Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA VERDE DERRETE CORAÇÕES EM FRANÇA

Produtos Namorar Portugal derreteram corações em Nanterre (França)!

A marca territorial do Município de Vila Verde continua a namorar o país e o mundo, levando consigo a mensagem de amor, paz e afeto.

29511140_979525172203901_6682976140443954045_n

No passado fim de semana, 23 a 25 de março, os produtos inspirados nas escritas de amor dos Lenços Namorar Portugal voaram para França, com o objetivo de derreter corações na Feira de Nanterre, um certame que se destina a promover produtos regionais portugueses.

O certame, organizado pela ARCOP com o apoio do Município de Nanterre, é uma iniciativa amplamente apreciada pela forte comunidade portuguesa naquela região, além de atrair visitantes de diversas nacionalidades.

Um palco privilegiado de divulgação, promoção e comercialização de produtos fabricados em Portugal, bem como de divulgação turística dos diversos concelhos e regiões com presença na feira. Mais um passo no caminho de consolidação internacional da marca Namorar Portugal, que continua a espalhar pelo país e pelo mundo mensagens de paz, amor e afeto, contribuindo, em simultâneo, para preservação da tradição, a valorização da cultura e a dinamização da economia.

NAMORAR PORTUGAL CHEGA AOS CINCO CONTINENTES

SIC Internacional levou aos cinco continentes as mensagens de afeto e amor dos produtos Namorar Portugal!

A marca Namorar Portugal esteve, recentemente, no programa da SIC Internacional Alô Portugal, apresentado pelo carismático e inconfundível José Figueiras, para continuar espalhar pelo mundo as mensagens de amor da genuína tradição do Minho. O programa contou com a presença da vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, e de duas bordadeiras da Cooperativa Aliança Artesanal, que estiveram a bordar os Lenços Namorar Portugal ao vivo e em direto para todo o planeta.

NP-SIC

Durante uma hora, entre as 19h00 e as 20h00, Júlia Fernandes contou ao mundo a história de amor e carinho por trás de uma das mais conhecidas e acarinhadas tradições lusitanas. Os Lenços do Amor inspiram hoje dezenas de marcas, empresas, artistas… que criam os mais diversos produtos inspirados dos desenhos e escritas de amor dos Lenços Namorar Portugal.

A marca territorial do Município de Vila Verde engloba atualmente mais de sessenta produtores, espalhados por todo o país, e conta com milhares de produtos no mercado. Do calçado ao vestuário, passando pela arte, tecnologia, agroalimentares, acessórios de moda, artesanato e mobiliário são apenas alguns dos setores de atividade abrangidos pela grande família Namorar Portugal.

O Alô Portugal é um programa de conversa descontraída, dirigido às comunidades portuguesas espalhadas pelos cinco continentes. A SIC Internacional é o canal do Grupo Impresa dedicado aos portugueses e lusófonos além-fronteiras. Disponível em 13 países com densas comunidades portuguesas, o canal chega hoje a 10 milhões de telespetadores em todo o mundo.

FRANCESES NAMORAM PORTUGAL, À GRANDE E... À PORTUGUESA!

Marca Namorar Portugal em França para conquistar corações à grande e à portuguesa!

A França também está, cada vez mais, a Namorar Portugal. A marca territorial do Município de Vila Verde volta a participar na Feira de Nanterre, 23 a 25 de março, um certame organizado pela ARCOP com o apoio do Município de Nanterre. Uma iniciativa amplamente apreciada pela forte comunidade portuguesa naquela região de França, que atrai também muitos visitantes de diversas nacionalidades e se destina a promover produtos regionais portugueses.

Capturarfr

Um palco privilegiado de divulgação, promoção e comercialização de produtos fabricados em Portugal, bem como de divulgação turística dos diversos concelhos e regiões com presença na feira. Mais um passo sólido na consolidação internacional da marca Namorar Portugal, que continua a espalhar pelo país e pelo mundo as mensagens de amor dos Lenços da tradição minhota, contribuindo, em simultâneo, para preservação da tradição, a valorização da cultura e a dinamização da economia.

28070920_1726057694083424_7767582403511834561_o

NUNO GAMA ASSINA COLECÇÃO DA MARCA FAMALICENSE WESTMISTER

WestMister vai ter coleção assinada por Nuno Gama

A WestMister e o estilista Nuno Gama firmaram uma parceria de negócio, apresentada no passado sábado, 10 de março, na 50ª edição da ModaLisboa.

WestMister

O desafio lançado pela marca famalicense a uma das principais referências nacionais da moda masculina resultou numa coleção que será comercializada na estação outono-inverno 2018. Foram desenvolvidos seis modelos de meias, com variantes de cores, pensados ao detalhe de modo a completarem os coordenados apresentados por Nuno Gama na ModaLisboa.

Desfile Moda Lisboa

Com esta parceria, a WestMister quer reforçar o seu posicionamento no mercado nacional e internacional como uma das mais arrojadas marcas de meias masculinas para um segmento alto.

De fabrico 100% português, as meias WestMister são produzidas a partir das melhores matérias-primas (mercerised cotton lisle) e com recurso a máquinas de 200 agulhas e biqueira sem costura. A marca está presente em vários pontos de venda: 60 lojas de norte a sul do país (El Corte Inglês Porto e Lisboa, Paulo Battista Alfaiate, Loja das Meias, Sapataria do Carmo, The Feeting Room, Beirut, Prassa, Me Allegro, entre outras); 15 lojas espalhadas pela Europa e América do Norte.

A WestMister foi criada em 2016 pelos jovens Luís Campos e Vanessa Marques. Está instalada num dos dois polos da incubadora Famalicão Made IN, em Vilarinho das Cambas.

Luis Campos & Nuno Gama

VILA VERDE ENCERRA MÊS DO ROMANCE

Arte floral, sabonetes artesanais e música ao vivo a encerrar a apaixonante programação ‘Fevereiro – Mês do Romance’!

O Mês do Romance encerrou tal como tinha começado. Um fim de semana recheado de atividades de celebração do amor, promoção da cultura, divulgação do território e dinamização da economia. Ao longo de 38 dias consecutivos (26 de janeiro a 04 de março), uma densa atmosfera de amor e romance alastrou de Vila Verde para o país e o mundo, transportando consigo os sentimentos e afetos da genuína tradição do Minho.

1

As escritas de amor dos Lenços Namorar Portugal. Ontem, 04 de março, o dia começou com o Workshop Arte Floral, da Vila Verde em Flor, e prosseguiu com a estreia de dois novos parceiros na marca Namorar Portugal. A linha ‘Vila Verde em Flor a Namorar Portugal’, com bouquets, lapelas e tiaras de flores naturais, e a ‘Anayeau- Sabonetes Artesanais Namorar Portugal’, criada por Ana Sampaio. No final, tempo para mais um espetáculo de música ao vivo com a chancela de qualidade dos talentosos artistas do grupo Sérgio Mirra.

 A apresentação da sessão ficou a cargo da vereadora da Cultura do Município de Vila Verde. Júlia Fernandes não escondeu a satisfação pelo sucesso de uma programação densa e emotiva, que conquistou corações pelo país e pelo mundo, deixando um sentido reconhecimento a todos os parceiros, mais de uma centena, que se juntaram ao Município de Vila Verde para dar corpo a um programa diversificado e atrativo que colocou Vila Verde em alta numa época habitualmente baixa para o turismo nacional. A vereadora da Cultura congratulou os novos parceiros pela qualidade dos produtos e deixou também uma palavra de reconhecimento para o grupo Sérgio Mirra, embaixador da cultura portuguesa, tanto pelo repertório musical, como pela indumentária, que incorpora os motivos dos Lenços Namorar Portugal bordados pelas mãos experientes das bordadeiras da Cooperativa Aliança Artesanal. Para concluir, Júlia Fernandes frisou que se vai continuar a Namorar Portugal para lá do Mês do Romance e estão já agendadas várias ações promocionais para breve, como a participação numa feira internacional (Nanterre – França) e na FIA, a maior feira de artesanato da Península Ibérica.

2 (1)

Vila Verde em Flor propõe uma ‘Paixão Ardente’ e um ‘Amor Para Sempre’

Teresa Cunha e Inês Coturela, mãe e filha, não disfarçavam a cumplicidade de uma sociedade que começou no berço e, hoje, se estende também ao foro profissional. As responsáveis pela empresa ‘Vila Verde em Flor’ brindaram público com uma deslumbrante linha de artigos para o casamento, com bouquets, lapelas e tiaras de flores naturais. Mas a beleza dos produtos não termina no que a vista alcança e cresce com a simbologia de cada detalhe. A silva representa o amor pujante, o ponto em cadeia remete para o amor eterno… Estes e muitos outros pormenores dão ainda mais encanto ao ramo ‘Amor Para Sempre’, em que predominam tons de branco e rosa claro.

Por sua vez, o ramo ‘Paixão Ardente’ engloba cores mais quentes, com destaque para o vermelho, e é uma proposta “mais selvagem e campestre, que incluiu eucalipto e alecrim para lhe conferir um aroma mais natural”. Além de alguns pendentes, que funcionam como adorno, o bouquet é unido por um laço que pode ser personalizado à medida, com a data e os nomes dos noivos, por exemplo. Novamente, uma simbologia imensa que, desta feita, é complementada com uma chave de lapela, a chave metafórica do coração que a rapariga minhota entregava ao seu amado sob a forma de um Lenço bordado à mão.

2 (2)

Sabonetes artesanais com os motivos dos Lenços Namorar Portugal

De seguida, ficámos a conhecer a colorida e ternurenta linha ‘Anayeau- Sabonetes Artesanais Namorar Portugal’. Um trabalho de criatividade e minúcia, dedicação e talento, desenvolvido por Ana Sampaio, que apresentou ao pormenor os artigos com que se estreou nas andanças do Mês do Romance e na marca territorial do Município de Vila Verde. Os sabonetes são fabricados de forma totalmente artesanal, com glicerina e corantes apropriados para utilizar na pele, que lhes conferem tonalidades vivas e atrativas. Os sabonetes exalam um aroma a flor de laranjeira, muito suave, com o intuito de agradar à maioria das pessoas. Mais uma prova contundente que a tradição continua viva e os motivos dos Lenços Namorar Portugal inspiram um número cada vez maior de criadores, artistas, associações, marcas, empresas e instituições diversas.

