Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

JOVEM BAILARINA BRACARENSE DESTACA-SE NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

EUA: Bailarina portuguesa conquista três medalhas de ouro

A bailarina Carolina Costa, de 12 anos, conquistou mais três medalhas de ouro, desta vez num prestigiado concurso de dança, o Ballet Beyond Borders, em Missoula, disputada na cidade do Estado de Montana, nos Estados Unidos da América, confirmando a boa forma.

41854145_531700063939626_1714255553892450304_n.jpg

Carolina Costa obteve o primeiro lugar em todas as categorias em que competiu e viu o nome inscrito entre vencedores da competição, juntando-se a grandes bailarinos de vários países, como Canadá, Coreia do Sul, China, EUA, México, Itália e Roménia, entre outros.

A jovem bailarina destacou-se com as atuações a solo (ballet clássico e contemporâneo) e também em Pas de Deux, com o bailarino Francisco Gomes, de 15 anos, que se revelou na edição de 2018 do Got Talent Portugal, alcançando já este por sua vez o segundo lugar.

37196243_480204009089232_5732822690574630912_n.jpg

Carolina Costa afirmou hoje ao i “estar muito feliz por receber estes prémios, na primeira vez que eu participo numa competição tão especial, que foi uma oportunidade única de partilhar o palco com os bailarinos e as bailarinas que são reconhecidos mundialmente e em cada dia da competição, tanto nas aulas, como durante as atuações, aprendi imenso”.

Carolina Costa nasceu em Braga em outubro de 2006 e com apenas três anos iniciou o seu percurso na dança, integrando aos oito anos a Ent’artes – Escola de Dança de Braga, participando em vários saraus, eventos e espetáculos, com o apoio incondicional dos pais.

Gratidão aos professores

“Agradeço a todos os meus professores do Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez, de Leiria, pela dedicação, carinho e profissionalismo agora de uma forma muito especial ao Professor Enrique Perez Cancio Cantero, que coreografou o solo de contemporâneo com que venci o primeiro lugar nesta categoria”, disse Carolina Costa.

“Quero também dar os parabéns aos meus colegas e amigos do Conservatório, que desde sempre me acompanharam nesta viagem pelas maravilhosas atuações e pelos prémios que receberam”, salientou a jovem bailarina bracarense, que em 2018 estagiou em Moscovo.

A bailarina bracarense mudou-se recentemente da Ent’artes – Escola de Dança de Braga para o Conservatório Internacional de Dança Annarella Sanchez e recebeu no início do mês de junho de 2018 um voto de louvor da Assembleia da República devido aos prémios.

Fonte: https://ionline.sapo.pt/

675179 (1).png

BARCELOS EM JANEIRO É UM ESPETÁCULO

Janeiro com música, teatro, cinema e dança no Teatro Gil Vicente

A música, o teatro, o cinema e a dança marcam a programação do Teatro Gil Vicente para o mês de janeiro de 2019

A agenda de  espetáculos inicia com o tradicional “Concerto de Ano Novo”, pelo Conservatório de Música de Barcelos, no dia 5, às 21h30. A entrada é gratuita. A música regressa ao Teatro Gil Vicente no dia 12, às 22h00, com o ciclo “Jazz ao Largo”, que apresenta o concerto de Eduardo Cardinho Trio. O bilhete custa três euros.  Do jazz para os géneros blues e country americano, o músico Aurélio BC apresenta o seu álbum de estreia, intitulado “First Stop”, no dia 26 de janeiro, às 22h00. A entrada custa cinco euros.

Programação

No dia 12, às 21h30, o TACCO - Vila do Conde leva à cena a peça teatral “A Mansão”. No dia 25, às 21h20, a barcelense Associação D’Improviso apresenta “Posto Médico”. Ambas as peças de teatro são de entrada livre, bem como a sessão do ciclo “Em Família no TGV” que, no dia 13, às 16h00, vai apresentar o espetáculo “Matemática Divertida”, por José Fernandes e Teatro Popular de Carapeços.

O Cineclub Zoom leva ao Teatro Gil Vicente dois filmes: “Shoplifters: uma família de pequenos ladrões”, de Hirokazu Kore-Eda, no dia 15, às 21h30; e “O Livro de Imagem”, de Jean-Luc Godard, no dia 22, às 21h30. O bilhete para as sessões de cinema custa 3,5 euros para o publico em geral, mas os sócios da Associação Zoom e menores de 18 anos têm entrada livre.

