Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ESPOSENDE: CONCURSO "FISH CHEFE" APELA AO CONSUMO DE PEIXE JUNTO DOS JOVENS

Na 21.ª edição do Março com Sabores do Mar, iniciativa do Município de Esposende que decorre ao longo de todo este mês, os alunos do 3.º ciclo do ensino básico do concelho são, uma vez mais, convidados a serem "Fish Chefes".

DSC_0146.jpg

O concurso “Fish Chefe” decorre, ao longo desta semana, nas escolas dos agrupamentos de escolas António Correia de Oliveira e António Rodrigues Sampaio, envolvendo a participação de cerca de 120 jovens, com idades compreendidas entre 12 e os 14 anos, que se propõem confecionar pratos de peixe. Ao Chefe João Novo, docente na Escola Profissional de Esposende, cabe a tarefa de avaliar os pratos, apurando os alunos que irão disputar a final, a ter lugar na próxima sexta-feira, a partir das 14h30, no Espaço Aldeias de Mar, instalado no Largo Rodrigues Sampaio, em Esposende.

O “Fish Chefe” visa apelar ao consumo de peixe, bem como ao conhecimento dos produtos endógenos do concelho, tendo, também a particularidade de ajudar os mais novos na aquisição de competências de empreendedorismo e trabalho em equipa, melhorando a sua autoestima e confiança.

Esta ação enquadra-se, de resto, no projeto municipal “Geração S – Programa de Sustentabilidade Alimentar”, priorizando também os Objetivos de Desenvolvimento da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente o ODS 3 – Saúde de Qualidade, ODS 4 – Educação de Qualidade e ODS 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade

Considerando que o consumo de peixe junto dos mais jovens apresenta inúmeras restrições, quer seja pela sua apresentação, quer pelo constrangimento das espinhas, bem como pelos métodos de confeção que lhe estão subjacentes, o concurso Fish Chef contribui de forma direta para inverter esta tendência, fomentado uma alimentação saudável e diversificada.

DSC_0159.jpg

DSC_0166.jpg

DSC_0180.jpg

ADEGA DE MONÇÃO PREMIADA NO CONCURSO MUNDUS VINI

O Alvarinho Deu la Deu Reserva 2017 alcançou a “Medalha de Ouro” no reputado concurso Mundus Vini – Spring Tasting 2020. O concurso alemão, que contou com a presença de 268 jurados, decorreu em fevereiro, em Neustadt e avaliou mais de 7.500 vinhos de todo o mundo.

A par do Alvarinho Deu la Deu Reserva 2017, a Adega de Monção alcançou ainda uma “Medalha de Prata” com o Alvarinho Deu la Deu 2018.

Frequentemente premiado, o Deu la Deu Reserva 2017 é um vinho com um aroma limpo e fresco, com forte presença a flor de laranjeira, maracujá, pêssego e alperce, ideal para acompanhar pratos de peixe e marisco.

O Deu la Deu 2018, também ele frequentemente distinguido, é um vinho com predominância de frutos de prunóideas (pêssego, alperce) e algum caráter floral (flor de laranjeira). Excelente aperitivo e acompanhante de marisco, pratos de peixe e carnes brancas.

Armando Fontainhas, presidente da direção da Adega de Monção, manifestou a sua enorme satisfação pela excelente classificação alcançada pelos Alvarinhos. “Num evento onde estavam em prova 7500 vinhos de todo o mundo, a nossa casa alcançou uma Medalha de Ouro e outra de Prata. Um resultado que nos deixa muito orgulhosos e que reitera mais vez a enorme qualidade dos nossos vinhos. Os produtores de Monção e Melgaço estão mais uma vez de parabéns”, refere.

Fundada em 1958, a Adega de Monção viu, nos últimos anos, a singularidade dos seus vinhos ser distinguida com mais de uma centena de galardões, entre eles Melhor Vinho Branco Português no concurso International Wine Challenge para Muralhas de Monção e medalhas de Ouro para o Alvarinho Deu La Deu no concurso Mundus Vini 2019. A qualidade da matéria-prima, aliada à cuidada seleção das uvas e à mais moderna tecnologia, foram fatores essenciais para este reconhecimento em Portugal, mas também na Europa, África, Ásia, América do Norte e do Sul

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE SUBMETE A CONSULTA PÚBLICA REGULAMENTO DE COMÉRCIO A RETALHO NÃO SEDENTÁRIO

O Município de Esposende submete a consulta pública o Projeto de Regulamento das Atividades Económicas de Comércio a Retalho e Restauração e Bebidas Não Sedentários.

DSC09672.JPG

A proposta de regulamento, aprovada em reunião de executivo e por unanimidade, no passado dia 13 de fevereiro, está disponível para consulta, durante trinta dias úteis, entre os dias 3 de março e 14 de abril, conforme Edital publicado em Diário da República, na edição de ontem.

