Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FEDERACIÓN ESPAÑOLA DE AGRUPACIONS DE FOLCLORE: O FOLCLORE DAS VÁRIAS NACIONALIDADES DE ESPANHA

Os grupos folclóricos de Espanha também possuem a sua federação de folclore. Trata-se da Federación Española de Agrupacions de Folclore (FEAF) e inclui associações das mais diversas nacionalidades e povos que fazem parte do Estado Espanhol, desde a Galiza às Canárias, Ceuta, Catalunha, Euskadi, Extremadura que inclui Olivença e, naturalmente, Castela. O seu site oficial possui o seguinte endereço: http://www.rfeaf.org/

Capturarfedespanhfolk.PNG

RIO MINHO DEVE TER INTERVENÇÃO TERRITORIAL INTEGRADA

“O Rio Minho Transfronteiriço preenche todos os requisitos para ter uma ITI. Haja vontade política dos Estados-Membros”

O Vice-diretor do AECT Rio Minho e Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira não tem dúvidas de que o território do rio Minho Transfronteiriço deve ser encarado como “um espaço piloto entre Portugal e Espanha para a implementação de um modelo inovador para a aplicação de políticas de desenvolvimento territorial, ou seja, uma Intervenção Territorial Integrada (ITI)”. A convicção foi manifestada, esta segunda-feira, durante as jornadas de trabalho em torno do futuro financiamento da “Estratégia Rio Minho Transfronteiriço 2030” que reuniu, em Tomiño, especialistas estatais, regionais e representantes de todas as entidades locais do território.

Xornadas ITI 1.jpg

Organizado pela Deputación de Pontevedra e pelo Grupo Ante da Universidade de Compostela, o encontro de dois dias serviu para conhecer e debater a Intervenção Territorial Integrada (ITI), um inovador instrumento impulsionado pela Comissão Europeia durante o período 2014-2020 que, para os autarcas do Vale do Minho Transfronteiriço, poderá ser a chave de financiamento da estratégia comum futura.

Segundo Fernando Nogueira, a constituição do AECT - Rio Minho (CIM Alto Minho e Deputación de Pontevedra), em fevereiro de 2018, e o posterior trabalho no desenvolvimento de uma estratégia sustentada, dota este território de todas as condições para uma efetiva aplicação da figura de uma ITI transfronteiriça, na lógica da Política de Coesão da UE e prevista no Plano Nacional de Coesão Territorial aprovado pelo Governo Português.

Apresentado como “um modelo inovador para a aplicação de políticas de desenvolvimento territorial transfronteiriço que introduzem comprovadamente maiores níveis de eficiência e eficácia na aplicação de fundos comunitários”, o Rio Minho Transfronteiriço apresenta todos os requisitos necessários: “temos um território de intervenção adequado, uma estratégia de desenvolvimento participada, um instrumento de governança robusto (AECT Rio Minho), uma vasta experiência na gestão de projetos apoiados pelos fundos comunitários e, acima de tudo, existe vontade política. Essa mesma vontade a tenham os Estados-membros, Portugal e Espanha”, disse o autarca cerveirense.

O diretor do AECT, Uxío Benítez, sublinhou que “a implementação de uma ITI conta ainda com a existência de um documento estratégico e de um percurso delineado até 2030”, pelo que a criação deste mecanismo para o território transfronteiriço durante o próximo marco comunitário dos Fundos Europeus “encaixa perfeitamente com o projeto do AECT Rio Minho”.

Um dos casos mais significativos apresentados durante a jornada foi o do ITI italoesloveno de Gorizia/Nova Gorica/ Sempeter-Vrtojba, o único caso de uma ITI transfronteiriça na Europa que, segundo explicou a sua representante, Tanja Curto, tem muitas semelhanças com o caso do Rio Minho Transfronteiriço pelas suas características similares.

Também está a participar neste encontro o expert em financiamento europeu e consultor para a Dirección Xeral de Política Rexional e Urbana da Comissão Europeia (DG Regio), Jonatan Paton, o subdirector adjunto de Cooperación Territorial do Goberno español, Moisés Blanco Maceira ademais de especialistas universitários em diferentes matérias.