A programação de janeiro do Teatro Gil Vicente também contempla a dança. Nos dias 19 e 20, às 21h00 e às 16h00, respetivamente, a Escola de Dança de Barcelos apresenta o espetáculo “A Branca de Neve e os Quatro Gigantes”. A entrada custa cinco euros.

Parte integrante da programação do Teatro Gil Vicente, o triciclo está de regresso com concertos noutros locais: dia 12, às 22h00, Old Jerusalem atua na Sala Gótica dos Paços do Concelho (entrada gratuita); dia 25, às 22h00, os barcelenses Glockenwise apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, “Plástico”, no Círculo Católico de Operários de Barcelos, concerto que contará ainda com as bandas Cave Story e Savage Ohms (a entrada custa cinco euros)

FAMALICÃO SERVE "MURMÚRIOS DE PEDRO E INÊS" EM CALDA DALÇANTE

A emoção de séculos para degustar este sábado, na Casa das Artes. “Murmúrios de Pedro e Inês” servidos em calda dançante

Do calórico menu de dezembro da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, “Murmúrios de Pedro e Inês” destaca-se como um cálido bailado capaz de derreter as mais invernais e gélidas emoções. Servido em um ato, este bailado remete para o eterno conto de como se entrelaçaram os amores de Pedro e Inês, Infante e Dama, Português e Castelhana. As mais tocantes histórias de amor são as que terminam com um capítulo trágico.

pedro e ines

Um espetáculo de 60 minutos onde a dança usa os dois corpos como linguagem que materializa a lenda e a emoção. Um bailado que se veste de música contemporânea como uma pele que intrinsecamente se adapta mas que também se embala com o som poético da língua portuguesa.

A direção artística e interpretação são de Solange Melo e de Fernando Duarte.

O espetáculo acontece este dia 8 de dezembro, sábado, às 21h30, no Grande Auditório.

Entrada: 10 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural: 5 euros

Pela manhã, às 11h00, na Sala Ensaios da Casa das Artes decorre um Atelier de Aproximação à Dança, com duração de 90 minutos.

O atelier para crianças e jovens “Dançar a História – Era uma vez D. Pedro e D. Inês” inicia o ciclo “Dançar a História”, tendo como objetivo primeiro abrir sensibilidade ao contacto e às experiências do âmbito artístico. Inspirados no bailado “Murmúrios de Pedro e Inês”, os pequenos grandes artistas serão encorajados a desenvolver a sua criatividade, através da exploração do movimento, da música e do espaço circundante, para que possam também eles ser protagonistas na História e nesta lenda tão especial e marcante do nosso Portugal.

OLGA RORIZ ESTÁ EM FAMALICÃO

A coreógrafa e bailarina vianense Olga Roriz fala hoje com a imprensa sobre “A meio da noite”, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão.

20431183_10155570408739185_6866696456589767097_n

A prestigiada coreógrafa portuguesa conversa com os jornalistas na Casa das Artes, em primeira pessoa, dando a conhecer como a Companhia Olga Roriz tenta descodificar em palco através da dança o mundo existencialista cinematográfico de Ingmar Bergman, num espetáculo que batizou “A meio da noite”.

Esta é a proposta que a programação da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão faz ao público que busca novos entendimentos e interpretações da obra de Ingmar Bergman,dramaturgo e cineasta sueco nascido em 1918, falecido em 2007, considerado como diretor de alguns dos mais influentes e aclamados filmes de todos os tempos.

“A meio da noite” é uma produção da Companhia Olga Roriz e estará em cena, no Grande Auditório da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, no sábado, dia 24 de novembro, às 21h30.

Entrada: 10 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural: 5 euros.

VILAVERDENSES DANÇAM BALLET

Curso Ballet estreia-se na Escola de Música da Vila de Prado

A Escola de Música da Vila de Prado prepara-se para alargar o já vasto leque de atividades ao dispor da população, com um novo curso que promete fazer as delícias da pequenada.

CARTAZ BALLET.

As inscrições para as aulas de ballet já estão abertas e destinam-se a crianças entre os 04 e os 12 anos de idade.

Para mais informações, os interessados devem contactar a Escola de Música da Vila de Prado através do endereço escolamusicaprado@gmail.com ou do número 917 593 241.

O curso terá lugar no Espaço do Cidadão/Loja do Munícipe, antiga escola do Bom Sucesso Nº1.

FOLKLOURES’19 APRESENTA DANÇAS TRADICIONAIS DE GOA - DENTRO EM BREVE DAREMOS MAIS NOVIDADES!

