Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PÓVOA DE LANHOSO APRESENTA AMANHÃ A “ROTA DOS MONUMENTOS INCLUSIVOS DA PÓVOA DE LANHOSO”

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso apresentaça a “Rota de Monumentos Inclusivos da Póvoa de Lanhoso”.

Trata-se de um projeto municipal orientado para a eliminação das barreiras interpretativas e para a educação cultural, abrangendo oito monumentos.

Inserida no programa da XIII Semana Municipal para a Igualdade e Não Discriminação, esta apresentação pública está marcada para amanhã, dia 30 de novembro de 2023, às 11h30, no Centro Interpretativo Maria da Fonte.

PÓVOA DE LANHOSO ASSINALA DIA EUROPEU DA MOBILIDADE EM CONJUNTO COM ESCOLAS DO CONCELHO

No âmbito da comemoração da Semana Europeia da Mobilidade 2023, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso vai assinalar esta edição no dia 22 de setembro, Dia Europeu Sem Carros (DESC).

Capturarcli (2).JPG

Com o intuito de chamar a atenção para esta data e de alertar para a necessidade de reduzir ao mínimo a utilização de veículos particulares, está previsto o fecho de várias artérias do centro da vila ao trânsito automóvel entre as 09H00 e as 18H00.

Também, com o sentido de sensibilizar os mais jovens para esta temática, serão realizadas dinâmicas no Parque do Pontido, com alunos e alunas das escolas, em parceria com Associação Eventos Desportivos Tesouros do Ave - AETAD.

A campanha DESC surgiu na sequência de uma diretiva europeia (diretiva 96/62/EC) relacionada com a qualidade do ar das nossas cidades. Tendo em conta os crescentes problemas relacionados com o uso do automóvel, vários países da União Europeia, incluindo Portugal, lançaram esta iniciativa pela primeira vez à escala europeia.

Esta iniciativa, que foi lançada pela primeira vez em 2002 durante a Semana Verde, em Bruxelas, revestiu-se do apoio político e financeiro da Comissão europeia e é uma parceria entre a Coordenação Europeia, as Autoridades locais e a Comissão Europeia.

Promover o debate alargado sobre a necessidade de mudança de comportamentos relativamente à mobilidade, e, especificamente, no que concerne à utilização do automóvel particular; encorajar o desenvolvimento de comportamentos compatíveis com o desenvolvimento sustentável e, em particular, com a proteção da qualidade do ar, com a mitigação do aquecimento global e com a redução do ruído, consciencializar os cidadãos para os efeitos que a sua escolha de um modo de transporte, terão na qualidade do ambiente, proporcionar aos cidadãos oportunidades para se deslocarem a pé, utilizarem a bicicleta e os transportes públicos, em vez do automóvel privado e ainda, promover a intermodalidade; são os objetivos principais desta campanha que todos devemos observar tendo em conta a preservação do meio ambiente, que responsabilidade de todos.

PÓVOA DE LANHOSO: “CONVERSAS FORA DE JOGO” À FALA COM A MARATONISTA FILOMENA COSTA

As “Conversas Fora de Jogo” estão de regresso. A atleta Filomena Costa é a convidada de mais uma sessão desta iniciativa, promovida pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso.

Filomena Costa.jpeg

O encontro está marcado para as 14h00, desta vez, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Filomena Costa é atleta de longas distâncias, sendo também a madrinha (e participante) da Corrida de S. José, organizada pelo GD da Goma, no dia 11 de março, fazendo parte da programação das festividades concelhias da Póvoa de Lanhoso (4 a 19 de março). 

Atualmente a correr pela ACD Jardim da Serra, a atleta, nascida em 1985, tem já um vasto currículo e conta com inúmeras participações em provas, de onde se pode destacar o primeiro lugar obtido na Maratona de Sevilha (Espanha), em 2015, e o segundo lugar, por equipas, na Taça da Europa de Maratona no Campeonato Europeu de Pista em Zurique (Suíça), em 2014. Filomena Costa foi também atleta do SC Braga (entre 1995-2012).

As “Conversas Fora de Jogo” visam proporcionar momentos informais de troca de experiências e de ideias que proporcionam uma proximidade maior a nomes de destaque da área do Desporto, para falar sobre tudo o que acontece em torno da competição, nas várias modalidades, ou seja, para além dos respetivos recintos desportivos.

