Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CABECEIRAS DE BASTO FESTEJA 44 ANOS DO 25 DE ABRIL COM ATIVIDADES QUE EVOCAM A LIBERDADE

Diversas iniciativas assinalaram hoje as Comemorações Municipais do 25 de Abril . O dia começou, no edifício dos Paços do Concelho, com a cerimónia do Hastear da Bandeira Nacional com guarda de honra dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses, a que se seguiu a Sessão Solene da Assembleia Municipal evocativa dos 44 anos da revolução dos cravos, ‘momento alto’ da efeméride. As comemorações que tiveram início no passado dia 20 de abril, foram organizadas pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e contaram com a participação do CTCMCB - Centro de Teatro, a colaboração da Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto (ADIB) e da Banda Cabeceirense e com o apoio da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses.

Sessão Solene da Assembleia Municipal

Para além das provas desportivas que decorreram durante a manhã, o 25 de Abril ficou ainda marcado pela inauguração da Pintura Mural ‘O teu nome pela Liberdade’ e pelo Concerto da Banda Cabeceirense.

Na sessão solene da Assembleia Municipal, presidida pelo Eng. Joaquim Barreto, para além dos membros deste órgão deliberativo, participaram o presidente da Câmara e vereadores, representantes das forças políticas, presidentes de Junta de Freguesia, entre outras entidades civis do concelho.

Na sua intervenção, o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, lembrou que “o 25 de abril foi o início de um novo futuro e um novo recomeço. Uma ponte entre um passado de apagada e vil tristeza, como disse o poeta Camões, e um futuro de esperança”. E continuou “o 25 de abril foi história, objetivo, sonho, esperança, liberdade e futuro. História de que muito nos orgulhamos, objetivo que rapidamente envolveu o povo, sonho de um mundo melhor, esperança num amanhã mais justo e mais fraterno e liberdade que exige responsabilidade de todos”.

Nas suas palavras, o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, sublinhou que “é inevitável reconhecer que o poder local democrático foi, desde Abril de 1974, um exemplo do sucesso da democracia, pela sua capacidade de promover a participação cívica e a vivência democrática. O nosso poder local democrático, pela sua proximidade às pessoas, fornece serviços, constrói infraestruturas e dinamiza atividades que conduzem ao bem-estar social e à consequente melhoria da qualidade de vida. O poder local democrático é desde então, um agente ativo na construção e na adaptação de modelos de ordenamento do território revelando-se também, de grande relevância nas dinâmicas empresariais”. Joaquim Barreto disse, ainda, que “celebrar Abril, é também continuar a lutar contra o branqueamento de um passado recente da nossa história. É evocar os audazes Capitães de Abril e todos aqueles, homens e mulheres, que na ânsia da liberdade, lutaram singular ou coletivamente em prol de nobres ideais e valores”. A este propósito, o presidente da Assembleia lembrou José Guilherme de Sousa, figura marcante na história da luta antifascista em Cabeceiras de Basto e no país, “um conterrâneo do Arco de Baúlhe, que combateu o regime de Salazar por mais de 20 anos”.

Em representação da Bancada Municipal do PS, Domingos Machado afirmou que “após 44 anos as mudanças no país e na sociedade foram inúmeras, designadamente com a instituição da democracia assente em valores universais e princípios que o Partido Socialista tem advogado”. Domingos Machado realçou que “em Cabeceiras de Basto, o PS fez a diferença. Trouxemos o desenvolvimento e o progresso para o concelho”.

Em representação da Bancada Municipal do IPC, Vítor Carvalho destacou que “há 44 anos Portugal renasceu”, colocando-se hoje “a par de muitas potências mundiais”. E acrescentou: “vivemos hoje num país livre mas perigoso, onde as vidas são cada vez mais isoladas”. E concluiu: “mais que apregoar Abril, precisamos de praticar Abril, de abril a abril, ano após ano”.

Em representação do Grupo ‘Mais Riodouro’, Norberto Pires disse que “o 25 de Abril é uma oportunidade para as pessoas refletirem sobre o que é a Liberdade o que é ser Livre”, desejando que o 25 de Abril seja “sempre levado à letra”.