Durante este período, qualquer interessado poderá consultar o Regulamento junto do Serviço de Atendimento Personalizado da Câmara Municipal ou no site institucional do Município em www.municipio.esposende.pt.

As reclamações, observações ou sugestões devem ser apresentadas por escrito, dirigidas ao Presidente da Câmara Municipal, podendo ser remetidas por via postal para Município de Esposende, Praça do Município,4740 – 223 Esposende, por correio eletrónico para o e-mail ivone.costa@cm-esposende.pt, ou entregues no Serviço de Atendimento Personalizado da autarquia, durante o período normal de expediente, ou seja, entre as 8h30 e as 16h00.

Refira-se que no processo de elaboração do Regulamento das Atividades Económicas de Comércio a Retalho e Restauração e Bebidas Não Sedentários do Município de Esposende não se registou qualquer apresentação de contributos.

CONCURSO DE “JANELAS, VARANDAS E MONTRAS FLORIDAS” ESTÁ DE REGRESSO ÀS RUAS VILA PRAIA DE ÂNCORA DE 15 DE ABRIL A 5 DE MAIO

Inscrições terminam a 6 de abril

O concurso de “Janelas, Varandas e Montras Floridas” está de regresso às ruas Vila Praia de Âncora. O objetivo é renovar a imagem da vila, transformando-a num imenso jardim de flores, de 15 de abril a 5 de maio. As inscrições estão a decorrer e terminam a 6 de abril. Os prémios são aliciantes.

VPA em Flor

“Janelas, Varandas e Montras Floridas” vai integrar o Vila Praia em Flor, que este ano regressa a Vila Praia de Âncora de 30 de abril a 3 de maio. Este concurso visa embelezar as ruas de Vila Praia de Âncora durante o evento; incentivar a descoberta e o gosto pelos espaços verdes e pela natureza e reavivar a tradição portuguesa de florear as janelas e as varandas.

Este concurso dirige-se a todos os moradores e estabelecimentos comerciais de Vila Praia de Âncora, a título individual ou coletivo (condomínios), e a todas as entidades públicas ou privadas que possuam ou ocupem imóveis nas ruas da Vila.

O concurso conta com três categorias ‘Janela florida’, ‘Varanda florida’ e ‘Montra florida’. É de salientar que cada concorrente pode participar em mais do que uma categoria e com o n.º de janelas, varandas ou montras floridas que entender. Mais, as janelas, as varandas ou as montras têm de ser visíveis da via pública de 15 de abril a 5 de maio, e as plantas e/ou flores têm de ser naturais.

Os interessados em participar deverão efetuar a respetiva inscrição até dia 6 de abril, mediante o preenchimento de um formulário, disponível em www.cm-caminha.pt, que poderá ser entregue em mão no Posto de Turismo de Vila Praia de Âncora; na Câmara Municipal de Caminha - Setor da Cultura ou através do email cultura@cm-caminha.pt. A inscrição é gratuita.

Os prémios são convidativos. Em todas as categorias, o 1º lugar corresponde a 2 passes 3 dias Festival de Vilar de Mouros 2020; o 2º a 1 passe 3 dias Festival de Vilar de Mouros 2020 e o 3º a 1 bilhete Festival de Vilar de Mouros 2020 (1 dia).

O Concurso “Janelas, Varandas e Montras Floridas” é uma iniciativa integrada no evento Vila Praia em Flor, promovido pelo Município de Caminha, Freguesia de Vila Praia de Âncora e Grupo dos Amigos das Maias.

ESCOLA PROFISSIONAL DE FELGUEIRAS VENCEU O X CONCURSO INTERNACIONAL DE ACESSÓRIOS DE MODA

A ocasião era de elegância e glamour, arte e cultura. Vila Verde vestiu-se com as cores do amor para um evento que aliou a sofisticação dos desfiles de moda à magia dos espetáculos de música e dança. Tudo inspirado nos sentimentos e afetos dos motivos dos Lenços de Namorados.

0 (1)namoportvilaverd.JPG

A Escola Profissional de Felgueiras foi a grande vencedora da noite, conquistando o 1º prémio no X Concurso Internacional de Acessórios de Moda com um conjunto que inclui sapatos e uma mala de senhora em forma de coração com uma chave na alça, da autoria de Carlos Carvalho, Diana Ferreira, Diogo Ferreira, José Moreira e Sofia Sousa. Uma proposta moderna com uma forte ligação à iconografia tradicional, já que a mulher minhota entregava simbolicamente a chave do seu coração ao seu amado através da simbologia dos Lenços de Namorados.

O segundo lugar também foi para Felgueiras. Bruno Neto, Diogo Lopes, Diogo Silva, Flávio Pinto e Hélder Sampaio destacaram-se com um conjunto bolsa/sapatos. O pódio fechou com uma peça versátil, uma capa convertível em mochila, da autoria de Marisa Marinho Alves. A iniciativa decorreu ontem, 28 de fevereiro, na Quinta da Aldeia - Gême, organizada pelo Município de Vila Verde, com o apoio da Aliança Artesanal e da Academia de Música de Vila Verde.

