Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GRANDE PRÉMIO DE PORTUGAL ENCHE HIPÓDROMO DE PONTE DA BARCA

Foi com o Hipódromo de Ponte da Barca cheio que decorreu ao longo de toda a tarde de domingo mais uma prova do Campeonato Nacional da Liga Portuguesa de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida/Liga Portuguesa de Trote e Galope – LPCPCC/LPCC, inserida no Grande Prémio de Portugal, prova que consagra os melhores velocistas do ano nas categorias de galope e trote, bem como o melhor equino nascido e criado em Portugal.

Capturar1

Tarek (IRE) da quadra Supermercados Cardoso com preparação e montado pelo jóquei Diogo Duarte foi o brilhante vencedor do Grande Prémio de Portugal para velocistas na categoria de Galope. Na categoria de Trote, o vencedor do Grande Prémio foi Sapolino (FR) da quadra Jardins Acúrcio, Lda com preparação e condução do driver Acúrcio Peixoto.

No Grande Premio de Portugal para cavalos nascidos e criados em Portugal disputado sobre a distância de 2000 metros, o vencedor foi Jasmine (POR) da quadra Quinta das Figueiras com preparação de Pedro Santos e montado pelo Jóquei Filipe Vaz.

Durante o dia decorreu ainda um handicap dividido de 2300 metros na categoria de trote atrelado que consagrou Senior Justice (FR) da quadra Mustang com preparação de Bruno Bessa e condução do driver António Bessa na sua primeira parte e Roc de Cossio (FR) da quadra espanhola J. Alvarez com condução e preparação de Juan Alvarez na segunda parte do handicap.

A galope decorreu ainda uma prova sobre a distancia de 2000 metros que consagrou vencedor First Cornilliere (FR) da quadra Pereira & Pereira Joker com preparação de António Pereira e monta do jóquei Luís Fonseca, bem como a sempre emocionante prova reservada a cavalos Puro Sangue Árabes, sobre a distancia de 1400 metros, que sagrou vencedor Haddar (SPA) da quadra espanhola Videirinha com a monta de Augusto Pereira.

A iniciativa não podia ter deixado o Presidente da Câmara de Ponte da Barca, Augusto Marinho, mais satisfeito: "perante a moldura humano que aqui se formou, esta é sem dúvida uma aposta ganha", referiu o autarca saudando, ainda, todo o público presente, participantes e em particular aos vencedores.

41930299_1474527915981520_7246373396227817472_o

41974109_1474527442648234_7786334193599905792_o

42086243_1474528859314759_1315719873434746880_o

42090673_1474527102648268_5195217979117142016_o

42111728_1474529259314719_5838509376029065216_o

REUNIAÕ DE CÂMARA DE PONTE DA BARCA DE 10 DE SETEMBRO: PROPOSTA PARA A REALIZAÇÃO DE CORRIDA DE CAVALOS APROVADA COM UM VOTO CONTRA E UMA ABSTENÇÃO DOS VEREADORES SOCIALISTAS

Foi com o voto contra do Vereador socialista, em regime de substituição, Pedro Sousa Lobo e abstenção da Vereadora Sílvia Torres que a proposta do executivo municipal de celebração de protocolo com a Liga Portuguesa de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida/Liga Portuguesa de Trote e Galope – LPCPCC/LPCC, l, foi aprovada, na última reunião de câmara.

Capturar1

A proposta prevê o apoio financeiro à realização no dia 16 de setembro de mais uma prova do Campeonato Nacional, inserida no Grande Prémio de Portugal, no recentemente inaugurado Hipódromo de Ponte da Barca já que, como explicou o presidente da Câmara, Augusto Marinho, “muitos foram os que se manifestaram pelo o regresso das corridas de cavalos, anseio bem expresso nas milhares de pessoas presentes no dia inaugural”. Augusto Marinho disse ainda que este foi o primeiro passo na recuperação desta tradição do concelho barquense, sendo agora necessário dinamizar o espaço criado.

A realização destas provas no concelho constitui, ainda, para o autarca barquense “um  fator  de  divulgação  do  nome  de Ponte da Barca  e  do  seu  potencial  turístico,  uma  aposta  decisiva  na  divulgação  da  modalidade  junto  dos  barquenses  e  uma  forma  de  valorização  do  programa cultural e desportivo do município de Ponte da Barca.”

Augusto Marinho salientou, também, que estas iniciativas são mais “um  meio  de  atração  de  forasteiros,  com  a  consequente  dinamização   ao   nível   comercial,   principalmente   no   que   se   refere   aos estabelecimentos de restauração locais”.

