Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MONÇÃO APRESENTA PROJETO “SCHOOL4ALL” A PROFESSORES E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO

O Município de Monção, em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Monção, iniciou o Projeto “School4All”, programa inovador de promoção de sucesso escolar. A apresentação do projeto a professores e encarregados de educação decorreu, no final da tarde de ontem, na Escola Básica José Pinheiro Gonçalves.

01 m.JPG

Com a presença da Vereadora da Educação, Juventude e Recursos Humanos, Natália Rocha, o encontro, realizado na sala do futuro, serviu também para a apresentação da equipa de trabalho: Sofia Fernandes, psicóloga, e Daniela Fernandes, terapeuta da fala.

Feita a apresentação, os encarregados de educação apresentaram algumas dúvidas relativamente à funcionalidade do projeto. Todos foram esclarecidos. No final, ficou a ideia do papel agregador e inovador deste projeto educativo que, tendo uma duração de três anos, veio para complementar e não substituir os programas existentes.

O projeto baseia-se em três ações concretas. A primeira assenta no funcionamento de uma equipa multidisciplinar capaz de assegurar uma articulação frutuosa entre a escola, família e comunidade, apostando na prevenção, deteção e intervenção das dificuldades existentes, bem como na capacitação dos agentes envolvidos.

A segunda, baseia-se no desenvolvimento de metodologias e práticas inovadoras, num ambiente educativo rico em tecnologia, pensado para promover a igualdade de acesso a uma educação de qualidade. De realçar, a criação de quatro salas de futuro, uma em cada escola do 1º ciclo, bem como a Plataforma Monção Educa + e o Observatório Municipal da Educação.

A terceira tem “A Arte como Farol”, isto é, dinamização de atividades em contexto escolar com o objetivo de desenvolver, através da linguagem teatral, competências várias juntos dos alunos, passando não só como expressão artística, mas também como instrumento potenciador de aprendizagem.

“O Projeto School4All – Monção visa desenvolver uma ação concelhia inovadora no combate ao insucesso e abandono escolar precoce, promovendo a igualdade de acesso a um ensino de qualidade. Pretende ainda fortalecer a participação das famílias e da comunidade no desenvolvimento integral dos alunos”

Natália Rocha,

Vereadora da Educação, Juventude e Recursos Humanos

03 m (1).JPG

CRIANÇAS DE BRAGA APRENDEM LATIM

Oficinas de Latim nas escolas do 1.º ciclo

O Município de Braga, através do Serviço Educativo Integrado (SEI), iniciou um projecto intitulado “Oficinas de Latim”, que se realiza em ambiente de sala de aula. Este projecto irá decorrer até ao final Março e integra o programa de preparação para a Braga Romana – Reviver Bracara Augusta.

1LatimBrag (1).JPG

Dirigido a alunos do 1.º Ciclo, estas oficinas permitem um primeiro contacto com um vocabulário muito básico e rudimentar da língua Latina, aprendendo a pronunciar algumas palavras.

As sessões são dinamizadas pelo professor de latim André Antunes a partir de uma estória (uma pequena fábula) em Latim rudimentar com uma narração lenta e gradual, com recurso a imagens, ilustrações e mímica, para que todo o vocabulário seja perceptível às crianças de forma lúdica.

No final das sessões, o aluno poderá levar para casa a mesma estória (um pequeno livro) que poderá ler, para recordar o que aprendeu.

1LatimBrag (2).JPG

1LatimBrag (3).JPG

ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DO ALTO TÂMEGA DÁ FORMAÇÃO EM "CAPACITAÇÃO PARA A INCLUSÃO"

ADIAT concluiu formação em “Capacitação para a Inclusão” para beneficiários do RSI e desempregados de longa duração

“Na rota da Inclusão” é uma iniciativa da Associação para o Desenvolvimento Integrado do Alto Tâmega (ADIAT), uma entidade promotora de inúmeras atividades em prol do desenvolvimento local. A iniciativa, destinada a pessoas em situação de exclusão social, contemplou duas dimensões do desenvolvimento humano (pessoal e social), numa lógica de aquisição de capacidades que permitiram criar condições efetivas para a inclusão social.

IMG_20180504_102819.jpg

A população alvo do Curso foi constituída por pessoas altamente vulneráveis, desprovidas de competências pessoais e sociais e, por conseguinte, com severas dificuldades de inserção social e profissional. Dentro daquela população destacaram-se DLD`s e beneficiários do RSI. A referida ação, com duração de 900 horas, foi ministrada em período laboral (9h00-13h00 e das 14h00 às 17h00), contando com o apoio do POISE (Programa Operacional Inclusão Social e Emprego), pelo Programa Portugal 2020, União Europeia e Fundo Social Europeu.