0 (2)namoportvilaverd.JPG

Júri não teve tarefa fácil

O X Concurso Internacional de Acessórios de Moda constituiu um desafio para a criação acessórios de moda subordinados ao tema ‘Lenços Namorar Portugal, escritas de amor’, inspirados nesta tradição genuína, que remonta ao séc. XVIII. Os designers e estilistas responderam em massa e brindaram o público com propostas arrojadas, numa aliança majestosa entre tradição e modernidade. O júri não teve tarefa fácil, como frisou a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes. No total, foram apresentadas 48 propostas, 28 a título individual e 20 em representação de estabelecimentos de ensino, em mais uma iniciativa inserida na programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’. O vencedor levou para casa um prémio de 500 euros (Município de Vila Verde), o segundo classificado recebeu 300 euros (AEVH) e o terceiro 200 euros (Foto Felicidade). Todos os participantes tiveram a oportunidade de expor o seu talento num palco privilegiado e “quem sabe, encontrarem um trampolim para o mundo da moda”, disse Júlia Fernandes.

0 (3)namoportvilaverd.JPG

Música, dança e propostas de moda Namorar Portugal

Mas nem só do concurso viveu esta noite de moda. Pela passerelle passaram também os dez coordenados premiados na Gala Namorar Portugal 2020, bem como as propostas de quatro parceiros da marca territorial do Município de Vila Verde: Teciborda, Sapatos Namorar Portugal, Gatémia e Mi-Linha. Todas as propostas foram desfiladas pelos vencedores do Casting Namorar Portugal, iniciativa promovida com o intuito de revelar o potencial dos jovens modelos. O evento foi abrilhantado pelos espetáculos de dança e música ao vivo protagonizados por Rogério Braga e sua banda; Guilherme e Joana, da RS Ballroom Team (dança); alunos do Jardim de Infância de Pico de Regalados; Luana e Bruno Miguel Almeida. Com a programação já na ‘reta da meta’, a vereadora da Cultura aproveitou a ocasião para agradecer a todos quantos participaram nas atividades de ‘Fevereiro, Mês do Romance’.

Durante a iniciativa, teve também lugar a entrega de prémios do Concurso de Montras ‘Namorar Portugal em Vila Verde’, promovido pela AEVH (Associação de Empresários do Vale do Homem), que desafiou o comércio local a adornar os seus espaços com a temática do amor e os motivos dos Lenços de Namorados. A loja Richesse venceu o primeiro prémio, em segundo lugar ficou a Docauto Seguros e em terceiro a Felicidade Noivas. O Prémio Criatividade foi atribuído à Farmácia Medeiros, o Prémio Artístico à Folha de Ponto e o Prémio Público foi arrecadado por Ana Rocha Cabeleireiros.

0 (4)namoportvilaverd.JPG

Motivos dos Lenços de Namorados espalhados pelo país e pelo mundo

O presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, congratulou os participantes pela qualidade dos trabalhos apresentados a concurso, sublinhando que “o júri teve uma tarefa difícil”, além de frisar que “dos mais pequeninos aos mais crescidos, passou pelo palco muito talento que ajudou a abrilhantar a noite com espetáculos de música e dança”. O autarca prosseguiu sem esconder a satisfação pela forte adesão que faz com que o Mês do Romance extravase o mês de fevereiro e se prolongue durante 37 dias consecutivos. “Isto não seria possível se as pessoas não aderissem e demonstrassem o seu apoio”, afirmou, sublinhando em jeito de balanço que é uma programação “repleta de iniciativas com muito êxito”. António Vilela referiu também que a marca Namorar Portugal é já uma embaixadora da cultura local. “No total, temos já 70 parceiros na marca Namorar Portugal. Com muito talento e criatividade, criam produtos inspirados nos motivos dos Lenços de Namorados que estão já espalhados por todo o país e por várias partes do mundo”, disse.

0 (5)namoportvilaverd.JPG

0 (6)namoportvilaverd.JPG

0 (7)namoportvilaverd.JPG

0 (8)namoportvilaverd.JPG

TERRAS DE BOURO ORGANIZA CONCURSO DE CULINÁRIA

Alunos do Agrupamento de Escolas de Terras De Bouro  iniciam preparativos para concurso de culinária

O Município de Terras de Bouro, no âmbito do Projeto Educativo PNPG GO, cofinanciado pelo POSEUR, organizou uma atividade para preparar os alunos do agrupamento de escolas, tendo em vista o concurso de culinária que se irá realizar em junho, data de encerramento do projeto.

