Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA PROÍBE FESTAS E ROMARIAS ATÉ AO FINAL DE SETEMBRO

Câmara Municipal de Ponte de Lima aprovou a Proibição de Realização de Festas, Romarias e Eventos Similares até 30 de Setembro

A Câmara Municipal de Ponte de Lima aprovou na reunião realizada a 18 de maio, manter a proibição de realização de festas, romarias e eventos similares até 30 de setembro.

Ponte de Limafestfeirromar.jpg

A proposta da autoria do Presidente da Câmara Municipal, surge na sequência do já deliberado pelo Conselho Intermunicipal da Comunidade do Alto Minho – CIM, que em colaboração com a ULSAM - Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), Centro Distrital da Segurança Social e Proteção Civil Distrital, haviam analisado o impacto da pandemia do COVID 19 no Alto Minho, tendo deliberado que os Municípios do Alto Minho não iriam autorizar qualquer licença para romarias, festas e eventos similares que decorram até final do mês de setembro, face aos graves riscos de saúde pública associados à propagação da pandemia do COVID 19 no Alto Minho.

O Executivo limiano teve ainda em consideração a decisão da Conferência Episcopal Portuguesa, que comunicou que todas as procissões, festas, concentrações religiosas, acampamentos, e outras atividades similares passiveis de propagação da epidemia ficarão adiados para o próximo ano pastoral; bem como a decisão governamental que proíbe a realização de festivais e espetáculos de natureza análoga, até 30 de setembro de 2020.

Neste contexto, a Câmara Municipal aprovou proibir a realização de festas, romarias e eventos similares que envolvam o aglomerado de pessoas, até 30 de setembro, bem como a emissão de licenças de ruído, arraial, recinto e licenças para lançamento de fogo-de-artifício, fazendo face aos graves riscos de saúde pública associados à propagação da pandemia do COVID 19, no Concelho de Ponte de Lima.

ROMARIA DE SANTA MARTA DE PORTUZELO ESTE ANO É VIRTUAL MAS COM O MESMO SENTIMENTO

100821882_3627125953980808_5381690031586934784_o.j

"Habitualmente, no dia da apresentação do cartaz da Romaria de Santa Marta, no adro da igreja, repleto de gente, assistia-se a uma magnífica peça de teatro que antecedia o descerrar do cartaz.

Este ano, infelizmente, não podemos ter o privilégio de assistir ao vivo. Porém, teremos a honra do espetáculo ir ao encontro de todos nós.

Para quem assistiu à peça “A Casa da Dona Ernestina”, terá o reencontro com os atores que fizeram esgotar as várias sessões.

Não percam o primeiro episódio de “A nova vida da Dona Ernestina”, já no dia 30/05, pelas 21h00. Dia 06/06 teremos a segundo episódio e, no dia 13/06, o terceiro e último episódio onde será apresentado o cartaz e respetivo programa da Romaria de Santa Marta de 2020.

Tudo isto na página do Facebook da Romaria.

Somos Tradição!"