A ação teve, entre outros, como objetivo “reconhecer a importância da imagem, autoestima e autoconceito na inversão de trajetórias de vida negativas e capacitar os formandos para a interiorização de competências necessárias ao exercício de uma cidadania ativa e responsável, que valorize as diferenças, nomeadamente a nível do género”, referiu Luís Correia, técnico de serviço social e formador do Curso.

Benedita Aguiar, diretora da Die Apfel, sublinhou que ao longo do Curso houve uma preocupação em “assegurar o acompanhamento do desenvolvimento das aprendizagens e controlar o progresso ao nível dos saberes e comportamentos, atendendo aos objetivos pedagógicos propostos e às singularidades de cada formando; prestar apoio psicológico a cada formando, para que sejam debeladas eventuais variáveis intrapsicológicas que impeçam a concretização dos objetivos, bem como acompanhar os formandos no momento pós-formação”.

TERRAS DE BOURO COMBATE INSUCESSO ESCOLAR

Projeto TER + Sucesso em Terras de Bouro Disponibiliza Instrumentos de Avaliação Psicopedagógica

O Município de Terras de Bouro tem vindo a implementar o Projeto Municipal de Combate ao Insucesso Escolar – Ter + Sucesso em Terras de Bouro. Este plano, que consiste no apoio ao desenvolvimento de projetos baseados nas várias áreas do conhecimento com vista à melhoria dos resultados escolares no ensino pré-escolar e ensino do 1º, 2º e 3º Ciclo, tem por objetivos reduzir as taxas de retenção, elevar a qualidade e o nível de sucesso dos alunos e ainda prevenir casos de insucesso escolar.

CAPA.jpeg

O projeto de combate ao insucesso escolar “Ter + Sucesso” potenciou a existente equipa multidisciplinar, constituída por profissionais das áreas de psicologia e terapia da fala. A mesma tem como metas contribuir para a promoção do sucesso educativo e prevenir o abandono escolar através da implementação e operacionalização de várias medidas, de modo a que as suas ações em ambiente escolar sejam efetivamente promotoras de sucesso educativo.

Neste sentido, foi possível a aquisição de diverso material psicopedagógico que tem como finalidade disponibilizar aos técnicos recursos facilitadores, nomeadamente, de avaliação e intervenção que permitam potenciar juntos dos alunos áreas tais como: o conhecimento, formação pessoal e proporcionar um conjunto de atividades de enriquecimento curricular que permitam explorar e melhorar as suas competências cognitivas e comportamentais, de modo a permitir uma aprendizagem de qualidade e de sucesso.

Assim, os técnicos tem à sua disposição um conjunto de ferramentas que lhes permite  implementar medidas e metodologias inovadoras junto dos alunos de Terras de Bouro no sentido de:

- realizar a avaliação diagnóstica dos fatores de risco nos alunos sinalizados em situação de insucesso escolar e/ou risco grave de abandono;

- implementar os instrumentos de trabalho, nomeadamente, instrumentos de avaliação diagnóstica, planeamento e recolha de informação e grelha de indicadores de fatores de risco e condicionantes ao processo de aprendizagem de intervenção com os alunos e famílias;

-  desenvolver uma intervenção psicossocial e psicoeducativa individual ou em grupo de ligação com o contexto sociofamiliar.

20190108_110152-01.jpeg

20190108_110604.jpg

20190108_110622.jpg

20190108_110750.jpg

BRAGA MOSTRA ÀS CRIANÇAS INSTRUMENTOS TRADICIONAIS

Serviço Educativo Integrado dá a conhecer instrumentos tradicionais ao pré-escolar

O Município de Braga, através do Serviço Educativo Integrado (SEI), iniciou esta semana um projecto na área da música, intitulado “Os Instrumentos Tradicionais vão à sala…” que se realiza no Espaço-Escola todas as terças-feiras. Este projecto irá decorrer até ao final Junho, com interrupção nas pausas lectivas.

1.JPG

O projecto “Os Instrumentos Tradicionais vão à sala…” criado e pensado para o público infanto-juvenil, pretende dar a oportunidade às crianças de terem um primeiro contacto com os instrumentos tradicionais e com a música tradicional portuguesa. Em cada sessão será realizada a apresentação dos instrumentos, de modo a que as crianças conheçam o seu modo de funcionamento, o timbre e a família a que pertencem.

As sessões têm como objectivo sensibilizar, incentivar e educar as crianças a gostar de música tradicional portuguesa de modo a motivá-las para a sua aprendizagem e, ainda dar a conhecer os nossos instrumentos tradicionais.

