Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ESPOSENDE POSICIONA-SE NO PANORAMA EQUESTRE INTERNACIONAL

Esposende evidenciou-se no panorama equestre internacional com a realização da primeira edição do Concurso de Saltos Internacional, que decorreu entre os dias 6 a 8 de setembro, no Clube Hípico do Norte, em Gandra.

IMG_0029 (1).JPG

O evento, organizado pelo Clube Hípico do Norte, em parceria com a Federação Equestre Portuguesa e a Câmara Municipal de Esposende, envolveu 150 cavaleiros e cerca de 600 profissionais de equitação, sendo que o vencedor da prova principal foi o português Hugo Carvalho.

A organização pretendeu proporcionar ao público um espetáculo único em família, com entrada gratuita, com momentos lúdicos, batismos a cavalo, insufláveis, concertos ao vivo, passeios de barco no rio Cávado, provas equestres noturnas e festas temáticas.

Já os cavaleiros profissionais tiveram uma experiência competitiva de excelência, tanto no aspeto da participação e performance desportivas, como na hospitalidade com que Esposende acarinhou o evento, os participantes e seus familiares.

O CSI Esposende foi selecionado pela Federação Equestre Portuguesa como etapa de qualificação para o Campeonato da Europa da Juventude de 2020 e teve transmissão em direto na SPORT-TV e em diferido na RTP.

A Federação Equestre Portuguesa considerou este evento como um dos melhores concursos dos últimos anos realizados em Portugal. O Hipismo tornou-se, definitivamente, um produto turístico, posicionando o concelho como um território de eleição para o turismo equestre. A organização estima que o impacto económico do evento em Esposende foi superior a 680 000 euros.

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende sublinha o impacto deste evento na projeção da imagem de Esposende, como um destino equestre turístico e desportivo. Benjamim Pereira refere que “o balanço é francamente positivo, sendo que a organização do Clube Hípico do Norte esteve ao melhor nível”.

“Pela visibilidade, notoriedade e valor turístico que o CSI Esposende representa está garantida a sua continuidade, em 2020”, afiançou.

IMG_1969.JPG

IMG_1989.JPG

PONTE DE LIMA REALIZA JOGOS EQUESTRES

III Jogos Equestres de Ponte de Lima realizam-se de 7 a 10 de agosto

Os Jogos Equestres de Ponte de Lima estão marcados para o próximo mês de agosto, de 7 a 10. O evento que reúne cavalos e cavaleiros das mais diversas modalidades, assinala a sua terceira edição.

55897315_10155918812386813_7588513866871472128_n (10).jpg

Agindo enquanto motivadores de uma série de dinâmicas, os Jogos Equestres juntam diferentes disciplinas num mesmo espaço, infraestruturado especificamente para o propósito [Expolima]. A cada disciplina correspondem um conjunto de provas, a decorrer por vezes em paralelo, sendo que os seus resultados pontuam para várias competições externas à decorrente.

O sucesso das últimas duas edições, associado ao potencial e experiência técnico-logística adquirida ao longo dos anos, asseguram a organização de que o evento está no caminho certo para a criação de mais uma marca de sucesso.

O evento que anualmente tem vindo a atrair milhares de visitantes, soma à componente desportiva, um programa paralelo para os amantes deste desporto, possibilitando a sua participação ativa no evento.

Quando falta menos de um mês para o arranque dos III Jogos Equestres, começa a ser conhecida a sua imagem gráfica, assim como atualizações, divulgadas por parte da organização em www.cm-pontedelima.pt, ou em https://www.facebook.com/jogosequestres/.

PONTE DE LIMA VIRA CAPITAL MINHOTA DA ARTE EQUESTRE

Fim-de-semana em cheio em Ponte de Lima com a XIII Feira do Cavalo

Na 13ª Edição da Feira do Cavalo, Ponte de Lima voltou a afirmar-se como uma das capitais portuguesas da cultura equestre, evidenciando-se como destino hípico internacional.

plimahip (3).jpg

Para esta edição de sucesso, rumaram à vila mais antiga de Portugal um conjunto de cavaleiros provenientes de, Espanha, Alemanha, Itália, Inglaterra, França, Holanda, Suíça, República Checa e Portugal. As nove nacionalidades saíram rendidas de Ponte de Lima pelo Minho e pelo Norte de Portugal.

plimahip (1).jpg

A Feira por onde passaram vários milhares de pessoas coroou como Campeão dos Campeões a égua Marqueza, do proprietário e criador Coudelaria Leonardo Franco. Estes vencedores serão os “cabeças de cartaz” da edição de 2020.

Por sua vez, a equipa Portuguesa venceu o Campeonato da Europa de Equitação de Trabalho de Juniores e de Young Riders, na categoria “geral”, com uma margem de 51 pontos de distância face aos segundos classificados [Inglaterra]. Já na categoria “Cow”, (prova da vaca) a Inglaterra levou a melhor, seguindo-se Portugal no segundo lugar.

plimahip (2).jpg

Também as olimpíadas de Equitação Adaptada, em colaboração com a APPACDM, foram ponto de destaque, com participação de mais de 90 atletas, bem como a distinção do Campeão dos Campeões e o Desfile de Coudelarias. O já tradicional Passeio a Cavalo, bateu um recorde de participantes, tal como algumas competições que ultrapassaram número de inscritos das edições anteriores. Como nem só de Lusitanos se compõe a cultura limiana, houve ainda lugar para o Festival do Garrano, numa mostra do Garrano nas suas mais diversas potencialidades.

