Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FAMALICENSES OFERECEM SOLIDARIEDADE PARA QUE "SEJA NATAL TODOS OS DIAS"

Várias centenas de bens alimentares, produtos de higiéne, brinquedos e roupas vão ser distribuídos pelas famílias carenciadas

Cerca de um milhar de bens alimentares e produtos de higiene, meio milhar de brinquedos e livros e uma centena de peças de roupa e calçado. É este o resultado da campanha solidária da Cabana do Pai Natal, que esteve instalada na Praça 9 de Abril, entre 12 e 24 de dezembro.

Mário Passos foi o primeiro a oferecer solidaried

Acompanhado dos seus duendes e outras personagens natalícias o Pai Natal de Famalicão tem o costume de receber os contributos solidários dos famalicenses que depois são distribuidos pelas famílias mais necessitadas do concelho, através da Loja Social de Famalicão.

“Os famalicenses destacam-se pela sua solidariedade e generosidade” afirma a propósito o presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, acrescentando que “mais uma vez voltaram a mostrar a sua veia solidária”. “Agora os produtos e bens entregues irão chegar às famílias mais necessitadas do concelho, porque o Natal faz-se todos os dias”.

O costume do Pai Natal receber prendas solidárias já é uma tradição em Famalicão e a comunidade, as escolas e as instituições têm um papel fundamental nesta iniciativa.

ARCOS DE VALDEVEZ: ESTRELA GIGANTE DA “MISSÃO CONTINENTE” CONTINUA A ILUMINAR SENHAREI

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez e a Junta de Freguesia de Senharei associaram-se à campanha “Luzes com Presença”, levada a cabo pela Missão Continente até ao dia 6 de janeiro de 2022.

IMG-20211229-WA0000.jpg

Uma estrela, de 8 metros, irradia luz, num dos pontos mais altos do concelho, em S. Mamede na Freguesia de Senharei, em representação de um sinal de esperança.

Esta campanha “Luzes com Presença” da Missão Continente, marcou presença em 18 localidades, de cada um dos distritos do continente.

O objetivo desta campanha é alertar para os temas da solidão e isolamento social e criar um impacto positivo junto das populações, principalmente numa época cujo espírito é de solidariedade, de união, de família e de comunhão.

A campanha “Luzes com Presença” chegou a todas as lojas Continente, Continente Modelo, Continente Bom Dia, Continente Online e Meu Super, de norte a sul do país e ilhas, através da venda de vales de 1€. O valor angariado reverte integralmente para financiar projetos de instituições com atuação nacional - SOS Voz Amiga e Cruz Vermelha Portuguesa e mais 9 instituições de atuação local na área do combate e prevenção da Solidão e Isolamento Social.

Todas as informações sobre a angariação de fundos e as entidades apoiadas estão disponíveis em: http://luzescompresenca.continente.pt/.

IMG-20211229-WA0001.jpg

IMG-20211229-WA0002.jpg

ARGANIL: RANCHO FOLCLÓRICO DA RIBEIRA DE CELVISA DESEJA BOAS FESTAS AOS LEITORES DO BLOGUE DO MINHO

Nasceu O Menino Jesus!!!! Aleluia!

O Natal é época de renascimento, de reacender o fogo da vida e de renovar os sonhos e metas para o ano novo que já se anuncia.

É época também de celebrar todas as conquistas vividas e os objectivos alcançados.

Época de viragem e de planear um ano melhor que 2021, do qual nos estamos a despedir.

É tempo de olhar em frente com determinação e otimismo, levando o espirito Natalício para todos os dias do ano.

Não se esqueçam de presentear, todos os dias, aqueles que amam.

Feliz Ano Novo! Que o amor, a paz e a sabedoria, estejam em nossas vidas durante o próximo ano e que o folclore volte a fazer parte de nós e que o possamos viver com toda a paixão e regionalismo.

Feliz Natal e um Próspero Ano 2022.

