Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MONÇÃO: AGÔRA Ê A XUBIR, ALARGA-LE AS TARRATXAS

22 de setembro, Monção e Melgaço Granfondo

Com dois mil ciclistas, profissionais e amadores, a prova conta com atletas de renome, como João Rodrigues, vencedor da recente Volta a Portugal, muita animação com bombos e concertinas e placas com frases humorísticas no dialeto de Riba de Mouro.  

Depois de uma primeira edição com enorme sucesso, fruto do número de participações e percursos deslumbrantes nos dois concelhos, a segunda edição do Monção e Melgaço Granfondo promete dar continuidade à edição de estreia com a presença de 2000 participantes.

A prova realiza-se este domingo, 22 de setembro, com saída e chegada em Melgaço, englobando minifondo (75 quilómetros), médiofondo (106 quilómetros) e granfondo (130 quilómetros). Será uma experiência inesquecível, à semelhança de um trago de Alvarinho, o mais nobre dos vinhos verdes.

Numa prova para todos, onde os profissionais e os amadores pedalam lado a lado, o Granfondo Monção e Melgaço conta com nomes fortes do ciclismo nacional, destacando-se, entre estes, João Rodrigues, recente vencedor da Volta a Portugal, Gustavo Veloso, Samuel Caldeira, Tiago Machado, João Benta e Luís Gomes.

Ao longo do percurso, grupos de bombos e concertinas vão animar os participantes que, na esgotante subida a Santo António de Vale do Poldros, poderão visualizar várias placas com frases humorísticas de motivação extra (atalouxa que ali a Riba hai mata-bitcho), de apelo à divindade (hai que rezar um padre nosso a ber xe isto bai), ou de motivação para chegar ao alto (ele hai que te espitchar c`uha bara de aguilhôn?)

As frases estão escritas à moda de Riba de Mouro, tendo sido disponibilizadas pela Maria Alves e pela Alda Barreiros, ambas naturais da freguesia, que estão a trabalhar no sentido de recuperar aquele dialeto local, ouvindo testemunhos e apontando saberes das pessoas mais idosas da freguesia. Porque o passado deve permanecer no presente para que o futuro não seja interrompido.

Um registo divertido para trazer boa disposição aos ciclistas que, à chegada à meta, vão querer descansar as pernas, sacudir as gotas de suor e saciar o estômago vazio. O Chef Rui Ribeiro vai ajudar, confecionando um esparguete à bolonhesa delicioso e retemperador. Bom apetite.

ENTIDADE REGIONAL DE TURISMO DO PORTO E NORTE PROMOVE EM ESPANHA O NOSSO TURISMO TERMAL

Entidade regional de turismo do Porto e Norte vai participar na Termatália, em Espanha, uma das maiores feiras do setor a nível mundial. Porto e Norte representa 40 por cento da oferta total do País no turismo termal

A Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) vai promover a região como destino de referência no turismo de saúde e bem-estar durante a Termatália, que arranca amanhã e se prolonga até dia 20, em Ourense, Espanha.

PRESIDENTE TPNP (Créditos imagem Gonçalo Villaverde).jpg

Foto: Gonçalo Vilaverde

 

“Temos cerca de 40 por cento da oferta turística de Portugal no que respeita a unidades termais e este é um setor em franco crescimento, em que apostamos afincadamente”, considera Luís Pedro Martins, presidente da TPNP.

TPNP estará presente nesta feira termal, de saúde e bem-estarcom um stand de 36 metros quadrados onde serão realizadas várias ações de promoção em colaboração estreita com os parceiros que atuam nesta área termal. “É fulcral marcar presença neste palco expositivo para dar a conhecer a excelente oferta termal de que dispomos nos quatro sub-destinos da nossa região, Minho, Porto, Douro e Trás-os-Montes”, salienta Luís Pedro Martins.

SPA-s-Talassoterapia-a-norte-de-Portugal (1).jpg

Com unidades termais dispersas por todo o território, o Norte dispõe de 21 balneários termais, muitos deles a funcionar em estreita relação com o ecoturismo e o turismo de natureza. “Conseguimos em muitas unidades da região, que são já uma referência internacional, conjugar a terapêutica tradicional em contexto de balneário termal com uma oferta no domínio da gastronomia que proporciona experiências sensórias únicas”, sustenta o presidente da TPNP.

