Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PAULO PARRA INAUGURA EXPOSIÇÃO EM BARCELOS

Obras da coleção Paulo Parra em exposição nos Paços do Concelho de Barcelos, com inauguração amanhã, 9 de novembro, às 17 horas

As exposições “Boa Mesa Portuguesa, Com Certeza!” e “Sentar Portugal”, com obras da coleção Paulo Parra, são inauguradas amanhã, dia 9 de novembro, às 17h00, no Salão Nobre e na Sala Gótica dos Paços do Concelho.

A coleção abrange um universo muito variado de peças do design português, pelo que estas exposições constituem um momento ímpar para apreciar um património importante da história do design, inovação e tecnologia portuguesas, e inserem-se na política cultural do Município de Barcelos de acesso da população aos bens culturais de qualidade, numa mostra única enquadrada no conceito de Barcelos Cidade Criativa da UNESCO.

CERVEIRA VESTE CROCHET COM ARTE

'O Crochet Veste com Arte' - Artes e Ofícios Tradicionais em exposição imperdível

Depois do sucesso do desfile ‘O Crochet Veste com Arte’ de 13 de julho, os 16 trajes em crochet, que evocam as artes e ofícios tradicionais de cada uma das freguesias do concelho de Vila Nova de Cerveira, encontram-se expostos na Galeria da Loja Interativa de Turismo, até ao final do ano. Mostra surpreendente pode ser visitada de 2ªfeira a sábado, no período normal de funcionamento.

IMG_6755.jpg

Desde 2014, a arte secular do crochet volta a estar na moda graças ao ‘O Crochet Sai à Rua’, um projeto de decoração das ruas, edifícios públicos e espaços comerciais de Vila Nova de Cerveira, durante a época de Verão. Com uma adesão imediata dos residentes e uma afluência massiva de turistas, o evento ganhou caráter bienal, sendo complementado com ‘O Crochet Veste com Arte’, no qual a arte do crochet extravasa as ruas e sobe às passerelles desfilando autenticidade.

E é deste desfile em crochet, de realização também bienal, que têm surgido peças de vestuário temáticas únicas, ovacionadas pela criatividade e beleza, em Portugal e também em ações de promoção do Município de Vila Nova de Cerveira no estrangeiro, sendo o caso mais recente na reconhecida Feira Internacional de Macau.

Depois de em 2017, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira ter desafiado as juntas de freguesia a recriarem, integralmente em crochet, os trajes tradicionais minhotos, (traje dos noivos, de meia-senhora, de lavradeira (verde, vermelho e azul), de domingar, do campo e de dó), este ano, a aposta incidiu na valorização do saber-fazer, através da partilha das artes e ofícios tradicionais totalmente em crochet. O repto foi surpreendentemente interpretado e o resultado é um conjunto de histórias, de usos e costumes mui sui generis que devem ser preservados.

São 16 trajes minuciosamente elaborados à mão por dezenas de cerveirenses dedicados, sem descurar os adornos específicos de cada ofício, e que suscitaram muito interesse e enorme curiosidade desde o desfile, entre eles um burro e uma ovelha totalmente criados em crochet. Lista de Trajes:

  • O Fogueteiro - Freguesia de Cornes
  • O Ferreiro - Freguesia de Covas
  • O Contrabando - Freguesia de Gondarém
  • A Pastorícia - Freguesia de Loivo
  • A Lavradeira - Freguesia de Mentrestido
  • A Moleira - União de freguesia de Reboreda e Nogueira
  • A Aguadeira - Freguesia Sapardos
  • O Canteiro - Freguesia de Sopo
  • As Lavadeiras - União de Freguesias de Campos e Vila Meã
  • A Peixeira e o Pescador - União das Freguesias de Vila Nova de Cerveira e Lovelhe

IMG_6759.jpg

IMG_6784.jpg

IMG_6785.jpg

PAULO PARRA EXPÕE EM BARCELOS

Obras da coleção Paulo Parra em exposição nos Paços do Concelho

O Salão Nobre e a Sala Gótica dos Paços do Concelho recebem no próximo sábado, 9 de novembro, as exposições “Boa Mesa Portuguesa, Com Certeza!” e “Sentar Portugal”, com obras da coleção Paulo Parra.

