Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FEIRA DO CAVALO DE PONTE DE LIMA SUPEROU EXPECTATIVAS NO REGRESSO E FOI UM SUCESSO

Considerado um dos eventos mais relevantes do concelho, e com forte predominância desportiva, esta XIV Feira do Cavalo de Ponte de Lima superou as expectativas com destaque para um recorde de inscrições no concurso de Modelo e Andamento. Esta adesão refletiu a importância do Cavalo Lusitano como fator de atratividade, que traz à Vila Mais Antiga de Portugal adeptos do “turismo a cavalo”, bem como do “turismo do cavalo”, ou seja, cavaleiros recreativos/de competição e admiradores de eventos equestres.

IMG_4873.JPG

Neste regresso após dois anos de suspensão do certame, a aposta na promoção do Cavalo e do hipismo em toda a região é um dos grandes objetivos da Feira do Cavalo, que eleva Ponte de Lima e Portugal no circuito mundial equestre, transformando-se em simultâneo num motor de desenvolvimento social e económico, valorizando as potencialidades turísticas e ambientais do concelho e da região.

Apesar das altas temperaturas que se fizeram sentir, o público marcou presença em grande número, com as bancadas totalmente lotadas, em especial fim de tarde e noite, para assistir ao Torneio Ibérico de Horseball, ao Campeão dos Campeões, ao Festival do Garrano, Desfile de Coudelarias, e aos espetáculos musicais que completavam o programa.

Nesta edição da Feira do Cavalo de Ponte de Lima, Requinte, apresentado por Carlos Ramalhete, sagrou-se o Campeão dos Campeões 2022. Requinte pertence ao proprietário e criador Filipe José Fernandes Sousa.

Em simultâneo ao programa da Feira, o Municipio de Ponte de Lima promoveu um encontro com vários Municípios com atividades equestres e algumas associações do setor, no qual assinaram um Memorando de Entendimento para a Constituição da Associação de Municípios Portugueses do Cavalo.

Esta associação pretende estabelecer a definição de uma estratégia conjunta em prol do desenvolvimento do sector, promovendo, protegendo e valorizando os territórios de vocação equestre.

É, entre outros, objetivo comum dos Municípios e Entidades que assinaram este Memorando de Entendimento procurar financiamento e reivindicar investimentos para projetos que promovam o desenvolvimento dos territórios, numa estratégia conjunta de ações que visem a preservação ativa da tradição, decorrente do aproveitamento deste recurso endógeno estratégico, através da criação de infraestrtuturas de qualidade superior, e da organização de provas de alta competição.

Os signatários pretendem, ainda, tornar tangível o acesso ao desporto equestre ao público local e não local, associando toda esta dinâmica a uma forte componente de turismo e lazer.

Marcaram presença as autarquias de Alter do Chão, Barcelos, Esposende, Fundão, Golegã, Ponte da Barca, Viana do Alentejo, Viana do Castelo, Vila Pouca de Aguiar e Ponte de Lima e demostraram interesse em associar-se a esta Associação os Municípios de Valongo, Alfandega da Fé, Lagoa, Serpa, Santarém e Ponta Delgada.

Assinaram também este Memorando de Entendimento para a Constituição da Associação de Municípios Portugueses do Cavalo, a  Federação Equestre Portuguesa, Associação Nacional de Turismo Equestre e a Associação Portuguesa de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano.

292243100_4757354787699367_6890452481806432900_n.jpg

292419303_4758116864289826_5465492714158934353_n.jpg

292976656_4752663191501860_7512403468137695619_n.jpg

PONTE DE LIMA REALIZA GALA EQUESTRE

XIV Feira do Cavalo de Ponte de Lima. Gala Equestre 2022. 7 de julho – 22 horas

A XIV edição da Feira do Cavalo de Ponte de Lima inicia-se com a Gala Equestre, espetáculo de abertura da Feira, no dia 7 de julho, a partir das 22 horas.

