Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CABECEIRAS DE BASTO HOMENAGEIA CIDADÃOS E INSTITUIÇÕES NO DIA DO MUNICÍPIO

Concelho orgulha-se de feitos extraordinários que elevam o nome de Cabeceiras de Basto

Realizou-se esta manhã, dia 29 de setembro, a cerimónia evocativa do Dia do Município, durante a qual foram homenageados cinco cidadãos e quatro instituições, numa cerimónia pública de grande simbolismo que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Cabeceiras de Basto homenageou cidadãos e instituições no Dia do Município (1).JPG

A anteceder à Sessão Solene, procedeu-se à cerimónia do Hastear da Bandeira que contou com a guarda de honra dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses.

Com a distinção honorífica Grau Ouro foram galardoados, durante esta cerimónia evocativa do Dia do Município, o atleta veterano Cabeceirense Bernardino Pereira, o Major-General Ferreira de Sousa e o Externato de S. Miguel de Refojos. Com a Medalha de Mérito Público Grau Prata foi distinguida a atleta Marta Prata Teixeira e a Cercifaf. Por seu turno, os desportistas Diogo Graça e José Pacheco, bem como a Contacto Futsal Clube e a Associação Cultural e Desportiva Águias de Alvite foram agraciados com um Voto de Louvor, Congratulação e Regozijo.

A cerimónia evocativa da efeméride, presidida pelo presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, contou com a presença do presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, do presidente do Município Francês de Rives, Alain Dezempte, dos vereadores, de presidentes das Juntas de Freguesia, entre outros autarcas do Município e das Freguesias, familiares e amigos dos homenageados e, ainda, o Bispo Auxiliar de Braga, D. Nuno Almeida, em representação do Arcebispo Primaz, que recebeu a medalha atribuída ao Externato de S. Miguel de Refojos.

Cabeceiras de Basto homenageou cidadãos e instituições no Dia do Município (2).JPG

O presidente da Câmara Municipal começou por lembrar a “longa história” de Cabeceiras de Basto, explicando que no próximo dia 5 de outubro “completamos 505 anos de história enquanto Município, com foral atribuído por D. Manuel I”, 500 anos de história de “um povo honrado e corajoso que o Basto tão bem personifica”, disse, referindo-se ao Município que, nas últimas décadas, “ganhou uma dimensão que nunca teve antes”, no que se refere, sobretudo, ao aumento da qualidade de vida da população.

Saudando os homenageados e evidenciando os seus feitos notáveis neste Dia do Município, o presidente da Câmara disse: “temos pessoas e organizações de excelência que nos enchem de orgulho. Somos gente de valor e grande capacidade. Somos um povo extraordinário”.

Louvando “os que entre nós mais se salientaram”, o presidente da Câmara desafiou os presentes: “saibamos seguir os seus exemplos, ousemos chegar mais alto e mais além, corramos pelos sonhos, trabalhemos com dedicação pela nossa terra e trabalhemos pelas nossas gentes”.

Na sua intervenção, o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, manifestou o seu orgulho em estar aqui hoje, dia 29 de setembro, Dia do Município de Cabeceiras de Basto. Um dia que é nosso, da nossa terra e da nossa gente. Um dia que exalta o povo que somos, a nossa matriz, a nossa identidade”.

Exaltando os feitos dos cinco cidadãos e das quatro coletividades merecedores de reconhecimento, Joaquim Barreto salientou: “é um orgulho e um privilégio tê-los entre nós”. Os homenageados destacam-se em diferentes áreas e com feitos distintos, “mas têm em comum um singular e coletivo desempenho que muito nos envaidece”, sublinhou Joaquim Barreto.

No uso da palavra, os homenageados foram unânimes em agradecer o reconhecimento público do Município, distinções que servem de estímulo para continuarem a trabalhar e a lutar pelos seus “sonhos”. São galardões que irão ficar “guardados num lugar muito especial”, garantiram, ao mesmo tempo que afirmaram querer “continuar a elevar o nome de Cabeceiras de Basto”.