Paulo Parra.jpg

A coleção abrange um universo muito variado de peças do design português, pelo que estas exposições constituem um momento ímpar para apreciar um património importante da história do design, inovação e tecnologia portuguesas, e inserem-se na política cultural do Município de Barcelos de acesso da população aos bens culturais de qualidade, numa mostra única enquadrada no conceito de Barcelos Cidade Criativa da UNESCO.

Na exposição “Boa Mesa Portuguesa, Com Certeza!”, onde está patente uma seleção de produtos da coleção, coexistem peças produzidas em porcelana, cristal e prata, mas também peças de faiança, vidro e estanho, pretende-se mostrar um pouco do acervo total de mais de 500 peças da coleção e produzir uma exposição pública com rigor histórico, centrada na qualidade dos produtos da mesa portuguesa.

Em “Sentar Portugal”, mostram-se cerca de seis dezenas de cadeiras com design português. Esta exposição é a maior já efetuada sobre a história da “cadeira portuguesa”, e demonstra que a “nossa cadeira” tem uma grande riqueza linguística e uma diversidade em tudo semelhante, ou até superior, às de outros povos europeus.

Paulo Parra, o autor da coleção, tem uma carreira multifacetada como designer, professor e colecionador. Com trabalhos nas áreas de Design de Produto, Transportes e Arquitetura, Design de Exposições, Design de Comunicação e Interfaces e Design Estratégico, desenvolveu ainda atividades como curador, museologista, pesquisador e conferencista.

EXPO ANIMAL EM BRAGA AFIRMA-SE COMO EVENTO DE REFERÊNCIA A NÍVEL NACIONAL

Certame decorre no Altice Forum Braga contando com mais de 1600 animais em exposição

A Expo Animal está de regresso a Braga para uma edição “memorável”. Este fim-de-semana, mais de 1600 animais, entre cães, gatos e animais exóticos, dão corpo à maior edição do certame com uma clara aposta no panorama internacional.

CMB05112019SERGIOFREITAS00000022091.jpg

Com mais de 15 países representados, e 38 expositores nacionais e estrangeiros, a Expo Animal espera atrair mais de dez mil visitantes ao Altice Forum Braga onde, além de exposições, concursos e demonstrações, o evento conta ainda com actividades lúdico-pedagógicas que prometem fazer as delícias de pequenos e graúdos.

Organizado pela InvestBraga, em colaboração com o Clube Português de Canicultura e o Clube Português de Felinicultura, o evento já alcançou o estatuto de relevo além-fronteiras contando com a “confiança” da FCI - Federação Cinológica Internacional. “Estamos perante a edição mais internacional da Expo Animal. É uma das exposições de maior relevância no sector a nível mundial e, como exemplo disso, são os vários concursos e exposições nacionais e internacionais que serão avaliados por juízes de renome oriundos de vários países”, referiu Carlos Silva, administrador da InvestBraga, acrescentando que este tipo de exposições “traz uma grande dinâmica económica a Braga e é um bom promotor turístico para a Cidade e para a região”.

Com uma área de mais de 7.800 m2, esta exposição irá reunir mais de 1300 cães, cerca de 200 gatos e animais exóticos em exposição, mas também um leque diversificado de expositores, com produtos e serviços para a canicultura, felinicultura e animais exóticos, nomeadamente nas áreas de alimentação, higiene, bem-estar e saúde. Nesta edição estarão em competição 130 troféus nos concursos caninos com nove juízes internacionais e 52 troféus nos concursos de felinos, com três juízes estrangeiros.

