Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BRAGA INAUGURA SALÃO AUTO

Amanhã, Sexta-feira, dia 20 de Setembro, pelas 18h00, no Altice Forum Braga

O Município de Braga promove a abertura do Salão Auto que terá lugar amanhã, Sexta-feira, dia 20 de Setembro, pelas 18h00, no Altice Forum Braga.

A iniciativa contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

Durante o próximo fim-de-semana, o Altice Forum Braga volta a entrar na rota dos grandes eventos. A quinta edição do Salão Auto apresenta-se consolidada, sendo já um certame de referência na dinamização económica do sector, prometendo trazer a Braga milhares de aficionados do mundo automóvel.

Com 25 marcas presentes distribuídas por 10.000 m2 no interior e exterior do Altice Forum Braga, o evento conta com a exposição de viaturas novas, de competição e clássicas, veículos semi-novos e usados. A presença em exposição do novo McLaren Senna – o único exemplar em Portugal –, assim como uma pista de Karting para crianças, são algumas das atracções do certame.

SALÃO AUTO DE BRAGA ESPERA ULTRAPASSAR OS 6 MIL VISITANTES

Certame decorre de 20 a 22 de Setembro no Altice Forum Braga

Durante o próximo fim-de-semana, o Altice Forum Braga volta a entrar na rota dos grandes eventos. A quinta edição do Salão Auto apresenta-se consolidada, sendo já um certame de referência na dinamização económica do sector, prometendo trazer a Braga milhares de aficionados do mundo automóvel.

CMB16092019SERGIOFREITAS00000020948.jpg

Com 25 marcas presentes distribuídas por 10.000 m2 no interior e exterior do Altice Forum Braga, o evento conta com a exposição de viaturas novas, de competição e clássicas, veículos semi-novos e usados. A presença em exposição do novo McLaren Senna – o único exemplar em Portugal –, assim como uma pista de Karting para crianças, são algumas das atracções do certame que espera superar os cerca de seis mil visitantes registados na edição anterior.

“Este é mais um evento que demonstra toda a capacidade do Altice Forum Braga que, com a sua versatilidade, se mostra totalmente capaz de receber a mais variadas iniciativas, oferecendo as melhores condições para expositores e visitantes. O Salão Auto é um evento para toda a família, mantendo-se fiel à matriz original ao ser realizado em ligação aos parceiros do sector”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga e da InvestBraga, durante a apresentação do evento, convidando os Bracarenses a visitarem o certame.

O Salão Auto terá também a maior representação do sector da mecânica auto e ainda a realização de diversas actividades, desde test drives de viaturas eléctricas a simuladores automóveis, passando por actividades paralelas como conferências e workshops onde serão abordados os temas mais prementes do sector. Haverá também cinco pistas de Slot, com competições nesta modalidade e a oferta de carros Slot.

O evento conta com a parceria da Associação Nacional do Ramo Automóvel, dos Clubes Automóvel Antigo e Clássico de Braga, Bicavalaria do Minho e Clube Mini de Braga, e do Clube Slot de Braga.

O Salão Auto poderá ser visitado na Sexta-feira das 18h00 às 24h00, no Sábado das 14h00 às 24h00, e no Domingo, último dia do evento, entre as 10h00 e as 20h00. O bilhete diário tem um custo de 3€ e poderá ser adquirido online na ticketline.

CMB16092019SERGIOFREITAS00000020943.jpg

CMB16092019SERGIOFREITAS00000020945.jpg

CMB16092019SERGIOFREITAS00000020946.jpg

VIEIRA DO MINHO INAUGURA EXPOSIÇÃO DE SANTIAGU

“Santiagu, Caricaturas , Cartoons”, na Casa Museu Adelino Ângelo

Numa iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Vieira do Minho, a Casa Museu Adelino Ângelo vai inaugurar, no próximo dia 7 de setembro, pelas 15h00, a exposição “ Santiagu Caricaturas, Cartoons”, de autoria de  António Santos, mais conhecido pelo seu pseudónimo - Santiagu.

