Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

SARRABULHO E BACALHAU DE CEBOLADA JUNTA EMIGRANTES EM PARIS

Já se tornaram motivo de agenda há meia dúzia de anos as festas organizadas pela comunidade luso – portuguesa de Drancy, cidade a duas dezenas de quilómetros de Paris, e sempre bastante concorridas.

20092019-1.jpg

A gastronomia e os vinhos portugueses são o principal motivo para reunir familiares e amigos nesses convívios, com a particularidade dos menús tradicionais serem confecionados pelas melhores cozinheiras do Minho e de Ponte de Lima.

É o caso de Fátima Amorim, do restaurante com o mesmo nome na freguesia da Correlhã, e Goretti Bezerra, do Sonho do Capitão, localizado umas centenas de metros antes, às portas da vila de Ponte de Lima.

Ambas vão comandar o grupo de uma dezena de pessoas experientes na culinária, para alegrar os comensais da região parisiense que vão participar no almoço do dia 6 de Outubro, domingo, no Espaço Cultural de Drancy.

Mas, para uma autenticidade dos dois pratos típicos de Portugal, os produtos necessários serão transportados via terrestre e aérea. É o caso das miudezas para o Arroz de Sarrabulho, designadamente as belouras, tripa de farinha, chouriça sarrabulha e dita de carne. E, para o Bacalhau de cebolada, outrora um cardápio em dia de feira ou de festa, servido em Braga, Famalicão, Barcelos ou Ponte de Lima, outros produtos caseiros vão na bagagem das cozinheiras, designadamente ovos e limões!

Como entreténs de Entradas, a organização liderada por D. Glória Silva, uma emérita Presidente de toda a festança, escolheu outras únicas ou famosas iguarias limianas: o Folar Limiano (Bola de carnes) já elogiada por António Loureiro, o novo Chef Michelin de Portugal nomeado em 2019; o paio do lombo, presunto ou chouriça de carne, enchidos tradicionais, premiados em vários concursos, produzidos pela Minhofumeiro, além de boroa de milho e outras especialidades.

Para degustar não faltará escolha e tempo, e para desgastar, também não! É que, está garantia animação com o Duo Irmãos Cardoso, que irão de Freixo, Ponte de Lima, com suas desgarradas e outros temas, uma triagem de actuações em França, Suíça e Inglaterra; outro artista actuará ao longo da tarde, a conhecida Laurence, muito estimada na comunidade emigrante europeia.

Não se atrase amigo leitor, faça já a sua reserva para o 06.09.30.10.77, pois os lugares são limitados á capacidade da sala e por ordem de inscrição.

Tito Morais / https://www.luso.eu/

FESTA DO CALDO DO POTE JUNTA VILAVERDENSES EM SABARIZ

Os verdadeiros sabores do campo na Festa do Caldo do Pote em Sabariz

A Festa do Caldo do Pote volta a trazer a Sabariz os verdadeiros sabores do mundo rural, já no próximo sábado, 21 de setembro. É tudo à moda antiga. Os produtos frescos do campo são cozinhados em potes de ferro colocados diretamente sobre o lume das fogueiras. Envergando os trajes tradicionais, habitantes de Sabariz e das localidades vizinhas da Associação de Freguesias do Vale do Homem vão confecionar e servir mais de 20 variedades de caldo. A entrada tem um custo simbólico. Por apenas 4€, os participantes podem provar todos os caldos, repetir quantas vezes quiserem e ainda levam uma lembrança para casa: uma malga de barro com o nome da freguesia e do evento.

caldpotvv (4).jpg

As portas do recinto, no exterior da sede da Junta de Freguesia de Sabariz, abrem pelas 17h para receber os milhares de visitantes que todos os anos chegam ao coração do Minho para se deliciarem com sabores únicos e inconfundíveis. Enquanto esperam pelos caldos, que serão servidos a partir das 19h, as pessoas podem começar a desfrutar de saborosas pataniscas caseiras, broas de milho e vinho, entre outros. Também não vai faltar animação musical para ajudar à festa. A partir das 18h, entram em cena dois grupos que prometem fazer o recinto dançar ao som da música popular.

