Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FEIRAS DO GERÊS E TERRAS DE BOURO ESTÃO DE VOLTA

Feira Quinzenal da Vila de Terras de Bouro e Feira da Vila do Gerês retomam atividades a 12 e 16 de abril

Feiratbouro.jpg

O Município de Terras de Bouro informa que a Feira Quinzenal de Terras de Bouro retoma a sua atividade a 12 de abril e a Feira Semanal da Vila do Gerês dia 16 de abril.

Assim sendo, devem ser respeitadas todas as normas de segurança em vigor, conforme as indicações da Direção-Geral de Saúde, designadamente:

Feirantes

•             Obrigatório o uso de máscara ou viseira;

•             No espaço de atendimento de cada tenda não deverão estar mais de 2 pessoas;

•             Cada feirante deve higienizar as mãos de forma frequente;

•             Assegurar um distanciamento mínimo de 1 metro entre o consumidor e os artigos à venda.

Consumidores

•             No recinto da feira, todos os utilizadores são obrigados a usar máscara;

•             A distância social de 2 metros deve ser respeitada;

•             No início e final de cada compra, os consumidores devem higienizar as mãos;

•             A aglomeração de pessoas no espaço da feira deve ser evitada.

feria-03_Custom.jpg

FEIRA DE BARCELOS JÁ REABRIU!

Feira de Barcelos reabre em pleno com comerciantes satisfeitos e clientes animados

O dia 8 de abril de 2021 volta a ser marcante para o comércio a retalho em banca, com a reabertura em pleno da Feira Semanal de Barcelos, uma das maiores e mais antigas feiras ao ar livre do país.

feirabarcelos.JPG

Durante a manhã, o Presidente da Câmara Municipal, Miguel Costa Gomes, visitou o espaço e contactou com dezenas de comerciantes e clientes, que mostraram a sua satisfação e contentamento pela reabertura deste tão importante mercado de venda ao ar livre para a economia local e da região.

Acompanhado pela Vereadora com o Pelouro das Feiras e Mercado, Anabela Real, e pelo Presidente da Assembleia Municipal, Horácio Barra, Miguel Costa Gomes aproveitou também o momento para dialogar com feirantes e fazer votos de que sejam cumpridas todas as regras de segurança, higiene e etiqueta respiratória. “A Feira de Barcelos cumpre todas as exigências e normas legais e sanitárias determinadas pelas autoridades de saúde, garantindo a segurança de comerciantes e visitantes”, afirmou o Presidente do Município.

Recorde-se que a Feira Semanal foi encerrada, pela primeira vez no atual contexto de pandemia, em março de 2020, reabrindo, semanas mais tarde, com os setores da alimentação, legumes e venda de animais vivos. A 28 de maio de 2020, o espaço reabriu na totalidade, no entanto, devido ao agravamento da situação epidemiológica, foi necessário proceder ao seu encerramento parcial no início deste ano.

A Feira de Barcelos acolhe mais de 650 feirantes, de vários setores, o que implica uma enorme logística levada a cabo pelo Município para que sejam garantidas todas as condições de higiene e segurança.

O recinto continua vedado com gradeamento, havendo seis entradas controladas, com portarias de entrada e saída, monitorizadas por funcionários do Município e agentes da PSP. O uso de máscara ou viseira é obrigatório, assim como a desinfeção das mãos à entrada do recinto.

MONÇÃO REABRE FEIRA SEMANAL

Retoma acontece esta quinta-feira, 8 de abril, com o rigoroso cumprimento das medidas do Estado de Emergência e as recomendações da Direção Geral de Saúde.

feira 2monç.png

A segunda fase do plano de desconfinamento, iniciada na passada segunda-feira, 5 de abril, permitiu a reabertura de determinados equipamentos culturais e desportivos, das escolas do 2º e 3º ciclo, de lojas até 200 m2 com porta para a rua e de esplanadas, com máximo de 4 pessoas por mesa.

Passou, ainda, a estar permitida a atividade física ao ar livre, até 4 pessoas, a abertura de ginásios, sem aulas de grupo, bem como a realização de feiras e mercados não alimentares, mediante decisão de cada Município.

