Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

LAVRADEIRAS DE VILA FRANCA DO LIMA DANÇAM NO ENCONTRO DA EX-CASA DO MINHO EM LOURENÇO MARQUES QUE SE REALIZA EM VIANA DO CASTELO

O Rancho Folclórico das Lavradeiras de Vila Franca vai no próximo dia 2 de Maio abrilhantar o 24º Convívio da ex-Casa do Minho de Lourenço Marques (Moçambique) que vai ter lugar na Quinta da Presa, na Meadela.

67340212_1377904985682297_1115134141818470400_o.jpg

O Rancho Folclórico das Lavradeiras de Vila Franca, afilhado dos insignes escritores Jorge Amado e Zélia Gattai, foi fundado em Fevereiro de 1980, com a finalidade de fazer reviver e preservar os costumes, tradições, danças e cantares desta encantadora aldeia minhota, situada na margem esquerda do Rio Lima a escassos 8 km da Capital da Beleza e Rainha do Folclore - Viana do Castelo.

Sempre procurou este Grupo cantar, dançar e trajar conforme recolhas feitas e que são cópias, tanto quanto possíveis fieis, da vida das gentes que orgulhosamente representa, nos finais do século dezanove e princípios do século vinte. Desta recolha, destacamos, os trajes femininos de Feira e Meia Senhora e masculinos de Domingar e Namorar.

No decorrer da sua existência, tem este Grupo participado nos mais variados Festivais Nacionais e Internacionais, tendo também a registar várias gravações para a Rádio, R.T.P. e Rede Globo e T.V. Galiza, nomeadamente programas de carácter cultural e divulgação regional.

Por diversas vezes foi também o Rancho Folclórico das Lavradeiras de Vila Franca convidado a participar em festivais no estrangeiro, sendo o seu concurso apenas possível em Inglaterra, Bélgica, Principado de Andorra, vizinha Espanha, Brasil, Holanda, Bélgica e recentemente na Itália, onde por diversas vezes obteve assinaláveis êxitos.

(Foto e Historial oficial do RFLVF)

83166608_2728231130547166_8765831825101684736_n.jpg

MINHOTOS DA EX-CASA DO MINHO DE LOURENÇO MARQUES MARCAM ENCONTRO EM VIANA DO CASTELO

Viana do Castelo vai receber este ano o Almoço-convívio dos minhotos que viveram em Moçambique e fizeram parte da extinta Casa do Minho em Lourenço Marques. O encontro vai ter lugar no próximo dia 2 de Maio, na Quinta da Preza, na Meadela.

484396_10200262053808057_30167815_n

O programa, a fechar até ao final deste mês, deverá incluir a celebração de missa em memória dos conterrâneos falecidos, a realização de uma tarde dançante com música ao vivo e a actuação de um rancho folclórico cuja confirmação se aguarda para breve.

O encontro deverá contar com a presença entre outros, de muitos minhotos radicados em Moçambique, Brasil e Canadá e outros espalhados por todo o país. O BLOGUE DO MINHO espera em breve poder adiantar mais pormenores acerca deste evento.

Como é sabido, os antigos territórios ultramarinos portugueses foram também o destino de muitos minhotos que decidiram ali construir as suas vidas. Rumando diretamente a partir da metrópole ou fixando-se após o cumprimento do serviço militar naquelas paragens, Angola e Moçambique vieram a tornar-se a segunda terra para muitos dos nossos conterrâneos que assim trocavam a estreita courela pela desafogada machamba ou simplesmente empregavam-se na atividade comercial das progressivas cidades de Luanda e Lourenço Marques, atual Maputo.

Porém, a recordação do Minho distante não os abandonou e permaneceu sempre nos seus corações. E, a provar esse amor filial, criaram as suas próprias associações regionalistas a fim de manterem mais viva a sua portugalidade e as raízes minhotas. Em Lourenço Marques, fundaram a Casa do Minho em 1955.

Durante duas décadas consecutivas, aquele foi o ponto de encontro das nossas gentes em terras moçambicanas. Ali se construíram novas amizades e conservavam as suas tradições. A constituição de um Rancho Folclórico no seio daquela associação foi um dos melhores exemplos do seu apego às origens. Até que a descolonização veio alterar o rumo das suas vidas e determinar a extinção da Casa do Minho.

