Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GUIMARÃESSHOPPING MANTÉM-SE ABERTO COM ATIVIDADES ESSENCIAIS EM FUNCIONAMENTO

O GuimarãeShopping vai permanecer em funcionamento, das 8 às 23 horas, para permitir à população o acesso aos serviços considerados essenciais pelo Governo, bem como para que os lojistas cuja atividade está autorizada possam continuar a operar, nomeadamente supermercados e hipermercados, dietéticas, restaurantes (em regime de take-away e delivery), farmácias, parafarmácias, clinicas, bancos, óticas, lojas de animais, eletrónica e telecomunicações, entre outros

Miguel Castro, diretor do GuimarãeShopping: “Temos feito um investimento significativo e continuo para garantir que o GuimarãeShopping é um espaço seguro e confortável para visitantes, lojistas, prestadores de serviços e colaboradores. Implementámos apertadas medidas de vigilância e limpeza, que estão certificadas pela SGS, que asseguram o cumprimento das normas e boas práticas determinadas pela Direção-Geral da Saúde”

A informação sobre as lojas em funcionamento e respetivos horários pode ser consultada no site do Centro www.guimaraeshopping.pt

CARTA AO MÉDICO VIMARANENSE ABEL SALAZAR

As imagens reproduzem uma carta sem remetente nem data, dirigida ao médico vimaranense Abel Salazar, através da qual se faz um relato de prisão e estadia na cadeia; adoecimento; poder Judicial de Braga.

Roga-se “a fineza de um prefácio ao poema “Voz que clama” e fazem-se referências ao jornalista João de Sousa Machado; à estadia na Casa de Saúde de S. João de Deus; ao falecimento do Dr. Andrade; Tenente Emanuel; ferimento a tiro de um “camisa azul” ou seja um nacional-sindicalista; Arnaldo Teixeira; e ainda ao semanário republicano “Maria da Fonte”, de Póvoa de Lanhoso.

Fonte: Fundação Mário Soares

fms-cartaalbelsalaz (1).png

fms-cartaalbelsalaz (2).png

fms-cartaalbelsalaz (3).png

fms-cartaalbelsalaz (4).png

fms-cartaalbelsalaz (5).png

fms-cartaalbelsalaz (6).png

fms-cartaalbelsalaz (7).png

fms-cartaalbelsalaz (8).png

fms-cartaalbelsalaz (9).png

fms-cartaalbelsalaz (10).png

JOÃO FERREIRA FAZ CAMPANHA EM GUIMARÃES

139042301_198144932043677_1597268706528833929_o.jp

Há uns meses, ninguém pôde dizer "vai ficar tudo bem" no sector da cultura porque, na verdade, a situação já estava muito longe de ser boa.

No encontro que tive a noite passada, em Guimarães, os testemunhos de escritores, poetas, programadores culturais, do presidente do Grupo Folclórico Ceifeiras de Gondar, entre outros trabalhadores da cultura confirmam o agravamento brutal dessa já degradada situação.

As dificuldades extremas sentidas pela generalidade daqueles que, por todo o país, mantêm de pé este sector indispensável, não têm solução em anúncios inconsequentes de medidas avulsas.

Neste momento, é imperativo garantir o direito à cultura, concretizando esses apoios na vida destes trabalhadores.

João Ferreira

FALECEU O VIMARANENSE TADEU DE GUIMARÃES

Professor Tadeu de Guimarães faleceu vítima de Covid-19. Cidade e amigos de luto

Joaquim Tadeu, mais conhecido como professor Tadeu, morreu nesta terça-feira, dia 5 de janeiro, vítima de Covid-19, avança a RadioPax. Joaquim Tadeu estabeleceu-se há mais de 25 anos em Beja, onde lecionava Música, na Escola Mário Beirão.

Segundo a mesma fonte, o professor, natural de Guimarães estava internado, nos Cuidados Intensivos do Hospital de Beja há cerca de três semanas.

