Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

SARRABULHO E BACALHAU DE CEBOLADA JUNTA EMIGRANTES EM PARIS

Já se tornaram motivo de agenda há meia dúzia de anos as festas organizadas pela comunidade luso – portuguesa de Drancy, cidade a duas dezenas de quilómetros de Paris, e sempre bastante concorridas.

20092019-1.jpg

A gastronomia e os vinhos portugueses são o principal motivo para reunir familiares e amigos nesses convívios, com a particularidade dos menús tradicionais serem confecionados pelas melhores cozinheiras do Minho e de Ponte de Lima.

É o caso de Fátima Amorim, do restaurante com o mesmo nome na freguesia da Correlhã, e Goretti Bezerra, do Sonho do Capitão, localizado umas centenas de metros antes, às portas da vila de Ponte de Lima.

Ambas vão comandar o grupo de uma dezena de pessoas experientes na culinária, para alegrar os comensais da região parisiense que vão participar no almoço do dia 6 de Outubro, domingo, no Espaço Cultural de Drancy.

Mas, para uma autenticidade dos dois pratos típicos de Portugal, os produtos necessários serão transportados via terrestre e aérea. É o caso das miudezas para o Arroz de Sarrabulho, designadamente as belouras, tripa de farinha, chouriça sarrabulha e dita de carne. E, para o Bacalhau de cebolada, outrora um cardápio em dia de feira ou de festa, servido em Braga, Famalicão, Barcelos ou Ponte de Lima, outros produtos caseiros vão na bagagem das cozinheiras, designadamente ovos e limões!

Como entreténs de Entradas, a organização liderada por D. Glória Silva, uma emérita Presidente de toda a festança, escolheu outras únicas ou famosas iguarias limianas: o Folar Limiano (Bola de carnes) já elogiada por António Loureiro, o novo Chef Michelin de Portugal nomeado em 2019; o paio do lombo, presunto ou chouriça de carne, enchidos tradicionais, premiados em vários concursos, produzidos pela Minhofumeiro, além de boroa de milho e outras especialidades.

Para degustar não faltará escolha e tempo, e para desgastar, também não! É que, está garantia animação com o Duo Irmãos Cardoso, que irão de Freixo, Ponte de Lima, com suas desgarradas e outros temas, uma triagem de actuações em França, Suíça e Inglaterra; outro artista actuará ao longo da tarde, a conhecida Laurence, muito estimada na comunidade emigrante europeia.

Não se atrase amigo leitor, faça já a sua reserva para o 06.09.30.10.77, pois os lugares são limitados á capacidade da sala e por ordem de inscrição.

Tito Morais / https://www.luso.eu/

IMPRENSA DE ANDORRA DESTACA VINDA A PORTUGAL DO GRUPO DE FOLCLORE CASA DE PORTUGAL PARA PARTICIPAR NO DESFILE DO TRAJE

D’Andorra a Portugal per representar el vestit tradicional

El proper dissabte 14 de setembre tindrà lloc a la ciutat portuguesa de Vila Nova de Gaia la 24ª edició de la desfilada del vestit tradicional portuguès i el Principat d’Andorra marcarà presència a càrrec dels membres del Grup de Folklore ‘Casa de Portugal’.

portugalandorra.jpg

Des d’Andorra, per segon any consecutiu, viatjaran 9 membres que participaran a la mostra integrada per 1418 folkloristes de tot el país, una organització de Federació de Folklore Portuguès i a banda de la delegació andorrana a nivell exterior també es desplaçarà una parella del Brasil.

La delegació del Grup de Folklore ‘Casa de Portugal’, dins les diferents temàtiques del vestit tradicional (infància, treball, riu i mar, dol, fira, casament, festa), participarà amb el vestit tradicional de treball, d’anar al mercat i de festa de la regió de l’Alt Minyo, amb els corresponents atrezzos.

El moll del riu Duero, just davant de la Ciutat d’Oporto, serà el punt de trobada emblemàtic per gaudir amb millers d’assistents, de la desfilada dels vestits regionals sobre la “passerelle”.

El Grup inicia d’aquesta forma la temporada 2019-2020 amb iniciatives ja programades com les participacions, a l’octubre en un Festival a Valladolid i una nova edició de la Fira de Cultures integrada a la Fira d’Andorra la Vella.