Não obstante, muitos dos minhotos e amigos da Casa do Minho, que dela fizeram parte ou de alguma forma por lá passaram, não esquecem esses tempos saudosos e, todos os anos continuam a reunir-se no Minho em alegre e amistosa confraternização, partilhando recordações e revivendo a terra que também amaram – Moçambique!

Rancho 4

Rancho3

10991171_10202563334284163_1027646422323654939_n

10246619_10200970665868448_3206099960279488663_n

Rancho2

Rancho 5

1525551_10200518721930132_592918424_n

ESPOSENDE SOLIDÁRIO COM POVO MOÇAMBICANO

O Município de Esposende, através da Loja Social, procedeu à entrega dos bens angariados no âmbito da Campanha SOS Beira, promovida pela associação SOPRO, para as vítimas do ciclone Idai que devastou a zona da Beira, em Moçambique.

SOS Beiraespos.jpg

O Município associou-se desde logo a esta campanha de recolha de fundos e bens para enviar para os Irmãos de La Salle Moçambique, apelando a todos os esposendenses no sentido de devolver a esperança a esta comunidade africana. Associaram-se igualmente a esta causa o Lions Clube de Esposende, a Prozis, a Escola Secundária Henrique Medina e o Agrupamento de Escolas António Correia de Oliveira.

A Loja Social de Esposende constituiu-se como ponto de recolha, tendo sido angariados 4002 bens, designadamente vestuário, calçado, material escolar, têxteis, utensílios de cozinha, alimentos e produtos de higiene e limpeza. Numa primeira fase tinham sido entregues 1305 bens diversos, e, recentemente, a Loja Social entregou o restante angariado por diversos particulares, mas também outras entidades que se quiseram associar a esta causa.

A intervenção da Loja Social de Esposende assenta na dinamização de sinergias da comunidade, dos agentes económicos e dos parceiros sociais, estimulando o diálogo e a cooperação entre todas as estruturas locais para reforço das redes estratégicas promotoras de desenvolvimento social.

Realce para a iniciativa “Juntos Construímos | Pequenos Gestos, grandes Sorrisos”, desenvolvida no âmbito da responsabilidade social, que visa fomentar a articulação entre os vários intervenientes sociais, unindo esforços no sentido de dar respostas, rentabilizando recursos e impulsionando o trabalho interinstitucional articulado e participativo. Neste domínio, tem havido também a preocupação em colaborar com projetos que visam apoiar comunidades mais vulneráveis, nomeadamente os que se desenvolvem em países que integram a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Ao associar-se a esta campanha de solidariedade, o Município está a contribuir para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, que assumiu como metas na gestão autárquica, designadamente o ODS 1 - Erradicar a Pobreza, ODS 2 - Erradicar a Fome, ODS 4 - Educação de Qualidade, ODS 16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes e o ODS 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.

MARRABENTA E FOLCLORE DO MINHO JUNTAM HOJE EM ARCOS DE VALDEVEZ MINHOTOS DA EX-CASA DO MINHO EM LOURENÇO MARQUES... E NÃO FALTAM AS TÍPICAS CAPULANAS DE MOÇAMBIQUE!

Hoje é dia de Festa em Arcos de Valdevez! Os nossos conterrâneos que viveram em Moçambique e fizeram parte da Casa do Minho em Lourenço Marques juntam-se hoje neste concelho minhoto para mais uma jornada de convívio a assinalar a data de fundação daquela associação regionalista, reencontrar amigos partilhar recordações.

47299239_10210322078487919_8525134921461661696_n

Esta festa irá servir também de Homenagem a todos aqueles que sendo Arcuenses também militaram no Rancho de S. Paio e também no Rancho da ex-Casa do Minho em Lourenço Marques, Moçambique.

A Missa na Freguesia de S. Paio e a Festa na quinta de Fijó na freguesia de Vila Fonche, não foram escolhidas por um acaso, será apenas um reconhecimento e agradecimento aqueles que partindo destas duas freguesias ainda em numero considerável deram uma mais valia Folclórica ao Rancho Folclórico da Casa do Minho em Lourenço Marques.

O almoço irá decorrer numa Quinta de Turismo Rural, Quinta de Fijó onde e para quem pretender pernoitar nos quartos que nela existem. Também possui um centro Equestre com bastantes cavalos com uma escola de Equitação e quem pretender poderá obter mais uma nova experiência de montar a cavalo.

Vamos haver música para dançar durante toda a tarde e noite, mas também uma exibição da Tocata do Rancho de S. Paio que se pretende que todos os presentes tenham de dar ao pé, mesmo para quem não souber, vai ter que se esforçar a dançar a típica música daquele cantinho.