Por despacho do Presidente da Câmara Municipal de Monção, António Barbosa, foi autorizada a reabertura da Feira Semanal de Monção, iniciando-se esta quinta-feira, 8 de abril. A retoma será efetuada com o rigoroso cumprimento das medidas do Estado de Emergência e as recomendações da Direção Geral de Saúde.

Com cerca de 170 lugares de várias dimensões, devidamente balizados e com todas as condições para a colocação dos seus expositores, fruto da requalificação do espaço em 2012, os feirantes disponibilizam ao público praticamente todo o género de artigos, destacando-se, entre estes, os têxteis e o calçado.

Caso coincida com dia de feriado, a feira semanal é antecipada para a terça-feira. Situado à entrada da vila, junto ao muralhado, o “Campo da Feira”, com exceção do dia de feira, é utilizado pelos munícipes e visitantes como parque de estacionamento.

PONTE DA BARCA REABRE FEIRA MUNICIPAL NA QUARTA-FEIRA, DIA 14 DE ABRIL

A Câmara Municipal determinou a reabertura da Feira Municipal quinzenal para todos os setores de atividade a partir de quarta-feira, 14 de abril, depois de no passado dia 3 de março, ter permitido a realização da feira municipal apenas para a venda de produtos e géneros alimentares.

Respeitando todas as regras da Direção Geral de Saúde, o espaço da feira vai ser delimitado, terá entrada e saída distintas e será obrigatório o uso de máscara, quer os vendedores, quer o público, como também devem ser mantidas por todos as recomendações das autoridades de saúde, a distância social e desinfeção frequente das mãos.

A Câmara Municipal de Ponte da Barca apela ao cumprimento destas normas e recomendações para que este regresso se faça em total segurança para todos.

169519917_3297929550308005_953796573988314879_n.jp

CÂMARA MUNICIPAL DE VIZELA AUTORIZA FEIRAS SEMANAIS NO CONCELHO

Ao longo dos últimos meses, e tendo em atenção a situação do surto epidémico, a Câmara Municipal implementou o Programa de Apoio Municipal  VIZELA COVID-19, um conjunto de medidas para assegurar o combate ao surto, o estímulo à recuperação económica e a proteção social, para ajudar quem mais precisa e para retomar, tão rapidamente quanto possível, o fulgor que caracteriza o concelho de Vizela, mas que apenas se tornaram possíveis pela abertura da sociedade civil e a respetiva colaboração em torno desta causa.

feira Vizeladesconf.JPG

Assim, e tendo em atenção a evolução da situação epidemiológica do Covid-19, a Câmara Municipal elaborou em janeiro um novo Plano de Contingência, definindo medidas preventivas, de acompanhamento e monitorização da situação evolutiva, divididas em três áreas de ação - medidas de saúde pública, medidas de mitigação económica e social e medidas de vacinação.

No seguimento deste Plano de Contingência, a Câmara Municipal de Vizela suspendeu a realização das feiras semanais de quinta-feira e sábado do concelho de Vizela, contudo, tendo em atenção a evolução da situação epidemiológica no nosso Concelho, assim como o Plano de Desconfinamento do Governo, a Câmara Municipal de Vizela decidiu permitir, a partir do dia 8 de abril, a realização das feiras semanais de quinta-feira e sábado do concelho de Vizela.

A Câmara Municipal de Vizela reitera, ainda, que, no âmbito da realização das referidas feiras, deverão ser asseguradas todas as condições de segurança determinadas pela Direção Geral de Saúde, designadamente a gestão de entradas e saídas de modo a permitir um controlo da lotação do recinto e, assim, evitar uma concentração excessiva, a definição de circuitos de circulação, a desinfeção dos recintos, a higienização e o uso obrigatório de máscara.

De destacar que a Câmara Municipal de Vizela tem acompanhado atentamente a evolução do surto epidémico do COVID-19 no Concelho e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação, motivo pelo qual as medidas apresentadas podem ser modificadas a qualquer momento, caso se verifique uma alteração substancial das condicionantes da epidemia.

FEIRA SEMANAL DE BARCELOS REABRE NA TOTALIDADE ESTA QUINTA-FEIRA

A partir desta quinta-feira, 8 abril, a Feira de Barcelos reabrirá com todas as atividades de venda ao público e com todos os feirantes. Reabrem, também, a Feira Grossista e o Mercado.

