Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

DOIS ALUNOS DA EPATV DESAFIARAM 26 JOVENS TALENTOS DA GASTRONOMIA

Dois alunos da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) tiveram a honra de disputar, em Esposende, a final do concurso Jovem Talento da Gastronomia (JTG), ao lado de 26 estudantes e jovens profissionais de todo o País. Neste Concurso nacional só participaram mais duas Escolas minhotas: a Profissional de Esposende e a de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo.

talentepavt (1).jpg

Rodolfo Meléndrez Rodriguez, Coordenador do Curso Técnico de Cozinha/Pastelaria na EPATV, acompanhou os seus alunos, durante os três dias e destacou o empenho e as capacidades demostradas pelo Francisco Lopes e pela Rafaela Rodrigues.

“O desafio foi grande; os nervos, o stress e a pressão foram ainda maiores, mas saíram-se muito bem tendo em conta que se tratava do seu primeiro concurso, e não foi qualquer um... Só estamos a falar do Jovem Talento da Gastronomia. Concurso nacional de grande repercussão. Parabéns para a Rafaela e Francisco por mais este desafio de aprendizagem e de superação para eles” — comentou o Chefe Rodolfo Meléndrez.

Artes de mesa, barman, cozinha, inspiração veggie, pastelaria e cozinha tradicional foram as sete áreas em concurso, tendo a Rafaela Rodrigues representado a EPATV na categoria de Cozinha/Pastelaria enquanto o Francisco Lopes foi finalista nacional na disciplina de Pastelaria.

O Jovem Talento da Gastronomia é um movimento criado em 2009, para jovens profissionais e estudantes de hotelaria e restauração (cozinha, pastelaria, bar, serviço de sala e gestão). O JTG é um ponto de contacto dos jovens em construção de carreira com toda a comunidade gastronómica e funciona como uma rampa de lançamento para os participantes, estimula a aprendizagem e aumenta o leque de oportunidades.

A Rafaela Rodrigues, do 2° ano do curso Técnico de Cozinha/Pastelaria teve uma grande oportunidade para demonstrar a sua capacidade, a sua coragem perante novos desafios nestes tempos difíceis e as suas aprendizagens. O prato a concurso foi um Carré de borrego em crosta de pistachio e ervas aromáticas, creme de batata doce e legumes grelhados.

Por sua vez, no segundo dia, Francisco Lopes, do 3° ano do curso Técnico de Cozinha/Pastelaria, apresentou um pão de ló húmido crocante com cremoso de tangerina, crumble de canela e gelado de baunilha.

Além da Final Nacional da 9.ª edição do Jovem Talento da Gastronomia, na Escola Profissional de Esposende, no dia 12 de maio decorreu o Fórum JTG, dedicado aos estudantes de gastronomia e consistiu num momento de formação.

talentepavt (2).jpg

talentepavt (3).jpg

talentepavt (4).jpg

talentepavt (5).jpg

FAMALICÃO: ENSINO PROFISSIONAL EM DEBATE NO CICLO DE CONFERÊNCIAS EM EDUCAÇÃO

Realiza-se esta quinta-feira, 6 de maio, mais uma sessão do III Ciclo de Conferências em Educação promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, desta vez dedicada ao tema "Ensino Profissional: Uma Opção de Futuro".

Cartaz_Ensino-Profissional.jpg

A iniciativa vai decorrer via Zoom, às 21h00, e vai contar com o diretor da DGEstE, João Gonçalves, do diretor-geral do CITEVE/CENTI, Braz Costa, do vereador da Economia, Augusto Lima, e do CEO da Zoom Out, Pedro Cruz, como oradores convidados e do vereador da Educação e Conhecimento, Leonel Rocha, como moderador.

Proporcionar o debate e a partilha dos vários intervenientes sobre a aposta no ensino profissional como via para a certificação escolar/profissional e no prosseguimento de estudos; abordar a estratégia adotada pelo município famalicense; e sensibilizar os docentes, encarregados de educação, alunos e público em geral para a importância da qualificação profissional no mercado de emprego e no desenvolvimento económico do território são alguns dos objetivos da sessão.

A participação na conferência é gratuita, mas carece de inscrição obrigatória que pode ser efetuada no Portal da Educação, em www.famalicaoeducativo.pt

ESTÁGIOS: HOTELARIA E RESTAURAÇÃO APOSTAM NOS ALUNOS DA EPATV

Quase dezena e meia de alunos do terceiro ano do Curso Técnico de Restaurante/Bar da EPATV (Escola Profissional Amar Terra Verde) iniciaram em abril os seus estágios profissionais — anunciou a Prof. Olga Martins.

Liliana e Vanessa.JPG

A Diretora do Curso agradece às empresas que acolheram os alunos da EPATV “numa altura de enormes dificuldades para elas, com graves limitações à sua atividade, o que aumenta o reconhecimento delas pela qualidade dos nossos alunos e da sua formação”.

A EPATV destaca a sua trans-municipalidade, tendo em conta que todas as empresas que acolhem durante três meses estes alunos têm a sede fora de Vila Verde, tornando os seus alunos apetecidos por instituições da capital de distrito e de Amares.

Assim, se o Alberto está a estagiar no Migaitas Salão Champagne, a Ana Isabel e a Andreia foram escolhidas pelo Hotel Elevador do Bom Jesus, enquanto a Liliana e a Vanessa estão a concluir o seu estágio no Café Vianna e o André no Hotel Porta Nova Collection House e o Restaurante Chef Vinagre recebe o Hélder.

Por sua vez, o Hotel Meliã acolhe os estagiários Ricardo e David, enquanto o Café Colinatrum completa a formação do Simão e do José, o mesmo acontece com a Churrascaria Caldelas que recebe de braços abertos a Irina, a Patrícia e a Cristina.

Finalmente, a Casa do Professor acolhe o César e o Hotel Porta Nova Collection House ajuda o André a terminar a formação.

Irina, Patricia e Cristina.jpeg

Ricardo e David.JPG

VIEIRA DO MINHO: ABERTAS INSCRIÇÕES PARA PROVAS DE ACESSO AO ENSINO ARTICULADO DE MÚSICA

A Câmara Municipal de Vieira do Minho informa que se encontram abertas as inscrições para as provas de acesso à frequência do Conservatório de Musica de Guimarães – Pólo de Vieira do Minho, para os alunos que no próximo ano lectivo irão frequentar o 5º ano de escolaridade e queiram ingressar no ensino articulado para a aprendizagem da música.

Mais se informa que a data limite das inscrições aspira no próximo dia 15 de Maio de 2021. Os interessados deverão preencher o formulário de inscrição, disponível na página da Sociedade Musical de Guimarães - www.smguimaraes.pt.

Para mais informações/esclarecimentos, podem ainda consultar a documentação que se encontra disponível na página da SMG - https://smguimaraes.pt/conservatorio/documentacao/.

Refira-se, ainda que as provas vão ter lugar de 22 a 29 de Maio.

Capturarensinoartic.JPG

FAMALICÃO PROMOVE ENSINO PROFISSIONAL

Oferta das entidades locais de Ensino Profissional disponível para consulta no Portal da Educação

Os alunos que estão prestes a terminar o 9.º ano de escolaridade têm agora que escolher a via de ensino que desejam e, em Vila Nova de Famalicão, mais de metade opta pelo Ensino Profissional. A pensar nesta procura, o município famalicense disponibiliza toda a informação sobre esta oferta educativa aos alunos e encarregados de educação através do Portal da Educação, em www.famalicaoeducativo.pt.

AFS_8671.JPG

Recorde-se que já há vários anos que a maioria dos estudantes de Vila Nova de Famalicão opta pelo Ensino Profissional, preparando-se devidamente nas escolas da rede local reconhecidas pela sua excelente empregabilidade, uma vez que respondem às necessidades de recursos humanos das empresas da região.

O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não tem dúvidas de que o Ensino Profissional “é uma opção de futuro” e que ingressar por esta via de ensino “é uma escolha segura” uma vez que em Famalicão existem “muitas e boas empresas que precisam nos seus quadros de recursos humanos com qualidade e em quantidade.”

Neste momento crucial do percurso escolar, o Município de Vila Nova de Famalicão está mais uma vez ao lado dos alunos e das famílias, disponibilizando assim toda a informação sobre a oferta do Ensino Profissional para que seja feita uma escolha ponderada e adequada.

Refira-se ainda que a taxa de alunos que opta pela via profissional em Vila Nova de Famalicão tem vindo a ser sempre superior à do objetivo traçado pelo Governo o que tem colocado o concelho famalicense no topo das boas práticas.

No Portal da Educação, alunos e encarregados de educação poderão ter acesso a toda a informação disponibilizada pelas entidades locais do ensino profissional. Cada candidato poderá depois entrar em contacto direto com a entidade que ministra o curso escolhido e dar seguimento ao seu processo de vinculação.

ESCOLAS DE PONTE DE LIMA REDUZEM INSUCESSO NO ENSINO BÁSICO

Escolas de Ponte de Lima entre as 50 escolas que mais diminuíram o insucesso no Ensino Básico em Portugal

Os Agrupamentos de Escola de Arcozelo, Freixo e António Feijó estão entre as 50 escolas, do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar (PNPSE), que mais reduziram a retenção no biénio 2016-2018.

Educa__o_4_1_1900_2500.jpg

O PNPSE foi criado em 2016, através da Resolução de Ministros de nº23/2016, partindo do princípio que são

"as comunidades educativas quem melhor conhece os seus contextos, as dificuldades e potencialidades, sendo, por isso, quem está melhor preparado para encontrar soluções locais e conceber planos de ação estratégica, pensados ao nível de cada escola, com o objetivo de melhorar as práticas educativas e as aprendizagens dos alunos."[1]

Há um enfoque na Escola e em todo o seu contexto local; assim como envolver, na promoção do sucesso escolar, toda a comunidade educativa – designadamente: profissionais das escolas, pais e encarregados de educação, autarquias e instituições locais. Partindo deste princípio, as escolas envolvidas no PNPSE, desenvolveram estratégias para combater o insucesso, percebendo e reconhecendo – pormenorizadamente - as suas fragilidades. Foi trabalhando sob as mesmas que as escolas de Ponte de Lima supramencionadas conseguiram reduzir as taxas de retenção, a saber:

No 2º ano de escolaridade

  • As Escolas de Freixo, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa retenção de 9,4% conseguiram reduzi-la a 100%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 0,0%;
  • As Escolas António Feijó, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa de retenção de 2,9%, conseguiram reduzi-la em 78,8%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 0,6%.

No 5º ano de escolaridade

  • As Escolas de Freixo, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa retenção de 4,3% conseguiram reduzi-la a 100%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 0,0%;
  • As Escolas de Arcozelo, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa de retenção de 3,9%, conseguiram reduzi-la em 100%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 0,0%.

No 7º ano de escolaridade

  • As Escolas de Freixo, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa retenção de 6,7% conseguiram reduzi-la a 100%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 0,0%;
  • As Escolas de Arcozelo, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa de retenção de 11,3%, conseguiram reduzi-la em 100%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 2,3%.

(Verdasca, et al., 2020)

Face ao exposto, o Município de Ponte de Lima felicita todos os envolvidos, reconhecendo a qualidade do trabalho desenvolvido em prol do sucesso escolar das nossas crianças e jovens.

[1] Preâmbulo da Resolução do Conselho de Ministros nº 23/2016, Diário da República, 1.ª série, N.º 70, 11 de abril de 2016. Mencionado por Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar | PNPSE (min-educ.pt) (15/04/2021)

PROFITECLA BRAGA ABRE CANDIDATURAS PARA O ANO LETIVO 2021/2022

O polo de Braga, da Maior Escola Profissional em Portugal, tem as candidaturas abertas para o ano letivo de 2021/22, nos cursos profissionais de Turismo, Restaurante/Bar, Cozinha/Pastelaria, Comunicação e o CEF de Empregado de Mesa. Os cursos profissionais são direcionados a jovens até aos 19 anos com o 9º ano de escolaridade e o CEF para jovens com o 8º ano ou frequência, sem aprovação, do 9º ano.

Em resposta às necessidades das organizações e tecido empresarial regional, a Profitecla Braga mantém a aposta da sua oferta formativa aos jovens da região. Todos os Cursos Profissionais são gratuitos e têm a atribuição de subsídio de alimentação, subsídio de transporte, bolsa de material, bolsa de personalização e subsídio de alojamento quando aplicável. Têm a duração de três anos, dão acesso à certificação escolar do 12º ano de escolaridade e Certificado Profissional de Nível IV, dando a possibilidade aos jovens de acesso ao Ensino Superior e entrada no mercado de trabalho. Já o curso CEF permite obter a Certificação Profissional de 9º ano de escolaridade.

Ensino num ambiente inovador e apoiado em ferramentas digitais

As Escolas da Rumos Education (nas quais a Profitecla se insere) oferecem um projeto pedagógico diferenciado aos alunos do século XXI que vai ao encontro do novo perfil dos jovens deste milénio. O conceito inovador do aluno_21 é caracterizado pelo pensamento acelerado e ações diferentes, fruto de uma relação muito próxima com a tecnologia. O método pioneiro das Escolas Rumos Education possibilita aos jovens abraçarem o ensino como um desafio, uma mão cheia de oportunidades, dando a capacidade de aprender e de trabalhar de forma colaborativa, num ambiente estimulante e inovador, apoiado em ferramentas digitais. Possibilitando ainda, experiências internacionais e desenvolver competências técnicas, sociais e emocionais, assim como o seu sentido de responsabilidade social e ambiental.

Apesar do regresso às aulas presenciais, cumprindo todas as condições de segurança, a Profitecla mantém a aposta em plataformas complementares de apoio à aprendizagem como é o caso do Microsoft Teams e da Kahn Academy. Estas ferramentas já vinham a ser usadas desde o início do ano letivo no âmbito do projeto aluno_21.

A Direção explica que se trata de “usar a tecnologia e ferramentas que já vínhamos a implementar ao longo dos últimos anos e que neste momento se mostram absolutamente essenciais para garantir o normal funcionamento das nossas escolas, desde as aulas até ao trabalho administrativo. O feedback que temos de toda a comunidade educativa é excelente”.

Profitecla já formou mais de 9000 jovens ao longo de mais de 30 anos

Com mais três décadas de existência, a Escola Profissional Profitecla já formou mais de 9000 alunos, prevendo no ano letivo de 2020/2021 formar cerca de 600 jovens. Presente em 7 polos distribuídos por várias cidades do país – Viseu, Barcelos, Braga, Coimbra, Guimarães, Lisboa e Porto - a Profitecla permite uma formação profissional e académica de elevado nível, que alia a componente teórica à prática.

Esta escola profissional apresenta uma série de vantagens para os alunos tais como aprender uma profissão para mais facilmente entrar no mercado de trabalho, possibilidade de prosseguir os estudos para o ensino superior, compreender desde cedo as normas e os valores das organizações onde posteriormente irão trabalhar, conhecimento aprofundado do mercado, formação em contexto de trabalho (estágios profissionais), ou acompanhamento diferenciado de acordo com as necessidades de cada aluno.

Sobre a Escola Profitecla

A Profitecla é uma Escola Profissional, criada em 1989, Tem como objetivo fundamental o ensino e a formação profissional, nas áreas Animação em Turismo, Auxiliar de Saúde, Comunicação, Comunicação e Serviço Digital, Cozinha/Pastelaria, Direito e Solicitadoria, Geriatria [Animação e Bem Estar], Gestão, Gestão e Marketing, Gestão e Seguros, Logística, Operações Turísticas, Pastelaria/Padaria, Receção hoteleira, Restaurante/Bar, Secretariado e Turismo e outras que se venham a revelar de interesse para a satisfação das necessidades do tecido empresarial.

O modelo de formação que desenvolve centra-se no Aluno e no acompanhamento do seu projeto pessoal através de um professor orientador. Fomenta o respeito pelo Aluno, como personalidade com direito a critérios próprios de aprendizagem, a percursos educativos diferenciados, e a formas de avaliação individualizadas. Favorece uma educação crítica que proporciona a interpretação da realidade, mais do que a simples memorização de conhecimentos teóricos.

Sobre a Rumos Education

A formação de jovens, a criação de profissionais, faz parte do código genético da Rumos Capital Group, sendo uma das áreas que tem uma maior oferta, quer formativa, quer geográfica. Assim, as Escolas Profissionais da Rumos Education contam com uma vasta oferta formativa no que diz respeito à preparação e certificação para o exercício de profissões, tendo pólos escolares em diversas cidades de Portugal. Para jovens com o 9º ano, as escolas profissionais visam a formação de técnicos altamente qualificados, de forma coerente com as prioridades e as estratégias de desenvolvimento de cada cidade ou região onde se inserem. Para além das disciplinas científicas e socioculturais, os cursos das escolas profissionais têm ainda uma forte componente de disciplinas técnicas de especialização. A Rumos Education aposta num modelo de formação centrado no aluno e no acompanhamento do seu projeto pessoal através de um professor orientador, promovendo um tipo de ensino que proporciona aos alunos uma informação concreta sobre a realidade do mundo do trabalho, favorecendo a educação crítica que proporciona a interpretação da realidade, mais do que a simples memorização de conhecimentos teóricos. As Escolas Profissionais da Rumos Education apresentam uma série de vantagens para os alunos tais como aprender uma profissão para mais facilmente entrar no mercado de trabalho, possibilidade de prosseguir os estudos para o ensino superior, compreender desde cedo as normas e os valores das organizações onde posteriormente irão trabalhar, conhecimento aprofundado do mercado, formação em contexto de trabalho (estágios profissionais), ou acompanhamento diferenciado de acordo com as necessidades de cada aluno. Fazem parte da Rumos Education a Escola Profissional Profitecla (Barcelos, Braga, Coimbra, Guimarães, Porto, Lisboa e Viseu www.profitecla.pt), Escola Profissional Digital (Lisboa www.escoladigital.com), Escola Profissional Ruiz Costa (Matosinhos www.ruizcosta.edu.pt), Escola Profissional de Braga (Braga www.epb.pt).

VALENÇA INAUGURA REQUALIFICAÇÃO DA ESCOLA MURALHAS DO MINHO

Valença inaugurou a obra de requalificação da Escola Básica e Secundária Muralhas do Minho. O renovado complexo escolar implicou um investimento de 3,79 milhões de euros.

178998470_3923049237776422_758617734909956928_n.jp

O ato foi presidido pelo Primeiro Ministro, António Costa e contou com a presença do Presidente da Câmara de Valença, Manuel Lopes, do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, entre outras autoridades.

178382995_3923049334443079_5863928111518607040_n.j

178709224_3923049331109746_7727431444008215858_n.j

178486750_3923049391109740_1495264531208936457_n.j

178998474_3923049454443067_5755945943046181927_n.j

178827433_3923049451109734_3717361170850499705_n.j

EPATV EM FORMAÇÃO ERASMUS+ "VET NEW METHODOLOGIES"

Face aos constrangimentos causados pela pandemia da COVID19, a quarta mobilidade formativa, prevista realizar-se na Turquia, foi alterada para uma mobilidade virtual recorrendo para o efeito ao GOOGLE MEETS.

IMG_3404_resultado.jpeg

Entre os dias 12 e 16 de abril, dois professores e quatro alunos, do terceiro ano, dos Cursos Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores e Técnico de Eletrotecnia da EPATV, participaram virtualmente com os seus parceiros espanhóis, italianos e turcos em vários momentos formativos.

A quarta formação tinha por objetivo capacitar os intervenientes de competências relacionadas com a visão artificial, recorrendo a um braço robótico, mais concretamente, reconhecimento artificial de sólidos geométricos, usando bibliotecas de software Raspberry e Python. Assim, durante a semana formativa os membros da equipa portuguesa programaram o braço robótico de modo que este fosse capaz de, através de uma câmara, identificar um determinado objeto de entre seis colocados aleatoriamente, transportá-lo para um lugar previamente definido. Para tal, foi necessário aplicar conceitos de matemática, geometria, de física, cinemática, e de informática, nomeadamente, programação Python e Base de Dados.

IMG_3409_resultado.jpeg

IMG_20210415_112327.jpg

IMG_20210414_121223.jpg

ISAVE INTEGRA NOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA APESP

Decorreram, no passado dia 21 de abril nas instalações da Lusófona de Humanidades e Tecnologias em Lisboa, as eleições para os membros da Assembleia Geral, da Direção e do Conselho Fiscal para o triénio 2021 - 2023 da APESP - Associação Portuguesa do Ensino Superior Privado.

IMG-20210423-WA0001.jpg

A lista vencedora, presidida pelo Professor Doutor Almeida Dias visa acentuar a notoriedade e o reconhecimento público da APESP através do compromisso da criação do “Observatório do Ensino Superior Privado”, que tem como objetivo recolher e analisar a informação sobre o setor particular e cooperativo do ensino superior português. Paralelamente, pretende criar o “Conselho Geral Consultivo” constituído por personalidades de reconhecido mérito académico e profissional que irão, através de encontros de discussão e análise, elaborar documentos estratégicos e pareceres para serem difundidos juntos dos órgãos de soberania do Estado português.

O Dr. João Luís Nogueira, Presidente do Conselho de Direção do ISAVE integra este grupo de trabalho, na posição de Vogal do Conselho Fiscal com vista a contribuirmos para uma mudança de paradigma acerca do ensino superior privado em Portugal.

ARCOS DE VALDEVEZ APOIA ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR

Município arcuense atribui 54 Bolsas de Estudo para o Ensino Superior

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez assume o investimento na Educação, como estratégico e prioritário, consciente de que cidadãos mais qualificados estão melhor preparados para enfrentar os desafios do futuro e para contribuir para o desenvolvimento social, cultural e económico do concelho.

entrega das bolsas de estudo4.JPG

Assim, o Município de Arcos de valdevez aprovou a atribuição de 54 Bolsas de estudo, a alunos do concelho, para o ano letivo 2020/2021, no valor global de 35 050,00€.

Através deste apoio, o Município procura promover o desenvolvimento das igualdades de oportunidades, minimizando as diferenças socioeconómicas e possibilitar a prossecução dos estudos ao nível superior pelos alunos mais carenciados.

Estas são medidas tomadas pela Câmara Municipal no sentido de promover o incremento da formação dos arcuenses, contribuir para a aquisição de conhecimento e garantir a igualdade de oportunidades a todos os alunos do concelho.

entrega das bolsas de estudo5.JPG

entrega das bolsas de estudo6.JPG

entrega das bolsas de estudo.JPG

entrega das bolsas de estudo2.JPG

entrega das bolsas de estudo3.JPG

EPATV ASSINALA DIA DA TERRA COM PROJETO ECO-ESCOLAS "ONDE ESTÁ O ECOLÁPIS?"

No dia 22 de abril assinala-se o dia da Terra cuja finalidade é sensibilizar para a proteção da biodiversidade, criando uma consciencialização dos problemas da contaminação bem como de outras preocupações ambientais com o intuito de proteger a Terra.

Desenho-Diana Abreu.jpg

A participação no projeto “Ecolápis? – Desafio Faber-Castell”, promovido pelas Eco-Escolas, foi abraçado pela turma do 3º ano de Design Gráfico, de forma a desenvolver os conhecimentos de Educação Ambiental para a sustentabilidade.

A ilustração, inspirada no famoso livro ”Onde está o Wally?” teve como base de inspiração a floresta- a floresta e toda a sua biodiversidade e multiplicidade de cores de outono vibrantes.

A aluna, Diana Abreu, autora da ilustração, afirmou que mesmo com um fundo detalhado não foi fácil "esconder" um lápis vermelho numa floresta onde a maioria das cores eram verde ou castanho!  A forma de contornar esse problema foi desenhar flores nos arbustos, as folhas das árvores foram pintadas com cores de outono e acrescentados alguns lápis como se fossem parte integrante da floresta.

A EPATV mais uma vez incute nos seus alunos o sentido de responsabilidade e proteção da sustentabilidade ambiental.

Mais em: https://epatv.pt/noticias/epatv-assinala-dia-da-terra-com-projeto-eco-escolas-onde-esta-o-ecolapis/

ERASMUS+: EPATV TRABALHA O EMPREENDEDORISMO VERDE NA PANDEMIA

A atividade C4 do projeto "Green entrepreneurs for a better world", cuja realização estava prevista em sede de candidatura na escola eslovena, devido às contigências pandémicas decorreu online entre os dias 12 e 16 de abril de 2021.

IMG_20210412_091024 (Large).jpg

Este projeto tem por objetivo a formação de 4 microempresas, integradas cada uma por um aluno de cada uma das escolas participantes (Portugal, Eslovénia, Itália e Letónia) e a preparação de um produto por cada "microempresa". Nesta atividade C4, em concreto, estava previsto abordar a estratégia de promoção do produto, depois de em Portugal (C2) se terem formado os grupos de alunos "empresários" e decidido cada produto e em Itália (C3) se terem trabalhado conhecimentos na área do plano de negócio e apresentado os resultados da pesquisa de mercado de cada “microempresa”

O programa foi cumprido, de acordo com o previsto, tendo-se trabalhado os conhecimentos dos grupo em publicidade/advertising mediante um workshop temático;  prepararam-se e apresentaram-se os trabalhos referentes  à estratégia de marketing do produto de cada microempresa; Criou-se  e apresentou-se materiais de publicidade/advertising de cada produto e ainda se procedeu à avaliação da publicidade elaborada pelos alunos para a publicidade referente ao produto de cada microempresa. É de salientar que as alunas da Escola Profissional Amar Terra Verde trabalharam árdua e entusiasticamente nas atividades e trabalhos da semana.

No tocante ao agendamento da próxima reunião (C5), prevista para a Letónia, os parceiros acordaram a data da semana de 3 a 7 de maio para a realização da próxima mobilidade (virtual).

Mais em: https://epatv.pt/noticias/erasmus-epatv-trabalha-o-empreendedorismo-verde-na-pandemia/

IMG_20210413_103622 (Large).jpg

IMG_20210416_093010 (Large).jpg

ESPOSENDE: ANTIGAS INSTALAÇÕES DA ESTAÇÃO RADIONAVAL DE APÚLIA VÃO DAR LUGAR A PÓLO DA UNIVERSIDADE DO MINHO

Dado passo decisivo para instalação de polo da UMinho em Esposende

O Município de Esposende vai avançar com a abertura do concurso público para a elaboração do projeto de instalação do Instituto Multidisciplinar de Ciência e Tecnologia Marinha, na Estação Radionaval de Apúlia. Esta foi uma decisão tomada na reunião de hoje, entre o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, o reitor da Universidade do Minho, Rui Vieira de Castro e o vice-reitor para a Investigação e Inovação, Eugénio Campos Ferreira, tendo ficado acordado que o futuro polo, além da forte vertente de investigação para a qual estava inicialmente vocacionado acolherá projetos de educação e formação, tendo, ainda, uma estrutura de incubação de empresas.

estação radionaval apúlia a.jpg

A intervenção agora prevista para a Estação Radionaval ganha, pois, amplitude, relativamente ao projeto inicial.

Na mesma reunião ficou, também, estabelecido entre as partes, avançar com uma base efetiva de colaboração, tendo em vista a instalação do Centro de Divulgação Científica de Atividades Marinhas, que ficará sediado no Forte de S. João Baptista.

O protocolo de cooperação, entre o Município de Esposende e a Universidade do Minho foi firmado em março de 2015, contemplando a instalação de duas unidades dedicadas à investigação e tecnologia marinhas. A decisão decorrente das mais recentes reuniões entre as partes leva o projeto para um nível superior, com o alargamento da investigação e a inclusão da componente de ensino.  

A decisão do Município de Esposende avançar com a abertura de um concurso público responde à inclusão do CVTMar – Centro de Valorização de Tecnologia baseada em Recursos Marinhos no mapeamento de infraestruturas tecnológicas nacionais da Agência Nacional de Inovação (ANI) que confere reconhecimento acrescido ao projeto. De resto, este mapeamento está intrinsecamente alinhado com o anúncio recente de investimento na investigação e economia do mar no âmbito do  Plano de Recuperação e Resiliência e, perspetivando os Quadros Comunitários de Apoio, permite fundamentar um projeto de grande importância para Esposende, atraindo massa crítica e implementando o arranque do ensino superior no concelho.

O Município de Esposende adquiriu, em setembro de 2018, por 936 mil euros, cerca de 3,5 hectares de terreno, dos 14 que formam a Estação Radionaval Almirante Ramos Pereira, em Apúlia e vai agora reforçar esta aposta com um investimento considerável na elaboração do projeto.

ROLEIRA MARINHO – DEPUTADO À ASSEMBLEIA CONSTITUINTE – EXPÔS NO PARLAMENTO EM 1975 A SITUAÇÃO RELATIVA À SAÚDE E AO ENSINO SUPERIOR NO MINHO

31576163_1912737498759599_7458001286898647040_n.jpg

O Sr. Roleira Marinho (PPD):- Sr. Presidente, Srs. Deputados: Como português, criado junto do autêntico povo, daquele que sempre foi esquecido e nunca até ao 25 de Abril do ano da Revolução foi ouvido para coisa nenhuma, sempre senti os seus reais problemas e as suas enormes carências, até porque muitas delas à minha porta batiam também! ...

Não admira, pois, que, sempre atento aos interesses desse povo e disposto a lutar por tudo o que possa dignificá-lo e dar-lhe melhor bem-estar, eu venha hoje, de novo, ocupar-me de alguns problemas que reputo da maior importância resolver com brevidade.

Refiro-me aos aspectos mais diversos da saúde em Portugal. É evidente que a saúde do corpo começaa tratar-se pela saúde do espírito, e esta adquire-se pela cultura. Um povo será tanto mais saudável quanto maior for o seu acesso às fontes da instrução! ...

E aqui, Sr. Presidente e Srs. Deputados, permitam-me um parêntesis - qual tem sido a política da educação em Portugal, não só antes mas até depois do 25 de Abril?

Nós, no Norte, continuamos ansiosamente à espera que nos digam onde e como teremos a tão desejada Universidade do Minho, assunto já aqui focado pelos Deputados do Partido Popular Democrático Nívea Cruz e Fernando Roriz. Inicialmente prevista a estender-se pelas cidades de Braga, Guimarães e Viana do Castelo, motivo pelo qual se designou, muito justamente, por Universidade do Minho, parece-nos agora que funcionará unicamente na primeira daquelas localidades, o que não deixará, com certeza, de descontentar as populações dos outros distritos, que tanto trabalham para conseguir a realização deste velho sonho.

E mais nos convencemos de que assim será depois de podermos apreciar o ofício da Reitoria da Universidade, ref.ª RT-381 /75, de 17 de Setembro de 1975, dirigido a esta Assembleia, onde não há nenhuma alusão à cidade de Viana do Castelo.

Continuamos à espera da criação urgente de escolas pré-primárias, da criação em todas as localidades de escolas primárias, porque, muito embora o ensino primário seja gratuito e obrigatório, isso não basta, se não houver professores e se não houver escolas ...

Vozes: - Muito bem!

O Orador:-... julgo que não poderemos exigir a deslocação de crianças de 6 ou 7 anos para as escolas que se situam a 6 km ou 8 km e até mais das suas residências sem quaisquer meios de transporte, como acontece em alguns concelhos do meu distrito (Viana do Castelo), e ouso perguntar como se resolveu suspender o funcionamento de alguns postos da Telescola em pontos de difícil acesso e com frequência justificativa sem sequer consultar as populações!

Vozes: - Muito bem!

O Orador:- No entanto, se a política da saúde começa na escola, também não podemos esperar que ela se quede aí, há que avançar reformulando a profissão médica e reorganizando a rede hospitalar.

Reformulando a profissão médica, criando o desejado Serviço Nacional de Saúde, para que não mais aconteça que quando qualquer português recorrer ao médico não seja medido e tratado conforme o «peso» do seu dinheiro, conforme o «pesou da sua aparência de burguês ou de proletário.

Há que dar vida à participação do médico na sociedade portuguesa.

É urgente fazer uma correcta redistribuição dos médicos, recorrendo ao serviço cívico obrigatório se tal for necessário, porque como poderão as populações rurais fazer uma qualquer consulta de especialidades médicas se o « especialista» se situa a 100 km ou 200 km das suas residências?

Vozes: - Muito bem!

O Orador:- E, se esquecermos esta dificuldade das distâncias, não poderemos, certamente, esquecer o tempo de atraso das consultas, dois ou três meses, quando se recorre à Previdência, motivo por que o paciente se decide quase sempre pela consulta privada, nem que isso lhe cause tantas vezes senão «empenham algo que lhe é querido, pelo menos o sacrifício de roubar o suficiente à sua alimentação.

Vozes: - É verdade!

O Orador: - Se o médico se tem de dar abnegadamente ao doente, a este assiste o direito de escolher o médico, especialista ou não, de modo que a «vergonha» que agora se verifica de «mendigam ao médico da caixa o favorzinho de passar o receituário que outro médico de clinica privada receitou acabe de vez! ...

Vozes: - Muito bem!

O Orador:- Devem todos os portugueses beneficiar dos serviços médicos gratuitos.

Vozes: - Muito bem!

O Orador:- Devem todos os portugueses ter uma assistência medicamentosa condigna, e para que isto seja uma realidade devem os médicos estar plenamente conscientes da grande quota-parte que lhes cabe em levar o socialismo a todos os lares ...

Vozes: - Muito bem!

Aplausos.

O Orador: - ... o receituário deveria ser escrito em letra clara e o número de embalagens farmacêuticas receitadas deveria, obrigatoriamente, ser expresso por extenso, evitando assim viciações que eventualmente se verificam.

Vozes:- Muito bem!

Aplausos.

O Orador: - E que acontece no campo hospitalar? Refiro-me concretamente ao distrito de Viana do Castelo, onde existem três ou quatro edifícios que satisfazem as condições mínimas para que foram criados, mas só como edifícios, porque de equipamento estamos muito mal, e quantos doentes têm de ser transferidos para o Porto por falta dessas infra-estruturas tão necessárias! ... Muitos desses homens e dessas mulheres já perderam a vida nessa curta viagem de 60 km por estrada, nem sempre fácil e superpovoada de veículos, porque, infelizmente, nem sequer com um helicóptero podemos contar na emergência, por falta de necessários meios de apoio, na capital desse «longínquo» distrito! ...

Vozes: - Muito bem!

Apoiado.

O Orador: - A cidade de Viana do Castelo tem projectado para erguer dentro dos seus muros o tão falado e tão desejada «Hospital Regional», de molde a que muitas das carências apontadas sejam superadas, projecto que já vem de longe, e a data do início desse importantíssimo melhoramento consta que será durante o corrente ano.

Eu quero fazer aqui o meu mais forte apelo ao Governo no sentido de que não fique o arranque desta obra no saco dos esquecimentos, porque Viana do Castelo também é Portugal! ...

Vozes: - Muito bem!

O Orador: - Também se impõe a concretização da implantação de hospitais sub-regionais, e para isso creio existirem no distrito edifícios que tal possibilitam, nomeadamente o ex-sanatório de Paredes de Coura, actualmente a funcionar como hospital psiquiátrico, com poucos doentes, pois existe um outro hospital desta especialidade no distrito.

E falando de Paredes de Coura, confere-me dar conhecimento a esta Assembleia e ao Governo do que ali se passa no que diz respeito ao pessoal médico e de enfermagem. Colocados dois médicos no hospital, os mesmos, pretextando falta de instalações, fixaram residência a 30 km de Paredes de Coura, deslocando-se aqui duas vezes por semana! ...

Tão inacreditável como isto é o facto da insuficiência de elementos do corpo de enfermagem, recorrendo-se, quantas vezes, ao serviço de simples «curiosos», facto que a lei pune, mas que é o único meio que aquelas populações encontram para tentarem minorar o seu sofrimento.

O povo do Alto Minho quer ver satisfeitas as suas mais justas aspirações; as suas reivindicações limitam-se a exigir igualdade de tratamento na solução de. problemas fundamentais, problemas que afligem a vida do seu quotidiano.

O Sr. Presidente: - Queria avisar o Sr. Deputado de que dispõe de dois minutos.

O Orador: - Vou acabar, Sr. Presidente.

Sr. Presidente, Srs. Deputados: É urgente acabar com a contratação «por favor» dos médicos da Previdência.

Vozes: - Muito bem!

O Orador: - É urgente abrir as portas dos quadros da Previdência a todos quantos se prontificam a servir o povo por humanidade!

É urgente dignificar a medicina! ...

Os passos da Revolução têm sido difíceis, alguns titubeantes, outros ziguezagueantes! ...

Fazemos votos que o novo Governo tome o leme com a mão firme e decidida, de modo que a Revolução entre numa marcha adequada, de acordo com a vontade da maioria do povo, e que os maiores problemas que afligem os Portugueses encontrem uma rápida e justa solução.

Tenho dito.

Vozes: - Muito bem!

Aplausos.

Capturardiarassconstit.JPG

ESCOLA DE MÚSICA DE TERRAS DE BOURO VOLTA A TER AULAS PRESENCIAIS

Escola de Música de Terras de Bouro retoma as aulas presenciais com os seus alunos no próximo dia 19 de abril

O Município de Terras de Bouro, através da Vereadora responsável pelas áreas da cultura e educação, Dr.ª Ana Genoveva Araújo, leva ao conhecimento de todos os interessados que a Escola de Música de Terras de Bouro irá retomar as aulas presenciais com os seus alunos no próximo dia 19 de abril.