Em Guimarães são já muitas as manifestações de carinho em memória do professor Tadeu.

Fonte: https://semanariov.pt/

11295544_10206849907076425_3762204426329545180_n.j

VIZELENSES DEFRONTAM AS VIMARANENSES NO CAMPEONATO DISTRITAL DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE BRAGA

Dia de jogo | Seniores Femininas

Campeonato Distrital - AF Braga | 3ª jornada

AD Jorge Antunes vs Gteam Guimarães

Hoje | 21h00

Pavilhão Desportivo Jorge Antunes

O Desportivo Jorge Antunes é, desde 1979, uma associação desportiva com títulos nacionais e internacionais.

Futsal, BTT Downhill, BTT Enduro, Matraquilhos, MMA, Kickboxing e Airsoft são as modalidades atuais.

136790966_3893174164035832_4528173789229830852_o.j

MORREU O ESCULTOR JOÃO CUTILEIRO, AUTOR DA ESCULTURA DO REI D. AFONSO HENRIQUES EM GUIMARÃES

Morreu hoje o escultor João Cutileiro, aos 83 anos de idade, autor de várias obras emblemáticas e algo controversas como a escultura do Rei Dom Afonso Henriques, em Guimarães, situada numa das extremidades do Largo João Franco.

mw-860.jpg

Foto: SIC

Para realizar esta obra, o autor João Cutileiro inspirou-se nos livros de instrução primária da década de 1940, onde o primeiro rei de Portugal era representado com um montante.

808816.jpg

Sob o título genérico “Uma Degustação”, realizou em 2012, também realizou uma exposição em Barcelos, na Galeria Municipal, promovida pela Câmara Municipal de Barcelos, a qual contou com 44 obras, 20 das quais esculturas em pedra, cinco desenhos, 12 fotografias e ainda sete relevos.

«Uma Degustação» é uma espécie de antologia da obra do mestre português, que reuniu para a exposição em Barcelos peças representativas de várias expressões artísticas, da escultura à fotografia, passando pelos relevos e pelo desenho.

A iniciativa do Município de Barcelos, em parceria com a Empresa Municipal de Educação e Cultura de Barcelos (EMECB), resultou do desafio feito pela Galeria Municipal ao escultor, que, ao repto, respondeu como quem prepara uma refeição: sabendo que não poderia mostrar a totalidade da vasta obra, preparou, com desvelo, uns quantos pratos.

A exposição de João Cutileiro é, assim, única, marcada pelo peso natural da escultura em pedra – 20 peças –, mas também pelo desenho, com os cinco exemplares em diorito negro inspirados numa viagem à Índia, pela fotografia, de pessoas, que é aquilo que gosta de fazer, e pelo relevo, com esquissos de pássaros, produzidos por volta de 2000.

Feita propositadamente para Barcelos com obras da coleção particular do escultor, razão pela qual as peças não estarão à venda ao público, a exposição de Cutileiro foi, sem dúvida, um dos momentos mais altos para a Galeria Municipal de Arte e uma das iniciativas culturais mais importantes para o concelho.

QUEM FOI VÍMARA PERES, O FUNDADOR DE GUIMARÃES?

VÍMARA PERES (Crunha, 820 – Guimarães, 873). Primeiro Conde de Portucale, origem do Portugal atual. Nasceu na Crunha e foi vassalo do rei Afonso III. Conquistou definitivamente aos muçulmanos o burgo do Porto no ano 868. Foi um dos principais responsáveis da repovoação do espaço situado entre o rio Minho e o Douro. Fundou a cidade de Guimarães.

E não ia merecer o galego e português VÍMARA PERES um poema? Em GALEGUIA:

"O Minho leva as águas.

Galiza, sangue e espírito."

