Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO DE BRAGA INAUGURA FEIRA INTERNACIONAL DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ALIMENTAÇÃO

O Município de Braga inaugura a 53ª AGRO – Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação, em cerimónia que terá lugar amanhã, Quinta-feira, dia 16 de Setembro, pelas 12h00, no Altice Forum Braga.

241410217_4723479397683210_4008871110386946202_n.p

A AGRO vai apresentar de novo um vasto e diversificado programa de conferências e seminários e, também, um espaço dedicado a demonstrações, apresentações e degustações. As várias actividades paralelas serão promovidas por parceiros da organização e serão, certamente, um dos pontos fortes da Feira.

A AGRO junta os principais agentes do sector: agricultores, criadores de gado (raças autóctones e outras do sector agropecuário), produtores, importadores, armazenistas e revendedores dos sectores agroalimentar e pecuário, especialistas nacionais e estrangeiros dos vários sectores e público em geral.

A iniciativa contará com a presença do presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, e do Administrador Executivo da InvestBraga, Carlos Silva.

BRAGA REALIZA FEIRA INTERNACIONAL DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ALIMENTAÇÃO

53ª edição da AGRO decorre entre os dias 16 e 19 de Setembro

A edição de 2021 da AGRO – Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação contará com mais de 15.000 m² de exposição, 6 Restaurantes de Carne DOP, 80 expositores, 7 concursos e 13 actividades paralelas.

CMB13092021SERGIOFREITAS002151384259.jpg

Aproveitando as valências do Altice Forum Braga, a AGRO vai apresentar de novo um vasto e diversificado programa de conferências e seminários e, também, um espaço dedicado a demonstrações, apresentações e degustações. As várias actividades paralelas serão promovidas por parceiros da organização e serão, certamente, um dos pontos fortes da Feira.

O certame tem ainda espaço para os tradicionais concursos pecuários, que decorrem no interior do pavilhão num ringue com 300 m². No total, a Agro contará com sete competições: XXXII Concurso Nacional da raça Barrosã; IX Concurso Nacional da raça Cachena; Concurso da raça Arouquesa; Concurso da raça Maronesa; Concurso da raça Minhota; XV Concurso Nacional de Galinhas de Raças Autóctones e Concurso Nacional de Ovelhas de raça Bordaleira entre Douro e Minho e Churra do Minho.

A AGRO junta os principais agentes do sector: agricultores, criadores de gado (raças autóctones e outras do sector agro-pecuário), produtores, importadores, armazenistas e revendedores dos sectores agro-alimentar e pecuário, especialistas nacionais e estrangeiros dos vários sectores e público em geral.

O evento contará ainda com um conjunto de iniciativas de índole cultural protagonizadas pelos grupos culturais da Universidade do Minho.

Esta é uma das mais importantes feiras de agricultura do Noroeste Peninsular, sendo a mais importante feira de agricultura, pecuária e alimentação do Norte de Portugal, sendo a única feira portuguesa a integrar a Eurasco – European Federation of Agricultural Exhibitions and Show Organizers. A AGRO faz ainda parte das feiras acreditadas pela UFI – The Global Association of the Exhibition Industry, sendo todos os seus dados estatísticos (entradas, metros alugados, número de expositores) devidamente atestados.

Horários

16 de Setembro de 2021 - quinta-feira: das 10h00 às 23h00

17 de Setembro de 2021 - sexta-feira: das 10h00 às 23h00

18 de Setembro de 2021 - sábado: das 10h00 às 24h00

19 de Setembro de 2021 - domingo: das 10h00 às 20h00

Bilhetes

Gratuito até aos 12 anos

Maiores de 12 anos: 2€ / dia

SEGURANÇA / COVID-19

As condições de segurança sanitária dos espaços serão reforçadas, assim como o acesso simplificado a este evento, não sendo necessário a apresentação do Certificado de Vacinação e/ou teste negativo.

CMB13092021SERGIOFREITAS002151384261.jpg

FAFE REVIVE TRADIÇÕES MILENARES

Feira inspirada nas tradições de Cepães

Realiza-se nos próximos dias 11 e 12 de Setembro uma feira artístico cultural inspirada na antiguidade e tradições da freguesia de Cepães.