Sem outro assunto de momento e com os mais respeitosos cumprimentos,

Fernanda Neves

Secretária

Presepioarcagilcc.jpg

BARCELOS: TEATRO BALUGAS DESEJA BOAS FESTAS AOS LEITORES DO BLOGUE DO MINHO

A equipa do Teatro de Balugas deseja a todos umas Boas Festas!

[…] Vivo a natureza integrado nela. De tal modo, que chego a sentir-me, em certas ocasiões, pedra, orvalho, flor ou nevoeiro.

Nenhum outro espectáculo me dá semelhante plenitude e cria no meu espírito um sentido tão acabado do perfeito e do eterno.

Miguel Torga

Bom Natal e Feliz Ano Novo!

Cândido Sobreiro

Boas Festas_Teatro de Balugas.jpg

COLABORADORES DA ESPOSENDE AMBIENTE MIMAM IDOSOS DO CONCELHO COM POSTAIS DE BOAS FESTAS

Dando continuidade a uma iniciativa iniciada em 2014, a Esposende Ambiente volta a presentear os idosos do concelho com postais de Boas Festas, elaborados pelos colaboradores da empresa municipal.

EAmbesp.jpg

A iniciativa “Um postal, Um sorriso” insere-se num conjunto de ações que a empresa municipal desenvolve no âmbito do seu Sistema de Gestão Empresarial, certificado nas vertentes Qualidade, Ambiente, Saúde e Segurança no Trabalho, e Responsabilidade Social. É precisamente através do seu comprometimento com a responsabilidade social que a Esposende Ambiente extrapola a sua intervenção positiva para a comunidade em que se insere.

Todos os anos, nesta quadra festiva, os colaboradores são desafiados a estreitar laços com idosos institucionalizados do concelho, dirigindo-lhes algumas palavras de conforto e afeto, através do envio de um postal. Sobretudo numa época em que muitos destes idosos se sentem mais sozinhos, fruto das contingências da vida ou por força da atual pandemia que tem restringido contactos com familiares e amigos, este gesto, apesar de simbólico, acaba por ter um grande significado nas suas vidas.

Esta correspondência revela-se, muitas vezes, o mote para relações afetivas que se constroem e que perduram no tempo, confortando de um lado os idosos e de outro os colaboradores da Esposende Ambiente, que aderem cada vez em maior número, num esforço de combate ao isolamento social.

Esta iniciativa enquadra-se nas metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, particularmente no que se refere ao ODS 11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis, a que se associa o ODS 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.

CAMINHA CANCELA EVENTOS DE NATAL E ANO NOVO

Caminha cancela todos os eventos de Natal e Ano Novo programados para depois de 25 de dezembro

Na sequência da decisão do Conselho de Ministros que reforçou as medidas de combate à pandemia, nomeadamente, exigindo teste negativo para entrada em espetáculos culturais, determinando o encerramento de bares e discotecas e proibindo ajuntamentos de mais de 10 pessoas na noite de passagem-de-ano, o Município de Caminha decidiu cancelar todos os eventos de Natal e Ano Novo programados para depois de 25 de Dezembro.

Assim, mantém-se o Christmas Jazz Concert e a exibição do filme Casa Guggi agendados para a noite de 22 e 23 de Dezembro no Cineteatro dos Bombeiros de Vila Praia de Âncora.

O Município de Caminha pede o máximo de adesão às medidas decretadas, na expetativa de que a pandemia tenha o menor impacto possível nas famílias, instituições e empresas da nossa comunidade.

SOLIDARIEDADE: A ESTRELA DE NATAL DAS COMUNIDADES PORTUGUESAS

Daniel Bastos

  • Crónica de Daniel Bastos

Natal é a festa por excelência da família, da paz, do amor, da alegria, da solidariedade e da esperança num futuro melhor, que este ano a humanidade aguarda com redobrada expectativa que marque o fim da malfadada pandemia de coronavírus.

Uma pandemia que tem acarretado nas sociedades efeitos assoladores no campo socioeconómico, espelhados em inúmeras vítimas e casos de infeção, assim como persistentes medidas de confinamento que entrevam a economia e o retomar da normalidade.