Trata-se de um evento dedicado a todos os animais de companhia, mas também contará com a presença de vários animais exóticos como cobras, iguanas, tarântulas ou escorpiões e haverá ainda, demonstrações e espectáculos protagonizados pela Aquashow que estará em Braga com várias espécies de aves exóticas.

A Expo Animal decorre Sábado e Domingo com o horário das 10h00 às 19h00. As crianças com menos de 3 anos de idade têm entrada livre, sendo que o preço do bilhete para as crianças com idades compreendidas entre os 4 e os 10 anos é de 1,50€. O Bilhete de adulto ou com idade superior a 11 anos cifra-se nos 3,50 euros.

O programa pode ser consultado em http://bit.ly/programa-expoanimal2019  e os interessados poderão adquirir os bilhetes nas bilheteiras do Altice Forum Braga ou online em http://bit.ly/bilhetes-expoanimal2019.

CMB05112019SERGIOFREITAS00000022094.jpg

CMB05112019SERGIOFREITAS00000022095.jpg

PORTA DE LINDOSO ACOLHE EXPOSIÇÃO "O LOBO IBÉRICO EM PORTUGAL"

No âmbito da candidatura “Plano de Valorização da Biosfera 2017 – Desenvolvimento de Conteúdos para a Porta do Lindoso – Operação POSEUR-03-2215-FC-000072” está disponível durante o mês de novembro, na Porta de Lindoso, a exposição “O Lobo Ibérico em Portugal”. Esta exposição foi cedida pela Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico (ACHLI), e tem por base o trabalho profícuo de vários anos do fotografo da natureza João Cosme.

Esta exposição procura divulgar informações sobre o habitat do Lobo Ibérico, relação entre o homem e o lobo, estudos sobre o lobo, bem como outros assuntos relacionados com o mesmo.

A exposição pode ser visitada de Segunda a Sexta-feira, das 10h às 12h30 e das 14h às 17h.

IMG_20191104_110003_3.jpg

IMG_20191104_110107_1_3.jpg

IMG_20191104_110150_1_2.jpg

PONTE DE LIMA EXPÕE DESENHOS DE FERNANDO HILÁRIO

Desenhos de Fernando Hilário em exposição na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima

O Município de Ponte de Lima, em colaboração com o Centro Local de Aprendizagem da Universidade Aberta, apresenta na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima uma exposição de desenhos da autoria do pintor contemporâneo Fernando Hilário, com o título “O Desenho das palavras: da realidade à evasão”.

EXP_FERNANDO_HILARIO.jpg

A mostra vai estar patente na varanda interior da Biblioteca Municipal, de 15 de novembro de 2019 a 31 de janeiro de 2020.

A criação dos desenhos de Fernando Hilário reflete uma circunstância social, em que o artista se insere, seja uma reunião de trabalho, uma conversa de café ou outra atividade laboral ou de lazer. É nesse contexto que concretiza a grande maioria dos desenhos, fruto das palavras, das pessoas e dos ambientes, manifestando uma posição de agrado ou desagrado, que se reflete na expressão/configuração do desenho produzido.

A comunicação da palavra dita ou não dita encontra expressão no desenho, quer pela inserção gráfica da própria palavra verbal ou por outras grafias que a substituem ou complementam em representações sugestivas. 

Os desenhos são então discursos visuais, motivados pela aquiescência ou intolerância das circunstâncias e das pessoas. Simultaneamente, traduzem momentos de evasão, numa dimensão de introspeção psicanalítica.

Produzidos com materiais aleatórios, porque disponíveis no momento em que ocorre a sua produção, estes desenhos devem ser entendidos como enunciados gráficos, livres de academismos e estereótipos, ou seja, manifestações criativas, conducentes à transfiguração das realidades quotidianas, desde logo as de natureza sociocultural.

Esta mostra acolhe desenhos do artista concebidos a partir dos anos 80 até à atualidade.

