁSCOA EM CAMINHA

A Páscoa e as suas tradições foram o pretexto para um convívio que reuniu a comunidade de ucranianos refugiados de guerra, assim como os ucranianos residentes e as pessoas que no concelho têm feito voluntariado ou cedido habitação.

278345233_4953647211356435_3561885505769305705_n.j

Neste momento, o concelho de Caminha acolhe mais de meia centena de ucranianos que fugiram à guerra, sendo maioritariamente mulheres e crianças. Cinco dos menores já estão integrados em meio escolar e 4 estão em processo de matrícula. Também já temos adultos a trabalhar e há histórias muito diversas entre a comunidade, que inclui ilustradoras, atrizes, pessoas com comércios, atletas, entre outros.

No encontro, organizado pela Câmara Municipal e pelos voluntários, que teve lugar na Quinta da Quinhas, participou a cônsul-chefe da Ucrânia no Porto, Alina Ponomarenko.

278540876_4953647298023093_8147870073464382393_n.j

УКРАЇНЦІ СВЯТКУЮТЬ ВЕЛИКДЕНЬ У КАМІНІ
Великдень та його традиції стали приводом для зібрання, яке об'єднало спільноту українських військових біженців, а також жителів України та людей в повіті, які добровільно або забезпечили житлом.
На даний момент в муніципалітеті Камінья проживає понад пів сотні українців, які втекли від війни, в основному жінки і діти. П'ятеро неповнолітніх вже інтегровані в шкільне середовище, а 4 знаходяться в процесі зарахування. У нас також працюють дорослі, і серед спільноти є дуже різноманітні історії, які включають ілюстраторів, актрис, людей з професіями, спортсменів, серед інших.
У зустрічі, організованій міською радою та волонтерами, яка відбулася в Квінта-да-Кінхас, взяла участь головний консул України в Порту Аліна Пономаренко.

278410292_4953647328023090_664905896608121313_n.jp

278401250_4953647388023084_7335082575927755010_n.j

QUARESMA E SOLENIDADES DA SEMANA SANTA DE BRAGA DISTINGUIDAS COMO PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL NACIONAL

A Quaresma e as Solenidades da Semana Santa de Braga fazem parte, a partir de hoje, dia 14 de Abril, do Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial de Portugal.

Farricoco_SemanaSantaBraga.jpg

A proposta, agora aprovada, tinha sido apresentada pelo Município de Braga à Direcção-Geral do Património Cultural em 2016, tendo contado com a participação ativa da Comissão da Quaresma e das Solenidades da Semana Santa de Braga, através das entidades que integram a mesma comissão.

Declarações de Sua Exa. Rev.ma, o Arcebispo de Braga, D. José Cordeiro

Para o Arcebispo de Braga, “a inclusão da Quaresma e Solenidades da Semana Santa no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial é mais um passo no reconhecimento formal do lugar central destas celebrações na sociedade civil bracarense e minhota”.

Acrescenta ainda D. José Cordeiro que “este é um momento de alegria para a Igreja e para toda a sociedade bracarense. É um orgulho para Braga mas, sobretudo, uma alegria maior da comunidade crente, que oferece o melhor de si à cidade e ao país, que é a expressão da fé em Cristo morto e ressuscitado, e que se faz presente nas múltiplas manifestações litúrgicas e artísticas na Catedral e nas ruas da nossa cidade”.

Declarações do presidente da Comissão da Semana Santa, Cónego Avelino Marques Amorim

O Presidente da Comissão começa por referir que “é com imensa satisfação e entusiasmo que recebemos a notícia da aprovação definitiva da candidatura da Quaresma e Solenidades da Semana Santa de Braga ao Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial. Iniciado em 2017, este processo que agora se conclui contribuirá, ainda mais, para o reconhecimento e afirmação desta tradição cultual e cultural da Cidade de Braga”.

Continua frisando que “a Semana Santa de Braga reúne todo um conjunto de manifestações essencialmente de cariz litúrgico e religioso, que se traduzem num valioso património imaterial com profundas raízes na cidade de Braga” e recordando que “do seu programa sobressai ainda, todo um vasto conjunto de iniciativas culturais, que proporcionam uma experiência espiritual única, e uma vivência especial nesta cidade durante esta época do ano”.