Capturarandorrajornal.PNG

CHEF MICHELIN ENCANTADO COM A CASA DA TERRA (PONTE DE LIMA)

O último Chef de cozinha português galardoado com Estrela Michelin, António Loureiro, vai mais uma vez a Ponte de Lima, no âmbito das amizades e reconhecimento de produtos regionais de Excelência.

06092019.jpg

Desta vez, a visita foi à Casa da Terra, um investimento de Paulino Rocha fundador da Minhofumeiro na freguesia próxima da Correlhã, onde se produzem os mais medalhados enchidos de Portugal, com medalhas de ouro e prata.

No encontro, participou também o ex- eurodeputado da Segurança Alimentar, Inácio Faria, natural de Viana do Castelo e Assessor Jurídico da Câmara Municipal de Lisboa

 António Loureiro deslocou-se à Casa da Terra, com indumentária desportiva, (deixando assim as tarefas de cozinha por algum tempo), veio degustar alguns dos mais reputados produtos da Minhofumeiro: paio do cachaço, outro do lombo, alheira de galo, chouriça de carne e presunto laminado. Um elogio á decoração, pela singularidade escolhida e as peças ou produtos escolhidos, salientou.

Recorde-se, que o renomado cozinheiro, agora estabelecido no centro histórico de Guimarães com – A Cozinha – trabalhou antes em restaurantes de Espanha, Escócia e Noruega, onde se incluem, naturalmente alguns contemplados com Estrelas Michelin, o mais prestigiado prémio mundial nas artes de cozinha!

Mas, para molhar os petiscos na visita a Ponte de Lima, a escolha pautou-se também por verdes brancos da casta Loureiro: um da Casa da Cuca, em Moreira de Lima, e outro da Aromas4U, com sede no pólo empresarial da Gemieira, tudo do concelho limiano.

Quanto ao convite para participar no presente fim de semana nas Feiras Novas, a agenda já estava ocupada! O Chef António Loureiro encontra-se em serviço fóra do país, só regressando na madrugada de segunda-feira, 9 do corrente mês.

Tito Morais / https://www.luso.eu/

ESPECTÁCULO MULTIMÉDIA ALEMÃO NA ABERTURA DAS FEIRAS NOVAS

Milhares de pessoas compareceram na noite de ontem, quarta-feira, no areal e ruas próximas, na vila de Ponte de Lima, para assistirem ao espectáculo multimédia de abertura das Feiras Novas.

05092019jpg-1.jpg

A concentração iniciou-se em alguns casos, duas horas antes, com famílias a reservarem já o melhor lugar, naquele evento que assinalou o arranque das Festas do Concelho do município altominhoto, fundadas no reinado de D. Pedro IV, no remoto ano de 1826.

No início da novidade que precisou da instalação em toda a ponte medieval que atravessa do Lima dum equipamento com recurso a hélio, um gás não inflamável que lançava chamas ao som de música clássica, a Presidente da Associação Concelhia das Feiras Novas, vereadora Ana Machado, informou o público dos constrangimentos à realização daquela alegoria ao Monumento Nacional. Tratava-se de relembrar, nos termos do alerta vermelho decretado pelo governo através da Associação Nacional de Protecção Civil (ANEPC) que até às 23,59 h de Domingo, estavam proibidos os fogos do ar e de artifício.

Contactado, o empresário responsável pela actividade inaugural das Feiras Novas, David Costa, mostrou-se triste pela decisão ministerial, pois tinham preparado “ 2900 peças de pirotecnia de alta precisão e efeitos especiais “ que não seriam utilizadas!

Mas, o povo não arredou pé, e todo o equipamento encostado ao amparo da travessia fluvial pedestre voltado ao Passeio 25 de Abril, com um sistema de controlo informático em parceria com a Pirotecnia Minhota, deslumbrou a multidão, com aplausos e pedidos de repetição!

Foi a primeira vez em Portugal, e em Ponte de Lima que se proporcionou um acontecimento desta natureza, pelo que um breve resumo, em vídeo do amigo Carlos Fiúza assim o registou e anexamos.

Quanto á empresa responsável pelo espectáculo, com sede em Dusseldorf, Alemanha, eis algum do seu trabalho, a nível mundial: abertura do Festival da Eurovisão 2012 em Baku, Azerbaijão; inauguração dos Jogos Olímpicos de Inverno em Sótchi, na Rússia, junto da fronteira com a Geórgia, onde também se realizaram alguns jogos do Mundial de Futebol 2018 e o Grande Prémio de Fórmula 1 daquele país; várias finais do campeonato alemão de futebol, etc.