A iniciativa tem sido um sucesso, atraindo visitantes de todo o país e até do estrangeiro. Tal como aconteceu em anos anteriores, uma comitiva alemã vai marcar presença na Festa do Caldo do Pote de Sabariz, atividade que é replicada desde 2015, na cidade de Dusseldorf (Alemanha). Para dar resposta ao aumento da procura, este ano, o recinto será mais amplo e terá três balcões da Super Bock para ajudar a ‘matar’ a sede.

caldpotvv (3).JPG

“Sabariz proporciona convívio agradável e familiar”

Orgulhoso do trabalho desenvolvido, o presidente da Junta de Freguesia de Sabariz afirma que “o principal objetivo é que toda se divirta”. Fernando Silva ainda acrescenta que “Sabariz tenta proporcionar ao público um convívio agradável e familiar, destacando os produtos frescos do campo e o verdadeiro sabor dos caldos”. Uma aposta ganha, já que a Festa do Caldo do Pote conta anualmente com milhares de participantes. “Todos os anos tentamos trazer cada vez mais gente à festa e, se estiver bom tempo, acredito que o recinto estará cheio”, refere o presidente da Junta.

A organização da Festa do Caldo do Pote fica a cargo da Junta da Freguesia de Sabariz e da Associação Popular de Sabariz, com a colaboração da Associação de Freguesias do Vale do Homem. A iniciativa integra a programação Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde.

caldpotvv (1) (1).jpg

caldpotvv (2).JPG

FRANCESINHA É RAINHA DOS DIAS À MESA EM FAMALICÃO

Francesinha é a proposta para a acompanhar o Dona Maria Famalicão Beer Fest entre 19 e 22 de setembro

A Francesinha é a rainha dos próximos Dias à Mesa que se realizam entre 19 e 22 de setembro, em vários restaurantes de Vila Nova de Famalicão.

Francesinhafamam.jpg

Para os amantes desta iguaria regional tipicamente nortenha esta é a oportunidade perfeita para apreciar a francesinha conjugando-a com o melhor acompanhamento: a cerveja. Depois de provar este prato caraterizado pelo seu sabor intenso e pelo seu famoso molho, nada melhor do que beber uma “fresquinha” em mais uma edição do Dona Maria Famalicão Beer Fest, um festival urbano de cerveja que vai decorrer ao longo dos quatro dias, na Praça D. Maria II, com boa música e bom ambiente.

Esse mesmo é o objetivo da iniciativa Dias à Mesa que pretendem combinar um evento da cidade com um prato da gastronomia regional oferecendo aos visitantes uma experiência completa de sabores e sentidos.

A iniciativa arrancou no Carnaval, com o Cozido à Portuguesa. As Festas de Maio conjugaram-se com os Rojões e a Feira Medieval e Viking fez-se acompanhar do tradicional Bacalhau.

Ao longo do ano, contam-se oito fins-de-semana gastronómicos sempre associados a eventos culturais e desportivos do município.

A festa da francesinha conta com sete restaurantes aderentes: Barão; Churrascão Sousa; Colunata; Combinação de Sabores; El Vagabundo; Forever e Príncipe. Associam-se ainda a Casa Ana Monteiro, Casa das Cortinhas, Casa de São Brás, Casa do Laranjal, Country House, Hotel Moutados, Saladestar, Villa Prime Hotel, Vitória’s House, Vivenda Mendes, Vivenda Mendes 2 e Wake Up Famalicão.

GASTRONOMIA DE VILA VERDE: É COMER E CHORAR POR MAIS!

16 a 22 de setembro. Gastronomia de Vila Verde em destaque no Restaurante Torres

O Restaurante Torres está a preparar uma iniciativa que vai deixar os apreciadores da genuína cozinha regional com um sorriso de orelha a orelha. Pica no chão, cabrito assado, pataniscas e pudim abade de priscos são as quatro iguarias em destaque na Semana da Gastronomia de Vila Verde, que vai decorrer de 16 a 22 de setembro, em Ponte S. Vicente – Vila Verde.

DSC_0151.JPG

Uma apologia à gastronomia regional com pratos muito solicitados, que continuam a conquistar visitantes pelo estômago. “São verdadeiros emblemas de Vila Verde. As pessoas têm curiosidade em experimentar estes pratos, que mostram da melhor maneira o que é a gastronomia minhota. Espero que saiam daqui satisfeitas, tal como tem acontecido nos outros anos”, refere Fernando Torres, um dos responsáveis pelo restaurante.

