Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FAMALICÃO: PROJETO MUNICIPAL “MAIS E MELHORES ANOS” CHEGA A ITÁLIA

Projeto Mais de Melhores Anos em Itália.jpeg

O projeto municipal "Mais e Melhores Anos", promovido pelo Município de Famalicão, foi além-fronteiras. A autarquia famalicense, em parceria com a associação italiana "Stare Bene Insieme" ("Ficar Bem, Juntos"), realizou o primeiro encontro internacional no âmbito projeto europeu “More and Better Years”, financiado pelo programa “Erasmus +” da Comissão Europeia. O intercâmbio aconteceu entre 8 e 12 de julho, na região da Lombardia, em Itália.

Promover a partilha de boas práticas, na área do desporto e envelhecimento ativo, tendo como modelo o projeto “Mais e Melhores Anos” foi o intuito desta deslocação da equipa famalicense, constituída por sete técnicos e liderada pelo vereador do Desporto, Pedro Oliveira.

"É a prova viva de que temos projetos inovadores em Vila Nova de Famalicão, capazes, não só, de dar uma resposta concreta e eficaz às necessidades dos cidadãos do nosso concelho, como também são dignos de serem replicados e partilhados com outras cidades da Europa", referiu.

Ao longo dos cinco dias do intercâmbio tiveram lugar diversos trabalhos dinamizados pela associação "Stare Bene Insieme" que permitiram o contacto com os municípios de Busto Arsizio, Mornago e Busto Garolfo, com o objetivo de capacitar os técnicos envolvidos nos programas municipais de promoção da prática desportiva, dirigidos a seniores e a cidadãos portadores de deficiência, com novas metodologias de treino e competências pedagógicas.

Desenvolvido pelo Município de Vila Nova de Famalicão, através do pelouro do Desporto, o programa municipal "Mais e Melhores Anos" proporciona a prática de exercício físico e atividades desportivas de forma regular a seniores e a pessoas com deficiência, estando dividido em três eixos de atuação: desporto sénior, desporto adaptado e desporto reabilitação. Além do desenvolvimento físico, este projeto passou também a contemplar, recentemente, um “Ginásio da Mente” direcionado para o desenvolvimento mental e cognitivo dos seniores.

VIANENSE NELSON FREITAS – MELHOR JOVEM CHEF DE COZINHA DO MUNDO – LEVA GASTRONOMIA PORTUGUESA A ITÁLIA E PERÚ

Foto - DR.jpg

  • Crónica de Tito de Morais

O melhor jovem Chef de Cozinha do Mundo, Nelson Freitas, natural de Barroselas, Viana do Castelo, partiu hoje para Milão, no âmbito das suas missões gastronómicas, cidade onde venceu há meses atrás, a finalíssima disputada com mais 14 colegas, que o consagrou naquele título ou troféu. O nosso talento internacional, vai promover naquela cidade de Itália, acções de “ identidade culinária de Portugal”, numa relação com acepipes e ingredientes desse país, regressando depois a Portugal, para preparar uma outra deslocação; desta vez, será o regresso ao Perú, onde esteve em janeiro último, depois de trabalho formativo também no México.

Já para Agosto, está prevista uma deslocação do amigo e conterrâneo altominhoto, aos familiares e amigos, preparando-se o agendamento de um convívio almoçante em Viana do Castelo. Aqui, haverá participação de entidades locais, mas também membros do Clube de Gastronomia de Ponte de Lima, confrades da Confraria dos Vinhos de Portugal na Bélgica / Ordem de S. Vicente, da Academia do Bacalhau de Bruxelas, e das confrarias gastronómicas, do Minho, do Espumante e do Abade de Priscos.

Recorde-se, que Nelson Freitas foi galardoado vencedor no concurso mundial de S. Pelegrini, em 5 de Outubro 2023, com apresentação dum salmonete com ouriço do mar, acompanhado de arroz de tomate com calda de carabineiro e alho negro. A sua trajectória de dirigente de cozinha, após frequências das escolas profissionais de hotelaria e turismo de Viana do Castelo e Coimbra, fê-lo ingressar em consagrados restaurantes de Albufeira, Lisboa, França e Inglaterra, alguns deles detentores das cobiçadas estrelas Michelin.

O seu gosto também pela cozinha tradicional, levou-o a aceitar o convite, para juntamente com o Chef Domingos Gomes, de Cardielos, Viana do Castelo, confecionarem o Sarrabulho á Moda de Ponte de Lima, no passado dia 3 de Fevereiro, no Refeitório Municipal de Loures, Lisboa, em parceria com o Grupo Folclórico Verde Minho e o município.

CERVEIRA PARTICIPOU NA SARDENHA EM PROJETO QUE ENALTECE O PAPEL DOS JOVENS EM PROL DA CAUSA AMBIENTAL

Sardenha 3.jpeg

Cinco jovens cerveirenses, liderados pela Vereadora da Câmara Municipal com o pelouro da Juventude, Carla Segadães, participaram, de 20 a 26 de maio, num intercâmbio de jovens em Tramatza, na parte ocidental da Sardenha central (Itália), no âmbito do “Environmental Culture” - Projeto de Mobilidade Jovem. Analisar e debater temas emergentes relacionados com a sustentabilidade ambiental, a relação dos jovens com a natureza e as suas raízes culturais é o objetivo.

Durante este encontro internacional, 30 jovens de 5 países europeus estão a ter uma oportunidade única de interligação e cooperação entre jovens de diferentes nacionalidades, trabalhando várias dinâmicas que contribuam para consciencializar os jovens para o impacto das alterações climáticas e dotar os participantes de mecanismos de empoderamento, de forma a se tornarem mais ativos nas rotinas diárias em prol da causa do meio ambiente.

A Vereadora Carla Segadães faz um balanço muito positivo desta experiência europeia a envolver a juventude, tendo assistido na primeira pessoa ao desenrolar do projeto e à participação ativa dos jovens envolvidos. “Foi uma jornada de trabalho muito produtiva, em que os nossos jovens tiveram a oportunidade de perceber a dinâmica dos investimentos europeus, absorver aquele que é um dos principais valores da União Europeia e que, cada vez mais, deve ser valorizado, a partilha”, explica Carla Segadães, acrescentando: “Se constantemente dizemos que os jovens são o nosso futuro, porque o são, então temos de os chamar para dar a sua opinião e intervirem nas decisões que vão afetar a sua vida”.

