Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VOTO DE LOUVOR À SUBZONE – ACADEMIA DE TIRO COM ARCO

Nuno Carneiro, atleta da Subzone – Academia de Tiro com Arco, sagrou-se Bicampeão Nacional de Sala 2021/2022, na Final Round do Campeonato Nacional de Sala.

subzone.jpg

“O tiro com arco é uma modalidade desportiva que chegou há pouco tempo ao nosso concelho, mas está de pontaria afinada, acertando o alvo no círculo central.

Nuno Carneiro sagrou-se Bicampeão Nacional de Sala na presente época, tendo representado a seleção nacional em várias ocasiões. Recentemente, esteve no Campeonato da Europa na Alemanha, onde obteve a melhor classificação de sempre de um arqueiro português num Campeonato Europeu de Tiro com Arco, 9º lugar na classificação final.

Refiro-me a este honroso, prestigiante e histórico feito de Nuno Carneiro para realçar o trabalho de captação de jovens para esta modalidade por parte da Subzone - Academia de Tiro com Arco. A meados deste mês, em Vila do Conde, numa prova do Campeonato de Campo 2021/2022, estrearam-se seis atletas com resultados excelentes.

Congratulo-me com a dimensão que a modalidade está a atingir em Monção e felicito a Subzone - Academia de Tiro com Arco (atletas, treinadores e diretores) pelos resultados obtidos até ao momento que, estou convicto, serão ainda melhores num futuro próximo”.

António Barbosa

Presidente da Câmara Municipal de Monção

Os votos de louvor foram entregues, no passado fim de semana, no auditório do Cine Teatro João Verde.

VOTO DE LOUVOR À UNIÃO DESPORTIVA DE MOREIRA

Campeão Distrital da 2ª Divisão na categoria de Iniciados

“A União Desportiva de Moreira, um clube com pergaminhos na área da formação, onde se registam várias conquistas ao longo dos anos, venceu o Campeonato da 2ª Divisão Distrital, na categoria de iniciados, com apenas uma derrota, refletindo a qualidade e competência da equipa.

moreira.jpg

Esta vitória é reveladora do trabalho de excelência efetuado no clube, onde a aprendizagem e competitividade desportiva é acompanhada pela introdução de valores essenciais de cidadania como disciplina e respeito. Daqui saem grandes jogadores, mas também cidadãos responsáveis e ativos, valorizando a comunidade onde estão inseridos.

Para mim, na qualidade de presidente da Câmara Municipal e, sobretudo, como monçanense, é uma honra enorme entregar esta distinção que atesta o “perfume” do vosso futebol “espalhado” pelos campos do Alto Minho. Parabéns jovens atletas, equipa técnica, direção e associados por fazerem deste clube uma verdadeira família”.

António Barbosa

Presidente da Câmara Municipal de Monção

VOTO DE LOUVOR AO DESPORTIVO DE MONÇÃO

Campeão Distrital, ascendendo ao Campeonato de Portugal, e vencedor da Supertaça Ramiro Marques da AFVC.

desportivo.jpg

“O Desportivo de Monção teve uma época notável e brilhante, conquistando o campeonato distrital e, consequentemente, a subida de divisão ao Campeonato de Portugal, vencendo, também, a Supertaça Ramiro Marques no confronto com o Courense.

O resultado desportivo teve expressão no apoio dos monçanenses ao clube, mostrando um envolvimento fantástico e crescente dos monçanenses à medida que a época se aproximava do fim. Neste percurso, houve momentos de grande emoção que tive o privilégio de presenciar e que nunca mais vou esquecer.

Felicito os jogadores, técnicos e diretores por escreverem esta página dourada na história do clube. Deixo uma palavra de enorme gratidão aos adeptos e simpatizantes por estarem, sentirem, cantarem e gritarem o nome do clube e da terra nos diversos campos onde jogamos. Foram o 12 jogador. Foram inexcedíveis. Obrigado”

António Barbosa

Presidente da Câmara Municipal de Monção

PONTE DE LIMA: Art’in LIMA ABRE AO PÚBLICO

2 de julho – 16h30

É já no próximo sábado, dia 2 de julho, que abre a Mostra de Arte Contemporânea Art'In Lima, este ano consagrada aos Elementos Naturais. A cerimónia de abertura terá lugar na Capela das Pereiras, às 16h30.

O Museu dos Terceiros, o Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde e a Torre da Cadeia Velha são outros dos edifícios históricos de Ponte de Lima que vão acolher a exposição. Até 25 de setembro estarão patentes ao público 120 obras em representação de cerca de 80 artistas, nacionais e internacionais, que lançam ao olhar do público muitos dos seus trabalhos mais recentes, em domínios tão múltiplos como a pintura, o desenho, a fotografia, o vídeo a escultura e a instalação de arte.

Continua a aposta do Município em fazer de Ponte de Lima um importante ponto de encontro para a arte contemporânea, transformando o Centro Histórico desta importante vila num espaço para onde convergem muitas das últimas tendências da criação artística.

O público que vai acorrer a Ponte de Lima nos próximos meses terá neste evento mais uma relevante manifestação da vasta e diversificada oferta cultural do Município de Ponte de Lima.