“A Comissão da Semana Santa tudo fará para manter a matriz religiosa que caracteriza esta semana, bem como o nível qualitativo já alcançado, fazendo questão de continuar a oferecer ao público em geral o testemunho de fé herdado dos antepassados, e celebrado na nossa contemporaneidade”, finaliza.

Declarações do senhor presidente da Câmara Municipal de Braga, Dr. Ricardo Rio

De acordo com Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, esta distinção das Solenidades da Semana Santa é “um acto de justiça” para com um evento que possui uma “extraordinária e demonstrada capacidade” de mobilização da comunidade e de preservação das tradições culturais e religiosas da Cidade. “Garantir a sua classificação como Património Imaterial é afirmar que em Braga há algo que merece ser preservado, valorizado e reconhecido por todos”, refere.

“Este é mais um passo para que a Semana Santa de Braga seja um evento de referência não apenas para Braga, para a Região e para o país, mas um evento único a nível internacional neste período da Quaresma”, sublinha Ricardo Rio.

PÁSCOA: MUNICIPIOS REFORÇAM CAMPANHA TURISTICA COM MAIS PASSEIOS NO RIO MINHO

Os municípios de Monção, Valença, Tui e Salvaterra, em colaboração com o Turismo Porto e Norte de Portugal e o Turismo da Galiza, entidades parceiras do Projeto “Rio Minho: Um Destino Navegável”, reforçam o número de saídas da embarcação, no âmbito da campanha turística do rio Minho.

pascoamon (1).JPG

No período da Páscoa, muitas pessoas aproveitam para fazer uma pausa no trabalho, coincidindo com as férias escolares dos filhos. Com o propósito de garantir uma maior oferta aos visitantes, o projeto “Rio Minho: Um Destino Navegável”, realizará, durante o fim de semana e feriados, mais um passeio de barco, passando a efetuar-se 3 saídas do Cais de Pescadores de Tui: a primeira às 15h00, a segunda às 16h30 e, agora, a terceira às 17h45, hora portuguesa.

Durante a semana, mantem-se os dois passeios vigentes, um às 15h00 e outro às 16h30, com exceção de segunda e terça-feira, os quais servem para os serviços procederem à manutenção da embarcação turística. Estes passeios, com duração aproximada de uma hora, permitem ao visitante apreciar as belas panorâmicas dos centros históricos dos quatro municípios, desde o rio, e desfrutar de uma nova experiência na região do Vale do Minho.

Para usufruírem destes passeios fluviais gratuitos, os interessados dispõem de três opções para procederem à respetiva inscrição: Lojas de Turismo dos 4 municípios, quiosque informativo junto ao Cais de Pescadores de Tui, a partir das 13h30,  e Central de Reservas do Operador Turístico, acedendo ao website: www.hemisferios.org

As excursões turísticas de dia completo, onde os participantes visitam os quatro municípios, continuam a fazer-se com bastante sucesso. Com duração aproximada de 8 horas, o percurso, feito em barco, minibus e comboio turístico, conta com o apoio de um guia turístico, que acompanha os visitantes aos espaços culturais e patrimoniais visitáveis em cada localidade.

Os interessados em participar nestas excursões turísticas de oito horas, devem inscrever-se numa das 4 lojas de turismo ou na Central de Reservas do Operador Turístico, através do website: www.hemisferios.org. Sendo um projeto com cofinanciamento europeu, a inscrição é gratuita, mas limitada a 15 pessoas por grupo.

A campanha turística do rio Minho está disponível no website do Projeto “Rio Minho: Um Destino Navegável”, em www.riominho.org. Além da informação sobre as excursões e passeios de barco, poderão encontrar informação sobre o destino rio Minho, bem como atividades a realizar no âmbito do projeto transfronteiriço.

Nesta página, encontra-se acessível um Geoportal, com os principais pontos de interesse do destino, notícias sobre o projeto e “dicas” interessantes para quem pretende navegar no rio Minho, nomeadamente a APP Calados do Rio Minho, a qual permite conhecer, em tempo real, o caudal do rio Minho entre as Eurocidades Tui-Valença e Monção-Salvaterra.

A campanha turística do rio Minho é uma ação do projeto “Rio Minho: Um Destino Navegável”, aprovado pelo programa INTERREG V-A Espanha-Portugal (POCTEP), com cofinanciamento europeu.

pascoamon (2).JPG

pascoamon (3).JPG

pascoamon (4).JPG