Fonte: https://www.facebook.com/Galeguia-556188814575623/

21248515_567249146802923_3245113422857444883_o.jpg

Estátua equestre de Vímara Peres junto à Catedral do Porto

GUIMARÃES: AÇÃO CONCERTADA: VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Uma Iniciativa promovida pelo Projeto “Novos Olhares, Velhas Causas

A elevada ocorrência de violência doméstica e as suas graves consequências para a vítima, para a sua família e na generalidade para a sociedade, justificam o dever de todos/as na compreensão do fenómeno, na definição de estratégias de prevenção e na deteção precoce das vítimas.

novc.jpg

O problema da violência doméstica assume uma grande complexidade sendo necessário que a intervenção foque políticas e ações estratégicas e coordenadas que envolvam o estado e a sociedade civil. Portugal tem vindo a “aumentar e consolidar, nos últimos anos, um conjunto de mecanismos de proteção e apoio às vítimas de violência doméstica, muito em resultado de uma maior consciencialização da sociedade face a crime. A igualdade e a não discriminação são condições basilares para a construção de uma sociedade mais justa e equitativa. No contexto nacional, nos setores do trabalho, da saúde, da educação, da proteção social e da segurança têm sido criadas várias medidas relacionadas com o combate à violência doméstica, combate à discriminação em função do género, orientação sexual, entre outros.”, referiu a Oradora, Helena Silva.

No âmbito do Projeto “Novos Olhares, Velhas Causas” foi dinamizada a Iniciativa denominada “Ação Concertada: Violência contra Mulheres e Violência Doméstica” que pretendeu promover a territorialização e a promoção de parcerias (duas das linhas transversais definidas na Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação, ENIND 2018-2030).

Tratou-se de uma plataforma de trabalho composta por três ONG`s de Guimarães e duas ONG`s de Vizela, orientada por Helena Silva, Psicóloga Especializada em Promoção da Igualdade de Género e em Prevenção da Violência Doméstica. “Pretendeu-se incitar o trabalho em rede, rentabilizando o tempo e recursos”, referiu Edite Angustinha, Técnica do Projeto.

A ação, que contou com a presença de dez técnicos/as, “pretendeu dar continuidade a um trabalho de prevenção da violência doméstica e da violência contra as mulheres por forma a concorrer para o debate destas problemáticas e para a sensibilização da população”, adiantou Helena Silva.

Para a ação em questão foi concebido um guião técnico, para que se “possa dar continuidade ao trabalho de prevenção da violência doméstica, de modo a promover o debate desta problemática e a sensibilização da população”, terminou Edite Angustinha. Aquele recurso didático foi entregue em suporte papel e em pen, a cada participante.

O projeto “Novos Olhares, Velhas Causas” é uma iniciativa promovida pelo Centro Social da Paróquia da Polvoreira, financiada pelo Programa Operacional Inclusão Social e Empreso (PO ISE), pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), pelo Portugal 2020 (PT2020) e União  Europeia/Fundo Social Europeu (EU/FSE).

GUIMARÃES PROMOVE CIÊNCIA VIVA

Conversas Fora da Caixa: Ciência (e não só) ao longo de um ano

O Curtir Ciência – Centro Ciência Viva de Guimarães organiza, entre dezembro de 2020 e novembro de 2021, um ciclo de conversas em torno dos mais diversos temas – da religião ao cinema, passando pela poesia e pela política. Temas que não estão, à primeira vista, ligados com a vertente científica. É nesta aparente desconexão que está a razão de ser do título geral deste ciclo.

guicienciviva.jpg

De facto, “Conversas Fora da Caixa” quer ser mais do que um ciclo de debates ou palestras, seguindo antes um modelo em que pontifica, além do convidado de cada encontro, um “facilitador” de conversa, dando igualmente espaço a intervenção do público (nos casos em que ele existir).

Este ciclo, esclarece Sérgio Silva, Diretor Executivo do Curtir Ciência, começou a ser preparado no final de 2019 para arrancar no início deste ano, mas “a nossa intenção esbarrou no obstáculo chamado Covid-19”. Por outro lado, adianta, como persiste o contexto pandémico, os encontros seguirão um figurino misto: uns terão realização no palco digital, sem público; outros decorrerão “ao vivo” e com público, sempre que as condições o permitirem e especialmente se as restrições por motivos de saúde forem entretanto levantadas. 