Também da ordem de trabalhos faziam parte as minutas dos contratos a celebrar relativos à aquisição de transportes escolares  - circuitos especiais relativos o ano letivo de 2018/2019 para os três Centros Escolares do Concelho que, a juntar a um conjunto de protocolos aprovados na reunião do executivo que antecedeu esta reunião, permitirão fazer um caminho seguro e comprometido no sentido de criar todas as condições para que em Ponte da Barca o sector da Educação seja uma referência.

No período antes da ordem do dia, o presidente da Câmara fez um balanço muito positivo da Romaria de São Bartolomeu, deixando uma palavra de público reconhecimento à Associação Concelhia das Festas, aos muitos voluntários e em particular aos funcionários da autarquia pelo esforço e empenho com que  colaboraram para que fossem, uma vez mais, um sucesso. Deu ainda nota de algumas das atividades decorrentes dos últimos dias, destacando a recente eleição de Micaela Mota Oliveira como Primeira Dama de Honor na X Gala de Eleição da Rainha das Vindimas de Portugal. A jovem barquense, natural de Sampriz, foi a representante de Ponte da Barca neste concurso da Associação de Municípios Portugueses do Vinho, da qual Ponte da Barca é membro.

Augusto Marinho referiu o enorme orgulho que representa para Ponte da Barca a eleição da Micaela Oliveira que tão bem representou o nosso concelho, promovendo a nossa identidade cultural e tradições rurais como um território fortemente ligado à tradição vitivinícola, deixando, ainda, uma palavra de agradecimento à claque que acompanhou a candidata de Ponte da Barca pelo “entusiasmo e empenho com que apoiaram a representante barquense contagiando, até, todo o público que assistiu à cerimónia.”

HIPÓDROMO DE PONTE DA BARCA RECEBE GRANDE PRÉMIO DE PORTUGAL

É já no domingo, dia 16 de Setembro, que as Corridas de Cavalos regressam ao recentemente inaugurado Hipódromo de Ponte da Barca.

Capturar1

Esta prova do Campeonato Nacional da Liga Portuguesa de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida/Liga Portuguesa de Trote e Galope – LPCPCC/LPCC, inserida no Grande Prémio de Portugal, terá início às 15h30 horas e contará com a realização de 7 mangas repartidas pela modalidade de trote e galope, com cerca de 60 cavalos inscritos, onde correrão os melhores qualificados e os melhores velocistas do ano.

Recorde-se que o regresso das corridas de cavalos era há muito, como atesta o presidente da Câmara, Augusto Marinho “um anseio da população barquense e que este ano se concretizou no âmbito da Romaria de São Bartolomeu”. A par da recuperação desta tradição do concelho barquense no programa das festas locais, a dinamização do renovado espaço para a realização destas provas no concelho constitui, ainda, para o autarca barquense “um fato de divulgação do nome de Ponte da Barca e do seu  potencial turístico, uma aposta decisiva na divulgação da modalidade junto dos barquenses e uma forma de valorização do programa cultural e desportivo do município de Ponte da Barca.”

Augusto Marinho entende, ainda, que estas iniciativas são mais “um meio de atração de forasteiros, com a consequente dinamização ao nível comercial, principalmente no que se refere aos estabelecimentos de restauração locais”.

HIPÓDROMO DE PONTE DA BARCA RECEBE GRANDE PRÉMIO DE PORTUGAL

É já no domingo, dia 16 de Setembro, que as Corridas de Cavalos regressam ao recentemente inaugurado Hipódromo de Ponte da Barca.

corrida

Esta prova do Campeonato Nacional da Liga Portuguesa de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida/Liga Portuguesa de Trote e Galope – LPCPCC/LPCC, inserida no Grande Prémio de Portugal, terá início às 15h30 horas e contará com a realização de 7 mangas repartidas pela modalidade de trote e galope, onde correrão os melhores qualificados e os melhores velocistas do ano.

HIPÓDROMO MUNICIPAL DE CELORICO DE BASTO RECEBE PROVA A CONTAR PARA O CAMPEONATO NACIONAL

No próximo dia 19 de agosto, pelas 16h00, o hipódromo Municipal de Celorico de Basto recebe uma corrida de cavalos a galope e trote atrelado. Uma prova a contar para o campeonato nacional que colocará à prova a destreza e perícia de cavaleiros e cavalos.

_DSC8552

Como habitualmente, são esperadas centenas de pessoas a assistir às provas num hipódromo renovado em 2017.

“É mais uma prova a ter lugar no nosso hipódromo Municipal, um espaço que apresenta todas as condições para cavaleiros, cavalos e aficionados” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. “O gosto pelo hipismo tem vindo a acentuar-se num concelho que sempre valorizou estas provas. Agora num espaço renovado, que poerá vir a receber várias provas durante o ano e que atrairá cada vez mais cavaleiros”.

