Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

HISTÓRIA E TRADIÇÕES DESFILAM NAS FEIRAS NOVAS EM PONTE DE LIMA

O Cortejo Histórico e Etnográfico que se realiza na Feiras Novas em Ponte de Lima é porventura o mais grandioso dos desfiles do género que se realizam em Portugal. Ele convida a uma autêntica viagem no tempo pelos acontecimentos que constituíram marcos históricos relevantes na vida de Ponte de Lima e do país. E, a par, uma mostra dos usos e costumes que dizem bem da nossa identidade – como minhotos e portugueses!

IMG_20180909_163216

Quem nunca foi às Feiras Novas de Ponte de Lima não conhece o que de mais alegre e exuberante existe no nosso país, a jovialidade das nossas gentes, o seu sentir e a sua paixão por tudo quanto é genuinamente português e minhoto.

As Feiras Novas são uma festa ímpar, certamente inigualável em todo o Minho. É festa! É feira! É estúrdia! É araial! É uma volúpia de cores e sensações – uma autêntica embriaguez de alegria, deslumbramento da paisagem, de paladares do sarrabulho e do vinho verde! É um autêntico festival dos sentidos.

- É o Minho!

Fotos: Luís Eiras / http://esposendealtruista.blogspot.com/

IMG_20180909_143322

IMG_20180909_143337

IMG_20180909_143602

IMG_20180909_143657

IMG_20180909_144828

IMG_20180909_144846

IMG_20180909_160000

IMG_20180909_160052

IMG_20180909_160312

IMG_20180909_160314

IMG_20180909_160316

IMG_20180909_160509

IMG_20180909_160557

IMG_20180909_160606

IMG_20180909_163228

IMG_20180909_163303

IMG_20180909_163305

IMG_20180909_163310

IMG_20180909_163337

IMG_20180909_163340

IMG_20180909_163344

IMG_20180909_163346

IMG_20180909_163348

IMG_20180909_163351

IMG_20180909_163354

IMG_20180909_163604

IMG_20180909_163606

IMG_20180909_163608

IMG_20180909_163610

IMG_20180909_163612

IMG_20180909_163618

IMG_20180909_163628

IMG_20180909_163631

IMG_20180909_163635

IMG_20180909_163636

IMG_20180909_163642

IMG_20180909_163645

IMG_20180909_163647

IMG_20180909_163659

IMG_20180909_163703

IMG_20180909_163741

IMG_20180909_163841

IMG_20180909_163842

IMG_20180909_163849

IMG_20180909_163903

IMG_20180909_163908

IMG_20180909_163917

IMG_20180909_163918

IMG_20180909_163920

IMG_20180909_163922

IMG_20180909_163923

IMG_20180909_163925

IMG_20180909_163926

IMG_20180909_163933

IMG_20180909_163934

IMG_20180909_163939

IMG_20180909_163941

IMG_20180909_163943

IMG_20180909_163945

IMG_20180909_163947

IMG_20180909_163948

IMG_20180909_163953

IMG_20180909_163957

IMG_20180909_164003

IMG_20180909_164009

IMG_20180909_164012

IMG_20180909_164016

IMG_20180909_164018

IMG_20180909_164021

IMG_20180909_164022

IMG_20180909_164024

IMG_20180909_164026

IMG_20180909_164030

IMG_20180909_164032

IMG_20180909_164033

IMG_20180909_164037

IMG_20180909_164039

IMG_20180909_164041

IMG_20180909_164043

IMG_20180909_164045

IMG_20180909_164047

IMG_20180909_164055