No atual quadro de desconfinamento, mantêm-se as regras de distanciamento social e proteção com máscara, entre outras, de forma a evitar possíveis contágios do coronavírus.

Para aceder ao recinto, é obrigatório o uso de máscara ou viseira e a desinfeção das mãos, sendo disponibilizado desinfetante nas entradas, com doseadores automáticos.

O público deve aguardar a vez de entrada no recinto da Feira, respeitar o distanciamento social, e manter a proteção do nariz e da boca.

As condições para a reabertura total da Feira foram articuladas com os feirantes e com as respetivas associações, e obtiveram a concordância das autoridades de saúde do concelho, que validaram o respetivo plano.

Serviços públicos reabrem ao público

A Câmara Municipal de Barcelos vai proceder também à reabertura gradual dos seus equipamentos e serviços a partir de terça-feira, dia 6 de abril, no âmbito do programa de desconfinamento decretado pelo Governo, e de acordo com as normas e orientações sanitárias emanadas da Direção Geral da Saúde, decorrentes da pandemia da Covid-19.

Assim, reabrem ao público a Casa da Azenha, a Casa da Juventude, o Posto de Turismo, a Torre Medieval, as Piscinas Municipais, o Museu de Olaria, a Galeria Municipal de Arte e o Paço dos Condes.

O acesso a estes locais far-se-á mediante condições sanitárias específicas, nomeadamente de ocupação, permanência e distanciamento físico. São exigidas, também, medidas de proteção individual, como a obrigação do uso de máscara de proteção facial dentro dos referidos espaços, inclusive naqueles que possuem área descoberta, assim como a desinfeção das mãos à entrada, sendo disponibilizado desinfetante para o efeito.

Dada a grande afluência de público ao Balcão Único, deve ser ponderada a deslocação a este serviço, privilegiando-se o contacto telefónico (253 809 600), ou o email (geral@cm-barcelos.pt) e evitando-se o atendimento presencial e os tempos de espera.

O Theatro Gil Vicente continua encerrado, devendo abrir na terceira fase do desconfinamento, prevista para dia 19 de abril.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE REABRE FEIRA LOCAL NO DIA 5 DE ABRIL

No âmbito do Plano de Desconfinamento definido pelo Governo, o Município de Esposende vai reabrir a Feira quinzenal, a partir da próxima segunda-feira, dia 5 de abril.

_DSC7511.JPG 2021-03-05 190002.JPG

Cruzando diversos critérios científicos, o Governo estabeleceu um Plano de Desconfinamento dividido em quatro fases e com um período de 15 dias de intervalo entre cada fase, de forma a poder ir avaliando os impactos das medidas na evolução da pandemia, razão pela qual o calendário previsto pode ser alterado atendendo a determinados critérios epidemiológicos de definição de controle da pandemia Covid-19 e tendo em conta a capacidade de resposta assistencial do Serviço Nacional de Saúde.

De acordo com o calendário previsto, a realização das feiras e mercados não alimentares pode ser retomada a partir de 5 de abril, por decisão municipal. Atendendo a que o número de casos de infeção por Covid-19 no concelho, à semelhança do que sucede no resto do país, tem vindo a diminuir, em consequência das regras e determinações impostas, o Município de Esposende considera estarem reunidas as condições para retomar a feira quinzenal no pleno da sua atividade, mediante o escrupuloso cumprimento de todas as medidas de segurança e de saúde pública determinadas pela Direção Geral da Saúde (DGS).

Importante vetor de dinamismo comercial, a Feira quinzenal de Esposende adquire relevância para a subsistência de alguns produtores locais, facto pelo qual o Município atende à importância que este mercado assume na retoma económica do concelho.

_DSC7554.JPG 2021-03-05 190002.JPG

BRAGA: FEIRA SEMANAL DE RETALHO E FEIRA DE GROSSISTAS REGRESSAM DEPOIS DA PÁSCOA

Resultado da segunda fase do desconfinamento nacional, a Feira Semanal de Retalho e a Feira de Grossistas de Braga estão de volta, pelo que a partir da próxima terça-feira, 6 de Abril, será possível voltar a comprar nestas feiras bracarenses.

Comunicado-foto.jpg

Para Carlos Silva, Administrador Executivo da InvestBraga, a reabertura destes espaços dedicados ao comércio “é um passo significativo para que se possa construir um ‘novo normal’, que conduza à rápida recuperação económica”. 

