Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA VERDE: VILA DE PRADO REALIZA FEIRA DOS VINTE

Feira dos Vinte: três dias de tradição e festa na Vila de Prado

A Vila de Prado prepara-se para trazer à rua uma tradição com séculos de história, que anualmente atrai um mar de gente ao centro da freguesia para a Feira dos Vinte. O programa de três dias começa no sábado 18 de janeiro e termina a 20, o ponto alto, que é também o Dia de S. Sebastião.

vpradofeiradosvinte (1).JPG

O destaque desta feira, cujas raízes remontam ao reinado de D. Dinis, no século XIV, assenta na troca e venda de gado cavalar e bovino. No entanto, o certame adaptou-se à evolução dos tempos e apresenta-se nos dias de hoje com um programa diversificado que inclui música, gastronomia, espetáculo equestre, concurso pecuário...  Uma diversidade que se estende também ao comércio, com máquinas agrícolas, artigos para o lar, vestuário, calçado, coudelaria, hortícolas, doçaria e diversões para todos os gostos, entre muitos outros.

Este ano, para dar início às festividades, a 18 de janeiro é assinalado o dia das Associações da Freguesia, com animação musical, ‘comes e bebes’ e muito convívio, na tenda gigante colocada no Largo de S. Sebastião. Paralelamente, a Confraria Gastronómica das Provas da Feira dos Vinte promove o seu ‘II Capítulo Solene e de Entronização’ de novos confrades.

No domingo, 19 de janeiro, a animação começa pelas 15 horas com o sempre alegre Festival de Folclore, seguido do espetáculo equestre às 17 horas. Às 20h30, tem lugar o Encontro de Reis e a festa continua pela noite dentro com after party a cargo do animador Tosttas. Nesta noite, decorrem ainda as habituais provas nas tasquinhas e restaurantes locais. O vinho novo e as papas de sarrabulho servem de pretexto para juntar à mesa pradenses e não só, que desfrutam de momentos de convívio aliados aos sabores mais típicos da nossa gastronomia. As Papas à Moda dos Vinte estarão disponíveis durante todo o mês de janeiro na Vila de Prado, nos restaurantes aderentes.

O programa para o dia principal, 20 de janeiro, é a feira de gado e o concurso pecuário, com o largo da vila cheio de animais e produtores que fazem trocas ou vendas de gado. Durante a manhã, terá ainda lugar a missa e bênção do gado.  Da parte da tarde, para finalizar, há batismo de cavalo e passeios em charrete. Em Dia de S. Sebastião, várias pessoas aproveitam também para rumar à capela localizada nas imediações do recinto para prestarem devoção ao santo padroeiro contra a peste, fome e guerra.

Não faltam atrações nem motivos para participar nestes três dias de festa, de uma tradição secular que a Vila de Prado quer continuar a manter bem viva.

vpradofeiradosvinte (1).png

vpradofeiradosvinte (2).JPG

FEIRA ANUAL DE SANTA CATARINA EM CELORICO DE BASTO É JÁ ESTE FIM-DE-SEMANA

De 22 a 25 de novembro irá ter lugar em Celorico de Basto a Feira Anual de Sta. Catarina, um certame que conta com a tradicional feira pela avenida principal de Celorico de Basto e com um vasta programação com destaque para o concurso pecuário, concelhio e regional, das Raças Autóctones e o concurso pecuário da Raça Holstein Frísia Interescolas Profissionais.

_DSC5058.jpg

Chegas de bois, garraiada e corrida de cavalos farão parte da programação.

“A Feira Anual de Sta. Catarina é uma feira centenária que faz parte da nossa cultura e que procura dar enfoque aos tradicionais concursos pecuários sobretudo das raças autóctones como forma de valorização do nosso território e da nossa identidade” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara municipal de Celorico de Basto. O autarca reforça a importância deste certame na economia local, “uma feira que atrai milhares de pessoas e que é muito importante para a dinamização do comércio, do alojamento e da restauração, o que contribui consideravelmente para a promoção de um cartaz cultural ativo, dinâmico e que vai ao encontro daquilo que as pessoas procuram neste género de feiras”.