IMG_20180909_164058

IMG_20180909_164100

IMG_20180909_164102

IMG_20180909_164106

IMG_20180909_164143

IMG_20180909_164144

IMG_20180909_164146

IMG_20180909_164148

IMG_20180909_164150

IMG_20180909_164154

IMG_20180909_164156

IMG_20180909_164159

IMG_20180909_164205

IMG_20180909_164207

IMG_20180909_164210

IMG_20180909_164217

IMG_20180909_164219

IMG_20180909_164221

IMG_20180909_164228

IMG_20180909_164230

IMG_20180909_164240

IMG_20180909_164245

IMG_20180909_164259

IMG_20180909_164302

IMG_20180909_164303

IMG_20180909_164306

IMG_20180909_164309

IMG_20180909_164313

IMG_20180909_164315

IMG_20180909_164323

IMG_20180909_164325

IMG_20180909_164335

IMG_20180909_164338

IMG_20180909_164347

IMG_20180909_164350

IMG_20180909_164354

IMG_20180909_164357

IMG_20180909_164400

IMG_20180909_164405

IMG_20180909_164410

IMG_20180909_164415

IMG_20180909_164419

IMG_20180909_164432

IMG_20180909_164435

 

IMG_20180909_164437

IMG_20180909_164447

IMG_20180909_164449

IMG_20180909_164454

IMG_20180909_164457

IMG_20180909_164504

IMG_20180909_164506

IMG_20180909_164508

IMG_20180909_164519

IMG_20180909_164521

IMG_20180909_164524

IMG_20180909_164532

IMG_20180909_164536

IMG_20180909_164545

IMG_20180909_164546

IMG_20180909_164549

IMG_20180909_164551

IMG_20180909_164555

IMG_20180909_164558

IMG_20180909_164600

IMG_20180909_164604

IMG_20180909_164615

IMG_20180909_164618

IMG_20180909_164620

IMG_20180909_164627

IMG_20180909_164630

IMG_20180909_164638

IMG_20180909_164641

IMG_20180909_164652

IMG_20180909_164702

IMG_20180909_164704

IMG_20180909_164709

IMG_20180909_164712

IMG_20180909_164715

IMG_20180909_164717

IMG_20180909_164720

IMG_20180909_164724

IMG_20180909_164731

IMG_20180909_164734

IMG_20180909_164746

IMG_20180909_164755

IMG_20180909_164758

IMG_20180909_164801

IMG_20180909_164807

IMG_20180909_164810

IMG_20180909_164817

IMG_20180909_164819

IMG_20180909_164825

IMG_20180909_164831

IMG_20180909_164837

IMG_20180909_164842

IMG_20180909_164859

IMG_20180909_164909

CORRIDA DE TOIROS EM PONTE DE LIMA TEVE PRAÇA CHEIA

A Praça de Toiros em Ponte de Lima encheu ontem para assistir ao espectáculo tauromáquico que tem sempre lugar por ocasião das Feiras Novas. O público aderiu com um entusiasmo que em tudo pareceu superar a afición que geralmente se atribui às gentes do Ribatejo.

IMG_5082

Durante a Corrida de Toiros à Portuguesa, foram lidados 6 bonitos toiros da Ganadaria de São Torcato. Nela participaram o cavaleiro Tito Semedo a comemorar 25 anos de alternativa, Filipe Gonçalves e Soraia Costa. E ainda os forcados Amadores de Lisbo e Coimbra, capitaneados respectivamente pelos cabos Pedro Maria Gomes e Pedro Silva.

O magnífico espectáculo tauromáquico foi abrilhantado pela Banda de Música de Ponte de Lima. E, pela adesão incondicional do público, para o ano a toirada regressa a Ponte de Lima: Olé!