As mangas a galope e trote atrelado prevêem-se muito competitivas e deixarão, por certo, o público ao rubro. Como habitualmente, serão esperadas provas a galope muito renhidas com o joker a imprimir grande velocidade no cavalo. Nas mangas referentes ao trote atrelado, o público aguarda um espetáculo de minucia e técnica imprimida pelos drives que conduzirão os cavalos.

Esta prova é uma organização entre o Município de Celorico de Basto, a Associação Cultural e Recreativa de Carvalho e a União de freguesias de Carvalho e Basto Sta. Tecla e conta com o apoio dos Bombeiros Voluntários Celoricenses.

cartaz2018_web

PONTE DE LIMA VIRA CAPITAL DO CAVALO E DA EQUITAÇÃO

XII Feira do Cavalo de Ponte de Lima: Mais de 300 Cavalos e Cavaleiros “Invadem” a Vila Mais Linda de Portugal

Na antevisão da XII Feira do Cavalo de Ponte de Lima, que arranca esta quinta-feira, com uma das maiores delegações do desporto hípico a nível nacional e internacional, as expetativas são altas.

P1700497

Poucas vezes a realização de um evento de alta competição desportiva internacional em Portugal, assume um peso tão marcado como o da edição de 2018 da Feira do Cavalo de Ponte de Lima. Destaque-se de um conjunto de disciplinas, a de Dressage, que é não só motivo de uma jornada da taça de Portugal, mas de um Concurso Internacional.

Distinguida com o prémio de “Melhor Destino de Horseball”, pela Federação Internacional desta modalidade, a vila mais antiga de Portugal não poderia deixar de acolher também jogos de Horseball em plena Feira.

O evento de marcada componente desportiva acolhe ainda o Concurso de Modelo e Andamentos, o Campeonato de Portugal de Dressage Senior e Para-dressage, Equitação de Trabalho, e um Derby de Atrelagem.

Ponte de Lima tem uma forte ligação e tradição ao tópico equestre, e além de apostar na formação de atletas, a vila tem cada vez mais praticantes a usufruir dos espaços para a atividade.

Com uma lista de elite de mais de 300 cavalos e cavaleiros, oriundos de dois continentes, desde a China à República Dominicana, passando pelas vizinhas Espanha e França, as provas decorrerem de 28 de junho a 1 de julho, na Expolima.

O evento em que o Cavalo Lusitano é a estrela, atrai já cavaleiros olímpicos, a este destino Equestre Internacional, que pelas 22h00 de hoje recebe a Gala da Escola Portuguesa de Arte Equestre, com entrada gratuita.

A XII Feira do Cavalo abre portas esta quinta-feira, estando já a decorrer o Campeonato de Portugal de Dressage e Para-Dressage, a Taça de Portugal de Dressage, Critérios de Cavalos Novos, e o Concurso Internacional de Dressage enquanto o recinto da Expolima recebeu já ontem e anteontem Olimpíadas de Equitação Adaptada.

DJI_0014

P1700487

PONTE DE LIMA REALIZA FEIRA DO CAVALO

Feira do Cavalo de Ponte de Lima 2018: Secretário de Estado do Desporto e da Juventude, João Paulo Rebelo, Visita o evento no dia 29 de Junho às 17 horas

Aproxima-se mais uma edição da Feira do Cavalo de Ponte de Lima, evento que pela sua qualidade e visibilidade faz parte do calendário equestre nacional e internacional.

pr_comprimido  para envio mailling list 1

À semelhança das edições anteriores, a arte equestre volta a Ponte de Lima através das provas equestres que a Feira do Cavalo realiza, durante quatro dias.

Classificada o ano passado como “Evento do Ano”, pelo Ceval – Confederação Empresarial do Alto Minho, distinção a juntar-se um conjunto de galardões já alcançados em anos anteriores, como, "Destino Equestre Internacional", "Melhor Destino de Horseball".

A Feira do Cavalo de Ponte de Lima considerada como promotor da região e do país, é uma alavanca fundamental para o turismo nacional, garante na presente edição a realização de uma série de iniciativas que vão desde as Olimpíadas de Equitação Adaptada, ao Concurso Internacional de Dressage, Concurso de Modelo e Andamentos, Critérios de Cavalos Novos, Campeonato de Portugal de Dressage Senior e para-dressage, para além da jornada da taça de Portugal de dressage, equitação de trabalho, horseball e atrelagem.

O evento de alta competição, traz este ano a Ponte de Lima cavaleiros da China, da República Dominicana, Espanha, França, entre outros, sendo um marco do circuito equestre internacional.

