Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FAMALICÃO EDITA "A MULHER DE FATAL" CAMIL0 CASTELO BRANCO

Livro da autoria dos “pequenos escritores famalicenses” está disponível no link https://issuu.com/municipiodefamalicao/docs/herois_improvaveis

“A mulher fatal” de Camilo Castelo Branco inspira “Heróis improváveis”

Se não fosse a pandemia da Covid 19, a Casa de Camilo, em S. Miguel de Seide, ter-se-ia enchido hoje de várias dezenas de crianças do concelho, que haveriam de contagiar o ambiente camiliano com a sua alegria, criatividade e fantasia. Tem sido assim, nos últimos anos, com o lançamento e apresentação, no dia 1 de junho, do trabalho final do Atelier de Escrita Criativa e de Ilustração, promovido pelo serviço educativo da Casa de Camilo, com a colaboração do escritor Pedro Chagas Freitas e da ilustradora Gabriela Sotto Mayor.

Crianças na Casa de Camilo, na apresentação do trabalho final do atelier em 2019.jpg

Não sendo possível a sessão de apresentação, o município lançou hoje, no seu portal oficial o livro “Heróis Improváveis”, da autoria dos pequenos escritores. A obra está disponível também na plataforma issuu em, https://issuu.com/municipiodefamalicao/docs/herois_improvaveis.

Tendo como mote de inspiração a obra “A mulher de fatal”, de Camilo Castelo Branco, o projeto envolveu 91 alunos e cinco professores das turmas do 4.º ano das seguintes escolas: Centro Escolar Luís de Camões (turma: 4.º BB), EB Barranhas (turma: BA1), EB Lousado (turma: L4B), EB Nuno Simões (turma: NS4) e EB Requião (turma: D).

As crianças sob a orientação do escritor e formador Pedro Chagas Freitas, deram largas à imaginação e criaram uma narrativa inspirados no romancista de Seide. Finda a composição dos textos, as crianças participaram no Atelier de Ilustração, da responsabilidade da ilustradora e formadora Gabriela Sotto Mayor. Aqui, porém, os trabalhos acabaram interrompidos pela pandemia e foi preciso reinventar para se concluir a publicação.

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, mostra-se “satisfeito por se ter finalizado o atelier que, na sua opinião, corporiza uma das dinâmicas do Serviço Educativo do Museu de São Miguel de Seide: a promoção da leitura e da escrita, desenvolvida, neste caso, com o seu público mais jovem”. Neste sentido, o autarca deixou “palavras de vivo agradecimento” a todos os que deram o seu contributo no desenvolvimento deste atelier e na edição do livro tornado público, afirmando “estar perfeitamente consciente do que esta atividade cultural representa para a valorização da memória patrimonial camiliana no nosso concelho, para reavivar a memória de Camilo Castelo Branco e para fortalecer os laços dos mais novos com a literatura”.

Paulo Cunha deixou ainda a garantia antes do encerramento das aulas, serão entregues exemplares do livro nas escolas dos alunos participantes, para que cada um dos pequenos escritores guarde o seu primeiro livro escrito e impresso.

O Atelier de Escrita Criativa e de Ilustração continuará no próximo ano letivo e a obra a trabalhar será Amor de Salvação, a primeira que Camilo Castelo Branco escreveu em São Miguel de Seide.

BABY BOX: CONCEITO NOVO EM PORTUGAL QUER BEBÉS A DORMIR EM BERÇO DE CARTÃO

Depois de seis anos em Inglaterra, Verónica Macedo e João Cortinhas decidiram voltar para Portugal quando souberam que iam ser pais. Consigo trouxeram uma ideia que conheceram naquele país e que transformaram em negócio, incentivados pelo receio de ver algo semelhante no mercado português e depois pensar: “Porque não fomos nós?”.

Baby Box_1.png

Chama-se Baby Box, ou seja, uma caixa de cartão que visa promover práticas de sono mais seguras de bebés no sentido de prevenir a síndrome de morte súbita do lactente. Pode ser adquirida a partir desta segunda-feira, 1 de junho, Dia Mundial da Criança, no site da startup famalicense Baby Box.

O conceito nasceu na Finlândia na década de 1930, e está também presente noutros países como o Reino Unido, Austrália e Estados Unidos, mas é ainda desconhecido no nosso país.

“A Baby Box é uma caixa de cartão certificada e muito confortável, especialmente desenhada para caber no interior de berços e camas de grades, embora também possa ser transportada para qualquer lugar da casa, quase como um ninho”, explica a enfermeira de 32 anos.

Pelas suas medidas (68 centímetros de comprimento por 42 de largura), a Baby Box reduz a tendência de pôr objetos, peluches, brinquedos e almofadas no berço, uma prática que pode potenciar mortes por asfixia.

João, 34 anos, vê a caixa como “um meio para um fim, funcionando como um objeto educativo para os adultos”. Isolada suscita uma certa “estranheza”, mas, aliada à educação, “sente-se uma abertura completamente diferente” por parte dos pais portugueses, sublinha o responsável pelas operações e marketing da marca.

Para além da caixa propriamente dita, que aguenta um peso até dez quilogramas, a Baby Box inclui ainda um colchão ajustável, uma cobertura impermeável e um lençol 100% de algodão.

Pode ser adquirida por 34,95€, a partir desta segunda-feira, dia 1 de junho, data em que começam a aceitar encomendas. O valor já inclui portes de envio e a marca envia para qualquer ponto de Portugal Continental (as ilhas estarão para breve, garantem Verónica e João).

Em acompanhamento pelo Famalicão Made IN, através do seu Gabinete de Apoio ao Empreendedor, a startup Baby Box está instalada na Incubadora Famalicão Made IN - Polo Edifício Globus, em Vilarinho das Cambas, Famalicão. Vender em lojas com porta para a rua também está no horizonte, mas para já o casal dá prioridade ao site (www.babybox.pt).

Baby Box_2.jpg

CASA DAS ARTES DE FAMALICÃO COMPLETA HOJE VISITA GUIADA POR EPISÓDIOS

Programação especial de aniversário em live streaming

A Casa das Artes de Famalicão lança, hoje, o quinto e último episódio da visita guiada em vídeo aos principais espaços deste Teatro Municipal.

Esta visita está disponível, em permanência nas redes sociais (Facebook, Instagram e Youtube) da Casa das Artes.

Esta iniciativa marcou o arranque da programação especial de aniversário da Casa das Artes de Famalicão que, no dia 1 de junho, celebra 19 anos de atividade.

Neste quinto episódio são mostradas as diversas regies deste teatro municipal: https://youtu.be/QbdhXBoqAGk

Trata-se de um trabalho realizado para que o visitante virtual fique com uma ideia global do espaço, dos equipamentos e das potencialidades da Casa das Artes.