As jornadas continuaram durante a manhã desta terça-feira, com uma reunião de todos os representantes das eurocidades da fronteira ibérica para o intercâmbio de experiências e boas práticas, na qual participaram entre outros a alcaldesa de Ayamonte, Natalia Santos (Eurocidade do Guadiana); o regedor de Badajoz, Francisco Javier Fragoso (Eurocidade de Badajoz – Elvas); o alcalde de Tui, Enrique Cabaleiro (Eurocidade Valença-Tui); a alcaldesa de Tomiño, Sandra González (Eurocidade Cerveira-Tomiño), o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Monção, João Oliveira e o secretário executivo da Eurocidade Chaves-Verín, Pablo Rivera Búa.

AECT Rio Minho, 19 novembro 2019

xornadas ITI 3.jpg

KARATEKAS VIANENSES OBTÊM BONS RESULTADOS NO OPEN DE ESPANHA

Os resultados obtidos pelos atletas do Karate Kyokushin de Viana do Castelo na VI COPA SEISHIN KYOKUSHIN - Open de España 2019, que teve lugar no passado dia 9 de Novembro em Barcelona foram os seguintes:

Marta Costa, Campeã de Espanha, cat. 12/13 anos. Ivo Lourenço, 3 lugar, cat. 14/15 anos.

Estes dois Karatecas foram acompanhados pelo seu treinador, o Sensei Luís Pinto.

Atletas Kyokushin Viana.jpg

Com directores do torneio e Sensei.jpg

Ivo Lourenço 3.º 14-15 anos.jpg

Marta Costa campeã de Espanha cat. 12-13 anos.jpg

Sensei e atletas.jpg

Sensei Luís e os 2 atletas.jpg

PONTE DE LIMA PARTICIPA NA FEIRA DO CAVALO DE ALMEIDA E CIUDADE RODRIGO

Feira do Cavalo de Ponte de Lima – Destino Equestre Internacional - Jornadas Equestres Transfronteiriças de Almeida e Ciudad Rodrigo

O Municipio de Ponte de Lima apresentou o evento Feira do Cavalo nas Jornadas Equestres Transfronteiriças de Almeida e Ciudad Rodrigo, que decorreram na passada semana, nos dias 24 e 25 em Almeida.

Ponte de Lima em Almeida.jpg

O programa incluía apresentação das temáticas “Turismo Equestre – Uma aposta transfronteiriça na valorização de territórios de baixa densidade” e “Feiras Nacionais e Internacionais – Impacto Económico Direto e Indireto nos Territórios”.

Neste âmbito abordaram-se os impactos de feiras nacionais e internacionais nos territórios, a utilização do cavalo para fins terapêuticos, o cavalo como elemento cultural dos dois países na zona raiana, e as dificuldades e oportunidades dos criadores de pura raça na região.

O Municipio de Ponte de Lima tem apostado estrategicamente no cavalo como fator de dinamização e promoção económica de uma forma direta e objetiva, trazendo até Ponte de Lima milhares de pessoas de todo o país e de vários países do mundo, à Feira do Cavalo de Ponte e aos restantes eventos equestres.

A Feira do Cavalo de Lima foi apresentada como um caso de estudo nacional pelo retorno direto e indireto para a economia local, a par da visibilidade internacional que projeta a Vila Mais Antiga de Portugal, como um Destino Equestre Internacional.

Estas Jornadas foram Promovidas pelo Município de Almeida em colaboração com o Ayuntamiento de Ciudad Rodrigo – Espanha, e com o apoio e patrocínio da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) e da Junta de Castilla y León.

GRUPO DE FOLCLORE “CASA DE PORTUGAL” EM ANDORRA LEVA O ALTO MINHO A VALLADOLID (ESPANHA)

“O Grupo de Folclore ‘Casa de Portugal’ sediado no Principado de Andorra viajou no passado fim-de-semana à cidade espanhola de Valladolid para participar no 33º Festival de Folklore “Pilarica”.

GFCP_Valladolid19 (3).JPG

A organização do encontro de culturas esteve a cargo do Grupo Coro y Danzas Pilarica e do Ayuntamiento de Valladolid e contou com as presenças, além do grupo anfitrião e do grupo português, do Grupo Folklorico “La Cañada” de Fresno el Viejo (Valladolid) e da Asociación Folklorica “Andrés Laguna” de Segóvia.