Andreia Letra Ferreira, de 21 anos, jovem cerveirense, realça “uma experiência incrível, por ter a oportunidade de desenvolver muitas soft skills, debater temas ambientais e perceber como se pode ter um papel ativo no dia a dia”. A jovem participante no projeto refere ainda que estes encontros europeus “permitem ainda contactar com pessoas de outras culturas e trazer ideias para o nosso território”.

Este projeto permite ainda que os países participantes possam comparar as boas práticas implementadas, numa estratégia de partilha intercultural. Não obstante, este encontro internacional também assume um papel fundamental na promoção e valorização de algumas das tradições e costumes de Portugal, em particular do Alto Minho e de Vila Nova de Cerveira, numa noite temática dedicada a Portugal.

A participação dos jovens obedeceu a um processo de inscrição regulamentado por normas aprovadas em reunião de câmara, sendo destinatários elegíveis para participar neste concurso, jovens residentes e/ou naturais em/de Vila Nova de Cerveira com idade mínima de 18 anos (a 29 de fevereiro do corrente ano) e máxima de 25 anos.

Aprovado em 2023, o projeto "ENVIRONMENTAL CULTURE” (2023-1-IT03-KA152-YOU-000148860) é financiado pela Agência Italiana da Juventude, enquadrado no programa ERASMUS +, com um consórcio composto pelo Município de Vila Nova de Cerveira, pela Comune di Tramatza - Itália (coordenador do projeto), Ayuntamiento de Montserrat – Espanha, Asociatia Se Poate – Roménia e Associação Green Art (Turquia).

Sardenha 1.jpeg

Sardenha 2.jpeg

CANONIZAÇÃO DO BEATO FRANCISCO PACHECO, MOTIVA REUNIÃO EM PONTE DE LIMA

af15cc2c-1de0-4760-a1c1-7f3bce2347bd.JPG

  • Crónica de Tito de Morais

A canonização do Beato Francisco Pacheco, natural de Ponte de Lima e queimado na fogueira em Nagasáqui em 20 de Junho de 1626, será motivo para um encontro em Ponte de Lima no verão próximo, confirmou em Roma fonte ligada ao processo.
O ilustre Limiano é um dos 205 mártires do Japão, os quais deram a vida pela Fé durante dezena e meia de anos (1617-1632), um período temível para expandir o cristianismo, nos poderes de Hidetada (1579-1632) e Iemitsu Tokugawa (1604-1651), em Nagasáki e Tóquio. O grupo martirizado era composto por 166 cristãos leigos, na sua maior parte nipónicos e 39 sacerdotes; destes, treze eram jesuítas, doze dominicanos, oito franciscanos, cinco agostinhos e um único diocesano japonês. Os nove missionários portugueses, jesuítas, beatificados pelo Papa Pio IX em 7 de Julho 1867, são seguintes: João Baptista Machado, sacerdote, dos Açores, Angra do Heroísmo, morto por degolação na cidade de Omura, a 22 de Maio de 1617; Ambrósio Fernandes, irmão jesuíta, de Xisto ou Sisto, Porto, falecido vítima dos maus tratos na cadeia de Omura a 7 de Janeiro de 1620; Francisco Pacheco, sacerdote, de Ponte do Lima, queimado vivo na fogueira em Nagasáki, a 20 de Junho de 1626. A sua festa ocorre a 20 de Junho, e tem uma Memória na Diocese de Viana e também Memória Facultativa na Companhia de Jesus; Diogo de Carvalho, sacerdote, de Coimbra, falecido após colocado num tanque gelado em Xendai, a 22 de Fevereiro de 1624; Miguel de Carvalho, sacerdote, de Braga, queimado vivo em Omura, a 25 de Agosto de 1624; a sua festa litúrgica a 25 de Agosto, será este ano solenizada na Sé de Braga, por ocasião dos quatrocentos anos do seu martírio, de acordo com informação obtida em Roma. O beato bracarense tem uma Memória Facultativa na Arquidiocese de Braga e outra na Companhia de Jesus; acrescentem-se o agostinho português Beato Vicente Carvalho também referido como Vicente de Santo António, nascido em Albufeira, Algarve e com sofrimento similar ao beato Pacheco, isto é queimado vivo em Nagasáki, em 3 de Setembro de 1623; e mais Domingos Jorge, um cristão leigo, natural de Vermoim da Maia (Porto), também morto no suplício de fogueira em Nagasáki, a 18 de Novembro de 1619. O portuense era consorciado com uma japonesa, que fôra baptizada com o nome de Isabel Fernandes, e pais dum filho de quatro anos chamado Inácio. A esposa e a criança foram executados posteriormente, no dia 10 de Novembro 1622, por decapitação.
Postuladorr da Causa entre os participantes
Um dos participantes na cerimónia a realizar em Ponte de Lima, será o Postulador da Causa de canonização do beato Pacheco, residente em Lisboa. O Padre João Caniço, até há alguns meses pároco do Lumiar, com quem reunimos recentemente para balanço de actividades e proposta de outras, realçou passos positivos para a pretensão, os quais comunicou a seu superior e a Roma.
Por outro lado, o representante do Dicastério (organismo que compõe o governo da Igreja Católica ou Vaticano), realçou-nos hoje, que analisando bem, “estamos perante uma renovação de processo, e não um novo, pois ele foi aberto há mais de 150 anos, aquando da beatificação “de Pacheco e companheiros, pelo Papa Pio IX em 1867. Por outro lado, há a salientar que se tratam de mártires, e o importante é “que haja devoção, de que Ponte de Lima é um bom exemplo, pois tem-no incentivado nos últimos tempos com esse grupo de apoio”, a nível local e internacional.
Recorde-se, que anteriormente ás acções desenvolvidas pelo Clube de Gastronomia de Ponte de Lima, há a destacar a colocação da imagem do beato Pacheco na Matriz de Ponte de Lima em 1938, e dedicar-lhe a antiga capela do Santíssimo Sacramento em 1965, além da identificação do local de nascimento, a Quinta de Barros na Correlhã, pelo arquitecto João Abreu e Lima.
Entretanto, tivemos também conhecimento, que serão apresentadas na reunião de Ponte de Lima outras acções promocionais do culto do mártir Limarense, a comunicar a Roma até Junho próximo.