Recordamos que este projecto é uma iniciativa do Município de Braga, em parceria com o Professor Sérgio Mirra. O arranque do projecto contou com a participação de crianças do Jardim de Infância da Quinta das Fontes.

2 (2).JPG

CAPACITAÇÃO PARA PROFESSORES DO PROJETO SCHOOL4ALL DO MUNÍCIPIO DE PONTE DE LIMA

No passado dia 12 de dezembro de 2018 decorreu no Auditório da Câmara Municipal de Ponte de Lima a primeira Ação de Capacitação para Professores no âmbito do Projeto School4all, intitulada “Cenários de Inovação Pedagógica: 3D”. Esta Ação envolve professores do 2º e 3º Ciclos dos quatro Agrupamentos de Escolas pertencentes ao Município de Ponte de Lima, os elementos da equipa multidisciplinar e os técnicos do Serviço Área Protegida que vão acompanhar a implementação do projeto.

IMG_7574

A Ação teve no painel de moderação a Engª Sandra Pereira, os respetivos Diretores dos 4 Agrupamentos de Escolas (EB António Feijó, EB de Arcozelo, EB de Freixo e EB da Correlhã, inserida esta no Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima) e o Formador Marco Bento.

Efetuada a apresentação, onde foram mencionados os objetivos e os moldes de funcionamento desta Capacitação, foi dada a palavra ao formador.

Ao longo da sua intervenção foi notório perceber que esta capacitação tem o objetivo de fomentar o recurso às novas tecnologias como forma de estimular a construção do conhecimento ou de adquirir/consolidar aprendizagens, desenvolvendo a literacia digital, a autonomia e a criatividade. No final da sua apresentação houve tempo para a exposição e esclarecimento de dúvidas por parte dos presentes.

Esta Ação teve a presença de bastantes professores, o que faz crer que os mesmos se sentem motivados e interessados em agarrar esta oportunidade dada através deste Projeto que o Município e os Agrupamentos de Escolas propuseram e que está a ser implementado nos quatro Agrupamentos.

As próximas ações decorreram nos próprios Agrupamentos como os respetivos professores.

IMG_7579

ESPOSENDE ADERE AO PROJETO DE ALFABETIZAÇÃO DE ADULTOS

Inicia-se, já na próxima quarta-feira, dia 19 de dezembro, na Junta de Freguesia de Curvos o lançamento do projeto-piloto “Percursos de Cidadania Alfabetização e Literacias” no concelho.

Esta iniciativa, promovida em estreita colaboração entre todas as instituições promotoras do Projeto - Câmara Municipal de Esposende (CME), Juntas de freguesia, Escola Profissional de Esposende (EPE), Escola Secundária e Agrupamentos de Escolas do concelho, IEFP Barcelos/Esposende, Esposende Semanário, jornal Farol de Esposende, Associação Portuguesa de Educação e Formação de Adultos (APEFA), IPSS -  terá início com a abertura formal do Curso, na Comunidade de Inserção Social de Esposende. Do programa constam diversas atividades desde a gastronomia, com a Oficina de Sabores Tradicionais, “Delícias de Natal”, à cultura, com a visita à exposição de Presépios e de confraternização.

A oficina inicia-se pelas 9:30 horas no Centro de Comunidade de Inserção, com a confeção das tradicionais rabanadas de Natal, orientadas por um chef de cozinha da EPE/Zendensino;  pelas 11 horas, na Junta de Freguesia de Curvos realiza-se a visita guiada à exposição de presépios; seguidamente,  o momento formal que assinala a abertura do projeto,  com a presença da CME representada pelas  vereadoras da Educação e da Ação Social da CME.

Nesse sentido, convidamos V/Ex.ª a estar presente e/ou a colaborar na divulgação o evento que marcará o arranque do projeto-piloto PERCURSOS DE CIDADANIA – ALFABETIZAÇÃO SOLIDÁRIA E LITERACIAS no concelho de Esposende, pelas 11 horas do dia 19 de dezembro, na sede da Junta de Freguesia de Curvos.