Sobre o autor:

Fernando Hilário Mendes Ferreira, professor, pedagogo, pintor, escultor, investigador e escritor, é natural do Porto, onde nasceu em 1953, e reside há vários anos em Vilar do Monte, Ponte de Lima.

É licenciado em Línguas e Literaturas Modernas e doutorado em Teoria da Literatura e Literatura Comparada.

Foi professor do ensino secundário e do ensino superior público e privado. Trabalhou na Escola Superior de Educação do Porto e com a Faculdade de Letras da Universidade do Porto, na área da formação pedagógica de professores.

Colaborou com a Editora ASA no desenvolvimento de projetos relacionados com a produção de livros didáticos nas áreas da língua e da literatura portuguesas.

Tem publicação dispersa na imprensa escrita, de que se destaca a colaboração que manteve com o Jornal de Notícias do Porto, na última década de 1900, com a rubrica “Escrita de Mel e Água”.

É membro investigador do CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa). Foi cofundador do Centro de Línguas e Culturas da Universidade Fernando Pessoa.

Recebeu vários prémios de poesia. É membro da Academia de Pintura Cittá de Roma. Foi membro fundador da Associação de Escritores de Gaia. Fundou a Associação de Escritores, Jornalistas e Produtores Culturais de Ponte de Lima, sendo o atual Presidente de Direção.

Tem desenvolvido estudos nas áreas do Modernismo, da Literatura Africana de Expressão Portuguesa e da Poesia Concreta e tem participado com comunicações em diversos encontros científicos.

É autor de uma vasta bibliografia e de uma imensa produção artística. Expõe pintura com regularidade desde 1980.

 

Tem desenvolvido estudos nas áreas do Modernismo, da Literatura Africana de Expressão Portuguesa e da Poesia Concreta e tem participado com comunicações em diversos encontros científicos.

É autor de uma vasta bibliografia e de uma imensa produção artística. Expõe pintura com regularidade desde 1980.

EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA DIVULGA TRABALHO DE VIZELENSES

A Câmara Municipal de Vizela inaugurou ontem uma exposição de fotografia dos vizelenses Jorge Lima e Rui Pacheco, na sala de exposições Joaquim da Costa Chicória, na Loja Interativa de Turismo.

inaug. exp. foto.jpg

Na inauguração, o Presidente da Câmara destacou a importância que este Executivo atribui à vertente cultural, que estava esquecida no Concelho e que neste mandato assumiu uma nova dinâmica, não apenas pela promoção de eventos por si só, mas também pela aposta na diversidade cultural, apostando nas várias vertentes como o fado, o jazz, a poesia, o folclore, entre outros.

Victor Hugo Salgado destacou também a obra da Casa da Cultura, através da recuperação de um edifício centenário, de matriz tradicional construtiva, transformando-o numa Casa da Cultura de Vizela, recuperando o imóvel nas suas características físicas tradicionais e transformando e adaptando o seu interior para atividades culturais a desenvolver em Vizela.

O Edil destacou ainda a importância da área da fotografia, também ela esquecida, realçando a qualidade dos fotógrafos vizelenses Jorge Lima e Rui Pacheco, que tão bem espelham Vizela e os seus lugares, afirmando a importância de dar oportunidade aos artistas da terra para promoverem o seu trabalho.

De destacar que esta exposição surge no seguimento da nova dinâmica implementada na Loja Interativa de Turismo, através da criação de uma sala de exposições, sendo esta uma forma de colmatar mais uma lacuna no nosso Concelho, reforçando a aposta na política cultural e criando condições para promover os vizelenses.

O objetivo é a promoção de trabalhos de relevância artística, permitindo à população o contacto com a produção artística, desenvolvida no concelho, potenciando o valor dos artistas de Vizela, assim como a democratização no acesso à cultura.