O ciclo, com periodicidade mensal, começa a 17 de dezembro, data do quinto aniversário do Centro Ciência Viva de Guimarães. Para o encontro inaugural a conversa será protagonizada por Paulino Carvalho, responsável pela paróquia de Nª Srª da Oliveira, no Centro Histórico vimaranense, subordinada ao tema geral “Natal em tempo de pandemia”. A conversa será emitida em vídeo através das plataformas digitais do Curtir Ciência.

“A intenção deste ciclo”, conclui Sérgio Silva, “passa por incentivar a troca de ideias. Queremos recuperar o hábito dos chamados “café com ciência”, mas acima de tudo explorar as ligações que podem existir entre a Ciência e outras áreas do nosso quotidiano”.

PRIMOR ABRE A SEGUNDA LOJA EM PORTUGAL NO ESPAÇO GUIMARÃES

O Espaço Guimarães reforça a sua oferta de beleza e cosmética com a nova abertura da loja Primor, que chega pela primeira vez ao norte do país.

O Espaço Guimarães, do grupo Klépierre em Portugal, acaba de expandir a sua oferta comercial com a abertura da primeira loja Primor no norte de Portugal e segunda loja no país. A marca espanhola de produtos de cosmética inaugurou o seu espaço no Piso 1 do centro comercial, no dia 8 de dezembro.

Espaço Guimarães_Primor.jpg

Se procura o presente perfeito para surpreender neste Natal ou simplesmente um miminho especial para si, descubra a oferta incrível da Primor que garante os melhores produtos a preços imbatíveis. Com opções pensadas para todos os gostos, na nova loja encontra artigos de perfumaria, higiene e cabelo, cosmética, maquilhagem, entre muitos outros.

Marcas de luxo como a Lancôme, Shiseido, Estée Lauder, Yves Saint Laurent e Guerlain compõem a oferta da Primor, para além de outras opções alternativas, acessíveis a todos os públicos. Um perfume para o pai, um creme hidratante para a tia, ou um batom para a amiga secreta – muitas são as opções disponíveis no mais recente espaço do centro comercial.

Não deixe escapar as oportunidades de promoções e campanhas em vigor na Primor. Visite a loja no Espaço Guimarães e descubra todas as novidades e ofertas especiais!

SOBRE O CENTRO COMERCIAL ESPAÇO GUIMARÃES

Centro comercial localizado na zona oeste da cidade de Guimarães e inaugurado em novembro de 2009, é atualmente gerido pela Klépierre. Com uma ABL de 48.000 m2, distribuídos por dois pisos, o espaço disponibiliza 130 espaços comerciais, lojas e restaurantes de referência nacional e internacional, incluindo 11 lojas âncora como Zara, H&M, Sport Zone, entre outras, para além de um hipermercado Jumbo de cerca de 16.000 m2. Recentemente inaugurado, os amantes de desporto encontram no ginásio low cost Fitness Hut um clube com 1.050m2, espaço de treino repartido em 7 áreas, pista de sprint, zona equipada para treino funcional, Open Studio, HIIT Zone e Spinning Zone para aulas de grupo. Sempre inovador, o centro comercial conta ainda com a mais recente unidade do Trofa Saúde Hospital em Guimarães, com uma área total de quase 4.000 m2, oferecendo serviços de saúde de qualidade incluindo análises clínicas, imagiologia, fisioterapia, medicina dentária e mais de 30 especialidades médicas, cirúrgicas e complementares. O centro comercial possui ainda um parque de estacionamento gratuito, exterior e coberto, que oferece mais de 1900 lugares de estacionamento.  