Marca Namorar Portugal prepara-se para solidificar presença nos mercados internacionais

Presente na sessão, o presidente do Município de Vila Verde deu as boas-vindas aos novos elementos da “grande família Namorar Portugal”, que conta já com 67 produtores. António Vilela sublinhou também o engenho e a enorme capacidade criativa dos parceiros, que tem valido à marca territorial do Município de Vila Verde uma forte taxa de penetração nos mais diversos mercados (calçado, vestuário, decoração, agroalimentares, acessórios de moda, mobiliário…). O edil sublinhou ainda que a densa programação Mês do Romance se pretende afirmar também como um palco privilegiado para que as pessoas possam expor e divulgar o seu talento, tanto ao nível da criação de produtos, como no programa cultural associado.

O presidente do Município de Vila Verde revelou ainda a existência de intenções de investimento que, a curto-médio prazo, se deverão materializar na criação de espaços físicos Namorar Portugal para lá das fronteiras do concelho e até do país. António Vilela concluiu com uma forte palavra de reconhecimento para as mulheres vilaverdenses. Tanto para as mulheres do passado que “nos legaram este imenso património imaterial”, como para as do presente, que recuperam, preservaram, promoveram e continuam a promover esta bela e delicada forma de arte, que se tornou um dos maiores ícones identitários da cultura portuguesa.

2 (3)

2 (4)

VILA VERDE LANÇA NOVA LINHA DE PRODUTOS NAMORAR PORTUGAL

Três workshops, um livro, uma nova linha de produtos Namorar Portugal e um jantar com música ao vivo no último sábado do Mês do Romance!

Está a chegar ao fim a longa maratona que é a programação turístico-cultural ‘Fevereiro – Mês do Romance’ e entrámos agora no sprint final, em que se sucedem iniciativas a um ritmo impressionante. Ontem, 03 de março, o dia começou com uma cerimónia apaixonante, a sessão de inauguração do Cantinho das Noivas, que incluiu também a apresentação de duas novas linhas de produtos Namorar Portugal, da agência criativa Alcateia e da criadora Verónica Teixeira, respetivamente. Da parte da tarde, destaque para o Workshop de Compotas e Vinho Verde (Socalcos do Bouro e Quelha Branca), o Workshop ‘Como Escolher o Meu Bouquet’, (Verónica Teixeira), e a apresentação do livro ‘À Luz do Coração’ (Centro Escolar Monsenhor Elísio Araújo, Agrupamento de Escolas de Vila Verde e Ana Caridade), bem como a apresentação da ‘Coleção Tradição 2018’ e o Workshop ‘À Conversa Com Noivos’, ambas a cargo da Elisa Handmade Stories. Ao serão, tempo para ‘Namorar Lanhas’, durante um jantar com programa cultural associado (Junta de Freguesia de Lanhas).

6 (3)

 A tarde fria e chuvosa de inverno contrastava com o ambiente caloroso e acolhedor que se vivia na Quinta Vale Do Homem, em Amares, onde decorreu, durante a tarde de ontem, mais um workshop inserido no Mês do Romance. Desta feita, os participantes puderam beber do conhecimento dos responsáveis pelo Workshop de Compotas e Vinho Verde, para mais tarde beberem e saborearem o néctar propriamente dito. A Socalcos do Bouro e a Quelha Branca partilharam com o público alguns segredos e técnicas por trás da criação dos seus deliciosos produtos. Em simultâneo, o Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde, acolhia o workshop ‘Como Escolher o Meu Bouquet’. A criadora Verónica Teixeira esteve à conversa com as noivas para as ajudar a escolher o bouquet que mais se adequa aos seus gostos e ao tema do casamento. Com delicadeza e minúcia, Verónica Teixeira ‘desconstruiu’ e partilhou com as participantes a arte de criar um bouquet deslumbrante à vista e, em simultâneo, portador de um enorme simbolismo.

1 (1)

Um livro ternurento que cumpre uma importante missão social

A meio da tarde, pelas 17h00, novo banho de multidão no Centro de Artes e Cultura de Vila Verde. Desta feita, para assistir à apresentação de uma obra literária criada em contexto escolar, com intervenção direta de algumas turmas do Centro Escolar Monsenhor Elísio Araújo. ‘À Luz do Coração’ é o título de um livro ternurento que fala de amor. Da necessidade de o cultivar e disseminar. De recuperar o encanto e a magia da vida através da partilha de sentimentos. A obra, com coordenação da escritora Ana Caridade e ilustração de Carla Moreira, serve de base para um projeto educativo pioneiro a aplicar noutras turmas e escolas, tanto portuguesas como africanas, levado a cabo pela plataforma MOSAICO, com o apoio do Município de Vila Verde e do Agrupamento de Escolas de Vila Verde. Cecília Araújo foia Cecília Araújo, professora e coordenadora do projeto no Agrupamento de Escolas de Vila Verde. O livro cumprirá também uma importante missão social, já que as vendas revertem para a criação de uma biblioteca em São Tomé e Príncipe, com o intuito de facilitar o acesso ao conhecimento e à educação a crianças desfavorecidas. A sessão foi enriquecida pelo talento dos artistas de palmo e meio nas artes performativas, como a representação e a dança.

1 (2)

Porta-alianças & Livro de Mensagens “História de Amor – A cor do curação”

Por sua vez, a Elisa Handmade Stories voltou a inspirar-se nos motivos dos Lenços Namorar Portugal, apresentando ao mercado mais duas propostas para o dia do casamento. A nova linha, Porta-alianças & Livro de Mensagens “História de Amor – A cor do curação”, foi apresentada ao final da tarde de ontem, num espaço cultural de excelência da capital do Minho, a Livraria Centésima Página, em Braga. Dulce Rocha deu a conhecer dois livros encadernados artesanalmente, integralmente feitos à mão, este ano com uma inovação em termos de encadernação e costura, que será também uma novidade nos produtos da marca em 2018, e que nos remete para os antigos livros costurados pelos mestres livreiros. Totalmente personalizados para contar a história dos casais mais enamorados, os livros apresentados contam também a história dos lenços de namorados.

2 (1)

Dicas de planeamento e organização do casamento

A nobreza do linho e o coração vermelho em ponto de cruz remetem-nos para as origens dos lenços; e a aguarela, que no seu interior recria as cores e as formas dos elementos dos lenços, remete-nos para o alegre colorido que os lenços assumiram. A tradição e a modernidade tocam-se numa aliança recriada e reinventada. Ainda durante a tarde, Dulce Rocha, eterna apaixonada por tudo o que se relaciona com o tema do casamento, conduziu o workshop “À conversa com noivos”, num ambiente acolhedor e descontraído, para contrariar o cinzento do dia. A responsável pela Elisa Handmade Stories partilhou com noivos algumas das dicas, estratégias e ferramentas que a ajudaram, e ao seu noivo, no planeamento e organização do casamento e que também poderão ser úteis a quem agora está a viver esta fase.

2 (2)

Mais de 340 pessoas a Namorar Lanhas

Mais tarde, a Cina Quinta recebeu mais de 340 pessoas que aceitaram o repto da Junta de Freguesia local e passaram o serão a ‘Namorar Lanhas’. Uma demonstração maciça de amor pela freguesia que atraiu também muitos visitantes e culminou numa noite memorável. A decoração de requinte, a excelência da gastronomia, os espetáculos de música ao vivo e o ambiente de amizade e convívio deram o tónico para mais um evento com a chancela de qualidade a que as iniciativas do Mês do Romance já habituaram o público. Um jantar de confraternização com programa cultural associado que visou, acima de tudo, fortalecer os elos entre a comunidade, como destacou o presidente da Junta de Freguesia de Lanhas, Bruno Eiras.

3 (1)

3 (2)

4 (1)

4 (2)

5 (1)

5 (2)

6 (1)

6 (2)

VILA VERDE ESTÁ NA MODA

Duas novas linhas ecológicas Namorar Portugal e um espetáculo de música ao vivo a abrir o último fim de semana do Mês do Romance!

A programação turístico-cultural mais romântica do país está a chegar ao fim, mas mantém, até ao último minuto, uma dinâmica impressionante e um fulgor inabalável. Para o último fim de semana do Mês do Romance (02 a 04 de março), estão reservadas mais de uma dezena de iniciativas de celebração do amor, divulgação do território, promoção da cultura e dinamização da economia.

1 (2)

Ontem, 02 de março, o destaque do dia vai parar a apresentação de duas novas e deslumbrantes coleções amigas do ambiente. A Ecoemotion lançou 'A Carta dos Namorados', uma linha de produtos em cortiça como relógios, quadros e caixas e mangas refrigeradoras, e a FootNote apresentou uma linha criada com materiais reutilizados, que estão na base da criação de biombos, malas de senhora e até calçado infantil. Ao serão, tempo para mais um apaixonante espetáculo de música ao vivo, protagonizado por alunos e professores da Escola de Música da Vila de Prado, que arrastou um mar de gente ao auditório da Junta de Freguesia local.

1 (1)

Quadros, relógios, caixas e mangas refrigeradoras em cortiça

A meio da manhã, pelas 11h00, o quartel general da marca do Município de Vila Verde recebeu a apresentação de duas novas e deslumbrantes coleções amigas do ambiente. A Ecoemotion apresentou 'A Carta dos Namorados', uma linha com diferentes artigos de decoração, como relógios, quadros e caixas, fabricados a partir de cortiça reciclada e pintados com tintas sem solventes, para proteger o ambiente. Nota de destaque também para as mangas refrigeradoras feitas a partir de cortiça natural e com proteção antinódoas, que facilita a remoção de manchas. A apresentação da nova linha ficou a cargo de Carlos Maia, que deixou também uma palavra de agradecimento ao Município de Vila Verde pela “oportunidade de nos associarmos à marca” e à Cooperativa Aliança Artesanal pela “ajuda e dedicação”. A nova coleção é mais voltada para os artigos de decoração e mantém os valores da Ecoemotion, que insere na sua estratégia de negócio “a promoção e divulgação de questões sociais e ambientais”.