289372064_5164818036905571_2951948520214764002_n.jpg

O som, o fado, a luz e os cavaleiros transformam esta gala num grande espetáculo, com o destaque para o Cavalo.

A Reprise a Cavalo da GNR é formada por Oficiais, Sargentos e Guardas da Unidade de Segurança e Honras de Estado, que montam exclusivamente cavalos da fileira da Guarda.

Espetáculo único, onde o Cavalo Lusitano marca presença conta com Cavaleiros de Equitação de Trabalho, incluindo alguns Campeões do Mundo.

Uma reprise traduz-se por uma sequência sincronizada de figuras equestres, apresentadas nos três andamentos do cavalo, passo, trote e galope, representando o nível equestre mais alto de uma escola de equitação, através da apresentação da sua doutrina equestre.

Cada vez mais procurada por profissionais e aficionados da modalidade, consolidando-se como um evento de referência, a Feira do Cavalo de Ponte de Lima, aposta num programa cultural e musical de referência, no sentido de trazer valor e reconhecimento à região.

Venha experienciar a magia da Gala Equestre na Expolima, quinta-feira, 7 de julho, às 22 horas. A entrada é livre

MUNICÍPIOS UNEM-SE PARA CRIAR REDE CERTIFICADA DE PRESTADORES DE SERVIÇOS PARA TURISTA EQUESTRE

Os Municípios de Viana do Castelo, Caminha e Ponte de Lima, parceiros do projeto Vilas e Aldeias Equestres entre Arga e Lima, cofinanciado pelo Turismo de Portugal, querem criar uma rede certificada de prestadores de serviços turísticos com caraterísticas adequadas ao acolhimento do turista equestre, incluindo unidades de alojamento, estabelecimentos de restauração, aldeias serranas, empresas de animação turística, entre outros.

selo equestre reuniao (2).jpg

Nesse âmbito, Viana do Castelo acolheu, ontem, a primeira reunião do Conselho Consultivo que irá apoiar a constituição do Selo Equestre destinado aos operadores turísticos, intitulado “O Cavalo É Nosso Convidado”. Este encontro contou com a representação de nove entidades de âmbito regional e nacional, com competências no desenvolvimento territorial, na promoção turística e no sector equestre.

A Vereadora do Ambiente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Fabíola Oliveira, salientou, neste encontro, o carácter pioneiro deste Selo Equestre, salientando que o mesmo irá contribuir de forma decisiva para a afirmação de Viana do Castelo e do Alto Minho como destino de Turismo Equestre, em sinergia com o Turismo de Natureza, o Turismo Rural e o touring cultural e paisagístico.

Entre as entidades que aceitaram o convite para integrar este Conselho Consultivo incluem-se a ANTE - Associação Nacional de Turismo Equestre, Federação Equestre Portuguesa, Turismo Porto e Norte de Portugal, Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, ADRIL - Associação do Desenvolvimento Rural Integrado do Lima, ADRIMINHO – Associação de Desenvolvimento Rural Integrado do Vale do Minho, TURIHAB - Associação do Turismo de Habitação, Associação de Criadores de Equinos da Raça Garrana e ainda a Associação O Caminho do Garrano.

Para além do apoio técnico na aprovação do Regulamento que estabelece as condições de obtenção do Selo Equestre, este Conselho Consultivo desempenha um papel crucial no regular acompanhamento da gestão operacional do Selo Equestre e na comunicação e divulgação do Selo e das entidades aderentes.

selo equestre reuniao (3).jpg

PONTE DE LIMA REAFIRMA-SE DESTINO EQUESTRE INTERNACIONAL

Município de Ponte de Lima e Federação Equestre Portuguesa pretendem consolidar Ponte de Lima como Destino Equestre Internacional

O Município de Ponte de Lima e a Federação Equestre Portuguesa reuniram-se para, em conjunto, analisar a atividade equestre no país, enquanto potenciadora do turismo em Portugal, considerando o sector como um dos fatores de atratividade do território e gerador de dinamismo na economia do concelho.