Final de semana em celebração

Este sábado e segunda-feira serão de celebração e o público é convidado a usufruir de uma programação que chegará através de transmissões em “live streaming” através da página do Facebook (https://www.facebook.com/CasadasArtesVNFamalicao).

flyerDigital_ValterLobo.jpg

Valter Lobo | sábado 30 de maio, às 21h30

Valter Lobo regressa à Casa das Artes com um novo espetáculo. À semelhança do que aconteceu com o anterior “Mediterrâneo”, o músico apresenta em primeira mão alguns dos temas que vão integrar o próximo disco de originais, a editar ainda no decurso de 2020. Sempre com o português em punho e voz pujante, com as componentes lírica e sonora marcadas por um grande sentimentalismo e melancolia, o Valter Lobo continua a trabalhar uma reaproximação ao calor humano e ao mundo. A confirmação de um grande valor da nova música portuguesa num palco sempre especial.

flyerDigital_WhiteHaus.jpg

Logo de seguida entra em streaming:

White Haus: Body Electric | sábado 30 de maio às 23h00

João Vieira é dj, músico e produtor. Iniciou a sua carreira em Londres nos finais dos anos 90, onde trabalhou como DJ, músico e promotor de clubes.

Em Portugal, editou 5 álbuns com XWife, banda que fundou e da qual é vocalista, guitarrista e coprodutor.

Como DJ Kitten, e a partir do Porto, reescreveu a cena clubbing em Portugal nos anos 2000, com o seu inovador Club Kitten.

Com o alterego White Haus, deu início à aventura da composição e produção electrónica. O resultado deste processo foi a edição de um EP em 2013 e três álbuns: “White Haus Album” em 2014, "Modern Dancing" em 2016 e "Body Electric", o novo disco editado em Outubro de 2019.

Tendo já percorrido o país em vários espetáculos e com presença em todos os principais festivais de Verão – NOS Primavera sound, NOS Alive, Vodafone Paredes de Coura, Super Bock Super Rock e Bons Sons o projeto apresenta-se

Ao vivo como uma banda de 5 elementos: João Vieira (Xwife/ DJ Kitten): Voz e sintetizadores; André Simão (Sensible Soccers, Dear Telephone): Baixo, guitarra e sintetizadores; Graciela Coelho (Dear Telephone): Voz e Sintetizadores; Nelson Silva (Holy Nothing): Sintetizadores e percussão; Gil Costa : Bateria.

Na segunda-feira, dia de aniversário, contamos com:

Teatro Plage: De Cá Para Lá | Teatro para bebés dos 6 meses aos 3 anos

às 10h00, 14h30, 15h30 (Duração: 25 m)

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de carácter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem." A. Schopenhauer (1788-1860)

Este espetáculo parte de uma pesquisa que tenho feito ao longo destes 20 anos dedicado ao teatro para a infância junto da Companhia de Teatro Magia e Fantasia em escolas e infantários. Trabalhámos em torno da temática "O respeito e o amor pelos animais". Cruzámos o Teatro com a Música, a Dança e as Artes Visuais, de uma forma lúdica e sensorial, para construir um espetáculo de entretenimento que não descura a importância das Artes no desenvolvimento psicossocial na infância. O material de trabalho e pesquisa compreende, entre outros, a obra: “Meu Bichinho Meu Amor” de Luísa Ducla Soares e imagens que mostrem respeito e amor pelos animais bem como os direitos da criança. Este espetáculo é uma criação dos performers Paulo Lage, Cheila Lima, Christophe Santos e das bailarinas Carolina Branco e Sofia Loureiro. Paulo Lage.

flyerDigital_TeatroPlage.jpg

FAMALICÃO REABRE AO PÚBLICO MUSEUS MUNICIPAIS NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA

Museus retomam a atividade condicionados à observância das regras emanadas pela Direção-Geral da Saúde

A partir da próxima semana já é possível visitar os museus municipais de Vila Nova de Famalicão.

Casa de Camilo.JPG

Os espaços museológicos tutelados pela autarquia famalicense reabrem ao público na próxima segunda-feira, dia 1 de junho, garantindo condições de segurança e saúde tanto aos seus visitantes como aos seus profissionais.

Encerrados desde o passado dia 11 de março na sequência das orientações da Comissão Municipal de Proteção Civil de Vila Nova de Famalicão e da Direção Geral da Saúde devido à COVID-19, os museus municipais de Famalicão retomam agora a sua atividade, nos horários habituais, estando condicionados à observância das regras emanadas pela Direção-Geral da Saúde, nomeadamente, quanto à obrigatoriedade de uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social.

A nível interno serão também asseguradas e reforçadas algumas medidas como é o caso da instalação de equipamento de proteção coletiva, do reforço da limpeza e desinfeção dos espaços, da suspensão do uso de folhetos e desdobráveis em papel, da desativação de equipamento multimédia e da definição de lotação máxima dos espaços expositivos e de circulação.

Refira-se ainda que durante o período em que os museus estiveram encerrados desenvolveu-se uma ação de reorganização interna que permitiu avançar no trabalho de projetos pendentes e no investimento de funções museológicas como a investigação e o inventário.

Foi também implementada uma estratégia programática digital, através do facebook da Rede de Museus de Vila Nova de Famalicão, para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios e o Dia Internacional dos Museus. A programação online irá manter-se, sendo que a programação nos museus será revista para ser adaptada a atividades dirigidas para pequenos grupos.

Entre os vários museus municipais que integram a Rede de Museus de Famalicão está a Casa de Camilo, o Museu da Indústria Têxtil e o Museu Bernardino Machado.

Casa do Território também reabre

A Casa do Território, no Parque da Devesa, é outro dos espaços cuja reabertura ao público também acontece já nesta segunda-feira, dia 1 de junho.

O acesso aos espaços expositivos da Casa do Território deverá obedecer às seguintes normas: higienização das mãos à entrada, uso obrigatório de máscara, o número máximo de visitantes no interior do edifício não deverá ultrapassar as 10 pessoas e o tempo de visita de cada pessoa/grupo não deverá exceder os 30 minutos.

Um conjunto de regras de higiene e segurança que também se aplicam à Livraria Municipal, instalada no interior da Casa do Território, que nesta fase não poderá contar com mais de duas pessoas no seu interior. A normas também se aplicam aos Serviços Educativos da Devesa, cujo número máximo de presenças dentro da sala de exposição é de duas, podendo aumentar para quatro no caso de se tratar de uma família coabitante

CASA DAS ARTES DE FAMALICÃO REALIZA VISITA GUIADA

Programação especial de aniversário avança: Casa das Artes lança 4º episódio da Visita Guiada

A Casa das Artes de Famalicão lança, hoje, nas suas redes sociais (Facebook, Instagram e Youtube) o quatro episódio de uma série de cinco vídeos que possibilitam a todos realizarem uma visita guiada aos principais espaços deste Teatro Municipal.