1 (3)

Biombos, malas de senhora e sapatos infantis amigos do ambiente

Por sua vez, a FootNote lançou uma linha em que predomina a reutilização de materiais como câmaras de ar e desperdícios de madeira. A coleção incorpora também materiais naturais, algodão e pele com certificados ecológicos, que estão na base da criação de biombos, malas de senhora e até calçado infantil (de andar por casa) com os motivos dos Lenços Namorar Portugal. Destaque também para as pregadeiras fabricadas a partir de câmaras de ar, que podem adornar os biombos conferindo-lhes um toque único e pessoal. Uma linha deslumbrante e ecológica, que ajuda a fortalecer os elos dentro da grande família Namorar Portugal, graças às sinergias criadas com outros parceiros. A madeira resulta do reaproveitamento dos desperdícios da marca ‘Amor da Joana’ e a linha de sapatos infantis será comercializada pela marca ‘Sapatos Namorar Portugal’, revelou o responsável pela FootNote, António Macedo.

2 (1)

“Partilho este sucesso com todos os parceiros”

Presente na sessão, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, congratulou os parceiros pela qualidade e beleza dos produtos apresentados. Parceiros que integram a marca territorial vilaverdense há vários anos, mas conseguem continuar a inovar sem fugirem da sua matriz identitária e dos motivos dos Lenços Namorar Portugal. O edil sublinhou ainda que estes produtos ganham um brilho acrescido pelas “questões ambientais associadas, que também nos preocupam” e acrescentou que uma das particularidades de muitos dos produtos Namorar Portugal é o facto de poderem ser totalmente personalizados, de acordo com os gostos e interesses dos clientes, o que funciona como vantagem competitiva e contribui para o engrandecimento da marca territorial, que conta já com milhares de produtos no mercado. O presidente do Município de Vila Verde concluiu em jeito de balanço: “Ainda faltam dois dias para terminar o Mês do Romance, mas podemos desde já fazer um balanço muito positivo. Gostaria de partilhar este sucesso com todos os parceiros e deixar-lhes uma forte palavra de reconhecimento pelo seu trabalho e dedicação”.

2 (2)

Um mar de gente no Concerto da Escola de Música da Vila de Prado

Ao serão, tempo para mais um eletrizante espetáculo de música ao vivo. A arte entrelaçou-se com o bater dos corações num concerto romântico e apaixonante, protagonizado por alunos e professores de uma das escolas de música mais afamadas da nossa região, a Escola de Música da Vila de Prado. O público não se fez rogado, compareceu em massa e criou uma bela moldura humana que ajudou a dar ainda mais brilho ao concerto. Perante um auditório da Junta de Freguesia da Vila de Prado a ‘rebentar pelas costuras’, os jovens talentos musicais não vacilaram e revelaram o à-vontade de quem, apesar da tenra idade, já leva muitas horas de palco na bagagem. Entre os espetáculos musicais, houve ainda tempo para florescerem outras artes, como o teatro e a poesia. Uma mensagem de paz, amor e amizade, que ganhou ainda mais força e encanto com a beleza da arte e a magia dos espetáculos de música ao vivo.

2 (3)

VILA VERDE PROPORCIONA CASAMENTO DE SONHO

Encontre no Cantinho das Noivas tudo o que precisa para um casamento de sonho!

O Centro de Dinamização Artesanal – Aliança Artesanal, em Vila Verde, dedica-se há três décadas à preservação, reprodução e promoção do maior ícone identitário do concelho. Um espaço que exala arte e amor, carinho e cultura. Este fim de semana, 03 e 04 de março, pinta-se de forma ainda mais intensa com as cores do romance e está de portas abertas para receber os casais enamorados no ‘Cantinho das Noivas’. Do bolo aos convites, passando pelo vestido, sapatos, álbuns, bouquets, porta-alianças, acessórios nupciais e decoração do espaço, entre muitos outros, está tudo preparado para proporcionar aos noivos uma experiência única e inesquecível. A cerimónia de inauguração do Cantinho das Noivas, que decorreu durante a manhã de ontem, 03 de março, foi abrilhantada pela atuação musical da jovem vilaverdense Luana e pelo desfile de dois modelos/noivos.

A (1)

A sessão incluiu ainda a apresentação da nova linha de bouquets Namorar Portugal de Verónica Teixeira, a que acrescem outros produtos da linha de casamentos (porta-alianças, corsage...), que este ano contou com a colaboração de Ana Ferreira, responsável pela criação dos convites de casamento e o lançamento do 'Banco do Amor', da agência criativa Alcateia, em que as luzes acendem quando as pessoas se sentam e se ouve música quando se tocam. Além das diversas atividades inseridas no Cantinho das Noivas (workshops, apresentação de novos produtos, momentos musicais…), está aberta ao público, durante os dois dias, uma mostra de produtos das linhas de casamentos de diversos parceiros Namorar Portugal.

A (2)

Iniciativas que “levaram o nome de Vila Verde a todos os cantos do planeta”

No fim de semana que encerra a intensa e apaixonante programação turístico-cultural ‘Fevereiro – Mês do Romance’, a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, recordou os 38 dias consecutivos (26 de janeiro a 04 de março) com mais de uma centena de iniciativas de celebração do amor, promoção da cultura divulgação do território e dinamização da economia. Atividades que se desenvolveram um pouco por todo o país (Lisboa, Porto, Coimbra, Monção, Braga, Amares, Guimarães…), com maior incidência em Vila Verde… Onde o amor acontece! Durante a semana, predominaram as apresentações de novas linhas de produtos da “grande família Namorar Portugal”. Aos fins de semana, azáfama total. Concertos, saraus, espetáculos de dança, desfiles de moda, workshops… “Uma grande panóplia de atividades, para tentarmos ir ao encontro de todos os gostos. Iniciativas que nos falaram de amor, que ajudaram a valorizar as nossas tradições e que levaram o nome de Vila Verde a todos os cantos do planeta”, concluiu Júlia Fernandes.

A (3)

O regresso às origens

Logo de seguida, tempo para conhecermos duas encantadoras linhas de produtos Namorar Portugal. A criadora Verónica Teixeira dedica-se a tornar o dia do casamento ainda mais mágico e apaixonante e tem já vários produtos no mercado. O maior destaque vai para os bouquets, que têm conquistado corações dentro e fora de portas e que este ano contam com dois formatos, bouquet tradicional ou em aro (uma das grandes tendências de 2018). Apesar da deslumbrante conjugação de cores e flores, os bouquets (à semelhança dos restantes produtos) têm uma beleza maior que a que a vista alcança. Verónica Teixeira conta que buscou “a origem, a essência”. Recuou ao século XVIII, tentou perceber como era a vida na altura e criou um ambiente rústico e bucólico para envolver os presentes neste universo próprio. O resultado foi um bouquet quente de verão, “como se as jovens fossem ao campo e colhessem flores para levar para casa”. “A inspiração para os Lenços era a natureza, o colorido das flores de um dia quente de verão. Este é um bouquet de verão, quente e apaixonante”, afirmou a criadora.

A (4)

Um casamento perfeito entre modernidade e tradição

Aproximando o olhar, a beleza aumenta a cada pormenor. As fitas representam os longos serões que as jovens passavam a bordar os Lenços para os seus pretendidos e a cor branca simboliza “o início, o pano de linho branco que depois explodia em cor”. Além dos bouquets, apresentou também outros produtos direcionados para o mercado de casamento, como porta-alianças e corsages. Este ano, contou também com a colaboração de Ana Ferreira, responsável pela criação de convites e menus de casamento. Ana Ferreira começou por referir que “é um prazer estar na marca Namorar Portugal e trabalhar o amor, algo em que acredito muito”. De seguida, deu a conhecer uma linha de produtos que, como já é apanágio da marca territorial do Município de Vila Verde, conjuga tradição e modernidade de forma harmoniosa. Assim, partindo da genuína tradição do Minho, deu-lhe “uma nova roupagem, mais leve e divertida”, porque acredita que “os noivos devem ser eternos namorados e nunca deixar de trazer alegria e de colorir as suas vidas”. O design e as próprias cores remetem para o chocolate, doce e saboroso, tal como o amor deve ser.

O ‘Banco do Amor’ vai agitar os corações enamorados

Por sua vez, a agência criativa Alcateia apresentou o ‘Banco do Amor’. Um produto inovador tanto não nível do conceito como da tecnologia. Se uma pessoa se sentar no banco acendem apenas metade das luzes e só acendem na totalidade se ambas estiverem sentadas. Quando as pessoas se tocam, o banco deteta e começa a reproduzir música romântica. Uma experiência que desperta os sentidos e acelera o coração. “Seguimos o fenómeno Namorar Portugal há alguns anos e achámos que ainda havia espaço para inovar. A premissa inicial era criar um produto em que o público pudesse interagir e que despoletasse reações emocionais”, revelou Filipa Pereira, da Alcateia, deixando ainda uma palavra de agradecimento aos parceiros desta aventura, a Carpintaria Aires, responsável pela construção do produto, e Alexandrino Silva, “mestre de automação e robótica”, responsável pela incorporação da tecnologia.

