Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ESPOSENDE PARTICIPA NA FEIRA IBÉRICA DE TURISMO

Participação do Município de Esposende na Feira Ibérica de Turismo foi um sucesso

O Município de Esposende participou na Feira Ibérica do Turismo (FIT) 2018 que decorreu, entre 28 de abril e 1 de maio, na cidade da Guarda. Este certame constituiu uma excelente oportunidade para o serviço do Turismo de Esposende apresentar, promover, captar e divulgar os fluxos turísticos e valorizar o concelho esposendense.

3

Ao longo dos quatro dias em que o espaço de divulgação de Esposende esteve patente, foram destacados locais, atividades e produtos com maior potencial turístico, tendo acolhido o interesse dos visitantes que solicitaram muita informação adiciona.

Merece realce a participação brilhante e dinâmica da nossa mascote “Polvo” e o “Batismo de Kitesurf”, uma novidade que, de forma surpreendente, saldou-se também por um grande sucesso. Estas participações contagiaram não só o espaço envolvente ao expositor de Esposende, como todo o recinto da FIT.

Num mundo dominado pelas redes sociais, uma fotografia registada com o “Polvo” ou uma captação de imagem com o nosso “simulador” de Kitesurf, são profusamente partilhadas nas redes sociais, fazendo navegar o nome de Esposende.

O nosso Stand foi, ainda, dinamizado pelo sorteio de um fim de semana em Esposende, numa unidade hoteleira para duas pessoas em regime de meia pensão. Tratou-se, de facto, de uma boa forma de captar a atenção dos visitantes da FIT.

Outro atrativo suplementar radicou na degustação regular da doçaria e vinhos verdes do Concelho, produtos muito apreciados e elogiados pelo público que teve oportunidade de provar e apreciar estas iguarias.

O diverso material promocional que o Município deslocou para a FIT foi “absorvido” pelos visitantes, contribuindo, em larga escala, para uma melhor informação sobre o destino Esposende. Por isso, enquanto destino turístico, Esposende encontrou na FIT um espaço adequado para divulgar a sua oferta turística, diferenciando-se dos demais municípios presentes pelo facto de ter um carácter vincadamente marítimo e fluvial.

MINHO PARTICIPA NA GUARDA NA FEIRA IBÉRICA DE TURISMO

Porto e Norte volta à Guarda Feira Ibérica de Turismo, de 28 de abril a 1 maio

A Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) segue em força com a aposta na promoção de escapadinhas e turismo familiar na 5ª edição da Feira Ibérica de Turismo (FIT), a decorrer na cidade da Guarda, já entre 28 de abril a 1 maio.

IMG_8899_SHARP_2

No que é considerado um dos certames mais importantes no setor do turismo do país, com 10 mil metros quadrados de superfície de exposição, a TPNP vai participar com um stand de 60 metros quadrados partilhado com um conjunto de parceiros públicos e privados da região, que vão promover uma série de iniciativas com a marca do norte do país. 

“Este certame tem vindo a afirmar-se cada vez mais no Mercado Ibérico, direcionando-se no sentido de promover a ligação social, comercial e estratégica entre Portugal e Espanha. Apresenta-se, neste sentido, como uma plataforma de divulgação, promoção, captação e desenvolvimento de fluxos turísticos e dos recursos endógenos da vasta e riquíssima região transfronteiriça. É, desta forma, incentivada a troca de experiências e consequente abertura a novos mercados e produtos turísticos diferenciadores, através do conhecimento do nosso património”, comenta Melchior Moreira, Presidente da Entidade Regional Turismo Porto e Norte.

Produto turístico cada vez mais apetecível e procurado pelos turistas, o conceito de “city breaks” e “short breaks” será promovido junto dos visitantes da Feira Ibérica de Turismo. Para além de centenas de ofertas para descobrir a região, os visitantes serão ainda brindados com experiências gastronómicas e poderão conhecer em primeira mão os diversos eventos que integram as agendas culturais dos municípios nortenhos.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE MARCA PRESENÇA NA FEIRA IBÉRICA DE TURISMO, NA GUARDA

O Município de Esposende vai promover o seu concelho como destino ligado à natureza, cultura, enogastronomia e aos grandes eventos que acontecem no seu território, na Feira Ibérica de Turismo que decorrerá entre 28 de abril e 1 de maio, na cidade da Guarda.

SONY DSC

Das ações no recinto, para além da degustação dos nossos produtos locais, destaca-se a animação itinerante, que fará a distribuição de brochuras de Esposende aos visitantes, bem como boletins de preenchimento para sorteio de fim-de-semana em Esposende.

