Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ORDEM DOS ENGENHEIROS PROMOVE EVENTO EM VIANA DO CASTELO: O TEMA SÃO AS MULHERES NA ENGENHARIA

No âmbito da Política de Promoção da Diversidade de Género da Ordem dos Engenheiros (OE), a Delegação Distrital de Viana do Castelo organiza, no próximo dia 15 de julho, pelas 18h30, uma palestra alusiva ao Dia Internacional da Mulher na Engenharia, decretado pela UNESCO para o dia 23 de junho.

O.Eng_Imagem.jpg

Na palestra serão abordadas diversas temáticas acerca da importância das mulheres na engenharia e uma perspetiva desta atividade profissional na Austrália.

O evento contará com a presença de duas Engenheiras de diferentes gerações e perfis: Lídia Santiago e Carla Boehl.

Lídia Santiago é Vice-Presidente da Ordem dos Engenheiros, professora do ISEL desde 1989 e professora adjunta desde 2013. Detém o título profissional de Especialista em Engenharia Alimentar da Ordem dos Engenheiros, é mestre em Ciência Tecnologia dos Alimentos pela Universidade Técnica de Lisboa e é licenciada em Engenharia Química pelo Instituto Superior Técnico.

Carla Boehl é licenciada em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e concluiu o mestrado e o doutoramento na Universidade de Estugarda, na Alemanha. Nasceu em Viana do Castelo, trabalhou para a Comissão Europeia, fez investigação na Alemanha e nos Estados Unidos, trabalhou na McKinsey.

Gonçalo Fagundes Meira

PROF. DOUTORA TERESA SOEIRO APRESENTOU EM LOURES AS TRADIÇÕES DE PENAFIEL – E ASSIM COMEÇOU A EDIÇÃO DO FOLKLOURES’19!

Terminou há instantes a conferência que a Prof. Doutora Teresa Soeiro realizou em Loures, subordinada ao tema “O Corpo de Deus em Penafiel e a singularidade dos seus bailes”. Esta conferência foi uma autêntica aula de História e Etnografia a lembrar as tradições das nossas gentes.

DSCF4852.JPG

Tratou-se de mais uma iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho que teve lugar no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, local onde habitualmente reúne a Assembleia Municipal de Loures.

O Município de Loures esteve representado pelo vereador João Calado e o INATEL pelo sr. Gilberto Rosado. Penafiel esteve ainda representado pela Dra. Rosário Marques, Coordenadora do Serviço Educativo e de Gestão de Colecções do Museu Municipal de Penafiel.

Entre as várias individualidades presentes, registamos ainda o Prof Doutor Manuel Antunes, Fundador e Director do Museu Etnográfico de Vilarinho da Furna.

O tradicional Baile dos Pedreiros que foi hoje apresentado pela Prof. Doutora Teresa Soeiro vai ser representada em Loures pelo Grupo Folclórico de Penafiel, no próximo dia 6 de Julho, no âmbito do FolkLoures’19.

Outra tradição característica de Penafiel – o Baile dos Turcos – constitui uma tradição que também marca a sua presença em Ponte de Lima, na localidade de S. João da Ribeira, sob a forma de “Auto dos Turcos”; no concelho de Viana do Castelo sob a denominação de “Auto de Florípedes” e ainda na Ilha do Príncipe, na República de São Tomé e Príncipe.

O conteúdo da conferência será oportunamente editada em livro.

DSCF4847.JPG

DSCF4822.JPG

DSCF4827 (2) (1).JPG

DSCF4828.JPG

DSCF4835.JPG

DSCF4838.JPG

DSCF4842.JPG

DSCF4857.JPG

DSCF4864.JPG

DSCF4868.JPG

DSCF4840.JPG

DSCF4824 (3).JPG

PROF. DOUTORA TERESA SOEIRO VAI HOJE A LOURES FALAR SOBRE “O CORPO DE DEUS EM PENAFIEL E A SINGULARIDADE DOS SEUS BAILES”

FOLKLOURES'19 COMEÇA HOJE COM A REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA

A conferência insere-se no programa do FolkLoures’19, numa organização do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures

“O Corpo de Deus em Penafiel e a singularidade dos seus bailes” é o tema da conferência que a Prof. Doutora Teresa Soeiro vai proferir hoje em Loures, a partir das 15 horas, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, local onde habitualmente reúne a Assembleia Municipal de Loures.