No dia 11 de setembro está marcada das 18h até às 23h30 e no dia seguinte 11h às 19h. A animação está a cargo do CCRJC e do Enfim Teatro, com performances de jogo do pau, recreações históricas, e teatro de rua pelo Enfim Teatro.

A organização convida a “vestir-se a rigor, perfume-se de alegria e boa disposição e venha deliciar-se com as nossas tradições, os nossos petiscos da região, os nossos espectáculos e muita animação de rua.

A sua segurança e bem estar estão assegurados”, garantem num cartaz partilhado nas redes sociais.

241701087_4357236407690984_5411428056824674525_n.j

BARCELOS PROMOVE 38ª MOSTRA DE ARTESANATO NO MAIOR CERTAME NACIONAL

FIA decorre de 4 e 12 de setembro

A Feira Internacional de Artesanato (FIA) está de regresso e o Município de Barcelos não poderia ficar de fora do maior certame nacional, no âmbito da promoção e divulgação das artes e ofícios produzidos em Portugal.

DSCF4714.JPG

Nesta que será a 33ª edição da FIA, o stand de Barcelos irá centrar atenções na promoção da 38ª Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica, a decorrer no Parque da Cidade de Barcelos, entre os dias 10 a 19 de setembro.

O Município de Barcelos, através do Sistema de Incentivo à Promoção do Artesanato de Barcelos, vai também apoiar a participação de três artesãos na FIA: Fátima Miranda (artesanato contemporâneo), Nonôs Artesanato (artesanato contemporâneo) e Cidália Trindade (figurado tradicional).

Barcelos também presente na TUREXPO, na Galiza
Ainda no âmbito deste sistema de apoio aos artesãos para a participação em feiras, Barcelos terá uma representação, com Nonôs Artesanato, na TUREXPO – Salão Turístico da Galiza, que se realiza entre os dias 3 e 5 de setembro.

Na FIA também estarão presentes muitos outros artesãos barcelenses com o apoio do Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Trata-se da maior feira multicultural da Península Ibérica e a segunda maior da Europa, uma plataforma de excelência para a promoção da identidade e do património cultural de Barcelos, enquanto concelho com forte expressão no mundo do artesanato.

Barcelos, Cidade Criativa da UNESCO, na categoria de Artesanato e Arte Popular, desde 2017, é o maior centro de produção artesanal no país, que procura, na FIA, promover e divulgar o artesanato barcelense na sua plenitude a nível nacional e aposta, de igual forma, na sua internacionalização.

Além de Cidade Criativa da UNESCO e de ser detentor de três produções certificadas – olaria, figurado e bordado de crivo –, Barcelos aderiu, em 2019, à Creative Tourism Network, uma rede internacional que desenvolve a sua atividade na área do turismo criativo, o que lhe permitiu a certificação como Creative Friendly Destination. Também em 2019, recebeu o Prémio Europeu de Destino de Turismo Cultural Sustentável, promovido pela ECTN – European Cultural Tourism Network. Já este ano, viu registada a marca “Galo de Barcelos”. Ingredientes mais do que apetecíveis para uma visita ao stand do Município de Barcelos e dos artesãos locais na FIA.

Este ano, devido à pandemia, as entradas na Feira Internacional são condicionadas à apresentação de Certificado Digital ou teste negativo à Covid-19.

DSCF4733.JPG

MUNICÍPIO DE VIANA DO CASTELO ALTERA DATA DA FEIRA SEMANAL

Atendendo à situação pandémica vivida e com o objetivo de evitar concentração de pessoas no próximo dia 20 de Agosto (dia feriado municipal e de Nossa Senhora da Agonia), a Câmara Municipal de Viana do Castelo informa que a feira semanal, que decorre à sexta-feira, decorrerá na quinta-feira e no sábado.

Assim, será evitada uma grande afluência ao Campo da Agonia, onde irá decorrer a missa campal durante a manhã, e ficam asseguradas todas as regras de segurança e saúde.