Federação Equestre.jpg

O presidente da Federação Equestre Portuguesa, Bruno Rente, foi recebido pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Paulo Sousa, e por Filipe Pimenta, Diretor Executivo da Feira do Cavalo de Ponte de Lima.

Neste encontro, foi analisado o desenvolvimento da atividade equestre e do setor do Turismo Equestre em Portugal, tendo sido, também, abordada a criação de eventuais parcerias regionais e nacionais visando o crescimento do setor, no qual Ponte de Lima se constitui como uma referência nacional.

A reunião ficou, ainda, marcada pela vontade dos intervenientes em implementar novas infraestruturas que permitam consolidar Ponte de Lima como um destino reconhecido internacionalmente na organização de eventos equestres, maximizando o aumento dos proveitos económicos para o desenvolvimento da economia do concelho.

Para o Município de Ponte de Lima e para a Federação Equestre Portuguesa, este encontro revelou-se profícuo, mostrando-se ambas as entidades empenhadas na dinamização e promoção do setor equestre, reconhecendo as suas potencialidades para atrair cada vez mais apaixonados pelos cavalos a Ponte de Lima, à região e ao país.

VIANA DO CASTELO APRESENTA I CONGRESSO INTERNACIONAL DE EQUINOLOGIA E TURISMO EQUESTRE

A Câmara Municipal de Viana do Castelo apresenta, no próximo dia 05 de junho, às 18 horas, no Paço de Lanheses, o I Congresso Internacional de Equinologia e Turismo Equestre e lança, em simultâneo, as Atas dos Seminários do Projeto Percursos do Homem e do Garrano. O evento contará com a presença de Carlos Pereira da Universidade Sobornne Nouvelle, dos autarcas de Viana do Castelo, Caminha e Ponte de Lima e integra um painel moderado pelo jornalista Abel Coentrão sob o tema “Garrano: apostar no cavalo certo”.

Programa5deJunhoA4.jpg

Na sessão, será assim apresentado o I Congresso Internacional de Equinologia e Turismo Equestre, que constitui um marco decisivo na consolidação da Equinologia enquanto verdadeira ciência dos equídeos, promovendo o fortalecimento das redes de investigação e dos espaços de comunicação transdisciplinar. De sublinhar que Viana do Castelo e o Alto Minho se posicionam, assim, como territórios de investigação e conhecimento sobre equinos, potenciando a preservação e valorização dos espaços de montanha onde habitam as manadas do último cavalo selvagem da Europa: o garrano.

O Congresso, a decorrer entre 01 e 03 de Julho, pretende acolher, agregar e incentivar uma rede de investigação científica internacional e, a partir desta, consolidar um destino equestre alicerçado na ciência, no conhecimento e no património é a fórmula inédita do Município de Viana do Castelo, líder nacional da promoção do turismo científico. Promovido pelo Município de Viana do Castelo, ao abrigo do projeto Vilas e Aldeias Equestres entre Arga e Lima, cofinanciado pelo Turismo de Portugal, conta com o apoio dos Municípios de Caminha e Ponte de Lima, parceiros deste projeto, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo e da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte. A sua Comissão Científica integra investigadores filiados em 9 universidades, de quatro países distintos, Portugal, Espanha, França e Japão, nomeadamente a Universidade do Minho, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, a Universidade de Santiago de Compostela, a Universidade A Coruña, a Universidade de Valencia, a Universidade de Sorbonne Nouvelle, a Universidade de Paris VIII e a Universidade de Quioto.