Na manhã de sábado a comitiva do Grupo de Folclore ‘Casa de Portugal’ foi recebida pelos organizadores que se disponibilizaram a proporcionar uma visita cultural pelos espaçõs mais emblemáticos da cidade de Valladolid. Pela tarde teve lugar o Festival de Folclore na Praça Rafael Cano que apresentou uma plateia repleta para apreciar as danças tradicionais da região e do folclore do Alto Minho que deslumbrou os assistentes.

O Grupo de Folclore apresentou a vivacidade das danças da Ribeira Lima e da Serra d’Arga e o colorido dos trajes de trabalho e festa caracteristicos da região de Viana do Castelo recebendo calorosos aplausos.

Após o Festival o grupo anfitrião obsequiou os participantes com um jantar convívio onde não faltou a boa disposição, a musica e a dança.

Na manhã de domingo ouve aida tempo para uma visita ao Museu Nacional de Escultura onde os elementos do Grupo foram surpreendidos pela belesa das obras expostas.

De regresso ao Principado de Andorra os componentes do Grupo de Folclore ‘Casa de Portugal’ preparam a participação na maior feira setorial do Principado participando, nos dias 25, 26 e 27, com um stand onde serão degustados produtos típicos portugueses e apreciadas as danças tradicionais do Alto Minho.”

GFCP_Valladolid19 (1).JPG

GFCP_Valladolid19 (2).JPG

TERRAS DE BOURO PARTICIPOU NO CONGRESSO INTERNACIONAL DE TERMALISMO

Município de Terras de Bouro no Congresso Internacional de Termalismo  em Lóbios a 17 e 19 de setembro

O projeto Raia Termal do qual o Município é parceiro reuniu, em Lobios, durante o Congresso Internacional de Termalismo, especialistas de mais de 17 países para analisar o papel do Termalismo no desenvolvimento dos territórios "Raianos" mais afetados pela desertificação. Na cerimónia de abertura, os parceiros do projeto, destacaram valor social do setor termal e o seu contributo para o desenvolvimento da economia nas áreas em que estão localizadas e para a fixação de população nestes territórios.

20190918_090806.jpg

O Congresso subordinado ao tema Termalismo internacional 2021-2027 incidiu sobre a revitalização de territórios e desafios demográficos que visam destacar o valor social do setor termal, bem como tornar visível a importância da atividade económica que gera, atendendo ao facto do setor Termal contribuir para fixar a população e criar emprego nas suas áreas territoriais, espaços rurais que muitas vezes apresentam desequilíbrios demográficos contra os quais a economia termal pode ajudar a lutar.Trata-se de um “desafio demográfico” derivado de realidades como a dispersão populacional, a envelhecimento ou baixa taxa de natalidade, aspetos que devem ser contemplados entre os critérios para definir a próxima distribuição de fundos europeus para o período de Programação 2021-2027, financiamento que pode ser usado por territórios termais que devem melhorar a sustentabilidade e o uso das águas termais.

20190917_084925.jpg

Este evento internacional foi inaugurado no dia 17 e decorreu no Balneário de Lóbios, tendo contado com a presença do Presidente da Confederação Hidrográfica do Miño-Sil, José António Quiroga; o Vice-presidente da Diputación de Ourense, Armando Ojea, da Alcaldesa do concelho de Lóbios, Alcaides dos concelhos de Muiños, Cortegada e Bande, de Espanha, Manuel Tibo, Presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro e José Adriano Lima, Vereador do Câmara Municipal de Melgaço; parceiros no projeto europeu transfronteiriço Raia Termal.

O acontecimento terminou com a realização de viagens de familiarização: Viagens de imprensa “Press trips” e de agentes e operadores económicos “Fam trips” ao concelho de Terras de Bouro, com o objetivo de dar a conhecer e projetar internacionalmente este destino turístico de excelência. Esta visita revestiu-se da maior importância na promoção e divulgação das potencialidades turísticas do concelho, um acontecimento inédito que trouxe a este território agentes e operadores turísticos de 20 nacionalidades distintas o que nos dará projeção internacional e nos posicionará na rota dos destinos procurados pelos turistas provenientes destes países. Durante a tarde do dia 18 foram promovidas várias experiências na área gastronómica, termal de saúde e bem-estar, cultural, religiosa e desportos náuticos e de aventura.