Fotos: José Carlos Vieira

IMG_4981

IMG_4982

IMG_4985

IMG_4986

IMG_4988

IMG_4989

IMG_4992

IMG_4996

IMG_4998

IMG_5001

IMG_5005

IMG_5010

IMG_5018

IMG_5019

IMG_5084

IMG_5086

IMG_5088

IMG_5093

IMG_5095

IMG_5097

IMG_5099

IMG_5101

IMG_5103

IMG_5104

IMG_5105

IMG_5107

IMG_5113

IMG_5118

IMG_5123

IMG_5124

IMG_5130

IMG_5134

IMG_5135

IMG_5137

IMG_5139

IMG_5161

IMG_5163

IMG_5167

IMG_5168

IMG_5174

IMG_5176

IMG_5180

IMG_5184

IMG_5185

IMG_5186

IMG_5189

IMG_5191

IMG_5196

IMG_5198

IMG_5200

IMG_5201

IMG_5203

IMG_5205

IMG_5208

IMG_5209

IMG_5210

IMG_5218

IMG_5222

IMG_5232

IMG_5239

IMG_5240

IMG_5241

IMG_5245

IMG_5273

IMG_5274

IMG_5275

IMG_5284

IMG_5286

IMG_5289

IMG_5291

IMG_5292

IMG_5294

IMG_5295

IMG_5297

IMG_5298

IMG_5299

IMG_5311

IMG_5314

IMG_5315

IMG_5318

IMG_5319

IMG_5333

IMG_5335

IMG_5337

IMG_5339

IMG_5342

IMG_5349

IMG_5351

IMG_5353

IMG_5354

IMG_5356

IMG_5359

IMG_5362

IMG_5364

IMG_5379

IMG_5384

IMG_5387

IMG_5395

IMG_5396

IMG_5398

IMG_5402

IMG_5413

IMG_5415

IMG_5421

IMG_5428

IMG_5433

IMG_5441

IMG_5443

IMG_5449

IMG_5460

IMG_5466

IMG_5473

IMG_5482

IMG_5483

IMG_5508

IMG_5560

FEIRAS NOVAS DE PONTE DE LIMA – SÃO “NOVAS” MAS COM MUITA TRADIÇÃO!

As Feiras Novas de Ponte de Lima já são celebradas desde 1826, por provisão régia de D. Pedro IV e em honra de Nossa Senhora das Dores. Por conseguinte, apesar de “Novas” – por oposição as antigas feiras francas já mencionadas na Cartas de Foral que D. Teresa atribuiu a Ponte de Lima – as Feiras Novas já têm pergaminhos que a tornam uma referência histórica.

41323218_2085835914774604_3026504251938439168_n

Todos os anos, as Feiras Novas oferecem aos limianos e aos milhares de forasteiros que nos visitam, vários dias e outras tantas noites de cor, alegria, folia e ritmo. Para além da música, folclore e fogo de artifício, há ainda espaço para concursos pecuários, corridas de garranos, de toiros, cortejos etnográfico e histórico, bandas de música, gigantones e cabeçudos, grupos de bombos e para a procissão que encerra o ciclo das romarias do Alto Minho.

No primeiro fim de semana de setembro, quando o sol quente do verão se prepara para a despedida, Ponte de Lima engalana-se para as suas festas maiores - as Feiras Novas.

Mas é o povo com a sua alegria e espontaneidade, a sua forma de fazer e estar na festa, as rusgas e os cantares ao desafio, o folclore em qualquer canto da vila que transforma as Feiras Novas num momento único e na romaria que é considerada o "maior congresso ao vivo da cultura popular em Portugal".

Fotos: Sérgio Moreira & Sílvia Moreira

41330048_2085858228105706_7523140019335200768_n

41350814_2086175444740651_2779687522412789760_n

41360589_2086168148074714_5016716582789840896_n

41361765_2086165268075002_1210646019683909632_n

41368540_2086182388073290_7535875361872019456_n

41370452_2086166704741525_5394823131045036032_n

41371635_2085826144775581_4250092180611268608_n

41381763_2086176684740527_6371622410688397312_n

41381764_2086172508074278_3170036067491381248_n

41385900_2085824744775721_6298331108769529856_n

41390531_2085910314767164_1852515236960010240_n

41423836_2085822551442607_7129960949074624512_n

41433798_2086174504740745_6333126554389839872_n

41458404_2085705611454301_3362432486180126720_n

CORTEJO ETNOGRÁFICO DAS FEIRAS NOVAS EM PONTE DE LIMA É O MAIS GRANDIOSO DE PORTUGAL

Cortejo etnográfico das Feiras Novas mostrou a magia, paixão e alegria de ser limiano