Termatália é a única feira especializada a nível mundial que representa a ponte termal entre a Europa e a América Latina, reunindo profissionais e empresas de mais de trinta países e facilitando parcerias e negócios. Realiza-se na Expourense, na Galiza, de 19 a 20 de setembro, e a TPNP participa na Bolsa de Contratação Turística, com um conjunto de operadores provenientes da Europa, Ásia e América Latina.

A feira tem uma forte vertente de sustentabilidade e do programa fazem parte simpósios e conferências sobre a importância da água e todas as suas propriedades. Do naipe de participantes fazem parte, para lá das presenças institucionais, centros termais, de talassoterapia e spas, empresas de equipamentos e tecnologias, construção, gestão de recursos hídricos, cosmética, consultoria e formação, municípios termais, hospitais e clínicas.

DSC_00371 (1).jpg

SEMANA DA EUROCIDADE MONÇÃO – SALVATERRA DE MIÑO

Pelo segundo ano, realiza-se, entre os dias 25 e 29 de setembro, com enfoque na educação, emprego e iniciativas de carácter lúdico e recreativo. O objetivo, à semelhança da primeira edição, consiste em potenciar um sentimento de união e partilha entre os dois povos.

moneurocidad (2).JPG

A Eurocidade Monção – Salvaterra de Miño, com sede no lugar da Lodeira, em Monção, nasceu no dia 1 de maio de 2017, com o objetivo de potenciar o relacionamento transfronteiriço, partilhar informação e auxiliar quem, todos os dias, atravessa a fronteira para lazer ou trabalho.

Constitui também um instrumento de valorização e enriquecimento das populações de ambas as margens, através da dinamização do rio Minho e espaços ribeirinhos, bem como a realização de atividades culturais, desportivas, económicas e sociais.

Neste contexto, surge a segunda Semana da Eurocidade Monção – Salvaterra de Miño, realizando-se, entre os dias 25 e 29 deste mês, com enfoque na educação, emprego e iniciativas de carácter lúdico e recreativo. O objetivo, à semelhança da primeira edição, consiste em potenciar um sentimento de união e partilha entre os dois povos.

A apresentação do cartaz/programa, decorreu, esta manhã, na sede da Eurocidade, com a presença da Alcaldesa de Salvaterra de Miño, Marta Valcárcel, e do Vereador de Ação Social, Cultura e Turismo, João Oliveira, acompanhados por técnicos de ambos os municípios.

moneurocidad (2) (1).JPG

“Aula Aberta” na EPRAMI, polo de Monção

No primeiro dia, 25 de setembro, quarta-feira, com início às 9h30, decorre uma “Aula Aberta” na EPRAMI, polo de Monção. 62 alunos do quarto ano da ESO do IES de Salvaterra de Miño, visitam aquele estabelecimento de ensino para se familiarizarem com os espaços existentes e os cursos ministrados.

A iniciativa constitui um passo em frente no capitulo da educação profissional, facilitando uma aproximação dos recursos educativos da Euroregião junto dos alunos que residem no território. Sendo a mobilidade uma caraterística comum em várias vertentes, também a educação (regular e profissional) possui condições para caminhar nesse sentido.

No dia 26, quinta-feira, a Casa do Conde, em Salvaterra de Miño, recebe uma conferência (18h00) e uma exposição de fotografia (19h30). A conferência versa a empregabilidade em zona de fronteira, com palestra da coordenadora do Eures Transfronteiriço Norte de Portugal – Galiza, Teresa Ventin. A exposição denomina-se “Rio Minho e suas margens: passado e presente na raia”.

“Caminhada com as Estrelas”

E como a valorização patrimonial e cultural é um dos objetivos inerentes à atividade da Eurocidade, no dia 27, sexta-feira, realiza-se, pelas 20h30, uma “Caminhada com as Estrelas” com observação astronómica no Miradouro do Rio Minho, em Salvaterra de Miño. A participação é gratuita, sendo a inscrição obrigatória no seguinte link: http://abre.ai/092019.

Com um percurso aproximado de cinco quilómetros, os caminheiros partem do Parque das Caldas, sobem pela escadaria dos Capuchos, cruzam a Praça Deu-la-Deu, passam pela Porta de Salvaterra, percorrem a Ecopista, atravessam a Ponte Internacional, entram novamente na Ecopista e, por fim, chegam ao Miradouro do Rio Minho.