A XIII Feira do Cavalo de Ponte de Lima foi um sucesso, é um projeto que traz valor para a região. De acordo com a organização, para além de competidores, traz a Ponte de Lima tanto adeptos do “turismo a cavalo”, como do “turismo do cavalo”, entenda-se por isto, cavaleiros recreativos/de competição, e admiradores de eventos equestres, sendo de realçar os próximos agendados para agosto, nomeadamente os Jogos Equestres de 7 a 10 e o Campeonato da Europa de Horseball, de 12 a 17 de agosto.

IMG_0347.jpg

IMG_0377.jpg

IMG_0400.jpg

P2290238.jpg

P2290244.jpg

P2290257.jpg

CABECEIRAS DE BASTO REALIZA FEIRA DO CAVALO

Feira do Cavalo abre portas amanhã no Centro Hípico

O Centro Hípico de Cabeceiras de Basto acolhe este fim de semana, dias 25 e 26 de maio, a nona edição da Feira do Cavalo, uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e produzida pela Mútua de Basto/Norte, e conta com o apoio da Federação Equestre Portuguesa (FEP) e do Regimento de Cavalaria Nº 6 (RC6) de Braga.

60727947_2232127260207501_7068169598184456192_n.jpg

A abertura oficial da Feira do Cavalo está agendada para as 15 horas de amanhã. Durante a manhã realiza-se a Prova de Ensino P3 e E3 organizada pelo RC6 de Braga, decorrendo à tarde o Combinado de Maratona - Atrelagem organizado pelo Clube de Atrelagem do Norte (CAN) e a Prova Hipo ‘Derby de Cross’ organizada pelo RC6 de Braga.

À noite, a partir das 21h30, entra em cena a encenação teatral ‘Todas Somos Tu’, a mais recente produção teatral do CTCMCB – Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto que vai ter em palco 55 pessoas, um espetáculo que exalta a força da mulher e que conta com o apoio da IBERDROLA.

O programa para domingo, dia 26, coloca em destaque, durante a manhã, a realização do Concurso Oficial de Modelo e Andamento – Cavalos Puro Sangue Lusitano Fêmeas/Machos organizado pela APSL - Associação Portuguesa de Criadores do Puro-Sangue Lusitano e à tarde a Prova de Obstáculos Cruzes, 0,50m, 0,80m, 1,00m e 1,15m organizada pelo RC6 de Braga.

Um fim de semana dedicado não só às atividades equestres mas também à cultura que tem como objetivo potenciar o Centro Hípico como equipamento turístico, desportivo e de lazer.

PONTE DE LIMA VAI À FEIRA DA GOLEGÂ

Cartaz 2019 - Feira do Cavalo de Ponte de Lima - Exposto na Feira Nacional do Cavalo na Golegã

Ponte de Lima está presente em mais uma edição da Feira Nacional do Cavalo da Golegã, lançando a imagem da Feira do Cavalo 2019. O cartaz encontra-se exposto no recinto da Feira da Golegã a decorrer até ao próximo domingo, 11 de novembro.

cartaz FCPL2019 (Large)

Esta presença da Feira do Cavalo de Ponte de Lima na 43ª Feira Nacional do Cavalo da Golegã e na 20ª Feira Internacional do Cavalo Lusitano, integra-se numa parceria estabelecida entre o Município de Ponte de Lima e o Município da Golegã.

Para a edição 2019, a imagem oficial da Feira do Cavalo de Ponte de Lima retrata o poldro - Campeão dos Campeões da XII Feira do Cavalo de Ponte de Lima, “ Nuelo das Lezírias” criação da Companhia das Lezírias, apresentado à mão por José Miguel Barbosa.

Este cartaz remete-nos para o ambiente festivo a que a feira do cavalo nos habituou, tendo como base a utilização das cores de Ponte de Lima: o roxo e o amarelo. A fotografia do cavalo é da autoria do fotógrafo Aurélio Grilo e o design do cartaz de Teresa Aroso Vilaverde.

A Feira do Cavalo de Ponte de Lima aposta numa vertente fortemente desportiva, através da realização de competições internacionais que valorizam e internacionalizam toda a região.

Organizada pelo Município de Ponte de Lima e pela Associação Concelhia das Feiras Novas, a Feira do Cavalo de Ponte de Lima 2019 realiza-se de 4 a 7 de julho.

Feira do Cavalo _ 10cbb

JOGOS EQUESTRES DECORREM EM PONTE DE LIMA

II Jogos Equestres a decorrer em Ponte de Lima

Estão a decorrer na Expolima, em Ponte de Lima os II Jogos Equestres, evento dedicado ao desporto equestre, a nível nacional, promovendo um conjunto de provas das mais diversas disciplinas, desde os Concursos de Saltos, à Equitação à Portuguesa, Equitação de Trabalho, Torneio Ibérico de Horseball, Derby de Atrelagem, Dressage, Cavalhadas e Demonstração de Corridas de Garranos.

P1750551

Os resultados das provas equestres já estão disponíveis e podem ser consultados através do seguinte link: https://online.equipe.com/pt/competitions/24867

O Município de Ponte de Lima alavanca esta lógica, que procura transformar e fazer evoluir paradigmas, associando-lhe o potencial e experiência técnica e logística adquirida ao longo dos anos na organização de vários eventos equestres de pendor internacional. 

Sob a dinâmica do projeto "Ponte de Lima, Destino Equestre Internacional”, o papel do desporto equestre de alta competição é irrefutavelmente manifesto, enquanto motivador de uma série de dinâmicas que se alargam do campo social ao cultural, e deste último, ao económico. 

PANA0786