O Município de Penafiel far-se-á representar pela Dra. Rosário Marques, Coordenadora do Serviço Educativo e de Gestão de Colecções do Museu Municipal de Penafiel, que há vários anos tem acompanhado o processo de recuperação dos Bailes do Corpo de Deus.

Capturar3CONF19.PNG

PROF. DOUTORA TERESA SOEIRO VAI AMANHÃ A LOURES FALAR SOBRE “O CORPO DE DEUS EM PENAFIEL E A SINGULARIDADE DOS SEUS BAILES”

FOLKLOURES'19 COMEÇA AMANHÃ COM A REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA

A conferência insere-se no programa do FolkLoures’19, numa organização do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures

“O Corpo de Deus em Penafiel e a singularidade dos seus bailes” é o tema da conferência que a Prof. Doutora Teresa Soeiro vai proferir amanhã em Loures, a partir das 15 horas, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, local onde habitualmente reúne a Assembleia Municipal de Loures.

Capturar3CONF19.PNG

Por sua vez, o Município de Penafiel far-se-á representar pela Dra. Rosário Marques, Coordenadora do Serviço Educativo e de Gestão de Colecções do Museu Municipal de Penafiel, que há vários anos tem acompanhado o processo de recuperação dos Bailes do Corpo de Deus.

Entretanto, para além das suas danças e cantares tradicionais, o Grupo Folclórico de Penafiel traz no dia 6 de Julho, ao FolkLoures uma das tradições mais genuínas e pouco conhecidas da sua região – o Baile dos Pedreiros!

Natural do Porto, Prof. Doutora Teresa Soeiro é Licenciada em História e Doutorada em Pré-História e Arqueologia, com Pós-Graduação em Museologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde exerce a sua actividade docente desde 1981, leccionando diversas disciplinas nos cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em Arqueologia e Estudos do Património.

Professora Associada do Departamento de Ciências e Técnicas do Património da FLUP, é actualmente investigadora integrada do CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória”.

Foi Directora do Museu Municipal de Penafiel entre 1985 e 2007, e Chefe de Projecto requisitada pelo Ministério da Cultura para a Estrutura de Projecto do Museu do Douro de 2001 a 2004.

Ao longo do seu percurso profissional e académico tem-se dedicado às áreas temáticas do Património relacionadas com a Arqueologia, a Etnografia e o Património Imaterial, sendo autora de livros e artigos científicos publicados em Portugal e no estrangeiro, tendo igualmente comissariado diversas exposições permanentes e temporárias em vários espaços museológicos.

Dirigiu e participou ainda de escavações arqueológicas no Norte de Portugal e na Galiza, com particular destaque para o Castro de Monte Mozinho, das quais foi Directora Científica entre 1981 e 1999, e Coordenadora do Projecto de Valorização e Dinamização do Parque Arqueológico de Monte Mozinho

Recebeu várias distinções ao longo da sua carreira, nomeadamente o Prémio de Valor e Mérito, atribuído pela Associação de Amigos do Museu Municipal de Penafiel em 2015, o Prémio Pedrón de Honra 2014, atribuído pela Fundación Pedrón de Ouro (Galiza), a Medalha de Honra da Freguesia de Eja e título de Cidadã Honorária atribuído pela Junta de Freguesia de Eja em 2014,e a Medalha de Ouro do Concelho de Penafiel, proposta pela Câmara Municipal e aprovada por unanimidade e aclamação na Assembleia Municipal de Penafiel, em 2000.

Cartaz-2019 (34).jpg

PROF. DOUTORA TERESA SOEIRO VAI DOMINGO A LOURES FALAR SOBRE “O CORPO DE DEUS EM PENAFIEL E A SINGULARIDADE DOS SEUS BAILES”

FOLKLOURES'19 COMEÇA DOMINGO COM A REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA

A conferência insere-se no programa do FolkLoures’19, numa organização do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures

“O Corpo de Deus em Penafiel e a singularidade dos seus bailes” é o tema da conferência que a Prof. Doutora Teresa Soeiro vai proferir em Loures no próximo dia 30 de Junho, a partir das 15 horas, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, local onde habitualmente reúne a Assembleia Municipal de Loures.