DSC_1185.JPG

Nesta exposição que irá estar patente ao público na casa Museu Adelino Ângelo, durante todo o mês de setembro, o artista vai expor Cartoons e Caricaturas de algumas personalidades, e figuras do panorama nacional e internacional, bem conhecidas do público.

Das 31 caricaturas expostas, no panorama nacional, o destaque vai para as caricaturas de Amália Rodrigues – 2018, Cristiano Ronaldo – 2015 Siza Vieira – 2014, José Saramago – 2015, entre outras. No panorama internacional dastacamos as caricaturas de Charlie Chaplin – 2016, - Ernest Hemingway – 2015,  Woody Allen -  2018,  Kadafi – 2012 , Dalai Lama -2007 e Jair Bolsonaro – 2018.

Refira-se ainda que este artista, natural de Arcozelo em Vila Nova de Gaia é detentor de um extenso curriculum, do qual destacamos a ilustração de vários manuais escolares, a colaboração no Jornal “ A Flor do Tâmega”. Professor de Educação Visual desde 1994, realizou várias exposições individuais e colectivas.

Premiado em vários festivais nacionais e internacionais tais como: Azerbaijão, Bósnia, Brasil, China, Egito, Espanha, Grécia, Irão, México, Kosovo, República Checa, Roménia, Rússia, Sérvia, Turquia e Ucrânia.

Nos vários anos dedicados a esta arte, o artista conta também  no seu palmarés com vários prémios, e menções honrosas.

MUSEU DE CAMINHA PROMOVE VISITA GUIADA À EXPOSIÇÃO CORPO, ABSTRAÇÃO E LINGUAGEM NA ARTE PORTUGUESA – OBRAS DA SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA NA COLEÇÃO DE SERRALVES

Ambas as iniciativas decorrem sábado

No âmbito da exposição “Corpo, Abstração e Linguagem na Arte Portuguesa” – obras da Secretaria de Estado da Cultura (SEC) na Coleção de Serralves, o Museu Municipal de Caminha vai promover sábado, dia 7 de setembro, uma visita guiada e uma oficina destinada às famílias. No dia 20, vai decorrer uma formação para técnicos e professores. As inscrições já estão a decorrer.

A visita guiada à exposição terá lugar já no sábado, dia 7, a partir das 11H00, e dirige-se ao público em geral. A partir das 15H00, vai decorrer a oficina destinada às famílias.

No dia 20 de setembro, decorrerá a formação dirigida a educadores, professores (dos vários níveis de ensino) e técnicos de serviços educativos no sentido de lhes oferecer um enquadramento geral da exposição, assim como algumas ferramentas de mediação com os objetos expositivos que lhes permitam posteriormente conduzir, de modo autónomo, atividades educativas dirigidas a crianças, jovens e adultos.

Ambas as iniciativas carecem de inscrição e são gratuitas.  Esta atividades vão ser dinamizadas pelos serviços educativos do Museu de Serralves.

Recorda-se que a exposição “Corpo, Abstração e Linguagem na Arte Portuguesa” – obras da Secretaria de Estado da Cultura (SEC) na Coleção de Serralves, está patente ao público até ao dia 20 de outubro.

“A exposição representa, por um lado, os primórdios da constituição da Coleção de Serralves e, por outro, uma perspetiva muito singular sobre a arte produzida em Portugal entre as décadas de 1960–80. As obras escolhidas atestam os diversos níveis de diálogo e confluência formais que os artistas portugueses souberam estabelecer entre si e com o contexto internacional a partir do pós-guerra. Uma das particularidades mais notáveis da arte portuguesa neste longo período de consolidação das práticas artísticas em Portugal foi a relativa indiferença ou o recurso instrumental aos aspetos mais conceptuais e performativos da arte, não obstante alguns artistas se terem dedicado a eles, como Graça Morais, António Palolo e José de Carvalho, ou até terem sido incontornáveis e essenciais em períodos específicos das carreiras de Alberto Carneiro, Ângelo de Sousa e Julião Sarmento. O que esta exposição procura verificar é o modo como a pintura e a escultura enquanto meios resultaram primordiais a todos estes artistas e às suas indagações artísticas e filosóficas”.

A exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo das 10H00 às 13H00 e das 14H00 às 18H00 e a entrada é gratuita.

BARCELOS RECEBE "A MAIOR EXPOSIÇÃO DO MUNDO"

Biblioteca Municipal de Barcelos recebe “A maior exposição do mundo”

“A maior exposição do mundo” abre ao público na próxima sexta-feira, dia 6 de setembro, às 14h30, na Biblioteca Municipal de Barcelos e estará patente até 30 de setembro. Nela estarão presentes as histórias e ilustrações de Simão Lopes, o artista, que frequenta o Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) da APACI – Associação de Pais e Amigos da Crianças Inadaptadas, e que já criou mais de 30 histórias infantis e ilustrou mais de 1.200 desenhos sobre as mesmas, ao longo de onze anos de criação.

ExpSimaoLopes2019_AgendaBarcelos.jpg

Tudo começou no dia em que o Simão descobriu o desenho, mas só em 2008, no Centro de Atividades Ocupacionais, nasceu, pelo traço deste artista, a Rita, personagem preferida do Simão e que o acompanha até hoje. A Rita vive na cabeça do Simão e ela sabe tudo sobre ele. A Rita tem um amigo chamado Bobi, o seu cão, fiel e companheiro. O Simão viajou pelo mundo da fantasia, explorando a sua criatividade, através da escrita de histórias, inspiradas em filmes e contos infantis que o marcaram ou mesmo sobre lendas e tradições da sua terra, do seu país e do mundo. Posteriormente, ilustrou cada frase das suas criações literárias, desenhando a lápis de grafite, sem usar uma única vez a borracha. A Rita, e por vezes o Bobi, viajaram por esse mundo de fantasia e imaginação.

Em 2011, nasceu o seu primeiro livro, “As Aventuras da Rita e o Tesouro do Castelo” e o Simão, não mais parou de escrever e ilustrar … até hoje! Algumas histórias já saltaram para a hora do conto e para o teatro e viajaram pelas escolas do concelho pelas suas palavras!

Simão Pedro Fernandes Lopes nasceu em Barcelos a 2 de novembro de 1989. Frequentou o ensino básico no concelho até ao 9ºano. Posteriormente, integrou a APACI, Associação de Pais e Amigos das Crianças Inadaptadas, por apresentar uma perturbação do espetro do autismo. Passou pelas valências, Centro de Formação Profissional da instituição e, desde 2008, que frequenta o Centro de Atividades Ocupacionais (CAO), onde se encontra até hoje. O Simão conta com a sua participação em vários projetos, principalmente na área das artes que o preenchem como pessoa e artista.  Dá a cara por projetos na área do teatro como ator, na música, na pintura, no desenvolvimento da escrita criativa com histórias infantis, guiões para teatro e ilustrações para histórias. Já criou mais de trinta histórias infantis e mais de 1.000 ilustrações, desde que entrou para a “família” CAO-APACI.  Em 2011, editou o seu primeiro livro com o apoio da APACI e da Câmara Municipal de Barcelos, com o título de “As Aventuras da Rita e o Tesouro do Castelo”, cujo lançamento foi feito na Feira do Livro de Barcelos. 

Algumas das suas histórias foram apresentadas pelo próprio, primeiro, na Hora do Conto, nas escolas do concelho, com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos. Ao longo dos últimos anos, algumas dessas histórias transformaram-se em verdadeiros guiões de curtas peças teatrais e musicais, que também fizeram itinerância nas escolas. O Simão apresentou assim, três sketchs teatrais de A Rita Sabichona: Rita e os perigos; Rita e as Drogas e, por último, Rita e a Internet, onde se funde a sua criatividade com uma componente pedagógica das temáticas.

Muitas das suas histórias e dos seus desenhos foram criados em casa, a seu pedido, no seu recanto, como forma de terapia, uma vez que o Simão adora criar, escrever e ilustrar as histórias. Para além das artes, participa em diversas atividades semanais do CAO, é um excelente nadador, inclusive já participou em campeonatos e possui um posto de trabalho semanal numa empresa local, dinamizando as ASUS (Atividades Socialmente Úteis). 