No fim de semana, dias 28 e 29, todos os caminhos vão dar ao Cais da Lodeira, em Monção. A partir das 15h30, as tardes prometem ser animadas com a realização de um conjunto variado de atividades lúdicas e recreativas. Com dinamização da Subzone Extreme, estão previstos passeios de kaiakes, stand up paddle, kart cross a pedais, e tiro ao alvo com arco.

CAMINHADA

Dia 27, sexta-feira, pelas 20h30

A participação é gratuita, sendo a inscrição obrigatória no seguinte link: http://abre.ai/092019.

Semana Eurocidade.jpg

VIZELA PARTICIPA EM OURENSE NA FEIRA TERMATALIA

No seguimento da nova estratégia de consolidação da imagem e identidade do Concelho de Vizela como destino turístico privilegiado, a Câmara Municipal vai participar na feira Termatalia - Feira Internacional de Turismo Termal, Saúde e Bem-estar, que decorrerá em Ourense, Espanha, nos dias 19 e 20 de setembro.

xantar.JPG

De destacar que a Termatalia é a única feira internacional especializada em turismo de saúde e bem-estar que conecta a América Latina e a Europa, contando com mais de 200 expositores provenientes de cerca de 30 países.

A Termatalia promove a troca de experiências entre diferentes continentes, do ponto de vista empresarial, institucional e social, com o fim de impulsionar o mercado estratégico do Turismo Termal e de Bem-Estar.

Trata-se de uma ação que a Câmara Municipal de Vizela leva a efeito para promover e valorizar recursos e equipamentos termais de reconhecido valor em território vizelense, tendo convidado as Termas de Vizela para uma participação conjunta.   

Assim, depois da participação na feira INTUR (Valladolid, Espanha), na Xantar, destinada à divulgação da gastronomia e onde Vizela participou com o Bolinhol, os vinhos verdes e o bacalhau à Zé do Pipo, na FIT Guarda, na Expocidades em Braga, e na Turexpo na Galiza, segue-se agora a participação na Termatalia, em Ourense, destinada ao termalismo e onde irá ser dado destaque às Termas de Vizela.​

Assim, e dando cumprimento ao previsto no Plano Municipal de Turismo, que considera de enorme importância a promoção de Vizela através da participação em feiras de âmbito turístico para potenciar a captação de público, a Câmara Municipal de Vizela mantém a aposta na consolidação da imagem e identidade de Vizela.  

MUNICÍPIOS DE FRONTEIRA REAFIRMAM IRMANDADE SOB O RIO MINHO

Os 13 concelhos da raia minhota - cinco portugueses e oito galegos -, procederam, esta terça-feira, à assinatura conjunta da Ata de Reconhecimento de Fronteira do Rio Minho. A cerimónia de periodicidade anual decorreu em pleno rio Minho, entre Vila Nova de Cerveira e Tomiño, a bordo do NRP Rio Minho da Marinha Portuguesa, e visa a afirmação das relações institucionais e sociais existentes no presente e para o futuro.

3M1A3636.jpg

A convite do Capitão do Porto de Caminha, o Capitão-tenente Pedro Miguel Costa, e do Comandante Naval do Miño, Ignacio Tobarra, estiveram presentes no NRP Rio Minho os representantes dos municípios portugueses de Caminha, Vila Nova de Cerveira, Valença, Monção e Melgaço, e dos concelhos galegos A Guarda, O Rosal, Tomiño, Tui, Salvaterra do Miño, As Neves e Arbo que, pela assinatura do documento, solidificaram a irmandade daquela linha imaginária do rio Minho, comprometendo-se com a continuidade da sua preservação e valorização.

Do lado português, a lancha NRP Rio Minho partiu de Vila Nova de Cerveira, levando a bordo os autarcas portugueses, e a lancha espanhola, Cabo Fradera, saiu de Tui, com os representantes galegos. As duas embarcações encontraram-se no meio do rio, para uma cerimónia conjunta que acontece pela quarta vez, e na qual se formalizou a assinatura do documento.

À semelhança dos seus homólogos, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, e as alcaldesas dos Ayuntamientos de O Rosal, Ánxela Fernández Callís, e de Tomiño, Sandra Gonzalez Alvarez, formalizaram a ata de vistoria de fronteira entre os dois países, onde consta que não se verificou qualquer alteração no percurso do referido curso de água.