Capturar3CONF19.PNG

Por sua vez, o Município de Penafiel far-se-á representar pela Dra. Rosário Marques, Coordenadora do Serviço Educativo e de Gestão de Colecções do Museu Municipal de Penafiel, que há vários anos tem acompanhado o processo de recuperação dos Bailes do Corpo de Deus.

Entretanto, para além das suas danças e cantares tradicionais, o Grupo Folclórico de Penafiel traz no dia 6 de Julho, ao FolkLoures uma das tradições mais genuínas e pouco conhecidas da sua região – o Baile dos Pedreiros!

Natural do Porto, Prof. Doutora Teresa Soeiro é Licenciada em História e Doutorada em Pré-História e Arqueologia, com Pós-Graduação em Museologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde exerce a sua actividade docente desde 1981, leccionando diversas disciplinas nos cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em Arqueologia e Estudos do Património.

Professora Associada do Departamento de Ciências e Técnicas do Património da FLUP, é actualmente investigadora integrada do CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória”.

Foi Directora do Museu Municipal de Penafiel entre 1985 e 2007, e Chefe de Projecto requisitada pelo Ministério da Cultura para a Estrutura de Projecto do Museu do Douro de 2001 a 2004.

Ao longo do seu percurso profissional e académico tem-se dedicado às áreas temáticas do Património relacionadas com a Arqueologia, a Etnografia e o Património Imaterial, sendo autora de livros e artigos científicos publicados em Portugal e no estrangeiro, tendo igualmente comissariado diversas exposições permanentes e temporárias em vários espaços museológicos.

Dirigiu e participou ainda de escavações arqueológicas no Norte de Portugal e na Galiza, com particular destaque para o Castro de Monte Mozinho, das quais foi Directora Científica entre 1981 e 1999, e Coordenadora do Projecto de Valorização e Dinamização do Parque Arqueológico de Monte Mozinho

Recebeu várias distinções ao longo da sua carreira, nomeadamente o Prémio de Valor e Mérito, atribuído pela Associação de Amigos do Museu Municipal de Penafiel em 2015, o Prémio Pedrón de Honra 2014, atribuído pela Fundación Pedrón de Ouro (Galiza), a Medalha de Honra da Freguesia de Eja e título de Cidadã Honorária atribuído pela Junta de Freguesia de Eja em 2014,e a Medalha de Ouro do Concelho de Penafiel, proposta pela Câmara Municipal e aprovada por unanimidade e aclamação na Assembleia Municipal de Penafiel, em 2000.

Cartaz-2019 (34).jpg

PROF. DOUTORA TERESA SOEIRO VAI A LOURES FALAR SOBRE “O CORPO DE DEUS EM PENAFIEL E A SINGULARIDADE DOS SEUS BAILES”

FOLKLOURES'19 COMEÇA NO PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA COM A REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA

A conferência insere-se no programa do FolkLoures’19, numa organização do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures

“O Corpo de Deus em Penafiel e a singularidade dos seus bailes” é o tema da conferência que a Prof. Doutora Teresa Soeiro vai proferir em Loures no próximo dia 30 de Junho, a partir das 15 horas, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, local onde habitualmente reúne a Assembleia Municipal de Loures.

Capturar3CONF19.PNG

Por sua vez, o Município de Penafiel far-se-á representar pela Dra. Rosário Marques, Coordenadora do Serviço Educativo e de Gestão de Colecções do Museu Municipal de Penafiel, que há vários anos tem acompanhado o processo de recuperação dos Bailes do Corpo de Deus.

Entretanto, para além das suas danças e cantares tradicionais, o Grupo Folclórico de Penafiel traz no dia 6 de Julho, ao FolkLoures uma das tradições mais genuínas e pouco conhecidas da sua região – o Baile dos Pedreiros!

Natural do Porto, Prof. Doutora Teresa Soeiro é Licenciada em História e Doutorada em Pré-História e Arqueologia, com Pós-Graduação em Museologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde exerce a sua actividade docente desde 1981, leccionando diversas disciplinas nos cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em Arqueologia e Estudos do Património.