As Feiras Novas de Ponte Lima viveram este sábado um dos momentos mais marcantes da festa com o cortejo etnográfico, no qual participaram 28 das 39 freguesias do concelho.

image (8)

Durante mais de três horas, milhares de pessoas puderam assistir ao desfile das mais típicas tradições de Ponte de Lima num momento que se assume como a exaltação do orgulho limiano.

A pesca da lampreia no rio Lima, o Samiguel de Cabaços, a Romaria de Santa Justa, os ferreiros, as furnas de carvão, o linho, a recolha do leite e a matança do porco foram alguns dos 28 quadros temáticos que compuseram o cortejo.

Várias horas antes do início do desfile já havia festa rija pelas ruas da vila. Na central de camionagem, um grupo com 30 pessoas de Cucujães abancou para almoçar e começou a tocar concertina e a dançar. "Representamos uma escola de concertinas fundada há doze anos e há sete que vimos às Feiras Novas. O ponto de encontro é na central de camionagem, começamos aqui a festa e daqui seguimos para a romaria", explicou António Neves, porta-voz do grupo.

E a festa já pulsava junto às escolas onde se começa a formar o cortejo. Trajados a rigor, centenas de figurantes organizavam-se junto aos carros para cumprir o epílogo de várias semanas de trabalho, a maior parte do qual feito por carolice de quem espera um ano inteiro por esta festa. De Arcozelo veio uma comitiva com 24 pessoas representar a pesca da lampreia e o trabalho artístico na pedra. "Esperamos um ano para esta explosão de alegria e cor", assegurou Susana Luciano, uma das figurantes de Arcozelo.

Ana Machado, presidente da Associação Concelhia das Feiras Novas, salientou o envolvimento das freguesias no cortejo e considerou-o como "a maior manifestação de cultura popular e tradição" da festa.

As Feiras Novas começaram na quarta-feira prolongam-se até à próxima segunda-feira e, para a responsável, o feedback até agora está a ser "muito positivo". "Este está a ser mais um ano de sucesso e achamos que foi conservado o mais importante em termos de limianismo, tradição e de bem-receber", afirmou Ana Machado.

O cortejo etnográfico das Feiras Novas foi presidido pelo ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, que evidenciou as tradições limianas no contexto da diversidade cultural do país. "O turismo da Ribeira Lima sempre foi de grande qualidade que se afirma com manifestações como esta", considerou o ministro, admitindo que também tem raízes minhotas. "Vim várias vezes às Feiras Novas quando era novo, não como ministro e não à tarde. Era mais à noite, quando andava na faculdade", acrescentou, entre risos.

O presidente da Câmara de Ponte de Lima, Victor Mendes, considerou que a "valorização do mundo rural é fundamental para o desenvolvimento sustentável do concelho", designadamente do ponto de vista turístico.

Ao longo do desfile não faltou o que comer e beber e foram muitas as gargalhadas que se ouviram à passagem de determinadas encenações. "As Feiras Novas são magia, paixão, amor e alegria. Viva esta romaria", disse Laurinda Cunha, uma limiana do rancho de S. Martinho da Gandra antes do início do cortejo, vincando um sentimento que é comum à população de Ponte de Lima durante estes dias.

No domingo, a programação tem como pontos altos o cortejo histórico e a tourada. A segunda-feira é dedicada às cerimónias religiosas dedicadas à Senhora das Dores.