ALUNOS DE ITÁLIA, POLÓNIA E TURQUIA VISITAM VIANA DO CASTELO PARA PROJETO DE ERASMUS+

GCI_4968.jpg

O Vereador da Educação da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Manuel Vitorino, recebeu esta semana alunos e professores provenientes de Itália, Polónia e Turquia que estão de visita ao concelho no âmbito do projeto Erasmus + “Protect Our Future, Please!”, organizado pelo Agrupamento de Escolas Arga e Lima.

Na sessão, o Vereador deu as boas-vindas aos estudantes integrados neste projeto e apresentou a cidade de Viana do Castelo, assumindo as belezas naturais, o património e o clima como fatores que contribuem para uma boa qualidade de vida no concelho.

No âmbito do projeto Erasmus +, foi indicado que o Município tem dinamizado projetos no Centro de Monitorização e Interpretação (CMIA) e no Geoparque, de modo a estimular o interesse e o conhecimento pela paisagem e pelo ambiente.

O Erasmus+ apoia atividades de formação no estrangeiro para profissionais do ensino pré-escolar, básico e secundário. Estas atividades podem passar por cursos estruturados ou outros eventos ou por períodos de acompanhamento no posto de trabalho/observação em escolas ou outras organizações relevantes.

O Agrupamento de Escolas de Arga e Lima está, assim, envolvido no projeto Erasmus+ “Protect our future, please!”, que tem por base a premissa de que o Património Cultural é a soma dos valores materiais e espirituais que nos restam do passado e que estes incluem literatura, arte, monumentos, histórias, danças, gastronomia, festas populares, o ambiente e a natureza.

O projeto indica que, devido às mudanças climáticas e ambientais, os nossos valores culturais não estão adequadamente protegidos e estão a diminuir, pelo que um dos objetivos educacionais da União Europeia é "sensibilizar as pessoas com uma consciência comum do património cultural". O reforço da identidade europeia e da juventude, que é um dos objetivos do Erasmus+ 2021-27, enquadra-se com a temática do projeto do agrupamento vianense.

“Protect our future, please!” tem como objetivos principais reconhecer a diversidade do património cultural tangível e intangível da União Europeia e melhorar o conhecimento do nosso património cultural; desenvolver a consciência e as práticas de proteção do ambiente e da natureza, atuando em conformidade com a estratégia europeia de uma “Europa Verde”; desenvolver o Inglês como língua estrangeira e aprender novas línguas; acompanhar os desenvolvimentos digitais, utilizar, contribuir e estabelecer colaborações internacionais; criar um arquivo de cultura digital e partilhá-lo em locais relevantes; ter estudantes, professores e escolas com uma identidade europeia desenvolvida.

GCI_4941.jpg

GCI_4943.jpg

GCI_4947.jpg

GCI_4955.jpg

GCI_4956.jpg

GCI_4960.jpg

GCI_4964.jpg

GCI_4965.jpg

GCI_4976.jpg

BARCELOS: “A FURGONETA” DO TEATRO DE BALUGAS VAI A CAMINHO DE ROMA

Companhia de teatro de Barcelos apresenta na próxima segunda-feira, no Teatro Golden, em Roma, o espetáculo “A Furgoneta”, distinguido com o prémio Mecenate Teatro Amatoriale para melhor espetáculo internacional de teatro amador em Itália no ano passado.

Capturarfu1 (5).JPG

O trabalho, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, já tinha sido finalista para melhor espetáculo internacional nos prémios ESCENAMATEUR em Espanha. Este ano, venceu o Prémio do Público no Concurso Nacional de Teatro Ruy de Carvalho.

A peça é sobre a história de Romão e do irmão que decidem reformar o negócio do pai, homem com milhares de quilómetros feitos pelas aldeias do Minho. Mas agora o negócio é outro: a furgoneta que vendia tudo e mais alguma coisa, até a compra de uma simples faca, que dava para estonar batatas e cortar o pescoço ao frango, já não é feita da mesma maneira! Confrontados com um modo de vida que está a chegar ao fim entre os últimos fregueses e os velhos vendedores ambulantes, os dois irmãos veem-se divididos entre o progresso tecnológico e os que ainda resistem nas aldeias, à espera da buzina estridente e dois dedos de conversa.

Fundado em 2007, o Teatro de Balugas conta com mais de 25 criações teatrais levadas a palco, com textos originais, tendo atuado em várias localidades do noroeste peninsular, área geográfica do trabalho artístico desenvolvido, como em vários festivais em Portugal, Espanha, Itália, Hungria e Mónaco.

furgoneta_teatro-de-balugas_4_horizontal (7).jpg

Premio Mecenate Teatro Amatoriale_WWM Piero Papale.jpg

Roma Teatro de Balugas.png

ALUNOS DA POLÓNIA, TURQUIA E ITÁLIA VISITARAM TERRAS DE BOURO

Grupo de 45 alunos do projeto Erasmus: Get Real Not Equal but Virtual visitaram Terras de Bouro no dia 20 de abril

De 17 a 21 de abril, a EPATV acolheu mais uma mobilidade do projeto Erasmus+ n°2020-1-PL01-KA229-081763 - "Get Real not Virtual but Equal", subordinada ao tema “Dependência das redes sociais”. São parceiras da EPATV neste projeto escolas da Polónia, Turquia e Itália.

