Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

INAUGURADOS ESPAÇOS DO CIDADÃO EM APÚLIA E FORJÃES

O Município de Esposende passa a dispor, a partir de hoje, de mais dois novos Espaços do Cidadão, nomeadamente em Apúlia e em Forjães, totalizando agora três balcões, sendo que o outro está sediado nos Paços do Concelho.

Intervenções_Forjães_.JPG

Com a presença da Presidente da Agência para a Modernização Administrativa (AMA), o Município inaugurou, na manhã de hoje, estes novos balcões, disponibilizando um vasto conjunto de serviços, numa ótica de descentralização e de proximidade às populações, conforme salientou o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira.

O período de intervenções decorreu no Auditório da Sede da Junta de Freguesia de Forjães, onde o autarca realçou a importância da disponibilização destes serviços às populações, na resposta às suas necessidades. “Um conceito perfeito”, que se reveste de um “conjunto de vantagens enormes”, afirmou Benjamim Pereira, notando que “desde a primeira hora, o Município percebeu a importância destes espaços”, tendo avançado com a candidatura para a instalação de mais dois postos de atendimento. Uma medida que traduz a coesão territorial preconizada pelo Município, alcançando, assim, uma cobertura mais global do concelho. Nesta perspetiva, é intenção do Município vir a disponibilizar nestes postos de atendimento, para além do protocolado com a AMA, alguns serviços municipais, descentralizando o atendimento do Município. “Este não é um processo fechado, é evolutivo”, afirmou.

Com horário de atendimento entre as 8h30 às 16h30, o Espaço Cidadão Sul situa-se na Avenida da Praia, em Apúlia, e o Espaço Cidadão Norte localiza-se no Centro Comercial 2 Rosas, em Forjães. O investimento do Município para a adaptação destes espaços orçou em 79 500 euros, com financiamento comunitário de 85%. De acordo com o protocolado com a AMA, o Município assegura o sistema hardware, o equipamento das instalações e os recursos humanos e a AMA disponibiliza o software para atendimento aos cidadãos.

A terminar a sua intervenção, o Presidente Benjamim Pereira dirigiu-se às colaboradoras que vão prestar atendimento nestes espaços, pedindo-lhes o máximo empenho no exercício das suas funções, na medida em que “são a imagem do Município”, sublinhando que é fundamental prestar um serviço com “muita humanidade” e também “mostrar que o Estado e a autarquia são amigos do cidadão”.

“O Espaço do Cidadão é a expressão máxima da descentralização”, afirmou a Presidente da Agência para a Modernização Administrativa (AMA), Fátima Madureira, para quem a abertura de cada novo serviço é motivo de satisfação. Manifestou, assim, “dupla alegria” por ver nascer dois novos Espaços do Cidadão no Município de Esposende, notando que são já quase 800 em todo o território nacional.

Saudou a parceria alcançada com o Município de Esposende, referindo que “o Estado está a entregar a quem melhor sabe estar junto dos cidadãos, a fornecer-lhes os instrumentos para conseguir resolver a vida das pessoas ao mesmo tempo que criamos igualdade entre as pessoas”. A questão da literacia digital, ainda inacessível a muitos, particularmente a muita da população idosa, é um dos aspetos positivos que ressalta da aposta nestes postos de atendimento descentralizados, e que foi realçada tanto pela Presidente da AMA como por Benjamim Pereira.

O Presidente da Junta de Freguesia de Forjães, Vítor Quintão, agradeceu à Câmara Municipal e à AMA a criação do Espaço Cidadão, sublinhando que é um serviço que estará disponível não só para a população local, como também para as freguesias vizinhas.

Na inauguração do Espaço Cidadão Sul, o Presidente da Junta da União das Freguesias de Apúlia e Fão, Valdemar Faria, saudou a disponibilização deste serviço à comunidade, agradecendo ao Município de Esposende e à AMA. Manifestou, ainda, o desejo que outros investimentos se concretizem naquela União de Freguesias, apelo que mereceu a anuência do Presidente Benjamim Pereira.