Pintura Mural - inauguração

Pintura Mural alusiva à Liberdade inaugurada

Ao princípio da tarde, os Presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, acompanhados de outros autarcas e convidados, procederam à inauguração da Pintura Mural alusiva à Liberdade, pintura feita num muro de suporte do Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos, que retrata os dois ex-libris de Cabeceiras de Basto - o Mosteiro de S. Miguel de Refojos e o Basto - ao lado de um grande cravo vermelho, símbolo da liberdade conquistada há 44 anos. De referir que a pintura executada pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB) foi assinada por largas centenas de Cabeceirenses, reafirmando assim o mote da mesma “O teu nome pela Liberdade”.

Concerto Banda Cabeceirense

Concerto nos Claustros do Mosteiro

As comemorações encerraram com um magnífico concerto pela Banda Cabeceirense nos Claustros do Mosteiro a que assistiram também os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, vereadores e demais autarcas e grande número de populares. Um concerto de primavera que encantou o público presente e que encerrou de forma sublime a programação das comemorações municipais.

Atletismo atraiu inúmeros participantes

Durante a manhã decorreram as provas desportivas organizadas pela ADIB e que constaram de várias provas de atletismo e a Corrida da Liberdade.

Provas Desportivas - Entrega de Prémios

BRACARENSES SABOREIAM “RUM COM JAZZ”

Ciclo de Concertos 'RUM com Jazz': André Fernandes ´CENTAURI`

3 de maio às 21h30 no Museu Nogueira da Silva, em Braga

Qualquer alma que devote o mínimo de atenção às movimentações jazzísticas portuguesas da última década e meia sabe que, quando se fala de guitarristas, há um nome que se destaca acima de qualquer suspeita: André Fernandes.

unnamed

Exímio instrumentista e dotadíssimo compositor, já tocou com uma miríade de enormes jazzmen nacionais e estrangeiros que lhe elogiam a originalidade (Lee Konitz, Mário Laginha, Maria João, Bernardo Sassetti, David Binney entre outros), a vitalidade e a versatilidade artística. André Fernandes tem um novo grupo: “Centauri” junta Fernandes a dois dos mais talentosos e jovens saxofonistas portugueses, José Pedro Coelho e João Mortágua, e a uma das mais jovens e requisitadas secções rítmicas nacionais em Francisco Brito e João Pereira.

André Fernandes - Guitarra e Composição

José Pedro Coelho - Saxofone Tenor e Soprano

João Mortágua - Saxofone Alto e Soprano

Demian Cabaud  - Contrabaixo

João Pereira – Bateria

Bilhete: 3€ à entrada, a partir das 21h

Lotação limitada a 80 pessoas

Reservas através do email reservas@rum.pt

Mais infos em fb.com/radiorum

Ciclo RUM/Conselho Cultural da UMinho com o apoio do Museu Nogueira da Silva

MINHO VIRA POP

Vira Pop '18 lança os 8 primeiros nomes

Festival minhoto revela as primeiras novidades deste ano e uma delas vem do outro lado do Atlântico: Mahmundi é uma das oito primeiras confirmações para o Vira Pop 2018. 

A carioca Mahmundi volta ao nosso país três anos depois - e desta vez com o reconhecido álbum de estreia na bagagem -, juntando-se a Xinobi em live act, Ermo, David Bruno, GPU Panic, Máquina del Amor, Ganso e Pálida.

O Vira Pop 2018 acontece entre os dias 29 e 30 de Junho, no “anfiteatro” natural do Parque das Termas de Caldelas, em Amares - Braga e volta a ter entrada e campismo gratuito.

CORO DE PEQUENOS CANTORES DE ESPOSENDE REALIZA CONCERTO NO SANTUÁRIO DE FÁTIMA

O Coro de Pequenos Cantores de Esposende (CPCE) vai participar, pela segunda vez, no Encontro de Coros Infantis do Santuário de Fátima.

CPCE

Nesta que é a décima edição, a ter lugar amanhã, dia 25 de abril, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, às 15h30, participam, além do CPCE, o Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima e os Jovens Cantores de Guimarães.

O programa prevê um concerto onde cada um dos grupos corais apresenta individualmente o seu repertório e culmina com uma interpretação conjunta do tema Totus tuus, Maria, da autoria de António Cartageno com arranjos de João Santos.

O Coro de Pequenos Cantores de Esposende, sob a direção de Helena Venda Lima, será acompanhado pelo Órgão de Tubos da Basílica, com o organista Diogo Zão. O Coro interpretará cinco músicas e o percurso musical “Terno e Eterno Bom Sagrado” assentará nas tradições da construção polifónica do passado, proporcionando uma viagem até às sonoridades mais contemporâneas.