Disseminadas pelos quatro cantos do mundo, as comunidades portuguesas, a mais autêntica e consistente manifestação lusa além-fonteiras, não estão imunes a estes efeitos que alteram transversalmente o nosso quotidiano e rotinas.

Efeitos que ao longo dos últimos dois anos foram responsáveis pelo cancelamento ou adiamento de vários eventos e iniciativas que integram os planos anuais de atividades do movimento associativo das comunidades portuguesas, e que são em muitos casos essenciais para obter receitas que permitam financiarem o seu normal funcionamento. Assim como, pelo assomar de situações de precariedade, perda de rendimentos, desemprego e ameaça de insegurança económica no seio de diversos agregados de emigrantes portugueses.

Mas nestes tempos difíceis, as comunidades portuguesas têm demonstrado um enorme espírito de solidariedade (um dos, senão mesmo, o mais importante valor que nos humanizam e dão sentido ao Natal), apoiando quer os nossos concidadãos no estrangeiro, assim como os portugueses residentes no território nacional.

Um desses exemplos de solidariedade foi dinamizado no decurso desta quadra natalícia pela Fundação Nova Era Jean Pina, uma instituição presidida pelo empresário benemérito luso-francês, João Pina, administrador do Grupo Pina Jean, sediado nos arredores de Paris, que além de distribuir inúmeros produtos junto de instituições e agregados desfavorecidos em Portugal e França. Ofereceu, através da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, e da Federação Iberoamericana de Luso Descendentes, duas centenas de cabazes de Natal a famílias portuguesas e lusodescendentes residentes na Venezuela, segunda maior comunidade lusa na América Latina, a seguir ao Brasil, que nestes tempos desafiantes vive com graves dificuldades.

Na mesma esteira, no alvorecer deste mês a Academia do Bacalhau de Paris dinamizou a campanha “Roupa sem Fronteiras, recolhendo no seio da comunidade portuguesa da região parisiense, grandes quantidades de roupas, calçado e brinquedos que foram encaminhados para o Gabinete da Ação Social da Câmara Municipal de Viana do Castelo, para a Associação CPCJ de Cabeceiras de Basto, e para a Emmaüs, em França.

Na América do Norte, mais concretamente em Toronto, onde vive a maioria dos mais de meio milhão de compatriotas e lusodescendentes presentes no Canadá, tem vindo a ser dinamizado neste período marcado pela pandemia um dos mais salientes projetos de cariz solidário no seio diáspora. Designadamente, a construção a breve prazo de um centro, orçado em vários milhões de dólares, capaz de acolher mais de duas centenas de idosos, especialmente direcionado para a comunidade portuguesa.

Este projeto, há muito ambicionado pelos emigrantes lusos na maior cidade canadiana, está a ser dinamizado pela Magellen Community Charities (Instituição de Caridade Comunitária Magalhães). Uma organização sem fins lucrativos, em homenagem ao navegador português, que através da colaboração do poder politico e da solidariedade da comunidade luso-canadiana, pretende construir um lar culturalmente específico que terá que cumprir as seguintes condições: profissionais de saúde que falem português; atividades cultural e espiritualmente desenvolvidas em ambiente cultural sensível; promoção de programas sociais e recreativos em português e alimentação que deve incluir pratos tradicionais.

Como assinalou no início da apresentação pública do projeto, o comendador Manuel DaCosta, um dos mais ativos e beneméritos empresários portugueses em Toronto, e um dos diretores da Magellen Community Charities, é importante que a comunidade portuguesa esteja envolvida no projeto pela “oportunidade única, estamos empenhados para que tenha sucesso e para que toda a comunidade se envolva”.

Estes exemplos inspiradores de solidariedade, e muitos outros que estão atualmente a serem dinamizados no seio das comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo, reforçam que mesmo em tempos de pandemia, a solidariedade é a estrela de Natal das comunidades portuguesas.

Que a solidariedade que emana das comunidades portugueses nos irmane a todos a tornar o mundo um lugar melhor, e nos inspire uma Feliz Quadra Natalícia e um Próspero Ano Novo.