AIL2022_cartaz-A3.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

Camara Municipal r.jpg

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 23 DE JUNHO DE 2022

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

No Período antes da Ordem do dia, o Sr. Presidente informou que a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez esteve em Bruxelas a participar no maior certame de promoção de produtos locais da União Europeia, “O Melhor de Portugal", organizada pela CAP – Confederação de Agricultores de Portugal.

De igual modo deu nota que se irá realizar no próximo dia 30 de junho, pelas 14h30, no Centro Municipal de Informação e Turismo um Encontro de Negócios e Networking, da Rede Global da Diáspora, em conjunto com a CEVAL.

Também informou que esteve em Arcos de Valdevez um grupo de professores de Marvila, numa iniciativa realizada em parceria pela Casa do Concelho de Arcos de Valdevez em Lisboa e pela Junta de Freguesia de Marvila;

Também informou que foi aprovado o Plano de Ação conjunto para a Reserva Mundial da Biosfera e o Plano de Cogestão, os quais vão entrar em consulta pública;

O sr. Presidente também informou a Câmara da programação dos festejos do S. João, a qual engloba a realização das Marchas Sanjoaninas, atuações musicais e fogo de artifício;

Informou igualmente que iria ter lugar no dia 25 de junho o torneio de Touch Rugby;

Felicitou o Arcos Fut pela forma positiva como decorreu no Pavilhão Municipal, a quarta concentração de futsal distrital, a qual juntou cerca de duzentas crianças, cem dirigentes e treinadores e uma assistência de aproximadamente duzentas pessoas, entre familiares e aficionados deste desporto, numa organização conjunta entre a Associação de Futebol de Viana do Castelo, a associação ARCAS Futsal e o Município dos Arcos de Valdevez.

Pedido de abertura de procedimento de concurso publico com vista À aquisição de serviços para realização de circuitos especiais: foi autorizada a abertura de procedimento concursal com vista à aquisição de serviços para a realização de 27 circuitos especiais de transporte escolar, distribuídos por 14 lotes, pelo preço base de 247 975,00€ e um período correspondente ao ano letivo 2022/2023.

PEDIDO DE RECONHECIMENTO DO DIREITO à ISENÇÃO DE IMt - IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE A TRANSMIssÃO ONEROSA DE IMÓVEIS, de acordo com o regulamento municipal para concessão de incentivos à habitação em arcos de valdevez: foram reconhecidos 4 pedidos de direito à isenção total do Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) na aquisição de imóvel destinado a habitação própria e permanente.

PedidoS de apoio económico – RSI: foram autorizados 12 pedidos de atribuição de subsídio de carência, no montante global de 1 435,16.

PEDIDOS DE APOIO SAAS: foram aprovados três pedidos, no valor global de 371,61.

APOIOS FINANCEIROS ÀS INSTITUIÇÕES PARTICULARES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL: foi aprovada a proposta de atribuição de apoios financeiros às Instituições Particulares de Solidariedade Social, no total de 42.500,00 Euros.

Pedido de apoio para funcionamento das creches do concelho – ANO LETIVO 2021/2022: a Câmara aprovou a atribuição dos apoios financeiros propostos de 17.820,00 Euros, à Santa Casa da Misericórdia de Arcos de Valdevez; de 2.970,00 Euros ao Centro Social e Paroquial de Arcos de Valdevez; e de 6.270,00 Euros ao Centro Paroquial e Social de Guilhadeses, a formalizar por protocolos de colaboração.

PEDIDO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO CONCURSAL: EMPREITADA DE "EXPANSÃO DA REDE DE SANEAMENTO A SUDOESTE: SANTAR/SOUTO/TABAÇÔ": foi aprovada a abertura de procedimento pelo preço base de 1.150.000,00 euros, e prazo contratual de 240 dias;

Construção de Muro de Suporte e Vedação no Estádio Municipal da Coutada: foi aprovado o auto de consignação da empreitada referida em epígrafe, adjudicada à empresa NRNG, Lda., pelo valor de 36.884,23 euros e prazo de execução de 60 dias.

Reabilitação de Espaço Urbano – Rua da Cepa (EN303): foi aprovado dar início ao procedimento concursal pelo preço base de 61.000,00 Euros

RECUPERAÇÃO DA DERROCADA DE SISTELO - ARCOS DE VALDEVEZ | AUTO DE CONSIGNAÇÃO: foi aprovado o auto de consignação da empreitada referida em epígrafe, adjudicada à empresa Restradas – Revitalização de estradas do Norte, Lda., pelo valor de 889.994,28 euros e prazo de execução de 70 dias.

PEDIDO DE Autorização de abertura de procedimento concursal para recrutamento de um técnico superior para a Contabilidade: foi autorizada a abertura de procedimento concursal para o recrutamento, por tempo indeterminado, de 1 técnico superior para a Contabilidade.

PEDIDO DE PAGAMENTO DE INCENTIVO FINANCEIRO – PROGRAMA PROCOM 2021: foi aprovado um 1º pedido de pagamento de incentivo financeiro, no âmbito da candidatura ao Programa PROCOM no valor de 3 749,95€.