O Grupo EKVAT – Grupo de Música e Danças Tradicionais de Goa, integrado na Casa de Goa em Lisboa, vai participar na próxima edição do FolkLoures que tem lugar no dia 6 de Julho do próximo ano, no Parque da Cidade, em Loures.

 

CapturarEVKAT

O EKVAT constituiu-se em 1989, em Lisboa, integrado na Casa de Goa.

Tem como objectivo divulgar a música e danças de Goa, desafiando os mais jovens para, através dos sons e danças, descobrirem a sua cultura ancestral, convidando também outros com gosto de conhecerem novas culturas.

Não se acomodaram à memória que consigo trouxeram alguns que vieram de Goa, mas continuaram à procura das suas raízes e acrescentaram alguma inovação.

É seu objectivo dar a conhecer, pela dança, o quotidiano das  aldeias, o ciclo do cultivo do  arroz, com a apresentação do tipo de dança “Fugddi” e outras,  bem como, a apresentação do género musical e de dança conhecido como” Deknni”, resultante da convivência  entre a  cultura  hindú e a cultura ocidental cristã.

É este o Grupo EKVAT que já divulgou Goa, desde a sua primeira apresentação em 1990 na Sociedade Portuguesa de Geografia, seguindo outras actuações em todo o País nomeadamente, Viseu (Auditório Mirita Casimiro), Porto (Casa da Música), Coimbra (Exposição de Goa a Lisboa), Lisboa (Expo 98, Lisboa Capital Europeia da Cultura), Açores (7º Seminário Internacional de História Indo Portuguesa e outra nas Festas Sanjoaninas), para além de vários espetáculos da sua iniciativa, sendo o ultimo em Abril de 2018, quando da comemoração dos 30 anos da Casa de Goa, no Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa.Também fora do País, realizou em 2001 em Londres uma actuação a convite da Goan Musical Society, e em 2007 em Washington D.C., a convite da Smithsonian Institution, no âmbito da exposição “Encompassing the Globe: Portugal and the World in the 16th and 17th Centuries”

Merece especial referência a digressão do EKVAT pela Índia, em 1999 e em 2011 iniciada em Goa, passando por Bengalore, Bombaim e finalizada em Delhi, sempre  recebido com especial carinho, o que representou para o EKVAT o reconhecimento do seu esforço na divulgação pela diáspora dos sons e das danças da sua terra natal.

Layout 1

 

FAMALICÃO É UM ESPECTÁCULO!

Cão Danado leva música, dança e teatro ao Parque da Devesa. Iniciativas promovidas no âmbito do projeto “Germinal” decorrem hoje e amanhã

A companhia cultural Cão Danado vai “assentar arraiais” no Parque da Devesa, durante o fim-de-semana com o projeto “Germinal” e a residência artística com Davis Freeman. São dois dias, hoje e amanhã, que mais parecem uma maratona cultural com inúmeras iniciativas e atividades destinadas a todos os públicos.

Toalhas pintadas para o piquenique (1)

Pelas 17h00, 17h45 e 18h30 de hoje, na Ilha dos Amores será feita a apresentação pública de “(A)Solos/Assentos”, que é o culminar do trabalho com Pascal Luneau, em Famalicão. Cinco textos sobre o tema do “assento”, do estado de estar sentado com ou diante de outras pessoas. Jovens atores recém formados pela ACE de Famalicão, apresentam divididos em três grupos três diferentes versões na Ilha dos Amores.

A partir das 19h00, arranca a residência artística Expanding Energy com Davis Freeman, com uma conferência/performance (com ações performativas de 4 bailarinos). Pelas 20h00, realiza-se o jantar/debate e pelas 22h00, o concerto/performance. Sob orientação de Davis Freeman e Leonor Keil, a participação dos músicos Jochen Arbeit e Sérgio Martins e da atriz Sara Barbosa, será preparado um cocktail de todos os problemas ambientais que promete levar os corações ao limite numa explosão de energia.

No sábado, a partir das 16h00, o parque é palco do concerto Germinal com Jorge Fernandes &co. Às 17h00, arranca o piquenique/lanche com as toalhas realizadas na oficina do fim-de-semana de 8 e 9 de Setembro. Pelas 18h00, nova apresentação pública de "(A)Solos/Assentos", com encenação de Pascal Luneau e 19h30, acontece “Arte em Processo" com Teresa Silva, Afonso Rocha e Constança Araújo Amador, onde se procura refletir sobre as novas realidades artísticas contemporâneas nos seus discursos indefinidos, plurais e abertos, que conduzem a novas formas de pensar e comunicar.