Homenageados:

BERNARDINO PACHECO PEREIRA – Medalha de Ouro de Cabeceiras de Basto - Mérito Público ao atleta veterano Cabeceirense, em reconhecimento pelo seu contributo para o aumento da imagem e prestígio de Cabeceiras de Basto, através de feitos extraordinários no campo desportivo, de que são exemplo a conquista, nos últimos anos, de inúmeras medalhas de ouro e prata em provas nacionais e internacionais e, em concreto neste ano de 2019, a conquista de três Medalhas de Ouro e uma Medalha de Prata, nos Europeus de Atletismo para Veteranos realizados, entre 5 e 15 de setembro, em Veneza, Itália;

Major-General FRANCISCO XAVIER FERREIRA DE SOUSA – Medalha de Ouro de Cabeceiras de Basto - Mérito Público, em reconhecimento pelo seu relevante e extraordinário contributo para a promoção e aumento do prestígio de Cabeceiras de Basto, especialmente quando desempenhou as funções de Comandante do Regimento de Cavalaria n.º 6 e de Comandante da Brigada de Intervenção.

EXTERNATO DE S. MIGUEL DE REFOJOS – Medalha de Ouro de Cabeceiras de Basto - Mérito Público, em reconhecimento pelo seu importante contributo para a melhoria da qualidade de vida da população do concelho, através de relevantes serviços no campo do ensino e da educação.

MARTA PRATA TEIXEIRA – Medalha de Prata de Cabeceiras de Basto - Mérito Público, em reconhecimento pela sua participação vitoriosa na Seleção Nacional Feminina de Futsal que obteve a Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude 2018, disputados na Argentina, participação que a elevou ao mais alto patamar do desporto mundial, feito que contribuiu para a promoção e valorização do desporto em geral mas, também, para a promoção do nosso país e do nosso concelho, reforçando o prestígio e a imagem de Cabeceiras de Basto em Portugal e no mundo.

CERCIFAF – Medalha de Prata de Cabeceiras de Basto - Mérito Público em reconhecimento pelo seu contributo para a melhoria da qualidade de vida de muitos Cabeceirenses, através da prestação de relevantes serviços no campo do ensino, da formação e da assistência social.

DIOGO EMANUEL TEIXEIRA DA GRAÇA – Voto de Louvor, Congratulação e Regozijo em reconhecimento pela sua participação vitoriosa em diversas provas de motocross e supercross, com destaque para o título de Campeão Nacional de Motocross MX2 alcançado em 2019, feito extraordinário que contribuiu para a promoção do desporto em geral, mas também para a promoção do nosso concelho e reforço da imagem e prestígio de Cabeceiras de Basto.

JOSÉ ANTÓNIO MARQUES PACHECO – Voto de Louvor, Congratulação e Regozijo em reconhecimento pela sua participação vitoriosa em diversas provas de ciclismo na modalidade BTT, com destaque para a vitória da Taça de Portugal, em 2018, feito que contribuiu para a promoção do desporto, mas também para a promoção do nosso concelho e reforço da imagem e prestígio de Cabeceiras de Basto.

CONTACTO FUTSAL CLUBE – Voto de Louvor, Congratulação e Regozijo em reconhecimento pelo notável trabalho desenvolvido pela direção, treinadores, jogadores e outros colaboradores que resultou, na época 2018/2019, na consagração de Campeão Distrital de Futsal da AF de Braga, no escalão Seniores, e consequente subida à 2.ª Divisão Nacional de Futsal.

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E DESPORTIVA ÁGUIAS DE ALVITE – Voto de Louvor, Congratulação e Regozijo em reconhecimento pela dedicação, empenho e abnegado trabalho dos diretores, técnicos, atletas e restantes colaboradores que resultou, na época 2018/2019, na consagração de Campeão Distrital de Infantis de Futebol de Sete (série J) da AF de Braga, feito que contribuiu para a afirmação do concelho e das suas gentes e para o aumento do prestígio e da imagem do concelho de Cabeceiras de Basto.

Cabeceiras de Basto homenageou cidadãos e instituições no Dia do Município (3).JPG

VILAVERDENSES FESTEJAM A SANTO ISIDRO

Carvalhosa honra o Padroeiro dos Agricultores na Festa de Santo Isidro

Religião e cultura andam de mãos dadas no Lugar da Carvalhosa, de 27 a 29 de setembro. A Festa de Santo Isidro – Padroeiro dos Agricultores traz a Vila Verde atuações de grupos musicais, folclore, espetáculos de fogo de artifício e celebrações religiosas. Um dos grandes destaques da iniciativa vai para a procissão (29 de setembro, 16h), em que os andores floridos enchem de cor e brilho as imediações da capela de Santo Isidro, perante uma bela moldura humana.