Além dos autarcas, marcaram presença na cerimónia o Comandante da Capitania de Caminha, Pedro Costa, o Comandante da Capitania de Tui, Juan Diaz, o Presidente da Delegação Portuguesa da Comissão Internacional de Limites, Embaixador Mário Godinho de Matos, o Diretor Geral da Autoridade Marítima e Comandante Geral da Polícia Marítima, Vice-Almirante Luis de Sousa Pereira, e o Comandante de las Unidades de la Fuerza de Acción Marítima en Ferrol y Comandante Naval de Ferrol y La Coruña, D. Fernando José Suárez Fonseca.

A cerimónia oficial enquadra-se nos termos do Artigo 25º do Tratado de Limites entre Portugal e Espanha, de 29 de setembro de 1864, quando foi reconhecida a linha fluvial do rio Minho que serve de fronteira entre os dois países.

3M1A3707.jpg

AUTARCAS LUSO-GALAICOS ASSINAM RECONHECIMENTO DE FRONTEIRA EM PLENO RIO MINHO

Os presidentes, ou seus representantes, dos municípios portugueses e galegos banhados pelo rio Minho, formalizaram a assinatura anual do Auto de Reconhecimento de Fronteira. A cerimónia, realizada ontem em pleno rio Minho, contou com a representação de todos os municípios, 5 portugueses e 8 galegos, demonstrando o relacionamento extraordinário existente entre as localidades das duas margens.

01autlusogalaicfront (1).jpg

Do lado português, a lancha N.R.P. Rio Minho partiu de Vila Nova de Cerveira, levando a bordo os autarcas portugueses. A lancha espanhola, Cabo Fradera, saiu de Tui, com os representantes galegos. As duas embarcações encontraram-se no meio do rio, onde se formalizou a assinatura do documento. Um gesto simbólico que acontece, nestes moldes, pela quarta vez.

Monção, representado pelo presidente, António Barbosa, assinou o documento com os municípios de Salvaterra de Miño, representado pelo teniente de Alcalde, Ernesto Groba, As Neves, representado pelo Alcalde, Xosé Manuel Mendez, e Arbo, representando pelo Alcalde, Horácio Gil Expósito.

Além dos autarcas, marcaram presença na cerimónia o Comandante da Capitania de Caminha, Pedro Costa, o Comandante da Capitania de Tui, Juan Diaz, o Presidente da Delegação Portuguesa da Comissão Internacional de Limites, Mário Godinho de Matos, e o Diretor Geral da Autoridade Marítima e Comandante Geral da Policia Marítima, Vice-Almirante Luis de Sousa Pereira.

Reafirmando as excelentes relações existentes ao nível de cooperação e gestão conjunta do rio Minho, o ato simbólico consolida as ligações institucionais e amigáveis entre os municípios ribeirinhos e autoridades marítimas em beneficio, cada vez mais, da valorização ambiental e paisagística daquele troço de água internacional.

A cerimónia oficial enquadra-se nos termos do Artigo 25º do Tratado de Limites entre Portugal e Espanha, de 29 de setembro de 1864, quando foi reconhecida a linha fluvial do rio Minho que serve de fronteira entre os dois países. Pelos presentes, foram assinados exemplares em português e em espanhol, sendo devidamente chancelados com os respetivos selos municipais.

01autlusogalaicfront (2).jpg

01autlusogalaicfront (3).jpg

01autlusogalaicfront (4).jpg

01autlusogalaicfront (5).jpg

MINHOTOS E GALEGOS DEBATEM ORÇAMENTO PARTICIPATIVO TRANSFRONTEIRIÇO

Aberto período de propostas para Orçamento Participativo Transfronteiriço Cerveira-Tomiño

Prosseguindo com o envolvimento de ambas as comunidades em prol de um território comum sustentável, a Eurocidade Cerveira-Tomiño lança a 4ª edição do Orçamento Participativo Transfronteiriço. Propostas com interesse partilhado devem ser apresentadas até 31 de outubro. Todo o processo encontra-se disponível na plataforma http://participacerveiratomino.eu

opt 2020.png

Dotado com 20 mil euros, o Orçamento Participativo Transfronteiriço Cerveira-Tomiño é uma das prioridades da Eurocidade Cerveira-Tomiño, com a qual se pretende potenciar a participação pública e o poder de decisão da cidadania de ambas margens do rio Minho.