Professora Associada do Departamento de Ciências e Técnicas do Património da FLUP, é actualmente investigadora integrada do CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória”.

Foi Directora do Museu Municipal de Penafiel entre 1985 e 2007, e Chefe de Projecto requisitada pelo Ministério da Cultura para a Estrutura de Projecto do Museu do Douro de 2001 a 2004.

Ao longo do seu percurso profissional e académico tem-se dedicado às áreas temáticas do Património relacionadas com a Arqueologia, a Etnografia e o Património Imaterial, sendo autora de livros e artigos científicos publicados em Portugal e no estrangeiro, tendo igualmente comissariado diversas exposições permanentes e temporárias em vários espaços museológicos.

Dirigiu e participou ainda de escavações arqueológicas no Norte de Portugal e na Galiza, com particular destaque para o Castro de Monte Mozinho, das quais foi Directora Científica entre 1981 e 1999, e Coordenadora do Projecto de Valorização e Dinamização do Parque Arqueológico de Monte Mozinho

Recebeu várias distinções ao longo da sua carreira, nomeadamente o Prémio de Valor e Mérito, atribuído pela Associação de Amigos do Museu Municipal de Penafiel em 2015, o Prémio Pedrón de Honra 2014, atribuído pela Fundación Pedrón de Ouro (Galiza), a Medalha de Honra da Freguesia de Eja e título de Cidadã Honorária atribuído pela Junta de Freguesia de Eja em 2014,e a Medalha de Ouro do Concelho de Penafiel, proposta pela Câmara Municipal e aprovada por unanimidade e aclamação na Assembleia Municipal de Penafiel, em 2000.

CapturarPRMarceloRS-FolKloures19.PNG

Cartaz-2019 (34).jpg

PROF. DOUTORA TERESA SOEIRO VAI A LOURES FALAR SOBRE “O CORPO DE DEUS EM PENAFIEL E A SINGULARIDADE DOS SEUS BAILES”

FOLKLOURES'19 COMEÇA NO PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA COM A REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA

A conferência insere-se no programa do FolkLoures’19, numa organização do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures

“O Corpo de Deus em Penafiel e a singularidade dos seus bailes” é o tema da conferência que a Prof. Doutora Teresa Soeiro vai proferir em Loures no próximo dia 30 de Junho, a partir das 15 horas, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, local onde habitualmente reúne a Assembleia Municipal de Loures.

Capturar3CONF19.PNG

Por sua vez, o Município de Penafiel far-se-á representar pela Dra. Rosário Marques, Coordenadora do Serviço Educativo e de Gestão de Colecções do Museu Municipal de Penafiel, que há vários anos tem acompanhado o processo de recuperação dos Bailes do Corpo de Deus.

Entretanto, para além das suas danças e cantares tradicionais, o Grupo Folclórico de Penafiel traz no dia 6 de Julho, ao FolkLoures uma das tradições mais genuínas e pouco conhecidas da sua região – o Baile dos Pedreiros!

Natural do Porto, Prof. Doutora Teresa Soeiro é Licenciada em História e Doutorada em Pré-História e Arqueologia, com Pós-Graduação em Museologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde exerce a sua actividade docente desde 1981, leccionando diversas disciplinas nos cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em Arqueologia e Estudos do Património.

Professora Associada do Departamento de Ciências e Técnicas do Património da FLUP, é actualmente investigadora integrada do CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória”.

Foi Directora do Museu Municipal de Penafiel entre 1985 e 2007, e Chefe de Projecto requisitada pelo Ministério da Cultura para a Estrutura de Projecto do Museu do Douro de 2001 a 2004.

Ao longo do seu percurso profissional e académico tem-se dedicado às áreas temáticas do Património relacionadas com a Arqueologia, a Etnografia e o Património Imaterial, sendo autora de livros e artigos científicos publicados em Portugal e no estrangeiro, tendo igualmente comissariado diversas exposições permanentes e temporárias em vários espaços museológicos.