"Aquisição de serviços de limpeza e remoção de resíduos da Praia do Pontilhão da Valeta e zona envolvente, limpeza e desinfeção dos sanitários de apoio à Praia, da via e espaço envolvente desde a Ponte do Toural até Ponte das Piscinas Municipais - Época balnear 2022": foi aprovada a abertura de procedimento pelo preço base de 7.000,00 euros; e prazo de vigência: de 17 de junho de 2022 a 10 de setembro de 2022;

PLANO DE PORMENOR do Parque Empresarial de Paçô - 3ª Revisão - 3ª ALTERAÇÃO: Após período de consulta pública foi deliberado aprovar o processo.

CONSOLIDAÇÃO ESTRUTURAL DO PARQUE EMPRESARIAL DE PAÇÔ: foi aprovado o plano de trabalhos ajustado às modificações aprovadas em reunião da Câmara Municipal de 09/06/2022 e o correspondente plano de pagamentos.

APOIOS

Foi aprovado atribuir à Associação FOLIA - Associação de Festas de Arcos de Valdevez, um apoio económico no valor de 160.000,00 euros para apoiar a realização das festividades no ano 2022, nomeadamente o S. João da Valeta, as Festas de Nossa Senhora da Lapa e a Passagem de Ano.

Requalificação de Percursos pedonais e Zonas de Estacionamento ARCOS (S. PAIO E GIELA) - pedido de liberação de cauções: foi aprovada a homologação do auto e a liberação da caução.

Reabilitação da Cobertura e Fachadas do Bloco4 da EB2,3/S e Reabilitação da Cobertura do Pavilhão Desportivo do Centro Escolar de Sabadim: - foi aprovada a homologação do auto e a liberação da caução.

Execução de caixilharia e estores do Bloco 4 da EB2,3/S: foi aprovada a homologação do auto e a liberação da caução.

Reabilitação de Revestimentos Interiores e Caixilharias do Pavilhão Desportivo: foi aprovada a homologação do auto e a liberação da caução.

CENTRO INTERPRETATIVO DO SOAJO - Alteração e adaptação funcional de edifício: foi aprovado o valor definitivo da revisão de preços dos autos de medição n.º 1 a 9 da obra supracitada no valor de 2.185,83 euros.

Espaço Valdevez - Conteúdos, Equipamentos Tecnológicos, Interpretativos e Museografia - Reestruturação de infraestruturas técnicas de suporte: foi aprovado o auto de vistoria para efeitos de receção provisória da empreitada referida em epígrafe.

Reabilitação, Construção e Beneficiação de Vias Municipais (Bloco A) - Alargamento e Pavimentação do Caminho de Vila Nova, Penagude e S. Martinho (Aguiã): foi aprovado o auto de vistoria para efeitos de receção provisória, da empreitada referida em epígrafe.

Reabilitação, Construção e Beneficiação de Vias Municipais - Construção de Muros de Suporte: foi aprovado o auto de vistoria para efeitos de receção provisória, da empreitada referida em epígrafe.

Reabilitação, Construção e Beneficiação de Vias Municipais - Obras de Alargamento e Pavimentação - Lote 3: foi aprovado o auto de vistoria para efeitos de receção provisória, da empreitada referida em epígrafe.

MUNICÍPIO ARCUENSE MELHORA EFICÁCIA E DESEMPENHO

Arcos de Valdevez subiu nos rankings nacional, regional e distrital, no “Portugal City Branding Ranking© 2022”

Arcos de Valdevez destaca-se na avaliação do estudo “Portugal City Branding Ranking© 2022, da Consultora Bloom Consulting, com o melhor posicionamento dos últimos anos, contribuindo para estes resultados, uma dinâmica positiva nas dimensões visitar e negócios.

portugal-city-branding.png

Nesta nova edição do estudo destacamos a grande subida de Arcos de Valdevez de entre os municípios do TOP 30 regional, conseguindo subir 4 posições, estando na 28ª posição, em 86 municípios. Também marcou posição no ranking nacional, alcançando a 77ª posição, em 308 municípios, com a subida de 11 posições.

Estas posições refletem o empenho e o trabalho levado a cabo pela Autarquia e pelos seus colaboradores, parceiros locais e os arcuenses na promoção do concelho e das suas potencialidades, na concretização de investimento e na criação de oportunidades, indispensáveis à construção de um futuro sustentável para Arcos de Valdevez.

O Portugal City Branding Ranking é um estudo de periodicidade anual, desenvolvido pela empresa Bloom Consulting que, tem vindo a medir desempenho e eficácia da marca dos 308 Municípios Portugueses, nas dimensões viver, visitar e negócios, nomeadamente na captação e atração de novos investimentos, na consolidação do setor do turismo, na fixação de talento e novos residentes e na melhoria da qualidade de vida.

BANDA DESENHADA “O REINO DO ALVARINHO” APRESENTADA NA FNAC DO BRAGA PARQUE

Lançado o primeiro volume de um conjunto de três que, através de histórias ilustradas, convidam à descoberta desta casta elegante e singular e do território que lhe confere alma e corpo.

fnac.jpg

A Câmara Municipal de Monção, representada pelos vereadores Agostinho Correia e Daniela Fernandes, e a agência de comunicação Marka Branka, com Márcio da Rocha, Fábio Alves e Rafael Pereira, apresentaram, no passado domingo, ao final da tarde, na Loja FNAC do Braga Parque, a banda desenhada “O Reino do Alvarinho”.

