Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

RANCHO FOLCLÓRICO “OS MINHOTOS” DA RIBEIRA DA LAGE: ONDE HÁ MINHOTOS EXISTE ALEGRIA, AMIZADE E FOLCLORE!

O Rancho Folclórico "Os Minhotos” da Ribeira da Lage, sediado na Freguesia de Porto Salvo, no concelho de Oeiras levou hoje a efeito com grande êxito mais uma edição do Encontro de Tradições que teve lugar no Centro Cultural da Ribeira da Lage. Uma iniciativa que, com sempre, contou com a presença simpática do Presidente da Junta de Freguesia de Porto Salvo, Dr Dinis Antunes, o qual já é pelos nossos conterrâneos que ali vivem considerado um minhoto de mérito.

DSCF4104.JPG

A festa contou também com a participação do Rancho Folclórico Infantil e Juvenil Santa Clara-Nova e Gomes Aires – Almodôvar (Baixo Alentejo) e do Rancho Folclórico de Nossa Senhora das Neves – Manique de Baixo (Região Saloia) em substituição do Rancho Folclórico As Lavadeiras da Ribeira da Lage que não pode estar presente devido ao estado de luto do seu presidente.

DSCF4032.JPG

O espectáculo recriou o ambiente doméstico em casa do lavrador, em véspera de domingo com missa dominical seguida de festa na aldeia, uma representação que animou e divertiu o público. E, para leiloar, mantendo a tradição de anos anteriores, calhou este ano a sorte a dois preciosos láparos.

DSCF4067.JPG

A Ribeira da Lage é uma localidade da freguesia de Porto Salvo, no concelho de Oeiras, a escassa distância de Lisboa, devendo o seu nome a um dos afluentes do rio Tejo que nasce na serra de Sintra.

Corria ano de 1978 quando um grupo de minhotos que aí residiam e trabalhavam decidiu juntar-se para confraternizar, preservar as suas raízes culturais e dar a conhecer o folclore da nossa região. Assim nasceu o Rancho Folclórico “Os Minhotos” da Ribeira da Lage.

A partir de então, não mais pararam de dançar os viras e as chulas, as rosinhas e as cana-verdes. Exibem trajes domingueiros e de trabalho, de mordoma e de dó, traje da Areosa e à vianesa. São perto de meia centena de componentes que se repartem ainda pela tocata onde não falta o bombo e a concertina, os ferrinhos e o reco-reco, a viola e o cavaquinho. E, como não podia deixar de ser, muita alegria que é apanágio das gentes do Minho!

O Rancho Folclórico "Os Minhotos” da Ribeira da Lage foi fundado no dia 8 de Março do ano de 1978 na localidade da Ribeira da Lage, por um grupo de pessoas oriundas do Minho e que nessa altura residiam e trabalhavam no Concelho de Oeiras.

O objetivo deste, é divulgar o tradicional folclore e as tradições minhotas pelo país. Ao longo do ano são vários os Eventos promovidos pelo grupo entre os quais o Encontro de Tradições, o Festival de Inverno, o Aniversário do Rancho e um Encontro de Consertinas.

Entre o repositório que apresentam destacamos as Chulas, as Cana Verdes, os Viras e outras músicas que fazem parte da tradição do Alto Minho e que este grupo divulga de norte a sul de Portugal.

Este grupo é formado por cerca de 45 elementos entre dançarinos e tocata. A tocata é composta por diversos instrumentos musicais oriundos do Minho, tais como a concertina, as castanholas, o bombo, os ferrinhos, o cavaquinho, a viola, o reco-reco e a pandeireta.

Os trajes representados são oriundos do Alto Minho e representam os mais variados concelhos e freguesias da região.

Quem são actualmente os seus dirigentes?