Esta é uma feira reconhecida pelas suas tradições muito particulares, segundo os mais antigos “é a altura em que se comem as últimas sardinhas do ano, voltando a ser boas apenas nos santos populares”, é também uma feira onde se compram os cobertores para fazer frente ao inverno e as árvores de fruto.

A programação para esta edição contempla dois concursos pecuários, no sábado, dia 23, para raças autóctones, e no domingo, dia 24 de novembro, para a raça Frísia. No sábado, irá decorrer ainda uma garraiada e o I TUNACEL – Festival de Tunas Universitários de Celorico de Basto, no domingo, terá lugar um passeio a cavalo, uma corrida de cavalos a passo travado e chegas de bois. Na segunda-feira, o Mercado Municipal irá acolher os jogos tradicionais promovidos pela Escola Profissional de Fermil.

_DSC5115.jpg

_DSC8053.jpg

_DSC8065.jpg

FEIRA DOS SANTOS DE CERDAL EM VALENÇA

A Feira Romaria a 1 e 2 de Novembro

1 e 2 de Novembro é dia da Feira dos Santos de Cerdal, a última grande feira romaria do calendário anual do Noroeste Peninsular.

unnamedfsvalen.jpg

A secular feira onde a tradição atrai milhares de portugueses e espanhóis numa das maiores feiras / romarias do Noroeste Peninsular.

Esta é a feira onde se vende de tudo, em mais de 400 tendas. O vestuário, as louças, o calçado, as tasquinhas, o gado bovino, caprino e ovino, os produtos do campo, as maquinarias agrícolas, os parques de diversões e uma infinidade de outros atrativos fazem as delicias da multidão.

Feira dos Santos e das Trocas

A 1 de novembro é a Feira dos Santos e a 2 de novembro a Feira das Trocas. Assim se mantém a tradição de trocar os produtos adquiridos na véspera que por alguma razão não serviram.

O Único Lugar no Mundo Onde Há Perícos

A meados de outono os perícos amadurecem e são a delicia entre as frutas da época. Os perícos, semelhantes a uma pequena pera, são endógenos de Valença e tem no concelho, para além da sua origem, as maiores áreas de produção. A par dos perícos, as castanhas cruas ou cozidas, as nozes e os dióspiros fazem as delicias de quem aprecia os produtos bio.

Noites Afamadas dos Santos, com Vinho Novo, Petiscos e Concertinas

Manda a tradição que nas noites de 31 de outubro e 1 de novembro, a Feira dos Santos é o destino para provar os vinhos novos e saborear os petiscos locais. Nas tasquinhas animam-se as noites, ao som das concertinas e soltam-se as mais castiças cantigas de desgarrada.

Corridas de Garranos em 1 de Novembro

Na Pista das Corridas os ginetes mostram a beleza do nosso cavalo, o garrano. As corridas de cavalos, em passo travado, decorrerão no dia 1, a partir das 14h30, na Pista das Corridas.

Os emblemáticos cavalos garranos dão um colorido especial à feira do gado que contará, ainda, com animais bovinos, caprinos e ovinos.

Séculos de Tradição

A Feira dos Santos é uma feira / romaria secular e um verdadeiro ponto de encontro galaico-minhoto que cativa, ano após ano, milhares de visitantes. A feira já aparece documentada em 1758 e é um ponto de confluência de povos e onde, por excelência, se sente a alma galaico-minhota.

Local: https://www.google.pt/maps/@41.9715739,-8.6360354,100m/data=!3m1!1e3

VILA PRAIA DE ÂNCORA APRESENTA O MELHOR DOS SEUS PRODUTOS AGRÍCOLAS E ARTIGOS ARTESANAIS

A Feira já começou em Vila Praia de Âncora e decorre até amanhã, promovendo o que de melhor a região produz em termos agrícolas e de artesanato. O certame decorre no parque Dr. Ramos Pereira ao qual tem acorrido elevado número de visitantes.

Com esta e outras inicitivas, Vila Praia de Âncora está a adquirir uma dinâmica ao longo de todo o ano que a torna um importante local de visitação de interesse turístico, para além da excelente estância balnear que lhe é reconhecida durante o Verão.