4 epis.png

Esta iniciativa marca o arranque da programação especial de aniversário da Casa das Artes de Famalicão que, no dia 1 de junho, celebra 19 anos de atividade.

Todos os dias está a ser libertado um novo episódio e que poderão ser vistos em qualquer altura.

O quatro episódio aborda os espaços da Sala de Ensaios, Café-Concerto e Pequeno Auditório e está disponível aqui: https://youtu.be/Vbm8DEPhP9A

Trata-se de um trabalho realizado para que o visitante virtual fique com uma ideia global do espaço, dos equipamentos e das potencialidades da Casa das Artes.

Recorde-se que para comemorar o aniversário foi preparada uma programação de espetáculos que vão ter lugar em palco, neste teatro municipal e transmitidos na página do Facebook (https://www.facebook.com/CasadasArtesVNFamalicao).

Valter Lobo | sábado 30 de maio às 21h30

Valter Lobo regressa à Casa das Artes com um novo espetáculo. À semelhança do que aconteceu com o anterior “Mediterrâneo”, o músico apresenta em primeira mão alguns dos temas que vão integrar o próximo disco de originais, a editar ainda no decurso de 2020. Sempre com o português em punho e voz pujante, com as componentes lírica e sonora marcadas por um grande sentimentalismo e melancolia, o Valter Lobo continua a trabalhar uma reaproximação ao calor humano e ao mundo. A confirmação de um grande valor da nova música portuguesa num palco sempre especial.

White Haus: Body Electric | sábado 30 de maio às 23h00

João Vieira é dj, músico e produtor. Iniciou a sua carreira em Londres nos finais dos anos 90, onde trabalhou como DJ, músico e promotor de clubes.

Em Portugal, editou 5 álbuns com XWife, banda que fundou e da qual é vocalista, guitarrista e coprodutor.

Como DJ Kitten, e a partir do Porto, reescreveu a cena clubbing em Portugal nos anos 2000, com o seu inovador Club Kitten.

Com o alterego White Haus, deu início à aventura da composição e produção electrónica. O resultado deste processo foi a edição de um EP em 2013 e três álbuns: “White Haus Album” em 2014, "Modern Dancing" em 2016 e "Body Electric", o novo disco editado em Outubro de 2019.

Tendo já percorrido o país em vários espetáculos e com presença em todos os principais festivais de Verão – NOS Primavera sound, NOS Alive, Vodafone Paredes de Coura, Super Bock Super Rock e Bons Sons o projeto apresenta-se

ao vivo como uma banda de 5 elementos: João Vieira (Xwife/ DJ Kitten): Voz e sintetizadores; André Simão (Sensible Soccers, Dear Telephone): Baixo, guitarra e sintetizadores; Graciela Coelho (Dear Telephone): Voz e Sintetizadores; Nelson Silva (Holy Nothing): Sintetizadores e percussão; Gil Costa : Bateria.

Teatro Plage: De Cá Para Lá | Teatro para bebés dos 6 meses aos 3 anos

1 de junho, 10h00, 14h30, 15h30 (Duração: 25 m)

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de carácter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem." A. Schopenhauer (1788-1860)

Este espetáculo parte de uma pesquisa que tenho feito ao longo destes 20 anos dedicado ao teatro para a infância junto da Companhia de Teatro Magia e Fantasia em escolas e infantários. Trabalhámos em torno da temática "O respeito e o amor pelos animais". Cruzámos o Teatro com a Música, a Dança e as Artes Visuais, de uma forma lúdica e sensorial, para construir um espetáculo de entretenimento que não descura a importância das Artes no desenvolvimento psicossocial na infância. O material de trabalho e pesquisa compreende, entre outros, a obra: “Meu Bichinho Meu Amor” de Luísa Ducla Soares e imagens que mostrem respeito e amor pelos animais bem como os direitos da criança. Este espetáculo é uma criação dos performers Paulo Lage, Cheila Lima, Christophe Santos e das bailarinas Carolina Branco e Sofia Loureiro. Paulo Lage

Ficha Artística

Criação coletiva de: Paulo Lage, Cheila Lima, Chris Santos, Carolina Branco e Sofia Loureiro

Desenho de luz: Paulo Lage

Fotografias: Gonçalo Villaverde

Produção Executiva: Tiago da Camara Pereira Teatro para bebés

BIBLIOTECA DE FAMALICÃO ABRE SEGUNDA-FEIRA COM ACESSO CONDICIONADO E LIMITADO

Serviços avançam para a terceira fase do plano de reabertura faseada

A Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco e os seus Polos de Leitura avançam na próxima segunda-feira, 1 de junho, para a terceira fase do plano de reabertura condicionada e faseada dos serviços com normas de funcionamento temporárias.

DSC_4751.JPG

Neste âmbito, a entrada, circulação e permanência de leitores nas instalações das bibliotecas deverá acontecer no estrito cumprimento das regras estipuladas pela Direção Geral de Saúde e será condicionada à lotação de cada biblioteca e de cada sala, respeitando as regras de distanciamento entre pessoas e com recurso ao uso obrigatório de máscaras pelos leitores. 

O acesso às salas de leitura e às estantes será também condicionado ao estritamente necessário e será orientado pelos técnicos da biblioteca. Após a consulta, os livros ou documentos manuseados deverão ser entregues ao técnico para cumprimento dos devidos cuidados posteriores. A permanência nos espaços das bibliotecas será por tempo determinado e para o estritamente necessário.

Nesta fase, a Biblioteca Municipal funcionará para atendimento presencial à segunda feira, das 14h00 às 18h00 e de terça a sexta feira, das 10h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00, mas os polos terão horários diferenciados.

Apesar da reabertura ao público, o livre acesso às Bibliotecas de Famalicão permanece limitado e condicionado. Os interessados podem conhecer as normas de funcionamento temporárias das bibliotecas através do site http://www.bibliotecacamilocastelobranco.org/

Para evitar deslocações em vão, os interessados devem privilegiar o contacto prévio com a sua Biblioteca, através de telefone ou email, e solicitar as informações e os esclarecimentos que necessitar.

O arranque desta 3.ª fase, a 1 de junho, coincide com a data em que se celebra o dia mundial da criança, os 28 anos da inauguração do atual edifício da Biblioteca Municipal e a data da morte do seu patrono, o escritor Camilo Castelo Branco.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO FAMALICENSE VISITA OBRAS DO MERCADO MUNICIPAL

Amanhã, sexta-feira, dia 29 de maio, pelas 09h30

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, visita amanhã, sexta-feira, dia 29 de maio, as obras do Mercado Municipal para se inteirar da evolução e ponto de situação dos trabalhos que estão a decorrer no espaço.

A visita está marcada para as 09h30 e é aberta à comunicação social.