Lançada em parceria com a Editora Zero a Oito, a banda desenhada é dedicada à promoção e valorização da Feira do Alvarinho de Monção, com regresso marcado para o próximo fim de semana, 1, 2 e 3 de julho, bem como, às restantes maravilhas que fazem parte deste território fascinante e lendário.

São três volumes que, através de histórias ilustradas, pretendem incentivar o gosto pela leitura, promover os valores que nos distinguem, alargar o conhecimento da nossa identidade cultural e convidar à descoberta da nossa região. De momento, foi lançado o volume 1 “A Origem”.

A apresentação da banda desenhada foi complementada com a exposição da coleção exclusiva de peluches, tendo os presentes, em particular as crianças, evidenciado interesse e curiosidade com o Coquinhas, Capitão Lampreia, Dona Rosca, João da Raya e “A Maravilha”.

O périplo pelas FNAC’s do país, para apresentar “O Reino do Alvarinho”, vai continuar, sendo as novas datas e locais comunicados brevemente. Refira-se ainda que, na edição deste ano da Feira do Alvarinho, haverá uma Loja Oficial, onde poderá ser adquirida uma vasta gama de merchandising.

MONÇÃO APRESENTA APLICAÇÃO TURÍSTICA TRAVIZCO

Projetando uma dimensão global, Monção é o primeiro município a aderir à plataforma digital.

A Travizco, aplicação turística para Android e IOS da empresa Impact Zero Solutions, Lda, é uma marca registada a nível europeu, em quatro idiomas (português, francês, inglês e castelhano), com informação em texto e áudio, estando preparada para o processo de internacionalização, de forma a chegar ao maior número de países.

monçmon (3).JPG

Monção é o primeiro município a aderir aquela plataforma digital inovadora e inclusiva. A apresentação decorreu ontem, segunda-feira, no Núcleo Museológico Torre de Lapela, contando com a presença do autarca monçanense, António Barbosa, do CEO da Impact Zero Solutions, Lda, Bernardo Machado, bem como do representante do Porto e Norte de Portugal, Inácio Ribeiro, e do Alcalde de As Neves, Xose Manuel Mendez.

Para António Barbosa, a aplicação constituirá “um facilitador de visitação ao nosso território”, promovendo “tudo aquilo que temos para oferecer”, de uma forma “gratuita, inovadora e pormenorizada”, captando a “atenção, interesse e curiosidade dos visitantes”.

Nesta aplicação com potencial extraordinário, adiantou António Barbosa, “as portas do concelho estarão abertas ao visitante durante as 24 horas”, permitindo “uma vantagem turística elevada para o nosso território que, desta forma, passa a ter uma maior visibilidade e notoriedade”.

“Além do toda a informação disponível na aplicação, existe ainda a opção do QR Code, em meia centena de monumentos do nosso concelho, e a possibilidade de incorporar eventos com duração limitada como, por exemplo, a Feira do Alvarinho de Monção” acrescentou.

Plataforma inovadora e integradora

Apontando como objetivo transformar a Travizco numa marca global, António Machado destacou a “componente altamente inovadora da plataforma”, que garante “pesquisar na aplicação, usar o leitor de códigos QR e fazer visitas em modo exploratório e automático”.

António Machado realçou a vantagem da Travizco ser a única aplicação com a opção “mãos livres”, possibilitando o seu funcionamento como áudio guia, isto é, sempre que o visitante se aproximar de um ponto de interesse, a aplicação, automaticamente, começa a contar a sua história.

Aberta a todas as instituições e empresas que queiram promover-se num contexto agregador e inclusivo, o CEO da Impact Zero Solutions, Lda, tem uma estratégia bem definida para a empresa, querendo fazer desta uma referência mundial: “a médio prazo, o nosso objetivo é que quando alguém pensar em turismo, pense, instantaneamente, no nome Travizco”.

monçmon (1).JPG

monçmon (2).JPG

VIANA DO CASTELO EXPÕE "AS PEGADAS DO CAMINHO DE SANTIAGO DO BARBANZA: A ORIXE”

Centro Interpretativo do Caminho Português da Costa acolhe exposição "As pegadas do Caminho de Santiago do Barbanza: A Orixe"

O Centro Interpretativo do Caminho Português da Costa de Viana do Castelo acolhe, de 9 de julho até finais de setembro, a exposição "As pegadas do caminho de Santiago do Barbanza: A Orixe". Esta mostra visa fomentar o conhecimento de toda esta riqueza monumental, natural e antrópica entre a população e para incentivar a sua vivência prática.

9_julho_a_setembro_as_pegadas_do_camino_de_santiago_no_barbanza.jpg

A exposição, concebida com formato visual diáfano e de instalação singela, foi organizada pela Associação RelaxArt de Viana do Castelo e pela Asociación Amigos do Camiño de Santiago do Barbanza “A Orixe”, com sede em A Pobra do Caraminãl – Galiza, para a promoção e divulgação deste caminho.