Fonte: Idalina Casal / https://www.jn.pt/

image (1)

image (2)

image (3)

image (4)

image (5)

image (6)

image (7)

image (9)

image (10)

image (11)

image (12)

image (13)

image

PONTE DE LIMA: BANDAS FILARMÓNICAS ABRILHANTAM FEIRAS NOVAS

Nas Feiras Novas de Ponte de Lima, a actuação das Bandas Filarmónicas foram sempre muito apreciadas pelo povo. Em pleno Largo de Camões, erguem-se dois coretos para neles actuarem alternadamente as bandas convidadas. E, cada uma delas, actuando à compita, procura sempre arrancar maiores aplausos do público. Elas também fazem a festa!

41208638_2384620744889225_6153410996577763328_n

Deverá ascender a mais de um milhar a quantidade de coretos espalhados pelas mais diversas cidades, vilas e aldeias do nosso país. Durante muitas décadas, eles constituíram um dos principais locais de atração popular nas praças e jardins públicos, juntando à sua volta o público em tardes amenas de domingo para ouvir e apreciar a atuação das bandas de música.

Com o aparecimento das bandas filarmónicas, sentiu-se a necessidade de se erguer em local público um palanque propositadamente destinado à sua atuação a fim de levarem ao povo o seu reportório, executando magistrais peças musicais e, desse modo, sensibilizando-o para a cultura musical.

O termo coreto provém do grego “khoros”, vertido para o latim “choru” e que significa uma espécie de coro, edificado ao ar livre, propositadamente construído para a realização de concertos musicais. Quais templos dedicados a Apolo, deus romano das artes e da poesia, muitos dos coretos existentes em Portugal constituem autênticas obras de arte que merecem ser preservadas e de novo servir de palco para a atuação das bandas filarmónicas, constituindo aliás essa a razão da sua existência.

Fotos: Limarense

41210624_2384619938222639_2712710470959104000_n

ILUMINAÇÃO ARTÍSTICA DAS FEIRAS NOVAS DESLUMBRA NATURAIS E VISITANTES DE PONTE DE LIMA

A iluminação da festa em Ponte de Lima é porventura uma das mais exuberantes que se pode contemplar em todo o país. E, ano após ano, a cada edição das Feiras Novas, Ponte de Lima faz capricho por melhorar sempre a qualidade e os motivos artísticos dos arcos e da iluminação em geral dos monumentos da “bila”.

41337002_10217967866294799_6514796124753100800_n

Perde-se nos tempos a origem dos arcos de festa ou romaria que certamente estão na origem da nova forma de ornamentação iluminada. Por ocasião das festas, as gentes das respectivas localidades montavam um enorme arco em madeira, com motivos ornamentais que fazem lembrar as artes das rendeiras, magníficas obras de artesanato, geralmente de existência efémera. Para o efeito, as pessoas iam recolher as varas à floresta, geralmente ao baldio, aproveitando os troncos esguios de pouco rendimento.

Com o tempo – e o aparecimento da luz eléctrica que nalgumas aldeias tardou a chegar! – apareceram os arcos feitos em série e pintados com moldes, os quais eram iluminados por extensos “cordões” de lâmpadas, assinalando o local da festa e os respectivos percursos de acesso. E os tradicionais arcos de romaria foram caindo em desuso… apenas alguns concelhos como Barcelos procuram manter a tradição!

A beleza que a iluminação artística confere aos arraiais nocturnos tem levado a um aperfeiçoamento constante desta arte, proporcionando às festas uma excepcional decoração sempre muito apreciada pelo povo.

Fotos: José Carlos Vieira

41086322_10217970390237896_6952481965417168896_n

41320112_10217970393397975_3995355282283692032_n

41332507_10217970392757959_3228216952908414976_n (1)

 

PONTE DE LIMA DEU INÍCIO ÀS FEIRAS NOVAS COM O MAIOR ESPLENDOR DE SEMPRE – AO SOM DE CENTENAS DE CONCERTINAS E ESTALEJAR DO FOGO-DE-ARTIFÍCIO – É O ENCERRAR DO CICLO DAS GRANDES ROMARIAS DO ALTO MINHO

O céu ilumina-se de uma orgia de cores e efeitos luminosos que fazem de Ponte de Lima um lugar único no paraíso terreal – o Minho!