Marca Namorar Portugal prepara-se para voos ainda mais altos

Presente da sessão, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, não escondeu a satisfação ao constatar que “Vila Verde é já uma referência nacional na celebração do casamento e do amor”, acrescentando que os interessados encontram no Cantinho das Noivas e no seio da marca Namorar Portugal tudo o que necessitam para um casamento de sonho. O edil congratulou ainda os parceiros pela determinação e qualidade dos trabalhos desenvolvidos, que permitem catapultar a marca para lá das fronteiras do país. “Esta dinâmica não para de crescer e já há alguns sinais de que a marca poderá ter espaços próprios fora do país. Há intenções de investimento nesse sentido, que permitirão continuar a afirmar a marca e os produtos no estrangeiro”, revelou António Vilela, frisando que um dos principais objetivos desta intensa programação é “dar oportunidades às pessoas para que elas possam revelar o seu talento nas áreas mais diversificadas”. O presidente do Município de Vila Verde sublinhou ainda que “o Mês do Romance está a terminar, mas vamos continuar a Namorar Portugal durante todo o ano”, antes de terminar: “Na pessoa das bordadeiras, guardiãs da tradição, o meu forte agradecimento a todas as mulheres de Vila Verde que nos deixaram este imenso património”.

DSC_0659

NAMORAR PORTUGAL DERRETE CORAÇÕES

Luza e Aliança Artesanal derreteram corações com as novas linhas Namorar Portugal!

O Mês do Romance já entrou na reta final, mas mantém o fulgor e a impressionante dinâmica a que habituou o público desde o início desta longa maratona. Uma programação intensa e apaixonante, que, ao longo de 38 dias (26 de janeiro a 04 de março), se desdobra em mais de uma centena de iniciativas de celebração do amor e da genuína tradição minhota. Além das inúmeras iniciativas programadas para o próximo fim de semana (02 a 04 de março), continuamos a conhecer novas linhas de produtos Namorar Portugal.

1 (1)

Ontem, 28 de fevereiro, a Luza voltou a deslumbrar o público com a elegante coleção de acessórios de moda, fios e pulseiras em prata que incorporam o pendente ‘Coração Vila Verde’. Hoje, 01 de março, tempo para conhecer a nova linha de produtos da Aliança Artesanal, instituição que há 30 anos se dedica há preservação, recriação e promoção do maior ícone cultural do concelho. Em ano de comemorações do 30º aniversário da cooperativa, as artesãs apresentaram uma linha composta por artigos têxteis e de decoração. Todos os produtos são inspirados nos motivos dos Lenços Namorar Portugal.

1 (2)

Luza: Pulseiras e fios em prata com o pendente ‘Coração de Vila Verde’

A LUZA, empresa que reinterpreta com arte e mestria a tradição lusitana, lançou ontem, 28 de fevereiro, no Espaço Namorar Portugal (Vila Verde), a sua nova coleção na marca territorial do Município de Vila Verde. Depois apresentar duas linhas de colares coloridos, este ano, a Luza apostou numa coleção de pulseiras e fios em prata e prata banhada a ouro, incorporando o 'Coração Vila Verde', que dá nome à nova linha de acessórios de moda. No pendente em forma de coração estão gravados os motivos dos Lenços Namorar Portugal e o verso 'Nosso amor ade acabar cando esta pomba buar'. A representante da marca, Alina Bagrin, revelou ainda que, em breve, serão lançadas propostas na mesma linha, mas em prata banhada a ouro rosa.

1 (3)

Aliança Artesanal: Artigos de decoração e pólos com os motivos dos Lenços

Em ano de comemorações do 30ª aniversário da Cooperativa Aliança Artesanal, as artesãs voltaram a brindar o público com uma encantadora linha de produtos Namorar Portugal. Cristina Lopes, representante da Aliança Artesanal, começou por agradecer ao Município de Vila Verde o apoio durante este percurso. “Celebramos 30 anos de existência, mas sem a ajuda da Câmara Municipal de Vila Verde nesta longa caminhada, não teríamos chegado tão longe. Já estamos a Namorar Portugal e também o mundo, porque o mundo precisa de muito amor!”, afirmou, antes de passar à apresentação da nova linha de produtos. O destaque maior vai para os artigos de decoração, molduras e pequenas almofadas em que estão bordados (nuns casos à mão e noutros à maquina) os motivos dos Lenços Namorar Portugal. A Aliança Artesanal apresentou também uma linha têxtil, composta por pólos que incorporam os bordados dos Lenços.

2 (1)

Júlia Fernandes: Mãos que preservam e perpetuam tradições!

Presente em ambas as sessões, a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde congratulou os parceiros pela qualidade e beleza nas novas coleções. Júlia Fernandes fez também questão de deixar uma palavra especial para as bordadeiras da Cooperativa Aliança Artesanal, que celebra este ano uma data muito especial. “É nas mãos das bordadeiras que está o perpetuar da tradição. A Aliança Artesanal teve um papel fundamental na promoção do maior ícone cultural do concelho e é o berço de toda esta programação”, afirmou Júlia Fernandes, recordando que, nos dias de hoje, chegam ao Centro de Dinamização Artesanal – Aliança Artesanal, em Vila Verde, excursões vindas de vários pontos do país para conhecer o viveiro desta tradição ancestral, que remonta ao século XVIII.

2 (2)

António Vilela: “É um orgulho enorme encontrar Vila Verde em qualquer canto do país e em muitos locais pelo mundo fora”

Por sua vez, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, não poupou elogios aos produtos apresentados pela Luza e pela Aliança Artesanal, sublinhando que a qualidade do trabalho desenvolvido por estes e por outros parceiros tem sido fundamental no processo de crescimento da marca territorial vilaverdense. “É um orgulho enorme encontrar Vila Verde em qualquer canto do país e em muitos locais pelo mundo fora”, referiu o edil, antes de parabenizar as aniversariantes. “Quero deixar uma palavra de forte agradecimento e reconhecimento pelo trabalho meritório desenvolvido com dedicação e afinco ao longo destes 30 anos, muito importante para o concelho e até para o país. Um trabalho de preservação da nossa história que, valoriza também a nossa terra e as nossas gentes, contribuindo para o desenvolvimento da economia local e nacional”, vincou António Vilela, acrescentando que a mensagem de paz, amizade e amor veiculada pelos Lenços e demais produtos Namorar Portugal é cada vez mais importante num mundo em que, infelizmente, continuam os conflitos continuam a proliferar.

2 (3)

CANTINHO DAS NOIVAS PASSA POR NAMORAR PORTUGAL

O Cantinho das Noivas: Os motivos dos Lenços Namorar Portugal vão tornar o Seu Dia ainda mais especial e ternurento!

O dia mais especial da sua vida vai ganhar brilho redobrado com os motivos e as escritas de amor dos Lenços Namorar Portugal. No próximo fim de semana, 03 e 04 de março, o Cantinho das Noivas volta a fazer as delícias dos casais enamorados e a abrilhantar o Centro de Dinamização Artesanal de Vila Verde, entre outros espaços da região que recebem as diferentes atividades inseridas na iniciativa. Do bolo aos convites, passando pelo vestido, sapatos, álbuns, bouquets, porta-alianças, acessórios nupciais e decoração do espaço, entre muitos outros, está tudo preparado para proporcionar aos noivos uma experiência única e inesquecível.

Cantinho_Noivas_2018_mailling

Além das diversas atividades inseridas no Cantinho das Noivas (workshops, apresentação de novos produtos, momentos musicais…), está aberta ao público, durante os dois dias, uma mostra diversos produtos das linhas de casamentos de diversos parceiros Namorar Portugal. Os produtores também estarão no Centro de Dinamização Artesanal de Vila Verde, durante o fim de semana, para ajudar os noivos a preparem um dia de casamento ainda mais especial e ternurento.

 O número de casais que escolhem os sentimentos e afetos da tradição minhota como tema de casamento aumentou de forma exponencial ao longo dos últimos anos. Por conseguinte, aumentou também a oferta de locais (as quintas vilaverdenses têm registado uma procura enorme) e de produtos Namorar Portugal. Uma dinâmica impressionante que continua a afirmar Vila Verde como… a terra onde o amor acontece!

Cantinho_Noivas_2018_programa

DSC_0315

DSC_0424

DSC_0610

NAMORAR PORTUGAL CHEGA À DECORAÇÃO DE INTERIORES

Marco Carvalho e Rosa Araújo apresentaram diferentes propostas de decoração de interiores inspiradas dos Lenços Namorar Portugal

O amor está no ar e começa também a conquistar cada vez mais espaço na decoração dos lares portugueses, graças a inovadoras e arrojadas propostas inspiradas nos Lenços Namorar Portugal. Uma aliança harmoniosa entre tradição e modernidade que continua a inspirar artistas e a fazer palpitar corações. Ontem, 26 de fevereiro, o criador Marco Carvalho apresentou, no Espaço Volume e Texturas Lda, em Braga, a sua nova linha Namorar Portugal. ‘Dileto’ é uma ode à natureza em que não faltam as madeiras texturadas, o musgo e, naturalmente, as escritas e desenhos de amor da tradição minhota. Hoje, 27 de fevereiro, o Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde, recebeu a nova linha de ‘Loiça Pintada à Mão Namorar Portugal’, da autoria de Rosa Araújo, que se prepara para dar ainda mais encanto e brilho aos nossos lares.

2 (3)

Ontem, a marca territorial do Município de Vila Verde regressou à capital do Minho para apresentar a nova linha Namorar Portugal do criador Marco Carvalho. Este especialista na criação de autênticas obras de arte de mobiliário e decoração contemporânea havia, em edições anteriores, brindado o público com espelhos e peças de decoração metálicas com os motivos dos Lenços Namorar Portugal, num casamento perfeito entre modernidade e tradição. Este ano, apresentou a coleção ‘Dileto’. Uma ode à natureza em que não faltam as madeiras texturadas, o musgo (apenas para interiores; preservado quimicamente; dura mais de 20 anos sem alterações) e, naturalmente, as escritas e desenhos de amor da tradição minhota. Esta ‘linha de base’ pode ser utilizada na criação dos mais diversos produtos (cabeceiras de cama, espelhos, biombos, paredes texturadas…) e pode ser totalmente personalizada de acordo com os gostos do cliente, incorporando até outros materiais se necessário. O lançamento da nova coleção decorreu no espaço Volumes e Texturas Lda.