O primeiro convidado foi Eurico Gomes, treinador e antigo futebolista (FC Porto, SL Benfica, Sporting CP e Seleção Nacional). O segundo convidado foi Carlos Sá, atleta medalhado de Trail, recordista mundial de ascensão e descida da montanha mais alta do continente americano, a Aconcágua.

As “Conversas Fora de Jogo” destinam-se à comunidade em geral, e, em particular, a todas as pessoas interessadas no tema, atletas, equipas técnicas e diretivas. A entrada é livre.

MUNICÍPIO DA PÓVOA DE LANHOSO ATRIBUI BOLSAS DE ESTUDO

Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso atribui 229 bolsas de estudo a estudantes do Ensino Secundário e Superior num valor total de 141 mil euros

Dando cumprimento ao estipulado no Regimento das Reuniões de Câmara, decorreu mais uma reunião deste órgão executivo. Da vasta agenda da ordem de trabalhos desta sessão, que, seguindo o calendário das reuniões descentralizadas, teve lugar na sede da Junta de Freguesia da Póvoa de Lanhoso (N.ª Sr.ª do Amparo), faziam parte 21 pontos, que foram todos aprovados.

Reunião de Câmara de 14 de Fevereiro.jpg

Destacamos, dos pontos analisados, a proposta referente às Bolsas de Estudo. O apoio social aos agregados familiares continua a ser uma máxima que se traduz, também, na atribuição de apoios na área da educação, incentivando os jovens a prosseguir os seus estudos, investindo-se na sua melhor preparação e formação para o futuro.

Assim, esta proposta foi aprovada por unanimidade, sendo este ano apoiados 229 alunas e alunos, número que engloba 65 candidaturas do Ensino Secundário e 164 do Ensino Superior. O valor total deste investimento é 141,000€, e o valor das bolsas do ensino secundário é de 30€ mensais e do ensino superior é de 100 €, para quem estuda fora do distrito de Braga e de 60€, para quem estuda em estabelecimentos localizados dentro distrito.

Ainda de âmbito social, foi apresentada a proposta para celebração de protocolo com a CERCIFAF para o transporte de utentes com necessidades especiais, uma vez que não existe ou é desadequada, a oferta formativa existente no Concelho. Possuindo a CERCIFAF uma oferta adequada às necessidades dos oito munícipes referenciados, o executivo, sensível às suas necessidades, não descura a promoção da equidade nas medidas e apoios concedidos, aprovando esta proposta.

Foram apresentadas três propostas a solicitar a isenção ou redução do pagamento de taxas referentes a processos de licenciamento de obras de edificação, que foram aprovadas. Esta aprovação decorre do estipulado no Regulamento de Liquidação e Cobrança de Taxas Municipais, passando, assim, valor inicial das mesmas para metade. Com a prossecução desta e de outras medidas, o executivo pretende incentivar os jovens a fixar residência no concelho.

Aproximando-se a data da realização das Festas de S. José, e sabendo-se já que do programa faz parte um conjunto de eventos desportivos, culturais e recreativos, torna-se premente a atribuição de subsídios às associações e entidades responsáveis pela sua dinamização. Neste seguimento, foram atribuídos, para a realização do Concurso Pecuário, 7.500,00€; para a prova de Atletismo de S. José, 4.000,00€; para o XXXVI Concurso de Pesca de Desportiva de S. José, 1.800,00€ e, para os andores da procissão de S. José, 5.100,00€.

Foi também concedido o apoio no valor de 300,00€ à Fábrica da Igreja Paroquial de S. Pedro de Serzedelo, para a realização da festa em honra de S. Sebastião, pois o executivo, ciente da importância de que as festas religiosas se revestem para toda a população, quer contribuir para que se mantenham vivas as tradições.

CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE LANHOSO ASSUME-SE COMO PROMOTORA DE SAÚDE PARA A POPULAÇÃO

Com o propósito principal de incentivar e de sensibilizar para um envelhecimento saudável, ativo e com qualidade de vida e partilha, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso promoveu um conjunto de iniciativas para assinalar o “Mês do Idoso”.

CapturarRO (2).JPG

“Foi um mês dedicado aos idosos, a que também quisemos associar alguns dos objetivos do Município, enquanto pertencente à rede de Municípios Saudáveis”, explica a Vice-Presidente e Vereadora da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Fátima Moreira, assegurando que se pretende dar continuidade a esta iniciativa.

O programa englobou propostas ligadas à saúde e prevenção, ao desporto e à cidadania sénior. “Procurámos aliar as atividades intergeracionais às preocupações com o envelhecimento saudável, que são os objetivos de todos os territórios que querem assumir-se como promotores da saúde”, destaca ainda esta responsável autárquica.