Portanto razões bem fortes para que todos venham a festa e podem trazer os Amigos e Familiares pelo menos para se respirar um pouco de ar puro e observarem as bonitas paisagens da Linda Vila dos Arcos de Valdevez, que foi onde Portugal se fez.

50699210_10210607463502366_7023946458831257600_n.jpg

FAFE SOLIDÁRIA COM MOÇAMBIQUE

Terra Justa solidário com Moçambique

A quinta edição do Terra Justa encerra com um concerto solidário a favor das vítimas de Moçambique.

Concerto_solidário.jpg

No Teatro Cinema, Sábado (6 de Abril), juntar-se-ão, vários músicos fafenses - Nuno Marinho (Guitarra & Contra Banda), Os Trastes, Ezequiel, Progeto Aparte e Academia de Música José Atalaya - para um espetáculo muito especial.

A entrada tem um custo de cinco euros e os bilhetes podem ser adquiridos na Loja Interativa de Turismo, a partir de amanhã.

MARRABENTA E FOLCLORE DO MINHO JUNTAM EM ARCOS DE VALDEVEZ MINHOTOS DA EX-CASA DO MINHO EM LOURENÇO MARQUES... E NÃO FALTAM AS TÍPICAS CAPULANAS DE MOÇAMBIQUE!

Conforme o deliberado no XXII convívio da Casa do Minho em Paredes de Coura, o próximo convívio ficou marcado para ter lugar em Arcos de Valdevez, no próximo dia 6 de Abril.

47299239_10210322078487919_8525134921461661696_n

Esta festa irá servir também de Homenagem a todos aqueles que sendo Arcuenses também militaram no Rancho de S. Paio e também no Rancho da ex-Casa do Minho em Lourenço Marques, Moçambique.

A Missa na Freguesia de S. Paio e a Festa na quinta de Fijó na freguesia de Vila Fonche, não foram escolhidas por um acaso, será apenas um reconhecimento e agradecimento aqueles que partindo destas duas freguesias ainda em numero considerável deram uma mais valia Folclórica ao Rancho Folclórico da Casa do Minho em Lourenço Marques.

O almoço irá decorrer numa Quinta de Turismo Rural, Quinta de Fijó onde e para quem pretender pernoitar nos quartos que nela existem. Também possui um centro Equestre com bastantes cavalos com uma escola de Equitação e quem pretender poderá obter mais uma nova experiência de montar a cavalo.

Vamos haver música para dançar durante toda a tarde e noite, mas também uma exibição da Tocata do Rancho de S. Paio que se pretende que todos os presentes tenham de dar ao pé, mesmo para quem não souber, vai ter que se esforçar a dançar a típica música daquele cantinho.

Portanto razões bem fortes para que todos venham a festa e podem trazer os Amigos e Familiares pelo menos para se respirar um pouco de ar puro e observarem as bonitas paisagens da Linda Vila dos Arcos de Valdevez, que foi onde Portugal se fez.

50699210_10210607463502366_7023946458831257600_n.jpg

Uma quinta dedicada ao Turismo Rural onde todos estão convidados a mergulhar na piscina, jogar ténis mas principalmente montar a cavalo, pois também existe um Centro Equestre com Escola de Equitação para quem quiser dar um passeio a cavalo na própria quinta.

Existem aqui também quartos para quem quiser pernoitar no dia da Festa, apenas terão de efectuar as reservas com bastante antecedência, pois acho que irão esgotar.

Um local magnífico com Belas paisagens, com Lindas vistas para o centro da Vila, serras do Soajo e Peneda Gêres digno de serem visitadas.

Esta espectacular quinta de Turismo Rural com boas estradas, também é uma das razões interessantes para que todos aqueles que passaram pela Casa do Minho, Componentes do Rancho, directores, sócios e seus Familiares e Amigos. Não faltem a este grandioso convívio que tenho a certeza que promete.

Aproveito para poder expandir esta festa a todos os meus Amigos de Infância, de Escola que nasceram e viveram em Lourenço Marques.

Quero também aproveitar para fazer lembrar que todos os convivas deverão trajar com as Capulanas, porque também temos "Maningue Marrabenta" KANIMAMBO AMBANINE. Até dia 6 de Abril 2019 nos "Arcos de Valdevez onde Portugal se Fez".