Hoje, o Espaço Namorar Portugal recebeu a segunda linha Namorar Portugal da artesã Rosa Araújo. Depois de se ter estreado, em 2017, nas andanças do Mês do Romance, a criadora de Barcelos apresentou este ano propostas em cerâmica e vidro, que integram a coleção ‘Loiça Pintada à Mão Namorar Portugal’. Os brindes terão certamente outro sabor com as flutes para champagne, com o pé em cerâmica inspirado nos motivos dos Lenços Namorar Portugal. Objetos de decoração e suportes para velas foram outras das novidades apresentadas este ano. As peças podem ser utilizadas com ou sem a cerâmica, já que os objetos em vidro (flutes de champanhe, suporte para velas…) podem ser retirados do suporte em loiça e ser utilizados individualmente. Rosa Araújo revelou que o projeto já vem de trás, “andava a marinar estas ideias há dois anos”, e que foi com “esforço e persistência” que criou a deslumbrante linha que deu a conhecer ao público durante a manhã de hoje. As peças foram apresentadas a título de exemplo, para demonstrar o conceito orientador da nova linha Namorar Portugal, já que muitas outras poderão surgir, fruto da criatividade da artista ou das solicitações do público. Os artigos são totalmente personalizáveis de acordo com os gostos do cliente.

Presente em ambas as sessões, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, começou por saudar os parceiros pelas belas, inovadoras e criativas linhas de produtos com que brindaram o público e a marca Namorar Portugal. No arranque da última semana do Mês do Romance, que ao longo de 38 dias consecutivos (26 de janeiro a 04 de março) se desdobra em mais de uma centena de iniciativas, o edil prosseguiu em jeito de balanço. “Estamos na reta final desta longa maratona que é o Mês do Romance. Ao longo deste percurso escreveu-se história todos os dias, graças à criatividade e empenho dos parceiros. Tivemos iniciativas todos os dias, que se realizaram um pouco por todo o país. Durante todo este período falou-se muito e bem de Vila Verde, das nossas tradições e da capacidade criativa dos nossos parceiros”, referiu António Vilela, sublinhando a importância da programação turístico-cultural do Município de Vila Verde na divulgação do território, promoção da cultura e dinamização da economia.

1 (2)

1 (3)

2 (1)

2 (2)

NAMORAR PORTUGAL FERVILHA EM VILA VERDE

Mês do Romance: Vila Verde a fervilhar de vida no encerramento da Semana da Saudade!

Vila Verde continua a fervilhar de vida com a programação mais romântica e apaixonante do país. O Mês do Romance tem tocado nos corações das pessoas pelo país e pelo mundo, mas é em Vila Verde, onde o amor acontece, que essa bela e delicada fragrância se sente com maior intensidade.

1 (1)

Ontem, 25 de fevereiro, a programação turístico-cultural do Município de Vila Verde (dividida em semanas temáticas) voltou a encher de cor e alegria o concelho para o encerramento da Semana da Saudade. A Feira de Produtos em Segunda Mão, o Workshop de Cestaria, a Celebração do Amor (presidida pelo Arcebispo Primaz D. Jorge Ortiga), o Desfile de Moda Sénior e a Ação de Degustação de Produtos Agroalimentares Namorar Portugal. Estas foram as iniciativas que, ontem, se somaram aos inúmeros motivos de que existem no concelho de Vila Verde e fazem com que mereça uma visita durante qualquer altura do ano.

Numa semana de inverno com sabor a primavera, o domingo nasceu ameno e soalheiro. Um céu azul intenso envolvia a mais emblemática avenida vilaverdense, protegida do sol por um denso arvoredo, rompido ocasionalmente por alguns raios de sol mais engenhosos. Pouco passava das 09h00 e a azáfama já era grande. A sombra das árvores da Praça da República, apoiada por um pequeno exército de guarda-sóis, servia de refúgio para comerciantes e transeuntes, que enchiam de cor e vida a sede de concelho à procura de boas oportunidades de negócio. A Feira de Produtos em Segunda Mão foi organizada pelo Município de Vila Verde.

1 (2)

O amor de Portugal já chegou ao vime

Pouco depois, por volta das 10h00, começava o Workshop de Cestaria. A talentosa artesã Rosa Rodrigues estreou-se este ano nas andanças do Mês do Romance, com uma linha Namorar Portugal que une duas carismáticas e acarinhadas tradições portugueses. Rosa Rodrigues uniu os sentimentos e afetos dos Lenços Namorar Portugal à arte antiga de trabalhar o vime, criando encantadoras propostas de cestaria. Ontem, esteve no Espaço Namorar Portugal para partilhar com o público algumas das técnicas e segredos por trás das suas criações.

2 (1)

Arcebispo Primaz presidiu a Celebração do Amor

Uma hora mais tarde, as atenções estavam voltadas para a Igreja Paroquial de Moure, onde se realizava a ‘Celebração do Amor’, uma cerimónia organizada pelo Padre Sandro Vasconcelos e presidida pelo Arcebispo Primaz de Braga D. Jorge Ortiga, que realizou também a bênçãos dos casais. D. Jorge Ortiga enfatizou a importância do respeito ao amor, que deve ser visto como uma bênção e ser encarado com responsabilidade, alegria e compromisso. “O namoro está aberto ao conhecimento, à alegria, à comunhão, à partilha, pois é um projeto aberto à vida e à felicidade», referiu, durante a homília.

2 (3)

Um desfile de charme e carisma

Ao início da tarde, a elegância dos desfiles de moda regressou à sede de concelho e, desta feita, instalou-se no Centro de Artes e Cultura de Vila Verde. Ao habitual desfile de charme e carisma protagonizado pelos modelos seniores, juntou-se este ano uma vertente inclusiva, que levou jovens com necessidades especiais a desfilarem na passerelle, ajudando a dar ainda mais brilho à ocasião. O Desfile de Moda Sénior, organizado pela AMUTER (Associação dos Amigos do Museu Terras de Regalados), voltou a apontar as luzes dos holofotes para o talento do público de idade mais avançada, contribuindo, em simultâneo, para promover o comércio local. Pelo meio, houve ainda tempo para excelentes atuações musicais protagonizadas por jovens locais.

2 (4)

Os sabores do romance

Depois de um dia tão agitado, nada melhor para retemperar energias que uma sessão (totalmente gratuita) de degustação dos deliciosos produtos agroalimentares Namorar Portugal. Compotas, queijo, azeite, bolachas, Pink Cake, broinhas do Amor e Pão de Ló Água na Boca foram apenas algumas das saborosas propostas apresentadas por vários parceiros Namorar Portugal (Quelha Branca, Pastelaria DaVila, Lactimercados e Devesa do Cávado). Para acompanhar, um vinho Socalcos do Bouro bem fresco ou um chá das Serras Brandas quentinho, dependendo do gosto e da disposição de cada uma. Um final de tarde em beleza, para culminar mais um domingo recheado de atividade com iniciativas para agradar a ‘todos os gostos e feitios’.

3 (1)

3 (2)

3 (3)

4 (1)

4 (2)

JOVENS DE VILA VERDE VENCEM CONCURSO INTERNACIONAL DE ACESSÓRIOS DE MODA

Alunas da EB 2,3 Monsenhor Elísio Araújo venceram o VIII Concurso Internacional de Acessórios de Moda!

Durante 38 dias, 24 de janeiro a 06 de março, Vila Verde exala amor e carinho, afeto e ternura. Uma atmosfera de romance que adensa durante o fim de semana, com inúmeras atividades inspiradas nesse sentimento mágico que “se rege por razões que a própria razão desconhece”, inseridas no Mês do Romance, uma programação turístico-cultural do Município de Vila Verde. Ontem, 24 de fevereiro, não foi exceção.

F (526)

Durante o dia, os saberes e sabores do romance foram partilhados com o público durante o Workshop ‘Pinta a tua Sardinha’, da Pó de Arroz, e o Workshop de Chocolate, da Chocolate com Pimenta. No entanto, o maior destaque vai para o desfile do VIII Concurso Internacional de Acessórios de Moda, que decorreu durante o serão. A idílica Quinta da Aldeia, em Gême (Vila Verde), recebeu mais um momento de elegância e glamour, criatividade e talento. Entre a elegância da decoração, a criatividade das propostas a concurso, o glamour do desfile de moda e a magia da música ao vivo, estavam reunidos os condimentos para mais uma receita de sucesso, num evento memorável que aliou tradição e modernidade de forma harmoniosa.

F (495)

O primeiro prémio foi para a EB 2,3 Monsenhor Elísio Araújo

O júri, composto por várias personalidades de renome na área, não teve tarefa fácil para escolher os três vencedores, que levaram para casa outros tantos prémios monetários, além do prestígio de serem distinguidos num concurso tão disputado. Raquel Rodrigues, Marta Nunes, Filipa Oliveira e Diana Silva, alunas da EB 2,3 Monsenhor Elísio Araújo, foram as grandes vencedoras da noite e conquistaram o primeiro prémio com uma capa moderna, elegante e colorida, que incorporou os sentimentos e afetos da tradição minhota num casamento perfeito entre tradição e modernidade. O segundo prémio foi arrebatado por uma proposta conjunta de Luís Carvalho, Paulo Abílio e Luís Mendes, da Escola Profissional de Felgueiras, e o terceiro lugar do pódio foi conquistado por Maria Eduarda Silva Ribeiro, da Cenatex. Os três prémios foram patrocinados pelo Município de Vila Verde, FotoFelicidade e Rainbow Braga, respetivamente. A iniciativa resulta de uma organização conjunta entre a Cooperativa Aliança Artesanal, o Município de Vila Verde e a empresa Melody Fusion.

F (470)

Música ao vivo, desfile de moda, tradição e muito amor!