BARCELOS EXPÕE: D. ANTÓNIO BARROSO: UM BISPO COLECIONADOR

Capturarbrrrr.PNG

ANTÓNIO BARROSO

No dia em que se celebra mais um ano sobre a morte de D. António Barroso, a ACOBAR, convida-o a visitar a exposição onde poderá ficar a conhecer a vasta coleção de moedas que D. António Barroso deixou à cidade. No seu testamento dois pontos se destacam “Nasci pobre, rico não vivi, e pobre quero morrer” e “Lego ao Municipio de Barcellos a minha pobre collecção de moedas, como base d´uma mais ampla collecção, que o mesmo Municipio constitua, com obrigação de ser exposta. É o que posso oferecer á minha querida terra”.

Nascido em Remelhe, a 5 de novembro de 1854, António José de Sousa Barroso, faleceu no Porto, em 31 de agosto de 1918. Formou-se no Colégio das Missões Ultramarinas de Cernache do Bonjardim, foi missionário no Congo e Angola, foi Bispo em Heméria, Moçambique, em Meliapor, India e no Porto, Portugal.António Barroso, ficou conhecido pela sua generosidade e bondade, a imprensa da época deu-lhe o nome de “bispo esmoler”. D. António de Castro Meireles, bispo que lhe sucedeu no governo da diocese referiu: A sua bondade era o traço mais saliente de toda a sua vida. Dos pobres e dos humildes fez seus amigos de todos os dias”.

Em 1992, é iniciado o processo de beatificação e canonização e a 16 de maio de 2017, o Vaticano reconhece-se as suas Virtudes Heroicas.

A exposição pode ser vista de 31 de agosto a 30 de setembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A entrada de visitantes ás exposições é gratuita.

Visite-nos em:

https://www.facebook.com/ACOBAR.Barcelos/
https://www.instagram.com/acobar_barcelos/
https://twitter.com/acobar_barcelos

Ou através do nosso sitio em www.acobar.pt e mantenha-se a par de todas as novidades.

ACOBAR - Associação Coleccionismo de Barcelos

EXPOSIÇÃO EM MONÇÃO REÚNE “TESTEMUNHOS DE GUERRA”

A inauguração da exposição "Testemunhos de Guerra", tem lugar no próximo dia 16 de agosto (sexta feira), pelas 15h30, na Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção da Universidade do Minho, localizada na vila de Monção. Esta exposição estará patente ao público até ao final do mês de agosto.

67753743_2418881728165315_4300797804298633216_n.jpg

Resumo da exposição:

«Entre 1961 e 1975 Portugal protagonizou em África um dos mais marcantes conflitos militares da sua História recente. A negação do regime do Estado Novo em compreender as mudanças geopolíticas, no pós 2ª Guerra Mundial, em particular em África, onde foram surgindo novos países, dificultou as opções por soluções políticas que permitissem uma transição pacífica para a independência das suas colónias de Angola, Guiné e Moçambique. 
Neste contexto vai ocorrer um conflito entre os grupos independentistas e as tropas portuguesas, caraterizado por uma guerra subversiva, sobretudo com ações no mato e pautado por atos de guerrilha, surpresa e emboscada, através dos quais os movimentos de libertação procuravam criar um constante sentimento de instabilidade nas populações. Ainda hoje esta guerra serve de caso de estudo pelo seu caráter tão específico, pela vastidão dos territórios onde ocorreu e pelo esforço, humano, logístico e financeiro que exigiu».

A exposição divide-se em diversos momentos, com uma componente fotográfica que retrata vários aspetos da Guerra, complementada com armamento e equipamentos militares em uso na época.

Horários:

terça a sexta feira: das 09h30 às 12h00 e das 14h00 às 17h00

sábado: das 14h00 às 19h00

domingo e segunda feira: encerrada

Produção e Montagem: Museu Militar do Porto

Organização: Casa Museu de Monção e Liga dos Combatentes Núcleo de Monção

A entrada é livre!