S (1).jpg

Num concelho que se orgulha da sua ruralidade, torna-se “vital manter viva a tradição de agradecermos a Santo Isidro pelo sustento que retiramos da terra”. As palavras são de Isabel Fernandes, da Comissão de Festas responsável pela organização das celebrações em honra do Padroeiro dos Agricultores, que se inserem na programação Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde.

Para Isabel Fernandes, trata-se de uma iniciativa de cariz religioso que oferece ao concelho três dias de convívio e demonstração de fé. A representante da Comissão de Festas vai mais longe e defende que “entre petiscos, tradição, hospitalidade, convívio e animação” estão reunidos os ingredientes para criar excelentes momentos no Lugar da Carvalhosa. Isabel Fernandes concluiu destacando a “bela procissão que inclui sempre andores bem decorados e que move muita gente”.

S (2).jpg

Música, fé e convívio

A animação começa na manhã de sexta-feira, 27 de setembro, com música gravada. A festa prossegue a partir das 22h com o grupo musical Cantares D’Aldeia a subir ao palco para alegrar o público e ‘aquecer’ os ânimos para a sessão de fogo de artifício com início marcado para a meia-noite. No dia seguinte, as luzes da ribalta recaem sobre o grupo musical Império D’Ouro que, com danças, cantorias e instrumentos, promete animar o Lugar da Carvalhosa. Ao fim da noite terá lugar o segundo espetáculo de pirotecnia do programa.

O último dia das celebrações é o mais preenchido. Por volta das 11h, vai decorrer a missa cantada pelo Grupo Coral de Vila Verde. À tarde, o destaque também vai para as celebrações religiosas. A partir das 16h, começa a oração e sermão em honra de Santo Isidro. Segue-se um dos momentos mais aguardados do programa, a procissão com vários andores floridos, acompanhada pela Fanfarra de Barbudo e por uma multidão de devotos.

A festa não tira o pé do acelerador e, às 18h, haverá uma atuação das Concertinas da Paródia da Escolinha da Carvalhosa. A animação noturna fica entregue aos sons tradicionais do folclore com as atuações do Grupo Folclórico de Vila Verde e do Rancho Folclórico S. Martinho de Moure. As celebrações em honra do Padroeiro dos Agricultores encerram por volta das 24h com a terceira grandiosa sessão de fogo de artifício.

S (3).jpg

S. MIGUEL ANIMA FAMALICÃO

Feira Grande de S. Miguel revive tradições ancestrais e promove produtos da terra. Evento decorre dias 27, 28 e 29 de setembro no centro da cidade

É, sem dúvida, um dos eventos mais antigos de Vila Nova de Famalicão e aquele que conserva e revive de forma genuína tradições ancestrais relacionadas com as origens do concelho. A Feira Grande de S. Miguel que se realiza no fim de semana de 27 a 29 de setembro, na Praça D. Maria II, foi ordenada pelo rei povoador D. Sancho I que mandou em 1205, por altura da atribuição do Foral de Vila Nova, “Mando também que façais feira”.

AFS_9817.jpg

Vila Nova de Famalicão continua a cumprir a ordem régia todas as quartas-feiras com a realização da feira semanal, mas há duas alturas no ano que o faz em ambiente de verdadeira festa e de valorização deste património cultural imaterial. É quando se realizam as duas Feiras Grandes anuais, também conhecidas como Feiras Francas, em maio e agora em setembro.

O concurso de gado, a desfolhada minhota e a gala equestre são exemplos de iniciativas que atraem muitos milhares de pessoas pelas sua autenticidade e antiguidade. “São ações que fazem parte da identidade e da memória coletiva de Vila Nova de Famalicão” como costuma salientar o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Desfolhada 2016 018.jpg

Os cantares tradicionais e a exposição de gado bovino e equino animam o evento com cenários e sonoridades que recordam tempos antigos.