Este evento procura promover a partilha entre os coralistas de distintas partes do país e criar laços através da vivência artística e da linguagem coral.

VIANA DO CASTELO RECEBE AS CANÇÕES DE LEONARD COHEN

Informamos que os bilhetes para o concerto AS CANÇÕES DE LEONARD COHEN, a realizar no Centro Cultural de Viana do Castelo, dia 26 maio, já se encontram disponíveis para venda.

LOCAIS DE VENDA:

Teatro Municipal Sá de Miranda:

Segunda a sexta-feira: das 9h00 às 19h00.

Dias de espetáculo: das 9h00 às 22h00.    

Feriados,  Sábado e domingos em dias de espetáculos: 2 horas antes.

Centro Cultural de Viana do Castelo, no dia do espetáculo, entre as 18h00 e as 22h00, se a lotação não estiver  esgotada.   

NÃO SE ACEITAM RESERVAS (telefone/email). Quem pretender deverá fazê-lo, diretamente, na TICKETLINE.

www.ticketline.sapo.pt - Fnac - Ag. Viagens Abreu – Worten – A.B.E.P – Casino Lisboa – C.C. Dolce Vita – C.C. Mundicenter – El Corte Inglês          e  SuperCor – Galeria   Comercial Campo Pequeno – MMM Ticket – Uticketline – CCB – Time Out Mercado da Ribeira – Shopping Cidade do    Porto – Forum Aveiro – Ask Me Lisboa e INFORMAÇÃO/ RESERVAS: ligue 1820 (24 horas)

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6 anos

CUSTO DO BILHETE: 15€ plateia | bancada

image001

VIANA DO CASTELO RECEBE ESPETÁCULO "UM SOLO PARA A SOCIEDADE"

Informamos que os bilhetes para o espetáculo  UM SOLO PARA A SOCIEDADE,  a realizar no Teatro Municipal Sá de Miranda, no próximo dia 28 de abril de 2018  às 21h3 –  Já se encontram  disponíveis.

LOCAL DE VENDA:

Teatro Municipal Sá de Miranda:

Segunda a sexta-feira: das 9h00 às 19h00

Quarta-feira – dia 25 de abril - encerrado

Dia do espetáculo: das 16h00 às 22h00

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6 anos

CUSTO DO BILHETE: 5€

image002

ESPOSENDE ACOLHE MASTERCLASS INTERNACIONAL DE DIREÇÃO DE ORQUESTRA

Esposende vai acolher, entre os próximos dias 23 e 28 de abril, a sua 4.ª Masterclass Internacional de Direção de Orquestra.

Esta masterclass é organizada pela Orquestra da Costa Atlântica - associação de música e cultura, com o apoio do Município de Esposende, e será orientada pelo maestro e pedagogo de renome internacional Luís Miguel Clemente. Participarão maestros oriundos da China, Itália, Estados Unidos da América, Israel, Espanha, Polónia, Japão, Coreia do Sul, Marrocos, Argentina, bem como de Portugal.

direção orquestra

O final da masterclass será assinalado com um concerto sinfónico dirigido pelos maestros participantes, no dia 28 de abril, pelas 21h30, na Igreja Paroquial das Marinhas. Este concerto, com entrada livre, enquadra-se na programação cultural da Câmara Municipal de Esposende e incluirá a interpretação de obras de Beethoven, Mozart e Wagner e terá como solista o clarinetista Samuel Marques.

A Orquestra da Costa Atlântica – associação de música e cultura é um projeto de âmbito internacional, sediado na cidade de Esposende, que tem como objetivo proporcionar uma atividade e programação cultural concertística de nível profissional, utilizando este mecanismo como uma ferramenta de cultura e integração social através da música clássica.

FAMALICÃO: FUNDAÇÃO CASTRO ALVES PROMOVE CONCERTO DA PRIMAVERA

A Fundação Castro Alves, em Bairro, Vila Nova de Famalicão, promove no próximo dia 25 de abril, a primeira edição do Concerto da Primavera, com a participação da Banda de Música de Riba de Ave.

Banda de Música de Riba de Ave

O evento, com entrada livre, está marcado para as 16h00 e vai ao encontro da política que a Fundação Castro Alves tem vindo a promover para a promoção da educação, arte e cultura no concelho e na região.