A Câmara Municipal de Viana do Castelo pede a compreensão e alerta para o cumprimento de todas as regras de segurança.

239474863_4543882902309756_998152675273296475_n.jp

II FEIRA DO LIVRO LUSO-GALAICA DA RIBEIRA MINHO ABRE SEXTA-FEIRA DOS DOIS LADOS DO RIO MINHO

Há novidades literárias, música, poesia e livros para adquirir e oferecer

A II Feira do Livro Luso-Galaica da Ribeira Minho aproxima-se. É já esta semana, de sexta-feira a domingo, e acontecerá de ambos os lados do Rio Minho, em Caminha e A Guarda, respetivamente na Praça Conselheiro Silva Torres e na Praça Avelino Vicente. Promover a leitura e reconciliar os leitores com os livros em alguns casos, é o propósito da Feira, que visa também destacar os autores da região.

Nos três dias, haverá naturalmente livros, muitos livros, mas também poesia, música e vídeo. Destaque para o lançamento de algumas obras, como “O Carocho do Rio Minho”, de Brito Ribeiro, e “Demografia – É tempo… de dar mais tempo à natalidade e aos fluxos migratórios”, de Fernando Pereira Cabodeira. Outros livros vão estar em destaque, com apresentações especiais.    

O evento é organizado é mais uma vez conjunta e integra os municípios de Caminha e a A Guarda, Freguesia de Caminha e Vilarelho e Jornal Digital Caminh@2000, contando com o apoio dos municípios da Ribeira Minho.

Permitirá a exposição e aquisição de obras de autores da Ribeira do Rio Minho, tanto do lado galego, como português, editadas pelos próprios, municípios ou associações e instituições existentes nas duas margens deste rio que nos une.

Há razões de sobra para visitar a Feira e levar pelo menos dois livros para casa, isto porque – e como o propósito são mesmo os livros – por cada livro adquirido é oferecida uma segunda obra, mas no caso de serem comprados três livros serão oferecidos outros dois.

Programa

CAMINHA – Praça Conselheiro Silva Torres

20 AGOSTO

Sexta-feira | 15:00 – 23:00

15:00 – Abertura da Feira

18:00 – Abertura oficial

Presidente da Câmara Municipal de Caminha

Alcalde do Concello de A Guarda

Presidente da União de Freguesias de Caminha e Vilarelho

Diretor do Jornal Digital Caminha 2000

Com a presença dos municípios participantes: Caminha, Vila Nova de Cerveira, Valença, Paredes de Coura, Monção, Melgaço, A Guarda, O Rosal, Oia, Tomiño, Tui, Salceda de Caselas, Salvaterra do Miño, As Neves, Arbo e Crecente

19:00 – Recital de Poesia de obras de autores da Ribeira Minho - Krisálida

21:30 – Lançamento do livro “O Carocho do Rio Minho”, de Brito Ribeiro

Apresentação: Ivone Baptista Magalhães

Edição: Nuceartes

22:30 – “Na Revolta”

Concerto Música Folk 

21 AGOSTO

Sábado |15:00 – 23:00

17:00 – Apresentação do Ensaio “Fronteira com Portugal na Idade Média”, de Sílvia Cernadas

18:30 – Apresentação do livro “José António Guerreiro – O Liberal de Lanhelas (1789-1834), de José António Barreto Nunes

Apresentação: Professor José Manuel Lopes Cordeiro

Edição: Câmara Municipal de Caminha, Junta de Freguesia de Lanhelas, Casa Museu de Monção / Universidade do Minho

22:00 – Tiago Nacarato

Concerto - Vilas People

Largo Calouste Gulbenkian, Caminha

22 AGOSTO

Domingo | 15:00 – 23:00

18:30 – Lançamento do livro “Demografia – É tempo… de dar mais tempo à natalidade e aos fluxos migratórios”, de Fernando Pereira Cabodeira

Apresentação: José Cunha Machado

Edições Afrontamento

21:00 – Apresentação do livro “Contrabando no Esteiro do Miño”, de Praxisteles Gonzales