51502863_10210610218451238_6141337809148968960_n.jpg

ESPOSENDE SOLIDÁRIA COM MOÇAMBIQUE

Município de Esposende adere à campanha de solidariedade da SOPRO “SOS Beira”

No âmbito da Rede Social de Esposende, a Câmara Municipal de Esposende associa-se à campanha de solidariedade SOS Beira, promovida pela associação SOPRO para angariação de bens para as vítimas do ciclone Idai, que devastou a região da Beira, em Moçambique.

SOS Beira.jpg

A SOPRO – Solidariedade e Promoção foi fundada em 1996 por um grupo de alunos voluntários do Colégio La Salle, de Barcelos, e é reconhecida como uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) com o Estatuto de Entidade de Utilidade Pública Sem Fins Lucrativos. Internacionalmente, a SOPRO desenvolve o Programa de Voluntariado Internacional em Moçambique, nas províncias da Beira, Sofala e Niassa.

A campanha visa a recolha de fundos e bens para enviar para os Irmãos de La Salle Moçambique que se encontram na Beira, com destino à Escola João XXIII, Colégio La Salle e Centro Educacional e Assistencial de La Salle, que estão a solicitar roupa, têxteis, manuais e material escolar e produtos alimentares enlatados com período de validade prolongado. Para além destes produtos, podem também ser doados utensílios de cozinha, produtos de limpeza e material de primeiros socorros e luvas.

Os bens podem ser entregues na Loja Social de Esposende, localizada na Rua de Palmeira, 319, Estrada Nacional 103-1. O Município apela à solidariedade de todos os esposendenses no sentido de se devolver a esperança àquela comunidade moçambicana.

Ao associar-se a esta campanha de solidariedade, o Município está a contribuir para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, que assumiu como metas na gestão autárquica, designadamente o ODS 1 - Erradicar a Pobreza, ODS - Erradicar a Fome, ODS 4 - Educação de Qualidade, ODS 16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes e o ODS 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.

BRAGA DISPONIBILIZA APOIO A MOÇAMBIQUE PARA FAZER FACE À CALAMIDADE

Cônsul Moçambicano apela à entrega de auxílios na Cruz Vermelha Portuguesa

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, esteve reunido esta Terça-feira, 26 de Março, com o Cônsul Geral de Moçambique para o Norte de Portugal, Agostinho Milton, onde, além das temáticas relativas à cooperação entre os dois países, abordou as diversas iniciativas de apoio à população moçambicana, para fazer face à trágica calamidade que devastou aquele território africano.

CMB26032019SERGIOFREITAS00000018070.jpg

Neste encontro, que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, Agostinho Milton apelou para que todos os apoios de cidadãos e instituições Bracarenses, sejam encaminhados para a Cruz Vermelha Portuguesa, através da sua delegação de Braga, “entidade que tem estado em articulação com o Consulado para fazer chegar, pelos meios adequados, todas as ajudas a Moçambique”.

Manifestando toda a solidariedade com o povo moçambicano, Ricardo Rio deu conta da moção ontem aprovada por unanimidade em sede de reunião do Executivo Municipal, com um voto de pesar pelo povo moçambicano da província de Sofala e das suas imediações.

“Braga mantém laços mútuos e estreitos de cooperação com Moçambique, designadamente, ao nível das relações multissectoriais, das empresas, dos emigrantes, dos estudantes e acolhe uma significativa comunidade moçambicana. Não podemos deixar de disponibilizar os meios solidários que estão ao nosso alcance para participar na ajuda internacional humanitária”, garantiu Ricardo Rio.

O Autarca Bracarense manifestou ao Cônsul a vontade de criar uma bolsa de estudo ou de investigação na área das regiões tropicais, no âmbito da cooperação da saúde, apoio à renovação de infra-estruturas ou prevenção de riscos naturais.

CMB26032019SERGIOFREITAS00000018068.jpg

RANCHO FOLCLÓRICO DE SÃO PAIO ANIMA FESTA EM ARCOS DE VALDEVEZ DA EX-CASA DO MINHO EM LOURENÇO MARQUES (MOÇAMBIQUE)

Conforme o programado e anunciado pelos responsáveis da Ex-Casa do Minho em Lourenço Marques, o próximo convívio dos antigos associados daquela associação regionalista ocorrerá em Arcos de Valdevez no próximo dia 6 de Abril.