As três edições já concretizadas corroboram a excelente dinâmica das populações dos dois concelhos vizinhos em alavancar a partilha e o intercâmbio existente a outras áreas de interesse comum, através da realização de ações e atividades com implicações positivas na melhoria da qualidade de vida.

Desta forma, a partir desta terça-feira, 10 de setembro, encontra-se aberto o processo para a apresentação de propostas ao OPT Cerveira-Tomiño 2020 que se prolonga até 31 de outubro. Podem participar pessoas singulares ou coletivas com morada social ou fiscal em Vila Nova de Cerveira ou Tomiño, sendo que cada proposta deve ter um proponente de cada concelho. Haverá dois projetos vencedores (dotação de 10 mil euros cada) pelo que, no período de votação, as pessoas têm de selecionar obrigatoriamente dois projetos.

Todo o processo de candidatura e votação decorre através da página web http://participacerveiratomino.eu

De relembrar que o OPT é um projeto cofinanciado em 75% pelo programa INTERREG VA POCTEP de cooperação transfronteiriça, através de fundos FEDER da União Europeia. A Agenda Estratégica de Amizade Cerveira-Tomiño promove igualmente iniciativas como a provedora transfronteiriça e ações para facilitar a utilização partilhada de serviços e a dinamização económica do território.

VILA PRAIA DE ÂNCORA: TERRA DE FOLCLORE!

Vila Praia de Âncora não é apenas praia e turismo. Gentes do mar que um dia atravessaram o rio Minho para aqui se estabelecerem junto ao pequeno forte da Lagarteira. É também terra de gente que lavra e semeia em terra firme. E é terra de folclore!

69874259_2386701724717676_3756613293137985536_n.jpg

Nossa Senhora da Bonança é a sua padroeira – da vila e dos pescadores! Mas abençoa de igual modo as gentes do campo – lavradores e lavradeiras – porque todos são ancorenses!

Pelas ruas do centro histórico de Vila Praia de Âncora, Nossa Senhora da Bonança viu desfilar os ranchos folclóricos com as suas lavradeiras e sargaceiros. E não faltou sequer um convidado oriundo da irmã Galiza, mais precisamente da vizinha A Guarda.

Vila Praia de Âncora é terra minhota, o mesmo é dizer que é terra de folclore. E, como não podia deixar de suceder, possui o seu rancho folclórico com grande palmarés: o Etnográfico de Vila Praia de Âncora!

E, a cada ano que passa, Vila Praia de Âncora e as suas festas recebem cada vez maior número de visitantes que procuram as suas belezas, a gastronomia, o folclore, as festas e romarias em redor e, naturalmente, a magnífica praia que se estende até onde a vista alcança.

Fotos: Município de Caminha

69515091_2386702454717603_5284807852995641344_n (1).jpg

69522549_2386705754717273_5044763535276507136_n (3).jpg

69550156_2386701918050990_5189122767689089024_n.jpg

69574075_2386703268050855_1658468812095225856_n.jpg

69583221_2386701028051079_3623065721770082304_n.jpg

69585174_2386700161384499_414640755550715904_n (1).jpg

69589602_2386702428050939_4296686047422578688_n.jpg

69639385_2386705938050588_1318586588011167744_n.jpg

69656208_2386704028050779_1891584905184280576_n.jpg

69660373_2386702754717573_5812478098939052032_n.jpg

69688178_2386706088050573_5357691794446352384_n.jpg

69697130_2386701418051040_3125023289810878464_n.jpg

69699403_2386706681383847_8277548744249966592_n.jpg

69756094_2386702901384225_6790572933992415232_n.jpg

69774322_2386702878050894_3923459604217856000_n.jpg

69798984_2386701808051001_5553361420596281344_n.jpg

69807207_2386706448050537_5005274557985062912_n.jpg

69856611_2386703038050878_4774077726866800640_n.jpg

69880944_2386706241383891_1419568235577081856_n.jpg

69927065_2386702348050947_8739205785235488768_n.jpg

70235613_2386700648051117_1593119952678682624_n.jpg

70240173_2386702718050910_3494531536877780992_n.jpg

70245703_2386704541384061_1578987835237597184_n.jpg

70257642_2386704621384053_4809054394337198080_n.jpg

70339772_2386703441384171_880762878896898048_n.jpg

70395911_2386706361383879_2916456521116155904_n.jpg

70443361_2386705331383982_635503079311015936_n.jpg

70487826_2386701521384363_8510278998951985152_n.jpg

70540407_2386703534717495_5743394413271318528_n.jpg

ENCONTRADO CORPO DE TRIATLETA DESAPARECIDO NO RIO MINHO

COMUNICADO CONJUNTO

Federação de Triatlo de Portugal, Federación Galega de Triatlon e Péntatlon Moderno, Pedal’Arte, Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira e Concello de Tomiño