De forma a criar um ambiente de segurança para comerciantes e clientes, a InvestBraga irá, de acordo com Carlos Silva, “reforçar as medidas de segurança, bem como apostará em acções de sensibilização para a adopção de comportamentos que visem a mitigação da COVID-19”.

Deste modo, e tal como no final do primeiro confinamento, a reabertura da Feira Semanal de Retalho e da Feira de Grossistas está condicionada ao cumprimento de todas as normas e recomendações definidas pela Direcção-Geral de Saúde (DGS), tendo os comerciantes e clientes que obedecer a um conjunto de normas de funcionamento específicas, que visam garantir as condições de segurança e higiene no exercício da actividade comercial. A saber:

  • Obrigatoriedade de uso de máscara pelos feirantes da feira semanal e de grosso.
  • Os feirantes devem ter desinfectante nos seus espaços/bancadas/tendas para uso próprio e dos clientes.
  • Os feirantes devem desinfectar as superfícies da zona de venda que usarem, ou que estiveram em contactos com os utilizadores.
  • Os utilizadores/clientes das feiras (semanal e de grosso) devem, no espaço da feira, utilizar mascaras.
  • Os utilizadores/clientes devem respeitar entre si a distância social de segurança (2 metros), no momento de visita aos stands para fazer as compras.
  • Nos recebimentos os feirantes devem evitar o uso de numerário, privilegiando o pagamento automático (TPA, MBWay e contactless).
  • Higienizar as mãos no início e no final de cada atendimento.
  • Os utilizadores/clientes devem evitar tocar em objectos e superfícies.
  • O transporte de produtos/mercadorias deve ser efectuado mediante o respeito das necessárias regras de higiene e sanitárias definidas pela Direcção-Geral da Saúde.
  • No caso de venda de qualquer produto alimentar devem seguir as regras do HACCP, bem como as recomendações previstas na recomendação da DGS nº023/2020 de 8 de Maio de 2020, para estabelecimento de restauração e bebidas.
  • Não devem estar mais de 2 pessoas por bancada/espaço de atendimento dos feirantes.
  • Efectuar a limpeza e desinfestação do espaço da feira, no final de cada edição.
  • A circulação dos visitantes na feira far-se-á pela direita e em sentido único, de modo a evitar cruzamentos. Será colocada sinalética com a indicação dos sentidos de entrada e saída.

De recordar que, o cumprimento destas medidas será importante para minimizar o risco de contágio com COVID-19.

FEIRA SEMANAL DE VIEIRA DO MINHO REGRESSA A 5 DE ABRIL

Dando cumprimento ao Plano de Desconfinamento aprovado pelo Governo português, o Município de Vieira do Minho informa que a partir do dia 5 de abril, a Feira Semanal será retomada.

regresso_feira.jpg

A Resolução do Conselho de Ministros de 13 de março veio estabelecer uma estratégia de levantamento em quatro fases das medidas de confinamento, no âmbito do combate à pandemia da doença Covid-19, e na qual se prevê a possibilidade de reabertura de feiras e mercados não alimentares a partir de 5 de abril, condicionada a decisão municipal.

Neste sentido, a Câmara Municipal considera existir condições de prevenção necessárias para que a Feira Semanal, que acontece à segunda-feira, seja retomada no dia  05 de abril.

O Município de Vieira do Minho continua a garantir que as condições de segurança e normas determinadas pela Direção Geral de Saúde serão asseguradas, como o distanciamento físico, a higienização das mãos e o uso obrigatório de máscara.

Na entrada do recinto da feira, os clientes da feira semanal terão à sua disposição dispositivos para desinfeção das mãos.

Neste sentido, e tendo em conta a situação epidemiológica que o país atravessa, o Município de Vieira do Minho apela a todos os cidadãos, que adotem um comportamento sereno e responsável, por forma a salvaguardar a saúde de todos.

Proteja-se e proteja os outros!

FEIRA DE AMARES ESTÁ DE VOLTA!