O extase é total. O povo e, em particular, os milhares de forasteiros, olham para a cúpula celeste deslumbrados e embebecidos. E, lá bem do cimo, o Criador sensível à forma genuína como os limianos manifestam a sua Fé – onde se descortina alguns laivos de paganismo derivados do seu espírito muito tradicionalista – estende a mão e abençoa a terra onde viu nascer muitos dos seus mais fieis servidores como o Beato Francisco Pacheco e o Cardeal Saraiva.

41089670_2082289295129266_3895394870566584320_n

Remonta a milhares de anos Antes de Cristo a descoberta na China do fogo-de-artifício. Foram, porém, os gregos e os árabes que trouxeram para a Europa e, nomeadamente para a Península Ibérica o conhecimento desta arte.

Inicialmente ligada nas culturas orientais à celebração de rituais de exorcização dos maus espíritos e, entre os povos árabes e islamizados, a práticas alquimistas, a pirotecnia encontra-se presentemente associada a ocasiões festivas e outras manifestações caraterizadas por momentos de alegria e felicidade dos povos ou das comunidades.

Constituindo o Minho uma região particularmente festiva e marcada pela exuberância das suas festas e romarias, bem definidoras do caráter alegre e jovial das suas gentes, o espetáculo do fogo-de-artifício tornou-se bastante apreciado ao ponto de não haver cidade ou aldeia e, por mais recôndita e insignificante que seja, que não possua a sua demonstração por ocasião da festa à padroeira e ainda, no período pascal, a acompanhar o compasso ou visita pascal.

O fascínio que este espetáculo de luz e cor que o fogo-de-artifício proporciona ao minhoto levou-o ainda a tornar-se um exímio pirotécnico e dominar as suas técnicas de produção, ao ponto de se encontrarem aqui os melhores artistas e industriais de fogo-de-artifício – e a pirotecnia do Minho encontrar-se atualmente entre as mais reconhecidas do mundo!

Como em tudo na vida, desde a festa à gastronomia, do artesanato à romaria, o minhoto preza sobretudo a alegria e a exuberância nas formas e nas cores, nos sons e nos paladares. Seja nos momentos felizes ou nos mais difíceis, ele enfrenta a vida com a mesma pujança, coragem e alegria que seguramente foi determinante àqueles minhotos – como D. Afonso Henriques – que ousaram construir a nossa Pátria!

Fotos: Sérgio Moreira & Sílvia Moreira

41252060_2082305935127602_8012355254119038976_n

41069121_2082308078460721_2340131352340332544_n

40946723_2082337188457810_2682354196161757184_n

41118226_2082307031794159_1409309882284244992_n

41195650_2082307585127437_382457088133038080_n

41222183_2082306481794214_1602621476899389440_n

41225336_2082324365125759_2049858796548784128_n

PONTE DE LIMA REALIZA CORRIDA DE TOIROS NAS FEIRAS NOVAS - MOVIMENTO ANTITOURADAS PROTESTA!

Movimento antitouradas marca manifestação contra tourada em Ponte de Lima

Um grupo de ativistas que contesta as touradas anunciou hoje à Lusa a realização de uma manifestação, no domingo, em Ponte de Lima, próximo do local onde está prevista uma corrida de touros, integrada no programa das Feiras Novas.

13542945_mQHns

"Será uma manifestação pacífica, mas ruidosa, com apitos, megafones e muitas palavras de ordem para sensibilizar a população e mostrar a nossa indignação pelo facto de, em pleno século XXI, Ponte de Lima continuar a realizar espetáculos bárbaros", adiantou o porta-voz do movimento cívico, Pedro Silva.