VIEIRA DO MINHO MOSTRA O DOURO INTERNACIONAL

Casa de Lamas recebe nova exposição

Sábado, dia 2 de novembro vai ser inaugurada, na Casa de Lamas, pelas 15h00, a Exposição “ Douro  Internacional – Deambulações de Albertino  Valadares – Pinturas” e apresentação do livro com o mesmo nome da autoria do pintor.

O trabalho que Albertino Valadares apresenta em Vieira do Minho, surge no âmbito das comemorações dos 30 anos da sua carreira artística.

A exposição que contempla 18 obras vai estar patente ao público e segunda a sábado, no horário de expediente até ao dia 28 de novembro na Casa Museu Adelino Ângelo.

Não falte. Venha assistir a este momento cultural.

VIZELA EXPÕE FOTOGRAFIA

Inauguração de exposição de fotografia

A Câmara Municipal de Vizela inaugura uma exposição de fotografia dos vizelenses Jorge Lima e Rui Pacheco, no próximo dia 29 de outubro, pelas 19.30h, na sala de exposições Joaquim da Costa Chicória, na Loja Interativa de Turismo.

exp. fotografia.jpg

Esta exposição surge no seguimento da nova dinâmica implementada na Loja Interativa de Turismo, através da criação de uma sala de exposições, sendo esta uma forma de colmatar mais uma lacuna no nosso Concelho, reforçando a aposta na política cultural e criando condições para promover os vizelenses.

O objetivo é a promoção de trabalhos de relevância artística, permitindo à população o contacto com a produção artística, desenvolvida no concelho, potenciando o valor dos artistas de Vizela, assim como a democratização no acesso à cultura.

PINTORA CECÍLIA DIAS GOMES EXPÕE EM VIEIRA DO MINHO

Artista Vieirense expõe pinturas na Casa de Lamas

António Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho, inaugurou na Casa Museu Adelino Ângelo a exposição de pintura, de autoria da artista plástica Cecília Dias Gomes, uma filha da terra.

10438454_966302036729229_1702092390142285157_n.jpg

A exposição de pintura, vai estar patente ao público, na sala do espólio da Casa Museu Adelino Ângelo, de segunda a sábado, até ao final do ano.

Refira-se que a exposição integra um total de 34 quadros, onde a artista plástica utiliza as técnicas de acrílico e óleo. Para além dos quadros expostos, Cecília Dias Gomes, tem, ainda exposto dois livros de sua autoria, ( Metamorfose e Encontra-me), para que o público possa conhecer o seu trabalho na área da escrita. As obras referidas também podem ser adquiridas na Casa Museu Adelino Ângelo.

De salientar, ainda que na cerimónia de inauguração, a artista Vieirense ofereceu um quadro ao residente da Câmara Municipal, com o seu retrato.
Visite a exposição!

DSC_9843 (1).JPG

PINTOR BASILIO CALZADO DOMINGUEZ EXPÕE EM MONÇÃO

Monção apresenta a exposição de pintura do artista galego Basilio Calzado Dominguez intitulada "Unha pequena viaxe", que estará patente ao público até ao próximo dia 30 de novembro, na Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho.

72403065_2549535538433266_6591163585328578560_n.jpg

Segundo o artista: «A obra aqui exposta é un percorrido por diferentes etapas da minha vida coma pintor. Nas cales vou experimentando diferentes estilos e tecnicas tales como uso de oleo, acrilico, pasteis, collages, con respeto aos estilos prevalece o realismo ou figurativo pero tamen experimento co abstrato e o pixelado. Un dos temas mais utilizado e a figura human pola que sinto predileccion, principalmente os ollos os que considero a alma das persoas ou a expresion dunha situacion».

A entrada é livre! 

Horário da Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho:

terça a sexta feira: das 09h30 às  17h30

sábado: das 14h00 às 19h00

domingo e segunda feira: encerrada 

VIEIRA DO MINHO EXPÕE ESCULTURA

Esculturas de Madeira e Pedra na Casa Museu Adelino Ângelo

António Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho, inaugurou na Casa Museu Adelino Ângelo, a Exposição de Esculturas “ Madeira e Pedra”, de autoria do escultor Joaquim P. Leocádio.

expo-1yyyy.jpg

O momento contou com a presença de vários populares foi animado por Danny Van Assendelft e por grupos de musica  folclórica de várias épocas, medieval e sefardita.