Apresentação: Praxisteles Gonzales

22:00 – “Minho … o rio que nos aproxima”

               Concerto pela Banda de Lanhelas

A GUARDA – Praça Avelino Vicente

20 Agosto

Sexta-feira | 18:00 – 22:00*

18:00 – Abertura da Feira

19:00 – As nossas músicas de A`qui da Companhia de Nelson Quinteiro

20:30 – Abertura oficial

Presidente da Câmara Municipal de Caminha

Alcalde do Concello de A Guarda

Presidente da União de Freguesias de Caminha e Vilarelho

Diretor do Jornal Digital Caminha 2000

Com a presença dos municípios participantes: Caminha, Vila Nova de Cerveira, Valença, Paredes de Coura, Monção, Melgaço, A Guarda, O Rosal, Oia, Tomiño, Tui, Salceda de Caselas, Salvaterra do Miño, As Neves, Arbo e Crecente

21:30 – Atuação de Xardín Desordenado

21 AGOSTO

Sábado |11:00 – 14:00 | 18:30 – 21:30

11:30 – Contos para crianças

12:00 – Lançamento do livro “O Carocho do Rio Minho”, de Brito Ribeiro

Apresentação: Brito Ribeiro

Edição: Nuceartes

12:40 – Concerto pela Academia de Música Fernandes Fão

18:30 – Recital de Poesia de obras de autores da Ribeira Minho – Krisálida

19:30 – Palestra “A construção da fronteira na Idade Média” de Silvia Cernadas Matinez

21:30 – Encerramento da Feira

*Horas de Espanha

JARDIM PÚBLICO DE VIANA DO CASTELO ACOLHE 41ª FEIRA DO LIVRO ATÉ 1 DE AGOSTO

Arrancou este fim-de-semana, com iniciativas muito participadas, a 41ª Feira do Livro de Viana do Castelo, que regressou ao formato presencial e se divide entre o Jardim Público e a Biblioteca Municipal até 1 de agosto.

ABELO6812 2.jpg

A Feira do Livro no Jardim Público funciona diariamente das 18h00 às 23h30, exceto à sexta-feira e ao sábado, cujo horário de encerramento é às 24h. Já as apresentações de livros acontecem sempre na Sala Couto Viana da Biblioteca Municipal.

O programa iniciou com a inauguração da exposição da obra gráfica de José Manuel Saraiva, “Uma margem distante”, na Ala Jorge Amado da Biblioteca Municipal. Na primeira noite, aconteceu o espetáculo musical PHOLE, de João Gigante, na varanda da Biblioteca.

Esta segunda-feira, 19 de julho, às 18h00, acontece a apresentação do livro “Robim de Campanhã – um patife sedutor”, de Mário Silva Carvalho, vencedor da 1.ª edição do Prémio Literário Luís Miguel Rocha.

Para 20 de julho, terça-feira, às 18h00, está marcada a apresentação do livro “Espelhos Vadios – Novos Contos”, de Américo Carneiro, na Sala Couto Viana. À noite, às 21h30, animação infantil com dramatização da obra “Ferozes Animais Selvagens”, de Chris Wormell, pelos Serviços Educativos da Biblioteca Municipal, na Secção infantil da Biblioteca Municipal.

Dia 21 de julho, às 18h00, apresentação do livro “Je suis là où tu ne m’attends pas”, de Deolinda da Silva e, para 22 de julho, também às 18h00, apresentação do livro “Amar um País é cuidar e retribuir”, de Defensor Moura.

A 23 de julho, 18h00, apresentação do livro “Filhos da Cidade Morta”, de Francisco Ceia, e, às 21h30, animação infantil com dramatização da obra “A tartaruga que decidiu ser e fazer diferente”, de Sofia Coelho Branco, na Secção infantil da Biblioteca Municipal.

A 24 de julho, apresentação, às 11h00, por Jorge Silva, do livro “Ilustradores portugueses na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo: 2014 – 2021” e, às 17h00, apresentação da obra “Os Últimos Anos do Homem-Celha””, de Miguel Falcão, vencedor Prémio Lucilo Valdez. A noite encerra com o espetáculo musical de Rui David, “NU, EM CONTRALUZ”, na Varanda da Biblioteca.