A disponibilização dos Espaços Cidadão enquadra-se no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente no que se refere ao ODS 10 - Reduzir as Desigualdades, por via da eliminação de barreiras no acesso aos serviços públicos, bem assim ao ODS 11 - Cidades e Comunidades Sustentáveis, tornando mais inclusiva, segura, resiliente e sustentável, na medida em que se disponibiliza um serviço de proximidade.

EC Apúlia.jpg

EC Forjães.jpg

Espaço Cidadão Norte_Forjães.JPG

Espaço Cidadão Sul_Apúlia.JPG

Espaço Cidadão Sul_Apúlia_.JPG

Intervenções_Forjães.JPG

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE ESPOSENDE VISITOU OBRAS EM CURSO NA VILA DE FORJÃES

No âmbito das visitas às freguesias, com vista ao acompanhamento da execução do Plano de Investimento no concelho, o Presidente da Câmara Municipal de Esposende deslocou-se, hoje, a Forjães, onde constatou o adiantado estado de construção do parque de estacionamento de apoio à igreja Paroquial e da garagem e armazéns da Junta de Freguesia. De igual modo, Benjamim Pereira visitou a Rua dos Sapateiros, obra recentemente realizada pela Junta de Freguesia de Forjães, ao abrigo do acordo de cooperação celebrado entre o Município e todas as Juntas de Freguesia do concelho e que se traduziu na transferência de 30 mil euros para cada autarquia.

FOR2esp.jpg

A visita de trabalho, na qual participaram os membros da Junta de Freguesia presidida por Manuel Ribeiro, começou no espaço onde está a ser construído o parque de estacionamento de apoio à igreja Paroquial de Forjães, obra que estará concluída em junho e que já apresenta assinalável execução.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, vincou a importância desta obra, “reclamada pela população há muitos anos e que agora pretende solucionar o problema de estacionamento para todos aqueles que se deslocam àquela zona da vila, quer para participar nas atividades religiosas, quer para se deslocarem ao Centro de Saúde ou comprar no comércio local. O espaço servirá, ainda para acolher as festividades em honra de Santa Marinha.

O investimento camarário permitirá, ainda, alargar a Rua Padre Joaquim Gomes dos Santos, proporcionando melhor acesso às instalações da ACARF, eliminando o estrangulamento existente.

O parque de estacionamento ocupará um terreno com mais de três mil metros quadrados, comprado pelo Município de Esposende, pelo valor de 128 mil euros.

Benjamim Pereira deslocou-se, ainda, ao terreno do Município onde está a ser construído o armazém e garagem que se destina a acomodar viaturas e bens da Junta de Freguesia, empreitada que está praticamente concluída, decorrendo a construção dos acessos. No valor de aproximadamente 195 mil euros, a obra estará definitivamente concluída no próximo mês de abril.

Nesta visita a Forjães, o presidente da Câmara inteirou-se do avanço das obras para a instalação do Espaço Cidadão e analisou, com os técnicos, a solução a adotar, ante o abate do piso, na Avenida 30 de Julho.

Esta situação que tem provocado muito incómodo aos transeuntes desta via é de muito difícil resolução, uma vez que se trata de uma antiga mina, cuja estrutura ruiu, encontrando-se a cinco metros de profundidade, com dificuldade de acesso, devido aos níveis freáticos registados nesta altura do ano.

Decidiu-se pela repavimentação do espaço, para evitar mais incómodos, enquanto decorre uma análise dessa infraestrutura hidráulica, no sentido de apurar o seu funcionamento, ou se estará desativada e, face a essa conclusão, optar pela solução mais célere.