O Espaço Guimarães posiciona-se como um centro comercial moderno e de última geração, com uma originalidade arquitetónica que agrega dois formatos complementares: um Centro Comercial e um Retail Park de 7.000 m2, que permitem ao visitante ter acesso a uma zona de lojas de maior dimensão e, simultaneamente, uma maior diversidade de ofertas de qualidade. Para mais informações consultar www.espacoguimaraes.pt.

PCP PROMOVE EM GUIMARÃES TRIBUNA PÚBLICA PELA DEFESA E VALORIZAÇÃO DO SNS

QUINTA-FEIRA, 17 DEZEMBRO, 2020, 9:30H

Tribuna Pública pela defesa e valorização do Serviço Nacional de Saúde, em frente ao Hospital da Senhora da Oliveira em Guimarães.

Na necessidade de responder no imediato aos problemas causados pela epidemia, o SNS não teve da parte do Governo do PS o reforço em meios financeiros e humanos que lhe permitisse manter a actividade normal e não acumular atrasos significativos na prestação de cuidados.

SNS.png

Cerca de 9 milhões de consultas em atraso nos Cuidados de Saúde Primários, mais de 1 milhão de consultas nos cuidados hospitalares, mais de 110.000 cirurgias que não se realizaram, são a expressão mais grave dos atrasos verificados.

Uma parte desta recuperação está a ser empurrada para os grupos privados, com a correspondente transferência de centenas de milhões de euros na contratação de serviços clínicos.

Grupos privados que não mostram disponibilidade para o tratamento de doentes COVID-19, mas que contratam centenas de camas para a recuperação de cirurgias.

A saúde dos portugueses não pode ser transformada num negócio para os grupos privados.

86462078_2331044077205100_1904068708666441728_o.jp

GUIMARÃES: MORREU RUI VIANA - NATURAL DE ESPOSENDE - VITÓRIA SPORT CLUBE ESTÁ DE LUTO!

O Vitória SC despertou, este sábado, com a terrível notícia da morte de Rui Viana, fisiologista do Departamento de Alto Rendimento afeto à equipa principal de futebol.

49301607766092.jpg

Rui Viana, de 26 anos, tinha-se juntado ao Clube esta temporada, rapidamente tendo conquistado toda a estrutura e todo o plantel pela sua extraordinária capacidade de trabalho, pela sua enorme dedicação e pelo excelente espírito de grupo que ajudou a promover.

Será uma perda muito sentida pelo Vitória SC, mas nesta hora tão difícil é com a família, os amigos e com todos aqueles que tiveram o privilégio de partilhar momentos com o Rui Viana que temos o nosso pensamento, transmitindo a força necessária para que enfrentem este doloroso momento.

GUIMARÃES: DA ROBÓTICA AO 3D - DICAS PARA CURTIR CIÊNCIA NO NATAL

O programa para a quadra natalícia do Centro Ciência Viva de Guimar tem por base um conjunto de oficinas científicas a pensar nas famílias. A novidade deste ano é a inauguração do Espaço Criativo, um “cinco em um” que oferece propostas ligadas à robótica, 3D e eletricidade, entre outras.

curtcinatgui.jpg

O programa Curtir Ciência no Natal segue à risca as orientações das autoridades de saúde e propõe atividades que vão fazer as delícias de todos! Decorre de 17 de dezembro a 2 de janeiro e inclui um conjunto de oficinas para famílias e grupos (ATL), sempre sem descurar as normas de segurança em vigor neste contexto de pandemia. Construir globos de neve alusivos ao Natal com uso de frascos usados e produzir velas aromáticas a partir de óleo alimentar usado são duas das oficinas dirigidas a grupos.

Apostado em seguir as indicações das autoridades de saúde com vista a combater a pandemia, o Curtir Ciência definiu um programa de aniversário (dia 17 de dezembro) que pretende evitar ajuntamentos, assente em iniciativas nas plataformas digitais, aproveitando para inaugurar uma nova oferta. Trata-se do Espaço Criativo, um novo módulo concebido a pensar nas famílias. Um espaço “cinco em um” que oferece cinco postos ligados a várias áreas da Ciência que os visitantes podem experimentar durante 45 minutos.