Refira-se que a exposição, integra um total de 27 esculturas que vão  estar patente, no espaço exterior ( eira e jardim) da Casa Museu Adelino Ângelo, de segunda a sábado, no horário de expediente até ao final do ano.

De salientar, ainda que este escultor tem na natureza a sua principal fonte de inspiração.  Joaquim Leocádio trabalha a Pedra e a Madeira com sensibilidade, sabedoria, autenticidade e expressividade. Sendo as suas peças verdadeiras obra obras de arte e engenho.

Visite a exposição.!!!

VIEIRA DO MINHO EXPÕE ESCULTURA

Esculturas de Madeira e Pedra na Casa Museu Adelino Ângelo

A Casa Museu Adelino Ângelo, inaugura, amanhã dia 5 de outubro, a Exposição de Esculturas “ Madeira e Pedra”, de autoria do escultor Joaquim P. Leocádio.

A inauguração que acontece, pelas 15h30 vai contar com a atuação de Danny Van Assendelft. Para além deste momento musical, o evento conta, ainda com a animação de musica folclórica de várias épocas, Medieval e Sefardita.

De salientar ainda, que a Exposição de Esculturas, vai estar patente, no espaço exterior (eira e jardim) da Casa Museu Adelino Ângelo, de segunda a sábado, no horário de expediente até ao final do ano.

Não falte. Venha assistir a este momento cultural.

Esperamos por si.!

casa de lamas.jpg

EXPOBARCELOS ESTÁ DE VOLTA!

ExpoBarcelos regressa de 11 a 13 de outubro

Realiza-se entre os dias 11 e 13 de outubro, no Estádio Cidade de Barcelos, a oitava edição da ExpoBarcelos – Exposição de Atividades Económicas, uma iniciativa que regressa depois do grande sucesso das edições anteriores. Este é um evento que visa dar a conhecer as potencialidades inúmeras do tecido económico e empresarial do concelho de Barcelos e dos concelhos vizinhos.

Para este ano, a organização pretende reunir mais de 300 empresas em exposição, com representação de diversos setores da atividade económica. Para além da vertente agrícola e industrial, o evento contemplará o comércio local, indústria, turismo, gastronomia, artesanato, entre outros.

Dentro dos grandes destaques desta edição está o tradicional concurso regional de Raça Holstein Frísia AGRIBAR. Pela terceira vez o evento terá as provas de obediência, uma atividade em colaboração com a Associação Canina Barceldog, e o quarto concurso de galos (vivos) de Barcelos.

Neste certame são esperados mais de 90 mil visitantes que terão à disposição uma área interior e outra exterior, num total de 3 hectares, naquela que é a maior mostra da atividade económica da região.

A realização deste certame revela-se uma montra importante para todos os expositores participantes, não só a nível da região, mas também à escala nacional através da emissão da “Festa do Galo” no Programa ‘Somos Portugal’ da TVI, entre as 14h00 e as 20h00 do dia 13 de outubro.

A ExpoBarcelos é já um evento de relevância significativa para o concelho, com capacidade de dinamizar a economia barcelense, atraindo milhares de visitantes durante os três dias.

Promovido pela empresa João Dantas Unipessoal, Lda. com o apoio da Câmara Municipal e da Cooperativa Agrícola de Barcelos, a Expo Barcelos é uma marca de sucesso já carimbada.

A entrada é gratuita e está aberto das 10h às 24h00.