VIANA DO CASTELO: ESTE ANO NÃO SE REALIZA A TRADICIONAL ROMARIA DE SANTA MARTA DE PORTUZELO

Espaço Comissão de Festas | Somos Tradição
A Comissão de Festas da Romaria de Santa Marta, após várias semanas de expectativa, decidiu não realizar, nos moldes a que estamos habituados, a tradicional Romaria em honra da nossa padroeira.
Durante as últimas semanas, a Comissão reuniu semanalmente (por videoconferência) procurando desenhar uma estratégia no seio da incerteza vivida. Era para nós claro que a saúde dos santamartenses e de todos os que nos visitam era ponto chave. Mas era também vontade nossa criar mais uma festa única e que nos encha a todos de orgulho. Atendendo a que as receitas estão severamente comprometidas e ao imperativo cívico que nos exige o compromisso moral de salvaguardar a saúde de todos entendemos não ser viável realizar a Romaria de Santa Marta 2020 nos moldes habitualmente definidos e que tem elevado a qualidade das festas em honra à padroeira, Santa Marta.
No entanto, é nossa vontade marcar, de alguma forma, os dias da Romaria. A Comissão de Festas está a ponderar a realização de algumas atividades sem que isso comprometa a saúde das pessoas nem desautorize as medidas definidas pelas autoridades civis e eclesiásticas.
Uma das decisões já tomadas consiste na apresentação do cartaz da Romaria 2020, mas que será feita integralmente com recurso ao “digital”. Outras decisões estão ainda a ser tomadas e que a seu tempo comunicaremos. Muito do que já havia sido predefinido está a ser reagendado para 2021, esperando ser possível corresponder às expectativas que esta Romaria tem deixado nos últimos anos, com todo o esplendor e grandiosidade a que já estamos habituados. Este ano será diferente, mas igualmente emotivo. A nossa fé não sairá abalada, mas antes com mais força. Estamos certos que os santamartenses compreenderão as decisões tomadas e desfrutarão daquilo que nos for possível realizar.
A Comissão de Festas da Romaria de Santa Marta

JÁ ESTÁ TUDO CANCELADO!

CANCELADO!

Em cada dia que passa, muitos grupos folclóricos e outras associações continuam a anunciar o cancelamento das suas iniciativas previstas para os próximos meses… mas o governo, por decrecto-lei já cancelou todos os festivais de música, tal como a Conferência Episcopal Portuguesa já havia adiado para o próximo ano todas as romarias e celebrações religiosas durante o corrente ano.

Em face disto, que sentido faz outras entidades virem de agora em diante anunciar o cancelamento de eventos que já se encontravam cancelados por decisão de outras autoridades? Isto é no mínimo ridículo!

Se pretendiam afirmar a sua “soberania” em termos associativos, já o deviam tê-lo feito antes em vez de esperar que alguém o fizésse por eles… Pode quem manda, obedece quem deve!

MUNICÍPIO DE BARCELOS ASSINALA FESTA DAS CRUZES

A Câmara Municipal de Barcelos vai assinalar a Festa das Cruzes de 2020, através de mensagens e vídeos dos momentos mais marcantes da primeira grande romaria do Minho que, devido à situação epidemiológica provocada pelo Covid-19, este ano não se realiza.

A Câmara Municipal deliberou, no passado dia 3 de abril, suspender todas as atividades culturais, desportivas e recreativas, como medida de redução do contágio, prevenção e combate à pandemia, em conformidade com o decretado pelo Estado de Emergência.

Apesar destes constrangimentos e à semelhança das comemorações do 46.º aniversário do 25 de Abril, a autarquia vai assinalar a Festa das Cruzes, destacando as tradições culturais e religiosas associadas ao mais importante evento anual da cidade e do concelho de Barcelos.

Assim, a partir de hoje, quinta feira, e até domingo, dia 3 de maio, feriado municipal, serão exibidos vídeos dos momentos mais importantes da Festa das Cruzes, através das plataformas digitais municipais – site e redes sociais. Para além de pequenos filmes de Festas das Cruzes de anos anteriores, serão realizados vídeos com o hastear da bandeira do Município pelo Presidente da Câmara Municipal, mensagens do Presidente da Câmara Municipal e do Presidente da Assembleia Municipal e, no dia 3 de maio, às 12h00, a missa solene da Festa das Cruzes, em direto da Igreja do Senhor da Cruz.

Os vídeos incidem sobre a Feira de Barcelos, os Arcos de Romaria, os Tapetes de Pétalas, as Rusgas, o Folclore e as Bandas Musicais, a Batalha das Flores, a Procissão das Cruzes e o Fogo de Artifício.

PONTE DE LIMA PROÍBE FESTAS E ROMARIAS ATÉ AO FINAL DE JUNHO

Município de Ponte de Lima determina a proibição de festas, romarias e eventos equiparáveis até 30 de junho

Atendendo à situação de emergência nacional motivada pelo surto pandémico da doença COVID-19, o Município de Ponte de Lima aprovou, em reunião de câmara, a proibição da realização das festas, romarias e eventos equiparáveis que envolvam o aglomerado de pessoas, bem como, a proibição da emissão de licenças de ruído, alargamento de horário, arraial, recinto e licenças para lançamento de fogo-de-artifício.