Recorde-se que a obra foi adjudicada à empresa Famaconcret por mais de três milhões de euros. Com verbas aprovadas no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), assinado entre a autarquia e o Programa Operacional Norte 2020, o município garantiu um cofinanciamento FEDER.

Quanto à intervenção, o edifício principal será integralmente reabilitado, sendo mantidos os elementos caracterizadores de referência. A fachada será preservada e as lojas de rua recuperadas, enquanto que o miolo do espaço será alvo de uma profunda intervenção que vai permitir a implementação de lógicas de mudança ao nível comercial e funcional, dotando o espaço de maior conforto e de melhores condições de funcionamento, adequadas às exigências de qualidade e inovação.

CASA DAS ARTES DE FAMALICÃO LANÇA 3º EPISÓDIO DA VISITA GUIADA EM VÍDEO

Programação especial de aniversário

A Casa das Artes de Famalicão lança, hoje, o terceiro episódio da visita guiada em vídeo disponível aqui: https://youtu.be/wMhU_qgyNM4

Desde a passada segunda-feira e até sexta-feira, diariamente, está a ser lançado um novo episódio.

3 episodio.png

Trata-se de uma iniciativa que possibilita a todos realizarem uma visita guiada aos principais espaços deste Teatro Municipal, permitindo que o visitante virtual fique com uma ideia global do espaço, dos equipamentos e das potencialidades da Casa das Artes.

Esta ação marca o arranque da programação especial de aniversário da Casa das Artes de Famalicão que, no dia 1 de junho, celebra 19 anos de atividade.

Recorde-se que para comemorar o aniversário foi preparada uma programação de espetáculos que vão ter lugar em palco, neste teatro municipal e transmitidos na página do Facebook (https://www.facebook.com/CasadasArtesVNFamalicao).

Ainda que as regras de acesso às salas de espetáculos tenham conhecido uma alteração, que possibilitam um retomar de alguma normalidade, a programação especial de aniversário vai ser difundida através da página do Facebook deste teatro municipal.

Valter Lobo | sábado 30 de maio às 21h30

Valter Lobo regressa à Casa das Artes com um novo espetáculo. À semelhança do que aconteceu com o anterior “Mediterrâneo”, o músico apresenta em primeira mão alguns dos temas que vão integrar o próximo disco de originais, a editar ainda no decurso de 2020. Sempre com o português em punho e voz pujante, com as componentes lírica e sonora marcadas por um grande sentimentalismo e melancolia, o Valter Lobo continua a trabalhar uma reaproximação ao calor humano e ao mundo. A confirmação de um grande valor da nova música portuguesa num palco sempre especial.

White Haus: Body Electric | sábado 30 de maio às 23h00

João Vieira é dj, músico e produtor. Iniciou a sua carreira em Londres nos finais dos anos 90, onde trabalhou como DJ, músico e promotor de clubes.

Em Portugal, editou 5 álbuns com XWife, banda que fundou e da qual é vocalista, guitarrista e coprodutor.

Como DJ Kitten, e a partir do Porto, reescreveu a cena clubbing em Portugal nos anos 2000, com o seu inovador Club Kitten.

Com o alterego White Haus, deu início à aventura da composição e produção electrónica. O resultado deste processo foi a edição de um EP em 2013 e três álbuns: “White Haus Album” em 2014, "Modern Dancing" em 2016 e "Body Electric", o novo disco editado em Outubro de 2019.

Tendo já percorrido o país em vários espetáculos e com presença em todos os principais festivais de Verão – NOS Primavera sound, NOS Alive, Vodafone Paredes de Coura, Super Bock Super Rock e Bons Sons o projeto apresenta-se

ao vivo como uma banda de 5 elementos: João Vieira (Xwife/ DJ Kitten): Voz e sintetizadores; André Simão (Sensible Soccers, Dear Telephone): Baixo, guitarra e sintetizadores; Graciela Coelho (Dear Telephone): Voz e Sintetizadores; Nelson Silva (Holy Nothing): Sintetizadores e percussão; Gil Costa : Bateria.

Teatro Plage: De Cá Para Lá | Teatro para bebés dos 6 meses aos 3 anos

1 de junho, 10h00, 14h30, 15h30 (Duração: 25 m)

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de carácter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem." A. Schopenhauer (1788-1860)

Este espetáculo parte de uma pesquisa que tenho feito ao longo destes 20 anos dedicado ao teatro para a infância junto da Companhia de Teatro Magia e Fantasia em escolas e infantários. Trabalhámos em torno da temática "O respeito e o amor pelos animais". Cruzámos o Teatro com a Música, a Dança e as Artes Visuais, de uma forma lúdica e sensorial, para construir um espetáculo de entretenimento que não descura a importância das Artes no desenvolvimento psicossocial na infância. O material de trabalho e pesquisa compreende, entre outros, a obra: “Meu Bichinho Meu Amor” de Luísa Ducla Soares e imagens que mostrem respeito e amor pelos animais bem como os direitos da criança. Este espetáculo é uma criação dos performers Paulo Lage, Cheila Lima, Christophe Santos e das bailarinas Carolina Branco e Sofia Loureiro. Paulo Lage

Ficha Artística

Criação coletiva de: Paulo Lage, Cheila Lima, Chris Santos, Carolina Branco e Sofia Loureiro

Desenho de luz: Paulo Lage

Fotografias: Gonçalo Villaverde

Produção Executiva: Tiago da Camara Pereira Teatro para bebés

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO FAMALICENSE DOA SANGUE PARA SENSIBILIZAR OS DOADORES

Paulo Cunha fez doação de sangue ao hospital de Famalicão para ajudar e sensibilizar

“Não custa nada, dá vida e sentimo-nos realizados”

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, fez hoje uma doação de sangue ao Centro Hospitalar do Médio Ave de Famalicão para ajudar na reposição das reservas de sangue daquela unidade hospitalar e também para sensibilizar com o seu exemplo os cidadãos para a dádiva de sangue.

AFS_0093.jpg

“Não me custou absolutamente nada, fui muito bem recebido, com profissionais muitos competentes e afáveis e no final senti-me muito realizado” referiu o Presidente de Câmara, demonstrando que “esta altura não é impeditiva para as dádivas de sangue”.

“Um gesto muito importante para as pessoas regressarem com confiança ao hospital, para darem sangue, cujas reservas baixaram neste período, mas também para aquilo que for necessário”, disso o presidente da Administração do Hospital, António Barbosa, garantindo que o hospital “dá todas as garantias de segurança aos seus utentes, pessoal médico e voluntários”.

“O dador quando dá sangue é para ajudar ou salvar a vida a alguém. A sua saúde nunca pode ser colocada em causa e por isso a nossa primeira preocupação é com ele e só depois com os outros”, referiu Manuel Vilarinho, presidente da Associação de Dadores de Sangue, garantindo também por sua vez que as campanhas de doação que organizam são executadas “com todas as condições de segurança”.