Enquanto decorrem as atividades há sempre oportunidade para provar os produtos da terra, frutos das colheitas recentes, com o Mercado de S. Miguel, que decorre diariamente no recinto do evento, com o seu artesanato e as tasquinhas.

Destaque ainda para o desfile de charretes pelas ruas da cidade. O workshop Bio Capital, que vai decorrer na Fundação Cupertino de Miranda e o Showcooking são as novidades do evento.

“São três dias para reviver tradições e mostrar às gerações mais novas acontecimentos que marcaram as origens de Famalicão”, salienta Paulo Cunha.

O programa completo do evento está disponivel em https://www.famalicao.pt/_feira_grande_de_s_miguel_2.

Entretanto, a Feira de S. Miguel traz no menu os pratos vegetarianos, em mais uma iniciativa dos Dias à Mesa. Ao longo dos três dias do evento um conjunto de restaurantes do concelho sugerem os pratos vegetarianos tendo por base produtos da terra. El Vagabundo; Fusilli, Massa & Café; Ganesh Club; Moutados de Baixo; Na Boca; O Prato; Refresco e Vinha Nova são os estabelecimentos aderentes.

DSC_9314.jpg

CABECEIRAS DE BASTO FESTEJA O SÃO MIGUEL

Festas de S. Miguel arrancam sexta-feira em Cabeceiras de Basto

Certame decorre de 20 a 30 de setembro com um vasto programa

A Abertura do Portal da Feira assinala na próxima sexta-feira, dia 20 de setembro, às 10h30, o arranque da Feira e Festas de S. Miguel que oferece ao público 11 dias de festa. O programa das Festas que evidencia as tradições mais genuínas desta terra estende-se até ao dia 30 de setembro.

S. Miguel 2019.png

Chegas de bois, desfolhada tradicional, corridas de cavalos, concurso pecuário, garraiada, passeio equestre e Grandiosa Procissão em Honra de S. Miguel, voltam a estar em destaque no programa 2019 que atraem até ao nosso concelho muitos milhares de visitantes.

Também o cortejo etnográfico, a ronda das concertinas, o encontro de bombos e gigantones, a Agrobasto são também pontos altos do programa festivo.

No panorama musical, este ano, o destaque vai para a atuação de Piruka (dia 20 de setembro), Quim Barreiros (dia 21 de setembro), Nuno da Câmara Pereira (dia 25 de setembro), UHF (dia 27 de setembro) e Cláudia Martins & Minhotos Marotos (dia 28 de setembro). A par das atuações que assinalam o cartaz 2019, a Feira e Festas de S. Miguel ficará, ainda, marcada pela atuação da Banda Cabeceirense, Banda Musical Caldas das Taipas, Banda da Malta e Banda Sabor. Inúmeras são também as atuações da ‘prata da casa’, desde os grupos de bombos e Zés Pereiras, aos cantadores ao desafio, passando pelos grupos de tocadores de cavaquinho e concertina, jogo do pau, entre outros.

A animada e muito divertida ‘Caminhada Glow’ – uma produção do Projeto Raízes com o apoio da Iberdrola – realiza-se no dia 20 de setembro, a partir das 21h30, proporcionando a todos os participantes momentos de grande animação, num passeio noturno diferente e muito colorido.

No dia 26 de setembro, às 17h00, é inaugurada a XLIII Exposição/Feira das Atividades Económicas de Basto – Agrobasto 2019. Nessa noite, a partir das 21h30, o CTCMCB – Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto exibe ao público o espetáculo de teatro ‘Todas Somos Tu’, mais uma grande produção que arrebatará certamente o público presente.

A Sessão Solene do Dia do Município celebra-se a 29 de setembro, dia de feriado municipal, momento durante o qual serão homenageadas algumas pessoas singulares e coletivas que contribuíram para o aumento da imagem e do prestígio de Cabeceiras de Basto.

A Praça República e o palco da Agrobasto recebem a iniciativa ‘Cabeceiras Sem Parar’ na qual participam academias, clubes, companhias, ginásios e escolas de dança e patinagem de Cabeceiras de Basto.