Com a adesão a este modelo de governação de proximidade, envolvendo as Juntas de Freguesia, o Município está, mais uma vez, a demonstrar o seu total empenho na concretização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

vf1esp.jpg

FOR.jpg

FOR0.jpg

ESPOSENDE: UNIDADE DE SAÚDE DE FORJÃES REABRIU HOJE

A Unidade de Saúde de Forjães reabriu às 8 horas de hoje, cumprindo as disposições impostas pela Direção Geral de Saúde. Depois da reabertura da Unidade de Saúde de Apúlia, e tal como tinha sido assumido pelo Município de Esposende, a decisão de reabertura decorreu em articulação com o Agrupamento de Centros de Saúde do Cávado III Barcelos/Esposende (ACES).

us forjães 1.jpg

A disponibilização dos serviços de saúde à população sempre esteve na primeira linha das prioridades do Município de Esposende, razão que fez com que assumisse os encargos necessários com vista à reabertura, suportando, inclusive, encargos financeiros que não são da sua responsabilidade.

Em termos materiais, foi criada uma saída, com rampa de acesso para pessoas com mobilidade reduzida que permite a criação de um circuito de segurança para os utentes. O presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira quis estar presente na reabertura do serviço, fazendo-se acompanhar pelo presidente da Junta de Freguesia de Forjães, Manuel Ribeiro e pelo diretor do ACES Cávado III, Fernando Ferreira visitaram as instalações que estão, desde hoje, novamente ao serviço da população.

Em Forjães, o atendimento decorrerá à segunda e terça-feira, no período da tarde e de quarta a sexta, no período da manhã.

Lembre-se que o facto de ter reaberto a Unidade de Saúde de Forjães não significa que tudo voltou ao normal. Continuamos sob efeito da pandemia provocada pela COVID-19, numa situação de contingência que obriga ao cumprimento das regras definidas pela Direção Geral de Saúde. Por isso, os utentes devem privilegiar os contactos pelas vias digitais, nomeadamente para solicitar receitas, recorrendo à Unidade de Saúde quando for mesmo essencial, de modo a não sobrecarregar o serviço, deixando-o disponível para quem mais necessita.

Os utentes da Unidade de Saúde de Forjães podem contatar os serviços através do e-mail ucsp.forjaes@arsnorte.min-saude.pt ou pelo telefone 253879240.

us forjães 2.jpg

us forjães.jpg

ESPOSENDE REABRE UNIDADES DE SAÚDE DE APÚLIA E FORJÃES

Unidade de Saúde de Apúlia reabriu hoje. Unidade de Saúde de Forjães reabre amanhã

Conforme foi assumido pelo Município de Esposende, em total articulação com o Agrupamento de Centros de Saúde do Cávado III Barcelos/Esposende (ACES), reabriu, às 8 horas de hoje, a Unidade de Saúde de Apúlia. Amanhã, pelas 8 horas, reabrirá a Unidade de Saúde de Forjães, cumprindo as disposições impostas pela Direção Geral de Saúde.

us apúlia 1.jpg

O Município de Esposende assumiu os encargos necessários com vista à reabertura, nomeadamente suportando encargos financeiros que não são da sua responsabilidade e cumpre, assim, a promessa de disponibilizar os serviços de saúde à população.

Em termos materiais, foi instalada uma rampa de acesso, permitindo que fosse criado o circuito de segurança para os utentes, por forma a ser usada uma porta para entrada e uma outra para saída. Relativamente aos serviços médicos que as Unidades de Saúde vão prestar, a partir desta reabertura, o diretor do ACES Cávado III, Fernando Ferreira informou que “os serviços serão garantidos através de mobilidade de médicos e assistentes”, uma vez que há carência de recursos humanos. Em Apúlia, o atendimento decorrerá entre as 8h00 e as 15h00.

Lembre-se que o facto de ter reaberto a Unidade de Saúde de Apúlia não significa que tudo voltou ao normal. Continuamos sob efeito da pandemia provocada pela COVID-19, numa situação de contingência que obriga ao cumprimento das regras definidas pela Direção Geral de Saúde. Por isso, os utentes devem privilegiar os contactos pelas vias digitais, nomeadamente para solicitar receitas, recorrendo à Unidade de Saúde quando for mesmo essencial, de modo a não sobrecarregar o serviço, deixando-o disponível para quem mais necessita.