20230420_121525 - site 1 (2).jpg

Durante a semana, foram desenvolvidas atividades de sensibilização para a temática, como a atividade de Escape Room Educativo ou os debates em grupo, levando os alunos a refletir sobre a questão. A par disso, a EPATV organizou ainda um conjunto de atividades ao ar livre que propiciassem a desvinculação dos telemóveis e das redes sociais e promovessem hábitos saudáveis. Os participantes tiveram a oportunidade de conhecer as praias fluviais, realizar visitas culturais e conhecer um pouco do Parque Nacional da Peneda Gerês.  Todos ficaram encantados com as belas paisagens, tendo este sido um dos momentos altos desta ação onde houve ainda oportunidade de visitar o Santuário de S. Bento da Porta Aberta.   Dedicada à promoção de hábitos e estilo de vida saudáveis, a semana de atividades reuniu 45 alunos e professores das quatro escolas parceiras neste projeto.

O grupo foi recebido no Paços do Concelho pelo Presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro,  Manuel Tibo e, no mesmo dia,  foi acompanhado numa caminhada pelo trilho da Águia do Sarilhão realizada no Campo do Gerês, terminando com uma visita no núcleo museológico de Campo do Gerês.

O Erasmus: Get Real Not Equal but Virtual  é um projeto europeu que conta com a participação de quatro parceiros, a Polónia (coordenadores do projeto), Portugal, Turquia e Itália e tem como objetivo combater o vício em redes sociais para promover a alfabetização mediática e o consumo igualitário dos recursos mundiais entre os jovens.

20230420_103321 -site 3.jpg

20230420_105439 - site 4.jpg

20230420_113304 - site 2.jpg

20230420_121525 - site 1 (3).jpg

WhatsApp Image 2023-04-24 at 16.50.29.jpeg

WhatsApp Image 2023-04-24 at 16.51.01.jpeg

ERASMUS VISITA EPATV

Erasmus+: “Get Real not Virtual but Equal” visita EPATV

De 17 a 21 de abril, a EPATV acolheu mais uma mobilidade do projeto Erasmus+ n°2020-1-PL01-KA229-081763 - "Get Real not Virtual but Equal", subordinada ao tema “Dependência das redes sociais”. São parceiras da EPATV neste projeto escolas da Polónia, Turquia e Itália.

1682101331443.jpg

Durante a semana, foram desenvolvidas atividades de sensibilização para a temática, como a atividade de Escape Room Educativo ou os debates em grupo, levando os alunos a refletir sobre a questão. A par disso, a EPATV organizou ainda um conjunto de atividades ao ar livre que propiciassem a desvinculação dos telemóveis e das redes sociais e promovessem hábitos saudáveis. Os participantes tiveram a oportunidade de conhecer as praias fluviais de Vila Verde, realizar visitas culturais às cidades de Braga e do Porto, e conhecer um pouco do Parque Nacional da Peneda Gerês. Na quinta-feira, fomos recebidos pelo Sr. presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro, Manuel Tibo, e vereadores, antes de partirmos para uma caminhada no PNPG, pelo trilho da Águia do Sarilhão. Todos os parceiros ficaram encantados com as belas paisagens, tendo este sido um dos momentos altos desta mobilidade. Houve, ainda, oportunidade de visitar o Museu da Geira e o Santuário de S. Bento da Porta Aberta.

Dedicada à promoção de hábitos e estilo de vida saudáveis, a semana de atividades reuniu 45 alunos e professores das quatro escolas parceiras neste projeto.

1682101331482.jpg

1682101331620.jpg

1682101331501.jpg

BRAGA: TERMINA COM ÊXITO O II CONGRESSO EUROPEU DA SEMANA SANTA ORGANIZADO PELA RECESSAP

Com o título “Do Local ao Universal”, realizou-se em Palermo nos dias 2 e 3 de Março de 2023

Congreso Europeo Palermo RECESSAP 1.jpg

Participaram 13 conferencistas de Itália, Espanha, Eslovénia e Roménia, com 21 comunicações ao longo de quatro sessões. Assistiram mais de 80 pessoas em formato virtual e presencial

Esta edição centrou o estudo sobre a Semana Santa a partir das tradições e as vivências locais, tendo por base áreas universais como a educação, as relações intergeracionais, a coesão social, a economia e a arte

> Esta edição foi organizada pela Fundação Frederico II de Sicília (Itália), sócia da Rede Europeia das Celebrações da semana Santa e Páscoa

A Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa e Páscoa realizou com êxito o seu II Congresso Europeu de Semana Santa. Tendo por título “Do Local ao Universal”, decorreu nos dias 2 e 3 de Março no Palácio Real e Oratório de Santa Helena e Constantino em Palermo, Sicília (Itália).

Organizado pela própria Rede Europeia em colaboração com a Fundação Frederico II de Sicília (Itália), sócia da Rede Europeia, esta edição do Congresso realizou-se pela primeira vez em formato presencial e contou com 13 conferencistas de Itália, Espanha, Eslovénia e Roménia, num total de 21 comunicações ao longo de quatro sessões. Assistiram mais de 80 pessoas em formato virtual e presencial. Também marcaram presença os representantes do Ministério da Cultura de Itália e de Espanha, da UNESCO, assim como, o Presidente da Rede Europeia e da Fundação Frederico II.

As jornadas, cujo Comité Científico é presidido pelo professor Ignazio Buttitta e Júlio Grande, foram organizadas a partir de conferências e mesas redondas compostas por especialistas em diferentes áreas. Das conclusões, o Comité Científico destaca:

  • As celebrações da Semana Santa e Páscoa formam um rico repertório do património cultural imaterial europeu. Encontram-se amplamente distribuídas pelo continente europeu mantendo, na atualidade, uma forte presença no território.
  • As comunidades onde se inserem as celebrações são a chave para a preservação deste rico património, assim como, são as depositárias e continuadoras das tradições.
  • As celebrações da Semana Santa são um património vivo e em contínua adaptação. As adaptações por que passam são também elas o garante da sua continuidade.  Neste sentido, o papel das comunidades é fundamental competindo-lhes conduzir este processo. 
  • Garantir a continuidade destas celebrações é uma necessidade com a qual todos nos devemos sentir comprometidos. O envolvimento dos jovens nestas celebrações é uma prioridade.  Para isso, devemos avançar com novos modelos de comunicação capazes de despertar o interesse das novas gerações. As escolas podem ter um papel fundamental neste processo sendo necessário avançar com o desenvolvimento de novas ferramentas pedagógicas que facilitem esta tarefa.
  • Os museus também podem ter um papel importante na difusão deste património, tanto junto das escolas e público juvenil, como, entre o público em geral. Facilitam também a dessazonalização das celebrações e têm um papel essencial no incremento da atividade turística. Trabalhar a programação, os discursos museológicos e museográficos e os programas públicos, deve ser uma prioridade e objeto de estudo de todos os implicados na sua gestão. A Rede Europeia pode desempenhar um papel importante na promoção da inovação e no desenvolvimento de ações conjuntas neste domínio.
  • O turismo é um elemento inseparável das celebrações. A atividade turística tornou-se um elemento presente da nossa vida social. Por outro lado, a repercussão económica nos territórios tornou-se num vector imprescindível para muitas delas.
  • Há, portanto, um diálogo permanente entre turismo e celebrações que precisa ser estudado e analisado de forma detalhada. Avançar no estudo e investigação deste processo pode ser uma das linhas a desenvolver pela Rede Europeia.
  • É necessário assegurar a correta salvaguarda deste património, e analisar em profundidade as mudanças ou condicionantes que o turismo pode gerar nelas. Há alguns aspetos que precisam ser analisados e estudados em profundidade, como a dessazonalização das celebrações, mercantilização ou espetacularização das mesmas. 
  • A declaração da Rede Europeia das Celebrações da Semana Santa e Páscoa pode ser um impulso para a divulgação e salvaguarda deste património. Da mesma forma, esta declaração pode permitir um melhor conhecimento destes rituais por parte da população europeia, dar um contributo para a promoção de modelos de turismo mais sustentáveis e uma garantia para a construção do futuro dos mesmos.

Aprofundar a dimensão europeia da Semana Santa

As celebrações da Semana Santa e Páscoa são, sem dúvida, uma das manifestações mais ricas da religiosidade popular na Europa. A sua ampla difusão, a variedade de rituais e manifestações e a participação social que geram, configuram-nas como um dos elementos de maior interesse científico, cultural e social.

A Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa e Páscoa trabalha incessantemente para contribuir para a conservação e divulgação deste rico património. Para isso, é necessário levar a cabo um processo de estudo e pesquisa das mesmas, contribuindo assim para um melhor conhecimento destes complexos processos culturais e das suas comunidades.

O principal objetivo deste congresso foi aprofundar a dimensão europeia deste património comum, mas diversificado, mostrando uma visão de como são as celebrações e o que representam atualmente no continente europeu, contribuindo para um melhor conhecimento das mesmas e, com isso, para a sua preservação.

Mais sobre a Rede Europeia

A Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa e Páscoa foi criada em 2019 e faz parte da Fundação Italiana Federico II, representando os municípios de Palermo e Caltanissetta, da Sicília, Itália; o município de Birgu, em Malta; a Comissão de Quaresma e Celebrações da Semana Santa, em Braga, Portugal; as Representações da Paixão de Cristo, em Skofja Loka, Eslovénia; os municípios que fazem parte da rota Caminos de Pasión (Alcalá la Real em Jaén, Baena, Cabra, Lucena, Priego de Córdoba e Puente Genil em Córdoba e Carmona, Écija Osuna e Utrera em Sevilha). Também dentro da geografia espanhola encontramos Orihuela em Alicante; Lorca, em Múrcia e Viveiro, em Lugo.

Esta Rede tem como objetivo promover e divulgar o património cultural, tanto material como imaterial, relacionado com as comemorações da Semana Santa e da Páscoa, através de ações que valorizem este património, promovam o desenvolvimento turístico sustentável e contribuam para a salvaguarda do património imaterial através de trabalhos científicos e de investigação. Da mesma forma, o seu principal objetivo é unir forças e sinergias para consolidar um modelo de estudo, salvaguarda e divulgação do património das tradições da Semana Santa e da Páscoa na Europa.

Congreso Europeo Palermo RECESSAP 2.jpg

BRAGA RECEBE ESTUDANTES DA GRÉCIA, ROMÉNIA E ITÁLIA

No âmbito do programa Erasmus+, Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, recebeu hoje, nos Paços do Concelho, um grupo de alunos e docentes que se encontra em Braga a realizar um intercâmbio com o Agrupamento de Escolas Trigal de Santa Maria.

“Erasmus Remind Games” é o nome do projecto europeu que originou esta visita a Braga e visa trabalhar a motivação para o estudo através do uso de jogos mentais.

O grupo, composto é composto por alunos e professores da Grécia, Roménia e Itália e irá visitar diversos locais e instituições do Concelho.

332140974_534620795482955_4109714059663484744_n.jpg

331523089_885403709244466_250652069162567401_n.jpg

331725415_598139721803105_7773360767478640070_n.jpg

331732572_140523482252667_78172747053844066_n.jpg

331762626_5474137736025672_54632476180910742_n.jpg

BARCELOS: TEATRO DE BALUGAS PREMIADO EM ITÁLIA

A companhia Teatro de Balugas recebeu o prémio UILT Piemonte - Unione Italiana Libero Teatro pela participação no Concorso Teatrale Internazionale "Città di Chivasso", no sábado passado, em Chivasso, Turim.

Concorso Teatrale Internazionale Città di Chivasso (2).jpg

O espetáculo “Raposos” subiu ao palco do Teatrino Civico di Chivasso, e emocionou a plateia com a história de luta e resistência de uma aldeia contra a construção de uma barragem. O trabalho artístico da companhia de Barcelos é conhecido pelos seus cenários originais, repletos de sons e cheiros, pelas sensações e ideias materializadas através de expressões físicas, onde a peça e a sua mensagem assumem formas universais de linguagem.

Nas palavras do diretor artístico da companhia de teatro, Cândido Sobreiro, “apesar da barreira da língua, não há nada mais recompensador do que termos espectadores emocionados no final da peça, que já vivenciaram uma história como a de Raposos e agradecem-nos por contá-la”.

Ainda este mês, também em Itália, o Teatro de Balugas viu outra das suas peças, “A Furgoneta”, distinguida com com o Premio Mecenate Teatro Amatoriale para Melhor Espetáculo Internacional de Teatro Amador.