Para segunda-feira, 26 de julho, às 18h00, está agendado o lançamento da revista “A Falar de Viana” (Vol. X da 2.ª série, 2021) e a 27 de julho, à mesma hora, apresentação do livro “Álbum de plantas de tudo o que contém a Misericórdia”. Nessa noite, pelas 21h30, animação infantil com dramatização da obra “O Gato Gui e os monstros””, de Rocío Martínez, na Secção infantil da Biblioteca.

A 28 de julho, às 18h00, é apresentado o livro “Telhado Aberto”, de Deolinda da Silva e a 29, à mesma hora, a obra “Reflexões”, de Filomena Freitas. Para 30 de julho, sexta-feira, às 18h00 está marcada a apresentação de “Cancro, Covid e Vida”, de Céu Matos e, à noite, às 21h30, a Secção Infantil da biblioteca vianense acolhe a animação infantil “Tenho mesmo, mesmo de fazer chichi!”, de Karl Newson, pelos Serviços Educativos.

A 31 de julho, às 11h00, apresentação do livro “Heráldica: roteiro no concelho de Viana do Castelo” de Francisco Carneiro Fernandes. A iniciativa encerra nessa noite, às 21h30, com Recital de Poesia e Música, Vítor de Sousa (declamação) e Yan Mikirtumov (piano), na Sala Couto Viana.

A Feira do Livro retoma, assim, o formato habitual, mas cumprindo todas as normas emanadas pela Direção Geral de Saúde para garantir a segurança de vianenses e visitantes.

ABELO7973 2.jpg

ABELO8011 2.jpg

ABELO6842 2.jpg

ABELO7648 2.jpg

ABELO7714 2.jpg

ABELO7783 2.jpg

ABELO7799 2.jpg

ABELO7836 2.jpg

VIANA DO CASTELO: FEIRA DO LIVRO REGRESSA AO JARDIM PÚBLICO

41ª Feira do Livro de Viana do Castelo regressa ao Jardim Público de 17 de julho a 1 de agosto

A 41ª Feira do Livro de Viana do Castelo regressa ao formato presencial, dividindo-se entre o Jardim Público e a Biblioteca Municipal entre os dias 17 de julho e 1 de agosto. A Feira do Livro retoma, assim, o formato habitual, mas cumprindo todas as normas emanadas pela Direção Geral de Saúde para garantir a segurança de vianenses e visitantes.

A Feira do Livro no Jardim Público funciona diariamente das 18h00 às 23h30, exceto à sexta-feira e ao sábado, cujo horário de encerramento é às 24h. Já as apresentações de livros acontecem sempre na Sala Couto Viana da Biblioteca Municipal.

O programa inicia este sábado, 17 de julho, às 10h30, com a inauguração da exposição da obra gráfica de José Manuel Saraiva, “Uma margem distante”, na Ala Jorge Amado da Biblioteca Municipal. A abertura oficial acontece às 18h00 e, às 21h30, acontece o espetáculo musical PHOLE na varanda da Biblioteca.

Na segunda-feira, 19 de julho, às 18h00, apresentação do livro “Robim de Campanhã – um patife sedutor”, de Mário Silva Carvalho, vencedor da 1.ª edição do Prémio Literário Luís Miguel Rocha.

Para 20 de julho, terça-feira, às 18h00, está marcada a apresentação do livro “Espelhos Vadios – Novos Contos”, de Américo Carneiro, na Sala Couto Viana. À noite, às 21h30, animação infantil com dramatização da obra “Ferozes Animais Selvagens”, de Chris Wormell, pelos Serviços Educativos da Biblioteca Municipal, na Secção infantil da Biblioteca Municipal.

Dia 21 de julho, às 18h00, apresentação do livro “Je suis là où tu ne m’attends pas”, de Deolinda da Silva e, para 22 de julho, também às 18h00, apresentação do livro “Amar um País é cuidar e retribuir”, de Defensor Moura.