Este evento científico de expressão internacional contará com a intervenção de mais de duas dezenas de investigadores que lideram trabalhos pioneiros no estudo, conservação e valorização de equinos e das suas relações ecossistémicas e culturais. O fortalecimento da dinâmica científica internacional de estudo dos equídeos é fundamental para promover a conservação de espécies equinas ameaçadas, assim como para inspirar e orientar políticas locais, regionais, nacionais e internacionais.  O programa científico alicerça-se em cinco eixos principais: i. Ecologia e etologia de equídeos (cavalos, burros, zebras, híbridos, cavalo Przewalski); ii. Linguagem, inteligência e cognição de equídeos; iii. Interações humanas e equinas; iv. Património equestre material e imaterial; v. Equinos, turismo e desenvolvimento.

Também no dia 5 de junho, serão apresentadas as Atas que consubstanciam os resultados dos dois seminários organizados em 2017 e 2018, ao abrigo do projeto Percursos do Homem e do Garrano. Atendendo ao inegável valor dos contributos apresentados nestes encontros, o Município de Viana do Castelo decidiu torná-los acessíveis a todos quantos se interessam pelo estudo do garrano do ponto de vista genético, ecossistémico e histórico-cultural. 

Esta obra constitui uma referência para a compreensão da expressão ambiental e etnográfica da presença do garrano nos sistemas montanhosos do noroeste ibérico, integrando temáticas tão diversas como o comportamento e as relações ecológicas dos garranos semisselvagens, o que nos desvendam os equídeos inscritos em gravuras rupestres no território do Alto Minho, a importância cultural da equitação de tradição portuguesa e os desafios de conservação e valorização da raça garrana como património ambiental e cultural.

ARCOS DE VALDEVEZ PROMOVE O GARRANO

191731359_1588924471300494_4030036177316870887_n.j

Atividade: Oficina do Garrano

Data: 29 e 30 de Maio de 2021

Local: Porta do Mezio – Arcos de Valdevez

Horário:

29 de Maio - 14h30 às 15h30

30 de Maio - 11h00 - 12h00

Conheces o garrano?

Se alguma vez foste passear pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês já os deves ter visto. São cavalos muito robustos, dóceis e ágeis.

A Porta do Mezio vai proporcionar-te um maior contacto com o garrano, através da observação e experimentação do mesmo.

Esta atividade decorrerá no próximo sábado e domingo, dia 29 e 30 de Maio.

Preço: Atividade gratuita na compra do bilhete de entrada na Porta do Mezio*

* 2€/pessoa (gratuito até aos 6 anos)

Não é necessário inscrição. Atividade condicionada às condições climatéricas

Mais informações: portadomezio@ardal.pt / 258 510100

Atividade desenvolvida no âmbito da candidatura “Estábulo do Garrano – Oficina Lúdico-Pedagógica”, aprovada pelo POSEUR - Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

PONTE DE LIMA CANCELA EDIÇÃO DE 2021 DA FEIRA DO CAVALO

Feira do Cavalo de Ponte de Lima - evento âncora, na promoção do turismo. Edição 2021 Cancelada

Devido à pandemia de Covid-19, que a todos tem afetado, a edição 2021 da Feira do Cavalo de Ponte de Lima está cancelada.

IMG_1045.JPG

Tal como em 2020, o evento não se realizará, na sequência da ativação do Plano de Contingência da Câmara Municipal de Ponte de Lima, face aos riscos de Covid-19, considerando as indicações da Organização Mundial de Saúde e as recomendações das autoridades de saúde nacionais.

A marca “Ponte de Lima Destino Equestre Internacional” que tem como base a Feira do Cavalo, evento premiado pelo Turismo de Portugal, continua a afirmar-se como uma das capitais portuguesas da cultura equestre, evidenciando-se como destino equestre internacional.

Em 2022 a Feira do Cavalo de Ponte de Lima regressará com todo o seu esplendor, primando pela qualidade da organização; pela qualidade dos eventos que são realizados ao nível do desporto equestre; pela qualidade dos expositores e obviamente pela qualidade das infraestruturas construídas ao longo dos anos, e que tem contribuído de forma significativa na dinamização da Vila e da região do Alto Minho.