O Presidente da Câmara aproveitou a oportunidade para um agradecimento público à Associação de Dadores de Sangue e ao próprio CHMA no trabalho que têm vindo a desenvolver na sensibilização da população para a recolha de sangue. “Este é um processo necessariamente preventivo e decisivo. Na hora da necessidade de sangue, ele não pode faltar”.

AFS_0105.jpg

CASA DAS ARTES DE FAMALICÃO DÁ A CONHECER O SEU GRANDE AUDITÓRIO

Programação especial de aniversário

A Casa das Artes de Famalicão lança, hoje, o segundo episódio da visita guiada em vídeo disponível aqui: https://youtu.be/iLAgXyYkaGI

GAFAMALI.png

Até sexta-feira, diariamente, será lançado um novo episódio.

Trata-se de uma iniciativa que possibilita a todos realizarem uma visita guiada aos principais espaços deste Teatro Municipal, permitindo que o visitante virtual fique com uma ideia global do espaço, dos equipamentos e das potencialidades da Casa das Artes.

Esta ação marca o arranque da programação especial de aniversário da Casa das Artes de Famalicão que, no dia 1 de junho, celebra 19 anos de atividade.

Recorde-se que para comemorar o aniversário foi preparada uma programação de espetáculos que vão ter lugar em palco, neste teatro municipal e transmitidos na página do Facebook (https://www.facebook.com/CasadasArtesVNFamalicao).

Valter Lobo | sábado 30 de maio às 21h30

Valter Lobo regressa à Casa das Artes com um novo espetáculo. À semelhança do que aconteceu com o anterior “Mediterrâneo”, o músico apresenta em primeira mão alguns dos temas que vão integrar o próximo disco de originais, a editar ainda no decurso de 2020. Sempre com o português em punho e voz pujante, com as componentes lírica e sonora marcadas por um grande sentimentalismo e melancolia, o Valter Lobo continua a trabalhar uma reaproximação ao calor humano e ao mundo. A confirmação de um grande valor da nova música portuguesa num palco sempre especial.

White Haus: Body Electric | sábado 30 de maio às 23h00

João Vieira é dj, músico e produtor. Iniciou a sua carreira em Londres nos finais dos anos 90, onde trabalhou como DJ, músico e promotor de clubes.

Em Portugal, editou 5 álbuns com XWife, banda que fundou e da qual é vocalista, guitarrista e coprodutor.

Como DJ Kitten, e a partir do Porto, reescreveu a cena clubbing em Portugal nos anos 2000, com o seu inovador Club Kitten.

Com o alterego White Haus, deu início à aventura da composição e produção electrónica. O resultado deste processo foi a edição de um EP em 2013 e três álbuns: “White Haus Album” em 2014, "Modern Dancing" em 2016 e "Body Electric", o novo disco editado em Outubro de 2019.

Tendo já percorrido o país em vários espetáculos e com presença em todos os principais festivais de Verão – NOS Primavera sound, NOS Alive, Vodafone Paredes de Coura, Super Bock Super Rock e Bons Sons o projeto apresenta-se

ao vivo como uma banda de 5 elementos: João Vieira (Xwife/ DJ Kitten): Voz e sintetizadores; André Simão (Sensible Soccers, Dear Telephone): Baixo, guitarra e sintetizadores; Graciela Coelho (Dear Telephone): Voz e Sintetizadores; Nelson Silva (Holy Nothing): Sintetizadores e percussão; Gil Costa : Bateria.

Teatro Plage: De Cá Para Lá | Teatro para bebés dos 6 meses aos 3 anos

1 de junho, 10h00, 14h30, 15h30 (Duração: 25 m)

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de carácter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem." A. Schopenhauer (1788-1860)

Este espetáculo parte de uma pesquisa que tenho feito ao longo destes 20 anos dedicado ao teatro para a infância junto da Companhia de Teatro Magia e Fantasia em escolas e infantários. Trabalhámos em torno da temática "O respeito e o amor pelos animais". Cruzámos o Teatro com a Música, a Dança e as Artes Visuais, de uma forma lúdica e sensorial, para construir um espetáculo de entretenimento que não descura a importância das Artes no desenvolvimento psicossocial na infância. O material de trabalho e pesquisa compreende, entre outros, a obra: “Meu Bichinho Meu Amor” de Luísa Ducla Soares e imagens que mostrem respeito e amor pelos animais bem como os direitos da criança. Este espetáculo é uma criação dos performers Paulo Lage, Cheila Lima, Christophe Santos e das bailarinas Carolina Branco e Sofia Loureiro. Paulo Lage

Ficha Artística

Criação coletiva de: Paulo Lage, Cheila Lima, Chris Santos, Carolina Branco e Sofia Loureiro

Desenho de luz: Paulo Lage

Fotografias: Gonçalo Villaverde

Produção Executiva: Tiago da Camara Pereira Teatro para bebés

FAMALICÃO CANCELA FEIRA DE ARTESANATO E GASTRONOMIA

Salvaguarda da saúde pública é a principal razão para o cancelamento do evento

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão decidiu cancelar a edição deste ano da Feira de Artesanato e Gastronomia, devido à pandemia da Covid 19. O evento que se afirma como um dos principais produtos turísticos do concelho famalicense e da região minhota, reúne todos os anos os melhores e mais genuínos saberes e sabores nacionais, recebendo a visita de cerca de 200 mil pessoas.

AFS_6896.jpg

A salvaguarda da saúde pública, que impede a concentração de pessoas, principal fonte de contágio, é a razão para o cancelamento da Feira, que já decorre há 36 anos entre o final de agosto e o início de setembro.

“O cancelamento da Feira de Artesanato e Gastronomia deve-se às circunstâncias excecionais provocadas pelo COVID-19, numa decisão que segue as recomendações da Direcção-Geral de Saúde - DGS” afirma a propósito o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Entretanto, o autarca adianta que “o município está a preparar para este verão um programa de animação, com vários momentos, que promoverá a retoma económica, cultural e turística da cidade e que decorrerá em condições de segurança, em consonância com a DGS”.

Recorde-se que, todos os anos, no final do mês de agosto, perto de uma centena de artesãos e produtores de todo o país rumam até Vila Nova de Famalicão onde, durante uma semana, apresentam e criam peças e produtos únicos a partir das mais diversas matérias-primas. São habitualmente dez dias de encontros e reencontros com as tradições, usos e costumes mais ancestrais de Portugal.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO FAMALICENSE DOA SANGUE AO HOSPITAL DE FAMALICÃO

Gesto do autarca pretende sensibilizar para a campanha da Associação de Dadores de Sangue de Famalicão

Numa altura em que as reservas de sangue em Portugal se encontram em baixo, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, vai associar-se à campanha de sensibilização da Associação de Dadores de Sangue de Vila Nova de Famalicão e dar o exemplo com a doação ao banco de sangue do CHMA – Centro Hospitalar do Médio Ave, EPE, em Famalicão.