IMG_2826TBouroConcurso (1).JPG

O projeto PNPG GO organizou três concursos dirigidos aos alunos do agrupamento de escolas. No ano letivo 2017/2018 foi lançado o concurso de poesia, cujos poemas, alusivos ao PNPG, foram compilados e encontrando-se agora a ser ultimada a edição de um livro de poesia.

No ano letivo 2018/2019, foi lançado um concurso de fotografia de fauna e flora do PNPG que culminou com a realização de uma exposição patenteada ao público e, no ano letivo 2019/2020, foi lançado o concurso de culinária que apela à criatividade dos alunos para criarem um doce com ingredientes típicos da área do Parque Nacional.

Para motivar os alunos a participarem neste concurso o Município de Terras de Bouro contou com a parceria das Monjas Cistercienses de Rio Caldo – Gerês (Santuário de São Bento da Porta Aberta) que têm larga experiência na confeção de doçaria conventual e que demostraram aos alunos alguns “truques” que os mesmos devem adotar na criação do doce que vão apresentar a concurso.

Todos os alunos se mostraram bastante envolvidos na atividade, tendo aproveitado para “por as mãos na massa”, ganhando assim confiança para a confeção do seu doce. Já começam a surgir algumas ideias que, pelo potencial, prometem um concurso cheio de inovações na arte doceira.

O concurso de culinária irá decorrer em junho, aquando das jornadas de encerramento do projeto e os alunos irão apresentar doces que contenham na sua preparação ingredientes típicos do Parque Nacional da Peneda Gerês.

O objetivo destes concursos é levar os alunos a explorarem e conhecerem as potencialidades que a área protegida do PNPG encerra e sensibilizá-los para a necessidade da sua preservação e proteção.

IMG_2826TBouroConcurso (2).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (3).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (4).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (5).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (6).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (7).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (8).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (9).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (10).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (11).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (12).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (13).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (14).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (15).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (16).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (17).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (18).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (19).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (20).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (21).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (22).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (23).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (24).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (25).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (26).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (27).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (28).JPG

IMG_2826TBouroConcurso (29).JPG

DOÇARIA CENTRAL E COOPERATIVA AGRÍCOLA DE ARCOS DE VALDEVEZ E PONTE DA BARCA PREMIADAS NA GALA ALTO MINHO ATIVAR BUSINESS AWARDS 2020

A Gala Alto Minho Ativar IPVC Business Awards 2020, que decorreu na passada quinta-feira, em Viana do Castelo, premeia o “melhor do mundo científico, tecnológico e empresarial” do distrito. O evento é promovido pelo Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) e pela Confederação Empresarial do Alto Minho (CEVAL), com o apoio da Comunidade Intermunicipal (CIM) Alto Minho.

premio_IPVC-Cooperativa2.jpg

O evento atribuiu, na totalidade, 10 prémios, numa decisão tomada por um júri composto por várias entidades da região. Duas entidades arcuenses foram distinguidas com os prémios Instituição de Mérito Regional e Prémio Carreira.

O trabalho desenvolvido pela Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca na divulgação dos produtos da região, principalmente da carne de raça Cachena, que tem conquistado vários prémios em concursos nacionais e internacionais, permitiu-lhes conquistar o prémio de Instituição de Mérito Regional deste ano.

Fundada em 1830, a Doçaria Central confeciona doces tradicionais, como os célebres "Charutos de Ovos" dos Arcos, uma das “7 Maravilhas Doces de Portugal”. A dedicação de Alzira Galvão, conhecida como "Francisca doceira", da secular Doçaria Central de Arcos de Valdevez, em conservar a história e a tradição do concelho, garantiu-lhe o Prémio Carreira.

O Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, João Esteves, esteve presente na entrega dos prémios e felicitou as duas instituições, realçando o seu papel na economia e no desenvolvimento de Arcos de Valdevez.

premio_IPVC-doçaria.jpg

ESPOSENDE APUROU ALUNOS PARA O CONCURSO NACIONAL DE LEITURA 2020

Doze alunos das escolas do concelho de Esposende foram, ontem, apurados para o Concurso Nacional de Leitura 2020. A Fase Municipal de Esposende decorreu no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, apurando os alunos que vão disputar a Fase Distrital, de onde sairão os finalistas para a eliminatória nacional.

_DSC0002.jpg

O certame, que integra o Plano Nacional de Leitura 2027, visa estimular hábitos de leitura e pôr à prova competências de expressão escrita e oral da população escolar, abrangendo todos os níveis do ensino básico e secundário. A iniciativa conta com a colaboração da Rede das Bibliotecas Escolares, da Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), do Camões IP, da Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DSEEPE) e da RTP.