70385556_2337536569844787_6995549638308659200_n.jpg

DIRETORA DE AGRICULTURA E PESCAS INAUGUROU AGROBASTO

A Diretora Regional de Agricultura e Pescas do Norte, Eng.ª Carla Alves, inaugurou ontem à tarde, 26 de setembro, a 43.ª edição da Agrobasto – Exposição/Feira das Atividades Económicas de Cabeceiras de Basto, certame que decorre até ao dia 30 de setembro na Praça Arcipreste Francisco Xavier de Almeida Barreto e na cave da Casa da Juventude de Cabeceiras de Basto (Mercado Municipal). Estiveram também presentes nesta cerimónia os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, Francisco Alves e Eng. Joaquim Barreto, vereadores, presidentes de Juntas de Freguesia, membros da Assembleia Municipal, entre outros autarcas.

Diretora de Agricultura e Pescas do Norte inaugurou Agrobasto (1).JPG

A Agrobasto para além de se assumir como uma grande montra de equipamentos, produtos e serviços, tem também como objetivo a promoção socioeconómica das Terras de Basto. Cerca de 100 expositores marcam presença nesta edição 2019 do certame.

Tratores e alfaias agrícolas, viaturas automóveis, artesanato urbano, produtos do lar, tasquinhas, produtos agroalimentares, artesanato local, instituições, criadores de gado bovino (Barrosã, Maronesa e Minhota), caprino (Bravia), ovino (Bordaleira D’entre Douro e Minho), cavalar (Garrano) e suíno (Porco Bísaro) estão, mais uma vez, em destaque nesta 43.ª exposição. O fumeiro tradicional, os vinhos, a doçaria tradicional, o mel, as compotas, os licores, o artesanato de lã, linhos e tanoaria também estão representados. O recinto compreende ainda espaços destinados à exposição pecuária, à fauna e flora. De salientar que a promoção gastronómica acontece nas tasquinhas, num espaço montado para o efeito no recinto da feira, onde são servidos os pratos tradicionais da região acompanhados pelos vinhos verdes de Basto.

Ontem à noite subiram ao palco da Agrobasto os Cantadores ao Desafio – Borguinha de Braga, Naty Vieira da Póvoa de Lanhoso e Carvalho de Cucana – enquanto no Centro Hípico de Cabeceiras de Basto foi apresentada ao público a encenação teatral ‘Todas Somos Tu’, uma magnífica produção do CTCMCB – Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto que juntou centenas de pessoas.

Esta noite noite, às 20h30, sobem ao palco da Agrobasto, no âmbito da iniciativa ‘Cabeceiras Sem Parar’, a Academia Sempre em Forma e o Ginásio Bodygate e, a partir das 22h00, os Cavaquinhos da Raposeira. No Parque do Mosteiro, a partir das 21h30, atua o grupo Enlace e às 23h00 o palco é dos UHF. A partir da 00h30 a festa continua no Pavilhão Gimnodesportivo de Refojos com a ‘Noite de Estrelas’.

Amanhã, dia 28 de setembro, sábado, decorrem ao longo do dia diversas iniciativas no Parque do Mosteiro, desde logo o Concurso pecuário e desfile de gado, demonstrações do Jogo do Pau e Chegas de Bois e à noite, a partir das 21h00, pelas ruas da vila a grande ‘Noite de Arraial’ com a Ronda das Concertinas e o concerto de ‘Cláudia Martins & Minhotos Marotos’, a partir das 23h00.

No dia 29 de setembro, Dia do Município, realiza-se às 09h30 a Sessão Solene nos Paços do Concelho, saindo à rua, a partir das 17h00, a Majestosa Procissão em honra de S. Miguel, uma organização da Paróquia de Refojos.

A Feira e Festas de S. Miguel encerram dia 30 de setembro, segunda-feira.

Diretora de Agricultura e Pescas do Norte inaugurou Agrobasto (2).JPG

Diretora de Agricultura e Pescas do Norte inaugurou Agrobasto (3).JPG

Diretora de Agricultura e Pescas do Norte inaugurou Agrobasto (4) (1).JPG