Convictos de que com a generosidade, colaboração e parceria de todas as instituições, este projeto tem toda a viabilidade de ser bem-sucedido, subscrevemo-nos

Atenciosamente

A Equipa de Acompanhamento do projeto PCAL-Esposende

José Miguel Belinho

FAMALICÃO DESENVOLVE PROJETO EDUCATIVO

Programa Acompanhar com taxa de 98 por cento de sucesso educativo. Mais de 700 jovens envolvidos após três anos de aplicação

O Programa Acompanhar, desenvolvido pelo Município de Vila Nova de Famalicão através do pelouro da educação, para apoiar crianças e jovens em risco de aprendizagem, abrange atualmente 702 jovens, entre os 6 e os 21 anos de todos os estabelecimentos de ensino do concelho. Em 2017/2018 foram 673 alunos envolvidos em pelo menos 40 horas de capacitação e programas de tutoria e inclusão inteligente, com uma taxa de sucesso educativo de 98%.

DSC_0216

Ao fim de três anos de aplicação, o Programa Acompanhar já chega a 5,26% da população estudantil de Vila Nova de Famalicão, em idade de escolaridade obrigatória.

Reconhecida como boa prática a replicar pela Direção Geral de Educação, o Programa alargou também a sua ação, neste ano letivo, a mais parceiros sociais, sendo que atual rede do Programa Acompanhar incorpora mais de 20 parceiros, desde estabelecimentos de ensino, IPSS, cooperativas, organismos públicos e associações juvenis.

DSC_0448

Do total dos 673 alunos envolvidos, no ano letivo anterior, 88 apresentavam pelo menos duas retenções, estando praticamente todos a frequentar Cursos de Educação e Formação. Os números são ainda mais relevantes se se levar em conta que do total, 309 estavam em situação de risco, incluindo o risco de abandono escolar.

Outro dado significativo é o envolvimento de 58 jovens, na qualidade de Tutores de Pares, jovens facilitadores de processos de inclusão inteligentes, que com a sua experiência auxiliam os tutores no processo de capacitação e inclusão de jovens em risco.

De acordo com a sua missão, o Programa Acompanhar pretende potenciar e apoiar os estabelecimentos de ensino de Vila Nova de Famalicão na implementação de projetos de boas práticas na área do acompanhamento e inclusão inteligente, de alunos em especial situação de risco ou que não estão integrados em qualquer tipo de resposta socioeducativa complementar.

Por outro lado, este mesmo programa pretende criar processos potenciadores da melhoria do rendimento escolar e processo de inclusão social dos alunos com o recurso a soluções complementares de educação não formal e capacitação ao nível da inteligência emocional.

O vereador da Educação, Leonel Rocha, assinala: “com os anos, percebemos que o método do Programa Acompanhar, baseado nas Mentorias e Tutorias de Pares, resposta real às problemáticas dos jovens”. Salienta, ainda, o autarca que este não é um programa apenas para jovens em risco, visto que boa parte dos participantes são jovens com resultados académicos muito positivos e que procuram no programa respostas ao nível da capacitação, programas de voluntariado e envolvimento social.

A metodologia do Programa Acompanhar assenta no princípio da Investigação-Relação-Ação, numa resposta socioeducativa, tendo por base a Tutoria de Pares e a Mentoria.

O Programa Acompanhar trabalha em estreita colaboração com o Projeto Eurobairro e o Programa CLDS 3G Famalicão.

DSC_0446

INSTITUTO RENASCER DÁ FORMAÇÃO EM VILA DO CONDE SOBRE "AUTOAFIRMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL"

Instituto Renascer promoveu formação sobre “Autoafirmação Pessoal e Social” e “Gestão Doméstica” – Uma iniciativa promovida pelo Instituto Renascer

O Instituto Renascer desenvolveu uma formação de Capacitação para a Inclusão, denominada “Autoafirmação Pessoal e Social” (300 horas) e “Gestão Doméstica” (300 h), uma iniciativa financiada pelo POISE (Programa Operacional Inclusão Social e Emprego), pelo Programa Portugal 2020, União Europeia e Fundo Social Europeu.

15590375_10207854300464554_823600951965644181_n

No âmbito da seleção dos formandos o Instituto Renascer articulou com a Associação “O Tecto”, em concreto com a Equipa de RSI desta Instituição, a qual “deu um apoio imprescindível na seleção dos formandos, com base no seu perfil psicossocial, o que teve um impacto bastante positivo no decurso da ação”, referiu Jorge Mandim, Presidente do Instituto Renascer.

Esta ação de formação visou, de acordo com Jorge Mandim, “fazer com que os formandos se tornassem protagonistas das suas próprias vidas, de modo a que sentissem que trilham o seu próprio caminho e não o caminho traçado por outrem. Isto, sim, é autoafirmação pessoal e social. Neste sentido, ao longo da formação pretendeu-se desenvolver três aspetos: quem eu sou, o que quero ser e o que quero alcançar”.