A colheita de sangue ao presidente da autarquia será realizada amanhã, quarta-feira, 27 de maio, pelas 10h00 no Hospital de Famalicão. No final da doação, pelas 10h30, haverá lugar à realização de um encontro com a imprensa à porta do CHMA, com o autarca, o presidente da Associação de Dadores de Sangue e o presidente da administração daquela unidade hospitalar.

FAMALICÃO PROÍBE QUEIMADAS

Proibição temporária para a realização de queimas e queimadas

Atendendo à previsão das condições meteorológicas para os próximos dias, com tendência para tempo seco e quente, com vento moderado a forte, para a região Norte, que constituem condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios florestais, e tendo em conta o estado de prontidão de todos os agentes da Proteção Civil para eventuais operações de apoio na área da saúde pública, a Câmara Municipal determina a proibição da realização de queimas e queimadas a partir de hoje, terça-feira, dia 26 de maio, até às 23h59 do dia 2 de junho.

ESTACIONAMENTO EM FAMALICÃO VOLTA A SER PAGO

Estacionamento tarifado na via pública retoma a 1 de junho

No seguimento do fim do Estado de Emergência e da definição de um plano gradual de desconfinamento, a PARQF decidiu retomar o estacionamento tarifado na via pública em Vila Nova de Famalicão já a partir da próxima segunda-feira, dia 1 de junho.

DSC_0066.jpg

Recorde-se que o pagamento de estacionamento na via pública estava suspenso desde o passado dia 18 de março atendendo às orientações da Direção Geral de Saúde (DGS) e ao Plano de Contingência Municipal.

Para além do estacionamento concessionado no centro urbano de Famalicão, a Câmara Municipal relembra os automobilistas que podem também usufruir de um conjunto de parques de estacionamento totalmente gratuitos, como são disso exemplo os parques de estacionamento do campo da feira e da Estação Rodoviária de Passageiros, com várias centenas de lugares disponíveis.

CASA DAS ARTES DE FAMALICÃO LANÇA VISITA GUIADA POR EPISÓDIOS

Programação especial de aniversário avança

A Casa das Artes de Famalicão lança, a partir de hoje, nas suas redes sociais (Facebook, Instagram e Youtube) uma série de vídeos que possibilitam a todos realizarem uma visita guiada aos principais espaços deste Teatro Municipal.

casa visita.png

Esta iniciativa marca o arranque da programação especial de aniversário da Casa das Artes de Famalicão que, no dia 1 de junho, celebra 19 anos de atividade.

Todos os dias será libertado um episódio, num total de cinco, e que poderão ser vistos em qualquer altura.

O primeiro episódio está disponível aqui: https://youtu.be/5t71ECQngR4 

Trata-se de um trabalho realizado para que o visitante virtual fique com uma ideia global do espaço, dos equipamentos e das potencialidades da Casa das Artes.

Recorde-se que para comemorar o aniversário foi preparada uma programação de espetáculos que vão ter lugar em palco, neste teatro municipal e transmitidos na página do Facebook (https://www.facebook.com/CasadasArtesVNFamalicao).

Valter Lobo | sábado 30 de maio às 21h30

Valter Lobo regressa à Casa das Artes com um novo espetáculo. À semelhança do que aconteceu com o anterior “Mediterrâneo”, o músico apresenta em primeira mão alguns dos temas que vão integrar o próximo disco de originais, a editar ainda no decurso de 2020. Sempre com o português em punho e voz pujante, com as componentes lírica e sonora marcadas por um grande sentimentalismo e melancolia, o Valter Lobo continua a trabalhar uma reaproximação ao calor humano e ao mundo. A confirmação de um grande valor da nova música portuguesa num palco sempre especial.

White Haus: Modern Dancing | sábado 30 de maio às 23h00

João Vieira é dj, músico e produtor. Iniciou a sua carreira em Londres nos finais dos anos 90, onde trabalhou como DJ, músico e promotor de clubes.

Em Portugal, editou 5 álbuns com XWife, banda que fundou e da qual é vocalista, guitarrista e coprodutor.

Como DJ Kitten, e a partir do Porto, reescreveu a cena clubbing em Portugal nos anos 2000, com o seu inovador Club Kitten.

Com o alterego White Haus, deu início à aventura da composição e produção electrónica. O resultado deste processo foi a edição de um EP em 2013 e três álbuns: “White Haus Album” em 2014, "Modern Dancing" em 2016 e "Body Electric", o novo disco editado em Outubro de 2019.

Tendo já percorrido o país em vários espetáculos e com presença em todos os principais festivais de Verão – NOS Primavera sound, NOS Alive, Vodafone Paredes de Coura, Super Bock Super Rock e Bons Sons o projeto apresenta-se

ao vivo como uma banda de 5 elementos: João Vieira (Xwife/ DJ Kitten): Voz e sintetizadores; André Simão (Sensible Soccers, Dear Telephone): Baixo, guitarra e sintetizadores; Graciela Coelho (Dear Telephone): Voz e Sintetizadores; Nelson Silva (Holy Nothing): Sintetizadores e percussão; Gil Costa : Bateria.

Teatro Plage: De Cá Para Lá | Teatro para bebés dos 6 meses aos 3 anos

1 de junho, 10h00, 14h30, 15h30 (Duração: 25 m)

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de carácter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem." A. Schopenhauer (1788-1860)

Este espetáculo parte de uma pesquisa que tenho feito ao longo destes 20 anos dedicado ao teatro para a infância junto da Companhia de Teatro Magia e Fantasia em escolas e infantários. Trabalhámos em torno da temática "O respeito e o amor pelos animais". Cruzámos o Teatro com a Música, a Dança e as Artes Visuais, de uma forma lúdica e sensorial, para construir um espetáculo de entretenimento que não descura a importância das Artes no desenvolvimento psicossocial na infância. O material de trabalho e pesquisa compreende, entre outros, a obra: “Meu Bichinho Meu Amor” de Luísa Ducla Soares e imagens que mostrem respeito e amor pelos animais bem como os direitos da criança. Este espetáculo é uma criação dos performers Paulo Lage, Cheila Lima, Christophe Santos e das bailarinas Carolina Branco e Sofia Loureiro. Paulo Lage

Ficha Artística

Criação coletiva de: Paulo Lage, Cheila Lima, Chris Santos, Carolina Branco e Sofia Loureiro

Desenho de luz: Paulo Lage

Fotografias: Gonçalo Villaverde

Produção Executiva: Tiago da Camara Pereira Teatro para bebés.