Recorde-se que a Fundação Castro Alves é uma entidade privada que tem fins educativos, artísticos, ocupação de tempos livres e apoio social. Tem atualmente como valências âncora o Museu de Cerâmica Artística, a Escola Oficina de Cerâmica Artística e a Escola de Música (sob Direção Pedagógica Centro Cultura Musical - CCM).

CICLO PORTA-JAZZ EM FAMALICÃO ARRANCA ESTE SÁBADO

A associação portuense Porta-Jazz, a Associação Luso-Galaica para a Promoção do Jazz – O Eixo do Jazz e o Espaço Cultural CRU promovem este fim-de-semana o primeiro concerto do Ciclo Porta-Jazz em Famalicão.

Ciclo Porta Jazz

A iniciativa, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, arranca este sábado, dia 21, com a atuação de Demian Cabaud, às 22h00, no Espaço Cultural CRU, situado na Rua Alves Roçadas. O músico argentino apresenta-se em Famalicão com o seu sexto e último álbum – “Astah” – cuja essência está enraizada no jazz tradicional, com muitos momentos livres e improvisados, e na música tradicional da Argentina.

Demian Cabaud é argentino residente em Portugal há vários anos. Estudou no Instituto Tecnológico de Música Contemporânea em Buenos Aires e no Berklee College of Music. Tocou com alguns dos melhores músicos nacionais e estrangeiros como Lee Konitz, Chris Cheek, Mark Turner, Rich Perry, Rick Margitza, Alexandre Frazão, Bruno Pedroso, André Sousa Machado, João Lencastre, Nuno Ferreira, Afonso Pais, entre outros.

Vai subir ao palco do CRU no contrabaixo e acompanhado por Gonçalo Marques, no trompete, João Pedro Brandão, no saxofone e flauta, Xan Campos Rial, no piano, Jeff Williams, na bateria, e Iago Fernández, na bateria.

DIABO A SETE EM PONTE DE LIMA

21 de Abril – 22h00 – Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

No próximo sábado, 21 de Abril, às 22h00, o Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima apresenta mais um grande concerto, desta vez com os Diabo a Sete, projecto de enorme referência na música portuguesa que se define da seguinte forma: “Somos uma espécie de cozido à portuguesa, com menos couve e mais enchidos”.

diabo_4x3_

Os Diabo a Sete estão de regresso aos palcos e aos discos. Figura de Gente é o título do álbum e do novo espectáculo. De entre os novos originais, destaque para Tamboril, o primeiro single do terceiro registo discográfico da banda.

O grupo sediado no Ateneu de Coimbra nasceu em 2003 e, desde então, tem percorrido vários palcos nacionais (e não só), tocando em festivais como o MED em Loulé, o Intercéltico de Sendim, o Bons Sons em Cem Soldos e o Festival Músicas do Mundo de Sines. Os Diabo a Sete têm vindo a construir um repertório baseado em temas originais e outros inspirados na música tradicional portuguesa, ainda que procurem sempre abordá-los sem preconceitos puristas e com a consciência de que a música que elaboram é contemporânea.

Em 2007, a banda lançou Parainfernália, o seu primeiro trabalho. Quatro anos depois surgiu Tarara, que contou com a participação de vários músicos convidados, entre os quais Carlos Guerreiro (Gaiteiros de Lisboa), uma das vozes de Paraíso Fiscal. Os novos temas de Figura de Gente aprofundam a tarefa de pegar em ritmos, sons e instrumentos associados à tradição e de lhe dar letras, roupagens e desenhos melódicos actuais.

“ (...) Não sei se isto poderá soar a heresia mas... se há uma banda herdeira da Banda do Casaco, apesar da fortíssima concorrência de outros grupos, essa banda chama-se Diabo a Sete.” (António Pires, Blitz, Março de 2012)

Formação:

Celso Bento | flautas e gaita-de-foles

Eduardo Murta | baixo eléctrico

Sara Vidal | voz, adufe, pandeireta e harpa

Luísa Correia | guitarra

Miguel Cardina | bateria e percussões

Pedro Damasceno | bandolim, cavaquinho, concertina e flautas

Bilhetes à venda (3,00€) e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt

PROVAS DE ACESSO AO ENSINO ARTICULADO DE MÚSICA

No âmbito das inscrições para as provas de acesso à frequência do Conservatório de Música de Guimarães – Pólo de Vieira do Minho, para os alunos que no próximo ano letivo irão frequentar o 5º ano de escolaridade e queiram ingressar no ensino articulado para a aprendizagem da música, informamos que nos dias 20 e 27, das 18h00 às 19h00, o Conservatório de Guimarães – Pólo de Vieira do Minho vai ter aulas abertas para aqueles alunos que queiram assistir e preparar-se para as provas.