O corpo do jovem triatleta desaparecido, desde domingo, no rio Minho, foi encontrado esta manhã, pelas 07h00, a flutuar na água na margem portuguesa, na zona em frente à Piscina Municipal.

A decorrer as operações de vigilância no terreno, um elemento da corporação dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira deu o sinal de avistamento do cadáver, tendo sido imediatamente acionado um bote do NRP Rio Minho para concretizar o resgate do corpo para, posteriormente, ser encaminhado para o Instituto de Medicina Legal de Viana do Castelo.

Dado a ocorrência ter acontecido durante a prova de natação do XII Triatlo da Amizade, com organização conjunta, a Federação de Triatlo de Portugal, a Federación Galega de Triatlon e Péntatlon Moderno, a Pedal’Arte, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira e o Concello de Tomiño manifestam publicamente o profundo pesar pela perda do jovem de 23 anos, endereçando as mais sentidas condolências à família e amigos.

Após quatro dias de operações de buscas intensivas, as duas federações, a associação e ambas as autarquias emitem ainda um agradecimento especial a todo o dispositivo destacado que, sob coordenação da Capitania do Porto de Caminha e da Comandancia Naval Del Miño, realizaram um trabalho incansável no decorrer de toda a operação.

Neste momento, solicita-se o respeito necessário de forma a que família e amigos possam realizar as cerimónias fúnebres com a maior privacidade possível.

O Ministério Público já procedeu à abertura de um inquérito, pelo que se aguarda com a brevidade possível o apuramento dos factos inerentes ao sucedido.

05 de setembro de 2019

ARCOS DE VALDEVEZ ASSINA TRATADOS DE FRONTEIRA COM LOBIOS E ENTRIMO

O Município de Arcos de Valdevez procedeu recentemente ao reconhecimento dos limites fronteiriços, através da assinatura da correspondente ata de confirmação com os Municípios espanhóis de Lobios e Entrimo. Esta ata decorre do Tratado de Limites entre Portugal e Espanha, datado de 29 de setembro de 1864.

protocolo_2.jpg

A ata de vistoria das fronteiras é assinada, anualmente, numa cerimónia realizada em cada um dos concelhos com limites fronteiriços e posteriormente remetida para o Ministério dos Negócios Estrangeiros e para o Ministério das Relações Exteriores.

Este ano as cerimónias decorreram no concelho de Arcos Valdevez, onde foram assinadas as atas de confirmação entre os Municípios de Arcos de Valdevez e Melgaço com Entrimo e no concelho de Ponte da Barca, onde foram assinadas as atas de confirmação entre os Municípios de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca com Lóbios.

Segundo o autarca arcuense, “Estes atos também permitem aprofundar o relacionamento transfronteiriço entre os Municípios, nomeadamente através da realização de projetos conjuntos de promoção e dinamização dos nossos territórios”.

protocolo_3.jpg

CERVEIRA E TOMIÑO (GALIZA) REALIZAM TRIATLO DA AMIZADE

XII Triatlo Amizade Cerveira-Tomiño 2019 reúne mais de 300 atletas

O XII Triatlo da Amizade Cerveira-Tomiño decorre, este domingo, 1 de setembro, no âmbito da Eurocidade, prevendo-se a participação de mais de 300 atletas federados e amadores, oriundos dos dois países vizinhos. Prova arranca do Espaço Fortaleza em Goián, e parque de transição está instalado no Cais do Rio Minho.

Créditos Gilberto Coutinho.jpg

Os participantes terão que nadar uma distância de 750 m no rio Minho, previamente a uma prova de ciclismo de estrada de 20 Kms, e finalizando com uma corrida a pé de 5 Kms. As etapas decorrem entre a localidade galega de Goián, no Município de Tomiño, e Vila Nova de Cerveira, com pontos de partida e chegada localizados no Espaço Fortaleza, em Goián, e o parque de transição no Cais do Rio Minho, em Cerveira.