70980123_2411432322244616_5120991555443752960_n.jpg

71136912_2411432405577941_1909639311314124800_n.jpg

71298610_2411432998911215_1382857685514321920_n.jpg

71242056_2411434468911068_5514081024096600064_n.jpg

70294697_2411429298911585_6920053897180479488_n.jpg

71044433_2411433065577875_869037725553000448_n.jpg

70453667_2411429188911596_2387648989307600896_n.jpg

70587825_2411432392244609_2938456335743713280_n.jpg

70503799_2411433382244510_9113310450467995648_n.jpg

71598091_2411433295577852_3678191700028686336_n (1).jpg

70721497_2411429712244877_6665576990403198976_n.jpg

71071224_2411433188911196_3459166690263171072_n.jpg

70764840_2411429662244882_8692315187723632640_n.jpg

70783014_2411430438911471_3667989911455137792_n.jpg

71108245_2411429915578190_4412247506935611392_n.jpg

70607751_2411430112244837_2669079173804326912_n.jpg

71224377_2411433568911158_4065887325412917248_n.jpg

FEIRA AGRÍCOLA E DOS PRODUTOS TRADICIONAIS ANIMA VILA PRAIA DE ÂNCORA DE 20 A 22 DE SETEMBRO

Daniel Cristo sobe ao palco sábado, pelas 21H30

De 20 a 22 de setembro, a Feira Agrícola e dos Produtos Tradicionais está de regresso a Vila Praia de Âncora. Workshops infantis, expositores com produtos tradicionais e artesanato, música tradicional e exposição de antiguidades e colecionismo dão o mote a esta edição. A abertura do certame está agendada para sexta-feira, pelas 15H00.

67815504_2337048973016285_2217914372850712576_n (14).jpg

A organização está a ultimar os preparativos para que esta edição ultrapasse as expectativas. De facto, a azafama já se faz sentir no Parque Dr. Ramos Pereira para que sexta feira, às 15H00, esteja tudo a postos para mais uma grande abertura. O ponto alto deste evento vai acontecer sábado, dia 21, pelas 21H30, com a atuação de Daniel Pereira Cristo.

A Feira Agrícola e dos Produtos Tradicionais visa a divulgação e promoção da agricultura, bem como a comercialização dos seus produtos. Pretende ainda servir de incentivo à instalação de Jovens Agricultores com projetos inovadores e permitir o debate de questões ligadas ao setor primário, integrando parceiros e instituições ligados à atividade agrícola. Com um programa aliciante, para todos os tipos de públicos, esta edição promete.

Expositores com produtos tradicionais e artesanato, workshops infantis e exposição de antiguidades e colecionismo são as ofertas permanentes. Mas há mais. No dia de abertura, a partir das 18H00, a animação de rua será constante. Pelas 21H30, a música tradicional com a atuação da Academia de Danças e Cantares de Vilarelho vai encher o Parque Dr. Ramos Pereira.

Sábado, durante o dia vão decorrer vários workshops. Pelas 11H00, terá lugar o workshop “Pequenos almoços saudáveis e aromáticos, com a colaboração das Aromáticas Vivas; pelas 14H30, decorrerá o workshop “Plantas com Sabor”, com a participação de Carlos Venade e Elena Varela e no final da tarde, pelas 18H30, o Workshop “Sabores da Floresta”, com a colaboração do Conselho Diretivo do Baldio de Riba d’Âncora. Quanto á animação, pelas 16H00, atuará o Grupo de Concertinas do Vale do Âncora; pelas 17H00, o Grupo de Danças e Cantares Genuínos da Serra d’Arga e pelas 21H30, terá lugar o ponto alto do certame com o concerto de Daniel Pereira Cristo.

No domingo, o dia começa com a animação de rua com o Grupo de Bombos de Vila Praia de Âncora. Pelas 11H00, terá lugar uma Prova de Mel, com a colaboração da APIMIL. A tarde será dedicada à música tradicional. A partir das 15H30, pelo palco do Parque Ramos Pereira passará o Grupo de Cavaquinhos da Associação Recreativa e Cultural de Riba de Âncora; o grupo “Do Lusco O Fusco” de A Guarda e ainda o Etnográfico de Vila Praia de Âncora

O certame é organizado pelo Município de Caminha.