A Fase Municipal de Esposende foi organizada pela Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, em colaboração com a Rede de Bibliotecas do Concelho de Esposende. Esta fase destinou-se aos alunos dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos de ensino do concelho, já apurados na Fase Escolar, uma vez que os do Ensino Secundário passaram diretamente à Fase Intermunicipal. Assim sendo, estiveram envolvidas todas as escolas dos Agrupamentos de Escolas António Rodrigues Sampaio e António Correia de Oliveira e a Escola Secundária c/ 3º ciclo Henrique Medina.

O Júri, composto pela Vereadora da Educação e Cultura, Angélica Cruz, pela Coordenadora da Biblioteca Municipal, Luísa Leite – por inerência de funções –, e pelo escritor Vergílio Alberto Vieira, selecionou para o 1.º ciclo o livro “O secador de livros”, de Carla Maia de Almeida, para o 2.º ciclo a obra “Os ciganos”, de Sophia de Mello Breyner Andresen, e, para o 3.º ciclo, “Os livros que devoraram o meu pai”, de Afonso Cruz.

Nesta prova, foram apurados quatro alunos por ciclo de ensino. Assim, no 1.º ciclo os alunos apurados foram Diogo Barros (EB Mar), Inês Almeida (EB Vila Chã), Inês Silva (EB Fonte Boa) e Pedro Carvalho (EB Esposende). No 2.º ciclo, foram apurados Inês Correia (EBACO), João Meira (EBACO), Mariana Carvalho (EB Apúlia) e Matilde Marques (EB Forjães). No que se refere ao 3.º ciclo, vão representar Esposende os alunos Joana Carvalho (ESHM), Leonor Cepa (ESHM), Maria Pimenta (EBACO) e Sofia Rodrigues (EBACO).

A Fase Municipal de Esposende foi animada pela Academia de Teatro “Tin.Bra”, com o espetáculo “La Fontaine pelas mãos das Irmãs Scarlatti”, que agradou a miúdos e graúdos. Seguiu-se um lanche para todos os participantes.

Este evento enquadra-se nos eixos dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente o ODS 4 - Educação de Qualidade e ODS 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.

_DSC0014.jpg

_DSC9685.JPG

_DSC9857.JPG

PONTE DE LIMA REALIZA CONCURSO REGIONAL DA RAÇA FRÍSIA DO ALTO MINHO

Feira 100% Agrolimiano: IX Concurso Regional da Raça Frísia do Alto Minho de 15 e 16 de fevereiro

O Município de Ponte de Lima inaugura no próximo dia 15 de fevereiro, às 10h30, a “V Feira 100% Agrolimiano”, no Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima, evidenciando a essência genuína do setor primário do concelho.

74662464_2528590703861664_5573507029122678784_o (9).jpg

Este evento tem como objetivo divulgar e promover o que de melhor se produz no setor agroalimentar em Ponte de Lima, sendo que esta é uma das áreas que mais se tem desenvolvido nos últimos anos, facto que se deve à valorização dos produtos endógenos por parte dos empresários, e que tem originado um aumento do número de postos de trabalho no setor.

Durante os dois dias de duração do evento, serão apresentados e expostos vários produtos produzidos ou transformados no concelho, tais como, mel, sidra, vinho verde, enchidos e fumados, fruta, hortícolas, carne, leite, entre outros, tipicamente limianos.

Nesta edição da Feira 100% Agrolimiano, para além de arruadas, palestras, provas de vinhos e uma demonstração equestre, serão realizados no dia 15 de fevereiro, às 14h00 os III Agrojogos Limianos, organizados pela Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Ponte de Lima, e no dia 16 de fevereiro, às 13h30, o IX Concurso Regional da Raça Frísia do Alto Minho – com origem nos Países Baixos e na Alemanha, os bovinos de raça Frísia, têm grande expressividade por todo o Norte do país, e em particular no concelho de Ponte de Lima e, dadas as suas caraterísticas - grande porte, excelente capacidade de produção de leite e a qualidade da carne – são, ainda nos dias de hoje, um importante fator de desenvolvimento económico, principalmente no que diz respeito ao setor primário. Assim, este concurso pretende promover a Raça Frísia, divulgar o seu potencial económico e premiar os melhores exemplares presentes no mesmo. Esta é mais uma forma de divulgar e valorizar os produtos endógenos do concelho e aquilo que de melhor temos para oferecer.

Desta forma, a “V Feira 100% Agrolimiano” apresenta um programa dirigido não só a profissionais mas também ao público em geral, procurando promover a excelência do mundo rural em Ponte de Lima.

“JARDINS DE TODO O MUNDO” – UM FESTIVAL INTERNACIONAL NA MAIS BELA VILA JARDIM DE PORTUGAL: PONTE DE LIMA!