DSC_0332

No que diz respeito à data da realização das provas de admissão para ensino articulado estas vão ter lugar nos dias 28 de abril – prova de instrumento e no dia 8 de maio – prova escrita.

Mais se informa que a data limite das inscrições  para as provas de acesso à frequência do Conservatório de Música de Guimarães – Pólo de Vieira do Minho terminam no próximo dia 21 de abril.

VIZELA APRESENTA CONCURSO DE BANDAS

Apresentação do Concurso de Bandas 2018

A Câmara Municipal de Vizela promove a apresentação do Concurso de Bandas de Vizela 2018, no próximo domingo, dia 22 de abril, às 17:00h na Praça do Município.

CARTAZ APRESENTAÇÃO Concurso bandas

A apresentação irá marcar o início do período de inscrições para o Concurso de Bandas de Vizela 2018, onde será dado a conhecer o formato do concurso, os prémios, a composição do júri, bem como os locais onde se irá realizar.

O evento conta a participação do músico convidado Rui Taipa, um cantor e compositor nortenho com bases folk, indie, funk e rock alternativo e que canta temas originais em português. 

GRUPO MUSICAL XORNAS APRESENTA EM VIANA DO CASTELO CANÇÕES MUNDIAIS DE INTERVENÇÃO

Desde Zeca Afonso a Bob Dylan, passando por temas contra o "Apartheid", contra o racismo, contra a descriminação das minorias e de exaltação da multirracialidade e a favor da melhoria da condição feminina, os Xornas querem oferecer ao público uma jornada de cantigas em conjunto, visitando as suas origens e os seus autores.

Capturara

Trata-se de um concerto que procura alargar a panorâmica da música a autores de origens muito diversas que tratam as canções com uma intenção interventiva na sociedade e, muitas  vezes, com propósito nítido de protesto.

Simon & Garefunkel, Gilberto Gil, Eddy Grant, Louis Armstrong, Manuel Freire e muitos outros, estarão "presentes" no concerto.

A abrir teremos um curto filme, da autoria do Xorna Félix, sobre a manifestação do 1º de Maio de 1974 em Viana do Castelo.

O projecto "Zeca canta Zeca" vai ajudar à festa.

BRAGA: BANDA MUSICAL DE CABREIROS COMEMORA 175 ANOS DE EXISTÊNCIA

Apresentação das comemorações dos 175 anos da Banda Musical de Cabreiros realiza-se amanhã, Sábado, dia 14 de Abril, às 11h30, na sede da Banda Musical de Cabreiros

O Município de Braga promove a apresentação das comemorações do 175.º aniversário da Banda Musical de Cabreiros, que terá lugar amanhã, Sábado, às 11h30, na sede da Banda de Cabreiros.

banda de cabreiros

O programa, que resulta de um conjunto de acções preparadas por ambas as instituições, integra concertos, homenagens, publicações, bem como a gravação de um cd.

Recorde-se que a Banda Musical de Cabreiros foi fundada em Janeiro de 1843 com o nome da Banda Musical de S. Miguel de Cabreiros, sendo a sua fundação atribuída ao Sr. João Martins Oliveira.

De acordo com alguns registos, a Banda Musical de Cabreiros inclui o restrito grupo destas instituições centenárias que manteve a sua actividade sem qualquer interrupção, sendo hoje composta por 60 músicos, dirigida pelo Maestro Vitor Vieira.

A Banda Musical de Cabreiros é a única banda filarmónica do Concelho de Braga e a mais antiga associação cultural com actividade ininterrupta, tendo sido recentemente distinguida com um Voto de Louvor aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal, a propósito da celebração dos 175 anos.