Dirigiu e participou ainda de escavações arqueológicas no Norte de Portugal e na Galiza, com particular destaque para o Castro de Monte Mozinho, das quais foi Directora Científica entre 1981 e 1999, e Coordenadora do Projecto de Valorização e Dinamização do Parque Arqueológico de Monte Mozinho

Recebeu várias distinções ao longo da sua carreira, nomeadamente o Prémio de Valor e Mérito, atribuído pela Associação de Amigos do Museu Municipal de Penafiel em 2015, o Prémio Pedrón de Honra 2014, atribuído pela Fundación Pedrón de Ouro (Galiza), a Medalha de Honra da Freguesia de Eja e título de Cidadã Honorária atribuído pela Junta de Freguesia de Eja em 2014,e a Medalha de Ouro do Concelho de Penafiel, proposta pela Câmara Municipal e aprovada por unanimidade e aclamação na Assembleia Municipal de Penafiel, em 2000.

CapturarPRMarceloRS-FolKloures19.PNG

Cartaz-2019 (34).jpg

PROF. DOUTORA TERESA SOEIRO VAI A LOURES FALAR SOBRE “O CORPO DE DEUS EM PENAFIEL E A SINGULARIDADE DOS SEUS BAILES”

FOLKLOURES'19 COMEÇA NO PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA COM A REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA

A conferência insere-se no programa do FolkLoures’19, numa organização do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures

“O Corpo de Deus em Penafiel e a singularidade dos seus bailes” é o tema da conferência que a Prof. Doutora Teresa Soeiro vai proferir em Loures no próximo dia 30 de Junho, a partir das 15 horas, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, local onde habitualmente reúne a Assembleia Municipal de Loures.

Capturar3CONF19.PNG

Por sua vez, o Município de Penafiel far-se-á representar pela Dra. Rosário Marques, Coordenadora do Serviço Educativo e de Gestão de Colecções do Museu Municipal de Penafiel, que há vários anos tem acompanhado o processo de recuperação dos Bailes do Corpo de Deus.

Entretanto, para além das suas danças e cantares tradicionais, o Grupo Folclórico de Penafiel traz no dia 6 de Julho, ao FolkLoures uma das tradições mais genuínas e pouco conhecidas da sua região – o Baile dos Pedreiros!

Natural do Porto, Prof. Doutora Teresa Soeiro é Licenciada em História e Doutorada em Pré-História e Arqueologia, com Pós-Graduação em Museologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde exerce a sua actividade docente desde 1981, leccionando diversas disciplinas nos cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em Arqueologia e Estudos do Património.

Professora Associada do Departamento de Ciências e Técnicas do Património da FLUP, é actualmente investigadora integrada do CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória”.

Foi Directora do Museu Municipal de Penafiel entre 1985 e 2007, e Chefe de Projecto requisitada pelo Ministério da Cultura para a Estrutura de Projecto do Museu do Douro de 2001 a 2004.

Ao longo do seu percurso profissional e académico tem-se dedicado às áreas temáticas do Património relacionadas com a Arqueologia, a Etnografia e o Património Imaterial, sendo autora de livros e artigos científicos publicados em Portugal e no estrangeiro, tendo igualmente comissariado diversas exposições permanentes e temporárias em vários espaços museológicos.

Dirigiu e participou ainda de escavações arqueológicas no Norte de Portugal e na Galiza, com particular destaque para o Castro de Monte Mozinho, das quais foi Directora Científica entre 1981 e 1999, e Coordenadora do Projecto de Valorização e Dinamização do Parque Arqueológico de Monte Mozinho

Recebeu várias distinções ao longo da sua carreira, nomeadamente o Prémio de Valor e Mérito, atribuído pela Associação de Amigos do Museu Municipal de Penafiel em 2015, o Prémio Pedrón de Honra 2014, atribuído pela Fundación Pedrón de Ouro (Galiza), a Medalha de Honra da Freguesia de Eja e título de Cidadã Honorária atribuído pela Junta de Freguesia de Eja em 2014,e a Medalha de Ouro do Concelho de Penafiel, proposta pela Câmara Municipal e aprovada por unanimidade e aclamação na Assembleia Municipal de Penafiel, em 2000.