No final destas experiências o grupo participante com cerca de 60 pessoas de 20 nacionalidades distintas expressou o seu profundo agradecimento à organização destas experiências e firmou o seu compromisso em promover e divulgar internacionalmente este destino turístico, através da criação de pacotes turísticos para esta região.

20190918_114155.jpg

20190918_161325.jpg

20190918_161354.jpg

20190918_161512.jpg

20190918_162101.jpg

20190918_162630.jpg

20190918_163924.jpg

20190918_163954.jpg

20190918_172812.jpg

20190918_172850.jpg

20190918_193527.jpg

20190918_193607.jpg

20190918_195935.jpg

20190918_195943.jpg

ENTIDADE REGIONAL DE TURISMO DO PORTO E NORTE PROMOVE EM ESPANHA O NOSSO TURISMO TERMAL

Entidade regional de turismo do Porto e Norte vai participar na Termatália, em Espanha, uma das maiores feiras do setor a nível mundial. Porto e Norte representa 40 por cento da oferta total do País no turismo termal

A Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) vai promover a região como destino de referência no turismo de saúde e bem-estar durante a Termatália, que arranca amanhã e se prolonga até dia 20, em Ourense, Espanha.

PRESIDENTE TPNP (Créditos imagem Gonçalo Villaverde).jpg

Foto: Gonçalo Vilaverde

 

“Temos cerca de 40 por cento da oferta turística de Portugal no que respeita a unidades termais e este é um setor em franco crescimento, em que apostamos afincadamente”, considera Luís Pedro Martins, presidente da TPNP.

TPNP estará presente nesta feira termal, de saúde e bem-estarcom um stand de 36 metros quadrados onde serão realizadas várias ações de promoção em colaboração estreita com os parceiros que atuam nesta área termal. “É fulcral marcar presença neste palco expositivo para dar a conhecer a excelente oferta termal de que dispomos nos quatro sub-destinos da nossa região, Minho, Porto, Douro e Trás-os-Montes”, salienta Luís Pedro Martins.

SPA-s-Talassoterapia-a-norte-de-Portugal (1).jpg

Com unidades termais dispersas por todo o território, o Norte dispõe de 21 balneários termais, muitos deles a funcionar em estreita relação com o ecoturismo e o turismo de natureza. “Conseguimos em muitas unidades da região, que são já uma referência internacional, conjugar a terapêutica tradicional em contexto de balneário termal com uma oferta no domínio da gastronomia que proporciona experiências sensórias únicas”, sustenta o presidente da TPNP.

Termatália é a única feira especializada a nível mundial que representa a ponte termal entre a Europa e a América Latina, reunindo profissionais e empresas de mais de trinta países e facilitando parcerias e negócios. Realiza-se na Expourense, na Galiza, de 19 a 20 de setembro, e a TPNP participa na Bolsa de Contratação Turística, com um conjunto de operadores provenientes da Europa, Ásia e América Latina.

A feira tem uma forte vertente de sustentabilidade e do programa fazem parte simpósios e conferências sobre a importância da água e todas as suas propriedades. Do naipe de participantes fazem parte, para lá das presenças institucionais, centros termais, de talassoterapia e spas, empresas de equipamentos e tecnologias, construção, gestão de recursos hídricos, cosmética, consultoria e formação, municípios termais, hospitais e clínicas.

DSC_00371 (1).jpg

ARCOS DE VALDEVEZ ASSINA TRATADOS DE FRONTEIRA COM LOBIOS E ENTRIMO

O Município de Arcos de Valdevez procedeu recentemente ao reconhecimento dos limites fronteiriços, através da assinatura da correspondente ata de confirmação com os Municípios espanhóis de Lobios e Entrimo. Esta ata decorre do Tratado de Limites entre Portugal e Espanha, datado de 29 de setembro de 1864.

protocolo_2.jpg

A ata de vistoria das fronteiras é assinada, anualmente, numa cerimónia realizada em cada um dos concelhos com limites fronteiriços e posteriormente remetida para o Ministério dos Negócios Estrangeiros e para o Ministério das Relações Exteriores.

Este ano as cerimónias decorreram no concelho de Arcos Valdevez, onde foram assinadas as atas de confirmação entre os Municípios de Arcos de Valdevez e Melgaço com Entrimo e no concelho de Ponte da Barca, onde foram assinadas as atas de confirmação entre os Municípios de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca com Lóbios.