A 23 de julho, 18h00, apresentação do livro “Filhos da Cidade Morta”, de Francisco Ceia, e, às 21h30, animação infantil com dramatização da obra “A tartaruga que decidiu ser e fazer diferente”, de Sofia Coelho Branco, na Secção infantil da Biblioteca Municipal.

A 24 de julho, apresentação, às 11h00, por Jorge Silva, do livro “Ilustradores portugueses na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo: 2014 – 2021” e, às 17h00, apresentação da obra “Os Últimos Anos do Homem-Celha””, de Miguel Falcão, vencedor Prémio Lucilo Valdez. A noite encerra com o espetáculo musical de Rui David, “NU, EM CONTRALUZ”, na Varanda da Biblioteca.

Para segunda-feira, 26 de julho, às 18h00, está agendado o lançamento da revista “A Falar de Viana” (Vol. X da 2.ª série, 2021) e a 27 de julho, à mesma hora, apresentação do livro “Álbum de plantas de tudo o que contém a Misericórdia”. Nessa noite, pelas 21h30, animação infantil com dramatização da obra “O Gato Gui e os monstros””, de Rocío Martínez, na Secção infantil da Biblioteca.

A 28 de julho, às 18h00, é apresentado o livro “Telhado Aberto”, de Deolinda da Silva e a 29, à mesma hora, a obra “Reflexões”, de Filomena Freitas. Para 30 de julho, sexta-feira, às 18h00 está marcada a apresentação de “Cancro, Covid e Vida”, de Céu Matos e, à noite, às 21h30, a Secção Infantil da biblioteca vianense acolhe a animação infantil “Tenho mesmo, mesmo de fazer chichi!”, de Karl Newson, pelos Serviços Educativos.

A 31 de julho, às 11h00, apresentação do livro “Heráldica: roteiro no concelho de Viana do Castelo” de Francisco Carneiro Fernandes. A iniciativa encerra nessa noite, às 21h30, com Recital de Poesia e Música, Vítor de Sousa (declamação) e Yan Mikirtumov (piano), na Sala Couto Viana.

Os espetáculos nas noites de 17, 24 e 31 obrigam ao levantamento antecipado da reserva que deverá ser feita previamente. Todas as outras atividades estão sujeitas a limitações no número de presenças.

WEB_DESD_FL_21.jpg

38ª FEIRA DO LIVRO DE BARCELOS COM JOSÉ LUÍS PEIXOTO E LUÍS OSÓRIO

José Fanha homenageia António Torrado

A 38ª edição da Feira do Livro de Barcelos realiza-se entre os dias 2 e 11 de julho, na Avenida da Liberdade e no Largo da Porta Nova, e conta com a presença de autores como José Luís Peixoto, Luís Osório, entre outros.

CMB_FL2021.jpg

Ao longo de dez dias, haverá lugar para apresentações e lançamentos de livros, bem como para momentos musicais, exposições e homenagens.

A Feira do Livro abre no dia 2 de julho com a intervenção do escritor António Mota, um dos maiores escritores portugueses para crianças e jovens, com o tema “A atualidade da leitura: experiências e desafios”. No mesmo dia, às 21h00, é lançado o  livro “A Quimera dos Ausentes”, de Luís Carvalhido, fotógrafo vianense residente em Barcelos, sobre uma cidade confinada.

Os destaques desta edição são José Luís Peixoto, um dos autores de maior destaque da literatura portuguesa contemporânea, que vem lançar o seu último romance “Almoço de Domingo”, uma espécie de biografia, uma leitura de Portugal e das várias gerações portuguesas entre 1931 e 2021. E também Luís Osório que vem apresentar ‘Ficheiros Secretos – Histórias nunca contadas da política e da sociedade portuguesas’, onde o escritor e antigo jornalista procura traçar um retrato intemporal do país e dos seus protagonistas.

Outros destaques são as homenagens a António Torrado, recentemente falecido, patrono da Biblioteca do Centro Escolar de Arcozelo, com uma sessão intitulada “Memórias do Antoninho”, a cargo do escritor e ator José Fanha, e à poetisa barcelense, Bernardete Costa, falecida em 2019, pelo Clube de Leitura da Universidade Sénior de Barcelos.