Designers e estilistas foram desafiados a conceber propostas arrojadas e modernas subordinadas ao tema ‘Lenços Namorar Portugal: escritas de amor’, inspiradas nesta tradição genuína, que remonta ao séc. XVIII. A resposta não se fez esperar e foi expressiva. Um total de 58 propostas (entre capas, laços, sombrinhas, coletes, suspensórios, colares…), 33 a título individual e 25 em representação de estabelecimentos de ensino, que enriqueceram o VIII Concurso Internacional de Criadores de Moda. Ao desfile de moda dos acessórios a concurso juntaram-se na passerelle os coordenados vencedores do XV Concurso Internacional de Criadores de Moda (culminou na Gala Namorar Portugal 2018) e as novas coleções de diversos parceiros Namorar Portugal. Todas as propostas foram desfiladas pelos vencedores do Casting de Jovens Modelos, iniciativa promovida com o intuito de revelar o potencial dos jovens manequins. A plateia, composta por uma bela moldura humana, ajudou a dar ainda mais brilho a um evento onde despontaram também cintilantes vários talentos locais na área da música, ‘Lara, Bruno e Gonçalo’, ‘Luana’ e ‘Rogério Braga’.

F (452)

Cooperativa Aliança Artesanal em destaque

A abertura do evento ficou a cargo da vereadora da Cultura do Município de Vila Verde. Júlia Fernandes não poupou elogios às quase seis dezenas de propostas a concurso, resultado do “enorme talento e criatividade dos participantes”, que encontraram no VIII Concurso Internacional de Criadores de Moda (como em tantos outros eventos do Mês do Romance) um palco privilegiado para exporem o seu potencial. A vereadora da Cultura recordou ainda que durante a programação turístico-cultural do Município de Vila Verde (que entra agora na reta final) foram desenvolvidas mais de 100 iniciativas. “Ao longo do Mês do Romance, ficámos a conhecer meia centena de novas linhas de produtos Namorar Portugal. No total, a marca registada pelo Município de Vila Verde conta já com 67 produtores associados e perto de quatro mil produtos no mercado. Produtos inspirados nos Lenços do Amor, ícone cultural e identitário do concelho de Vila Verde”, referiu, acrescentando que, aos lançamentos de novos produtos se soma ainda um leque amplo e diversificado de iniciativas, como concertos, espetáculos de dança, saraus e workshops, entre muitos outros. Júlia Fernandes concluiu com uma saudação especial à Cooperativa Aliança Artesanal, pelo imenso trabalho desenvolvido neste processo de preservação, divulgação e valorização do maior ícone cultural do concelho.

DSC_0630 - Cópia

Divulgação do território, dinamização da economia e valorização da cultura

Por sua vez, o presidente do Município de Vila Verde sublinhou que durante o Mês do Romance foram desenvolvidas mais de 100 iniciativas que contribuíram em larga medida para a divulgação do território, a dinamização da economia e a valorização da cultura. Apesar de estarmos já na reta final da programação, António Vilela recordou que temos ainda mais uma semana de atividades pela frente, recheada de motivos de interesse que justificam plenamente uma visita a Vila Verde. O edil sublinhou ainda o apoio dos parceiros do Município de Vila Verde nesta epopeia, que entram já na casa das centenas entre marcas, empresas, associações, estabelecimentos de ensino e pessoas a título individual. Em jeito de balanço, António Vilela deixou uma forte palavra de apreço e gratidão a “todos os que disseram presente e ajudaram a dar corpo a esta programação”. O presidente do Município de Vila Verde terminou com um agradecimento especial à Academia de Música de Vila Verde, uma instituição de referência que se envolveu em diversas atividades do Mês do Romance, e às bordadeiras (juntamente com Gorete Barbosa) da Cooperativa Aliança Artesanal, que “são o motor deste processo, com as suas mãos preservam esta arte que nos foi legada pelos nossos antepassados”.

F (460)

F (444)

DSC_0114 - Cópia

DSC_0160 - Cópia

DSC_0270 - Cópia

DSC_0433 - Cópia

DSC_0474 - Cópia

DSC_0571 - Cópia

NAMORAR PORTUGAL TEM A BÊNÇÃO DE S. VALENTIM

XPepper incorporou ‘O Elemento Pele na Cozinha’ e jovens brilharam na Mostra de Talentos ‘S. Valentim’

Arrancou em beleza mais um fim de semana (22 a 25 de fevereiro) recheado de iniciativas inseridas no Mês do Romance, do Município de Vila Verde. Ontem, 23 de fevereiro, durante a tarde, a marca territorial vilaverdense voltou a viajar até à capital do Minho. O recém-inaugurado Espaço XPepper, no coração de Braga, recebeu o lançamento da nova linha Namorar Portugal ‘O Elemento Pele na Cozinha’.

1 (1)

Propostas de fardamento profissional com vários pormenores em pele, que ganham ainda mais encanto com os bordados à mão inspirados nos Lenços Namorar Portugal. Ao serão, tempo para mais um inspirador e enternecedor espetáculo de música ao vivo. Os jovens vilaverdense subiram ao palco do Centro de Artes e Cultura de Vila Verde e mostraram grande potencial musical durante a Mostra de Talentos ‘S. Valentim’.

1 (2)

A XPepper apresentou-se ao país e ao mundo durante uma iniciativa do Mês do Romance, com linhas de fardamento profissional inspiradas nos sentimentos e afetos da genuína tradição do Minho. Uma bela e antiga forma de arte que não tardou a impor-se nos mercados e a conquistar adeptos em Portugal e no estrangeiro. E se a marca Namorar Portugal cresceu e forma exponencial nos últimos anos, muito se deve à audácia e perspicácia dos parceiros, entre os quais a XPepper (já tem chefs com estrelas Michelin na sua lista de clientes), que propagam pelo planeta as mensagens de amor dos Lenços Namorar Portugal. O novo Espaço XPepper, inaugurado recentemente durante um workshop/jantar dinâmico inserido no Mês do Romance 2018, foi o local escolhido para a apresentação da nova linha Namorar Portugal ‘O Elemento Pele na Cozinha’.

Não consigo imaginar a XPepper sem a marca Namorar Portugal

Cláudia Pimenta, da empresa bracarense, começou por vincar o elo forte que une as marcas. “A saga começou com a marca. Não consigo imaginar a XPepper sem a marca Namorar Portugal. Houve uma forte ligação com a marca desde o início, uma ligação muito feliz e já estamos a pensarem novidades para o próximo ano”, revelou, sem esconder o entusiasmo, antes de apresentar as propostas deste ano. Depois de, em 2017, ter introduzido a cortiça com bordados à mão nos fardamentos profissionais, desta feita apresentou uma linha com vários pormenores em pele, que ganham ainda mais encanto com os bordados à mão inspirados nos Lenços Namorar Portugal. Entre os pedidos do mercado e a criatividade da XPepper, o resultado foi mais uma coleção deslumbrante, em que os artigos (aventais, jalecas…) são apenas propostas, já que podem ser totalmente personalizados de acordo com os gostos e necessidades do cliente.

1 (3)

Uma marca cada vez mais internacional

Por sua vez, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, sublinhou o crescimento exponencial da marca Namorar Portugal, que “já é uma marca internacional, graças à criatividade e capacidade de inovação dos parceiros, com produtos à venda em espaços físicos espalhados pelo planeta e uma presença cada vez maior nos mercados online”. O edil congratulou a XPepper pelo enorme sucesso alcançado dentro e fora de portas e sublinhou que a personalização é uma grande mais-valia, ainda para mais numa profissão em ascensão, como é o caso da dos chefs de cozinha.

Momentos antes, Pedro Antunes, da XPepper, havia colocado o novo espaço à disposição da marca Namorar Portugal. Palavras que não passaram despercebidas ao presidente do Município de Vila Verde. “Há aqui uma grande sintonia, a marca Namorar Portugal demonstra grande disponibilidade para os parceiros e os parceiros para a marca, o que é fundamental”, afirmou António Vilela, acrescentando que “a criatividade dos parceiros é imensa, quando achamos que já não há nada para inventar, conseguem-nos surpreender e até já estão a preparar novidades para o próximo ano”.

2 (2)

Uma mostra de muito talento musical

A magia da música ao vivo continua a dar brilho redobrado aos fins de semana do Mês do Romance, recheados de atividades de índole cultural. Desta feita, o Centro de Artes e Cultura de Vila Verde recebeu a Mostra de Talentos 'S. Valentim'. Apesar da tenra idade, os jovens participantes atuaram com o à-vontade de quem já leva muitas horas de palco na bagagem e mostraram que em Vila Verde há muito potencial musical. Durante o espetáculo, os jovens talentos desfilaram em palco belas melodias de amor que tocaram nos corações da plateia e ajudaram a adensar a atmosfera de romance que envolve o coração do Minho. A iniciativa foi organizada pelo Município de Vila Verde.

2 (3)

VILA DE PRADO NAMORA PORTUGAL COM MÚSICA

Mês do Romance: Música, amor e muito talento no concerto da Escola de Música da Vila de Prado!

A Escola de Música da Freguesia da Vila de Prado está a ultimar os detalhes de mais um espetáculo musical que se espera eletrizante e envolvente, como é apanágio das performances protagonizadas por alunos e professores de uma das mais prestigiadas escolas de música da região. A atuação terá lugar no próximo dia 02 de março, pelas 21h00, no auditório da Junta de Freguesia da Vila de Prado, e integra a programação turístico cultural ‘Mês do Romance’, do Município de Vila Verde.

DSC_0029

Um concerto que promete tocar nos corações da plateia e disseminar uma mensagem de paz, amor e amizade. A magia da música ao vivo vai-se entrelaçar com os sentimentos e afetos da genuína tradição do Minho, num autêntico hino a esse sentimento que “se rege por razões que a própria razão desconhece”. Em simultâneo, revela-se uma montra privilegiada para os jovens exporem o seu talento e uma oportunidade soberana para desenvolverem competências pessoais, ao atuarem em palco perante uma larga audiência.