As atividades disponíveis no Espaço Criativo são:

1 | Impressão 3D | Os participantes podem fazer os seus próprios ornamentos de Natal com recurso a canetas 3D.

2 | Robótica | Quem passar pelo Espaço Criativo pode construir e experimentar robôs em Lego (Lego Mindstorm NXT) e explorar o conceito de código através de mini-robôs que respondem a sequências de cor (Ozobots).

3 | K´NEX | Exploração de kits de construção, de dificuldade média e elevada, como forma de desenvolver a imaginação de crianças e adultos.

4 | Desafios Elétricos | Neste posto os participantes podem construir circuitos elétricos, avaliar a capacidade condutora dos materiais e efetuar um pequeno desafio elétrico.

4 | Legos | Uma oferta mais direcionada para crianças com idades inferiores a 5 anos, que consiste na construção com Legos permitindo dar asas à imaginação.

Como Funciona? O Espaço Criativo pode ser alugado por períodos de 45 minutos. Durante este tempo, as famílias podem explorar livremente os diferentes postos.

Oficinas de Natal

A pensar em famílias e em pequenos grupos (ATL), o Curtir Ciência disponibiliza as habituais oficinas de Natal. Os participantes podem construir globos de neve com motivos natalícios usando frascos de vidro e produzir velas aromáticas a partir de óleo alimentar usado, como forma de sensibilização para a importância da reciclagem dos óleos.

As oficinas têm uma duração aproximada de uma hora e lotação limitada.

É ainda possível escolher outras propostas de entre a oferta habitual do Curtir Ciência: confecionar gomas de gelatina, explorando a sua constituição e propriedades, bem como o processo de gelificação e produzir sabonetes “duplos” - um sabonete mais pequeno incluído num sabonete maior.

HOJE É DIA DA IMACULADA CONCEIÇÃO, PADROEIRA E RAINHA DE PORTUGAL

As Nações sobrevivem à erosão do tempo e permanecem vivas na história dos povos se prosseguirem na fecundidade que lhes vem da sua espiritualidade e da sua cultura. A diluição espiritual e cultural de um povo significará inevitavelmente a perca da sua identidade e a sua fusão num hoje sem futuro.

Painel de azulejos existente na cidade de Guimarães

A História de Portugal regista dois momentos altos na recuperação da sua independência: a Revolução 1383-1385 e a Restauração de 1640.

Na Revolução de 1383-1385 salienta-se o cerco de Lisboa, que durou cerca de cinco meses e terminou em princípios de Setembro de 1384, acentuando-se durante o assédio, o significado da vitória alcançada por D. Nuno Álvares Pereira em Atoleiros a 6 de Abril de 1384 e a eleição do Mestre de Aviz para Rei de Portugal, curiosamente a 6 de Abril de 1385. Em 15 de Agosto travou-se a Batalha de Aljubarrota, sob a chefia de D. Nuno Álvares Pereira, símbolo da vitória e da consolidação do processo revolucionário de 1383-1385.

No movimento da restauração destaca-se a coroação de D. João IV como Rei de Portugal, a 15 de Dezembro de 1640, no Terreiro do Paço em Lisboa.

A Solenidade da Imaculada Conceição liga estes dois acontecimentos decisivos na História da independência de Portugal e no contexto das Nações Europeias. Segundo secular tradição foi o Condestável D. Nuno Álvares Pereira quem fundou a Igreja de Nossa Senhora do Castelo em Vila Viçosa e quem ofereceu a imagem da Virgem Padroeira, adquirida na Inglaterra. Este gesto do Contestável reconhece que a mestiça que levou Portugal à vitória veio da devoção de um povo a Nossa Senhora da Conceição.

Aliás, já desde o berço, já a quando da conquista de Lisboa por D. Afonso Henriques, havia sido celebrado um pontifical de acção de graças, em Lisboa, em honra da Imaculada Conceição.