O balanço das edições anteriores é muito positivo e as expectativas são elevadas. Fernando Torres resume rapidamente os objetivos da iniciativa: “Participar Na Rota das Colheitas, promover os pratos mais típicos da região e, ao mesmo tempo, aumentar o volume de negócios”.

A ‘Semana da Gastronomia de Vila Verde: Pica no Chão, Cabrito Assado, Pataniscas e Pudim Abade de Priscos’ vai decorrer de 16 a 22 de setembro. É organizada pelo Restaurante Torres de Ponte S. Vicente e insere-se na programação Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde. 

CHEF MICHELIN ENCANTADO COM A CASA DA TERRA (PONTE DE LIMA)

O último Chef de cozinha português galardoado com Estrela Michelin, António Loureiro, vai mais uma vez a Ponte de Lima, no âmbito das amizades e reconhecimento de produtos regionais de Excelência.

06092019.jpg

Desta vez, a visita foi à Casa da Terra, um investimento de Paulino Rocha fundador da Minhofumeiro na freguesia próxima da Correlhã, onde se produzem os mais medalhados enchidos de Portugal, com medalhas de ouro e prata.

No encontro, participou também o ex- eurodeputado da Segurança Alimentar, Inácio Faria, natural de Viana do Castelo e Assessor Jurídico da Câmara Municipal de Lisboa

 António Loureiro deslocou-se à Casa da Terra, com indumentária desportiva, (deixando assim as tarefas de cozinha por algum tempo), veio degustar alguns dos mais reputados produtos da Minhofumeiro: paio do cachaço, outro do lombo, alheira de galo, chouriça de carne e presunto laminado. Um elogio á decoração, pela singularidade escolhida e as peças ou produtos escolhidos, salientou.

Recorde-se, que o renomado cozinheiro, agora estabelecido no centro histórico de Guimarães com – A Cozinha – trabalhou antes em restaurantes de Espanha, Escócia e Noruega, onde se incluem, naturalmente alguns contemplados com Estrelas Michelin, o mais prestigiado prémio mundial nas artes de cozinha!

Mas, para molhar os petiscos na visita a Ponte de Lima, a escolha pautou-se também por verdes brancos da casta Loureiro: um da Casa da Cuca, em Moreira de Lima, e outro da Aromas4U, com sede no pólo empresarial da Gemieira, tudo do concelho limiano.

Quanto ao convite para participar no presente fim de semana nas Feiras Novas, a agenda já estava ocupada! O Chef António Loureiro encontra-se em serviço fóra do país, só regressando na madrugada de segunda-feira, 9 do corrente mês.

Tito Morais / https://www.luso.eu/

6ª GPS EPIC SAMSYS: ROTA DO CORDEIRO EM MONÇÃO

Dia 14, sábado

Com organização do Clube de Cicloturismo de Monção e apoio do Município de Monção e Eurocidade Monção – Salvaterra de Miño, os participantes vão percorrer os trilhos de Portugal e Espanha, usufruindo de paisagens deslumbrantes, desde as margens do rio Minho até ao alto das serras.

GPSEPIC.jpg

Nesta sexta etapa do calendário nacional, os percursos previstos de 55 e 80 quilómetros convidam à prática do BTT com um olhar embevecido nos belos “retratos” do Alto Minho Português e do Baixo Minho Galego, região “separada” pelo rio Minho com muitas histórias para contar, património cultural comum e monumentos históricos relevantes.

Um passeio inolvidável.
Dois países, duas regiões, duas línguas.

Vens pedalar connosco?

FAMALICÃO: DIAS À MESA REGRESSAM A DOBRAR EM SETEMBRO

Francesinha e Vegetariano são as propostas para a acompanhar o Dona Maria Famalicão Beer Fest e a Feira de S. Miguel, respetivamente

Os Dias à Mesa estão de regresso aos restaurantes de Vila Nova de Famalicão, trazendo novos sabores a este mês de setembro, com duas propostas muito distintas. A francesinha é rainha à mesa nos dias de 19 a 22 e os pratos vegetarianos fazem as delicias de 27 a 29.

Francesinha.jpg

São sugestões antagónicas que vêm demonstrar a diversidade dos pratos propostos para estes dias à mesa recheados de festa e muita animação. Neste âmbito, a francesinha acompanha a iniciativa Dona Maria Famalicão Beer Fest, um festival urbano de cerveja que vai decorrer ao longo dos quatro dias, na Praça D. Maria II, com boa música e bom ambiente.