Em suma, a autoafirmação pessoal e social pressupõe que a pessoa seja a principal protagonista da sua vida, lutando pelos seus projetos, vencendo as pressões sociais e os obstáculos com que se confronta no quotidiano.

IMG_20181112_104743

ARCOS DE VALDEVEZ AVALIA OFERTA FORMATIVA

Câmara Municipal e parceiros avaliam oferta formativa em Arcos de Valdevez

A Câmara Municipal reuniu recentemente com o Centro de Emprego, o Agrupamento de Escolas, o CENFIM e a EPRALIMA, no sentido de articular as ofertas formativas existentes no concelho, bem como avaliar a procura por parte das empresas e alunos. Neste encontro foi também lançado o desafio para que os parceiros intensifiquem o trabalho em rede, para haver uma maior abrangência ao nível da oferta formativa.

reuniao_IEFP_Epralima_Agrupamento_CENFIM

Foi ainda abordada a divulgação da oferta e as possíveis saídas profissionais para cada área de formação e a possibilidade de se adequarem os períodos formativos com a entrada nas empresas. Desta forma, contribui-se para a melhoria da articulação entre as escolas, alunos e empresas, agilizando a formação e entrada no mercado de trabalho. De realçar neste âmbito, que o IEFP referiu que foram aprovados, recentemente, mais 40 estágios profissionais, o que permitirá facilitar a entrada de jovens nas empresas, à procura do primeiro emprego, e lhes dará uma oportunidade de mostrar as suas competências profissionais.

Deste encontro espera-se uma estreita colaboração em prol da melhoria e aumento da oferta formativa em Arcos de Valdevez, de forma a dotar os jovens de competências para melhor enfrentarem os desafios do mercado de trabalho.

MUNICIPIO DE MONÇÃO APOIA FAMÍLIAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO

O Município de Monção elevou a educação a vetor prioritário da sua missão, apostando num sistema escolar inclusivo e focado na competência e excelência, através da continuação e implementação de estratégias de intervenção e políticas educativas que, em 2019, garantam a concretização desse objetivo primordial.

educação

Desta forma, o Município de Monção inscreveu no Plano e Orçamento para o próximo ano um conjunto de medidas direcionadas para a valorização estrutural do parque escolar e de apoio às famílias monçanenses, procurando, em síntese, traçar uma linha de igualdade e qualidade no ensino local.

Estão orçamentadas verbas para a gratuitidade dos transportes escolares a todos os alunos do concelho, adaptando o horário dos transportes às reais necessidades dos alunos, permitindo que saiam mais tarde e cheguem mais cedo a casa. Uma medida avaliada em 520.597,00 €.

Como forma de incentivar boas práticas alimentares, o Programa de Regime Escolar – Distribuição de Fruta ao 1º ciclo, vai continuar nas escolas do concelho. O mesmo acontece com a entrega de fichas de atividades gratuitas aos alunos do 1º ciclo, 5º, 6º e 7º ano. Para tal, o município orçamentou 40.949,00 €. 

Projeto School4All promove o sucesso educativo

Relativamente ao ensino superior, procedeu-se ao aumento do número de Incentivos à Formação de Quadros Médios e Superiores João Verde (bolsas de estudo), passando de 10 para 15. Apoio fundamental, estimado em 31.600,00 €, uma vez que muitos dependem desta ajuda para continuarem os estudos.

O documento, aprovado por maioria no Executivo Municipal e Assembleia Municipal, engloba ainda auxílios económicos diretos e apoios específicos na alimentação, nos livros e no material escolar, encontrando-se igualmente inscritos montantes para visitas de estudo e deporto escolar (transporte).

Em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Monção, o Município de Monção iniciou o Projeto “School4All”, programa inovador de promoção de sucesso escolar. Tem como finalidade combater o insucesso e abandono escolar precoce, promovendo a igualdade de acesso a um ensino de qualidade.

Neste projeto, que será desenvolvido nos próximos três anos com um investimento de 331.993,00 €, comparticipado em 282.194,05 €, serão desenvolvidas medidas educativas e pedagógicas adaptadas à realidade da população escolar, baseadas em metodologias de caráter inovador.

Requalificação do parque escolar

A requalificação do parque escolar far-se-á sentir em todas as escolas do concelho num investimento global de 274.494,00 €. Quanto à Escola Secundária, cuja competência é do Ministério da Educação, está a ser retirado o fibrocimento e realizadas outras benfeitorias imprescindíveis ao bom desempenho escolar, executadas pela autarquia.

O orçamento dispõe ainda de uma verba para dotar os estabelecimentos de ensino de material de farmácia, assim como para a aquisição de material escolar aos alunos dos jardins de infância e 1º Ciclo, traduzindo-se em mais um apoio indireto às famílias.