Os utentes da Unidade de Saúde de Apúlia podem contatar os serviços através do e-mail ucsp.apulia@arsnorte.min-saude.pt ou pelo telefone 253981338.

us apúlia.jpg

ESPOSENDE: FORJÃES E APÚLIA VÃO DISPOR DE ESPAÇOS DO CIDADÃO

O Município de Esposende vai dispor de dois novos Espaços do Cidadão, que ficarão instalados em Forjães e em Apúlia, tendo o protocolo a estabelecer com a AMA – Agência para a Modernização Administrativa, sido aprovado, por unanimidade, ontem, em reunião de câmara.

DSC02276.JPG

A medida enquadra-se numa política de modernização e simplificação na prestação de serviços ao cidadão, e acontece numa ótica de descentralização e de proximidade, com o intuito de melhorar a resposta às suas necessidades, através do acesso a um atendimento digital assistido que, até agora, lhe era disponibilizado apenas em Esposende, no edifício dos Paços do Concelho

Através da instalação destes Balcões, o Município visa melhor servir o cidadão, proporcionando-lhe um modelo de atendimento mais conveniente, mais rápido e mais próximo, proporcionando-lhe o acesso imediato e assistido de serviços públicos que se encontram ou venham a ser disponibilizados eletronicamente pela Administração Central. Subjacente a esta medida está também o reforço da coesão territorial e social, o aumento da qualidade da prestação de serviços públicos e o combate à infoexclusão, na medida em que este atendimento promove a literacia digital.

De acordo com os termos do protocolo, a AMA disponibilizará o software, garantirá a formação dos recursos humanos e prestará o necessário apoio técnico e funcional, enquanto que o Município assegura a disponibilização dos espaços e respetivo apetrechamento, bem como os recursos humanos necessários.

O Espaço do Cidadão a implementar na zona norte do concelho, designado por “EdC Esposende Norte” ficará instalado num estabelecimento localizado no “Centro Comercial Duas Rosas”, na Avenida de Santa Marinha, em Forjães. O Espaço do Cidadão “EdC Esposende Sul” ficará situado num estabelecimento comercial na Avenida da Praia, na União das Freguesias de Apúlia e Fão.

A instalação destes Espaços do Cidadão resulta de uma candidatura ao Programa Operacional Regional Norte, no valor de investimento total de 72.601,26 euros, com taxa de comparticipação de 85%. Este projeto enquadra-se no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente no que se refere ao ODS 10 - Reduzir as Desigualdades, por via da eliminação de barreiras no acesso aos serviços públicos, bem como o ODS 11 - Cidades e Comunidades Sustentáveis, tornando mais inclusiva, segura, resiliente e sustentável na medida em que se pretende, nomeadamente, disponibilizar um serviço de proximidade.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, sublinha que, pese embora o investimento já realizado no plano da modernização administrativa, que tornou o Município de Esposende mais eficiente e habilitado a prestar serviços de maior qualidade e eficácia, torna-se necessário expandir o conceito tornando-o mais capaz de gerar e disponibilizar bens públicos de qualidade ao mais baixo custo.

DSC02324 (1).JPG

GRUPO ASSOCIATIVO DE DIVULGAÇÃO TRADICIONAL DE FORJÃES COMEMORA 25 ANOS AO SERVIÇO DO FOLCLORE

Grupo Associativo de Divulgação Tradicional de Forjães está de parabéns!

Coletividade que promove o folclore e etnografia de Esposende conta com 25 anos de existência.

O Grupo Associativo de Divulgação Tradicional de Forjães foi fundado a 5 de maio de 1995 e comemora, este ano, o seu 25º aniversário. Para esta data festiva, a associação preparou um vasto programa com várias iniciativas desde festivais de folclore, a debates e tertúlias e ainda o lançamento de um novo CD.