“O Festival Internacional de Jardins é muito mais que uma exposição anual de projectos efémeros, de uma publicação periódica que efectua a sua apresentação, de um sítio na internet, a par da presença nas denominadas redes sociais, que o publicita, de um conjunto de actividades de animação que giram em seu redor. O Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima é uma autêntica Escola do Ambiente e daí a utilização do termo todo” – eis como o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Engº Victor Mendes, caracteriza este importante certame na publicação que lhe é dedicada, no caso concreto “15º Festival Internacional de Jardins – Jardins do Fim do Mundo”.

img118LIVROSOFERTAPLSARALOURES (1).jpg

Trata-se de uma publicação periódica com excelente grafismo e magníficas ilustrações que concorrem para o prestígio e valorização de um evento único em Portugal e de prestígio internacional.

Tratando-se de arte efémera, o que em caso algum lhe diminui o valor artística, esta revista contribui para a tornar perene, conservando-a na memória dos contemporâneos e transmitindo-a aos vindouros. Projectos que podem muito bem representar o futuro… presente!

CONCURSO CONCELHIO DE LEITURA DE PONTE DE LIMA APURA OS VENCEDORES PARA A FASE INTERMUNICIPAL DO CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

O Município de Ponte de Lima, em parceria com os Agrupamentos de Escolas, através da Rede de Bibliotecas Escolares do concelho, dinamizou a 2.ª fase do Concurso Concelhio de Leitura, que decorreu na Biblioteca Municipal, no passado dia 06 de fevereiro.

Concurso Leitura .JPG

Foram apurados os vencedores por cada nível de ensino que transitarão para a fase intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura a realizar-se dia 24 de abril de 2020, em Ponte de Lima.

O Concurso Concelhio de Leitura 2020 encerrará com a cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores na Feira da Educação, Ciência e Tecnologia que decorrerá no dia 12 de março, pelas 10h30, no pavilhão da Expolima.

Participe nesta ação e venha celebrar o livro e a leitura!

Concurso Leitura.JPG

Capturarleitvenc.PNG

PONTE DE LIMA REALIZA CONCURSO CONCELHIO DE LEITURA

Município de Ponte de Lima promove nova edição do Concurso Concelhio de Leitura

No quadro da promoção das competências de literacia na comunidade escolar, o Município de Ponte de Lima dinamiza mais uma edição do Concurso Concelhio de Leitura, cuja segunda fase decorre no próximo dia 06 de fevereiro de 2020, pelas 9h30, na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima.

Cartaz_conc_Concelhio_Leitura_Prancheta 1.jpg

Depois de uma primeira fase realizada nas escolas do concelho, a competição dirigida a alunos desde o 3.º e 4.º anos, do 1.º ciclo do Ensino Básico, passando pelo 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico até alunos do Ensino Secundário vai contemplar os participantes apurados na avaliação preliminar do concurso que, transitados para o nível seguinte, serão submetidos a um teste escrito e a uma prova de leitura sobre as obras previamente selecionadas e disponibilizadas pelos professores das escolas do concelho.

O Concurso Concelhio de Leitura 2020 termina com a cerimónia de entrega dos prémios agendada para o dia 12 de março, pelas 10h30, na Feira de Educação, Ciência e Tecnologia a decorrer no Pavilhão de Feiras e Exposições da Expolima.

Os alunos vencedores deste concurso transitarão para a Fase Intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura que se realizará, este ano, em Ponte de Lima no dia 24 de abril de 2020 e acolherá todos os participantes dos agrupamentos de escolas do distrito de Viana do Castelo.

BARCELOS REALIZA CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

Concurso Nacional de Leitura com alunos de agrupamentos escolares de Barcelos

A Biblioteca Municipal de Barcelos recebe na próxima sexta-feira, 7 de fevereiro, a Fase Municipal da 14.ª edição do Concurso Nacional de Leitura.

Concurso Nacional de Leiturabbarc.jpg

Nesta fase, participam 60 alunos dos Agrupamentos de Escolas do concelho de Barcelos, nas várias categorias  do 1º Ciclo ao Ensino Secundário.

Os alunos vencedores desta final irão representar o Município de Barcelos nas provas da Comunidade Intermunicipal do Cávado, que contará com todos os Municípios que integram o Vale do Cávado, e que se realizam no dia 21 de abril, em Vila Verde. A final nacional é transmitida pela RTP, no mês de junho, em Oeiras.
Os livros que foram selecionados para o concurso e que foram objeto de leitura foram: “O Pescador de Nuvens”, de Ana Lázaro, “O Barco das Crianças”, de Mário Vargas Losa, “Eu Estive Aqui”, de Gayle Forman e “O Caçador do Verão”, de Hugo Gonçalves.

O concurso consta de uma prova escrita e de uma prova oral, subdividindo-se esta em prova de argumentação e prova de leitura, sendo o júri constituído por Miguel Borges (escritor), José Campinho (professor) e Victor Pinho (Bibliotecário Municipal).

Este concurso, organizado pelo PNL – Plano Nacional de Leitura, em colaboração com a RBE - Rede de Bibliotecas Escolares, a DGLAB-  Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, realiza-se com propósito de celebrar a leitura e o verdadeiro prazer de ler, reforçando o seu caráter universal.