Assim, a mostra é composta por 24 painéis com conteúdos onde estão reproduzidas imagens fotográficas a cores e breves textos explicativos.

A abertura da exposição, agendada para as 15h00 de 9 de julho, conta já com a confirmação de diversas entidades portuguesas e espanholas.

O Caminho de Santiago do Barbanza: A Orixe corresponde a uma nova Rota Jacobina que revive a chegada do Apóstolo às terras galegas. Este é um percurso de cerca de 120 quilómetros que liga o farol de Corrubedo (Ribeira) a Santiago de Compostela através de 6 etapas, percorrendo inteiramente a Galiza.

O peregrino parte do farol de Corrubedo, local único onde o Oceano Atlântico é protagonista, e depois entra na ria de Arousa, passando por cidades e vilas costeiras como a Ribeira, A Pobra do Caramiñal, Boiro ou Rianxo até se ligar ao Caminho Português para alcançar Padrón.

O nome deste caminho para Santiago, “A Orixe”, em português "A Origem", baseia-se na história da chegada do Apóstolo à Galiza da Terra Santa. Conta que o corpo de Santiago O Maior foi trazido da Palestina pelos seus discípulos Teodoro e Atanasio num barco de pedra e que a sua viagem terminou navegando rio acima pela Ria de Arousa e pelo Río Ulla.

PÓVOA DE LANHOSO APRESENTA ESPETÁCULO “SOMOS PÓVOA, MARIA!”

No próximo dia 1 de julho, sexta-feira, a Praça Eng. Armando Rodrigues, na Vila da Póvoa de Lanhoso, acolhe o espetáculo “Somos Póvoa, Maria!”, no âmbito da VI Mostra de Teatro.

Ensaios da VI Mostra de Teatro (1).jpg

Esta iniciativa pretende partilhar com a comunidade e dar visibilidade ao trabalho de formação que é efetuado ao longo do ano pelas oficinas de teatro do Theatro Club. O início está marcado para as 21h45 e a entrada é livre, sem necessidade de marcação. Este espetáculo decorre ao ar livre.

Criada em época de pandemia, a produção "Somos Póvoa, Maria!” só agora pode subir a palco. Não se trata de uma “peça de teatro”, mas de uma celebração, que é também uma experiência de criatividade. É um exercício na arte do “criar”, pois formandos e formandas contribuíram com perguntas, provocações, ideias, pedaços de texto, palavras, formas, sentimentos… Por isso, este é um espetáculo também deles e delas.

“Somos Póvoa, Maria!” é uma evocação do passado, simbolicamente em género de provocação do nosso presente coletivo: se a Maria da Fonte foi o que foi, quem somos nós, hoje?

Com frequência gratuita, as oficinas de teatro do Theatro Club são promovidas pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e abrangem pessoas de diferentes faixas etárias.

Ensaios da VI Mostra de Teatro (2).jpg

ALUNOS DE ESPOSENDE PREMIADOS NO CONCURSO DE DESENHO INFANTIL DA FUNDAÇÃO MOA

215 alunos do 4.º ano do ensino básico das escolas do concelho de Esposende participaram na segunda edição do Concurso de Desenho Infantil da Fundação MOA, iniciativa que contou com o apoio do Município de Esposende e da Esposende Ambiente e a colaboração da Saúde Escolar da UCC ConVidaSaúde/ACES Cávado III Barcelos/Esposende.

1.º prémio.jpg

Tendo como propósito contribuir para a promoção da Educação Artística, um dos pilares de trabalho do Departamento de Arte e Cultura da Fundação MOA, o certame enquadra-se nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU e integra o Plano de Atividades do Programa de Educação para a Sustentabilidade 2021/2022 da Esposende Ambiente.

Participaram nesta edição o Centro Escolar de Forjães e as Escolas Básicas de Belinho, de Mar e de Pinhote-Marinhas, do Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio; e as Escolas Básicas António Correia de Oliveira-Esposende, de Apúlia, do Facho-Apúlia, de Fonte Boa, de Gandra, de Barral-Palmeira de Faro e o Centro Escolar de Fão, do Agrupamento de Escolas António Correia de Oliveira.

A avaliação dos trabalhos esteve a cargo de um júri composto por representantes da Fundação MOA, da UCC ComVidaSaúde/ACES Cávado III Barcelos/Esposende, do Município de Esposende, da Esposende Ambiente e de um artista mestre em ilustração, tendo sido premiados os três melhores trabalhos e atribuídas sete menções honrosas. Os três vencedores receberam um cheque-oferta no valor de 75, 50 e 30 euros, respetivamente, e os alunos distinguidos foram agraciados com prémios de participação.

A grande vencedora foi Ema Cruz, da EB António Correia de Oliveira, pelo trabalho “Bailarina Mágica”, o 2.º prémio coube a Dilan Gonçalves, da EB de Barral-Palmeira de Faro, pelo desenho “O ambiente”, e Ivo Sá, do Centro Escolar de Fão, conquistou o 3.º lugar com o trabalho “A invasão”. Quanto às menções honrosas, foram atribuídas a Santiago Santos (EB António Correia de Oliveira), João Escrivães (EB de Fonte Boa), Francisca Santos (EB de Pinhote), Diogo Marques (EB de Belinho), Eva Faria (EB António Correia de Oliveira), Ana Marta Maciel (EB de Barral) e Santiago Barbosa (EB de Mar).