47299239_10210322078487919_8525134921461661696_n

Esta festa irá servir também de Homenagem a todos aqueles que sendo Arcuenses também militaram no Rancho de S. Paio e também no Rancho da ex-Casa do Minho em Lourenço Marques, Moçambique.

A Missa na Freguesia de S. Paio e a Festa na quinta de Fijó na freguesia de Vila Fonche, não foram escolhidas por um acaso, será apenas um reconhecimento e agradecimento aqueles que partindo destas duas freguesias ainda em numero considerável deram uma mais valia Folclórica ao Rancho Folclórico da Casa do Minho em Lourenço Marques.

O almoço irá decorrer numa Quinta de Turismo Rural, Quinta de Fijó onde e para quem pretender pernoitar nos quartos que nela existem. Também possui um centro Equestre com bastantes cavalos com uma escola de Equitação e quem pretender poderá obter mais uma nova experiência de montar a cavalo.

Vamos haver música para dançar durante toda a tarde e noite, mas também uma exibição da Tocata do Rancho de S. Paio que se pretende que todos os presentes tenham de dar ao pé, mesmo para quem não souber, vai ter que se esforçar a dançar a típica música daquele cantinho.

Portanto razões bem fortes para que todos venham a festa e podem trazer os Amigos e Familiares pelo menos para se respirar um pouco de ar puro e observarem as bonitas paisagens da Linda Vila dos Arcos de Valdevez, que foi onde Portugal se fez.

50699210_10210607463502366_7023946458831257600_n.jpg

RANCHO DE SÃO PAIO ANIMA FESTA EM ARCOS DE VALDEVEZ DA EX-CASA DO MINHO EM LOURENÇO MARQUES (MOÇAMBIQUE)

Conforme o programado e anunciado pelos responsáveis da Ex-Casa do Minho em Lourenço Marques, o próximo convívio dos antigos associados daquela associação regionalista ocorrerá em Arcos de Valdevez no próximo dia 6 de Abril.

47299239_10210322078487919_8525134921461661696_n

Esta festa irá servir também de Homenagem a todos aqueles que sendo Arcuenses também militaram no Rancho de S. Paio e também no Rancho da ex-Casa do Minho em Lourenço Marques, Moçambique.

A Missa na Freguesia de S. Paio e a Festa na quinta de Fijó na freguesia de Vila Fonche, não foram escolhidas por um acaso, será apenas um reconhecimento e agradecimento aqueles que partindo destas duas freguesias ainda em numero considerável deram uma mais valia Folclórica ao Rancho Folclórico da Casa do Minho em Lourenço Marques.

O almoço irá decorrer numa Quinta de Turismo Rural, Quinta de Fijó onde e para quem pretender pernoitar nos quartos que nela existem. Também possui um centro Equestre com bastantes cavalos com uma escola de Equitação e quem pretender poderá obter mais uma nova experiência de montar a cavalo.

Vamos haver música para dançar durante toda a tarde e noite, mas também uma exibição da Tocata do Rancho de S. Paio que se pretende que todos os presentes tenham de dar ao pé, mesmo para quem não souber, vai ter que se esforçar a dançar a típica música daquele cantinho.

Portanto razões bem fortes para que todos venham a festa e podem trazer os Amigos e Familiares pelo menos para se respirar um pouco de ar puro e observarem as bonitas paisagens da Linda Vila dos Arcos de Valdevez, que foi onde Portugal se fez.

50699210_10210607463502366_7023946458831257600_n.jpg

MARRABENTA E FOLCLORE DO MINHO JUNTAM EM ARCOS DE VALDEVEZ MINHOTOS DA EX-CASA DO MINHO EM LOURENÇO MARQUES... E NÃO FALTAM AS TÍPICAS CAPULANAS DE MOÇAMBIQUE!

Conforme o deliberado no XXII convívio da Casa do Minho em Paredes de Coura, o próximo convívio ficou marcado para ter lugar em Arcos de Valdevez, no próximo dia 6 de Abril. Será na espectacular Quinta de Fijó, situada em Vila Fonche onde se vai realizar o almoço, que reúne todas as condições para que o XXIII Convívio da Casa do Minho em Lourenço Marques realize mais uma grande Festa.

50755809_10210610241291809_7977517558905438208_n.jpg

Uma quinta dedicada ao Turismo Rural onde todos estão convidados a mergulhar na piscina, jogar ténis mas principalmente montar a cavalo, pois também existe um Centro Equestre com Escola de Equitação para quem quiser dar um passeio a cavalo na própria quinta.