TERRAS DE BOURO REALIZA CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

Fase Municipal do Concurso Nacional de Leitura decorreu na sede do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

No dia 23 de janeiro e  com a participação de 10 alunos do 1.º ciclo, 10 alunos do 2.º ciclo e 10 alunos do 3.º ciclo, que foram selecionados em dezembro na fase escolar, realizou-se no Auditório e na Biblioteca da Escola Básica e Secundária de Terras de Bouro, a Fase Municipal do Concurso Nacional de Leitura, evento que contou com o apoio do Município de Terras de Bouro.

IMG_20200123_164644.jpg

Para além de uma prova escrita (conjunto de questões sobre a obra, realizada com o recurso a computador e a tabletes), teve também lugar uma  prova oral (leitura de um parágrafo da obra e resposta a uma questão de argumentação).Após a realização da primeira prova, realizada na Biblioteca Escolar pelos 10 alunos de cada ciclo, foram selecionados os 6 melhores. Em seguida, cada grupo de 6 alunos realizou no Auditório a prova oral, avaliada por um júri que considerou a leitura e a resposta à questão de argumentação. O júri foi constituído por três elementos, a Vereadora da Educação do Município de Terras de Bouro, Dr.ª Ana Genoveva Araújo, o Diretor do Agrupamento, Dr. José Antunes e o Poeta da Montanha, o escritor João Luís Dias .As obras que os alunos leram para a Fase Municipal foram: “O meu avô consegue voar” – 1.º ciclo; “A cidade que queria viver no campo” – 2.º ciclo; “Os livros que devoraram o meu pai” – 3.º ciclo.

O Município de Terras de Bouro felicita e agradece à equipa da Biblioteca Escolar esta iniciativa, nomeadamente, à Coordenadora Interconcelhia das Bibliotecas Escolares, Dra. Fernanda Freitas, ao escritor, João Luís Dias, “O Poeta da Montanha”,  ao Dr. Caniço, responsável pela área informática do Agrupamento, ao professor da Escola de Música do Centro Municipal de Valências, Luís Pinho e às alunas Francisca e Fang que participaram nos momentos musicais.

DSC08218.JPG

DSC08219.JPG

DSC08246.JPG

IMG_20200123_141836.jpg

IMG_20200123_142104.jpg

IMG_20200123_154157.jpg

MUNICÍPIO BRACARENSE AVANÇA COM CRIAÇÃO DE PRÉMIO DE INOVAÇÃO URBANA

iTBraga vai estimular investigação, inovação e territorialização do conhecimento em prol do desenvolvimento urbano

O Município de Braga vai lançar o Prémio iTBraga - Investigação, Inovação e Território, que vai premiar o desenvolvimento de novas soluções que respondam a desafios da sociedade actual. O objectivo visa promover a investigação e a transferência do conhecimento produzido nas Universidades, Politécnicos, Centros de Investigação e Saber e nas Empresas para o território, contribuindo para aumentar a qualidade de vida urbana e, consequentemente, o bem-estar dos cidadãos.

Bragannnnnn.jpg

A medida, foi aprovada esta Segunda-feira, em sede de reunião do Executivo Municipal, e terá como “centro nevrálgico” o Laboratório de Inovação Urbana - Castelo de Inovação. Este núcleo funciona como plataforma agregadora de várias entidades públicas e privadas, com o desígnio da inovação urbana em todos os domínios de intervenção do Município.

“O iTBraga tem como intento estudar, avaliar e implementar soluções, processos, serviços e sistemas inovadores, necessários ao desenvolvimento sustentável, inclusivo e inteligente e materializa-se na atribuição de apoios por parte do Município, no sentido do estimular a investigação, inovação e a territorialização do conhecimento produzido em prol do desenvolvimento urbano”, referiu Miguel Bandeira, vereador da Câmara Municipal de Braga

O Laboratório de Inovação Urbana tem como propósito proceder ao levantamento das necessidades do Município e das potencialidades das Universidades e das empresas no âmbito da inovação urbana e estimular a cooperação entre pessoas singulares e colectivas, tendo como objectivo a concretização de fins referentes à inovação urbana

Este núcleo promove a investigação em inovação urbana, valorizando o potencial das novas tecnologias, dos novos materiais e dos novos sistemas de informação, para o desenvolvimento de soluções face aos desafios actuais da sociedade.

Este Laboratório visa impulsionar e valorizar as actividades de investigação e desenvolvimento tecnológico, através da criação de produtos e sistemas de inovação urbana, gerando, simultaneamente, novas oportunidades para o tecido empresarial.

