Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

SARAH MCCOY COM DIGRESSÃO EM PORTUGAL ATUA EM BRAGA E PONTE DE LIMA

Sarah McCoy, cantora norte-americana que editou em janeiro de 2019 o seu disco de estreia "Blood Siren", regressa a Portugal para uma digressão de 6 datas que começa a 25 de outubro e que vai passar em Ovar, Ponte de Lima, Lisboa, Guarda, Santarém e Braga.

unnamedsdoes2.jpg

Sarah McCoy já foi descrita como uma espécie de Bessie Smith com uma pincelada de Amy Winehouse. Uma pequena porção de Janis Joplin e algo de Tom Waits. E ainda qualquer coisa de Fiona Apple. O seu universo não desagradaria a Kurt Weill. Estas referências podem ser úteis para quem ainda não conhece Sarah McCoy. Os restantes sabem que esta compositora e intérprete não se assemelha a ninguém, que a sua voz e carisma são únicos e marcantes logo ao primeiro instante no palco.

"Blood Siren" é o aguardado trabalho de Sarah McCoy, editado a 25 de janeiro de 2019 pela Blue Note. A produção ficou a cargo de Renaud Letang (FeistManu ChaoCharlotte GainsbourgJane BirkinMocky) e do conceituado pianista canadiano Chilly Gonzales, com quem a diva americana se cruzou em 2017 no festival ARTE Concert, em Paris — onde reside actualmente.

Esta digressão nacional arranca a 25 de outubro no Centro de Arte de Ovar, passando depois por outras salas emblemáticas como o Teatro Diogo Bernardes em Ponte de Lima (26/10), o Centro Cultural de Belém em Lisboa (27/10), o Teatro Municipal da Guarda (31/10), o Teatro Sá da Bandeira em Santarém (01/11) e, finalmente, no Theatro Circo em Braga (02/11).

unnamedsaradoes (1).jpg

FAMALICÃO ESTEVE PRESENTE NA TEXWORLD USA COM INOVAÇÃO TÊXTIL

Presença de empresas em evento de referência internacional facilitado pela atribuição dos vouchers internacionalização

O Município de Vila Nova de Famalicão e quatro empresas têxteis famalicenses (Dune Bleue, Marjomotex, Olmac e Scoop) mostraram o seu potencial têxtil ao mundo a partir de Nova Iorque com a participação  na Texworld, que decorreu de 22 a 24 de julho, e que reuniu os maiores e melhores atores internacionais da área têxtil e do vestuário.

Famalicão na Texworld.jpg

O município de Famalicão ocupou um stand do evento com a marca Famalicão Cidade Têxtil e a presença das empresas famalicenses no certame foi apoiada pela autarquia através da atribuição de Vouchers Internacionalização, que resultam da parceria estabelecida com a ATP – Associação Têxtil e do Vestuário. De resto, esta participação foi preparada em colaboração com a Associação Selectiva Moda, através do projeto From Portugal.

O vereador da Economia, Inovação e Internacionalização, Augusto Lima, acompanhou a participação famalicense e não teve dúvidas em traçar um balanço muito positivo da comitiva “com o estabelecimento de inúmeros contatos com fabricantes e fornecedores das mais diversas proveniências que estão na linha da frente do desenvolvimento e da inovação têxtil”. Foi precisamente inovação tecnológica e técnica associada ao setor que Vila Nova de Famalicão mostrou nos Estados Unidos como, por exemplo, o casaco Musgo desenvolvido pela Scoop equipado com iluminação inteligente com fibras óticas destinado a quem anda a pé ou de bicicleta.

“Foi uma experiência fantástica do ponto de vista dos expositores. Sentimos que a nossa presença naTexworld ajudou a  reforçar o desenvolvimento dos nossos negócios com os Estados Unidos”, testemunhou Daniel Pinto, diretor da Scoop.

Famalicão na Texworld 2.jpg

MINHOTOS NOS EUA: BARQUENSES + ARCUENSES = BARCUENSES!

Constituído sobretudo por naturais e descendentes de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, o Rancho Folclórico Barcuense iniciou a sua actividade em 1977, na cidade de Newark, New Jersey, tendo mantido-se em actividade até 1981.

60773188_2333277610295219_6376711981293895680_n.jpg

Após mais de duas décadas de interreg-no, o Rancho Folclórico Barcuense ressurge e desde então nunca mais parou de actuar. Em Portugal e nos Estados Unidos da América, em França e no Canadá, são numerosos os palcos que tem pisado levando as tradições da nossa região.

Nas imagens, a Rusga do Barcuense… que significa a união entre barquenses e arcuenses onde quer que se encontrem!

Fotos: Rancho Folclórico Barcuense

60742241_2333277556961891_216685150237360128_n.jpg

60781895_2333277846961862_3601949970325831680_n.jpg

60789136_2333278423628471_4088824933264654336_n.jpg

60797000_2333277776961869_4124437298844532736_n.jpg

60805759_2333277720295208_7044026350063058944_n.jpg

60878298_2333278196961827_3261795419545403392_n.jpg

60885089_2333277953628518_7603017069486931968_n.jpg

60966017_2333278100295170_125522047018205184_n.jpg

61051367_2333278963628417_2826079057609752576_n.jpg

61223699_2333277666961880_6639571246893760512_n.jpg

61545925_2333279376961709_7793411878796918784_n.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ ESTREITA COOPERAÇÃO COM OS PARQUES NACIONAIS DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

Câmara Municipal de Arcos de Valdevez em encontro com representantes dos Parques Nacionais dos Estados Unidos da América

O Presidente da Câmara Municipal participou recentemente numa reunião com o vice-presidente dos Parques Nacionais dos Estados Unidos da América e representantes da Embaixada Americana em Portugal.

Capturararccos.PNG

Este foi um momento que serviu para a troca de contactos e experiências entre os vários participantes e abriu espaço para um diálogo mais vantajoso entre o ICNF, as Autarquias e o representante dos Parques Nacionais dos EU.

O objetivo deste encontro consistiu em congregar os esforços e os talentos de ambas as partes no sentido de promover o desenvolvimento sustentável destes territórios, mantendo o equilíbrio entre o Homem e a Natureza.

Tratou-se de uma oportunidade única para promover o Parque Nacional Peneda Gerês e para o fortalecimento dos laços entre as entidades, visando ao mesmo tempo o estabelecimento de cooperação entre o PNPG e os Parques Nacionais americanos.

Capturaraaaarrrrccc.PNG

PNPG- Arcos de Valdevez_ foto Eduardo Pimenta.JPG

Portocova1-branda_2.jpg

ARCUENSE JACK BARREIRA É O NOVO PRESIDENTE DA CASA DO MINHO EM NEWARK

Jack Barreira – natural de Arcos de Valdevez – foi eleito presidente da Casa do Minho acaba de ser eleito presidente da Direcção da Casa do Minho em Newark, no Estado de New Jersey.

17499466_10212977724946649_6561426647348458096_n.jpg

No passado domingo, decorreu uma assembleia geral do clube que serviu para a nova direcção tomar posse.

Fonte: http://www.lusoamericano.com/

13501704_10210133360759322_8500866941915842410_n.jpg

DSCN7785 (1).jpg