Sendo o único triatlo dinamizado entre Portugal e Espanha, o Triatlo da Amizade Cerveira-Tomiño acarreta uma grande responsabilidade, quer pelo reconhecimento das equipas de atletas participantes, quer pelo caráter de potenciação do desporto transfronteiriço, tendo o rio Minho como recurso de ligação.

Em disputa está o “Troféu da Amizade”, uma obra do escultor espanhol Arcádio Blasco. Esta pequena escultura tem a designação de “Encontro de Culturas” e, desde a primeira edição, é o símbolo do Triatlo da Amizade.

O circuito jovem de promoção em BTT está agendado para o período da manhã (início 10h15 PT), e o Triatlo Sprint Estrada tem arranque às 14h30 (PT).

Foto: Gilberto Coutinho

BERÁN QUER GARANTIR PASSAGEM DO CAMINHO BRAGA A SANTIAGO DE COMPOSTELA

A Associação Jacobeia do Caminho da Geira Minhoto Ribeiro (ACMR) solicitou ontem à Entidade Local Menor de Berán (Ourense) que peça a adesão à Associação de Concelhos do Caminho Minhoto Ribeiro, com o objetivo de defender na região o caminho que liga Braga a Santiago de Compostela.

Berán quer garantir passagem do caminho braga a santiago.jpg

A ACMR pede à Entidade Local Menor de Berán (equivalente a freguesia) que “aprove em plenário um pedido de adesão formal à associação de municípios, porque é um órgão público mandatado para defender os interesses de seus representados quanto à passagem do Caminho da Geira por Berán, como contemplado no projeto original, apresentado em Braga em abril de 2017”, explica a associação numa carta enviada à entidade local.

A CMRM, presidida por Abdón Fernández, solicita ainda a “colaboração, intervenção, preparação do traçado e o apoio do concelho de Leiro [que integra Berán]”, com o objetivo de “aproveitar a grande oportunidade socioeconómica aliada ao reconhecimento do Caminho da Geira e da sua passagem pela localidade de Berán”, que se prevê possa acontecer até ao Ano Santo Jacobeu de 2021.

A associação aproveita a missiva para “oferecer a sua colaboração no âmbito da informação, investigação e o que mais estiver ao seu alcance para a persecução e consolidação do objetivo de ser aprovado o Caminho da Geira com passagem por Berán”, destacando que “quer avançar com espírito positivo e apresentando soluções construtivas para o projeto do Caminho da Geira”, que liga Braga a Santiago de Compostela na distância de 240 quilómetros.

Berán quer garantir passagem do caminho braga a santiago02.jpg

Berán quer garantir passagem do caminho braga a santiago03.jpg

Berán quer garantir passagem do caminho braga a santiago01.JPG

MINHOTOS VÃO À GALIZA ABASTECER AS VIATURAS DE COMBUSTÍVEL

Já se começam a sentir os efeitos de uma greve que, caso se concretize, ameaça paralisar o país inteiro. Na nossa região, é cada vez maior o número de automobilistas e condutores de veículos pesados que vão abastecer as suas viaturas do lado de lá, na Galiza, ou se melhor o entenderem, em Espanha, já que as receitas dos impostos vão direitinhas para os cofres do Estado espanhol.

naom_59157ddf6a4de.jpg

Este protesto prejudica gravemente a economia da nossa região, afecta os emigrantes e os cidadãos em geral – não é um direito mas uma agressão a todos os portugueses! – e uma séria ameaça ao regime democrático. Goste-se ou não, ela coloca em causa o direito à greve e faz questionar os fins e a natureza de alguns sindicatos. Em tempos, também foi assim no Chile…

Estas situações não podem repetir-se por muito mais tempo. Eles que resolvam as suas questões laborais junto das respectivas entidades patronais mas não agridam os cidadãos com este género de paralizações selvagens… por enquanto, sempre que secarem os postos de combustível, os minhotos irão a Espanha abastecer-se… a Galiza está aqui tão perto! Mas, a paciência pode vir a esgotar-se antes do combustível…

Foto: https://www.noticiasaominuto.com/

DIA DA PÁTRIA GALEGA FOI UMA GRANDIOSA JORNADA DE LUTA PELA SOBERANIA E INDEPENDÊNCIA DA GALIZA

O Día da Patria Galega en imaxes

Milleiros de galegas e galegos saíron ás rúas reivindicar e celebrar o Día da Patria Galega. 