IMG_3494.JPG

MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA PREPARA EVENTOS EQUESTRES PARA 2021

Com uma tradição equestre de raízes bem vincadas, Ponte de Lima tem vindo a evidenciar o seu caráter enquanto “Destino Equestre Internacional”, no âmbito de uma estratégia que tem colocado a Vila Mais Antiga de Portugal na linha da frente do circuito mundial.

P2460328 (Medium).jpg

O cavalo, enquanto produto de excelência do mundo rural, é hoje uma alavanca fundamental para a promoção do concelho, numa ótica transversal à preservação da cultura e valorização do endógeno, do desporto, do turismo, do lazer, e ainda, da dinâmica económica que imprime ao concelho.  

Apesar da atividade equestre de larga escala, estar suspensa na Vila, por consequência da Covid-19, a mesma não cessou, com o Município a trabalhar na reprogramação da atividade que estava prevista, e com os agentes locais em processo de readaptação a uma nova realidade.

Através da dinâmica equestre, o Município procura contribuir para a estabilização económica e social da região, com um sentido de compromisso e responsabilidade para com os atores de um setor a valorizar.

Contextualizando e adaptando as medidas às especificidades de cada evento, o Município de Ponte de Lima apresenta um calendário de cinco eventos, divididos entre os meses de maio, junho, julho e agosto de 2021:

Maio

CSI – Concurso de Saltos Internacional de Ponte de Lima

O CSI – Concurso de Saltos Internacional de Ponte de Lima é considerado um dos melhores eventos equestres internacionais em “outdoor” na disciplina de Saltos de Obstáculos.

A qualidade superior das infraestruturas, e a consistência da prova de alta competição, atraem largos números de cavalos e cavaleiros nacionais e internacionais, a este evento que prestigia a região e a alta competição.

Junho

Concurso de Ensino

Este concurso promove a disciplina de Ensino a nível regional, nos Centros Hípicos, escolas ou outros centros de formação de cada Região.

Com um número de participantes em crescendo, este evento contribui, numa ótica de maior proximidade, para a dinamização e promoção do desporto equestre.

Julho

Feira do Cavalo de Ponte de Lima

A marca “Ponte de Lima Destino Equestre Internacional” tem como base a Feira do Cavalo, um evento premiado pelo Turismo de Portugal, que muito tem contribuído para a dinamização da Vila e da região do Alto Minho.

Este evento âncora, atua como excelente via de promoção do turismo e dos produtos limianos no estrangeiro, fazendo rumar a Ponte de Lima importantes ganadarias e criadores.

Agosto

Jogos Equestres

Realizados pela primeira vez em 2017, e anualmente desde então, os Jogos Equestres juntam diferentes disciplinas num mesmo espaço, infraestruturado especificamente para o propósito, a Expolima. A cada disciplina correspondem um conjunto de provas, a decorrer por vezes em paralelo, sendo que os seus resultados pontuam para várias competições externas à decorrente.

Concurso Nacional de Saltos

O Concurso Nacional de Saltos é um evento “outdoor” que motiva de uma série de dinâmicas que se alargam do campo desportivo, ao cultural, e deste último, ao económico, dinamizando a região no contexto nacional.

A seu tempo, as datas destes eventos que procuram garantir a defesa e a prossecução dos interesses do setor, alavancando os recursos que a região dispõe, serão divulgados, e os mesmos realizados, de acordo com as indicações emanadas pelas autoridades de saúde.

P2460431 (Medium).jpg

ima_02292 (56 of 326) (Medium).jpg

DestinoEquestre2021-02.jpg

ESPOSENDE RECEBE PROVA DE EQUITAÇÃO DO SPECIAL OLYMPICS PORTUGAL

Numa organização conjunta da Câmara Municipal de Esposende e do Clube Hípico do Norte (CHN) vai realizar-se, no próximo dia 30 de janeiro, nas instalações do CHN, em Esposende, a Prova de Equitação do Special Olympics Portugal, integrada no Campeonato de Working Trail da Região Norte.