A Escola de Música da Freguesia da Vila de Prado acolhe anualmente alunos de todas as idades, com um trabalho de grande proximidade junto dos mais jovens, contribuindo para a sua educação musical e para a sua formação integral enquanto cidadãos. O aumento da capacidade de concentração, a promoção do desenvolvimento intelectual, a capacidade de interagir em público (nos concertos os alunos atuam perante grandes plateias) e a capacidade de trabalho em equipa são apenas alguns exemplos das vantagens decorrentes da atividade musical, que surtirão um efeito mais significativo quanto mais jovem for a idade em que o individuo comece a aprender.

VILA VERDE APRESENTA CAIXAS E TABULEIROS DA LINHA "NAMORAR PORTUGAL"

Das grandes passerelles às linhas de utensílios - Teciborda apresentou a linha ‘Caixas e Tabuleiros’ Namorar Portugal!

A empresa vilaverdense Teciborda apresenta uma dinâmica impressionante e trabalha a um ritmo que nem dá para deixar assentar a poeira. Ainda há pouco mais de uma semana, Céu Cunha brilhava na Gala Namorar Portugal 2018, ao conquistar o prémio mais alto do XV Concurso Internacional de Criadores de Moda. Perante um júri composto por estilistas de renome no panorama nacional e internacional da moda, a proposta da Teciborda destacou-se entre meia centena de coordenados criados por estilistas de todo o país. Hoje, 22 de fevereiro, baterias apontadas a apresentação de uma linha de caixas (com diversas utilidades) e tabuleiros inspirados nos motivos dos Lenços Namorar Portugal. A sessão decorreu na Loja Teciborda, em Vila Verde.

A (1)

A Teciborda reinventou a sua linha de caixas Namorar Portugal, que este ano são feitas em novos materiais e estão preparadas para assumir as mais diversas utilidades. Podem ser utilizadas como guarda-joias, porta-alianças ou como elementos decorativos, já que são objetos agradáveis à vista, que ganham um brilho redobrado com os sentimentos e afetos da tradição minhota. Em relação aos tabuleiros, a lógica é idêntica. Objetos úteis e práticos, que tanto podem ser utilizados como utensílios ou assumir uma função meramente decorativa, tal é a beleza das propostas apresentadas pela criadora vilaverdense.

DSC_0011

Presente na sessão, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, congratulou a parceira Namorar Portugal pelo galardão conquistado no XV Concurso Internacional de Criadores de Moda, estendendo os elogios à nova linha de produtos e ao próprio estabelecimento comercial. “De ano para ano, continua [Teciborda] a brindar-nos com produtos de grande qualidade. Aliás, já ninguém fica indiferente a este espaço comercial, onde se valoriza a cultura e os Lenços Namorar Portugal. É um espaço de referência, com produtos úteis e de grande beleza”, afirmou.

O edil recordou ainda que já percorremos mais de metade da intensa e emotiva programação turístico-cultural do Mês do Romance, mas, até 04 de março, há ainda dezenas de atividades e motivos de interesse para quem visitar Vila Verde. Além da preservação e valorização deste imenso património cultural, a marca Namorar Portugal pretende também contribuir para a dinamização da economia e a criação de riqueza, pelo que o futuro passa pela consolidação do processo de internacionalização da marca territorial do Município de Vila Verde.

DSC_0313

MINHO NAMORA PORTUGAL

O Romance continua com um workshop de bordado e a apresentação de uma linha de calçado e acessórios de moda Namorar Portugal!

Há já muito tempo que a marca Namorar Portugal extravasou as fronteiras do concelho de Vila Verde e se assume como uma marca da região e do país. Para tal, muito têm contribuído as parcerias estabelecidas pelo Município vilaverdense com empresários, instituições e municípios de Norte a Sul de Portugal. Ações frutíferas, desenvolvidas com o intuito de dinamizar o tecido económico, valorizar a herança cultural, promover o território e tocar nos corações das pessoas, disseminando as mensagens de amor, carinho, amizade e afeto dos Lenços Namorar Portugal.

1 (1)

Ontem, 21 de fevereiro, foi um bom exemplo disso mesmo. O dia começou com um workshop de bordado especial, dirigido pela criadora Vera Cancela, com a participação dos utentes da delegação de Vila Verde da APPACDM. A iniciativa de correu no Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde. Durante a tarde, a marca viajou até à Casa da Memória, em Guimarães, para apresentar à cidade-berço, ao país e ao mundo os novos produtos da empresa Artecouro, que este ano brindou o público com uma linha de calçado e acessórios de moda.

Um ternurento Workshop de Bordado

Durante a amanhã, a criadora Vera Cancela esteve no Espaço Namorar Portugal para um workshop de bordado especial. Os utentes da delegação de Vila Verde da APPACDM trouxeram ainda mais ternura ao quartel geral da marca territorial, distribuindo amor e carinho, e puderam aprender com a talentosa criadora da Bordarte a arte de bordar os sentimentos e afetos dos Lenços Namorar Portugal. De agulha e linha em punho, iniciaram-se nesta bela e ancestral forma de arte, em que os artistas conseguem transpor num pequeno tecido a imensidão que lhes habita o coração. Um início bastante auspicioso, já que, ao final da manhã, todos tinham os seus bonés decorados com os motivos dos Lenços Namorar Portugal.

Guimarães continua a Namorar Portugal

Da parte da tarde, a marca viajou até Guimarães para apresentar à cidade-berço, ao país e ao mundo a nova linha da Artecouro. A sessão decorreu na Casa da Memória, um local de excelência de valorização da cultura, património e história locais. A empresa vimaranense, liderada por Jacinto Teixeira, brindou o público com uma linha de calçado e acessórios de moda. Os cintos inserem-se numa estratégia de sustentabilidade ambiental através do aproveitamento de materiais, criados a partir de couro que habitualmente seria dado como desperdício.

 No entanto, o maior destaque vai mesmo para o setor do calçado, em que ficámos a conhecer uma linha para homem com diversas opções. Entre botas e sapatos mais clássicos, sandálias frescas para o verão e botas mais aconchegantes para o inverno, não falta por onde escolher. Destaque também para as mochilas a condizer com o calçado, nas quais são incorporadas cordas de vindima para vincar ainda mais a força da cultura popular e “continuar a aliar a marca Namorar Portugal a outras tradições”. Todos os produtos são inspirados nos motivos dos Lenços Namorar Portugal.

“Territórios complementares, que todos queremos ver crescer”

A sessão contou ainda com a presença de um representante do Município de Guimarães, da vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, e do presidente do Município de Vila Verde, António Vilela. O edil vilaverdense começou por agradecer à autarquia vimaranense pela hospitalidade demonstrada ao voltar a receber uma ação da marca Namorar Portugal, sublinhando que se tratam de “territórios complementares, que todos queremos ver crescer e desenvolverem-se”. António Vilela dirigiu de seguida algumas palavras ao “grande artesão” Jacinto Teixeira, parceiro Namorar Portugal há vários anos, que “nos voltou a surpreender com um leque diversificado de produtos de grande qualidade, o que demonstra bem a sua capacidade criativa”. “Produtos que dignificam a cultura e que não representam apenas Vila Verde, representam a região e o país. Estamos muito gratos por esta forte parceria e desejamos-lhe votos dos maiores sucessos”, referiu o presidente do Município de Vila Verde.

1 (2)

2 (1)

2 (2)

2 (3)

VILA VERDE: O AMOR ESTÁ NO AR!

O Romance está no ar: Iniciativas para todos os gostos e feitios a encerrar a Semana do Amor!

A Semana do Amor do Mês do Romance terminou com um leque diversificado de iniciativas, pensadas para agradar a ‘todos os gostos e feitios’. Ontem, 18 de fevereiro, o dia começou bem cedo e arrancou a todo o vapor, no que a atividades do Mês do Romance diz respeito. Durante a manhã, a sede de concelho recebeu a Feira de Velharias e Colecionismo, do Município de Vila Verde, a Concentração de Carros Clássicos, dos Clássicos Rolantes em Antigos de Vila Verde, e o Workshop de Bordado, de Vera Cancela. A toada manteve-se durante o período vespertino, com o desfile de moda School in Love, organizado pelos alunos do 12º L – Curso Profissional de Turismo da Escola Secundária de Vila Verde, e o Workshop Bia Portuguesinha, de Maria Eugénia Calçada.

4 (2)

Depois de uma semana cinzenta e chuvosa, finalmente, as desejadas tréguas. O domingo nasceu soalheiro e com céu limpo, uma manhã de inverno com sabor a primavera que convidava ao passeio e ao convívio. E não faltaram motivos de interesse para os que visitaram Vila Verde durante o dia de ontem, 18 de fevereiro. Perto das 09h00, a sombra do imenso arvoredo da Praça da República servia já de refúgio para bancas de venda de artigos antigos e/ou de coleção, que enchiam de cor e de vida a mais carismática artéria vilaverdense. Não faltaram transeuntes, curiosos e colecionadores em mais uma Feira de Velharias e Colecionismo, organizada pelo Município de Vila Verde.

4 (1)

A paixão pelas quatro rodas

Em pleno Mês do Romance, o amor anda no ar e a paixão pelas quatro rodas também não foi esquecida. As velhas máquinas voltaram a mostrar que ainda estão aí para as curvas, durante a Concentração de Carros Antigos, organizada pelos Clássicos Rolantes em Antigos de Vila Verde. A iniciativa trouxe ainda mais charme à carismática Praça de Santo António, em Vila Verde, e foi um regalo para a vista dos amantes de carros clássicos e/ou antigos. Após a concentração, decorreu o 'Desfile do Amor' e os carros antigos seguiram em cortejo percorrendo algumas freguesias do concelho. O evento terminou ao final da manhã, com um almoço convívio entre os participantes.