Por sua vez, os pratos vegetarianos conjugam-se com a Feira de S. Miguel, um evento tradicional que assinala o momento das colheitas, juntando os produtores locais e expondo os produtos da terra.

Esta combinação com eventos culturais que atraem habitualmente muitos milhares de pessoas ao concelho é, de resto, o conceito dos Dias à Mesa.

A iniciativa arrancou no Carnaval, com o Cozido à Portuguesa. As Festas de Maio conjugaram-se com os Rojões e a Feira Medieval e Viking fez-se acompanhar do tradicional Bacalhau.

Ao longo do ano, contam-se oito fins-de-semana gastronómicos sempre associados a eventos culturais e desportivos do município.

A festa da francesinha conta com sete restaurantes aderentes: Barão; Churrascão Sousa; Colunata; Combinação de Sabores; El Vagabundo; Forever e Príncipe. Por sua vez, a promoção dos pratos vegetarianos acontece em oito restaurantes do concelho: El Vagabundo; Fusilli, Massa & Café; Ganesh Club; Moutados de Baixo; Na Boca; O Prato; Refresco e Vinha Nova.

Ambas as iniciativas contam com a adesão do alojamento famalicense, nomeadamente da Casa Ana Monteiro, Casa das Cortinhas, Casa de São Brás, Casa do Laranjal, Country House, Hotel Moutados, Saladestar, Villa Prime Hotel, Vitória’s House, Vivenda Mendes, Vivenda Mendes 2 e Wake Up Famalicão.

Vegetariano.jpg

VIZELENSES VÃO AOS FADOS... E ÀS FRANCESINHAS!

Vizela promove Festival da Francesinha e do Fado de 6 a 8 de setembro

A Câmara Municipal de Vizela promove o Festival da Francesinha e do Fado, nos próximos dias 6, 7 e 8 de setembro, no Jardim Manuel Faria.

FF 2019.png

O Jardim Manuel Faria irá assim transformar-se para receber os amantes de um dos mais famosos pratos típicos de Portugal.

Para além dos bares e restaurantes locais que servirão a iguaria, o espaço transforma-se para receber outros motivos de interesse e permanência, como o Fado nas escadas da Rua Manuel Faria, por onde passarão os fados de Coimbra, fadistas vizelenses e ainda o fadista Camané & Laginha.

A Feira abre na próxima sexta feira, dia 6, a partir das 18.00h, e a abertura oficial terá lugar às 19.00h.

De realçar que este Festival se revelou um sucesso no ano passado, tendo superado as expetativas da organização, pelo que é intenção da Câmara Municipal continuar a promover este evento.

VILA VERDE DÁ A SABOREAR AS PAPAS DE SARRABULHO

Restaurante do Alívio. Venha saborear as tradicionais Papas de Sarrabulho e Rojões à Moda do Minho

Se é adepto de um bom sarrabulho, a 7 e 8 de setembro, Soutelo é um destino de eleição. Organizado pelo Restaurante do Alívio, o ‘Fim de Semana Gastronómico – Papas de Sarrabulho e Rojões à Moda do Minho’ é uma oportunidade para se deliciar com os sabores tradicionais e degustar um dos mais apreciados pratos da gastronomia minhota. Duas iguarias confecionadas na hora com a arte de quem domina os segredos da cozinha regional, que têm feito as delícias de habitantes locais e visitantes.

Salivio.JPG

A expectativa é alta, já que, nos anos anteriores, o evento teve “muita adesão e toda a gente ficou muito satisfeita”, sublinhou Paulo Solha. O responsável pelo Restaurante do Alívio acrescentou que a fasquia continua alta para manter o nível de satisfação das “pessoas que fazem tantos quilómetros para comer este prato típico da região”.

Para Paulo Solha, “não fazia sentido escolher outro prato”. Trata-se de “uma comida tradicional de Soutelo, da qual toda a gente gosta, inserida numa iniciativa que atrai milhares de pessoas ao nosso concelho”. O ‘Fim de Semana Gastronómico – Papas de Sarrabulho e Rojões à Moda do Minho’ integra a programação Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde. “É um bom projeto do Município de Vila Verde, que nos permite mostrar as tradições e a cultura do nosso concelho. Ao mesmo tempo, é uma boa ajuda para o comércio local”, concluiu o responsável pelo Restaurante do Alívio.