FEIRA DE FAMALICÃO RETOMA ATIVIDADE PLENA A 3 DE JUNHO

Câmara está a preparar plano de contingência para garantir a observância das medidas impostas pela DGS

A realização da Feira Semanal de Vila Nova de Famalicão, que tem lugar todas as quartas –feiras, vai reabrir a plenitude da sua atividade comercial a partir do próximo dia 3 de junho, com a obrigatoriedade de observância das regras emanadas pela Direção-Geral da Saúde. Esta quarta feira será, assim, a última feira deste período que se manterá circunscrita ao mercado alimentar.

DSC_3409.jpg

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão está a preparar um plano de contingência para o funcionamento da feira, que vai passar pelo alargamento do espaço disponível para comércio e que levará à transferência de parte da área agrícola e frutícola para a zona de gravilha existente no local.

Haverá um reforço da fiscalização, tanto nas entradas, para que seja assegurada a possibilidade de cumprimento da regra de 5 pessoas por cada 100 m2, como no interior da feira, para impedir a concentração das pessoas e a ausência dos materiais de proteção comunitária obrigatórios.

Será obrigatório o uso de máscaras e a desinfeção das mãos à entrada e saída, onde a Câmara disponibilizará dispensadores com gel desinfetante. Os comerciantes devem procurar evitar o contacto das pessoas com os produtos mediante a disponibilização de luvas descartáveis aos clientes.

DSC_3419.jpg

FAMALICÃO APOIA EMPRESAS CONTRA O COVID-19

Programa Municipal na área da investigação e inovação já tem as candidaturas abertas. Famalicão vai apoiar pequenas empresas no desenvolvimento de projetos de combate à Covid 19

Já estão abertas as candidaturas ao novo Programa Municipal de Apoio Financeiro a Soluções de ID&I – Investigação, Desenvolvimento e Inovação, promovido pela Câmara Municipal de Famalicão, para apoiar as micro e pequenas empresas do concelho, com menos de 50 trabalhadores.

made in (1).jpg

Trata-se de mais uma medida excecional e temporária no âmbito da infeção epidemiológica COVID-19, a adotar pelo município famalicense no apoio às empresas.

O novo programa, inédito a nível nacional de cariz municipal, tem como objetivo promover o desenvolvimento de atividades e projetos que apresentem respostas ou produtos relevantes de combate ao novo coronavírus Covid-19

“Queremos apoiar os pequenos projetos, que não têm apoio nacional, como por exemplo o desenvolvimento de máscaras inovadoras, luvas ou materiais de proteção que, pelo seu caráter inovador, precisam do desenvolvimento de um protótipo, de registo de patentes, testes laboratoriais ou análises de mercado, e que precisam de apoio”, como explicou o vereador do empreendedorismo, Augusto Lima. O responsável adiantou que “já há projetos interessados”.

Para isso, a Câmara Municipal disponibiliza uma verba de 30 mil euros, sendo que o apoio máximo a atribuir a cada candidatura não pode ultrapassar 50% do montante total do projeto, com um limite máximo de 10 mil euros. Este apoio não é cumulável com outros apoios nacionais ou comunitários.

A implementação do programa conta com a colaboração da COTEC Portugal – Associação Empresarial para a Inovação e da ANI – Agência Nacional da Inovação, que irão avaliar o mérito dos projetos.

A medida que foi aprovada esta quinta-feira em reunião do executivo municipal já tem as candidaturas abertas através do portal do Famalicão Made In, através do seguinte link https://www.famalicaomadein.pt/_programa_municipal_de_apoio_financeiro_a_solucoes_de_idi

As candidaturas devem ser apresentadas em copromoção, envolvendo as entidades de I&D da Rede Famalicão Empreende, como o CITEVE – Centro Tecnológico Têxtil e do Vestuário, o CENTI – Centro de Nanotecnologia, Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes, a ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, a CESPU – Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário, a Universidade Lusíada, a FAMAGROW – Associação de Business Angels de Vila Nova de Famalicão, o PIEP – Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros, o  CCG – Centro de Computação Gráfica, o UPTEC – Parque da Ciência e da Tecnologia da Universidade do Porto e a TECMINHO – Interface da Universidade do Minho.

CASA DAS ARTES DE FAMALICÃO ASSINALA ANIVERSÁRIO COM 3 ESPETÁCULOS EM CASA

Programa inclui espetáculos em palco e lançamento de visita multimédia aos espaços

A Casa das Artes de Famalicão assinala no dia 1 de junho de 2020, 19 anos de existência. Para comemorar o aniversário foi preparada uma programação de espetáculos que vão ter lugar em palco, neste teatro municipal e transmitidos na página do Facebook (https://www.facebook.com/CasadasArtesVNFamalicao).

flyerDigital_ValterLobo.jpg

1 -  Valter Lobo | Sábado 30 de maio às 21h30 live streaming

Valter Lobo regressa à Casa das Artes com um novo espectáculo. À semelhança do que aconteceu com o anterior “Mediterrâneo”, o músico apresenta em primeira mão alguns dos temas que vão integrar o próximo disco de originais, a editar ainda no decurso de 2020. Sempre com o português em punho e voz pujante, com as componentes lírica e sonora marcadas por um grande sentimentalismo e melancolia, o Valter Lobo continua a trabalhar uma reaproximação ao calor humano e ao mundo. A confirmação de um grande valor da nova música portuguesa num palco sempre especial.

Comitiva:

Valter Lobo músico

Jorge Moura músico

Álvaro Ramos (FOH)

Berto Pinheiro (luzes)

flyerDigital_WhiteHaus.jpg

2 - White Haus: Modern Dancing | Sábado 30 de maio às 23h00 live streaming

João Vieira é dj, músico e produtor. Iniciou a sua carreira em Londres nos finais dos anos 90, onde trabalhou como DJ, músico e promotor de clubes.

Em Portugal, editou 5 álbuns com XWife, banda que fundou e da qual é vocalista, guitarrista e coprodutor.

Como DJ Kitten, e a partir do Porto, reescreveu a cena clubbing em Portugal nos anos 2000, com o seu inovador Club Kitten.

Com o alterego White Haus, deu início à aventura da composição e produção electrónica. O resultado deste processo foi a edição de um EP em 2013 e três álbuns: “White Haus Album” em 2014, "Modern Dancing" em 2016 e "Body Electric", o novo disco editado em Outubro de 2019.

Tendo já percorrido o país em vários espetáculos e com presença em todos os principais festivais de Verão – NOS Primavera sound, NOS Alive, Vodafone Paredes de Coura, Super Bock Super Rock e Bons Sons o projeto apresenta-se

ao vivo como uma banda de 5 elementos:

João Vieira (Xwife/ DJ Kitten): Voz e sintetizadores

André Simão (Sensible Soccers, Dear Telephone): Baixo, guitarra e sintetizadores

Graciela Coelho (Dear Telephone): Voz e Sintetizadores

Nelson Silva (Holy Nothing): Sintetizadores e percussão

Gil Costa : Bateria.