A partir das 21h30, destaque para "7 Promessas", com direcção de Davis Freeman. "7 Promessas" apresenta dois pregadores ambientalistas/ecologistas que apelam à audiência a transformar as suas palavras em ação. Nós sabemos que enfrentamos um desastre ecológico iminente, mas a questão é, porque é que não estamos a fazer mais em relação a isso? "7 Promessas" debruça-se sobre estes problemas com um sentido de urgência e humor.

A partir das 22h30, acontece "Karaoke Art", com direção de Davis Freeman. Davis Freeman endereçou um convite a quinze artistas internacionalmente aclamados para que integrassem este projeto. A cada artista foi dada uma lista de canções de karaoke e foi-lhes pedido que criassem um vídeo totalmente original para a canção da sua preferência, tendo como única exigência que o vídeo transmitisse o seu estilo pessoal e a sua visão do mundo atual, sem retirar preponderância à música e às letras. No bom estilo de um karaoke tradicional, o único intérprete deste projeto é o público, que apenas poderá visualizar os vídeos se os selecionar para cantar. À meia-noite a festa encerra com DJ Tatsumaki.

A participação é livre.

Toalhas pintadas para o piquenique (2)

FAMALICÃO APRESENTA CAMPEONATO DO MUNDO DE DANÇA

Apresentação do Famalicão Dança 2018, Amanhã, sexta-feira, 14 de setembro, pelas 12h00, na sede da Gindança

A Gindança - Associação de Ginástica e Dança de Famalicão e a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão procedem à apresentação pública do Famalicão Dança 2018, que se realiza esta sexta-feira, 14 de setembro, pelas 12h30, na sede da associação, em Antas.

A edição deste ano do Famalicão Dança realiza-se a 3 de novembro, no Pavilhão Municipal de Famalicão. O Campeonato do Mundo de 10 Danças em Profissionais e a 7.ª e última prova da época do Circuito Nacional de dança desportiva em Latinas e Standard são duas das competições em disputa neste evento, que se realiza pelo quinto ano consecutivo no concelho famalicense.

Na conferência de imprensa de amanhã estarão presentes o vereador do Desporto da autarquia, Mário Passos, o diretor regional do IPDJ, Vitor Dias, a presidente da Gindança, Anabela Gomes, o diretor técnico da competição, Duarte Vieira, o presidente da Federação Portuguesa de Dança Desportiva, Alberto Rodrigues, e o presidente da Associação Portuguesa de Profissionais de Dança Desportiva, Paulo Paulino

FOLKLOURES’19 APRESENTA DANÇAS TRADICIONAIS DE GOA

O Grupo EKVAT – Grupo de Música e Danças Tradicionais de Goa, integrado na Casa de Goa em Lisboa, vai participar na próxima edição do FolkLoures que tem lugar no dia 6 de Julho do próximo ano, no Parque da Cidade, em Loures.

CapturarEVKAT

O EKVAT constituiu-se em 1989, em Lisboa, integrado na Casa de Goa.

Tem como objectivo divulgar a música e danças de Goa, desafiando os mais jovens para, através dos sons e danças, descobrirem a sua cultura ancestral, convidando também outros com gosto de conhecerem novas culturas.

Não se acomodaram à memória que consigo trouxeram alguns que vieram de Goa, mas continuaram à procura das suas raízes e acrescentaram alguma inovação.

É seu objectivo dar a conhecer, pela dança, o quotidiano das  aldeias, o ciclo do cultivo do  arroz, com a apresentação do tipo de dança “Fugddi” e outras,  bem como, a apresentação do género musical e de dança conhecido como” Deknni”, resultante da convivência  entre a  cultura  hindú e a cultura ocidental cristã.

É este o Grupo EKVAT que já divulgou Goa, desde a sua primeira apresentação em 1990 na Sociedade Portuguesa de Geografia, seguindo outras actuações em todo o País nomeadamente, Viseu (Auditório Mirita Casimiro), Porto (Casa da Música), Coimbra (Exposição de Goa a Lisboa), Lisboa (Expo 98, Lisboa Capital Europeia da Cultura), Açores (7º Seminário Internacional de História Indo Portuguesa e outra nas Festas Sanjoaninas), para além de vários espetáculos da sua iniciativa, sendo o ultimo em Abril de 2018, quando da comemoração dos 30 anos da Casa de Goa, no Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa.Também fora do País, realizou em 2001 em Londres uma actuação a convite da Goan Musical Society, e em 2007 em Washington D.C., a convite da Smithsonian Institution, no âmbito da exposição “Encompassing the Globe: Portugal and the World in the 16th and 17th Centuries”

Merece especial referência a digressão do EKVAT pela Índia, em 1999 e em 2011 iniciada em Goa, passando por Bengalore, Bombaim e finalizada em Delhi, sempre  recebido com especial carinho, o que representou para o EKVAT o reconhecimento do seu esforço na divulgação pela diáspora dos sons e das danças da sua terra natal.