Concorso Teatrale Internazionale Città di Chivasso_1 (2).jpg

TEATRO DE BALUGAS: “A FURGONETA” NOMEADA PARA PRÉMIO EM ITÁLIA

A peça “A Furgoneta” do Teatro de Balugas (Barcelos) é o trabalho português nomeado para o Premio Mecenate Teatro Amatoriale de Melhor Espetáculo Internacional, um galardão do promovido pela Compagnia AD HOC di Roma que tem o alto patrocínio da Federação Italiana de Teatro Amador. Este prémio pretende eleger o Melhor Espetáculo de teatro amador internacional e conta com produções de diferentes países como Cuba, Marrocos, Espanha, Hungria, Canadá e Portugal.

Premio Mecenate Teatro Amatoriale_2022.jpg

O trabalho, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, já tinha sido finalista para Melhor Espetáculo Internacional nos prémios ESCENAMATEUR da Confederação de Teatro Amador em Espanha, em 2022, e conta-nos a história de Romão e do irmão que decidem reformar o negócio do pai, homem com milhares de quilómetros feitos pelas aldeias do Minho. Mas agora o negócio é outro: a furgoneta que vendia tudo e mais alguma coisa, até a compra de uma simples faca, que dava para estonar batatas e cortar o pescoço ao frango, já não é feita da mesma maneira! Confrontados com um modo de vida que está a chegar ao fim entre os últimos fregueses e os velhos vendedores ambulantes, os dois irmãos veem-se divididos entre o progresso tecnológico e os que ainda resistem nas aldeias à espera da buzina estridente e dois dedos de conversa.

A cerimónia de entrega decorrerá em Roma, no dia 5 de dezembro, e o espetáculo premiado será apresentado na capital italiana em 2023.

Capturarbal3 (2).JPG

Capturarbal2 (2).JPG

ARTE DE ORLANDO POMPEU EM EXPOSIÇÃO NA SUIÇA E ITÁLIA

Entre os meses de maio e julho, o mestre-pintor Orlando Pompeu, detentor de uma obra que está representada em variadas coleções particulares e oficiais em Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Brasil, Canadá, Estados Unidos, Dubai e Japão, esteve a convite da Galeria 111, uma galeria de arte na cidade de Zurique, na Suíça, numa residência artística que promoveu no território helvético a criatividade e talento do conceituado artista plástico português natural do concelho de Fafe.

No decurso da presença em Zurique, onde o artista plástico criou diversas aguarelas sobre papel num estilo pictórico heterogéneo, criativo e contemporâneo, foram agendadas para o próximo ano a inauguração de três exposições de Orlando Pompeu na Suíça. Nomeadamente, na Galeria 111, em Zurique; na Fundação Pro Ronco, em Ascona, no Cantão de Ticino; e no Hotel Casa Berno, junto ao lago alpino Maggiore.

Fundação Pro Ronco.jpeg

O mestre-pintor Orlando Pompeu, com os responsáveis da Fundação Pro Ronco, em Ascona, uma relevante instituição cultural helvética a quem o artista plástico ofertou uma obra de sua autoria

Refira-se que durante o presente mês de julho, o mestre-pintor tem patente em Florença, uma das mais conhecidas cidades italianas, uma exposição dedicada à temática de sapatos femininos. Trata-se de uma parceria cultural que Orlando Pompeu estabeleceu com a EVALUNA, um dos maiores fabricantes de sapatos femininos italianos, que acabou de inaugurar uma nova loja em Florença, e cuja inauguração computou uma exposição do conceituado artista plástico português.

CapturarORLANDO.JPG

Aguarelas sobre papel dedicadas à temática de sapatos feminis, da autoria de Orlando Pompeu, em exposição durante o mês de julho na cidade italiana de Florença

No âmbito desta parceria cultural com a EVALUNA, Orlando Pompeu terá patente no próximo mês de setembro, no âmbito da MICAM, a maior feira internacional de calçado, em Milão, uma nova exposição dedicada a temática de sapatos femininos em Itália.

SABORES ITALIANOS INVADEM VILA NOVA DE CERVEIRA NO PRÓXIMO FIM DE SEMANA

Festival da Pizza decorre de 17 a 19 de junho

Um dos grandes destaques do certame vai para o “Trofeo del Pizzaiolo” do Alto Minho, que permitirá ao vencedor juntar-se à Seleção Portuguesa de Pizzaiolos e competir em Itália.

É já no próximo fim de semana, de 17 a 19 de junho, que Vila Nova de Cerveira vai receber, pela primeira vez, um festival gastronómico dedicado ao maior ícone italiano: a pizza. O Festival da Pizza, organizado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, acontece no centro histórico e conta com a coorganização da Associazione Sapori Italiani, a associação portuguesa que representa os Pizzaiolos.

Festival Pizza VNC (1).png

A iniciativa arranca, oficialmente, às 18h30, de sexta-feira, 17 de junho, com a cerimónia de abertura – Aperitivo Italiano. Dos três dias de programa constam espetáculos de Pizza Acrobática pelo Duo Meraviglia Show, concertos de Andrea Musio, Stefano Saturnini e Anonima Nuvolari e workshops de pizza para adultos e crianças. O certame irá, ainda, dinamizar dois troféus: o Troféu Júnior, de participação espontânea dedicado aos mais pequeninos, e o “Trofeo del Pizzaiolo” do Alto Minho. 

E, sendo este um evento gastronómico, o serviço de Pizzaria e Bar vai funcionar das 12h00 às 23h00 e vai contar, no primeiro dia do Festival, com a participação das pizzarias cerveirenses: Piazza, Flor das Cerejas, Toni Restaurante, La Scarpetta e Variante. Em permanência, vão estar, ainda, duas exposições: uma de fotografia que versará sobre “o encanto de Itália” e outra que fará as maravilhas dos amantes das tradicionais Vespas.