Inicio das Comemorações. Cantares Natalicios.jpg

As comemorações do GADT Forjães começaram no passado dia 22 de dezembro, com a apresentação oficial do programa e imagem gráfica que acompanhará todo o ano em que estes 25 anos estarão em destaque. “Na senda da tradição viramos história” foi o mote escolhido pelo grupo para acompanhar a programação que já realizou alguns dos eventos previstos.

A situação atual, resultante da pandemia provocada pelo novo Corona Vírus provocou uma alteração ao plano das comemorações, que se realizarão de modo virtual. Desta forma, foi lançado um evento na página oficial do grupo nas redes sociais, para que todos os elementos, familiares e amigos possam partilhar imagens e momentos que tenham sido marcantes na história do grupo.

Em plena semana onde o grupo comemora a data oficial da sua fundação, as atividades previstas iam desde uma cerimónia religiosa cantada pelo grupo, comemorando o Dia da Mãe com homenagens e ainda um Festival Folclórico Concelhio no qual, os 10 grupos folclóricos do concelho se iriam apresentar. A data simbólica e especial iria contar, também, com uma visita aos idosos do Lar Sto. António e Centro de Dia da ACARF, uma tertúlia musical e, por fim, a festa de aniversário com a comunidade. O mês de maio ficaria marcado por uma exposição de trajes dividida por vários pontos do comércio tradicional que resultaria num concurso de montras.

O Grupo Associativo de Divulgação Tradicional de Forjães vê-se, desta forma, obrigado a adiar um conjunto de iniciativas que serão realizadas futuramente. Neste sentido irá ainda mais longe, com a realização de vários encontros de folclore, como tem sido hábito ao longo da sua história.

Estes 25 anos de celebração contam com vários apoios indispensáveis como é exemplo o Município de Esposende e Junta de Freguesia de Forjães bem como várias empresas que se associaram ao programa.

P’lo GADT Forjães, Carlos Couto

ESPOSENDE REÚNE EM FORJÃES AMIGOS FOLCLORISTAS

93775970_2985781574839234_2103207577469845504_n.jp

Era este sábado, dia 18 de Abril, que acontecia em Forjães o 9º Encontro de Amigos Folcloristas…

Chegou o dia e infelizmente não vamos poder estar juntos fisicamente, abraçar-nos, cantar, dançar, conversar, partilhar… Enfim, sentir o quanto é bom ser folclorista.

Este encontro nasce em Leça da Palmeira no dia 24 de Março de 2012, por iniciativa de dois amigos folcloristas, André Marcos e João Teixeira. Percorreu já várias localidades de todo país, sendo que o GADT de Forjães marcou presença em todos eles.

No âmbito das comemorações dos 25 anos do GADT, esta era uma organização com um sabor especial, mas que infelizmente teve que ser adiada para data a definir…

Mesmo assim não queremos deixar de celebrar este dia…

Ao longo do dia e deste fim-de-semana vamos partilhar convosco registos fotográficos da nossa participação nos oito encontros realizados, assim como uma breve referência a cada um deles…

Lançamos assim um desafio a todos os nossos elementos e amigos folcloristas que tinham intenção de vir até Forjães, ou que já alguma vez participaram nos encontros passados.

PARTILHEM CONNOSCO:

Fotos, vídeos, melhores momentos, sentimentos, amizades, enfim, tudo que acharem merecedor de partilhar e recordar…porque afinal, recordar é viver!

Nesta 9ª edição tínhamos preparado para vós um conjunto de atividades que iriam fazer deste dia inesquecível. Oficinas de dança, canto e artesanato, jogos populares, oficina infantil, partilha de farnéis, “Master-Chefe folclorista”, etc. etc. etc. Tínhamos já confirmados grupos que pela primeira vez iriam participar nas oficinas, com quem continuamos a contar para quando for possível a sua realização.