Segundo o autarca arcuense, “Estes atos também permitem aprofundar o relacionamento transfronteiriço entre os Municípios, nomeadamente através da realização de projetos conjuntos de promoção e dinamização dos nossos territórios”.

protocolo_3.jpg

MINHOTOS VÃO À GALIZA ABASTECER AS VIATURAS DE COMBUSTÍVEL

Já se começam a sentir os efeitos de uma greve que, caso se concretize, ameaça paralisar o país inteiro. Na nossa região, é cada vez maior o número de automobilistas e condutores de veículos pesados que vão abastecer as suas viaturas do lado de lá, na Galiza, ou se melhor o entenderem, em Espanha, já que as receitas dos impostos vão direitinhas para os cofres do Estado espanhol.

naom_59157ddf6a4de.jpg

Este protesto prejudica gravemente a economia da nossa região, afecta os emigrantes e os cidadãos em geral – não é um direito mas uma agressão a todos os portugueses! – e uma séria ameaça ao regime democrático. Goste-se ou não, ela coloca em causa o direito à greve e faz questionar os fins e a natureza de alguns sindicatos. Em tempos, também foi assim no Chile…

Estas situações não podem repetir-se por muito mais tempo. Eles que resolvam as suas questões laborais junto das respectivas entidades patronais mas não agridam os cidadãos com este género de paralizações selvagens… por enquanto, sempre que secarem os postos de combustível, os minhotos irão a Espanha abastecer-se… a Galiza está aqui tão perto! Mas, a paciência pode vir a esgotar-se antes do combustível…

Foto: https://www.noticiasaominuto.com/

FOLCLORE DA GRÉCIA, ITÁLIA, SÉRVIA E ESPANHA MOSTRA-SE EM FAMALICÃO

Famafolk realiza-se entre 2 e 4 de agosto em Arnoso Santa Maria, Joane e Famalicão

Realiza-se entre 2 e 4 de agosto a primeira edição do Famafolk, o Festival Internacional de Folclore de Famalicão que vai trazer ao concelho grupos da Grécia, Itália, Sérvia, Espanha e Brasil. No total participam no festival 11 grupos folclóricos, cinco vêm do estrangeiro, apesar de o Rancho Folclórico Maria da Fonte, Casa do Minho, do Rio de Janeiro, ser constituído por portugueses emigrados no Brasil e representar as tradições minhotas.

image61433.jpeg

O evento que tem como objetivo “promover, evidenciar e aproximar a riqueza do património tradicional local, nacional e internacional junto da comunidade” é organizado pela Rusga de Joane, com o apoio do município e foi apresentado em conferência de imprensa na passada sexta-feira.

Nesta primeira edição, o festival decorre nas freguesias de Arnoso Santa Maria, Joane e Vila Nova de Famalicão, sendo que o objetivo é levar o festival às várias freguesias do concelho, de forma alternada. “A ideia é que o festival vá rodando por várias freguesias do concelho, e que a cada edição os grupos de Famalicão participem", como explicou o diretor artístico da Rusga de Joane, Ricardo Carneiro.

“O concelho de Famalicão tem um património tradicional bastante rico e ativo e este evento pretende evidenciá-lo, promove-lo e partilhá-lo com os famalicenses e o público, através da intervenção de grupos nacionais e internacionais convidados”, adiantou o responsável.

Segundo Ricardo Carneiro “esta primeira edição conta já com o apoio do Comité Internacional da Organização de Festivais de Folclore (CIOFF), mas o objetivo é no futuro conseguir o selo CIOFF que tem como condição a participação de oito a dez países e três continentes representados”.

Para já são três dias de muito folclore, com música, cor e tradição. A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão “não poderia ficar de fora deste evento cultural nem deixar de o apoiar”, quem o garantiu foi o vereador da Cultura, Leonel Rocha, que aproveitou a oportunidade para salientar “a aposta que o município tem vindo a fazer no folclore, criando condições físicas de qualidade para desenvolverem o seu trabalho, mas também proporcionando intercâmbios e partilhas com outras culturas”.

No município existem 23 grupos folclóricos, sendo que cada contribui à sua maneira para a memória coletiva do concelho, dando a conhecer e transmitindo as tradições mais ancestrais do território.