O ensino articulado de música é já uma realidade no concelho, exigindo dos serviços do município apoio ao nível dos transportes dos alunos. Face ao sucesso obtido, seguiremos empenhados nesta medida, demonstrando o cunho diferenciador na política educativa do município.

Por se revestir de extrema importância na definição das estratégias e metas da politica educativa do município, o Executivo Municipal, em conjunto com demais parceiros da comunidade educativa, constituído no primeiro Conselho Municipal de Educação deste mandato, está empenhado na atualização da carta educativa.

Estão ainda previstas atividades nas pausas letivas da Páscoa, Verão e Natal para os alunos do pré-escolar, bem como para outros anos de escolaridade através do serviço educativo. Mantem-se as aulas de aprendizagem motora para os alunos do pré-escolar.

“Estamos empenhados em abrir a escola à inovação e em proporcionar a todas as crianças e jovens as mesmas oportunidades. Com o desejo que, no futuro, sejam cidadãos ativos e críticos, dotados de competências e qualificações diferenciadoras”. Natália RochaVereadora da Educação, Juventude e Recursos Humanos

MONÇÃO PROMOVE O SUCESSO ESCOLAR

O Município de Monção, em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Monção, iniciou o Projeto “School4All”, programa inovador de promoção de sucesso escolar. A apresentação pública, feita pela vereadora da Educação, Juventude e Recursos Humanos, Natália Rocha, teve lugar na sede da CIM – Alto Minho.

Natalia Rocha

Neste projeto, que será desenvolvido nos próximos três anos com um investimento de 331.993,00 €, comparticipado em 282.194,05 €, serão desenvolvidas medidas educativas e pedagógicas adaptadas à realidade da população escolar, consubstanciadas em metodologias de caráter inovador.

O projeto baseia-se em três ações concretas. A primeira assenta no funcionamento de uma equipa multidisciplinar capaz de assegurar uma articulação frutuosa entre a escola, família e comunidade, apostando na prevenção, deteção e intervenção das dificuldades existentes, bem como na capacitação dos agentes envolvidos.

A segunda, baseia-se no desenvolvimento de metodologias e práticas inovadoras, num ambiente educativo rico em tecnologia, pensado para promover a igualdade de acesso a uma educação de qualidade. De realçar, a criação de quatro salas de futuro, uma em cada escola do 1º ciclo, bem como a Plataforma Monção Educa + e o Observatório Municipal da Educação.

A terceira tem “A Arte como Farol”, isto é, dinamização de atividades em contexto escolar com o objetivo de desenvolver, através da linguagem teatral, competências várias juntos dos alunos, passando não só como expressão artística mas também como instrumento potenciador de aprendizagem.

“O Projeto School4All – Monção visa desenvolver uma ação concelhia inovadora no combate ao insucesso e abandono escolar precoce, promovendo a igualdade de acesso a um ensino de qualidade. Pretende ainda fortalecer a participação das famílias e da comunidade no desenvolvimento integral dos alunos”

SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO REÚNE EM FAFE COM AUTARCAS E TÉCNICOS DE EDUCAÇÃO

O Secretário de Estado da Educação, João Costa, esteve em Fafe, na tarde de ontem, para uma reunião de trabalho com os Vereadores e Técnicos de Educação dos Municípios da CIM Ave, bem como diretores dos agrupamentos escolares da região.

500_8020A

Na sessão, foi abordado o PIICIE do Ave - Plano Integrado Inovador de Combate ao Insucesso Escolar do Ave - , documento que define novas abordagens educacionais que estão a ser implementadas nos agrupamentos escolares dos concelhos de Cabeceiras de Basto, Fafe, Guimarães, Mondim de Basto, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Vila Nova de Famalicão e Vizela.

Trata-se de um plano agregador das medidas educativas de promoção do sucesso escolar e de combate ao abandono escolar, alinhadas com as políticas educativas nacionais e europeias.

Este plano é constituído por 22 projetos, sendo 9 projetos intermunicipais - Educação Parental, Escolas Empreendedoras IN.Ave, Ter Ideias para Mudar o Mundo, Hypatiamat, Curtir Ciência, Plataforma Mais Cidadania, Litteratus e Salas de Aula do Futuro e Acompanhamento e Avaliação - e 13 projetos municipais.