ENTRE NA BRINCADEIRA, ”Amigos Folcloristas de Quarentena":

Para além das memórias, façam-nos chegar também vídeos ou fotos de “pequenas brincadeiras” feitas a partir aí de casa relacionadas com as oficinas preparadas! Quem sabe uma dança, uma cantiga, um piquenique no jardim, um “petisco” da vossa região….

Surpreenda-nos e viva connosco este dia da melhor forma possível, sempre focados no dia em que vamos estar todos juntos a realizar o 9ª Encontro de Amigos Folcloristas!

ESPOSENDE PROSSEGUE PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DO CONCELHO

Município de Esposende avança com mais investimentos no montante de 371 000 euros

Apesar da conjuntura atual da pandemia do COVID-19, o Município de Esposende continua focado na concretização do projeto de desenvolvimento delineado para o território concelhio. Neste contexto, e apesar das limitações e constrangimentos decorrentes do quadro atual, a Câmara Municipal continua a desenvolver o seu trabalho, procurando dar seguimento aos processos de novos investimentos em todas as freguesias do concelho, com vista à sua concretização.

s lourenço.jpg

Neste sentido, vai avançar com mais duas obras, correspondentes a um investimento de 371 000 euros. Trata-se da empreitada de estacionamento de apoio à Igreja de Forjães, cujos trabalhos estão estimados em 360 400 euros, e da obra de recuperação das casas do Núcleo Arqueológico do Castro de S. Lourenço, em Vila Chã, que deverá orçar em 10 600 euros.

Relativamente à obra em Forjães, o objetivo passa por reforçar a capacidade de estacionamento junto à Igreja, dando também apoio à capela mortuária, cemitério e Associação ACARF. Este estacionamento será concretizado através da ocupação de parte do terreno que o Município havia adquirido a sul da Rua Padre Joaquim Lima, sendo que também esta via será alvo de uma intervenção de reperfilamento, de modo a eliminar o estrangulamento existente no acesso à ACARF. Na Rua da Igreja, para além da recuperação do muro e criação de um acesso ao estacionamento, será substituída a pavimentação existente, realçando o caráter pedonal da via.

A intervenção no Núcleo Arqueológico do Castro de S. Lourenço visa a recuperação do revestimento das coberturas em colmo das casas, mantendo a autenticidade deste sítio arqueológico concelhio.

A par destas intervenções, o Município tem em curso ou em vias de concretização um conjunto de intervenções em todo o concelho, no cumprimento do programa autárquico sufragado. O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, sublinha que, “apesar da complexa situação que vivemos, a todos os níveis, o Município não pode ficar com a sua atividade em suspenso, impondo-se que, dentro dos possíveis, prossiga a sua ação”.

“Nesta fase, há, portanto, que dar andamento aos processos, por forma a que, ultrapassada esta fase da pandemia, possamos arrancar em força com a concretização dos projetos que temos definidos para todo o território concelhio”, afirma, vincando que “estamos focados no nosso trabalho e na execução dos compromissos que assumimos com as populações”.

terreno forjaes.jpg

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE VAI CRIAR ESPAÇOS DO CIDADÃO EM FORJÃES E APÚLIA

A Câmara Municipal de Esposende pretende criar dois novos Espaços do Cidadão no concelho, nomeadamente em Forjães e em Apúlia. A iniciativa surge da necessidade de oferecer aos munícipes do concelho uma oferta de serviços públicos descentralizada, proporcionando maior proximidade e melhoria no acesso a um atendimento digital assistido. Esposende dispõe atualmente de um Espaço do Cidadão, com atendimento nos Paços do Concelho.

DSC02324.JPG

O Espaço do Cidadão a implementar na zona norte, designado por “EdC Esposende Norte” será instalado num estabelecimento localizado no “Centro Comercial Duas Rosas”, na Avenida de Santa Marinha, em Forjães. O Espaço do Cidadão “EdC Esposende Sul” ficará situado num estabelecimento comercial na Avenida da Praia, na União das Freguesias de Apúlia e Fão.