Tito Morais / https://www.luso.eu/

GOA PRESERVA TRADIÇÃO DA CHEGA DE BOIS

O tão apreciado sarapatel não é o único elemento cultural que une Goa e, de uma maneira geral, as gentes do antigo Estado Português da Índia à nossa região. Também as tradicionais chegas de bois muito comuns em Cabeceiras de Basto e no planalto barrosão que integra a vila minhota do Salto, são preservadas pelas gentes goesas de raízes católicas, as quais não professam portanto as crenças hindús nomeadamente em relação a estes animais.

Antes de votações, legalização de touradas de volta à agenda em Goa

O candidato do Congresso para o sul de Goa, Francisco Sardinha, que tinha movido uma resolução no Parlamento para a legalização de touradas em Goa durante a sua passagem anterior entre 2009-2014, prometeu levá-lo novamente.

september-hindustan-fighting-fighting-september-fighting-organized_98a2d5f2-57c3-11e9-8f69-76e382037a5f.jpg

Apesar de ser banido por uma ordem da alta corte de Bombaim em Goa e mais tarde confirmada pelo Supremo Tribunal, as touradas continuam esporadicamente e é considerado o segredo mais bem guardado de Goa. O esporte que tem raízes na história colonial de Goa é praticado em aldeias dominadas por católicos de Goa. (FOTO HT)

 

A demanda longa de Goa pendente de legalização de touradas está de volta na agenda como as partes procuram superar uns aos outros em sua perseguição para o voto católico potencialmente significativo, que compõe um significativo 26% do eleitorado.

Com margens finas - muitas vezes na faixa de alguns milhares de votos - fazendo a diferença, os candidatos estão ansiosos para ir além do ordinário para garantir que todos os grupos de interesse são atendidos.

O candidato do Congresso para o sul de Goa, Francisco sardinha, que tinha movido uma resolução no Parlamento para a legalização de touradas em Goa durante a sua passagem anterior entre 2009-2014, prometeu levá-lo de novo,

"Eu sou a favor de touradas. Vou levá-la de novo. Quando os seres humanos lutam (boxe) você vê-los... Então, se os touros são feitos para combater o que está errado nele? Sardinha disse ao Hindustan Times.

Candidato BJP para o sul de Goa e sentado MP Narendra Sawaikar muito arremessados para a atividade.

"A tourada é uma coisa tradicional que vem acontecendo em Goa. Na matéria de Jallikattu, o governo da União tinha apoiado o carrinho (do governo do estado). Nós vamos apoiá-lo ", anunciou Sawaikar.

Apesar de ser banido por uma ordem da alta corte de Bombaim em Goa e mais tarde confirmada pelo Supremo Tribunal, touradas continua esporadicamente e é considerado o segredo mais bem guardado de Goa. O esporte que tem raízes na história colonial de Goa é praticado em aldeias dominadas por católicos de Goa.

Goa tem um eleitorado 11,31 lakh-forte que seja dividido ingualmente entre as circunscrições norte e sul de Goa, ambas detidas atualmente pelo BJP. Wooing católicos que compõem 26% do eleitorado do estado-16% no norte de Goa e 36% no sul de Goa-é visto como crucial para as chances de um candidato.

Ao contrário do esporte na Espanha, onde o touro necessariamente morre para acabar com a luta, localmente a luta termina quando um touro foge do local declarando o outro o vencedor, um fato que os apoiantes usam para fortalecer seu argumento.

Entretanto, os peritos legais permaneceram céticos sobre o movimento.

"Se houver uma mudança na lei central (prevenção da crueldade contra os animais Act), então touradas podem ser permitidas. Mas eu não acho que é viável porque foi banido, a proibição foi confirmada pelo HC e SC. Quando algo foi confirmado pelo SC, não vejo nenhuma justificativa para que o Parlamento intervenha e o altere ", afirmou o advogado Cleofato Almeida Coutinho acrescentando que Goa tem apenas dois MPs cuja influência é pouco.

A promessa de legalizar touradas tem sido repetida ao longo de vários anos por políticos com pouco sucesso como tentativas foram stonewalled pelo governo central e do Supremo Tribunal.

Gerard de Souza / https://www.hindustantimes.com/

Capturarhindustantimes.PNG

CHIRIPITI LEVA CENTENAS À ROMARIA DE S. JOÃO D´ARGA

Trata-se de uma designação popular atribuída pela juventude a uma bebida caseira, à base de aguardente ou bagaço com mel, consumida em grande quantidade na noite de hoje e amanhã, no decorrer da romaria de S. João d´Arga, concelho de Caminha.