3 (3)

Workshop de Bordado

Ali perto, no Espaço Namorar Portugal, a talentosa criadora Vera Cancela dirigia um Workshop de Bordado, partilhando com o público as técnicas e segredos dos encantadores bordados dos Lenços Namorar Portugal. Enquanto as participantes iniciantes iam aprendendo as técnicas e pontos de bordado no papel, as mais experientes nestas andanças já arriscavam bordar no tecido, com o apoio e supervisão da Vera Cancela. No final, todas estavam mais capazes de tornar os seus guarda-roupas ainda mais encantadores com a ternura dos sentimentos e afetos da tradição minhota.

3 (2)

Um desfile de moda made in Vila Verde

O amor não escolhe idades e os estabelecimentos de ensino vilaverdenses também já se deixou apaixonar pelas escritas de amor e carinho do maior ícone cultural da região. School in Love foi o nome da iniciativa preparada pelos alunos do 12º L – Curso Profissional de Turismo da Escola Secundária de Vila Verde. O público não se fez rogado e compareceu em massa a uma iniciativa que comprovou que a prata da casa tem muito valor. Ao desfile de moda, com modelos vilaverdenses e propostas de moda apresentadas pelo comércio local, juntou-se ainda animação com música ao vivo, protagonizada também por talentos locais.

3 (1)

Workshop Bia Portuguesinha

Durante a tarde, os interessados tiveram mais uma oportunidade soberana para aprenderem diretamente com os criativos, talentosos e inovadores parceiros Namorar Portugal, que com mestria adaptam e reinventam a genuína tradição do Minho. Desta vez, o quartel general da marca territorial do Município de Vila Verde recebeu o Workshop Bia Portuguesinha, dirigido por Maria Eugénia Calçada, uma expertnestas andanças. As participantes puderam beber do imenso conhecimento da criadora da ternurenta e colorida boneca artesanal Bia Portuguesinha e criar in loco novos vestidos para as suas bonecas, inspirados nos motivos dos Lenços Namorar Portugal.

1 (1)

1 (2)

2 (1)

2 (2)

VILA VERDE "CASA" NA PERFEIÇÃO MODERNIDADE E TRADIÇÃO

Vila Verde a fervilhar de vida: Workshops, oficina Arquimedes, concerto de gala e apresentação da linha ‘Amor Envolvente’ em mais um sábado de Romance

Vila Verde continua a fervilhar de vida com a intensa e apaixonante programação turístico-cultural ‘Fevereiro – Mês do Romance’. Durante 38 dias consecutivos (26 de janeiro a 04 de março), mais de uma centena de iniciativas propagam a mensagem de amizade e amor dos Lenços Namorar Portugal. Eventos que acontecem um pouco por todo o país, mas com maior incidência em Vila Verde… Onde o amor acontece! O dia de ontem, 17 de fevereiro, foi um bom exemplo disso mesmo, com diversas atividades de celebração do amor, entre dois workshops, a oficina Arquimedes, o concerto de gala e a apresentação da linha ‘Amor Envolvente’.

1 (1)

Durante a manhã, talentosa artesã vilaverdense Juliana Gomes esteve no Espaço Namorar Portugal para dirigir o Workshop de Pintura. Uma oportunidade soberana para o público aprender diretamente com uma artista experiente na bela e delicada arte de pintar os mais diversos materiais e suportes com os encantadores motivos dos Lenços Namorar Portugal. Desta vez, as pinturas foram feitas no tecido, em peças que os participantes trouxeram e que, perto da hora do almoço, tinham já um brilho redobrado com os sentimentos e afetos da tradição minhota.

Em simultâneo, a Oficina Arquimedes montava o seu 'laboratório' na Biblioteca Professor Machado Vilela, em Vila Verde. 'Amor com Cheiro' foi o nome da atividade lúdico-pedagógica que fez as delícias da pequenada. "O cientista grego Arquimedes foi o ponto de partida para recuar à Grécia Antiga e descobrir a evolução dos cuidados de higiene ao longo dos tempos. As crianças aprenderam ainda conceitos básicos de Química na produção de óleos essenciais naturais e sabonetes artesanais". No final, cada participante levou para casa um sabonete alusivo ao Mês do Romance.

1 (2)

Um casamento perfeito entre tradição e modernidade

Ao início da tarde, tempo para conhecer a nova linha Namorar Portugal do multipremiado estilista vilaverdense Orlando Ventura, que recentemente recebeu mais um galardão, ao conquistar o Prémio Impacto Visual na Gala Namorar Portugal 2018. Um parceiro de longa data da marca territorial do Município de Vila Verde que, ano após ano, continua a surpreender o público propostas de moda contemporâneas. Peças que ganham um brilho acrescido com os motivos dos Lenços Namorar Portugal, num casamento perfeito entre tradição e modernidade. O criador reinventou os seus famosos cachecóis, que este ano são fabricados “com materiais mais leves” e com pequenos bolsos, dando corpo à linha Amor Envolvente.

Além dos cachecóis, Orlando Ventura voltou a brindar o público coordenados modernos e arrojados (saia, vestido...), abrilhantados com as escritas de amor da tradição minhota. Outra das surpresas da tarde foi a apresentação de uma boneca Bia Portuguesinha, também parceira da marca Namorar Portugal, vestida pelo estilista. Os produtos estão já disponíveis para venda no Espaço Namorar Portugal e podem ser personalizados de acordo com os gostos do cliente mediante encomenda prévia. Logo de seguida, o estilista dirigiu, no mesmo local, o Workshop Bolsos Com Amor, em que os participantes puderam aprender a fazer os bolsos, adorná-los com os afetos dos Lenços e aplicá-los na roupa do dia-a-dia.

2 (1)

“O Orlando tem um bordado perfeito”

Presente na sessão, a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde não poupou elogios a “um parceiro que já está connosco há vários anos, mas que continua sempre a surpreender-nos pela qualidade dos seus trabalhos e bordados”. Júlia Fernandes prosseguiu vincando que Vila Verde leva a igualdade de género muito a sério. “Temos homens a bordar muito bem em Vila Verde, como é o caso. O Orlando tem um bordado perfeito, que se distingue e que adapta muito bem às suas peças”, referiu. A vereadora da Cultura manifestou ainda a sua satisfação pelo trabalho conjunto entre os parceiros da marca territorial vilaverdense, “que unem os seus saberes e criam sinergias que estão na origem de projetos muito interessantes”.

2 (2)

Música, amor e muito talento no Concerto de Gala da Academia de Música de Vila Verde

A Quinta da Aldeia, em Gême, vestiu as cores do romance para receber o Concerto de Gala da Academia de Música de Vila Verde. A moderna e elegante decoração alusiva ao amor ajudava a adensar o clima de romance que recebeu as centenas de pessoas para mais uma noite memorável.  A Big Band da Academia de Música de Vila Verde não deixou créditos por mãos alheias e protagonizou mais um eletrizante espetáculo de música ao vivo. De Rui Veloso a Elvis Presley, passando por Frank Sinatra, Abba, Salvador Sobral e um original do artista pradense Miguel Oliveira, entre outros, a academia vilaverdense brindou a plateia com um verdadeiro hino ao amor. O concerto contou com as participações do cantor Miguel Oliveira e da solista Raquel Fernandes, assim como do coro Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde e do coro Alma do Povo, dirigidos pelo maestro Idílio Nunes.

3 (1)

3 (2)

4 (1)

4 (2)

5 (1)

5 (2)

6 (1)

6 (2)

6 (3)

JÁ NAMORAS?... EM VILA VERDE!

‘Já namoras? 2018’ – Linha de utensílios inspirados nos motivos dos Lenços Namorar Portugal

Carlos Araújo associou-se em 2015 à marca territorial do Município de Vila Verde e, desde então, todos os anos brinda o público com uma nova linha inspirada nos motivos dos Lenços Namorar Portugal. Power Banks, Pen Drives, relógios de parede, canetas e porta-chaves são apenas alguns dos inúmeros produtos Namorar Portugal apresentados pela empresa vilaverdense ao longos dos últimos anos. Ontem, 16 de fevereiro, ficámos a conhecer a linha ‘Já namoras? 2018’, que se afasta um pouco dos utensílios tecnológicos e, com audácia e criatividade, reinventa os motivos dos Lenços do Amor. Artigos do quotidiano que ganham novo encanto com as escritas de amor da tradição minhota, reinterpretadas com um toque de contemporaneidade.

ACCA

As novidades deste ano são os lenços para limpeza de diversos suportes (óculos, lentes, telemóveis…), os porta-lápis e os vinil walls. “Optámos por sair da linha da eletrónica, porque já começava a ficar um pouco saturada. Resolvemos experimentar alternativas e também alargar o conceito”, referiu Carlos Araújo, revelando que os tradicionais motivos dos Lenços foram reinventados e adaptados a estilos artísticos modernos, mantendo sempre a temática das escritas de amor. “Os Lenços dão o mote, mas a marca já tem uma dimensão maior. É um conceito, são experiências, é o Mês do Romance. Não são apenas os produtos, mas todo o dinamismo que se cria. Mantendo o conceito, resolvemos inovar nos motivos e desenhos, adaptá-los a novos estilos artísticos”, disse o responsável pela ‘Já namoras?’.

Presente na sessão, a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde não poupou elogios ao trabalho de criatividade e inovação desenvolvido pela empresa, vaticinando-lhe um futuro auspicioso. “Esta é já a quarta apresentação e todos os anos nos tem presenteado e surpreendido com belíssimos produtos. Esta linha também é lindíssima e será, com certeza, um sucesso”, referiu Júlia Fernandes, acrescentando que a mensagem de amor, paz e amizade da marca territorial do Município de Vila Verde continua a disseminar-se pelo país e pelo mundo. “Temos assistido a grandes demonstrações de talento, criatividade e inovação em torno dos motivos dos Lenços Namorar Portugal. Em torno desta mensagem e desta filosofia. Já não há quem fique indiferente e temos recebido inúmeros contactos por parte de entidades turísticas para atividades nacionais e internacionais”, afirmou a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde.

A (2)

A (3)

A (4)