JORGE BRAGA EXPÕE EM ESPOSENDE

Exposição de Jorge Braga nos Paços do Concelho de Esposende

Está patente ao público, desde hoje, a “EXPOÉTICA, A conquista do mundo em três tempos - Elementos e Mutação”, revelando os trabalhos do artista plástico esposendense Jorge Braga. No edifício camarário está patente a vertente escultórica, enquanto o Centro de Informação Turística acolhe a pintura.

exposend.jpg

Na abertura da exposição, o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, destacou a importância do apoio concedido pelo Município a todos os artistas locais, ação que se enquadra no projeto cultural que prevê a valorização do património herdado e na criação artística atual.

“Jorge Braga tem-se assumido pelo seu valor, conforme foi recentemente reconhecido com o prémio conquistado na Artcom Internacional, na Figueira da Foz, na categoria de escultura”, destacou Benjamim Pereira, vincando a importância de uma parte da exposição estar patente num local de grande movimento público: os Paços do Concelho.

“Daremos sempre palco aos artistas locais, independentemente da vertente cultural”.

Por seu turno, Jorge Braga vê esta exposição como uma forma de “retribuir os convites que recebe para expor em diversos pontos do país e do estrangeiro. Tenho amigos que me levam até à terra deles, para expor e, com esta iniciativa, pretendo também atrair os meus amigos artistas até Esposende”.

A EXPOÉTICA vai na quinta edição, sendo a primeira vez que se realiza fora da Casa da Juventude, numa iniciativa de descentralização cultural do Município de Esposende que terá continuidade em ações previstas para um futuro próximo.

Os trabalhos estarão expostos até ao final do mês de agosto.

MUNICÍPIO DE VIZELA INAUGURA SALA DE EXPOSIÇÕES JOAQUIM DA COSTA CHICÓRIA

A Câmara Municipal de Vizela vai inaugurar a sala de exposições Joaquim da Costa Chicória, no próximo dia 5 de agosto, pelas 22.00h.

JCC.jpg

De destacar que Vizela não dispõe de uma sala de exposições, sendo esta uma forma de colmatar mais uma lacuna no nosso Concelho, reforçando a aposta na política cultural e criando condições para promover os vizelenses.

Joaquim da Costa Chicória, Vizelense ilustre, Compositor, Maestro e Trompetista. Grande intérprete, regente e compositor musical. Organizou, em finais do século XIX, com os irmãos, um quarteto que atuava no café Madrid, interpretando só composições da sua autoria. Mais tarde, “A Banda dos Irmãos Chicória” tornou-se uma das mais prestigiadas do norte do país, ficando célebres composições suas.

Com a atribuição do nome Joaquim da Costa Chicória à nova sala de exposições da Loja Interativa de Turismo, a Câmara Municipal presta assim uma homenagem pública a um ilustre vizelense cujo nome ficará para sempre ligado ao Município de Vizela.

PUSKAS EXPÕE NA CASA MUSEU DE MONÇÃO

Primeiro evento de arte "Putos com pinta" do artista Puskas na Casa Museu de Monção/Universidade do Minho

O evento resume-se ao seguinte: uma exposição do artista monçanense Puskas na Sala de Conferências da Casa Museu de Monção e outra nos Jardins da Casa.

pastedImage (2).png

Este evento trabalha diversas áreas, de uma forma educativa e lúdica. Além da pintura, terá a presença de contadores de histórias, entre outros, em suma, pretende-se que a criança desenvolva a sua criatividade.

Nesta primeira semana o pintor ensinará e ajudará os jovens artistas nas sequências dos seus trabalhos, os quais na semana seguinte marcarão presença numa exposição com todos os trabalhos elaborados pelos “putos com pinta” expostos de uma forma elegante pelos espaços dos jardins.

Serão premiados os três primeiros trabalhos, nomeadamente o primeiro com um tablet. Para tal, serão convidadas algumas pessoas da área, para a seleção das mesmas.

Numa segunda fase, alguns dos artistas “com pinta” serão convidados a participar num trabalho mural em conjunto com o artista Puskas e que será oferecido à Casa Museu.