No decorrer da Feira, serão apresentados e lançados livros como “100 anos de Solidão”, de Pedro Faria e “Lembrar Tilleul”, de Catarina Miranda; “Raimundo Canta Barcelos” - Vol.III, de Joana Luísa Matos; “Leituras e Aventuras na Filosofia para Crianças”, projeto Barcelos a Ler; “Flor”, da AMAR 21; “Veronese”, de António Ramalho de Almeida; “A Poesia de Sebastião Alba”, de António Carvalho; “Uma Mão Cheia”, de Pedro Seromenho; e “Mãe, deixa-te de dramas!, de Susana Pinto.

No final das apresentações, os momentos musicais serão protagonizados pelo Grupo Raízes, por Paulo Teixeira, pela Associação Talentitanto, Bárbara Carvalho e João Dias Trio (João Dias, Tiago Pinho e Hugo Carvalho).

A Feira do Livro contempla ainda um vasto programa para o público infantil e juvenil com diversas atividades diárias: jogos didáticos, desenhos para colorir e cantinho da leitura.

A exposição “Uníssono”, de Paulo Gonçalves, patente ao público na Biblioteca Municipal, completa a variedade de propostas da 38ª Feira do Livro de Barcelos, que conta com a participação no total de 80 stands entre editoras, livreiros, distribuidores e alfarrabistas, ocupando a Avenida da Liberdade e o Largo da Porta Nova, com entrada livre, e aberta ao público entre as 17h e as 23h.

PONTE DE LIMA INAUGURA FEIRA DO LIVRO

Feira do Livro de Ponte de Lima com um programa diversificado e com edição adaptada à pandemia

Espaço ao ar livre, lotação reduzida e limitada, programa para crianças e famílias, lançamentos de livros e outras novidades marcam a edição deste ano da Feira do Livro, entre 8 e 11 de julho, na Expolima.

FeiradoLivroOutdoor_8x3_Prancheta 1 (Large).jpg

A Feira do Livro de Ponte de Lima, que decorrerá na Expolima, entre 8 e 11 de julho, com atividades diversificadas para crianças e famílias, lotação reduzida e limitada, como momentos musicais e presença de diversos autores locais e nacionais marcará e assinalará a 25.ª edição deste evento.

A sessão inaugural, no dia 8 de julho, será dedicada a Ponte de Lima com a apresentação do livro “À Descoberta de Ponte de Lima”, uma edição municipal, da autoria de Maria João Figueiroa.

Além da escolha de escritores com obras conhecidas e reconhecidas como João Tordo, Pedro Chagas Freitas, Pedro Seromenho e Manuel Clemente, são privilegiados os autores locais que nos darão a conhecer as suas obras, tais como Augusta Dantas, Céu Matos, André Amorim, Pedro Gomes e a Associação de Escritores, Jornalistas e Produtores Culturais de Ponte de Lima.

O evento conta ainda com a apresentação do livro de Rui Guedes e da influenciadora digital e criadora de conteúdo sobre literatura, Cátia Vieira, autora da conta de Instagram “Books Turn You On”.

Jovens e crianças continuam a ser o público ao qual a organização dedica também uma atenção especial, contemplando no programa uma palestra orientada pela limiana Leonor Martins e muitos momentos direcionados para este tipo de público-alvo com contadores de Histórias, entre os quais se destaca Mariana Machado, Rui Ramos, Inácia Cruz, Carlos Marques e a limiana Susana Corvas. São também incluídos ateliers com a participação e coordenação de jovens limianos - Catarina Vale, do Atelier Entrópico, e Daniel Lopes e Orlando Alves -, que se dedicam a instruir com arte.

O evento compreende também momentos musicais conduzidos pela Academia Fernandes Fão – Pólo de Ponte de Lima, pelos grupos Duo Lethes e Conectsom e uma noite de fado com a limiana Cláudia Pimenta que atuará com uma convidada especial.