Layout 1

DANÇAS CLAUSTRAIS ANIMAM CABECEIRAS DE BASTO

Danças Claustrais animaram Praça da República

A Praça da República encheu-se de dança, música, cor e ritmo na noite do passado domingo, dia 5 de agosto. Inserida no programa cultural ‘Mosteiro de Emoções’ a iniciativa ‘Danças Claustrais’ animaram o centro da vila, um momento protagonizado pela Academia GINDANÇA de Vila Nova de Famalicão e pela Academia Sempre em Forma de Cabeceiras de Basto.

Danças Claustrais animaram Praça da República (1)

Participaram neste evento os vereadores Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa, bem como os presidentes das Juntas de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela e também de Abadim, Leandro Campos e Fernando Basto, respetivamente.

A Praça da República servirá este mês de palco para as danças do mundo que contam com a participação de diferentes grupos locais e de municípios vizinhos, desde o folclore ao tango, passando pelas danças africanas, orientais e pela dança contemporânea.

As ‘Danças Claustrais’ regressam na próxima sexta-feira à noite, 10 de agosto, a partir das 21h30, com capoeira pela ABADÁ Capoeira e com a patinagem artística pela Escola de Patinagem Artística de Basto (EPAB). Na noite de 25 de agosto o palco é do jazz, danças contemporâneas e danças urbanas com as participações do Fitness BodyGate e Clube Desportivo de Cabeceiras de Basto.

Danças Claustrais animaram Praça da República (2)

"ESPOSENDE A DANÇAR" ANIMA CIDADE NO PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA

A Câmara Municipal de Esposende vai levar a efeito, nos dias 27, 28 e 29 de julho, mais uma edição do evento “Esposende a Dançar”, que voltará a ter como palco o Largo dos Bombeiros, no centro da cidade.

.

Esta edição integra a apresentação de três espetáculos de dança, nomeadamente pelo PraxiStudio Esposende - Urban Dance Studio, Academia de Bailado de Esposende e Centro de Estudos Ás do Saber, todos às 22h00 e com entrada gratuita.

Além da promoção da dança e da divulgação do trabalho desenvolvido ao nível desta manifestação artística no concelho, o Município visa diversificar a oferta cultural, numa altura em que Esposende recebe muitos turistas e visitantes. “Esposende a dançar” traduz-se em momentos de grande qualidade e beleza artística.

.

O evento arranca amanhã, dia 27, com “URBANATION 2018”, um espetáculo de dança urbana pelo Praxistudio, onde predomina a cultura urbana e que celebra todos os estilos de "Street Dance", tendo sempre um carater de modernidade e inovação".

No sábado, dia 28, a Academia de Bailado de Esposende apresenta “Mitologia grega”, convidando a uma viagem ao pensamento do povo grego da antiguidade; da criação do mundo à formação da terra e de tudo o que nela existe.

A encerrar este evento, no domingo, dia 29, apresenta-se em palco o Centro de Estudos Ás do Saber.

cartazESPOSENDEDANCAR_PRINT

.

DANÇAS URBANAS ANIMAM MARGINAL DE ESPOSENDE

“Street Battle” de Danças Urbanas na marginal de Esposende

Esposende volta a acolher um dos mais importantes eventos de danças urbanas do país. O “Esposende Street Battle” é o festival internacional de dança que se realiza já no próximo domingo, dia 8 de julho, pelas 15 horas, na Zona Ribeirinha de Esposende. Esta é já a 9.ª edição do evento.

street

Organizado pela Câmara Municipal de Esposende em parceria com a Praxistudio, Escola de Dança de Esposende, esta festa do Urban Dance em que os bailarinos competem um contra o outro, em jeito de “batalha”, terá participantes de todo o país assim como do estrangeiro que se deslocam a Esposende nesta data, tal é o prestígio que este evento já alcançou no país, assim como além-fronteiras. A qualidade do Júri da competição é igualmente um fator que contribuiu, em larga medida, para a credibilidade que a competição já alcançou.