PONTE DE LIMA RECONSTRÓI AÇUDE DO RIO LIMA - BLOGUE DO MINHO

A medida a implementar até ao dia 30 de junho surge na sequência da decisão do Conselho Executivo da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho – CIM, pelo que esta proibição é extensível aos dez Municípios do Alto Minho.

Face aos graves riscos de saúde pública associados à propagação da pandemia, o Município de Ponte de Lima considera imperiosa a adoção de medidas excecionais e temporárias de resposta à situação registada.

VILA DE PRADO CANCELA FESTAS

COVID-19. Festas da Vila de Prado 2020 canceladas

A Junta de Freguesia informa que as Festas da Vila de Prado, que decorrem anualmente no mês de junho, não se vão realizar este ano, como medida de prevenção da propagação do novo coronavírus.

A (1)vipraod.JPG

A evolução da situação epidemiológica tem sido acompanhada com toda a atenção por parte da Junta de Freguesia da Vila de Prado. O adiamento das festividades para julho também foi equacionado, mas, dadas as circunstâncias e a necessidade de proteger a saúde pública, a atitude mais prudente e responsável passa pelo cancelamento de todos os eventos que conduzam a ajuntamentos durante os próximos meses.

Esperamos e acreditamos que a situação evolua favoravelmente durante os meses que se avizinham e, por essa altura, estejamos já na fase descendente da curva. Mesmo que seja esse o caso, será prematuro arrancar logo de seguida com atividades que possam propiciar um novo surto de contágio de COVID-19.

Voltaremos no próximo ano com os habituais três dias de festa repletos de tradição, convívio, alegria e espetáculos musicais.

EPIDEMIA CANCELA FESTIVAIS DE FOLCLORE

Covid-19 cancela festivais de folclore, festas e romarias

A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM) acaba de suspender todas as festas e romarias no distrito de Viana do Castelo, até ao dia 30 de junho, foi anunciado em comunicado.

7069655cdb992e2b6e78f79048458a83.jpg

Desde já, este ano não haverá Vaca das Cordas em Ponte de Lima, Festa das Rosas em Vila Franca do Lima nem a Coca em Monção. Pelo meio ficará cancelada a realização de dezenas de festivais de folclore em todo o Minho. De igual modo, também na região de Lisboa foram já cancelados todos os festivais de folclore que se encontravam anunciados e suspensa a actividade de todas as associações regionalistas que ainda funcionavam.

O pico estatístico da epidemia encontra-se previsto venha a ter lugar durante o próximo mês de Maio. Porém, isso não significa que a epidemia se encontre de imediato debelada e não sejam necessárias mais medidas de precaução. De resto, o estado de emergência pode vir a prolongar-se para além do previsto, até porque o tratamento dos infectados e as medidas de contigência deverão prolongar-se para além do corrente ano.

Para além dos eventos já cancelados, é bem provável que outros venham a ser de igual modo suspensos, nomeadamente algumas das festas e romarias mais emblemáticas da nossa região, como a Romaria da Senhora d’Agonia em Viana do Castelo, as Feiras Novas de Ponte de Lima, os festejos em honra de Nossa Senhora da Bonança em Vila Praia de Âncora, a romaria ao São João d’Arga ou a Senhora da Peneda em Arcos de Valdevez. Mas também importantes eventos no domínio do folclore como o FolkMonção.

As organizações de tais eventos devem preparar-se para o pior cenário e aproveitarem a situação para os fazerem regressar ainda com maior pujança e atracção. Os grupos de folclore podem aproveitar a ocasião para fazerem o trabalho de casa nomeadamente ao nível da investigação e da correcção do seu desempenho. Não há tempo a desperdiçar!

Foto: José Carlos Vieira