Assembleia Geral: Presidente: Carmindo Manuel Carvalho Sousa

Vice-presidente: Rui Manuel Carvalho Palhais

Secretário: Maria Isabel Lopes de Oliveira

Direção: Presidente: Susana Cristina de Jesus Teixeira

Secretário: Carlos Nobre Justo

Tesoureiro: Rosa Maria Miranda de Oliveira

1º Vogal: Teresa Guerra Cardoso Pintado

2º Vogal: Agostinho Miguel Pintado

Conselho Fiscal: Presidente: Maria Ernestina de Jesus Gonçalves

Secretária: Maria do Ceu da Silva Covas Justo

Relator: Isabel Maria Oliveira dos Santos

DSCF4013.JPG

DSCF4016.JPG

DSCF4017.JPG

DSCF4018.JPG

DSCF4019.JPG

DSCF4020.JPG

DSCF4021.JPG

DSCF4024.JPG

DSCF4027.JPG

DSCF4028.JPG

DSCF4034.JPG

DSCF4035.JPG

DSCF4043.JPG

DSCF4044.JPG

DSCF4049.JPG

DSCF4059.JPG

DSCF4075.JPG

DSCF4079.JPG

DSCF4094.JPG

DSCF4099.JPG

DSCF4108.JPG

DSCF4119.JPG

DSCF4124.JPG

DSCF4133.JPG

DSCF4139.JPG

DSCF4140 (2).JPG

DSCF4145 (2).JPG

DSCF4155.JPG

MINHOTOS DA RIBEIRA DA LAGE REPRESENTAM O MINHO NO CONCELHO DE OEIRAS

No próximo domingo, os minhotos rumam à Ribeira da Lage ao Encontro de Tradições

O Rancho Folclórico "Os Minhotos” da Ribeira da Lage vai no próximo domingo levar o folclore da nossa região àquela localidade da freguesia de Porto Salvo, no concelho de Oeiras. Trata-se do Encontro de Tradições que vai ter lugar no Centro Cultural da Ribeira da Lage e vai contar com a participação do Rancho Folclórico Infantil e Juvenil da Freguesia de Santa Clara-a-Nova e Gomes Aires – Almodôvar e ainda do Rancho Folclórico As Lavadeiras da Ribeira da Lage, sediado na mesma localidade.

45364261_1945317308882106_6018191570535186432_n.jpg

A Ribeira da Lage é uma localidade da freguesia de Porto Salvo, no concelho de Oeiras, a escassa distância de Lisboa, devendo o seu nome a um dos afluentes do rio Tejo que nasce na serra de Sintra.

Corria ano de 1978 quando um grupo de minhotos que aí residiam e trabalhavam decidiu juntar-se para confraternizar, preservar as suas raízes culturais e dar a conhecer o folclore da nossa região. Assim nasceu o Rancho Folclórico “Os Minhotos” da Ribeira da Lage.

DSCF2809 (2)

A partir de então, não mais pararam de dançar os viras e as chulas, as rosinhas e as cana-verdes. Exibem trajes domingueiros e de trabalho, de mordoma e de dó, traje da Areosa e à vianesa. São perto de meia centena de componentes que se repartem ainda pela tocata onde não falta o bombo e a concertina, os ferrinhos e o reco-reco, a viola e o cavaquinho. E, como não podia deixar de ser, muita alegria que é apanágio das gentes do Minho!

O Rancho Folclórico "Os Minhotos” da Ribeira da Lage foi fundado no dia 8 de Março do ano de 1978 na localidade da Ribeira da Lage, por um grupo de pessoas oriundas do Minho e que nessa altura residiam e trabalhavam no Concelho de Oeiras.

DSCF2774 (2)

O objetivo deste, é divulgar o tradicional folclore e as tradições minhotas pelo país. Ao longo do ano são vários os Eventos promovidos pelo grupo entre os quais o Encontro de Tradições, o Festival de Inverno, o Aniversário do Rancho e um Encontro de Consertinas.

Entre o repositório que apresentam destacamos as Chulas, as Cana Verdes, os Viras e outras músicas que fazem parte da tradição do Alto Minho e que este grupo divulga de norte a sul de Portugal.

DSCF2768 (2)

Este grupo é formado por cerca de 45 elementos entre dançarinos e tocata. A tocata é composta por diversos instrumentos musicais oriundos do Minho, tais como a concertina, as castanholas, o bombo, os ferrinhos, o cavaquinho, a viola, o reco-reco e a pandeireta.

Os trajes representados são oriundos do Alto Minho e representam os mais variados concelhos e freguesias da região.

Quem são actualmente os seus dirigentes?