EX-ALUNO DA EPATV INTEGRA EQUIPA PORTUGUESA NAS OLIMPÍADAS DE CULINÁRIA

Paulo Vieira terminou o Curso Técnico de Cozinha/Pastelaria, há cerca de 5 anos, na Escola Profissional Amar Terra Verde. Desde aí o seu excelente percurso profissional tem passado por cozinhas de renome e agora leva-o à Alemanha, às IKA Olympics – as Olimpíadas da Culinária, no próximo mês de fevereiro.

IMG_20200115_102015.jpg

Paulo é atualmente, Chef de Partie no Maison Albar Monumental Palace (Porto) e foi escolhido para representar Portugal, na equipa junior, na «mais velha, maior e mais diversificada competição internacional de artes culinárias do mundo».​

Portugal participa nesta competição desde 1992, onde existem duas Equipas Competição Culinária ACPP: uma júnior (com jovens até aos 25 anos) e uma sénior (a partir dos 25 anos).​

A participação com separação por idades distingue os níveis de exigência, numa prova para mostra técnicas, cores e cortes, inovação, sabor e apresentação e que funciona em modo “Restaurante das Nações” - onde a equipa desenvolve um menu (sob critérios estabelecidos pela organização) e depois se apresenta como uma Feira Gastronómica, onde, entre os visitantes-provadores, existem dois júris incógnitos.

BOMBEIROS DE CABECEIRAS VENCEM CONCURSO DE CANTADORES DE JANEIRAS

Coro de Bombeiros venceu 24.ª edição do Concurso de Janeiras

O Coro de Bombeiros e Associados de Cabeceiras de Basto venceu ontem, dia 19 de janeiro, pelo segundo ano consecutivo a 24.ª edição do Concurso/Encontro de Cantares das Janeiras de Cabeceiras de Basto. Em segundo lugar classificou-se o Grupo Coral de S. Martinho do Arco de Baúlhe e, em terceiro lugar, a Academia de Música de Cabeceiras de Basto, num evento que teve como palco o Pavilhão Desportivo de Refojos.

1.º Classificado - Coro de Bombeiros e Associados de Cabeceiras de Basto.JPG

Trajados a rigor, centenas de cantadores e tocadores, em representação do movimento associativo Cabeceirense, exibiram em palco os mais variados instrumentos, interpretando os mais genuínos cantares das Janeiras.

O evento contou com a participação de 22 grupos, sete dos quais que participaram no concurso e os restantes 15 que marcaram presença no encontro, proporcionando ao público presente um verdadeiro encontro intergeracional e cultural.

Os três primeiros classificados receberam, respetivamente, os montantes de 300 euros (1.º classificado), 250 euros (2.º classificado) e 200 euros (3.º classificado) enquanto os restantes grupos participantes receberam prémios de presença no valor de 60 euros.

Os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves e Eng. Joaquim Barreto, respetivamente, marcaram presença neste evento, ao qual se associaram igualmente vereadores e presidentes de Juntas de Freguesia, entre outros autarcas do Município e das freguesias e população em geral.

De salientar que o júri do 24.º Concurso de Cantares das Janeiras foi composto pela Prof.ª Conceição Rola, Dr. Gil dos Santos, Prof. Vítor da Silva e Prof. João Soares, jurados ligado ao mundo da música e que vieram de concelhos vizinhos para garantir a maior isenção na avaliação.

A iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto pretendeu reviver a tradição e estimular a defesa do património cultural imaterial como são os Cantares das Janeiras, promovendo a sua recolha e recriação, revelando-se desta forma, também, a vivacidade e vigor do movimento associativo local.

VIZELA REALIZA CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

No âmbito do Concurso Nacional de Leitura, a Câmara Municipal, através da Biblioteca Municipal de Vizela promove o Concurso Municipal de Leitura, no dia 22 de janeiro, no Auditório Luís Lopes Guimarães, a partir das 14h00.

De destacar que se encontra a decorrer por todo o país a 14ª edição do Concurso Nacional de Leitura, com a orientação e organização do Plano Nacional de Leitura.

Este concurso inclui quatro fases: a Escolar; a Municipal, a Intermunicipal e finalmente a Nacional. A prova das escolas já aconteceu nos respetivos estabelecimentos de ensino do concelho de Vizela, de onde foram selecionados para a fase seguinte 32 alunos, 8 por cada ciclo de ensino.

A fase municipal irá decorrer no dia 22 de janeiro, no Auditório Luís Lopes Guimarães, a partir das 14h30.

Neste dia serão apurados quatro estudantes por cada nível de ensino para entrar na fase intermunicipal, que este ano também irá decorrer no concelho de Vizela, no dia 23 de abril.

A Biblioteca Municipal de Vizela está a organizar ambos os eventos, nesta 14ª edição do Concurso Nacional de Leitura, cujo objetivo fundamental é o de estimular a prática da leitura, como forma de conhecimento e de lazer, conduzindo ao aprofundamento dos hábitos de leitura, bem como o de aferição de competências leitoras das crianças e jovens vizelenses.

cartaz leituravizz.jpg