A cerimónia de abertura decorre na sexta-feira, 2 de agosto, pelas 15h30, nos Paços do Concelho. Pelas 16h30 decorre um workshop intitulado “Danças do Mundo”, na Praça D. Maria II.

Entretanto, à  noite, pelas 21h30, realiza-se a gala de abertura, no largo da Igreja, em Arnoso Santa Maria, onde irão atual o Folk Group “Dimos Pileas Chortiati” da Grécia, o Gruppo Folk “La Miffrina”, de Itália, o Grupo Etnográfico Rusga de Joane, o Folklore Ensemble Elektroporcelan Arandjelovac, da Sérvia, o Agrupación Folklórica de Guantejina, deTenerife, Espanha e o Grupo Folclórico de Nine.

No sábado, 3 de agosto, o festival acontece no Parque da Ribeira, em Joane, a partir das 21h30, com as participações do Grupo Etnográfico Rusga de Joane, o Folk Group “Dimos Pileas Chortiati” da Grécia, o Gruppo Folk “La Muffrina”, de Itália, o Grupo Folclórico das Terras da Feira – Casa Da Gaia, Argoncilhe, Santa Maria da Feira, o Folklore Ensemble Elektroporcelan Arandjelovac, da Sérvia, o Agrupación Folklórica de Guantejina, de Tenerife, Espanha e Grupo Etnofolclórico "RENASCER" de Areosa, de Viana do Castelo.

No domingo, 4 de agosto, a Gala de encerramento do Famafolk, realiza-se nos Paços do Concelho, a partir das 21h30, com o Rancho Etnográfico de Ribeirão, o Folk Group “Dimos Pileas Chortiati”, da Grécia, o Gruppo Folk “La Muffrina”, de Itália, o Grupo Folclórico e Recreativo de Tabuadelo, de Guimarães, o Folklore Ensemble Elektroporcelan Arandjelovac, da  Sérvia, o Rancho Folclórico Maria da Fonte, do Rio de Janeiro, Brasil, o Agrupación Folklórica de Guantejina, de Tenerife, Espanha, e a fechar o Grupo Etnográfico Rusga de Joane.

REGATA INTERNACIONAL UNE O MINHO À GALIZA

14ª Regata Internacional Ponte da Amizade marcada pelo sucesso

Mais um ano e mais um sucesso dentro e fora de água. Cerca de 500 jovens atletas de vários escalões, mais de 200 embarcações de 17 clubes (9 portugueses e 8 espanhóis) invadiram, este domingo, o rio Minho, para participar em mais uma edição da reconhecida Regata Internacional Ponte da Amizade. Ao caráter competitivo da prova junta-se o intercâmbio de princípios e valores desportivos.

Remo 2019 1.jpg

Organizada pela Associação Desportiva e Cultural Juventude de Cerveira, com o apoio da Câmara Municipal, esta regata de referência ibérica tem como singularidade o troféu “Ponte da Amizade” atribuído à prova de 8+ juvenil masculino, que apenas é entregue após a conquista de três vitórias consecutivas pelo mesmo clube ou de cinco vitórias intercaladas.

Na presente edição, a embarcação do Viana Remadores do Lima saiu vencedora no 8+juvenil masculino, somando mais uma vitória que, no entanto, não chegou para a erguer o tão ambicionado troféu.

Em pleno rio Minho e nas suas margens, centenas de jovens atletas competiram e outras centenas de pessoas assistiram a mais uma prova desportiva de grande êxito no concelho de Vila Nova de Cerveira, e que proporciona o desfrute de toda a beleza natural envolvente.

Satisfeita pelo impacto positivo, a direção da ADCJC agradece a todos as pessoas, entidades e patrocinadores envolvidos na concretização deste evento desportivo, com a expetativa de em 2020 assinalar a 15ª edição.

EatTasty VAI TAMBÉM SERVIR MADRID

Com um impressionante registo de crescimento de 434% entre abril de 2018 e março de 2019 e previsão de faturação recorde, a EatTasty está a preparar a sua internacionalização. Esta startup famalicense, que marca pela diferença no negócio de confeção e entrega de almoços caseiros no local de trabalho, quer duplicar a atual equipa de oito colaboradores para começar a operar no mercado madrileno, a partir do terceiro trimestre de 2019, num momento em que assinala o seu terceiro aniversário.

eattasty(1).jpg

“Decidimos aventurar-nos em Madrid porque queremos provar que o nosso modelo de negócio é escalável. O nosso sonho é tornar a EatTasty numa empresa internacional e ter pessoas dos quatro cantos do mundo a deliciarem-se com a nossa comida”, afirma Rui Costa, um dos fundadores, adiantando que as previsões para 2019 apontam para um volume de negócios superior a um milhão de euros.