500_7956A

810_3897A

810_3912A

810_3920A

810_3944A

CÂMARA MUNICIPAL DE PONTE DA BARCA APRESENTA PROJETO ‘SCHOOL 4ALL’ NO ÂMBITO DA PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR

Foi no decorrer do I Seminário "Alto Minho - School 4All", realizado no passado dia 21 de novembro, na Escola Superior de Educação do IPVC que Ponte da Barca, a par dos demais municípios que integram a CIM Alto Minho, apresentou as principais ações no âmbito do programa de  promoção do sucesso escolar.

Capturar

Trata-se de mais um investimento na educação e formação dos alunos do concelho, que conta com um financiamento de 237.648,53€, cofinanciado em 85% do Fundo Social Europeu, sendo a restante quantia assumida pela autarquia barquense.

Em representação do município de Ponte da Barca esteve a Vereadora da Educação, Maria José Gonçalves, que referiu tratar-se de um projeto que visa “promover uma vida escolar mais rica e uma escola mais equitativa e apaixonante, não permitindo deixar ninguém para trás.”

O "School4All Ponte da Barca é um projeto orientado para a promoção do sucesso educativo e para a prevenção do abandono escolar dos alunos do Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca. Prevê um conjunto de ações concertadas, dentro e fora da escola, assentes no diagnóstico local e que favorecem a participação ativa, o desenvolvimento e a capacitação da comunidade educativa como um todo e, em particular, dos alunos, dos professores e das famílias.

FAFE DEBATE COMUNICAÇÃO NA ESCOLA

"Comunicar na Escola" em debate no Museu da Educação

O Museu da Educação acolheu, na tarde de ontem, mais um conversa informal, este mês dedicada ao tema “Comunicar na Escola”.

810_3218A

Na sessão, foi feita uma reflexão sobre as várias iniciativas relacionadas com Comunicação desenvolvidas pelas Escolas, ora através de Jornais, Rádios Escolares ou revistas informativas.

Presentea, nesta conversa, estiveram o Vereador do Município de Fafe,  Pompeu Martins, Paula Nogueira, colaboradora de um jornal escolar da Escola Secundária e posteriormente jornalista profissional, Carlos Afonso, Coordenador da Revista ConVida da Escola Secundária de Fafe, Joaquim Matos Alves, Representante do Agrupamento de Escolas de Montelongo, atual Coordenador da Revista Escolar - Ponto de Vista, Ribeiro Cardoso, Director do jornal Povo de Fafe, que acolhe regularmente páginas de colaboração de alunos da Escola Secundária de Fafe, Aristides Ribeiro, Responsável pelo projecto de jornalismo do Colégio da ACR Fornelos, Artur Coimbra, Director dos Museus.

Recorde-se que, ao longo deste ano, o Museu da Educação, localizado na freguesia de S. Martinho de Silvares, é palco de diversas Conversas, com temas e convidados distintos, sempre em torno da temática educativa, numa iniciativa do Município de Fafe, com o apoio da Junta de Freguesia local, no sentido de dinamizar este espaço museológico inaugurado em Junho de 2017.

810_3238A

810_3247A

810_3256A

810_3285A

810_3294A

CELORICO DE BASTO ACOLHE MOSTRA EDUCATIVA E PROFISSIONAL

Celorico de Basto prepara-se para receber a III Mostra Educativa e Profissional. 33 entidades marcarão presença nesta mostra

O Município de Celorico de Basto em parceria com o CLDS 3G e o Agrupamento de Escolas estão a desenvolver a III Mostra Educativa e Profissional. Uma mostra que se prevê rica na oferta e terá lugar no Gimnodesportivo da Escola Básica e Secundária de Celorico de Basto, no próximo dia 23 de novembro, com inauguração marcada para as 10h00.

cartaz final da III mostra educativa

“Tudo no mesmo espaço para alunos e jovens desempregados” é o tema desta mostra educativa e profissional que contará com a presença de entidades como Universidades públicas e privadas, Institutos politécnicos, Escolas Profissionais, forças de segurança como a GNR, a Força Aérea, o Exército, a Marinha, e entidades de diferentes áreas que trarão uma mostra significativa do que existe em Portugal quando está em causa a “procura de uma profissão ou o aperfeiçoamento de conhecimentos”.

“Esta mostra educativa é uma forma de dar aos alunos do Agrupamento de Escolas a oportunidade de conhecer de perto entidades que poderão ser responsáveis pelo seu futuro profissional e estudantil” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. “Ter exemplos, conhecer de perto os cursos lecionados nas universidades e nas escolas profissionais, entender que existem alternativas e que com esforço e empenho tudo é possível, tudo é alcançável, é também um objetivo desta mostra educativa. Temos muitos jovens que terminado o 12º ano não sabem que caminho percorrer, e muitos estão sem fazer nada, os tais “nem, nem” que não trabalham nem estudam. Esta mostra é também uma forma de os orientar, de os ajudar a encontrar o rumo certo” referiu o autarca.