Para concretizar a instalação destes Espaços do Cidadão, o Município vai apresentar candidatura ao Programa Operacional Regional Norte, no valor de investimento total de 72.601,26 euros, com taxa de comparticipação de 85%. Esta candidatura encontra-se articulada com o previsto no Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial (PDCT) do Cávado, que se encontra devidamente ancorada numa estratégia de desenvolvimento territorial estabelecida para a NUT III do Cávado.

“Pese embora o investimento já realizado no âmbito de modernização administrativa, que tornou o Município de Esposende mais eficiente e habilitado a prestar serviços de maior qualidade e eficácia, torna-se necessário expandir o conceito à totalidade do enquadramento interno e externo, e relacionar com as principais tendências do meio envolvente, de forma a tornar o Município mais capaz de gerar e disponibilizar bens públicos de qualidade ao mais baixo custo”, refere o Presidente da Câmara Municipal de Esposende.

Benjamim Pereira acrescenta que nestes Espaços do Cidadão, para além da possibilidade de tratar de processos relacionados com a renovação da Carta de Condução, alteração de residência no Cartão do Cidadão, pedido da chave móvel digital, pedidos de segunda via dos cartões da ADSE, entre muitos outros, pretende-se que os munícipes possam, numa ótica de aproximar os serviços camarários às pessoas, evitando deslocações à sede do concelho, tratar de procedimentos tendentes à resolução de questões administrativas no âmbito dos seus processos.

Este projeto enquadra-se no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente no que se refere ao ODS 10 - Reduzir as Desigualdades, por via da eliminação de barreiras no acesso aos serviços públicos, bem assim ao ODS 11 - Cidades e Comunidades Sustentáveis, tornando mais inclusiva, segura, resiliente e sustentável na medida em que se pretende, nomeadamente, disponibilizar um serviço de proximidade.

JUNTA DE FREGUESIA DE FORJÃES VAI TER NOVO ARMAZÉM

Município de Esposende constrói pavilhão para a Junta de Freguesia de Forjães

Dando cumprimento ao protocolo celebrado com a Junta de Freguesia de Forjães, o Município de Esposende vai avançar com a construção de um pavilhão para armazém daquela autarquia, num investimento estimado de aproximadamente 155 mil euros.

Junta Freguesia Forjães.jpg

De acordo com o protocolado, a Junta de Forjães cederá as instalações do edifício da sua antiga sede, localizadas na Rua da Santa e que funcionam como garagem e armazém da Junta de Freguesia, ao Grupo Associativo de Divulgação Tradicional de Forjães, que o adaptará para a sua sede. Por via deste protocolo, a execução das necessárias obras de requalificação do imóvel será financiada pelo Município, através da aquisição de um terreno propriedade do Grupo.

Por esta via, o Município soluciona duas situações que correspondem a antigas reivindicações da freguesia. Com efeito, a criação de um espaço de armazém, onde a autarquia possa guardar em condições adequadas e em segurança os seus bens e artefactos, era há muito ambicionada pela Junta de Freguesia. Já o Grupo Associativo de Divulgação Tradicional de Forjães, que recentemente comemorou 25 anos de atividade, vem reclamando instalações próprias há vários anos.

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, refere que “dentro da nossa disponibilidade financeira, continuamos a atender às solicitações das Juntas de Freguesia e das associações do concelho, sendo certo que que, por esta via, estamos também a dar resposta às pretensões das populações”.

Estes apoios enquadram-se nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).  

ATLETA RICARDO DIAS VENCE IV CORRIDA DE ANO NOVO DO MUNICÍPIO DE ESPOSENDE

O atleta forjanense Ricardo Dias foi o grande vencedor da Corrida de Ano Novo 2020 do Município de Esposende, que decorreu no passado dia 11 de janeiro, na zona urbana da cidade de Esposende.

