Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

DKC DE VIANA E APPACDM RENOVAM ARTICULAÇÃO NA PRÁTICA DA CANOAGEM PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL PARA 2023

A DKC de Viana e a APPACDM mantém para o ano de 2023 articulação na prática da modalidade de canoagem, para os utentes da APPACDM.

canohc (1).jpg

Assim este clube vianense cede as embarcações, material de ginásio e espaços à APPACDM para desenvolvimento da canoagem e projeto “desporto para todos” englobando as várias secções desta instituição do concelho de Viana do Castelo. Os técnicos da APPACDM trabalham com os utentes.

É uma cedência a título gratuito pela DKC de Viana, numa relação que vai fazer cerca de trinta anos, de sã convivência em que os principais beneficiários são cidadãos portadores de deficiência.

Uma tarde por semana é dedicada exclusivamente a esta parceria.

Uma articulação que represente um esforço financeiro para a DKC de Viana, que no campo da deficiência, apenas foi apoiada até hoje nestes 29 anos de atividade apenas por duas vezes, sendo unicamente pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude. Na época de 2022 a DKC de Viana apesar de desenvolver atividades para pessoas com deficiência motora e intelectual recebeu apoio “Zero”, o que faz com que o material utilizado nem seja sempre o mais adequado.

O que vem demonstrando que é muito giro fazer “likes” nas redes sociais, ou discursos  de circunstancia a este tipo de atividades, mas quando se vai aos apoios, ao concreto, estes são escassos ou nenhuns.

Mas isso não esmorece as gentes da DKC de Viana de proporcionar dias felizes, quer aos utentes da APPACDM, quer aos atletas de competição que este clube prepara e se dedica com esmero e carinho, diariamente através do seu trabalho de voluntariado.

Fotos: APPACDM

O Presidente da DKC de Viana,

Dr. Américo Castro

canohc (2).jpg

canohc (3).jpg

canohc (4).jpg

canohc (5).jpg

canohc (6).jpg

canohc (7).jpg

canohc (8).jpg

MENINAS DO CRAV VENCEM AS LISBOETAS

Na 9° jornada do Campeonato Nacional da Divisão de Honra, a equipa feminina do CRAV defrontou a equipa Ubuntu/CDUL, de Lisboa.

JML_1831.jpg

O jogo teve lugar no Parque Desportivo de Ramalde, Porto, no passado Domingo 22 de Janeiro.

A equipa minhota, formada por uma parceria entre o Sport C. P. e o C.R. Arcos de Valdevez venceu a equipa visitante por 135-5.

Com este resultado a equipa mantém-se no 3° lugar da tabela classificativa, com uma jornada em atraso, que se realizará no próximo Domingo, 29 de Janeiro, contra a equipa da M. C. R. Bairrada.

Foto: João Lima

MUNICÍPIO BARQUENSE ATRIBUI VOTO DE LOUVOR AO BARCA BASKET CLUBE – PROPOSTA DO PRESIDENTE DA CÂMARA

O presidente da Câmara, Augusto Marinho, apresentou na última reunião do executivo municipal, um voto de louvor ao Barca Basket Clube (BBC) pela consagração alcançada de campeã distrital 2022/2023 pela equipa de mini 12 da referida associação barquense.

36829ee8-f37e-4d5b-a9ec-72b167502039.jpg

Para o executivo municipal “O BBC é hoje um clube desportivo de referência do Concelho de Ponte da Barca e conta, pelo terceiro ano consecutivo, com a certificação de Escola de Minibasquete, pela Escola Nacional de Minibasquete da Federação Portuguesa de Basquetebol, desenvolvendo uma dinâmica desportiva que tem superado com distinção tais certificações.”

A excelência desportiva do BBC conta hoje com 97 atletas federados, nos escalões Baby basket, Mini 8, Mini 10, Mini 12, Sub 12, Sub 14 F, Sub 14 M, Sub 16 F, Sub 16 M, Sub 18 F, garantindo assim o seu desenvolvimento desportivo, educativo e social em prol dos jovens atletas barquenses.

Por essa razão, a Câmara Municipal reconheceu este sucesso que em muito orgulha todos os barquenses, pois permite com mérito e dedicação afirmar Ponte da Barca enquanto terra de igualdade, respeito e inclusão, sendo os atletas, associados e equipa técnica, na pessoa dos monitores Carlos Lima, Fernanda Esteves, Luís Miguel Silva, Tozé Lima, merecedores do presente voto de louvor da Câmara Municipal de Ponte da Barca.

BARCELOS PROMOVE ANDEBOL NOS ALUNOS DAS ESCOLAS DO 1º CICLO DO CONCELHO

PROTOCOLO ENTRE A EMEC, FEDERAÇÃO PORTUGUESA E ASSOCIAÇÃO DE ANDEBOL DE BRAGA

A prática do Andebol vai chegar aos alunos que frequentam as escolas do 1º ciclo dos Agrupamentos Escolares de Barcelos. Para esse efeito, foi assinado ontem um protocolo de colaboração entre a Empresa Municipal de Educação e Cultura de Barcelos (EMEC) e a Federação de Andebol de Portugal /Associação de Andebol de Braga, que tem como principal objetivo a realização de um “Plano de Desenvolvimento do Andebol na área dos Agrupamentos de Escolas de Barcelos”.

and (1).jpg

No texto que suporta o protocolo, pode ler-se que, sendo “a prática desportiva de importância vital para o futuro dos nossos jovens” e considerando-se “o elevado valor educativo do Andebol, modalidade de grande implantação nacional e distrital, pode, localmente, assumir também um papel fundamental na formação dos jovens do concelho de Barcelos”.

Este acordo estabelece que “os agentes envolvidos no fenómeno desportivo e na área da sua formação” devem reunir esforços e meios de superação” no sentido de potenciar da melhor forma a prática do andebol.

Na implementação deste protocolo, a EMEC, a FAP e a AAB, comprometem-se a cooperar na realização de um conjunto de ações, nas escolas EB1 dos Agrupamentos, que promovam e prática da modalidade. Entre outras ações, está previsto promover e apoiar as ações de divulgação/implementação do andebol, em Barcelos, realizar ações de formação de agentes desportivos que ajudem os professores no número de horas de formação necessárias para a sua progressão.

O acordo celebrado ressalva ainda a possibilidade de apoiar a filiação de um clube, e, nesse âmbito, assegurar a inscrição dos jovens que desejem realizar esta prática desportiva.

Do lado da EMEC, a Empresa Municipal de Educação e Cultura de Barcelos obriga-se a promover a prática desportiva do andebol (semanal) nas EB1 de Barcelos, no âmbito da dinamização e promoção das Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC). Deve também assegurar as condições materiais para que os monitores possam desenvolver a prática da modalidade, bem como divulgar as ações a desenvolver, possibilitando uma participação alargada dos alunos.

and (2).jpg

CLUBE DE RUGBY DE ARCOS DE VALDEVEZ DERROTADO NAS CALDAS DA RAINHA

C.R. Arcos de Valdevez averba pesada derrota nas Caldas da Rainha

No sábado 21 de janeiro, a equipa minhota deslocou-se à cidade do Oeste e coroou uma exibição muito infeliz com 60 pontos sofridos, e apenas 7 marcados.

CRAV 3.jpg

Pelo peso dos números, fácil será perceber que o C.R. Arcos Valdevez terá feito pior exibição da época. Com efeito, 9 ensaios sofridos contra um marcado não pode deixar de ser sinal do avassalador domínio do Caldas RC, assim como das insuficiências defensivas dos visitantes.

Aliás, desde o início que essa tendência se fez sentir. A equipa da casa, mais experiente e mais confiante, revelou desde muito cedo muita facilidade em fazer progressões com bola em qualquer zona do terreno. Com efeito, era fácil ver fases de jogo com progressões individuais de 10 e 15 metros, uma vez que o C.R. Arcos de Valdevez nunca conseguia suster à primeira as investidas atacantes dos homens da casa. Além disso, era também notória a superioridade do Caldas RC nas formações ordenadas, criando sempre muitas dificuldades aos minhotos.

Assim, foi com naturalidade que o Caldas marcou quatro ensaios na primeira parte. Começou aos nove minutos de jogo e mesmo em cima do apito conseguiram o 29-0, resultado com que as equipas foram ao balneário no intervalo.

Na segunda parte, seria expectável um jogo diferente da parte do C.R. Arcos de Valdevez, mas tal não aconteceu. Aos três minutos o Caldas marcou mais um ensaio (34-0). Foi então que se deu o melhor período de jogo dos visitantes, que procuraram contrariar a superioridade do adversário. Marcaram um ensaio aos 10 minutos, mas não conseguiam manter a pressão sobre os homens do Oeste: a jogar só com o coração, a lutar mais do que a jogar, os arcuenses perderam a organização e desenvolveram um jogo anárquico e inconsequente, que rapidamente foi sacudido pelo Caldas. Seguiram-se mais quatro ensaios sem resposta dos homens da casa, que fixaram o resultado final em 60-7.

Neste momento, o CN1 sofrerá um interregno por força do calendário da Taça de Portugal, retomando apenas a 25 de fevereiro. Entretanto no dia 4, o C.R. Arcos de Valdevez deslocar-se-á a Belas, a propósito dos 1/8 final da competição citada.

CRAV 2.jpg

DKC DE VIANA É O 6º CLUBE RANKING NACIONAL DA ESPECIALIDADE

Falta de apoios fá-lo cair 5 lugares no Ranking Nacional Clubes.

A DKC de Viana conquistou o sexto lugar no Ranking Nacional das especialidades, que era o antigo ranking nacional de clubes, em 82 clubes federados, sendo que 70 deles pontuaram, igualando a prestação do ano anterior.

dkc.png

No novo Ranking Nacional de Clubes, Ranking Santa Casa, a DKC mantém-se na primeira divisão, mas pela primeira vez em sete anos não se situa no “top ten”, de clubes, tendo descido cinco lugares.

Em 2013 foi 16º, em 2014 foi 11º, o mesmo em 2015 e nos sete anos seguintes esteve sempre acima do 10º lugar, sendo que em 2016 foi sexto, em 2017 sétimo, em 2018 foi novamente sexto, em 2019 sétimo, em 2020 não houve ranking em virtude da pandemia. Em 2021 inicia um novo modelo de rankings que colocou a DKC em sétimo lugar. Em 2022, o actual ranking desce cinco lugares, para 12º, o resultado mais baixo desde 2014.

O novo modelo de ranking nacional não se espelha só nos resultados das provas nacionais, que é o que traduz o ranking das especialidades, mas pela presença em provas internacionais, número de federados, organização de provas, provas em que compete e claro está também nos resultados.

A nova especialidade de stand up canoe exige investimento que a DKC de Viana não tem, nem tem apoio nessa matéria, mas conta para o Ranking Nacional já há duas épocas.

Acontece que esta descida abrupta, com tendência a ser maior se continua este registo, deve-se a factores que já foram tornados públicos ao longo da época de 2022. Deficiente execução de apoios, há propostas de apoio anuais em que apenas foram executados dois meses, falta de apoios, nomeadamente a novas especialidades, ao alto rendimento, à paracanoagem e à atividade regular, à não organização de competições (embora organizada a Taça Ibérica em que na próxima época isso não se repetirá), à falta de barco de apoio, e à falta a competições, circunstancias que não existiram, do mesmo modo, nos anos anteriores a 2022.

Por isso o sexto lugar no Ranking Nacional de Especialidades sabe a pouco, provavelmente não se manterá na próxima época, ainda sabendo que no próximo ano, e nestas circunstancias não poderá a DKC de Viana dar o orgulho à comunidade por uma vitória colectiva numa especialidade.

É a espuma dos novos tempos.

Porém, as gentes da DKC de Viana, mesmo nas condições descritas, continuarão a empenhar-se a favor das crianças, dos jovens e das pessoas portadoras de deficiência, levando o clube a bom termo, e a tentar como sempre fazer deles todos muito felizes e lutando para que concretizem os seus sonhos, porque uma vez clube olímpico, será sempre clube olímpico, o único na cidade, que conseguiu levar um atleta à estratosfera que é o patamar olímpico, agora no futuro também posto em causa. O esforço continua.

O Presidente da DKC de Viana,

Dr. Américo Castro

Ranking Clubes.png

Ranking Especialidade.png

VIANA DO CASTELO É CIDADE EUROPEIA DO DESPORTO 2023

A Câmara Municipal de Viana do Castelo vai disponibilizar bilhetes para assistir à Gala de Abertura Oficial da Cidade Europeia do Desporto que acontece dia 21 de janeiro, às 21h30, no Centro Cultural de Viana do Castelo e no Pavilhão José Natário.

Os bilhetes são gratuitos e poderão ser levantados a partir desta sexta-feira, na bilheteira do Teatro Municipal Sá de Miranda.

Se não for atingida a lotação dos espaços, os ingressos poderão também ser levantados no Centro Cultural e no Pavilhão José Natário na noite da gala, sábado, a partir das 19h30.

326201328_712548103939676_7181536013066922278_n.png

ARCOS DE VALDEVEZ REALIZOU PROVA DE CORTA-MATO ESCOLAR

Cerca de 300 alunos participaram no Corta-mato escolar do Agrupamento de Escolas no Estádio Municipal

No passado dia 12 de janeiro realizou-se no Estádio Municipal de Arcos de Valdevez o Corta-mato Escolar do Agrupamento de Escolas de Valdevez.

avcortamatoesc (1).jpg

Participaram nesta competição 296 alunos, entre o 4.º ano e o 12.º ano de escolaridade, 14 alunos colaboradores do 12.º F e a aluna Renata Dias do 8.ºE, para além de alguns assistentes operacionais e os docentes dos grupos de Educação Física.

Os alunos que ficaram nos três primeiros lugares de cada escalão e género foram brindados com uma medalha. Os primeiros 6 classificados do escalão Iniciados masculino e feminino irão representar o Agrupamento no corta mato distrital que se vai realizar no dia 10 de fevereiro em Caminha, assim como os 3 primeiros classificados nos escalões Infantil A, Infantil B e Juvenis masculinos e femininos.

Mesmo com um tempo algo instável os alunos presentes foram apoiando e incentivando os colegas, ao longo de toda a manhã.

Marcaram presença nas diversas cerimónias protocolares a vereadora da Educação e do Desporto da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, Emília Cerdeira, e a diretora do AEV, Anabela Araújo, o que demonstra a importância do desporto e dos eventos desportivos como promoção da educação no seio da nossa comunidade.

avcortamatoesc (2).jpg

avcortamatoesc (3).jpg

avcortamatoesc (4).jpg

avcortamatoesc (5).jpg

avcortamatoesc (6).jpg

avcortamatoesc (7).jpg

avcortamatoesc (8).jpg

avcortamatoesc (9).jpg

avcortamatoesc (10).jpg

avcortamatoesc (11).jpg

avcortamatoesc (12).jpg

avcortamatoesc (13).jpg

VIEIRA DO MINHO: MOTO CLUB EMAL REALIZOU RAID TT TRILHOS DO ERMAL

A Associação Moto Club Ermal realizou, no passado dia 7 de Janeiro, o Raid TT Trilhos do Ermal com início na freguesia de Guilhofrei.

DSC_4076.JPG

A iniciativa, que percorreu trilhos do concelho de Vieira do Minho e de Fafe,  contou com a presença de centena e meia de participantes e teve o  apoio da Câmara Municipal.

Tratou-se de um “tour” que possibilitou aos participantes, para além da competição, experimentar o contacto direto com o património cultural e paisagístico do concelho.

No final da prova, a direção da associação desportiva entregou ao presidente da Câmara Municipal, António Cardoso, um colete de motard para que o autarca possa, a partir desta data, participar nas provas realizadas pelo Moto Club Ermal.

MUNICÍPIO VIANENSE APOIA DESPORTO NÁUTICO NAS ESCOLAS

Aprovados mais de 277 mil euros para projetos Náutica nas Escolas e Natação nas Escolas do 1º CEB

Na última reunião ordinária de executivo, foram aprovadas quatro propostas que ascendem a um valor global superior a 277 mil euros para que os estudantes de Viana do Castelo tenham acesso aos projetos “Náutica nas Escolas”, “Náutica para Todos” e “Natação nas Escolas do 1º CEB”.

ABELO0125.JPG

No âmbito do projeto Náutica nas Escolas, o Município, os agrupamentos escolares e quatro clubes desenvolvem os desportos náuticos nas escolas básicas e secundárias do concelho, envolvendo cerca de 2.000 estudantes dos diversos agrupamentos escolares. A autarquia tem mantido a promoção das atividades náuticas conjuntamente com escolas e os clubes náuticos Clube de Vela de Viana do Castelo, Darque Kayak Club, VRL – Viana Remadores do Lima e Surf Clube de Viana para assegurar o desenvolvimento das modalidades em meio escolar, nos Centros Náuticos da Canoagem, Remo, Vela e Centro de Alto Rendimento do Surf, integradas no currículo da disciplina de educação física.

Assim, de 1 de janeiro a 31 de dezembro do presente ano, os quatro clubes náuticos irão receber um apoio mensal de 3.800 euros, cada um, perfazendo uma verba global de 182.400 euros, para que os clubes disponibilizem “os meios técnicos, as instalações e equipamentos necessários”.

A Câmara Municipal aprovou ainda o protocolo a estabelecer com a APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Viana do Castelo para promoção do projeto Náutica para Todos, perspetivando a inclusão nas atividades curriculares na expressão físico motora, da natação no 1º CEB e da náutica na disciplina de educação física, no 2º e 3º ciclos e secundário, adaptada, em todos os estabelecimentos de educação e ensino dos agrupamentos, proporcionando aos alunos portadores de incapacidade e deficiência a prática incluída na respetiva aula. O protocolo prevê a atribuição de um apoio mensal de 5.000 euros, totalizando 60.000 euros no período de um ano.

Outro dos projetos em desenvolvimento é a Natação nas Escolas do 1º Ciclo de Ensino Básico, que possibilita que todos os alunos tenham acesso ao ensino da natação, numa atividade integrada nos currículos, graças a uma colaboração com a Escola Desportiva de Viana e o Viana Natação Clube. Para tal, a EDV receberá um apoio mensal de 1.499 euros, ao longo de nove meses, ascendendo a 13.491 euros anuais, e o Viana Natação Clube 1.755 euros mensais, pelo mesmo período, ascendendo a 15.795 euros anuais.

Para apoio ao desenvolvimento da atividade de Natação no 1º CEB, serão ainda realizados protocolos com o Centro Social e Paroquial de Vila Nova de Anha, para utilização da piscina, dividido em dois anos letivos, com 3.648 euros para ano letivo 2021/2022 e 1.749 euros para 2022/2023.

ABELO1006.JPG

ABELO1606.JPG

ABELO8182.JPG

ISAVE E FUTEBOL CLUBE DE AMARES ASSINARAM PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

Decorreu ontem, dia 12 de janeiro, nas instalações do ISAVE, em Amares, a cerimónia de assinatura de um protocolo de colaboração entre este instituto e o Futebol Clube de Amares.

Protocolo 1.JPG

O protocolo foi assinado por Fausto Amaro e Francisco Esteves, em representação do ISAVE, e por Paulo Maia, presidente da direção do Futebol Clube de Amares.

Na sua breve alocução, Fausto Amaro, presidente do ISAVE, relevou a contribuição para o desenvolvimento local e regional como um dos objetivos do instituto, salientado estar em estudo a assinatura de outros protocolos com instituições amarenses.

Paulo Maia destacou a importância do protocolo para um clube que se assume como formador de atletas com todos os desafios que tal pretensão implica.

A cerimónia contou, ainda, com a presença de Vitor Ribeiro, vereador do município de Amares, órgãos sociais do clube e Mafalda Duarte, vice-presidente do ISAVE.

Protocolo 2.JPG

Protocolo 3.JPG

ESPOSENDE: V CORRIDA DE ANO NOVO MOBILIZOU UM MILHAR DE PARTICIPANTES

A marcar o arranque das atividades desportivas de 2023, o Município de Esposende promoveu, no passado dia 14 de janeiro, a V Corrida de Ano Novo. Além da corrida de 10 quilómetros, o evento integrou a prova Kids Run e uma caminhada de 8 quilómetros, envolvendo aproximadamente um milhar de participantes.

DSCF7993.jpg

Ricardo Dias, do Clube de Atletismo Olímpico Vianense, que fez a prova em 00:30:36, foi o grande vencedor, em segundo lugar classificou-se António Moreira (Prime Running Clube - 00:32:00), e, em terceiro, Bruno Carvalho (Talho Manecas: 00:32:10). Já no escalão feminino, a prova foi ganha pela atleta Paula Rios (Viana Running: 00:40:50), em segundo lugar ficou Patrícia Caldas (individual: 00:41:08), e, em terceiro, Elisabete Nunes (Sport Comércio e Salgueiros - 00:41:59).

No escalão Sub 23 masculino, o pódio foi conquistado por Samuel Veiga (Clube Atletismo Olímpico Vianense - 00:34:59; José Fernandes (Clube de Atletismo Bracara - 00:36:28) e Joymilteng David (Clube Atletismo Olímpico Vianense - 00:37:07). No feminino, as três primeiras foram Catarina Borges (Dragon Club - 00:49:06); Juliana Pinheiral (ADE Trail Running - 00:52:01) e Sofia Lopes (GCDR Gemeses - 00:53:45).

Em Seniores masculino, o primeiro foi Renato Almeida (Grupo Desportivo Recreativo Juventude das Ribeiras - 00:34:45), seguindo-se Rodrigo Viana (Marretas do Norte - 00:34:49) e Bruno Pereira (Amigos da Montanha - 00:35:22). Quanto ao escalão feminino, subiram ao pódio Patrícia Caldas (individual - 00:41:08), Elisabete Alves (individual - 00:49:52) e Rosa Carmo (Chaves Running Team - 00:54:05).

Em Veteranos M35 masculino, o mais rápido a fazer a prova foi Ricardo Dias (Clube Atletismo Olímpico Vianense - 00:30:36), em segundo lugar classificou-se António Moreira (Prime Running Clube - 00:32:00) e, em terceiro, Bruno Carvalho (Talho Manecas - 00:32:10). No feminino, a vencedora foi Catarina Amorim (GD Castelense - 00:46:40), que foi acompanhada no pódio por Marlene Puga (Ker Sport Trail Running - 00:47:12) e Carla Varandas (Sport Comércio e Salgueiros - 00:54:05).

No escalão Veteranos M40 masculino, os três primeiros classificados foram Miguel Meira (Clube Atletismo Olímpico Vianense - 00:33:49), Jorge Neto (NBA Barrosas - 00:34:42) e Diamantino Martins (GDR Juventude das Ribeiras - 00:34:48). No feminino, as mais rápidas foram Paula Rios (Viana Running - 00:40:50), Elisabete Nunes (Sport Comércio e Salgueiros - 00:41:59) e Magda Reina (NBA Barrosas - 00:44:26).

No que se refere a Veteranos M50 masculino, subiram ao pódio Joaquim Alves (Sport Comércio e Salgueiros - 00:36:09, Agostinho Rodrigues (Amigos da Montanha - 00:39:07) e José Silva (OZ Running Team - 00:39:11). As três primeiras classificadas foram Florinda Fernandes  (CAM/VC - 00:44:56), Maria Campos (Spin&Run Esposende - 00:48:50) e Isabel Cunha (Cerveira Team Running - 00:50:56).

Por fim, em Veteranos M60 masculino, o primeiro classificado foi António Ferreira (Vizela Corre - 00:37:53), em segundo lugar ficou Joaquim Miranda (individual - 00:41:15) e, na terceira posição, José Rodrigues (OZ Running Team - 00:42:09).

Em termos de classificação por equipas, o primeiro lugar coube ao Clube de Atletismo Olímpio Vianense, o segundo ao Vizela Corre e o terceiro ao NBA Barrosas.

No que se refere à prova Kds Run, na Geral, no escalão masculino, venceu Xavier Videira (Cyclones - 00:05:09), seguido de Gonçalo Rodrigues (individual - 00:05:20) e de Tiago Silva (Talho Manecas - 00:05:20). No escalão feminino, a primeira classificada foi Maciel (individual - 00:05:21), em segundo ficou Inês Almeida (Cyclones - 00:05:55) e, em terceiro, Rafaela Araújo (individual - 00:05:57).

No escalão Infantil masculino, os três primeiros foram Hélder Silva (GDR Juventude das Ribeiras - 00:05:42) Tomás Ramos (individual - 00:06:00) e Pedro Vilela (GTT/Armazéns do Café - 00:06:09). No feminino, as três mais rápidas foram Rafaela Araújo (individual - 00:05:57, Mariana Martins (individual - 00:06:07) e Leonor Gonçalves (individual - 00:06:16).

No escalão Iniciado masculino, subiram ao pódio Tiago Silva (individual - 00:05:20), Rafael Santos (individual - 00:05:52) e Afonso Dias Lage (individual - 00:05:57). No feminino, as vencedoras foram Maciel (individual - 00:05:21), Maria Machado (individual - 00:06:08) e Margarida Monteiro (Escola de Atletismo da Trofa - 00:06:22).

Por fim, no escalão Juvenil masculino, o vencedor foi Xavier Videira (Cyclones - 00:05:09), o segundo foi Gonçalo Rodrigues (individual - 00:05:20) e o terceiro Rui Esteves (individual - 00:05:50). No escalão feminino, as três primeiras classificadas foram Inês Almeida (individual - 00:05:55), Leonor Pereira (individual - 00:06:33) e Sandrina Costa (Cyclones - 00:06:37).

A entrega de prémios esteve a cargo dos vereadores Rui Losa e Sérgio Mano, que detêm as áreas funcionais Desporto e Juventude e Comércio e Turismo, respetivamente, e do Presidente da Assembleia Municipal, Carlos Silva. 

A Corrida de Ano Novo integra a estratégia de desenvolvimento desportivo e turístico do Município de Esposende, orientada para a promoção da prática desportiva e dinamização do comércio local. Este evento enquadra-se também no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente no que concerne a Saúde de Qualidade (ODS 3) e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade (ODS 17).

DSCF8264.jpg

JOVEM BRACARENSE KIKO CORREIA ESTREIA-SE NA CATEGORIA MINI X30 EM KARTING

O bracarense de apenas 8 anos, Francisco (Kiko) Correia vai estrear-se em 2023 na categoria Mini X30 estando confirmada a presença do piloto no Open Portugal de Karting, Campeonato Portugal de Karting e nas Iame World Finals (Campeonato do Mundo de motores Iame).

IMG_0133.jpg

Após um ano de 2022 repleto de bons resultados, o pequeno petiz irá dar mais um passo na sua carreira ao ingressar na competitiva categoria Iame Mini X30, a primeira a dar acesso aos palcos internacionais de competição. O piloto bracarense agora apoiado pela estrutura da Sculpt Coaching e do experiente Vice-campeão Mundial Rotax, Bruno Borlido vai manter a sua ligação ao Cabo do Mundo Karteam, equipa com que se estreou no Karting com 5 anos de idade em Julho de 2019 e com a qual conquistou 5 títulos até à data (Open Portugal Karting Iniciação 2020, Vice-Campeão Portugal Karting Iniciação 2021, Vice-Campeão Open Portugal Karting Cadete 2022, Vice-Campeão Portugal Karting Cadete 2022, Campeão Portugal Rotax Micro-Acdemy 2022).

A primeira prova do ano, Open Portugal de Karting, realizar-se-á no último fim-de-semana de Fevereiro no Kartódromo de Viana do Castelo, e a expectativa do piloto é poder rodar no TOP 10 da categoria e paulatinamente ir evoluindo ao longo do ano, no sentido de poder estar mais próximo do TOP 5 na segunda metade do Campeonato de Portugal, e ser um digno representante das cores da Bandeira das Quinas no Iame Word Finals no final de Outubro. Neste momento, o piloto e equipa estão a preparar a pré-epoca que terá apenas um pequeno interregno no fim-de-semana de 21 Janeiro, data em que o piloto receberá da mão do Diretor para o Karting, Eng. João Rito, e do Presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, a faixa de Campeão de Portugal Rotax Mciro Academy 2022 no Casino do Estoril.

CAMINHA JUNTOU MOTARDS DE PORTUGAL E GALIZA

Cerca de duas centenas de motards, portugueses e galegos, participaram ontem no II Raid Os Pinga Óleos, uma edição que percorreu 70 quilómetros.

321325209_466316875710508_7173817336140770969_n.jpg

A manhã foi ocupada com um percurso por Vile, Moledo, Vila Praia de Âncora, Vilarelho, Azevedo e Venade.

Depois do almoço, em Vile, os motards ocuparam a tarde por um trajeto que passou por Vile, Riba de Âncora, Afife, Carreço, Areosa, Outeiro, Freixieiro de Soutelo e Riba de Âncora. A partida fez-se em Vile.

325320666_505133601724985_6744430357866600693_n.jpg

325373684_565795298740433_860464318000659652_n.jpg

325410917_537381268331437_7102976889238065900_n.jpg

325572141_1353558302100354_2779995017747705498_n.jpg

325641081_565055368813980_8834057437449210135_n.jpg

325642973_471109395233392_2507366824820717201_n.jpg

325718122_885423852598584_1550889509122867188_n.jpg

325742558_842328500332922_1250371998219263741_n.jpg

325774410_1307261869823095_2551568873788402577_n.jpg

VIANA DO CASTELO: XXIV MEIA MARATONA MANUELA MACHADO QUER SER “A FESTA DO DESPORTO E DO ATLETISMO” E GARANTIR 4 MIL PARTICIPANTES

No dia 22 de janeiro, a cidade de Viana do Castelo acolhe a XXIV Meia Maratona Manuela Machado – Cidade Europeia do Desporto. A prova, como já é habitual, integra a meia-maratona de 21.097,5 metros e é aberta a todos os atletas federados e não federados, esperando contar com a participação de 4.000 participantes, incluindo cerca de 800 espanhóis já inscritos.

ABELO7038 2.jpg

Os desafios começam pelas 10h30, na Praça Marques Júnior, junto ao Centro Cultural, e são promovidos pelo Cyclones Atlético Clube, contando com a campeã olímpica Manuela Machado como figura de destaque e com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo.

Em conferência de imprensa de apresentação da 24ª Meia Maratona, a campeã assumiu ser uma “responsabilidade acrescida” promover o primeiro evento desportivo após a abertura oficial da Cidade Europeia do Desporto. “Queremos que este seja um evento ao mais alto nível, como a cidade merece e para recebermos bem os participantes”, frisou.

Manuela Machado assegurou que o objetivo passa por realizar “uma festa do desporto, uma festa do atletismo, que vai contar com grandes nomes do atletismo nacional” e que contará até com a presença de um atleta espanhol de 76 anos de idade. Entre os inscritos, encontram-se já atletas de Portugal, Espanha, França e Brasil.

Já a 22ª Caminhada Solidária será aberta a atletas de ambos os sexos e não terá carácter competitivo, percorrendo uma distância de aproximadamente 5.000 metros. As inscrições para a caminhada e mini-maratona acontecem no Centro Cultural de Viana do Castelo nos dias 20, 21 e 22 de janeiro, sendo que o valor da inscrição, de 2 euros, reverte na totalidade para as duas instituições do concelho de apoio à causa animal, a Gatos de Ninguém e a associação Resgate e Adoção Viana.

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Luís Nobre, indicou que “a Manuela é uma marca humana, desportiva e económica pela resiliência e atitude que tem tido ao longo da vida, marcando o atletismo a nível regional e nacional”.

Por isso mesmo, explicou, que durante a prova estará disponível uma exposição que visa recordar e homenagear a medalha de ouro conquistada por Manuela Machado, em 1995, na maratona nos Campeonatos do Mundo, em Gotemburgo. A exposição será depois itinerante, visando percorrer as escolas do concelho para explicar aos estudantes vianenses o feito da atleta natural de Cardielos.

ABELO7123 2.jpg

ABELO7191 2.jpg

ABELO7339 2 (1).jpg

ABELO7526 2.jpg

ABELO7818 2.jpg

CIDADE EUROPEIA DO DESPORTO DE VIANA DO CASTELO QUER PROMOVER 365 EVENTOS COM 250 MIL ATLETAS AO LONGO DO ANO

Viana do Castelo - Cidade Europeia do Desporto 2023 espera promover pelo menos 365 eventos desportivos ao longo do ano, em dezenas de modalidades, mobilizando mais de 250.000 atletas em provas e campeonatos que pretendem projetar a cidade a nível nacional e europeu. Assim, este ano prepara-se para ser o mais desportivo de sempre na capital do Alto Minho, com provas locais, regionais, nacionais e internacionais a acontecerem todas as semanas, a um ritmo quase diário, pretendendo, de acordo com o autarca vianense, conquistar uma audiência de mais de 500.000 pessoas.

ABELO6194 2.jpg

Em conferência de imprensa de apresentação dos principais eventos já confirmados para este ano, o Presidente da Câmara Municipal, Luís Nobre, assegurou que este será “um grande percurso, uma grande etapa, uma grande convocatória que nos tornará ainda mais reconhecidos a nível desportivo”. Por isso mesmo, assegurou o objetivo de promover, “no mínimo”, 365 eventos desportivos, referindo que este é “um número amplo e de enorme diversidade que fará com que este compromisso seja bem-sucedido”. “Cada um destes eventos deverá ser um momento de envolvimento, de impacto e de divulgação das modalidades”, considerou.

Apesar de o ano desportivo já ter arrancado com três eventos que aconteceram no passado fim-de-semana, a Gala de Abertura da Cidade Europeia do Desporto 2023 é o ponto de partida oficial desta distinção e está agendada para 21 de janeiro, acontecendo no Centro Cultural de Viana do Castelo e no Pavilhão José Natário.

O Vereador do Desporto, Ricardo Rego, explicou que a gala “vai trazer uma novidade, por ser transmitida em direto, de forma simultânea, a partir de dois locais”, indicando que os apresentadores serão Cândido Costa e Carolina Torres. “Será uma gala feita com prata da casa, com todas as coletividades e associações, mostrando ao país a qualidade que temos em Viana do Castelo”.

A 21 de janeiro, a XXIV Meia Maratona Manuela Machado promete voltar a trazer milhares de atletas nacionais e da vizinha Galiza até à cidade. No final do mês, destaque para o Campeonato Nacional de Remo Indoor, no Centro Cultural, a 28 e 29 de janeiro.

A Federação Portuguesa de Teqball promove, a 18 de fevereiro, também no Centro Cultural, a Etapa Nacional com o Viana Teqball Cup. Já de 10 a 12 de março, a pavilhão multiusos recebe a Final Four da Taça de Portugal Masculina e Feminina, pela Federação Portuguesa de Voleibol. A Regata Internacional de Remo – Centro de Mar, promovida pelo Viana Remadores do Lima, acontece a 18 e 19 de março e, no dia 19, a cidade é também palco da prova Viana Granfondo. Logo de seguida, dias 20 e 21 de março, a Associação Nacional de Treinadores de Futebol traz o Fórum ANTF ao Centro Cultural vianense.

Dias 15 e 28 de abril, Viana do Castelo é palco das Fases Finais do Desporto Universitário 2023, promovidas pela Federação Académica do Desporto Universitário.

Já o Pavilhão José Natário acolhe, de 4 a 7 de maio, a Final Eight Champions League, pela Federação Portuguesa de Hóquei em Patins. O mesmo pavilhão é depois ponto de encontro do Campeonato Europeu de Patinagem Artística, com o apoio da Escola Desportiva de Viana, dias 13 e 14 de maio.

O Monte da Padela irá receber o Campeonato Nacional de Downhill nos dias 20 e 21 de maio e o Pavilhão Municipal de Santa Maria Maior recebe o Torneio Internacional de Seleções Femininas de Basquetebol de 1 a 4 de junho.

O 10º Congresso de Treinadores, pela Confederação de Treinadores de Portugal, está marcado para o Centro Cultural, dias 3 e 4 de junho. Nos dias 10 e 11 de junho, o Jardim da Marina acolhe o Encontro Nacional de Gira Volei e, nos mesmos dias, no Centro Cultural acontece a Golden e Silver League de Voleibol.

No dia 25 de junho, a cidade recebe Viana City Race 2023 – Euro City Tour e, de 1 a 5 de julho, o Pavilhão de Santa Maria Maior acolhe o Torneio Internacional Voleibol WEVZA. A cidade acolhe ainda, em julho, o Circuito Nacional de Basquetebol 3x3, a Festa Nacional de Ginástica e os Campeonatos Nacionais da 1ª e 2ª Divisões pela Federação Portuguesa de Atletismo e Associação Distrital.

Pela primeira vez na história, o contra-relógio da última etapa da Volta a Portugal em Bicicleta terminará em Viana do Castelo, no dia 20 de agosto.

Já no mês de setembro, destaque para a Taça de Portugal de Escolas de Vela, Super Taça de Portugal de Basquetebol Masculina e Feminina, Rali de Viana do Castelo e o arranque do 12º Grande Trail da Serra d’Arga.

No mês de outubro, regressa L’Étape Portugal by Tour de France e o Centro Cultural acolhe o Congresso APTN, da Associação Nacional de Treinadores de Natação. A 3 e 4 de novembro, o Centro Cultural de Viana do Castelo será o espaço selecionado para a Gala de Natação 2023 da Federação Portuguesa de Natação.

A Taça do Mundo de Damas Clássicas acontece em Viana do Castelo, de 15 a 19 de novembro.

Viana do Castelo é um concelho que respira desporto e que promove inúmeras atividades das mais variadas modalidades ao longo do ano. Conta atualmente 4.500 atletas federados e mais de 10.000 não federados, distribuídos por 88 clubes e coletividades que promovem regularmente 50 modalidades.

ABELO6238 2.jpg

ABELO6401 2.jpg

ABELO6422 2.jpg

ABELO6605 2.jpg

ABELO7339 2.jpg

ABELO7418 2.jpg

ABELO7455 2.jpg

MELGAÇO: TRAIL NO DESTINO DE NATUREZA MAIS RADICAL DE PORTUGAL ESTÁ DE VOLTA A 21 DE MAIO

Melgaço Alvarinho Trail - Quintas de Melgaço já tem as inscrições abertas para a 8ª edição

O trail mais a norte de Portugal regressa no dia 21 de maio (domingo), desafiando os amantes de desporto a percorrer os trilhos daquele que é o destino de natureza mais radical de Portugal. As inscrições para o Melgaço Alvarinho Trail (MAT) - Quintas de Melgaço encontram-se abertas até dia 14 de maio, aqui.

MAT23_NI.jpg

Este evento integra, uma vez mais, os circuitos nacionais de trail da ATRP – Associação de Trailrunning de Portugal, pontuável nas distâncias de Trail Longo, de Trail Ultra e Trail Curto, provas estas que estão também inseridas no Circuito Regional da Associação de Atletismo de Viana do Castelo.

A 8ª edição do Melgaço Alvarinho Trail, um evento de referência no panorama regional e nacional, contemplará sete freguesias: Vila, Prado, Paderne, Gave, Parada do Monte, S. Paio e Roussas. A prova agrega percursos para os mais destemidos, mas também para aqueles que pretendem apenas descontrair na natureza:

Ultra Trail de cerca de 48Km (inserido no Circuito Nacional de Ultra Trail Séries 100, da ATRP)

Trail Longo de cerca de 26Km (inserido no Circuito Nacional de Trail Longo Séries 150, da ATRP)

Trail Curto (sprint) de cerca de 18Km (inserido no Circuito Nacional de Trail Longo Séries 100, da ATRP)

Caminhada de cerca de 11Km.

Todas as provas arrancam do Largo Hermenegildo Solheiro, tendo a primeira partida pelas 08h00.

A idade mínima para participar no Trail Longo e no Ultra Trail é de 18 anos, sendo que no Trail Curto, é a partir dos 16 anos, desde que portadores de licença desportiva da ATRP. A idade mínima para a Caminhada será a partir dos 14 anos, desde que acompanhados por um adulto (seio familiar diário) e após preenchimento do respetivo termo de responsabilidade. O regulamento está disponível aqui.

O VIII Melgaço Alvarinho Trail - Quintas de Melgaço é organizado pela Melsport E.M., com apoio do Município de Melgaço, da Associação Trail Running de Portugal, da Associação de Atletismo de Viana do Castelo, da Solopisadas e da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Melgaço.

MELGAÇO TEM CONDIÇÕES DE EXCELÊNCIA

Entre montanhas e planícies, subidas e descidas, os atletas terão condições de excelência durante a prova. Ao longo dos vários percursos, os atletas poderão contemplar as maravilhas que Melgaço ostenta: levadas de água, pontes romanas, paisagens deslumbrantes com vista para as cascatas do Rio Laboreiro, passagem da Porta de Lamas de Mouro, situada em pleno Parque Nacional Peneda Gerês, caminhos ancestrais, igrejas centenárias, monumentos, entre outros. Este ano, o evento passará pelas freguesias da Vila, Roussas, Fiães, Castro Laboreiro, Lamas e S. Paio.

Manoel Batista, Presidente da Câmara Municipal de Melgaço e também presidente do Conselho de Administração da MELSPORT, considera que Melgaço, apesar do contexto pandémico, «continuou a trilhar um caminho de forma ajustada, promovendo a prática desportiva e mobilizando os vários agentes desportivos, contribuindo para o desenvolvimento económico e social do concelho. O MAT é, sem dúvida, um importante impulsionador de novas transações comerciais.», atenta, considerando que «Melgaço é também um destino de eleição em termos do produto turismo desportivo. O nosso concelho dispõe, por um lado, de equipamentos desportivos homologados com elevado nível de qualidade e, por outro lado, de um conjunto de instituições que, aliadas às nossas condições naturais de excelência, nos colocam numa posição ímpar para a realização de atividades desportivas. Não tenho dúvidas de que Melgaço tem condições para receber eventos desportivos das mais variadas modalidades.»

O MAT ESTÁ NOS ROTEIROS DOS TRAILS DE PORTUGAL

Começou com cerca de 250 atletas, em 2015, e, desde então, tem atraído atletas e entusiastas de vários pontos. Os participantes deslocam-se ao município mais a norte de Portugal não só para um trail com percursos exigentes, mas também para desfrutar das paisagens soberbas, da tranquilidade da natureza, assim como da deliciosa gastronomia, acompanhada pelo ex-libris da região, o vinho alvarinho.

Em 2019 foi considerado o evento desportivo do ano pelo “O Minhoto” Troféus Desportivos, uma ação destinada ao reconhecimento público do mérito de todos os envolvidos no fenómeno desportivo da região Minho, através da atribuição de Troféus.