O “atelier” decorrerá apenas da parte da manhã.

A exposição “crianças com pinta”, terá lugar no jardim.

Haverá também, uma noite musical dia 13 pelas 22:30H com os artistas/cantores, convidados pelo pintor, Andrea Pousa e Enrique Queimam e ainda o poeta Valeriano Varela.

A entrada é livre!

Muito agradecemos a sua visita e a melhor divulgação da exposição.

Horário da Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho:

terça a sexta feira: das 09h30 às 12h00 e das 14h00 às 17h00

sábado: das 14h00 às 19h00

domingo e segunda feira: encerrada

Mais informações em: 

www.casamuseumoncao.uminho.pt 
www.facebook.com/pages/Casa-Museu-de-MonçãoUniversidade-do-Minho/809321412454696

MostrART REGRESSA AO ESTAÇÃO VIANA SHOPING

Exposição de ilustração, fotografia e arte digital, de 5 de agosto a 1 de setembro, em galeria efémera

Inaugura no próximo dia 5 de agosto, em galeria efémera, no segundo piso do Estação Viana Shopping, uma exposição de ilustração,  fotografia e arte digital. MostrART é o nome da mostra que os visitantes podem conhecer até dia 1 de setembro.

image_processing20190729-19523-1boxn1n.jpg

Durante o mês de agosto, o Piso 2 será então palco de mais uma edição da MostrART, este ano subordinada ao tema “O Futuro”. Artistas nacionais e internacionais recorrem à fotografia, ilustração e arte digital com o objetivo de alertar e transformar comportamentos e mentalidades para um tema ou preocupação atual.

O que é o Futuro? O que será que este nos reseva? A temática “O Futuro, Que Futuro, Qual Futuro”, da edição de 2019 da MostrART, pretende estimular a reflexão de todos os visitantes relativamente ao desconhecido e para o que pode ser o futuro que temos medo que chegue, o que pode ser o futuro que queremos, o ideal, ou o futuro para do qual não temos como fugir.

Esta é a 7ª edição da MostrART, que pelo 5º ano consecutivo se apresenta no Estação Viana Shopping em galeria efémera. O MostrART tem vindo a constituir-se como um ponto alto no que diz respeito à divulgação artística contemporânea, abordando temas marcantes da atualidade. O objetivo da mostra é precisamente o de estimular a reflexão, a discussão e, se possível, contribuir para uma mudança de mentalidade.

Sobre o Estação Viana Shopping

Inaugurado em 2003, o Estação Viana Shopping é a superfície comercial de referência na cidade de Viana do Castelo e na região Minho litoral. Com 92 lojas, distribuídas por três pisos, tem cerca de 19.182 m2 de Área Bruta Locável (ABL). A arquitetura do Centro é única, com a linha do comboio a atravessá-lo. A par com as lojas de roupa, acessórios, sapatarias, decoração, telecomunicações e serviços os visitantes podem usufruir da zona de restauração e dos mais de 600 lugares de estacionamento. O Estação Viana Shopping oferece ainda aos visitantes uma esplanada panorâmica e o vianamini, um espaço infantil gratuito, inspirado na temática dos comboios e destinado a crianças entre os 2 e os 9 anos de idade. A par da experiência única de compras e de lazer que oferece aos seus clientes, o Estação Viana Shopping assume a responsabilidade de dar um contributo positivo para um mundo mais sustentável, trabalhando ativamente para um desempenho excecional nas áreas ambiental e social. Todas as iniciativas e novidades sobre o Centro podem ser consultadas no site www.estacaoviana.pt e na página de Facebook disponível em www.facebook.com/estacao.viana.

SANTA MARTA DE PORTUZELO REALIZA SEMANA CULTURAL

Semana Cultural 2019

Deu inicio na Antiga Escola de Fonte Grossa a Semana Cultural 2019, da responsabilidade da Junta de Freguesia, que ser alargará até ao dia 29 de julho.