A EatTasty serve mais de 600 refeições todos os dias, na área da Grande Lisboa, mas em Madrid quer alcançar as 1.000 refeições diárias, “muito rapidamente”. “É muito gratificante vermos a empresa com um crescimento assinalável. Só nos dois primeiros meses deste ano vendemos cerca de 23 mil refeições, quatro vezes mais do que no mesmo período do ano passado”, sublinha. 

Embora operando em 14 bairros lisboetas, é na incubadora Famalicão Made IN, em pleno ambiente empresarial da Riopele, que a EatTasty está instalada, sendo considerada uma das mais bem-sucedidas startups nacionais. 

Ao longo destes três anos de existência, a empresa de Rui Costa e Orlando Lopes já vendeu mais de 140 mil refeições e conta com um investimento superior a 370 mil euros. Entre os seus investidores estão a Bright Pixel, o Venture Builder Studio, da Sonae IM, a Caixa Capital e a Olisipo Way.

O conceito e modelo de negócio são inovadores. Todas as receitas são criadas por um chef e produzidas com ingredientes frescos em cozinhas certificadas. Deste modo, a EatTasty assegura que as refeições são entregues às pessoas ainda quentes e prontas a comer. As encomendas podem ser feitas no site ou através da app

eattasty(2).jpg

VIZELA PROMOVEU TURISMO NA FIT

No seguimento da nova estratégia de consolidação da imagem e identidade do Concelho de Vizela como destino turístico privilegiado, o Município de Vizela participou na 6ª edição da FIT – Feira Ibérica de Turismo, que decorreu entre os dias 2 e 5 de maio na cidade da Guardatendo Vizela estado presente com stand próprio naquele que é considerado um dos maiores certames de turismo do País.

FIT Vizela.JPG

O evento foi visitado por muitos milhares de pessoas, de Portugal e Espanha, tendo assim esta presença constituído uma importante oportunidade de promoção e divulgação de Vizela enquanto destino turístico.

Assim, e dando cumprimento ao previsto no Plano Municipal de Turismo, a Câmara considera de enorme importância a promoção de Vizela, através da participação em feiras temáticas de âmbito turístico, olhando para fora, para potenciar a captação de público e de turistas, apostando na promoção do Concelho enquanto destino turístico.

Assim, depois da participação na Xantar, destinada à divulgação da gastronomia e onde Vizela participou com o Bolinhol, os vinhos verdes e o bacalhau à Zé do Pipo, na BTL e na FIT, segue-se agora a participação na Expocidades, em Braga, de 31 de maio a 2 de junho, e na Termatalia, destinada ao termalismo e onde irá ser dado destaque às Termas de Vizela, e se realizará em Ourense, a 19 e 20 de setembro.

Com a participação nestas Feira, a Câmara Municipal pretendeu potenciar dinâmicas de reforço que permitam a consolidação da nova imagem e identidade do Concelho de Vizela, como destino turístico privilegiado, experienciando os segredos de um vale recheado de saberes, sabores, prazeres e tradições caraterísticas.

"TRANSCÁVADO BTT-GPS 2019" APRESENTA-SE NA FEIRA IBÉRICA DE TURISMO

Apresentação oficial na Feira Ibérica de Turismo, na Guarda. Maio 2019

A 4.ª edição do TransCávado BTT-GPS realiza-se nos dias 21 e 22 de setembro, tendo como ponto de partida a terceira elevação de Portugal, a Serra do Larouco, com os seus altivos 1525 metros. Este evento, cujo final ocorre em Esposende, vai estar em evidência no importante salão ibérico dedicado ao turismo.

Depois do sucesso das edições anteriores serão dados a conhecer os objetivos e novidades da prova deste ano do TransCávado BTT-GPS que terá a participação de 400 atletas, na vertiginosa pedalada que vai serpentear o rio Cávado, da nascente até à foz. 