26082019.jpg

É um dos atractivos para participar naquela que é ainda hoje uma das mais genuínas romarias do norte de Portugal, quiçá mesmo do país, pela sua antiguidade e tradições envoltas em Fé e convívios enogastronómicos.

Os romeiros ou turistas são oriundos principalmente de Caminha, Viana do Castelo e Ponte de Lima, mas com o advento do automóvel e estrada de acesso, a sua afluência alargou-se nos últimos vinte anos um pouco a toda a região, e até da Galiza.

A origem da festa perde-se nos tempos, talvez já com uns quatrocentos anos, pois o templo primitivo remonta á Idade Média, ou anterior, ainda com vestígios de construção românica, com reformas posteriores com a inclusão da fachada setecentista. Há quem atribua o primeiro santuário de S. João d´Arga a uma fundação de frades beneditinos, que por aquele lugar ermo se fixaram envoltos na Fé e penitência.

Um documento de 1758 elaborado pelo pároco informa que “ a ermida de S. João de Arga, frequentada de muita romagem de muitas partes do Reino “, o que justifica a existência dos quartéis, construções paralelas á capela, para pernoita de peregrinos e ambulantes, edifícios recuperados nos últimos anos pela confraria.

O dia principal da festividade é a noite de hoje, 28 de Agosto, com a chegada de peregrinos, forasteiros, turistas ou caminhantes, até quase podemos chamar alguns de foliões, tal é a motivação que os ocupa a tal ocupação noturna, madrugada fóra!

De acordo com gerações de fiéis, o cumprimento de promessas é o pagamento de males de verrugas, quistos, doenças de pele, principalmente, com oferta de ex-votos de cera, dinheiro e voltas ao templo. Estas têm de ser em número de três, e há os que sublinham a tradição de dar duas esmolas: uma ao S. João e outra ao diabo!

Como tradição, romaria ou festa religiosa, encontro de amigos e familiares, ou de folclore, o certo é que S. João de Arga transformou-se numa rota de Turismo, Religioso, cíclico e pretendido, desde a juventude e mais avançados na idade, com chiripiti como “obrigação”, local de campismo e de degustação de farnéis, petiscos locais, como a broa, presunto, cabrito e bacalhau frito, e vinho do bô (m), e das modernices, desnecessárias algumas, com tendas de bugigangas e enfeites ou adornos para roupa e casa, brinquedos infantis, também por lá proliferam…

Da sua autenticidade em outros tempos, recordamos o filme produzido em 1970 pelo Instituto de Gottingen, Alemanha intitulado Kirchfest “ Romaria “ von S. João de Arga (Minho) importante documentário desse património imaterial.

Tito Morais / https://www.luso.eu/

FOLCLORE DO MINHO ESTÁ DE LUTO: MORREU ADELINO FERNANDES PINTO!

Morreu um dos maiores folcloristas de Portugal, o vilaverdense Adelino Fernandes Pinto

O folclore português perdeu, esta tarde, um dos seus maiores, o vilaverdense Adelino Fernandes Pinto. Fundador do Grupo Folclórico das Lavradeiras de Parada de Gatim, era um estudioso do cancioneiro popular minhoto e das danças e cantares que deram cor e brilho a muitas das participações do grupo em incursões nacionais e internacionais. A canção e dança à “Senhora do Sameiro” é um dos ícones maiores do grupo, canção por si eternizada no cancioneiro popular. Mas foi nos nos trajes que se destacou mais.

capa2-a-melhor-cópia.jpg

Era responsável pelo levantamento e confecção dos trajes do grupo, onde o critério e rigor se tornaram as suas imagens de marca. Aliás, fazia recolha nos “recantos do Minho” e possui um dos mais ricos espólios de trajes e artigos tradicionais ligados ao folclore, às lides da lavoura, das festas e romarias dos nossos antepassados.

O jornal “O Vilaverdense” dedicou, na última edição de Julho de 2019, uma ampla reportagem dos 50 anos do Rancho Folclórico das Lavradeiras de Parada de Gatim, onde foi possível registar um dos seus últimos testemunhos ainda em vida.

Adelino Fernandes Pinto morreu esta tarde, com 79 anos de idade.

O funeral realiza-se amanhã, pelas 18h00, na igreja paroquial de Parada de Gatim.