Semana Cultural 2019.jpeg

Poderão visitar exposições de materiais da responsabilidade de Juberta Lajoso, o Núcleo Museológico do Linho, uma exposição sobre sacos de pão, uma mostra dos vinhos Phulia e uma exposição sobre o tema “Resíduos para onde vais”, da responsabilidade dos SMSBVC e do CMIA.

No final da noite tivemos, no Souto de Santa Marta, apresentações do grupo de hip-hop da ACDSMP e apresentação da Escola de Folclore.

As exposições podem ser visitadas até ao dia 28, entre as 21h30 e as 23h30.

No dia 26 será apresentado o estudo gerontológico da freguesia, no dia 27 será apresentada uma brochura e um vídeo da freguesia, no dia 28 será divulgado o Prémio Vida, no dia 29 será o convívio da Preguiça.

Semana Cultural 2019_1.jpeg

Semana Cultural 2019_2.jpeg

Semana Cultural 2019_3.jpeg

Semana Cultural 2019_4.jpeg

Programa Semana Cultura.jpeg

CABECEIRAS DE BASTO APRESENTA "MULHERES DE BUCOS"

Exposição de Helena Cardoso no Museu de Alberto Sampaio com ‘Mulheres de Bucos’. Inauguração decorreu no passado dia 19 de julho em Guimarães

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, esteve presente na inauguração da Exposição de Arte Têxtil Contemporânea ‘Narrativas’ da designer Helena Cardoso, evento que decorreu na passada sexta-feira, dia 19 de julho, no Museu de Alberto Sampaio, em Guimarães. O evento assinalou o arranque da iniciativa ‘Museu à Noite’ e contou com a participação das ‘Mulheres de Bucos’.

Exposição de Helena Cardoso no Museu de Alberto Sampaio com ‘Mulheres de Bucos’.jpg

Helena Cardoso, designer portuense que trabalha o têxtil, colabora há já vários anos com as ‘Mulheres de Bucos’ e com a Casa da Lã, Cabeceiras de Basto. Nesta exposição, a designer apresenta peças de tecelagem de várias tipologias e formatos que combinam tradição e modernidade.

Durante a inauguração, as artesãs – ‘Mulheres de Bucos’ - que colaboraram na criação de algumas composições têxteis (no tear), animaram o evento com os seus cantares tradicionais da aldeia.

A diretora do Museu de Alberto Sampaio, Dra. Isabel Fernandes, ela que é também a responsável pelo Paço dos Duques e Castelo de Guimarães, e a designer Helena Cardoso, autora da Exposição ‘Narrativas’, receberam também neste evento a vice-presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Dra. Adelina Pinto, a diretora do Centro de Emprego do Médio Ave, Dra. Helena Chaves, o membro da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Dr. Domingos Machado, entre muitos outros convidados e público em geral.

Considerada uma das mais originais artistas no contexto da arte têxtil contemporânea portuguesa, Helena Cardoso apresentou no Museu de Alberto Sampaio um processo criativo singular e inovador no desenvolvimento de peças que combinam design e tradição, valorizando a cultura e identidade nacionais.

“Combinando teias de linho com tramas de seda natural, lã e elementos da natureza, a artista justapõe e intercala estes materiais com elementos em plástico e papel, compondo tramas e matizados de diferentes texturas e transparências que vão contrastar com a solidez do granito” refere a organização da exposição.

De salientar igualmente que Helena Cardoso colabora há muitos anos com artesãs de aldeias do norte do país, como é o caso da aldeia de Bucos, Cabeceiras de Basto, onde fomentou a renovação dos saberes tradicionais, na Casa da Lã com as ‘Mulheres de Bucos’.

A Câmara Municipal felicita a designer pela exposição, congratula-se com a realização desta mostra no Museu de Alberto Sampaio e orgulha-se pela colaboração das ‘Mulheres de Bucos’.

BARCELOS MOSTRA ARTESANATO E CERÂMICA

37.ª edição da Mostra de Artesanato e Cerâmica reforça identidade cultural do concelho

Catorze dias em que o Artesanato é o Rei e o destaque são os artesãos

A 37.ª Mostra de Artesanato e Cerâmica de Barcelos, que decorre de 2 a 15 de agosto, no Parque da Cidade, apresenta, mais uma vez, um programa de qualidade, em que o principal objetivo é a promoção do artesanato e dos artesãos.