Esta feira de Turismo aborda o mercado numa perspetiva ibérica, com todo o peso estratégico que o mercado espanhol representa para Esposende, sendo aposta da edição deste ano do certame, que se realiza no Parque Urbano do Rio Diz, o reforço da área de negócios.

A Feira Ibérica de Turismo, tem sido um evento chave de cooperação e, em 2018, naquela que será a sua quinta edição, estão garantidas as presenças dos principais operadores turísticos da Península Ibérica. Por isso, a FIT representa uma oportunidade singular de divulgação, promoção, captação e desenvolvimento de fluxos turísticos e de valorização dos recursos endógenos desta vasta e riquíssima região. Os seus principais objetivos assentam no fomento do intercâmbio estratégico e económico transfronteiriço, no estímulo ao relacionamento comercial entre ambos os países e, consequentemente, no desenvolvimento das regiões.

Na edição de 2017, a FIT foi inaugurada pelo Presidente da República Portuguesa, tendo registado dezenas de milhares de visitantes. Entre os mais de cem expositores que marcaram presença na edição do ano anterior, provenientes de diversas regiões de Portugal e Espanha, também marcaram presença agentes dos mais variados campos de atuação do setor turístico, públicos e privados. Esta Feira será mais uma plataforma de excelência para a promoção do nosso concelho.

CÂMARAS DE CAMINHA E A GUARDA (GALIZA) AVANÇAM COM CANDIDATURA DO ESTUÁRIO DO RIO MINHO A PAISAGEM CULTURAL DA UNESCO

Miguel Alves e António Lomba Baz assinaram o memorando de entendimento que inicia o processo

Os presidentes das câmaras de Caminha e A Guarda assinaram hoje um memorando de entendimento com vista à candidatura do “Estuário do Minho Caminha – A Guarda” a Paisagem Cultural da UNESCO.

Miguel Alves e António Lomba Baz acreditam que a riqueza histórica, cultural, paisagística, ambiental, económica, etnográfica e humana desta zona comum são condições suficientes para o sucesso do projeto que agora se inicia e que se tornou possível graças às excelentes relações entre A Guarda e Caminha e ao espírito de colaboração reforçado ao longo dos últimos dois anos.

Na reunião de hoje de manhã em A Guarda, que juntou também vereadores dos dois executivos, foram tomadas outras decisões importantes relativamente ao ferry-boat que liga as duas margens do rio Minho.

O memorando de entendimento realça ainda a relação das gentes de Caminha e A Guarda com o rio Minho e com o seu estuário, vivência que constitui mais um ponto de união e que justifica a candidatura conjunta. De resto, essa partilha não é de hoje, antes tem caráter “ancestral”, acontecendo ao longo da vida dos dois povos “quer nos momentos históricos de paz e aproximação, quer nos momentos de conflito”.

A hipótese que agora se abre, de classificação do estuário como paisagem cultural da UNESCO, é considerada pelos dois presidentes como essencial para a valorização do património natural e cultural existente, preservação e divulgação junto da comunidade internacional.

O procedimento de candidatura do “Estuário do Minho Caminha – A Guarda” a Paisagem Cultural da UNESCO começa agora, comprometendo-se os dois municípios a criar uma equipa de trabalho comum que possa sobretudo recolher toda a informação documental sobre os recursos naturais, culturais e antropológicos existentes.

Miguel Alves já informou várias entidades desta decisão, nomeadamente o Governo, a CCDRN e a CIM, no sentido de que Caminha possa conseguir apoio financeiro para este projeto.

A redação da candidatura vai ser entregue a dois especialistas: Jordi Tresserras, que hoje esteve também na Câmara de A Guarda e explicou os pormenores do processo, e César Abella.

Importa salientar que Jordi Tresserras, da Universidade de Barcelona, é coordenador do LABPATC - Laboratório de Património e Turismo Cultural da mesma universidade, onde são realizados trabalhos de investigação, consultadoria e apoio técnico, formação e desenvolvimento de projetos no âmbito de candidaturas a Património Mundial da UNESCO.

Refira-se ainda que a Universidade de Barcelona integra o grupo restrito de cinco universidades, a nível mundial, que têm convénio com o Centro de Património Mundial da UNESCO. As outras universidades são: Brandemburgo - Cottbus (Alemanha), Dublin (Irlanda), Turim (Itália) e Tsukuba (Japão).