Existem aqui também quartos para quem quiser pernoitar no dia da Festa, apenas terão de efectuar as reservas com bastante antecedência, pois acho que irão esgotar.

Um local magnífico com Belas paisagens, com Lindas vistas para o centro da Vila, serras do Soajo e Peneda Gêres digno de serem visitadas.

Esta espectacular quinta de Turismo Rural com boas estradas, também é uma das razões interessantes para que todos aqueles que passaram pela Casa do Minho, Componentes do Rancho, directores, sócios e seus Familiares e Amigos. Não faltem a este grandioso convívio que tenho a certeza que promete.

Aproveito para poder expandir esta festa a todos os meus Amigos de Infância, de Escola que nasceram e viveram em Lourenço Marques.

Quero também aproveitar para fazer lembrar que todos os convivas deverão trajar com as Capulanas, porque também temos "Maningue Marrabenta" KANIMAMBO AMBANINE. Até dia 6 de Abril 2019 nos "Arcos de Valdevez onde Portugal se Fez".

51502863_10210610218451238_6141337809148968960_n.jpg

51304343_10210610218851248_7428422993887363072_n.jpg

51208952_10210610213411112_6091734411508711424_n.jpg

51174862_10210610221651318_5761970541963509760_n.jpg

51166591_10210610220731295_9149801441802584064_n.jpg

51107164_10210610219931275_921935972994646016_n.jpg

50976911_10210610219091254_1375747354270892032_n.jpg

50853152_10210610225411412_3464571515763163136_n.jpg

50808968_10210610221211307_6323155216581525504_n.jpg

50789966_10210610218211232_3892192401216765952_n.jpg

MARRABENTA E FOLCLORE DO MINHO JUNTAM EM ARCOS DE VALDEVEZ MINHOTOS DA EX-CASA DO MINHO EM LOURENÇO MARQUES... E NÃO FALTAM AS TÍPICAS CAPULANAS DE MOÇAMBIQUE!

Conforme o deliberado no XXII convívio da Casa do Minho em Paredes de Coura, o próximo convívio ficou marcado para ter lugar em Arcos de Valdevez, no próximo dia 6 de Abril. Será na espectacular Quinta de Fijó, situada em Vila Fonche onde se vai realizar o almoço, que reúne todas as condições para que o XXIII Convívio da Casa do Minho em Lourenço Marques realize mais uma grande Festa.

50755809_10210610241291809_7977517558905438208_n.jpg

Uma quinta dedicada ao Turismo Rural onde todos estão convidados a mergulhar na piscina, jogar ténis mas principalmente montar a cavalo, pois também existe um Centro Equestre com Escola de Equitação para quem quiser dar um passeio a cavalo na própria quinta.

Existem aqui também quartos para quem quiser pernoitar no dia da Festa, apenas terão de efectuar as reservas com bastante antecedência, pois acho que irão esgotar.

Um local magnífico com Belas paisagens, com Lindas vistas para o centro da Vila, serras do Soajo e Peneda Gêres digno de serem visitadas.

Esta espectacular quinta de Turismo Rural com boas estradas, também é uma das razões interessantes para que todos aqueles que passaram pela Casa do Minho, Componentes do Rancho, directores, sócios e seus Familiares e Amigos. Não faltem a este grandioso convívio que tenho a certeza que promete.

Aproveito para poder expandir esta festa a todos os meus Amigos de Infância, de Escola que nasceram e viveram em Lourenço Marquês.

Quero também aproveitar para fazer lembrar que todos os convivas deverão trajar com as Capulanas, porque também temos "Maningue Marrabenta" KANIMAMBO AMBANINE. Até dia 6 de Abril 2019 nos "Arcos de Valdevez onde Portugal se Fez".

50789966_10210610218211232_3892192401216765952_n.jpg

50808968_10210610221211307_6323155216581525504_n.jpg

50853152_10210610225411412_3464571515763163136_n.jpg

50976911_10210610219091254_1375747354270892032_n.jpg

51107164_10210610219931275_921935972994646016_n.jpg

51166591_10210610220731295_9149801441802584064_n.jpg

51174862_10210610221651318_5761970541963509760_n.jpg

51208952_10210610213411112_6091734411508711424_n.jpg

51304343_10210610218851248_7428422993887363072_n.jpg

51502863_10210610218451238_6141337809148968960_n.jpg

RANCHO DE SÃO PAIO ANIMA FESTA EM ARCOS DE VALDEVEZ DA EX-CASA DO MINHO EM LOURENÇO MARQUES (MOÇAMBIQUE)

Conforme o programado e anunciado pelos responsáveis da Ex-Casa do Minho em Lourenço Marques, o próximo convívio dos antigos associados daquela associação regionalista ocorrerá em Arcos de Valdevez no próximo dia 6 de Abril.