Júlia Côta_workshop.JPG

A Mostra continua a ser o evento do ano na área do artesanato, afirmando Barcelos como Cidade Criativa da UNESCO trazendo à cidade muitos milhares de pessoas, mantendo um cruzamento harmonioso com a gastronomia e os vinhos, a música popular e o folclore nacional e internacional. Este ano a mostra conta também com a presença de uma representação da Cidade Criativa de Gabrovo da Bulgária.

São mais de 130 artesãos, 86 dos quais de Barcelos,  que estão representados neste certame, que conta com cerca de 140 stands espalhados pelas várias áreas do recinto do Parque e com um vasto programa de animação, do qual se destacam os espetáculos de Carminho, do barcelense Victor Rodrigues, Tânia Sampaio ou Zézé Fernandes e o já habitual folclore internacional.

A abertura oficial acontece no dia 2 de agosto, às 18h00, com visita aos expositores e desfile dos grupos de folclore internacional que participam no Festival do Rio 2019 e que também atuam no palco principal da Mostra, no dia de abertura, às 22h00, e também nos dias 5, 6 e 8.

A maior mostra de criatividade em Portugal vai ser novamente um palco de criatividade e de afirmação de Barcelos como grande polo criativo das artes e ofícios tradicionais em Portugal, nos domínios tradicionais e no artesanato contemporâneo, bem como das Queijadinhas de Barcelos e Vinhos verdes.

À semelhança dos anos anteriores, a edição deste ano da Mostra vai brindar o público com diversos espetáculos musicais, arruadas pelos grupos folclóricos e etnográficos, animação de rua e outras atividades que, ao longo da iniciativa, vão animar quem visita o concelho. Depois do sucesso dos dois anos anteriores,  os workshops diários com artesãos do concelho de diversas áreas, dedicados a vários temas, voltam a marcar presença uma vez que conquistaram um lugar de destaque nesta Mostra.

O ponto alto da Mostra é a 9.ª edição da Gala do Artesanato, no dia 10, às 22h00, na qual serão entregues os prémios Carreira, Inovação, Revelação Artesanato Contemporâneo e Revelação Artesanato Tradicional.

A Praça da Alimentação, com a aposta nos sabores tradicionais da região e com música ao vivo, mantém-se como uma das principais atrações do evento.

No plano musical, são muitos os destaques do cartaz. A cantora Carminho atua no dia 3; a música folk portuguesa volta a estar em evidência com os espetáculos de Sérgio Mirra, no dia 4, e do barcelense Victor Rodrigues no dia 9; a música tradicional estará em destaque com o espetáculo de Trastes que atuam no dia 7; no dia 12 é a vez de  Tânia Sampaio; o folk popular destaca-se com Zezé Fernandes no dia 13 e, o evento terminará em grande euforia com o festivo Amigo Loureiro de Barcelos, e muitos outros que farão desta edição um verdadeiro sucesso.

Diariamente, haverá animação de rua e arruadas pelo recinto protagonizadas por grupos de folclore do concelho. Os mais novos poderão divertir-se no parque de insufláveis colocado no Pavilhão Municipal.

Este ano a Feira do Melão, ainda que na Avenida da Liberdade, volta a fazer parte da Mostra nos dias 3 e 4 de agosto o que reforça ainda mais a vertente eclética da Mostra de Artesanato.

A Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica de Barcelos estará aberta de segunda a sexta-feira, das 18h00 às 24h00, e ao fim de semana e no feriado 15 de agosto, das 16h00 às 24h00.

O certame tem como objetivo promover o artesanato e os artesãos, sendo o grande evento anual, afirmando Barcelos como capital do artesanato e trazendo à cidade muitos milhares de pessoas, mantendo um cruzamento harmonioso com a gastronomia e os vinhos, a música popular e o folclore nacional e internacional.

37mostra_cartaz (1).jpg

Chapéus de palha de Cambeses.jpg

Galos de Barcelos.JPG