Refira-se que o trabalho da vencedora do 1.º prémio vai integrar o concurso internacional, que decorrerá na sede da Fundação MOA, no Japão.

A entrega dos prémios decorreu no Centro de Educação Ambiental, com a presença de Tatsuya Kanda, da Fundação MOA Portugal, Alexandra Roeger, Vice-presidente do Município de Esposende, Paulo Marques, Presidente do Conselho de Administração da Esposende Ambiente, e Leonor Rosa, enfermeira da UCC ConVida Saúde. Para além dos alunos e respetivos pais, a sessão contou também com a participação dos professores que dinamizaram este concurso junto das suas turmas.

prémios Fundação MOA (1).jpg

prémios Fundação MOA (2).jpg

RALI DE VIANA DO CASTELO VOLTA À ESTRADA

10º Rali de Viana do Castelo a 8 e 9 de julho com 9 competições em disputa

A 10ª edição do Rali de Viana do Castelo está marcada para dias 8 e 9 de julho e destaca-se por um número recorde de competições em disputa, já que serão nove provas a competição. De acordo com a organização, são esperados pelo menos uma dezena de participações vianenses, tendo o rali cerca de 80 pilotos assegurados.

ABELO3334 2.jpg

O rali é comemorativo de uma década de existência e o CAST - Clube Automóvel de Santo Tirso e a Câmara Municipal de Viana do Castelo trazem algumas novidades: uma nova classificativa (Mujães / Geraz do Lima com 9 quilómetros de extensão), a super-especial pela primeira vez será disputada nos arruamentos da cidade junto ao Campo da Agonia, o parque de assistência ficará no estacionamento junto ao navio Gil Eanes, parque de assistência no Parque de Estacionamento junto ao Gil Eannes e parque fechado da prova no Forte Santiago da Barra.

Assim, a super-especial acontece dia 8 de julho, sexta-feira, entre as 21h00 e as 23h00 e serão instaladas três bancadas de entrada gratuita no Campo d’Agonia para assistência. A super-especial acontece entre o Santuário da Senhora da Agonia e a Avenida do Campo do Castelo, apelando-se ao público para que cumpra todas as condições de segurança.

Em conferência de imprensa de apresentação da prova, o Vereador do Desporto, Ricardo Rego, afirmou que “esta é uma prova que diz muito aos vianenses” e que o Município quer “manter e reforçar”. “Este ano temos duas novidades no Rali de Viana. São experiências que vamos fazer e verificar se devemos dar-lhes continuidade ou não. Assim, vamos alargar o Rali de Viana em termos de território, descentralizar o evento, entrando em Subportela, Deocriste, Mujães e Geraz do Lima, com uma etapa nestas freguesias. A outra novidade tem a ver com a super-especial que se vai realizar em moldes totalmente distintos. Vamos trazer a super-especial para o centro da cidade, com um troço no Campo d’Agonia”, desvendou o responsável, dizendo acreditar que esta novidade será “mais motivadora” para os espetadores.

Ricardo Rego assegurou que esta novidade “vai abrir o Rali à cidade e trazer mais gente”, insistindo na necessidade de sensibilizar a população para o cumprimento das normas de segurança. “Estamos a trabalhar com as forças de segurança para garantir todos os perímetros de segurança necessários e também estamos a tentar que a prova seja revestida de alguma animação no Campo d’Agonia”, indicou, dizendo que esta super-especial vai permitir aos vianenses e visitantes “estar mais perto da prova e ver os carros de perto”, em bancadas de acesso gratuito.

Carlos Guimarães, do Clube Automóvel de Santo Tirso, afirmou que “viramos o figurino do rali” por vontade da autarquia, do clube e até dos pilotos. “Penso que fizemos uma nova PEC muito interessante na zona de Mujães, Deocriste e Geraz do Lima. Ainda agora passei lá e de cada vez que passo lá ainda gosto mais do percurso e penso que os pilotos irão sentir o mesmo”, declarou.

De acordo com o responsável, a super-especial no Campo d’Agonia, à noite, será muito apelativa para pilotos e público. “A super-especial sai do parque do Gil Eannes e vem mesmo para a cidade, onde certamente teremos muitas mais oportunidades para o público poder ver a prova. Ali temos uma zona larga, uma zona com segurança total para os espetadores e para os pilotos poderem dar espetáculo, deixando-nos a todos mais descansados no centro operacional”, indicou o representante do CAST.

Assim, o percurso do Rali de Viana tem 10 provas Especiais de Classificação num total de 263,4km, dos quais 77,2km são cronometrados. As inscrições decorrem até ao dia 1 de julho. O Rali de Viana pontua para o Campeonato de Portugal de GT Ralis, Campeonato de Portugal de Classicos de Ralis, Campeonato de Portugal Junior de Ralis, Campeonato Promo de Ralis, terá uma Prova Extra e tem ainda o aliciante de pontuar para a Toyota Gazoo Racing Iberian Cup e para o FPAK Junior Team.