“TROFEO DEL PIZZAIOLO” – ALTO MINHO: INSCRIÇÕES A DECORRER

Um dos grandes destaques do certame vai para o “Trofeo del Pizzaiolo” do Alto Minho. O troféu tem como objetivo valorizar estes profissionais, o seu trabalho e métodos de produção. Podem concorrer todos os cidadãos, com ou sem experiência, seja em nome individual ou em representação de unidades de hotelaria, restauração e similares.

O vencedor vai juntar-se à Seleção Portuguesa de Pizzaiolos, tendo a possibilidade de competir no “Campionato Mondiale del Pizzaiuolo”, em Nápoles, Itália.

A inscrição é gratuita, mas limitada a 25 participantes, e pode ser efetuada no site da Associazione Sapori Italiani (www.saporiitalianiassociazione.com) ou diretamente nos serviços da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, até às 12h00, do dia 16 de junho. O regulamento está disponível nos respetivos sites.

PROGRAMA

17 junho

18h30 | Cerimónia de abertura – Aperitivo Italiano

19h00 | Pizza Acrobática – Duo Meraviglia Show

20h00 | Concerto Andrea Musio

21h30 | Concerto Stefano Saturnini

23h00 | Encerramento

18 junho

12h00 | Abertura

14h00 | Workshop “Pizza per bambini”

15h30 | Pizza Acrobática – Duo Meraviglia Show

16h00 | Troféu Júnior

17h30 | Workshop “Mamma che pizza”

18h00 | Concerto Andrea Musio

21h00 | Concerto Anonima Nuvolari

23h00 | Encerramento

19 junho

12h00 | Abertura

14h30 | Pizza Acrobática – Duo Meraviglia Show

15h30 | “Trofeo del Pizzaiolo” - Alto Minho

17h30 | Concerto Stefano Saturnini

18h00 | Workshop “Pizza per bambini”

20h00 | Concerto Andrea Musio

23h00 |Encerramento

Em permanência

Exposição fotográfica “O Encanto de Itália”

Exposição de Vespas

Pizzaria/Bar

12h00 às 23h00

CORTE DE TRÂNSITO: 15 A 20 JUNHO

Devido à realização do Festival , entre os dias 15 e 20 de junho, será cortado e interditado o acesso à Rua José Duro, Terreiro, Rua Queirós Ribeiro e Praça Alto Minho.

As viaturas de cargas e descargas têm acesso permitido, entre as 07h00 e as 09h30. Encontra-se, também, salvaguardada a movimentação de viaturas de emergência e entidades policiais.

Durante esse período, a praça de táxis será deslocada para a Rua 25 de abril, junto ao Cineteatro de Cerveira.

Pedindo desculpa pelos incómodos causados, o Município de Vila Nova de Cerveira agradece a compreensão e colaboração de todos em prol do sucesso do evento e da segurança de todos os intervenientes.

XV ENCONTRO COTEC EUROPA REALIZA-SE HOJE EM BRAGA

220503-prmrs-ro-0314-0410.jpg

XV Encontro COTEC Europa “A Cultura ao Encontro da Inovação”

Theatro Circo, Braga

10:45 Chegada dos Chefes de Estado ao Theatro Circo:

  • Presidente da República
  • Presidente da República Italiana, Sergio Mattarella
  • Rei de Espanha, Felipe VI

11:00 Painel III - “Os Ativos Culturais como Vantagem Competitiva”

11:30 Momento Musical

11:45 Sessão de encerramento:

  • Intervenção do Presidente da República Italiana, Sergio Mattarella
  • Intervenção do Rei de Espanha, Felipe VI
  • Intervenção do Presidente da República

Fonte: Presidência da República Portuguesa

XV ENCONTRO COTEC EUROPA TRAZ AO MINHO TRÊS CHEFES DE ESTADO – PRESIDENTE DA REPÚBLICA PORTUGUESA, REI DE ESPANHA E PRESIDENTE DE ITÁLIA

O Presidente da República, Prof. Marcelo Rebelo de Sousa, oferece hoje no Paço dos Duques de Bragança, em Guimarães um jantar em honra do Rei Felipe VI de Espanha e do Presidente da República Italiana, Sergio Mattarella. Amanhã deslocam-se a Braga a fim de estarem presentes no XV Encontro COTEC Europa onde presidirão à sua sessão de encerramento que terá lugar no Theatro Circo em Braga com o tema “A Cultura ao Encontro da Inovação”.

Capturarminhoreipresi.JPG

Os encontros COTEC Europa são organizados desde 2005 e realizam-se anualmente em Espanha, Itália e Portugal, de forma rotativa, e contam com a participação de “líderes empresariais, decisores políticos e académicos de todos os setores de atividade económica, bem como com a presença dos chefes de Estado dos três países da Europa do Sul”.

O XV Encontro da COTEC Europa que agora se realiza “vai refletir sobre o aprofundamento das relações entre as Indústrias Criativas e Culturais (ICC) e a restante economia, os seus efeitos sinérgicos e potenciais vantagens competitivas”, abordanto temáticas relacionadas com o património cultural  como um “fator de diferenciação que potencia a competitividade das empresas”, o impacto positivo do investimento na cultura ou o “papel da Cultura enquanto elemento de aproximação dos povos”.

Serão oradores do encontro Ana Pinho, presidente do Conselho Administrativo da Fundação de Serralves, Clemens Pflanz, membro da Aliança Europeia das Indústrias Criativas (ECCIA, na sigla em inglês), Concha Andreu, presidente da Região de La Rioja, Costanza Miliani, diretora do Instituto das Ciências do Património Cultural italiano, Guta Moura Guedes, presidente da Experimentadesign, os diretores gerais das associações COTEC Portugal, Jorge Portugal, de Espanha, Jorge Barrero, e de Itália, Luigi Nicolais e o Presidente da Câmara Municipal de Braga, Dr. Rui Rio.

Foto: Jorge Zapata / EPA

MUNICÍPIO ARCUENSE RECEBEU JOVENS DO PROJETO PERIPHERAL YOUTH MAKERS

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, representada pela vereadora do Associativismo, Emília Cerdeira, realizou uma sessão de boas-vindas a um grupo de jovens que se encontra no concelho até dia 11 de fevereiro, no âmbito do projeto Peripheral Youth Makers, da Associação Social Recreativa Juventude de Vila Fonche.

receção_jovens_juventude_vilafonche.JPG

Este projeto tem como parceiros a Associação Social Recreativa Juventude de Vila Fonche/Juventude (Arcos de Valdevez), Jóvenes Dinamizadores Rurales de Aragón e Legambiente Ligonchio (Itália) e é coordenado pela Euroimpulse Network, sediada em Valência (Espanha).