Special Olympics Esposende.jpg

O Special Olympics, criado em 1968, é o maior movimento desportivo mundial focado na promoção do desporto para pessoas com deficiência intelectual. A visão de um mundo onde cada pessoa, independentemente da sua capacidade, fosse aceite e valorizada, levou a que surgisse a convicção de que as pessoas com deficiência intelectual podem, com enquadramento técnico adequado, beneficiar da participação no desporto. Desde então, o movimento tem crescido e engloba mais de 3,8 milhões de atletas em cerca de 180 países e em todas as regiões do mundo.

A prova do Special Olympics aposta na valorização de cada atleta independentemente do seu desempenho e dos resultados obtidos em competição. É constituída por um momento pré-competitivo para aferir e validar o nível equestre do praticante e por uma prova de condução do cavalo, pontuando o conjunto (cavalo e cavaleiro) de acordo com o grau de correção na execução de cada exercício.

Na competição de Esposende estarão presentes diversos projetos de Equitação com Fins Terapêuticos dos concelhos de Esposende, Vila Pouca de Aguiar, Braga, Porto, Fafe, Mondim de Basto, Vila Nova de Gaia, Espinho e Barcelos.

O Programa Municipal de Equitação Terapêutica do Município de Esposende, iniciado no ano letivo de 2008/2009, envolve anualmente cerca de 60 praticantes das escolas básicas de Esposende, Marinhas, Gandra, Forjães, Marinhas, Apúlia e Goios e utentes da instituição APPACDM. Alguns destes praticantes também irão participar nesta prova de equitação pioneira no concelho e que se integra no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE), enquadrando-se igualmente nos eixos dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, que o Município adotou.

Na região Norte, irão realizar-se também competições no Porto e em Vila Pouca de Aguiar, apurando os melhores atletas para a final nacional a realizar no Algarve, no próximo mês de junho.

PONTE DE LIMA PARTICIPA NA FEIRA DO CAVALO DE ALMEIDA E CIUDADE RODRIGO

Feira do Cavalo de Ponte de Lima – Destino Equestre Internacional - Jornadas Equestres Transfronteiriças de Almeida e Ciudad Rodrigo

O Municipio de Ponte de Lima apresentou o evento Feira do Cavalo nas Jornadas Equestres Transfronteiriças de Almeida e Ciudad Rodrigo, que decorreram na passada semana, nos dias 24 e 25 em Almeida.

Ponte de Lima em Almeida.jpg

O programa incluía apresentação das temáticas “Turismo Equestre – Uma aposta transfronteiriça na valorização de territórios de baixa densidade” e “Feiras Nacionais e Internacionais – Impacto Económico Direto e Indireto nos Territórios”.

Neste âmbito abordaram-se os impactos de feiras nacionais e internacionais nos territórios, a utilização do cavalo para fins terapêuticos, o cavalo como elemento cultural dos dois países na zona raiana, e as dificuldades e oportunidades dos criadores de pura raça na região.

O Municipio de Ponte de Lima tem apostado estrategicamente no cavalo como fator de dinamização e promoção económica de uma forma direta e objetiva, trazendo até Ponte de Lima milhares de pessoas de todo o país e de vários países do mundo, à Feira do Cavalo de Ponte e aos restantes eventos equestres.

A Feira do Cavalo de Lima foi apresentada como um caso de estudo nacional pelo retorno direto e indireto para a economia local, a par da visibilidade internacional que projeta a Vila Mais Antiga de Portugal, como um Destino Equestre Internacional.

Estas Jornadas foram Promovidas pelo Município de Almeida em colaboração com o Ayuntamiento de Ciudad Rodrigo – Espanha, e com o apoio e patrocínio da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) e da Junta de Castilla y León.