Os campeonatos nacionais não são uma novidade, mas este ano a estreia acontece com o novo Campeonato Promo de Ralis, uma competição a nível nacional destinado aos veículos de quatro rodas motrizes sem homologação ou com homologação caducada.

Também a uma competição ibérica Toyota Gazoo Racing Iberian Cup é uma novidade desta edição. A prova é organizada pelos importadores português e espanhol da marca japonesa, tendo como base o pequeno Toyota GR Yaris com motor de 3 cilindros, 1600cc e 261cv de potência, contando com um calendário de oito provas (quatro em cada país) e o Rali de Viana do Castelo será a quinta ronda da temporada.

O FPAK Junior Team apresenta-se como um troféu para jovens pilotos com base no Kia Picanto GT, tendo já sido assegurada a participação de um piloto vianense.

Programa do 10º Rali de Viana do Castelo

Sexta - 8 de Julho

20.30h - Partida (Av de Figueiredo - Praia Norte)

21.03h - PEC 1 - SE Viana do Castelo

22.13h - Final da secção (Av de Figueiredo - Praia Norte)

Sábado - 9 de Julho

09.00h - Partida (Av de Figueiredo - Praia Norte)

09.58h - PEC 2 - Mujães / Geraz do Lima 1

10.36h - PEC 3 - S. Salvador da Torre / Amonde 1

11.34h - PEC 4 - Mujães / Geraz do Lima 2

12.12h - PEC 5 - S. Salvador da Torre / Amonde 2

13.02h - Reagrupamento - Viana do Castelo

14.55h - PEC 6 - S. Salvador da Torre / Amonde 3

15.28h - PEC 7 - Montaria 1

16.11h - PEC 8 - Outeiro 1

16.59h - PEC 9 - Montaria 2

17.42h - PEC 10 - Outeiro 2

18.42h - Final do Rali

19.00h - Entrega de prémios (Avenida de Figueiredo - Praia Norte)

ABELO3415 2.jpg

MAIS DE 1800 ARTIGOS RÚSTICOS FORAM GEORREFERENCIADOS ATRAVÉS DO BUPi EM AMARES EM 9 MESES

Identifique e registe os seus terrenos de forma simples e gratuita

Após 9 meses de adesão ao BUPI (Balcão Único do Prédio), já foram georreferenciados 1831 artigos rústicos, no total de aproximadamente 15 mil prédios rústicos existentes no concelho de Amares. O BUPi é uma plataforma online, que dispõe também de um balcão de atendimento presencial, que reúne informação sobre as propriedades e os seus donos, e onde os proprietários podem fazer a georreferenciação e o registo dos seus terrenos, de forma simples e gratuita.

BUPi.jpg

Este serviço permite a cada proprietário proteger e valorizar essas propriedades, através de um melhor planeamento e gestão sustentável do território que resultam, entre outras vantagens, numa maior prevenção de incêndios.

BUPi com atendimento descentralizado nas freguesias

O Município de Amares aderiu ao Cadastro Simplificado da propriedade rústica em outubro de 2021 e, na sequência desta adesão, tem de cartografar 15 mil prédios até final de 2022. Para facilitar o acesso aos proprietários, foi organizado um cronograma de visitas às freguesias nas instalações das juntas de freguesia.

Para mais informações, contacte a Câmara Municipal de Amares através do telefone: 253 991 330 ou via correio eletrónico: bupi@municipioamares.pt.

BUPi passo a passo

Reúna os seus documentos: Cartão de Cidadão do Promotor Caderneta Predial (Autoridade Tributária e Aduaneira - Finanças) e outros documentos comprovativos de titularidade da propriedade, como uma escritura de compra e venda, habilitação de herdeiros ou decisão judicial;

Desenhe o seu terreno: No balcão BUPi, com a ajuda de um técnico, ou no site bupi.gov.pt, vai poder desenhar um polígono que representa os limites do seu terreno no mapa;

Conclua o processo de registo: O polígono do seu prédio será anexado ao registo predial existente. Caso não exista ou precise de ser atualizado, poderá dar início ao novo processo de registo de forma totalmente gratuita. E já está.

Porque deve registar? - Para garantir os seus direitos de propriedade.

- A inscrição dos terrenos nas Finanças (Autoridade Tributária e Aduaneira) não é suficiente para garantir a proteção dos seus direitos de propriedade. Para isso precisa de fazer o registo na Conservatória do Registo Predial, que será gratuito ao apresentar a localização da sua propriedade, obtida através do BUPi.

- Porque o registo na Conservatória é obrigatório quando se pretende comprar ou vender um terreno.

- Para ajudar na gestão do território rústico português, contribuindo para a prevenção de incêndios no nosso país. - Porque pode fazê-lo de forma gratuita, se apresentar a representação gráfica georreferenciada obtida através do BUPi, pelo período de 4 anos a contar da data de adesão do município ao BUPi.