O projeto Peripheral Youth Makers tem como principal objetivo a mobilização de jovens artistas e/ou criativos para a realização de uma mudança de perspetivas sobre o mundo rural e envolve jovens e organizações de zonas rurais de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, da comunidade Valenciana (Espanha), Aragón (Espanha) e Emília Romana (Itália) procurando fomentar a participação juvenil em atividades criativas dos seus territórios; a colaboração entre jovens promovendo a realização de ações em rede; e a criatividade, bem como facilitar o aparecimento de novas narrativas sobre as zonas rurais.

Durante os 16 meses do projeto, o(a)s jovens envolvido(a)s participarão em diversos momentos formativos, estando, neste momento, a Juventude de Vila Fonche a receber o segundo Curso de Formação. Para além disso, levarão a cabo diversas atividades/eventos artísticos nas suas próprias comunidades.

Emília Cerdeira fez uma breve resenha do território a nível histórico, cultural e gastronómico, e abriu as portas do concelho a estes jovens, deixando certo que serão sempre bem-vindos a Arcos de Valdevez quando cá quiserem regressar.

YOUth Grow REÚNE JOVENS DE 3 PAÍSES EM PAREDES DE COURA

até 10 set | CEIA – Paisagem Protegida Corno do Bico

Quinze jovens de Itália, Espanha e Portugal estão reunidos até sexta-feira, dia 10 de setembro, no Centro de Educação e Interpretação Ambiental, de Paredes de Coura, no âmbito do bootcamp musical YOUth Grow promovido pelo projeto Play2Grow! - Development of Key Skills and Values for Youth through music, apoiado pelo programa Erasmus+. 

“Paredes de Coura aposta muito na formação através da arte, neste caso, através da música que faz parte da nossa identidade. Este evento internacional é uma boa forma de aprofundar as relações entre países e reforçar a ideia de uma Europa Cultural que passa pela partilha dos bons projetos”, enfatizou o Presidente da Câmara, Vitor Paulo Pereira, não escondendo o orgulho em liderar uma autarquia com uma forte marca na cultura.

“Nós como felizmente temos bons projetos culturais, temos muito gosto em partilhar aquilo que fazemos muito bem: educar através da cultura. E tudo isto acontece na maravilhosa paisagem protegida que queremos valorizar e promover. Acho que os jovens estrangeiros levarão de Paredes de Coura uma ideia muito positiva. Em que a cultura e a formação são de facto centrais na nossa vida”, sublinhou.

No meio da floresta e rodeados por uma das mais belas paisagens do norte de Portugal, na Paisagem Protegida Cordo do Bico, os cinco jovens de cada país parceiro vão trabalhar aspetos como a improvisação dirigida e como musicar filmes ao vivo, e ainda frequentar workshops sobre a saúde do músico e como comunicar uma banda ou um projeto musical, entre outras boas práticas no ensino da música.

Essencialmente, nesta iniciativa com os formadores do Play2Grow estes jovens irão abordar algumas boas práticas no ensino da música desenvolvidas pelos parceiros deste projeto europeu em Paredes de Coura (Portugal), Tomiño (Galiza) e Aosta (Itália). Complementarmente, os participantes poderão também usufruir de atividades de lazer, conhecer estudantes de outros locais e aprender com eles sobre como a música é vivida e experienciada no seu país. 

Play2Grow:

A Escola do Rock de Paredes de Coura, promovida pelo Município, é um case studies/best practices do projeto e um dos parceiros do Play2Grow! desde 2014   

O Play2Grow! junta cinco instituições de diferentes nacionalidades - Município de Paredes de Coura, Space Ensemble (Portugal), Concello de Tomiño, EOSA Estratégia y Organización S.A. (Galiza) e SFOM - Scuola di Formazione e Orientamento Musicale (Itália), que ao longo de 2 anos têm mapeado uma série de boas práticas no ensino da música em vários países.

O Play2Grow! demarca-se do ensino regular de música pelas metodologias aplicadas, por permitir que os jovens desenvolvam capacidades fundamentais através da música, como a comunicação, o trabalho em equipa, perder o medo do palco, entre outras.

O objetivo principal é o desenvolvimento de estratégias e documentos (trainning curricula) sobre estas boas práticas, para ajudar qualquer pessoa, nomeadamente os chamados youthworkers de cada país a replicar estas práticas no seu contexto. Todas as práticas visam a aquisição de valores e competências fundamentais através da música.

TEATRO DE BALUGAS VENCE CONCORSO TEATRALE INTERNAZIONALE "CITTÀ DI CHIVASSO" EM ITÁLIA

A peça "Pão Nosso" vence Concorso Teatrale Internazionale "Città di Chivasso" em Itália

O júri do festival atribuiu o prémio de Melhor Espetáculo ao trabalho do Teatro de Balugas, como o prémio de Melhor Encenação a Cândido Sobreiro, autor e encenador da peça de teatro premiada. A entrega decorreu online na passada segunda-feira e contou com a presença do júri, composto por várias personalidades ligadas ao teatro, como Paolo Ascagni, presidente da UILT Nazionale - Unione Italiana Libero Teatro.

Pão Nosso_Teatro de Balugas_8.jpg

O certame foi organizado pela Officina Culturale APS e teve os apoios institucionais da IATA (International Amateur Theatre Association) e da CIFTA (Comité International des Fédérations Théatrales Amateurs de culture latine). No final da entrega, ficou o convite para a peça ser apresentada em Chivasso (Piemonte, Turim) após o término das restrições impostas pela Covid-19.

Festival Città di Chivasso_Teatro de Balugas.jpg

Festival Città di Chivasso_Teatro de Balugas_1.jp

Pão Nosso_Teatro de Balugas_1.jpg