O programa não se direciona apenas a atletas, mas a todos os aficionados da dinâmica equestre, para os quais o Município de Ponte de Lima promove um Passeio a Cavalo ao Senhor do Socorro, na Labruja e muita animação musical, quer tradicional, quer com a gala da Escola Portuguesa de Arte Equestre, no dia 28 às 22 horas.

A visita oficial está agendada para a sexta-feira, 29 de junho às 17 horas, com a presença do Secretário de Estado do Desporto e da Juventude, João Paulo Rebelo.

Convidamos o V/ órgão de comunicação acompanhar a visita.

Poderá encontrar toda a informação alusiva à feira no site: www.feiradocavalo.pt

pr_comprimido para envio mailling list 2

PONTE DE LIMA REALIZA FEIRA DO CAVALO

Feira do Cavalo de Ponte de Lima – 2018. 28 de junho – 2 de julho

Ponte de Lima prepara a 12ª edição da Feira do Cavalo. Evento que pela sua qualidade e visibilidade faz parte do calendário equestre nacional e internacional.

Feira do Cavalo (Medium)

Classificado como Evento do Ano pelos Prémios Alto Minho Business Awards 2017, a Feira do Cavalo de Ponte de Lima mantém a aposta numa estratégia de investimento na componente equestre, dinamizada pela Município de Ponte de Lima.

Mais uma vez, as expectativas deste evento que atrai cavaleiros e criadores, nacionais e internacionais, com destaque para a presença internacional, colocando Ponte de Lima numa das capitais do circuito equestre internacional.

Do programa equestre destaca-se o Concurso Internacional de Dressage, Concurso de Modelo e Andamentos, Critérios de Cavalos Novos, Campeonato de Portugal de Dressage Senior e para-dressage, para além da jornada da taça de Portugal de dressage, equitação de trabalho, horseball e atrelagem.

De referir ainda quer no dia da abertura oficial, a 28 de junho, realiza-se a Gala da Escola Portuguesa de Arte Equestre.

Para mais informações consulte o site da feira: www.feiradocavalo.pt

PONTE DE LIMA É REFERÊNCIA NO DESPORTO HÍPICO

Começou hoje, dia 8 de Junho, a 10ª edição do CSI Ponte de Lima. O evento, que ultrapassa as duas centenas de cavalos inscritos, decorre este fim-de-semana na Expolima.

image001

O português António Matos Almeida, com Manhattan, foi o vencedor da prova internacional de 1,40m, ao fazer 51,36 segundos na primeira fase e 23,98 segundos na segunda fase. Seguiram-se os portugueses Ricardo Gil Santos e Gonçalo Ribeiro Pinto.

Na prova de 1,30m, o nacional Rui Gonçalo, com Uriel de Baguim, percorreu o percurso em 68,88 segundos conquistando o primeiro lugar. Em segundo e terceiro lugar ficaram o espanhol Julio Gonzalez Robinson e o português António Portela Carneiro, com 70,75 e 71,86 segundos respetivamente.

A prova de 1,20m foi ganha pelo brasileiro Sílvio Teixeira da Silva, com Spica, que completou o percurso em 59,91 segundos na primeira fase e 40,73 na segunda, conquistando também, com Tuti Quanti de Circe, o terceiro lugar. Em segundo lugar ficou Bernardo Carvalho, com Lobetto Z.

Realizaram-se igualmente provas nacionais de Cavalos Novos, 1,00m, 0,80m e 0,50m.

As competições continuam nos próximos dois dias, entre as 09.00 e as 20.00 horas, com o Grande Prémio Internacional – Câmara Municipal de Ponte de Lima no Domingo, dia 10 de Junho.

Com entrada livre a organização prevê uma forte adesão do público ao recinto da Expolima, durante os próximos dias, para assistir as provas de elevado índice competitivo.

TERMINOU EM PONTE DE LIMA O CONCURSO DE SALTOS NACIONAL B

Terminou o Concurso de Saltos Nacional B que decorreu entre 1 e 3 de Junho em Ponte de Lima.

O brasileiro Sílvio Teixeira, com Charme de Atie Z, foi o vencedor da prova de 1,30m, ao percorrer o percurso em 44,14 segundos. Em segundo e terceiro lugar ficaram os portugueses Mafalda Aguiar e Luís Filipe Costa, com 48,62 e 49,38 segundos respetivamente. A prova de 1,20m foi ganha por Portugal com o conjunto Bárbara Carvalho Vasconcelos e Orea de la Tuilerieque completaram o percurso em 51,56 segundos. Carolina Laranjeira, com Oitava, foi a vencedora da prova de 1,20m com 32,89 segundos.

No próximo fim de semana terá lugar o CSI Ponte de Lima, onde se esperam cavaleiros de várias nacionalidades e três dias de emoções fortes.

image001