“ARES DE VERÃO” TRAZEM DIAS INTENSOS DE CULTURA À CIDADE DE BRAGA

Feira do Livro e Mimarte arrancam já na Sexta-feira,1 de julho

Este Verão, a Cidade de Braga transforma-se numa sala de espetáculos ao ar livre e as ruas em palcos de Cultura. Concertos, livros, teatro, música, novo circo, folclore, cinema, dança são apenas algumas das iniciativas que integram os “Ares de Verão”, uma programação cultural para desfrutar nos meses de julho e agosto nas praças, jardins e espaços públicos de Braga. A programação arranca já esta Sexta-feira, dia 1, com a Feira do Livro de Braga e do Mimarte – Festival de Teatro de Braga.

CMB28062022SERGIOFREITAS002151389755.jpg

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, refere que o “Ares de Verão” é uma “programação cultural muito diversificada, para todos os públicos e de acesso completamente gratuito”.

“Este programa junta algumas iniciativas já tradicionais do calendário cultural da Cidade, mas traz também novidades sob a capa “Ares de Verão”, ares que convidam a vir à rua e a encontrar-se em duas grandes praças da Cidade, nomeadamente na Praça Municipal e na Avenida Central”, explicou Ricardo Rio, na apresentação da programação que decorreu esta Terça-feira, 28 de junho, no Parque da Ponte.

Para o Autarca, a “capitalidade cultural não se faz apenas com o título e com grandes eventos de massas”, faz-se também com este esforço de “dar espaço à criatividade das diversas formas de expressão artística dos protagonistas locais e de os pôr em contacto com o público”.

O primeiro evento deste calendário é a Feira do Livro de Braga que regressa às ruas da Cidade e que evocará Maria Ondina Braga e José Saramago. Organizada pelo Município e pela InvestBraga, esta 31.ª edição inclui conversas com escritores como João Luís Barreto Guimarães (vencedor do Grande Prémio de Literatura dst 2022), José Eduardo Agualusa, Mário Cláudio ou Margarida Rebelo Pinto. De destacar a vinda a Braga de David Satter, jornalista e historiador norte-americano, eminente analista da realidade russa desde o período soviético, que apresentará o seu livro “Quanto menos Soubermos, Melhor Dormimos”, recentemente editado em Portugal.

O programa prevê a apresentação de 42 livros e revistas e contará com a presença de 22 livreiros e alfarrabistas. Destaque ainda para o Grande Prémio de Literatura dst que será entregue no dia 2 de julho, pelas 21h30, no Theatro Circo, uma iniciativa da dst, mecenas da Feira do Livro de Braga. Toda a programação da Feira do Livro de Braga está disponível em https://feiradolivro.cm-braga.pt/

Outro dos regressos ao calendário cultural da Cidade é o Mimarte – Festival de Teatro de Braga, que terá como palco a Praça Municipal. Este ano, o evento conta com nove propostas teatrais nacionais e internacionais, que vão da comédia ao drama, passando pelo cruzamento com outras disciplinas artísticas como a dança e o novo circo, numa relação de grande proximidade com o espectador.

Do Mimarte, destaque para a estreia do espetáculo “NorthernLights”, a 4 de julho, com artistas ucranianos, que se encontram em residência artística em Braga. Trata-se de uma parceria com a Companhia de Teatro de Braga e com a dst. O espetáculo contará com legendagem em Língua Portuguesa. O programa completo do Mimarte pode ser consultado através do link: https://bit.ly/3a03FMq

Blues, folclore e limonada

Outro dos eventos do “Ares de Verão” é o Braga Blues, que terá lugar nos dias 16 e 17 de julho, às 21h30, na Praça Municipal. Nos dias 29, 30 e 31 de julho, Braga volta a ser ponto de encontro multicultural com a realização do Festival Internacional de Folclore. A praça Municipal irá receber grupos da Índia, Senegal, Roménia, México, Ucrânia e Polónia. Braga far-se-á representar com a imponência do folclore do Baixo Minho.

Já no mês de agosto, o grande destaque vai para o festival Limonada. Trata-se de um ciclo de sete concertos que acontecerá de 15 a 21 de agosto, na Avenida Central, exclusivamente por bandas da cidade. Esta iniciativa visa a promoção dos grupos musicais da Cidade, proporcionando-lhes a oportunidade de se apresentarem aos seus conterrâneos num ambiente descontraído, jovem, divertido e urbano. Este ciclo de concertos terá uma vertente solidária, com a venda de Limonada pelo Instituto D. João Novais e Sousa. Todos os fundos angariados reverterão para o projeto musical que é desenvolvido por esta instituição Bracarense.

O “Ares de Verão” inclui, ainda, o Noroeste - Festival de Música Contemporânea de Raiz que nasceu no âmbito da programação do Braga 2021 - Capital da Cultura do Eixo Atlântico, numa parceria com a Arca de Sons – Associação Cultural.

Depois de uma primeira edição, que decorreu no Altice Forum Braga devido à pandemia, o evento regressa à ideia original de festival de rua, tendo como palco principal a Avenida Central.

Toda a informação sobre os eventos está disponível em www.cm-braga.pt

CMB28062022SERGIOFREITAS002151389768.jpg

CMB28062022SERGIOFREITAS002151389767.jpg

CMB28062022SERGIOFREITAS002151389752.jpg