Tal como em edições anteriores, esta competição integra os estilos Bboying (Breakdance) e o Bgirling, o Locking, o Popping, o Hip Hop e All Styles. Além de prémios monetários e troféus, esta “batalha”, afirma-se como uma das mais importantes competições da Península Ibérica, reunindo os melhores praticantes dos diversos estilos.

As inscrições podem ser efetuadas no local, no dia do evento, a partir das 13h30.

FAMALICÃO: GROOVE MONSTERZ VÃO À CONQUISTA DO SONHO AMERICANO

Grupo de dança famalicense vai representar Portugal no Campeonato do Mundo de Hip Hop, em Phoenix, nos EUA

São portugueses e estão de malas aviadas para os Estados Unidos da América, onde vão competir por um lugar entre os melhores do Hip Hop mundial. O sonho dos Groove Monsterz mora em Phoenix, a capital do estado do Arizona, que de 5 a 11 de agosto acolhe o Campeonato do Mundo de Hip Hop, a maior e mais famosa competição do género à escala mundial.

AFS_8149

Em solo americano, o grupo famalicense que vai representar Portugal na competição, tem à sua espera os melhores dançarinos do mundo, provenientes de mais de 50 países.

Sabem que a concorrência é forte, mas nem por isso se deixam intimidar. O apuramento para o campeonato é, por si só, uma vitória, mas João Marques, coordenador e coreógrafo do grupo, não esconde a ambição de conseguir alcançar uma meia final.  “Seria já uma incrível vitória”, referiu.

A preparação para a competição tem sido intensa e à exceção do domingo, dia de descanso, treinam atualmente cerca de 7 horas diárias.

Na passada sexta-feira, 29 de junho, o Roteiro pela Inovação de Famalicão levou o presidente da Câmara Municipal a espreitar os ensaios do grupo. Naturalmente orgulhoso pelo apuramento da equipa famalicense, Paulo Cunha lembrou que “os excelentes resultados no palco são o reflexo daquilo que acontece no dia-a-dia do grupo, fruto de muito trabalho”.

O edil não esqueceu também o papel preponderante da Escola Secundária D. Sancho I, que abraçou o projeto desde a sua primeira hora, através da cedência das suas instalações. “O papel da escola vai muito além do ensino na sala de aula e é muito gratificante vermos que este projeto de sucesso, apesar de ter nascido e de se desenvolver dentro desta escola, não se destina apenas aos seus alunos, mas sim a toda a comunidade”.

Refira-se que os Groove Monsterz integram o Groove Spot, clube de danças urbanas criado em 2012 em Vila Nova de Famalicão e que nos últimos anos registaram um currículo de conquistas nacionais e internacionais verdadeiramente impressionante entre as 11 equipas competitivas formadas a partir do clube.

Mais do que um projeto competitivo, o Groove Spot é um projeto de formação humana que funciona como uma verdadeira formação extracurricular. Atualmente conta com cerca de 400 alunos, com idades compreendidas entre os 6 e os 28 anos.

AFS_8201

AFS_8292

PENSAMENTO ORIENTAL – PROMOÇÃO DA CULTURA CHINESA: FOLKLOURES’18 RECEBE DANÇA TRADICIONAL DO TIBETE – É JÁ NO PRÓXIMO SÁBADO, DIA 7, EM LOURES

Pensamento Oriental - Promoção da Cultura Chinesa representará a comunidade chinesa no FolkLoures’18

A comunidade chinesa radicada em Portugal vai participar na próxima edição do FolkLoures – Encontro de Culturas, mais concretamente no festival intercultural que terá lugar no dia 7 de Julho de 2018. Junto à réplica das ruínas da Igreja de São Paulo, em Macau, o grupo “Pensamento Oriental - Promoção da Cultura Chinesa” vai apresentar a Dança de Tibete, “Capriccio de Kumara”.

CapturarTibete

Kumara é uma formação de dança tradicional da etnia Zang (Tibete), o que representa as tradições, os costumes através de movimentos livres e de grande amplitude. As danças tibetanas transmitem sempre uma atitude firme, de cabeça erguida e de peito cheio para os homens e uma postura de curvatura e suavidade para as mulheres, imagens essas inspiradas na vida quotidiana do povo tibetano nos grandes planícies. Contudo, devido à diversidade de culturas naquela região, a própria dança tibetana sofre de influências culturais das outras regiões vizinhas no seu resultado final.

Os movimentos das danças tibetanas tem subcategorias tanto para homens como para mulheres, um dos nomes atribuídos a uma subcategoria é "Chinese Tap Dance".