CapturarPRMarceloRS-FolKloures19.PNG

Cartaz-2019 (34).jpg

PINTO DA COSTA VAI A FAMALICÃO FALAR DE "ADIÇÕES DO BOM USO AO ABUSO"

Pinto da Costa vai estar em Famalicão para falar de “Adições do Bom uso ao Abuso”. Conferência decorre quarta-feira, pelas 21h00, no auditório da CESPU

“Adições do bom uso ao abuso” é o tema da próxima conferência de Saúde Pública, que vai decorrer na próxima quarta-feira, dia 26 de junho, pelas 21h00, no auditório da Cespu. A iniciativa gratuita mas de inscrição obrigatória através do link https://bit.ly/2MWCaqC conta com as participações do professor José Pinto da Costa, catedrático de medicina legal e de psicologia judiciária do departamento de direito da Universidade Portucalense e diretor do Centro Médico-legal, de Ricardo Dinis Oliveira, da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e de Isabel Pinheiro, psicóloga.

conferênciapintcost.jpg

PONTE DE LIMA DEBATE CINEGÉTICA

XI Feira de Caça, Pesca e Lazer de Ponte de Lima. Colóquio da FENCAÇA “Compatibilização da Atividade Cinegética com as Atividades Turísticas Emergentes no Mundo”

No âmbito da XI Feira de Caça, Pesca e Lazer de Ponte de Lima, a realizar este fim-de-semana, no Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima, a FENCAÇA - Federação Nacional das Zonas de Caça Associativas, entidade que colabora com o Municipio na realização deste evento promove na sexta-feira, dia 21, às 16H30 um colóquio subordinado ao tema “Compatibilização da Atividade Cinegética com as Atividades Turísticas Emergentes no Mundo Rural”.

Colóquio.jpg

Oradores:

Dr.ª Margarida Duarte – Investigadora do INIAVE

Francisco Álvares - CIBIO-InBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Port

Miguel José Correia Branco- Chefe da Seção do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA)

Arq. Sandra Sarmento - Diretora da Direção Regional da Conservação da Natureza e Florestas do Norte

Jacinto Amaro – Presidente da Federação Portuguesa de Caça

Victor Mendes – Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima

O Município de Ponte de Lima, em parceria com a Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Ponte de Lima, aposta novamente na promoção e divulgação de todos os serviços e atividades ligadas ao setor da Caça, da Pesca e do Lazer, como também aos recursos cinegéticos do concelho.

PROF. DOUTORA TERESA SOEIRO VAI A LOURES FALAR SOBRE “O CORPO DE DEUS EM PENAFIEL E A SINGULARIDADE DOS SEUS BAILES”

A conferência insere-se no programa do FolkLoures’19, numa organização do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures

“O Corpo de Deus em Penafiel e a singularidade dos seus bailes” é o tema da conferência que a Prof. Doutora Teresa Soeiro vai proferir em Loures no próximo dia 30 de Junho, a partir das 15 horas, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, local onde habitualmente reúne a Assembleia Municipal de Loures.

Capturar3CONF19.PNG

Por sua vez, o Município de Penafiel far-se-á representar pela Dra. Rosário Marques, Coordenadora do Serviço Educativo e de Gestão de Colecções do Museu Municipal de Penafiel, que há vários anos tem acompanhado o processo de recuperação dos Bailes do Corpo de Deus.

Entretanto, para além das suas danças e cantares tradicionais, o Grupo Folclórico de Penafiel traz no dia 6 de Julho, ao FolkLoures uma das tradições mais genuínas e pouco conhecidas da sua região – o Baile dos Pedreiros!

Natural do Porto, Prof. Doutora Teresa Soeiro é Licenciada em História e Doutorada em Pré-História e Arqueologia, com Pós-Graduação em Museologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde exerce a sua actividade docente desde 1981, leccionando diversas disciplinas nos cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em Arqueologia e Estudos do Património.

Professora Associada do Departamento de Ciências e Técnicas do Património da FLUP, é actualmente investigadora integrada do CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória”.

Foi Directora do Museu Municipal de Penafiel entre 1985 e 2007, e Chefe de Projecto requisitada pelo Ministério da Cultura para a Estrutura de Projecto do Museu do Douro de 2001 a 2004.