Com a participação das freguesias do concelho, o emblemático Cortejo Etnográfico tem este ano como tema ‘Da Terra para a Mesa’. A freguesia de Abadim apresentará no cortejo a ‘Matança do Porco’; a freguesia de Alvite e Passos o ‘Lagar de Azeite’; a freguesia de Basto integrará o cortejo com o ‘Pica no Chão; Bucos com o ‘Fumeiro’; Cabeceiras de Basto apresentará o ‘Mel; Cavez sai à rua com o tema ‘Fazer o Vinho’; a Faia trará a ‘Feira Semanal’; a freguesia de Gondiães e Vilar de Cunhas desfilará o ‘Cozer o Pão’; Pedraça as ‘Couves com Feijões’; a freguesia de Refojos, Outeiro e Painzela ‘A Tasca’; e Riodouro exibirá ‘a Vitela Barrosã e o Caldo Verde’, bem como a ‘Marmelada’. 

De 20 a 30 de setembro ‘todos os caminhos’ vêm dar a Cabeceiras de Basto de Basto, onde se aguardam-se 11 dias de grande animação.

VILA PRAIA DE ÂNCORA: TERRA DE FOLCLORE!

Vila Praia de Âncora não é apenas praia e turismo. Gentes do mar que um dia atravessaram o rio Minho para aqui se estabelecerem junto ao pequeno forte da Lagarteira. É também terra de gente que lavra e semeia em terra firme. E é terra de folclore!

69874259_2386701724717676_3756613293137985536_n.jpg

Nossa Senhora da Bonança é a sua padroeira – da vila e dos pescadores! Mas abençoa de igual modo as gentes do campo – lavradores e lavradeiras – porque todos são ancorenses!

Pelas ruas do centro histórico de Vila Praia de Âncora, Nossa Senhora da Bonança viu desfilar os ranchos folclóricos com as suas lavradeiras e sargaceiros. E não faltou sequer um convidado oriundo da irmã Galiza, mais precisamente da vizinha A Guarda.

Vila Praia de Âncora é terra minhota, o mesmo é dizer que é terra de folclore. E, como não podia deixar de suceder, possui o seu rancho folclórico com grande palmarés: o Etnográfico de Vila Praia de Âncora!

E, a cada ano que passa, Vila Praia de Âncora e as suas festas recebem cada vez maior número de visitantes que procuram as suas belezas, a gastronomia, o folclore, as festas e romarias em redor e, naturalmente, a magnífica praia que se estende até onde a vista alcança.

Fotos: Município de Caminha

69515091_2386702454717603_5284807852995641344_n (1).jpg

69522549_2386705754717273_5044763535276507136_n (3).jpg

69550156_2386701918050990_5189122767689089024_n.jpg

69574075_2386703268050855_1658468812095225856_n.jpg

69583221_2386701028051079_3623065721770082304_n.jpg

69585174_2386700161384499_414640755550715904_n (1).jpg

69589602_2386702428050939_4296686047422578688_n.jpg

69639385_2386705938050588_1318586588011167744_n.jpg

69656208_2386704028050779_1891584905184280576_n.jpg

69660373_2386702754717573_5812478098939052032_n.jpg

69688178_2386706088050573_5357691794446352384_n.jpg

69697130_2386701418051040_3125023289810878464_n.jpg

69699403_2386706681383847_8277548744249966592_n.jpg

69756094_2386702901384225_6790572933992415232_n.jpg

69774322_2386702878050894_3923459604217856000_n.jpg

69798984_2386701808051001_5553361420596281344_n.jpg

69807207_2386706448050537_5005274557985062912_n.jpg

69856611_2386703038050878_4774077726866800640_n.jpg

69880944_2386706241383891_1419568235577081856_n.jpg

69927065_2386702348050947_8739205785235488768_n.jpg

70235613_2386700648051117_1593119952678682624_n.jpg

70240173_2386702718050910_3494531536877780992_n.jpg

70245703_2386704541384061_1578987835237597184_n.jpg

70257642_2386704621384053_4809054394337198080_n.jpg

70339772_2386703441384171_880762878896898048_n.jpg

70395911_2386706361383879_2916456521116155904_n.jpg

70443361_2386705331383982_635503079311015936_n.jpg

70487826_2386701521384363_8510278998951985152_n.jpg

70540407_2386703534717495_5743394413271318528_n.jpg