Assembleia Geral: Presidente: Carmindo Manuel Carvalho Sousa

Vice-presidente: Rui Manuel Carvalho Palhais

Secretário: Maria Isabel Lopes de Oliveira

Direção: Presidente: Susana Cristina de Jesus Teixeira

Secretário: Carlos Nobre Justo

Tesoureiro: Rosa Maria Miranda de Oliveira

1º Vogal: Teresa Guerra Cardoso Pintado

2º Vogal: Agostinho Miguel Pintado

Conselho Fiscal: Presidente: Maria Ernestina de Jesus Gonçalves

Secretária: Maria do Ceu da Silva Covas Justo

Relator: Isabel Maria Oliveira dos Santos

54358743_1907434106051713_8269562845268541440_n.jpg

MINHOTOS DA RIBEIRA DA LAGE REPRESENTAM O MINHO NO CONCELHO DE OEIRAS

No próximo domingo, os minhotos rumam à Ribeira da Lage ao Encontro de Tradições

O Rancho Folclórico "Os Minhotos” da Ribeira da Lage vai no próximo domingo levar o folclore da nossa região àquela localidade da freguesia de Porto Salvo, no concelho de Oeiras. Trata-se do Encontro de Tradições que vai ter lugar no Centro Cultural da Ribeira da Lage e vai contar com a participação do Rancho Folclórico Infantil e Juvenil da Freguesia de Santa Clara-a-Nova e Gomes Aires – Almodôvar e ainda do Rancho Folclórico As Lavadeiras da Ribeira da Lage, sediado na mesma localidade.

54358743_1907434106051713_8269562845268541440_n.jpg

A Ribeira da Lage é uma localidade da freguesia de Porto Salvo, no concelho de Oeiras, a escassa distância de Lisboa, devendo o seu nome a um dos afluentes do rio Tejo que nasce na serra de Sintra.

Corria o ano de 1978 quando um grupo de minhotos que aí residiam e trabalhavam decidiu juntar-se para confraternizar, preservar as suas raízes culturais e dar a conhecer o folclore da nossa região. Assim nasceu o Rancho Folclórico “Os Minhotos” da Ribeira da Lage.

DSCF2809 (2)

A partir de então, não mais pararam de dançar os viras e as chulas, as rosinhas e as cana-verdes. Exibem trajes domingueiros e de trabalho, de mordoma e de dó, traje da Areosa e à vianesa. São perto de meia centena de componentes que se repartem ainda pela tocata onde não falta o bombo e a concertina, os ferrinhos e o reco-reco, a viola e o cavaquinho. E, como não podia deixar de ser, muita alegria que é apanágio das gentes do Minho!

O Rancho Folclórico "Os Minhotos” da Ribeira da Lage foi fundado no dia 8 de Março do ano de 1978 na localidade da Ribeira da Lage, por um grupo de pessoas oriundas do Minho e que nessa altura residiam e trabalhavam no Concelho de Oeiras.

DSCF2774 (2)

O objetivo deste, é divulgar o tradicional folclore e as tradições minhotas pelo país. Ao longo do ano são vários os Eventos promovidos pelo grupo entre os quais o Encontro de Tradições, o Festival de Inverno, o Aniversário do Rancho e um Encontro de Consertinas.

Entre o repositório que apresentam destacamos as Chulas, as Cana Verdes, os Viras e outras músicas que fazem parte da tradição do Alto Minho e que este grupo divulga de norte a sul de Portugal.

DSCF2768 (2)

Este grupo é formado por cerca de 45 elementos entre dançarinos e tocata. A tocata é composta por diversos instrumentos musicais oriundos do Minho, tais como a concertina, as castanholas, o bombo, os ferrinhos, o cavaquinho, a viola, o reco-reco e a pandeireta.

Os trajes representados são oriundos do Alto Minho e representam os mais variados concelhos e freguesias da região.

Quem são actualmente os seus dirigentes?

Assembleia Geral: Presidente: Carmindo Manuel Carvalho Sousa

Vice-presidente: Rui Manuel Carvalho Palhais

Secretário: Maria Isabel Lopes de Oliveira

Direção: Presidente: Susana Cristina de Jesus Teixeira

Secretário: Carlos Nobre Justo

Tesoureiro: Rosa Maria Miranda de Oliveira

1º Vogal: Teresa Guerra Cardoso Pintado

2º Vogal: Agostinho Miguel Pintado

Conselho Fiscal: Presidente: Maria Ernestina de Jesus Gonçalves

Secretária: Maria do Ceu da Silva Covas Justo

Relator: Isabel Maria Oliveira dos Santos

Lage (11)

Capturar13

Capturar17