Ações de Rastreio da Cavidade Oral, Saúde Oral e Aconselhamento Dermocosmético; de Prevenção de Quedas, no âmbito do “Projeto Para-Quedas”; e de sensibilização para “Os sinais que o corpo dá” foram as propostas, juntamente com a dinamização do I Campeonato de Boccia Intergeracional (com cerca de 250 atletas); e com a “Caminhada Rosa” (no âmbito do mês para a sensibilização do cancro da mama). No último dia de outubro, o programa englobou a cerimónia de hastear da bandeira comemorativa dos 25 anos da Rede Portuguesa dos Municípios Saudáveis, uma sessão de ginástica geriátrica; e a I Assembleia Sénior, dinamizada pelo Provedor do Idoso.

Atividades que só foi possível concretizar em colaboração com diferentes agentes. “Quero agradecer o envolvimento e participação dos diversos parceiros, como a Unidade de Cuidados à Comunidade e de entidades privadas, na área da saúde; como parceiros da Rede Social, Centros de Convívio, o Provedor do Idoso, as Escolas, a Liga Portuguesa contra o Cancro. Estiveram todos envolvidos, com a Autarquia, na dinamização de um programa muito preenchido, que foi um mês muito importante, ao qual queremos dar continuidade”, assegura Fátima Moreira.

EMPRESÁRIOS DE PÓVOA DE LANHOSO PROMOVEM TURISMO

Empresários Povoenses de Turismo e Restauração participaram em sessão de capacitação e partilha

Empresários e empresárias da Póvoa de Lanhoso com investimentos nas áreas do Turismo e da Restauração beneficiaram de uma sessão de capacitação e partilha, que decorreu no Centro Interpretativo Maria da Fonte, no âmbito do Projeto Amar o Minho.

O Futuro do Turismo (1) (5).jpeg

A abertura da sessão esteve a cargo do Vereador do Turismo e da Economia, Inovação e Internacionalização da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Ricardo Alves, que sublinhou a importância destes agentes para a vitalidade do tecido económico do concelho, para a necessidade de acompanharem a evolução do seu setor de atividade e até mesmo anteciparem tendências.

Foi objetivo deste momento capacitar empresários/as para a incorporação de inovação nas respostas existentes, o que aconteceu com o apoio da TecMinho, interface da Universidade do Minho, que é a entidade parceira responsável pela operacionalização desta resposta no território da Comunidade Intermunicipal do Ave, em que se inclui o concelho da Póvoa de Lanhoso.

A sessão decorreu a 10 de outubro. Durante todo o dia, foram debatidos temas atuais e pertinentes para estas organizações, como inovação e criatividade nas respostas, turismo sustentável e propostas de valor. Houve ainda lugar a momentos de mentoria e momentos de networking.

Na sequência desta sessão, serão efetuadas visitas aos espaços de turismo e estabelecimentos de restauração das pessoas presentes na formação e existe a possibilidade (mediante inscrição/aprovação) de estas e outras empresas beneficiarem de 20h00 de consultoria privada, proporcionada no âmbito do Projeto Amar o Minho.

Recorde-se que, no passado dia 26 de setembro, decorreu uma outra sessão, designada “Inova Turismo | Dinamizar o desenvolvimento de produtos e serviços turísticos inovadores”, direcionada para empreendedores da área do Turismo (alojamento, restauração e animação) que pretendam implementar os seus projetos no nosso Concelho.

O Futuro do Turismo (3) (6).jpeg

PÓVOA DE LANHOSO COM CANDIDATURAS A BOLSAS DE ESTUDO A DECORRER

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso informa que já se encontra a decorrer o período de candidaturas às Bolsas de Estudo para alunos/as Povoenses a frequentar o Ensino Secundário e o Ensino Superior no ano letivo 2022/2023.

Povoa de Lanhoso com candidaturas abertas para as Bolsas de Estudo.jpeg

As candidaturas para quem está no Ensino Secundário decorrem no período compreendido entre 1 e 30 de setembro. Já as candidaturas referentes ao Ensino Superior e Cursos Técnicos e Superiores Profissionais decorrem entre 1 de setembro e 31 de outubro.

As pessoas interessadas devem dirigir-se ao Balcão Único, no edifício dos Paços do Concelho, para apresentação da candidatura, em formulário próprio, juntamente com os documentos necessários à instrução do processo.

De entre outros casos, estudantes que integrem o corpo ativo dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso ou da Cruz Vermelha Portuguesa da Póvoa de Lanhoso beneficiam de um acréscimo de 25% das bolsas de estudo.

As Bolsas de Estudo são um apoio que integra o regulamento das medidas sociais do Município. Destinam-se a estudantes residentes no concelho da Póvoa de Lanhoso que ingressem ou frequentem estabelecimentos de Ensino Secundário ou Superior, público, particular ou cooperativo, desde que devidamente homologados. Visam criar condições para que as alunas e os alunos com baixos recursos económicos e com aproveitamento escolar continuem o seu percurso de aprendizagem. Garante-se, assim, a igualdade de oportunidades a todos os alunos e a todas as alunas do concelho.

Regulamento das medidas de apoio social – Póvoa Solidária – consultar aqui.

PÓVOA DE LANHOSO: TAÍDE APOSTA NA INCLUSÃO SOCIAL

Projeto Ser Cidadão apostou em capacitação para a inclusão  

O projeto Ser Cidadão foi promovido pelo Centro Social e Paroquial de Taíde, com o apoio do POISE (Programa Operacional Inclusão Social e Emprego), do Programa Portugal 2020, União Europeia e Fundo Social Europeu.

Trabalho Prático.JPG

A iniciativa visou promover a dimensão pessoal e social dos destinatários, criando condições para a sua inclusão social, sendo que as ações centraram-se sobre os temas: “Imagem, Autoestima e Autoconceito”, “Competências Socais Básicas” e “Ativar a Participação Social e Laboral”.

A diretora da entidade formadora Die Apfel, Benedita Aguiar, referiu que “no âmbito da formação foi incentivada a promoção das competências pessoais e sociais, não colocando o foco nos problemas, mas sim na sua solução; foi promovida uma postura proativa em cada formando; o comportamento social foi concetualizado de uma forma global, integrando aspetos socioeconómicos, culturais, cognitivos, motivacionais, comportamentais e emocionais”. As referidas ações tiveram como objetivo “estimular o processo de socialização e de integração laboral através da promoção de competências pessoais e interpessoais e fomentar uma cultura baseada na procura/construção de oportunidades, de modo a criar percursos de vida mais responsáveis e positivos”, referiu Isaque Dias, Diretor Técnico do Centro Social e Paroquial de Taíde.

AMARES PARTICIPA NO FÓRUM NACIONAL PARA A DIVERSIDADE

A Câmara Municipal de Amares, entidade pertencente à comissão executiva do Núcleo Norte da Carta Portuguesa para a Diversidade, integra, nos dias 21 e 22 de novembro, o II Fórum Nacional para a Diversidade. A iniciativa vai decorrer na Quinta Narcisus Eventos, na Póvoa do Lanhoso e as inscrições podem ser efetudas através do link: https://docs.google.com/…/1FAIpQLScZ_0_XER3w5Vhlf6…/viewform) , mediante pagamento.

Para participação no fórum sugere-se um contributo simbólico a partir de 10 euros por participante para organizações signatárias e 15 euros por participante para organizações não signatárias.

PROGRAMA (resumo):

21 de novembro

15h - Realização de visitas culturais gratuitas

18h - Receção dos participantes de Carta pelas novas entidades signatárias

19h00 – Jantar (mediante pagamento)

21h00 - Café Concerto Inclusivo

22 novembro

9h00 – Café de boas vindas: receção dos participantes

9h30 – Sessão de abertura

10h00 - Apresentação da Carta Portuguesa para a Diversidade e do Núcleo Norte

10h30: coffee break

Comunicando a Diversidade: O Papel das Cartas para a Diversidade

10h45 - Apresentação da Carta para a Diversidade da Estónia, Luxemburgo ePolónia

13h00: almoço (mediante pagamento)

14h00-16h30:

Painel 1 - Comunicando a Diversidade: o papel das empresas

Painel 2 - Comunicando a Diversidade: o papel do setor público

Painel 3 - Comunicando a Diversidade: o papel do 3º setor

17h30: Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade – Rosa Monteiro

MAIS INFORMAÇÕES:

Secretariado da Comissão Executiva da Carta Portuguesa para a Diversidade

Carla Calado - Fundação Aga Khan Portugal – 968630128 ou através do email secretariado@cartadiversidade.pt

cartaz II forum diversidade-1

DORB DO PCP EXIGE IGUALDADE PARA TRABALHADORES DA BRAVAL

unnamed

A DORB - Direcção da Organização Regional de Braga - do PCP, ao ter conhecimento do novo comunicado do STAL sobre as condições de trabalho na BRAVAL, vem por este meio solidarizar-se e associar-se às suas exigências.

De acordo com este sindicato, prevalecem desigualdades entre os trabalhadores da empresa BRAVAL e os trabalhadores municipais, nomeadamente no que ao tipo de contratação diz respeito e ao salário mensal.

Na BRAVAL, empresa cujos seis accionistas são os municípios de Braga, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Amares, Vila Verde e Terras de Bouro, os salários dos trabalhadores são consideravelmente abaixo do que os trabalhadores destas autarquias auferem pelo mesmo número de horas trabalhadas num mês.

A título de exemplo, refira-se que parte significativa dos trabalhadores da Braval está a receber um salário base de apenas 435 euros mensais (o que corresponde a 387 euros líquidos), enquanto qualquer trabalhador das Autarquias accionistas daquela empresa, estando com contrato de trabalho a tempo completo em regime de jornada contínua, aufere, no mínimo, um vencimento base mensal de 580 euros em troca de igual número de horas de trabalho (30 horas semanais).

Ao mesmo tempo - segundo o comunicado emitido pelo STAL -  nesta empresa de tratamento de resíduos existem 43 vínculos precários. O Sindicato dos Trabalhadores das Autarquias Locais salienta ainda o número elevado de contratos de trabalho a tempo parcial.

A DORB do PCP vem por este meio acompanhar o STAL no seu apelo às autarquias accionistas da BRAVAL que, em última instância, são a entidade empregadora destes trabalhadores, para que estabeleçam a igualdade de tratamento e de condições de trabalho em todo o universo dos serviços municipais, respeitando o princípio do tratamento mais favorável ao trabalhador.

Aliás, é já antiga esta exigência do PCP, de uniformizar os direitos laborais dos trabalhadores do universo autárquico, quer em matéria da aplicação das 35 horas semanais de trabalho, quer em matéria salarial, independentemente do tipo de vínculo (em funções públicas ou contrato individual de trabalho), garantindo assim condições de igualdade no exercício das mesmas funções.

A DORB do PCP considera que o recurso pela Braval a contratos de trabalho a tempo parcial é excessivo e injustificado, devendo esse contratos ser convertidos em contratos a tempo completo – salvaguardando os direitos dos trabalhadores e com o horário máximo de 35 horas.

A DORB do PCP acompanha a exigência expressa pelo STAL de se aplicar aos trabalhadores da BRAVAL que se encontram na situação descrita o Salário Mínimo Nacional, remuneração essa que é, de qualquer das formas, insuficiente.

O Gabinete de Imprensa da DORB do PCP

TEATRO INFANTIL SOBE AO PALCO EM PÓVOA DE LANHOSO

“Uma Criança: o Bem mais precioso de uma comunidade”

O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Avelino Silva, recebeu esta manhã, nos Paços do Concelho, um grupo de 11 crianças e jovens Povoenses, no âmbito da iniciativa “Uma Criança: o Bem mais precioso de uma comunidade”, promovida pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Póvoa de Lanhoso e pelo Projeto Geração Lanhoso – CLDS 3G.

Mes da Prevenção Contra os Maus Tratos Infantis

Estas crianças e jovens, com idades compreendidas entre os sete e os 13 anos, partiram dos Paços do Concelho e, durante esta manhã de terça-feira, 3 de abril, percorreram diferentes artérias da vila, sensibilizando a população para  a problemática dos maus tratos na infância e para a importância da sinalização. 

Esta ação de sensibilização integra o Mês de Abril – Mês da Prevenção Contra os Maus Tratos Infantis e resultou da colaboração entre a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Póvoa de Lanhoso e o Projeto Geração Lanhoso – CLDS 3G, integrando o seu Eixo II – Intervenção Familiar e Parental Preventiva da Pobreza Infantil bem como a sua Ação 11 – Estratégias direcionadas para crianças e jovens, promovendo estilos de vida saudáveis e de integração social numa perspetiva holística e de desenvolvimento comunitário.

De destacar o envolvimento ativo que estas crianças demonstraram na transmissão desta importante mensagem de sensibilização e o bom acolhimento que a iniciativa recebeu na comunidade.

A atividade realizada compreendeu, para além da sensibilização oral, a distribuição de desdobráveis informativos e autocolantes alusivos à prevenção dos maus tratos na infância pelas crianças.