 

3 - Teatro Plage: De Cá Para Lá | Teatro para bebés dos 6 meses aos 3 anos

1 de junho, 10h00, 14h30 15h30 live streaming

Duração: 25 m

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de carácter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem."

  1. Schopenhauer (1788-1860)

Este espetáculo parte de uma pesquisa que tenho feito ao longo destes 20 anos dedicado ao teatro para a infância junto da Companhia de Teatro Magia e Fantasia em escolas e infantários. Trabalhámos em torno da temática "O respeito e o amor pelos animais". Cruzámos o Teatro com a Música, a Dança e as Artes Visuais, de uma forma lúdica e sensorial, para construir um espetáculo de entretenimento que não descura a importância das Artes no desenvolvimento psicossocial na infância. O material de trabalho e pesquisa compreende, entre outros, a obra: “Meu Bichinho Meu Amor” de Luísa Ducla Soares e imagens que mostrem respeito e amor pelos animais bem como os direitos da criança. Este espetáculo é uma criação dos performers Paulo Lage, Cheila Lima, Christophe Santos e das bailarinas Carolina Branco e Sofia Loureiro.

Paulo Lage

Ficha Artística

Criação coletiva de: Paulo Lage, Cheila Lima, Chris Santos, Carolina Branco e Sofia Loureiro

Desenho de luz: Paulo Lage

Fotografias: Gonçalo Villaverde

Produção Executiva: Tiago da Camara Pereira Teatro para bebés

A somar a estes espetáculos, todos os dias da próxima semana, de segunda a sexta-feira, serão lançados vídeos que possibilitarão a todos realizar uma visita virtual pelos espaços da Casa das Artes.

flyerDigital_TeatroPlage.jpg

GRUPO TRYBA INVESTE EM FAMALICÃO

Com a construção de uma unidade industrial de raiz em Ribeirão, Grupo Tryba investe 50 milhões e cria 200 novos postos de trabalho em Famalicão

O grupo Tryba, constituído por empresas francesas e portuguesas, entre as quais a famalicense Caixiave, vai criar 201 novos postos de trabalho em Vila Nova de Famalicão. Reunindo duas das maiores empresas europeias no fabrico, comercialização e montagem de caixilharia, o grupo vai avançar com a construção de raiz de uma nova unidade industrial na freguesia de Ribeirão.

O investimento do grupo no concelho famalicense ro

O investimento do grupo no concelho famalicense ronda os 50 milhões de euros e foi hoje classificado pelo executivo liderado por Paulo Cunha como um projeto empresarial de interesse municipal ao abrigo do regulamento Made 2IN.

Com esta declaração de interesse público municipal o grupo é contemplado com a concessão de um apoio ao investimento no valor de 309 mil euros, com um conjunto de benefícios de natureza fiscal previstos no regulamento Made 2IN, nomeadamente, ao nível do IMI, IMT e na redução das taxas de licenciamento das operações urbanísticas.

A nova unidade industrial ficará instalada na Rua do Sol Poente, em Ribeirão, e será composta por duas naves industriais. A fase de execução do projeto deverá arrancar em breve.

Recorde-se ainda o Regulamento Made 2IN está em vigor desde finais de 2014 e até setembro de 2019 tinham sido aprovados 55 projetos empresariais de interesse municipal que representaram um investimento global de quase 190 milhões de euros e a criação de mais de mil postos de trabalho.

Em abril do ano passado o regulamento passou a ter novos critérios de classificação, passando, por exemplo, a dar mais ênfase ao emprego criado e à sua qualidade do que ao montante de investimento realizado.

Mais informações e a lista completa dos investimentos classificados em Famalicão de Interesse Municipal em www.famalicaomadein.pt

O investimento do grupo no concelho famalicense ro

YMOTION COM OPEN CALL ATÉ OUTUBRO EM FAMALICÃO

Grande Prémio do Festival de Cinema Jovem de Famalicão atribui prémio de 2500 euros à melhor curta a concurso

Está a decorrer o Open Call para o Ymotion, o Festival de Cinema Jovem promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

Ymotion 2020fam.jpg

Os jovens cineastas portugueses têm até ao dia 6 de outubro para candidatarem a sua curta-metragem às oito categorias do festival, que segundo o seu comissário, o crítico de cinema Rui Pedro Tendinha, é já o festival de cinema para jovens a atribuir o maior prémio em Portugal.

Este ano, e devido ao atual contexto provocado pela pandemia da COVID-19, o Ymotion sofrerá alguns ajustes, mas sem nunca perder o seu principal objetivo: premiar o que de melhor se faz em Portugal na área do cinema jovem.

Ao todo serão então oito os prémios atribuídos pelo festival, com natural destaque para o “Grande Prémio Joaquim de Almeida”, no valor de 2500 euros, que será entregue à melhor curta a concurso.

Serão ainda entregues prémios nas categorias de “Prémio Escolas Secundárias” e “Prémio Melhor Documentário”, no valor de 750 euros, de “Prémio Melhor Curta de Animação”, no valor de 600 euros, “Prémio do Público”, no valor de 350 euros, e prémios para “Melhor Representação”, “Melhor Direção de Fotografia” e “Melhor Argumento”, no valor de 250 euros.

Os trabalhos selecionados para a competição serão apreciados e avaliados pelo júri do festival, composto por Tiago R. Santos, argumentista e critico de cinema, pela realizadora Luísa Sequeira, pelo jornalista da RTP e Antena 1, Tiago Fernando Alves, pela diretora de casting Patrícia Vasconcelos, pelo jornalista do Público Samuel Silva, e pelo realizador Pedro Cabeleira, vencedor do Grande Prémio Joaquim de Almeida da última edição do Ymotion.

Sobre esta nova edição do Ymotion, o presidente do júri, o argumentista Tiago R. Santos, lembra que “a necessidade é a mãe da invenção” e que “perante as circunstâncias extraordinárias que vivemos é preciso reinventar o que for necessário para continuarmos a contar com esta plataforma que o Ymotion tem sido de exibição de cinema jovem e de apoio à criação em Portugal”.

Refira-se que a fase final do Ymotion decorrerá de 2 a 7 de novembro, com a atribuição dos vencedores e com a realização da mostra “Novíssimo Cinema Português”, a cargo do crítico de cinema Rui Pedro Tendinha.   

Promovido desde 2015 pelo pelouro da Juventude da Câmara Municipal de Famalicão, o Ymotion volta assim a distinguir as melhores curtas-metragens produzidas por jovens com idades compreendidas entre os 12 os 35 anos. As curtas a concurso deverão ter uma duração máxima de 20 minutos.

Mais informações sobre o festival em www.ymotion.org.