PAULO DE CARVALHO CANTA 25 DE ABRIL EM VIZELA

Concerto de Paulo de Carvalho com Filarmónica Vizelense assinala comemorações do 25 de Abril

A Câmara Municipal apresentou ontem, dia 10 de abril, o programa comemorativo do 25 de Abril, que será realizado numa parceria entre a Câmara Municipal de Vizela, o condomínio dos espaços comerciais do Fórum Vizela e a Sociedade Filarmónica Vizelense.

flyer

O programa inicia no dia 23 de abril com a Gala do Desporto, às 21.00h, na Praça do Município.

No dia 24 de abril, realiza-se o Concerto de Paulo de Carvalho com a Filarmónica Vizelense, às 21.00h, na Praça do Município, um concerto que será com certeza memorável.

O dia 25 de abril ficará marcado pelas cerimónias solene. Às 10.30h terá lugar o hastear das bandeiras na sede do município e às 11.00h realiza-se a sessão solene da Câmara a Assembleia Municipal de Vizela comemorativa da Revolução, na Praça do Município.

23 abril

21.00h

Gala do Desporto

Praça do Município

24 abril

21.00h

Paulo de Carvalho e Filarmónica Vizelense

Praça do Município

25 abril

10.30h Hastear das bandeiras

Sede do Município

11.00h Sessão solene

Praça do Município

Capturar25a

BRANTNER + TOMARA ATUA EM PONTE DE LIMA

14 de Abril – 22h00 – Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

Sábado, 14 de Abril, às 22h00, mais uma noite dedicada à música no Teatro Diogo Bernardes, com a apresentação de dois projectos nacionais: Brantner que abrirá a noite para que Tomara apresente o seu mais recente trabalho a solo.

brantner_tomara_4x3_

Brantner é uma banda de pop/rock alternativo, liderada por um duo carismático e impetuoso de vocalistas, com uma abordagem muito própria no que respeita à sua música. Marco Brantner, de Caminha e Evita Brantner, de Bruge (Bélgica) juntaram forças em palco e como parceiros de vida, criando uma mistura directa e sincera de rock alternativo. A intimidade do artista-compositor mescla-se com a energia do rock and roll de uma forma muito pessoal e poderosa.

Em 2014 gravaram o seu primeiro álbum intitulado “You can’t be waiting”.

No presente preparam-se para lançar o segundo álbum e realizar uma digressão de espectáculos que terá início no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, com o concerto do próximo sábado.

Filipe Monteiro aprendeu muito novo a tocar piano, órgão e guitarra. Ainda adolescente, começou a compor temas originais para várias peças de teatro. Depois de algumas experiências em bandas de garagem, colaborou na formação dos Atomic Bees que editaram um único registo – “Love Noises and Kisses”. Rita Redshoes, parte integrante do grupo, seguiu carreira a solo e Filipe Monteiro continuou a acompanhá-la nesse percurso.

Paralelamente à música, Filipe concluiu o Curso de Design de Comunicação na Faculdade de Belas Artes e a imagem (em especial, o vídeo) passou a ocupar até hoje um espaço considerável na sua carreira. No domínio audiovisual, trabalhou com nomes como Da Weasel, Paulo Furtado (The Legendary Tigerman), David Fonseca, Rita Redshoes, António Zambujo e Márcia, produzindo e realizando videoclipes, DVD, documentários e desenhando a parte visual de alguns concertos dos artistas mencionados.

Filipe Monteiro nunca deixou de trabalhar como músico (de estúdio e ao vivo), arranjador e produtor de discos de Rita Redshoes – “Golden Era” em 2007 e “Lights & Darks” em 2010 – e de Márcia – “Casulo” e “Quarto Crescente”, este em co-produção com o brasileiro Dadi Carvalho (Marisa Monte, Tribalistas, Carminho, Caetano Veloso, entre outros).

Tomara é um passo em frente. Trata-se da primeira obra em nome próprio, uma nova aventura sob um alter-ego. “Favourite Ghost” foi editado em Setembro de 2017 e inclui os temas “Coffee and Toast” e “For No Reason”.

“O Filipe é canções e, com diligência e mestria de relojoeiro, deixa-nos entreabertos os acessos para o seu mundo encantatório. ‘Favourite Ghost’ é uma maravilha pungente.” – Ricardo Mariano (SBSR.FM)

“Com o seu primeiro álbum, ‘Favourite Ghost’, Tomara dá imediatamente um passo de rigor, exímio som para ouvidos calmos, românticos, sofisticados.” – Valter Hugo Mãe (Jornal de Letras)

Bilhetes à venda (3,00€) e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt