Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MEIAS FINAIS DA TAÇA DE PORTUGAL: C. R. ARCOS DE VALDEVEZ ELIMINADO PELA AEIS AGRONOMIA

image0.jpeg

No último sábado, o C.R. Arcos de Valdevez recebeu em casa a AEIS Agronomia, e vergou-se ao maior poderio do adversário, com uma derrota por 12-66.

No início do jogo, ninguém duvidava do favoritismo da equipa visitante. Candidata crónica ao Campeonato Nacional da Honra (encontra-se atualmente em terceiro lugar), vencedora por nove vezes da Taça de Portugal, a AEIS Agronomia não vinha facilitar.  Assumindo claramente a sua intenção de pelo menos chegar à final da competição, entrou de rompante, mostrando a sua superioridade em todos os capítulos do jogo. A equipa da casa pareceu algo surpreendida com esta entrada em campo, e permitiu dois ensaios logo nos cinco minutos iniciais. Recuperou pouco depois com um ensaio, mas depois sucederam-se outros do visitante. Ao intervalo, o resultado ia em 5-40, com um score de um contra seis ensaios.

Na segunda parte, o domínio dos agrónomos diminuiu. Tanto por um abrandamento do ritmo como por uma expressão de orgulho dos arcuenses, a toada tornou-se menos desequilibrada. Os minhotos marcaram um e a equipa da Agronomia quatro. No final, com um resultado de 12-66, sentiu-se alguma frustração dos arcuenses que se sentiram capazes de ver este desequilíbrio menos evidente.

Na próxima semana, o C.R. Arcos de Valdevez regressa ao campeonato com uma difícil deslocação a Setúbal, onde terá de averbar uma vitória para almejar os seus objetivos.

image1.jpeg

image2.jpeg

CRAV FEMININO: SUB 18 CONQUISTAM 1º LUGAR EM TORNEIO NACIONAL

FB_IMG_1708290551525.jpg

A equipa feminina Sub 18 do Clube de Rugby de Arcos de Valdevez deslocou-se este fim-de-semana a Lisboa para disputar o seu primeiro Torneio Nacional, da presente época desportiva, e terminou em primeiro lugar da competição.

Até então a equipa tinha vindo a disputar apenas torneios regionais, no Norte de país, no entanto devido ao bom desempenho das jovens e à sua excelente evolução, o coletivo decidiu abraçar um desafio maior e participar nas competições nacionais.

A estreia não podia ter sido melhor, após a vitória sobre as equipas do R. C. Montemor e do C. R. S. Miguel a equipa terminou a primeiro fase do torneio em primeiro lugar do seu grupo, garantindo assim a disputa da Final contra o Sporting C. P. , que tinha terminado na mesma posição do respectivo grupo.

Num jogo bastante disputada as Nortenhas saíram para o intervalo em desvantagem, 7-19 para as Leoas. Mas na segunda parte conseguiram inverter a tendência de jogo, acabando por vencer a partida por 26-19, conquistando assim o 1° Lugar do torneio.

FB_IMG_1708290569606.jpg

FB_IMG_1708290688132.jpg

FB_IMG_1708290719639.jpg

FB_IMG_1708290730442.jpg

CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO CASTELO E DARQUE KAYAK CLUBE RENOVAM PROTOCOLO DA NÁUTICA NAS ESCOLAS PARA 2024

3..JPG

1º período com mais de duas centenas de alunos em aulas de canoagem em contexto escolar, com ocupação diária.

Com resultados ao nível da excelência, o programa náutico nas escolas é já um “clássico” na formação de uma cultura desportiva náutica e a promoção de hábitos de vida saudáveis junto da comunidade escolar.

O programa, destinado às escolas e aos alunos é tripartido entre o Municio, as escolas e a DKC e celebrou no início deste ano escolar dez anos de existência tendo abarcado cerca de uma dezena de milhar de alunos na modalidade da canoagem.

É um projeto que já foi objeto de vários prémios e é muito reconhecido.

- O Municipio:

  1. a) Coordenação técnica/administrativa na implementação do projeto “Náutica nas Escolas”
  2. b) Articulação entre os diversos parceiros envolvidos com vista à implementação, execução e avaliação do projeto
  3. c) A criação das condições de logística e de financiamento necessárias à prática da náutica nas escolas
  4. d) O transporte dos alunos envolvidos no projeto para os Centros Nauticos
  5. e) A limpeza das instalações
  6. f) Elaboração de relatório anual de avaliação do projeto
  7. g) Contribuição para a formação profissional de docentes e técnicos, através da promoção de formação específica na área dos desporto náuticos.

- Agrupamento de Escolas:

  1. a) Acompanhamento pedagógico nas aulas desenvolvidas nos Centros Náuticos.
  2. b) A organização dos horários escolares, tendo em conta o normal desenvolvimento das atividades letivas curriculares nos Centros Nauticos.
  3. c) A monitorização do projeto, com vista à avaliação dos contributos e mais valias do mesmo nas dimensões curriculares e lúdicas com relatório síntese trimestral e final
  4. d) A aprovação do projeto náutica nas escolas por parte do conselho eral e concelho pedagógico do agrupamento.

- DKC de Viana

  1. a) Programação e execução técnica e pedagógica da atividade náutica nas escolas
  2. b) A prestação de serviço ao Município de Viana no sentido de assegurar a leccionação da náutica nas escolas
  3. c) O enquadramento técnico logístico, de receção e acolhimento dos participantes, disponibilização de meios humanos pra os desenvolvimento das atividades e adoção de medidas que visem a segurança no desenvolvimento da mesma.
  4. d) Remessa de dados trimestrais.

Os clubes prestam o serviço com três técnicos, diariamente, a tempo inteiro, com semanas com 11 e doze turmas, no caso da canoagem em contexto escolar.

As tarefas que a DKC de Viana desenvolve neste contexto são o transporte diário para levar embarcações junto à água e regresso distribuindo o material náutico a utilizar nos dias de aulas. Fornece material de ginásio, lava e dessalinização, dispõe calçado apropriado, banhos, água, luz e gaz, assim como material de limpeza e lavagens. Disponibiliza 3 técnicos, trata de logística, avaliação, planificação de aulas e aulas teóricas. Também fornece produtos de farmácia de primeiros socorros, frigorifico para frios, repara pagaias, embarcações e demais material utilizado.

Fotos: José Castro

A Direção

1. IMG_8160.JPG

2. IMG_7479.JPG

4. IMG_7987.JPG

5..JPG

6. IMG_7433.JPG

7. IMG_8098.JPG

9. IMG_7444.JPG

10. IMG_8055.JPG

11..JPG

12. IMG_8154.JPG

VIANA DO CASTELO REALIZA X REGATA INTERNACIONAL CENTRO DE MAR 2024

A Regata Centro de Mar reafirma-se como a regata de Remo mais internacional de Portugal.

O Viana Remadores do Lima organiza, nos dias 17 e 18 de fevereiro, mais uma edição da Regata Internacional «Centro de Mar», na modalidade de Remo. Esta é uma competição realizada nas embarcações “raínha” da modalidade, Shell de oito remadores com timoneiro (masculinos) e Quadri-scull (femininos), nas categorias de absolutos e juniores.

Nesta 10ª edição, serão 5 os países representados: Portugal, Espanha, França, Itália e Chéquia. Destaque para a presença de vários atletas com participações em Campeonatos do Mundo, incluindo o vice-campeão mundial francês, Paul Tixier, que, à semelhança do ano passado, irá alinhar numa das tripulações de Mâcon.

O evento, a decorrer entre as 10h e as 12h, nos dois dias, irá manter os dois formatos competitivos habituais: Provas de Sprint (400m), no 1º dia; Provas de Fundo (5km), no 2º dia. A novidade nesta edição é a realização das provas de sprint (sábado) em frente à Praça da Liberdade.

A regata conta com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo e o patrocínio do Crédito Agrícola, EntrePortas, Edimavil, Inovacor, Auto Araújo, West Sea, Sanitop, Casa Peixoto, Mamute Adventure e Restaurante Viana Remo.

Cartaz X Regata Centro de Mar.jpg

BRAGA: MESA NA PRAÇA RECEBE O 2º ANIVERSÁRIO DA LEGIÃO DOS JOGOS

A Mesa na Praça recebe a celebração dos 2 anos da Legião dos Jogos, este sábado, dia 17 de fevereiro, a partir das 15h00

Este sábado, dia 17 de fevereiro, a partir das 15h00, a Mesa na Praça tem o prazer de receber a celebração dos 2 anos da Legião dos Jogos. Um evento especial que promete reunir entusiastas e amantes dos jogos de tabuleiro para uma tarde emocionante e repleta de diversão.

O ponto alto do evento será a entrega dos Legionários de Ouro, distinções que serão concedidas a personalidades que se destacaram no mundo do boardgaming. Esta cerimónia está marcada para as 17h30 e promete homenagear figuras de relevo neste fascinante universo dos jogos.

Este encontro mensal será dedicado aos jogos portugueses, contando com a presença de diversos convidados da indústria dos jogos de tabuleiro a nível nacional. Autores, ilustradores, editores e criadores de conteúdo, enriquecendo ainda mais o evento com a sua experiência e conhecimento.

Entre as atividades previstas, destaque para o futebol de caricas, mesas temáticas, apresentação de protótipos e, é claro, uma vasta seleção de jogos portugueses para todos os gostos e idades. Uma oportunidade única para descobrir e desfrutar do talento nacional neste campo.

A Mesa na Praça convida todos os interessados a juntarem-se a esta celebração dos jogos de tabuleiro, prometendo uma tarde memorável e cheia de emoção. Não perca esta oportunidade de fazer parte de um evento único e marcante!

A Mesa na Praça e o Mercado Municipal de Braga

O conceito ‘Mesa na Praça’, na Praça - Mercado Municipal de Braga, foi inaugurado a 5 de agosto de 2021 e nasceu com o objetivo de complementar a oferta do histórico Mercado Tradicional e de forma a atrair diversos públicos, nos vários horários e dias da semana, contribuindo para valorizar a importância e a imagem do Mercado Municipal e dos seus comerciantes.

Mais do que um ponto de consumo alimentar este é um espaço de socialização com grande relação com a comunidade local contribuindo para uma nova centralidade na zona do centro histórico onde se insere. A ‘Mesa na Praça’ conta dez quiosques permanentes e um restaurante com sala, e disponibiliza ainda espaços temporários para os comerciantes locais.

Este conceito distingue-se também pelo facto de não se utilizar plástico no serviço ao cliente, por existir uma recomendação aos operadores para que pelo menos 20% das suas compras sejam feitas localmente e pelo facto de se assumir como um espaço que se pretende dedicado a ser palco e montra de artistas locais.

A Legião de Jogos

A Legião de Jogos é um projeto que pretende tornar Braga um espaço vibrante de construção e desenvolvimento criativo para todos os interessados em Jogos de Tabuleiro Modernos, Role Playing Games e Wargames.

Nascido da vontade de três amigos em partilhar com o público bracarense a sua paixão por estas áreas, o projeto é dinamizado por Pedro Kerouac, jogador profissional e cara do canal de YouTube The Curious Box, Luiz Paulo Salgado, integrante do canal de YouTube Inteligências Lúdicas, e Nuno Venda, game master de Dungeons & Dragons.

Com o objetivo de proporcionar encontros mensais para toda a comunidade apaixonada pela cultura do (board)game, dos 3 aos 103 anos, a Legião de Jogos visa ainda formar potenciais interessados nas diversas vertentes da indústria dos jogos.

image001 (1).jpg

CLUB DE RUGBY DE ARCOS DE VALDEVEZ ESTÁ NAS MEIAS FINAIS DA TAÇA DE PORTUGAL

RUAR (1).jpeg

No último sábado, o C.R. Arcos de Valdevez carimbou o passaporte para a penúltima etapa da Taça de Portugal ao vencer claramente em casa os quartos de final por 31-16 contra o R.C. Santarém.

A partida não deixava de ser aguardada com expectativa, não só pelo que estava em jogo, mas também pelo facto de as duas equipas se terem defrontado no fim de semana anterior em Santarém, com uma tangencial vitória dos ribatejanos por 18-17. Deste modo, estava prometido equilíbrio para o encontro, com o público a saber de antemão que só perto do final se iria ter uma ideia clara de quem ia ser o vencedor.

O jogo começou aliás com a vantagem da equipa visitante que, aproveitando uma falha defensiva dos minhotos, marcou um ensaio nos minutos iniciais (0-7). O C.R. Arcos de Valdevez tentava equilibrar o jogo e o marcador, mas sem grande sucesso. Com efeito, os erros individuais iam-se sucedendo, com a equipa a ter dificuldade em pôr em campo um dos seus pontos fortes, as fases e sequências de jogo continuadas. Com algumas dificuldades nas formações nas dificuldades ordenadas, o pack avançado minhoto conseguia, todavia, equilíbrio na fase de disputa de bola, mas a equipa tinha dificuldades em fazê-lacontinuar, interrompendo frequentemente as sequências com erros individuais (faltas técnicas, maus controlos de bola) que punham em causa o esforço coletivo. Por sua vez, a equipa de Santarém, parecia ter posto o jogo mais de feição com as suas características: uma defesa agressiva, um bloco avançado lutador e a procurar ocupar o meio campo adversário de modo a obter as faltas necessárias para a conversão do seu muito eficaz chutador.  Deste modo, a evolução no seu marcador fazia-se com recurso às conversões de penalidades. Por sua vez, o C.R. Arcos de Valdevez fez pontos com dois ensaios, em que pontualmente conseguiu provocar falhas na bem organizada defesa adversária.  Ao intervalo, o resultado era de 14-13, o que não defraudava de modo alguma o prognóstico de equilíbrio.

Na segunda parte, a equipa da casa entrou em campo que vontade de alterar esta toada. Nos primeiros minutos foi ela a marcar um ensaio de belo efeito, com várias fases de circulação de bola (19-13), sucedendo-se-lhe outro cinco minutos depois (24-13). Sentia-se que o R.C. Santarém começava a acusar quebra física, com vários elementos desgastados. Por sua vez, a equipa arcuense mantinha o ritmo e a intensidade, com substituições que permitiam consolidar o domínio sobre o adversário que de se desenhou na segunda parte do jogo.  Apesar da aproximação do adversário no resultado aos 30 minutos com mais uma penalidade (24-16), o C.R. Arcos de Valdevez não lhe deu mais hipóteses, selando a vitória com mais um ensaio a cinco minutos do fim (31-16). 

Sobre a justiça da vitória, poucas dúvidas haverá dado o domínio que os arcuenses mostraram, com cinco ensaios contra dois do adversário.  Quanto ao jogo das meias finais irá disputar-se a 17 de fevereiro no Estádio Municipal de Rugby de Arcos de Valdevez face à AEIS Agronomia, que venceu nos quartos de final o CDUL por 24-23. A Agronomia, candidato crónico ao título de vencedor da Taça de Portugal, terá de  afirmar o seu favoritismo face a um C.R. Arcos de Valdevez em crescendo e altamente motivado pela excecionalidade do feito, pois apenas em 1995/96 e 2009/2010 chegou tão longe na competição, tendo então vacilado frente à  Académica e ao Belenenses respetivamente.

RUAR (2).jpeg

RUAR (3).jpeg

RUAR (4).jpeg

PONTE DE LIMA ACOLHE CAMPEONATO DA EUROPA DE HORSEBALL

Expolima - 6 a 11 de agosto

Ponte de Lima recebe de 6 a 11 de agosto, o Campeonato Europeu de Horseball, sub16 e sub 21 e a Taça das Nações de Horseball, feminino e pro-elite.

A competição, organizada pelo Município de Ponte de Lima conta com os apoios da Federação Equestre Portuguesa, e da Federação Internacional de Horseball ( FIHB).

Ponte de Lima já foi distinguida com o prémio de melhor destino de Horseball Internacional pela Federação Internacional de Horseball, aquando da realização em 2016 do Campeonato do Mundo de Horseball.

Considerando a aposta no projeto Ponte de Lima Destino Equestre Internacional, o Município dispõe de infraestruturas e equipamentos que permitem aumentar a notoriedade dos eventos equestres a nível interno e externo, criando condições para incrementar a prática de provas nacionais e internacionais de alta competição.

Capturarhorse.JPG

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE INAUGURA PARQUE PAULO GONÇALVES E ESCULTURA MEMORIAL DO PILOTO

A Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, promove amanhã, dia 10 de fevereiro (sábado), às 15h30, a Cerimónia de Inauguração do Parque Paulo Gonçalves e da Escultura Memorial do Piloto.

O programa da cerimónia contará com os seguintes momentos:

  • Bênção
  • Descerrar da placa da designação toponímica com a atribuição do nome “Parque Paulo Gonçalves”
  • Descerrar da Escultura Memorial do Piloto Paulo Gonçalves
  • Intervenções

* O Parque Paulo Gonçalves localiza-se no Souto Citadino, face à EN13, entre as rotundas da Sra. da Saúde e da Solidal

Coordenadas GPS do local:

41.530518, -8.776137

Dakar_2016_-_Conférence_de_presse_-_20151118_-_061.jpg

QUEM FOI O MOTOCICLISTA ESPOSENDENSE PAULO GONÇALVES?

Paulo da Silva Gonçalves (Gemeses, Esposende, 5 de Fevereiro de 1979 - Layla, Arábia Saudita, 12 de Janeiro de 2020) foi um piloto de rally português, que morreu durante a prova de 2020 do Rally Dakar.

Nasceu em 5 de Fevereiro de 1979, na localidade de Gemeses, no concelho de Esposende.

Destacou-se como motociclista de rally, tendo acumulado 23 títulos nas modalidades de motocross, supercross e enduro, e sido campeão do mundo de ralis todo-o-terreno em 2013 e vice-campeão em 2014. Começou a participar no Rally Dakar em 2006, tendo feito parte daquela competição durante treze edições. Em quatro ocasiões terminou no Top-10, tendo sido o segundo na geral em 2015, apenas abaixo do vencedor, Marc Coma. Durante o Rally Dakar esteve em quatro equipas, KTM, Honda, Husqvarna e Hero, esta última em 2020. Durante a edição de 2020, partiu o motor na terceira etapa, tendo sido chegado a ser anunciada a sua desistência, notícia que foi corrigida cerca de três horas depois, uma vez que Paulo Gonçalves estava a tentar reparar o seu veículo ao mesmo tempo que aguardava que chegasse a assistência da sua equipa. Devido ao seu gosto por velocidades elevadas, recebeu a alcunha de speedy, em alusão ao personagem animado Speedy González.

Faleceu após um acidente ao quilómetro 276 da sétima etapa do Rali Dakar 2020, na Arábia Saudita. As equipas de salvamento encontraram-no já inconsciente, tendo tentado a reanimação no local. Foi depois transportado de helicóptero para o hospital de Layla, onde foi confirmado o óbito. Faleceu aos 40 anos de idade.

Após o seu falecimento, a autarquia de Esposende emitiu uma nota de pesar, onde destacou sua carreira como piloto, e o considerou como um embaixador de Esposende no mundo. A sua morte também foi lamentada pelo presidente da república portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, que afirmou que «Paulo Gonçalves morreu a tentar alcançar o sonho de vencer uma das mais duras e perigosas provas de rally do mundo, na qual foi sempre um digníssimo representante de Portugal, chegando a alcançar o segundo lugar em 2015».

No dia 29 de Janeiro de 2020, foi condecorado, a título póstumo, com o Colar de Honra ao Mérito Desportivo, a mais alta distinção que o Governo pode entregar no campo desportivo.

Foi distinguido com a Medalha de Honra do Município de Esposende.

Fonte: Wikipédia

BRAGA ACOLHE EUROPEAN POLICE & FIRE GAMES

Os European Police & Fire Games são uma competição multidesportiva, destinada a atletas representativos das mais diversas forças de segurança, entre forças policiais, bombeiros e protecção civil, organizada pela European Police & Fire Games Association. Em parceria com o Município de Braga, esta X edição irá decorrer em Braga, entre os dias 11 e 20 de Outubro, perspectivando-se a presença de mais de 3.000 atletas que participarão nas 38 modalidades desportivas em competição.

DKC DE VIANA: PEDRO MARTINS E DANIELA COM PRIMEIRO ESTÁGIO DO ANO COM O SELECIONADOR NACIONAL COM OS OLHOS POSTOS NA TAÇA IBÉRICA DE SLALOM

412590893_10232423773082222_5226886879548350869_n.jpg

Estágio na pista internacional do Pagade, da DKC e Teixugos, em Covas, Vila Nova de Cerveira e em Espanha.

A época competitiva 2024 inicia com a chamada do Pedro Martins e da Daniela Almeida aos trabalhos do grupo de seguimento de slalom pela mão do selecionador Nacional Ivan Silva.

O estágio irá decorrer em Covas, na pista do Pagade, Vila Nova de Cerveira, pista partilhada da DKC de Viana e dos Teixugos, onde irá decorrer a 17 de fevereiro a Taça Ibérica de Slalom.

O estágio tem a duração de três dias, de 10 a 12 de fevereiro.

Pedro Martins e Daniela Almeida são campeões nacionais da especialidade, nomeadamente em k1 júnior e k1 infantil. Por subida de escalão, Daniela Almeida incorpora o grupo de seguimento no escalão de cadete.

Pela coincidência de datas de regatas sobrepostas, a delegação da Taça Ibérica deste clube vianense vai ser mais reduzida em 2024 do que é habitual.

Os atletas e o clube estão a procurar adquirir material adequado e mais recente para atletas de maior nível, que trabalham com os selecionadores nacionais, o que tem sido uma dificuldade.

Fotos: Ernesto Rodrigues

A Direção

convocatoria.png

EUROCIDADE TUI – VALENÇA APRESENTOU CALENDÁRIO DESPORTIVO PARA 2024

CalendarioDesportivo2024.jpg

A Eurocidade Tui.Valença apresentou o Calendário Desportivo, para 2024, ontem, quarta-feira, 7 de fevereiro, com 21 atividades e uma previsão de participação de cerca de 7 mil atletas.

As 21 atividades desportivas que levam a chancela da Eurocidade, são organizadas por diferentes associações desportivas de Tui e Valença, bem como por empresas especializadas e implicará um investimento direto de cerca de 60 mil euros.

O ato contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Valença, José Manuel Carpinteira e do Alcalde de Tui, Enrique Cabaleiro González e dos vereadores do desporto de Valença, Arlindo Sousa e do Concejal de Tui, Rafael Estévez, bem como representantes do movimento associativo.

Para o Presidente da Câmara de Valença, José Manuel Carpinteira, “este calendário reforça a cooperação transfronteiriça e o sentimento de pertença de valencianos e tudenses à Eurocidade”.

Para o Alcalde de Tui, Enrique Cabaleiro, “este calendário desportivo é único na Europa e é um mérito das coletividades da Eurocidade que contam com o nosso respaldo institucional”

𝗖𝗮𝗹𝗲𝗻𝗱𝗮́𝗿𝗶𝗼 𝗱𝗲 𝗮𝘁𝗶𝘃𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲𝘀

10 e 11 de fevereiro- Trail do Monte Aloia

2 de março - TT Eurocidade – Jipes

17 de março - Eurocidade BTT

23, 24 e 25 de março - Torneio de Mini Basquetebol

6 de abril - TT Eurocidade - Motas

20 e 21 de abril - Torneio de Baile Desportivo

23 e 23 de junho - Rampa do Monte do Faro

6 de julho - Torneio de Judo

7 de julho - Campeonato de Kung Fu

Setembro - Troféu Eurocidade de Hóquei em Patins

Setembro e Outubro - Torneio de Ténis

23 de novembro - Urban Trail Night

𝗖𝗶𝗿𝗰𝘂𝗶𝘁𝗼 𝗱𝗲 𝗧𝗿𝗶𝗹𝗵𝗼𝘀 𝗦𝗮𝘂𝗱𝗮́𝘃𝗲𝗶𝘀 𝗘𝘂𝗿𝗼𝗰𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲

7 de abril – Andaina de San Telmo

26 de maio – Trilho da Fortaleza

9 de junho – Andaina Senda da Furnia

27 de julho – Trilho do Castelo das Furnas

10 de agosto – Andaina Histórica

29 de setembro - Trilho do Monte do Faro

6 de outubro – Andaina Muiños do Tribes

24 de novembro – Trilho do Monte Carvalho

15 de dezembro – Andaina Solidária

OITO CENTENAS DE JOVENS ATLETAS PARTICIPARAM EM CAMINHA NAS PROVAS DE CORTA-MATO DISTRITAL

CMCaminha-8040.jpg

Estádio Morber e a Mata do Camarido acolheram a iniciativa

Cerca de 800 alunos, desde o escalão infantil até ao escalão juvenil, de todo o distrito de Viana do Castelo, prestaram provas no Corta-Mato Distrital, ontem, 7 de fevereiro, numa autêntica festa do desporto.

O Estádio Morber e a Mata do Camarido acolheram este Campeonato Distrital, organizado pela secção de Desporto Escolar da Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares, com o apoio da Câmara Municipal de Caminha e o Agrupamento de Escolas do concelho de Caminha.

Para a vereadora da Educação e do Desporto, Liliana Ribeiro, “a prática desportiva evidencia um importante papel na formação e na transmissão de princípios salutares, seja ao nível da ética da convivência e integração interpessoal, seja ao nível da promoção de hábitos de vida saudáveis”.

A vereadora Liliana Ribeiro, acompanhou este evento, felicitou todos os que participaram e parabenizou os vencedores, que agora prestarão provas no Campeonato Nacional.

CMCaminha-7798.jpg

CMCaminha-7814.jpg

CMCaminha-7980.jpg

CAMPEONATO NACIONAL DE RALIS ARRANCA COM RALI SERRAS DE FAFE, FELGUEIRAS, BOTICAS E CABECEIRAS DE BASTO

Sessão de apresentação Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto.jpeg

Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto foi apresentado, esta manhã, em sessão realizada no salão nobre da Câmara Municipal de Fafe. A conferência de imprensa de apresentação foi presidida por Antero Barbosa, presidente da Câmara Municipal de Fafe, acompanhado pelo vereador responsável pela organização da prova em Fafe, Parcídio Summavielle,  pelo presidente do Município de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, pelo vice-presidente do Município de Boticas, Guilherme Pires, pelo vereador do Desporto do Município de Felgueiras, Joel Costa, pelo presidente da FPAK, Ni Amorim, e por Carlos Cruz e Ricardo Coelho, da Demoporto, entidade parceira na organização da prova.

O presidente do Município de Fafe, Antero Barbosa, agradeceu a todos os envolvidos na realização do Rali Serras de Fafe a colaboração na organização da prova destacando a colaboração da Demoporto: “São já 37 anos de parceria que pretendemos manter durante muitos mais anos, pois estamos conscientes da importância e impacto que o rali, e esta prova em especial, tem para o concelho de Fafe”, afirmou.

Mais de 60 pilotos inscritos e super especial noturna em Fafe

O Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto volta a ser, em 2024, o ponto de partida do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR). O Rali sai para a estrada nos dias 23 e 24 de fevereiro e decorrerá no traçado em piso de terra que apresenta, face à edição anterior, algumas novidades, como a partida na vila transmontana de Boticas, na tarde de sexta-feira.

A marcação das eleições legislativas para o início de março implicou a antecipação da data da prova, que continua, como nos anos anteriores, a abrir o Campeonato. Embora a presente edição não faça parte do calendário do Europeu está em aberto um possível regresso ao ERC em 2025. Nas declarações prestadas na sessão, o presidente da Demoporto afirmou que foi importante manter as entidades que apoiam a realização deste rali e garantiu que "a estrutura da prova vai ser do agrado dos pilotos, reunindo todas as condições para proporcionar um excelente espetáculo e oxalá a emoção da disputa pelos primeiros lugares se prolongue até à derradeira classificativa”.

A uma semana do fecho das inscrições, que já conta com cerca de 60 inscritos, e no que toca a pilotos estrangeiros, são já dadas como certas as participações do boliviano Sebastian Contreras (Citroen C3 Rally2), um estreante em provas na Europa, e de Sergi Perez (Hyundai i20 N Rally2), o jovem espanhol de 19 anos que em 2023 se sagrou vencedor da Peugeot Rally Cup Ibérica.

No primeiro dia, os pilotos começam por cumprir as duas primeiras classificativas na região de Boticas: Boticas/Vale do Tâmega (9,64 km) tem um traçado idêntico ao de 2023, enquanto Boticas/Senhor do Monte (11,53 km) surge agora com menos cinco quilómetros de extensão e embora tanto o início como o final não tenham sofrido alterações, a parte intermédia será uma estreia. A jornada termina com a já tradicional super-especial (1,62 km) noturna no centro da cidade de Fafe.

No sábado de manhã disputar-se-á uma dupla passagem pelas classificativas de Luílhas (11,9km), em versão um pouco mais longa que a do ano passado e já utilizada em edições anteriores, e Cabeceiras de Basto (10,68 km), que decorrerá integralmente naquele concelho. O início será o mesmo do troço do Rali de Portugal, incluindo três quilómetros de percurso inédito, para terminar no mesmo local de meta utilizado em 2023.

A parte final da prova inclui uma dupla passagem pelas classificativas de Seixoso (9,97 km), sem alterações em relação a 2023, e Lameirinha (11,18 km), esta numa versão mais curta que a do ano anterior e que será a POWER STAGE, estando o final da prova, em Fafe, prevista para as 17h32.

O Qualifying e o Shakedown, na manhã de sexta-feira, voltam a ter, à semelhança da edição transata, como palco a classificativa de Montim (3,61 km), em Fafe.

Prova de abertura do CPR, o Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto será também pontuável no Campeonato de Portugal de Ralis 2RM (duas rodas motrizes), no Campeonato de Portugal de Masters de Ralis, no Campeonato Promo de Ralis, no Challenge R5/S2000, sendo a prova de abertura da Toyota Gazoo Racing Iberian Cup 2024.

Rali com impacto na Sustentabilidade ambiental

Foi ainda destacada uma inovação no âmbito da sustentabilidade ambiental. Portugal vai ser pioneiro na utilização de gasolinas 100% sintética nos Rally2. “Esta é uma inovação importante nos ralis, que terá início no Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto” adiantou Ni Amorim.

HORÁRIO

SEXTA-FEIRA (23 de fevereiro)

Partida (Largo da Igreja de Boticas) 15:45

PEC 1 – Boticas/Vale do Tâmega (9,64 km) 16:13

PEC 2 – Boticas/Senhor do Monte (11,53 km) 16:51

Reagrupamento In (Rua Ângelo Mendonça/Fafe) 18:16

Reagrupamento Out 20:55

PEC 3 – Fafe (1,62 km) 21:00

Parque Fechado (frente ao Pavilhão Multiusos) 22:15

SÁBADO (24 fevereiro)

Partida do Parque Fechado 07:15

Partida do Parque de Assistência (Praça das Comunidades) 07:30

PEC 4 – Luílhas 1 (11,9 km) 08:00

PEC 5 – Cabeceiras de Basto 1 (10,68 km) 08:43

Reagrupamento In 09:18

Reagrupamento Out 09:45

PEC 6 – Luílhas 2 10:26

PEC 7 – Cabeceiras de Basto 2 11:09

Reagrupamento In (Feira Velha) 11:44

Reagrupamento Out 11:54

Parque de Assistência In (Praça das Comunidades) 12:29

Parque de Assistência Out 12:59

PEC 8 – Seixoso 1 (9,97 km) 13:32

PEC 9 – Lameirinha 1 (11,18 km) 14:30

Reagrupamento In (Feira Velha) 15:04

Reagrupamento Out 15:30

PEC 10 – Seixoso 2 16:00

PEC 11 – Lameirinha 2 – POWER STAGE 16:58

Parque Fechado (Feira Velha) 17:32

Sessão de apresentação Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto 2 (1).jpeg

Sessão de apresentação Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto 3.jpeg

Sessão de apresentação Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto 4.jpeg

Sessão de apresentação Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto 5.jpeg

Sessão de apresentação Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto 6.jpeg

Sessão de apresentação Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto 7.jpeg

Sessão de apresentação Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto 8.jpeg

Sessão de apresentação Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto 9.jpeg

Sessão de apresentação Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto 10.jpeg