A III Mostra Educativa e Profissional decorrerá no Gimnodesportivo da Escola Básica e secundária, das 10h00 às 16h30, da próxima sexta-feira.

CELORICO DE BASTO COMBATE INSUCESSO ESCOLAR

Município de Celorico de Basto vê Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar a avançar a “passos largos”

Painel feito em azulejo com a imagem das camélias, para colocar na fachada da loja de turismo, será o 1º trabalho desenvolvido pelo atelier de cerâmica, uma das quatro áreas escolhidas pelo Município para integrar o PIICIE, programa financiado pelo Fundo Social Europeu.

_DSC7096

No dia 05 de novembro, foi assinado pela empresa R2W e a CIM-TS, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Celorico de Basto, um contrato de aquisição de bens “Atelier de cerâmica”. Uma formalidade necessária com a empresa que irá fornecer todos os materiais necessários ao correto funcionamento do atelier, desde maquinaria a materiais de consumo. Estes materiais serão cofinanciados pelo FSE no valor de 54.040,54€.

O atelier, localizado em instalações do Município, prevê-se devidamente equipado até ao final de 2018, entretanto as aulas de cerâmica são ministradas pelo professor Vitor Resende, na Escola Básica de Gandarela.

“Foi com sentido de diálogo e de interação com o Ministério da Educação que se desenvolveu este plano inovador, um plano diferente daquilo que, habitualmente se faz nas escolas para combater o insucesso escolar. As artes são e serão sempre um complemento ao ensino e promotoras de sucesso. O objetivo é motivar através dos trabalhos manuais, do saber-fazer que servirá até de incentivo para encontrar uma profissão. Não será apenas mais um projeto mas uma forma de valorização do individuo dotando-o de conhecimentos em áreas novas e que o ajudarão a construir a sua própria identidade”. Este é um projeto abrangente e transversal, e estou certo que, a médio prazo envolverá toda a comunidade” disse Fernando Peixoto, Vereador da Educação da Câmara Municipal de Celorico de Basto, entidade que dirige o projeto.

É de salientar que o projeto da cerâmica irá chegar a todos os alunos do Agrupamento de Escolas e da Escola Profissional de Fermil, cerca de 2000 alunos.

Com a formalização deste contrato está tudo encaminhado para que o trabalho a desenvolver seja profícuo e atinja os objetivos pretendidos, combater o insucesso escolar.

_DSC7110

ENSINO PROFISSIONAL DE FAMALICÃO APRESENTA PROJETOS EMPREENDEDORES

Mostra “O Meu Projeto é Empreendedor” dá a conhecer os melhores projetos desenvolvidos por alunos do ensino profissional

Um sistema automatizado para maximizar a utilização de painéis fotovoltaicos e diminuir os consumos energéticos; um programa para aplicação em lares e casas de saúde que reúne toda a informação de cada um dos utentes; uma mesa que suporta uma rebarbadora e que facilita a realização de trabalhos que envolvam o corte de diversos materiais metálicos; uns cereais de pequeno almoço de bolota e um sistema que permite a invisuais a leitura em braile de documentos ou textos escritos em formato digital.

AFS_0314

Estes são alguns dos 10 projetos finalistas do concurso “O Meu Projeto é Empreendedor”, que todos os anos destaca as Provas de Aptidão Profissional mais inovadoras apresentadas pelos alunos do ensino profissional de Vila Nova de Famalicão.

Os projetos finalistas podem ser apreciados a partir desta terça-feira, 6 de novembro, numa mostra que decorre no Centro Cívico de Famalicão e que será visitada pelo Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, nesta sexta-feira, dia 9, pelas 09h15.

O concurso, promovido pela Rede Famalicão Empreende, pretende fomentar o empreendedorismo nos jovens estudantes e valorizar o ensino profissional no concelho.

No total foram apresentados 21 projetos a concurso relativos ao ano letivo 2017/2018. Os dez finalistas correspondem a ideias desenvolvidas na Didáxis de Vale S. Cosme, Escola Secundária D. Sancho I, INA – Instituto Nun’Alvares, Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado, ALFACOOP, FORAVE e OFICINA – Escola Profissional do INA.

Os projetos vencedores serão conhecidos esta sexta-feira, dia 9, pelas 20h00, e os três primeiros classificados serão premiados com 1000, 500 e 250 euros. O grau de inovação, a exequibilidade e o impacto social e/ou económico da ideia são os critérios tidos em conta pelo júri da iniciativa.

AFS_0334