Fonte: https://ovilaverdense.pt/

PONTE DE LIMA: REVISTA “O ANUNCIADOR DAS FEIRAS NOVAS” JÁ ESTÁ A SER DISTRIBUÍDA

A edição de 2019 da revista “O Anunciador das Feiras Novas” já se encontra a ser distribuída. Com a magnífica apresentação gráfica que desde sempre nos habituou, a revista apresenta na capa a grandiosa sessão de fogo-de-artifício sobre o rio Lima, tedo a ponte românica como cenário de fundo.

Capa Anunciador 2019.jpg

A II série da revista “O Anunciador das Feiras Novas” possui 36 anos de publicação ininterrupta. A revista, de periodicidade anual, contribui para a valorização das maiores festas da região, abrangendo várias temáticas, desde a história, ao turismo, à gastronomia e à literatura, mostrando igualmente a dinâmica empresarial de Ponte de Lima retratada na variada publicidade do comércio, industria e serviços que contribuem para o progresso económico e social do concelho limiano.

O Administrador do BLOGUE DO MINHO que desde há mais de três décadas mantém colaboração assídua nesta publicação, contribuiu para esta edição da revista “O Anunciador das Feiras Novas” com o modesto artigo “Arroz de Sarrabulho com Rojões é o “Embaixador” da Gastronomia de Ponte de Lima”.

Capturarafn1.PNG

Capturarafn2.PNG

Capturarafn3.PNG

Capturarafn4.PNG

CHEF MICHELIN ELOGIOU FOLAR LIMIANO

O mais recente Chef galardoado com Estrela Michelin, (esse cobiçado prémio mundial atribuído aos melhores cozinheiros), António Loureiro, deslocou-se mais uma vez a Ponte de Lima para apreciar produtos locais.

22082019-1 (1).jpg

Agora, foi a análise do Folar Limiano, essa preciosa “ jóia” de pastelaria salgada, que começou a ser produzida na Páscoa de 2016, pelo Chef pasteleiro Vítor Lima, na Casa do Folar Limiano, situada na urbanização da Baldrufa, próximo do cruzamento da Ponte Senhora da Guia.

Trata-se de uma Bola de carnes, de formato redondo, confecionada á base de produtos locais como os enchidos, destacando-se o lombo do cachaço e vinha de alhos, cuja massa de textura macia é húmida, molhada com vinho Loureiro, ficando a levedar durante 24 horas, de forma a atingir o “ padrão de excelência” sublinhou o produtor.

António Loureiro, salientou o tamanho médio escolhido pelo fabricante para o Folar Limiano, para além do recheio que lhe concebeu um sabor elevado entre os similares, pelo recurso aos produtos endógenos selecionados e o ponto de cozedura!

Quanto á sua penetração no mercado, o comerciante referiu a sua elevada procura fóra de Ponte de Lima, a nível nacional e internacional. Neste capítulo, a sua qualidade foi testada por ocasião de Feiras do sector agroalimentar de referência, como as de Nanterre (Paris) e Cennon em França, e na de Bruxelas “ O Melhor de Portugal”.

Mais longe, levado como recordação, e já com algumas encomendas via correio expresso, o Folar Limiano chega já a consumidores dos Estados Unidos da América, Canadá, Austrália e Angola. Na comunidade luso – portuguesa espalhada pela Europa, elencamos a Espanha, França, Alemanha e Andorra, como principais origens de encomendas.

Uma embalagem especial para a exportação, onde a garantia de durabilidade do produto esteve na base da sua concepção, assim como uma película para o envolver, mereceram há meses atrás o apoio de Bruxelas, através de representante da Agência Executiva para as Pequenas e Médias Empresas / Área do Ambiente e Recursos Eco – Inovação, num evento realizado no Parlamento Europeu.

Tito Morais / https://www.luso.eu/

VIZELA APRESENTA INFORMAÇÃO DIGITAL

Apresentação da 4ª edição do jornal Info Municipal

A Câmara Municipal de Vizela apresenta a 4ª edição do jornal Info Municipal, no próximo dia 13 de agosto, pelas 11.30h, na sala de exposições Joaquim da Costa Chicória, na Loja Interativa de Turismo.

De destacar que o jornal Info Municipal é uma publicação trimestral que pretende ser o espelho da atividade do Executivo Municipal durante este mandato, cujo principal objetivo é melhorar a forma de comunicação da Autarquia com o exterior.

ap. jornal.JPG