47299239_10210322078487919_8525134921461661696_n

Esta festa irá servir também de Homenagem a todos aqueles que sendo Arcuenses também militaram no Rancho de S. Paio e também no Rancho da ex-Casa do Minho em Lourenço Marques, Moçambique.

A Missa na Freguesia de S. Paio e a Festa na quinta de Fijó na freguesia de Vila Fonche, não foram escolhidas por um acaso, será apenas um reconhecimento e agradecimento aqueles que partindo destas duas freguesias ainda em numero considerável deram uma mais valia Folclórica ao Rancho Folclórico da Casa do Minho em Lourenço Marques.

O almoço irá decorrer numa Quinta de Turismo Rural, Quinta de Fijó onde e para quem pretender pernoitar nos quartos que nela existem. Também possui um centro Equestre com bastantes cavalos com uma escola de Equitação e quem pretender poderá obter mais uma nova experiência de montar a cavalo.

Vamos haver música para dançar durante toda a tarde e noite, mas também uma exibição da Tocata do Rancho de S. Paio que se pretende que todos os presentes tenham de dar ao pé, mesmo para quem não souber, vai ter que se esforçar a dançar a típica música daquele cantinho.

Portanto razões bem fortes para que todos venham a festa e podem trazer os Amigos e Familiares pelo menos para se respirar um pouco de ar puro e observarem as bonitas paisagens da Linda Vila dos Arcos de Valdevez, que foi onde Portugal se fez.

50699210_10210607463502366_7023946458831257600_n.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ VAI ESTE ANO RECEBER O ENCONTRO DA EX-CASA DO MINHO DE LOURENÇO MARQUES (MOÇAMBIQUE)

Conforme o deliberado no XXII convívio da Casa do Minho em Paredes de Coura, o próximo convívio ficou marcado para ter lugar em Arcos de Valdevez, no próximo dia 6 de Abril.

47299239_10210322078487919_8525134921461661696_n

Esta comunicação feita pela organização do encontro vai no sentido das pessoas começarem a agendar a festa e, para facilitar aqueles que estão longe e até no estrangeiro poderem com tempo alinharem as suas vidas e respectivos programas.

O BLOGUE DO MINHO espera em breve dar a conhecer o programa definitivo deste evento.

MONÇÃO RECEBE EXPOSIÇÃO DE DESIGN DE VIDRO “BELO E SOPRANO”

A sala de exposições do Cine Teatro João Verde recebe, entre 19 de janeiro e 23 de fevereiro, a exposição de design de vidro “Belo e Soprano”, da autoria de Joana Silva, com curadoria de Patricia Oliveira. A inauguração realiza-se no dia 19 de janeiro, sábado, pelas 17h00.

exposição.png

“Belo e Soprano” assume-se como um encontro informal entre artistas, designers, viticultores e empreendedores, partindo do vidro enquanto matéria de possibilidade de partilha entre todos. No caso de Monção, pensá-lo construtivamente com a finalidade de conceber uma roupagem criativa ao Alvarinho.

Em formato de conversa aberta, o objetivo é apresentar conhecimentos entre o vinho Alvarinho, o design e a tecnologia no setor vidreiro, potenciando ideias e conceitos que permitam avanços e encontros profícuos de valor acrescentado para todos.

ARCOS DE VALDEVEZ VAI NO PRÓXIMO ANO RECEBER O ENCONTRO DA EX-CASA DO MINHO DE LOURENÇO MARQUES (MOÇAMBIQUE)

Conforme o deliberado no XXII convívio da Casa do Minho de Lourenço Marques (Moçambique), realizado em Paredes de Coura, o próximo convívio ficou marcado para Arcos de Valdevez, a ter lugar no dia 06 de Abril de 2019.

Esta comunicação vai no sentido de as pessoas começarem a agendar a Festa e facilitar a vinda daqueles que se encontram a residir no estrangeiro.

Em finais de Janeiro será publicado o programa definitivo do evento.

47299239_10210322078487919_8525134921461661696_n