Compostela acolleu a manifestación nacional do BNG e a de Causa Galiza e os actos de En Marea, Anova, Agora Galiza e Compromiso. O PSdeG estivo en Rianxo, Podemos en Marín e Esquerda Unida en Mugardos.

Texto e fotos: https://www.sermosgaliza.gal/

2019072516001689158.jpg

2019072516001746475.jpg

2019072516001864937.jpg

2019072516001915169.jpg

2019072516001981874.jpg

2019072516002026335.jpg

2019072516002146009.jpg

2019072516002194223.jpg

2019072516002259380.jpg

2019072516002318366.jpg

2019072516002436423.jpg

2019072516002491324.jpg

2019072516002554903.jpg

2019072516002613992.jpg

GALIZA CELEBRA DIA DA PÁTRIA

O BNG dirixe a campaña do Día da Patria Galega á cidadanía que quere abrir un novo ciclo político en 2020

Baixo o lema Galiza, un novo impulso, o Bloque arranca a campaña de celebración do Día da Patria cun cento de actos por todo o país para conmemorar unha data emblemática para o nacionalismo galego, que culminará coa manifestación nacional do 25X en Santiago, manifestación que un  BNG á alza espera histórica e que constitúe, en palabras do secretario de Comunicación, Xavier Campos, “o maior acto social de celebración da nación galega”.

2019070314154659227.jpg

Este 25X, subliñou, ten a particularidade de celebrarse tras saír de dúas citas coas urnas e encarando ás eleccións galegas, cun BNG á alza e convencido de que unha maioría social quere abrir un novo tempo político.

“Somos unha forza que medra e sabemos que hoxe hai unha maioría de galegos e galegas que queren abrir un novo ciclo político, que queren ver a Feixóo e a o PP na oposición, que miran ao Bloque e a súa portavoz nacional, Ana Pontón, con simpatía e ilusión. A esa maioría social queremos dirixirnos con esta campaña cunha idea clara: sumar co BNG para darlle un impulso a Galiza e avanzar no país próspero, soberano e con futuro que queremos”.

Campos foi o encargado de presentar a campaña, graficamente sintetizada nun mapa de Galiza debuxado a base de pegadas dactilares de distintos tamaños e cores, “para simbolizar que este é un país plural, diverso, con persoas que temos diferentes formas de pensar, de sentir e de vivir o noso país”. Unha pluralidade, recalcou, que hoxe conforma a sociedade galega á que o BNG lle propón “un novo proxecto de avance colectivo para impulsar a Galiza aberta, próspera, inclusiva e con dereitos, coa aspiración de decidir plenamente sobre todo o que nos afecta”.

O Bloque quere aproveitar a celebración do Día da Patria para reforzar a súa estrutura interna, desenvolvendo en paralelo unha campaña de afiliación co obxectivo de incrementar en 500 o número de militantes. Hai que ter en conta, explicou Campos, “que imos celebrar máis dun cento de actos, conferencias, mesas de debate, festas, encontros por todo o país, o que nos da a oportunidade de falar directamente con moitas persoas”.

“Somos unha forza coas portas abertas e a man tendida”, destacou o secretario de Comunicación e, nun momento no que a formación nacionalista está claramente á alza, “queremos que moitas máis persoas que levan Galiza na cabeza e no corazón dea o paso de activarse, que se sumen ao BNG para axudar a construír un país mellor”.

Como dato, Campos lembrou que dos 4.000 galegos e galegas que participaron nas candidaturas municipais do Bloque, o 50% non era militante, “hai un gran potencial de medre”, concluíu.

Himno a ritmo de hip-hop

Como é habitual tanto nas campañas electorais como na campaña do 25X, o BNG fai unha aposta polo talento creativo do país, incluíndo entre o material divulgativo da celebración do Día da Patria un tema musical a modo de himno reivindicativo, como xa fixo en 2017 e 2018, que nesta ocasión corre a cargo do grupo de hip-hop Son da Rúa, que será lanzado en formato vídeo nas redes sociais nos próximos días e que se utilizará como banda sonora nos actos de celebración previos a manifestación nacional en Compostela.

Fonte: https://www.bng.gal/