Aproveitamos para relembrar que a Escola de Música disponibiliza aulas na Vila de Terras de Bouro, na Vila do Gerês e em Rio Caldo, podendo os interessados efetuar a todo o tempo, a sua inscrição, num dos locais pretendidos.

capatbouroescolmus.jpg

MUNICÍPIO DE BARCELOS ADQUIRE 600 COMPUTADORES PARA A ÁREA DA EDUCAÇÃO

A Câmara Municipal adquiriu mais 600 computadores portáteis e respetivos kit’s de acesso à internet para a área da Educação.

Imagembarcecompensino.JPG

Os equipamentos serão distribuídos pelos agrupamentos escolares, que farão, posteriormente, a entrega, a título de empréstimo e de forma temporária, a alunos carenciados e abrangidos pela Ação Social Escolar do concelho. Esta medida assume particular relevância devido ao contexto de pandemia em que vivemos há mais de um ano, na medida em que os computadores serão entregues a alunos com vulnerabilidades socioeconómicas e em risco de abandono escolar.

Este reforço de equipamentos contribui, ainda, para uma efetiva aposta na escola digital e nasce de um protocolo, assinado entre a Câmara Municipal e os diretores dos agrupamentos escolares, decorrente da candidatura ao Aviso n.º Norte D4-2020-79. Este concurso desenvolve-se no âmbito da universalização da Escola Digital, uma das medidas do Programa de Estabilização Económica e Social e do Plano de Ação para Transição Digital, que prevê a universalização do acesso e da utilização de recursos didáticos e educativos digitais por todos os alunos e docentes do ensino básico e secundário.

A par destes equipamentos, o Município adquiriu outros 30 computadores portáteis para os serviços municipais, que serão afetos, em boa medida, a colaboradores em regime de teletrabalho. Serão também utilizados em videoconferências.

Os equipamentos implicaram um investimento de 384.018,30 € (IVA incluído).

Em maio de 2020, a autarquia tinha já adquirido 200 computadores, com a respetiva conetividade à internet, que tinham sido, de igual forma, distribuídos pelos agrupamentos escolares com a mesma finalidade.

AMARES: ISAVE ABRE CANDIDATURAS PARA "MAIORES DE 23 ANOS"

O Instituto Superior de Saúde (ISAVE), com sede em Amares, abriu as candidaturas a estudantes maiores de 23 anos não titulares de habilitações de acesso ao ensino superior. Este concurso destina-se ao acesso e ingresso nos cursos de Licenciatura e Cursos Técnicos Superiores Profissionais para o ano letivo de 2021-2022.

A primeira fase de candidaturas decorre até dia 31 de maio de 2021 e, na página https://isave.pt/ensino/ingresso/, os candidatos poderão encontrar mais informações e realizar a sua candidatura online. Para efetivar a sua candidatura via Concurso Maiores de 23 anos, os candidatos devem preencher o formulário e anexar os documentos solicitados para o efeito.

O ISAVE dispõe de três licenciaturas, nomeadamente, Enfermagem, Fisioterapia e Dietética e Nutrição; dispõe ainda de uma vasta oferta de CTESP, entre os quais Termalismo e Bem-Estar, Bioanálises e Controlo,

Gerontologia, Serviço Familiar e Comunitário, Proteção Civil e Socorro e Apoio em Cuidados Continuados Integrados.

Os estudantes que têm concorrido nesta modalidade de acesso ao ensino superior representam no ISAVE cerca de 15% da comunidade estudantil e, como tal, o ISAVE oferece algumas ferramentas para o ingresso, nomeadamente, um curso de preparação para os exames a realizar (Biologia e Português), com professores especializados nestas provas específicas, e documentação de suporte.

CÂMARA DE VIZELA ATRIBUI 72.500,00€ EM BOLSAS DE ESTUDO PARA ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR

A atribuição de auxílios económicos a estudantes reveste-se de decisiva importância, enquanto forma de suprimir ou minorar as desigualdades económicas e sociais, muitas vezes obstáculo ao prosseguimento de estudos, pelo que a Câmara Municipal aprovou a atribuição de 72.500,00€ para bolsas de estudo a alunos do ensino superior.

bolsas 2019.jpg

De destacar que as bolsas de estudo a alunos do ensino superior, foram já atribuídas nos dois anos letivos anteriores, de acordo com o novo Regulamento, com a alteração do critério de atribuição, com uma nova fórmula muito mais capaz para dar resposta às necessidades efetivas dos alunos na atribuição das bolsas, sendo que a Câmara concede agora 30% da bolsa atribuída pelo Ministério do Ensino Superior, criando um princípio de igualdade.

Assim, e tendo em conta esta nova fórmula, a Câmara Municipal mais que quadruplicou o valor atribuído pelo anterior executivo municipal, que era de 15.000,00€ e 25 bolsas atribuídas, sendo que este ano letivo de 2020/2021, a Câmara atribuiu 205 bolsas, num valor de mais de 72.500,00€.

O objetivo foi criar um Regulamento mais equilibrado, que crie proporcionalidade e igualdade, pois a Câmara irá apoiar todos aqueles que frequentam o ensino superior, com carências económicas efetivas (comprovadas pelos serviços de ação social escolar das universidades).