O ativista antitouradas referiu que a realização do protesto, entre as 16:30 e as 19:00 foi comunicado à Câmara Municipal de Ponte de Lima, sendo que a mobilização de participantes na ação está a ser feita através das redes sociais, numa página intitulada "Ponte de Lima Sem Tauromaquia", criada em 2014.

Fonte: Lusa

29344436328_6e711de1e5_b

“RIO LIMA ENCANTADO” ABRE AS FEIRAS NOVAS DE PONTE DE LIMA

As Feiras Novas de Ponte de Lima começam esta quarta-feira com um espectáculo multimédia chamado "Rio Lima encantado" que combina luz, música, pirotecnia e água.

image

A ponte medieval, ex-libris de Ponte de Lima, vai estar interdita ao público durante o espetáculo, que poderá ser apreciado do areal e Largo de Camões. Este momento precede a abertura oficial da iluminação, um dos momentos mais aguardados pelas centenas de visitantes que já começam a encher as ruas de Ponte de Lima a cantar e dançar ao som de concertinas.

As Feiras Novas decorrem até à próxima segunda-feira e atraem milhares de pessoas. Considerada a "romaria de noite e de dia", a festa tem como um dos pontos altos o cortejo etnográfico no próximo sábado à tarde, que contará com a presença do ministro e secretário de Estado do Ambiente. Neste desfile participam as freguesias limianas numa mostra do que mais genuíno existe no concelho.

Esta quinta-feira realiza-se o primeiro concurso de galinhas de raça autóctones em Ponte de lima, na Expolima, e a noite é dedicada à música filarmónica com a atuação da Banda de Música de Estorãos.

O grupo Fado ao Centro é o protagonista desta sexta-feira à noite dedicada ao fado de Coimbra, no Largo da Lapa, seguindo-se o concerto de tunas académicas. Em simultâneo, a vila fervilha com as bandas de música no Largo de Camões e com a festa dos cantares ao desafio com Zé Cachadinha, na Expolima.

No domingo, o destaque vai para o cortejo histórico subordinado ao tema "Ponte de Lima: Fragmentos da história de uma vila", seguido de tourada e festival de folclore. A segunda-feira é dedicada às solenidades religiosas em honra da Senhora das Dores e à noite a verbena popular será protagonizada pelo Real Combo Lisbonense.

Fonte: Idalina Casal / https://www.jn.pt/

Foto: Rui Manuel Fonseca / Global Imagens

PONTE DE LIMA CONVIDOU MINISTRO DO AMBIENTE E SECRETÁRIO DE ESTADO DO AMBIENTE PARA ASSISTIREM AO CORTEJO ETNOGRÁFICO DAS FEIRAS NOVAS

Feiras Novas 2018: “Rio Lima Encantado” Espetáculo Multimédia _ 5 de setembro 22 horas. Ministro do Ambiente e Secretário de Estado do Ambiente convidados de honra para assistir ao Cortejo Etnográfico

As Feiras Novas de Ponte de Lima elevam a cultura através do folclore, das tocatas de concertina, dos concertos de bandas de música, dos concursos pecuários e dos expressivos cortejos, o Etnográfico, Histórico e a imponente procissão em honra da Senhora das Dores.

36372408_640282376304801_7582501187534979072_n

 

Consideradas como “o maior congresso ao vivo da cultura em Portugal”, as Feiras Novas remontam ao ano de 1826, sendo já uma referência nacional, atraindo centenas de milhares de visitantes.

Este ano como convidados de honra, marcarão presença nas Feiras Novas, o Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, acompanhado pelo Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, convidados de honra para assistir ao Cortejo etnográfico, desfile das freguesias do concelho que fervilha com a tradição, usos e costumes ancestrais do povo limiano.

O Cortejo Etnográfico realiza-se no sábado, a partir das 16 horas, traduz-se numa mostra do que de mais genuíno existe no concelho.