A espiritualidade que brotava da devoção a Nossa Senhora da Conceição foi novamente sublinhada no gesto que D. João IV assumiu ao coroar a Imagem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa como Rainha de Portugal nas cortes de 1646.

Esta espiritualidade imaculistas foi igualmente assumida por todos os intelectuais, que na prestigiada Universidade de Coimbra defenderam o dogma da Imaculada Conceição sob a forma de um juramento solene.

De tal modo a Imaculada Conceição caracteriza a espiritualidade dos portugueses, que durante séculos o dia 8 de Dezembro foi celebrado como "Dia da Mãe" e João Paulo II incluiu no seu inesquecível roteiro da Visita Pastoral de 1982 dois Santuários que unem o Norte e o Sul de Portugal: Vila Viçosa no Alentejo e o Sameiro no Minho.

O dia 8 de Dezembro transcende o "Dia Santo" dos Católicos e engloba indubitavelmente a comemoração da Independência de Portugal, que o dia 1 de Dezembro retoma. O feriado do dia 8 de Dezembro é religioso, mas é também celebrativo da cultura, da tradição e da espiritualidade da alma e da identidade do povo português.

Não menos importante, e em âmbito religioso e litúrgico, o tema da Imaculada Conceição da Virgem Maria é já abundantemente abordado pelos Padres da Igreja. Será o Oriente cristão o primeiro a celebrá-la. Festividade que chega à Europa Ocidental e ao continente europeu pelas mãos das cruzadas Inglesas nos séc. XI e XII. Vivamente celebrada pelos franciscanos a partir de 1263, será o também franciscano Sixto IV, Papa, que a inscreverá no calendário litúrgico romano em 1477.

De facto, o debate e a celebração desta festividade em toda a Europa são acompanhados pela história do próprio Portugal. Coimbra, como já vimos, tem um importante papel em todo este processo.

Em 8 de Dezembro de 1854, viverá a Igreja o auge de toda esta riqueza teológica e celebrativa. Através da bula "Ineffabilis Deus", Pio IX, após consultar os bispos do mundo, definirá solenemente o dogma da Imaculada Conceição da Virgem Maria.

Não estamos diante de uma simples festa cristã ou de capricho religioso. O dogma resulta de tudo quanto a Igreja viveu até aqui e vive hoje em toda a sua plenitude. Faz parte da identidade da Igreja. Isso mesmo o prova o texto proclamado por Pio IX que apoia a sua argumentação nos Padres e Doutores da Igreja e na sua forma de interpretar a Sagrada Escritura. Ele, de facto, reconhece que este dogma faz parte, depois de muitos séculos, do ensinamento ordinário da Igreja.

Portugal, segundo Nuno Álvares Pereira, ou melhor, São Nuno de Santa Maria e D. João IV, isso mesmo o demonstram, não só como resultado da sua própria fé mas como expressão de um povo deveras agradecido pela sua Independência e Liberdade.

O Dia 8 de Dezembro na História de um PovoPadre Francisco Couto, ISTE, Reitor Santuário de Vila Viçosa; Padre Senra Coelho, ISTE, CEHR, APH

In http://nucleomonarquicoabrantes.blogspot.com/

D. AFONSO HENRIQUES - O MINHOTO QUE FUNDOU O REINO DE PORTUGAL - MORREU HÁ 835 ANOS!

D. Afonso Henriques, o minhoto que foi o fundador do Reino de Portugal, morreu em Coimbra há 835 anos.

Guimarães (31)

Coma vitória da Batalha de Ourique em 1139, D. Afonso Henriques proclamou-se Rei de Portugal, vindo a sua autoridade a ser reconhecida em 1143 através do Tratado de Zamora. A ele se deve o facto de sermos portugueses, conquista mantida com enormes sacrifícios ao longo de muitos séculos e sucessivas gerações e, não raras as vezes, colocada em risco em determinados momentos históricos particularmente adversos que os nossos antepassados sempre souberam superar.