Os trajes utilizados para danças tibetanas correspondem ao vestuário comum do povo tibetano, cheios de cores e figuras.

A próxima edição do FolkLoures decorre de 30 de Junho a 7 de Julho de 2018, e incluirá conferências, exposições, feira de produtos tradicionais e um festival de folclore a ter lugar no Parque da Cidade, em Loures.

O FolkLoures é uma iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures.

FOLKLOURES 18 接受西藏传统舞蹈

东方思维中国文化的弘扬将代表中国社区在 FolkLoures 18

居住在葡萄牙的华人社区将参加下一期的 FolkLoures--文化会议, 更具体地说, 将于2018年7月7日举行的文化艺术节。在澳门圣保禄教堂遗址的复制品旁边, "东方思维的中国文化促进" 将呈现西藏之舞 "随想曲奈特·库马拉"。

奈特·库马拉是藏 (藏) 的传统舞蹈, 代表着传统、自由的风俗和大振幅的运动。藏族的舞蹈总是以坚定的姿态, 正面和胸部为男人, 并为妇女的曲率和柔软的姿态, 这些图像的启发, 藏族人民在大平原的日常生活。然而, 由于该地区文化的多样性, 藏族舞蹈本身也受到其他相邻地区的文化影响。

藏族舞蹈的运动对男女都有子范畴, 其中一个类别的名字是 "中国踢踏舞"。

藏族舞蹈所用的服饰, 与藏族人民的共同服饰相呼应, 色彩和人物都十分鲜艳。

下一版的 FolkLoures 源于6月30日至 2018年7月7日, 将包括会议, 展览, 传统产品和民俗节日在城市公园, 在洛里什。

Capturarfolk

PENSAMENTO ORIENTAL – PROMOÇÃO DA CULTURA CHINESA: FOLKLOURES’18 RECEBE DANÇA TRADICIONAL DO TIBETE

Pensamento Oriental - Promoção da Cultura Chinesa representará a comunidade chinesa no FolkLoures’18

A comunidade chinesa radicada em Portugal vai participar na próxima edição do FolkLoures – Encontro de Culturas, mais concretamente no festival intercultural que terá lugar no dia 7 de Julho de 2018. Junto à réplica das ruínas da Igreja de São Paulo, em Macau, o grupo “Pensamento Oriental - Promoção da Cultura Chinesa” vai apresentar a Dança de Tibete, “Capriccio de Kumara”.

CapturarTibete

Kumara é uma formação de dança tradicional da etnia Zang (Tibete), o que representa as tradições, os costumes através de movimentos livres e de grande amplitude. As danças tibetanas transmitem sempre uma atitude firme, de cabeça erguida e de peito cheio para os homens e uma postura de curvatura e suavidade para as mulheres, imagens essas inspiradas na vida quotidiana do povo tibetano nos grandes planícies. Contudo, devido à diversidade de culturas naquela região, a própria dança tibetana sofre de influências culturais das outras regiões vizinhas no seu resultado final.

Os movimentos das danças tibetanas tem subcategorias tanto para homens como para mulheres, um dos nomes atribuídos a uma subcategoria é "Chinese Tap Dance".

Os trajes utilizados para danças tibetanas correspondem ao vestuário comum do povo tibetano, cheios de cores e figuras.

A próxima edição do FolkLoures decorre de 30 de Junho a 7 de Julho de 2018, e incluirá conferências, exposições, feira de produtos tradicionais e um festival de folclore a ter lugar no Parque da Cidade, em Loures.

O FolkLoures é uma iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures.

FOLKLOURES 18 接受西藏传统舞蹈

东方思维中国文化的弘扬将代表中国社区在 FolkLoures 18

居住在葡萄牙的华人社区将参加下一期的 FolkLoures--文化会议, 更具体地说, 将于2018年7月7日举行的文化艺术节。在澳门圣保禄教堂遗址的复制品旁边, "东方思维的中国文化促进" 将呈现西藏之舞 "随想曲奈特·库马拉"。

奈特·库马拉是藏 (藏) 的传统舞蹈, 代表着传统、自由的风俗和大振幅的运动。藏族的舞蹈总是以坚定的姿态, 正面和胸部为男人, 并为妇女的曲率和柔软的姿态, 这些图像的启发, 藏族人民在大平原的日常生活。然而, 由于该地区文化的多样性, 藏族舞蹈本身也受到其他相邻地区的文化影响。