Ao longo do seu percurso profissional e académico tem-se dedicado às áreas temáticas do Património relacionadas com a Arqueologia, a Etnografia e o Património Imaterial, sendo autora de livros e artigos científicos publicados em Portugal e no estrangeiro, tendo igualmente comissariado diversas exposições permanentes e temporárias em vários espaços museológicos.

Dirigiu e participou ainda de escavações arqueológicas no Norte de Portugal e na Galiza, com particular destaque para o Castro de Monte Mozinho, das quais foi Directora Científica entre 1981 e 1999, e Coordenadora do Projecto de Valorização e Dinamização do Parque Arqueológico de Monte Mozinho

Recebeu várias distinções ao longo da sua carreira, nomeadamente o Prémio de Valor e Mérito, atribuído pela Associação de Amigos do Museu Municipal de Penafiel em 2015, o Prémio Pedrón de Honra 2014, atribuído pela Fundación Pedrón de Ouro (Galiza), a Medalha de Honra da Freguesia de Eja e título de Cidadã Honorária atribuído pela Junta de Freguesia de Eja em 2014,e a Medalha de Ouro do Concelho de Penafiel, proposta pela Câmara Municipal e aprovada por unanimidade e aclamação na Assembleia Municipal de Penafiel, em 2000.

CapturarPRMarceloRS-FolKloures19.PNG

Cartaz-2019 (34).jpg

PROF. DOUTORA TERESA SOEIRO VAI A LOURES FALAR SOBRE “O CORPO DE DEUS EM PENAFIEL E A SINGULARIDADE DOS SEUS BAILES”

A conferência insere-se no programa do FolkLoures’19, numa organização do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures

“O Corpo de Deus em Penafiel e a singularidade dos seus bailes” é o tema da conferência que a Prof. Doutora Teresa Soeiro vai proferir em Loures no próximo dia 30 de Junho, a partir das 15 horas, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, local onde habitualmente reúne a Assembleia Municipal de Loures.

Capturar3CONF19.PNG

Por sua vez, o Município de Penafiel far-se-á representar pela Dra. Rosário Marques, Coordenadora do Serviço Educativo e de Gestão de Colecções do Museu Municipal de Penafiel, que há vários anos tem acompanhado o processo de recuperação dos Bailes do Corpo de Deus.

Entretanto, para além das suas danças e cantares tradicionais, o Grupo Folclórico de Penafiel traz no dia 6 de Julho, ao FolkLoures uma das tradições mais genuínas e pouco conhecidas da sua região – o Baile dos Pedreiros!

Natural do Porto, Prof. Doutora Teresa Soeiro é Licenciada em História e Doutorada em Pré-História e Arqueologia, com Pós-Graduação em Museologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde exerce a sua actividade docente desde 1981, leccionando diversas disciplinas nos cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em Arqueologia e Estudos do Património.

Professora Associada do Departamento de Ciências e Técnicas do Património da FLUP, é actualmente investigadora integrada do CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória”.

Foi Directora do Museu Municipal de Penafiel entre 1985 e 2007, e Chefe de Projecto requisitada pelo Ministério da Cultura para a Estrutura de Projecto do Museu do Douro de 2001 a 2004.

Ao longo do seu percurso profissional e académico tem-se dedicado às áreas temáticas do Património relacionadas com a Arqueologia, a Etnografia e o Património Imaterial, sendo autora de livros e artigos científicos publicados em Portugal e no estrangeiro, tendo igualmente comissariado diversas exposições permanentes e temporárias em vários espaços museológicos.

Dirigiu e participou ainda de escavações arqueológicas no Norte de Portugal e na Galiza, com particular destaque para o Castro de Monte Mozinho, das quais foi Directora Científica entre 1981 e 1999, e Coordenadora do Projecto de Valorização e Dinamização do Parque Arqueológico de Monte Mozinho

Recebeu várias distinções ao longo da sua carreira, nomeadamente o Prémio de Valor e Mérito, atribuído pela Associação de Amigos do Museu Municipal de Penafiel em 2015, o Prémio Pedrón de Honra 2014, atribuído pela Fundación Pedrón de Ouro (Galiza), a Medalha de Honra da Freguesia de Eja e título de Cidadã Honorária atribuído pela Junta de Freguesia de Eja em 2014,e a Medalha de Ouro do Concelho de Penafiel, proposta pela Câmara Municipal e aprovada por unanimidade e aclamação na Assembleia Municipal de Penafiel, em 2000.