A Romaria de Noite e de Dia, abre solenemente esta quarta – feira, dia 5 de setembro, às 22 horas com um espetáculo de luz, música, água e pirotecnia dedicado ao Rio Lima. De acordo com a Comissão de Festas, durante o espetáculo a Ponte Medieval estar interdita à circulação e permanência de pessoas, por motivos de segurança. O espetáculo pode ser apreciado no areal, Largo de Camões, seguindo a abertura oficial da iluminação.

Na quinta-feira, dia 6 destaque para a apresentação do livro “Galinhas de Portugal”. Neste âmbito realiza-se no sábado, o 1º concurso de Galinhas de raça autóctones em Ponte de lima, na Expolima.

A noite de quinta-feira é dedicada à música filarmónica, com a atuação da Banda de Música de Estorãos.

O Fado de Coimbra invade o deslumbrante Largo da Lapa, na noite de sexta-feira, a partir das 20h30, com o fado de Coimbra, interpretado por um excelente grupo que vai deliciar os amantes do fado, com o Grupo Fado ao Centro.

Segue-se às 22h30 o concerto de tunas. Trata-se de mais um cartaz fixo das Feiras Novas, com a irreverência sadia da juventude estudantil, com a participação da Tuna de Engenharia da Universidade do Minho; Tuna Universitária do Minho; Tun ´Obebes – Tuna Feminina de Engenharia do Minho; Tun ´ao Minho – Tuna Académica Feminina da Universidade do Minho; Hinoportuna – Tuna Académica do Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

No Largo de Camões, a partir das 22 horas continuam os concertos filarmónicos, com a Banda da Casa do Povo de Moreira do Lima e a Banda de Música de Rio Mau – Penafiel.

Na Expolima Zé Cachadinha e seus amigos fazem a festa com os Cantares ao Desafio.

A manhã de sábado regista mais um dos grandes momentos das Feiras Novas, onde a vaidade dos criadores é justificada pelos belos exemplares que apresentam no tradicional Concurso Pecuário no picadeiro grande na Expolima, às 08h30, terminando com o Desfile dos participantes na Alameda de S. João, pelas 12 horas.

O ribombar dos Zés Pereiras e Gaiteiros marca o ritmo das festas, são o fermento das Feiras Novas, animando as ruas durante os dias de festa e promovendo a atração dos forasteiros e fortes despiques, com a concentração no Largo de Camões, a partir do meio-dia.

Os usos e costumes do povo limiano têm o seu representante máximo no Cortejo Etnográfico, que percorre as principais ruas e avenidas da Vila, a partir das 16h00. Na Expolima decorre, ao longo da tarde, a Corrida de Garranos.

A noite de sábado, é a noite mais genuína da cultura popular, com centenas de concertinas a invadir a Vila, com os cantares ao desafio, das brejeirices maliciosas e repentinos surpreendentes dos tocadores.

O Domingo, dia 9, mantém a tradição com os concertos filarmónicos no Largo de Camões e a concentração de Zés Pereiras e Gigantones às 12 horas.

O Cortejo histórico a partir das 15h30, dotado de uma história apaixonante, de uma cultura rica em usos e costumes, é subordinado ao tema “Ponte de Lima: Fragmentos da História de Uma Vila”

O Festival de Folclore no domingo à noite apresenta dois palcos, na Expolima e n o Largo da Lapa. O festival conta com a participação dos grupos de folclore do concelho que cantam e dançam até ao lançamento do fogo-de-artifício – Fogo do Meio.

Na segunda-feira, dia dedicado às celebrações religiosas em honra de Nª Srª das Dores, a majestosa procissão percorre as principais ruas do Centro Histórico a partir das 16h30 horas. As bandas de música despedem-se das Feiras Novas num concerto no Largo de Camões, às 19h00.

As Feiras Novas encerram na segunda-feira à noite com a verbena Popular a partir das 23 horas no Largo de Camões, com a atuações da REAL COMBO LISBONENSE

Plenas de atividade e animação sem fim, desfrute das tradições minhotas que chegam a todos na Romaria de Noite e de Dia.