_DSC5606.JPG

O evento contou com a participação de 1400 atletas, repartidos entre a corrida de 10 quilómetros, a caminhada de 8 quilómetros e a Kids Run, prova direcionada para os mais novos que se realizou pela primeira vez, com a distância de uma Milha.

A IV Corrida de Ano Novo marcou o arranque dos eventos desportivos do Município em 2020, envolvendo elevado número de atletas de todas as idades na prática de atividade física, assumido como o principal objetivo desta prova, a que se associa a dinamização do comércio local e o cumprimento dos ODS da Agenda 2030 da ONU.

Em termos de Classificação Geral, em masculinos, a prova foi ganha por Ricardo Dias, do Grupo Desportivo Castelense, com o tempo de 0:30:18.140, em segundo lugar ficou Nuno Fernandes, da Escola de Atletismo Rosa Oliveira, com o tempo de 0:31:57.990, e, em terceiro, ficou Joao Figueiredo, da equipa Figueiredos Runners & Friends com o tempo de 0:32:05.120.

Já em femininos, em primeiro lugar ficou Cecília Mouta, da equipa Dumiense Xallenge Runners, com o tempo de 0:38:02.610, em segundo lugar ficou Ariana Verde, de Espanha, com o tempo de 0:38:06.940 e, na terceira posição classificou-se Paula Rios, da equipa Viana Running Team, com o tempo de 0:39:23.390.

Ao nível de Equipas, em primeiro lugar ficou a Equipa Oralklass - Amigos do Trail, o segundo lugar do pódio foi conquistado pelo Grupo Desportivo Castelense e o terceiro lugar coube ao GD AIRAO.

_DSC5610.JPG

_DSC5886.JPG

_DSC6159.JPG

_DSC6566.JPG

ESPOSENDE: FORJÃES ACOLHE 3º FESTIVAL DE COROS SENIORES

O Município de Esposende vai promover, na próxima sexta-feira, dia 5 de julho, a terceira edição do Festival de Coros Seniores.

Integrado no programa Ativo Mais, da Rede Social de Esposende, o evento vai decorrer a partir das 21h30, no escadório Pe. Joaquim Lima, em Forjães, com a participação do Coro Sénior de Esposende, acompanhado do grupo de música tradicional "Terra Alegre", do Coro da Universidade Autodidata de Esposende e do Grupo Coral da Universidade Sénior de Oliveira de Azeméis.

festival 2019 (002).jpg

O Festival de Coros Seniores tem como objetivo promover e valorizar o trabalho que é desenvolvido num ambiente não formal, orientado para o desenvolvimento emocional e social, nomeadamente o fortalecimento das relações interpessoais, a integração e a inclusão social.

Depois de ter participado recentemente num concerto fora de portas, concretamente em Paranhos – Porto, o Coro Sénior de Esposende volta, assim, a apresentar-se no concelho, sob a direção da maestrina Ana Carolina Capitão. Em atividade desde 2016, conta atualmente com cerca de 120 coralistas, que têm possibilitado o enriquecimento deste projeto com os seus contributos, saberes e vivências, contribuindo para uma longevidade bem-sucedida e saudável.

O Coro da Universidade Autodidata de Esposende é composto por 24 elementos, conta com direção musical de Cristina Reis e o seu espólio abarca temas da música tradicional e contemporânea.

O Grupo Coral da Universidade Sénior de Oliveira de Azeméis é um coral misto, presentemente constituído por 42 elementos. Encontra-se em atividade desde 2004 e é dirigido pelo Maestro Serafim Cabral. Do seu currículo constam a participação em vários eventos, entre os quais “As Janeiras”, na Assembleia da República, em janeiro de 2013. Colaborou na organização de cinco Encontros de Grupos Corais promovidos pela Universidade Sénior de Oliveira de Azeméis e participou em inúmeros encontros promovidos por outras universidades

O Festival de Coros Seniores repercute-se no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da Agenda 2030 da ONU, Paz, Justiça e Instituições Eficazes ODS 16) e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade (ODS 17).