Cartaz-2019 (34).jpg

FAMALICÃO DEBATE OFERTA QUALIFICADA

N-INVEST promove seminário em Famalicão

O projeto Oferta Qualificada, Diferenciadora e Facilitadora na Captação de Novos Investimentos, N-INVEST, promovido pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), escolheu a cidade de Vila Nova de Famalicão para encerrar o roadshow de oito seminários que tem vindo a promover, um pouco por toda a região Norte, de apresentação e divulgação dos seus resultados.

Casa das ArtesFamalic.jpg

A sessão no concelho famalicense acontece já na próxima terça-feira, 18 de junho, a partir das 09h00, na Casa das Artes de Famalicão.

É convidada a participar neste seminário toda a comunidade que direta ou indiretamente beneficia, ou poderá beneficiar, do projeto e seus principais outputs, associados ao mapeamento e caraterização da região Norte em termos de oferta de espaços de acolhimento empresarial, tais como a plataforma eletrónica (www.n-investportugal.pt), o observatório, o gabinete de apoio ao investidor, entre outros.

As inscrições são gratuitas e decorrem online através do site da AEP, emwww.aeportugal.pt/pt/eventos/.

O projeto Oferta Qualificada, Diferenciadora e Facilitadora na Captação de Novos Investimentos, N-INVEST, foi lançado em maio de 2018 com o objetivo de aumentar a competitividade e captação de investimento na região Norte, através do apoio à gestão de áreas empresariais e serviços de acompanhamento personalizado para investidores nacionais e internacionais, numa lógica “one stop shop”.

Promovido pela AEP, em cooperação com os principais atores, públicos e privados, o projeto N-INVEST é cofinanciado pelo Norte 2020, através do Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

PROGRAMA

09:00 Welcome Coffee

09:30 Abertura da Sessão

09:40 PAINEL I: Contexto da promoção e do acolhimento empresarial do Ave

10:45 PAINEL II: As áreas empresariais como vetor de competitividade territorial e empresarial – a importância de uma oferta qualificada

11:50 Fatores críticos de competitividade empresarial – custos e facilitadores de contexto

12:15 Perguntas e respostas

12:45 Encerramento

CELORICO DE BASTO DEBATE VIVÊNCIAS DO CONVENTO DE REFOJOS DO LIMA

Seminário Internacional encerrou com balanço muito positivo

Chegou hoje, dia 7 de junho, ao fim a quarta edição do Seminário Internacional Ora et Labora ‘Refojos de Basto: Natureza e meio natural na vida, linguagens e imaginário da vida monástica’ que ao longo de dois dias decorreu na Casa do Tempo em Cabeceiras de Basto.

Seminário Internacional encerrou com balanço muito positivo.JPG

Mais de 100 pessoas participaram neste IV Seminário Internacional que trouxe até Cabeceiras de Basto especialistas nacionais e estrangeiros de universidades e conceituadas instituições, cuja sessão de encerramento contou com o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto.

Depois de felicitar a Câmara Municipal, a Comissão Organizadora do IV Seminário, bem como os oradores pelas suas apresentações, o presidente da Assembleia Municipal destacou a importância dos estudos e debates realizados em torno da história do nosso Mosteiro. “Uma relevante iniciativa para Cabeceiras de Basto e para as suas gentes”, disse.

Evidenciando as potencialidades deste território, Joaquim Barreto, afirmou que “Cabeceiras de Basto tem dado provas do seu potencial” e que os Seminários Internacionais têm “fortalecido e tornado mais coeso” o conhecimento sobre o legado cultural e histórico do Mosteiro Beneditino de S. Miguel de Refojos.

O IV Seminário Internacional, organizado pelo Município de Cabeceiras de Basto e pelo CITCEM/FLUP (Centro de Investigação Transdisciplinar ‘Cultura, Espaço e Memória da Faculdade de Letras da Universidade do Porto), encerrou com balanço muito positivo.

Foram dois dias de troca de conhecimentos, experiências que contribuirão, certamente, para o enriquecimento cultural de todos.