Presentemente, 1031 sítios e lugares detêm o estatuto de “Património Mundial”, dos quais 802 são de caráter cultural, 197 naturais e 32 mistos. Porém, só existem quatro paisagens cultuais com caráter transfronteiriço nestes números, relativos às fronteiras entre Espanha e França; Áustria e Hungria; Alemanha e Polónia e Rússia e Lituânia.

Miguel Alves adiantou que, até ao final deste ano, será estabelecido um calendário comum de atividades com o propósito de envolver as pessoas, porque, apesar dos enormes benefícios, “nada disto faz sentido se for uma candidatura de gabinetes e de especialistas, se as populações não forem envolvidas no processo e se este não for amplamente participado”.

Caminha e A Guarda de acordo sobre contas do “ferry”

Caminha e A Guarda chegaram ainda a acordo sobre as contas relativas ao ferry-boat, estando em vias de se saldar por inteiro todas as verbas em dívida ao município caminhense, a partir de 2006. Conforme explicou Miguel Alves, desde 2013 e até à presente data, o diálogo encetado por este Executivo com o congénere galego permitiu a Caminha receber os quantitativos dos anos de 2011, 2012, 2013 e 2014. Em relação aos anos de 2008 e 2009 e 2010, A Guarda já tinha liquidado antes os valores, havendo comprovativos inequívocos desses pagamentos.

Por saldar permanecem os anos de 2006 e 2007, com A Guarda a reconhecer valores em dívida de 188 mil euros e 194 mil euros respetivamente. Ficou porém acertado no encontro de hoje que, até março de 2016, A Guarda pagará a Caminha o montante de 2006 e, até dezembro do próximo ano, liquidará o ano de 2007.

Entretanto, as contas desde ano de 2015 estão normalizadas e A Guarda já entregou a Caminha o montante da bilheteira, ou seja, até à data de hoje, um total de 54.556,75 €.

Só permanecem em desacordo os anos anteriores a 2006, tendo as partes acordado transmitir isso mesmo ao tribunal, deixando Caminha de reivindicar os anos entretanto pagos e os que foram agora alvo da calendarização dos pagamentos.

Vai também ser redigido um protocolo para regular o funcionamento do ferry e os direitos e deveres dos dois municípios.

ENCONTRO COM OS JORNALISTAS NA CÂMARA DE A GUARDA SOBRE FERRY-BOAT E PROJETO COMUM DE VALORIZAÇÃO DO ESTUÁRIO DO RIO MINHO

Os presidentes das câmaras de Caminha e A Guarda reúnem-se amanhã, dia 6 de novembro, na sede do Município de A Guarda, entre as 10h00 e as 12h00 (hora espanhola).

O encontro, em que participarão também vereadores dos dois Executivos, tem em agenda assuntos relacionados com o Ferry-Boat Santa Rita de Cássia e com um projeto comum para a valorização do estuário do Rio Minho.

No final da reunião, pelas 12h00 (hora de espanhola ) ou 11h00 (hora portuguesa), haverá um encontro com os jornalistas na Câmara de A Guarda, para o qual convidamos o representante desse órgão de Comunicação Social.

EGITANIENSES VISITAM BRAGA

População sénior da Guarda em convívio no Bom Jesus. Iniciativa juntou mais de 500 pessoas

Mais de 500 seniores oriundos da cidade da Guarda estiveram esta Quinta-feira, dia 1 de Outubro, de visita ao Bom Jesus, onde foram recebidos pelo presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio.

CMB01102015SERGIOFREITAS0000001105

Este foi um convívio para a terceira idade proporcionado pelo Município da Guarda ao qual o Município de Braga prestou todo o apoio. "Braga é uma cidade que sabe receber" e, de acordo com Ricardo Rio, esta é "também uma excelente forma de promover o nosso território e os seus atractivos turísticos", referiu.

"Temos encetado contactos com diversas autarquias para que tenham Braga como destino para as suas iniciativas", disse o Autarca, mostrando-se convicto que "muitos dos presentes em iniciativas desta natureza voltarão a Braga com as suas famílias".

A terminar, Ricardo Rio lembrou que o Executivo Bracarense "vê com bons olhos" estas iniciativas direccionadas à população sénior que têm como principal objectivo "proporcionar momentos de convivo e confraternização, quebrar rotinas e melhorar qualidade de vida da população", concluiu.

Presente no evento esteve Álvaro Amaro, presidente da Câmara Municipal da Guarda, que na ocasião agradeceu o empenho e a receptividade do Município Bracarense em receber esta iniciativa.

CMB01102015SERGIOFREITAS0000001111