Município de Amares isenta taxas de mercado, feira semanal, esplanadas e rendas de estabelecimentos comerciais instalados em espaços municipais

A Câmara Municipal de Amares vai isentar as taxas de ocupação aplicáveis à feira semanal, mercado municipal, esplanadas e rendas de estabelecimentos comerciais instalados em espaços municipais. A medida de apoio à retoma económica volta a ser implementada com o intuito de fazer face aos impactos provocados pela COVID-19 no setor empresarial do concelho e foi aprovada, esta manhã, em reunião do órgão executivo.

No que diz respeito às isenções relativas às taxas de ocupação à feira semanal (terrado) e mercado municipal as mesmas aplicam-se, desde abril de 2021 até dezembro de 2021, com exceção das lojas que não encerraram. As isenções das taxas devidas pela ocupação de esplanadas também produzem efeito até dezembro de 2021, inclusive. Finalmente, aplica-se, ainda, a isenção das rendas devidas aos estabelecimentos comerciais instalados em espaços municipais que se encontrem concessionados, encerrados por imposição do Estado de Emergência.

O pedido de isenções deve ser efetuado junto dos serviços municipais mediante apresentação de requerimento próprio.

Município de Amares autoriza reabertura das feiras semanais a partir de 5 de abril

O executivo municipal de Amares aprovou, esta segunda-feira, em reunião de câmara uma proposta que vai permitir a reabertura das feiras semanais realizadas no concelho (Bouro Santa Maria e feira semanal), a partir de 5 de abril.

A reabertura vai decorrer de acordo com as regras emanadas pelas autoridades de saúde, no sentido de garantir as condições de segurança e higiene necessárias ao combate à COVID-19.

BARCELOS APOIA OS ARTESÃOS E PROMOVE A PARTICIPAÇÃO EM FEIRAS

O Município de Barcelos mantém apoios importantes aos artesãos e à promoção do artesanato, disponibilizando o Sistema de Apoio Operacional à Comunidade Artesanal e o Sistema de Incentivo Promocional ao Artesanato de Barcelos.

O primeiro sistema, que vai no seu terceiro de vigência, já beneficiou 16 artesãos e consiste num apoio em géneros, como equipamentos e maquinarias tradicionais, matérias-primas e outras estruturas operacionais indispensáveis ao desenvolvimento da atividade. Tem como principais objetivos a preservação de técnicas e saberes ou produção que esteja em perigo de se extinguir, a preservação de postos de trabalho nas produções artesanais existentes, a valorização das produções certificadas (Olaria e Figurado de Barcelos, Bordado de Crivo de S. Miguel da Carreira), a formação em artes e ofícios tradicionais, o turismo criativo, a inovação e a valorização da história e da identidade local ligada às artes e ofícios tradicionais.

Cada artesão e/ou unidade produtiva artesanal pode usufruir de um apoio a cada dois anos, sendo que o valor máximo do apoio individual tem um limite de 2.500 euros.

Com este incentivo, o Município de Barcelos pretende potenciar o turismo criativo, o emprego jovem e a formação na área das artes e ofícios tradicionais (quer os que já estão nesta atividade quer a entrada de mais jovens), promover a inovação tendo por base os saberes tradicionais, valorizar a história e identidade locais, preservar conhecimentos e produções em perigo de desaparecimento e valorizar as produções certificadas.

O segundo, o Sistema de Incentivo Promocional ao Artesanato de Barcelos, visa apoiar a participação dos artesãos em feiras e certames previamente definidos e tem como objetivo criar novos circuitos de distribuição, potenciar o reconhecimento nacional e a internacionalização do artesanato de Barcelos.

O sistema de incentivo é direcionado à comunidade artesanal local com o objetivo de apoiar a participação dos artesãos de Barcelos em feiras de referência nacional e internacional nos domínios do artesanato e do turismo, assumindo o Município os custos com o stand e/ou espaço de exposição.

Apesar da incerteza na marcação de datas dos grandes certames, o Município abriu as candidaturas à comunidade artesanal de forma a conferir um sinal de esperança e preparar a retoma e a reposição dos canais de distribuição do artesanato local.

Os formulários de candidatura para estes dois sistemas, que decorrem até 30 de março, estão disponíveis no Gabinete de Turismo e Artesanato de Barcelos (Largo Dr. José Novais, n.º 27; Tel. 253 811 882; turismo@cm-barcelos.pt).

A candidatura a este sistema de incentivo pode ser efetuada até ao próximo dia 30 de março.