Aos participantes é lançado o desafio de ligar o majestoso Parque Nacional da Peneda-Gerês ao imponente Parque Natural do Litoral Norte, num amigável encontro com o oceano Atlântico e um genuíno sentimento de pura liberdade em bicicleta.

Unir a nascente do rio Cávado até à foz, percorrendo as suas margens, pretende sublimar a importância da região hidrográfica do Cávado, através do ciclismo de aventura e natureza. Com passagem por nove municípios (Montalegre, Terras de Bouro, Vieira do Minho, Póvoa de Lanhoso, Amares, Vila Verde, Braga, Barcelos e Esposende), pertencentes aos distritos de Braga e Vila Real, o TransCávado BTT-GPS é já uma referência na divulgação cultural da região, através do ciclismo de aventura e natureza.

Prova

Haverá desafios à medida de cada um, podendo ser percorrido em duas etapas, na versão slow race, ou em apenas um dia, na prova TransCávado Race, vertente competitiva que se afigura como prova de superação. São 150 quilómetros de pura adrenalina e aventura

A participação está aberta a qualquer pessoa com mais de 18 anos de idade, independentemente do sexo ou nacionalidade.

A organização assegura toda a logística associada à realização deste evento, nomeadamente, transporte de pessoas, bicicletas, mochilas, alimentação e dormidas.

MINHO LEVA TURISMO A MADRID

O Minho em Madrid - Discover Minho no Centro de Turismo de Portugal em Madrid

O Coordenador Geral da ATURMINHO, Dr. Antero Filgueiras, esteve reunido no Centro de Turismo de Portugal em Madrid com a sua Diretora, Drª. Maria de Lurdes Vale, tendo apresentado o projeto “Descobrir o Minho – Sagrado e Profano”, debaixo da marca “Discover Minho” e que se corporativiza num conjunto de ações, de onde se destacam as aplicações mobile para turistas e profissionais do setor, sítio web, redes sociais, formação, entre outras ações.

Da reunião surgiu um conjunto de sugestões, em ordem à produção de mais e melhor oferta turística do Minho em Espanha, tendo como produto âncora o “Turismo Religioso”. 

O Minho tem inúmeras vantagens competitivas, e a Diretora do Centro de Turismo de Portugal em Madrid ficou a saber que a ATURMINHO (Associação de Turismo do Minho) e AHET MINHO (Associação de Hotelaria e Empreendimentos Turísticos do Minho) tudo farão para potenciar mobilizando e unindo, a bem do desenvolvimento, qualificando, capacitando e promovendo o Turismo do (e no) Minho. Nesse sentido, o Centro de Turismo de Portugal em Madrid abraçou esta iniciativa tornando-se mais um stakeholder do mesmo.

PROFESSORES DA EPATV VÃO A BARCELONA DESENVOLVER ROBÓTICA

EPATV 4.0 – professores da EPATV vão a Barcelona desenvolver Robótica para a Aprendizagem em projeto Erasmus+

Três professores da Escola Profissional Amar Terra Verde frequentaram em Barcelona, entre os dias 18 e 22 de fevereiro, um evento de formação conjunta de pessoal integrado no projeto Erasmus+ de Cooperação para a Inovação e partilha de Boas Práticas, “VET New Methodologies”. 

IMG-20190226-WA0000.jpg

Nesta formação, que contou com a participação de escolas profissionais de Espanha, Itália, Portugal e Turquia, trabalharam-se aspetos teóricos e práticos da montagem e afinação de um braço robótico 3D, que é o ponto de partida para o desenvolvimento conjunto de metodologias de Aprendizagem Baseadas em Projetos – modelo inovador de ensino e aprendizagem que assenta em conceitos/conteúdos, atividades, princípios e resultados de uma ou mais disciplinas em que o aluno é incentivado à construção autónoma do seu próprio saber, através de atividades de pesquisa para resolução de problemas e de outras tarefas relevantes, que culmina em produtos concretos.

Esta mobilidade foi bem-sucedida, já que os professores que nela participaram adquiriram novas competências que enriquecerão as práticas pedagógicas através de metodologias educacionais inovadoras, assim como, os conteúdos curriculares.

O próximo encontro, decorrerá em Lecce, Itália, na forma de uma reunião transnacional, no decurso da qual os coordenadores de cada país efetuarão o balanço das atividades realizadas e delinearão as próximas etapas.

IMG-20190226-WA0008.jpg