Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

TERRAS DE BOURO PREPARA FESTAS DE S. BRÁS

Reunião de preparação das Festas Concelhias de Terras de Bouro em honra de S.Brás

No dia 19 de abril, decorreu na câmara municipal uma reunião entre o Presidente do Município de Terras de Bouro, Manuel Tibo, a Vereadora, Dr.ª Ana Genoveva Araújo e os empresários do comércio local, tendo em vista a preparação das Festas Concelhias em honra de S. Brás, previstas para os dias 2 a 6 de agosto.

CAPA

No encontro foram abordados vários aspetos a considerar na elaboração e desenvolvimento deste importante acontecimento, no intuito de continuar a valorizar as festas concelhias. Há muitos anos referência no programa cultural de Terras de Bouro e fundamental para a promoção do concelho, as Festas em Honra de S.Brás são um espaço de diversão e confraternização entre todos os Terrabourenses e para os muitos visitantes que se deslocam a Terras de Bouro neste período estival.

20180419_180651-01

20180419_180659-01

VILA PRAIA DE ÂNCORA JÁ TEM CARTAZ OFICIAL DA FESTA DE NOSSA SENHORA DA BONANÇA

- Cartaz da Festa de Nossa Senhora da Bonança 2018

"A Devoção a Nossa Senhora da Bonança"

Trajados do Cartaz: Camila Neto e Rui Brás

Agradecimentos (elaboração do Cartaz)

- Pessoa que em anónimo ofereceu as flores para o altar

- Filipe Barroso e Miguel Barroso pela excelente decoração do altar

- Padre Valdemar, pela cedência da capela

- Casa Sales, pela cedências dos palmitos

- António Dinis, pela cedência da roupa de pescador

Autor do Cartaz: André Matos

A Comissão de Festas 2018

30707081_1680063188746099_5667136701024913277_n

MONÇÃO REALIZA FESTA EM HONRA DE NOSSA SENHORA DA CABEÇA

O principal dia da festa é na terça-feira, dia 3, contudo, os primeiros foguetes fazem-se ouvir no domingo, dia 1. Ao caráter festivo e confraternizador da festa, junta-se uma acentuada e sentida carga religiosa. O interior da capela está sempre lindíssimo, sendo habitual a presença de crentes no “pagamento” de promessas. Por tradição, adquirem uma cabeça de cera de Nossa Senhora e cumprem o prometido na procissão ou à volta da capela.

Senhora Cabeça 01

Muito concorrida por romeiros portugueses e galegos, a Festa em Honra à Nossa Senhora da Cabeça, em Cortes, realiza-se nos dias 1, 2 e 3 de abril. O principal dia da festa é na terça-feira, dia 3, reservando aos fiéis os momentos mais solenes da festividade.

A entrada da Banda Musical de Monção tem lugar às 9h00, seguindo-se, pelas 11h00, missa solene com sermão, seguida de majestosa procissão acompanhada de quadros bíblicos e orquestrada pela Fanfarra Deu-la-Deu e Banda Musical de Monção.

Além do seu aspeto festivo, com atuação de grupos populares e orquestras galegas, a celebração da Senhora da Cabeça, logo a seguir à Páscoa, assume-se, desde muitas décadas, como uma festa dedicada ao convívio e confraternização com famílias inteiras a fazerem o “merendeiro” nas zonas sombreadas próximas da capela.  

Em tempos idos, quando Monção ainda tinha a estação de comboios em funcionamento, milhares de pessoas deslocavam-se, nestes dias, da sede do concelho até ao apeadeiro de Cortes, num percurso de três a quatro quilómetros. A afluência era tanta que a CP fazia horários especiais para cobrir as necessidades da procura.

Ao caráter festivo e confraternizador da festa, junta-se uma acentuada e sentida carga religiosa. O interior da capela está sempre lindíssimo, sendo habitual a presença de crentes no “pagamento” de promessas. Por tradição, adquirem uma cabeça de cera de Nossa Senhora e cumprem o prometido na procissão ou à volta da capela.

Senhora Cabeça 02

Senhora cabeça

PÓVOA DE LANHOSO FESTEJA A S. JOSÉ

Presidente da Câmara Municipal faz balanço “muito positivo” do S. José

O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Avelino Silva, faz um balanço “muito positivo” das Festas de S. José 2018. “Estamos muito satisfeitos e as nossas expectativas foram superadas, sem dúvida. A procissão foi o momento alto, com milhares de pessoas nas ruas”, destaca o autarca. “Nos momentos em que não choveu, tivemos adesão em massa de Povoenses e de visitantes, o que demonstra que o programa que apresentámos foi do agrado da maioria das pessoas”, continua Avelino Silva.

Hastear da Bandeira 1

Para além da procissão, as propostas musicais também registaram grande adesão, casos da Noite da Juventude, com os HMB, Eazy, Ian Meerut e Meninos de Coro; da Noite Solidária, com a atuação de José Cid e com o Tributo a António Variações; e do espetáculo infantil “O Mundo da Sara”, numa demonstração de que o S. José começa realmente nas crianças. Referência ainda para a atuação dos Povoenses Akisom. Estes espetáculos realizaram-se numa tenda instalada para o efeito na Praça Eng. Armando Rodrigues e tiveram entrada livre.

O programa do principal fim de semana de Festividades Concelhias cumpriu-se como previsto. No dia 19, feriado municipal, destaque para a cerimónia do Hastear da Bandeira, nos Paços do Concelho, com a presença do Executivo Municipal, liderado por Avelino Silva. A Noite de Folclore, a IX Concentração/Exposição de Motas Clássicas, o Passeio de BTT – Trilhos de S. José, o IV Encontro de Carochas, o Encontro de Concertinas, o concerto de Música Filarmónica foram igualmente propostas muito concorridas. Destaque ainda para a Feira Franca e para o tradicional Concurso Pecuário assim como para a eucaristia solene e para o fogo de artifício no encerramento das Festas.

Majestosa procissao em honra de S Jose 2018 1

As Festas de S. José 2018 começaram no dia 10 de março, mas, nesse primeiro fim de semana, devido à chuva, houve necessidade de adiar alguns dos momentos previstos, sendo que o Mercado da Terra foi a única iniciativa cancelada. O Cortejo Histórico e Etnográfico de S. José, uma das referências principais das Festas, ficou adiado para o dia 25 de abril, a Caminhada de S. José realiza-se já no próximo domingo, 25 de março, e a prova de Atletismo realiza-se a 15 de abril. Para 8 de julho ficou agendado o concurso de Pesca Desportiva de S. José. A abertura da exposição “Um (Outro) olhar sobre a Arte Sacra Concelhia”, o Festival de Natação, o Passeio de TT e a Super Especial de TT, o Concurso de Tiro ao Prato foram propostas que se desenrolaram normalmente, no primeiro fim de semana de Festividades.

De salientar ainda que, que de 16 a 19 de março, decorreu o fim de semana gastronómico, promovendo o Cabrito à S. José e as Rochas do Pilar, em cerca de 30 estabelecimentos de restauração e alojamento aderentes. No mesmo período, a Praça Eng. Armando Rodrigues acolheu uma Mostra de Artesanato e Produtos Regionais.

Majestosa procissao em honra de S Jose 2018

Multidao assistiu a procissao 1

Multidao assistiu a procissao 2

O Executivo Municipal nas Festas de S Jose 1