藏族舞蹈的运动对男女都有子范畴, 其中一个类别的名字是 "中国踢踏舞"。

藏族舞蹈所用的服饰, 与藏族人民的共同服饰相呼应, 色彩和人物都十分鲜艳。

下一版的 FolkLoures 源于6月30日至 2018年7月7日, 将包括会议, 展览, 传统产品和民俗节日在城市公园, 在洛里什。

Capturarfolk

CERVEIRA RECEBE FESTIVAL INTERNACIONAL DE DANÇA

Cerveira prepara-se para viver a festa da dança

Os entusiastas pela arte da dança aguardam o último fim-de-semana de junho para demonstrar as suas performances, no reconhecido palco da ‘Vila das Artes’. Entre 28 de junho e 1 de julho, Vila Nova de Cerveira recebe o XIV DANCERVEIRA – Festival Internacional de Dança que, além dos espetáculos ao vivo e workshops, este ano apresenta como novidade a ‘Dança com a Espuma’.

CARTAZ DANCERVEIRA 2018

Com organização da Adeixa – Associação de Dança do Eixo Ibero Atlântico, e apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, este evento promete boa disposição, movimento, experiência e intercâmbio entre os cerca de mil bailarinos do Norte de Portugal e Galiza, além da participação de duas escolas brasileiras.

Durante quatro dias, o DANCERVEIRA propõe várias performances livres nos Jogos de Água do Parque de Lazer do Castelinho; e no Auditório Municipal, onde também decorrem os espetáculos de dança noturnos abertos ao público (dia 28 às 21h00, no 29 às 20h00 e nos dias 30 de junho e 1 de julho inicia às 19h30).

Não obstante, o evento assume ainda uma grande componente formativa de vários estilos de dança, com a presença de reconhecidos professores, como Isabel Arance (Modern Jazz), Alba Cotelo & Estefí Gómez (Dança Experimental), Renata Guanabara (Hip Hop Brasil), Ana Lúcia Costa (Ballet Clássico), Chris Faria (Hip Hop Kids) e Marcelo Andrade (Lyrical Jazz). Os workshops decorrem todos os dias, entre as 09h00 e as 15h00, no Salão Multiusos do Cineteatro de Cerveira.

Criando oportunidades lúdicas para as crianças e jovens participantes, de forma a que esta festa da dança prime também pelo convívio, o DANCERVEIRA deste ano apresenta, além do Dance Party de sexta-feira à noite (dia 29), o ‘Dança com a Espuma’, um novo espetáculo agendado para o dia 30 de junho, entre as 16h00 e as 18h00, na Praça Alto Minho.

São 14 anos de momentos inesquecíveis a Viver a Dança! Conheça toda a programação em www.adeixa.com

MUNICÍPIO DE BRAGA ATRIBUI BOLSAS DE ESTUDO PARA AULAS DE DANÇA E MÚSICA

Candidatura abertas até 22 de Junho

Com o objectivo de fomentar o desenvolvimento do ensino da dança e da música no Concelho e de permitir uma utilização activa e participativa das instalações do Mercado Cultural do Carandá, o Município de Braga celebrou com a Arte Total e com o Conservatório Bomfim, tutelado pela Fundação Bomfim, um protocolo de colaboração de onde resulta a atribuição de bolsas de estudo para aulas de dança e de música a estudantes do ensino público, residentes no Concelho de Braga.

CMB - Dança

As bolsas correspondem à frequência de aulas durante o ano lectivo 2018/2019 nas instalações das duas escolas reconhecidas pelo seu valor artístico e pedagógico e sediadas no Mercado Cultural do Carandá.

O processo de candidatura decorre até ao dia 22 de Junho devendo os interessados dirigir-se ao Balcão Único da Câmara Municipal de Braga, situado no edifício do Pópulo, para proceder à apresentação da candidatura.

Para mais informações está disponível o seguinte endereço electrónico: cultura@cm-braga.pt. Os Formulários e as normas de candidatura encontram-se disponíveis online no site do Município de Braga em www.cm-braga.pt.

ESPOSENDENSES DÃO ESPETÁCULO DE BALLET

Espetáculo da Escola de Ballet encerrou atividades do ano letivo 

Pais, amigos e familiares dos alunos encheram o pavilhão municipal para assistir ao espetáculo de encerramento do ano letivo da Escola de Ballet da Câmara Municipal de Ponte da Barca.

O espetáculo contou com a prestação de mais de 100 alunos de diferentes graus, que fizeram apresentações nos mais variados estilos, orientados pela docente Maria João Bastos que é também a responsável por todas as coreografias realizadas.

1

2

4